Você está na página 1de 207

Planejando e Controlando com

Primavera Enterprise

(c) 1997-2006 Primavera Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Este material didático é de
propriedade da Primavera Systems, Inc. em parceria de representação com a “Verano Engenharia de
Sistemas”, e está protegido por direitos autorais. Qualquer reprodução no todo ou em parte dependerá
de expressa autorização. Todas as Marcas Registradas mencionadas neste material são de propriedade
dos respectivos proprietários das marcas.

Curso Avançado Versão 6.0

Montagem: Joyce Gomes da Silveira


Revisão: Christian Zagotto
Versão:
Gravado em: 02/03/2015 10:43:00 PM

Verano Enga. Com. Imp. Exp. Ltda – Telefone (55-11) 5084-1134 – Fax (55-11) 5579-5802 – E-Mail info@verano.com.br
Rua Sud Menucci, 309 – Vila Mariana – São Paulo – SP – Brasil – http://www.verano.com.br
INDICE

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise – Versão 5.0 1 de 191


LIÇÃO 1 - Objetivos do curso avançado................................5

LIÇÃO 2 - Estruturando Projetos Corporativamente (OBS x


EPS).....................................................................7

2.1. OBS – Características Principais..........................................7


2.2. EPS – Características Principais...........................................9

LIÇÃO 3 - Administração de Usuários e Segurança.............11

3.1. Processo para Estabelecer Segurança...............................11


3.2. Relação da OBS com Controle de Acesso...........................13
3.3. Segurança Global da OBS...................................................13
3.4. Perfil de Segurança...........................................................14
3.4.1. Perfil Global......................................................................................14
3.4.2. Perfil do Projeto................................................................................15
3.5. Visualizando Perfis de Segurança......................................15
3.6. Controle de acesso na Criação de um Usuário....................16
3.6.1. Guia General.....................................................................................16
3.6.2. Guia Contact......................................................................................17
3.6.3. Guia Global Access............................................................................18
3.6.4. Guia Project Access...........................................................................19
3.6.4.1. Atribuindo um perfil de Projeto a um Usuário....................................20
3.6.5. Guia Licensing...................................................................................21
3.7. Revisando as Responsabilidades do Usuário......................22
3.8. Testando o acesso criado no Primavera.............................23
3.9. Privilégios de Projeto........................................................24
3.10. Resumo sobre estabelecer Usuários e Segurança..............25
3.11. Revisão da Lição................................................................26

LIÇÃO 4 - Preferências Administrativas.............................27

4.1. Guia General......................................................................27


4.2. Guia Timesheets................................................................28
4.3. Guia Timesheet Privileges.................................................29
4.4. Guia Data Limits................................................................30
4.5. Guia ID Lengths.................................................................31
4.6. Guia Time Periods..............................................................31
4.7. Guia Earned Value.............................................................32
4.8. Guia Reports......................................................................34
4.9. Guia Options......................................................................35
4.10. Guia Rate Types.................................................................37

LIÇÃO 5 - Utilizando o Methodology Management..............38

5.1. Para que serve uma metodologia?.....................................38


5.2. Tipos de Metodologias.......................................................38
5.3. Acessando o Methodology Management............................39
5.4. Criando uma metodologia..................................................39
5.5. Copiando uma metodologia já existente............................40
5.6. Apagando uma metodologia..............................................40
5.7. Abrindo uma metodologia já existente..............................40
5.8. Renomeando uma metodologia.........................................41
5.9. Visualizando propriedades de uma metodologia................41
5.10. Importando e Exportando Metodologias............................41

Página 2 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


5.10.1. Exportando uma metodologia para um arquivo XER..........................42
5.10.2. Importando uma metodologia...........................................................42
5.10.3. Exportando uma metodologia Primavera para um arquivo Microsoft
Project 43

LIÇÃO 6 - Criando Projetos.................................................44

6.1.1. Determinando Data de Início – Start Date.........................................46


6.1.2. Associando o Responsável pelo Projeto - Responsible Manager.........46
6.1.3. Selecionando a Taxa de Custo do Recurso - Resource Rate Type.......47

LIÇÃO 7 - Criando Projetos a partir de um Template..........48

7.1. Project Architect................................................................48


7.1.1. Estimate Size & Complexity...............................................................51
7.1.2. Taylor WBS (Work Breakdown Structure).........................................52
7.1.3. Taylor WPs & Docs............................................................................52
7.1.4. Tailoring Overview............................................................................53
7.1.5. Resource Rate Type...........................................................................54
7.1.6. Configurações de Importação............................................................55
7.1.7. Salvando o modelo como Projeto......................................................56

LIÇÃO 8 - Definindo Orçamentos........................................58

8.1.1. Guia Budget Log................................................................................59


8.1.2. Guia Spending Plan...........................................................................61
8.1.3. Guia Summary Budget.......................................................................63
8.1.4. Guia Funding.....................................................................................65

LIÇÃO 9 - Calculando a Programação.................................67

9.1. Calculando o Projeto com Primavera® Enterprise...............67


9.2. Opções de Cálculo..............................................................68
9.2.1. Guia General.....................................................................................68
9.2.2. Guia Advanced..................................................................................69

LIÇÃO 10 - Nivelamento de Recursos...................................70

LIÇÃO 11 - Revisão – Custos (manual e automática)...........75

11.1. Atualizar unidades quando os custos são alterados...........76


11.2. Recursos – Turnos (Shifts)................................................77
11.3. Modificando Turno de Recursos.........................................78
11.4. Associando Turnos a Recursos...........................................79

LIÇÃO 12 - Auto Compute Actuals........................................82

12.1. Regras de Negócio.............................................................83


12.2. Auto Calcular Atividade.....................................................84
12.3. Auto Calcular Recurso........................................................86
12.4. Auto Cálculo de Despesas..................................................87
Revisão da Lição..............................................................................88

LIÇÃO 13 - Atualizando Baselines........................................89

13.1. Baselines (Planos meta)....................................................89


13.1.1. Atualizando a baseline......................................................................90

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 3 de 191


LIÇÃO 14 - Claim Digger.......................................................96

14.1. Visão Geral do Claim Digger..............................................96


14.2. Iniciando o Claim Digger...................................................97
14.3. Principal Janela da Aplicação.............................................97
14.4. Configurando Projetos e Opções de Produção...................98
14.5. Escolhendo Opções de comparação...................................99
14.6. Criando um Relatório.........................................................99
14.7. Revisando o Relatório......................................................100
14.8. Revisão da Lição..............................................................101

LIÇÃO 15 - Gestão de Portfólios de Projetos......................102

15.1. Criar o Portfolio de Projeto..............................................102


15.2. Abrir o Portfolio de Projetos............................................103
15.3. Fechar o Portfolio de Projetos.........................................104

LIÇÃO 16 - Análise de Valor Agregado e Peso de Marcos. . .105

16.1. Conceituando o Earned Value..........................................105


16.2. O que é Earned Value ?....................................................106
16.3. Análise de Valor Agregado...............................................107
16.3.1. Valor do Custo Planejado – Planned Value Cost (PV).......................108
16.3.2. Custo do Valor Agregado – Earned Value Cost (EV).........................108
16.3.3. Custo Real – Actual Cost (AC)..........................................................108
16.4. Análises do Earned Value (EV).........................................109
16.5. Análise do Earned Value e índices de Progresso..............110
16.5.1. Técnicas para o Relato de Desempenho...........................................110
16.5.2. Exemplo do Gráfico do Earned Value no (Tracking):........................113
16.5.3. Configurando os parâmetros do EV e seu impacto no Primavera.....113
16.6. Performance % Complete................................................117
16.7. Usando Peso de Marcos – Weighted Milestones...............118
16.7.1. Visualizando um layout para análise do Earned Value.....................119
16.7.2. Calculando o Valor do Custo Planejado (Planned Value – PV)..........120

LIÇÃO 17 - Análise do Tracking..........................................121

LIÇÃO 18 - Códigos e Placar de Projetos (Project Codes and


Project Scoring)...............................................124

18.1. Processo de Planejamento...............................................124


18.2. Códigos de Projeto (Project Codes).................................125
18.2.1. Criando um Código de Projeto.........................................................125
18.3. Códigos Seguros..............................................................126
18.4. Adicionando Valores de Códigos de Projeto.....................126
18.5. Valores de Peso de Códigos de Projeto............................128
18.6. Atribuindo pesos a Códigos de Projeto............................129
18.7. Atribuindo Códigos de Projetos a Projetos.......................130
18.8. Visualizando o Placar de Projeto no Primavera................131
18.9. Revisão da Lição..............................................................132

LIÇÃO 19 - Definição de campos pelo usuário (User Fields) e


Mudanças Globais (Global Change)..................133

LIÇÃO 20 - Documentos de Referência...............................141

Página 4 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


20.1. Adicionado um novo documento......................................142
20.2. Files.................................................................................143
20.3. Assignments....................................................................144
20.4. General............................................................................145

LIÇÃO 21 - Gatilhos (Thresholds) e Notificações (Issues). 146

21.1. Gatilho (Threshold) e Notificação (Issue).......................146

LIÇÃO 22 - Gerenciamento de Riscos.................................150

22.1. Visualizando Tipos de Riscos...........................................150


22.2. Adicionando um Risco......................................................151
22.2.1. Guia General...................................................................................152
22.2.2. Guia Descrição................................................................................153
22.2.3. Guia Controle..................................................................................153
22.2.4. A guia Impact..................................................................................153
22.2.5. Calculando o impacto de um Risco...................................................155
22.3. Alterando o tipo de Duração de uma Atividade................156

LIÇÃO 23 - Assignments.....................................................158

23.1. Guia General....................................................................158


23.2. Guia Planning..................................................................159

LIÇÃO 24 - Definindo Aplicações Externas.........................160

24.1. Associando dados do programa MS Project ao P3e..........160


24.2. Vinculando a Aplicação Externa.......................................161

LIÇÃO 25 - Transferindo informações entre Primavera e


Microsoft Excel.................................................163

25.1. Exportar Informações do Projeto.....................................163


25.1.1. Formato Exportação........................................................................163
25.1.2. Tipo de exportação..........................................................................164
25.1.3. Selecionar o(s) projeto(s)...............................................................164
25.1.4. Selecionar um template...................................................................165
25.1.5. Adicionar Colunas no Arquivo XLS...................................................166
25.1.6. Sumário...........................................................................................168
25.2. Modificando Informações do Projeto no Excel.................169
25.2.1. Incluindo informações no Excel.......................................................169
25.2.2. Melhores Práticas............................................................................170
25.2.3. Continuando Alterações de Informação no Excel.............................171
25.3. Importando Informações de Excel para Dentro do Primavera
........................................................................................173
25.3.1. Adicionando um Novo Cálculo para o Primavera Usando o Excel......178
25.3.2. Transferir os Cálculos Existentes do Arquivo em Branco..................179

LIÇÃO 26 - Apêndice B - Perfis de segurança global..........181

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 5 de 191


LIÇÃO 1 - Objetivos do curso avançado

Este curso fornece uma visão compreensiva e analítica do Primavera


Enterprise, de maneira aprofundada em tópicos essenciais do
Gerenciamento de Projetos.

É de fundamental importância que você tenha os conhecimentos


contidos no Curso Básico de Primavera Enterprise, para que possa dar
avanço real no aprofundamento de seus conhecimentos.

Este curso cobrirá os seguintes aspectos:


 Administração de usuários e perfis de segurança do sistema
 Criação de projetos usando um modelo guardado no
Methodology Management, a partir do Project Architect.
 Definindo Orçamentação Top Down
 Gerenciamento de Riscos
 Earned Value (Valor agregado) e peso de marcos
 Criar placar de projetos para visualização no Primavera Web
 Layouts do Tracking
 Auto Compute Actuals
 Definir aplicações externas
 Transferindo informações enre Primavera e Microsoft Excel
 Atualizando Baselines
 Claim Digger
 Criar Portifólio de projetos
 Gatilhos e Issues
 Cadastrar os documentos do projeto

Página 6 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


A seguir, as ferramentas que integram a suíte de produtos
Primavera®:

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 7 de 191


LIÇÃO 2 - Estruturando Projetos Corporativamente
( OBS x EPS )

PROPOSTA E OBJETIVO

Esta lição mostra as características principais da EOE – Estrutura


Organizacional do Empreendimento (OBS – Organizational Breakdown
Structure) e a EAE - Estrutura Analítica do Empreendimento (EPS -
Enterprise Project Structure). Ao completar esta lição o aluno será
capaz de:

 Visualizar e modificar a EPS;

2.1. OBS – Características Principais

A Estrutura Organizacional do Empreendimento - EOE (OBS –


Organizational Breakdown Structure) é o arranjo hierárquico da
estrutura gerencial da empresa. Pode ser representada pelos
indivíduos ou pelas funções que compõe seus níveis gerenciais.

 Cada nível da OBS é associado a um ou mais nós da EPS


 Cada nível da OBS é também associado a um ou mais níveis da
EAP (WBS), sendo responsável por todo o trabalho incluído no
item da EAP (WBS) correspondente.

 É por meio da OBS que se faz o controle de acesso às


informações do projeto e/ou EAP (WBS). Para um usuário do P6
ter acesso a um projeto e/ou EAP (WBS), ele deve ter permissão
de acesso ao nível da OBS à qual o projeto e/ou EAP (WBS)
pertence.

 Além do controle de acesso do usuário aos projetos e/ou EAP


(WBS) pertencentes a um determinado nível da OBS, também é
possível limitar o tipo de ação do usuário dentro do escopo da
sua responsabilidade.

 Permite a utilização em grandes projetos, envolvendo muitos


gerentes de projetos com diferentes áreas de responsabilidade.

 Pode ser criado e/ou editado a qualquer momento.

Página 8 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


Visualizando o resultado da inclusão da OBS:

NOTA: Para alterar o número máximo de níveis da OBS, na barra de


menu selecione Admin, Admin Preferences, Data Limits (padrão=
20 / máximo= 25). Manter o valor 20.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 9 de 191


2.2. EPS – Características Principais

O objetivo da EPS é permitir o gerenciamento de múltiplos projetos.


Caracteriza-se por ser uma estrutura hierárquica que relaciona os
diversos projetos e a posição relativa de cada um no Empreendimento.
Criando-se esta estrutura analítica determina-se o nível de
sumarização no qual o projeto estará inserido.

Benefícios:

 O gerenciamento de cada projeto é feito separadamente,


permitindo, no entanto a sumarização de dados e seu transporte
e/ou visualização em níveis estruturais mais altos;
 Mudar a posição relativa dos projetos, por meio da
movimentação do nó da EPS a níveis mais baixos ou mais altos,
dependendo do foco da análise e hierarquia, facilitando análises
por Gerentes;

 Os recursos pertencem à EPS, mas são alocados dentro dos


projetos. Desta forma é possível obter relatórios de todos os
recursos alocados a um projeto específico ou todos os projetos
em que um determinado recurso está engajado. Permite
também sumarizações para fins gerenciais.

Visualizando EPS:

A EPS representa uma estrutura hierárquica de projetos e capacita


alocar subdivisões de informações no empreendimento.

Visualizando a EPS:

 Na barra de menu selecione Enterprise, Enterprise Project


Structure.

Página 10 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


NOTA: Para alterar o número máximo de níveis da EPS, na barra de
menu selecione Admin, Admin Preferences, Data Limits (padrão=
20 / máximo= 50). Manter o valor 20.

o NOTA: É necessário suprir sempre um responsável para


cada nível da EPS. Se não for selecionado nenhum o
programa adotará como padrão o que estiver na raiz da
OBS.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 11 de 191


2.3. Administração de Usuários e Segurança

OBJETIVOS

Esta lição mostra o processo de criação de acesso e privilégios dos


usuários. Até o final desta lição, você poderá:

 Descrever o processo para estabelecer segurança.


 Definir e criar uma hierarquia de OBS.

 Estabelecer perfil de segurança para informações globais e


informações de projeto.

 Criar um novo usuário com privilégio de acesso.

2.4. Processo para Estabelecer Segurança

O Gerenciamento de Projetos da Empresa envolve uma estrutura para


gerenciar vários projetos em andamento e equipes.

Antes de usar o Primavera, uma OBS, EPS e uma hierarquia de


recursos precisa ser estabelecida. Adicionalmente, usuários precisam
ter seus direitos de acesso de forma apropriada.

Uma vez que usuários e estruturas estão definidos, perfis de


segurança podem ser implementados para promover acesso restrito e
específico às informações do projeto.

Os passos abaixo listam um processo geral para estabelecer


segurança:

1. Defina a OBS da organização.


2. Defina a EPS da organização e atribua um Gerente
Responsável (OBS) a cada nó.

3. Defina os recursos para utilização nos vários projetos da


empresa.

4. Crie perfis de segurança globais e do projeto.

5. Crie usuários e atribua um perfil global, Gerente Responsável


(OBS) e perfis de projeto.

6. Ligue recursos a usuários se eles usarem apontamento de


horas para registrar o tempo trabalhado em projetos.

7. Adicione projetos a EPS e defina a WBS para cada projeto.

Página 12 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


8. Atribuir um Gerente Responsável (OBS) para cada projeto e
elemento de WBS.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 13 de 191


Visão Geral: Acesso a Projetos e Segurança de Usuários

Configurar o usuário com os privilégios apropriados é a chave para


acessar as informações do projeto e o perfil de segurança do usuário.
O gráfico abaixo representa a organização da segurança do usuário no
Primavera:

O modelo de segurança do usuário no Primavera

Página 14 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


2.5. Relação da OBS com Controle de Acesso

Uma OBS é um arranjo hierárquico do gerenciamento de uma


estrutura da organização. A OBS é definida globalmente para a
empresa e controla acesso de usuários às informações do projeto. A
OBS:

 Pode ser configurada para representar um detalhamento da


organização (com o nome das pessoas), ou estrutura mais geral
(com departamentos, equipes, ou tipos de responsabilidade).
 Suporte de projetos que envolvem vários gerentes de projetos
com diferentes áreas de responsabilidade.

 Pode ser atribuído a um nó de EPS, elemento de WBS, projeto,


gatilhos, pendências e risco para designar responsabilidade.

2.6. Segurança Global da OBS

Users: A OBS promove acesso dos usuários aos projetos, elementos


de WBS, riscos, pendências e informações de gatilho para o qual o
elemento específico da OBS é responsável. A OBS restringe o acesso
de usuários aos projetos.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 15 de 191


Responsibility: Utilize esta guia para rapidamente visualizar onde o
gerente responsável (elemento de OBS) está atribuído na empresa.
Para modificar a exibição da atribuição, altere o gerente responsável
no nó de EPS, projeto, ou nível de WBS.

2.7. Perfil de Segurança

O perfil de segurança permite que você proteja informações não


autorizadas para alterações limitando os privilégios que usuários têm
diretamente na base de dados. Para assegurar segurança de vários
níveis de informação, existem 2 configurações para os perfis de
segurança: Global e do Projeto.

2.7.1. Perfil Global

 Define acesso de usuários a informações globais e configurações


ampliadas da aplicação, como contas de recursos e custos.

 Cada usuário deve ser atribuído a um perfil global.

 Um ilimitado número de perfil global pode se criado.

 Dois perfis globais podem ser predefinidos:

o Admin Superuser

 Permite acesso a todas as informações e todos os


projetos

Página 16 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


o Sem privilégios globais

 Restringe acesso de informações globais

 Atribui a uma pessoa como sendo estritamente um


usuário de Timesheet.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 17 de 191


2.7.2. Perfil do Projeto

 Define acesso de usuários a informações específicas de um


projeto.

 Para acessar projetos, um usuário deve ter um perfil de projeto


ou um perfil global, Admin Superuser, atribuído.

 Ilimitado número de perfis de projetos pode ser criado.

 Um perfil de projeto é predefinido:

o Project Superuser

 Permite o acesso completo para elementos diretos de


todos os projetos.

2.8. Visualizando Perfis de Segurança

A caixa de diálogo Perfil de Segurança permite quer você conceda


privilégios para perfis globais/projeto.

Perfil Global: Um perfil global de segurança controla a habilidade de


modificar informações ampliadas da empresa.

Passos

1. No menu Admin, clique em Security Profiles.


2. Verifique se Global Profiles está selecionado

3. Selecione um Profile Name, Administrator.

4. Reveja os privilégios que foram concedidos.

5. Na coluna Has Privilege, marque Edit Admin Preferences


and Categories.

Página 18 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


Marque o checkbox
para um privilégio,
adcionando o perfil de
segurança.

A guia Project Profiles controla a habilidade de modificar somente


informações de projeto.

2.9. Controle de acesso na Criação de um Usuário

 Cada pessoa deve ser registrada como um usuário.

 Crie uma lista de usuários que irão acessar os módulos.

 Atribua um perfil global, como for melhor definido para o


Gerente Responsável e perfil de projeto a cada usuário.

 Atribua um ID de Recurso se o usuário utilizar o timesheet para


apontamento de horas.

2.9.1. Guia General

Passos

1. No menu Admin, clique em Users.


2. Clique na guia General.

3. Na barra de comandos, clique em Add.

4. Digite um Login Name. O login name será


automaticamente reorganizado em ordem alfabética.

5. Digite um Personal Name.

6. Clique em Password e digite uma nova senha e verifique a


nova senha.

7. Clique em Ok para sair da guia

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 19 de 191


Página 20 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
2.9.2. Guia Contact

A guia de contato é utilizada para inserir um endereço de e-mail,


telefone comercial, informações de contato do usuário.

Se um usuário é também um recurso, o endereço de e-mail e número


de telefone comercial, você deverá digitar na caixa de diálogo o que
sobrescreverá as informações da janela Recursos, na guia General, se
a informação for diferente.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 21 de 191


2.9.3. Guia Global Access

Utilize esta guia para atribuir o perfil Global apropriado para o usuário
selecionado e especificar os que recursos que o usuário terá
disponibilidade de acesso.

Passos

1. Clique na Guia de Global Access


2. Selecione o perfil Global de Segurança, Administrador.

3. Em Acessos aos recursos (Specify the Resources the user will be


able to Access), marque All Resource Access.

Selecione o recurso ou nó para o qual o usuário


terá acesso. O usuário estará habilitado para
acesso ao recurso nó ou o recurso “filho”.

Página 22 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


2.9.4. Guia Project Access

Utilize esta guia para atribuir o Gerente Responsável apropriado (OBS)


e o perfil de segurança do projeto. Esta atribuição determinará para
qual projeto o usuário estará habilitado para acessar dentro da base
de dados.

Se o Gerente Responsável for atribuído a um nó de EPS, o usuário tem


acesso aos projetos e suas atividades, dentro do nó de EPS.

Se o Gerente Responsável for atribuído a um projeto, o usuário tem


acesso ao projeto e atividades dentro do projeto.

Se o Gerente responsável for atribuído a um elemento de WBS, o


usuário tem acesso a um projeto, mas pode apenas modificar as
atividades dentro do elemento de WBS.

Passos

1. Clique na guia Project Access para atribuir um Gerente


Responsável.
2. Clique em Assign.

3. Na barra de opções, selecione Expand All.

4. Selecione e atribua um nome da OBS e clique em Close.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 23 de 191


Página 24 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
2.9.4.1. Atribuindo um perfil de Projeto a um Usuário

A combinação dos campos Responsible Manager e a atribuição


de perfil no campo Security Profile determinam quais projetos
o usuário poderá acessar e as funções que poderá
desenvolver em cada projeto.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 25 de 191


2.9.5. Guia Licensing

Utilize a guia de licenciamento para identificar os produtos que o


usuário tem disponível para acesso.

Product Type - Exibe uma lista de aplicações Primavera.

Named User – Usuários têm licença associada específica com seus


nomes de login e são garantidos acessos de aplicações específicas e
bases de dados. A caixa marcada indica qual aplicação o usuário terá
acesso.

Concurrent User – A caixa marcada indica que o usuário selecionado


pode acessar a aplicação Primavera correspondente. Usuários
concorrentes obtêm acesso para a aplicação de um pool de licenças
compartilhadas numa base onde o primeiro que acessa é o primeiro
que é “servido”, limitado ao número de licenças do pool.

Passos

1. Clique na guia Licensing


2. Na coluna Product Type, selecione a aplicação Project
Management.

3. Marque o checkbox Named User.

4. Clique em Close.

Página 26 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


2.10. Revisando as Responsabilidades do Usuário

 Project ID/WBS Code – Lista o Project ID/WBS code para o


qual o elemento de OBS responsável foi selecionado.

 Project Name/WBS Name – Lista o Project Name/WBS Name


para o qual o elemento de OBS é responsável.

Passos

1. No menu Enterprise, clique em OBS.


2. Na sessão OBS, selecione o Gerente Responsável.

3. Clique na guia Users.

4. Reveja o tipo de acesso que o usuário tem para o projeto.

5. Clique na guia Responsability.

6. Reveja o elemento de WBS para o qual a pessoa tem


responsabilidade.

7. Clique em Close.

8. No menu File, clique em Exit para fechar o Primavera.

9. Quando finalizar, clique em Yes.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 27 de 191


2.11. Testando o acesso criado no Primavera

Acesse o Primavera com o nome de usuário e senha que você criou,


para testar. Você pode escolher o modo de acesso que você deseja
para utilizar o projeto.

Passos

1. Acesse o Primavera
2. Digite o nome de login e senha, clique em Ok.

3. Clique no menu File, na opção Open.

4. Selecione um projeto e clique em Open.

5. Visualize os modos de acessos possíveis.

Página 28 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


2.12. Privilégios de Projeto

Uma atividade será não editável para um recurso que não estiver
associado com o elemento de WBS.

Por exemplo, se você não desejar que informações de custo sejam


visualizadas por determinados recursos, você poderá restringir
adicionando a coluna Budgeted Labor Cost. Note que esta coluna está
com elementos escondidos para WBS que não estão em outros grupos.
Recursos que tem perfil de projeto que não permitem esta
visualização, não permitirão visualizar Project costs/Financials.

Para visualizar os direitos de acesso de algum recurso, você poderá


revisar seguindo os seguintes passos:

Passos

1. Abra o layout, Classic WBS layout.


2. Expanda a coluna, Activity ID.

3. Selecione uma atividade.

4. Verifique os direitos de acesso, se são ou não editáveis.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 29 de 191


2.13. Resumo sobre estabelecer Usuários e Segurança

A OBS é atribuída para um nó de EPS, Projeto ou elemento de WBS.


Isto tem um efeito em dar ao usuário acesso para informações de
projeto a um nível específico. Abaixo você encontrará um gráfico que
evidencia o relacionamento entre usuários e a medida de segurança
que precisa ser implementada quando adicionar usuários.

Página 30 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


2.14. Revisão da Lição

 Criar uma OBS para configurar o gerenciamento da estrutura de


sua organização.

 Controlar perfis de segurança do usuário para acesso a


informações do projeto.

 Definir perfis de segurança globais e do projeto, você deve


selecionar o privilégio que você deseja incluir em cada perfil.

 Você pode atribuir perfis de segurança a usuários na caixa de


diálogo OBS, da guia Usuários, a qual define o acesso dos
usuários para cada elemento da OBS nas informações do
projeto.

1. Um Gerente Responsável pode ser atribuído para todos os itens


abaixo, exceto:
a. EPS

b. Calendário

c. WBS

d. Projeto

2. Um perfil___________ determina o acesso de usuários em


aplicações ampliadas.
a. Global

b. Projeto

c. WBS

d. OBS

3. Como o Gerente Responsável é atribuído a um novo projeto?


a. Do mais alto nível da OBS

b. Do mais alto nível da EPS

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 31 de 191


c. De um nível “pai” do nó de EPS

d. Da caixa de diálogo Usuários.

4. Verdadeiro ou Falso: (___) Uma atribuição de um Gerente


Responsável designa quem é o responsável para o trabalho
dentro de um nó de EPS, elemento de WBS, ou projeto.

Página 32 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


LIÇÃO 3 - Preferências Administrativas

Estas preferências determinam formas de visualização para os projetos


em vários aspectos, inclusive no apontamento de horas e timesheets
do Primavera.

Você poderá configurar cada uma das guias que estão na janela Admin
Preferences. Utilize esta caixa de diálogo para especificar
configurações padrões estabelecidas pelo Administrador do Primavera.
Você pode também configurar opções para utilizar o Primavera
Timesheets com o módulo Project Management.

 No menu Admin, clique em Admin Preferences.

3.1. Guia General

A guia General permite que você especifique opções gerais, como o dia
da semana no qual o calendário deverá começar. Você pode também
especificar o caracter de separação de códigos para indicar níveis
hierárquicos, o dia de início da semana e o padrão de duração para
novas atividades.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 33 de 191


3.2. Guia Timesheets

Em Timesheets, você configurará as preferências para apontamento de


horas.

Entering Timesheets - Digitar folhas de horas

Escolha se novos recursos utilizarão timesheets.

Determine também se os todos os recursos terão que apontar horas


diariamente, ou por um período reportado, no qual os recursos
apontam suas horas uma única vez para cada atividade atribuída, de
acordo com o número de dias incluídos no período do Timesheet.

Nesta etapa você pode indicar:

 O número de casas decimais nas horas apontadas;


 O número de futuras timesheets um recurso poderá visualizar
além da atual;
 O número de timesheets anteriores um recurso poderá visualizar
além da atual;

Página 34 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


Timesheet Approval Level - Nível de aprovação de Folhas de
Horas

Aqui você indica se haverá níveis para aprovação do Timesheet. Estão


diponiveis:

 Aprovação Automática
 Auto Aprovação
 Um nível de aprovação
 Dois níveis de aprovação

Se você previamente definir a aprovação em dois níveis (o gerente de


projeto e do recurso), é possível definir se o gerente de projeto deve
fazer a aprovação antes do gerente do recurso. Além disso, o status
para todos os timesheets atuais que receberam um nível de aprovação
será alterado para “Aprovado”.

Escolha quem será o gerente aprovador padrão.

3.3. Guia Timesheet Privileges

Nesta guia você irá configurar como os usuários apontarão suas horas
e quais serão os privilégios.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 35 de 191


Default time window to access activities – Período de tempo
padrão para acessar as atividades

Not-started activities: Especifique o número padrão de dias que os


usuários do Timesheet podem revisar em uma atividade com status de
não iniciada. Se a diferença entre a data de início e a data de hoje é
menor que o valor especificado, a atividade aparece em listas direto no
módulo Timesheet. Você pode alterar esta configuração na guia
Timesheets em User Preferences.

Completed activities: Especifique o padrão de número de dias que os


usuários do Timesheets podem revisar uma atividade depois de
finalizada.

3.4. Guia Data Limits

A guia Data Limits permite que você especifique o número máximo de


níveis para uma estrutura hierárquica (OBS, EPS, EAP, etc). Você pode
também especificar número máximo de linhas de base e códigos de
atividades que um projeto deverá ter.

Página 36 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


3.5. Guia ID Lengths

Permite que você especifique o número máximo de caracteres dos


identificadores (IDs) de projetos, EAP, recursos, atividades, centro de
custo e função. O valor pode variar de 1 a 20.

3.6. Guia Time Periods

Especifica o número padrão de horas/dia, horas/semana, horas/mês e


horas/ano. Especifica também a abreviação para cada unidade de
tempo.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 37 de 191


3.7. Guia Earned Value

A guia Earned Value (Valor Agregado) permite que você especifique


padrões para calcular o valor agregado.

Technique for computing performance percent complete -


Técnica para cálculo do “Percentual de Performance
completado”

 Activity % Complete: Escolha para calcular o valor agregado


de acordo com o percentual de conclusão das atividades
correntes.
 Use WBS Milestones: Escolha para calcular o valor agregado
definindo marcos no nível da WBS/EAP e atribuir um nível de
significação ou peso para cada um deles. Na medida em que o
progresso ocorrer e você marcar cada marco completado, o
percentual de performance dos elementos da WBS concluída
será calculado baseado nos pesos dos marcos.
 0/100 % Complete: Escolha para calcular o valor agregado
como 100% somente depois das atividades finalizadas.
 50/50 % Complete: Escolha para calcular o valor agregado
como 50% depois que a atividade iniciou até a atividade
finalizar. Depois de finalizada a atividade, o valor agregado da
atividade será de 100%.
 Custom % Complete: Escolha para calcular o valor agregado
com um percentual que você especificar. Este percentual aplica
após o início da atividade até o final. Após a finalização da
atividade, o valor agregado da atividade será de 100%.

Página 38 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


Technique for computing Estimate to Complete (ETC) - Técnica
para cálculo da “Estimativa para Completar (EPC)”

O ETC (EPC) é o custo estimado para completar uma atividade. Pode


ser calculado como o custo remanescente total para a atividade
(Remaninig Cost for Activity) ou como o Fator de Performance
multiplicado pela diferenca entre o Orçado ao Completar e o Custo do
Valor Agregado.

O Budget at Completion (Orçado a Completar) é o custo total


planejado através da atividade completada. É o Custo Planejado dos
Recursos + Custo de Material + Custo Planejado das Despesas. Isto
vale também para a Linha de base total dos custos. Resumindo é o
somatório dos custos planejados dos recursos (pessoa, equipamento e
materiais) e das despesas.

Seguem as opções no Primavera:

 ETC = remaining cost for activity: Escolha para calcular


valores da Estimativa para Completar (EPC), como o custo
remanescente para completar uma atividade.

 ETC = PF * (Budget at Completion – Earned Value Cost),


onde:

o PF = 1: Escolha para calcular o valor do ETC como Fator


de Performance de 1 multiplicado pelo Orçado ao
Completar menos o Custo do Valor Agregado.
o PF = 1/Cost Performance Index: Escolha para calcular
os valores do ETC com um fator de Performance de 1
dividido pelo Índice de Performance do Custo (Cost
Performance Index - CPI).

Índice de Performance do Custo (IPC) = Custo do Valor


Ganho / Custo Real.

o PF = 1/(Cost Performance Index*Schedule


Performance Index): Escolha para calcular o valor do
ETC utilizando um valor de Fator de Performance igual a 1
dividido pelo produto do IPC e do Indice de Performance
do Tempo (Schedule Performance Index- SPI).

Índice de Performance do Tempo (IPT) = Custo do Valor


Ganho/ Custo do Valor Planejado.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 39 de 191


o PF = Valor Personalizado: Escolha para calcular o ETC
utilizando um Fator de Performance Personalizado. Se você
escolher esta opção, digite o fator no campo PF.

Earned value calculation - Cálculo do Valor Agregado

Ao calcular o valor agregado a partir da baseline, você deve escolher


entre os Valores Planejados com as datas reais, os Valores Planejados
com as datas planejadas ou os Valores ao Completar com as datas
reais.

NOTA: Os padrões de cálculo do Earned Value podem ser


personalizados para cada nível de WBS dos projetos.

3.8. Guia Reports

A guia Reports permite que você defina três padrões para cabeçalho,
rodapé ou um campo de texto que podem ser utilizados nos relatórios.

Página 40 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


3.9. Guia Options

Specify the interval to summarize and store resource spreads –


Especificar o intervalo para sumarizar e armazenar a disperção
de recursos

WBS Level: Define qual o intervalo de tempo as informações das


atividades serão sumarizados.

Resource/Role Assignment Level: Define qual o intervalo de tempo as


informações dos recursos serão sumarizados.

Project Architect – Arquiteto de Projeto

Permite que você habilite a utilização do Project Architect. Ao contrário


dos assistentes de criação de atividades e de recursos, que são
preferências de utilização dos usuários, o Arquiteto de Projeto é um
assistente de escolha pelo Administrador. Marcando esta opção,
permite que os usuários importem metodologias.

Purge Deletes – Apagar Definitivamente

Marque essa opção se você deseja que o Project Management apague


automaticamente de seu banco de dados os itens que foram apagados
pelo usuário quando este sair do sistema. Deixe essa opção
desmarcada se você quiser manter um histórico dos dados que foram
apagados e que podem ser recuperados utilizando a opção Undo.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 41 de 191


myPrimavera Server URL – URL do Servidor myPrimavera

A URL requerida é o endereço onde está alocado o servidor


MyPrimavera. Permite que os usuários encontrem documentos em
colaboração.

Workflow Administrator – Administrador de workflow

Clique para selecionar o usuário responsável por tarefas


Administrativas relacionadas aos modelos de workflow no
myPrimavera, os quais são usados para projetos e processos
solicitados. Por exemplo, o Administrador é responsável por
solicitações avançadas que não possuem pelo menos um revisor de
atribuição válido. Isto pode ocorrer durante o workflow de solicitação
do projeto se todos os revisores atribuídos a um template de
solicitação forem removidos como usuários do Primavera. O
Administrador deve então precisar avançar a solicitação e então
revisar o processo.

Link to Contract Management Module – Link para o Contract


Manager

Clique para configurar o acesso ao Expedition e, em seguida, escolha a


versão do Expedition a ser utilizada. Quando essa opção está marcada
é possível ligar seu projeto presente no Project Management ao seu
projeto do Expedition, permitindo assim importar e visualizar
informações contidas no projeto do Expedition.

Página 42 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


3.10. Guia Rate Types

A guia Rate Types permite que você personalize o título de cada um


dos cinco campos de Preço/Unidade (Price/Unit) disponíveis. O título
deve descrever o que o Tipo de Taxa representa, por exemplo, Taxa
Governamental.

Default Title: Lista os cinco títulos de Preço/Unidades disponíveis no


Primavera.

Title User-defined: O usuário pode editar o título para cada campo de


Preço/Unidade que deseja utilizar. Por exemplo, o campo Price/Unit 2
pode ser renomeado para Taxa Comercial.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 43 de 191


LIÇÃO 4 - Utilizando o Methodology Management

Este módulo do Primavera Enterprise serve para que você organize a


metodologia de projetos de sua empresa. É um sistema para criar e
guardar metodologia, ou “Modelos de planos de projetos”. Utilizando o
Methodology Management, sua organização pode juntar suas
“Melhores Práticas” e guardá-las num local centralizado. Isto permite
que os planejadores dos projetos criem planos de projetos
personalizados selecionando, combinando, e Taylorizando a
metodologia, e também partilhando de extratos (Plug-in) de planos de
projetos para cada novo projeto. Neste caminho, sua organização
poderá continuamente melhorar e redefinir atividades metodológicas,
estimativas e outras informações com cada novo projeto.

4.1. Para que serve uma metodologia?

Uma metodologia contempla várias informações associadas que


servem como um modelo para um plano de projeto ou parte dele.
Metodologias podem ter um ou ilimitado número de atividades. Em
adição a atividades, uma metodologia pode também incluir uma WBS,
definições de OBS, relacionamento entre as atividades, funções de
recursos e atividades, despesas, códigos de atividades e informações
de estimativas.

Usuários de modulo de Project Management podem selecionar,


combinar e Taylorizar metodologias para encontrar requerimentos
específicos de projetos.

4.2. Tipos de Metodologias

Este módulo suporta 3 tipos de metodologias:

 Base Methodologies: Proporciona a infra-estrutura básica para


o desenvolvimento de atividades durante o projeto.
 Plug-in methodologies: Resolve projetos específicos que
precisam e podem ser “plugged in”, ligados para uma base
metodológica. Metodologias Plug-in são especializadas em
tópicos que podem ou não ser requeridos por um projeto. Um
plano de projeto pode combinar zero, uma, ou mais
metodologias plug-in com uma base metodológica.

 Activity libraries: Proporciona um conveniente caminho para


guardar e editar comumente atividades usadas e suas
informações relacionadas. Uma Activity library é uma
configuração reutilizável de tarefas ou atividades que podem ser

Página 44 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


definidas uma vez que sejam reutilizáveis em algum número de
metodologia.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 45 de 191


4.3. Acessando o Methodology Management

 Acesse a aplicação: Clique em Iniciar / Programas / Primavera /


Methodology Management.

 Digite seu login de acesso e senha, e escolha qual base metodologia


vai utilizar e em seguida clique em Ok.

 Você visualizará a seguinte tela de entrada:

4.4. Criando uma metodologia

 Escolha no menu File, a opção New.

 Para criar uma nova metodologia, um wizard ajudará você a criar.


Clique em Next em cada caixa de diálogo do wizard para mover ao
próximo passo. Clique em Finish a qualquer tempo para criar a
metodologia utilizando a informação inserida.

 Digite o nome para a metodologia e depois escolha o tipo como


Base, Plug-In ou Activity Library.

 Escolha Sim para configurar as propriedades da metodologia:

o Insira o preço que será usado como padrão para calcular


custos para as atividades que tem unidades, mas não estão
atribuídas a recursos.

Página 46 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


o Digite o prefixo e o sufixo para ID (identificação) das
atividades e especifique o incremento para as atividades que
forem sendo adicionadas.

o Clique em Finish.

NOTA: Este processo serve para criar somente atividades para


a metodologia. Se você quiser mais sofisticação em sua
metodologia, poderá determinar.

4.5. Copiando uma metodologia já existente

 Abra a metodologia que você deseja copiar

 Escolha no menu File, a opção Copy

 Digite o nome da nova metodologia.

Para copiar atividades e informações de atividades e manter a


conexão ou ligação entre as atividades copiadas e as atividades
originais, escolha Reuse All Activities from Current Methodology. Se
você alterar uma Reused Activity, o módulo atualiza todas as
instancias de reutilização da atividade em todas as metodologias.

Para copiar atividades e informações de atividades sem manter a


conexão ou ligação entre as atividades copiadas, e a atividade
original, Copy All Activities from Current Methodology. Quando você
copia uma atividade, qualquer alteração que você fizer para uma
atividade não afetará oura ou a mesma atividade.

1. Clique em Copy.

NOTA: Para copiar uma metodologia, você deverá ter criado


New/Copy a metodologia com privilégio global. Adicionalmente,
você deve ser atribuído com o perfil de Methodology Superuser para
a metodologia que você está copiando.

4.6. Apagando uma metodologia

 Abra a metodologia que você deseja apagar

 Escolha no menu File, a opção Delete.

4.7. Abrindo uma metodologia já existente

1. Escolha no menu File, a opção Open.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 47 de 191


2. Selecione o nome da metodologia que você deseja abrir.

3. Escolha Read Only, Shared ou Exclusive para especificar como


deseja abrir a metodologia.

Dependendo do seu perfil de segurança, algumas destas opções


podem não estar disponíveis. Para visualizar uma lista de usuários
correntes que tem esta metodologia aberta, clique em Users.

 Clique em Open.

NOTA: Somente um usuário por tempo pode ter acesso exclusivo a


metodologia.

4.8. Renomeando uma metodologia

1. Abra a metodologia que você deseja renomear.

2. Escolha Methodology, Methodology Properties.

3. Clique na guia General.

4. Digite um novo nome.

4.9. Visualizando propriedades de uma metodologia

1. Escolha Methodology, Methodology Properties.

2. Clique em cada guia para revisar informações gerais,


methodology codes, notebooks, activity IDs, costs, and
methodology links for the open methodology.

4.10. Importando e Exportando Metodologias

Todas as informações de metodologias são guardadas numa base de


dados central. Você pode importar e exportar informações de e para
esta base de dados utilizando arquivos externos e então compartilhá-
los com outros produtos Primavera, outras ferramentas de
gerenciamento de projetos (como Microsoft Project) e recursos
humanos da sua organização e sistemas Administrativos. Você pode
também utilizar arquivos externos para arquivar seus projetos ou criar
um backup para sua base de dados.

Você pode importar o desenvolvimento de formatos de arquivos:

Página 48 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


 A Primavera é proprietária do formato (XER) e suporta toda
informação desenvolvida utilizando a suíte de ferramentas
Primavera para gerenciamento de projetos.
 Permite a você compartilhar arquivos MPP, MPD, MDB e MPT com o
Microsoft Project. Se você tiver Microsoft Project 98 ou após esta
versão, instalada em seu computador.

 Permite a você compartilhar informações no formato MPX com


Microsoft Project, para integrar com uma terça parte das
ferramentas.

 Formato XML permite que você compartilhe informações com


Microsoft Project 2002 ou após. Para isto, deverá ter estas versões
instaladas em seu computador para exportar para um arquivo XML.

NOTA: Se você importa um plano de projeto do módulo Project


Management, este não conterá atributos de atividades e
propriedade de atribuições.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 49 de 191


4.10.1. Exportando uma metodologia para um arquivo XER

1. Abra a metodologia que você deseja exportar.

2. Escolha no menu File, a opção Export.

3. Escolha Primavera PM/MM.

4. Escolha Methodology.

5. Digite ou selecione o nome do arquivo exportação e o local onde


o arquivo será salvo.

6. Clique em Finish.

4.10.2. Importando uma metodologia

1. Escolha no menu File, a opção Import.

2. Escolha Primavera PM/MM.

3. Escolha Methodology.

4. Digite ou selecione o nome e local do arquivo que você deseja


importar.

5. Escolha se ao criar uma nova metodologia, importar para uma


metodologia corrente ou substituir a metodologia corrente.

6. Selecione como você deseja importar a informação, selecionando


uma configuração de layout na caixa de diálogo Update
Methodology Options.

A opção especificada na configuração do layout determina como a


aplicação suporta informações de importação de arquivo que
combinam informações na base de dados. Você pode criar e salvar
diferentes configurações, entretanto, somente uma configuração
pode ser usada para importar o arquivo. Selecione Sim no campo
Use próximo a configuração que você deseja utilizar.

Você pode clicar em Add para criar uma nova configuração de


layout, ou clique em Modify para customizar a configuração do
layout.

Selecione Currency no qual importa os campos de custo. (Esta caixa


de diálogo somente mostra se o arquivo importado especifica uma

Página 50 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


currency, ou se a currency não combina com uma currency
definida).

Clique em Finish.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 51 de 191


4.10.3. Exportando uma metodologia Primavera para um arquivo
Microsoft Project

1. Abra a metodologia que você deseja exportar.

2. Escolha no menu File, a opção Export.

3. Escolha Microsoft Project e selecione o tipo de arquivo para o


qual você deseja exportar.

4. Escolha a Methodology.

5. Dê um duplo clique no campo Export File Name se você deseja


alterar o nome e local do arquivo Microsoft Project.

6. Adicione um novo template ou modifique o template existente


(se necessário). O template contém opções para trocar
informações com o Microsoft Project.

7. Clique em Próximo, para revisar as configurações para sua


exportação.

8. Clique em Finish.

Página 52 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


LIÇÃO 5 - Criando Projetos

PROPOSTA E OBJETIVO

Esta lição descreve como criar e acrescentar projetos na estrutura do


empreendimento e como estabelecer um orçamento preliminar,
implementar mudanças no mesmo, e acompanhar mensalmente
gastos e variações em diversos níveis do empreendimento. Ao
completar este curso o estudante será capaz de:

 Criar projetos
 Criar projetos a partir de um modelo

O P6 permite que se use um Assistente para a criação de um novo


projeto.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 53 de 191


Selecione o nível de EPS em que
o Projeto será criado.
Após selecionar, clique em select.

A identificação do projeto é feita preenchendo seu número (Project ID)


e seu nome (Project Name).

Página 54 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


5.1.1. Determinando Data de Início – Start Date

Project Start and End Dates é a tela onde se seleciona a data de


início do projeto.

Figura - Criação de Projeto Project Start and End Dates

Preencha a data programada para o início do projeto. O projeto não


terá a data Must Finish by neste momento. Se desejar, você pode
adicionar esta data em qualquer ponto do ciclo de vida do projeto, em
Projects, na janela Dates, de detalhes do projeto.

5.1.2. Associando o Responsável pelo Projeto - Responsible Manager

O Responsible manager é selecionado a partir da OBS. É o responsável


pelo projeto, pela criação das atividades, atualização do cronograma,
alocação de recursos, cálculo do projeto, etc.

Figura - Criação de Projeto Responsible Manager

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 55 de 191


Caso não encontre nesta tabela o gerente
responsável pelo projeto, este deverá ser
cadastrado.

5.1.3. Selecionando a Taxa de Custo do Recurso - Resource Rate


Type

Resource Rate Type é o tipo de taxa de recurso a ser utilizada no


projeto. Utilize sempre como padrão – a tabela Price/Unit1
(Preço/Unidade - custo do recurso é em R$ - Reais).

Figura - Criação de Projeto Resource Rate Type

Página 56 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


LIÇÃO 6 - Criando Projetos a partir de um Template

Esta lição descreve como criar projetos usando o Arquiteto de Projetos.


Com ele você pode utilizar metodologias do Methodology Management
para construir um plano de projeto.

6.1. Project Architect

O Arquiteto de Projetos é um wizard que guiará você através de uma


série de questões e depois construir um plano de projeto de acordo
com suas responsabilidades.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 57 de 191


Para utilizar o Project Architect siga os seguintes passos, conforme
figuras e explicações abaixo:

 Clique em File / New para criar um novo projeto.


 Siga os procedimentos normais de criação de um projeto,
conforme demonstrado no item “Criando um novo projeto”. Até
este ponto, você está no wizard de criação de um novo Projeto,
e você encontrará a escolha para utilizar ou não o Project
Architect:
o Escolhendo Yes, você criará um projeto a partir de um
Template.
o Escolhendo No você criará um projeto desde o início, sem
modelo.

Figura - Criação de Projeto Project Architect

Figura - Project Architect Base Methodology

Página 58 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


O Project Architect permite construir um novo plano de projeto,
selecionando uma base metodológica já criada, e se necessário,
selecionando uma ou mais metolodogias por plug-in.

Se você tivesse escolhido plug-in methodology, apareceria uma caixa


de diálogo, permitindo a seleção de metodologias plug-in para incluir
no plano do projeto.

Figura - Project Architect Select Base Methodology

Figura - Project Architect Select Base Methodology

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 59 de 191


6.1.1. Estimate Size & Complexity

A função do tamanho do projeto e sua complexidade é usada para


calcular um valor entre o baixo e algo valore definido para duração,
labor/non labor units e expense costs atribuídos a cada atividade na
metodologia.

Para especificar a percentagem para cada metodologia você pode:

 Manualmente inserir um percentual para cada metodologia.


 Utilizar o Size & Complexity Wizard. O wizard faz uma série de
perguntas, os valores ou “respostas”, que você seleciona são
posteriormente utilizados para determinar este tamanho e a
complexidade.

Especifique, em percentual, o tamanho da complexidade do seu


projeto em relação ao Template. Este percentual será utilizado pelo
Project Architect para estimar esforço e custo no projeto.

O padrão é 50% de complexidade.

Figura – Project Architect Estimate Size & Complexity

Página 60 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


6.1.2. Taylor WBS (Work Breakdown Structure)

Até este ponto, o Project Architect permitiu customizar o novo plano


de projeto selecionando elementos de WBS/EAP, atributos de
atividades, e produtos e documentos que você deseja incluir no
projeto.

Taylor WBS é utilizado para cortar, se necessário, elementos de WBS


e atividades do template que não se aplicam ao seu projeto, ou para
incluir novos elementos.

Clique em Tailor
para customizar
WBSs.

Figura - Project Architect Taylor WBS

6.1.3. Taylor WPs & Docs

O Taylor WPs & Docs é utilizado para armazenar Documentação do


Methodology Manager, para referência ao desenvolvimento de uma
determinada atividade. Se o produto do trabalho e documentos foi
atribuído a atividades ou elementos de WBS na base ou plug-in
metodologia, você poderá escolher para incluir ou removê-las do novo
projeto.

Como exemplo, o documento pode ser uma especificação técnica de


uma atividade.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 61 de 191


Figura - Project Architect Taylor WPs & Docs

6.1.4. Tailoring Overview

Tailoring Overview permite visualização das customizações


mostrando, no detalhe, as alterações realizadas. Resume as atividades
e documentos que você removeu durante o processo de Tailoring. Isto
também mostra qualquer relacionamento incorreto que possa existir
(Broken relationships) no plano de projeto como resultado do processo
de Tailoring.

Se você não utilizou o Taylor, não foram removidas nenhuma


atividades, WPs & Docs, ou Broken relationships para visualizar na
caixa de diálogo.

Figura - Project Architect Tailoring Overview

Página 62 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


Figura - Project Architect Tailoring Overview

6.1.5. Resource Rate Type

Resource Rate Type é o tipo de taxa a ser utilizada na alocação de


recursos. Utilize a configuração padrão como segue:

Figura - Project Architect Resource Rate Type

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 63 de 191


6.1.6. Configurações de Importação

Quanto você cria um novo projeto utilizando uma metodologia,


algumas informações podem ter conflito com informações globais de
projetos na base de dados. Esta caixa de diálogo permite que você crie
importando um layout de configuração para definir as ações que você
gostaria de ter ao importar.

As configurações de importação podem ter suas opções salvas e


reutilizadas. Elas definem a ação a ser tomada quando dados
importados conflitarem com os dados existentes (Ex: Recursos e
Perfis). Recomenda-se utilizar sempre o layout Default
Configuration.

Figura - Project Architect Update Project Options

Página 64 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


6.1.7. Salvando o modelo como Projeto

Agora você pode ter um resumo do novo projeto e visualizar detalhes


sobre elementos que serão incluídos no novo projeto (View Details).

Figura - Project Architect Save Base Methodology

O projeto está pronto. Se o projeto não estiver satisfatório, clique em


Prev, e faça os ajustes necessários. Se estiver satisfatório, clique em
Finish para completar o wizard.

Figura - Project Architect Projeto Salvo

Tendo criado o projeto, você cumpriu a primeira etapa do


planejamento do projeto.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 65 de 191


São mostrados todos os nós da EPS e os projetos atualmente
existentes

Página 66 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


LIÇÃO 7 - Definindo Orçamentos

Orçamentos são constituídos por quantidades estimadas de recursos e


fluxo de caixa, necessários para se completar um projeto. Antes do
início do projeto, a gerência da Empresa trabalhando em conjunto com
os gerentes de projeto, determina o escopo e os requisitos do
orçamento e definem estas estimativas.

Top-down Planning (Planejamento Topo-Base) - os recursos são


alocados no nível dos nós da EPS e então sub-alocados nos níveis
inferiores até o nível do projeto

Mudanças no orçamento – permite que se registrem alterações no


orçamento original tanto na fase de planejamento como na fase de
execução. O P6 mostra estas mudanças, mas guarda também as
informações originais.

Fluxo de caixa – uma vez estimado o orçamento pode-se estabelecer


um plano mensal de gastos que será utilizado para acompanhamento
do fluxo de caixa do projeto1

Fontes de Recursos Financeiros - permite gerenciar quais são as fontes


dos recursos utilizados no projeto e registrar alocações adicionais. 2

Quando o orçamento estiver consolidado pode-se então iniciar a


alocação de recursos no nível da EAP (WBS) e no nível de atividades.

o Embora não haja uma ligação direta entre o orçamento e


os custos que são registrados nas atividades, é possível
sumarizar estes valores no nível da EAP (WBS), projeto, e
EPS para fins de comparação e acompanhamento.

1
Obs.: Pode-se ter um controle completo da distribuição de gastos mensais (fluxo
de caixa), que ultrapassaram a estimativa de orçamento, para cada nível da EAE
(EPS) ou projeto.
2
Obs.: Pode-se criar um dicionário de fontes de recursos, como por exemplo,
governamentais, bancos ou próprios, para facilitar a sua classificação.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 67 de 191


7.1.1. Guia Budget Log

Exercício 1: Definindo Orçamentos

Vamos utilizar a pasta de orçamentos, para registrar o orçamento


inicial dos projetos da Hidra:

 (Caso não esteja na tela Projects) Pressione o ícone Projects na


barra de diretórios e na janela Detalhes de Projetos (Project
Details) selecione a pasta Budget Log
 Selecione o nó Hidra e no campo Original Budget digite 950000

 Faça o mesmo para os demais nós da EPS, entrando os valores


da tabela abaixo:

Note que os campos Current Budget e Proposed Budget têm o mesmo


valor do campo Original Budget, quando não há registro de mudanças
no orçamento.

Registrando e Documentando mudanças no Orçamento (Budget


Change Log)

Como o orçamento disponível no nível 3 (EPS: Montagens) é inferior


ao total distribuído em $19,000.00, vamos criar registros de alteração
para o orçamento:

Página 68 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


 Na tela Projects selecione o nó Montagens
 Na janela de Detalhes pressione Add para criar uma nova linha
de registro. Digite os dados conforme a Alteração no. 1 abaixo

 Pressione Add e entre com a Alteração no. 2

Cálculo dos campos Orçamento Atual (Current Budget) e Orçamento


Proposto (Proposed Budget):

Orçamento Atual = Orçamento original + Orçamentos aprovados da janela


Change log

Orçamento Proposto = Orçamento original + Orçamentos aprovados na


janela Change log + Orçamentos pendentes da janela
Change log

NOTA: Quando uma alteração muda do status Pending para Not


Approved o Orçamento Proposto diminui, pois alterações não
aprovadas não entram no cálculo de nenhum campo.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 69 de 191


7.1.2. Guia Spending Plan

Plano mensal de gastos - Criando um fluxo de caixa

Já tendo definido o orçamento de cada nó da EPS e de cada projeto,


vamos agora criar um plano mensal de gastos, ou seja, distribuir o
orçamento ao longo do tempo.

 Na tela Projects selecione o nó Montagens


 Na janela de Detalhes selecione a guia Spending Plan e digite
os dados conforme coluna 1 abaixo.

 Selecione depois o projeto Auto e insira os valores da coluna 2.


Repita o mesmo para o projeto Transp utilizando os valores da
coluna 3.

EPS
Projeto Projeto
Data
Auto Transp
Montagens
Out-06
$ 8.000 $ 10.000 $0
Nov-06
$ 8.000 $ 10.000 $0
Dez-06
$ 10.000 $ 10.000 $ 2.000
Jan-07
$ 12.000 $ 10.000 $ 2.000
Fev-07
$ 19.000 $ 20.000 $ 2.000
Mar-07
$ 13.000 $ 10.000 $ 3.000
Abr-07
$ 15.000 $ 10.000 $ 5.000
Mai-07
$ 25.000 $ 20.000 $ 5.000
Jun-07
$ 20.000 $ 20.000 $0
Jul-07
$0 $0 $0
Ago-07
$0 $0 $0
Set-07
$0 $0 $0
Out-07
$0 $0 $0

Página 70 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


Nov-07
$ 5.000 $0 $ 5.000
Dez-07
$ 10.000 $0 $ 10.000
Jan-08
$ 10.000 $0 $ 10.000
Fev-08
$ 10.000 $0 $ 10.000
Mar-08
$ 5.000 $0 $ 5.000

Os demais níveis da EPS já estão com seus planos mensais de gastos


pré-preenchidos. Para visualizá-los selecione o nível da EPS desejado.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 71 de 191


Entendendo o Fluxo de Desembolso

Agora que já definimos nosso plano mensal de gastos vamos verificar


que outras informações estão disponíveis nesta pasta.

 Na visão Projects selecione o nó Montagens e a guia Spending


Plan

Plano de Gastos (Spending Plan): Esta coluna mostra os valores


mensais de gastos do nó da EPS que está selecionado no momento, no
nosso caso “Montagens”.

Conferência do plano de despesas (Spending Plan Tally): Coluna


não editável que mostra a somatória dos gastos mensais dos níveis
imediatamente abaixo do nó selecionado. No nosso exemplo é a
totalização dos valores mensais dos projetos “Auto” + “Transp”.

Variação atual não distribuída (Undistributed current variance):


Coluna calculada, não editável que mostra o resultado do seguinte
cálculo:

Página 72 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


o Negativo (vermelho entre chaves): indica que foi
distribuído um valor mensal maior do que o disponível
neste nível.
“Undistributed current variance” = “Spending Plan” – “Spending Plan
Tally”
(= valor mensal de gastos do nível selecionado – somatório do valor dos gastos
mensais dos níveis imediatamente abaixo do “nó” selecionado)

Plano de lucro (Benefit Plan), Conferência do plano de benefícios


(Benefit Plan Tally) e Variação do benefício (Benefit Variance): estas
colunas funcionam de maneira similar às colunas já mencionadas neste
item, porém são destinadas a receberem os valores de entrada de
caixa (recebimentos do cliente). Desta forma é possível saber se
estamos tendo lucro ou prejuízo nos diversos níveis da EAP (EPS) ou
nos Projetos. Os valores mostrados foram pré-preenchidos para o
nosso exemplo, e supõe que todo o recebimento será feito no início
dos projetos. ($126,000 do projeto “Auto”, recebidos em jul/01 e
$71,000 recebidos do projeto “Transp” em set/01).

7.1.3. Guia Summary Budget

Entendendo o Sumário do Orçamento

A guia Summary Budget mostra um resumo dos valores informados


nas guias Budget Log e Spending Plan.

 Na visão Projects selecione o nó Montagens e a guia Summary


Budget.

Todos os campos são calculados (não editáveis)

Valores em vermelho são valores negativos

“Budget” - fórmulas utilizadas nos cálculos:

Orçamento Atual (Current Budget) = Orçamento original + Orçamentos


Aprovados na janela "Budget Log
Change” do “nó” selecionado

Orçamento Atual Distribuído (Distributed Currente Budget) = Soma dos


Orçamentos Atuais dos “nós” inferiores da EAE (EPS) selecionada

Orçamento não distribuído (Unallocated Budget) = Orçamento Atual –


Orçamento Atual
Distribuído

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 73 de 191


“Spending Plan” - fórmulas utilizadas nos cálculos:

Total do Plano Mensal de Gastos (Total Spending Plan) = soma dos valores
mensais do Plano de Gastos do “nó” selecionado

Total do Plano Mensal de Gastos Calculado (Total Spending Plan Tally) =


Soma mensal dos Planos de Gastos dos “nós” inferiores da EAE (EPS)
selecionada

Variação Atual não Distribuída (Undistributed Current Variance) = Total do


Plano de Gastos – Total do Plano Mensal de Gastos Calculado

“Benefit Plan” - fórmulas utilizadas nos cálculos:

Total de Receitas (Total Benefit Plan) = soma dos valores mensais do Plano
de Receitas do “nó” selecionado

Total de Receitas Calculado (Total Benefit Plan Tally) = soma dos valores
mensais do Plano de Receitas dos “nós” inferiores da EAE (EPS) selecionada

Variação Atual (Current Variance) = Total do Plano Mensal de Gastos –


Orçamento Atual

Página 74 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


7.1.4. Guia Funding

Registrando a origem dos recursos financeiros

Para finalizar o exercício, vamos registrar a fonte dos recursos


financeiros que estão sendo utilizados no orçamento da “Hidra”.

Pode-se criar um dicionário de Fontes de Recursos organizado de


maneira hierárquica, classificados em: recursos governamentais,
corporativos (próprios) ou de clientes.

 Na barra de menu selecione Enterprise, Funding Sources.


 Na janela que se abrir, digite as seguintes fontes de recursos:

o Pressione Close para fechar a janela.

Vamos agora designar quais as fontes de recursos da “Hidra”:

 Na tela Projects selecione o nó Hidra e a pasta Funding


 Pressione o botão Add e na janela que se abrirá dê um duplo
clique em BNDES e outro duplo clique em Corporativo

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 75 de 191


 Pressione o ícone Close para fechar a janela Assign Funding
Sources

Selecionadas as fontes de recursos podemos digitar os valores


originários de cada fonte, conforme a tabela abaixo:

Embora tenhamos utilizados apenas o nó Hidra, as fontes


estabelecidas são globais e podem ser aplicadas a qualquer EPS ou
projetos.

Página 76 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


LIÇÃO 8 - Calculando a Programação

Propósitos e Objetivos

Esta lição descreve vários termos do cálculo da programação do


Primavera Enterprise e ilustra faz o cálculo para programação de datas
cedo e tarde. Ao final desta lição, o aluno saberá:

1. Executar o cálculo.
2. Definir as opções de cálculo gerais e avançadas.

3. Identificar múltiplos caminhos críticos.

4. Acompanhar a lógica da rede

8.1. Calculando o Projeto com Primavera® Enterprise

Para se obter as datas das atividades e de final do projeto é necessário


efetuar o calculo do projeto.

Utilize a opção Schedule para especificar suas preferências na


programação ou reprogramação das atividades do projeto aberto.

Para acionar a opção Schedule, clique em Schedule na barra de


ferramentas ou utilize a tecla F9 do teclado.

Informe o Data Date e clique em Schedule.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 77 de 191


8.2. Opções de Cálculo

8.2.1. Guia General

A imagem abaixo traz as opções de cálculo Default do Primavera


Enterprise, ou seja, toda vez que executar o F9, o cálculo é realizado
do estes parâmetros:

Se houver necessidade de efetuar um cálculo com situações


diferenciadas, basta escolher as opções. Para retornar ao padrão de
cálculo, clique no Botão Default, na barra de comandos.

Página 78 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


8.2.2. Guia Advanced

Você poderá calcular múltiplos caminhos críticos usando a folga total


ou folga livre. Poderá também escolhe uma atividade de uma WBS que
você deseja representar o final do caminho de folga. Tipicamente, esta
será uma atividade marco ou alguma outra atividade significante que
tenha data de início ou data de fim que não pode ser alterada.

Se você não selecionar uma atividade em específico, o módulo


escolherá uma atividade baseada em sua seleção de Folga Total ou
Folga Livre.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 79 de 191


LIÇÃO 9 - Nivelamento de Recursos

O nivelamento de recursos é executado através dos comandos:

Ferramentas (Tools)  Nivelar Recursos... (Level Resources...)

As configurações a seguir são aplicadas aos projetos que estejam abertos e/ou
aos que estejam determinados nas preferências de nivelamento:

 Nivelar recursos automaticamente quando executar o cálculo da


programação (Automatically level resources when scheduling):
Estando esta opção ativa, a cada vez que o cálculo de programação for
executado, o nivelamento também o será.

 Considerar alocações em outros projetos que possuam prioridade


igual/maior (Consider assignments in other projects with priority
equal/higher than): Com esta opção ativa, recursos que estejam em
outros projetos, dentro da faixa de prioridades de nivelamento
especificada, são levados em conta para apurar se estão
sobrecarregados. Alocações em projetos fechados são levadas em
conta.

Página 80 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


Por exemplo:

Existem quatro atividades de quatro projetos necessitando de um mesmo


recurso em um mesmo período conforme visualizado na figura a seguir.

São quatro atividades com:


Duração de 10 dias
Esforço de trabalho de 40 horas;
Recurso (operador) trabalhando 4 horas/dia.
Resulta numa sobrecarga de 8 horas/dia no período, se as
atividades forem programadas da forma como estão acima.

Consideremos que as prioridades de nivelamento de projeto sejam 1, 2, 3 e 4


para os projetos A, B, C, e D respectivamente.

Após isto, se for aberto somente o projeto A e nivelado de acordo com a


parametrização a seguir (prioridade 2);

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 81 de 191


Esta prioridade
abrange os
projetos A e B

A “Atividade 1 do Projeto A” não sofrerá nenhum deslocamento, visto que a


disponibilidade total (8 horas/dia ou 40 horas/semana do recurso operador) é
suficiente para a execução das atividades dos projetos considerados (A e B).
Entretanto, se este mesmo nivelamento fosse executado com prioridade 3 ou
maior, a “Atividade 1 do Projeto A” sofreria um deslocamento para se ajustar a
disponibilidade do recurso operador.

Deslocamento em
função do
nivelamento

Histograma da carga de
trabalho dos projetos B e C

Página 82 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


NOTA: Observe que o esforço de trabalho referente ao projeto D não está representado no
Histograma. Neste caso a configuração somente exibe a carga dos projetos envolvidos no
nivelamento e foi configurado através dos seguintes comandos:

 Editar (Edit)  Preferências de Usuários (Edit User Preferences...)  Análise de


Recursos (Resource Analysis) com a opção “Todos os projetos fechados com
prioridade de nivelamento definido igual/maior que 3”.

A faixa de prioridade de nivelamento vai de 1 (mais prioritário) até 100 (menos


prioritário). Este valor é determinado para o projeto no campo Prioridade de
Nivelamento (Project Leveling Priority) na Visão Projetos (Projects) na guia
Geral (General).

 Preservar as datas cedo e tarde programadas (Preserve scheduled


early and late dates): Esta opção ativada faz com que as datas cedo e
tarde sejam preservadas, as quais foram obtidas durante o processo de
cálculo de programação.
 Recalcular custos dos recursos após o nivelamento (Recalculate
resource costs after leveling): Com esta opção ativada, os custos de
recursos são recalculados após o nivelamento do projeto e, também, os
custos de recursos distribuídos ao longo períodos em que haja variação
das taxas.

 Nivelar todos os recursos (Level all resources): Com esta opção


ativada, o sistema tentará nivelar todos os recursos.

 Nivelar recursos somente até a Folga Total da atividade (Level


resources only within activity Total Float): Ativando esta opção, o
retardo de atividades com conflito de recursos somente se dará até o
limite de sua data de término tarde.

 Preservar o mínimo de folga quando nivelando (Preserve minimum


float when leveling): É a quantidade de folga que se quer manter

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 83 de 191


quando as atividades são retardadas em função de conflito de recursos.
Defines-se o valor e a unidade de tempo a ser considerada.

 Percentual máximo de sobre alocação de recursos (Max percent to


over-allocate resources): É o valor máximo, em percentagem, no qual a
disponibilidade do recurso pode ser aumentada durante o nivelamento.
Este aumento na disponibilidade é levado em conta se o recurso na
atividade não pode ser nivelado após o consumo do limite da folga. Os
valores são definidos pelo usuário.

Prioridades de nivelamento

 Nome do Campo (Field Name): Relaciona a ordem de prioridade do


desempate do nivelamento em função dos campos disponíveis. Este
critério de desempate é utilizado quando uma atividade compete pelo
mesmo recurso ao mesmo tempo.
 Ordem de Classificação (Sort Order): Em função do campo escolhido
para o desempate, este pode ser em ordem crescente ou decrescente.
Para aqueles campos que aceitem hierarquia, existe mais uma opção que
é a ordem “hierárquica”.

 Novo (Add): Adiciona outra prioridade de nivelamento.

 Remover (Remove): Remove a prioridade de nivelamento.

 Registrar em arquivo (Log to file): Com esta opção ativa, será gerado
um relatório de processamento do nivelamento em formato “txt”. Pode se
escolher o nome do arquivo e em que local ele será gerado.

 Nivelamento (Level): Executa o nivelamento de acordo com as opções


ajustadas.

 Padrão (Default): Retorna os parâmetros padrão de nivelamento.

 Ver Registro (View Log): Exibe o relatório de processamento do


nivelamento executado.

Itens ignorados durante o nivelamento:

Atividades Marcos/ Milestones

Atividades Level of effort

Atividades WBS Summary

Expenses / Despesas

Página 84 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


Projetos em análise e já fechados.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 85 de 191


LIÇÃO 10 - Revisão – Custos (manual e automática)

No P6, custos são armazenados diretamente dentro do banco de dados.


Facilitando o controle de custos, de duas maneiras:

 Manualmente ou;

 Calculados pelo programa.

Calcular custos através das unidades (Units)

 Opção que pode ser apontada na tela de recursos ou associada


individualmente
 Marque a caixa Calculate costs from units, baseada em quantidades e
price/unit.

 Marcar ou desmarcar a caixa não afeta associações existentes

Passos:

1. Selecionar Enterprise, Resources


2. Selecione um recurso <João Inacio>

3. Da barra Details, marque a caixa <Calculate costs from units>

Página 86 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


10.1. Atualizar unidades quando os custos são alterados

 Posicionar no nível de projeto

 Marcar a caixa quando se deseja que as unidades sejam alteradas com


base na alteração de custo.

Unidades e ou duração podem ser alteradas baseadas no tipo de duração

 Marque a caixa para manter as unidades como antes dos custos serem
modificados.

Passos:

1. Selecione Enterprise, Projects


2. Da barra de Display, clique Expand All

3. Selecione um projeto <Transp>

4. Na pasta Calculations, marque <Update units when costs change on


resource assignments>.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 87 de 191


10.2. Recursos – Turnos (Shifts)

P6 leva em conta as horas em turnos quando calcula unidades e preços durante


o nivelamento. O calendário do recurso é usado para determinar quando o
recurso pode trabalhar, e os limites deste período são determinados pelos turnos
(shifts) definidos para este recurso.

 Turnos (Shifts) são definidos no nível Global

 Turnos (Shifts) são associados no nível do Recurso

P6 nivela todos os projetos usando este recurso de acordo com a definição de


turnos.

o Adicionando um Turno (Shift) a um recurso

 Um número ilimitado de turnos pode ser criado.

Passos:

1. Selecione Enterprise, Resource Shifts;


2. Da barra de Command, clique Add;

3. Digite a descrição <3 Shifts: 8 hours each> e clique em Modify para


adicionar os turnos;

Página 88 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


10.3. Modificando Turno de Recursos

 Turnos começam e acabam na hora

 Cada turno deve Ter no mínimo 1 hora

 O total do turno deve ser igual a 24 horas

 Turno pode durar até dois dias

Passos:

1. Acerte a hora de início para o primeiro turno <06:00>


2. Clique Add para adicionar um segundo turno

3. Acerte a hora de início do segundo turno para <14:00>

4. Clique Add para adicionar um terceiro turno e acertar hora de início do


terceiro turno para <22:00>

5. Clique Close

NOTA: Durações são calculadas a partir da hora de início de cada turno

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 89 de 191


10.4. Associando Turnos a Recursos

 Associar um turno a um recurso

 Acertar diferentes limites (quantidades) pra cada turno

Passos:

1. Selecione Enterprise, Resources.


2. Selecione um recurso <CES – Carlos Eduardo Sampaio >

3. Da barra Units & Prices, selecione um Calendário tipo turno <3 shifts:
8 hours each>

4. Selecione um turno (shift) <1>, então Clique Add

Página 90 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


5. Digite a quantidade máxima Max Units/Time pra o turno <100%>

6. Digite o valor hora Price / Time para o turno <$55.00>

NOTA: O primeiro turno dura 8 horas. Entrando 100% para o Max Units/Time
significa que o recurso irá trabalhar durante toda hora para cada hora durante o
turno.

Passos:

1. Selecione um recurso <JI- João Inácio >


2. Selecione um turno <2>, então Clique Add

3. Digite a Mx Units/Time para o turno 2 <50%>

4. Digite um Price/Time para o turno 2 <$55.00>

NOTA: O segundo turno dura 8 horas, entrando com 50 % para o parâmetro Max
Units/Time significa que este recurso está trabalhando meia hora para cada hora
do turno, isto é 4 horas.

1. Alocar o recurso JI- João Inácio > à atividade CS315 Preparação do


terreno.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 91 de 191


Exercício 2: Inserindo Recursos nas atividades

ID Activity Name Resources


SISTEMA TRANSPORTADOR
PROJETO E ENGENHARIA
CS300 Projeto do Sistema Walter Resende
CS310 Revisão e Aprovação do Projeto Edson Madeira
CS430 Preparação dos Desenhos do Transportador Paulo Cardoso
Revisão e Aprovação dos Desenhos do Edson Madeira
CS440
Transportador Walter Resende
AQUISIÇÃO
TRANSPORTADORES
Preparação e Solicitação de Cotação para
CS400 Walter Resende
Transportadores
CS410 Revisão das Cotações de Transportadores Walter Resende
CS420 Assinatura do Contrato Orlando Rocha
CS450 Fabricação e Entrega dos Transportadores Ar Ambiente Ltda
TREINAMENTO
CS770 Manuais de Operação Edson Madeira
SERVIÇOS NO CAMPO
CS315 Preparação do Terreno Carlos Alberto
INSTALAÇÃO
CS700 Instalação do Transportador 211 Carlos Alberto
CS710 Instalação do Transportador 212 Carlos Alberto
CS720 Instalação do Transportador 213 Carlos Alberto
CS730 Instalação do Transportador 214 Carlos Alberto
Eng Campo
CS740 Tubulação de Campo
Eng Campo - Assistente
Eng Campo
CS750 Cabeamento de Campo
Eng Campo - Assistente
CS760 Pintura de Campo Eng Campo
TESTES DE CAMPO
Walter Resende
CS305 Partida & Ajustes do Sistema
Paulo Cardoso

Página 92 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


LIÇÃO 11 - Auto Compute Actuals

OBJETIVOS

Nesta Lição, você aprenderá como calcular automaticamente as


informações reais (actuals) para seu cronograma, recurso, e
informações de custo. Até o final da lição, você estará habilitado a:

 Descrever regras de negócio para auto calcular valores reais.


 Auto calcular uma atividade.
 Analisar o efeito de auto computar os valores reais em uma
atividade.
 Auto calcular um recurso.
 Auto calcular uma despesa.

Esta funcionalidade permite atualizar automaticamente valores


reais no seu projeto.

 Calcular valores reais do percentual de conclusão.


 Aplicado em três diferentes níveis:
 Atividade
 Recurso
 Despesa
 Escolha Ferramentas, Aplicar Valores Reais (Actuals), para
auto calcular valores reais.
 Calcula atividade, recurso, e despesas reais de acordo com o
plano de projeto.
 Utilize para dar progresso um projeto exatamente como
planejado.
 Utilize para estimar progresso.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 93 de 191


11.1. Regras de Negócio

Todas atividades que tem a correta marcação, que ficam dentro do


período de status, da data de atualização atual para a nova data de
atualização, terão progresso automático.

Tabela: Regras de Negócio para Auto Calcular valores Reais

Atividade Recurso Despesa Resultado


X Valores reais calculados para
atividade, recursos e despesas.
X Valores reais calculados somente
para recursos com Auto Cálculo
marcado.
X Valores reais calculados somente
para despesas com Auto Cálculo
marcado.
X X X Valores reais calculados para
atividade, recursos e despesas.
Nenhum valor real calculado.
X X Valores reais calculados para
atividade
X X Valores reais calculados para
atividade
X X Valores reais calculados para
recursos e despesas com Auto
Cálculo marcado.

Página 94 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


11.2. Auto Calcular Atividade

Calcular a informações da atividade (cronograma, recurso e custo)


como se tudo voltasse de acordo com o plano.

Na Janela Windows, adicione a coluna de Auto Calcular valores Reais


(Auto Compute Actuals) na tabela de Atividade e marque o checkbox
próximo a cada atividade. Valores Atuais são calculados somente para
atividades marcadas.

Quando valores reais são aplicados no projeto:

1. Atribua um valor real para Início/Término a atividades com um


Início Planejado / Término Planejado < Data de atualização.
o Início Real/Término Real são inseridos iguais para o Início
Planejado/Término Planejado. Se a atividade é
completada.
o Guardar o Término Planejado se a atividade está em
progresso.
2. Atualize atividades com Percentual de conclusão e Duração
Remanescente.
o Calculado de acordo com o início da atividade e a nova
data de atualização do projeto.
3. Atualize Unidades Reais (Actual Units) e Unidades
Remanescentes (Remaining Units).
o Calculado automaticamente usnado as Unidades
Planejadas (Planned Units) e o Percentual de Conclusão da
Atividade.

Passos
1. No menu Ferramentas, clique Aplicar Valores Reais (Apply
Actuals).
2. Clique para selecionar uma nova data de atualização.
3. Clique Aplicar (Apply), clique Yes, nas caixas que aparecerem.
4. Clique Yes para confirmar o comando Aplicar Valores Reais
(Apply Actuals).
5. Clique Ok.
6. Selecione uma atividade.
7. Na Tabela de Atividades, note que a Duração Remanescente
(Remaining Duration) é zero (0) porque a atividade foi
completada. Adicionalmente, o Início Real (Actual Start) /
Término Real (Actual Finish) são iguais ao Início Planejado
(Planned Start) / Término Planejado (Planned Finish).

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 95 de 191


8. Na guia Recursos, note que o Custo Real (Actual Cost) e
Unidades Reais (Actual Units) são iguais ao Custo Orçado
(Budgeted Units) e Unidades Orçadas (Budgeted Units).
9. Na guia Despesas (Expenses), note que o Custo Real (Actual
Cost) é igual ao Custo Orçado (Budgeted Units).
10. Selecione uma atividade
para visualiza o efeito de auto calcular valores reais em uma
atividade que está em progresso.
11. Selecione uma atividade
para visualiza o efeito de auto calcular valores reais em uma
atividade que não foi iniciada.

Página 96 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


11.3. Auto Calcular Recurso

 Calcular valores reais para informações de recursos como se


tudo fosse de acordo com o plano.

 Insira atribuições individuais para recursos para auto calcular


valores reais, sempre se a atividade não estive marcada para
auto calcular valores reais.

 Quando é marcada a opção para auto calcular valores reais,


no nível de recurso (por exemplo, janela Recursos) todas
ocorrências em que os recursos serão inseridos em auto
calcular valores reais.

 Quando são aplicados valores reais no projeto, Unidades


Reais e Unidades Remanescentes são atualizadas.

o Unidades reais e remanescentes para os recursos


marcados são computados automaticamente utilizando
unidades orçadas e o percentual de conclusão da
atividade.
 Auto calcular valores reais é uma configuração padrão quando
um novo recurso é criado.

Passos
1- Na barra de Diretórios, clique Recursos.
2- Clique na guia Detalhes, na janela de detalhes dos
recursos.
3- Verifique se o item de Auto Cálculo de valores Reais(Auto
Compute Actuals) está marcado.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 97 de 191


11.4. Auto Cálculo de Despesas

Calcula despesas como se tudo estivesse de acordo com o planejado.

Quando valores reais são aplicados no projeto:

 Atualiza o Custo Real das Despesas baseados em um tipo


adicional.
o Início da atividade – Insira o Custo Real igual ao Custo
Orçado quando a atividade é iniciada.
o Término da atividade – Insira o Custo Real igual ao Custo
orçado quando a atividade for finalizada.
o Atividade – Calcula o Custo Atual utilizando o Custo Orçado
e o % de conclusão da Atividade.

Há dois caminhos para inserir uma despesa no cálculo automático.

 Na janela de despesas do Projeto


o Clique na guia custos.
o Selecione a despesa que você deseja cálculo automático
para os valores reais.
o Marque o campo Auto Cálculo de valores Reais (Auto
Compute Actuals).
 Na janela de Atividades
o Selecine a atividade para a qual a despesa foi atribuída.
o Clique na guia Despesas (Expenses).
o Adicione uma coluna Auto Cálculo de valores Reais (Auto
Compute Actuals)
o Marque o checkbox perto de cada despesa.

Página 98 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0


Revisão da Lição

Utilize Auto Cálculo de valores Reais (Auto Compute Actuals) para


atualizar automaticamente atividades de acordo com o plano do
projeto. Você pode Auto Calcular os valores Reais para atividades,
recursos e despesas.

1- Auto Cálculo de valores Reais (Auto Compute Actuals) são


calculados usando o comando de menu: _______________________

2- Você pode aplicar Auto Cálculo de valores Reais (Auto Compute


Actuals) para qual dos seguintes níveis:
a- Atividade
b- Recurso
c- Despesa
d- Todas acima

3-Verdadeiro ou Falso: Utilize Auto Cálculo de valores Reais (Auto


Compute Actuals) para dar progresso no projeto como se tudo seja de
acordo com o plano.

4- Verdadeiro ou Falso: Há dois diferentes locais para marcar a


função para Auto Cálculo de despesas.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 99 de 191


LIÇÃO 12 - Atualizando Baselines

Proposta e objetivos

Esta lição mostra como poderá alterar a baseline nos itens que ainda
não tiverem valores reais atribuídos. No final da lição o aluno será
capaz de:

12.1. Baselines (Planos meta)

A baseline é uma cópia do plano básico inicial ou não de um projeto.


Esta cópia contém o alvo que se quer acertar em termos de custo,
tempo. Quando se gera uma baseline, pode-se especificar que tipo de
informações se deseja gravar.

 Pode-se copiar a baseline como um novo projeto, e restaurar a


baseline como o projeto corrente;
 O P6 permite se criar até 50 baselines para um projeto;

 Cada baseline pode ter um nome tipo associado a ela;

NOTAS:

1- Podem ser definidos tipos de baseline selecionando Admin, Admin


categories, Baselines types. Pode-se especificar o número máximo de
baselines que cada projeto pode ter selecionando Admin, Admin
Preferences, Data Limits.

2- Pode-se comparar até três baselines simultaneamente por projeto,


selecione as baselines que serão comparadas em User Baselines.

Primary: Selecione a baseline preliminar da lista de baseline


disponíveis. Não selecionando a primary, será adotada a baseline
do Project Baseline.

Secondary: Selecione a segunda baseline da lista de baseline


disponíveis, não é necessário selecionar.

Tertiary: Selecione a terceira baseline da lista de baseline


disponíveis, não é necessário selecionar.

Página 100 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
12.1.1. Atualizando a baseline

O P6 permite atualizar dados da baseline em um projeto em


andamento, sem restaurar ou criar uma nova baseline.

Passos:

1- No menu Project, selecione Maintain Baselines.

2- Selecione Update;

Informe os dados a serem atualizados e clique em Update.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 101 de 191


Exemplo

1. Vamos criar um projeto com 2 atividades com 10 dias de


duração, inserir o relacionamento, calcular o projeto e salvar a
baseline.

2. Com a etapa 1 concluída, vamos inserir uma terceira atividade,


no meio da atividade 1 e 2, com 5 dias de duração.

Página 102 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
3. Observa-se que a atividade inclusa não possui a baseline, é a
atividade subseqüente foi deslocada pra frente e o seu baseline
manteve sua posição original, vamos atualizar a baseline:

a. No menu Project, selecione Maintain Baselines

b. Selecione a baseline que será atualizada e clique em Update.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 103 de 191


c. Especifique os campos que serão atualizados, no nosso
exemplo seguiremos a figura abaixo:

d. Clique em Update Options, para selecionar os campos de


atualização:

e. Clique em Ok

f. Clique em para atualizar a baseline

Página 104 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
g. Quando aparecer a mensagem Update process complete
sua atualização estará finalizada, clique em Ok e Close na tela
seguinte Close novamente.

h. Para visualizar o resultado, no menu Assign Baselines...

i. Selecione a Project Baseline e clique em Ok

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 105 de 191


j. Veja o resultado da atualização:

Nota:

No Primavera Enterprise, após calcular e salvar a baseline, ou fazer


qualquer outra alteração, não se esqueça de sempre sumarizar o seu
projeto, clicando em Tools / Sumarize / Open Projects.

Página 106 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
LIÇÃO 13 - Claim Digger

OBJETIVOS

Esta lição é designada para fornecer uma revisão da ferramenta Claim


Digger que pode ser acessada no Primavera Enterprise. Até o final
desta lição, você estará habilitado a:

 Definir como Claim Digger compara planos de projeto.


 Criar um relatório de comparação no Claim Digger.

13.1. Visão Geral do Claim Digger

Claim Digger é uma utilidade que compara dois planos de projeto – um


projeto revisado e um projeto base – e cria um relatório das diferenças
entre os planos de projeto, incluindo:

 Itens adicionados
 Itens apagados
 Valores alterados

Claim Digger é uma aplicação separada, fora do Primavera. A base de


dados para ligar ao Claim Digger deve ser estabelecida durante a
instalação dos componentes.

Funcionalidades chave do Claim Digger:

 Relatório é criado em ambos os formatos, HTML, CSV ou formato


de texto.
 Selecione um projeto base e um projeto revisado para ser usado
para comparação.
 Opções de comparação podem ser retornadas baseadas nas suas
necessidades.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 107 de 191


13.2. Iniciando o Claim Digger

O Claim Digger é localizado no menu Ferramentas do Primavera.

Passos

1. No menu File, clique em Close All.


2. Clique em Yes, na caixa seguinte.
3. No menu Ferramentas (Tolls), clique em Claim Digger.

13.3. Principal Janela da Aplicação

Após haver iniciado o Claim Digger, a janela principal da aplicação


aparece.

Página 108 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
13.4. Configurando Projetos e Opções de Produção

Várias configurações e decisões de produção são possíveis:

 Especifique projetos para utilizar como projetos revisados e


projetos base.
 Selecione um formato de relatório:
o Arquivo HTML
o Arquivo CSV
o Arquivo de texto ASCII
 Determine uma destinação ao arquivo de produção
 Especifique as configurações de início do relatório (início
automático após criação).

Passos

1. Abaixo de Select Revised Project, na primeira linha, clique em


para selecionar o projeto revisado.
2. Escolha o projeto
3. Clique em Ok.
4. Abaixo de Select Original Project, na primeira linha, clique em
para selecionar o projeto original ou linha de base.
5. Escolha o projeto
6. Clique em Ok.
7. Em Send Report To, verifique se a opção HTML está selecionada.
8. Para indicar o local do arquivo Output, clique em e indique o
local do arquivo.

Sugestão: C:\Program Files\Primavera\Project Management\Claim


Digger.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 109 de 191


9. Clique em Save.
10. Marque o checkbox Ver o arquivo quando terminar (View File
when done).

13.5. Escolhendo Opções de comparação

Opções de Comparação podem ser selecionadas clicando Avançado


(Advanced) na principal janela da aplicação.

Passos

1- Clique em Advanced.
2- Clique em Cancel.

13.6. Criando um Relatório

Você será avisado quando o relatório estiver completo.

Página 110 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Passos

1- Clique em Compare.
2- Clique em Ok.

13.7. Revisando o Relatório

1- Se a opção View the File when done estiver selecionada, o


relatório exibe após ter sido criado.
2- Cada sessão de detalhes do relatório:
o Adicionar/apagar valores
o Antigos/novos valores que tiveram alteração.

Passos

1- Revisar a produção do relatório.


2- No menu Arquivo, clique em Close.
3- Feche a caixa de Diálogo do Primavera Claim Digger.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 111 de 191


13.8. Revisão da Lição

O Claim Digger é uma funcionalidade que compara duas versões de


um projeto, e cria um relatório em suas diferenças. Você pode
customizar o Claim Digger para comparar informações que você
selecionar nas Opções Avançadas de Comparação de Projetos
(Advanced Project Comparison Options).

1- Verdadeiro ou Falso: Claim Digger é uma aplicação separada,


fora do Primavera.

2- O Claim Digger é iniciado pelo menu _____________ .

3- Verdadeiro ou Falso: Claim Digger cria um relatório com as


diferenças entre planos de projeto, mas não inclui informações
que tenham sido apagadas.

Página 112 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
LIÇÃO 14 - Gestão de Portfólios de Projetos

Assim que o primeiro projeto for criado, o Responsável pelo Projeto


deve criar o Portfolio de Projetos. A criação do Portfolio facilita o
planejamento e acompanhamento dos projetos, pois permite que seja
feita a gestão conjunta dos projetos.

Dentre outras facilidades é possível:

 Relacionar atividades entre os projetos;


 Obter valores sumarizados do Portfolio, tais como
Esforço Total;
 Fazer a análise do progresso do Portfolio em função dos
progressos parciais dos projetos que o compõem.

14.1. Criar o Portfolio de Projeto

Criar um Portfolio para os projetos necessários.

Execute a seqüência a seguir:

1- No menu selecionar Enterprise, 2-Clicar no botão ADD


Portfolios.

3) Na pasta General informar o nome do 4) Na opção Available to selecionar All


Portfolio Users, para disponibilizar o Portfolio para
consulta a todos os usuários.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 113 de 191


5) Na pasta Projects, clique em Assign, selecione 6) Clique em Close para concluir a
os projetos que compõem o Portfolio: criação do Portfolio e no x para conclui
o Portfolio e fechar janela:

14.2. Abrir o Portfolio de Projetos

Para trabalhar com um Portfolio é necessário abri-lo. Isto fará com que
sejam carregados apenas os projetos que compõem o Portfolio,
facilitando o trabalho conjunto dos mesmos.

NOTA: O Portfolio é passível de edição, ou seja, é possível incluir ou


excluir projetos.

Para abrir um portfolio criado, execute o seguinte procedimento:

1) No menu selecionar File, escolha 2) Selecione o Portfolio desejado, na


Select Project Portfolio: lista, e clique em Ok:

Página 114 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 115 de 191
3) Na opção Projects, para visualizar 4) Serão disponibilizados apenas os
somente os projetos do Portfolio projetos do Portfolio criado. No
selecionado, com o botão direito do rodapé é possível saber qual o
mouse clique em Group and Sort e Portfolio ativo:
selecione a opção List:

14.3. Fechar o Portfolio de Projetos

Ao terminar de trabalhar em um determinado Portfolio é necessário


fechá-lo no Primavera, para que seja possível visualizar os outros
projetos da organização. Isto fará com que sejam carregados todos os
projetos de volta.

Para tanto, o processo inverso de abertura de um Portfolio será


necessário:

1- Fechar todos os projetos do Portfolio aberto clicando em File


Close All.
2- Na Visão Projects, na barra de opções, clicar em Group and Sort
by eps.
3- File / Select Project Portfolio, clique em All Projects e em seguida
em Ok.

Página 116 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
LIÇÃO 15 - Análise de Valor Agregado e Peso de
Marcos

OBJETIVOS

Esta lição descreve como realizar Análise de Valor Agregado. Também


descreve as diferentes técnicas disponíveis para calcular o Valor
Agregado. Até a conclusão desta lição, você estará hábil a:

 Definir o Valor Agregado


 Definir a Performance do Percentual de Conclusão
 Rever resultados de diferentes técnicas de Valor Agregado
 Ver os benefícios de usar técnicas de Valor Agregado

15.1. Conceituando o Earned Value

Porque preciso da medida do Earned Value?

“Correções no percurso são mais fáceis quando se tem tempo para se


fazer pequenos ajustes...”

“É muito tarde quando se está perto do Iceberg “

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 117 de 191


15.2. O que é Earned Value ?

Earned Value é uma técnica para medir a performance do projeto em


relação à linha de base do projeto. Uma análise de Earned Value traz
em seu resultado se houve ou não variações ou desvios nas baselines
para custo e prazo.

Muitos gerentes de projeto acompanham seus projetos analisando e


comparando os valores planejados com os realizados efetivamente.
Utilizar a técnica de cálculo do valor agregado é uma das melhores
técnicas, pois permite a integração de custo, tempo e trabalho
realizado (ou escopo) e pode ser utilizado para futuras previsões de
performance para a conclusão do projeto analisando datas e custos.

Earned Value é uma maneira de se medir...

Sigl Termo Interpretação


a

PV Planned Value Quanto de trabalho deverá ser feito?

EV Earned Value Quanto trabalho foi executado?

AC Actual Cost Quanto custou este trabalho?

Quanto é estimado que este trabalho irá


BAC Budget at Completion
custar?

Estimate at Quanto é esperado que este trabalho irá


EAC
Completion custar?

Deste ponto, quanto a mais esperamos


ETC Estimate to Complete
de custo até o final do projeto?

Variance at Quanto de variação acima ou abaixo é


VAC
Completion esperado até o final do projeto?

Página 118 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
15.3. Análise de Valor Agregado

Análise de Valor Agregado é uma técnica para mensurar a


performance de projetos de acordo com os custos e cronograma do
projeto. Esta técnica compara o custo previsto (planejado) do trabalho
para o custo real do trabalho.

Você não precisa memorizar fórmulas de cálculo do Valor Agregado, o


Primavera já contém todas estas fórmulas.

O que você precisa é saber interpretá-las e entender seus resultados:

Nome Fórmula Interpretação


Negativo: está acima do
CV orçamento.
CV= EV-AC
Cost Variance Positivo: está abaixo do
orçamento.
Negativo: o cronograma está
SV atrasado.
SV=EV-PV
Schedule Variance Positivo: o cronograma está
adiantado.
Estamos obtendo $X sobre cada
CPI
CPI=EV/AC $1 gasto. Fundos estão ou não
Cost Performance Index
sendo gastos eficientemente.
Nós somente estamos avançando
SPI
SPI=EV/PV “X” por cento da taxa planejada
Schedule Performance Index
inicialmente.
EAC=BAC/CPI

EAC=AC+ETC
Quanto é esperado que este
EAC trabalho irá custar? Agora, quanto
Estimate at Completion* podemos esperar para o custo
total do projeto?
EAC=AC+(BAC-EV)

EAC=AC+(BAC-EV)/CPI
ETC
ETC =EAC-AC Quanto o projeto ainda irá custar?
Estimate To Complete
Quanto de variação acima ou
VAC
VAC =BAC-EAC abaixo é esperado até o final do
Variance at Completion
projeto?

* NOTA: Há vários caminhos para calcular o EAC. A fórmula mais utilizada é EAC = BAC/CPI.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 119 de 191


15.3.1. Valor do Custo Planejado – Planned Value Cost (PV)

o Valor do Custo Planejado é o custo do trabalho que pode ter sido


realizado como a data de atualização (data date), se o projeto
tem procedido de acordo com a linha de base do plano.

Valor do Custo Planejado = Previsto a concluir x % de conclusão do


cronograma.

o x % de conclusão do cronograma especifica quanto da linha de


base de duração do projeto pode ser completada.
o Respostas a questão: Quanto trabalho deve ser feito?

15.3.2. Custo do Valor Agregado – Earned Value Cost (EV)

 Custo do Valor Agregado é o valor monetário da performance do


trabalho pelo recurso como na data de atualização.
 Custo do Valor Agregado = Previsto a concluir x % de
Performance da conclusão.
o O método para computar o percentual de performance de
conclusão depende da técnica de valor agregado
selecionado no nível de WBS.
 Resposta à questão: Quanto trabalho deve ser feito?

15.3.3. Custo Real – Actual Cost (AC)

 Custo Real é o custo total real incorrido para a realização do


trabalho como na data de referência (data date).
 Custo Real = Custo Real Recursos de Pessoal + Custo Real de
Recursos Materiais + Custo Real de Recursos Equipamentos
+Custo Real de Despesas
o Custo Real é o mesmo que Custo Real Total.
 Resposta à questão: Quanto custou o trabalho completado?

Página 120 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Gráfico do Valor Agregado

NOTA: Há uma diferença na terminologia adotada para o Earned


Value entre o PMBOK 2000 e o PMBOK 2004. É possível que você
ainda encontre livros com a teminologia antiga. Sendo assim,
verifique abaixo a atualização dos termos.

15.4. Análises do Earned Value (EV)

As análises do valor do trabalho realizado, em suas várias formas, é o


método mais comumente utilizado na medição do desempenho.
Integram medições de escopo, custo e cronograma para auxiliar a
equipe de gerência do projeto a avaliar o desempenho do projeto.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 121 de 191


15.5. Análise do Earned Value e índices de Progresso

15.5.1. Técnicas para o Relato de Desempenho

1. Análise da variação. A análise da variação envolve comparar


os resultados reais do projeto com os resultados planejados ou
esperados. As variações no custo e no cronograma são as mais
freqüentemente analisadas, mas as variações do plano nas áreas
de escopo, qualidade e risco, são, freqüentemente, de igual ou
maior importância.

2. Análises de tendência. As análises de tendência envolvem


examinar os resultados do projeto através do tempo para
determinar: se o desempenho está melhorando ou deteriorando.

O valor do trabalho realizado envolve cálculos de três importantes


valores para cada atividade:

3. O orçamento: também chamado de Valor Planejado de Custo


(PV – Planned Value), é aquela parte da estimativa aprovada do
custo, que foi planejada para ser consumida durante um dado
período.
4. O custo real: também chamado de Custo Real do trabalho
realizado (AC – Actual Cost), é o total dos custos diretos e
indiretos para realizar o trabalho na atividade durante um dado
período.

5. O valor do trabalho realizado: também chamado de Earned


Value (EV), é o percentual do orçamento total igual ao
percentual do trabalho realmente concluído. Muitas
implementações do valor do trabalho realizado utilizam somente

Página 122 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
pontos percentuais (30 por cento, 70 por cento, 91 por cento,
100 por cento) para simplificar a coleta dos dados. Algumas
implementações do valor do trabalho realizado utilizam apenas 0
por cento e 100 por cento (realizado ou não realizado) para
auxiliar a garantia de uma medição objetiva do desempenho.

Estes três valores são utilizados conjuntamente para fornecer medidas


se os trabalhos estão ou não estão sendo realizados conforme
planejado. As medidas mais comumente usadas são:

6. A variação do custo (CV = EV – AC),


7. A variação do cronograma (SV = EV – PV) e o

8. Índice de desempenho do custo (CPI = EV/AC).

O CPI acumulado soma de todos os EVs individuais divididos pela soma


de todos (ACs individuais) é amplamente utilizado na previsão do
custo para a conclusão do projeto.

Em algumas áreas de aplicação, o índice de desempenho do


cronograma (SPI = EV/PV) é utilizado para prever a data de término
do projeto.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 123 de 191


Análise das Variáveis

Gráfico da análise de valor agregado com projeções de tendências dos


prazos e custos finais (extraído do livro Gerenciamento de Projetos –
Ricardo Viana Vargas, PMP, pg 204).

Página 124 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
15.5.2. Exemplo do Gráfico do Earned Value no (Tracking):

15.5.3. Configurando os parâmetros do EV e seu impacto no


Primavera

O Primavera Enterprise permite que se configure o cálculo do Earned


Value. Na janela abaixo você pode customizar a forma de cálculo dos
parâmetros do Earned Value, em Admin, Admin Preferences:

Formas de configurar o cálculo do Performance Percent


Complete:

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 125 de 191


O campo Performance % Complete será calculado dependendo do
padrão de cálculo escolhido acima, podendo ser pelos seguintes
padrões:

1. Activity % Complete: Selecione para calcular o E.V de acordo


com as percentagens de completeza das atividades corrente.
2. Usando WBS Milestones: Selecione calcular o E.V. definindo
Milestones no nível de WBS e associe um peso para cada um
deles. Assim que ocorrer progresso e você marcar cada
milestone como completo, o P6 calcula o performance percent
complete da WBS baseado no peso dado ao milestone.

3. 0/100 % Complete: Selecione calcular o E.V. como 100%


somente depois do fim da atividade.

4. 50/50 % Complete: Selecione calcular o E.V. como 50%


depois da atividade ter começado e até a atividade terminar,
depois do término da atividade, o E.V. da atividade será 100 %.

5. Custom % Complete: Selecione calcular o E.V. como uma


percentagem especificada por você. Este percentual será
aplicado depois que a atividade começar e até a atividade
terminar, depois do término o E.V. da atividade terá o valor de
100 %.

Página 126 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Formas de configurar e calcular o ETC (Estimado para
completar):

Onde:

1. ETC = Estimado para completar = duração remanescente da


atividade * taxa de recursos aplicada

Onde: ETC = PF * (Budget at Completion – Earned Value)

Tendo PF = 1:

Selecione para calcular os valores de estimado para completar (ETC)


como: Performance Factor (PF) de 1, multiplicado pelo Budget At
Completion (BAC) menos Earned Value (EV).

Budgeted at Complete: É o Custo total planejado através da


atividade completada. É o Custo Planejado dos recursos internos +
Custo Planejado dos recursos terceiros e equipamentos + Custo
material + Custo Planejado das despesas. Isto é o mesmo para a Linha
de base total dos custos.

Resumindo é o somatório dos custos planejados dos recursos (pessoa,


equipamento e materiais) e despesas.

ETC: É o custo estimado para completar uma atividade. Calculado


como o mesmo para o custo remanescente total para a atividade
( Custo Remanescente Total), ou como FP – Fator de Performance
(Orçado ao completar – Custo do valor agregado), depende da técnica
de valor agregado selecionada para a atividade na WBS.

ETC = PF* ( BAC – EV), onde:

2. PF = 1/Cost Performance Index: Selecione para calcular o


Estimado para completar (ETC) em relação ao Performance
Factor (PF) de 1 dividido pelo Cost Performance Index (CPI).
3. PF = 1/ (Cost Performance Index * Schedule Performance
Index): Selecione para calcular o Estimado para Completar (ETC)
como valor de Performance Factor (PF) de 1 dividido pelo
produto do Cost Performance Index (CPI) e Schedule
Performance Index (SPI).

4. PF = Selecione para calcular Estimado para Completar (ETC)


como valor de Performance Factor (PF) que você especificou
multiplicado pelo orçado a completar (BAC) menos Earned Value
(EV). Se você selecionar esta opção digite o número desejado na
variável PF.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 127 de 191


CPI: Índice de Performance do Custo (CPI = Custo do Valor Ganho
/ Custo real).

FP = 1/ (Índice de Performance do Custo * índice de Performance do


Tempo): Escolha para calcular o valor de EPC com um valor de Fator
de Performance de 1 dividido pelo produto do IPC e IPT.

Índice de Performance do Tempo: em inglês: SPI – Schedule


performance Index. IPT= Custo do Valor Ganho/ Custo do Valor
Planejado.

FP = : Escolha para calcular a Estimativa Para completar (ETC) com


um Fator de Performance que você especificar multiplicado pelo
Orçado a Completar (BAC) menos o Custo do Valor Ganho. Se você
escolher esta opção, digite o fator no campo FP.

Campo: Cálculo do Valor Ganho

Você deve escolher a Primeira linha de base para este cálculo. Você
deverá escolher entre Valores Orçados ou Valores ao Concluir.

Página 128 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
15.6. Performance % Complete

Além de uma configuração geral, para o projeto feita a partir de


Admin/Admin Preferences/Earned Value, você também poderá
configurar o Earned Value diferenciadamente por nível de WBS.

O campo Performance % Complete pode ser diferenciado do Activity %


complete, dependendo da técnica utilizada para computar os valores.
Estas técnicas podem ser configuradas no nível de WBS.

 No diretório WBS, clique na guia Earned Value.


 Faça as configurações desejadas e verifique os resultados em
Activities ou Tracking.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 129 de 191


15.7. Usando Peso de Marcos – Weighted Milestones

Para utilizar o WBS Milestones, o item abaixo deverá estar marcado:

Quando você atribuir pesos para WBS milestones, a conclusão


específica de cada marco é usada para calcular a Performance Percent
Complete da WBS.

 O peso de um marco pode ser qualquer número entre 0 e


999999.
o Performance Percent Complete é calculado baseado em
pesos relativos de conclusão de marcos versus os marcos
incompletos.
 A Performance Percent Complete é aplicado para todas as
atividades abaixo do nível de WBS, e então no nível sumarizado
da WBS.
 Você deverá dar nome a cada marco e inserir seus respectivos
pesos.
 Os pesos são relativos baseados em 10% de conclusão para
todos os milestones.

Página 130 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
A seguir, está exibida a guia de WBS Milestones.

Como exercício, atualize alguns WBS Milestones. Para isso basta


marcar a caixa Completed

 Analise o efeito do peso de marcos nas atividades.


 Na barra de diretórios, clique em Activities.
 Na coluna Performance % Complete, verifique que o resultado é
o mesmo que está no %Complete em WBS Milestones.

15.7.1. Visualizando um layout para análise do Earned Value

Você pode montar um layout com colunas referentes à Análise de


Earned Value.

Para isto, proceda da seguinte forma:

 Com o projeto aberto, no diretório Activities, selecione as


colunas desejadas.
a. Planned Value (PV)
b. Earned Value (EV)

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 131 de 191


c. Actual Cost (AC)
d. Budget at Completion (BAC)

NOTA: Planned Value (PV), Actual Cost (AC) e Earned Value (EV)
ficarão com valores zerados até que as atividades sejam
efetivamente iniciadas.

15.7.2. Calculando o Valor do Custo Planejado (Planned Value – PV)

 Atualize as atividades.
 Clique no botão Schedule (F9).
 Selecione um novo data date e calcule.
 Veja o efeito da nova Data Date sobre o PV.

LEMBRE-SE:

1- Você deverá atualizar inclusive o campo Actual Units para o


recurso, visto que o custo está associado ao Recurso, seja ele
Pessoa, Equipamentos ou Materiais.
2- Ao inserir o Actual Units, será calculado o Actual Cost, lembre-se
que:
a. Custo Real (Actual Cost - AC) = Custo Real Recursos de
Pessoal + Custo Real de Recursos Materiais + Custo Real
de Recursos Equipamentos +Custo Real de Despesas

Página 132 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
15.8. Análise do Tracking

O módulo Tracking é onde pode-se tirar proveito dos recursos do


gerenciamento concêntrico de projetos, pois pode-se ter acesso a
dados de projetos hierarquicamente desde a EPS, WBS atividades e
recursos, podendo gerenciar os projetos ou especificamente um só, é o
módulo que também compõem o Portfolio Analyst.

Pode-se ter uma série de visões pré-formatadas, como um exemplo o


layout Project gannt proFile, mostrando a situação prevista e realizada
dos custos do projeto.

Este é um exemplo de gráfico gerado pelo Tracking, analisando-o


pode-se ter a visão do cronograma sumarizado por WBS e abaixo o
gráfico de custo, com valores previstos realizados e estimados para
completar.

Utilize o comando Print, Print Preview. Antes, procure colocar as


colunas que se quer ver para aperfeiçoar a área do gráfico. Para o
exemplo anterior escolhemos WBS Name e Start e Finish, veja a figura
abaixo:

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 133 de 191


Após alterar o layout não esqueça de salvar as alterações dando outro
nome e disponibilizar para outros usuários, conforme janela abaixo:

Para escolher um outro tipo de layout basta selecionar nas opções


conforme a seguir:

Este também mostra um relatório gráfico tipo barra:

Página 134 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Mas existem outros tipos de layouts como os em forma de planilha, é o
caso do Earned Value, vamos selecionar os relatórios Earned Value e
Earned Value Performance:

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 135 de 191


LIÇÃO 16 - Códigos e Placar de Projetos (Project Codes
and Project Scoring)

Nota: Este capítulo ensina como montar um placar de projetos para


ser visualizado na aplicação Web do Primavera. Se você não possui
esta aplicação, passe para o próximo capítulo.

OBJETIVOS

Esta lição descreve como usar os códigos de projetos para estabelecer


o ranking de priorização de projetos usando um peso como valor. Você
também pode usar o código de segurança, nos quais os códigos
possuem direitos diferentes dos códigos padrão. Até o final desta lição,
você estará habilitado a:

 Definir códigos de projetos


 Criar valores para códigos de projetos
 Atribuir pesos a códigos de projetos e valores de códigos de
projetos.
 Designar um código seguro
 Atribuir valores de códigos de projetos nos projetos.

Termos-Chave

Peso de códigos de projeto


Código seguro

Nota: a classificação é feita no Primavera Enterprise, módulo Project


Management - cliente servidor para ser visualizado no Primavera
Web.

16.1. Processo de Planejamento

Após ter concluído a fase de planejamento de custos e recursos, o


Gerente de Projetos deve desenvolver o plano de projeto.

O Gerente do Projeto já atribuiu recursos e custos para o projeto. Ele


deve atribuir pesos para o projeto e determinar a viabilidade de
continuar no trabalho do projeto específicado.

Página 136 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
16.2. Códigos de Projeto (Project Codes)

Códigos de Projeto são formas para classificar e categorizar projetos


de acordo com as necessidades de sua organização.

 Códigos de Projeto são globais, os quais significam que eles


estão disponíveis para todos os projetos na base de dados.
o Cria um ilimitado número de códigos globais de projeto.
 Filtra e organiza os projetos baseados em todos os requisitos da
empresa.
o Organiza projetos na estrutura de projetos.
 Valores de Códigos de Projeto podem ser organizados em uma
hierarquia.

16.2.1. Criando um Código de Projeto

Utilize a caixa de diálogo de Códigos de Projetos (Project Codes), para


criar, editar, e apagar códigos de projetos globais e valores.

Passos

1. No Menu Enterprise, clique Project Codes.


2. Clique Modify.
3. Clique Add.
4. Digite um Código de Projeto <Risco do Projeto>.
5. Digite um tamanho máximo para o code value <6>.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 137 de 191


16.3. Códigos Seguros

Marque a caixa (checkbox) a qual contém o código que você deseja


definir como seguro; visível somente para usuários com direitos de
acesso apropriado. Limpe o checkbox para fazer o código e seus
valores visíveis para todos usuários.

Um exemplo de código seguro pode ser uma prioridade de projeto.

Exercício 1: Atribua Riscos do Projeto como um código seguro

Passos
1. Marque o checkbox com o Segure Code para o código de projeto
Risco do Projeto.
2. Clique Close.

16.4. Adicionando Valores de Códigos de Projeto

O novo código de projeto foi criado. Para atribuir este código para
projetos, valores deverão ser criados.

Página 138 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Exercício 2: Adicione valores de códigos para Riscos do Projeto

Passos
1. Na barra de Comandos, clique Adicionar (Add).
2. Clique na coluna Valor do Código (Code Value) e digite o Valor
do Código <Alto>.
3. Digite a descrição <Projeto de Alto Risco>.
4. Na barra de comando, clique Adicionar (Add).
5. Clique na coluna Valor do Código (Code Value) e digite o Valor
do Código <Médio>.
6. Digite a descrição <Projeto de Risco Médio>.
7. Na barra de comando, clique Adicionar (Add).
8. Clique na coluna Valor do Código (Code Value) e digite o Valor
do Código <Baixo>.
9. Digite a descrição <Projeto de Risco Baixo>.
Na barra de comando, clique Adicionar (Add).

O resultado será:

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 139 de 191


16.5. Valores de Peso de Códigos de Projeto

 Pesos de códigos de projeto podem ser usado com códigos de


projeto para classificação em um Placar (scoring) do Primavera,
aplicação Web. Esta característica permite o ranqueamento ou
priorização de projetos por um valor peso e então visualizar os
projetos por um placar (scoring).
o Por exemplo, talvez você deseje ranquear projetos em termos
de risco. Estes com o maior placar tem o maior risco; estes
com o mais baixo placar, tem o menor risco.
 Peso – Atribua um valor peso para cada código, para determinar
seu ranqueamento ou prioridade.

Exercício 3: Exercício: Atribuindo pesos

Página 140 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Passos
1. Na Barra de Opções, selecione Colunas, peso (Weight).
2. Atribua um peso para Alto, 50.
3. Atribua um peso para Médio, 30.
4. Atribua um peso para Baixo, 20.

Pesos são atribuídos para valores de códigos de projetos.

Atribua agora pesos também para o código já existente Tipo de


Indústria:

16.6. Atribuindo pesos a Códigos de Projeto

Cada Código de Projeto que será utilizado em um placar de projeto


necessita do seu próprio peso, em adição ao valor do código de
projeto. Isto fará vários códigos de projeto mais ou menos importantes
quando calculados no placar do projeto.

 Peso percentual – Exibe o peso do código do projeto dividido


pelo total de todos os pesos de códigos de projetos.

 Valor Máximo de Peso de Código – Insira o peso máximo que


você deseja utilizar para o valor de código para este tipo de
código.

 Em Enterprise, Project Codes, clique em Modify.


 Clique em Display, Columns, Weight.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 141 de 191


Exercício 4: Exercício: Atribua pesos para os Códigos de Risco de Projeto e Tipo de
Indústria.

Passos
1. Na barra de comandos, clique Modificar (Modify).
2. Na barra de Exibição de Opções, clique Coluna, Peso.
3. Ajuste o espaço da caixa de diálogo.
4. Digite o Peso para algum outro código <50>.
5. Digite o Peso para o código Risco do Projeto <50>.
6. Clique fechar (close).

16.7. Atribuindo Códigos de Projetos a Projetos

Você atribuirá o valor de Código de Projeto para os Códigos de


Projetos Project Risk e Business Unit para os projetos Sistema
Transportador e Sistema Automatização.

Exercício 5: Exercício: Atribuindo valor de peso de código de projetos para dois


projetos.

Passos
1. Na barra de Diretórios, clique Projetos.
2. Abra o layout Projetos, Selecione Tabs.
3. Selecione Transp e selecione a guia Codes.
4. Atribua Project Risk, Médio.
5. Atribua Tipo de Indústria, Mecânica.
6. Selecione o projeto Auto.
7. Atribua Project Risk, Médio.

Página 142 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
8. Atribua Tipo de Indústria, Eletro-Eletrônica.
9. Feche a caixa de diálogo de Atribuição de Códigos de Projeto.

16.8. Visualizando o Placar de Projeto no Primavera

O Placar de Projetos é visualizado somente na aplicação Primavera


Web (Também conhecido como My Primavera). Você pode visualizar o
Placar de Projetos nos seguintes locais na aplicação WEB:

 Personal Workspace – Sessão de estatísticas do Projeto.


 Project Workspace – Sessão de estatísticas do Projeto.
 Portifólios – Visualização customizada da página de estatísticas
do projeto.

16.9. Revisão da Lição

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 143 de 191


Códigos de Projetos são caminhos para classificar e categorizar
projetos de acordo com as necessidades da sua organização. Na caixa
de diálogo Códigos de Projetos, você pode definir um código de projeto
como seguro, então, código pode ser visualizado somente a usuários
com os direitos de acesso apropriado. Atribuindo valores de peso a
códigos de projeto para ranquear ou priorizar projetos e então
visualizar projetos por score (placar). Você pode visualizar o Placar
do Projeto na aplicação Web do Primavera.

1. Verdadeiro ou Falso: Peso de Códigos de Projeto são utilizados


para ranquear projetos.

2. Verdadeiro ou Falso: O Placar de Projetos pode ser visualizado


numa coluna na visão Projetos, do Primavera.

3. A insersão de códigos que requerem diferentes direitos de


visualização, são atribuídos e administrados
__________________.

a. Códigos de Projeto
b. Códigos Seguros
c. Pesos
d. Nenhuma das alternativas mencionadas acima.

Página 144 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
16.10. Definição de campos pelo usuário (User Fields) e
Mudanças Globais (Global Change)

Proposta e Objetivo

Esta lição ensina como modificar campos e como executar o Global Change
para modificar dados no projeto. Ao completar esta lição o aluno será capaz de:

 Modificar campos
 Criar campos

 Definir os parâmetros do global change

 Executar o global change conforme as especificações

Campos definidos pelo usuário

Os campos definidos pelo usuário são campos que podem ser customizados na
base de dados do seu projeto. Os Campos definidos pelo usuário estão
disponíveis nas Atividades, Projetos, WBS, Recursos, Questões e Riscos. Estes
campos permitem que os gerentes de projeto armazenem dados adicionais
dentro do projeto. Estes dados podem ser incluídos em Layouts e relatórios para
análises, também podem ser utilizados para classificar, filtrar dados do projeto.

Exemplos de Campos definidos pelo usuário

 Datas de início e fim planejado


 Datas de fabricação e entrega

 Permissões para início de construção

 Fornecedores

 Número de telefone

 Orçamento

 Custo Fixo

 Mudança de escopo

 Indicadores gráficos

Exemplos de Campos definidos do P6

 Datas de início (start date)


 Datas de Fim (finish date)

 Campos numéricos (number)

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 145 de 191


 Campos de números inteiros (integer)

 Campos de textos (text)

 Campos de Custo (cost)

 Indicadores gráficos (indicator)

Criando um campo definido pelo usuário

2. No menu <Enterprise> clique sobre a opção <User defined fields...>

3. Na janela selecione onde será aplicado o novo campo

Página 146 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
4. Clique no botão <ADD> para criar um novo campo
5. a coluna <Title> defina o nome do campo

6. Na coluna <Data Type> defina o tipo de campo

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 147 de 191


Aplicando campos definidos pelo usuário

7. Crie um campo com o nome <Data de Fabricação> do tipo <start


date>
8. Abra um projeto <Transp>

9. Selecione <Display>, <Columns>

10. Abra a estrutura <User Defined>

11. Selecione o campo <Data de Fabricação>

12. Posicione-o após a coluna <Activity name>

13. Selecione uma área de aplicação <Activities>

14. Clique Close.

15. Nas atividades CS300 e CS450, inclua a data do dia 07/05 e nas
atividades CS700 e CS 730, a data de 14/05.

 Faça um filtro de maneira a exibir as atividades cuja data de fabricação


dos equipamentos seja do dia 07/05.

Página 148 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 149 de 191
Global Change (Mudanças Globais)

O recurso global change é uma ferramenta poderosa que pode mudar dados de
todas as atividades de um projeto através de um processo simples.

Regras Gerais

 Todas as especificações para o global change requerem no mínimo um


condicionador Then.

If: são opcionais

O P6 aplica o condicionador Then: sem o If: alocado a todas as atividades no


filtro corrente, e não em todas as atividades na memória.

Para se especificar um condicionador Else, deverá existir no mínimo um If


atribuído

Pode-se definir um número ilimitado de If, Then e Else.

Podem-se definir valores entre aspas “ “


Ex.: If As=” “, Then AS = 12Nov99

o Não existe dicionário disponível para armazenar diferentes


especificações de global changes, a última especificação feita será
armazenada.

Benefícios

 Rapidamente troca os dados existentes pelos novos selecionados


 Pode ser definido pelo usuário

 Podem se usar equações aritméticas para trocar dados numéricos tais


como custo duração e unidades.

Página 150 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Usando o parâmetro Global Change: If

Passos:

16. No menu Project, selecione Activities


17. No menu Tools, selecione Global Change

18. Clique em New para adicionar um novo

19. Selecione “Activities” no campo “Select Subject Area” e nomeie como


Aumento de Durações.

20. Na parte superior the definição IF, estabeleça o primeiro parâmetro


para Activity Status igual à Not Started.

Usando o parâmetro Global Change: Then e Else

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 151 de 191


Passos:

21. Clique na janela do meio.


22. Da barra command Clique Add

23. Na parte do meio the definição THEN, estabeleça o parâmetro para


Original Duration igual a Original Duration multiplicado por dois.

24. Na janela inferior de definição “ELSE”, estabeleça o parâmetro para


Remaining Duration igual à Remaining Duration multiplicado por
dois.

25. Clique em “Change” para ver o resultado

Botão de Troca

 Clique em Change para visualizar as mudanças


 Se apertado, o botão cancel, as mudanças não terão efeito

 Se apertado, o botão Commit changes, as mudanças serão efetivadas

 Com o botão save to file, poderá efetivar as mudanças enviando-as para


a base de dados.

Página 152 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Passos:

26. Da janela Global Change, na barra de comando clique Change


27. Veja os resultados na janela global change reports, então clique cancel
changes.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 153 de 191


Usando o parâmetro Global Change em Campos definidos pelo usuário

Passos:

28. Crie um campo de usuário utilizando o campo user_number1 para


ATIVIDADES nomeando-o como Despesa (Expense). Adicione este
campo à atividade CS300 e insira um custo de transporte no valor de
$10.000,00.
29. Em Tools/Global Change, adicione um novo e selecione THEN e ADD

30. Na janela do meio, na primeira linha, clique na coluna parâmetro e


selecione um parâmetro <Despesa (Expense)>

31. Na janela do meio, na primeira linha, Clique na coluna Is e selecione


um critério < = >

32. Na janela do meio, na primeira linha, Clique na coluna parâmetro e


selecione um critério < At completion Despesa (Expense) Costs>

33. Na janela do meio, na primeira linha, Clique na coluna |Operator e


selecione um operador aritmético < * >

34. Na janela do meio, na primeira linha, Clique na coluna Value e digite


um valor < 0,10>

Página 154 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Relatório das alterações (Global Change Report)

Passos:

35. Da janela Global Change, clique Change.


36. Veja os resultados na janela global change reports, então clique cancel
changes.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 155 de 191


LIÇÃO 17 - Documentos de Referência

P6 permite que você catalogue e acompanhe documentos de interesse do seu


projeto. Esses documentos podem ser relativos a uma atividade especifica, a
uma fase ou ainda a um item da WBS.

Na barra de diretórios pressione o ícone <WPs & Docs> para ver diversos
documentos de referencia que foram previamente carregados no P6.

Você pode adicionar documento de referência aos itens de WBS para controlar
as atividades do projeto. Os documentos de referência serão armazenados de
forma hierárquica.

Página 156 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
17.1. Adicionado um novo documento

37. Clique em Add e escreva o nome do documento, número de referência


e demais características.
38. Associe o documento a uma WBS do seu projeto

39. Associe a uma atividade se necessário, veja figura abaixo.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 157 de 191


17.2. Files

40. Pressione Opção Files


41. Pressione a reticências Private Location

42. Selecione o arquivo <Specifications.doc>

43. Pressione Launch para abrir um documento de referencia

Página 158 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
17.3. Assignments

44. Pressione a opção Assignments


45. Pressione Assign

46. Selecione o item do WBS – Atividades que você quer vincular com o
documento de referência <CS300>

47. Pressione assign

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 159 de 191


17.4. General

48. Preencha os campos adequadamente com o título do projeto, versão,


número de referência, data de revisão, etc.

Página 160 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
LIÇÃO 18 - Gatilhos (Thresholds) e Notificações (Issues)

Proposta e Objetivo

Esta lição discorre sobre o uso dos Gatilhos (Thresholds) (parâmetros tipos de
teste), no controle dos projetos. Ao terminar esta lição o aluno será capaz de:

 Definir Gatilho (Threshold)


 Criar um parâmetro Folga Total no Gatilho (Threshold)

 Criar um Parâmetro de término de variância Gatilho (Threshold)

 Executar relatórios individuais

 Definir Grupos de relatórios

 Criar relatórios utilizando o assistente de relatórios

 Configurar Relatórios batch

18.1. Gatilho (Threshold) e Notificação (Issue)

Um Gatilho (Threshold) é um parâmetro tipo de teste que o P6 aplica as


atividades nos elementos de uma WBS em um projeto. No P6, o Gatilho
(Threshold) é uma ferramenta flexível na qual se especifica um parâmetro, ou
tipo, e um valor acima ou abaixo de averiguação. Uma Notificação (Issue) é
gerada automaticamente quando este parâmetro se encontra abaixo ou acima
do intervalo especificado no Gatilho (Threshold). Pode-se também associar
parâmetros Gatilho (Threshold) e as Notificações (Issues) no layout de
Acompanhamento (Tracking).

 Processo em duas fases

Os Gatilhos (Thresholds) são executados em duas fases. Esta lição irá


descrever a primeira fase. A segunda fase será descrita na lição que descreve
como se atualizar projetos.

Fase 1 - Criando o Gatilho (Threshold)

49. Especificar o tipo de Gatilho (Threshold)


50. Definir os parâmetros mínimos e máximos

51. Especificar o nível de detalhamento que se quer monitorar

52. Associar responsáveis

53. Associar prioridades

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 161 de 191


Fase 2 - Monitorar o Gatilho (Threshold) para gerar vistas de Notificações
(Issues)

54. Gerar a Notificação (Issue)


55. Analisar a Notificação (Issue)

56. Resolver os problemas

Criando um parâmetro de Folga total

Um parâmetro Gatilho (Threshold) de folga total é um especifico número de dias.


Uma Notificação (Issue) é gerado se a folga total de uma atividade (a quantidade
de tempo que uma atividade pode ser atrasada sem se atrasar o final do projeto)
é igual ou está entre os parâmetros definidos no Gatilho (Threshold).

57. Com o projeto Inst Civ. – Instalação Civil aberto clique no botão Gatilho
(Threshold)
58. Da barra de command Clique Add

59. Clique nas reticências no campo de parâmetro Gatilho (Threshold)

60. Selecione o parâmetro <Total Float (days)>

Página 162 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
61. Clique Assign

Gatilho (Threshold) Settings (Parâmetros de configuração)

Os Limites de advertência gerados nos Parâmetros de configuração definem a


tolerância que se deseja adotar para o projeto. Para folgas totais, um parâmetro
de –1 significa que se deseja ser notificado sempre que qualquer atividade tenha
datas mais cedo superiores às datas mais tarde (críticas e com folga negativa).

62. Entre com o valor menor do parâmetro no campo Lower Thresold <-1>
63. Clique nas reticências (...) no campo WBS to Monitor para selecionar a
WBS a ser monitorada <Inst Civil Ampliação Instalações Civis>.

64. Clique < > no campo Detail to Monitor para selecionar o nível de
detalhe <Activity>

65. Clique nas reticências no campo Responsible Manager para


selecionar a pessoa Responsável < Joel Nogueira>

66. Clique no campo de status para fixar o status do Parâmetro <enabled>

67. Clique no campo de prioridade da Notificação (Issue) para fixar a


prioridade do Gatilho (Threshold) em <Normal>

68. Com a nova linha marcada clique no botão Monitor

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 163 de 191


69. Na janela de dialogo clique no botão <Yes>

70. Em uma nova janela de dialogo o Primavera informa que criou 37


novas notificações em seu projeto.

NOTA: Para ver o resultado, selecione a opção Issues na barra de diretórios que
você visualizará os issues que foram gerados para as atividades cuja folga total
é menor ou igual ao mais baixo parâmetro definido.

Página 164 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
LIÇÃO 19 - Gerenciamento de Riscos

Objetivos

Esta lição discute o gerenciamento de riscos a partir do Primavera. Até


a conclusão da lição você estará hábil há:

 Inserir os tipos de riscos


 Criar um risco
 Calcular um risco atribuindo valores
 Analisar o impacto do risco

Cada vez mais, os gerentes de projeto estão se preocupando em


analisar não somente a rede lógica do cronograma, mas sim o projeto
como um todo e os riscos inerentes ao mesmo.

No diretório Risk, você poderá identificar, categorizar, e priorizar riscos


potenciais associados com uma WBS ou recursos específicos. Você
poderá:

 Criar um Plano de Resposta aos Riscos


 Atribuir uma probabilidade de ocorrência para cada risco.
 Atribuir algum gerente responsável constante na OBS
(Organizational Breakdown Structure) para cada risco.
o Pessoa que será responsável para gerenciar o risco.
 Calcular uma rede de riscos (RBS) expondo-os a valores.
 Verificar a performance de uma análise de impacto para cada
risco do projeto, através de uma análise “what-if” (“e se...”).
o Utilize a exposição de valores para determinar o impacto
de um risco nos custos, folgas, e data de fim.

19.1. Visualizando Tipos de Riscos

Tipos de Riscos são categorias de riscos. Os tipos de riscos podem ser:

 Atribuídos a riscos em qualquer projeto


 Classificados e padronizados para todos os projetos

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 165 de 191


Passos
1. No menu Admin, clique em Admin Categories
2. Clique na guia Risk Types.
3. Vsualize os Tipos de Riscos já existentes, ou insira outros tipos.
4. Clique close.

19.2. Adicionando um Risco

No PMBOK, 3rd edition, no Capítulo 11, Estão os processos de


gerenciamento de riscos. Você deverá planejar, identificar, analisar,
desenvolver um plano de respostas ao risco e controlar.

“Os objetivos do gerenciamento de riscos do projeto são aumentar a probabilidade e o


impacto dos eventos positivos e diminuir a probabilidade e o impacto dos eventos adversos
ao projeto.” (PMBOK, pág. 237)

Você deverá identificar os riscos e fazer uma lista dos riscos


identificados para posteriormente fazer uma análise qualitativa e
quantitativa dos riscos e assim desenvolver um plano de respostas aos
riscos.

Riscos podem ser adicionados em qualquer momento durante o ciclo


de vida do projeto.

Página 166 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Passos
1. Obra o projeto Sistema Transportador.
2. Na barra de diretórios clique em Risks.
3. Na barra de comandos, clique Add.

19.2.1. Guia General

Utilize esta guia para inserir informações sobre o risco que você está
adicionando: informe nome, gerente responsável, tipo do risco, status,
Prioridade, e data em que o risco foi identificado.

 Aplicado a WBS – o elemento de WBS em que o risco irá afetar.


 Aplicado ao recurso – Recurso que o risco irá afetar.
 Responsible Manager – o Responsável por controlar o risco.

Passos
1. Na guia General, digite um nome para o risco “Alteração dos
requisitos do Desing pelo cliente”.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 167 de 191


2. Selecione Applies to WBS, “Transp.Proj&Eng Projeto e
Engenharia”, selecione o gerente responsável, Gerente
Montagens - Tomás Moreira
3. Selecione um tipo de risco, Mudanças de Requisitos / Escopo
4. Selecione a data em que o risco foi identificado, 09-out-2006.

19.2.2. Guia Descrição

Utilize para descrever um risco. Você poderá formatar o texto, inserir


figuras, copiar/colar informação de outros arquivos de documentos,
adicionar hyperlinks.

19.2.3. Guia Controle

Utilize esta guia para inserir uma descrição do plano de controle dos
riscos.

19.2.4. A guia Impact

Os seguintes itens são usados para calcular o valor de exposição a um


risco.
 Data de impacto potencial.
 Probabilidade de ocorrência.
 Unidades de esforço de Trabalho do recurso e estimativas de
despesas.

Página 168 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
 Valores de exposição ao risco são então utilizados para
determinar o impacto do risco nos custos do projeto, folgas e a
data de término do projeto.

Controla quais atividades Este número é


serão consideradas determinado ao
quando calcular o referenciar a WBS,
impacto do risco. recurso e data de

Contém o número de unidades de


esforço de trabalho remanescentes
para o Custo total (labor e nonlabor
units, material e despesas) para a WBS
atribuída ao risco.

Exercício: Digite fatores de impacto na guia Impacto, conforme


passos indicados abaixo.

Passos
1. Clique na Guia Impact.
2. Selecione uma Data de Impacto <03/12/2006>.
3. Digite o Impact Labor Units, <70>.
4. Digite a probabilidade <20>.
5. Pressione Enter no teclado.

Nota: Impacted activities são atividades não completadas que estão


diretamente na seleção de WBS/Resources que foram agendadas para
terminar em ou depois da data de (Impact Date).

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 169 de 191


19.2.5. Calculando o impacto de um Risco

 O Primavera aplica a exposição de um valor em um risco e


calcula o impacto em agendamento de projetos, curso de
projetos e duração de projetos.
 O Primavera aplica a exposição de valores a atividades que
terminam em ou depois do impacto de riscos (Impact Date).
o Não inclui atividades ou marcos completados.
o O tipo de duração de uma atividade ditará se a WBS ou
Data de Fim do projeto será afetada.
 Aplicando a exposição de valores permite para análises de
impacto em simulações “E se” para cada risco do projeto.
o As informações do projeto corrente não alteram quando o
impacto é calculado.

Calcular o impacto do risco procedência um utilizável cenário de


simulação “E se” do risco provável, baseado na exposição de novos
valores para o risco. Este cálculo não tem efeito em informações de
datas programadas.

Exercício: Calcular o impacto para o risco.

Passos
1. Na barra de comandos, clique em Calc Impact.
2. Verifique os dados obtidos.
3. Clique em Close.
Nota: Neste exemplo, todas as atividades tem uma duração fixa
(Fixed Duration), entretanto as datas não alteram.

Página 170 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
19.3. Alterando o tipo de Duração de uma Atividade

Se o tipo da duração da atividade é Fixed Units ou Fixed Units/Time,


uma alteração em units afetará a duração de uma atividade. Uma
alteração em duração pode afetar a data de fim de elementos da WBS
e o projeto. Este pode então afetar a folga total em ambos.

Exercício: Planeje as atividades na WBS desejada em termos de


esforço de trabalho e indique um orçamento para atribuir a duração
como Fixed Units digitadas nas atividades desta WBS.

Passos
1. No Diretório Activities
2. Clique na barra de opções, clique em Layout.
3. Abra layout, Classic WBS Layout.
4. Selecione uma atividade, CS440 - Revisão e Aprovação dos
Desenhos do Transportador
5. Clique na Guia General (Geral).
6. Selecione o tipo de Duração, Fixed Units.
7. Altere o tipo de duração para <Fixed Units> para duas outras
atividades na WBS Projeto e Engenharia.

Nota:
1. Calcular o impacto do Risco pode causar um atraso a outras
WBSs e/ou projeto, conforme demonstrado no exemplo acima.

2. Por causa do aumento de unidades (units), a duração das


atividades aumentaram. Isto ocasionado por uma data tarde de
término para a WBS e data de fim do projeto. Favor verificar

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 171 de 191


novamente a lição sobre tipos de Duração para maiores
informações neste tópico.

Questões para análise

1. Quantas atividades foram impactadas?


______________________________________________

2. Qual é o impacto de custo total para o risco?


______________________________________________

3. Qual é o impacto atual (current + impacto) de custo total do


risco?
______________________________________________

4. A data de fim de impacto (current + impact) é diferente da data


de fim do projeto?
______________________________________________

Página 172 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
LIÇÃO 20 - Assignments

Utilize o diretório Assignments para visualizar todas as atribuições de


recursos, agrupados por recurso, para todos os projetos correntes
abertos. Você também pode exibir custos do recurso e informações
quantitativas numa planilha.

Utilize as guias de detalhe das atribuições para visualizar os recursos


atribuídos e suas propriedades.

Utilize Resource Assingnments Details (Detalhes das atribuições de


recursos) para visualizar e editar informações detalhadas sobre a
atribuição de recurso selecionada.

20.1. Guia General

Contém as principais informações de atribuição do recurso para a


atividade.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 173 de 191


20.2. Guia Planning

Principais informações quantitativas de prazo e trabalho realizado pelo


recurso.

Nota: As informações visualizadas serão referentes à atividade,


assim como a funcionalidade Auto Compute Actuals. Por
exemplo, você pode ter designado o Auto Compute Actuals para
o recurso, mas não para a atividade, então, em Assignments
você não verá esta atividade como Auto compute Actuals.

Você poderá criar um layout para acompanhamento aprofundado dos


recursos e atividades, conforme demonstrado a seguir:

Na layout acima pode-se visualiza a distribuição de trabalho para cada


recurso, distribuídos no tempo e sua totalização em cada atividade.

Página 174 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
LIÇÃO 21 - Definindo Aplicações Externas

PROPOSTA E OBJETIVO

Será apresentado como agrupar dados oriundos do MS Project dentro do P6


3.5. Ao completar este curso o estudante será capaz de:

 Agrupar dados de projetos em MS Project utilizando o Sumarizador

21.1. Associando dados do programa MS Project ao P6.

Configurando o Link

 Os dados do projeto em Ms Project são importados diretamente para o


banco de dados

Passos:

71. Crie um novo projeto na EPS Eletrônicos com ID MSP e Project Name
MS Project Link.
72. Selecione Enterprise, External Applications.

73. Clique em Add para adicionar novo

74. Selecione o projeto a ser feito o link <MSP - Ms Project link>

75. Selecione o tipo de aplicação externa <Microsoft Project>

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 175 de 191


76. Digite o nome da aplicação <Ms Project > ou qualquer identificador
que desejar.

77. Aponte o caminho para o executável do MS Project <c:\Arquivos de


Programa\Microsoft Office\Office\WinProj.exe>

21.2. Vinculando a Aplicação Externa

Passos:

78. Clique na barra Data


79. Digite o caminho do projeto em External Data Path ou o database alias
<c:\*.mpp>

80. Clique Close.

Página 176 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Passos:

81. Selecione enterprise, Projects


82. Selecione um projeto <MS Project Link>

83. Veja o resultado no gráfico de Gantt. Se necessário, ajuste a escala de


tempo para ver o resultado.

Resultado final

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 177 de 191


LIÇÃO 22 - Transferindo informações entre Primavera
e Microsoft Excel

Nesta Lição, você aprenderá como informações do projeto podem ser


convertidas para um formato de planilha para uso em outras planilhas
eletrônicas. Você estará capacitado a:

1. Exportar informações de atividades a uma planilha


2. Modificar informações de projeto em uma planilha

3. Importar informações de projeto de uma planilha

Você pode importar e exportar informações da base de dados


Primavera usando arquivos externos e depois compartilhar esta
informação com outros usuários que não possuem Primavera.

22.1. Exportar Informações do Projeto

O wizard de exportação disponibiliza a escolha de formatos de


informações que você quer exportar. Você pode exportar informações,
trazer com atividades, atribuições de atividades, recursos, atribuições
de recursos e despesas.

22.1.1. Formato Exportação

A opção disponível Spreadsheet (XLS) planilha XLS permite exportar


informações do projeto para o Microsoft Excel e outras planilhas de
aplicação.

 Selecione a opção exportar para uma planilha.

Passos:

1. Abrir um projeto
2. Entre no menu
arquivo, clique em
Export.

3. Selecione
Spreadsheet –
(XLS), Planilha –
(XLS).

Página 178 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
22.1.2. Tipo de exportação

Entre as informações selecionadas é exportado para sub-pastas


separada as planilhas de aplicação. Os tipos de exportações
disponíveis são baseados nos formatos de exportações selecionados.

 Selecione os tipos de informações para incluir na exportação do


arquivo

Passos:

1. Selecione todos
tipos listados
2. Click em Next

22.1.3. Selecionar o(s) projeto(s)

No wizard de exportação, selecione os projetos que você quer exportar


da lista de projetos correntes abertos.

Marque o checkbox na coluna export para selecionar o(s) projeto(s)


que você quer exportar.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 179 de 191


Passos:
1. Selecione um(s)
projeto(s) para
exportar.
2. Clique em Next.

22.1.4. Selecionar um template

Você pode criar ou modificar um template existente, os quais contém


especificações para exportar arquivos. No template, selecione as
colunas, filtros, e critérios selecionados para a área de assuntos
relacionados (Subject Área).

As colunas, filtros e critérios selecionados somente se aplicam para as


áreas relativas selecionadas. Você pode definir este critério.

TIPO DE NOME PARA TEMPLATE DO XLS

PASSOS:

1. Selecione o template na caixa de dialogo, clique em Add.


2. Nome do tipo de template

Página 180 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
22.1.5. Adicionar Colunas no Arquivo XLS.

Os campos de informações disponíveis para adicionar colunas são


baseados nas áreas de assuntos relacionados.

CLIQUE AS SETAS PARA ARRANJAR A ORDEM DAS COLUNAS.

PASSOS:

1. Selecione o assunto em “Subject Área”.


2. Na barra de opções disponíveis, clique em Group and Sort By e
em List.
3. Nas opções disponíveis, selecione a coluna Original Duration and

Remaining Duration, e clique em para mover entre as opções


selecionadas.
4. Selecione uma área subjetiva, activity Relationships.

5. Clique em para remover todas as colunas.

6. Nas opções disponíveis, selecione lag. Clica para mover esta


opções selecionadas.
7. Selecionar uma área subjetiva, Resource Assignments.

8. Selecione a coluna Budgeted Units/Time. Clique em para


mover estas opções selecionadas.

Na exportação de template, você pode adicionar uma maneira de


critérios para aplicar as informações de exportação.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 181 de 191


CLIQUE EM MODIFY PARA MODIFICAR UM TEMPLATE EXISTENTE.

Passos:

1. Clique na tab Sort.


2. No comando barras, clique em Add.
3. Selecione um nome do campo, activity ID.
4. Clica Ok.
5. Clique em Next.

Selecione a localização para salvar o arquivo XLS. A exportação wizard


designará a identificação do projeto como o nome do arquivo. Você
pode mudar o nome dos arquivos. Se exportar múltiplos projetos,
arquivos separados são criados no Excel entre os projetos.

UM DUPLO CLIQUE PARA SELECIONAR O LUGAR PARA SALVAR O ARQUIVO XLS.

Página 182 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Passos:

1. No campo Select Excel File, Duplo clique e browse localize para


salvar o arquivo XLS “Alstructor-1”.
2. Verifique o nome do arquivo.
3. Verifique os tipos de campos, arquivos Excel.
4. Clique em Open
5. Clique em Next

22.1.6. Sumário

O sumário de informações inclui arquivos no diretório no qual foram


exportação e salvados, e áreas subjetivas que foram exportadas no
arquivo.

SUMÁRIO DE INFORMAÇÕES É LISTADO PARA EXPORTAÇÃO DE ARQUIVOS.

Passos:

1. Revisar as informações de sumário para arquivos importados.


2. Clique em Finish
3. Clique em Ok para confirmar que a exportação foi um sucesso.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 183 de 191


22.2. Modificando Informações do Projeto no Excel

Depois que você exportar um arquivo XLS do Primavera, você pode


começar o processo de modificações de informação no Excel.

A PLANILHA XLS

Quando você exporta informações para um arquivo XLS, áreas de


assuntos relacionados são exportadas para uma pasta separada com o
arquivo XLS. Com os nomes seguintes:

1. Activity – TASK
2. Activity Relationships – TASKPRED
3. Expenses – PROJCOST
4. Resources – RSRC
5. Resource Assignments – TASKRSRC

As duas primeiras linhas da pasta consistem das seguintes


informações:

Primeira linha – O topo da coluna identifica o nome do banco de


dados que foi exportado. Para a importação ter sucesso, não
mude os valores destas células.

Segunda linha – Nome do campo no Primavera que é correspondente


ao nome do campo no banco de dados. Estas células são editáveis.

22.2.1. Incluindo informações no Excel

Uma vez aberto o arquivo do projeto em XLS, você pode querer


expandir as colunas para estas informações ficar mais visíveis.

Página 184 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Passos:

1. Navegue para “C:\training Docs” via Windows Explorer.


2. Duplo clique no arquivo de projeto XLS, - Ex, localizar em
“C:\training Docs”.
3. Selecione a pasta tabular, TASK. Expandir as colunas como
necessárias para visualização das informações.
4. Clique entre a pasta tabular para visualização destas
informações

22.2.2. Melhores Práticas

A seguir as diretrizes que podem auxiliar para o sucesso das


importações de informações de projeto.

 Quando inserir informações do projeto no Excel, unidades


semelhantes, custos, durações, e campos completos percentuais,
importar uma informação no campo por vez. A integridade das
informações devem ser compromissadas se você atender
inclusão em múltiplos campos simultâneos via importação dentro
do Primavera.
 Para apagar as colunas de informações no Excel, tipo “D” ou “d”
na coluna Delete this row.
 Adicionar dicionário de itens para o Primavera antes assinar
estes itens para atividades no Excel. Se você assinar um novo
valor para uma atividade ou recurso que não existe no existe no
Primavera, Então adicionará importação para o dicionário. Isto
aplicado para recursos, cargos, códigos de atividades, e valores
de atividades, calendários, centros de custos, WBS e códigos de
recursos e valores.
 Uma linha de atividade no Excel deveria incluir uma identificação
atividade para importar com sucesso.
 Incluir entre áreas subjetivas este próprio papel.
 Não Mudar a linguagem estabelecida no Primavera (tools, set
languages). Por exemplo, se o texto na exportação esta em
inglês, as suas alterações deveriam ser em inglês.
 Exportar a coluna tipo de atividade no Primavera para assinar
para novas atividades. O Primavera Atribuirá o tipo de atividade
padrão (Detalhes do projeto, padrão) para uma novas atividades
se um tipo não especificado.
 No Primavera, clique com o botão direito na janela de atividade e
selecione Export to Excel rapidamente a coluna de exportação é
mostrada no layout corrente.
 Usar a USERDATA tabular, na planilha de Excel com uma
referencia para usar configurações preferenciais (Edit, User
Preferences) no Primavera. Não editar esta informação.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 185 de 191


22.2.3. Continuando Alterações de Informação no Excel

Exemplo: Para o projeto Alstructor-1 a atividade montagem da


estrutura tem uma duração e 5 dias calculado. Devido a mudanças no
escopo do projeto, esta atividade terá sua duração alterada para 10
dias.

Passos:

1. Clique em pasta tabular, task_name.


2. Expandir a coluna task_name, identifique a atividade “montagem
da estrutura”.
3. Selecione a atividade, (E; A1020).
4. Seguir os passos abaixo para realizar mudanças.

1. 2.

Clique em avançar
Clique em Dados;texto para colunas.

Página 186 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
3. 4.

Em quantificador de texto clique em Clique em concluir.


nenhum avançar.
5. Colocar um novo valor em original duration 10.
6. Em menu arquivo clique em salvar
7. Sair do Microsoft Excel

5.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 187 de 191


22.3. Importando Informações de Excel para Dentro do
Primavera

Depois de alterar as informações do projeto no Excel, importar as


informações para dentro do Primavera.

SELECIONAR O FORMATO DE ARQUIVO QUE VOCE QUER IMPORTAR

Passos:

1. No menu arquivo, clique em Import.


2. Selecione o formato do arquivo, Spreadsheet-XLS.
3. Clique em Next

Página 188 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
SELECIONE O ARQUIVO QUE VOCÊ QUER IMPORTAR PARA DENTRO DO PRIMAVERA.

Passos:

1. Clique em para selecionar o arquivo em Excel.


2. Clique em abrir
3. Clique em Next

Selecione o tipo de importação para as área subjetivas que você


quer alterar no Primavera.

Para selecionar o tipo de exportação disponível e baseado nos tipos


que existe no arquivo XLS que você vai importar.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 189 de 191


SELECIONE OS TIPOS DE IMPORTAÇÃO QUE CONTENHAM OS ALTERAÇÕES DE
MUDANÇAS.

Passos:

1. Selecione os tipos de importação, Activities e Recursos


Assignments.
2. Clique em Next

Selecione o projeto dentro do Primavera o qual você quer importar as


informações de alteração do projeto.

Página 190 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
DUPLO CLIQUE EM import to PARA SELECIONAR O PROJETO PARA QUAL VOCÊ QUER
IMPORTAR AS INFORMAÇÕES.

Passos:

Escolha o projeto e clique em

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 191 de 191


Passos:

1. Clique uma vez no campo Import to.


2. Duplo clique no campo Import to para selecionar o projeto.
3. Clique em Next.

Passos:

1. Clique em Finish
2. Clique em Ok.

Você importa as informações do projeto uma só vez, e pode visualizar


as informações alteradas no Primavera.

Note que na planilha de Excel foi feita uma alteração na atividade


A1020 Montagem da estrutura e veremos agora esta alteração
importada ao Primavera.

Página 192 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
22.3.1. Adicionando um Novo Cálculo para o Primavera Usando o
Excel

Você pode criar em novo cálculo do projeto no Primavera usando o


Excel.

EXPORTAR UM NOVO PROJETO COM INFORMAÇÕES DE ATIVIDADE

Para Garantir que as informações importadas corretamente para


dentro do Primavera, exportar um arquivo XLS em branco do
Primavera e preencher ele com suas informações na planilha de Excel.

SELECIONE OS TIPOS DE INFORMAÇÕES PARA O NOVO PROJETO

Passos:

1. No Primavera, abra um Projeto.


2. No menu arquivo, selecione Export.
3. Selecione o formato de exportação, Spreadsheet.
4. Clique em Next.
5. Selecione os tipos de informações, Activities, Activity
Relationships.
6. Clique em Next.
7. Marque um projeto para exportar.
8. Clique em Next.
9. Selecione um template, para o novo projeto. Clique em Next.
10. Duplo clique em Select Excel File e salve.
11. Clique em Next.
12. Clique em Finish.
13. Feche o novo projeto.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 193 de 191


Passos:

No Windows, identifique o novo projeto em planilha de Excel.

Abrir o arquivo para visualizar o novo projeto.

22.3.2. Transferir os Cálculos Existentes do Arquivo em Branco

Depois de abrir o arquivo XLS em branco do Primavera no Excel,


transferir as informações para a planilha exportada do Primavera.

Preencha a planilha que esta em branco e Salve.

Transferido informações de atividades na planilha “Alstructor-2”.

Passos:

1. Ajuste a largura das colunas no arquivo Excel.


2. Feche o Arquivo.
3. No Windows identifique o novo Projeto.
4. Abra o novo projeto XLS.
5. Clique em task.
6. Revisar as informações do projeto na planilha
7. Salve o novo projeto XLS.
8. Feche o Excel.

Página 194 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Passos:

1. No Primavera, abra o novo projeto.


2. No menu arquivo, clique em Import.
3. Selecione o formato de importação, Spreadsheet–(XLS). clique
em Next.
4. Identifique o novo projeto XLS. Então clique em Open. Clique em
Next.
5. Selecione o tipo de importação, Activities e activity
Relationships. Clique em Next.
6. Duplo clique no campo Import to e selecione o novo projeto.
7. Clique em Next.
8. Clique em Finish. Então, clique em Ok.
9. Abra a janela de atividades e calcule o projeto.
10. Abra um layout, classic WBS Layout.

A opção de importar, Planilhas - (XLS) disponibiliza você transferir


informações de projetos para dentro de outras planilhas de aplicação,
semelhante as do Microsoft Excel. Cada tipo de informação é
exportado para uma página separada com o arquivo exportado.
Considere usando as melhores praticas de importar informações para
dentro do Primavera com sucesso.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 195 de 191


LIÇÃO 23 - Apêndice B - Perfis de segurança global

O apêndice do perfil de segurança do projeto global é um suplemento


para o Acesso ao Projeto e as Lições de Segurança. O apêndice fornece
duas tabelas esboçando o projeto e os ajustes de segurança global.

Perfil Global Definição


Editar Definições Globais
das Cria, edita e apaga as
Mudanças especificações das mudanças
Globais para todos os usuários.
Editar e Administrar Preferências Altera as preferências
e Categorias Administrativas e categorias
definidas nas caixas de diálogo de
Preferências Administrativas e
Categorias Administrativas. Edita o
currency data nas caixas de
diálogo Currencies.
Apagar Recursos Remove os recursos da base de
dados da Primavera. Essa função
automaticamente indisponibiliza a
adição de recursos e a adição de
recursos e a edição da função
Recursos.
Adição de Recursos Cria recursos. Essa função
automaticamente indisponibiliza a
edição da função Recursos
Editar Recursos Edita os dados do Recurso. Mostra
recurso preço/unidade (se a View
Resource Costs função global
estiver também selecionada), e o
recurso de nível de habilidade
(Visualização de proficiência em
funções de recursos), nos
relatórios.
Visualização de proficiencia em Mostra, group/sort, filtra, relata no
funções de recursos recurso e proficiência de funções.
Um usuário deve ter essa função
para ver e procurar pelo recurso e
proficiência de funções na
Primavera (web).
Aprovar o recurso Timesheets Aprova os Timesheets submetidos
como um gerenciador de recursos.

Editar Cost Accounts Cria, edita e apaga Cost Accounts.

Página 196 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Importar Informação Global Importa projetos, recursos e
funções. O usuário também deve
ter o projeto de criação junto com
a função projeto EPS para
importar e criar novos projetos.
Editar Relatórios Globais Cria, edita e apaga relatórios
globais; edita relatórios de grupo e
relatórios globais de grupos; e
salva relatórios globais criados ou
modificados pelo Report Wizard.
Editar Acompanhamento de Cria, edita e apaga
Layouts Globais Acompanhamento de Layouts
Globais no Primavera.
Editar Funções Cria, edita e apaga Funções
globais.
Editar Códigos de Atividades Edita o nome dos códigos de
Globais atividades globais. Essa função
automaticamente permite você a
adicionar e apagar os valores dos
códigos de atividades globais
também.
Adicionar Códigos de Atividades Adiciona um novo código de
Globais atividade global e valores dos
códigos. Essa função
automaticamente permite que
você edite um código de atividade
global já existente e os valores de
códigos também.
Apagar Códigos de Atividades Apaga um novo código de
Globais atividade global e valores dos
códigos. Essa função
automaticamente permite que
você adicione e edite códigos de
atividade global e os valores de
códigos também.
Editar Formulários Pendentes Adiciona, edita e apaga formulário
pendentes e as categorias de
formulários pendentes no
Primavera (web). Permite acesso
ao menu de pendências no
Primavera (web).
Editar Calendário Global Cria, edita, apaga e move
calendários globais.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 197 de 191


Editar Recurso Calendário Cria, edita, move e apaga recursos
calendários.
Editar Perfis de Segurança Cria, edita e apaga perfis globais e
de projetos de segurança.
Editar Usuários Adiciona, edita e remove usuários.
Editar as Datas do Timesheet Cria e edita grupos de Timesheet
Editar Atividades globais e atribui Cria, edita e apaga atividades
disposições e filtros globais e recursos atribuídos a
disposições e filtros.
Editar OBS Cria, edita e apaga OBS globais
hierárquicos.
Editar Códigos do Projeto Edita o nome dos códigos do
projeto. Essa função
automaticamente permite que
você possa adicionar, editar e
apagar códigos de projetos
também.
Adicionar Códigos do Projeto Adiciona novos códigos do projeto
e valores dos projetos. Esta
função automaticamente permite
que você edite códigos existentes
e valores dos códigos também.
Apagar Códigos do Projeto Apaga códigos do projeto e
valores dos projetos. Esta função
automaticamente permite que
você adicione e edite códigos de
projetos e valores dos códigos
também.
Editar Códigos de Recurso Edita o nome dos códigos de
recursos. Essa função
automaticamente permite que
você adicione, edite, e apague os
valores dos códigos de recurso.
Adicionar Códigos de Recurso Adiciona novos códigos de recurso
e valores dos códigos. Essa função
automaticamente permite que
você edite códigos de recurso e
valores dos códigos também.
Apagar Códigos de Recurso Apaga os códigos de recurso
globais e os valores dos códigos.
Essa função automaticamente
permite que você adicione e edite
códigos de Recurso e valores dos
códigos também.

Página 198 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Editar Carteira de Projetos Cria, edita e apaga Carteira de
(Portfolios) Globais Projetos (Portfolios) globais no
Portfolio Analysis e Primavera.
Administrar Aplicações Globais Administra a lista de aplicações
Externas globais externas.
Editar Funding Sources Cria, edita e apaga Funding
Sources no dicionário Funding
Sources.
Iniciar o Projeto Arquiteto Inicia o Projeto Arquiteto Wizard.
O Wizard permite que os usuário
do Primavera criem um novo
projeto baseado nas metodologias
importadas do Methodology
Management e também adicionam
metodologias de outros projetos já
existentes.
Mostrar recursos e Funções custos Mostra todos os valores para os
recursos Labor e Nonlabor custos
e os valores de preço/unidade
para Funções. Se essa função não
esta disponível para o usuário,
todas as ares no Primavera que
mostram valores monetários para
Roles e Labor, material e Nonlabor
Resources display dashes e não
podem ser editadas. Para
recursos, algumas áreas, incluindo
o recurso preço/tempo, valores
nos perfis dos recursos na janela
de atividades, valores monetários
na disposição Tracking e valores
monetários na disposição de
módulo de análise de Portfolio.
Para Roles, a área é o valor do
preço/ unidade na caixa de diálogo
Roles.
Administrar Serviços de Trabalho Administra o serviço de
trabalho;seleciona as aplicações
atuais, relatórios de grupo,
exporta, programa e Summarize
serviços para funcionar em
intervalos específicos de tempo.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 199 de 191


Editar o Recurso de Calendário Permite que os usuários editem
Pessoal seus próprios calendários, se eles
não tiver a função Edit Global and
Resource Calendar Global. Essa
função é requerida para acessar o
“Primavera (web) Import
Appointments feature”.
Pedidos de criação de projetos e Iniciar pré-definidos Workflow
Processos de projetos processo para revisão e novos
pedidos de projetos ou novos
trabalhos pedidos de projetos
existentes. Uma função separada
é pedida para criar os moldes que
definem a avaliação do processo
Workflow.
Editar Pedidos do Projeto e Cria, edita e modificar moldes que
Processo dos Moldes do Projeto definem o processo do Workflow,
para revisar os pedidos de um
novo projeto ou novos trabalhos
pedidos de projetos já existentes.
Adicionar e apagar códigos de Cria, edita, atribui, mostra e
segurança apaga todos os globais e EPS-level
códigos de segurança de
atividades e valores, assim como
todas as edições de códigos
globais de segurança e valores.
Editar códigos de segurança Edita, atribui e mostra global e
EPS-level códigos de segurança de
atividades e valores, assim como
todas as edições de códigos
globais de segurança e valores.
Atribuir códigos de segurança Atribui e mostra global e EPS-level
códigos de segurança de
atividades e valores, assim como
todas as edições de códigos
globais de segurança e valores.
Mostrar Códigos de Segurança Mostra global e EPS-level códigos
de segurança de atividades e
valores, assim como todas as
edições de códigos globais de
segurança e valores.

Página 200 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Editar Códigos de Atividade EPS Modifica os códigos de atividade
EPS-level, essa função
automaticamente permite a você
adicionar, editar e apagar códigos
de atividade EPS-level já
existentes.
Adicionar Códigos de Atividade Cria códigos de atividades EPS-
EPS level. Essa função
automaticamente permite que
você edite um código de atividade
EPS-level já existente.
Apagar Códigos de Atividade EPS Apaga códigos de atividades EPS-
level. Essa função
automaticamente permite que
você edite um código de atividade
EPS-level já existente.
Mostrar todos dados de Acessa o SDK, somente no modo
Global/Projetos via SDK de leitura, sem nenhuma função.
Editar o Recurso global e Role Cria, edita e apaga os Teams
Teams recursos globais e os Role Teams.
O Recurso/ Role Team é uma
coleção de recursos/Roles. O
Recurso/ Role Teams está
disponível no Primavera (web).
Editar as Curvas de Recurso Cria, edita e apaga as curvas de
distribuição de recursos.
Editar os Campos Definidos do Criar, editar e apagar os campos
Usuário definidos do usuário. Usuários que
não possuem essa função, podem
ver os campo definidos do usuário.
Editar o Projeto Global e WBS Cria, edita e apaga o projeto
Layouts global e WBS Layouts.
Editar os Moldes do Microsoft Cria, edita e apaga os moldes do
Project Microsoft Project, usados para
importar/exportar dados do/para o
Microsoft Project.
Editar as Atividades dos Passos Cria, edita e apaga as atividades
dos Moldes dos passos dos moldes, usadas
para adicionar uma seqüência de
passos para multiplicar as
atividades.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 201 de 191


Adicionar a Edição Globalde Cria uma nova edição de códigos e
Códigos valores da edição de códigos no
Primavera (web). Permite o acesso
ao menu de edição no
Primavera(web).
Editar a Edição Global de Códigos Edita a edição de códigos e valores
da edição de códigos no Primavera
(web). Permite o acesso ao menu
de edição no Primavera(web).
Apagar a Edição Global de Apaga a edição de códigos e
Códigos valores da edição de códigos no
Primavera (web).Essa função
automaticamente permite que
você possa adicionar e editar
edições globais de códigos e
valores da edição de códigos. Ele
também permite o acesso ao
menu de edição no
Primavera(web).
Editar as Datas do Período Cria, edita e apaga os períodos
Financeiro financeiros no Financial Period
Dictionary. O usuário deve ter
atribuído o projeto privilegiado
Edit Period Performance para
editar os dados do período.
Criar Projeto Dentro do EPS Cria, copia e arquiva projetos
dentro do EPS.
Apagar Projeto Dentro do EPS Apaga, corta e arquiva projetos
dentro do EPS.
Sumarize Projeto Sumarize dados para todos os
projetos no EPS.
Editar os Detalhes do Projeto Edita campos em geral, datas,
(Exceto financeiros) defeitos, recursos e abas dos
ajustes nos detalhes do projeto. O
usuário deve estar ciente desta
função para escolher a linha de
base do projeto.
Administrar Aplicações Externas Administra links para aplicações
do Projeto externas.
Programação do Projeto Programa um projeto.
Nível de Recursos Nível de recursos para um projeto.

Página 202 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Aplicação de Atualidades Aplicar atualidades para as
atividades do projeto
Armazenar a Performance do Armazena os valores reais desse
Período período para unidades reais e
custos no projeto dos períodos
financeiros. O usuário deve estar
ciente para Adicionar/Editar os
projetos das atividades, exceto a
função do projeto de
relacionamentos antes de você
atribuir esta função.
Editar a Performance do Período Edita os valores da performance
do período para as unidades Labor
e Nonlabor, assim como o Labor,
Nonlabor, material e custos
expansivos. O usuário deve estar
ciente para observar a função
projeto Project Cost/Financials
antes de atribuir esta função.
Manter as Linhas de Base do Salva e apaga as linhas de base
Projeto do projeto.
Iniciar a Atualização das Linhas de Atualiza o projeto das linhas de
Base base com em novos dados do
projeto usando as utilidades das
linhas de base do projeto.
Atribuir as Linhas de Base do Seleciona um Projeto de linha de
Projeto base para um projeto. O usuário
também deve atribuir a edição dos
detalhes do projeto, exceto
financeiros, projeto função para
selecionar a linha de base do
projeto.
Editar o Trabalho dos Produtos e Cria, edita e apaga, o trabalho dos
Documentos do Projeto produtos e documentos do
projeto. No Primavera (web),
relatar itens para os documentos,
muda o nível de acesso aos
documentos, adiciona e apaga
pastas, e inicia a revisão dos
documentos do projeto.
Collaboration functionality é
adicionalmente requerida para
mudar o nível de acesso aos
documentos, adiciona e apaga
pastas, e inicia a revisão do
projeto de documentação.

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 203 de 191


Adiciona/Edita o Projeto de No Primavera (web), cria, edita,
Template dos Documentos apaga, verifica e inicia revisões
para o projeto de templates dos
documentos. O usuário deve ter a
função “Editar o Trabalho dos
Produtos e Documentos do
Projeto” junto. Collaboration
functionality é adicionalmente
requerida para checar e iniciar
revisões para o Projeto de
Template dos Documentos.
Mostrar o Projeto Mostra todos os valores
Custo/Financeiro monetáriosdo projeto. Se o
usuário não puder ver os custos
do projeto, todas as características
que dispõem valores monetários
são substituídos por três traços
(---) no Primavera e não podem
ser editadas pelo usuário. A
habilidade para mostrar o recurso
preço/tempo é controlada pelo
recurso view e a função global
Role Costs.
Editar o projeto de códigos de Modifica os códigos de atividades
atividades do projeto
Adicionar o projeto de códigos de Cria os códigos de atividades do
atividades projeto
Apagar o projeto de códigos de Apaga os códigos de atividades do
atividades projeto do projeto da base de
dados.
Monitora os projetos dos pontos Inicia o monitoramento dos pontos
iniciais iniciais para um projeto.
Publicar o projeto como um site Publica um site do projeto
na web
Editar os relatórios do projeto Edita os relatórios do projeto e os
relatórios de grupos do projeto.
Editar os calendários dos projetos Cria, edita e apaga os calendários
do projeto.
Iniciar mudança global Inicia as mudanças globais para
atualizar as informações
detalhadas das atividades.
Projetos Check in/ Check out Checa os projetos in e out no
Primavera.

Página 204 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0
Atribuir formulários da edição No Primavera (web), atribui
formulários da edição para um
projeto.
Importar/Mostrar Dados do Importa e mostra dados da do
contrato de gerência Primavera Expedition.
Editar o projeto WBS exceto Edita a hierarquia WBS
financeiros (adicionae/remover/mover WBS
nodes), entradas de notebook,
ajustes dos valores de ganho,
milestones, trabalho de produtos e
documentos, e datas.
Editar o Projeto Financeiro WBS Edita os registros de orçamento
WBS, financia fontes, plano de
gastos e dados financeiros para o
nível do projeto. Edita os dados de
custo no nível da atividade.
Editar EPS exceto financeiros Edita a hierarquia EPS
(adicionar/remover/mover EPS
nodes), edita EPS notebook e
edita todos EPS-Related dados,
exceto informações financeiras.
Editar EPS financeiros Edita os registros de orçamento,
financia fontes e plano de gastos.
Estimação do Top-Down do Inicia a estimação do Top-Down
projeto para um projeto.
Aprovar Timesheets como um Revisa aprova ou rejeita
gerenciamento de projeto. timesheets para um projeto.
Editar as despesas do projeto Cria, edita e apaga as despesas do
projeto.
Editar os pontos iniciais, Issues, e Cria edita e apaga, os pontos
riscos do projeto iniciais, Issues, e riscos do
projeto.
Editar a atividade de Cria, edita e apaga as atividades
relacionamentos do projeto de relacionamentos do projeto.
Adicionar/editar atividades exceto Cria a edita a atividade do projeto
relacionamentos de informação, exceto atividades
de relacionamento.
Executar os requisitos do recurso Atribui recursos requisitados para
atividades atividades no Primavera (web).
Apagar atividades do projeto Apaga atividades do projeto

Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0 205 de 191


Apagar o projeto de dados com Apaga atividades de projetos que
Timesheet actuals tem o Timesheet actuals aplicados
neles. O usuário precisa ter a
função Delete Project Activities
também.
Criar Grupos de Trabalho Adicionar um novo grupo de
trabalho no Primavera(web).
Apagar Grupos de Trabalho Apagar um novo grupo de trabalho
no Primavera(web).
Modificar a área de trabalho do No Primavera(web), customiza a
projeto e as preferências dos área de trabalho do projeto e as
grupos de trabalhos preferências dos grupos de
trabalhos.
Editar as atribuições para os Atribui, apaga ou modifica
planos de recurso atribuições de recursos em um
projeto ou nível WBS, no
Primavera (web). Para usuários
que não possuem essa função, a
informação spreadsheet é lida
somente por aquele projeto
particular ou WBS. Desde a função
projeto-nível de segurança,
descem para o nível WBS, isso é
possível de ser feito atribuindo um
recurso para um WBS em um
projeto e não outro.
Editar um link de contrato de Cria, edita e apaga um link para
gerenciamento de projeto um projeto do Primavera
Expedition.
Editar um ID em atividade Modifica os IDs em atividade.

Página 206 de 191 Planejando e Controlando com Primavera Enterprise Versão 6.0