Você está na página 1de 44

Curso Completo de Enfermagem para Concursos

Página | 1

Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00


Curso Completo de Enfermagem para Concursos

Sejam bem-vindos ao Projeto “Aprovação – Residência em Enfermagem


2016/2017”. Já estão disponíveis no Curso Completo de Enfermagem centenas de
videoaulas e ebooks sobre TODOS os temas da Enfermagem, Legislação do SUS e Saúde
Pública. Além disso, disponibilizamos 1000 questões comentadas específicas dos
últimos processos de residência nas mais diversas especialidades. Confira os temas
abordados:
1. Legislação do SUS;
2. Lei do Exercício Profissional de Enfermagem;
3. Código de Ética do Profissional da Enfermagem;
4. Saúde da Criança;
5. Saúde da Mulher;
6. Urgência e Emergência;
7. Saúde do Idoso;
8. Oncologia;
9. Unidade de Terapia Intensiva;
10. Clínica Médica;
11. Enfermagem Cirúrgica (Clínica Cirúrgica, Centro Cirúrgico, Central de Material de
Esterilização, CME, Controle de Infecção Hospitalar);
12. Doenças Infectocontagiosas;
13. Fundamentos de Enfermagem;
14. Processo de Enfermagem;
15. Administração de Enfermagem;
16. Teorias de Enfermagem.

E ACESSE A AULA INICIAL GRATUITA E UTILIZE ESSE E-BOOK PARA MELHOR ACOMPANHÁ-LA.

Página | 2

Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00


Curso Completo de Enfermagem para Concursos

O Curso Completo de Enfermagem para Concursos e as 1000 questões de Residências em


Enfermagem comentadas abrangem conteúdos programáticos de todas as residências do
Brasil:
1. Hospital Albert Einstein 42. UFMA 83. UFCSPA
2. Hospital do Câncer 43. UFSC 84. UNIJUI
Barretos 44. UFMT 85. UFCSPA
3. USP 45. UFF 86. HIAE
4. INCA 46. UFMS 87. Pref Belo Horizonte
5. Hospital Sírio-Libanês 47. UFAM 88. HOB
6. UNICAMP 48. UFSJ 89. FAMUC
7. SES-DF e UNB 49. UFJF 90. HRPP-SP
8. SES-BA 50. UFRJ 91. Itajubá
9. PUC SP 51. UFC 92. FAMERP
10. UNIFESP 52. UEPG 93. HRAC-USP
11. USP 53. UEM 94. ISCMC
12. INCA 54. UNCISAL 95. UNIC
13. SMS-RJ 55. UFSJ 96. Fund Hosp Blumenau
14. SES-PE 56. UFU 97. SUPREMA
15. SES-GO 57. UEA 98. ESP-RS
16. SES-CE 58. UNESC 99. GHC
17. SES-PB 59. ENSP 100. HRTN
18. SMS-RJ 60. UERJ 101. FURG
19. UERJ 61. UNIFAL 102. Casa De Saúde Santa
20. UEL 62. UNESP Marcelina
21. UFTM 63. UNIVASF 103. ULBRA
22. PUC RS 64. UFVJM 104. Sobral-CE
23. UFRGS 65. UNESC 105. CEULP
24. PUC Campinas 66. UNIT 106. FEEVALE
25. UFES 67. UEPA 107. UPF
26. UFS 68. UERN 108. Hosp Mario Gatti
27. UFGD 69. UESPI 109. Hospital Santa Cruz
28. UNIRIO 70. CEFET- BA 110. IPA-RS
29. HC-UFMG 71. UNIVILLE 111. HCPA
30. UFPA 72. UNIMONTES 112. UNIOESTE
31. UFAC 73. UNISINOS 113. Pequeno Príncipe
32. UFAL 74. João Pessoa 114. FAMEMA
33. UPE 75. USF 115. MABC
34. UFPB 76. UNIPAMPA 116. FMABC
35. UFPI 77. FHEMIG 117. A.C. Camargo
36. UFMT 78. Apucarana 118. Inst De Cardiologia-RS
37. UFSM 79. UNINOVE 119. HEG
38. UFPR 80. UNIDERP/HRMS/FUNSAU 120. UNISA
39. UFRN 81. Hospital Sofia Feldman 121. IPUB-UFRJ
40. UFAM 82. Instituto Raul Soares
41. UNIFESP

Página | 3

Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00


NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

Legislação do SUS

1. (Residência Multiprofissional/UFS/2016) De acordo com o que estabelece a Constituição Federal de 1988,


o contrato de serviços de saúde fora da rede própria do SUS poderá ser formalizado priorizando as:

a) Entidades privadas certificadas pela ONA.


b) Entidades filantrópicas e sem fins lucrativos
c) Fundações públicas de saúde de direito privado.
d) Organizações sociais (OS).
e) Cooperativas de saúde.

Lei nº 8.080/90

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

2. (Residência Multiprofissional/UFPI/COPESE/2016) A Lei 8.080/1990 regula, em todo o território nacional,


as ações e serviços de saúde. Segundo essa Lei: O conjunto de ações e serviços de saúde, prestados por órgãos
e instituições públicas federais, estaduais e municipais, da Administração direta e indireta e das fundações
mantidas pelo Poder Público, constitui o Sistema Único de Saúde (SUS). São Objetivos do SUS, segundo a Lei
8.080/1990:

a) A identificação e a divulgação dos fatores condicionantes e determinantes da saúde.

b) A formulação de política de saúde, a nível local, destinada a promover, nos campos econômico e social, a
observância do papel do Estado na garantia da Saúde.

c) A assistência às pessoas por intermédio de ações de recuperação da saúde, com a realização integrada das
ações assistenciais de média e alta complexidade.

d) A assistência às pessoas por intermédio de ações de prevenção da doença e promoção da saúde, com a
realização integrada das ações assistenciais na atenção básica.

e) A formulação da política de saúde, em todos os níveis de atenção, destinada a promover a saúde e prevenir
as doenças, que se constitui no papel do Estado na garantia da Saúde.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

3. (Residência Multiprofissional HUPAA/UFAL/COPEVE/2016) Com a instituição do Sistema Único de Saúde


(SUS), a saúde tornou-se um direito de qualquer brasileiro, independentemente de raça, renda, escolaridade,
religião ou qualquer outra forma de discriminação, e um dever do Estado brasileiro em prover esses serviços.
A qual princípio do SUS essa afirmação se refere?

a) Equidade.

b) Igualdade.

c) Integralidade.

d) Universalidade.

e) Controle Social.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

Organização do SUS

 A articulação das políticas e programas, a cargo das comissões intersetoriais, abrangerá, em especial,
as seguintes atividades:

 São subordinadas ao CNS, integradas pelos Ministérios e órgãos competentes e por entidades
representativas da sociedade civil.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

4. (Residência Multiprofissional/UFF/COREMU/2016) Tendo em vista a Lei nº 8.080/90, é correto afirmar


que:

a) as ações e serviços de saúde, executados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), seja diretamente ou mediante
participação complementar da iniciativa privada, serão organizados de forma regionalizada e hierarquizada em
níveis de complexidade decrescente.

b) serão criadas comissões intersetoriais de âmbito nacional, subordinadas ao Conselho Nacional de Saúde,
integradas pelos ministérios e órgãos competentes, além de entidades representativas da sociedade civil.

c) a União poderá executar ações de vigilância epidemiológica, sanitária e ambiental em circunstâncias


especiais, como na ocorrência de agravos inusitados à saúde, que possam escapar do controle da direção
estadual do Sistema Único de Saúde (SUS) ou que representem risco de disseminação nacional.

d) vigilância ambiental é considerada um conjunto de ações que proporcionam o conhecimento, a detecção ou


prevenção de qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes de saúde individual ou coletiva,
com a finalidade de recomendar e adotar as medidas de prevenção e controle das doenças ou agravos.

5. (Residência Multiprofissional/UFF/COREMU/2016) A Lei Federal no 8080/90 preconiza que o processo de


planejamento e orçamento do SUS seja:

a) descendente.

b) ascendente.

c) transversal.

d) horizontal.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

Controle Social, Lei nº 8.142/90

Os Recursos do FNS serão alocados como:

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

6. (Residência Multiprofissional/UFPI/COPESE/2016) A Lei 8.142/1990 dispõe sobre a participação da


comunidade na gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) e sobre as transferências intergovernamentais de
recursos financeiros na área da saúde. Acerca da participação popular no SUS, é CORRETO afirmar que:

a) A representação dos usuários nos Conselhos de Saúde e Conferências será paritária em relação ao conjunto
dos segmentos, isto é, será 25% gestores do SUS, 50% profissionais do SUS e 25% usuários do Sistema.

b) A Conferência de Saúde reunir-se-á a cada quatro anos com a representação dos gestores do SUS, para
avaliar a situação de saúde, convocada, exclusivamente, pelo Poder Executivo.

c) O Conselho de Saúde, em caráter permanente e consultivo, atua na formulação de estratégias e no controle


da execução da política de saúde, na instância correspondente, e tem como presidente o gestor da saúde, na
esfera correspondente.

d) A Conferência de Saúde terá representação paritária em relação ao conjunto dos segmentos, isto é, será
50% gestores do SUS, 25% profissionais do SUS e 25% usuários do Sistema.

e) O Conselho de Saúde e as Conferências de Saúde são instâncias colegiadas de participação popular no


Sistema Único de Saúde, sem prejuízo das funções do Legislativo.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

Enfermagem
Urgência e Emergência

Política Nacional de Atenção às Urgências

7. (UFPR/COREMU/2016) Sobre as Unidades de Pronto Atendimento (UPA), assinale a alternativa INCORRETA.

a) São estruturas de complexidade intermediária entre as unidades básicas de saúde, unidades de saúde da
família e a rede hospitalar, devendo funcionar 24h por dia, todos os dias da semana.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

b) Devem garantir o acolhimento aos pacientes, intervir em sua condição clínica e contrarreferenciá-los para
os demais pontos de atenção da Rede de Atenção à Saúde (RAS).

c) Devem prestar atendimento resolutivo e qualificado aos pacientes acometidos por quadros agudos ou
agudizados de natureza clínica e prestar primeiro atendimento aos casos de natureza cirúrgica ou de trauma,
estabilizando os pacientes e realizando a investigação diagnóstica inicial.

d) São classificadas em três (3) diferentes portes, de acordo com a população da região a ser coberta, a
capacidade instalada - área física, número de leitos disponíveis, recursos humanos e a capacidade diária de
realizar atendimentos médicos.

e) Apresentam-se como hospitais especializados para o atendimento às vítimas de calamidade, podendo


realizar, inclusive, cirurgias e estabilização de pacientes críticos/graves em terapia intensiva, para posterior
encaminhamento para a Rede de Atenção às Urgências e Emergências.

Suporte Básico e Avançado de Vida

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

8. (Residência Multiprofissional/UFSC/FEPESE/2016) Após o reconhecimento da PCR e o acionamento do


Serviço Médico de Emergência, o profissional deve iniciar a RCP.

De acordo com as Diretrizes de 2010 da AHA, na manobra de reanimação do suporte básico de vida, o
profissional deve:

a) Iniciar compressão torácica, realizar abertura de vias aéreas, fornecer boa ventilação e realizar desfibrilação
precoce.

b) Aguardar a chegada do Serviço de Emergência, aplicando ventilação de resgate.

c) Realizar abertura de vias aéreas, aplicar duas ventilações de resgate, iniciar compressão torácica e realizar
desfibrilação.

d) Iniciar compressão torácica, checar pulso, realizar desfibrilação, abrir vias aéreas e remover a vítima.

e) Iniciar compressão torácica, ver-ouvir-sentir se há respiração, aplicar ventilação de resgate e realizar


desfibrilação.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

9. (Residência em Enfermagem/SES-DF/2016) Julgue os itens subsecutivos em relação ao diagnóstico e à


reanimação de um paciente em parada cardiorrespiratória.

Em crianças ou recém-nascidos, as compressões torácicas, isto é, as massagens cardíacas externas, devem ser
realizadas utilizando-se uma das mãos espalmada.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

Ressuscitação Neonatal

9. (Residência em Enfermagem/SES-DF/2016)

A dilatação pupilar (midríase), aparência de morte com palidez e imobilidade, e a cianose são sinais tardios
observados no diagnóstico de parada cardiorrespiratória.

Ao ser submetido a uma desfibrilação elétrica, também denominada cardioversão, o paciente atendido em
parada cardíaca apresenta maior probabilidade de sobreviver.

10. (UFRN/COMPERVE/2016) Na parada cardiorrespiratória, a rapidez e a eficácia das intervenções adotadas


são fundamentais e interferem diretamente no prognóstico da vítima. Em relação ao suporte avançado de
vida, é correto afirmar:

A amiodarona ou a lidocaína são igualmente aceitáveis para o tratamento da FV refratária ou choque


da TVSP em crianças. DIRETRIZES AHA E ACE (2015).

a) A lidocaína é o antiarrítmico de primeira escolha no tratamento da fibrilação ventricular e da taquicardia


ventricular sem pulso refratária, após a administração da droga vasopressora e de nova desfibrilação.

b) A administração de drogas por via intravenosa ou endotraqueal é preferível à administração intraóssea.

Intraóssea ou intravenosa é preferível à administração endotraqueal

c) A atropina é recomendada para o tratamento da parada cardiorrespiratória em assistolia e da atividade


elétrica sem pulso.

d) Os ritmos de parada cardíaca chocáveis são: a fibrilação ventricular e a taquicardia ventricular sem pulso.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

Choque

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

11. (Residência Multiprofissional/UFS/2016) Correlacione os tipos de choque e suas definições e, em seguida,


assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:

Tipos de Choque: 1. Cardiogênico. 2. Séptico. 3. Hipovolêmico. 4. Distributivo

Definições:

( ) Há diminuição da pré-carga devido à diminuição do volume intravascular. Consequentemente, há


diminuição do Débito Cardíaco, inicialmente compensado por taquicardia.

( ) Presença de agente patógeno capaz de produzir uma grave resposta infecciosa sistêmica.

( ) Alteração cardiovascular na qual o principal evento é a falência total ou parcial das funções cardíacas.

( ) É consequência da diminuição severa da Resistência Vascular Periférica. O Débito Cardíaco encontra-se


aumentado na tentativa de compensar a diminuição da resistência vascular sistêmica.

a) 3/ 2/ 1/ 4 b) 1/ 2/ 3/ 4 c) 2/ 4/ 3/ 1 d) 1/ 3/ 4/ 2 e) 4/ 2/ 1/ 3

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

Queimaduras
12. (Residência Multiprofissional/UFG/COREMU/2016) M.S.C., de 35 anos, admitida no pronto-socorro com
queimaduras provocadas por explosão de uma panela de pressão, queixando dor intensa nas lesões que se
localizam em região torácica anterior, membro superior esquerdo e região anterior do membro superior
direito. Em relação à superfície corpórea e seguindo a "regra dos nove", conclui-se que a extensão da área
queimada da paciente é de:

a) 27,5%. b) 31,5%. c) 36,5%. d) 42,5%.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

Escala de Coma de Glasgow

13. (Residência Multiprofissional/UFSC/FEPESE/2016) A escala de coma de Glasgow é utilizada na avaliação


de pacientes graves. Essa escala tem a finalidade de avaliar:

a) o nível de coma, por abertura ocular, resposta verbal e resposta auditiva.

b) o nível de consciência por reação pupilar, resposta motora e estímulo doloroso.

c) o nível de coma por abertura ocular, frequência respiratória e frequência cardíaca.

d) o nível de consciência por abertura ocular, resposta verbal e resposta motora.

e) o nível de consciência por reação pupilar, resposta verbal e resposta motora.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

Exames de Monitorização

14. (Residência Multiprofissional em Saúde/HUGG/UNIRIO/2016) Um exame gasométrico de um cliente


intubado, que apresente uma secreção espeça que obstrui a ventilação adequada através do tubo orotraqueal,
apresenta o desequilíbrio ácido-base denominado

a) Distúrbio misto.

b) Acidose Metabólica.

c) Alcalose Metabólica.

d) Alcalose Respiratória.

e) Acidose Respiratória.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

Saúde da Mulher
Câncer de Mama

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

15. (UERJ/CEPUERJ/2016) Considerando a população-alvo e a periodicidade dos exames no rastreamento de


câncer de mama, a relação correta é:

a) 50 a 69 anos – realização de exame clínico das mamas e de ultrassonografia anualmente

b) 40 a 49 anos – realização de exame clínico das mamas anualmente e, se alterado, mamografia

c) 35 anos ou menos com risco elevado – realização de exame clínico das mamas e mamografia a cada dois
anos

d) 35 anos ou mais, com risco elevado – realização de exame clínico das mamas e de tomografia anualmente

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

Câncer de Colo do Útero

 É uma afecção progressiva iniciada com transformações intraepiteliais progressivas que


podem evoluir para um processo invasor num período que varia de 10 a 20 a.;

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

16. (Residência Profissional em saúde/UPE/2016) Considerando a importância epidemiológica do câncer de


colo uterino para a saúde da mulher e a necessidade de formação de profissionais de saúde capazes de atuar
na atenção integral à população, analise as alternativas abaixo e assinale a CORRETA.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

a) A junção escamo-colunar (JEC) é a região onde se localizam mais de 80% das lesões precursoras ou malignas
do colo do útero.

b) Por sua estrutura glandular, com grande capacidade mucípara, o epitélio grandular do colo uterino
representa cerca de 60% dos tipos de câncer.

c) Mulheres submetidas a tratamentos cirúrgicos devido a lesões cervicais de alto grau devem ser mantidas
sob rastreamento, exceto em casos nos quais tenha sido realizada histerectomia total.

d) Na maioria das vezes, o câncer de colo está associado à infecção cervical pelo HPV. No entanto, a infecção
por esse vírus é transitória e regride espontaneamente entre seis meses a dois anos após a exposição (IARC,
2007). No pequeno número de casos nos quais a infecção persiste, é especialmente causada por um tipo viral
oncogênico.

Pré-natal de Baixo Risco

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

17. (Residência Multiprofissional em Saúde/HUGG/UNIRIO/2016) Realizada com gestantes, a Manobra de


Leopold possibilita ao enfermeiro obter as seguintes informações:

a) maturidade, tamanho e localização

b) situação do feto, localização e tamanho

c) posição, maturidade e situação do feto

d) situação do feto, apresentação e posição

e) maturidade, idade gestacional e situação do feto

18. (UERJ/CEPUERJ/2016 - Adaptada) Considerando a manobra de Leopold, durante a sequência do exame


físico obstétrico, a identificação da apresentação fetal e sua confirmação correspondem, respectivamente, ao
primeiro e quarto tempo.

Pré-natal de Alto Risco

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

19. (Residência Multiprofissional/UFSC/FEPESE/2016) Com relação à Placenta Prévia (PP) e ao descolamento


Prematuro da Placenta (DPP), assinale a alternativa incorreta

a) Descolamento Prematuro de Placenta é a separação abrupta da placenta antes do nascimento do feto.

b) Placenta Prévia corresponde a um processo patológico da gravidez, em que a implantação da placenta,


inteira ou parcialmente, ocorre no segmento inferior do útero.

c) No Descolamento Prematuro de Placenta o útero, em geral, encontra-se de consistência normal, doloroso,


sensível às manobras palpatórias e os batimentos cardíacos fetais podem estar alterados ou ausentes.

d) Na Placenta Prévia é relatada perda sanguínea por via vaginal, súbita, de cor vermelho vivo, de quantidade
variável, e não acompanhada de dor.

e) No Descolamento Prematuro de Placenta o aparecimento de dor abdominal é súbita, com intensidade


variável, perda sanguínea de cor vermelho escuro. Em alguns casos, o sangramento pode ser oculto.

Parto

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

20. (USP/FUVEST/2016) NVS, G1P0A0, chega ao centro obstétrico com queixa de dor no baixo ventre. Ao
exame obstétrico, apresenta 1 contração com intervalos de 3 minutos e duração de 60 segundos. Ao toque
vaginal, apresenta colo pérvio para 6 cm e bolsa rota com presença de líquido claro com grumos. O estágio e
fase do trabalho de parto em que se encontra NVS são, respectivamente:

a) primeiro, latente. c) primeiro, de transição. e) terceiro, de transição.

b) primeiro, ativa. d) segundo, ativa.

Saúde da Criança

Assistência ao recém-nascido

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

21. (UFPR/COREMU/2016) O escore de Apgar é utilizado na avaliação do recém-nascido. Em relação a esse


indicador, identifique as seguintes afirmativas como verdadeiras (V) ou falsas (F):

( ) Avalia seis sinais clínicos do recém-nascido.

( ) Deve ser aplicado no primeiro e quinto minutos de vida após o nascimento.

( ) Para cada sinal clínico, atribui-se uma pontuação de zero a dois.

( ) Norteia a necessidade de reanimação de criança asfixiada

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.

a) V – V – F – F. c) V – F – F – V. e) V – V – F – V.

b) F – V – V – V. d) F – V – V – F.

22. (UFPR/COREMU/2016) Na primeira avaliação do recém-nascido, o enfermeiro observa ausência de esforço


respiratório, frequência cardíaca superior a 100 batimentos por minuto, tônus flácidos, careta ao reflexo de
irritabilidade e cor corporal rosa com extremidades cianóticas. Para este caso, é correto atribuir, pelo Índice de
Apgar:

a) 2. c) 6. e) 8.

b) 4. d) 7.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

Alimentação Infantil

25. (Residência Multiprofissional em Saúde/UFMA/2016) As raras situações, tanto maternas quanto


neonatais, que contraindicam a amamentação entre as maternas encontram- se:

a) Mulheres com fissuras, mamas ingurgitadas;

b) Mulheres com mamas ingurgitadas, mastite;

c) Mulheres com fissuras, pega incorretas do mamilo;

d) Mulheres com distúrbios graves da consciência ou do comportamento;

e) Mulheres com mamas ingurgitadas.

Hipertensão Arterial Sistêmica

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

Feridas e Curativos

www.romulopassos.com.br Página | 34

Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00


NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

27. (UFPR/COREMU/2016) Traumatismos superficiais são assim conceituados por lesar a pele e tecido celular
subcutâneo, podendo atingir aponeuroses e músculos. O tratamento visa à cicatrização, devendo ser usada a
cobertura de acordo com o estágio da ferida. A respeito da ação principal de cada cobertura, numere a coluna
da direita com base na informação da coluna da esquerda.

1. Hidrocoloides. ( ) Absorção de exsudato.

2. Ácidos graxos essenciais. ( ) Quimiotaxia.

3. Alginato de cálcio. ( ) Ação bactericida imediata e ação bacteriostática residual.

4. Sulfadiazina de prata ( ) Desbridamento autolítico.

Assinale a alternativa que apresenta a numeração correta na coluna da direita, de cima para baixo.

a) 2 – 1 – 4 – 3. c) 1 – 3 – 2 – 4. e) 3 – 1 – 4 – 2.

b) 3 – 2 – 4 – 1. d) 1 – 2 – 3 – 4.

Enfermagem Cirúrgica

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

Pré-operatório
 Atentar em observar e relatar as seguintes complicações para todos os casos de pré-operatório:

 Pulmonares “cianose, dispnéia, agitação”;

 Urinárias “infecção e retenção urinária”;

 Gastrointestinais “náuseas, vômitos, constipação intestinal, sede”;

 Vasculares “Cianoses e edemas”;

 Da ferida operatória “hemorragia, infecção e deiscência”

28. (Residência Multiprofissional em Saúde/UFMA/2016) Na avaliação pré-operatória, a Enfermagem deve


assistir o paciente prevenindo complicações pós-operatórias. Assim, é considerado cuidado de Enfermagem:

a) Explicar ao paciente que a mobilização precoce no leito deve ser evitada com intuito de postergar
surgimento de dor pós-operatória;

b) Administração de enemas em pacientes que forem submetidos à anestesia regional;

c) Proceder à raspagem dos pelos em toda a área adjacente ao sítio cirúrgico com pelo menos 6 horas antes do
horário previsto para a cirurgia;

d) Orientar jejum de 12 horas antes do inicio do procedimento cirúrgico eletivo para pacientes adultos;

e) Incentivar respiração diafragmática e tosse com objetivo de mobilizar secreções pulmonares.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

29. (Residência Multiprofissional em Saúde/UFMA/2016) A Portaria nº 2.616 de 12 de maio de 1998 do


Ministério da Saúde classifica as cirurgias segundo potencial de contaminação. Assinale a sentença correta:

a) Cirurgias potencialmente contaminadas são realizadas em tecidos colonizados por abundante flora
bacteriana transitória cuja descontaminação seja difícil;

b) Cirurgias limpas são realizadas em tecidos estéreis ou passiveis de descontaminação, na ausência de


processo infeccioso e inflamatório local;

c) Cirurgias limpas não apresentam penetração nos tratos respiratórios, digestório e geniturinário tendo como
exemplo a prostatectomia e histerectomia por via abdominal;

d) Cirurgias contaminadas são realizadas em tecidos colonizados por flora residente pouco numerosa cuja
descontaminação é facilmente atingida;

e) Cirurgias infectadas são realizadas em tecidos ou órgãos com presença de supuração local, feridas
atraumáticas com mais de seis horas de exposição.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

A prevenção das complicações no pós-operatório promove rápida convalescência, poupa tempo, reduz gastos,
preocupações, ameniza a dor e aumenta a sobrevida.

30. (USP/FUVEST/2016) Em relação à deambulação precoce no período pós-operatório, NÃO é correto afirmar
que

a) possui efeito significativo sobre a recuperação e a prevenção de complicações como atelectasia, pneumonia
hipostática, desconforto gastrointestinal e problemas circulatórios.

b) aumenta a distensão abdominal pós-operatória, ao aumentar o tônus das vias gastrointestinais e da parede
abdominal e ao estimular a peristalse.

c) impede a estase do sangue e reduz a frequência de eventos tromboembólicos.

d) Auxilia no controle da dor e torna a internação mais curta e menos dispendiosa.

e) deve ocorrer de forma assistida, quando realizada pela primeira vez após a cirurgia.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

31. (Residência Profissional em saúde/UPE/2016) Considerando o pós-operatório das cirurgias de grande


porte, analise as afirmativas abaixo sobre a assistência de enfermagem:

I. O pós-operatório é uma fase crítica para o paciente, em que ele fica vulnerável a diversas complicações,
principalmente as de origem respiratória, circulatória e gastrointestinal.

II. Ao admitir o paciente na recuperação pós-anestésica, é necessário que a avaliação inicial do Enfermeiro
consista em inspecionar prontamente o paciente, monitorizando-o de forma que se avaliem todos os
parâmetros vitais.

III. Nesse período, é necessário também atentar para a reposição de líquidos, o débito urinário e gástrico, a
avaliação de curativos, os cateteres e drenos, com o objetivo de prevenir ou tratar complicações.

IV. O índice de Aldrete-Kroulik é utilizado em pacientes submetidos ao ato anestésico cirúrgico, como respaldo
científico na avaliação da alta do paciente da SRPA.

a) apenas IV. c) apenas I, II e IV. e) I, II, III e IV.

b) apenas II. d) apenas II e IV.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

Oncologia

32. (Residência em Enfermagem/SES-DF/2016) Acerca dos tratamentos oncológicos, julgue os itens


subsecutivos.

a) Nas últimas décadas, o transplante de medula óssea evoluiu de tal forma que deixou de ser considerado um
tratamento experimental e se tornou um tratamento efetivo para algumas doenças onco-hematológicas,
hematológicas e congênitas.

b) A quimioterapia é uma modalidade de tratamento localizado do câncer, diferindo da cirurgia e da


radioterapia, que são tratamentos de atuação sistêmica.

c) Em casos de neoplasias malignas linfoides e sólidas, os anticorpos monoclonais são empregados como
forma de imunoterapia ativa; o rituximabe e o alentuzumabe são utilizados para neoplasias linfoides; e o
transtuzumabe, para o câncer de mama.

Imunoterapia Passiva

d) Na terapia biológica para tratamento de certos tumores malignos, utiliza-se o bacilo de Calmette-Guérin
(BCG), bactéria viva atenuada, que exerce grande variedade de ações antitumorais.

33. (Residência em Enfermagem/SES-DF/2016) A respeito de radioterapia, julgue os seguintes itens.

a) A radiodermite crônica é caracterizada por isquemia, alterações pigmentares, espessamento, telangiectasia,


ulceração e fibrose.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

b) A radioterapia é um tratamento com finalidade terapêutica que utiliza radiação não ionizante para impedir
a multiplicação das células malignas e induzir apoptose celular.

c) A teleterapia consiste em uma modalidade de tratamento terapêutica realizada a curta distância, na qual a
fonte emissora de radiação se localiza a cerca de trinta centímetros do paciente.

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

GABARITO
1-B 12 - B 25 - D
2-A 13 - D 27 - B
3-D 14 - E 28 - E
4-B 15 - B 29 - B
5-B 16 - D 30 - B
6-E 17 - D 31 - E
7-E 18 - Falso 32 - Certo/Errado/Errado/Certo
8-A 19 - C 33 - Certo/Errado/Errado
9 - Errado/Certo/Errado 20 - B
10 - D 21 - D
11 - A 22 - B

www.romulopassos.com.br
Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00
NOVO Curso Completo de Enfermagem para Concursos

www.romulopassos.com.br Página | 45

Fabricia Silvana Almeida Falcão - 818.657.405-00