Você está na página 1de 3
0:00
0:00
0:00
0:00

Em contexto de desastres, o setor saúde é um dos mais demandados, porém nem sempre está devidamente preparado para agir em situações adversas, que podem durar meses ou até anos em uma cidade ou região. Portanto, pro ssionais de saúde de todos os setores e níveis de atuação devem estar quali cados para agir antes, durante e após o desastre . Investir na quali cação, mais do que uma obrigação, é um direito desses pro ssionais, pois todos serão de alguma forma demandados em caso de desastre.

Assim sendo, este material educativo foi elaborado com o objetivo de contribuir na quali cação dos pro ssionais da saúde, em especial daqueles que atuam na Atenção Básica (AB). A Política Nacional de Atenção Básica (PNAB) tem características essenciais na gestão de risco e de desastres, como a responsabilidade de atuação em territórios e populações adscritos, conhecendo os problemas e necessidades de saúde onde os desastres ocorrem. Portanto, muitas atribuições cabem aos pro ssionais da AB em contexto de desastres e que estão em consonância com a PNAB.

No início, logo após um texto introdutório, apresentamos duas situações-problema, uma relacionada à seca e outra à inundação e deslizamentos, como cenários hipotéticos, mas baseados em casos reais ocorridos no Brasil, que usamos como exemplo ao longo do texto para facilitar a compreensão dos conteúdos abordados.

Na

apresentamos

desastres no Brasil e no mundo e seus impactos na saúde.

Unidade

1

Aspectos

básicos

em

desastres

naturais,

de

conceitos,

terminologias,

dados,

situações

Na Unidade 2 – A Atenção Básica e o processo de gestão do risco de desastres, abordamos o conceito de gestão de risco de desastre por processos, suas etapas e fases, a organização da AB e o seu papel na gestão de risco.

Nas Unidades Extras 3 e 4 – Atenção psicossocial e saúde mental em situação de desastres na Atenção Básica e Relação saúde- trabalho em situações de desastres trazem aspectos relevantes de duas áreas de atuação em saúde, em geral negligenciadas em contexto de desastre – a saúde psicossocial da população atingida e a saúde dos trabalhadores da saúde que atuam em desastres, que mereceram capítulos exclusivos neste material.

Esperamos que ao nal do curso os pro ssionais estejam capacitados a desenvolver competências para gerir as ações locais que cabem à AB em todas as etapas da gestão de risco de

desastres naturais. Desejamos um ótimo curso a todos e que esse aprendizado resulte em melhores condições de trabalho e de saúde aos pro ssionais da AB.

de trabalho e de saúde aos pro ssionais da AB. © 2013 - 2016 Universidade Federal
de trabalho e de saúde aos pro ssionais da AB. © 2013 - 2016 Universidade Federal
de trabalho e de saúde aos pro ssionais da AB. © 2013 - 2016 Universidade Federal

© 2013 - 2016 Universidade Federal de São Paulo - Unifesp

Rua Sena Madureira, 1500 - São Paulo - SP CEP: 04021-001