Você está na página 1de 6

PLANEJAMENTO REFERENCIAL PRELIMINAR DE GEOGRAFIA – VERSÃO 2016

ESCOLA: DISCIPLINA: GEOGRAFIA


PROFESSOR (A): TURMA(S): 3º ANO
PEDAGOGO (A): PERÍODO: ANUAL
OBJETO DE ESTUDO: Campo e Cidade

OBJETIVO: Compreender a relação campo e cidade – espaço natural/transformado em suas atividades econômicas e cuidados ambientais enfatizando a
interdependência entre campo e cidade.

1º TRIMESTRE
AVALIAÇÃO
CONTEÚDOS ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO RECURSOS
CRITÉRIOS INSTRUMENTOS
- Explorar os referenciais de localização espacial próximos à escola. 1.1 Apresenta noções das direções
Perguntar aos alunos se já ouviram falar em pontos de referência e Mapas cardeais como meio de orientação; Atividades
quais costumam utilizar para indicar a localização de sua casa e/ou Jogos escritas
escola; 1.2/ 1.4 Identifica as principais
Prato de Trabalho de
- Retomar atividades com lateralidade: esquerda e direita, pois são características do campo e da cidade;
1. Campo e Cidade papelão pesquisa
indispensáveis para leitura de mapas e compreensão dos pontos Canudos ou 1.3 Identifica as transformações ocorridas Maquete
cardeais; Atividades com o corpo são primordiais para o
1.1 Orientação: Direções cardeais e palitos de churrasco na paisagem pela ação do homem; Desenho
entendimento dos referenciais geográficos, uma vez que estes estão
orientação por satélite; centrados no próprio corpo da criança; Cartaz Produção
1.2 Conceito e características do - Trabalhar jogos: ex: “Aonde você chegou” explorando noções de Livro didático 1.2 / 1.3 / 1.4Distingue elementos textual individual e/ou
localização e esquerda e direita; Livros de naturais de construídos, existentes na coletiva
campo; paisagem do campo e da cidade;
- Ouvir com a turma músicas sobre os pontos cardeais, Ex:: “Os Literatura
1.3 O espaço transformado; pontos Cardeais” de João Collares e conversar sobre os Obras de arte
1.4 Conceito e características de conhecimentos prévios que os alunos possuem sobre o conteúdo; Isopor ou 1.2 / 1.4 Identifica as diferentes formas de
cidade; - Introduzir o conteúdo campo e cidade explorando literaturas e organização, função dos espaços campo e
papelão

1
1.5 A vida humana no espaço dos vídeos que abordem o tema (ver sugestões); Listar com a turma as Sucatas para a cidade e sua interdependência;
grandes centros urbanos e no principais características de cada um desses espaços; Apresentar o maquete
gráfico da população do município comparando população urbana e Música 1.5 Estabelece relações entre o espaço
espaço rural; rural; real e a sua representação (a maquete,
1.6 Organizações sociais do campo - Apresentar imagens do campo e da cidade e discutir com a turma planta e outros desenhos);
e da cidade; os elementos presentes; Pedir aos alunos que registrem o espaço
1.7 Quilombola, Ribeirinha e terras onde vivem por meio de desenhos; 1.5 Percebe a diferença do tamanho e da
- Solicitar aos alunos (da cidade) que realizem uma entrevista com forma dos objetos reais utilizando a
indígenas alguém que já morou no campo e aos alunos do campo que relação de proporção nas suas
entrevistem alguém que morava na cidade e veio para o campo; representações (desenho e maquete);
Pedir que apresentem a entrevista e deixar que exponham suas
opiniões sobre as respostas dos entrevistados;
- Retomar a entrevista e explorar a diversidade cultural existente 1.6 Reconhece e valoriza diversidades,
nos espaços abordados, reforçando a importância do respeito às acolhendo diferenças e semelhanças
diferenças; Abordar questões como a variedade linguística, por entre pessoas e grupos socioculturais no
exemplo; Desconstruir a ideia de que pessoas que moram no campo campo e na cidade;
são “caipiras” como observam nas histórias do Chico Bento –
estereótipo de atrasado culturalmente; 1.7 Percebe, no campo e na cidade,
- Em grupos, confeccionar cartazes que representem as contribuições de populações africanas,
características do campo e da cidade, explorando elementos indígenas e de migrantes na produção
naturais e construídos pelo homem; cultural;
- Interpretar obras de arte que apresentem os espaços rural e
urbano; Confeccionar maquete com a turma representando os dois
espaços e propor atividades a partir desse trabalho explorando
diferentes perspectivas bem como o espaço real e sua
representação;

2º TRIMESTRE
AVALIAÇÃO
CONTEÚDOS ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO RECURSOS
CRITÉRIOS INSTRUMENTOS
- Roda de conversa verificando os conhecimentos prévios dos alunos
sobre as atividades econômicas desenvolvidas no campo e na cidade; Imagens 2.1 / 2.2 Reconhece a Atividades
2. Atividades Econômicas - Apresentar diversas imagens que representem diferentes tipos de Mural interdependência entre as escritas
atividades econômicas desenvolvidas no campo e na cidade; Mostrar as Produtos atividades econômicas do campo Trabalho de
2.1 As atividades econômicas do imagens e pedir aos alunos que identifiquem qual é a atividade e em agrícolas e da cidade; pesquisa
qual espaço ela é desenvolvida; Construir um mural com as imagens
campo (agricultura, pecuária e Produtos Produção
classificando-as de acordo com o espaço onde são desenvolvidas;
2.1 Identifica as principais atividades
extrativismo) e da cidade (indústria, - Sugere-se trabalhar inicialmente cada uma das atividades industrializados textual
econômicas do campo

2
comércio e serviços); desenvolvidas no espaço onde os alunos vivem: alunos das escolas do Encartes (agricultura, pecuária e individual
campo – agricultura, pecuária e extrativismo e alunos das escolas Cartaz extrativismo); e/ou coletiva
urbanas – indústria, comércio e serviços; Livro Construção do
2.2 A circulação de mercadorias e os - Levar para a sala de aula alguns produtos que provêm da agricultura:
meios de transporte entre o campo e Didático 2.1 Identifica as principais atividades mural
feijão, arroz e/ou outros; Questionar os alunos sobre a origem desses
da cidade (indústria, comércio e
a cidade; produtos e trabalhar então o processo de cultivo até chegar às pessoas;
Explicar todos os elementos necessários para o cultivo: solo, água, serviços);
fertilização, época correta para plantio e colheita; Construir um gráfico
com a turma sobre os produtos que consomem e que vêm da 2.2 Reconhece a necessidade do
agricultura; transporte para circulação de
mercadorias entre campo e
- Explorar a importância da pecuária como fornecimento não só de cidade;
alimentos, mas de produtos que são utilizados nas indústrias como as
de laticínios, de vestuário, calçados, entre outras. Reforçar que a
bovinocultura – criação de vacas e de bois – é a atividade de maior
importância na pecuária brasileira; Se possível, propor aos alunos uma
pesquisa sobre os produtos que os animais da pecuária nos fornecem;
- Apresentar algumas imagens que mostrem a questão do extrativismo;
Conversar com os alunos sobre o que as imagens representam; Explicar
sobre as consequências que o extrativismo traz ao meio ambiente;
Através de recorte e colagem, construir um infográfico sobre a
utilização dos materiais retirados da natureza: na alimentação, como
combustível, na fabricação de móveis, entre outros; Pesquisar os
recursos renováveis e não renováveis e produzir um texto coletivo
sobre o tema, destacando a importância da preservação dos recursos
naturais;
- Procurar mostrar aos alunos que a indústria está presente em tudo
que consumimos, como roupas, ferramentas, brinquedos, etc; Escolher
um produto industrializado e coletivamente realizar uma pesquisa
sobre ele: localização da indústria, matéria-prima utilizada na
fabricação do produto, origem da matéria-prima, outros produtos
fabricados na mesma indústria, para que são utilizados os produtos e
onde eles são vendidos;
- Realizar uma pesquisa com a turma sobre o comércio do bairro e da
cidade; Registrar os estabelecimentos citados e explorar os principais
produtos comercializados; Propor um trabalho com encartes,
trabalhando a finalidade desse material para divulgação dos produtos
comercializados e também a importância da pesquisa de preços antes
da compra. Realizar atividades de comparação de preços de produtos,
demonstrando que um mesmo produto pode ter uma grande variação
de preço de acordo com o local onde será comercializado;

3
- Apresentar aos alunos alguns serviços públicos do município e
confeccionar um cartaz registrando os serviços apresentados;
Conversar com a turma sobre eles e registrar pequenas anotações
sobre cada um e como eles auxiliam a população; Realizar uma
pesquisa de opinião com os familiares dos alunos sobre os serviços
públicos do município;
- Explorar a interdependência entre o campo e a cidade; Comentar
sobre a grande quantidade de produtos que circula pelo país nos mais
diferentes meios de transporte, já que algumas regiões dependem dos
produtos que vêm de outras partes do país; Pesquisar os principais
meios de transporte utilizados no município para transportar as
mercadorias que fazem parte do comércio local; Construir esquemas
desenhando produtos que o campo fornece à cidade e produtos que a
cidade fornece ao campo;

3º TRIMESTRE
AVALIAÇÃO
CONTEÚDOS ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO RECURSOS
CRITÉRIOS INSTRUMENTOS
Apresentar aos alunos imagens de um mesmo lugar, porém em
-
épocas diferentes para que percebam as modificações ocorridas na Mural 3.1 Compreende por Atividades
3. Cuidados ambientais paisagem: desmatamento, construções, abertura de ruas e Varal meio de observações e de escritas
asfaltamentos, desmatamento para agricultura; Imagens análises, a paisagem como Trabalho de
- Construir um mural registrando os pontos positivos e negativos dessa Maquete expressão das práticas pesquisa
3.1 A modificação do espaço da cidade modificação; Garrafa pet humanas nas relações com Maquete
e do campo e cuidados ambientais: - Solicitar que cada aluno faça o desenho de uma paisagem, aquela que
Terra as dinâmicas da natureza; Desenho
faltas de áreas verdes, abertura e mais lhe chama a atenção em seu dia a dia; Expor todas as ilustrações
em um varal para apresentação a todos os colegas; Trabalhar então Livro didático Produção
asfaltamento de ruas, canalização de com as semelhanças e diferenças das paisagens apresentadas – é uma Vídeos 3.1 / 3.5 Apresenta textual individual
rios, desmatamento para agricultura; paisagem natural ou cultural? Músicas; noções sobre os principais e/ou coletiva
3.2 As tecnologias do campo e da - Citar como os avanços tecnológicos reduzem o esforço humano no Lendas indígenas; problemas ambientais e História em
cidade; trabalho do campo, explicando que os recursos tecnológicos não estão suas consequências no quadrinho;
3.3 O consumo de água na cidade e no presentes somente na cidade; campo e na cidade;
- Apresentar vídeos que demonstrem a tecnologia presente no dia a dia
campo; das pessoas; Mostrar aos alunos que pequenas coisas também 3.2 Identifica e compara
3.4 O uso do solo, o desmatamento e representam tecnologia, como por exemplo, o chuveiro;
as tecnologias utilizadas no
o destino do lixo na cidade e no - Propor a produção de uma história em quadrinhos sobre o consumo
de água no campo e na cidade, reforçando a importância do consumo campo e na cidade;
campo;
consciente; Explicar aos alunos que no campo muitas pessoas utilizam
3.5 Necessidades de áreas verdes; a água do poço, o que não é comum nas cidades; Confeccionar 3.3 Compara o consumo

4
3.6 As relações indígenas e a natureza; maquete sobre formas de armazenamento de água, cisternas; da água na cidade e no
- Apresentar imagens que apresentem o uso do solo no campo e na campo;
cidade; Trabalhar as diferentes finalidades desse uso e produzir um
texto coletivo sobre o tema; Pode-se aproveitar o conteúdo e construir
3.4 Diferencia o uso do
uma pequena horta com os alunos em garrafa pet, trabalhando as
solo na cidade e no campo;
propriedades do solo e sua importância;
- Propor aos alunos a criação de slogans sobre a importância da
reciclagem; Apresentar aos alunos de outras turmas trabalhando com a
sensibilização para o tema; Construir lixeiras recicláveis para espalhar 3.5 Reconhece a
pela escola (com caixas de papelão); importância das áreas
- Trabalhar o destino do lixo de nosso município; Apresentar imagens verdes;
do aterro sanitário e também dos depósitos da reciclagem; Reforçar
que o lixo também é recolhido no campo, tanto o lixo comum como o 3.6 Respeita o meio
lixo reciclável; ambiente a partir do
-Apresentar aos alunos imagens de áreas verdes presentes no
entendimento indígena
município e conversar sobre a importância delas na vida das pessoas;
Produzir pequenos textos sobre como seria a vida no planeta caso não sobre
existissem árvores e áreas verdes; Explorar músicas que abordem o
tema, ex: Quem é que cortou todo o mato?;
- Explorar lendas indígenas que apresentem o tema natureza,
reforçando com os alunos o cuidado, a preservação e a valorização dos
índios para com o meio ambiente; Explicar aos alunos que, na maioria
das vezes, ao retirar da natureza os recursos necessários para sua
sobrevivência, os povos indígenas não chegam a causar danos, pois
exploram, de maneira cuidadosa, pequenas áreas. Depois de alguns
anos de uso, os índios abandonam a área explorada e a natureza
consegue se recuperar.

Literaturas:

Carta Errante, avó atrapalhada, menina aniversariante – Mirna Pinsky. São Paulo: FTD, 2012.
Confuso horário – Cláudio Martins. São Paulo: Formato, 2009
Ponto de Vista – Sonia Salerno Forjaz. São Paulo: Moderna, 1993
O tesouro da ilha qualquer – Pedro Pessoa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2008

5
Rosa dos Ventos – Bartolomeu Campos de Queirós.
Como Vou? – Mariana Zanetti, Fernando de Almeida, Renata Bueno. Editora Cia das Letrinhas.
Os transportes – Michéle Longour. Editora Salamandra
Do Campo à mesa: o caminho dos alimentos – Teddy Chu. Editora Moderna
Vida na Cidade – Mônica Jakievicius. Editora DCL
Vida No Campo – Mônica Jakievicius. Editora DCL

REFERÊNCIAS:

ARAUCÁRIA. Diretrizes Municipais de Educação. Secretaria Municipal de Educação de Araucária, 2012.

ARAUCÁRIA. Planejamentos Referenciais Preliminares da Disciplina de Geografia do 6º ao 9ºano. Secretaria Municipal de Educação de
Araucária, 2015.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio a Gestão Educacional. Pacto Nacional pela Alfabetização. Caderno 09 (Ciências
Humanas no Ciclo de Alfabetização). Ministério da Educação. Brasília: MEC, SEB , 2015.

Você também pode gostar