Você está na página 1de 138

SECRETARIA DE SAÚDE DE PERNAMBUCO

PROCESSO SELETIVO À RESIDÊNCIA MÉDICA


DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO

Não deixe de preencher as informações a seguir.

Prédio Sala

Nome

Nº de Identidade Órgão Expedidor UF Nº de Inscrição

GRUPO 21 – ENFERMAGEM

ATENÇÃO

 Abra este Caderno, quando o Fiscal de Sala autorizar o início da Prova.


 Observe se o Caderno está completo. Ele deverá conter 50 (cinquenta) questões objetivas de múltipla
escolha com 05 (cinco) alternativas cada, versando sobre os conhecimentos exigidos para a
especialidade.
 Se o Caderno estiver incompleto ou com algum defeito gráfico que lhe cause dúvidas, informe,
imediatamente, ao Fiscal.
 Ao receber o Caderno de Prova, preencha, nos espaços apropriados, o seu Nome completo, o
Número do seu Documento de Identidade, a Unidade da Federação e o Número de Inscrição.
 Para registrar as alternativas escolhidas nas questões da Prova, você receberá um Cartão-Resposta
com seu Número de Inscrição impresso.
 As bolhas do Cartão-Resposta devem ser preenchidas totalmente, com caneta esferográfica azul ou
preta.
 O tempo destinado à Prova está dosado, de modo a permitir fazê-la com tranquilidade.
 Preenchido o Cartão-Resposta, entregue-o ao Fiscal e deixe a sala em silêncio.

BOA SORTE!
01. Acerca de preparo e administração de medicamentos, analise as assertivas abaixo:

I. A infusão de medicamentos pode ocorrer diretamente no local da atividade pretendida. Usando dispositivos e
cateteres especiais, as substâncias e soluções podem ser ministradas em um órgão e/ou nos vasos sanguíneos,
para controlar emergências, tratar doenças, infundir tumores ou aliviar dor. A infusão pode ser fornecida por
via epidural, intrapleural, intraperitonial, intra-articular e intraóssea;
II. Na infusão intraóssea, o medicamento é injetado dentro de uma rica rede vascular de um osso longo para
rápida absorção; a administração dos medicamentos e soluções é absorvida tão rapidamente como aqueles
fornecidos por via intravenosa. O acesso intraósseo é um sucesso em crianças e adultos para infusões de
emergência, quando se consegue acesso vascular normal;
III. Muitos medicamentos são metabolizados no fígado e excretados pelos rins. Alguns pacientes metabolizam os
medicamentos tão rapidamente que os níveis teciduais e sanguíneos se mostram terapeuticamente inadequados;
outros metabolizam tão lentamente que mesmo as doses comuns podem produzir resultados tóxicos;
IV. O conhecimento da meia-vida de um medicamento, tempo necessário para que o nível sanguíneo máximo caia à
metade, não ajuda a estabelecer a dosagem ótima para os pacientes. A dosagem de medicamento do paciente
independe da meia-vida do medicamento a ser administrado.

Assinale a alternativa CORRETA.

A) Estão corretas apenas I, III e IV.


B) Estão corretas apenas II e III. D) Estão corretas apenas I e IV.
C) Estão corretas apenas I, II e III. E) Estão corretas I, II, III e IV.

02. Nas infusões especializadas de quimioterápicos, o enfermeiro deve reconhecer que

I. alguns agentes quimioterápicos destroem as células que se encontram em determinadas fases do ciclo celular e
são reconhecidos como agentes específicos do ciclo. Os medicamentos que bloqueiam fases específicas do ciclo
celular são mais eficazes contra tumores cujas células se dividem rapidamente e, em geral, são administrados
em doses fracionadas ou por infusão contínua.
II. o tamanho e o tipo do tumor e a quantidade de metástases não determinam a escolha dos agentes
quimioterápicos. Os agentes quimioterápicos normalmente são mais eficazes contra tumores grandes que
disseminaram.
III. os agentes vesicantes podem causar bolhas e necroses aos tecidos. Por essas razões, o profissional que
manuseia essa droga precisa de treinamento especial, para garantir sua segurança. As drogas vesicantes devem
ser preparadas em capela de fluxo laminar.
IV. na prevenção para evitar o extravasamento de agentes vesicantes, não se deve usar acesso venoso já instalado
para administrar um medicamento vesicante, sem primeiro confirmar a permeabilidade do acesso, evitar a
superfície dorsal da mão, o punho e qualquer área lesada com circulação deficiente.

Está CORRETO o que se afirma em

A) I e IV, apenas. B) II e III, apenas. C) II, III e IV, apenas. D) I, III e IV, apenas. E) I, II, III e IV.

03. Está prescrito administrar 1000 ml de SG 10%. Encontra-se em falta no setor esta apresentação. Dispomos somente
de SG 5% - 1000 ml e ampolas de glicose 50% - 20 ml.
Quantas ampolas de glicose serão necessárias para efetuarmos a transformação?

A) 2 ampolas e meia de glicose 50%, sendo necessário desprezar 50 ml de SG 5%.


B) 3 ampolas de glicose 50%, sendo necessário desprezar 25 ml de SG 5%.
C) 4 ampolas e meia de glicose 50%, sendo necessário desprezar 75 ml de SG 5%.
D) 5 ampolas de glicose 50%, sendo necessário desprezar 100 ml de SG 5%.
E) 5 ampolas e meia de glicose 50%, sendo necessário desprezar 100 ml de SG 5%.

04. Quanto às técnicas básicas do exame físico, assinale F para Falso e V para Verdadeiro.

( ) A inspeção é a exploração feita, usando-se o sentido da visão, podendo ser panorâmica ou localizada. É
importante, apenas, para detectar sinais físicos.
( ) Os sons obtidos pela percussão poderiam ser classificados quanto à intensidade, ao timbre e à tonalidade,
porém didaticamente não é. O som claro pulmonar é o que se obtém, quando se golpeia o tórax normal.
Depende da presença de ar dentro de alvéolos e demais estruturas pulmonares.
( ) A halitose oral é o cheiro desagradável que pode ser determinado por diferentes causas (má higiene bucal, cárie
dentária, prótese mal adaptada, infecção de garganta).

2
( ) A percussão se baseia no seguinte princípio : percebem-se modificações de textura, espessura, volume, dureza e
vibrações que têm características próprias.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V, F, F, V. B) F, V, F, V. C) F, F, V, V. D) F, V, V, F. E) V, V, F, F.

05. O oxigênio é necessário para manter a vida. O sangue é oxigenado através de mecanismos de ventilação, perfusão e
transporte de gases respiratórios. Sobre oxigenação, analise as assertivas abaixo:
I. As vias aéreas estão patentes quando a traqueia, os brônquios e as grandes vias aéreas estão livres de obstrução.
Intervenções de enfermagem que promovem a mobilização de secreções pulmonares ajudam o paciente a manter
as vias aéreas limpas e promover troca gasosa. A nebulização é um grupo de terapias usadas em combinação,
para mobilizar as secreções pulmonares, como drenagem postural, percussão torácica e vibrações.
II. Quando o paciente não é capaz de eliminar as secreções do trato respiratório com a tosse, o enfermeiro deve usar
a sucção para limpar as vias aéreas. A traqueia e a orofaringe são consideradas limpas, portanto a aspiração da
traqueia não precisa ser realizada com técnica estéril.
III. A espirometria de incentivo é um método de estimular a respiração profunda e prevenir ou tratar atelectasia no
pós-operatório. A espirometria de incentivo é mais benéfica no pós-operatório que a respiração profunda e a
deambulação precoce.
IV. Os tubos endotraqueais são usados como vias aéreas artificiais de curto prazo para administrar ventilação
mecânica, aliviar a obstrução das vias superiores e proteger contra aspiração. Os tubos são geralmente
removidos dentro de 14 dias, porém pode ser necessário um período mais prolongado.

Somente está CORRETO o que se afirma em

A) I. B) I, III e IV. C) II, III e IV. D) III. E) IV.

06. O cuidado com os vários tipos de feridas requer do enfermeiro habilidade técnica e conhecimento científico para
garantir o tratamento adequado e a recuperação precoce. Quanto às fases da cicatrização da ferida, é CORRETO
afirmar que
A) a fase inflamatória é caracterizada por edema, eritema, calor e dor. Nesta fase, o sangramento é controlado pela hemostasia,
e os leucócitos granulocíticos migram para a região, com o objetivo de destruir os microorganismos.
B) a fase inflamatória é extremamente prejudicial à cicatrização da ferida, pois a hemostasia que ocorre nesta fase impede o
fluxo sanguíneo na região, prejudicando a migração dos macrófagos.
C) a fase proliferativa dura de 4 a 24 dias, quando começa a surgir o tecido de granulação, composto, principalmente, de
fibroblastos, nenhuma fibra de colágeno e pequena vascularização.
D) na fase proliferativa, as bordas da ferida tendem a se afastar, para dar lugar ao crescimento de tecido jovem. A epitelização
não pode se iniciar, por não haver tecido vascular viável. Dessa forma, não há formação da cicatriz nesta fase.
E) a fase de maturação pode durar até dois anos; as fibras de colágeno apresentam-se imaturas, o que favorece a força de
tensão, importante na remodelação do tecido.

07. Um paciente do sexo masculino, 35 anos, portador de tuberculose pulmonar, necessita ser orientado pelo enfermeiro
para realizar coleta de escarro para baciloscopia. Sobre isso, coloque V (Verdadeiro) ou F (Falso) nas sentenças
abaixo:
( ) A coleta de amostra de escarro deve ser realizada com secreções pós-nasais ou saliva. As amostras coletadas
após nebulização não podem ser utilizadas;
( ) As amostras coletadas no início da manhã são as melhores e devem vir dos brônquios. Instruir o paciente a
retirar dentaduras, lavar a boca com água e gargarejar, se possível;
( ) O escarro deve ser expectorado em um frasco estéril, uma amostra de 2 a 3 mL aproximadamente, e encaminhado
ao laboratório, devidamente identificado. Colocar o frasco fechado em embalagem de risco biológico;
( ) As amostras de escarro não devem ser refrigeradas e encaminhadas ao laboratório, logo que possível; se não for
possível, encaminhar imediatamente, conservar em geladeira, no máximo, por 5 horas.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V, V, V, V. B) F, F, F, F. C) V, F, F, V. D) F, F, V, F. E) F, V, V, V.

08. A realização do exame clínico é fundamental para o enfermeiro elaborar o processo de sistematização da assistência
de enfermagem. Sobre anamnese e exame físico, analise as sentenças abaixo e assinale a CORRETA.
A) A inspeção é uma das etapas do exame físico e compreende avaliação estática e dinâmica do paciente; na avaliação
dinâmica, identificam-se: tipos de abdome, abaulamentos, retrações e cicatrizes.
B) Na avaliação do abdome, recomenda-se iniciar-se pela palpação e, em seguida, a ausculta.
3
C) A presença de timpanismo na região hemiclavicular direita, onde normalmente encontra-se macicez hepática é caracterizada
como pneumoperitônio.
D) Na palpação do abdome em condições fisiológicas, é possível palpar os seguintes órgãos: bexiga vazia, apêndice, vesícula
biliar, intestino delgado e baço.
E) Em toda anamnese realizada pelo enfermeiro, o acompanhante é que fornece as informações para serem registradas no
prontuário do paciente.

09. Diversos fatores classificados como local e sistêmico podem atrasar ou impedir a cicatrização das feridas. Quanto a
estes fatores, analise as sentenças abaixo:

1. A pressão é um fator considerado local, onde a região da ferida sofre pressão excessiva ou contínua, podendo
comprometer a irrigação sanguínea, retardando a cicatrização;
2. Considerado como fator local, o ambiente seco leva à desidratação celular, o que gera a formação de uma
crosta sobre a ferida que impede ou dificulta a cicatrização;
3. O edema é considerado um fator sistêmico que auxilia no comprometimento do leito da ferida por trauma ou
por privação da irrigação sanguínea na área;
4. A imunossupressão e radioterapia são consideradas fatores locais, pois suprimem o sistema imunológico,
retardando a cicatrização das feridas.

Somente está CORRETO o que se afirma em

A) 1, 2 e 3. B) 1 e 2. C) 3 e 4. D) 2 e 4. E) 1 e 4.

10. As amputações dos membros inferiores correspondem a 45% das amputações não traumáticas em nosso país; ações
educativas podem prevenir e evitar tais complicações do Diabetes mellitus. Ao realizar o controle dos pés dos
pacientes diabéticos, o enfermeiro deve orientar:

I. usar sapatos confortáveis; utilizar meias de algodão; verificar a presença de fissuras ou qualquer outro tipo de
lesão entre os dedos;
II. inspecionar os pés diariamente; usar espelho para ver a parte inferior dos dedos e testar a água do banho com o
dorso da mão para evitar queimaduras;
III. lavar os pés com água morna e sabão neutro; secar cuidadosamente os espaços entre os dedos; não utilizar
medidas caseiras para tratar joanetes e calos;
IV. usar calçados bem ajustados; usar meias de nylon; não andar descalço; pedir ajuda de familiar ou amigo para
inspecionar os pés, caso não consiga fazê-lo sozinho.

Estão CORRETAS apenas

A) I e II. B) I, II e III. C) I, II e IV. D) II e IV. E) I e III.

11. M.R., sexo feminino, altura mediana, 65 anos, diabética há 10 anos admitida na clínica médica com história de
retenção urinária a 36 horas. No histórico de enfermagem, o enfermeiro verificou história de disúria controlada a
partir da administração de antibioticoterapia há 07 dias passados. Após avaliação prévia, ficou decidida a realização
da cateterização intermitente da bexiga. Sobre os cuidados de enfermagem que devem ser realizados para a
realização do procediemento, analise as afirmativas abaixo:

1. A cateterização intermitente promove alívio do desconforto da distensão, além de permitir a mensuração do


volume urinário. Para tanto, o enfermeiro deve, para iniciar o procedimento, realizar higiene íntima criteriosa.
2. O enfermeiro deve preparar a bandeja para a cateterização intermitente, tendo o cuidado de utilizar a sonda de
acordo com o sexo e tamanho da paciente; para o caso acima, o indicado é uma sonda de Foley calibre 12 Fr;
3. Para a cateterização intermitente, o enfermeiro deverá utilizar coletor fechado para evitar risco de contaminação,
conectado na sonda de Foley de duas vias;
4. O enfermeiro deve orientar a paciente quanto ao procedimento, posicionar a paciente em posição ginecológica,
realizar higiene íntima criteriosa, introduzir a sonda uretral até a bexiga, esperando o retorno da urina por um
período entre 05 e 10 min.

Somente está CORRETO o que se afirma em

A) 1, 2 e 3. B) 1 e 2. C) 1 e 3. D) 3 e 4. E) 1 e 4.

4
12. A.S. 45 anos, casado, foi atendido em uma policlínica com forte dor epigástrica, hipotensão postural, sudorese e
mal-estar. Ao realizar o preenchimento do histórico de enfermagem, o enfermeiro verificou que o paciente era
dependente de álcool há, pelo menos, três anos. Havia ainda referência de gastrite anteriormente diagnóstica e não
tratada. Foi prescrita, além da reposição volêmica, a instalação de sonda nasogástrica para a realização de lavagem
gástrica. Sobre este procedimento, é CORRETO afirmar que

A) para se alcançar o objetivo desejado na indicação deste procedimento no caso apresentado, a sonda nasogástrica deve ser
utilizada fechada.
B) para a instalação da sonda nasogástrica, o paciente deve ser posicionado em Fowler, e a sonda escolhida através da
avaliação do enfermeiro deve ter calibre 12 Fr, a fim de evitar lesão da traqueia.
C) se deve oferecer ao paciente copo com água ou gelo, pois a deglutição fecha a epiglote acima da traque e ajuda a
movimentar a sonda para dentro do estômago assim como a água auxilia na redução do reflexo de vômito e sufocamento.
D) após instalação da sonda nasogástrica, esta deve ser testada colocando sua ponta distal em um copo com água. A liberação
de pequenas bolhas significa o posicionamento inadequado da sonda.
E) aspiração do conteúdo gástrico e a verificação do seu pH assim como a introdução de ar através da sonda nasogástrica para
a ausculta dos sons produzidos não são consideradas testes fidedignos para se confirmar a localização adequada da SNG.

13. Sobre transtornos renais e urinários, analise as assertivas abaixo:

I. A presença de hematúria indolor indica obrigatoriamente a presença de neoplasia do trato urinário;


II. A polaciúria crescente pode resultar em várias afecções, como infecção e doenças do trato urinário, doença
metabólica e hipertensão;
III. Não existe apenas um teste para avaliar função renal, pois esta está sujeita a variações. A avaliação da ureia
sanguínea serve como índice da capacidade secretora do rim, e a creatinina sérica é a prova de função renal,
que reflete o equilíbrio entre a produção e a filtração pelo glomérulo renal;
IV. A diálise peritonial é o substituto para algumas funções renais excretoras, inclusive as funções endócrinas e
metabólicas do rim.

Estão CORRETAS

A) I, II e III, apenas. B) II e III, apenas. C) III e IV, apenas. D) I e IV, apenas. E) I, II, III e IV.

14. Um paciente com Acidente Vascular Encefálico é avaliado diariamente, inclusive através da Escala de Glasgow.
Nesta escala, são avaliados:

A) Desvio de rima Défict de MMSS Déficit de MMII


B) Déficit de braço Melhor resposta motor Desvio da comissura labial
C) Abertura dos olhos Midríase Déficit de fala
D) Abertura ocular Resposta verbal Resposta motora
E) Déficit de MMII Desvio de rima Resposta verbal

15. Sobre câncer de mama, coloque V (Verdadeiro) ou F (Falso) nas afirmativas abaixo:

( ) É o segundo tipo mais frequente de câncer no mundo. No Brasil, as taxas de mortalidade continuam elevadas, e,
provavelmente, o diagnóstico é feito em estádios avançados;
( ) Aparecimento de nódulo ou endurecimento da mama, mudança de tamanho ou no formato da mama, alteração
da coloração ou na sensibilidade da pele ou auréola, retração da pele da mama ou do mamilo são indicativos
de câncer de mama;
( ) O câncer de mama é classificado em 3 estádios. Estádio I – Tumores de até 2 cm, mas com envolvimento de
gânglios linfáticos, ou então, um tumor primário, sem metástases;
( ) A opção para o tratamento do câncer de mama independe do tipo de tumor ou do estádio da doença; leva-se em
conta, apenas, o estado geral de saúde do paciente.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V, V, V, V. B) V, V, F, F. C) F, V, F, F. D) V, F, F, V. E) F, F, F, V.

16. Sobre Infarto Agudo do Miocárdio (IAM), analise as sentenças abaixo:

I. Os IAMs podem ser classificados de acordo com as camadas do músculo cardíaco envolvidas: infarto transmural
e infarto subendocárdico;

5
II. O ventrículo direito é um local comum e o mais perigoso para um Iam, porque é a principal camada de
bombeamento do coração;
III. A dor torácica não é aliviada pelo repouso nem por terapia com vasodilatadores sublinguais, mas é necessária a
administração de opioide;
IV. O tecido necrótico, lesado ou isquêmico, altera a despolarização e a repolarização ventriculares. A depressão do
segmento ST e a inversão da onda T indicam o padrão de isquemia.

Somente está CORRETO o que se afirma em

A) I, II e III. B) II, III e IV. C) II e III. D) II e IV. E) I, III e IV.

17. Os componentes celulares do sangue são constituídos dos eritrócitos, leucócitos e linfócitos. Sobre a principal função
e as características dos leucócitos, relacione a 2a coluna de acordo com a 1a.

1. Neutrófilo ( ) Regulação da resposta imunológica da célula; pequeno,


granular, identificado por marcadores de superfície.
2. Eosinófilo ( ) Fagocitose; célula grande, núcleo reniforme.
3. Basófilo ( ) Fagocitose, célula pequena, núcleo multilobulado, leucócito
mais abundante.
4. Monócito ( ) Resistência do hospedeiro a helmintoses; também envolvido
na resposta alérgica; núcleo bilobulado, grânulos de
coloração vermelha.
5. Linfócito B ( ) Resposta alérgica, núcleo bilobulado, grânulos de coloração
vermelha.
6. Linfócito T ( ) Produção de anticorpos, imunidade humoral, agranular.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) 6, 4, 1, 2, 3, 5. B) 3, 2, 6, 5, 1, 4. C) 1, 4, 6, 3, 2, 5. D) 4, 3, 6, 5, 1, 2. E) 2, 6, 5, 3, 1, 4.

18. A dislipidemia é quase sempre uma doença silenciosa, e a sua importância como marcador de risco é alta. Coloque
V (Verdadeiro) ou F (Falso) nas afirmativas abaixo:

( ) A dosagem de colesterol precisa ser anual ou mais frequente, enquanto estiver alterada em todos os pacientes
com fatores de risco para doenças cardiovasculares;
( ) Dislipidemia são doenças primárias ou secundárias, que alteram desfavoravelmente o nível sérico de colesterol
total ou frações (HDL,LDL,DLDL) ou os níveis de triglicerídeos;
( ) As dislipidemias, sobretudo as que se associam ao aumento do LDL colesterol, são o principal fator de risco
para as doenças cardiovasculares (ataque cardíaco, infarto agudo do miocárdio, morte súbita);
( ) Uma dieta adequada associada à atividade física regular é capaz de reduzir o LDL em 5 a 14%. As reduções
maiores do LDL são obtidas nos pacientes obesos que associam dieta hipolipemiante com dieta hipocalórica e
atingem seu peso ideal.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) F, F, V, V. B) F, V, F, V. C) V, F, V, F. D) V, V, F, V. E) V, V, F, F.

19. O diabetes mellitus (DM) não é uma única doença, mas, um grupo heterogêneo de distúrbios metabólicos que
apresentam em comum a hiperglicemia. Esta é o resultado de defeitos na ação da insulina, na secreção de insulina
ou em ambos. Considerando a necessidade e a importância de realizar o seu rastreamento o mais precocemente
possível, quais são os sinais e sintomas que o enfermeiro deve buscar ao realizar a anamnese?

A) Grupos de pacientes com idade maior que 50 anos e hipotensão arterial.


B) Poliúria, nictúria, polidipsia, fraqueza, astenia, perda ponderal, acrescidas de glicemia casual acima de 200mg/dl.
C) Neuropatia periférica e HDL-colesterol ≤ 35 mg/dl.
D) Sedentarismo, obesidade, nictúria e infecção urinária.
E) Triglicerídeos ≥ 200 mg/dl, glicemia de jejum ≥ 140mg/dl.

6
20. Quanto às formas clínicas da Hanseníase, relacione a primeira coluna com a segunda.

1. Hanseníase Indeterminada (HI) ( ) Lesões bem delimitadas, em número reduzido, anestésicas e de


distribuição assimétrica. Descrevem-se lesões em placas ou anulares
com bordas papulosas e áreas da pele eritematosas ou hipocrômicas.
2. Hanseníase Tuberculoide (HT) ( ) As lesões da pele revelam-se numerosas, compreendem placas
eritematosas, manchas hipocrômicas com bordas ferruginosas, manchas
eritematosas ou acastanhadas, com limite interno nítido e limites
externos imprecisos, placas eritemato-ferruginosas ou violáceas, com
bordas internas nítidas e limites externos difusos (lesões foveolares).
Infiltração assimétrica da face, dos pavilhões auriculares, e a presença
de lesões no pescoço e nuca são elementos sugestivos desta forma
clínica.
3. Hanseníase Virchowiana (HV) ( ) Caracteriza-se pelo aparecimento de manchas hipocrômicas, com
alteração de sensibilidade ou simplesmente por áreas de hipoestesia na
pele
4. Hanseníase Dimorfa (HD) ( ) Evolução crônica caracteriza-se pela infiltração progressiva e difusa da
pele, mucosas das vias aéreas superiores, olhos, testículos, nervos,
podendo afetar, ainda, os linfonodos, o fígado e o baço. Na pele,
descrevem-se pápulas, nódulos e máculas. A infiltração é difusa e mais
acentuada na face e nos membros. A pele torna-se luzidia, xerótica, com
aspecto apergaminhado e tonalidade semelhante ao cobre. Há rarefação
dos pelos nos membros, cílios e supercílios.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) 2, 4, 1, 3. B) 2, 3, 1, 4. C) 1, 4, 3, 2. D) 4, 2, 1, 3. E) 3, 1, 2, 4.

21. M.S., sexo masculino, 55 anos, admitido na clínica médica apresentando hematêmese, distensão e dor abdominal. Ao
ser avaliado pela equipe de saúde da unidade, foi feito o diagnóstico de hemorragia digestiva alta. Quanto a essa
afecção clínica, é importante saber que

A) a hemorragia digestiva alta caracteriza-se por quadro clínico de hematêmese e/ou melena. A presença de hematêmese
denota um sangramento proximal ao ligamento de Treitz.
B) a melena é um sintoma da hemorragia digestiva alta e pode surgir em sangramento de 500 a 1000 ml, representando, na
maioria dos casos, um sangramento que não se relaciona ao ligamento de Treitz.
C) as causas mais frequentes das hemorragias digestivas são aquelas relacionadas às doenças do sangue, e mais de 50% dos
casos estão relacionados à síndrome de Mallory Weiss.
D) o enfermeiro deve direcionar o exame físico do paciente para a busca de sinais de instabilidade hemodinâmica que se
caracterizam por pulso filiforme e aumento da pressão arterial.
E) na hemorragia digestiva, 85% dos casos sangram incessantemente, sendo necessário algum tipo de intervenção invasiva
para conter a hemorragia.

22. Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) é uma emergência médica com cerca de 25% de mortalidade (mais da metade
dos óbitos ocorrem antes do atendimento). Sobre isso, assinale a alternativa CORRETA.

A) O IAM deve ser reconhecido precocemente, para que sua abordagem terapêutica seja rápida e eficiente. A anamnese, o
exame físico, o ECG (6 derivações) devem ser concluídos nas primeiras 24 horas, após o paciente ser atendido.
B) O infarto sem dor pode ocorrer, sobretudo, em pacientes diabéticos, idosos, sob sedação e no pós-operatório. Esses casos
podem ter manifestações atípicas, como: náuseas, mal-estar, dispneia, taquicardia ou confusão mental.
C) Os infartos com infradesnivelamento de ST e que evoluem com aparecimento de onda Q são mais frequentes em pacientes
com coronariopatias sintomáticas prévia, em jovens e portadores de angina instável.
D) O ecocardiograma de esforço ou pós-infusão de dobutamina não possui sensibilidade e especificidade ao do teste de esforço
convencional, e, por essa razão, ajuda a identificar múltiplas lesões de isquemia.
E) Quanto ao tratamento, administrar, por cateter nasal 2-4l/minuto, oxigênio e aumentar a demanda com o repouso;
administrar antiplaquetário após 24 horas, caso haja contraindicação, como: úlcera ativa, alergia ou distúrbio hemorrágico,
usar lidocaína.

7
23. Os objetivos (resultados esperados) das intervenções de enfermagem no tratamento da Hemorragia Digestiva Alta
com sangramento agudo são:

A) controlar o sangramento através da reposição volêmica com hemoderivados, obter a hemostasia do sítio sangrante e
prevenir o resangramento.
B) aliviar a dor através da administração de drogas analgésicas, administrar drogas ansiolíticas, reduzindo o estresse e manter
sonda nasogástrica fechada com objetivo de realizar tamponamento da área sangrante.
C) manter o paciente em decúbito dorsal, lateralizando a cabeça para evitar sangramento, realizar lavagens colônicas e evitar
efeitos dos compostos nitrogenados do sangue através do uso de antibióticos.
D) minimizar o sangramento retal através da instalação da sonda retal, melhorar a ingesta alimentar e aliviar a dor através de
drogas analgésicas.
E) controlar o sangramento, manter sonda nasogástrica fechada com o objetivo de realizar tamponamento da área sangrante e
manter o paciente em decúbito dorsal, lateralizando a cabeça.

24. Sobre Reforma Psiquiátrica Brasileira, assinale a alternativa CORRETA.

A) No fim da década de 1970, surge a questão da reforma psiquiátrica no Brasil. Pequenos núcleos estaduais, principalmente
nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, constituem o Movimento de Trabalhadores em Saúde Mental
(MTSM).
B) No fim da década de 1940, surge a questão da reforma psiquiátrica no Brasil. Pequenos núcleos estaduais, principalmente
nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, constituem o Movimento de Trabalhadores em Saúde Mental
(MTSM).
C) No fim da década de 1930, surge a questão da reforma psiquiátrica no Brasil. Pequenos núcleos estaduais, principalmente
nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, constituem o Movimento de Trabalhadores em Saúde Mental
(MTSM).
D) No fim da década de 1920, surge a questão da reforma psiquiátrica no Brasil. Pequenos núcleos estaduais, principalmente
nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, constituem o Movimento de Trabalhadores em Saúde Mental
(MTSM).
E) No fim da década de 1990, surge a questão da reforma psiquiátrica no Brasil. Pequenos núcleos estaduais, principalmente
nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, constituem o Movimento de Trabalhadores em Saúde Mental
(MTSM).

25. Com relação à legislação em Saúde Mental, é CORRETO afirmar que a

A) Portaria Nº 2.256, de 20 de outubro de 2004 cria a Comissão Nacional de Acompanhamento do Processo de Reestruturação
da Assistência Psiquiátrica Hospitalar no Sistema Único de Saúde - SUS.
B) Portaria Nº 2.277, de 20 de outubro de 2009 cria a Comissão Nacional de Acompanhamento do Processo de Reestruturação
da Assistência Psiquiátrica Hospitalar no Sistema Único de Saúde - SUS.
C) Portaria Nº 2.276, de 20 de outubro de 2004 cria a Comissão Nacional de Acompanhamento do Processo de Reestruturação
da Assistência Psiquiátrica Hospitalar no Sistema Único de Saúde - SUS.
D) Portaria Nº 2.776, de 20 de outubro de 2010 cria a Comissão Nacional de Acompanhamento do Processo de Reestruturação
da Assistência Psiquiátrica Hospitalar no Sistema Único de Saúde - SUS.
E) Portaria Nº 2.276, de 17 de março de 2003 cria a Comissão Nacional de Acompanhamento do Processo de Reestruturação
da Assistência Psiquiátrica Hospitalar no Sistema Único de Saúde - SUS.

26. A enfermagem perioperatória inclui uma ampla variedade de funções específicas da enfermagem associada à
experiência do paciente durante este período. Sobre o assunto, analise as afirmativas abaixo:

I. O perioperatório inclui as três fases da experiência cirúrgica; pré, intra e pós-operatória. Cada uma dessas fases
termina em determinado ponto na sequência que constitui a experiência cirúrgica, e cada uma delas envolve
atividades específicas da enfermagem;
II. As atividades de enfermagem na fase do pré-operatório envolvem o estabelecimento de uma avaliação composta
pela anamnese, exame físico e cuidados pós-operatórios;
III. A fase intraoperatória começa quando o paciente sai de casa e só termina quando ele retorna aos seus aposentos;
IV. A fase pós-operatória começa com a admissão do paciente na unidade de Recuperação Pós-Anestésica.

Estão CORRETAS

A) I, II, III e IV. B) I e IV, apenas. C) II, III e IV, apenas. D) I, II e IV, apenas. E) II e III, apenas.

27. Sobre as situações cirúrgicas do cólon, ânus e reto, é CORRETO afirmar que

A) um pólipo é uma massa de tecido que faz protusão para fora da luz do intestino.
B) os pólipos só ocorrem no trato intestinal, enquanto os abscessos atingem o ânus.
8
C) um abscesso anorretal é causado por obstrução de uma glândula anal, resultando em infecção retrógrada.
D) a infecção intestinal resulta do retardo da defecação por causa da dor anorretal.
E) um abscesso muito profundo sempre resulta em fístulas fétidas.

28. Sobre as condições que afetam a mama, assinale V para Verdadeiro e F para Falso nas afirmativas abaixo:

( ) A mastalgia é classificada como cíclica e não-cíclica. A dor cíclica está relacionada com as flutuações
hormonais;
( ) A mastite é uma inflamação ou infecção do tecido mamário que acomete, principalmente, as mulheres não
nutrizes;
( ) Uma fissura é uma úlcera longitudinal que pode desenvolver-se nas mulheres em fase de aleitamento; quando se
agrava e torna-se extremamente dolorosa, é aconselhável interromper a amamentação;
( ) Um abscesso lactacional ou mamário desenvolve-se em consequência de uma mastite aguda.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V-V-V-V. B) V-F-V-F. C) V-V-V-F. D) F-F-V-V. E) V-F-V-V.

29. Sobre pós-operatório, analise as assertivas abaixo:

I. Supervisionar a perviedade das vias aéreas, manter ventilação adequada, observar padrão respiratório,
monitorar SSVV, monitorar grau de consciência são cuidados prestados ao paciente, visando à manutenção da
homeostasia, prevenção, detecção e tratamentos de complicações;
II. Fatores, como tipo de anestesia, tipo de cirurgia, retorno da peristalse, são cruciais para definir o momento
adequado de reiniciar a alimentação. A alimentação sempre deve ser iniciada com dieta livre;
III. Mudança de decúbito no leito, fisioterapia respiratória, estimulação da tosse, deambulação precoce e prevenção
da dor que pode limitar a inspiração com uso de analgésico são medidas para prevenir tromboembolismo;
IV. As causas do íleo paralítico podem ser traumáticas, inflamatórias ou metabólicas. Pacientes obesos, tabagistas,
idosos, desnutridos e portadores de DPOC, submetidos à cirurgia torácica, fazem parte de um grupo em que a
atelectasia é uma complicação comum no pós-operatório.

Somente está CORRETO o que se afirma em

A) I, II e III. B) II, III e IV. C) II e III. D) I e IV. E) III e IV.

30. A.S.T, 55 anos, sexo feminino será submetida à histerectomia total. No pré e transoperatório, a paciente deverá
receber suporte de corticoide, por possuir resposta inadequada da suprarrenal ao estresse cirúrgico. A.S.T. precisa
desse suporte por ser portadora de

A) insuficiência renal primária ou secundária, diagnosticada previamente.


B) glaucoma e catarata subcapsular posterior. D) úlcera péptica e pancreatite.
C) hipertensão arterial sistêmica. E) tumor de mama bilateral.

31. Sobre leis e normas do SUS, coloque V (Verdadeiro) ou F (Falso) nas afirmativas abaixo:

( ) As normas são expedidas pelo Ministério da Saúde após os trâmites nos colegiados de secretários e no Conselho
Nacional de Saúde;
( ) As normas orientam sobre como administrar o SUS;
( ) As pactuações pela vida, defesa e gestão do SUS estão contidas na mais recente lei do SUS, conhecida como
Pacto pela Saúde;
( ) A NOAS 01/01, a NOAS 01/02 e as Portarias 399 e 687 de 2006 formam o conjunto de leis que fundamentam as
normas do SUS.
( ) As condições de promoção, proteção e recuperação da saúde são definidas pela Lei Orgânica da Saúde.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V, F, V, F, V.
B) V, V, F, F, V. D) V, V, V, V, V
C) V, V, V, F, F. E) V, V, V, F, V.

9
32. A organização do SUS quanto à participação social e às transferências dos recursos financeiros é disposta pelo
seguinte instrumento:

A) NOAS 01/01.
B) Constituição Federal de 1988. D) Portaria 648/2006.
C) Lei 8142/90. E) Portaria 399/2006.

33. A organização do fluxo assistencial entre os serviços de diferentes níveis de complexidade é uma ação orientada por
uma das seguintes diretrizes abaixo. Assinale-a.

A) Integralidade. B) Descentralização. C) Universalidade. D) Participação social. E) Equidade.

34. De acordo com o Ministério da Saúde “A expansão e a qualificação da atenção básica, organizadas pela estratégia
Saúde da Família, compõem parte do conjunto de prioridades políticas apresentadas pelo Ministério da Saúde e
aprovadas pelo Conselho Nacional de Saúde”.
Considerando as expressões em itálico, os princípios postos em prática são os seguintes:

A) regionalização e hierarquização.
B) fortalecimento do papel do município e descentralização.
C) fortalecimento da regionalização e equidade.
D) introdução de práticas alternativas de assistência e integralidade.
E) universalização em relação à cobertura populacional e a participação da população na formulação de políticas, no
planejamento e na gestão.

35. Um dos aspectos da realidade brasileira é dado pelas desigualdades de classe social, de gênero, de etnia e de regiões.
O princípio do SUS que confronta esse problema na atenção à saúde é

A) hierarquização. B) equidade. C) regionalização. D) integralidade. E) universalidade.

36. A ética deve ser considerada parte essencial da política organizacional, porque

A) estimula a opção pela humanização no processo de trabalho.


B) ser ético significa ter relação amigável com os clientes.
C) o uso de conceitos éticos envolve decisões trabalhistas.
D) as normas legais são baseadas na conduta ética.
E) dificulta o relacionamento no âmbito profissional.

37. Segundo o Código de Deontologia, o trabalho de enfermagem é considerado um processo, que tem por finalidade
atender necessidades humanas na área da saúde e orienta que os profissionais exerçam a profissão com justiça e
competência. Isso é considerado

A) uma rotina profissional.


B) um direito constitucional. D) uma norma de serviço.
C) dever e responsabilidade. E) instrumento organizacional.

38. A profissão de enfermagem compreende um componente próprio de conhecimentos científicos e técnicos que realiza
práticas sociais, éticas e políticas através do ensino, pesquisa e assistência.
Essa definição se encontra explícita em

A) Regulamentação da SAE.
B) Resolução COFEN Nº 293/2004. D) Resolução COFEN Nº 311/2007.
C) Decreto - Lei Nº 94406/87. E) Lei Nº 5.905/73.

39. O processo de trabalho gerencial da enfermagem configura-se em dimensões entre as quais é denominada técnica
aquela em que se desenvolvem

A) articulações do trabalho gerencial com projeto organizacional.


B) processos de negociação e relacionamento dos membros da equipe de trabalho.
C) atuações desenvolvidas pelas funções de planejamento, coordenação e avaliação.
D) ações voltadas para desenvolvimento dos agentes atuantes no processo.
E) observações das determinações de caráter corporativo e ideológico.

10
40. A administração de serviços, que toma por base uma visão sistêmica, significa

A) ambiente de trabalho dinâmico para atingir determinados resultados.


B) satisfazer as necessidades sociais, segundo prioridades de assistência.
C) conjunto de partes dinamicamente relacionadas que desenvolvem atividades para atingir objetivos.
D) limites ou fronteiras da organização com área externa que envolve um sistema de trabalho.
E) realização de ações independentes na assistência.

41. Com relação ao Estatuto da Criança e do Adolescente – Lei Nº 8.069/1990, é CORRETO afirmar que

A) se considera criança a pessoa até nove anos de idade completa, e adolescente aquela entre doze e dezoito anos de idade.
B) a criança e o adolescente gozam de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo de proteção
integral que trata essa lei, assegurando-se-lhes, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, a fim de
lhes facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social em condições de liberdade e dignidade.
C) é dever exclusivo do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à
alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à
convivência familiar e comunitária.
D) a criança ou adolescente será objeto de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e
opressão.
E) a criança e o adolescente em conflito com a lei são tratados de forma diferenciada diante do estatuto da criança e do
adolescente. À criança e ao adolescente que se atribua a prática de ato infracional serão processados sem defensor.

42. De acordo com o Ministério da Saúde, a vigilância nutricional e a orientação alimentar devem ser operacionalizadas
através do SISVAN, que trata de

A) sistema de vigilância alimentar e nutricional que faz o diagnóstico da situação nutricional exclusiva das gestantes,
acompanhando-as e orientando a complementação da alimentação, essencialmente com a parte de vegetais não
aproveitadas e cascas de frutas.
B) sistema de vigilância alimentar e nutricional que faz o diagnóstico da situação nutricional da clientela da Unidade de Saúde
e orienta o uso rotineiro de partes não aproveitadas dos vegetais para a recuperação do estado nutricional.
C) sistema de vigilância alimentar e nutricional que faz o diagnóstico da situação nutricional dos recém-nascidos,
acompanhando-os e orientando a complementação do aleitamento materno com outros produtos mais energéticos o mais
precoce possível.
D) sistema de vigilância alimentar e nutricional, que tem como prioridade diagnosticar a situação nutricional das crianças
menores de 19 anos, acompanhando-as e orientando a complementação da alimentação essencialmente com a parte de
vegetais não aproveitadas e cascas de frutas.
E) sistema de vigilância alimentar e nutricional, que tem como prioridade diagnosticar a situação nutricional das crianças
menores de 5 anos e intervir nos casos de déficit nutricional.

43. No atendimento à sala de parto de recém-nascido banhado em mecônio fluido e apresentando apneia, bradicardia
ecianose generalizada, a conduta imediata a ser realizada é

A) estimulação tátil.
B) aspiração traqueal. D) administração de adrenalina.
C) oxigenoterapia por cateter. E) ventilação com balão e máscara.

44. Um lactente de oito meses, sexo feminino é levado à emergência com quadro de diarreia aguda sem sangue e
desidratação não grave e sem vômitos. Após a introdução da TRO, observa- se aumento da frequência e volume das
evacuações. A conduta é

A) manter a TRO.
B) iniciar gastróclise. D) alterar a concentração da TRO.
C) iniciar hidratação venosa. E) iniciar antimicrobiano por via oral.

45. De acordo com o Ministério da Saúde em relação à saúde escolar, coloque (V) para Verdadeiro ou (F) para Falso
nas afirmativas abaixo:

( ) A escola que tem como missão primordial desenvolver processo de ensino-aprendizagem desempenha importante
papel fundamental na formação e atuação das pessoas em desenvolvimento, não se envolvendo com as questões
de saúde;
( ) As políticas de saúde reconhecem o espaço escolar como privilegiado para práticas promotoras da saúde,
preventivas e educativas;
( ) O programa saúde na escola resulta do trabalho integrado entre o Ministério da Saúde e o Ministério da
Educação;
11
( ) O programa busca aprofundar os grandes objetivos da criação do Sistema Único de Saúde (SUS) no período de
2008 a 2011, a partir das diretrizes estratégicas organizadas em um conjunto de ações que contemplam 73
medidas e 165 metas.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V, V, V, V. B) F, F, V, V. C) F, V, V, F. D) V, V, V, F. E) F, V, V, V.

46. Uma mulher chega à triagem de uma maternidade informando atraso menstrual de mais ou menos 20 dias. Ao
exame, apresenta: palidez cutâneo mucosa significativa, dor anexial, sangramento transvaginal discreto, resultado
de βhCG positivo. O quadro descrito sugere

A) abortamento incompleto.
B) gravidez ectópica. D) gravidez a esclarecer.
C) ameaça de aborto. E) abortamento completo.

47. Para uma assistência adequada, o profissional de saúde deve ter conhecimento das patologias e realizar uma
avaliação preliminar com a finalidade de tratar o mais rápido e adequadamente possível. Diante dessa afirmação,
analise os itens abaixo sobre diagnóstico diferencial da pré-eclâmpsia grave com Síndrome de Hellp.

I. Oligúria com débito urinário inferior a 500 mL.


II. Plaquetas = 120.000mm3.
III. Creatinina acima de 3,5mg/dL e aumento da velocidade de hemossedimentação.
IV. Elevação das transaminases.

Está CORRETO o que se afirma em

A) II e IV, apenas. B) I, II e IV, apenas. C) I e III, apenas. D) I, II, III e IV. E) III, apenas.

48. Paciente com diagnóstico de diabetes clínica, controlada com hipoglicemiantes orais. Quando engravida, que
conduta deverá ser tomada para manter os níveis glicêmicos ajustados?

A) Manter a dose do hipoglicemiante que está sendo usado.


B) Ajustar a dose do hipoglicemiante que está sendo usado.
C) Suspender o hipoglicemiante; mantê-la com dieta e/ou insulina, dependendo do perfil glicêmico.
D) Suspender a medicação hipoglicemiante, pois a insulina fetal suprirá as necessidades maternas.
E) Manter exclusivamente com dieta hipoglicídica.

49. Uma gestante chega hoje (28/10/10) para sua primeira consulta de pré-natal; informa que a data de sua última
menstruação (DUM) ocorreu em 25/08/10. Em que data, essa gestante completará 40 semanas de gestação e com
quantas semanas (IG) se encontrava no dia da consulta?

A) 01/06/2011 / 9 semanas.
B) 30/06/2011 / 9 semanas. D) 01/06/2011 / 9,1 semanas.
C) 01/05/2011 / 9,5 semanas. E) 31/05/2011 / 9,1 semanas.

50. O Exame Papanicolau (preventivo) deve ser realizado, anualmente, por todas as mulheres que apresentem baixo
risco para o câncer, inclusive, as gestantes. No entanto, na gestação, há uma etapa do exame que é proscrita.
Que etapa é esta?

A) Colher material da ectocérvice.


B) Colher material de ectocérvice sem usar a escovinha. D) Só utilizar a espátula na endocérvice.
C) Colher material de endocérvice. E) Só colher material de parede vaginal.

12
SECRETARIA DE SAÚDE DE PERNAMBUCO
PROCESSO SELETIVO À RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL
EM ÁREA PROFISSIONAL DE SAÚDE

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO

Não deixe de preencher as informações a seguir:

Prédio Sala

Nome

Nº de Identidade Órgão Expedidor UF Nº de Inscrição

GRUPO 21 – ENFERMAGEM
GRUPO 21 – ENFERMAGEM

01. Sinais Vitais (SSVV) são parâmetros regulados por órgãos vitais e revelam o funcionamento deles. Sobre SSVV, leia
as afirmações abaixo:

I. O ritmo respiratório de Cheyne-Stokes se caracteriza por incursões respiratórias cíclicas que se aprofundam até
atingirem uma amplitude máxima; em seguida, os movimentos diminuem gradativamente, podendo chegar à
apneia.
II. A resistência periférica é o fator mais importante na manutenção e regulação da pressão diastólica, sendo
representada pela vasocontratilidade da rede arteriolar. A resistência periférica depende, também, da ação do
sistema nervoso simpático por meio de alfa e beta receptores.
III. A extrassistolia é uma arritmia muito comum, e todo paciente que apresenta essa caraterística é portador de doença
cardiovascular. As extrassístoles podem ser classificadas como isoladas, bigeminismo e trigeminismo.
IV. Proteínas ou seus produtos de hidrólise e outras substâncias tóxicas podem provocar elevação do ponto de ajuste
do termostato hipotalâmico, quando ocorre o desequilíbrio do termostato hipotalâmico os mecanismos de
regulação da temperatura corporal são acionados, inclusive os de conservação e aumento da temperatura corporal.

Estão CORRETAS

A) I, II, III e IV.


B) apenas II, III e IV.
C) apenas I, II e IV.
D) apenas II e III.
E) apenas II e IV.

02. O sistema respiratório reabastece o suprimento de oxigênio do organismo e elimina os resíduos derivados do sangue
na forma de dióxido de carbono. Sobre isso, analise as afirmativas abaixo, colocando V nas Verdadeiras e F nas
Falsas.

( ) O dióxido de carbono desempenha o papel principal na determinação da frequência e profundidade da ventilação.


Quando os níveis de dióxido de carbono no sangue aumentam, os quimiorreceptores são estimulados a gerar
respiração profunda e rápida.
( ) A oximetria de pulso é um método não invasivo de avaliar aproximadamente a oxigenação. A luz infravermelha
do oxímetro determina o percentual da hemoglobina que se combina com o oxigênio. Uma saturação de oxigênio
arterial (SaO2) maior que 75% é considerada normal.
( ) O diagnóstico de enfermagem Padrão Respiratório Ineficaz tem como características definidoras pressão
inspiratória diminuída, dispneia, falta de ar, taquipneia, frêmito, gasimetria alterada e batimento de asa do nariz.
( ) A terapia com oxigênio possui potencial para causar graves consequências de saúde. Altas concentrações de
oxigênio são tóxicas para o tecido pulmonar. Concentrações de oxigênio relativamente baixas podem lesionar a
retina do neonato.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V, V, V, V
B) F, F, V, F
C) F V, V, V
D) V, F, V, V
E) F, V, F, F

03. Uma das técnicas utilizadas no exame físico é a percussão, que tem por objetivo avaliar o som e a resistência
oferecida pela região golpeada. Sobre os sons percebidos na percussão, relacione a 2a coluna de acordo com a 1a .

1. Som maciço ( ) Percebe-se na percussão dos intestinos ou no espaço de traube.


2. Som submaciço ( ) É o que se obtém ao percutir regiões desprovidas de ar ao nível do fígado e do baço.
3. Som timpânico ( ) Obtém quando se percute o tórax normal. Depende da presença de ar dentro dos
alvéolos e das demais estruturas pulmonares.
4. Som claro pulmonar ( ) Percebe-se quando há uma presença de ar em quantidade restrita.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) 3, 1, 4, 2 B) 2, 3, 4, 1 C) 4, 2, 1, 3 D) 1, 4, 2, 3 E) 4, 3, 2, 1

2
GRUPO 21 – ENFERMAGEM

04. A cateterização da bexiga envolve a introdução de uma sonda através da uretra para o interior da bexiga. Sobre o
cateterismo vesical de demora, leia as afirmativas abaixo:

I. A cateterização permanente de longa duração é indicada: na retenção urinária severa, úlceras pelo contato com a
urina e doença terminal.
II. Cateteres de plásticos são adequados, apenas, para uso intermitente devido à sua inflexibilidade.
III. Deve-se usar, apenas, água estéril para inflar o balão, porque a solução salina vai cristalizar, resultando em
deflação incompleta do balão no momento da retirada.

Está CORRETO o que se afirma em

A) I, apenas. B) I e II, apenas. C) I e III, apenas. D) II e III, apenas. E) I, II e III.

05. Os medicamentos são normalmente utilizados no controle das doenças, visto que sua administração e avaliação são
essenciais para a prática da enfermagem.
Sobre administração de medicamentos, assinale a alternativa CORRETA.

A) Efeito terapêutico são efeitos secundários previsíveis, causados por um medicamento durante a administração de doses
terapêuticas.
B) No sistema de distribuição de medicamentos, os farmacêuticos fornecem e distribuem os medicamentos para os pacientes;
para isso, é necessário que as instituições possuam áreas específicas para esse fim.
C) Muitos erros podem ser evitados na administração dos medicamentos, se seguirmos rigorosamente as seguintes regras:
medicamento certo, dose certa, paciente certo, via de administração certa, hora certa, registro certo.
D) Na via de administração subcutânea, o tecido subcutâneo é ricamente suprido de sangue, favorecendo a maior rapidez na
absorção dos medicamentos.
E) O bólus intravenoso constitui a introdução de uma dose baixa de concentração de medicamento, uma vez que requer grande
quantidade de medicamento diretamente na corrente sanguínea.

06. Está prescrito administrar 2.500 UI de heparina SC de 12 em 12 horas. No posto de enfermagem, tem disponível
frasco ampola com 5.000 por ml.
Quantos ml da solução devem ser administrados?

A) 1 mL B) 1,5 Ml C) 0,75 Ml D) 0,5 Ml E) 0,25 mL

07. Classicamente, a cicatrização de feridas pode ser dividida em três fases: Fase exudativa ou inflamatória, Fase
Proliferativa ou de Granulação, Fase de maturação, que são interdependentes e se complementam entre si.
Quanto à fase proliferativa, é CORRETO afirmar que

A) se manifesta clinicamente pelo aparecimento dos sinais e sintomas inflamatórios: edema, hipertermia, calor e dor.
B) é nessa fase que existe a ativação do sistema de coagulação em que os trombócitos são responsáveis pela agregação
plaquetária e ativação da cascata de coagulação.
C) nela ocorre o início da reparação na qual os macrófagos secretam proteases, fatores de crescimento e substâncias vasoativas,
promovendo o desbridamento da ferida.
D) os granulócitos liberam enzimas proteolíticas mediadoras (colagenases, elastases e hidrolases ácidas); ocorre aumento do
fluxo sanguíneo com vasodilatação; perda de líquidos, proteínas e células dos capilares devido ao aumento da
permeabilidade capilar; produção de exsudato; ocorre a quimiotaxia e a promoção da defesa contra microorganismos.
E) é caracterizada pelos seguintes fenômenos: processo de deposição do colágeno (fibroplasia); angiogênese; formação do
tecido de granulação; contração da ferida.

08. R.C, 62 anos admitido em uma unidade de terapia intensiva há 05 dias após infarto agudo do miocárdio para
melhor observação, apesar do bom estado geral, apresenta, em região sacra, pele íntegra, porém hiperemiada, com
discreto edema.
Qual é o plano de cuidados prescrito pelo(a) enfermeiro(a), considerando critério de prioridade, que melhor se
adequa a esse paciente?

A) Avaliar o risco potencial utilizando escalas de avaliação e aferição de risco; aliviar os pontos de pressão; garantir nutrição
adequada; manter cuidados apropriados à pele e controlar a incontinência.
B) Utilizar dispositivos de controle quando as barreiras tópicas forem desfavoráveis; realizar suplementação vitamínica;
diminuir a ingesta líquida.
C) Utilizar dispositivos redutores de pressão; iniciar controle do peso; realizar cateterismo vesical; iniciar reposição de ferro.
D) Estabelecer programação apropriada para mudança de decúbito; melhorar o suporte de oxigênio e as trocas gasosas; instalar
sonda nasogástrica para a reposição proteica.
E) Diminuir ingesta líquida; utilizar fralda descartável como forma de controle da incontinência urinária e manutenção da
higiene; utilizar fricção da área para renovar a camada celular.
3
GRUPO 21 – ENFERMAGEM

09. D.C, 30 anos, estivador foi admitido no SPA com uma lesão muscular no deltoide, após queda e comprometimento
do ombro direito. Ao realizar o plano de cuidados de enfermagem, foi prescrita pelo enfermeiro a realização de

A) termoterapia, pois favorece o aporte de oxigênio e nutrientes para os tecidos.


B) calor úmido, pois aumenta o metabolismo celular.
C) calor úmido, pois aumenta o processo inflamatório, causando vasodilatação.
D) crioterapia, pois diminui a congestão e, consequentemente, o processo inflamatório.
E) crioterapia por 4 horas, pois o longo tempo de exposição ao gelo provoca vasodilatação e diminuição do edema.

10. Foi admitido na clínica médica de uma unidade de saúde um paciente do sexo masculino, tabagista há 25 anos,
alcoolista há 10 anos, com história de dor abdominal na região epigástrica há algum tempo (não sabe precisar). Há
05 dias aproximadamente, começou a apresentar fezes escuras com odor fétido e náuseas; há 03 dias, apresentou o
primeiro episódio de vômito com sangue, motivo pelo qual foi hospitalizado. Após anamnese e exame físico, foi
prescrito sondagem nasogástrica.
Quanto a esse procedimento, é CORRETO afirmar que

A) o procedimento foi indicado com o objetivo de fazer Descompressão do Trato Gastrintestinal (TGI).
B) nesse caso específico, a sonda nasogástrica tem a indicação de ser mantida fechada por intervalos intermitentes.
C) no momento da introdução da sonda, o procedimento de realizar a flexão da cabeça favorece o fechamento da parte superior
da via aérea até a traqueia e a abertura do esôfago.
D) tosse persistente e respiração ofegante são sintomas de ansiedade que podem ser causados pela instalação da sonda, sendo
necessário algum nível de sedação.
E) em geral, para adultos, são indicados dispositivos de calibre superior a 22 Fr.

11. Sobre a Fisiopatologia do câncer, leia as afirmações abaixo:

I. Na primeira etapa da oncogênese química, iniciação, ocorre a estimulação da célula que sofreu mutação e pode
acontecer a qualquer momento, após a transformação celular inicial.
II. A estimulação da proliferação celular normal é quase sempre desencadeada por fatores de crescimento que se
ligam aos receptores dispostos nas membranas celulares. O sinal recebido por esses receptores é transmitido para o
citoplasma e, em seguida, para o núcleo.
III. As células cancerosas e as normais se dividem mais rapidamente, quando os volumes teciduais ou tumorais são
menores e, mais lentamente, na presença de volumes maiores. Quanto menor o tumor, maior sua fração
proliferativa, e, consequentemente, mais sensível será aos medicamentos antiblásticos e às radiações ionizantes.
IV. A duração do ciclo celular da maioria das células humanas normais é de 24 a 48 horas, enquanto que a das células
dos tumores malignos humanos mais comuns é entre 12 e 24 horas.

Estão CORRETAS

A) I, II, III e IV. D) apenas I e IV.


B) apenas I e II. E) apenas II e III.
C) apenas III e IV.

12. Ainda sobre Fisiopatologia do câncer, leia as afirmações abaixo:

( ) As metástases linfáticas são geralmente o padrão inicial da disseminação das neoplasias de origem epitelial. Segue
a drenagem linfática normal da área do tumor primário, ocupando os linfonodos mais próximos, os quais recebem
o maior número de vasos aferentes.
( ) Existe grande associação entre câncer e tromboembolismo venoso. As células neoplásicas promovem ativação da
coagulação e consequente liberação de substâncias procoagulantes, desenvolvendo atividades fibrinolítica e
proagregante.
( ) Os tumores malignos normalmente possuem pseudocápsulas fibrosas que se formam em decorrência da
compressão dos tecidos vizinhos pelo crescimento lento e expansivo do tecido tumoral.
( ) Quanto maior a atividade proliferativa de um tecido, maior é o número de mitoses verificadas. Nos tumores, o
número de mitoses está inversamente relacionado ao grau de diferenciação tumoral: quanto mais bem
diferenciado, menor o número de mitoses.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V, V, V, V
B) V, V, F, V D) F, F, F, F
C) F, F, V, V E) V, F, V, F

4
GRUPO 21 – ENFERMAGEM

13. Sobre distúrbios do humor, analise as afirmações abaixo:

I. Atualmente, os distúrbios depressivos já estão com as causas definidas, o que facilita o diagnóstico e,
consequentemente, a terapêutica.
II. O hipotireoidismo subclínico está associado à depressão, especialmente em mulheres.
III. Perturbação dos Processos do Pensamento relacionada com alterações biológicas como demonstrado por agitação,
hiperatividade e incapacidade de se concentrar é um dos Diagnósticos de Enfermagem de distúrbio bipolar.
IV. O tratamento com lítio está indicado nos distúrbios bipolares. A toxidade do lítio está relacionada à diminuição
dos níveis séricos de sódio e à hidratação inadequada.

Está CORRETO, apenas, o que se afirma em

A) I e III.
B) III e IV.
C) I.
D) III.
E) II, III e IV.

14. Sobre a Reforma Psiquiátrica e a Política de Saúde Mental no Brasil, leia as afirmativas abaixo e coloque V nas
Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) A Reforma Psiquiátrica é a ampla mudança do atendimento público em Saúde Mental, garantindo o acesso da
população aos serviços e o respeito a seus direitos e liberdade; é amparada pela Lei 10.216/2001.
( ) O fortalecimento das políticas de saúde, voltadas para grupos de pessoas com transtornos mentais de alta e baixa
cobertura assistencial e a consolidação da ampliação de uma rede de atenção de base comunitária e territorial
continuam sendo desafios da Política Nacional de Saúde Mental.
( ) Os Centros de Atenção Psicossocial têm como função prestar atendimento clínico em regime de atenção diária;
promover a inserção social das pessoas com transtornos mentais através de ações intersetoriais; regular a porta de
entrada da rede de assistência em saúde mental na sua área de atuação e dar suporte à atenção à saúde mental na
rede básica.
( ) São princípios fundamentais da articulação entre saúde mental e atenção básica/saúde da família: promoção de
saúde, território, acolhimento, vínculo e responsabilização, integralidade, intersetorialidade,
multiprofissionalidade, organização da atenção à saúde em rede, desinstitucionalização, reabilitação psicossocial;
participação da comunidade; promoção de cidadania dos usuários.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V, F, F, F
B) F, F, V, V
C) V, V, F, V
D) V, V, V, V
E) F, F, F, V.

15. A Insuficiência Renal Aguda (IRA) é uma síndrome de causa variável, que resulta em súbito declínio da função
renal. Sobre IRA, leia as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) As causas pré-renais surgem de obstrução ou interrupção do fluxo urinário em qualquer ponto, ao longo do trato
urinário.
( ) Inicia-se quando o rim é lesado, dura várias horas ou dia. A fase diurética começa quando o volume urinário de 24
horas excede 500 mL e termina quando os níveis de ureia sanguínea e creatinina sérica deixam de aumentar.
( ) São manifestações clínicas das causas pré-renais: diminuição do turgor, ressecamento da mucosa, perda de peso
hipotensão, oligúria ou anúria, veias do pescoço colabadas e taquicardia.
( ) Risco de Lesão devido ao sangramento gastrointestinal e Risco de Infecção devido a alterações no sistema
imunológico e nas defesas do hospedeiro são Diagnósticos de Enfermagem na IRA.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) F, F, V, F
B) F, V, F, V
C) F, V, V, V
D) V, V, F, V
E) V, V, F, F

5
GRUPO 21 – ENFERMAGEM

16. A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é uma condição multifatorial caracterizada por níveis elevados e
sustentados de pressão arterial (PA), associada frequentemente às alterações funcionais e/ou estruturais dos órgãos-
alvo. Sobre HA, leia as afirmativas abaixo:

I. A HAS é causa direta de cardiopatias hipertensivas, fator de risco para doenças decorrentes de aterosclerose e
trombose, que se manifestam, predominantemente, por doenças isquêmica cardíaca, cerebrovascular, vascular
periférica e renal. Tem alta prevalência e baixas taxas de controle a mortalidade por doença cardiovascular
aumenta progressivamente com a elevação da PA.
II. Para o rastreamento da HAS nos maiores de 18 anos, de acordo com a média dos valores pressóricos obtido na
primeira avaliação, está indicada uma nova mensuração: a cada ano, se PA < 120/80 mmHg, e, a cada dois anos,
se PA entre 120-139/80-89 mmHg em pessoas sem outros fatores de risco para doença cardiovascular.
III. A classificação da pressão arterial para maiores de 18 anos: PAS < 130 mmHg, PAD < 80 mmHg - pressão
normal; PAD = 140- 149 mmHg e PAD= 90-99 mmHg hipertensão estágio 1 e PAS = 160 – 179 mmHg e
PAD = 100 -109 mmHg – hipertensão estágio 2.
IV. Consultas de Enfermagem individuais ou coletivas para incentivar a mudança de estilo de vida para adoção de
hábitos saudáveis são recomendadas na prevenção da HAS, notadamente nos indivíduos com PA limítrofe, pois
reduzem a PA e a mortalidade cardiovascular.

Está CORRETO, apenas, o que se afirma em

A) I, III e IV. B) I e II. C) III e IV. D) III. E) II.

17. Sobre Tuberculose (TB), leia as afirmativas abaixo:

( ) A TB prolifera, como outras doenças infecciosas, em áreas de grande concentração humana, com precários serviços
de infraestrutura urbana, associado à fome e à miséria.
( ) A TB é uma doença de transmissão respiratória por meio de inalação de partículas infectantes na forma
aerossolisada no meio ambiente, especialmente em contatos íntimos e prolongados. As formas pulmonares
bacilíferas e laríngeas são as principais formas envolvidas na transmissão interpessoal da tuberculose.
( ) A detecção precoce dos novos casos de tuberculose pulmonar contribui para evitar maior disseminação da doença e
progressão das lesões pulmonares. O Brasil é um dos 22 países com a mais alta carga da doença notificada no
mundo.
( ) A cultura para o M. tuberculosis está indicada para os suspeitos de tuberculose pulmonar negativos ao exame direto
do escarro e para os casos de suspeita de resistência bacteriana às drogas quando deve ser realizado o teste de
susceptibilidade.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) F, F, V, F
B) V, V, V, V
C) V, V, F, V
D) F, V, F, F
E) F, F, F, V.

18. Asma brônquica é uma síndrome caracterizada por crises recorrentes de broncoespasmo em pacientes com hiper-
reatividade brônquica. No que se refere à asma brônquica, analise as afirmativas abaixo:

I. As crises de asma brônquica são deflagradas por vários tipos de estímulos (alérgicos, fumaça e poluentes, ar frio e
seco, entre outros) e variam desde muito leves até graves e potencialmente fatais.
II. A asma é caracterizada por crises, apenas, de dispneia e melhora com vasodilatadores, sendo, na maioria dos
casos, a crise identificada pelo próprio paciente.
III. O tratamento da asma pressupõe duas ações paralelas: a primeira, o controle das crises, e a segunda, o tratamento
de manutenção ou de profilaxia das crises.

Está CORRETO, apenas, o que se afirma em

A) I.
B) II.
C) I e II.
D) II e III.
E) I e III.

6
GRUPO 21 – ENFERMAGEM

19. Sobre as doenças do sistema neurológico, analise as afirmativas abaixo:

I. A doença de Alzheimer é uma afecção degenerativa primária do cérebro, que acarreta declínio funcional do SNC e
perda gradual da autonomia nos indivíduos.
II. A doença de Parkinson é uma doença degenerativa crônica e progressiva, que acomete, em geral, pessoas idosas.
III. A esclerose múltipla é uma doença do SNC, crônica, lentamente progressiva, caracterizada por placas
disseminadas de desmielinazação da substância branca do nervo óptico.

Está CORRETO o que se afirma em

A) I, II e III. D) I e III, apenas.


B) I, apenas. E) III, apenas.
C) I e II, apenas.

20. Dona Severina é uma paciente que todos conhecem por suas crenças e mitos. Certo dia, Dona Severina foi procurar
o Dr. Caio para relatar o mal que a afligia. Na consulta, Dr. Caio iniciou a investigação sintomatológica, e a paciente
queixou-se de dor nas pernas e dificuldade para andar. Ao examinar a paciente, identificou, no membro inferior,
edema, hiperemia e dor à palpação, sendo diagnosticado como erisipela.
Sobre esse caso, assinale a alternativa CORRETA.

A) Na erisipela, a infecção é profunda, sendo a antibioticoterapia tópica necessária.


B) A supuração e a sepse são complicações frequentes na ocorrência de erisipela.
C) A erisipela é uma forma de celulite superficial, mais frequentemente relacionada à infecção por estafilococos.
D) Na erisipela, a área comprometida é eritematosa, edemaciada, quente e dolorosa, e o paciente geralmente apresenta
sintomas gerais de infecção, como febre e prostração.
E) Os diagnósticos da erisipela são sempre histológicos.

21. Quanto às doenças do sistema cardiovascular, é CORRETO afirmar que

A) a doença de Chagas representa a terceira maior doença parasitária do mundo, a infecção chagásica é uma das principais
causas de cardiomiopatia dilatada.
B) a insuficiência cardíaca ocorre quando existem várias anomalias no músculo cardíaco; é responsável pela falha da
contratilidade cardíaca, sendo o sexo mais atingido o feminino.
C) na angina estável, a dor é eventualmente mais intensa e com maior sensação de medo e agonia, porém não cede em 30
minutos de repouso.
D) a base do IAM é a dor precordial atípica, iniciando no tórax, sob forma de queimação, semelhante à angina.
E) na taquicardia ventricular, o tratamento consiste no uso de betabloqueador ou digital.

22. No que se refere à Insuficiência Cardíaca Congestiva (ICC), é CORRETO afirmar que

I. É caracterizada pela incapacidade cardíaca de bombear sangue suficiente para suprir as necessidades de oxigênio e
nutrientes.
II. O diagnóstico clínico da ICC é geralmente fácil, quando estão presentes os sintomas e sinais clássicos.
III. Na ICC com angina, indica-se revascularização miocárdica, e, se possível, usar nitratos e betabloqueadores.

Está CORRETO o que se afirma em

A) I, apenas. B) I e II, apenas. C) I e III, apenas. D) II e III, apenas. E) I, II e III.

23. A.M, 12 anos foi admitido em uma unidade de saúde com um quadro de hiperglicemia (320mg/dl). Após
investigação diagnóstica, ficou claro o diagnóstico de Diabetes mellitus tipo 1 e o quadro de cetoacidose diabética
CAD). Quanto à cetoacidose diabética, é CORRETO afirmar que

A) ocorre no DM 2 e raramente no DM 1, pois é causada pela disfunção da célula-beta na produção do hormônio insulina.
B) é um processo catabólico, que mobiliza aminoácidos (tecido muscular) e ácidos graxos (tecido adiposo) para formação de
glicose(gliconeogênese), com consequente produção de corpos cetônicos.
C) o quadro clássico de sintomas: poliúria, polidipsia, polifagia e emagrecimento importante em geral precede o quadro de
alcalose metabólica.
D) ao exame físico, deve-se avaliar o nível de consciência, os sinais de desidratação, os sinais vitais; a hipertensão pode ser um
fator preponderante para o diagnóstico, acompanhada de choque.
E) ao exame físico, é importante ainda detectar o tipo respiratório; a taquipneia e a respiração de Cheyne- Stokes podem ser
um indicativo de CAD.

7
GRUPO 21 – ENFERMAGEM

24. R.M, 55 anos, alcoolista apresentou sinais e sintomas de úlcera péptica. Informa que esses sintomas começaram a
ficar mais presentes há 25 dias, quando foi adicionado medicação anti-inflamatória para tratar uma lesão de ombro.
Nesse caso, o enfermeiro deve orientar

A) quanto ao controle da medicação, informando que deve ser administrada pela manhã, em jejum de 12 em 12 horas.
B) que os AINES (anti-inflamatórios não esteroides) podem ser responsáveis por aproximadamente 40% das lesões ulcerosas
gástricas e, portanto, devem ser, nesse caso específico, evitados.
C) a investigação do Helicobacter Pylori, uma bactéria gram positiva adquirida na infância e adaptada à vida no estômago
humano.
D) quanto à importância de se adquirirem hábitos saudáveis alimentares, consumindo refeições balanceadas a cada 06 horas, a
fim de evitar distensão abdominal.
E) para que os inibidores de bomba de prótons não sejam utilizados para o tratamento da úlcera péptica.

25. A Hemofilia A é uma doença hemorrágica hereditária. Sobre ela, analise as afirmativas abaixo:

I. A classificação da Hemofilia depende do nível da atividade coagulante do fator (VIII) deficiente: grave- inferior a
1%, moderada- de 1 a 5%, leve- entre 5 e 25%.
II. Os fatores de coagulação VIII ou IX circulantes no sangue têm tendência ao aumento, de acordo com o
crescimento do hemofílico.
III. O gene da hemofilia é transmitido pelo homem para todas as suas filhas, que apresentam coagulação normal, mas
são consideradas portadoras da doença por portarem o gene causador.
IV. A hemorragia nas estruturas periarticulares é uma complicação comum e pode ocorrer ao redor de pequenas
articulações, e, embora haja reabsorção do sangue, o excesso do ferro hemoglobínico se fixa no nível da
cartilagem sinovial e dos tecidos periarticulares sob a forma de ferritina, provocando lesões.

Estão CORRETAS apenas

A) I, II e III. B) I, II e IV. C) II e IV. D) II e III. E) I, III e IV.

26. Em uma unidade de saúde, foi realizado o atendimento de uma mulher apresentando infecção respiratória, tratada
conforme determinação da equipe de saúde que fez o atendimento. Ao realizar o histórico de enfermagem e o exame
físico, o enfermeiro verificou manchas hipocrômicas bem delimitadas em ambos os membros superiores, as quais se
apresentavam anestesiadas, inclusive ao teste térmico, e as lesões dispostas em placas apresentam aspecto
tricofitoide, com descamação das bordas. Qual forma clínica da Hanseníase o quadro descrito pelo enfermeiro
aponta?

A) Hanseníase tuberculínica
B) Hanseníase virchowiana D) Hanseníase dismorfa
C) Hanseníase multibacilar E) Hanseníase indeterminada

27. Sobre a segurança da criança e do adolescente no centro cirúrgico, assinale a alternativa CORRETA.

A) A elevação das grades da cama/berço e o uso do cinto de segurança nos carrinhos são medidas preventivas que devem ser
evitadas pela equipe de enfermagem.
B) Na assistência de enfermagem, pode-se empregar o brinquedo para facilitar a realização dos procedimentos, evitando
processos traumáticos futuros para a criança. O brincar é um instrumento rico em possibilidades, a ser utilizado pela
enfermagem nas unidades de cirurgia pediátrica.
C) A presença da família no hospital deve ser evitada, porque pode interferir no cuidado à criança durante a sua internação.
D) Aplicação da Escala de Aldrete e Kroulik avalia o paciente como um todo, determinando que sua alta deva ser dada ao
atingir apenas pontuação mínima.
E) Em caso de crianças e adolescentes, não é necessária uma sala de recuperação para que se avalie o paciente diante de
complicações gerais.

28. Com relação às ações de promoção de saúde e de prevenção de agravos à saúde do adolescente, assinale a
alternativa CORRETA.

A) O adolescente só deve ser atendido se estiver sozinho ou caso não disponha de documentos legais de identificação.
B) Ao dar entrada em uma unidade hospitalar, o adolescente deve ser informado, apenas, sobre os horários de funcionamento
da instituição, os serviços por ela prestados e sobre quais são os médicos de plantão na especialidade procurada por ele.
C) Deve-se procurar agilizar o acesso do adolescente aos diferentes serviços da unidade, via, por exemplo, o agendamento de
consultas e a sua inscrição em grupos de apoio especializado.
D) Devem-se identificar, quando possível, fatores de risco que impliquem vulnerabilidade.
E) Deve-se evitar vínculo que favoreça diálogo aberto sobre questões de saúde e de outros interesses.
8
GRUPO 21 – ENFERMAGEM

29. Sobre a avaliação gerontológica global, analise as afirmativas e coloque V para as Verdadeiras e F para as Falsas.

( ) A avaliação global do idoso abrange aspectos biológicos e psicossociais e deve ser realizada por uma equipe
interdisciplinar.
( ) Em se tratando de idosos, a capacidade funcional é de órgãos e sistema do ponto de vista fisiológico.
( ) A avaliação funcional é um método sistemático de avaliar a capacidade do idoso no seu ambiente e fora dele.
( ) A partir da avaliação funcional, o enfermeiro pode determinar a requisição de cuidados necessários.
( ) A avaliação global é composta por dois domínios: avaliação da saúde física e avaliação das atividades de vida
diária.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) F-F-V-F-V
B) V-V-V-F-F
C) V-V-V-V-V
D) V-F-F-V-V
E) V-F-V-V-F

30. Numa consulta de enfermagem, a cuidadora do Sr. Alberto, de 71 anos relata que o idoso vem apresentando um
problema de mobilidade nos últimos dias. O enfermeiro suspeita de uma reação adversa ou toxicidade às suas
medicações.
Que tipo de medicamento estaria causando diminuição da coordenação, fraqueza e contração muscular no Sr.
Alberto?

A) Digoxina
B) Fenitoína
C) Lítio
D) Amitripilina
E) Sulfato de quinidina

31. Sobre o Pneumotórax, assinale a alternativa CORRETA.

A) O pneumotórax acontece quando a pleura parietal é rompida, e o espaço é exposto à pressão atmosférica negativa.
B) Quando a pleura é rompida, o ar penetra no espaço pleural, e o pulmão é inflado.
C) O pneumotórax simples ocorre quando o ar escapa de uma laceração no próprio pulmão e penetra no espaço pleural, através
de uma ferida na parede torácica.
D) O pneumotórax hipertensivo, a respiração e a circulação são comprometidas por causa da pressão intratorácica aumentada,
o que diminui o retorno venoso ao coração.
E) Em um pneumotórax hipertensivo, a traqueia é deslocada para longe do lado afetado. A expansão do tórax pode estar
diminuída, os sons respiratórios estão diminuídos ou ausentes, e o lado afetado, hipersonante.

32. Sobre as Intervenções Coronarianas Percutâneas (ICP), leia as afirmativas abaixo:

I. A Angioplastia Coronariana Transluminal Percutânea (ACTP) e o implante do stent provocam uma reação celular
na artéria coronária, aumentando a possibilidade de obstrução arterial. A braquiterapia reduz a recorrência de
obstrução, evitando a reestenose vascular, ao inibir a proliferação das células musculares lisas.
II. A aterectomia é um procedimento intervencional invasivo, que envolve a remoção do ateroma ou a placa de uma
artéria coronariana através do corte, da raspagem ou trituração.
III. As complicações que podem ocorrer durante um procedimento de ICP incluem a dissecção, a perfuração, o
fechamento abrupto ou vasoespasmo da artéria coronária, infarto agudo do miocárdio, arritmias agudas e parada
cardíaca.

Está CORRETO o que se afirma em

A) I, apenas.
B) I e II, apenas.
C) I e III, apenas.
D) II e III, apenas.
E) I, II e III.

9
GRUPO 21 – ENFERMAGEM

33. Estomia intestinal é o desvio de eliminação fecal, decorrente de um processo cirúrgico, no qual é promovida uma
abertura ou boca chamada de estoma, localizada no abdômen, para liberar fezes. Essa nova condição de vida
implica uso contínuo de um dispositivo específico denominado de bolsa coletora e necessita de cuidado. Em relação
aos cuidados específicos com as ESTOMIAS, analise as afirmativas abaixo:

1. Observação quanto à cor, tamanho em milímetros que varia de acordo com o segmento do intestino exteriorizado.
2. Observação quanto à localização para seleção adequada da bolsa coletora.
3. A higiene da pele e do estoma deve ser realizada com água gelada e sabonete neutro, enxaguando e secando com
um tecido macio.
4. Um procedimento importante é mensurar o estoma com medidor específico e recortar a abertura inicial da placa
protetora, conforme o tamanho e a forma do estoma.
5. Caso existam pelos, estes devem ser removidos por meio de depilação, pois a sua presença interfere na aderência
da bolsa, o que pode levar a vazamentos e à troca de bolsa frequente, causando queloide.

Estão CORRETAS apenas

A) 1, 2 e 3. B) 1, 2 e 4. C) 1 e 5. D) 2, 4, e 5. E) 1, 4 e 5.

34. Sobre a assistência de enfermagem ao paciente em pré e pós-operatório de cirurgia bariátrica, assinale a alternativa
CORRETA.

A) Explicar ao paciente, durante o pós-operatório imediato, a importância dos movimentos respiratórios e do tossir para a
prevenção de complicações.
B) Realizar controle rigoroso das soluções parenterais no pós-operatório tardio.
C) Manter controle rigoroso dos sinais vitais e observar nível de consciência, nível de oxigênio e saturação periférica no pós-
operatório imediato.
D) Aumentar a ingestão de líquido no pós-operatório.
E) Medir diariamente o débito do dreno de Blake no pré-operatório imediato e tardio.

35. Sobre os cuidados de enfermagem realizados no paciente cirúrgico, no período pré-operatório, analise as
afirmativas abaixo:

I. De acordo com o Guia para a prevenção de ISC (Infecção do Sítio Cirúrgico) do CDC (Center for Disease
Control), recomenda-se que a retirada de pelos seja feita somente em circunstância estritamente adequada.
II. Em relação aos cuidados de higiene, o banho no período pré-operatório é considerado uma etapa do preparo
cirúrgico da pele.
III. As próteses dentárias devem ser removidas dada a possibilidade de deslizarem para as áreas inferiores durante a
indução anestésica como também dada a possibilidade de extravio durante a cirurgia.
IV. A principal finalidade do jejum no pré-operatório é a diminuição do risco e do grau de regurgitação do conteúdo
gástrico.

Está CORRETO o que se afirma em

A) I, II e III, apenas. B) I, II, III e IV. C) I e III, apenas. D) III, apenas. E) IV, apenas.

36. Leia atentamente as afirmativas abaixo:

1. A mudança organizacional do Sistema Nacional de Saúde para Sistema Único de Saúde começou com a criação e
o desenvolvimento de dois programas: Ações Integradas de Saúde (1982/83) e Sistemas Unificados e
Descentralizados de Saúde (1987).
2. Enquanto as Ações Integradas de Saúde se voltaram para ampliação do acesso aos serviços hospitalares, o objetivo
do SUDS foi de ampliar a cobertura da atenção básica.
3. Entre a criação dos programas acima mencionados, aconteceu, em 1986, a Conferência que formulou a proposta de
criação do SUS, ratificada em sua maior parte pela Assembleia Nacional Constituinte em 1987 e 1988.
4. Todo esse processo de mudança e o que ainda está em curso é denominado de Reforma Sanitária.
5. Tendo sido criado em 1988, já no ano seguinte, 1989, o SUS foi regulamentado pelas duas Leis Orgânicas.

Estão CORRETAS apenas

A) 1 e 3. B) 1, 3 e 5. C) 1, 2, 3 e 4. D) 1, 2, e 4. E) 1, 2, 4 e 5.

10
GRUPO 21 – ENFERMAGEM

37. Sobre a organização hierarquizada, regionalizada em redes dos serviços de saúde, leia as afirmativas abaixo:

1. A hierarquização deve ser entendida como uma organização de subordinação entre os serviços de saúde do SUS.
2. A Portaria 1.044/04 se pauta pelas diretrizes da hierarquização e da integralidade, quando define que o Hospital de
pequeno porte deve se adequar para garantir a continuidade da atenção prestada pela Atenção Básica e Média
Complexidade.
3. Enquanto a regionalização se exprime na ação de planejamento e organização da atenção à saúde em um dado
espaço geográfico circunscrito e comum a alguns municípios, a rede de atenção corresponde ao conjunto de
serviços articulados e integrados.
4. No processo de regionalização do SUS, preconizado pelo Decreto 7508/11, o hospital de pequeno porte deve estar
no centro do sistema de serviços de saúde.
5. A organização hierarquizada e em rede em uma dada região de saúde fortalecem a equidade de acesso.

Estão CORRETAS apenas

A) 1 e 3.
B) 2, 3 e 5.
C) 1, 2, 3 e 4.
D) 1, 2 e 4.
E) 1, 2, 4 e 5.

38. Em 2004, o Ministério da Saúde definiu, através da Portaria 1.044, o modelo de organização e financiamento que
possibilita os Municípios inserir os seus hospitais de pequeno porte na rede de atenção à saúde. Face ao exposto,
analise as afirmativas abaixo:

1. A definição possibilita a integração vertical entre os hospitais de pequeno porte, os serviços ambulatoriais e os da
atenção básica.
2. A definição potencializa a aplicabilidade do princípio da descentralização.
3. A equidade no acesso aos serviços de saúde também é potencializada pela definição da portaria em evidência.
4. A definição exime o Município da regionalização.
5. A definição também exime o Município de se inserir na rede da microrregião onde estiver localizado.

Estão CORRETAS apenas

A) 1 e 5.
B) 1, 2 e 5.
C) 1, 2 e 3.
D) 1, 2 e 4.
E) 1, 2, 4 e 5.

39. O conflito é inerente à vida de cada indivíduo e faz parte inevitável da natureza humana. O conflito existe quando
uma das partes – seja indivíduo ou grupo – tenta alcançar seus próprios objetivos interligados com alguma parte e
esta interfere na outra que procura atingir seus objetivos. O gerenciamento de conflito tem como característica pela
alta gerência a imposição de uma solução, que é a de

A) Abstenção.
B) Confronto.
C) Dominação.
D) Concessão mútua.
E) Abrandamento.

40. O trabalho do administrador não se restringe ao presente, ao atual, ao corrente; ele precisa extrapolar o imediato e
projetar-se para frente. O administrador precisa tomar decisões; ele configura e reconfigura continuamente a sua
organização ou a unidade organizacional que administra. Das atividades exigidas do administrador, assinale a
alternativa que contém a função que inicia o processo administrativo.

A) Direção
B) Organização
C) Coordenação
D) Planejamento
E) Avaliação de desempenho

11
GRUPO 21 – ENFERMAGEM

41. Para uma eficiente supervisão de enfermagem, o enfermeiro necessita ter: competência profissional; habilidade
para relacionar-se com as pessoas; motivação para o desenvolvimento do pessoal; crença no potencial do ser
humano e na importância do envolvimento de todos os funcionários nas decisões relativas às rotinas de trabalho,
visando à manutenção de uma assistência de enfermagem eficaz. Hoje, a Supervisão de Enfermagem tem como uma
de suas principais finalidades

A) detectar falhas e aplicar sanções.


B) obter o máximo de rendimento no trabalho.
C) centralizar a administração da equipe.
D) melhorar o trabalho de enfermagem e garantir o cumprimento dos regulamentos.
E) orientar e facilitar o ambiente de trabalho.

42. O Teste da Orelhinha ou Triagem Auditiva Neonatal é um exame importante para detectar se o recém-nascido tem
problemas de audição, que podem influenciar no aprendizado da linguagem. Geralmente, o exame é realizado no
berçário em sono natural, de preferência no 2º ou 3º dia de vida. Em relação à triagem auditiva (Emissões
Otoacústicas Evocadas) dos recém-nascidos, assinale V nas afirmativas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) O tempo de duração do exame varia entre 5 e 10 minutos; não tem qualquer contraindicação, não acorda nem
incomoda o bebê.
( ) Não exige nenhum tipo de intervenção invasiva (uso de agulhas ou qualquer objeto perfurante) e é absolutamente
nocivo devido ao tempo de duração.
( ) Na triagem auditiva em recém-nascido de risco, utilizam-se o potencial evocado auditivo transiente de curta
latência e a audiometria de tronco cerebral.
( ) A Lei Federal nº 12.303/2010 tornou obrigatória e gratuita a realização do exame, e acredita-se que todos os
hospitais e as maternidades do Brasil ofereçam o teste.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V-V-V-V
B) V-F-V-V
C) F-V-V-V
D) V-F-F-V
E) V-V-F-F

43. A redução da mortalidade infantil é, ainda, um grande desafio no País para os gestores, profissionais de saúde e
para a sociedade como um todo. Apesar da queda importante na última década, decorrente da redução da
mortalidade pós-neonatal (27 dias a 1 ano de vida), os índices são ainda elevados, existindo uma estagnação da
mortalidade neonatal no país (0 a 27 dias de vida). De acordo com as questões levantadas, assinale V para as
afirmativas Verdadeiras ou F para as Falsas.

( ) As causas perinatais, a pneumonia e a diarreia associadas à desnutrição são as principais causas de morte no
primeiro ano de vida e merecem atenção e destaque.
( ) Agenda de Compromissos para a Saúde Integral da Criança e Redução da Mortalidade Infantil através do
planejamento e desenvolvimento de ações intersetoriais: deve incluir a saúde do escolar (saúde bucal, mental,
triagem auditiva e oftalmológica) e a educação infantil (creches, pré-escola).
( ) O acompanhamento do crescimento e o desenvolvimento fazem parte da avaliação integral à saúde da criança
(< de 1 ano) que envolve o registro, no Cartão da Criança, de avaliação do peso, altura, desenvolvimento,
vacinação e intercorrências, o estado nutricional bem como orientações à mãe/família/ao cuidador sobre os
cuidados com a criança.
( ) As doenças dermatológicas são o primeiro motivo de consulta em ambulatórios e serviços de urgência, o que
demanda capacitação das equipes de saúde para uma atenção qualificada, com continuidade, da assistência até a
resolução completa dos problemas, evitando-se internação hospitalar desnecessária e, finalmente, provocando a
morte por esse motivo.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V-V-V-F
B) V-V-F-V
C) V-V-F-F
D) F-V-F-V
E) V-V-V-V

12
GRUPO 21 – ENFERMAGEM

44. As crianças são frequentemente acometidas por doenças respiratórias e gastrointestinais. Sendo assim, o
profissional de saúde deve conseguir identificar sinais de maior gravidade dessas doenças. Para a criança com tosse
ou dificuldade em respirar, é importante verificar se a frequência respiratória está intensificada (SOCIEDADE...,
2007), se a criança apresenta sibilos (chiado) ou estridor e se apresenta tiragem subcostal (a parede torácica inferior
se retrai quando a criança inspira). Para a criança com diarreia, é importante identificar sinais de gravidade de
desidratação, tais como: letargia, inconsciência, inquietude, irritação, olhos fundos, sinal da prega presente (a prega
cutânea retorna lentamente ao estado natural) ou se a criança não consegue mamar ou beber líquidos (AMARAL,
2004).
Sobre a frequência respiratória normal, por faixa etária, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), coloque
V nos itens Verdadeiros e F nos Falsos.

( ) De 0 a 2 meses até 60mrm


( ) De 2 a 11 meses até 50mrm
( ) De 12 meses a 5 anos até 40mrm
( ) De 6 a 8 anos até 30mrm
( ) Acima de 8 anos até 20mrm

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V-V-F-V-V
B) V-V-F-F-F
C) V-F-V-V-V
D) V-V-V-V-V
E) F-V-V-V-F

45. Conforme recomendação do Ministério da Saúde do Brasil, o Controle do Câncer de Mama inclui ações que
envolvem o rastreamento dessa patologia. Tais ações devem ser realizadas de acordo com a periodicidade
estabelecida nas questões abaixo, EXCETO:

A) Mulheres de 50 a 69 anos, exame clínico anual e mamografia a cada dois anos.


B) Mulheres de 40 a 49 anos, exame clínico anual e, se apresentar resultado alterado, realizar mamografia.
C) Mulheres com 35 anos ou mais, com risco elevado para o câncer de mama, proceder a exame clínico anual e mamografia
também anual.
D) Mulheres de 50 a 69 anos, exame clínico anual e mamografia anual.
E) Mulheres com menos de 35 anos, sem antecedentes familiares.

46. Considerando o funcionamento dos tecidos glandulares e as alterações endócrinas ocorridas na gestação, assinale,
dentre as alternativas abaixo, aquela que NÃO corresponde a uma função da progesterona.

A) Relaxa a musculatura lisa das vias urinárias.


B) Contribui para a tolerância imunológica do útero ao tecido trofoblástico invasor.
C) Promove a hiperventilação pulmonar.
D) Estimula a produção de prolactina, mas inibe a lactogênese durante a gestação.
E) É indispensável para o êxito da implantação e da placentação e, assim, da manutenção da gravidez.

47. Em relação à assistência pré-natal, assinale a alternativa INCORRETA relacionada ao seguimento e à solicitação de
exames nesse período.

A) Há evidências científicas disponíveis para justificar o rastreamento rotineiro do vírus da hepatite C no pré-natal, devendo
ser solicitado o exame para hepatite C em situações especiais de alto risco.
B) No caso de sorologia negativa para hepatite B, é importante realizar o aconselhamento pós-teste, encaminhar a gestante para
a vacinação e, depois, repetir a sorologia no 3º semestre.
C) No caso de gestante com fator Rh negativo, deve-se repetir o exame, o coombs indireto, a cada quatro semanas, a partir da
24ª semana e, quando for positivo, deve-se referir a gestante ao pré-natal de alto risco para fazer imunoglobulina anti-D,
entre outras condutas.
D) Em relação ao VDRL, deve-se repetir o exame no 3º trimestre, no momento do parto e em caso de abortamento.
E) A Cultura de Urina com Antibiograma deve ser realizada para diagnosticar a causa da infecção urinária.

13
GRUPO 21 – ENFERMAGEM

48. Considerando os cuidados com a mulher vítima de violência sexual, estão descritos abaixo os cuidados relacionados
à imunoprofilaxia contra Hepatite B. Sobre isso, assinale a alternativa CORRETA.

A) Em caso de violência sexual intrafamiliar, a realização da imunoprofilaxia contra Hepatite B só será contraindicada, se o
agressor for sabidamente vacinado.
B) Não deve receber imunoprofilaxia contra Hepatite B as mulheres que apresentam exposição repetida ao mesmo agressor;
C) Mulheres imunizadas contra Hepatite B, com esquema vacinal completo, por ocasião de submissão a ato sexual violento,
devem receber dose de imunoglobulina anti- Hepatite B.
D) A imunoglobulina humana anti-hepatite B (IGHAHB) pode ser administrada em até, no máximo, 7 dias após a violência
sexual.
E) A imunoglobulina humana anti-hepatite B (IGHAHB) deve, prioritariamente, ser administrada na região glútea.

49. Sobre os cuidados com a mulher portadora de diabetes gestacional, analise as afirmativas abaixo:

I. Na gestação, a medida dos níveis de glicosúria é útil na monitoração do controle metabólico.


II. Em mulheres insulinodependentes, para indução do parto, deve-se utilizar misoprostol e fazer insulina até o início
do trabalho de parto.
III. Se a mulher apresentar hiperglicemia no pós-parto, deve-se iniciar a insulina com um terço da dose que fazia uso
na gestação.

Está CORRETO o que se afirma em

A) I, II e III.
B) I e III, apenas.
C) III, apenas.
D) II e III, apenas.
E) II, apenas.

50. A ética é o estudo da conduta e do caráter. Sobre ética e legislação, é CORRETO afirmar que

A) o Código de Ética é um conjunto de princípios, que todos os membros de uma profissão aceitam; é uma afirmativa coletiva
sobre as expectativas de um grupo.
B) beneficência refere-se à capacidade de responder pelas próprias ações, o que assegura ao Enfermeiro um bom desempenho
de suas ações profissionais.
C) justiça refere-se à concordância em manter o compromisso; sustenta a relutância em abandonar clientes, mesmo quando
ocorrem desacordos.
D) responsabilidade é a tomada de ação positiva para ajudar os outros. Encoraja a vontade de sempre realizar o bem.
E) o desenvolvimento dos valores inicia-se, prioritariamente, no processo do entendimento ético-profissional.

14
GRUPO 21 – ENFERMAGEM

15
GRUPO 21 – ENFERMAGEM

ATENÇÃO

 Abra este Caderno, quando o Fiscal de Sala autorizar o início da Prova.


 Observe se o Caderno está completo. Ele deverá conter 50 (cinquenta) questões
objetivas de múltipla escolha com 05 (cinco) alternativas cada, versando sobre
os conhecimentos exigidos para a especialidade.
 Se o Caderno estiver incompleto ou com algum defeito gráfico que lhe cause
dúvidas, informe, imediatamente, ao Fiscal.
 Ao receber o Caderno de Prova, preencha, nos espaços apropriados, o seu
Nome completo, o Número do seu Documento de Identidade, a Unidade da
Federação e o Número de Inscrição.
 Para registrar as alternativas escolhidas nas questões da Prova, você receberá
um Cartão-Resposta com seu Número de Inscrição impresso.
 As bolhas do Cartão-Resposta devem ser preenchidas totalmente, com caneta
esferográfica azul ou preta.
 O tempo destinado à Prova está dosado, de modo a permitir fazê-la com
tranquilidade.
 Preenchido o Cartão-Resposta, entregue-o ao Fiscal e deixe a sala em silêncio.

BOA SORTE!

16
SECRETARIA DE SAÚDE DE PERNAMBUCO
PROCESSO SELETIVO À RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM ÁREA PROFISSIONAL

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO

Não deixe de preencher as informações a seguir:

Prédio Sala

Nome

Nº de Identidade Órgão Expedidor UF Nº de Inscrição

GRUPO 23 – ENFERMAGEM
GRUPO 23 - ENFERMAGEM

01. Sobre exame clínico leia as afirmações abaixo:

I. A anamnese do cliente é classicamente estruturada em identificação, queixa principal, história da doença atual,
interrogatório sintomatológico, antecedentes pessoais e familiares, hábitos de vida e condições sócio-econômicas
e culturais.
II. No exame físico geral quando se observa a presença de circulação colateral, esta é indicativa de dificuldade ou
impedimento do fluxo venoso através dos troncos venosos principais. Na circulação colateral, deve ser analisada
a localização, a direção do fluxo sanguíneo e a presença de frêmito ou e/ou sopro.
III. Os focos clássicos de ausculta cardíaca são: mitral, pulmonar, aórtico e tricúspide. O foco mitral se situa no
20espaço intercostal esquerdo junto ao esterno e o foco tricúspide se situa no 40 ou 50 espaço intercostal esquerdo
da linha hemiclavicular, correspondendo ao ictus cordisou ponta do coração.
IV. A palpação abdominal tem por objetivo avaliar o estado da parede abdominal, reconhecer as condições
anatômicas das vísceras abdominais e detectar alterações de sua consistência e explorar a sensibilidade
abdominal.

Estão CORRETAS

A) I, II e III, apenas. B) II e III, apenas. C) II, III e IV, apenas. D) I, II e IV, apenas. E) I, II, III e IV.

02. Sobre Sinais Vitais (SSVV), é CORRETO o que se afirma na alternativa

A) A febre intermitente se caracteriza por hipertermia diária com variações de mais de 10C e sem períodos de apirexia.
B) No pulso parvustardus, percebe-se, de modo sucessivo, uma onda ampla seguida de outra mais fraca. A compressão da
artéria deve ser calculada para a percepção da onda mais débil.
C) A resistência periférica é representada pela vasoncontratilidade da rede arteriolar, sendo o fator mais importante na
manutenção e regulação da pressão diastólica. A resistência periférica depende, em parte, da ação do sistema nervoso
simpático por meio dos receptores alfa e beta.
D) O tipo respiratório trepopneia é caracterizado pela dificuldade de respirar na posição deitada.
E) O ritmo respiratório do tipo Biot se caracteriza por incursões respiratórias cíclicas que vão ficando, cada vez mais,
profundas, até atingirem uma amplitude máxima e, a partir daí, podem ir diminuindo até chegar à apneia.

03. Sobre equipamentos de terapia com oxigênio, analise as afirmativas abaixo e coloque V nasVerdadeirase F nas
Falsas.

( ) A cânula nasal é o dispositivo de oxigênio mais utilizado para ofertar oxigênio, porém a concentração de O2 pode
variar, dependendo do padrão respiratório do cliente. (Para minimizar o ressecamento da mucosa nasal, pode-se
limitar o fluxo máximo de O2 a 6 L/min).
( ) A incubadora é um dispositivo que apresenta uma precisa liberação de O2, independente da abertura da unidade.
( ) A tenda de oxigênio é usada, principalmente, como tenda úmida, a fim de liberar alta umidade para crianças com
epiglotite,sendo seu sistema de liberação de O2 bastante eficaz.
( ) A máscara de Venturi fornece a concentração de O2 exata e constante, porém o ajuste da máscara deve ser feito de
acordo com as especificações para garantir a liberação exata do O2.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V, V, V, F; B) F, F, V, V, C) V, F, F, F; D) V, V, V, V; E) V, F, F, V

04. Sobre equilíbrio de líquidos, eletrólitos e ácido-básico, leia as afirmativas abaixo:

I. Normalmente, os líquidos e eletrólitos perdidos do organismo são repostos pela ingesta adequada, sendo esse
processo regulado pela função renal e pelos controles hormonais.
II. Vários fatores podem aumentar o risco de distúrbios dos líquidos, eletrólitos ou ácidos-básicos, dentre eles
ingesta oral inadequada, perda excessiva de líquidos ou eletrólitos, estresse, doença crônica ou cirurgia.
III. A filtração glomerular e a reabsorção tubular permitem que os rins conservem ou excretem a água e os
eletrólitos, conforme necessário, para manter ahomeostasia. O débito urinário normal durante 24 horas é de
aproximadamente 1500mL, quando a ingesta está normal.
IV. Um dos diagnósticos de Enfermagem relacionados com os distúrbios hídricos é o Excesso de Volume de Líquido
Extracelular, tendo como características definidoras sinais e sintomas do excesso de volume do líquido
extracelular.

Estão CORRETAS

A) I e III, apenas. B) I, II, III e IV. C) III e IV, apenas. D) II e IV, apenas. E) I, II e IV, apenas.
2
GRUPO 23 - ENFERMAGEM

05. Quanto à via endovenosa, analise as afirmativas abaixo:

I. A biodisponibilidade instantânea transforma a via endovenosa em primeira escolha em caso de emergência,


porém pequena quantidade da dose da substância pode ser fornecida em fluxo contínuo.
II. Medicamentos com altas concentrações indica-se diluição de solução salina (solução fisiológica 0,9%) ou
glicosada (solução glicosada 5%).
III. No dorso da mão encontramos veias superficiais de fácil visualização, porém é importante ter atenção à punção
de longa duração em virtude de limitar os movimentos.

Está CORRETO o que se afirma em

A) I e II, apenas. B) II, apenas. C) II e III, apenas. D) I, II e III. E) III, apenas.

06. Paciente M.P.S deu entrada em uma emergência geral, com quadro de infecção. Foi prescrito antibiótico Rocefin
650 mg EV de 6/6 h. Estava disponível frasco ampola de Rocefin 1.0 g, diluir em 10 ml de água destilada. Qual
quantidade deve ser administrada para atender a prescrição?

A) 1mg B) 6 ml C) 6,5 ml D) 6,5 mg E) 6,0 mg

07. Em uma unidade de saúde, foi diagnosticado pela enfermeira do controle de infecção hospitalar, um surto de
escabiose na enfermaria feminina da clínica médica. Curiosamente, não foi detectado nenhum caso na enfermaria
masculina da mesma clínica. Ao fazer a busca ativa e a investigação epidemiológica do caso, foi observado que

I. A escala da enfermaria masculina e feminina era composta por funcionários diferentes;


II. Os equipamentos médico-hospitalares (termômetro, tensiômetro, estetoscópio...) sempre eram submetidos à
desinfecção ao serem utilizados.
III. O procedimento de lavagem das mãos não pode ser realizado para todos os profissionais, incluindo os estagiários
dos diversos cursos da área da saúde.
IV. As luvas de procedimentos eram utilizadas com segurança e dentro da técnica correta.
V. Os lençóis eram trocados diariamente e encaminhados para a lavanderia onde eram expostos à lavagem criteriosa,
conforme as normas de lavagem de roupas de uso hospitalar.
VI. A limpeza seguia o preconizado pela CCIH e estabelecido pelas normas e rotinas da unidade.

Diante dos dados apresentados e da avaliação feita,o enfermeiro optou por orientar, sensibilizar e treinar todos os
profissionais quanto à técnica simples de lavagem das mãos. Quanto a esse procedimento, é CORRETO afirmarque

A) as mãos dos profissionais de saúde apresentam uma grande concentração de bactérias por cm², aproximadamente 104 a 106
UFC/cm².
B) a microbiota transitória deve ser eliminada através da degermação cirúrgica das mãos.
C) adegermação cirúrgica consiste na lavagem das mãos com água e sabão e a ajuda de uma escova de cerdas finas para
auxiliar a fricção.
D) a microbiota residente está aderida às camadas mais superficiais da pele e pode ser retirada mediante lavagem com água e
sabão e fricção mecânica.
E) a microbiota infecciosa é aquela composta por microorganismos de patogenicidade comprovada que causam infecção
específica e que só conseguem ser removidos com a lavagem simples das mãos, usando água e sabão.

08. M.A.S, 42 anos, paciente da clínica médica, com diagnóstico de infecção respiratória, apresentou dor difusa e
abdome distendido, ao ser avaliada pelo enfermeiro (a), foi detectada a presença de flatulência e constipação há sete
dias, sendo prescrito lavagem intestinal eou enema.
De acordo com o caso descrito, assinale a alternativa CORRETA.

A) Nesse caso, para o alívio da sintomatologia apresentada pelo paciente deverá ser realizado enema de retenção.
B) O paciente deverá ser colocado na posição de SIM’S ou decúbito lateral, e a lavagem intestinal deve ser realizada com o
objetivo de diminuir ou eliminar a flatulência e aliviar a constipação intestinal.
C) O enema deve ser administrado em cada horário, com um volume superior a 3000 ml.
D) Ao fazer o registro da lavagem intestinal realizada, o enfermeiro deve relatar o procedimento e as intercorrências, entretanto
o aspecto das eliminações não necessita de registro.
E) O paciente deve ser posicionado na posição genupeitoral, para a realização da lavagem intestinal que deverá ser realizada
até retorno limpo, com aproximadamente 1500 me de solução fisiológica.

3
GRUPO 23 - ENFERMAGEM

09. A sondagem nasogástrica é um procedimento de enfermagem, que se refere à introdução de uma sonda através da
nasofaringe, para dentro do estômago. Quanto aos objetivos desse procedimento,analiseos itens abaixo:

I. Remove as secreções e as substâncias gasosas do Trato Gastrintestinal (TGI).


II. Prevenir ou aliviar a distensão abdominal.
III. Irrigar o estômago em casos de sangramento vivo com até 2.200 ml em cada lavagem.
IV. Realizar gavagem.

Estão CORRETOS

A) I, II e III,apenas. B) I, II, III e IV. C) I, II e IV,apenas. D) III e IV,apenas. E) I e IV,apenas.

10. A. R, sexo masculino, 53 anos, atendido no SPA, apresentando hematêmese em pequena quantidade e melena há 02
dias. Encontra-se descorado, algo desorientado, tendo apresentado 01 episódio de vômito com sangue nas últimas 24
horas. Leia atentamente o caso descrito e assinale a afirmativa CORRETA.

A) O enfermeiro deve, junto com o médico, avaliar o paciente para verificar a necessidade de instalar uma sonda nasoentérica
para alimentação.
B) No planejamento da assistência desse paciente, o enfermeiro deve indicar sonda nasosgástrica fechada.
C) O enfermeiro deve avaliar o paciente junto com a equipe médica, identificando a necessidade de realizar sondagem
nasogástrica e manter a sonda aberta.
D) O enfermeiro deve colocar o paciente em posição de trendelembugo para iniciar o procedimento de instalação da sonda
gástrica.
E) O enfermeiro deve iniciar o procedimento de lavagem gástrica, introduzindo, através da sonda, 500 mL de soro fisiológico
gelado, utilizando a gravidade e, posteriormente, mantendo a sonda fechada conectada a um coletor aberto.

11. Em uma unidade de internação clínica de um hospital de médio porte, uma senhora de 72 anos com diagnóstico de
tumor de estômago, apesar do estado geral mantido, encontra-se emagrecida e com limitação dos movimentos, o que
a deixa a maior parte do tempo acamada. Ao realizar o exame físico, o enfermeiro verificou a presença de uma lesão
em região sacra compatível com uma úlcera de pressão em Estágio I. Para esse tipo de lesão, considerando as
coberturas e curativos disponíveis para o tratamento da ferida, qual prescrição de enfermagem poderia ser aplicada
nessa paciente?

A) Colagenase
B) Ácidos graxos essenciais D) Carvão ativado
C) Clorexidina alcoólica 0,5% E) Sulfadiazina de prata

12. J.R internado há 45 dias para tratamento de uma deiscência de parede, pós-cirurgia de grande porte abdominal,
vem desenvolvendo um processo de cicatrização de feridas por segunda intenção. O enfermeiro avaliou a presença
de tecido de granulação no leito da ferida. Como se denomina a fase do processo cicatricial em que há o
desenvolvimento do tecido de granulação?

A) Intersticial B) Reparadora C) Cíclica D) Proliferativa E) Inflamatória

13. Quanto ao cateterismo vesical de demora,analise as afirmativas abaixo:

I. Cateterismo vesical é um procedimento associado à necessidadede acompanhamento do equilíbrio


hidreletrolítico, objetivando a retirada de urina da bexiga através da introdução de um cateter, que é inserido no
meato uretral até a cavidade vesical.
II. O cateterismo não é um procedimento, mesmo na vigência de uma retenção urinária grave, sendo necessário ser
executado com planejamento, seguindo a técnica rigorosamente.
III. O cateter mais utilizado é o de Foley, feito em Nelaton, que proporciona maior flexibilidade, permitindo
introdução fácil no meato uretral sem ocorrência de dobras, possuindo ele diferentes calibres, que são medidos
em French.
IV. Os calibres do cateter masculino mais utilizado são os de numeração14 e 16, e para as mulheres 16 e 18, esse
cateter possui baloneteinsulflável.

Está(ão) CORRETA(S) apenas

A) I. B) II e IV. C) II e IV. D) I, II e III. E) I e IV.

4
GRUPO 23 - ENFERMAGEM

14. A Insuficiência respiratória Aguda (IRA) é definida pela deterioração súbita e potencialmente fatal na troca de
gases. Sobre a IRA, analise os itens abaixo:

I. As manifestações clínicas estão associadas a doenças adjacentes e aos fatores precipitantes, do grau de
hipoxemia, de hipercapnia ou de acidose.
II. São sinais e sintomas da IRA dispneia, cianose, hiperemia conjuntival e periférica, alteração do nível de
consciência.
III. O tratamento da IRA consiste no monitoramento dos sinais vitais e saturação do O2, correção do desequilíbrio
ácido básico, restauração do desequilíbrio hidroeletrolítico e suporte nutricional.

Está(ão) CORRETO(S)

A) I e II, apenas. B) I e III, apenas. C) II e III, apenas. D) I, II e III. E) II, apenas.

15. Sobre Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS), analise as afirmativas abaixo:

I, A HAS é um dos principais fatores de risco para as doenças cardiovasculares e acarreta alterações metabólicas
em diversos órgãos;
II. A hipertensão é doença multifatorial, e os seus determinantes fisiológicos são débito cardíaco e a resistência
periférica;
III. A HAS pode ser classificada como: primária, secundária ou terciaria, quando ocorre devido à alteração em
órgãos que influenciam a manutenção dos valores pressóricos.

Está CORRETA o que se afirma em

A) I e II, apenas. B) II e III, apenas. C) III, apenas. D) I, II e III. E) I, apenas.

16. Sobre o protocolo clínico e diretrizes terapêuticas da asma, analise as afirmativas abaixo:

I. A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas inferiores caracterizada pela hiper-responsividade das
destas e pela limitação variável ao fluxo aéreo, sendo geralmente reversível.
II. O diagnóstico de asma se dá mediante a identificação de critérios clínicos e funcionais, obtidos pela anamnese,
exame físico e exames de função pulmonar (espirometria). Em crianças até os cinco anos, o diagnóstico é
eminentemente clínico, devido à dificuldade de realização de provas funcionais. Outros diagnósticos devem ser
adequadamente excluídos.
III. A educação do paciente é parte fundamental da terapêutica da asma e deve integrar todas as fases do
atendimento ambulatorial e hospitalar. Devem-se levar em conta aspectos culturais e abranger aspectos de
conhecimento da doença.

Está CORRETO o que se afirma em

A) II, apenas. B) I e II, apenas. C) II e III, apenas. D) II, apenas. E) I, II e III.

17. F.G, 23 anos, atendido na UPA (Unidade de Pronto Atendimento), no momento da anamnese e do exame físico,
referiu visão turva, fraqueza e cefaléia que evoluiu com anorexia, náusea, 3 episódios de vômito nas últimas 3 horas,
hálito cetônico, constatado pelo avaliador e dor abdominal.
Quais procedimentos de enfermagem devem ser adotados para esse paciente?

A) O enfermeiro identifica os sinais de cetoacidose metabólica e de imediato transfere o paciente para unidade hospitalar de
alta complexidade.
B) Associado aos sintomas descritos, o paciente pode apresentar polidipsia causada pelo excesso de potássio circulante,
portanto a avaliação da pressão arterial deve ser realizada a cada 8 horas.
C) O aumento da frequência respiratória pode levar À respiração de Kussmaul, como tentativa do próprio organismo em
diminuir a acidose, portanto o controle a monitorização dos sinais vitais deve ser realizado com rigor.
D) O balanço hídrico do paciente em cetose deve ser realizado a cada 12 horas, considerando que o paciente em cetose diminui
a degradação de gordura e aumenta a produção de glucagon, causando poliúria, desidratação e polidipsia.
E) O tratamento insulínico para compensar a cetoacidose é feito com altas doses de insulina administrada rapidamente por via
endovenosa.

5
GRUPO 23 - ENFERMAGEM

18. O programa de atenção ao Diabetes Mellitus estabelece cuidados que podem evitar as complicações referentes à
neuropatia periférica. Em se tratando das amputações das extremidades dos membros inferiores, estas podem ser
prevenidas por meio de ações educativas, eo enfermeiro deve orientar o cliente sobre os seguintes cuidados:

I. Usar sapatos que sejam confortáveis e se ajustem aos pés; utilizar meias de algodão; verificar a presença de
fissuras ou qualquer outro tipo de lesão de pele entre os dedos.
II. Inspecionar os pés diariamente; usar espelho para ver a parte inferior dos dedos e testar a água do banho com o
pé.
III. Lavar os pés diariamente com água morna e sabão neutro; secar cuidadosamente os espaços entre os dedos; não
utilizar medidas caseiras para tratar joanetes e calos.
IV. Sempre evitar calçados mal ajustados; não andar descalço; pedir ajuda de familiar ou amigos para inspecionar os
pés, caso não consiga fazê-lo sozinho.

Estão CORRETOS, apenas, os itens

A) I e II. B) I e III. C) I, II e III. D) I, III e IV. E) II e IV.

19. Sobre os distúrbios neurológicos, leia as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeirase F nas Falsas.

( ) A Escala de Coma de Glasgow (ECG) é um parâmetro de avaliação rápida do nível de consciência, que permite ser
localizada a disfunção neurológica. Após a avaliação com a ECG, o paciente apresenta um escore de 5 o que
indica uma melhor resposta neurológica.
( ) Traumatismo craniano, edema cerebral, abscesso, infecções e lesões cerebrais, cirurgia intracraniana e radioterapia
podem ser etiologias potenciais de aumento da pressão arterial.
( ) A insuficiência vascular cerebral é causada por placa aterosclerótica ou trombose, aumento da PCO2, diminuição
da PO2, diminuição da viscosidade sanguínea bem como do aumento da pressão intracraniana.
( ) Risco de Lesão relacionado com déficits neurológicos, Mobilidade Física Comprometida relacionada com déficits
motores e Distúrbios dos Processos de Pensamento relacionados com a lesão cerebral são possíveis Diagnósticos
de Enfermagem apresentados pelo paciente portador de acidente vascular encefálico.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V, F, F, V
B) F, F, F, V
C) V, V, F, F
D) V, F, V, F
E) F, V, V, V

20. Sobre Hipertensão Arterial Sistêmica, leia as afirmativas abaixo:

( ) A posição recomendada para a medida da pressão arterial (PA) é sentada. Mas a medida da PA na posição
ortostática deve ser feita, pelo menos, na primeira avaliação, especialmente em idosos, diabéticos, pacientes com
disautonomias, alcoólicos e pacientes em uso de medicação anti-hipertensiva.
( ) Na medida da pressão arterial nos idosos, percebe-se uma maior frequência do hiato, achado que pode subestimar a
verdadeira pressão sistólica ou superestimar a pressão diastólica.
( ) Sexo, idade, duração conhecida de hipertensão arterial e níveis de pressão arterial, sinais e sintomas sugestivos de
insuficiência cardíaca, doença vascular encefálica, doença renal. Ainda, consumo de medicamentos ou drogas que
podem elevar a pressão arterial ou interferir em seu tratamento, como os anorexígenos, antidepressivos e
hormônios, são dados relevantes da história clínica dirigida ao paciente hipertenso.
( ) Os agentes anti-hipertensivos exercem sua ação terapêutica por meio de distintos mecanismos que interferem na
fisiopatologia da hipertensão arterial. Esses agentes podem ser classificados em diuréticos, inibidores
adrenérgicos, vasodilatadores diretos, antagonistas do sistema renina-angiotensina e bloqueadores dos canais de
cálcio.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V, F, F, V
B) F, F, F, V
C) V, V, V, V
D) V, F, V, V
E) F, F, V, V

6
GRUPO 23 - ENFERMAGEM

21. Sobre câncer de mama, leia as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) A prevenção primária do câncer de mama está relacionada ao controle dos fatores de risco reconhecidos. Os
fatores hereditários e os associados ao ciclo reprodutivo da mulher não são, em princípio, passíveis de mudança,
porém fatores relacionados ao estilo de vida, como obesidade pós-menopausa, sedentarismo, consumo excessivo
de álcool e terapia de reposição hormonal, são modificáveis. Estima-se que por meio da alimentação, nutrição e
atividade física é possível reduzir em até 28% o risco de a mulher desenvolver câncer de mama.
( ) A estratégia de diagnóstico precoce contribui para a redução do estágio de apresentação do câncer, sendo
conhecida, algumas vezes, como “down-staging”. Nessa estratégia, destaca-se a importância da educação da
mulher e dos profissionais de saúde para o reconhecimento dos sinais e sintomas do câncer de mama bem como do
acesso rápido e facilitado aos serviços de saúde.
( ) O rastreamento pode ser oportunístico ou organizado. No primeiro, o exame de rastreio é ofertado às mulheres que
oportunamente chegam às unidades de saúde, enquanto o modelo organizado é dirigido às mulheres elegíveis de
uma dada população que são formalmente convidadas para os exames periódicos.
( ) A recomendação para as mulheres de 50 a 69 anos é a realização da mamografia a cada seis meses e do exame
clínico das mamas a cada dois anos. A mamografia nessa faixa etária e a periodicidade semestral é a rotina adotada
na maioria dos países que implantaram o rastreamento organizado do câncer de mama e baseia-se na evidência
científica do benefício dessa estratégia na redução da mortalidade nesse grupo. Segundo revisões sistemáticas
recentes, o impacto do rastreamento mamográfico na redução da mortalidade por câncer de mama pode chegar a
25%.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) F, F, F, V
B) V, V, V, F D) F, V, V, F
C) F, V, F, V E) V, V, V, V

22. Projeto Terapêutico Singular - bastante desenvolvido em espaços de atenção à saúde mental como forma de
propiciar uma atuação integrada da equipe, valorizando outros aspectos, além do diagnóstico psiquiátrico e da
medicação no tratamento dos usuários. Quanto ao Projeto Terapêutico Singular, analise as afirmativas abaixo e
coloque V nas Verdadeirase F nas Falsas.

( ) O diagnóstico: deverá conter uma avaliação orgânica, psicológica e social, que possibilite uma conclusão a respeito
dos riscos e da vulnerabilidade do usuário. Deve tentar captar como o Sujeito Singular se produz diante de forças,
como as doenças, os desejos e os interesses assim como também o trabalho, a cultura, a família e a rede social.
( ) Encaminhamento: após o diagnóstico, a equipe deverá encaminhar o Sujeito para alta complexidade, antes de ser
inserido no Projeto Terapêutico Singular.
( ) Definição de metas: uma vez que a equipe fez os diagnósticos, ela apresenta propostas de curto, médio e longo
prazo, que serão negociadas com o Sujeito doente pelo membro da equipe que tiver um vínculo melhor.
( ) Divisão de responsabilidades: é importante definir as tarefas de cada um com clareza.
( ) Reavaliação: momento em que se discutirá a evolução e se farão as devidas correções de rumo.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V, V, F, V, V
B) V, F, V, V, V
C) V, F, F, V, V
D) F, V, V, F, F
E) F, V, V, V, V

23. Segundo a Teoria de Enfermagem desenvolvida por Hildegard E. Peplau em 1952, considerada como marco teórico
de referência para a prática da enfermagem psiquiátrica,o papel terapêutico do enfermeiro deve estar focado

A) no relacionamento interpessoal entre enfermeiro e paciente como um processo de aprendizagem.


B) nas necessidades básicas humanas do paciente ou sujeito.
C) na adaptação a mudanças no ambiente interno e externo.
D) na diversidade e universalidade cultural, no atendimento de enfermagem.
E) no autocuidado do paciente.

7
GRUPO 23 - ENFERMAGEM

24. No atendimento à saúde do adolescente, alguns pontos devem ser considerados durante a abordagem clínica. Sobre
o exame físico, analise as afirmativas abaixo:

I. Avaliar o aspecto geral (aparência física, humor, pele hidratada, eupneico, normocorado, etc.).
II. Para a avaliação de peso, altura, IMC/idade e altura/idadeusar curvas e critérios recomendados pela Organização
Mundial de Saúde.
III. A verificação da pressão arterial deve ser mensurada, pelo menos, uma vez/ano, usando as curvas de pressão
arterial para a idade.
IV. Para a Avaliação do EstagiamentoPuberaldevem-se usar critérios de Tanner (masculino e feminino).

Está CORRETO o que se afirma em

A) I, II e III, apenas.
B) I, II, III e IV.
C) II e IV, apenas.
D) II, III e IV, apenas.
E) III e IV, apenas.

25. Sobre a prevenção de infecção cirúrgica em relação às medidas de controle pré-operatória, analise as afirmativas e
coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) Os objetivos do preparo pré-operatório ou antissepsia cirúrgica das mãos são: eliminar a microbiota transitória e
reduzir a microbiota residente da pele das mãos e dos antebraços dos profissionais que participam das cirurgias e
proporcionar efeito residual na pele.
( ) O objetivo da tricotomia pré-operatória é remover os pelos do sítio cirúrgico e manter boa integridade da pele;
( ) Quanto mais curta a internação antes da cirurgia, maior será a incidência de infecção.
( ) Os fatores relacionados aos pacientes, como idade, estado nutricional, diabetes, tabagismo, obesidade, infecções
pré-existentes, colonização com micro-organismos, alterações na resposta imune e tempo de hospitalização,
influenciam no risco de Infecção do Sítio Cirúrgico.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V, F, V, V
B) F, V, V, F
C) V, V, F, V
D) V, V, V, V
E) F, V, V, V

26. Sobre as Infecções em Sítios Cirúrgicos (ISC), assinale a alternativa CORRETA.


A) As infecções em sítio cirúrgico (ISC) podem se desenvolver nas camadas superficiais ou profundas do tecido ou no órgão
ou espaço que foi manipulado cirurgicamente.
B) Conceitua-se ISC incisional superficial a que ocorre nos primeiros 10 dias após o procedimento e envolve somente pele.
C) A ISC incisional profunda envolve tecidos moles profundos à incisão, ou seja, que ultrapassam o tecido subcutâneo,
podendo manifestar-se nas primeiras 24 a 48 horas da cirurgia.
D) A maioria dos patógenos que causam agravos infecciosos no sítio cirúrgico decorre da microbiota exógena do paciente.
E) A rigorosa preparação da pele do paciente no pré-operatório imediato visa à eliminação completa da carga microbiana.

27. O Centro de Material e Esterilização – CME é a unidade funcional destinada ao processamento de produtos para
saúde dos serviços de saúde. Em relação ao processo de materiais e equipamentos, analise as afirmativas abaixo:

I. Na área de Recepção, são realizadas a conferência e o registro do material.


II. A Limpeza pode ser manualou automatizada, utilizando-se água, detergentes, produtos e acessórios de limpeza.
III. No Preparo, é feita a avaliação da integridade e funcionalidade, embalagem, selagem e rotulagem dos materiais.
IV. A sala de desinfecção química (quando aplicável) e a área de monitoramento do processo de esterilização são
consideradas setor sujo.

Estão CORRETAS apenas

A) I, II e III.
B) I, II e IV.
C) I e IV.
D) II e IV.
E) I, III e IV.
8
GRUPO 23 - ENFERMAGEM

28. Sobre a assistência de enfermagem ao paciente em cuidados intensivos no período PÓS-OPERATÓRIO


IMEDIATO de cirurgia bariátrica, em que a assistência de enfermagem está voltada aos cuidados das possíveis
complicações causadas pela imobilização no pós-operatório, assinale a alternativa CORRETA.
A) A complicação mais comum em um pós-operatório imediato de cirurgia bariátrica é a insuficiência respiratória.
B) A Trombose Venosa Profunda (TVP), o Trombo Embolismo Pulmonar (TEP), a insuficiência respiratória e a integridade
cutânea prejudicada são complicações causadas devido à imobilização do paciente.
C) A rabdomiólise é a complicação mais frequente no pós-operatório desse tipo de cirurgia.
D) São complicações da cirurgia bariátrica: apneia do sono, asma e congestão cardíaca.
E) O paciente com obesidade mórbida geralmente não apresenta doença pulmonar restritiva, portanto as complicações
pulmonares são raras.

29. A cirurgia cardíaca é considerada uma cirurgia de grande porte e de alta complexidade. Sobre os cuidados de
enfermagem realizados no período pós-operatório imediato e mediato, analise as afirmativas abaixo:

I. O pós-operatório de cirurgias cardíacas é um período durante o qual se observa e se assiste à recuperação do


paciente em pós-anestésico e em pós-estresse cirúrgico.
II. O pós-operatório de cirurgia cardíaca exige da equipe de saúde observação contínua, tomada de decisão rápida e
cuidado de alta complexidade.
III. A assistência direta ao paciente visa minimizar possíveis complicações, tais como alterações nos níveis
pressóricos, arritmias e isquemias, além de manter o equilíbrio dos sistemas orgânicos, o alívio da dor e do
desconforto.
IV. O enfermeiro deve organizar e planejar o cuidado a partir da aplicação das etapas metodológicas do processo de
enfermagem, de modo a intervir de acordo com as necessidades do paciente de forma individualizada.

Está CORRETO o que se afirma em

A) I, II e III, apenas.
B) I, II, III e IV.
C) I e III, apenas.
D) III, apenas.
E) IV, apenas.

30. A Síndrome nefrótica com lesão mínima (SNLM) e a Glomerulonefrite pós-estreptocócica aguda (GNPEA) são
glomerulopatias comuns na vida infantil e que, geralmente, levam ao internamento. É importante que o Enfermeiro
conheça a fisiopatologia de ambas para planejar Sistematização da Assistência de Enfermagem às crianças
acometidas. Sobre essas afecções urinárias, leia as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeirase F nasFalsas.

( ) Ambas são consideradas distúrbios renais primários com bom prognóstico, acometendo, principalmente, a criança do
sexo masculino.
( ) A Glomerulonefrite pós-estreptocócica aguda (GNPEA) é uma patologia que resulta da lesão vascular renal,
ocorrendo entre 15 e 21 dias após infecção por estreptococo beta-hemolítico do grupo A. As manifestações clínicas
clássicas são hematúria, edema e hipertensão.
( ) A Síndrome nefrótica com lesão mínima (SNLM) caracteriza-se por proteinúria maciça (>50mg/kg/24h),
hipoproteinemia e edema, sendo este, relacionado ao aumento do volume de líquido intravascular devido à redução da
pressão oncótica sanguínea.
( ) Nos cuidados de enfermagem, estão incluídos: a monitorização e o registro da retenção ou excreção de líquidos e dos
sinais vitais, orientação para repouso no leito,além da observação da textura da pele, relacionada ao risco e à
integridade da pele devido ao edema.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V, V, F, F
B) F, F, V, V
C) V, F, V, F
D) V, F, F, V
E) V, V, F, V.

9
GRUPO 23 - ENFERMAGEM

31. As lesões de pele ou disfunções tegumentares são comuns em crianças. A sua etiologia apresenta relação direta com
a idade, podendo se originar por contato com agentes lesivos eou infecciosos, doenças sistêmicas, hereditárias ou
fatores alérgenos. Quanto aos problemas cutâneos em crianças, assinale a alternativa CORRETA.
A) O impetigo bolhoso, causado pelo Staphylococcus aureus é contagioso e requer cuidados de enfermagem relacionados à
higiene e lavagem das mãos antes e após contato com a criança, administração tópica ou sistêmica dos antibióticos
prescritos, rompimento das bolhas e limpeza das com solução antisséptica.
B) A dermatite de fraldas, comum em lactentes, é resultante do contato prolongado com vários fatores irritantes à pele da
criança, como: urina, fezes, pomadas, atrito. A assistência de enfermagem requer ações direcionadas ao controle do pH da
pele, aumento da umidade cutânea e diminuição do contato com urina e fezes.
C) A celulite, inflamação da pele e tecidos subcutâneos, quando ocorre na face, geralmente leva ao internamento. Pode ter
como agente etiológico o Streptococcuspneumoniae, o Staphylococcus aureus ou o Haemoplhilusinfluenzae do tipo B
(Hib). Nos cuidados de enfermagem, estão incluídas a administração da antibioticoterapia sistêmica prescrita e a aplicação
de compressas quentes e úmidas na região afetada.
D) Em quadros agudos, a dermatite de fraldas está associada à Candidaalbicans. No exame da criança, observa-se a presença
de inflamação na região perianal e inguinal com erupção macropapular; pode apresentar lesões satélites. Nessas situações, o
uso de talco para aliviar os sintomas deve ser orientado pelo enfermeiro.
E) A pitiríase versicolor, comum nos adolescentes, é causada pelo fungo Malasseziafurfur que provoca máculas escamosas,
ovais e hiperpigmentadas em região torácica, dorso e membros superiores. Os cuidados de enfermagem nesses quadros são
direcionados à higiene dos adolescentes, hidratação da área acometida e encaminhamento à consulta médica.

32. De acordo com o calendário de vacinação do adolescente, definido pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) do
Ministério as Saúde (MS) do Brasil, leia as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) Nas situações em que o adolescente procurar a unidade de saúde e apresentar registro incompleto das doses de uma
vacina, no cartão de vacinas, o profissional de enfermagem deverá desconsiderar as doses anteriores e reiniciar o
esquema.
( ) O esquema preconizado para imunização contra o tétano e a difteria, neste grupo etário, inclui três doses da vacina
dT. A primeira dose deve ser aplicada no dia da visita à unidade de saúde; a segunda dose, administrada dois
meses após a primeira, e a terceira, realizada quatro meses após a primeira dose.
( ) Durante uma visita do adolescente a uma unidade de saúde para consulta, observa-se que existe registro, no cartão
de vacinas, de duas doses da vacina contra sarampo, caxumba e rubéola realizadas na infância. A conduta do
profissional, nesse caso, deve ser a administração da vacina SRC, em dose única, conforme preconiza o PNI.
( ) A vacina quadrivalente contra o papilomavírus humano, implantada em 2014 pelo Ministério da Saúde, pode ser
administrada em meninas, a partir dos nove anos de idade, por via intramuscular. O esquema estendido é composto
por três doses: a primeira dose no mês zero; a segunda dose no mês seis ou seis meses após a primeira, e a terceira
dose no mês sessenta ou cinco anos após a primeira.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA,

A) F, V, F, V
B) F, F, F, V
C) V, F, F, F
D) V, F, V, F
E) V, F, F, V

33. Analise as afirmativas abaixo relacionadas às síndromes hipertensivas da gestação:

I. Pressão arterial igual ou maior que 140/90mmHg baseada na média de pelo menos duas medidas.
II. Plaquetopenia,menor de 100.000/mm3, com maior gravidade quando menor que 50.000/mm3.
III. A eclâmpsia caracteriza-se pela presença de convulsões tônico-clônicas generalizadas ou coma em mulher com
qualquer quadro hipertensivo.Não são causadas por epilepsia ou qualquer outra doença convulsiva,ocorrendo
exclusivamente na gravidez.
IV. Hipertensão que ocorre após 20 semanas de gestação (ou antes, em casos de doença trofoblástica gestacional ou
hidropsia fetal) acompanhada de proteinúria, com desaparecimento até 12 semanas pós-parto.

Estão CORRETAS apenas

A) II, III e IV.


B)II e III.
C) I e III.
D) I, II e IV.
E) I, II e III.

10
GRUPO 23 - ENFERMAGEM

34. O câncer do colo do útero é caracterizado pela replicação desordenada do epitélio de revestimento do órgão,
comprometendo o tecido subjacente (estroma) e podendo invadir estruturas e órgãos contíguos ou a distância.
Diante dessa afirmação, assinale a alternativa CORRETA.

A) É na zona de transformação que se localizam mais de 60% das lesões precursoras ou malignas do colo do útero.
B) Com aproximadamente 530 mil casos novos por ano no mundo, o câncer do colo do útero é o segundo tipo de câncer mais
comum entre as mulheres, sendo responsável pelo óbito de 274 mil mulheres por ano.
C) No estágio invasor da doença, os principais sintomas são sangramento vaginal (espontâneo após o coito ou esforço),
leucorreia e dor pélvica, que podem estar associados com queixas urinárias ou intestinais nos casos mais avançados.
D) Vários tipos de HPVjá foram identificados. Entre os HPV de alto risco oncogênico, os tipos 16 e 18 estão presentes em 20
% dos casos de câncer do colo do útero.
E) Estudos indicam que o rastreamento do câncer de colo na população-alvo ser iniciado somente aos 40 anos de idade.

35. O objetivo do acompanhamento pré-natal é assegurar o desenvolvimento da gestação, permitindo o parto de um


recém-nascido saudável. O enfermeiro desempenha papel primordial nesse acompanhamento. Em relação
essaafirmação, analise as afirmativas abaixo:

I. Realizar o cadastramento da gestante no SisPreNatal e fornecer o Cartão da Gestante devidamente preenchido na


primeira consulta e atualizar na última consulta.
II. Realizar a consulta de pré-natal de gestação de baixo risco intercalada com a presença do(a) médico(a).
III. Solicitar exames complementares, de acordo com o protocolo local de pré-natal e realizar testes rápidos.
IV. Prescrever medicamentos padronizados para o programa de pré-natal (sulfato ferroso e ácido fólico, além de
medicamentos padronizados para tratamento das DST, conforme protocolo da abordagem sindrômica).

Estão CORRETAS apenas

A) II, III e IV.


B) I, II e IV.
C) I e III.
D) II e IV.
E) I, II e III.

36. Transmissão Vertical (TV) do HIV está associada a vários fatores e envolve diversos aspectos. Sobre estes, analise as
alternativas abaixo e assinale a CORRETA.
A)A presença de DST, incluindo as vaginites, não interfere no risco de transmissão vertical do HIV.
B) A sífilis não acarreta dano placentário, portanto não interfere no aumento de risco de transmissão intraútero do HIV.
C) O uso de drogas ilícitas acarreta dano vascular placentário, aumentando a permeabilidade da placenta e, consequentemente,
o risco de passagem do HIV e de transmissão intraútero.
D) A transmissão do HIV por via intra-útero e maior no 2º trimestre da gestação, o que justifica que toda gestante está em
tratamento nesse período.
E) A realização de procedimentos invasivos durante a gestação, tais como amniocentese e cordocentese, por serem estéreis,
não interferem em maior risco de TV.

37. Sobre as teorias do envelhecimento, assinale a alternativa CORRETA.


A) Cada teoria do envelhecimento tenta fornecer um referencial para compreender o envelhecimento a partir de uma mesma
perspectiva.
B) Nas teorias biológicas, a singularidade ou particularidade são o principal critério empregado para diferenciar o
envelhecimento normal do anormal.
C) A teoria biológica, do desgaste sugere que o corpo acumula compostos de ligação cruzada ou ganha subprodutos que mais
adiante prejudicam o funcionamento celular.
D) Na teoria do desenvolvimento, Erikson (1963) fez a teoria de que a vida de uma pessoa consiste em oito estágios, cada qual
representando um ponto de mudança crítico na vida, indo do nascimento até a morte.
E) Na teoria sociológica a teoria da continuidade considera a inter-relação das pessoas com seus ambientes.

11
GRUPO 23 - ENFERMAGEM

38. Sobre os aspectos farmacológicos do envelhecimento, assinale a alternativa CORRETA.


A) Com a idade, a atividade farmacocinética muda, diminuindo o risco de causar reações adversas e efeitos tóxicos.
B) O débito cardíaco aumenta com a idade, o que leva a um aumento nos níveis do fármaco no sangue, aumentando o risco de
toxicidade.
C) As alterações hepáticas relacionadas à idade que podem afetar o metabolismo dos medicamentos são o fluxo de sangue
diminuído, a função enzimática diminuída e a massa hepática diminuída.
D) O envelhecimento ocasiona uma diminuição no funcionamento renal. Até os 80 anos, uma pessoa já perdeu 80% do
funcionamento renal.
E) Quando os medicamentos são administrados por via oral ou retal nos idosos, ocorre um ritmo mais rápido de absorção
devido Ao aumento do aporte sanguíneo.

39. O uso de teorias de enfermagem oferece estrutura e organização ao conhecimento da enfermagem. Sobre as teorias
de enfermagem, analise as afirmativas abaixo:

I. Segundo Barbara Stevens Barnum, as teorias completas têm contexto, que corresponde ao ambiente em que ocorre
a assistência de enfermagem, conteúdo, que é o assunto da teoria e o processo que é o método No qual o
enfermeiro atua.
II. As teorias contêm elementos fundamentais que representam o conteúdo nuclear dessa disciplina: a enfermagem, a
pessoa, o ambiente e a saúde, denominados de metaparadigmas da enfermagem.
III. Para escolher uma teoria de enfermagem para fundamentar a sua prática, o enfermeiro só precisa conhecer e ter
domínio da teoria escolhida.

Está CORRETO o que se afirma

A) I,II e III.
B) I e II, apenas.
C) II e III, apenas.
D) I, apenas.
E) II, apenas.

40. Sobre diagnósticos de enfermagem,assinale a alternativa CORRETA.

A) Duas propostas formam a base para o desenvolvimento de competências diagnósticas: a exigência de competências nos
domínios intelectual, interpessoal e técnico e o desenvolvimento de elementos pessoais fortes de tolerância à ambiguidade
eaouso de prática da reflexão.
B) Os diagnósticos de enfermagem são bem menos utilizados por enfermeiros com habilidades muito desenvolvidas de
comunicação interpessoal.
C) Em uma coleta de dados completa, os diagnósticos não são concluídos quando as hipóteses terminam.
D) Uma estrutura de coleta de dados de enfermagem, amplamente utilizada para gerar diagnósticos precisos de enfermagem, é
a estrutura dos 07 Padrões Funcionais de Saúde (Gordon,2007).
E) O raciocínio diagnóstico associado à coleta de dados de enfermagem não envolve o reconhecimento da existência de
indicadores de diagnósticos possíveis.

41. Em outubro de 2014 a Constituição Federal de 1988 e o Sistema Único de Saúde completaram 26 anos de existência
jurídica. Considerando esse acontecimento, é CORRETO afirmarque

A) o primeiro esforço governamental para instituir a integralidade nos moldes como previsto pela Constituição Federal de 1988
ocorreu com a criação das Caixas de Aposentadoria e Pensões em 1924 com a aproximação entre a assistência
previdenciária, a assistência social e a assistência médica;
B) o critério de vinculação a um emprego formal e contribuição à Caixa de Aposentadoria e Pensões ou ao Instituto de
Aposentadoria e Pensões ou, ainda, ao Instituto Nacional de Previdência Social exprimia a negação do direito à atenção à
saúde.
C) a integração dos três tipos de assistência mencionadas na assertiva anterior estabeleceu-se de maneira tão intensa que tem
servido de inspiração para a organização das redes de saúde preconizada pela Portaria MS 4279/10.
D) a definição organizacional de separação entre as práticas tratamento de doenças e as de prevenção de doenças no período
anterior ao SUS não impediu que os sistemas de ambas as práticas estivessem reunidos em um único comando político e
administrativo.
E) a exigência da vinculação a um emprego formal e a contribuição previdenciária foram os mecanismos usados para que os
sistemas e serviços de saúde da Caixa de Aposentadoria e Pensões do Instituto de Aposentadoria e Pensões, e do Instituto
Nacional de Previdência Social se orientassem pelo princípio da equidade.

12
GRUPO 23 - ENFERMAGEM

42. Sobre a efetivação da participação da comunidade no SUS, analise as afirmativas abaixo:

I. A criação do Sistema Único de Saúde a partir da promulgação da Constituição Federal de 1988 resultou de
movimentos que culminaram na VIII Conferência Nacional de Saúde, realizada em 1986.
II. Como o SUS ainda não havia sido criado, na VIII Conferência Nacional de Saúde, como nas anteriores, o
quantitativo de representantes dos usuários foi menor que o número de representantes dos trabalhadores e dos
gestores.
III. A legislação e as normas do SUS que regulamentam a participação da comunidade orientam que as instâncias
colegiadas devem ser compostas por 50% de representantes dos usuários, 25% de representantes dos trabalhadores
de saúde e 25% de representantes governamentais e de prestadores de serviços conveniados ao SUS.
IV. O Conselho de Saúde, como subsistema de seguridade social, tem o papel de formular e propor estratégias para a
condução do SUS e de controle da execução das Políticas de Saúde, inclusive nos seus aspectos econômicos e
financeiros.
V. A legislação e as normas do SUS que regulamentam a participação da comunidade orientam que as esferas de
Governo sejam definidoras do orçamento necessário às atividades do Conselho de Saúde.

Estão CORRETAS apenas

A) I, II e III.
B) I, II e V.
C) II, III e V.
D) I, III e IV.
E) III, IV e V.

43. Sobre a organização sistêmica dos serviços do SUS,analiseas afirmativas abaixo:

I. A diretriz da descentralização se realiza com o repasse de recursos financeiros; esse mecanismo, por sua vez, exige
a participação da comunidade através do Conselho de Saúde.
II. A descentralização deve ser entendida, principalmente como a extensão do poder político, administrativo e
econômico do nível federal para o estadual e deste para o municipal.
III. A principal responsabilidade da esfera municipal de governo é a de organizar e prover a atenção de média
complexidade para todos os seus habitantes e participar na prestação da atenção básica para si e da população de
municípios com os quais forme um módulo regional de saúde.
IV. A principal responsabilidade da esfera estadual de governo é a de organizar e prover a atenção de média
complexidade para todos os seus habitantes e participar na prestação da atenção básica para si e da população de
municípios com os quais forme um módulo regional de saúde.
V. Além dos serviços de atenção básica, os de urgência, os de atenção psicossocial e os especiais de acesso aberto
também são portas de entrada para uma organização regionalizada do SUS.

Estão CORRETAS apenas

A) I, II, IV e V.
B) II, III e IV.
C) I, III, IV e V,
D) I, III e IV.
E) III, IV e V.

44. J.H.S, 12 anos apresenta 01 lesão hipocrômica no membro inferior esquerdo,com dor intensa no nervo tibial, ao
caminhar ou fazer esforço físico no membro afetado.Ao teste de sensibilidade, tem anestesia dolorosa. Sobre isso,
assinale a alternativa CORRETA.
A) Pelo longo período de incubação hanseníase, não acomete crianças.
B) Possivelmente o menor tem hanseníase contraída por contato da forma tuberculoide.
C) Pela sintomatologia, deve ser hanseníase multibacilar.
D) Provavelmente o menor tem hanseníase forma tuberculoide.
E) É um caso típico de hanseníase na forma Indeterminada.

45. A.B.S, 42 anos apresenta tosse produtiva há três semanas,febre baixa e persistente,geralmente no final da tarde ou
no início da noite. Sobre isso, assinale a alternativa CORRETA,
A) Febre vespertina e tosse produtiva são sintomas de tuberculose pulmonar.
B) Possivelmente a tosse produtiva indica que o paciente deve ser tabagista crônico.
C) Na tuberculose a febre é maior que 39°C e de frequência alternada e sempre ao amanhecer.
D) Provavelmente é um caso de tuberculose pulmonar com derrame pleural.
E) Febre alta e vespertina, suores noturnos e tosse seca são sinais de tuberculose pulmonar.

13
GRUPO 23 - ENFERMAGEM

46. O Ministério da Saúde desenvolveu, dentro do programa de Garantia e Aprimoramento da Qualidade em Saúde,
criado pela Portaria GM/M No1.107, de 14 de junho de 1995, o processo de Acreditação, que é uma metodologia que
foi desenvolvida para racionalização e ordenação dos serviços de saúde e de educação permanente de seus
profissionais que se expressa pela realização de um procedimento de avaliação dos recursos institucionais,
voluntário, periódico e reservado, que garanta a qualidade da assistência por meio de padrões previamente
estabelecidos. Após visita e avaliação realizada, o estabelecimento saúde poderá apresentar-se como

A) desacreditado; acreditado; acreditado pleno; acreditado por excelência.


B) não acreditado; acreditado; acreditado plenamente; acreditado supremo.
C) desacreditado; acreditado; acreditado pleno; acreditado supremo.
D) não acreditado; acreditado; acreditado pleno; acreditado por excelência.
E) acreditado plenamente; acreditado supremo; acreditado por excelência; acreditado.

47. A qualidade dos serviços de saúde é um elemento determinante para assegurar a redução e o controle dos riscos a
que o paciente está submetido. Nesse sentido, um conjunto de ações complementares entre si são imprescindíveis
para identificar, precocemente, a ocorrência de eventos que afetam a segurança do paciente. Dessa forma, o
Ministério da Saúde instituiu o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP) por meio da Portaria MS/GM
nº 529, de 1° de abril de 2013, com o objetivo geral de contribuir para a qualificação do cuidado em saúde em todos
os estabelecimentos de Saúde do território nacional, quer públicos, quer privados, de acordo com prioridade dada à
segurança do paciente em estabelecimentos de Saúde na agenda política dos estados-membros da OMS e na
resolução aprovada durante a 57ª Assembleia Mundial da Saúde. Definidos pela OMS, a Portaria MS/GM
Nº 529/2013 estabelece que devam ser elaborados(as) e implantados(as)

A) sistemas
B) protocolos
C) classificações
D) perfis
E) eventos adversos

48. Auditoria de Enfermagem trata da avaliação sistemática da qualidade da assistência de enfermagem prestada ao
cliente pela análise dos prontuários, acompanhamento do cliente “in loco” e verificação da compatibilidade entre o
procedimento realizado e os itens que compõem a conta hospitalar, cobrados, garantindo um pagamento justo
mediante a cobrança adequada e das condições deste. Quanto à AUDITORIA OPERACIONAL, é CORRETO
afirmar que
A) é feita enquanto o paciente está hospitalizado ou em atendimento ambulatorial;
B) é realizada antes de iniciado o atendimento para verificação de dados relacionados à estrutura hospitalar;
C) é realizada após acontecimento da cirurgia;
D) é realizada após a alta do paciente, em que se utiliza o prontuário para avaliação;
E) é feita no momento em que o paciente faz a internação hospitalar.

49. Anafilaxia se refere a manifestações clínicas sistêmicas características, potencialmente graves, desencadeadas por
reações mediadas pela imunoglobulina – E (IgE), após exposição a um antígeno em indivíduos previamente
sensibilizados. A principal medicação na anafilaxia é a adrenalina.Sobre ela, é CORRETO afirmar que
A) em crianças, a concentração para administração subcutânea é de 1:10.000/0,5mg.
B) as doses de adrenalina na anafilaxia são diferentes das recomendadas na PCR.
C) a administração por via subcutânea é amplamente recomendada nos casos graves.
D) deve ser fornecida após se avaliar a gravidade do caso e, no mínimo, após 30 min.
E) a principal via de administração é a via intravenosa e, depois, a via subcutânea.

50. O monóxido de carbono (CO) é produzido durante a combustão, sendo rapidamente absorvido pelo pulmão. Na
corrente sanguínea, liga-se à hemoglobina com uma afinidade 210 vezes maior que o oxigênio; desloca o oxigênio e
causa hipóxia tecidual, o que explica a maioria dos seus efeitos tóxicos. Uma das principais pistas para o diagnóstico
é

A) discreta acidose metabólica com redução do lactato.


B) em toxicidade leve, a carboxiemoglobinaser de 40 a 60%.
C) dispneia leve e oximetria de pulso e PaO2alterados.
D) coloração cor de framboesa da pele e das mucosas.
E) concentração sérica de etanol <100 mg/dL em 24h.

14
GRUPO 23 - ENFERMAGEM

15
GRUPO 23 - ENFERMAGEM

ATENÇÃO

Abra este Caderno, quando o Fiscal de Sala autorizar o início da Prova.


Observe se o Caderno está completo. Ele deverá conter 50 (cinquenta) questões objetivas
de múltipla escolha com 05 (cinco) alternativas cada, versando sobre os conhecimentos
exigidos para a área de sua opção.
Se o Caderno estiver incompleto ou com algum defeito gráfico que lhe cause dúvidas,
informe, imediatamente, ao Fiscal.
Ao receber o Caderno de Prova, preencha, nos espaços apropriados, o seu Nome
completo, o Número do seu Documento de Identidade, a Unidade da Federação e o
Número de Inscrição.
Para registrar as alternativas escolhidas nas questões da Prova, você receberá um Cartão-
Resposta com seu Número de Inscrição impresso.
As bolhas do Cartão-Resposta devem ser preenchidas totalmente, com caneta
esferográfica azul ou preta.
O tempo destinado à Prova está dosado, de modo a permitir fazê-la com tranquilidade.
Preenchido o Cartão-Resposta, entregue-o ao Fiscal e deixe a sala em silêncio.

BOA SORTE!

16
SECRETARIA DE SAÚDE DE PERNAMBUCO
PROGRAMA DE RESIDÊNCIA EM ÁREA PROFISSIONAL DE SAÚDE
PROCESSO SELETIVO
PERFIL / HOSPITALAR

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO

Não deixe de preencher as informações a seguir:

Prédio Sala

Nome

Nº de Identidade Órgão Expedidor UF Nº de Inscrição

CADERNO 62
ENFERMAGEM
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

01. Para avaliar um paciente/cliente, o enfermeiro combina dados objetivos da avaliação física e dados subjetivos do
histórico de saúde, e estes formam um banco de dados mais completo. Sobre as técnicas propedêuticas da avaliação
física, leia as afirmações abaixo e coloque (V) nas Verdadeiras ou (F) nas Falsas.

( ) A inspeção é a primeira técnica da pesquisa geral de cada parte do corpo, por fornecer muitas informações. É a
única técnica utilizada em todas as partes do corpo e sistemas corporais. A inspeção fornece dados objetivos
relativos à comunicação não verbal e também dados físicos que podem conduzir ao diagnóstico preciso e ao
tratamento apropriado.
( ) Na palpação do paciente, avalia-se textura, temperatura, umidade, tamanho, formato, localização, posição,
vibração, crepitação, sensibilidade, dor e edema. A palpação abdominal não deve ser realizada na presença de dor.
A polpa digital está indicada para avaliar firmeza, contorno, posição, tamanho, dor e sensibilidade.
( ) Na percussão, avalia-se a presença de som e sensibilidade. As vibrações produzidas pelos dedos criam tons de
percussão conduzidos para o corpo do cliente. Os quatro tons da percussão no corpo têm características diferentes.
O tom timpânico tem alta intensidade, duração moderada, qualidade semelhante a um tambor e percebe-se no
estômago.
( ) As avaliações comuns envolvendo ausculta incluem pressão arterial, pulmões, coração e abdome. Os sons
abdominais apresentam intensidade de suaves a alta e potência alta, enquanto que os sons cardíacos apresentam
intensidade moderada e baixa potência.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) F-F-V-V
B) F-V-F-V
C) V-F-V-V
D) V-V-V-V
E) F-F-F-V

02. A avaliação dos sinais vitais (SSVV) é parte essencial no processo do exame físico. Sobre ela, leia as afirmações
abaixo:

I. O hipotálamo equilibra o calor produzido pela digestão do alimento, exercício e metabolismo aumentado com o
calor perdido pela evaporação do suor e exposição ambiental. O metabolismo celular exige esse estado estável de
temperatura para funcionar adequadamente. A temperatura corporal varia com o ciclo diurno, atividade física,
idade, sexo e estado de saúde.
II. O pulso é uma sensação palpitante, que pode ser percebida entre a apófise do estiloide do rádio e o tendão dos
flexores. Para avaliar pulso, observa-se a frequência, o ritmo, a amplitude e a tensão. O déficit de pulso provê uma
avaliação indireta da capacidade de cada contração cardíaca de ejetar sangue suficiente para a circulação
periférica. Os déficits de pulso são frequentemente associados a arritmias.
III. A taquipneia é a frequência rápida e persistente, >20mov/resp/min no adulto, podendo estar associada à febre,
exercício físico, anemia ou ansiedade. A respiração de Cheyne-Stokes é caracterizada pelas variações das tensões
de O2 e CO2 no sangue, associadas a uma anormal sensibilidade do centro bulbar que comanda a respiração.
IV. A elasticidade reduzida das paredes do vaso sanguíneo arterial pode fazer com que a diferença entre a pressão
arterial sistólica (PAS) e a pressão arterial diastólica (PAD) aumente. Pacientes com hipovolemia, choque ou
insuficiência cardíaca podem apresentar essa diferença de pressão. PA= 160x100 mmHg é caracterizada como
hipertensão estágio 3.

Estão CORRETAS

A) apenas I, III e IV.


B) apenas I, II e III.
C) I, II, III e IV.
D) apenas III e IV.
E) apenas I e IV.

03. Sobre oxigenoterapia, leia as afirmações abaixo:

I. Os gases medicinais são drogas, e como qualquer outra, deve-se selecionar uma dosagem, monitorizar a resposta e
alterar a terapia de acordo com as necessidades do paciente. As indicações, contraindicações e formas de
administração requerem conhecimentos técnicos dos equipamentos e fisiopatológico da doença.
II. A oxigenoterapia consiste na administração de oxigênio em uma concentração superior à da atmosfera ambiental,
tendo como objetivo corrigir ou minimizar a deficiência de oxigênio ou no tratamento da hipóxia. A hipoxemia é
definida quando a pressão parcial de oxigênio (PaO2) é menor que 90 mmHg.

2
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

III. Uso prolongado de oxigênio pode acarretar sérias consequências devido ao alto poder de toxidade desse gás, que
pode afetar, sobretudo, os pulmões e o sistema nervoso central.
IV. São complicações do uso inadequado de oxigênio: depressão do sistema respiratório, atelectasia por absorção,
redução da capacidade vital, diminuição do surfactante pulmonar e desidratação das mucosas.

Estão CORRETAS

A) I, II, III e IV.


B) apenas I, II e IV.
C) apenas II, III e IV.
D) apenas II e III.
E) apenas I, III e IV.

04. M. K.T. S, paciente internada em clínica médica com quadro de hipoglicemia, desidratação, desorientação, agitação
psicomotora. Na prescrição, foi solicitado soro glicosado a 10%. No entanto, no posto de enfermagem, foi
encontrado soro glicosado a 5%. Quantos gramas de glicose há em 500 mL de SG a 5% e quantos mL de glicose são
necessários para transformar o soro glicosado em 10%?

A) 50g e 50 mL
B) 55g e 50 mL
C) 50 g e 25 mL
D) 50g e 50 mL
E) 25 g e 55 mL

05. Sobre medicação e vias de administração, leia as afirmações abaixo:

I. A absorção do medicamento diz respeito à passagem das moléculas do medicamento para o sangue a partir do
local da administração.
II. Os discos transdérmicos ou adesivos possuem efeito sistêmico, uma vez que aderem à pele, podendo permanecer
até 7 dias.
III. Quando são prescritos dois tipos de insulina, pode-se misturar em uma mesma seringa, tendo, porém, o cuidado de
aspirar primeiro a insulina de ação intermediária e depois, a regular.
IV. O bolus intravenoso consiste na introdução de uma dose concentrada de um medicamento diretamente na
circulação sistêmica, uma vez que, no bolus, utilizamos uma grande quantidade de volume.

Estão CORRETAS apenas

A) I e IV.
B) I e II.
C) II e III.
D) III e IV.
E) II e IV.

06. A cateterização da bexiga é a introdução de uma sonda de plástico ou de látex através da uretra até a bexiga. Sobre
cateterismo vesical, leia as afirmações abaixo.

I. O tamanho do balão é de importância secundária na seleção do cateter intermitente, uma vez que os balões não
interferem na resposta terapêutica.
II. O procedimento predispõe ao risco de exposição a antisséptico, fitas, látex e lubrificantes; alergias à betadina são
comuns.
III. A uretra do adulto do sexo masculino é mais curta em relação à uretra feminina. É comum encontrar resistência no
esfíncter prostático; o aparecimento da urina significa que a sonda está na bexiga.
IV. A bolsa de drenagem acima do nível da bexiga fará com que a urina reflua de volta para a bexiga, aumentando a
possibilidade de infecção.

Estão CORRETAS

A) I e II, apenas.
B) II e III, apenas.
C) III e IV, apenas.
D) II e IV, apenas.
E) I, II, III e IV.

3
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

07. J. R. 45 anos, alcoolista, foi admitido na clínica médica de uma unidade hospitalar para investigação diagnóstica,
apresentando exame físico com os seguintes dados de alteração: mucosas hipocoradas, pele com turgor e
elasticidade diminuídos, abdome globoso doloroso à palpação, fígado palpável a 2 cm do rebordo costal direito,
membros inferiores edemaciados (2+/4+). Segundo informação colhida há três dias, apresenta fezes escurecidas com
odor fétido, não consegue se alimentar com regularidade por apresentar sensação de plenitude gástrica. No plantão
noturno, apresentou dois episódios de vômitos e foi prescrita a sondagem nasogástrica do paciente.
Quanto a esse procedimento, assinale a alternativa CORRETA.

A) Considerando que o objetivo da sonda seja a lavagem gástrica e o controle do conteúdo gástrico eliminado, a sonda
nasogástrica indicada é a de tamanho longo, Dobbhoff.
B) O paciente deve ser colocado na posição de Fowler, e as narinas devem ser inspecionadas para detectar obstrução. Quando a
sonda alcança a nasofaringe, o paciente deve ser orientado a fletir a cabeça, fechando a glote e protegendo as vias aéreas, e
a começar a engolir, à medida que a sonda avança, com o objetivo de evitar erro de trajeto para o pulmão.
C) Para a realização desse procedimento, o paciente deve ser posicionado em decúbito lateral para a passagem da sonda
nasogástrica de Levin; para a de Dobbhoff, deve ser posicionado em 45o .
D) Para confirmar o posicionamento da sonda nasogástrica, o enfermeiro deve observar o ponto de demarcação realizado antes
do início da introdução da sonda, examinar visualmente o aspirado gástrico, confirmando a localização, caso o aspirado
seja amarelo-pálido e seroso ou mucoso castanho-amarelado ou esbranquiçado, ou ainda, colocar a ponta da sonda em um
copo com água, observando se haverá ou não a formação de bolhas.
E) Para mensuração do comprimento da sonda, esta deve ser medida do lóbulo da orelha ao ápice do mento e deste ao apêndice
xifoide, definindo o local de marcação para o seu limite de inserção.

08. Em uma unidade de clínica médica, foi admitido um paciente de 57 anos, com estado geral regular. Encontrava-se
desnutrido, emagrecido, com presença de infecção urinária e limitação dos movimentos por sequela de acidente
vascular encefálico. Ao exame físico, foi evidenciado úlcera de decúbito na região sacrococcígea, com as seguintes
características: úlcera superficial, apresentando importante abrasão, com perda da espessura parcial da pele,
envolvendo a derme. Como o enfermeiro deve classificar, quanto ao estágio, essa úlcera de pressão?

A) Estágio 1
B) Estágio 2 D) Estágio 4
C) Estágio 3 E) Estágio 5

09. Conhecer o processo de cicatrização das feridas é fundamental para a definição da terapêutica a ser estabelecida
pelo enfermeiro. Quanto à fase proliferativa do processo de cicatrização, é CORRETO afirmar que

A) se manifesta clinicamente pelo aparecimento de edema, hipertermia, calor e dor.


B) a fase granulocítica, subfase da fase de granulação, é responsável pela liberação de enzimas proteolíticas mediadoras
(colagenases, elastases e hidrolases ácidas) que auxiliam o aumento do fluxo sanguíneo com vasodilatação para a área
lesada, ajudando, assim, os neutrófilos e macrófagos na digestão das bactérias e restos celulares.
C) nessa fase, ocorre o início da reparação em que os macrófagos secretam proteases, fatores de crescimento e substâncias
vasoativas que dão continuidade ao processo de desbridamento e reparação da ferida.
D) essa fase depende de dois fatores importantes, angiogênese e fibroplasia, sendo caracterizada pelos seguintes fenômenos:
processo de deposição do colágeno (fibroplasia), angiogênese, formação do tecido de granulação, contração da ferida.
E) nessa fase, acontece a deposição de colágeno na ferida, e para sua síntese, os fibroblastos dependem única e exclusivamente
de uma boa demanda de oxigênio para a região.

10. Sobre equilíbrio hidroeletrolítico e ácido base, leia as afirmações abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) Água e eletrólitos estão em equilíbrio dinâmico entre os vários compartimentos, estando estes separados entre si
por membranas permeáveis: o intracelular do interstício pela membrana celular e o interstício do intravascular pelo
endotélio.
( ) Na presença de acidose, H+ entra na célula e é trocado por K+, que passa para o extracelular como um dos
mecanismos de compensação do equilíbrio ácido base.
( ) A perda intensa de suco gástrico por estenose decorrente de úlcera péptica (pré-pilórica ou duodenal) resulta em
alcalose metabólica hipoclorêmica pela perda do ácido clorídrico.
( ) A desidratação caracteriza-se clinicamente por sede, oligúria, perda de peso, olhos encovados, diminuição da
elasticidade da pele e hipotensão postura.
( ) A hiponatremia absoluta pode desenvolver-se por ingestão insuficiente (dieta hipossódica) ou perdas renais e extra
renais exageradas, como poliúria, diarreia crônica e aspiração gastrointestinal.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) F-V-V-F-V B) V-V-F-F-F C) F-V-F-V-F D) V-V-V-V-V E) F-F-F-V-V

4
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

11. As doenças hematológicas podem ser benignas ou malignas. Esses distúrbios podem afetar todos os sistemas do
organismo. Sobre a classificação morfológica das anemias, relacione as colunas abaixo:

Tipo de anemia Morfologia Exemplo


1. Normocítica e normocrômica A. Células pequenas com teor reduzido de X. Anemia hemolítica
hemoglobina
2. Microcítica e hipocrômica B. Células de tamanho, espessura e volume Y. Talassemia
aumentados
3. Macrocítica e normocrômica C. Células com tamanho e teor de Z. Deficiência de vitamina B12
hemoglobina normais

Assinale a alternativa que contém a correlação CORRETA.

A) 1-A-X; 2-B-Y; 3-C-Z


B) 1-C-X; 2-A-Y; 3-B-Z
C) 1-B-Z; 2-C-Y; 3-A-X
D) 1-A-Y; 2-C-X; 3-B-Z
E) 1-B-Y; 2-A-Z; 3-C-X

12. Ao aplicar a escala de coma de Glasgow em uma criança em idade escolar, a enfermeira encontrou um score total de
3. Esse valor é indicativo de

A) nível de consciência inalterado.


B) coma superficial.
C) coma profundo.
D) coma leve.
E) coma intermediário.

13. A Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica é uma pneumopatia crônica mais comum, de caráter progressivo. Sobre a
DPOC, leia as afirmações abaixo:

I. Acomete cerca de 30% da população e 20% dos adultos tabagistas; a relação com o tabagismo é forte, sendo
comum nos fumantes de mais de um maço de cigarros por dia.
II. A radiografia de tórax é um exame muito sensível para a detecção da DPOC, pois o paciente no início da doença
pode apresentar radiografia normal.
III. O objetivo do tratamento consiste: explicar a importância do tratamento farmacológico, planejar a reabilitação e
fisioterapia pulmonar, incluindo exercícios respiratórios, reduzir riscos de infecções secundárias.
IV. A oxigenioterapia prolongada não é aconselhada para pacientes portadores de DPOC devido à alta concentração de
oxigênio, elevado a FiO2.

Está(ão) CORRETA(S)

A) I, II, III e IV.


B) apenas II. D) apenas III.
C) apenas II e III. E) apenas I e IV.

14. Sobre as doenças cardíacas que acometem a população, leia as afirmativas abaixo.

I. A insuficiência cardíaca congestiva é a incapacidade do coração bombear sangue suficiente para suprir as
necessidades e oxigênio e nutrientes dos tecidos e órgãos.
II. A hipertensão é uma doença definida pela persistência dos níveis de pressão arterial acima de pressão sistólica e
85mmHg de pressão diastólica; a hipertensão eleva em 4 vezes o risco de acidente vascular.
III. A insuficiência coronariana e a isquemia miocárdica ocorrem quando o suprimento de fluxo sanguíneo pelas
coronárias é insuficiente para atender as necessidades metabólicas.

Está(ão) CORRETA(S)

A) I, II e III.
B) apenas I e II.
C) apenas II e III.
D) apenas I.
E) apenas III.

5
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

15. A.S, admitido em uma unidade de saúde, apresentando fortes dores na região epigástrica, contínua em queimação,
que ocorre 2-3 horas após as refeições. Refere ter tido dois episódios de vômitos com sangue em sua residência, o que
motivou a sua vinda para o hospital. Após avaliação de enfermagem e médica e a realização de exames de imagem,
foi diagnosticada uma úlcera duodenal. É importante ressaltar que o paciente continua referindo desconforto
epigástrico e náuseas e ainda apresentou 01 episódio de vômitos com sangue após alimentação. Quais intervenções
de enfermagem podem ser prescritas para o diagnóstico de enfermagem: Dor aguda relacionada à queimação
química da mucosa duodenal evidenciada por postura álgica e rígida. Sobre isso, analise as afirmativas abaixo:

I. Observar relatos de dor, incluindo localização, duração, intensidade (aplicando escala de dor de 0-10).
II. Observar, apenas, as evidências verbais de dor; as não verbais, como agitação, postura álgica, relutância,
taquicardia, devem ser descartadas.
III. Manter o paciente em dieta branda, diminuindo, o máximo possível, a ingesta de alimentos.
IV. Realizar cuidados orais frequentes e medidas de conforto, como mudança de decúbito, uso de travesseiros e
coxins, buscando a melhor posição de conforto.
V. Administrar medicamentos prescritos para dor e antiácidos ou outros que se fizerem necessários, conforme o
horário de rotina da unidade.

Estão CORRETAS apenas

A) I, IV e V.
B) I, II, III e V.
C) II, III e IV.
D) I e II.
E) III e IV.

16. Paciente apresenta dor resultante de lesão de nervos do sistema nervoso central ou periférico, como neuralgia pós-
herpética e dor pós-mastectomia. Essa dor é referida como

A) aguda.
B) crônica.
C) cutânea.
D) neuropática.
E) complexa.

17. Sobre instrumentos para avaliação da dor, leia as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) Escala visual analógica é um dos instrumentos mais simples de escala multidimensional. Ao aplicar essa escala, o
enfermeiro avalia a intensidade da dor em uma escala que varia de “nenhuma dor” a “pior dor possível”.
( ) Na escala de descritor verbal, usam-se palavras como “leve”, “moderada” e “grave” para medir intensidade da dor.
Uma das limitações da escala é que o paciente precisa entender o significado das palavras.
( ) O inventário breve da dor é uma escala de avaliação da dor multidimensional. Essa escala avalia dor em pacientes
com câncer e dor crônica não maligna.
( ) O questionário de McGill foi desenvolvido para medir a dor em circunstâncias experimentalmente induzidas, após
procedimentos e com várias condições clínico-cirúrgicas.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) F-V-V-V
B) F-F-F-V
C) V-V-V-F
D) V-F-F-V
E) V-V-V-V

18. Sobre cuidados paliativos, leia as afirmativas abaixo:

I. Os procedimentos clínicos em medicina paliativa são os mesmos da prática clínica, entretanto o Cuidado paliativo
tem por objetivos o bem-estar e o conforto do doente. Portanto nenhum exame clínico, coleta de exames ou outra
forma de investigação deve ser realizada, se não tiver por objetivo a compreensão necessária ao alívio de um
sintoma ou ao controle de situação potencialmente reversível.
II. Um prontuário em cuidados paliativos deve conter todas as decisões terapêuticas tomadas a partir de uma
avaliação clínica, como: medicamentos e doses, início ou suspensão de medidas, solicitações de exames e
avaliações, necessidades de intervenções psíquicas, necessidades sociais, intervenções realizadas ou solicitadas
com a família e necessidades espirituais e efeitos esperados das ações.

6
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

III. Os cuidados paliativos incluem uma grande variedade de intervenções terapêuticas, que têm como objetivo evitar e
minimizar o sofrimento causado pelos muitos problemas que os clientes e seus cuidadores familiares enfrentam em
qualquer estágio de uma doença aguda ou crônica.

Está(ão) CORRETA(S)

A) apenas I e III.
B) apenas II e III.
C) I, II e III.
D) apenas II.
E) apenas III.

19. O Enfermeiro é o líder da equipe de enfermagem e, por meio da utilização da Sistematização da Assistência de
Enfermagem (SAE), assegura uma prática assistencial adequada e individualizada. Em relação às cirurgias de
grande porte, a SAE possibilita uma proposta metodológica de planejamento do cuidado. Sobre isso, analise as
afirmativas e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) Grande parte da avaliação pré-operatória é realizada antes, com levantamento da história e o exame físico
incluindo radiografia de tórax, eletrocardiograma, exames laboratoriais, tipagem sanguínea, prova cruzada e a
doação de sangue.
( ) O histórico de saúde focaliza a obtenção das informações fisiológicas, psicológicas e sociais basais.
( ) A enfermagem deve atentar aos sinais e sintomas do indivíduo em pós-operatório, conhecer a sua história
pregressa e a evolução do tratamento nos períodos pré e transoperatórios, visando prever e prover cuidados,
sempre que estes se fizerem necessários.
( ) O enfermeiro, um dos principais agentes do cuidado, deve estar preparado para entender cada fase da resposta
humana à doença, sabendo identificar e perceber os sinais que comunicam o que cada indivíduo apresenta.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V-F-V-V
B) F-V-V-F
C) V-V-F-V
D) V-V-V-V
E) F-V-V-V

20. Considerando que o paciente submetido a uma cirurgia de grande porte fica sujeito a diversas complicações e
eventos adversos devido à anestesia e à cirurgia, é fundamental que permaneçam na Sala de Recuperação Pós
Anestésica (SRPA), imediatamente após o procedimento. Qual das complicações pós-anestésicas abaixo é a mais
frequente de ocorrer?

A) Náuseas e vômitos
B) Embolismo pulmonar
C) Trombose
D) Estenose
E) Pneumotórax

21. Considerando o pós-operatório das cirurgias de grande porte, analise as afirmativas abaixo sobre a assistência de
enfermagem:

I. O pós-operatório é uma fase crítica para o paciente, em que ele fica vulnerável a diversas complicações,
principalmente as de origem respiratória, circulatória e gastrointestinal.
II. Ao admitir o paciente na recuperação pós-anestésica, é necessário que a avaliação inicial do Enfermeiro consista
em inspecionar prontamente o paciente, monitorizando-o de forma que se avaliem todos os parâmetros vitais.
III. Nesse período, é necessário também atentar para a reposição de líquidos, o débito urinário e gástrico, a avaliação
de curativos, os cateteres e drenos, com o objetivo de prevenir ou tratar complicações.
IV. O índice de Aldrete-Kroulik é utilizado em pacientes submetidos ao ato anestésico cirúrgico, como respaldo
científico na avaliação da alta do paciente da SRPA.

Está(ão) CORRETA(S)

A) apenas IV.
B) apenas II. D) apenas II e IV.
C) apenas I, II e IV. E) I, II, III e IV.
7
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

22. Sobre a classificação e os critérios definidores de infecção cirúrgica da Agência Nacional de Vigilância
Epidemiológica, analise as afirmativas abaixo:

I. Infecção de sítio cirúrgico incisional superficial ocorre nos primeiros 30 dias após a cirurgia e envolve, apenas,
pele e subcutâneo.
II. Infecção de sítio cirúrgico incisional profunda apresenta deiscência parcial ou total da parede abdominal ou
abertura da ferida pelo cirurgião.
III. Presença de abscesso ou outra evidência que a infecção envolva os planos profundos da ferida, com reoperação,
ocorre apenas em infecção de sítio cirúrgico incisional superficial.
IV. São sinais clínicos (febre, hiperemia, dor, calor, calafrios) de infecção de sítio cirúrgico.

Está(ão) CORRETA(S)

A) apenas IV.
B) apenas I, II e III.
C) apenas I, II e IV.
D) apenas II e IV.
E) I, II, III e IV.

23. Infecção pode ser definida como uma invasão por microorganismos nocivos, que vão além da capacidade de reação
do organismo afetado e, após infecção, irão se multiplicar, afetando os órgãos de acordo com a sua espécie e
virulência. No caso da infecção hospitalar, considera-se como tal todo e qualquer tipo adquirido após a entrada do
paciente na unidade de saúde ou após a sua liberação. Sobre infecções hospitalares mais frequentes, analise os itens
abaixo:

I. infecções respiratórias
II. infecções por cateter (flebite)
III. infecção urinária
IV. infecção da sutura

Estão CORRETOS

A) I, II, III e IV.


B) apenas I, III e IV.
C) apenas II e IV.
D) apenas II, III e IV.
E) apenas III e IV.

24. Em condições sadias, o corpo humano responde, de forma positiva, a possíveis problemas relacionados à infecção.
No entanto, existem diversos fatores que acabam afetando essa defesa. Sobre os fatores que interferem na defesa do
organismo humano, analise as afirmativas e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) Diabetes, hipertensão arterial, neoplasias, cardiopatias, asma são considerados antecedentes pessoais de risco para
infecções.
( ) Os idosos, devido a uma diminuição das defesas, encontram-se mais predispostos a infecções.
( ) Estado de subnutrição acarreta um estado imunitário deficiente, diminuindo a capacidade de resposta à infecção,
assim como um ambiente propício ao desenvolvimento de agentes patogênicos.
( ) Alguns medicamentos provocam uma resistência por parte das bactérias e diminuição da produção de anticorpos.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V-F-V-V
B) F-V-V-F
C) V-V-F-V
D) V-V-V-V
E) F-V-V-V

25. O câncer é um termo utilizado para designar várias doenças. Sobre esse tipo de doença, leia as afirmativas abaixo:

I. As células do câncer são geneticamente instáveis e propensas a mutações, inclusive recombinações, duplicações e
deleções cromossômicas.

8
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

II. A carcinogênese é composta por várias etapas, que incluem iniciação, promoção e metástase. Na iniciação, os
fatores desencadeantes escapam dos mecanismos enzimáticos normais e alteram a estrutura genética do DNA
celular.
III. Apoptose é um processo celular inato de morte celular programada. As alterações do TP53 podem reduzir os sinais
apoptóticos e, desse modo, diminuir a capacidade do organismo de destruir as células que sofreram mutações,
oferecendo uma vantagem à sobrevivência das populações de células mutantes.
IV. O crescimento tumoral pode ser estimulado por desequilíbrio hormonal, seja por produção endógena de hormônio
seja pela administração de hormônio exógeno.

Estão CORRETAS

A) I, II, III e IV.


B) apenas II e IV. D) apenas II e III.
C) apenas I, III e IV. E) apenas I e IV.

26. A hipertensão arterial sistêmica (HAS) é uma condição clínica multifatorial, caracterizada por níveis elevados e
sustentados de pressão arterial (PA). Quando associada a alterações funcionais e metabólicas dos órgãos-alvo,
aumentam os riscos de eventos cardiovasculares. Sobre HAS, leia as afirmativas abaixo:

I. A HAS tem alta prevalência e altas taxas de controle, sendo considerada um dos principais fatores de risco
modificáveis, embora não represente um problema de saúde pública.
II. No Brasil, as doenças cardiovasculares têm sido a principal causa de morte por doença, responsáveis pela alta
frequência de internações e elevados custos médicos e socioeconômicos.
III. Implementar medidas de prevenção na HAS é um grande desafio para profissionais e gestores da saúde. A
prevenção primária e a detecção precoce são as formas mais efetivas de se evitar a doença. Mudanças no estilo de
vida estão recomendadas na prevenção primária da HAS, evidenciada, especialmente naqueles com PA limítrofe.
IV. A definição da HAS considera valores de PA sistólica ≥ 140 mmHg e/ou de PA diastólica ≤ 90 mmHg em
medidas de consultório. O diagnóstico deverá sempre ser validado por medidas repetitivas, em condições ideais,
em, pelo menos, três ocasiões.

Estão CORRETAS

A) I, II, III e V. B) apenas I e III. C) apenas II e IV. D) apenas I, II e IV. E) apenas II, III e IV.

27. Dentre as complicações agudas do diabetes mellitus tipo 2, está a síndrome hiperglicêmica hiperosmolar (SHH) não
cetótica. Quanto a essa complicação, é CORRETO afirmar que

A) pode ocorrer também em pacientes diabetes tipo 1, apesar de não ser muito comum, pois o uso de insulina exógena pode
prevenir a cetogênese. Nesse caso, a mortalidade é mais elevada devido à gravidade dos fatores precipitantes.
B) os indivíduos de maior risco são os pacientes de meia-idade, cronicamente doentes e bem debilitados.
C) as características da SHH, como hiperglicemia, ocorrem porque o paciente pode ingerir líquido suficiente para acompanhar
uma diurese osmótica vigorosa, reduzindo os sintomas.
D) é um estado de hiperglicemia grave (superior a 600 mg/dl a 800 mg/dL), hiperosmolaridade (˃220 mOsm/L) acompanhada
de desidratação e alteração do estado mental na ausência de cetose.
E) os sinais clínicos da SHH indicam profunda desidratação, abundantes sintomas gastrintestinais e poucas anormalidades
neurológicas.

28. A história natural do DM tipo 1 e tipo 2 é marcada pelo aparecimento de complicações crônicas. Algumas, referidas
como microvasculares, são específicas do diabetes, como a retinopatia, a nefropatia e a neuropatia diabética. Outras,
ditas macrovasculares, mesmo não sendo específicas do diabetes, são mais graves nos indivíduos acometidos, sendo a
principal causa da morbimortalidade associada ao diabetes.
Dentre o plano de ação do enfermeiro para a prevenção dessas complicações, destaca-se

A) monitorar o peso mantendo o IMC acima de 29,9 Kg/m2


B) implementar medidas farmacológicas e não farmacológicas para o controle da hiperglicemia, hipertensão, dislipidemia e a
microalbuminúria. As medidas farmacológicas necessitam estar prescritas, e as não farmacológicas vão desde o controle do
peso corpóreo à mudança de estilo de vida.
C) nas complicações macrovasculares, observar os sinais e sintomas de angina no peito que podem ocorrer de forma atípica na
apresentação e na caracterização da dor devido à neuropatia periférica presente nesse paciente.
D) verificar a pressão arterial do paciente apenas na posição sentado, com o objetivo de flagrar um quadro de hipotensão
postural.
E) das complicações microvasculares, a retinopatia deve ser rastreada desde o diagnóstico do DM com controle da glicemia e
da neuropatia autossômica.

9
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

29. Considerando que o campo de práticas da Enfermagem em Saúde Pública exige o conhecimento acerca da transição
demográfica e epidemiológica, assinale a alternativa CORRETA.

A) A transição demográfica e a epidemiológica no Brasil seguem o mesmo curso das que acontecem na Europa: altas taxas de
fecundidade e elevada ocorrência de doenças transmissíveis e não transmissíveis.
B) A taxa de fecundidade no Brasil, diferente da Europa, começou a decrescer apenas a partir do ano 2000 e nos dez anos
subsequentes, devido ao controle da inflação, à diminuição da taxa de desemprego, aos patamares mínimos de 5% e aos
benefícios sociais, como o programa bolsa família para o segmento populacional mais dependente das políticas públicas.
C) Um dos desafios à organização da atenção à saúde no setor público do Brasil está relacionado com a ocorrência
concomitante das causas circulatórias, causas externas, neoplasias, doenças respiratórias e doenças infecciosas e
parasitárias, considerando ainda o intenso processo de envelhecimento da população.
D) A elevada fecundidade na população brasileira se diferencia nas regiões do Brasil, devido ao processo de urbanização e
industrialização, sendo mais verificada no sudeste e sul e depois, no centro-oeste, norte e nordeste, seguindo a mesma
distribuição do desenvolvimento econômico.
E) A elevada fecundidade, devido ao recente período de crescimento econômico (2003-2011), e a diminuição do segmento
idoso, no mesmo período, decorrente da elevada ocorrência de doenças não transmissíveis, marcam especificamente a
transição epidemiológica e demográfica da população brasileira.

30. Sobre a atuação da Enfermagem na atenção primária/Saúde da Família, é CORRETO afirmar que

A) a Enfermagem em Saúde Pública, quando desenvolvida na atenção primária, não deve se guiar pelos princípios do SUS –
universalidade, equidade, integralidade, descentralização e participação social, mas sim, pelos da saúde da família,
preconizados na Portaria Nº 2.488, de 2011, publicada pelo Ministério da Saúde.
B) o manejo de técnicas, como a visita domiciliar para a realização de atividades meio e finalísticas, possibilitam o
conhecimento da realidade, a organização dos serviços de saúde da família e a coordenação dos cuidados em redes setoriais
e intersetoriais a partir da atenção primária.
C) a instituição de redes de atenção à saúde deve passar necessariamente pela atenção primária, todavia não deve incluir a
saúde da família.
D) considerando que as Equipes de Saúde da Família devem organizar o processo de trabalho com base no acolhimento, não é
possível elaborar e executar medidas de classificação de riscos para priorizar o atendimento.
E) a regionalização da atenção à saúde deve se dar necessária e unicamente entre os níveis de média e alta complexidade, visto
que a atenção primária é aquela que oferece proximidade e vínculo com as famílias e os indivíduos.

31. Leia atentamente as assertivas abaixo:

I. As atitudes humanitárias, de caráter filantrópico, voluntário e revelador de bondade e de favor correspondem


necessariamente a atitudes de direito à saúde, preconizadas pela Política Nacional de Humanização.
II. Enquanto as normas que orientam a organização descentralizada e regionalizada das ações de saúde contemplam o
plano macropolítico e de gestão, a Política Nacional de Humanização se volta para a organização particular da
produção de serviços.
III. A queixa-conduta predominante e automatizada que pauta, em grande medida, as relações entre os trabalhadores e
os usuários, é uma qualidade que estabelece o vínculo fundamental da responsabilidade sanitária constitutiva do
ato de saúde.
IV. A instituição da Política Nacional de Humanização modifica as relações entre os profissionais e os usuários,
independente das condições de produção do processo de trabalho em saúde.
V. A condução da Política Nacional de Humanização deve se pautar pela perspectiva burocrática e vertical para
conseguir os efeitos de mudança da organização do processo de trabalho, segundo os princípios do SUS.

Está(ão) CORRETA(S) apenas

A) III, IV e V.
B) IV e V.
C) V.
D) II.
E) I.

32. Leia atentamente as afirmativas abaixo:

I. A Lei 8.142 de 1990, além de antecipar a Lei 8080/90, define a organização das condições de promoção, proteção
e recuperação da saúde.
II. A Lei 8080 de 1990 regula as ações e os serviços prestados tanto pelo Estado quanto por Empresas privadas.
III. A Lei 8142/90 regula exclusivamente o controle social e as transferências de recursos financeiros entre as
instâncias de governo para prestação de ações e serviços de saúde.

10
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

IV. O Decreto 7508/11 regulamenta a Lei 8080, de 1990 quanto à organização do SUS, ao planejamento em saúde, à
assistência à saúde e à articulação entre os entes da federação brasileira.
V. De acordo com o Decreto 7508/11, a governabilidade compartilhada das regiões de saúde exige o Colegiado de
Gestão Tripartite, o Colegiado de Gestão Bipartite e o Colegiado Intergestores Regionais.

Está(ão) CORRETA(S) apenas

A) II, III, IV e V.
B) IV.
C) IV e V.
D) I, II e III.
E) V.

33. João foi admitido na unidade de dependência química de um hospital para desintoxicação após um longo período de
consumo de álcool, e, ao realizar exames laboratoriais, apresentou resultados com alto valor de álcool no sangue.
Quais os possíveis sintomas que a equipe de enfermagem poderá identificar nesse paciente decorrentes da Síndrome
de Abstinência do Álcool?

A) Euforia, insônia e nistagmo


B) Ideação suicida, hipersonia e depressão
C) Diaforese, náuseas e vômitos
D) Marcha instável, desorientação profunda e insônia
E) Agitação, nistagmo e dor

34. Um paciente com 18 anos de idade foi diagnosticado com esquizofrenia e chega ao hospital gritando “Eu estou morto,
meu coração parou de funcionar”. Esse comportamento é um exemplo de

A) Delírio de grandeza.
B) Delírio de perseguição.
C) Delírio de referência.
D) Delírio somático.
E) Delírio niilista.

35. Em relação à atenção aos maus-tratos, ações de prevenção de violência infantil multiplicam-se de forma dispersa,
por todo o país. Considerando a Portaria n.º 1.968/2001, do Ministério da Saúde, que tornou obrigatório, para todas
as instituições de saúde pública e(ou) conveniadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil, o preenchimento da
ficha de notificação compulsória e o seu encaminhamento aos órgãos competentes, coloque V nas afirmativas
Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) O sistema de notificação deve garantir que a violência seja um evento a ser pesquisado e levado em conta no
atendimento à saúde da criança e do adolescente, o que permitirá a criação e/ou atuação de uma rede de proteção e
prevenção à violência pelas áreas que lidam com a infância e juventude.
( ) A responsabilidade da equipe de saúde junto com o conselho tutelar inicia-se no momento em que é identificado
um caso de maus-tratos e termina quando esse caso é notificado.
( ) Os maus-tratos são atos físicos, psicológicos e sexuais causados a meninos e meninas, ou atos de omissão e
negligência, que também causam danos físicos, sexuais ou emocionais. Os atos violentos, de uma maneira geral,
ocorrem como eventos isolados.
( ) Caracteriza-se como infração administrativa sujeita à multa a omissão, por parte de professores, médicos ou
responsáveis por estabelecimentos de atenção à saúde e de ensino fundamental, pré-escola ou creche, de
notificação de maus-tratos à autoridade competente.
( ) Ao conselho tutelar cabe receber a notificação de casos de maustratos, analisar a sua procedência e chamar a
família da vítima ou o agressor para esclarecer o caso em questão ou verificar o ocorrido in loco.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V-V-F-V-V
B) F-V-V-V-V
C) V-F-F-V-V
D) F-F-F-V-V
E) V-F-F-F-V

11
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

36. A desidratação é um distúrbio dos líquidos corporais, que ocorre sempre que o débito total de líquidos excede a
ingesta total de líquidos, comum em lactentes e crianças. O enfermeiro deve conhecer a fisiologia da desidratação,
para que possa implementar um plano de intervenção efetivo. Com relação a essas informações, analise os itens
abaixo e coloque V nos Verdadeiros e F nos Falsos.

( ) Na desidratação grave, há presença de letargia ou inconsciência, diurese normal e olhos fundos.


( ) Uma criança com quadro de desidratação fica agitada, com sede intensa e sinal de prega com a pele voltando
lentamente ao seu estado anterior.
( ) Na desidratação hipertônica, a perda de água é superior à de eletrólitos.
( ) Na desidratação hipotônica, a perda de água é inferior à de eletrólitos.
( ) A desidratação isotônica é a forma mais comum, tendo como etiologia principal a diarreia e os vômitos. É
caracterizada por perdas proporcionais de água e eletrólitos.

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V-V-F-V-V
B) F-V-V-V-V
C) F-F-V-V-V
D) V-V-V-V-V
E) F-V-V-V-F

37. As pneumonias ocorrem com maior incidência na infância, especialmente em lactentes, que em qualquer outra faixa
etária, sendo potencialmente graves. Vários fatores de risco contribuem para o aumento da incidência e/ou da
gravidade das pneumonias em criança. Sobre isso, analise os itens abaixo e coloque V nos Verdadeiros e F nos
Falsos.

( ) Prematuridade, desnutrição, baixo nível socioeconômico


( ) Doenças de base, especialmente aquelas que afetam os sistemas cardiopulmonares
( ) Criança com comprometimento imunológico ou neuromuscular
( ) História prévia de Pneumonia em lactante prematuro
( ) Aspiração de alimento e/ou ácido gástrico

Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA.

A) V-F-V-V-V
B) F-V-V-V-V
C) V-V-V-V-V
D) V-V-V-F-F
E) V-F-V-V-F

38. Para definir vacinas e esquemas de doses na adolescência, deve-se considerar o passado vacinal do adolescente.
Sobre o calendário de vacinação do adolescente, assinale a alternativa CORRETA.

A) É considerado protegido o adolescente que tenha recebido duas doses da vacina tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola)
acima de 1 ano de idade, com intervalo mínimo de um mês entre elas.
B) Adolescentes não vacinados na infância para as hepatites A e B não devem ser mais vacinados para essas infecções.
C) O Programa Nacional de Imunizações (PNI) adotou o esquema de vacinação estendido para a vacina HPV em 0 – 6 – 60
meses para meninos de 9 a 13 anos.
D) O uso da vacina dTpa (Tríplice bacteriana do tipo adulto (dTpa) / Difteria, tétano e coqueluche), em substituição à dT para
adolescentes, objetiva a redução da transmissão da influenza.
E) A vacina combinada para as hepatites A e B é uma opção, mas não pode substituir a vacinação isolada para as hepatites A e
B.

39. Considerando a importância epidemiológica do câncer de colo uterino para a saúde da mulher e a necessidade de
formação de profissionais de saúde capazes de atuar na atenção integral à população, analise as alternativas abaixo
e assinale a CORRETA.

A) A junção escamo-colunar (JEC) é a região onde se localizam mais de 80% das lesões precursoras ou malignas do colo do
útero.
B) Por sua estrutura glandular, com grande capacidade mucípara, o epitélio grandular do colo uterino representa cerca de 60%
dos tipos de câncer.
C) Mulheres submetidas a tratamentos cirúrgicos devido a lesões cervicais de alto grau devem ser mantidas sob rastreamento,
exceto em casos nos quais tenha sido realizada histerectomia total.

12
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

D) Na maioria das vezes, o câncer de colo está associado à infecção cervical pelo HPV. No entanto, a infecção por esse vírus é
transitória e regride espontaneamente entre seis meses a dois anos após a exposição (IARC, 2007). No pequeno número de
casos nos quais a infecção persiste, é especialmente causada por um tipo viral oncogênico.
E) Para mulheres com resultado de citopatológico anormal, com lesões de significado indeterminado em células escamosas,
provavelmente não malignas e idade inferior a 30 anos, o seguimento deverá ser encaminhado para a colposcopia.

40. Nas síndromes dos 4 “Ts” das hemorragias pós-parto, a retenção placentária, a subinvolução uterina e a deficiência
de coagulação estão, respectivamente, relacionadas a(à)

A) tecido, tônus e trombina


B) tônus, trombina e tecido
C) tecido, trombina e tônus
D) trombina, trauma e tônus
E) trauma, tecido e tônus

41. Numa apresentação cefálica fletida, teremos respectivamente:

A) Diâmetro de insinuação = submento-bregmático / Ponto de referência fetal = lambda/ Linha de orientação fetal = sutura
coronária.
B) Diâmetro de insinuação = biparietal / Ponto de referência fetal = occípito / Linha de orientação fetal = sutura lambdoide.
C) Diâmetro de insinuação = suboccípito-bregmático / Ponto de referência fetal = occipito / Linha de orientação fetal = sutura
sagital.
D) Diâmetro de insinuação = suboccípito-bregmático / Ponto de referência fetal = lâmbda / Linha de orientação fetal = sutura
metópica.
E) Diâmetro de insinuação = Linha de orientação fetal = sutura metópica / suboccípito-bregmático / Ponto de referência fetal =
lâmbda.

42. Segundo a NANDA, a classificação atual dos diagnósticos de enfermagem são:

A) diagnóstico atual, diagnóstico de promoção à saúde e diagnósticos de bem-estar.


B) diagnósticos com foco em problemas, diagnósticos de risco e diagnóstico de promoção à saúde.
C) diagnóstico real, diagnóstico de risco ou alto risco e diagnósticos de bem-estar.
D) diagnósticos de risco, diagnóstico de promoção à saúde e diagnóstico de síndrome.
E) diagnósticos com foco em problemas, diagnósticos de risco e diagnóstico de síndrome.

43. Sobre o planejamento/intervenção de enfermagem, leia as afirmativas abaixo:

I. Intervenção é qualquer tratamento baseado no julgamento clínico e nos conhecimentos, que um enfermeiro realiza
para melhorar os resultados do paciente/cliente.
II. A classificação dos Resultados de Enfermagem (NOC) é um sistema que deve ser pouco usado para selecionar
medidas dos resultados relacionados ao diagnóstico de enfermagem.
III. Os diagnósticos de enfermagem são utilizados para identificar os resultados esperados com o cuidado de planejar
as intervenções específicas da enfermagem numa sequência.
IV. A classificação das intervenções de enfermagem (NIC) é uma taxonomia de intervenções pouco abrangente, apesar
de ser baseada em evidências, que os enfermeiros realizam em vários locais de atendimento.

Estão CORRETAS

A) I, II, III e IV. B) I, II e III, apenas. C) II, III e IV, apenas. D) I, III e IV, apenas. E) I e III, apenas.

44. Sobre o uso de medicamentos em idosos, assinale a alternativa CORRETA.

A) As modificações fisiológicas próprias do envelhecimento podem alterar o efeito dos medicamentos, porém não acarretam
eficácia ou aumento dos riscos ao serem utilizados.
B) O idoso apresenta maior nível de acidez gástrica, o que pode retardar a velocidade de dissolução de comprimidos com
natureza alcalina.
C) Fatores, como redução da superfície de absorção, diminuição do esvaziamento e motilidade gástrica e menor fluxo
sanguíneo na região absortiva em idosos, ocasionam a redução da velocidade com que os medicamentos são absorvidos.
D) Em idosos, o nível de albumina plasmática tende a estar aumentado, favorecendo uma elevação da velocidade de
distribuição de fármacos de natureza ácida e, assim, a intensidade dos efeitos desses fármacos, o que pode torná-los tóxicos
a alguns tecidos.
E) O idoso apresenta aumento do fluxo sanguíneo hepático, o que pode acarretar alteração na biotransformação de fármacos
por ele utilizado.

13
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

45. Sobre as modalidades de assistência no cuidado ao idoso, analise as afirmativas abaixo:

I. Em termos de cuidados hospitalares, pesquisas revelam que 60% dos leitos em um hospital geral são ocupados por
idosos e que o tempo médio de permanência é quatro vezes maior que a média para a população.
II. No momento em que os idosos necessitam de internação, eles têm direito à assistência hospitalar adequada,
garantindo os princípios do SUS de universalidade do acesso.
III. O hospital-dia favorece alta mais lentamente de pacientes internados e atua prevenindo internações desnecessárias,
porém o custo é muito alto, se comparado às internações hospitalares.
IV. O centro-dia é importante porque estimula a socialização dos idosos; o número de recursos humanos é menor; há
um baixo custo operacional e alivia a sobrecarga emocional dos familiares.

Estão CORRETAS

A) I, II, III e IV.


B) I, II e III, apenas.
C) II e IV, apenas.
D) II, III e IV, apenas.
E) II e III, apenas.

46. O envelhecimento é um tema emergente da bioética, induzindo a uma reflexão sobre o idoso, ao seu convívio com as
demais gerações e à inclusão na sociedade. Sobre essa temática, analise as afirmativas abaixo:

I. O idoso deve ser respeitado como indivíduo biográfico e histórico, em sua individualidade e em seus direitos como
cidadão, garantindo ajuda mútua e solidariedade intergeracional.
II. O processo de desvalorização da autonomia do idoso é produto de pressuposto sobre o ser velho em nossa
sociedade, em que nosso olhar o estigmatiza como incapaz e um fardo a ser carregado.
III. A OMS e outros órgãos internacionais concordam que é muito importante a manutenção da capacidade funcional
do idoso e a vida diária independente.
IV. O envelhecimento ativo, de acordo com a OMS, baseia-se em dois pilares: participação social e saúde.

Estão CORRETAS

A) I, II, III e IV.


B) I, II e III, apenas.
C) II e IV, apenas.
D) II, III e IV, apenas.
E) II e III, apenas.

47. De acordo com a Lei do Exercício Profissional N o 7.498, de 25 de junho de 1986, como integrante da equipe de
saúde, compete ao enfermeiro

A) de acordo com a gravidade do paciente, dispensar medicamentos estabelecidos no Formulário Terapêutico Nacional.
B) retirar ou incluir a participação de pacientes ou familiares destes em programas de saúde, uma vez confirmada a ausência
em 2 convocações consecutivas, feitas pela instituição de saúde.
C) quando em situação de indiscutível benefício para o paciente, em função de chefia ou de auditoria, alterar a prescrição
médica, não necessariamente devendo comunicar o fato ao médico responsável.
D) prescrever medicamentos estabelecidos em programas de saúde pública e em rotina aprovada pela instituição de saúde.
E) elaborar e responder pela execução e avaliação dos planos assistenciais de saúde da equipe multiprofissional.

48. A estrutura de organização de um serviço de enfermagem segue rigidamente o princípio da hierarquia, com
aplicação do princípio da unidade de comando e da centralização das decisões no topo da hierarquia.
A denominação dessa organização, que constitui a forma estrutural mais simples e de fácil compreensão, é

A) Matricial.
B) Linha assessoria.
C) Linear.
D) Funcional.
E) Administrativa científica.

14
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

49. “No dimensionamento de pessoal de enfermagem nas instituições de saúde, o acréscimo no quantitativo de pessoal de
enfermagem por categoria profissional, para a cobertura das ausências ao serviço, merecendo atenção especial na área de
enfermagem pelas implicações que a redução da equipe acarreta na quantidade e na qualidade da assistência prestada ao
paciente, especialmente nas unidades que funcionam ininterruptamente”.
Esse conceito diz respeito à (ao)

A) taxa de segurança contra o absenteísmo.


B) margem de segurança no sistema de classificação do paciente.
C) coeficiente da carga horária de trabalho.
D) distribuição de percentual por profissionais.
E) índice de segurança técnica.

50. Na reorganização do sistema de saúde proposto pelo SUS, a unidade hospitalar é considerada geral, quando atende
quatro especialidades médicas básicas. Nessa classificação, está EXCLUÍDA a clínica

A) ortopédica.
B) pediátrica.
C) médica.
D) cirúrgica.
E) gineco-obstétrica.

15
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

ATENÇÃO

 Abra este Caderno, quando o Fiscal de Sala autorizar o início da Prova.


 Observe se o Caderno está completo. Ele deverá conter 50 (cinquenta) questões
objetivas de múltipla escolha com 05 (cinco) alternativas cada, abrangendo os
Conhecimentos Específicos da categoria profissional do candidato.
 Se o Caderno estiver incompleto ou com algum defeito gráfico que lhe cause
dúvidas, informe, imediatamente, ao Fiscal.
 Ao receber o Caderno de Prova, preencha, nos espaços apropriados, o seu
Nome completo, o Número do seu Documento de Identidade, a Unidade da
Federação e o Número de Inscrição.
 Para registrar as alternativas escolhidas nas questões da Prova, você receberá
um Cartão-Resposta com seu Número de Inscrição impresso.
 As bolhas do Cartão-Resposta devem ser preenchidas totalmente, com caneta
esferográfica azul ou preta.
 O tempo destinado à Prova está dosado, de modo a permitir fazê-la com
tranquilidade.
 Preenchido o Cartão-Resposta, entregue-o ao Fiscal e deixe a sala em silêncio.

BOA SORTE!

16
SECRETARIA DE SAÚDE DE PERNAMBUCO
PROGRAMA DE RESIDÊNCIA EM ÁREA MULTIPROFISSIONAL E UNIPROFISSIONAL DE SAÚDE
PROCESSO SELETIVO
PERFIL / HOSPITALAR

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO

Não deixe de preencher as informações a seguir:

Prédio Sala

Nome

Nº de Identidade Órgão Expedidor UF Nº de Inscrição

CADERNO 56
ENFERMAGEM
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

01. Em relação a cuidados paliativos, leia as afirmativas abaixo:

I. As intervenções de enfermagem de cuidados paliativos precisam ser direcionadas no sentido de abreviar a vida, do
mesmo modo que as tecnologias disponíveis na prática de saúde devem ser aplicadas para abreviar o sofrimento e,
consequentemente, a vida.
II. O paciente em cuidado paliativo vivencia vários sintomas e sofrimentos. De acordo com Kluber-Ross (2001),
existem cinco estágios pelos quais o paciente pode passar nessa fase da doença (estágio de luto), sendo o 40 estágio
a depressão.
III. A dor é um sintoma prevalente em pacientes com doença em fase avançada, sendo o seu controle uma tarefa
multidisciplinar, que envolve vários profissionais e diversas terapêuticas. O paciente deve ser tratado de forma
holística.
IV. A Dor Crônica é um dos possíveis Diagnósticos de Enfermagem presentes em um paciente portador de câncer em
fase terminal. Administração de analgésicos, aplicação de frio e calor e posicionamento adequado no leito são
algumas intervenções de enfermagem realizadas nesse paciente.

Estão CORRETAS

A) I, II e IV, apenas.
B) II, III e IV, apenas. D) II e IV, apenas.
C) I e III, apenas. E) I, II, III e IV.

02. De acordo com o Código de Ética da Enfermagem no Capítulo VII – Das Infrações e Penalidades, leia as afirmações
abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) Considera-se infração Ética a ação, omissão ou conivência que implique desobediência e/ou inobservância às
disposições do Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem.
( ) Respondem pela infração apenas os profissionais que a cometem, pois os que concorrem para a sua prática, ou
dela obtêm benefício, não podem ser responsabilizados porque não foram os que executaram a ação diretamente.
( ) Advertência Verbal, Multa, Censura, Suspensão do Exercício Profissional e Cassação do Direito ao Exercício
Profissional são penalidades a serem impostas pelos Conselhos Federal e Regionais de Enfermagem. Art. 18, da
Lei n0 5905, de 1973.
( ) As penalidades de advertência verbal, multa, censura e suspensão do exercício profissional são da alçada dos
Conselhos Regionais de Enfermagem; a pena de cassação do direito ao exercício profissional é de competência do
Conselho Federal de Enfermagem, conforme o disposto no Art. 18, parágrafo primeiro da Lei nº 5.905/73.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) V-F-F-V
B) F-F-V-V D) F-F-F-F
C) V-V-V-F E) V-F-V-V

03. Sobre Sinais Vitais (SSVV), leia as afirmações abaixo:

I. Na avaliação do ritmo respiratório, são observadas, na respiração de Cheyne-Stokes, incursões respiratórias que
aumentam de profundidade, de modo cíclico. Esse ritmo respiratório se caracteriza pela variação da tensão de O 2 e
CO2 no sangue, associadas a uma anormal sensibilidade do centro bulbar que comanda a respiração.
II. O pulso alternante é caracterizado pela percepção de modo sucessivo de uma onda ampla e outra mais fraca. O
pulso alternante constitui sinal de insuficiência ventricular esquerda e não deve ser confundido com o pulso
bigeminado.
III. A febre intermitente evolui de picos muito altos intercalados por temperaturas baixas ou períodos de apirexia. Não
há qualquer caráter cíclico nessas variações. São bem evidenciadas, quando se mensura a temperatura várias vezes
ao dia.
IV. Na avaliação da pressão arterial (PA) de um adulto, foi observado PA= 150x90 mmHg, e o enfermeiro o
classificou como hipertenso moderado.

Estão CORRETAS

A) I, II, III e IV.


B) II e III, apenas.
C) I e II, apenas.
D) II, III e IV, apenas.
E) I e IV, apenas.

2
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

04. Sobre exame físico, leia as afirmações abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) O exame físico é parte integrante da Consulta de Enfermagem. Na ausculta do tórax, o enfermeiro identifica
roncos e sibilos que são classificados como ruídos anormais contínuos.
( ) Os focos de ausculta cardíaca se localizam nas seguintes regiões: o Foco Mitral se situa no 20 espaço intercostal e
esquerdo, o Foco Aórtico (FAo), na base do apêndice xifoide, e o Foco Pulmonar (FP), no 20 espaço intercostal
direito.
( ) A ausculta do coração deve ser realizada: 1- reconhecer o ritmo e a frequência cardíaca, 2- se 3a bulha, distinguir o
ritmo de galope, 3 – analisar as características das bulhas cardíacas, 4- identificar cliques, estalidos, sopros e atrito
pericárdico, 5 – relacionar os achados da ausculta com afecções cardíacas.
( ) O enfermeiro, ao realizar uma palpação abdominal, encontra um “abdome em tábua”, ou seja, um abdome com
intensa contratura dos músculos abdominais, especialmente na região epigástrica. Esse achado é característico de
úlcera péptica perfurada.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) V-F-V-V B) F-F-V-F C) V-V-F-F D) F-V-F-V E) V-V-V-V

05. A Sondagem Vesical de Demora (SVD) é um procedimento invasivo, envolvendo riscos ao paciente, que está sujeito
a infecções do trato urinário e/ou a trauma uretral ou vesical. Sobre SVD, leia as afirmações abaixo:

I. A SVD é risco de infecção para os pacientes submetidos ao procedimento; a colonização bacteriana ocorre na
metade dos pacientes com sonda de demora por duas semanas e praticamente em todos os pacientes após seis
semanas de sondagem.
II. Para o enfermeiro realizar a SVD, inicialmente, está indicada a lavagem simples das mãos e, em seguida, reunir
todo material necessário para o procedimento. Atualmente a posição indicada para as mulheres é a ginecológica, e
para os homens, o decúbito lateral esquerdo.
III. Na SVD, com sistema de drenagem fechado, é necessário: nunca elevar a bolsa coletora acima do nível vesical,
limpeza completa duas vezes ao dia ao redor do meato uretral e seguir o protocolo do serviço para realizar a troca
do sistema.
IV. A SVD requer cuidados de enfermagem de maior complexidade técnica, conhecimentos de base científica e
capacidade de tomar decisões imediatas e, por essas razões, na enfermagem, a inserção do cateter vesical é
privativa do enfermeiro, que deve imprimir rigor técnico-científico no procedimento.

Está CORRETO o que se afirma, apenas, em

A) II e III.
B) I e IV. D) I, III e IV.
C) II, III e IV. E) I e III.

06. Está prescrito administrar 4.700.000 U de penicilina cristalina endovenosa. Temos disponível, no hospital, a
penicilina cristalina de 5.000.000 U. Quantos mL devem ser administrados da solução?

A) 9,4 mL
B) 3,5 mL D) 4,7 ML
C) 4,5 ML E) 5,0mL

07. Sobre administração de medicamentos, leia as afirmativas abaixo:

I. Administração segura dos medicamentos requer conhecimento dos fatores que alteram ou interferem na absorção
do fármaco prescrito.
II. O músculo ventro-glúteo configura-se como seguro para a administração de medicação intramuscular, por ser
largo, bem desenvolvido em crianças, jovem e adulto e situa-se em local profundo e afastado de nervos e vasos.
III. Hipodermóclise é a infusão de fluidos no tecido subcutâneo, para correção de desequilíbrio hidroeletrolítico, sendo
recomendada para idosos e para aqueles em cuidado paliativo.
IV. Na via cutânea, a queratina dificulta a penetração da substância através da pele intacta.

Está(ão) CORRETA(S)

A) I e II, apenas.
B) II e III, apenas.
C) IV, apenas.
D) I e IV, apenas.
E) I, II, III e IV.

3
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

08. O processo cicatricial é composto por diversas fases didaticamente estabelecidas. Cada uma delas tem sua
importância no remodelamento da ferida. O enfermeiro para garantir o tratamento adequado e a recuperação
precoce deve ter conhecimento dos principais eventos de cada uma das fases.
Quanto a esses eventos, é CORRETO afirmar que

A) na fase proliferativa, as bordas da ferida tendem a se afastar, para dar lugar ao crescimento de tecido jovem. A epitelização
não pode se iniciar por não haver tecido vascular viável. Dessa forma, não há formação da cicatriz nessa fase.
B) a fase inflamatória é extremamente prejudicial à cicatrização da ferida, pois a hemostasia que nela ocorre impede o fluxo
sanguíneo na região, prejudicando a migração dos macrófagos.
C) a fase proliferativa dura de 4 a 24 dias quando começa a surgir o tecido de granulação composto, principalmente, de
fibroblastos, nenhuma fibra de colágeno e pequena vascularização.
D) a fase inflamatória é caracterizada por edema, eritema, calor e dor. Nessa fase, o sangramento é controlado pela hemostasia,
e os leucócitos granulocíticos migram para a região com o objetivo de destruir os microorganismos.
E) a fase de maturação pode durar até dois anos e resulta no adelgaçamento das fibras de colágeno que se apresentam imaturas,
o que favorece a força de tensão, importante na remodelação do tecido.

09. M.R. 35 anos, politraumatizada permaneceu por um longo tempo, em internamento hospitalar, após acidente de
moto. A enfermeira da unidade, apesar de todo o cuidado com a pele, para evitar a formação de úlceras por pressão,
verificou uma área hiperemiada, sem presença de lesão de continuidade, em região sacra e calcâneo direito.
Quanto ao estágio, como a enfermeira classificaria essas lesões e quais as prioridades levantadas para se estabelecer
um plano de cuidados?

A) Estágio 1. Aliviar os pontos de pressão, garantir nutrição adequada e manter cuidado apropriado da pele.
B) Estágio 2. Aliviar os pontos de pressão, utilizando mudança de decúbito a cada 6 horas, garantir nutrição adequada e rica
em sais minerais.
C) Estágio 3. Utilizar creme hidratante como barreira para se evitar o cisalhamento.
D) Estágio 2. Utilizar uma cobertura de alginato de cálcio para proteger a área e manter a umidade do leito da ferida.
E) Estágio 1. Incentivar uma dieta rica em vitamina C que aumenta a proliferação das fibras de colágeno e realizar
desbridamento químico da ferida.

10. J.S. 43 anos, sexo feminino, etilista e tabagista foi admitida em uma unidade de saúde para tratamento de doença
hepática associada ao uso constante de bebida alcoólica. Ao exame físico, apresentou abdome globoso,
hepatomegalia e icterícia +4/+. No primeiro dia de internação, evoluiu com singultos e 03 episódios de hematêmese.
Na discussão da equipe, para implementação da terapêutica, decidiu-se por instalar sonda nasogástrica (SNG).
Sobre esse procedimento, analise os itens abaixo:

I. Instalar SNG de Levine e mantê-la fechada com o objetivo de avaliar a quantidade de conteúdo gástrico drenado.
II. Posicionar o paciente em decúbito dorsal, realizar a demarcação da sonda, lubrificar ou umidificá-la.
III. Inserir a sonda, utilizando o assoalho nasal como guia, direcionando para baixo no sentido da orelha; solicitar ao
paciente que flexione a cabeça para frente e, em seguida, degluta; continuar introduzindo a sonda até que ela passe
pela faringe, continue avançando em direção ao esôfago até chegar ao estômago e, a partir daí, até ela demarcação
prévia.
IV. A flexão da cabeça abre a parte superior da via aérea até a traqueia e fecha o esôfago.
V. A deglutição fecha a epiglote acima da traqueia e ajuda a movimentar a sonda para dentro do estômago, assim
como a água ou o gelo auxilia na redução do reflexo de vômito e sufocamento.
VI. Realizar os testes para confirmar o posicionamento da sonda nasogástrica; o principal deles é a colocação da ponta
da sonda em um copo com água, e, caso borbulhe, a sonda deverá ser retirada imediatamente, pois significa erro de
trajeto.

Estão CORRETOS, apenas,

A) III e V. B) I, III, V e VI. C) II, IV e V. D) III e IV. E) I, II e III.

11. A Consulta de Enfermagem, principal atividade privativa do enfermeiro, na qual são identificados problemas de
saúde e prescritas e implementadas medidas de enfermagem com o objetivo de promoção, proteção, recuperação ou
reabilitação do paciente. Sobre a consulta de Enfermagem, analise as afirmações abaixo e coloque V nas
Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) Caracteriza-se como atividade autônoma, sendo exercida sem a supervisão de outro profissional, que atende às
necessidades de saúde do usuário.
( ) A Consulta de Enfermagem permite um elevado grau de resolutividade dos problemas de saúde dos pacientes,
sendo extensivo a seus familiares.
( ) São etapas da Consulta de Enfermagem: Entrevista e Exame Físico, Diagnóstico de Enfermagem (DE),
Planejamento e Implemantação da Assistência e Avaliação.
4
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

( ) O Diagnóstico de Enfermagem é uma das etapas da Consulta de Enfermagem. O DE fornece a base para as
eleições das intervenções a fim de alcançar os resultados pelos quais o enfermeiro é responsável.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) V-V-F-F B) F-F-V-V C) V-V-V-V D) F-V-V-F E) F-V-V-V

12. O enfermeiro Pedro está acompanhando o paciente H.G, portador de transtorno mental, no CAPS. Para dar
continuidade ao tratamento, o enfermeiro sentiu a necessidade de avaliar sua família, e, para tanto, aplicou o
modelo Calgary de Avaliação Familiar (MCAF). Essa análise envolveu as seguintes avaliações:

A) estrutural, funcional e de desenvolvimento.


B) avaliação de dados, registro dos dados e intervenção.
C) autocuidado, necessidades humanas básicas e déficit da sistematização da assistência de enfermagem.
D) análise de dados, validação dos dados e investigação.
E) cuidado, cura e assistência.

13. A enfermagem se estruturou enquanto ciência a partir do estabelecimento de diversas teorias que produziram os
pilares da atuação dos enfermeiros. O ensino e a prática da enfermagem psiquiátrica sofreram modificações
importantes a partir da teoria de enfermagem proposta por Dra. Hildegard Elizabeth Peplau em 1952.
Essa teoria trata do potencial terapêutico do enfermeiro, que deve ser voltado para

A) as necessidades do autocuidado, preparando o paciente para o entendimento do seu transtorno.


B) a adequação a um modelo que estabeleça mudanças no ambiente terapêutico.
C) a diversidade cultural como ponto de fortalecimento da terapêutica do enfermeiro.
D) as relações interpessoais entre enfermeiro e paciente com base no interacionismo, na fenomenologia, no existencialismo
filosófico e no humanismo.
E) o conflito e a ansiedade utilizados como mola-mestra da sistematização da assistência de enfermagem.

14. A Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) é uma enfermidade respiratória prevenível e tratável, que se
caracteriza pela presença de obstrução crônica do fluxo aéreo, que não é totalmente reversível.
Quanto a essa patologia, é CORRETO afirmar que

A) a obstrução do fluxo aéreo é geralmente progressiva e está associada a uma resposta inflamatória anormal dos pulmões à
inalação de partículas ou gases tóxicos, causada, primariamente, pelo tabagismo.
B) a DPOC não produz consequências sistêmicas significativas, comprometendo, de um modo geral, um ou os dois pulmões.
C) o processo inflamatório crônico pode produzir alterações no parênquima pulmonar, causando enfisema; os brônquios e
bronquíolos não têm alteração fisiológica no desenvolvimento de suas funções.
D) os principais fatores de risco externos para o DPOC são: desnutrição, prematuridade e poeira ocupacional.
E) para avaliar e estabelecer um prognóstico de DPOC, o enfermeiro deve avaliar a tosse apresentada pelo paciente através do
índice de MRC (Medical Research Council).

15. Em uma unidade de saúde, o enfermeiro Saulo recebeu o plantão com a admissão de um paciente. Ao realizar
anamnese e o exame físico nesse paciente, na palpação abdominal, observou fígado palpável a aproximadamente
3cm do rebordo costal direito, abdômen globoso com piparote positivo em decúbito dorsal e lateral, além de
mudança de coloração da pele e mucosas, apresentando-se amarelada. Não refere prurido e, na ausculta abdominal,
foram identificados ruídos hidroaéreos (RHA) positivos e aumentados.
Considerando a importância dos dados semiológicos encontrados, que o raciocínio clínico o enfermeiro deveria ter
para dar encaminhamento à assistência de enfermagem?

A) O paciente pode ser portador de uma patologia que tenha comprometimento hepático, ou ainda, uma hepatopatia idiopática,
uma vez que apresenta acúmulo de líquido ascítico abdominal e icterícia, inclusive nas mucosas.
B) O paciente pode ser portador de esplenomegalia, considerando a localização da massa encontrada no abdômen e, ainda, a
presença de icterícia avançada.
C) O paciente pode ser portador de doença colestática, uma vez que apresenta abdômen globoso, icterícia, além de não
apresentar prurido.
D) O paciente pode ser portador de Insuficiência Cardíaca Congestiva, considerando que a principal sintomatologia dessa
patologia cardiovascular é a hepatoesplenomegalia.
E) O paciente pode ser portador de obstrução intestinal, considerando a importante hepatopatia e a presença de ruídos
hidroaéreos aumentados em toda região abdominal.

5
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

16. J.R.S, sexo masculino, 55 anos foi admitido na Clínica Médica de uma unidade de saúde, com diagnóstico de
hipertensão portal. Ao exame, verificou-se a presença de abdome globoso, com aumento importante da
circunferência abdominal, estrias e veias distendidas visíveis na parede abdominal.
Considerando os sinais e sintomas apresentados, é CORRETO afirmar que

A) a hipertensão portal refere-se ao aumento de pressão em todo o sistema porta venoso que resulta na liberação do fluxo
sanguíneo no fígado lesionado.
B) a hipertensão portal, a elevação da pressão capilar e a obstrução do fluxo sanguíneo venoso através do fígado lesionado são
fatores que contribuem com o aparecimento da dor em hipocôndrio direito.
C) a vasodilatação esplâncnica e a incapacidade do fígado de metabolizar a aldosterona aumentam a retenção de sódio e água
pelos rins, causando hipervolemia e acúmulo de líquido peritoneal denominado de ascite.
D) o diagnóstico da ascite pode ser realizado através da palpação bimanual do abdômen com as mãos em garra.
E) oonsiderando a idade do paciente, o aumento da circunferência abdominal pode estar relacionado ao aumento da camada
adiposa abdominal, levando à disfunção hepática e esplênica.

17. Sobre Infarto Agudo do Miocárdio (IAM), leia as afirmações abaixo:

I. É causado por oclusão aguda nas coronárias epicárdicas. A causa mais comum de IAM é a aterotrombose.
II. O diagnóstico de IAM se baseia, principalmente, na análise de história clínica, eletrocardiograma e curva
enzimática.
III. Principais medidas terapêuticas no IAM: oxigênio, analgesia, nitratos, betabloqueador e antiplaquetários.

Está(ão) CORRETA(S)

A) I, apenas. B) I e II, apenas. C) III, apenas. D) I, II e III. E) I e III, apenas.

18. Sobre Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS), é CORRETO afirmar que

A) os principais fatores de risco são: tabagismo, AVC, doença coronariana, dislipidemia e obesidade.
B) cerca de 50% dos hipertensos são sódio-sensíveis, isto é, sua pressão arterial média diminui em 10mmHg ou mais após uma
carga salina.
C) trabalhos mostram que a prática regular de exercícios físicos aeróbicos, completada por exercício de resistência, reduz, de
forma independente, os níveis de PA.
D) os pacientes idosos com mais de 65 anos se constituem na minoria dos hipertensos nos dias atuais, devido ao aumento da
expectativa de vida. A maioria tem hipertensão sistólica isolada.
E) nas mulheres, a resposta aos anti-hipertensivos difere significativamente entre mulheres e homens.

19. Sobre a Insuficiência Renal Crônica (IRC), leia as afirmações abaixo:

I. Doenças altamente prevalentes na população, como Diabetes Mellitus e hipertensão arterial, são as principais
etiologias de doença renal crônica no Brasil e no mundo, respondendo juntas por mais de 70% dos casos.
II. A disfunção renal grave leva ao acúmulo de substâncias tóxicas endógenas, algumas das quais não podem ser
filtradas pela membrana de diálise; as moléculas filtráveis são as que têm peso molecular acima de 500 dáltons.
III. Na uremia aguda, o paciente apresenta distúrbio mental insidioso e mais sutil nas fases iniciais, disfunção
cognitiva progressiva, caracterizada por amnésia anterógrada.
IV. O derrame pericárdico é incomum nos pacientes urêmicos, apresentando estatística de 10%.

Está CORRETO, apenas, o que se afirma em

A) I. B) I e III. C) II e IV. D) IV. E) II.

20. Sobre a Escala de Coma de Glasgow (ECG), leia as afirmações abaixo:

I. Quando o enfermeiro avalia um paciente através da ECG e obtém como resultado um somatório de 10 pontos, essa
resposta indica que o paciente está em coma.
II. A ECG avalia nível de responsividade, do despertar e do estado de atenção.
III. Na avaliação da função motora, são verificados os movimentos voluntários e os movimentos reflexos.
IV. Nos testes de reflexos dos nervos cranianos, avalia-se a disfunção do tronco cerebral.

Está CORRETO, apenas, o que se afirma em

A) I e III. B) I, II e IV. C) III e IV. D) II e IV. E) II, III e IV.

6
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

21. Câncer é o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças, que têm em comum o crescimento desordenado de
células, que invadem tecidos e órgãos. Sobre o câncer, leia as afirmações abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas
Falsas.

( ) Mudança no estilo de vida, abandono do tabagismo, limitar o consumo de álcool e a prática de atividades física são
elementos que compõem a prevenção primária para o câncer.
( ) Não existe nenhuma avaliação padrão para todos os cânceres. A elaboração diagnóstica depende do paciente, do
tipo de tumor, dos sintomas e do conhecimento clínico da história natural do câncer específico.
( ) A terapia neoadjuvante está indicada para se obter a redução parcial do tumor, visando permitir uma
complementação terapêutica com a cirurgia e/ou radioterapia.
( ) A maior falha da quimioterapia antineoplásica se deve à resistência às drogas. Essa resistência ocorre ou porque as
populações celulares desenvolvem uma nova codificação genética, ou porque são estimuladas a desenvolver tipos
celulares resistentes ao serem expostas às drogas, o que lhe permite enveredar, por vias metabólicas, alternativas
por meio da síntese de novas enzimas.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) F-F-V-V B) V-F-F-V C) V-V-V-V D) F-F-V-F E) F-F-F-F

22. A apendicite aguda é a principal causa de cirurgia abdominal de urgência na infância e adolescência. Em crianças e
adolescentes, as apresentações clínicas variam de acordo com a idade. Sobre os sinais e sintomas, analise as
afirmativas abaixo:

I. A apendicite aguda começa com quadro de anorexia, seguido de dor abdominal mal definida, desconforto referido
no mesogástrio ou na região periumbilical.
II. Durante o exame físico, na inspeção, o paciente pode assumir posição fetal ou manter os membros inferiores
fletidos.
III. O exame laboratorial mais importante é o hemograma.
IV. Quanto maior o tempo de evolução, maior a tendência de defesa involuntária no quadrante inferior esquerdo.

Está(ão) CORRETA(S)

A) I, II e III, apenas.
B) III e IV, apenas. D) III, apenas.
C) II e IV, apenas. E) I, II, III e IV.

23. A enfermagem tem papel importante durante a hospitalização da criança e do adolescente, para promover ou
proporcionar segurança e conforto, elementos necessários diante dos riscos que eles poderão sofrer em virtude de
sua vulnerabilidade física e psicológica, ocasionada pela enfermidade, em que segurança e conforto constituem
também necessidades básicas do ser humano e podem se manifestar pela necessidade de proteção diante de perigos
físicos, ameaças psicológicas e dor.
A partir do texto apresentado e considerando a importância das medidas tomadas pela equipe de enfermagem, cuja
meta é manter o ambiente seguro para o recebimento da criança e/ou adolescente, analise as afirmações abaixo:

I. No Centro Cirúrgico, as ocorrências adversas podem se reverter em grandes preocupações devido ao risco de que
esse ambiente possa favorecer o surgimento de iatrogenias. Sobretudo porque, nessas unidades, as crianças e/ou os
adolescentes necessitam de cuidados especializados tanto no pré quanto no intra e pós-operatório.
II. Existem inúmeras ocorrências que são consideradas eventos adversos, entre elas jejum prolongado.
III. As infecções estão entre as mais temidas complicações decorrentes do ato operatório, uma vez que aumentam a
morbidade e a mortalidade, prolongam a permanência hospitalar, aumentando o risco de outras complicações,
além de onerarem o tratamento.
IV. A enfermagem deve sempre monitorar a dor da criança por meio de escalas específicas e pertinentes a cada faixa
etária, observando toda e qualquer prescrição médica, para que não ocorra falta ou, até mesmo, superdosagem de
medicação.

Está CORRETO o que se afirma em

A) I e II, apenas.
B) I e III, apenas.
C) II e III, apenas.
D) I, II, III e IV.
E) I e IV, apenas.

7
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

24. O Zika vírus é um ácido ribonucleico (RNA) vírus, do gênero Flavivírus, família Flaviviridae. Sobre o Zika vírus,
leia as afirmações abaixo:

( ) O principal modo de transmissão descrito do vírus é por vetores.


( ) Mais de 80% das pessoas infectadas não desenvolvem manifestações clínicas, porém quando presentes, a doença
se caracteriza pelo surgimento do exantema maculopapular pruriginoso, febre intermitente, artralgia, mialgia e
cefaleia.
( ) Existe a possibilidade de o vírus da Zika também ser transmitido de mãe para filho, por meio de transplante de
órgãos e medula óssea, por transfusão sanguínea ou via sexual.
( ) A partir da confirmação da autoctonia do vírus Zika no país, o Brasil adotou o sistema de vigilância sentinela para
o monitoramento dos casos.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) F-V-V-V B) F-F-F-V C) V-V-F-F D) V-V-V-V E) F-V-F-V

25. Sobre hepatites virais, leia as afirmações abaixo:

I. A maioria das hepatites virais agudas é assintomática, independentemente do tipo de vírus. Quando apresentam
sintomatologia, são caracterizadas por fadiga, mal-estar, náuseas, dor abdominal, anorexia e icterícia.
II. As hepatites virais não são doenças de notificação compulsória regular. Portanto, não há necessidade de serem
notificados os casos no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN).
III. As aminotransferases, alanina aminotransferase ou transaminase glutâmico-pirúvica (ALT ou TGP) e aspartato
aminotransferase ou transaminase glutâmico-oxalacética (AST ou TGO) são marcadores sensíveis para detecção
de lesão do parênquima hepático, porém não são específicas para nenhum tipo de hepatite.
IV. A principal via de contágio do vírus da hepatite A (HAV) é a fecal-oral por contato inter-humano ou por meio de
água e alimentos contaminados. Contribuem para a transmissão a estabilidade do HAV no meio ambiente e a
grande quantidade de vírus presente nas fezes dos indivíduos infectados.

Está CORRETO, apenas, o que se afirma em

A) I, III e IV. B) II, III e IV. C) I e III. D) II e III. E) I e IV.

26. O termo “diabetes mellitus” (DM) refere-se a um transtorno metabólico de etiologias heterogêneas, caracterizado
por hiperglicemia e distúrbios no metabolismo de carboidratos, proteínas e gorduras, resultantes de defeitos da
secreção e/ou da ação da insulina.
Assinale a alternativa que indica os critérios para rastreamento em adultos assintomáticos.

A) Exame prévio de HbA1c ≥ 5,7%, tolerância diminuída à glicose ou glicemia de jejum alterada.
B) Dislipidemia: hipertrigliceridemia (<250 mg/dL) ou HDL-C baixo (˃45 mg/dL).
C) Obesidade severa (IMC= 21Kg/m²), presença de acanthosis nigricans.
D) Realização de atividade física três vezes na semana.
E) Idade acima dos 35 anos.

27. M.R., 15 anos, sexo masculino, portador de Diabetes mellitus tipo 1 desde os 8 anos vem apresentando descontrole
glicêmico há aproximadamente um mês. Na última semana, foi atendido em uma Unidade de Pronto-atendimento
com os seguintes sintomas: polidipsia, poliúria, desconforto abdominal, além de ter apresentado um episódio de
vômito. A análise da glicemia mostrou valores superiores a 250mg/dl.
Diante do quadro apresentado, o enfermeiro deve

I. avaliar os valores de glicemia e a presença de cetonúria, considerando que o valor da glicemia apresentado por
M.R. pode caracterizar o quadro de cetoacidose.
II. se glicemia >250 mg/dL e cetonúria: administrar, conforme prescrito, 20% da dose de insulina diária sob a forma
de insulina regular e revisar em quatro horas. Repetir a dose, se glicemia >250 mg/dL. Se não melhorar no
próximo teste ou mostrar agravantes, encaminhar prontamente ao serviço de emergência. A pessoa deve ser
hidratada com soro fisiológico 0,9% endovenoso em acesso venoso calibroso.
III. realizar hidratação oral, como alternativa da terapêutica para M.R, considerando o estado geral apresentado, e
avaliar imediatamente a possibilidade de doença intercorrente.

Está CORRETO, apenas, o que se afirma em

A) I. B) II e III. C) III. D) I e III. E) II.

8
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

28. É de competência do enfermeiro, realizar consulta de enfermagem para pessoas com maior risco a fim de
desenvolver DM tipo 2, uma vez que a consulta tem o objetivo de conhecer a história pregressa do paciente, seu
contexto social e econômico, grau de escolaridade, avaliar o potencial para o autocuidado e avaliar as condições de
saúde. Para direcionar o plano assistencial do paciente, o enfermeiro deve estar atento a(à)
A) priorizar a dificuldade e o déficit cognitivo, não considerando a educação em diabetes e o analfabetismo como
comprometedores do autocuidado.
B) medos: da perda da independência; de hipoglicemia, do ganho de peso, das aplicações de insulina.
C) desmistificar que os problemas emocionais, sintomas depressivos e outras barreiras psicológicas possam comprometer a
atitude do paciente frente à terapêutica.
D) desmistificar que a diminuição da acuidade visual e auditiva seja responsável pelo impedimento de uma boa avaliação dos
pés.
E) monitorização da glicemia que deverá sempre ser feita com a ajuda de familiares para favorecer a fidedignidade dos valores.

29. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, a Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é uma condição
clínica multifatorial, caracterizada por elevados e sustentados índices de pressão arterial (PA) – (PA ≥140 x
90mmHg).
Sobre HAS, leia as afirmações abaixo:

I. A HAS apresenta alta morbimortalidade bem como perda da qualidade de vida, o que justifica a precocidade do
diagnóstico. Porém, para realizar o diagnóstico, são necessárias medidas de alto custo, o que inviabiliza a
realização do diagnóstico no período inicial da doença, bem como o início da terapêutica.
II. São condições-padrão para mensurar PA em uma Consulta de Enfermagem: paciente sentado, com o braço
apoiado e à altura do precórdio; evitar o uso de cigarros e de bebidas com cafeína nos 30 minutos que precedem à
mensuração; a pressão sistólica corresponder ao valor em que começarem a serem ouvidos os ruídos de Korotkoff;
a média de duas aferições deve ser considerada como a pressão arterial do dia; se os valores diferirem em mais de
5mmHg, verificar outra vez.
III. As pessoas que apresentarem PA entre 130x 80mmHg são consideradas normotensas e deverão realizar a aferição
anualmente, inclusive os pacientes portadores de diabetes mellitus.
IV. A prevenção primária da HAS pode ser feita mediante controle de seus fatores de risco, como sobrecarga na
ingestão de sal, excesso de adiposidade, especialmente na cintura abdominal e abuso de álcool.

Estão CORRETAS

A) I e II, apenas.
B) II e IV, apenas. D) III e IV, apenas.
C) I, II e IV, apenas. E) I, II, III e IV.

30. Sobre HAS, leia as afirmações abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) O excesso de peso tem forte relação com o aumento da pressão arterial. Uma das formas de avaliação do peso
ocorre por meio do cálculo do índice de massa corporal (IMC). Quando esse indicador estiver entre 35.0-39.9
kg/m², o paciente é classificado como obeso classe I e com moderado risco de co-morbidade.
( ) O escore de Framinghan classifica os indivíduos por meio de pontuação em graus de risco cardiovascular. O
paciente é classificado como ALTO RISCO, se houver mais de 20% de chance de um evento cardiovascular
ocorrer em 10 anos ou se houver a presença de lesão de órgão-alvo.
( ) O paciente maior que 18 anos e apresenta PA= 150x 90mmHg é classificado como hipertenso moderado (estágio
1).
( ) O tratamento medicamentoso utiliza diversas classes de fármacos selecionados de acordo com a necessidade de
cada pessoa, com a avaliação da presença de comorbidades, lesão em órgão-alvo, história familiar, idade e
gravidez. Como a HAS é uma doença multifatorial, o tratamento medicamentoso requer a associação de dois ou
mais anti-hipertensivos.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) V-V-F-F
B) F-F-F-V
C) V-V-V-V
D) F-V-V-V
E) F-V-F-V

9
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

31. A hipotermia transoperatória predispõe os pacientes a complicações. Sobre complicações e tratamento de


disfunções na termorregulação na Sala de Recuperação Anestésica (SRA), analise as afirmações a seguir:

I. A hipotermia transitória predispõe a complicações cardiovasculares.


II. Os Distúrbios de coagulação alteram o metabolismo das drogas.
III. O enfermeiro deve instituir medidas preventivas, como o aumento da temperatura da SRA.
IV. A equipe de enfermagem, no período pós-operatório imediato, promove a reestabilização da homeostase e
identifica complicações precocemente por meio da observação.

Está CORRETO o que se afirma em

A) IV, apenas. B) I, II e IV, apenas. C) III e IV, apenas. D) II e IV, apenas. E) I, II, III e IV.

32. O paciente sob anestesia geral é avaliado de maneira sistêmica, pois as drogas utilizadas no procedimento causam
alterações em vários sistemas corporais. É necessário o enfermeiro conhecer a ação e os efeitos adversos das diversas
drogas utilizadas nas anestesias. A partir do texto apresentado e considerando a importância do reconhecimento
precoce de alterações sistêmicas provocadas por tais drogas pelo enfermeiro, analise as afirmações a seguir:

I. Os benzodiazepínicos têm ação sedativa, produção de amnésia e depressão mínima da ventilação e do sistema
cardiovascular.
II. Os barbitúricos são um indutor anestésico, tendo como efeito depressão do sistema nervoso central.
III. Os anestésicos voláteis têm ação de sedação e analgesia.
IV. Os opioides têm ação de analgesia e podem apresentar efeitos de bradicardia e de depressão respiratória.

Está CORRETO, apenas, o que se afirma em

A) I e II. B) I e III. C) II e III. D) I, II, III e IV. E) I e IV.

33. Após o término do período transoperatório, ao sair da sala de operação, o paciente cirúrgico é encaminhado para
Sala de Recuperação Anestésica (SRA). Nessa fase, o enfermeiro e a equipe realizam avaliação do paciente por
sistemas. Sobre isso, analise as afirmações a seguir:

I. Sistema respiratório: perviedade de vias aéreas, ausculta pulmonar e observação de cianoses.


II. Sistema cardiovascular: coloração da pele, temperatura da pele, perfusão periférica, pressão arterial e frequência
cardíaca.
III. Sistema renal: volume e aspecto da urina, quando em presença de sonda vesical ou espontânea.
IV. Sistema neurológico: nível de consciência, movimentação dos membros, resposta aos estímulos.

Está CORRETO o que se afirma em

A) I e II, apenas. B) I e III, apenas. C) II e IV, apenas. D) III e IV, apenas. E) I, II, III e IV.

34. A avaliação no período pré-operatório deve incluir ações de identificar o porte da cirurgia e o tipo de anestesia,
conhecer o estado físico geral do paciente, sua idade, a gravidade da doença e os riscos para possíveis complicações.
Nessa situação, o enfermeiro realiza a entrevista com o paciente e a família, objetivando

A) a identificação de doenças associadas, alergias e uso de medicamentos.


B) identificar comportamentos intrínsecos e extrínsecos.
C) realizar tricotomia.
D) retirar objetos extrínsecos.
E) realizar higiene corporal e oral prévia.

35. Considerando as características específicas do paciente cirúrgico e visando à melhoria da qualidade dessa
assistência, foi desenvolvido, em 1985, o modelo denominado de Sistema de Assistência de Enfermagem
Perioperatório (SAEP).
Diante do exposto, a SAEP compreende as seguintes etapas:

A) visita pré-operatória de enfermagem, tratamento anestésico cirúrgico, implementação da assistência e avaliação da


anestesia.
B) visita pré-operatória de enfermagem, tratamento anestésico cirúrgico, implementação da assistência e reformulação da
assistência.
C) visita pré-operatória de enfermagem, tratamento anestésico cirúrgico, avaliação da anestesia e implementação da
assistência.
10
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

D) visita pré-operatória de enfermagem, tratamento anestésico cirúrgico, implementação da assistência e planejamento da


assistência perioperatória.
E) visita pré-operatória de enfermagem, planejamento da assistência perioperatória, implementação da assistência, avaliação da
assistência e reformulação da assistência a ser planejada, segundo resultados obtidos e solução de situações não desejadas
ou ocorrência de eventos adversos.

36. O ato cirúrgico é todo procedimento realizado na Unidade de Centro Cirúrgico com, pelo menos, uma incisão, com
ou sem sutura, incluindo as cirurgias videoscópicas.
Sobre os três tempos principais em que uma cirurgia transcorre, analise as afirmativas abaixo:

I. Diérese: incisão/separação dos tecidos em geral, de forma mecânica, com o uso de lâminas de bisturi (manual ou
elétrico), além de outros métodos com o raio laser.
II. Exérese: operação proposta propriamente dita. Ato cirúrgico objetivando o diagnóstico, controle ou resolução da
alteração, com posterior reconstrução das estruturas manipuladas.
III. Síntese ou Hemostasia: é o fechamento dos tecidos, por planos, reconstituindo os tecidos originais.
IV. Hemostasia: realizada antes da síntese e durante a cirurgia, por meio de pinçamento, ligadura de vasos com fios e
grampos, eletrocoagulação, compressão local.

Está CORRETO o que se afirma em

A) I, II e IV, apenas.
B) III e IV, apenas.
C) II e IV, apenas.
D) II, apenas.
E) I, II, III e IV.

37. Com o processo de envelhecimento populacional, as demências são cada vez mais comuns entre os idosos, deixando-
os mais susceptíveis às alterações de atividades de vida diária e na qualidade de vida dos indivíduos que por ela são
acometidos. Sobre as demências, analise as afirmativas abaixo:

I. O mecanismo fisiopatológico exato da doença de Alzheimer ainda é desconhecido. O que se sabe é que inúmeras
reações em níveis celular e tecidual acontecem e culminam com a formação de achados neuropatológicos, entre
eles os emaranhados neurofibrilares e as placas senis, induzindo à morte neuronal.
II. As demências são divididas em dois grupos: as reversíveis, também chamadas primárias, e as irreversíveis ou
secundárias, sendo classificadas de acordo com a causa e o potencial para reversão.
III. Existem várias etiologias de demência. Entre elas, a doença de Alzheimer DA, que é a mais frequente, sendo
responsável por até 70% dos casos. Outras comuns são as demências vasculares (DV), demências por corpúsculos
de Lewy (DCL) e demência frontotemporal (DFT), entre outras.
IV. Estudos epidemiológicos mostram que são fatores de risco para a doença de Alzheimer: idade, gênero feminino,
hereditariedade, baixa escolaridade, traumatismo craniano, distúrbios de tireoide, história familiar de doença de
Parkinson, síndrome de Down níveis séricos baixos de folato e vitamina B, níveis séricos elevados de
homocisteína e a presença da apoliporoteína alelo ɛ4.

Está CORRETO o que se afirma em

A) I e II, apenas.
B) II e III, apenas.
C) II, III e IV, apenas.
D) I, III e IV, apenas.
E) I, II, III e IV.

38. Sobre o envelhecimento populacional brasileiro e suas implicações epidemiológicas, analise as afirmativas abaixo,
colocando V nas Verdadeiras ou F nas Falsas.

( ) O aumento da população idosa tem criado inúmeros problemas sociais, políticos e econômicos, implicando
aumento de custos e gastos médico-sociais, maior necessidade de suporte familiar e comunitária e cuidados de
longa duração, devido às doenças crônicas.
( ) Segundo projeções estatísticas da Organização Mundial de Saúde (OMS) no Brasil, entre 1950 e 2025, a
população idosa crescerá 16 vezes, ao passo que a população normal terá um aumento de 5 vezes.
( ) O processo de envelhecimento populacional vivenciado no Brasil é exclusivo, pois essa transição epidemiológica
ocorre de forma gradativa e de maneira heterogênea.
( ) A promoção de um envelhecimento saudável é mais que um direito do cidadão, constitui-se uma necessidade
econômica, com a implementação e disseminação de uma medicina preventiva, garantindo um sistema de saúde
menos oneroso.
11
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

( ) Para o setor saúde, o impacto do envelhecimento populacional traz importantes mudanças, como o aumento das
doenças agudas, mesmo diante do advento da vacinação voltada para essa população.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) V-V-F-V-F
B) V-V-V-F-F
C) V-F-V-V-F
D) F-V-F-V-V
E) V-V-F-V-V

39. A doença de Parkinson é um distúrbio neurológico progressivo, resultante da degeneração de neurônios envolvidos
no controle motor, além de perda de células da camada ventral da parte compacta da substância nigra e do locus
ceruleus. A doença apresenta cinco estágios de evolução de acordo com a classificação de Hoehn e Yahr (Teive,
2002).
Relacione os estágios com as suas respectivas manifestações:
1. Estágio I ( ) Envolvimento bilateral. Sem alterações de equilíbrio.
2. Estágio II ( ) Incapacidade grave. Paciente não consegue levantar da cadeira sozinho, mas pode deambular
sem auxílio.
3. Estágio III ( ) Envolvimento unilateral. Pouca ou nenhuma perda funcional.
4. Estágio IV ( ) Confinado ao leito ou à cadeira de rodas. Não deambula sem auxílio.
5. Estágio V ( ) Alteração dos reflexos posturais e de equilíbrio. Deambula sozinho. Perda funcional leve a
moderada. É fisicamente capaz de viver independente na maioria dos casos.

Assinale a alternativa que indica a associação CORRETA.

A) 3, 4, 1, 5, 2 B) 2, 3, 4, 1, 5 C) 2, 4, 1, 5, 3 D) 1, 4, 2, 3, 5 E) 2, 5, 1, 3, 4

40. Sobre a depressão no idoso, assinale a alternativa CORRETA.

A) A depressão no idoso pode ser confundida com a demência, na qual o comprometimento cognitivo também é decorrente do
declínio na função cerebral.
B) No idoso quando coexistem a depressão e as doenças clínicas, a negligência da depressão pode retardar a recuperação física.
C) Na depressão, a avaliação do estado mental do paciente não é vital e pode ser desprezada.
D) Apesar de ser uma patologia frequente no idoso, a depressão não rompe a qualidade de vida do idoso.
E) A depressão entre os idosos não está associada a eventos precipitantes ou perdas importantes, mas pode ser secundária a
uma interação medicamentosa.

41. As síndromes associadas à hipertensão na gravidez são caracterizadas por diferentes graus de comprometimento
clínico heterogêneo e alterações laboratoriais. Os achados clínicos podem se manifestar tanto como uma síndrome
materna (hipertensão, proteinúria e/ou sintomas variados) quanto como uma síndrome fetal (crescimento
intrauterino retardado), ou ainda, como ambos.
Sobre isso, leia as afirmações abaixo:

I. Proteinúria é definida como a excreção de 0,3mg de proteínas ou mais em urina de 24 horas.


II. Aumento de 30mmHg na pressão sistólica ou 15mmHg na diastólica, quando os valores absolutos estiverem
abaixo de 140/90mmHg, não deve ser usado como critério diagnóstico.
III. A dosagem de hemoglobina e hematócrito na abordagem laboratorial da mulher apoia-se no fato de que a
hemoconcentração geralmente está presente na pré-eclâmpsia, sendo um indicador de gravidade.
IV. Na pré-eclâmpsia, assim que se tiver o diagnóstico, a conduta dependerá da gravidade e da idade gestacional. Na
pré-eclâmpsia, a antecipação do parto é o único tratamento definitivo. Na eclâmpsia, a conduta obstétrica visa à
estabilização do quadro materno, a avaliação das condições de bem-estar fetal e a antecipação do parto em
qualquer idade gestacional.
V. A terapia anticonvulsivante pode ser indicada para se prevenir convulsões. A droga de escolha nesses casos são os
benzodiazepínicos, devendo ser utilizados em gestantes com pré-eclâmpsia grave, admitidas para conduta
expectante, apenas nas primeiras 24 horas. Se a gestante apresentar elevação de quadro hipertensivo ou sinais de
irritabilidade neurológica, a opção é iniciar o sulfato de magnésio de imediato.

Está CORRETO, apenas, o que se afirma em

A) I e II. B) II e III. C) III, IV e V. D) II, III e IV. E) I, IV e V.


12
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

42. O diabetes gestacional é definido como qualquer grau de redução da tolerância à glicose, cujo início ou detecção
ocorre durante a gravidez. No Brasil, em torno de 7% das gestações são complicadas pela hiperglicemia gestacional.
O rastreamento é considerado positivo em qual situação abaixo?
A) Gestantes com nível de glicose plasmática de jejum igual ou superior a 105mg/dL e/ou na presença de qualquer fator de
risco para o diabetes gestacional.
B) Se rastreamento inicial for negativo, deve-se repetir a glicemia de jejum após 30ª semana de gestação.
C) As gestantes com rastreamento inicial positivo, ou seja, com glicemia plasmática de jejum maior ou igual a 85mg/dL até
125mg/dL e/ou com qualquer fator de risco devem ser submetidas à confirmação diagnóstica, com Teste Oral de Tolerância
à Glicose (75g de glicose anidra).
D) Duas glicemias plasmáticas de jejum maior ou igual 145mg/dL em mulheres com idade gestacional acima de 24 semanas,
confirmam o diagnóstico de diabetes gestacional, sem haver necessidade de outro teste confirmatório.
E) É possível utilizar, desde que disponível no serviço, a dosagem de hemoglobina glicada para diagnóstico diferencial de
diabetes gestacional e diabetes prévio à gestação.

43. A mamografia é o método preconizado para rastreamento do câncer de mama na rotina da atenção integral à saúde
da mulher. É o único exame cuja aplicação em programas de rastreamento apresenta eficácia comprovada na
redução da mortalidade do câncer de mama.
Em relação à solicitação desse exame pelo enfermeiro, assinale a alternativa CORRETA.

A) A mamografia é recomendada bianualmente para as mulheres de 50 a 69 anos, portanto justifica a pertinência da solicitação
da mamografia de rastreio pelo enfermeiro.
B) A mamografia bianual é recomendada para as mulheres de 40 a 49 anos, portanto justifica a pertinência da solicitação da
mamografia de rastreio pelo enfermeiro.
C) A mamografia é recomendada anualmente para as mulheres de 50 a 69 anos, independentemente de fator de risco, portanto
justifica a pertinência da solicitação da mamografia de rastreio e diagnóstica pelo enfermeiro.
D) A mamografia de rotina anual é recomendada para as mulheres com alto risco para câncer de mama, após 35 anos, portanto
justifica a pertinência da solicitação da mamografia de rastreio e diagnósticos pelo enfermeiro.
E) A mamografia para mulheres com faixa etária de 40 a 49 anos deve ser recomendada após exame clínico alterado, portanto
não justifica a pertinência da solicitação pelo enfermeiro. Nesse caso, o enfermeiro encaminha para a avaliação médica.

44. A Hemorragia Pós-Parto (HPP) é comumente definida como uma perda de 500 mL de sangue ou mais no período de
24 horas após o parto. A HPP é a principal causa de mortalidade materna em países de baixa renda e a causa
primária de quase um quarto de todas as mortes maternas no nível global. A maioria das mortes resultantes da HPP
ocorre durante as primeiras 24 horas após o parto.
Sobre as recomendações para a prevenção da HPP, assinale a alternativa CORRETA.

A) O misoprostol via retal é o fármaco de escolha recomendado para a prevenção da Hemorragia pós-parto durante a terceira
fase do parto.
B) O uso de uterotônicos para a prevenção da Hemorragia pós-parto durante a terceira fase do parto é recomendado para todos
os partos.
C) A massagem uterina contínua é recomendada como intervenção para prevenir a Hemorragia pós-parto, porque poderá
produzir uma redução da perda de sangue.
D) Se a terceira fase do parto durar mais de 30 minutos, a placenta estiver retida e ocorrer a Hemorragia pós-parto, a remoção
da placenta deverá ser cirúrgica, evitando a remoção manual e seus riscos de infecção.
E) A Tração Controlada do Cordão umbilical é recomendada, especialmente em casos nos quais não há ocitocina disponível e
também quando não há profissionais de assistência ao parto qualificados para a seleção e administração de outros cuidados
de maior complexidade.

45. Na assistência pediátrica, é comum o uso de anti-inflamatórios esteroides para combater afecções agudas ou
crônicas. Entretanto, o uso desses fármacos pode desencadear efeitos indesejados e/ou iatrogênicos e que requerem
vigilância da (o) enfermeira (o). Sobre os distúrbios relacionados ao uso da terapia esteroide em pediatria, analise as
afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) A Síndrome de Cushing apresenta múltiplas causas e se caracteriza por um conjunto de manifestações decorrentes
da circulação excessiva de cortisol livre. Na assistência pediátrica, esse distúrbio está fortemente associado à
administração da terapia esteroide em doses excessivas ou por seu uso prolongado.
( ) Na assistência às crianças em tratamento com terapia esteroide, é importante que a(o) enfermeira(o) observe,
atentamente, sinais da Síndrome de Cushing, como: ganho de peso, face arredondada ou em forma de lua,
bochechas avermelhadas, aumento de pelos no corpo e aumento dos níveis glicêmicos.
( ) Uma medida adotada pela enfermagem para minimizar as complicações decorrentes do uso da terapia esteroide é
administrar a medicação pela manhã, uma vez que essa medida ajuda a manter a secreção normal de cortisol
endógeno.

13
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

( ) As crianças, sob uso de anti-inflamatórios esteroides por mais de sete dias consecutivos, podem desenvolver
insuficiência suprarrenal, quando a suspensão do fármaco ocorre de forma abrupta. A enfermagem deve observar
os sinais e os sintomas associados a esse agravo, que incluem irritabilidade, náuseas, vômitos e diarreia.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) V-F-F-V B) F-F-F-V C) V-F-F-F D) V-V-V-V E) F-F-F-F

46. As Afecções Respiratórias na infância compõem um grupo complexo e heterogêneo de doenças. A (o) enfermeira (o)
desempenha um importante papel na prevenção e no tratamento desses agravos, reconhecendo os fatores de risco,
as manifestações clínicas e sinais de gravidade. Sobre a assistência de enfermagem às afecções respiratórias, analise
as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) Os sinais e sintomas mais característicos das afecções respiratórias e que devem ser observados pela(o)
enfermeira(o), são: tosse, coriza, congestão nasal, otalgia, taquipneia, dispneia, sibilância, diarreia e febre.
( ) As crianças com quadro de asma aguda (grave ou muito grave) podem apresentar os seguintes diagnósticos de
enfermagem: Troca de gases prejudicada, relacionada ao desequilíbrio na ventilação, perfusão e mudanças na
membrana alveolar; Risco de asfixia relacionado ao broncoespasmo, secreção de muco e edema; Padrão
respiratório ineficaz relacionado à incapacidade de manter frequência e à profundidade adequada das respirações,
resultando em fadiga.
( ) A assistência de enfermagem à criança hospitalizada com diagnóstico de pneumonia inclui: avaliação respiratória
completa e das condições de hidratação; suporte com oxigênio suplementar, quando necessário; administração da
antibioticoterapia prescrita e promoção de ambiente confortável, em posição semiereta.
( ) Nos cuidados à criança com Bronquiolite Viral Aguda, a(o) enfermeira(o) deve monitorar a oxigenação sanguínea
com oximetria de pulso; realizar ausculta respiratória para avaliar a presença de sibilos; realizar administração de
oxigênio, com o objetivo de manter a saturação de O 2 (SatO2) < 90%; realizar lavagem nasal e manter a criança
em decúbito elevado.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) V-F-V-F B) F-V-V-F C) V-V-V-F D) F-F-F-V E) V-F-F-F

47. Sobre a organização dos serviços públicos de saúde a partir das Leis 8080/90, 8141/90 e do Decreto 7508/11, é
CORRETO afirmar que

A) há um absoluto nível de concordância entre a Lei 8080/90 e o Decreto 7508/11, quando preconizam a organização isolada
dos serviços dos três níveis de atenção, a fim de potencializar a eficácia e eficiência dos serviços.
B) a programação geral de ações e serviços de saúde (PGASS) é um dos instrumentos organizacionais dispostos pelo Decreto
7508/11 de aprimoração do planejamento de todas as ações de saúde a partir das necessidades das populações em seus
territórios.
C) a Lei 8080/90 preconiza a formação de consórcios intermunicipais de saúde, no mesmo sentido que veio a ser preconizado
pelo Decreto 7508/11, todavia o formato diretivo definido pela lei Orgânica não prevê o comando único em cada esfera de
governo.
D) pelo fato de regulamentar a Lei Orgânica 8142/90, o Decreto 7508/11 não está submetido às orientações da Lei Orgânica da
Saúde 8080/90 que dispõe no 1º artigo sobre o controle social do SUS através dos Conselhos de Saúde.
E) a partir da sua aprovação, o Decreto 7508/11 substituiu plenamente as Leis 8080/90 e 8142/90, visto que era preciso
aprimorar a configuração preconizada a partir do Pacto pela Saúde.

48. Quanto à Política Nacional de Humanização, é CORRETO afirmar que

A) busca conferir e incrementar qualidade à prestação dos serviços de saúde, focando-se, necessariamente, na atenção às
urgências e emergências, mediante o saber especializado dos profissionais de saúde.
B) os elementos fundamentais dessa política são os seguintes: aspectos subjetivos e sociais; a organização do processo de
trabalho em saúde; a atuação multiprofissional; a valorização da informação, educação e comunicação; a atuação em rede.
C) pretere as orientações concernentes à gestão participativa para se centrar, apenas, na Educação Permanente em Saúde, a fim
de modificar atitudes nas relações intersubjetivas.
D) no âmbito hospitalar, as diretrizes específicas dessa política são as seguintes: elaboração da atenção à saúde individual,
incentivo às práticas de promoção da saúde, estabelecimento de formas de inclusão do usuário e de acolhimento, e trabalho
multiprofissional com fortalecimento das redes de apoio.
E) preconiza uma base tecnológica de desenvolvimento de ações, particularmente quanto à relação entre profissionais e
usuários. Essa base tecnológica exige fundamentalmente a centralidade dos protocolos assistenciais.

14
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

49. A acreditação hospitalar é uma metodologia que foi desenvolvida para a racionalização e ordenação dos serviços de
saúde, é voluntária e propõe a garantia da qualidade da assistência prestada.
O enfermeiro deve ter a compreensão do significado das organizações, repensando a sua prática ao administrar os
serviços de saúde, buscando a melhoria contínua do atendimento prestado ao cliente.

PORQUE

A certificação de uma instituição “ACREDITADA” define o seu status e dá credibilidade aos usuários e à
comunidade, já que a acreditação se expressa pela realização de um procedimento de avaliação dos recursos
institucionais, periódico e reservado, para garantir a qualidade da assistência por meio de padrões previamente
estabelecidos.

Sobre as duas citações acima, assinale a alternativa CORRETA.

A) As duas são incorretas.


B) A primeira é correta, e a segunda, incorreta.
C) A primeira é incorreta, e a segunda, correta.
D) As duas são corretas, e a segunda é uma justificativa correta para a primeira.
E) As duas são corretas, e a segunda não é uma justificativa correta para primeira.

50. De acordo com a ANVISA, 2013: “Receber uma assistência à saúde de qualidade é um direito do indivíduo, e os serviços
de saúde devem oferecer uma atenção que seja efetiva, eficiente, segura, com a satisfação do paciente em todo o
processo”. Em relação ao tema segurança do paciente, leia as afirmações abaixo:

I. O dano é o comprometimento da estrutura ou função do corpo e/ou qualquer efeito dele oriundo, incluindo-se
doenças, lesão, sofrimento, incapacidade ou disfunção, podendo, assim, ser físico, social ou psicológico, desde que
não leve à morte.
II. Evento adverso é qualquer incidente, que resulta em dano ao paciente.
III. Incidente é qualquer evento ou circunstância, que poderia ter resultado, ou resultou, em dano desnecessário ao
paciente.
IV. Segurança do paciente é a redução de atos inseguros nos processos assistenciais e o uso das melhores práticas
descritas de forma a alcançar os melhores resultados possíveis para o paciente. Risco é a probabilidade de um
incidente ocorrer.

Estão CORRETAS

A) I e II, apenas.
B) II e IV, apenas.
C) I, II, III e IV.
D) II, III e IV, apenas.
E) II e III, apenas.

15
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

ATENÇÃO

 Abra este Caderno, quando o Fiscal de Sala autorizar o início da Prova.


 Observe se o Caderno está completo. Ele deverá conter 50 (cinquenta) questões
objetivas de múltipla escolha com 05 (cinco) alternativas cada, abrangendo os
Conhecimentos Específicos da categoria profissional do candidato.
 Se o Caderno estiver incompleto ou com algum defeito gráfico que lhe cause
dúvidas, informe, imediatamente, ao Fiscal.
 Ao receber o Caderno de Prova, preencha, nos espaços apropriados, o seu
Nome completo, o Número do seu Documento de Identidade, a Unidade da
Federação e o Número de Inscrição.
 Para registrar as alternativas escolhidas nas questões da Prova, você receberá
um Cartão-Resposta com seu Número de Inscrição impresso.
 As bolhas do Cartão-Resposta devem ser preenchidas totalmente, com caneta
esferográfica azul ou preta.
 O tempo destinado à Prova está dosado, de modo a permitir fazê-la com
tranquilidade.
 Preenchido o Cartão-Resposta, entregue-o ao Fiscal e deixe a sala em silêncio.

BOA SORTE!

16
SECRETARIA DE SAÚDE DE PERNAMBUCO
PROGRAMA DE RESIDÊNCIA EM ÁREA MULTIPROFISSIONAL E UNIPROFISSIONAL DE SAÚDE
PROCESSO SELETIVO / 2018
PERFIL / HOSPITALAR

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO

Não deixe de preencher as informações a seguir:

Prédio Sala

Nome

Nº de Identidade Órgão Expedidor UF Nº de Inscrição

CADERNO 56
ENFERMAGEM
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

01. Ao admitir um paciente na clínica médica, o Enfermeiro realiza a anamnese e o exame físico, etapas que compõem o
método clínico. Sobre essas etapas, analise as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) Um dos componentes da anamnese é a queixa principal, na qual o Enfermeiro deve registrar, em poucas palavras,
o que levou o paciente a procurar o serviço de saúde e, de preferência, repetir as expressões utilizadas por ele para
relatar a queixa. Já a história da doença atual (HDA) é a parte principal da anamnese e costuma ser o principal
indicativo para o diagnóstico do paciente.
( ) Na sistematização do interrogatório sintomatológico, ainda na anamnese, é necessário que o enfermeiro esteja
bastante atento. No sistema endócrino, a investigação das manifestações clínicas relacionadas com o hipotálamo, a
hipófise, a tireoide, as paratireoides, as suprarrenais e as gôndolas são imprescindíveis para a definição de um
diagnóstico correto.
( ) O exame físico é obtido por meio de métodos propedêuticos. Na palpação, utiliza-se o sentido do tato com o
objetivo de explorar a superfície corporal, na qual é possível que o enfermeiro verifique e identifique, apenas, a
modificação de textura e a consistência da área delimitada.
( ) No exame físico do abdome, o Enfermeiro realiza a ausculta antes da percussão e da palpação, uma vez que essas
manobras podem alterar os ruídos intestinais. Na ausculta abdominal, além dos ruídos hidroaéreos, podem ser
ouvidos sopros sistólicos ou sistodiastólicos ou de fístula arteriovenosa.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) V-V-V-V B) V-V-F-V C) F-F-V-F D) F-V-V-F E) V-V-V-F

02. Na Consulta de Enfermagem, competência exclusiva do Enfermeiro segundo a Lei n. 7.498/86, em um Hospital
Universitário, ao realizar o exame físico o Enfermeiro verifica os Sinais Vitais (SSVV) do paciente. Os SSVV
refletem o estado de saúde, a função cardiopulmonar e a função corporal geral.
Sobre os SSVV, analise as afirmativas abaixo:

I. A variação normal da frequência cardíaca varia com a idade. Traumatismos, anemia, hemorragia, infecção, medo,
febre, dor, hipertiroidismo, choque e ansiedade podem aumentar a frequência do pulso como resultado de
demandas metabólicas aumentadas ou volume sanguíneo baixo.
II. A hipertermia ocorre na presença de infecções causadas por secreções bacterianas tóxicas, ruptura tecidual
provocada por traumatismos, infarto agudo do miocárdio e processos malignos.
III. Um dos fatores determinantes da pressão arterial é a volemia, sendo este o fator mais importante na manutenção e
regulação da pressão diastólica. O volume de sangue contido no sistema arterial interfere, de maneira direta e
significativa, nos níveis das pressões sistólica e diastólica.
IV. O ritmo respiratório de Cheyne-Stokes é a condição na qual o paciente se sente mais confortável para respirar em
decúbito lateral. Pode ocorrer na insuficiência cardíaca congestiva e no derrame pleural.

Estão CORRETAS, apenas,

A) I e III. B) II, III e IV. C) II e IV. D) I e IV. E) I e II.

03. Sobre sondagem nasogástrica, analise as afirmativas abaixo:

I. Na sondagem nasogástrica, é utilizada a sonda de Levine que está indicada para uso em um período superior a 12
semanas.
II. Na instalação da sonda nasogástrica, o enfermeiro dispensa a higienização da lavagem das mãos, uma vez que faz
uso de luva estéril.
III. A checagem do posicionamento correto da sonda nasogástrica deve ser feita, apenas, pela ausculta, pois é
considerado o método de verificação de posicionamento mais confiável.
IV. Para verificar a localização correta da sonda nasogástrica, o enfermeiro deve aspirar o conteúdo com uma seringa e
determinar o seu pH. O pH do conteúdo gástrico é ácido.

Está(ão) CORRETA(S), apenas,

A) I, II e IV. B) III e IV. C) II e III. D) III. E) IV.

04. Diante da diversidade dos tipos de lesões de pele associadas à assistência hospitalar, analise as afirmativas abaixo:

I. A lesão causada por adesivos é uma lesão por fricção.


II. A dermatite associada à incontinência é uma manifestação clínica, causada por lesões de pele, que se originam da
umidade comum em pacientes com incontinência fecal e/ou urinária.
III. As lesões por pressão são resultantes de pressão isolada ou pressão combinada com fricção e/ou cisalhamento.
2
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

IV. A lesão por fricção é uma ferida rasa, limitada à derme, associada a um traumatismo mecânico, tendo como
principal característica a presença de um retalho de pele em algum momento de sua evolução.

Estão CORRETAS

A) I e II, apenas. B) II e III, apenas. C) I e III, apenas. D) I e IV, apenas. E) I, II, III e IV.

05. O papel do enfermeiro na administração de medicamentos tem se tornado cada vez mais complexo e diversificado.
Sobre isso, analise as afirmativas abaixo:
I. O sítio ventroglúteo é considerado o mais seguro e o menos doloroso para a administração de injeção por via
intramuscular.
II. Os medicamentos preparados em uma base de óleo e substâncias insolúveis não podem ser administrados pela via
intravenosa.
III. A insulina não precisa ser refrigerada para o uso de curto prazo. Um frasco de 10 mL de insulina manterá sua
potência por 1 mês sem refrigeração.

Está(ão) CORRETA(S)

A) I e II, apenas. B) II e III, apenas. C) I, II e III. D) I, apenas. E) II, apenas.

06. O paciente chega ao serviço de saúde, onde é prescrito Dilacoron 3 mg Endovenoso (EV). No serviço encontra-se
disponível o medicamento em ampolas de 5mg/2mL. A administração desse medicamento por via EV deve ser lenta.
Quantos mL da medicação devem ser administrados?

A) 1,2 mL B) 3,0 mL C) 2,5 mL D) 2,0 mL E) 1,5 mL

07. O cateterismo vesical envolve a introdução de uma sonda através da uretra até o interior da bexiga. Sobre
cateterismo vesical, assinale a alternativa CORRETA.

A) O tamanho do cateter é determinado pela finalidade do procedimento; geralmente em homens, são instaladas sondas de 14 a
16 Fr.
B) Os cateteres plásticos são recomendados para uso em até 3 semanas; é importante se ter atenção em relação às alergias.
C) O tamanho do balão é importante na escolha de um cateter intermitente. O tamanho dos balões varia de 3 mL em crianças e,
em adultos, de 5 a 30 mL.
D) usa-se sempre solução salina para inflar o balão por se tratar de substância mais segura.
E) Os cateteres de silicone puro ou teflon são menos adequados para uso por longa duração, devido à maior incrustação no
meato uretral.

08. Sobre Diabetes tipo 2 (DM2), analise as afirmativas abaixo:


I. Um dos critérios diagnósticos para o diabetes é a glicemia de jejum maior ou igual a 126 mg/dL. O período de
jejum deve ser definido como ausência de ingestão calórica pelo menos 8 horas. Na ausência de hiperglicemia
comprovada, os resultados devem ser confirmados com a repetição dos testes.
II. A prática da automonitorização glicêmica no DM2 desempenha um papel de grande importância no conjunto de
ações dirigidas ao bom controle do diabetes. Nas avaliações clínicas, verifica-se a existência de um grande número
de pessoas com DM2 que apresentam um significativo descontrole do perfil glicêmico, situação essa que decorre
da não utilização da automonitorização glicêmica.
III. A insulinoterapia no DM2 deve ser intensificada de forma progressiva e adequada, para facilitar a adesão e evitar
reações hipoglicêmicas, que podem ser uma barreira para alcançar o bom controle metabólico. A insulinoterapia
pode ser necessária a qualquer tempo, durante a evolução natural do DM2, sempre que se constatar um descontrole
glicêmico acentuado com o tratamento em vigor.
IV. Para o sucesso no tratamento do diabetes, é necessário que seja implementado concomitantemente três
modalidades de intervenções: estratégias educacionais, de automonitorização e farmacológicas.

Estão CORRETAS

A) I e IV, apenas. B) II e III, apenas. C) I, II, III e IV. D) III e IV, apenas. E) I e III, apenas.

09. Sobre os distúrbios gastrintestinais, analise as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) Na gastrite, a mucosa se torna edemaciada e hiperemiada e sofre com a erosão superficial, secretando uma grande
quantidade de suco gástrico que contém muito ácido e pouco muco.
( ) A gastrite crônica está associada, exclusivamente, a fatores dietéticos.

3
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

( ) A esofagite, além de ser causada pelo refluxo gastroesofágico, pode resultar de causas infecciosas, químicas e ser
induzida por medicação.
( ) A diverticulite pode ser leve e aguda grave. Nos processos agudos graves, o paciente pode apresentar dor em
cólica no quadrante inferior esquerdo do abdome, febre baixa, calafrio, leucocitose, e a sepse pode se disseminar
através da veia porta para o fígado, causando abscessos hepáticos.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) F-F-V-V B) V-V-F-V C) F-V-F-V D) F-F-F-F E) V-V-V-V

10. Sobre os distúrbios da glândula tireoide, analise as afirmativas abaixo:

I. O hipotireoidismo primário é causado por tireoidite de Hashimoto, uso de iodo radioativo, terapia com lítio e
deficiência dietética de iodo.
II. São sinais e sintomas do hipotireoidismo: fadiga, letargia, ganho de peso, queixa de mãos e pés frios, redução na
capacidade de concentração e hiperlipoproteinemia e hipercolesterolemia.
III. O hipertireoidismo é mais comum em homens que em mulheres, sendo observado em apenas 2% da população
feminina.
IV. São complicações do hipertireoidismo: toxidade das tioamidas, hipotireoidismo, tireoidite por radiação e
oftalmopatia infiltrativa.

Estão CORRETAS

A) I e III, apenas. B) I, II e IV, apenas. C) II e III, apenas. D) III e IV, apenas. E) I, II, III e IV.

11. A pielonefrite bacteriana aguda é uma infecção e doença inflamatória aguda dos rins e da pelve renal. Sobre
pielonefrite bacteriana, analise as afirmativas abaixo:

I. As bactérias entéricas, como E.coli, constituem os patógenos mais comuns; outros patógenos Gram-negativos
incluem espécies, como Proteus, Klebisiella e Pseudomonas. As bactérias Gram-positivas são menos comuns e
incluem Enterococcus e Staphylococcus aureus.
II. Febre, calafrios, dor no flanco, náuseas, vômitos, anorexia e hipersensibilidade do ângulo costovertebral são
manifestações clínicas apresentadas pelos pacientes. O exame de urina é realizado para identificar a presença de
leucócitos, bactérias e hemácias na urina e ainda observar a presença de cilindros leucocitários.
III. São Diagnósticos de Enfermagem: Hipertermia devido à infecção e Dor Aguda devido ao edema renal.
Administrar antibióticos, de acordo com a prescrição, e monitorizar o aparecimento dos efeitos adversos e
administrar analgésico são intervenções de enfermagem propostas para o paciente.
IV. Para pacientes com infecções graves, está indicado antibioticoterapia oral, e o tratamento deve ser realizado
ambulatorialmente. Após o término da antibioticoterapia, não há necessidade de repetir as culturas de urina.

Estão CORRETAS, apenas,

A) II e III. B) I e III. C) III e IV. D) I, II e III. E) I e IV.

12. Sobre os distúrbios hematológicos, analise as afirmativas abaixo:

I. O exame físico pode revelar achados anormais em diversos sistemas orgânicos, causados por anemia, sangramento
ou coagulação descontrolados ou alteração da função imunológica, levando à infecção em pacientes com
distúrbios hematológicos.
II. Um paciente com Leucemia Aguda apresenta o seguinte Diagnóstico de Enfermagem: risco de lesão devido ao
sangramento secundário à trombocitopenia, coagulação intravascular disseminada ou leucostase associada à
leucemia. Para esse Diagnóstico, é proposto como Intervenção de Enfermagem restringir a atividade com base na
avaliação da contagem plaquetária e na presença de sangramento ativo.
III. Terapia transfusional para repor as plaquetas e os eritrócitos, antibiotioticoterapia, agentes antivirais e antifúngicos
e imunoglobulinas fazem parte do tratamento de apoio para os portadores de Leucemia Linfocítica Crônica (LLC).
(IV. A leucemia mieloide crônica (LMC) é caracterizada por uma anormalidade genética adquirida, denominada de
cromossomo Philadelphia (Ph), a primeira doença neoplásica, que se caracterizou uma alteração cromossômica.

Estão CORRETAS

A) I e II, apenas.
B) II e III, apenas. D) II, III e IV, apenas.
C) I e IV, apenas. E) I, II, III e IV.

4
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

13. O câncer é uma das doenças mais temidas no mundo inteiro. Os profissionais da saúde costumam enfrentar decisões
difíceis relativas à detecção, ao prognóstico e ao tratamento adequado e eficaz para o câncer.
Sobre o câncer, analise as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) A proliferação celular pode ser controlada ou não controlada. No crescimento controlado, tem-se um aumento
localizado e autolimitado do número de células de tecidos normais que formam o organismo, causado por
estímulos fisiológicos ou patológicos. As neoplasias correspondem a essa forma controlada de crescimento celular.
( ) O conhecimento da forma como evoluem ou crescem alguns tumores permite que eles sejam previstos ou
identificados quando a lesão ainda está na fase pré-neoplásica, ou seja, em uma fase na qual a doença ainda não se
desenvolveu. A evolução do tumor maligno depende da velocidade do crescimento tumoral, do órgão onde o
tumor está localizado, de fatores constitucionais de cada pessoa e de fatores ambientais.
( ) Na quimioterapia antineoplásica, utilizam-se agentes antineoplásicos que promovem a destruição das células
tumorais interferindo na função e na reprodução das células. A utilização da quimioterapia adjuvante está indicada
para pacientes que não apresentam nenhuma evidência de doença residual, mas que corre alto risco de recidiva da
doença.
( ) Um dos efeitos colaterais da quimioterapia antineoplásica é a trombocitopenia, causada pela supressão dos
megacariócitos. Na trombocitopenia, o paciente apresenta um risco de sangramento, quando a contagem de
plaquetas cai abaixo de 50.000/mm3.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) F-V-V-V B) F-V-F-V C) V-V-V-F D) V-F-F-V E) V-V-V-V

14. A leptospirose é uma zoonose de importância mundial, causada por leptospiras patogênicas, transmitida pelo
contato com a urina de animais infectados ou água e lama contaminadas pela bactéria.
Sobre a leptospirose, analise as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) Doença de distribuição endêmica no País, com ocorrência durante todos os meses do ano e com coeficiente médio
de incidência anual de 1,9/100.000 habitantes.
( ) O período de incubação da doença varia de 45 a 60 dias, sendo mais frequente entre 35 e 40 dias. A doença
apresenta manifestações clínicas variáveis, desde formas assintomáticas e oligossintomáticas até quadros clínicos
graves associados a manifestações fulminantes.
( ) A icterícia é considerada um sinal característico e, tipicamente, apresenta uma tonalidade alaranjada muito intensa
(icterícia rubínica), em geral aparecendo entre o 3o e o 7o dia da doença. A presença de icterícia é frequentemente
usada para auxiliar no diagnóstico da leptospirose, sendo um preditor de pior prognóstico devido à sua associação
com a síndrome de Weil.
( ) A insuficiência renal aguda é uma importante complicação da fase tardia da leptospirose e ocorre em 16% a 40%
dos pacientes. A leptospirose causa uma forma peculiar de insuficiência renal aguda, caracterizada geralmente por
ser não oligúrica e hipocalêmica devido à inibição de reabsorção de sódio nos túbulos renais proximais, aumento
no aporte distal de sódio e consequente perda de potássio.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) V-V-V-F B) F-F-V-F C) V-F-V-V D) F-F-F-V E) V-V-V-V

15. Sobre os distúrbios dermatológicos, analise as afirmativas abaixo:

I. No exame físico do paciente, o enfermeiro direciona o exame na pele, no cabelo e nas unhas. É importante
observar a distribuição e a configuração de lesões cutâneas e a forma, a borda, a textura e superfície das lesões.
II. A celulite é causada por estreptococos beta-hemolítico do grupo A, Staphylococos aureus, Hemophilus influenzae.
A infecção pode se disseminar rapidamente, através do sistema linfático.
III. O herpes zoster é causado pelo vírus varicela-zoster, que produz erupção vesicular ao longo da distribuição dos
nervos oriundos de um ou mais gânglios das raízes dorsais. A erupção pode ser acompanhada ou precedida de
febre, mal-estar, cefaleia e dor; a dor pode ser do tipo ardente, lacinente, em pontadas ou contínua.
IV. A psoríase é classificada como leve, moderada e grave. Os tipos de psoríase são: placa, em gotas, inversa,
eritrodérmica, postular e artrite psoriática.

Estão CORRETAS

A) I e III, apenas.
B) II e III, apenas. D) II e IV, apenas.
C) I, III e IV, apenas. E) I, II, III e IV.

5
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

16. Sobre o tratamento medicamentoso da hipertensão arterial sistêmica, analise as afirmativas abaixo:
I. -
terais estão.
II. Um medicamento para ser iniciado em um paciente hipertenso deverá: ter demonstrado a capacidade de reduzir a
morbimortalidade cardiovascular; ser eficaz por via oral; ser bem tolerado; poder ser usado no menor número de
tomadas por dia; ser iniciado com as menores doses efetivas; poder ser usado em associação; ser utilizado por um
período mínimo de quatro semanas, antes de modificações, salvo em situações especiais.
III. Os betabloqueadores promovem diminuição inicial do débito cardíaco e da secreção de renina, havendo
readaptação dos barorreceptores e diminuição das catecolaminas nas sinapses nervosas. O propranolol mostra-se
útil em pacientes com tremor essencial, síndromes hipercinéticas, cefaleia de origem vascular e hipertensão portal.
IV. Os bloqueadores dos canais de cálcio agem primordialmente, proporcionando redução da resistência vascular
periférica como consequência da diminuição da quantidade de cálcio no interior das células musculares lisas das
arteríolas, decorrente do bloqueio dos canais de cálcio na membrana dessas células.

Estão CORRETAS

A) I e II, apenas. B) II e III, apenas. C) I e IV, apenas. D) I, II e IV, apenas. E) I, II, III e IV.

17. Ainda sobre a hipertensão arterial sistêmica (HAS), é CORRETO afirmar que
A) a causa principal da HAS é a Diabetes Mellitus.
B) o tratamento da HAS está dividido em duas etapas: medicamentoso e não medicamentoso.
C) os betabloqueadores são medicamentos mais utilizados da lista de primeira escolha.
D) a HAS dita secundária é aquela que ocorre em cerca de 90- 95% dos casos, quando a causa é conhecida.
E) a medida da pressão arterial só deve ser realizada, quando o paciente apresenta alguma alteração. Recomenda-se, em caso
de alteração, procurar um especialista.

18. Sobre as doenças neurológicas, quanto à causa mais comum de demência em idosos, assinale a alternativa
CORRETA.
A) Acidente vascular encefálico
B) Doença de Pick D) Disfunção metabólica
C) Doença de Parkinson E) Doença de Alzheimer

19. A Asma é um tema bastante estudado na saúde. Sobre ela, é CORRETO afirmar que
A) é uma doença bastante prevalente no mundo, originando mais de 300.000 internações por ano, no Brasil.
B) surge normalmente na segunda década de vida, porém o pico da incidência ocorre aos 7 anos de idade.
C) quanto aos fatores de risco: a predisposição genética não é considerada como fator de risco para o desenvolvimento dessa
doença.
D) nela a inflamação das vias aéreas não possui característica da doença.
E) nas crises mais fortes dessa doença, a sibilância só é audível através da escuta respiratória com o uso do estetoscópio.

20. De acordo com o Ministério da Saúde, o Programa Nacional de Segurança do Paciente busca prevenir e reduzir a
incidência de eventos, que geram danos ao paciente, como quedas, administração incorreta de medicamentos e erros
em procedimentos cirúrgicos, tanto nos serviços públicos de saúde como nos privados.
Sobre esse assunto, analise as afirmativas abaixo:
I. No protocolo de cirurgia segura, a Lista de Verificação de Segurança Segura é dividida em cinco fases. Cada uma
dessas fases corresponde a um momento específico do fluxo normal de um procedimento cirúrgico.
II. U L V ç S g ç :“ ç ” em que o condutor da lista
de verificação deverá revisar verbalmente com o próprio paciente, sempre que possível, a sua identificação, se o
procedimento e o local da cirurgia estão corretos e confirmar visualmente o sítio cirúrgico correto e sua
demarcação.
III. Nas práticas seguras para a prescrição de medicamentos, a prescrição verbal é utilizada em situações de
emergência, sendo escrita posteriormente; possui um elevado risco de erros e deverá ser restrita às situações para
as quais é prevista.
IV. Na verificação para a prescrição segura de medicamentos, a identificação do paciente na prescrição hospitalar deve
ser realizada em formulário institucional e conter, no mínimo, nome do hospital, nome completo do paciente,
número do prontuário ou registro de atendimento, leito, serviço, enfermaria/apartamento e andar/ala.

Está(ão) CORRETA(S), apenas,

A) I e II. B) II, III e IV. C) II e IV. D) II e III. E) IV.

6
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

21. Ainda sobre o Programa Nacional de Segurança do Paciente, analise as afirmativas abaixo e coloque V nas
Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) As mãos devem ser higienizadas em momentos essenciais e necessários de acordo com o fluxo de cuidados
assistenciais para a prevenção de infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS), para garantir o cuidado
seguro ao paciente; a higienização das mãos não deve ocorrer antes de se manusear um dispositivo invasivo, se o
enfermeiro estiver usando uma luva estéril.
( ) Está indicado lavar as mãos com sabonete líquido e água: quando estiverem visivelmente sujas ou manchadas de
sangue ou outros fluidos corporais, após uso do banheiro; quando a exposição a potenciais patógenos formadores
de esporos for fortemente suspeita ou comprovada, inclusive surtos de C.difficile.; em todas as outras situações,
nas quais houver impossibilidade de obter preparação alcoólica.
( ) A avaliação do risco para desenvolvimento de úlcera por pressão (UPP) deverá ser executada através da Escala de
Braden para pacientes com mais de 5 anos. A escala de Braden caracteriza o paciente sem risco, com risco baixo,
moderado, alto ou muito alto para desenvolver UPP. A classificação do risco dá-se de maneira proporcional à
pontuação, ou seja, quanto maior o número de pontos, maior é a classificação de risco para a ocorrência dessa
lesão.
( ) No procedimento operacional da inspeção da pele, está recomendado: examinar a pele do paciente cuidadosamente
para identificar a existência de UPP. No exame físico de admissão ou de readmissão, examine a pele do paciente
cuidadosamente para identificar alterações da integridade cutânea e úlceras por pressão existentes. Para uma
apropriada inspeção da pele, deve-se ter especial atenção às áreas corporais de maior risco para UPP, como as
regiões anatômicas sacral, calcâneo, ísquio, trocanter, occipital, escapular, maleolar e regiões corporais submetidas
à pressão por dispositivos como a presença de cateteres, tubos e drenos.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) V-V-F-F B) V-F-F-F C) F-V-V-V D) F-V-F-V E) V-V-F-V

22. A Política Nacional de Humanização (PNH) busca pôr em prática os princípios do SUS no cotidiano dos serviços de
saúde, produzindo mudanças nos modos de gerir e cuidar. Sobre a PNH, analise as afirmativas abaixo e coloque V
nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) Incluir os trabalhadores na gestão é fundamental para que eles, no dia a dia, reinventem seus processos de trabalho
e sejam agentes ativos das mudanças no serviço de saúde. Incluir usuários e suas redes sociofamiliares nos
processos de cuidado é um poderoso recurso para a ampliação da corresponsabilização no cuidado de si.
( ) A PNH busca transformar as relações de trabalho a partir da ampliação do grau de contato e da comunicação entre
as pessoas e grupos, tirando-os do isolamento e das relações de poder hierarquizadas. Transversalizar é reconhecer
que as diferentes especialidades e práticas de saúde podem conversar com a experiência daquele que é assistido.
( ) As decisões da gestão interferem diretamente na atenção à saúde. Por isso, trabalhadores e usuários devem buscar
conhecer como funciona a gestão dos serviços e da rede de saúde, assim como participar ativamente do processo
de tomada de decisão nas organizações de saúde e nas ações de saúde coletiva.
( ) Acolher é reconhecer o que o outro traz como legítima e singular necessidade de saúde. O acolhimento deve
comparecer e sustentar a relação entre equipes/serviços e usuários/ populações. Com uma escuta qualificada
oferecida pelos trabalhadores às necessidades do usuário, é possível garantir o acesso oportuno desses usuários a
tecnologias adequadas às suas necessidades, ampliando a efetividade das práticas de saúde.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) F-F-V-V B) V-V-F-V C) V-V-V-V D) F-F-V-F E) F-V-V-F

23. Sobre cirurgia cardíaca, analise as afirmativas abaixo:


I. O tamponamento cardíaco é resultante de sangramento dentro da bolsa pericárdica ou do acúmulo de líquidos
dentro da bolsa pericárdica. É sinal de tamponamento o baixo débito cardíaco no pós-operatório.
II. A hiperpotassemia pode ser causada pela ingesta inadequada, por diuréticos, vômitos, drenagem da sonda
nasogástrica excessiva e estresse cirúrgico.
III. A hipercalcemia pode ser uma das causas de arritmias semelhantes às causadas por intoxicação digitálica.
IV. São Diagnósticos de Enfermagem apresentados pelos pacientes em pós-operatório: Comprometimento das Trocas
Gasosas relacionado com alterações na membrana alveolocapilar, imobilidade e alteração do fluxo sanguíneo e
Diminuição do Débito Cardíaco relacionado com os fatores mecânicos: diminuição da pré-carga e
comprometimento da contratilidade.

Estão CORRETAS, apenas,

A) I e III. B) II, III e IV. C) I, III e IV. D) II e IV. E) II e III.

7
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

24. A drenagem torácica é um procedimento cirúrgico. Ela é frequentemente utilizada no tratamento hospitalar de
pacientes com trauma de tórax e/ou submetidos a cirurgias torácicas ou cardíacas. Sobre esse procedimento, analise
as afirmativas abaixo:
I. A drenagem torácica é uma técnica, que tem por objetivo principal a remoção de conteúdo líquido, gasoso,
purulento ou sanguinolento do interior da cavidade pleural ou do mediastino.
II. A técnica de drenagem torácica pode ser realizada de modo fechado ou aberto.
III. A posição do paciente deve ser decúbito dorsal levemente elevado com o braço levantado.
IV. Manter sempre o frasco de drenagem em nível superior ao tórax do paciente.

Está(ão) CORRETA(S)

A) IV, apenas. B) I, II e III, apenas. C) III e IV, apenas. D) II e IV, apenas. E) I, II, III e IV.

25. Define-se transporte intra-hospitalar como a transferência temporária ou definitiva de pacientes por profissionais
de saúde dentro do ambiente hospitalar. O sucesso no transporte intra-hospitalar depende diretamente do
planejamento e da atuação organizada da equipe multiprofissional, bem como da escolha de equipamentos
adequados. Sobre isso, analise as afirmativas abaixo:
I. Antes de transportar o paciente, deve haver uma comunicação eficaz entre o local de origem e o de espera;
avaliação do paciente e sua condição atual.
II. As complicações no transporte do paciente estão relacionadas às alterações fisiológicas do paciente, problemas na
equipe multidisciplinar envolvida no transporte/comunicação interequipe e falha nos equipamentos.
III. A presença da equipe de enfermagem é fundamental durante o transporte, pois diminui a incidência de eventos
adversos, tipo a falta de conhecimento do profissional e a falha de comunicação.
IV. A falha dos equipamentos está relacionada com equipamentos de ventilação, equipamentos de infusão,
equipamentos de monitoração e acesso intravenoso.

Estão CORRETOS

A) I e II, apenas. B) I e III, apenas. C) II e III, apenas. D) I, II, III e IV. E) I e IV, apenas.

26. Sobre os eventos agressivos presentes no ambiente cirúrgico, passíveis de atingir o paciente, analise os itens abaixo:
I. Lesões de pele frente aos agentes químicos
II. Queimaduras elétricas
III. Produtos removedores de gordura
IV. Agentes adesivos

Estão CORRETAS

A) I e II, apenas. B) I e III, apenas. C) II e IV, apenas. D) III e IV, apenas. E) I, II, III e IV.

27. Estoma, ostoma, estomia ou ostomia são palavras de origem grega, que significam boca ou abertura, exteriorização
de qualquer víscera oca através do corpo. Diante do exposto, analise as afirmativas abaixo:
I. As ostomias intestinais, dependendo do segmento exteriorizado, podem ser jejunostomias, ileostomias e
colostomias.
II. Estão indicadas para o tratamento de várias doenças que incluem o câncer colorretal, doença diverticular, doença
inflamatória intestinal, entre outras.
III. Os estomas permanentes substituem a perda de função esfincteriana, resultante do tratamento cirúrgico ou
incontinência, quando não há sucesso com outras opções, com o intuito de restaurar a evacuação por via anal.
IV. Em cada uma das fases do planejamento cirúrgico, o estomaterapeuta possui objetivos claros, e a fase pré-
operatória é essencial para a prevenção de complicações e promoção da reabilitação.

Estão CORRETAS

A) I e II, apenas. B) II e III, apenas. C) III e IV, apenas. D) II e IV, apenas. E) I, II, III e IV.

28. Cuidado paliativo é uma abordagem, que promove a qualidade de vida do paciente e de seus familiares. Sobre esse
assunto, analise as afirmativas abaixo:

I. O cuidado paliativo é baseado em princípios e não, em protocolos.


II. A indicação do cuidado paliativo está relacionada a todos os pacientes portadores de doença grave, progressiva e
incurável, que ameacem a continuidade da vida.

8
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

III. A avaliação do prognóstico busca reforços constantes em escalas sinais e sintomas, que podem identificar o
processo de morte em fases precoces.
IV. A avaliação funcional em cuidado paliativo é secundária para a vigilância da curva evolutiva da doença e não
apresenta significância para a tomada de decisão em relação ao prognóstico.

Estão CORRETAS, apenas,

A) II e III. B) I, II e III. C) II e IV. D) I e IV. E) II, III e IV.

29. O paciente em cuidado paliativo apresenta frequentemente condições, que impossibilitam a administração de
medicamentos. Sobre isso, analise as afirmativas abaixo:
I. A hipoderme é composta de densas conexões e tecido adiposo. A vascularização do tecido subcutâneo abriga cerca
de 6% do débito cardíaco e permite uma taxa de absorção muito similar à da administração intramuscular.
II. As principais medicações da hipodermólise são: prevenção ou tratamento da desidratação moderada e
impossibilidade de acesso venoso.
III. Não existe contraindicação para a utilização de hipodermólise, e são inúmeras as suas vantagens.

Está(ão) CORRETA(S)

A) I e II, apenas. B) I e III, apenas. C) II e III, apenas. D) I, II e III. E) II, apenas.

30. Considerando os conhecimentos atuais relacionados ao seguimento da sífilis adquirida e da sífilis na gestação,
analise as afirmativas abaixo:
I. A redução de dois ou mais títulos do teste não treponêmico ou a negativação após seis meses a nove meses do
tratamento demonstra a cura da infecção.
II. Pessoas que tiveram o diagnóstico de sífilis confirmado após o secundarismo podem permanecer com resultados
reagentes em testes treponêmicos pelo resto da vida.
III. A elevação de títulos dos testes não treponêmicos em duas diluições em relação ao último exame realizado indica
reinfecção, e um novo tratamento deve ser iniciado.
IV. O receio de ocorrência de reações adversas é impeditivo para a administração de penicilina benzatina na Atenção
Básica.

Estão CORRETAS, apenas,

A) I, II e III. B) II e III. C) I e III. D) II e IV. E) I, II e IV.

31. Considerando as recomendações do Ministério da Saúde do Brasil para o rastreamento, prevenção e detecção
precoce do câncer de mama, assinale a alternativa CORRETA.

A) O Ministério da Saúde recomenda que a periodicidade do rastreamento com mamografia na faixa etária de 60 a 79 anos seja
anual.
B) O Ministério da Saúde recomenda o ensino do Autoexame das Mamas como método de rastreamento do câncer de mama.
C) O objetivo do rastreamento é identificar pessoas com sinais e sintomas iniciais de uma determinada doença.
D) O rastreamento é uma estratégia baseada na realização de testes relativamente simples em pessoas sadias, com o intuito de
identificar doenças em sua fase pré-clínica.
E) O Ministério da Saúde recomenda que toda a avaliação diagnóstica do câncer de mama, após a identificação de sinais e
sintomas suspeitos, seja realizada em centros de referência diversificados da atenção primária.

32. Assinale a alternativa CORRETA em relação às definições ou orientações estabelecidas nas Diretrizes Nacionais de
Assistência ao Parto Normal do Ministério da Saúde.

A) A conduta fisiológica no terceiro estágio do parto envolve um conjunto de cuidados que inclui o uso rotineiro de
uterotônicos.
B) A conduta ativa é recomendada na assistência ao terceiro estágio do parto porque está associada com menor risco de
hemorragia e transfusão sanguínea, mas, se uma mulher com baixo risco de hemorragia pós-parto, solicitar conduta
expectante, deve-se apoiá-la em sua escolha.
C) O terceiro estágio do parto é considerado prolongado quando, após uma hora, ainda não ocorreu a expulsão da placenta.
D) Na assistência ao recém-nascido, de acordo com a diretriz, deve-se realizar o clampeamento do cordão umbilical entre 1 a 3
minutos, exceto se houver alguma contraindicação em relação ao cordão ou necessidade de reanimação neonatal.
E) A conduta ativa no terceiro estágio do parto envolve a recomendação de clampeamento do cordão umbilical no quinto
minuto do nascimento.

9
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

33. As recomendações atuais da Organização Mundial de Saúde para a prevenção da Hemorragia Pós-Parto envolvem
algumas recomendações. Sobre estas, analise os itens abaixo:

I. Conduta fisiológica do terceiro estágio – não realização de tração de cordão umbilical.


II. Uso de ocitocina 10 unidades diluídas em soro glicosado – solução endovenosa após partos normais.
III. Gentil massagem uterina a cada 15 minutos após dequitação nas primeiras 2 horas de pós-parto.
IV. Contato pele a pele (mãe e RN).

Estão CORRETAS, apenas,

A) III e IV. B) I e III. C) I, II e III. D) I e IV. E) II e IV.

34. O dimensionamento de Pessoal é a etapa inicial do provimento de pessoal, que tem por finalidade a previsão da
quantidade de funcionários por categoria, requerida para suprir as necessidades de assistência de enfermagem,
direta ou indiretamente prestada à clientela. Para o cálculo da quantidade de profissionais de enfermagem para
uma unidade de internação de acordo com a Resolução COFEN 293/2004, é utilizada a fórmula: QP = Km x THE,
onde QP é a quantidade de profissionais de enfermagem, THE é o total de horas de enfermagem e Km a Constante
Marinho. A Constante Marinho é um coeficiente baseado nos dias
A) do mês, na jornada mensal de trabalho e na taxa de ocupação.
B) da semana, na jornada mensal de trabalho e na taxa de ocupação.
C) do mês, na jornada diária de trabalho e no índice de segurança técnica.
D) da semana, na jornada semanal de trabalho e no índice de segurança técnica.
E) do mês, na jornada mensal de trabalho e no índice de segurança técnica.

35. As práticas profissionais podem ser explicadas, segundo diferentes enfoques. A ênfase em uma ou mais variáveis
permeia os marcos conceituais dessas teorias, dando-lhes caráter específico. No que se refere às Teorias da
Administração aplicadas na organização dos serviços de saúde e de enfermagem, associe a Teoria aos seus
pressupostos.
Teoria de Administração Pressuposto
1. Teoria Científica ou Taylorismo A. N g ç “ ” -se para o
“ ” “ â g ” ê
mantém na variável pessoas.
2. Teoria Clássica B. Preocupa-se exclusivamente com a estrutura formal da organização. Nas
instituições de saúde, essa Teoria é representada pela estrutura rigidamente
hierarquizada, com estabelecimento de subordinação de um indivíduo a
outro e de um serviço a outro.
3. Teoria das Relações Humanas C. O ponto mais crítico dessa teoria é seu aspecto mecanicista, considerando o
homem como peça de uma engrenagem. Predominam regras e diretrizes
que padronizam e determinam o comportamento do trabalhador na
organização.
4. Teoria Comportamentalista D. Os conceitos clássicos de autoridade, hierarquia e racionalização do
trabalho, entre outros, passaram a ser contestados. Na enfermagem, essa
Teoria contribui com a proposição da liderança como estratégia de
condução do grupo.
5. Teoria Burocrática E. Valorização das normas e regulamentos. Visa à eficiência organizacional
como objetivo básico. As emoções não fazem parte do comportamento
estabelecido.

Assinale a alternativa que corresponde à associação CORRETA.

A) 1B – 2C – 3E – 4A – 5 D
B) 1C – 2B – 3D – 4A – 5 E D) 1C – 2D – 3A – 4B – 5 E
C) 1A – 2E – 3C – 4D – 5 B E) 1A – 2C – 3D – 4E – 5 B

36. Leia as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.


( ) A fim de propiciar autonomia e resolutividade administrativa, a Lei Nº 8080/90 define que a transferência de
recursos financeiros para as ações não precisa estar prevista no plano de saúde nem da fiscalização do Conselho de
Saúde.

10
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

( ) A Lei Nº 8142/90 define, ao mesmo tempo, a participação da comunidade e as transferências de recursos para o
financiamento do SUS.
( ) A ordenação da formação de pessoas para o trabalho no SUS é feita pela Constituição Federal e reforçada pela Lei
Orgânica da Saúde, que preconiza a criação das comissões intersetoriais para tratar da atividade de recursos
humanos e, especificamente, pela Portaria Nº 1.996, de 20 de agosto de 2007.
( ) De acordo com a Constituição Federal de 1988 e a Lei Nº 8080/90, a formulação da política e da execução das
ações de saneamento básico é da responsabilidade do SUS e uma das medidas de proteção contra doenças, como
as arboviroses.
( ) De acordo com a Constituição Federal de 1988, o desenvolvimento do SUS exige incremento do desenvolvimento
científico e tecnológico em sua área de atuação.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) F-F-F-V-V B) F-V-V-F-V C) F-V-V-F-F D) V-V-V-V-F E) F-V-V-V-F

37. Sobre a organização do Sistema Único de Saúde (SUS), analise as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e
F nas Falsas.
( ) A correta e necessária organização assistencial em níveis de complexidade exige que a atenção básica seja a única
porta de entrada no SUS.
( ) A primazia dos serviços de atenção básica na ordenação do acesso universal e igualitário é fundamental para a
correta e necessária organização hierárquica dos serviços de saúde.
( ) Dada a importância da atenção básica na organização hierárquica do SUS, só os serviços desse nível de atenção
podem e devem referenciar os serviços hospitalares e ambulatoriais especializados.
( ) De acordo com o Decreto 7508/11, a organização do SUS é regionalizada, por isso mesmo deve ser
municipalizada.
( ) De acordo com o Decreto 7508/11, os ambulatórios especializados e os hospitais integram a região de saúde,
embora sejam componentes do SUS.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) F-V-V-F-F B) F-V-F-V-F C) F-V-F-F-F D) V-F-F-F-V E) F-F-V-V-V

38. Ainda sobre a organização do SUS, analise as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.
( ) De acordo com as normativas do SUS, uma Rede de Atenção à Saúde é uma maneira de organizar ações e serviços
de saúde, de diferentes densidades tecnológicas, que, integradas por meio de sistemas de apoio técnico, logístico e
de gestão, devem garantir a integralidade do cuidado.
( ) De acordo com as normativas do SUS, a integralidade da atenção não exige a organização de Rede de Atenção à
Saúde e de Regiões de Saúde.
( ) De acordo com as normativas do SUS, devido às características tecnológicas, os serviços da atenção primária à
saúde não podem integrar a rede de atenção à urgência.
( ) De acordo com as normativas do SUS, os procedimentos de acolhimento e de classificação de risco devem estar
presentes, principalmente nos serviços que se constituem em portas de entradas da Rede de Atenção nas Regiões
de Saúde.
( ) De acordo com as normativas do SUS, os hospitais integrantes do SUS formam um ponto ou conjunto de pontos
de atenção, cuja missão e perfil assistencial devem ser definidos, conforme o perfil demográfico e epidemiológico
da população e de acordo com o desenho da RAS loco-regional, vinculados a uma população de referência com
base territorial definida, com acesso regulado e atendimento por demanda referenciada e/ou espontânea.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) V-F-F-V-V
B) V-F-V-F-V D) F-F-V-V-F
C) F-F-V-V-V E) F-V-V-V-V

39. Na prestação do cuidar humanizado, é fundamental que a equipe de enfermagem conheça as grandes Síndromes
Psiquiátricas ao longo da vida.
Acerca dos transtornos psiquiátricos, analise as afirmativas abaixo:
I. O transtorno de ajustamento é descrito como uma resposta de acentuado sofrimento a um estressor que excede o
que seria esperado, gerando, na maioria dos casos, algum grau de prejuízo no funcionamento de alguma área da
vida social e profissional.
II. Os subgrupos dos Transtornos do Controle dos Impulsos são: jogo patológico, hipocondria, tricolomania e
piromania.

11
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

III. O paciente com Transtorno de Personalidade Histriônico apresenta dramaticidade, expressão de afeto intenso e
necessidade de atenção.

Está CORRETO o que se afirma em

A) I, II e III. B) I e III, apenas. C) I, apenas. D) II, apenas. E) III, apenas.

40. Quanto às características de comportamento dos Transtornos Invasivos do Desenvolvimento, é CORRETO afirmar
que apresentam

A) desatenção, hiperatividade e impulsividade que podem se manifestar de forma isolada ou coexistir.


B) padrão persistente de agressividade e comportamento antissocial por meio dos quais um indivíduo repetidamente rompe
regras sociais.
C) prejuízos qualitativos na capacidade de interação social, dificuldade qualitativa de comunicação verbal e não verbal e
interesses restritos ou comportamentos repetitivos.
D) distúrbio progressivo da memória e de outras funções cognitivas, afetando o funcionamento ocupacional e social.
E) funcionamento intelectual global significativamente inferior da média.

41. O crescente número de idosos na população e a diminuição da fertilidade levaram o Brasil a um cenário de
transformação demográfica e epidemiológica. Com as peculiaridades dos idosos, como a plurimorbidade e as
incapacidades com restrição da sua autonomia, emerge a necessidade de um novo olhar ético, do qual a ética do
cuidado parece ser uma perspectiva de abordagem adequada à pessoa idosa (MENEZES, 2016).
Diante dos aspectos éticos e bioéticos voltados para a pessoa idosa, analise as assertivas abaixo:

I. Os idosos são considerados como vulneráveis, ou seja, se encontram em risco elevado de declínio funcional e
morte. Nesse contexto, estão mais susceptíveis às plurimorbidades ou manifestações atípicas de doenças comuns.
II. A ética do cuidado do paciente ou de indivíduos mais vulneráveis, como é o caso dos idosos, não transcende os
profissionais da área de saúde.
III. Apesar de ser óbvia, a ética do cuidado não é prática comum. Isso se deve ao fato de que o campo de cuidado está,
ainda, muito voltado a prover curas.
IV. Uma ética do cuidado voltada a pessoas que necessitam de atenção permanente é de grande relevância e atinge,
principalmente, questões associadas à geriatria e à gerontologia.

Estão CORRETAS

A) I, II, III e IV. B) I, II e III, apenas. C) I, III e IV, apenas. D) II, III e IV, apenas. E) III e IV, apenas.

42. A denominação síndrome geriátrica é utilizada para definir um conjunto de sinais e sintomas decorrentes de
enfermidades de grande prevalência na população idosa. Sobre as síndromes geriátricas, assinale a alternativa
CORRETA.
A) As síndromes geriátricas têm como característica comum a institucionalização dos idosos.
B) Uma síndrome geriátrica pode ser a causa de outra síndrome, gerando maior morbidade e consequências mais graves.
C) A incapacidade cognitiva está relacionada com o comprometimento de funções encefálicas inferiores, prejudicando a
integração da pessoa com seu meio e sua funcionalidade.
D) Nas síndromes geriátricas, a depressão é também conhecida como síndrome confusional aguda.
E) Na síndrome da instabilidade postural, a queda é descrita como um deslocamento intencional do corpo, com incapacidade
de correção em tempo hábil.

43. O cuidado no contexto da enfermagem gerontogeriátrica refere-se ao cuidado de Enfermagem, permeado por
conhecimentos teórico e prático da enfermagem, da gerontologia e da geriatria, com o propósito de utilizá-los para a
elucidação do processo de assistência, buscando melhor atender à promoção de saúde e à longevidade, à garantia da
independência ao nível mais alto possível de vivacidade da pessoa idosa.
Com relação ao processo de enfermagem à pessoa idosa, analise as afirmativas abaixo:
I. Na aplicação prática do processo de enfermagem no planejamento do cuidado às pessoas idosas, deve-se levar em
consideração toda a interação intuitiva do profissional enfermeiro.
II. A evolução das teorias de enfermagem refere que, tanto a arte ou ciência, a enfermagem pauta-se na profunda
relação entre o enfermeiro e o cliente, numa perspectiva humanística que vislumbra como resultado esperado um
cuidado efetivo e terapêutico.
III. A uniformização do uso de sistemas de classificação garante qualidade assistencial diante do programa de
assistência de enfermagem à pessoa idosa. Trata-se de uma ferramenta, que favorece a execução do cuidado
perante as fases do processo, através dos fenômenos de enfermagem descrito, dos resultados esperados e do
cuidado continuado e efetivo, contido no plano assistencial.

12
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

IV. Um grande desafio à enfermagem, em face da necessidade de planejamento dos cuidados de enfermagem com
base em um referencial teórico, é identificar um modelo contextual, que coadune com a sua prática e a clientela a
ser assistida. No processo de envelhecimento, é necessário ter foco no processo de mudança inerente à senectude.

Estão CORRETAS

A) I, II, III e IV. B) I, II e III, apenas. C) I, III e IV, apenas. D) II, III e IV, apenas. E) III e IV, apenas.

44. De acordo com o Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Atenção Integral às Pessoas com Infecções
Sexualmente Transmissíveis, a notificação é obrigatória no caso de sífilis adquirida, sífilis em gestante, sífilis
congênita, conforme a Portaria vigente, MS 2015.
Em relação à sífilis congênita, analise as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) A sífilis congênita é de notificação compulsória nacional desde o ano de 1986.


( ) A sífilis congênita é de notificação compulsória nacional desde o ano de 1980.
( ) A sífilis congênita é de notificação compulsória nacional desde o ano de 2005.
( ) A sífilis em gestante é de notificação compulsória nacional desde o ano de 2005.
( ) A sífilis em gestante é de notificação compulsória nacional desde o ano de 2010.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) V-F-F-V-F B) V-V-F-V-F C) V-F-F-F-V D) F-V-F-V-F E) V-F-F-F-V

45. A Glomerulonefrite Difusa Aguda (GNDA) em criança tem como causa mais frequente a infecção pelo
Streptococcus β-hemolítico do Grupo A de Lancefield. Em relação à ocorrência em Pediatria, é CORRETO afirmar
que

A) as manifestações renais ocorrem, geralmente, de dois a 3 dias após a infecção de pele ou das vias aéreas.
B) a apresentação típica da GNDA inclui hipertensão, hematúria, edema de membros inferiores e periorbital.
C) GNDA pós-infecciosa pode ocorrer em qualquer idade, mas é mais comum nos maiores de 15 anos.
D) é uma doença aguda de base imunológica, caracterizada pelo processo não inflamatório, que acomete todos os glomérulos
de ambos os rins.
E) pode ocorrer de forma esporádica ou durante epidemia pelos estafilococos beta- í g “ ”

46. Com relação à Vacina Tríplice Viral, analise as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) Na rotina do Programa Nacional de Imunizações (PNI) para a vacinação infantil, a primeira dose dessa vacina é
aplicada aos 12 meses de idade.
( ) Para ser considerado protegido, todo indivíduo deve ter tomado duas doses na vida, com intervalo mínimo de um
mês, independentemente da idade.
( ) Para crianças, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm)
recomendam como rotina duas doses: uma aos 12 meses, e a segunda, quando a criança estiver entre 1 ano e 3
meses e 2 anos de idade, junto com a vacina varicela.
( ) Crianças mais velhas, adolescentes e adultos não vacinados: duas doses com intervalo de um a dois meses.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) V-V-V-F B) V-F-V-V C) V-V-V-V D) F-V-V-V E) V-V-F-F

47. A nutrição adequada nos primeiros anos de vida irá repercutir em toda a vida e saúde do indivíduo. A criança
pequena, devido a sua acentuada velocidade de crescimento, representa um dos grupos mais vulneráveis a erros e
deficiências da alimentação, sobretudo durante o período do desmame e na vigência de processos infecciosos. De
acordo com os 10 passos do guia do Ministério da Saúde em relação à alimentação complementar após os 6 meses,
analise as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) Os alimentos devem ser amassados bem com o garfo, e a consistência deverá ter o aspecto pastoso (papa/purê).
Não há necessidade de passar pela peneira nem bater no liquidificador.
( ) Sopas e comidas ralas/moles não fornecem energia suficiente para a criança. A alimentação oferecida ao bebê,
depois dos seis meses, deve ser composta de grãos (cereais e feijões), carnes, frutas e verduras.
( ) A partir dos 8 meses, podem ser oferecidos os mesmos alimentos preparados para a família, desde que amassados,
desfiados, picados ou cortados em pedaços pequenos.
( ) Faça a introdução de alimentos novos de maneira gradual, oferecendo apenas um alimento novo a cada refeição.

13
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

( ) Quando a criança recusa determinado alimento, não se deve oferecer novamente em outras refeições. Respeitar a
aceitação da criança.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) V-V-V-V B) V-V-F-F C) F-V-V-V D) V-V-V-F E) F-V-V-F

48. A tuberculose provavelmente chegou ao Brasil pelos europeus, no século XVII. Relatos dos primeiros visitantes da
colônia mostram que os agrupamentos indígenas gozavam de perfeita saúde e que, após contato com os
colonizadores, passaram a desenvolver e a morrer de uma grave doença pulmonar acompanhada de hemoptises. É
considerada uma doença socialmente determinada, pois sua ocorrência está diretamente associada à forma como se
organizam os processos de produção e de reprodução social, assim como a implementação de políticas de controle
da doença.
Sobre essa doença, analise as afirmativas abaixo:

I. A localização da tuberculose (TB) em outros órgãos que não o pulmão geralmente decorre de disseminações linfo-
hematogênicas, embora outros mecanismos também possam ser responsabilizados, como a via canicular, a
extensão direta ou a inuculação direta.
II. A vacina BCG é uma vacina atenuada, e cada dose administrada contém cerca de 200 mil ou até mais de um
milhão de bacilos. A administração da vacina é intradérmica, no braço direito, na altura da inserção do músculo
deltoide. Essa localização permite a fácil verificação da existência de cicatriz para efeito de avaliação do programa
e limita as reações ganglionares na região axilar.
III. A Tuberculose (TB) é uma doença altamente transmissível. O risco de transmissibilidade em instituições de saúde
é reconhecido há muitas décadas. O risco de transmissão da doença a partir de uma determinada fonte está
associado à carga bacilar, presente em gotículas eliminadas pela tosse, pelo espirro ou pela fala e à duração da
exposição e a fatores ambientais que determinam a remoção dos núcleos secos das gotículas em suspensão no ar.
IV. A susceptibilidade à infecção é praticamente universal. A maioria das pessoas não resiste ao adoecimento após a
infecção e desenvolve imunidade parcial à doença; no entanto, alguns bacilos permanecem vivos, embora
bloqueados pela reação inflamatória do organismo. Cerca de 5% das pessoas não conseguem impedir a
multiplicação dos bacilos e adoecem na sequência da primo-infecção.
V. A atividade de controle de contatos não é uma ferramenta importante para prevenir o adoecimento e diagnosticar
precocemente casos de doença ativa em uma população e deve ser instituída pelos programas de controle de
Tuberculose. Apesar de os contatos de pacientes com TB bacilífera terem maior risco de adoecimento, todos os
contatos devem ser avaliados.

Estão CORRETAS

A) I, III e IV, apenas.


B) I, II e III, apenas.
C) II e V, apenas.
D) I, III e V, apenas.
E) I, II, III, IV e V.

49. Arboviroses são as doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem o vírus da dengue, Zika vírus, febre
chikungunya e febre amarela. A classificação "arbovírus" engloba todos aqueles transmitidos por artrópodes, ou
seja, insetos e aracnídeos. Atualmente, o Brasil tem vivenciado uma epidemia de arboviroses.
Com relação à Definição de Caso Suspeito dessas doenças, analise as afirmativas abaixo:

I. Dengue: paciente apresenta febre com duração máxima de 7 dias, acompanhada de, pelo menos, dois dos seguintes
sintomas: cefaleia, dor retro-orbital, mialgia, artralgia, prostração, exantema. Também pode ser considerado caso
suspeito toda criança proveniente ou residente em área com transmissão de dengue, com quadro febril agudo,
usualmente entre 2 a 7 dias e sem foco de infecção aparente.
II. Febre do Chikungunya: paciente com febre de início súbito, abaixo de 37°C e artralgia ou artrite intensa de início
agudo não explicado por outras condições, sendo residentes ou visitantes de áreas endêmicas ou epidêmicas até
duas semanas antes do início dos sintomas, ou que tenha vínculo epidemiológico com caso confirmado.
III. Febre pelo Zika Vírus: paciente que apresente exantema máculo papular pruriginoso acompanhado de, pelo
menos, dois ou mais dos seguintes sinais e sintomas: febre ou hiperêmia conjuntival sem secreção e prurido ou
poliartralgia ou edema periarticular.
IV Febre Amarela: indivíduo com quadro febril agudo (ate 7 dias), de inicio súbito, acompanhado de icterícia e/ou
manifestações hemorrágicas, residente em (ou procedente de) área de risco para febre amarela ou de locais com
ocorrência de epizootia confirmada em primatas não humanos ou isolamento de vírus em mosquitos vetores, nos
últimos 15 dias, não vacinado contra febre amarela ou com estado vacinal ignorado.

14
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

V. Febre do Chikungunya: paciente com febre de início súbito maior que 38,5°C e artralgia ou artrite intensa de
início agudo, não explicado por outras condições, sendo residente ou tendo visitado áreas endêmicas ou
epidêmicas até duas semanas antes do início dos sintomas ou que tenha vínculo epidemiológico com caso
confirmado.

Estão CORRETAS

A) I, III e IV, apenas.


B) I, II e V, apenas.
C) II e V, apenas.
D) I, III e V, apenas.
E) I, II, III, IV e V.

50. A Hanseníase é uma infecção granulomatosa crônica, causada pelo bacilo Mycobacterium leprae. Apresenta alta
contagiosidade e baixa morbidade. O Brasil ocupa o segundo lugar em número absoluto de casos, perdendo apenas
para a Índia. É o único país, que não atingiu a meta de eliminação da doença como problema de saúde pública.
Acredita-se que a transmissão da hanseníase ocorra pelo contato íntimo e prolongado de indivíduo suscetível com
paciente bacilífero, através da inalação de bacilos. A melhor forma de cessar a transmissão é o diagnóstico e o
tratamento precoce.
Sobre esse assunto, analise as afirmativas abaixo:

I. A Hanseníase indeterminada ou forma inicial evolui espontaneamente para a cura na maioria dos casos ou evolui
para as formas polarizadas em cerca de 25% dos casos, o que pode ocorrer no prazo de 3 a 5 anos. Geralmente,
encontra-se apenas uma lesão, de cor mais clara que a pele normal, com distúrbio da sensibilidade, podendo ser
acompanhada de alopécia e/ou anidrose.
II. As lesões da hanseníase geralmente iniciam com hiperestesia local, que evoluem para a diminuição ou a ausência
de sensibilidade térmica, dolorosa e tátil.
III. O exame neurológico compreende a inspeção, palpação/percussão, avaliação funcional dos nervos. Os nervos da
face como o Trigêmeo e o Mediano podem causar alterações na face, nos olhos e no nariz.
IV. Visando ao tratamento com o esquema Poliquioterapia (PQT/OMS) na forma Paucibacilar, que representa casos
com até sete lesões de pele, as drogas utilizadas para tratar uma pessoa adulta são: Rifampicina (RFM) com duas
cápsulas de 300mg e a Dapsona (DDS) com 28 comprimidos de 100mg.
V. Os estados reacionais ou reações hansênicas são alterações do sistema imunológico, que se exteriorizam como
manifestações inflamatórias agudas e subagudas, mais frequentes nos casos multibacilar (MB). Essas reações
podem ocorrer antes do diagnóstico da doença e caracterizam-se por Reação do Tipo 1 ou reação reversa (RR) e
Reação do Tipo 2 ou reação de eritema nodoso hansênico (ENH).

Estão CORRETAS

A) I, III e V, apenas.
B) I, II e V, apenas.
C) I e II, apenas.
D) IV e V, apenas.
E) I, II, III, IV e V.

15
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

ATENÇÃO

 Abra este Caderno, quando o Fiscal de Sala autorizar o início da Prova.


 Observe se o Caderno está completo. Ele deverá conter 50 (cinquenta) questões
objetivas de múltipla escolha com 05 (cinco) alternativas cada, abrangendo os
Conhecimentos Específicos da categoria profissional do candidato.
 Se o Caderno estiver incompleto ou com algum defeito gráfico que lhe cause
dúvidas, informe, imediatamente, ao Fiscal.
 Ao receber o Caderno de Prova, preencha, nos espaços apropriados, o seu
Nome completo, o Número do seu Documento de Identidade, a Unidade da
Federação e o Número de Inscrição.
 Para registrar as alternativas escolhidas nas questões da Prova, você receberá
um Cartão-Resposta com seu Número de Inscrição impresso.
 As bolhas do Cartão-Resposta devem ser preenchidas totalmente, com caneta
esferográfica azul ou preta.
 O tempo destinado à Prova está dosado, de modo a permitir fazê-la com
tranquilidade.
 Preenchido o Cartão-Resposta, entregue-o ao Fiscal e deixe a sala em silêncio.

BOA SORTE!

16
SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE
PROCESSO SELETIVO ÀS RESIDÊNCIAS EM ÁREAS PROFISSIONAIS
DE SÁUDE / 2019
18 anos de serviços
PERFIL / HOSPITALAR

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO

Não deixe de preencher as informações a seguir:

Nome

Nº de Identidade Órgão Expedidor UF Nº de Inscrição

CADERNO 50
- ENFERMAGEM -
PREZADO CANDIDATO

 Você está recebendo o seu Caderno de Prova Escrita, contendo 50 (cinquenta) questões objetivas de múltipla
escolha com 05 (cinco) alternativas cada. Verificar se o PERFIL/PROGRAMA impressos se referem àqueles de
sua opção no ato de inscrição.
 Se encontrar alguma informação em desacordo, incompleta ou com algum defeito gráfico que lhe cause
dúvidas, informe, imediatamente, ao Fiscal para ele tomar as providências necessárias. Caso não seja atendido
em sua reivindicação, solicite que seja chamado o Chefe de Prédio.
 Para registrar as alternativas escolhidas nas questões objetivas de múltipla escolha, você receberá um Cartão-
Resposta de Leitura Ótica. Verifique, também, se o Número de Inscrição e o Perfil/Programa impressos estão
de acordo com sua opção.
 As marcações das suas respostas no Cartão-Resposta devem ser realizadas mediante o preenchimento total das
bolhas correspondentes a cada número da questão e da letra da alternativa. Utilize, para isso, caneta
esferográfica na cor azul ou preta.
 Se for necessária a utilização do sanitário, você deverá solicitar permissão ao fiscal de sala que designará um
fiscal volante para acompanhá-lo no deslocamento, devendo permanecer em silêncio, durante todo o percurso,
podendo, antes de entrar no sanitário e depois da utilização deste, ser submetido à revista (com ou sem detector
de metais). Caso, nesse momento, seja detectada qualquer irregularidade ou porte de qualquer tipo de
equipamento eletrônico, serão tomadas providências de acordo com o estabelecido no Edital do Concurso.
 Ao terminar sua Prova e preenchido o Cartão-Resposta, desde que no horário estabelecido para deixar o
recinto de Prova, entregue o Cartão-Resposta ao Fiscal e deixe a sala em silêncio.

BOA SORTE!
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

01. A avaliação de saúde e o exame físico são os primeiros passos dados em direção à promoção da saúde e a um
cuidado de enfermagem competente.
Sobre avaliação de saúde e exame físico, leia as afirmações abaixo:

I. Uma avaliação de saúde completa envolve o histórico de enfermagem e os exames físico e comportamental. Os
dados objetivos são obtidos enquanto se observa o comportamento do paciente e o seu estado geral. O julgamento
clínico é baseado apenas nos dados objetivos, que servem de base para o plano de cuidados.
II. Ao realizar o exame físico, o enfermeiro precisa estar atento se o paciente apresenta lesões abertas de pele, feridas
infectadas ou doenças contagiosas. Nesse caso, está indicado o uso de equipamentos de proteção individual, e,
com isso a lavagem simples das mãos não se faz necessária.
III. Durante o exame físico, o paciente deve ser colocado na posição apropriada, para que partes do corpo estejam
acessíveis e para que ele permaneça confortável. A posição litotômica permite a avaliação da genitália e trato
genital. Essa posição promove máxima exposição da genitália feminina e facilita a inserção do espéculo vaginal.
IV. Uma das técnicas de avaliação física é a palpação, na qual o enfermeiro reúne informações a partir do sentido do
toque. Na palpação da pele, é possível avaliar temperatura, textura, turgor, sensibilidade à dor e espessura; ao
realizar a palpação do abdome, é possível verificar a sensibilidade à dor, distensão ou presença de massas.

Estão CORRETAS

A) I, II, III e IV. B) I e III, apenas. C) II e IV, apenas. D) III e IV, apenas. E) II e III, apenas.

02. Ao verificar os Sinais Vitais (SSVV), o enfermeiro monitora, de forma rápida e eficiente, a condição do paciente.
Sobre SSVV, leia as afirmações abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas:

( ) O hipotálamo anterior controla a perda de calor, e o hipotálamo posterior, a produção de calor. Quando as células
nervosas do hipotálamo anterior se aquecem além da temperatura ideal, impulsos são enviados para reduzir a
temperatura corpórea.
( ) A força ou amplitude de um pulso reflete o volume de sangue ejetado contra a parede arterial a cada contração
cardíaca e a condição do sistema vascular arterial, levando ao local de pulsação. Normalmente, a força da pulsação
permanece a mesma a cada batimento cardíaco.
( ) O organismo regula a respiração através dos níveis de CO2, O2 e da concentração de íons hidrogênio (pH) no
sangue arterial. O fator mais importante no controle da ventilação é o nível de Co2 no sangue arterial. Uma
elevação no nível de CO2 faz com que o sistema de controle da respiração no cérebro aumente a frequência e a
profundidade da respiração.
( ) O débito cardíaco, a resistência periférica, o volume e a viscosidade sanguínea e a elasticidade das paredes dos
vasos são fatores determinantes da pressão arterial. A viscosidade do sangue afeta a facilidade com que o sangue
flui através dos pequenos vasos. O hematócrito determina a viscosidade sanguínea.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) F-V-V-F
B) F-F-V-F D) V-F-V-V
C) V-V-F-F E) V-V-V-V

03. Administrar 3 milhões de UI de penicilina cristalina em 100ml de soro fisiológico 0,9%, endovenoso de 4/4 horas.
Está disponível para o uso do paciente frasco ampola de penicilina cristalina de 5 milhões de UI em solução de 10ml.
Quantos ml da solução serão administrados?

A) 0,5ml B) 5,0ml C) 6,0ml D) 5,5ml E) 3,0ml

04. Considerando as vias de administração de medicamentos, leia, atentamente, as afirmativas abaixo:

I. O metabolismo do medicamento pode ser mais rápido em fumantes do que nos não fumantes; a fumaça do cigarro
contém substâncias que induzem à produção de enzimas hepáticas.
II. Biodisponibilidade é a equivalência farmacêutica entre produtos apresentados sob a mesma forma farmacêutica,
contendo composição idêntica.
III. Na via subcutânea, as soluções aquosas e as suspensões devem ser de fácil absorção e não irritantes para esse
tecido.

2
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

IV. A hipodermóclise é a infusão de fluídos no tecido subcutâneo para correção de desequilíbrio hidroeletrolítico; é
utilizada desde 1940, contraindicada em pacientes com distúrbio de coagulação, edema, anasarca e risco grave de
congestão pulmonar.

Estão CORRETAS apenas

A) I e II. B) II e III. C) II, III e IV. D) II. E) I, III e IV.

05. Nas últimas décadas, ocorreram avanços não só na compreensão acerca dos diversos fatores e fenômenos envolvidos
com o processo de cicatrização como também na descoberta de novos recursos e tecnologias, e o enfermeiro com o
seu conhecimento acerca da temática tem contribuído bastante para tal.
Acerca do processo cicatricial e de curativos, analise as afirmativas abaixo:

I. Para uma lesão em processo fisiológico de cicatrização, a utilização de curativo tem a função primária de proteção
e de facilitar a absorção de exsudato.
II. O processo de cicatrização fisiológico de uma ferida cirúrgica limpa passa pelos estágios inflamatório,
proliferativo e de maturação.
III. A técnica de curativo compressivo deve ser utilizada em ferida com sítio de sangramento real ou potencial.
IV. O curativo úmido é indicado como forma de promover a cicatrização.

Estão CORRETAS

A) I e II, apenas.
B) II e III, apenas.
C) I, II e III, apenas.
D) II e IV, apenas.
E) I, II, III e IV.

06. Numere a coluna da direita com base na informação da coluna da esquerda.

1. Hidrogel ( ) Composto por fibras de não tecido, impregnadas, extraídas de alga marinha
Laminaria, contendo ácido algínico como princípio ativo.
2. Hidrocoloide ( ) Inúmeros trabalhos comprovam que os triglicérides de cadeia média atuam de
forma positiva, no processo de cicatrização, tanto por sua ação bactericida como
por sua interferência em diversas fases do processo.
3. Óleo ( ) Tem seu uso indicado em feridas infectadas, exsudativas, superficiais ou
profundas, fétidas.
4. Prata ( ) Indicado em feridas secas ou com pouco exsudato, com necrose, pois auxilia na
remoção de crostas.
5. Alginato de cálcio ( ) É composto por carboximetil celulose sódica, gelatina e pectina em sua camada
interna, e espuma de poliuretano na camada externa.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) 2-1-3-4-5
B) 3-4-5-2-1 D) 4-1-3-5-2
C) 1-2-3-4-5 E) 5-3-4-1-2

07. O enfermeiro Davi recebeu o plantão com o paciente J.R.S, 47 anos, alcoolista, com estado geral regular, Sinais
Vitais (SSVV) mantidos, apresentando náusea, dor abdominal, fezes com a presença de melena. Após reunião
clínica, foi indicada a instalação de uma sonda nasogástrica para avaliar sangramento. Sobre os cuidados de
enfermagem que devem ser realizados durante o procedimento, analise as afirmativas abaixo e coloque V nas
Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) A sonda nasogástrica de Levine, calibre 10 ou 12 Fr, deverá compor o material para descompressão gástrica.
( ) Antes de iniciar o procedimento de instalação da SNG, o enfermeiro deverá realizar a palpação do abdômen,
avaliando a presença de distensão, dor ou rigidez e ainda auscultar e avaliar os sons do intestino.

3
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

( ) O paciente deverá ser posicionado em decúbito lateral direito ou esquerdo.


( ) Avaliar o nível de consciência do paciente e sua aptidão para seguir instruções, determinando, assim, a
capacidade de auxiliar na realização do procedimento.
( ) A sonda deverá ser lubrificada com gel anestésico lipossolúvel, aproximadamente 3 a 5cm da ponta proximal da
sonda.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) F-V-F-V-F
B) F-V-V-V-F D) F-V-F-V-V
C) V-V-F-V-F E) V-F-F-F-V

08. S.P.S. sexo feminino, 70 anos, foi admitida em um hospital geral, com um quadro de retenção urinária que é
caracterizada pelo acúmulo de urina na bexiga, como resultado da incapacidade de a bexiga esvaziar-se. Após
avaliação e discussão clínica, foi definida a necessidade de se instalar uma Sonda Vesical de Demora (SVD), para
avaliar o débito urinário e investigar a causa dessa situação clínica.
Quanto a esse procedimento, é CORRETO afirmar que

A) na retenção urinária severa, a bexiga pode segurar de 2000 a 3000 mL de diurese, causando bexigoma. A instalação do
cateter de demora somente deverá ser realizada após eliminação natural de, pelo menos, 10% do total de urina retida.
B) a inserção de um cateter de demora requer a utilização de técnica asséptica, entretanto a diurese poderá ser coletada em um
recipiente limpo e seco, sem risco de infecção para o paciente.
C) o procedimento de insuflação do balão com PVP-I aquoso deve ser realizado após a drenagem da diurese. Nesse ponto, não
é necessário avançar com o cateter pela uretra.
D) após a higiene da genitália feminina, os grandes lábios podem ser fechados, enquanto o enfermeiro prepara o cateter para
ser introduzido na uretra. Esse procedimento não traz risco de contaminação, podendo o procedimento de sondagem ser
concluído, sem que seja necessária a repetição da higiene íntima.
E) após a inserção do cateter de demora e insuflação do balão, este deverá ser conectado à bolsa coletora em sistema fechado
que deverá ser mantida abaixo do nível da bexiga e esvaziada conforme a rotina da unidade.

09. Sobre o câncer, leia as afirmações abaixo:

I. No câncer, a proliferação celular pode ser controlada ou não. No crescimento não controlado, tem-se uma massa
anormal de tecido, cujo desenvolvimento é quase autônomo, persistindo de forma excessiva após o término dos
estímulos que o provocaram. As neoplasias (câncer in situ e câncer invasivo) correspondem a essa forma não
controlada de crescimento celular.
II. A oncogênese, em geral, acontece lentamente, podendo levar vários anos para que uma célula cancerosa se
prolifere e dê origem a um tumor visível. Os efeitos cumulativos de diferentes agentes cancerígenos ou
carcinógenos são os responsáveis pelo início, promoção, progressão e inibição do tumor. A carcinogênese é
determinada pela exposição a esses agentes em uma dada frequência e em dado período de tempo e pela interação
entre eles.
III. Os efeitos terapêuticos e tóxicos dos quimioterápicos dependem do tempo de exposição e da concentração
plasmática da droga. A toxicidade é variável para os diversos tecidos e depende da droga utilizada. Nem todos os
quimioterápicos ocasionam efeitos indesejáveis, tais como mielo de pressão, alopecia e alterações gastrintestinais.
IV. O câncer de pulmão é mundialmente o mais comum de todos os tumores malignos (excetuando-se o câncer de
pele), apresentando aumento de 2% ao ano na incidência mundial. Em 80% dos casos diagnosticados, o câncer de
pulmão está associado ao consumo de derivados de tabaco. Altamente letal, a sobrevida média cumulativa total em
cinco anos varia entre 13% e 21% em países desenvolvidos e entre 7% e 10% nos países em desenvolvimento.

Estão CORRETAS

A) I, II e IV, apenas.
B) I, II, III e IV.
C) III e IV, apenas.
D) II e III, apenas.
E) II, III e IV, apenas.

4
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

10. A Artrite Reumatoide (AR) é uma doença autoimune, inflamatória, sistêmica e crônica, caracterizada por sinovite
periférica e por diversas manifestações extra-articulares.
Sobre essa doença, leia as afirmações abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) A AR é bastante variável quanto à apresentação clínica, à gravidade e ao prognóstico. Sua forma clínica mais
comum é a poliartrite simétrica de pequenas e grandes articulações com caráter crônico e destrutivo, podendo levar
à relevante limitação funcional, comprometendo a capacidade laboral e a qualidade de vida, resultando em
significativo impacto pessoal e social.
( ) A poliartrite aguda com sinovite persistente nas mãos e rigidez matinal prolongada (mais de 2 horas) está entre as
principais apresentações clínicas da AR. A rigidez matinal pode ser o sintoma inicial e costuma ser um indício de
doença ativa. As articulações interfalangianas proximais (IFP) e metacarpofalangianas (MCF) são acometidas em
mais de 90% dos casos.
( ) O diagnóstico de AR é estabelecido com base em achados clínicos e exames complementares. Nenhum exame
isoladamente, seja laboratorial, de imagem ou histopatológico, estabelece o diagnóstico.
( ) As manifestações extra-articulares (nódulos reumatoides, vasculite, derrame pleural, episclerite e escleromalacia
perfurante, entre outras) correlacionam-se com um pior prognóstico. Além da perda de capacidade funcional, pode
haver aumento também da mortalidade, o que demonstra a gravidade da doença.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) F-F-V-F B) V-F-V-F C) V-V-V-V D) V-F-F-V E) F-V-F-F

11. A epilepsia é uma doença, que se caracteriza por uma predisposição permanente do cérebro em originar crises
epilépticas e pelas consequências neurobiológicas, cognitivas, psicológicas e sociais dessas crises.
Sobre essa doença, leia as afirmações abaixo:

I. As crises epiléticas de início generalizado são subdivididas em motoras (tônico-clônicas, clônicas, tônicas,
mioclônicas, mioclônico-tônico-clônicas, mioclônico-atônicas, atônicas, espasmos epilépticos) e não motoras, as
clássicas crises de ausência, que se subdividem ainda em típicas, atípicas, mioclônicas e ausências com mioclonias
palpebrais.
II. As crises epilépticas focais iniciam-se de forma localizada, numa área específica do cérebro, e suas manifestações
clínicas dependem do local de início e da propagação da descarga epileptogênica para outras áreas.
III. As epilepsias podem ser causadas por lesões estruturais, alterações genéticas, erros inatos do metabolismo,
doenças neurocutâneas, doenças cromossômicas, doenças mitocondriais, infecciosas, metabólicas ou autoimunes,
além de condições adquiridas ao longo da vida (trauma, AVC e etilismo).
IV. Os exames complementares devem ser orientados pelos achados da história e do exame físico. O principal exame é
o eletroencefalograma (EEG), cujo papel é auxiliar diagnóstico da doença. O EEG é capaz de, quando alterado,
identificar o tipo e a localização da atividade epileptiforme e orientar na classificação da síndrome epiléptica e na
escolha do fármaco antiepiléptico.

Estão CORRETAS

A) I, II, III e IV. B) II e III, apenas. C) III e IV, apenas. D) I e IV, apenas. E) I e II, apenas.

12. Sobre as doenças renais e seus tratamentos, leia as afirmativas abaixo:

I. Na doença renal crônica, não ocorre regeneração do parênquima renal; por esse motivo, a perda do néfron é
irreversível. Todas as nefropatias crônicas, após 3 a 20 anos, podem evoluir para a chamada doença renal em fase
terminal.
II. A diálise é uma técnica antiga, que utiliza o princípio da difusão, processo de transferência de soluto, através de
uma membrana semipermeável, do compartimento de maior concentração para o de menor concentração.
III. A hemodiálise é realizada em um circuito extracorpóreo, utilizando-se de uma membrana artificial. A solução de
diálise é mantida em contínua circulação, através do compartimento externo, aos capilares do filtro.
IV. A diálise tem papel fundamental no controle eletrolítico e acidobásico. A solução de diálise tem concentrações
eletrolíticas próximas à concentração plasmática normal.

Estão CORRETAS

A) I e II, apenas. B) I e III, apenas. C) II e III, apenas. D) I, II e III, apenas. E) I, II, III e IV.

5
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

13. Sobre Insuficiência Cardíaca, assinale a alternativa CORRETA.

A) Na insuficiência cardíaca, o coração não consegue bombear o sangue de acordo com a demanda tecidual ou só o faz às
custas do aumento da pressão sistólica.
B) A insuficiência cardíaca esquerda cursa com congestão pulmonar (dispneia, ortopneia, dispneia paroxística noturna).
C) O paciente com insuficiência cardíaca em geral é sintomático desde o início da doença, devido aos mecanismos adaptativos
que mantêm o débito cardíaco normal.
D) São causas comuns da insuficiência cardíaca crônica: infarto agudo do miocárdio, miocardite aguda (viral, reumática),
endocardite infecciosa e rotura das cordoálias.
E) Na insuficiência cardíaca, o tratamento só pode ser cirúrgico, voltado para a sua etiologia.

14. Sobre as alterações do sistema musculoesquelético, assinale a alternativa CORRETA.

A) Osteoporose é uma doença aguda, não degenerativa da cartilagem articular, não inflamatória, de caráter progressivo.
B) Quanto à assistência de enfermagem na osteoporose, temos: repouso absoluto das articulações, aplicação exclusiva de
crioterapia, aplicação do balanceamento muscular.
C) A osteoporose é um problema de saúde pública no país; tornou-se uma preocupação de todos os profissionais de saúde com
a população idosa e as mulheres, por serem de maior vulnerabilidade a essa doença, que é lenta e silenciosa.
D) O raquitismo é uma doença caracterizada pelo excesso de mineralização das cartilagens do crescimento, com acúmulo de
tecido osteoide mineralizado.
E) A osteomalácia é uma infecção da estrutura óssea e dos tecidos circunvizinhos que requerem cuidados mediatos.

15. O Sr. Gilberto 45 anos, foi atendido em uma unidade de saúde com dor abdominal de média para grande
intensidade. Na anamnese, o paciente relatou que havia realizado uma colecistectomia há aproximadamente 3
meses. Apresentava-se emagrecido, referindo não estar se alimentando bem há algum tempo, assim como a presença
de náuseas e vômitos. Ao exame, apresentou abdômen distendido, bastante dolorido à palpação, peristalse
diminuída, icterícia e febre de 38ºC. A hipótese diagnóstica foi de pancreatite.
Quanto a essa patologia, é CORRETO afirmar que

A) os níveis séricos abaixo dos valores normais de amilase e lipase sugerem pancreatite.
B) a amilase somente pode ser encontrada no sangue periférico. Os níveis urinários não são visíveis nos quadros de pancreatite.
C) de uma forma geral, a leucocitose é incomum nos casos de pancreatite.
D) para favorecer o suporte nutricional do paciente, a nutrição parenteral desempenha um importante papel, principalmente
naqueles muito debilitados.
E) para auxiliar na manutenção do padrão respiratório, o paciente deve ser mantido em decúbito dorsal lateralizado.

16. M.R., sexo feminino, 32 anos de idade, está na oitava hospitalização causada pela anemia falciforme. Sobre as ações
de enfermagem que devem fazer parte do plano de cuidados estabelecidos para essa paciente, analise as afirmativas
abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) Orientar quanto ao uso da escala de dor como aliada para definir o uso de medicação analgésica.
( ) Os Sinais Vitais (pulso e respiração) devem ser verificados a cada 6 horas, no período de crise falciforme.
Pressão arterial e temperatura podem ser verificadas a cada 24 horas, pois, de uma forma geral, permanecem
estáveis.
( ) Orientar quanto à importância de frequentar ambientes com temperaturas baixas, pois evitam o afoiçamento das
hemácias.
( ) Orientar quanto aos sinais e sintomas e como prevenir as crises falciformes, auxiliando no enfrentamento da
doença.
( ) Orientar quanto à importância de se utilizarem terapias alternativas para o controle da dor, além de uma
alimentação saudável e hidratação adequada.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) V-F-F-F-F
B) F-F-F-V-V D) V-F-F-F-V
C) V-F-F-V-V E) F-V-F-V-V

6
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

17. A pneumonia é uma inflamação do parênquima pulmonar, que pode ser causada por diversos microorganismos.
Quanto a essa patologia, é CORRETO afirmar que

A) um dos fatores de risco para as pneumonias resistentes é a presença de múltiplas comorbidades clínicas, idade acima de 65
anos, indivíduos imunocompetentes, desnutridos.
B) para as pneumonias virais, o uso de antibióticos deverá ser iniciado o mais rapidamente, sendo esse o único tratamento
indicado e possível.
C) o uso de máscara facial que libere ar umidificado está contraindicado.
D) o aumento do consumo de líquidos não é indicado sob o risco de comprometimento cardiovascular por sobrecarga.
E) no processo de recuperação da peneumonia grave, o paciente debilitado deve ser incentivado a realizar atividade física, com
o objetivo de mobilizar as secreções pulmonares.

18. O câncer da mama é o tipo de câncer mais incidente entre as mulheres em todo o mundo, seja em países em
desenvolvimento ou em países desenvolvidos. Sobre esse assunto, assinale a alternativa CORRETA.

A) A idade é o principal fator de risco para o câncer de mama feminino. As taxas de incidência aumentam rapidamente até os
50 anos, e, posteriormente, esse aumento ocorre de forma mais rápida. Também são fatores de risco: história familiar de
câncer da mama, baixa densidade do tecido mamário, obesidade, urbanização e redução do status socioeconômico, entre
outros.
B) O câncer de mama tem seu prognóstico e tratamento definidos pela localização, idade de apresentação e estadiamento, e
ainda fatores de risco que levam em consideração critérios histopatológicos, biológicos e, mais recentemente, moleculares e
genéticos.
C) O tipo histopatológico invasivo mais prevalente é o carcinoma lobular infiltrante (CLI).
D) A quimioterapia é o principal tratamento do câncer de mama inicial. As demais opções terapêuticas do câncer de mama
incluem cirurgia do tumor primário, avaliação do acometimento axilar e radioterapia como forma de tratamento local.
E) O câncer de mama metastático é definido como a presença de doença que acomete outros sítios, além da mama, da parede
torácica e das cadeias regionais homolaterais de drenagem linfática. Sabe-se que a disseminação da doença metastática
pode ocorrer, apenas, pela linfática ou por extensão direta.

19. Apesar de o parto vaginal apresentar menor risco de infecção puerperal, existem vários fatores de risco associados a
esse tipo de infecção; portanto, recomendam-se alguns cuidados para prevenção de infecções após o parto normal.
Sobre isso, assinale a alternativa CORRETA.

A) As luvas para toque vaginal devem ser necessariamente estéreis / Uso de antisséptico para higiene perineal / realização de
tricotomia duas horas antes do procedimento.
B) As luvas para toque vaginal podem ser de procedimento e não estéril / Uso de antisséptico à base de clorexidina para
higiene perineal / Não há indicação para a realização de tricotomia.
C) Realizar enteroclisma até, no máximo, duas horas antes do parto / toques vaginais devem ser restritos às avaliações do
progresso do trabalho / Evitar o uso de antisséptico para higiene perineal.
D) Realizar enteroclisma até, no máximo, duas horas antes do parto / toques vaginais devem ser restritos às avaliações do
progresso do trabalho / Evitar o uso de antisséptico para higiene perineal.
E) O uso de equipamento de proteção individual deve ser baseado na avaliação do risco de transmissão de microrganismos
para a mulher e o risco de contaminação das vestimentas e pele dos profissionais de saúde / Não é recomendado realizar
antissepsia da região perineal / Não há indicação para a realização de tricotomia e enteroclisma.

20. A Organização Mundial de Saúde recomenda algumas medidas para a prevenção da Hemorragia Pós-parto (HPP).
Sobre elas, assinale a alternativa CORRETA.

A) A massagem uterina contínua não é recomendada como intervenção para prevenir a HPP em mulheres que receberam
ocitocina profilática.
B) Todas as parturientes devem receber uterotônicos durante a segunda fase do parto para a prevenção da HPP, mantendo-se a
ocitocina no terceiro e no quarto estágio.
C) A palpação abdominal não é fidedigna para a identificação da atonia uterina pós-parto.
D) Recomenda-se a utilização de misoprostol via retal em todas as parturientes como primeira opção para a correção de HPP
por hipotonia.
E) A massagem uterina não é recomendada como recurso para o tratamento da HPP.

7
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

21. Considerando as recomendações para eleição do método e cuidados na inserção do DIU (Dispositivo Intrauterino),
assinale a alternativa CORRETA.
A) A inserção do DIU pode ser realizada logo após o parto, a qualquer momento até 48 horas de pós-parto. Passadas mais de
48 horas após o parto, deve-se retardar a inserção do DIU por seis semanas ou mais.
B) No caso de aborto (espontâneo ou não), a inserção do DIU só poderá ser realizada após a realização de hemograma, coleta e
resultado de citologia oncótica e cultura de secreção vaginal e se houver certeza de que não está grávida.
C) Caso tenha ocorrido expulsão do DIU e a mulher desejar colocar outro dispositivo, ela só poderá colocar outro dispositivo
após quatro semanas, quando realizar ultrassonografia endovaginal, realizar exames para descartar infecções e se houver
certeza razoável de que não está grávida.
D) Mulheres que tenham risco de contrair ou estejam infectadas com o HIV ou que tenham aids e que estejam em terapia
antirretroviral (ARV) podem usar o DIU.
E) A inserção de DIU pode ser realizada apenas por médico e após treinamento para o procedimento.

22. A bronquiolite viral aguda é uma doença infecciosa, que comumente causa um processo inflamatório obstrutivo das
vias respiratórias inferiores. É uma enfermidade comum em lactentes jovens.
Sobre esse agravo, analise as afirmativas abaixo:
I. O principal agente etiológico da bronquiolite é o vírus sincicial respiratório (subtipos A e B), além do rinovírus,
adenovírus e influenza.
II. O quadro inicial é semelhante ao de uma rinofaringite aguda, com congestão nasal, secreção nasal hialina, tosse e
febre. E, em seguida, o quadro progride para sintomas, como desconforto respiratório, sibilância e queda do estado
geral.
III. Dentre os cuidados hospitalares de enfermagem, estão a monitorização da saturação arterial de oxigênio (SaO 2), a
avaliação do padrão respiratório e do nível de hidratação, a lavagem nasal e administração de oxigenoterapia (com
o objetivo e manter a SaO2 acima de 90%).
IV. A bronquiolite é uma doença, que pode causar elevada mortalidade em neonatos prematuros. Por isso, deste grupo
populacional das Unidades de Terapia Intensiva Neonatal só ocorre a bronquiolite após a administração de três
doses do imunobiológico conhecido como Palivizumabe.

Estão CORRETAS

A) I, II e III, apenas. B) II, III e IV, apenas. C) I, III e IV, apenas. D) I, II, III e IV. E) II e IV, apenas.

23. O impetigo é uma das doenças dermatológicas mais comuns em crianças, correspondendo a 60% de todas as
infecções bacterianas cutâneas. Sobre esse agravo, assinale a alternativa CORRETA.

A) É caracterizado por uma infecção profunda da pele, e seu agente etiológico pode ser o Staphylococcus aureus ou o
Streptococcus pyogenes.
B) Geralmente apresenta pequenas vesículas ou pústulas sobre uma base eritematosa as quais devem ser rompidas o mais
rápido possível para evitar contaminação de outras áreas do corpo.
C) Pode ser classificado como impetigo bolhoso (causado pelo Streptococcus pyogenes) e não bolhoso (causado pelo
Staphylococcus aureus ou Streptococcus pyogenes).
D) Dentre as complicações desse tipo de infecção bacteriana, estão a celulite e a glomerulonefrite difusa aguda.
E) Os cuidados de enfermagem incluem isolamento da criança, higiene rigorosa das lesões, rompimento das bolhas e remoção
das crostas com sabão antisséptico e administração da antibioticoterapia prescrita.

24. A puberdade é um fenômeno natural da adolescência, marcado pela maturação sexual e reprodutiva. Sobre esse
período, leia as assertivas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.
( ) O início dos caracteres sexuais nas meninas é marcado pela telarca (surgimento do broto mamário), seguido da
pubarca, estirão estatural e menarca.
( ) No sexo masculino, o início da puberdade é marcado pela gonadarca. Sua principal característica é o aumento do
testículo, quando este alcança o volume igual ou superior a 4ml.
( ) É considerada atraso do desenvolvimento puberal em meninas a ausência de qualquer caracter sexual em meninas
a partir dos 14 anos e, em meninos, a partir dos 13 anos.
( ) O estirão estatural no sexo masculino antecede a espermarca ou semenarca.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) V-V-F-F B) F-V-V-F C) V-V-V-F D) F-V-V-V E) V-V-F-V

8
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

25. Sobre o crescimento e desenvolvimento dos adolescentes, assinale a alternativa CORRETA.

A) O hipotálamo é o responsável pela liberação do hormônio do crescimento que atuará diretamente nos ovários e testículos
para estimular o crescimento e desenvolvimento puberal.
B) O hormônio corticotrófico, produzido nas glândulas adrenais, atua no desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários e
do crescimento dos pelos pubianos na adolescência.
C) O crescimento esquelético dos adolescentes é dividido em quatro fases. São elas: crescimento acelerado, pico de velocidade
do crescimento, desaceleração do crescimento e estagnação do crescimento.
D) O crescimento dos membros na adolescência ocorre no sentido próximo-distal e tem início nas coxas e nos braços.
E) Devido à maior quantidade de testosterona, o sexo masculino apresenta maior desenvolvimento da musculatura corporal e,
consequentemente, menor quantidade de hemácias e menor concentração de hemoglobina que o sexo feminino.

26. Sobre a vacina papiloma vírus humano 6, 11, 16 e 18 (recombinante) (HPV), analise as afirmativas abaixo:

I. A vacina é apresentada na forma de suspensão injetável em frasco-ampola unidose de 0,5 mL.


II. É indicada para jovens do sexo feminino de 9 a 13 anos de idade, para a imunização ativa contra o HPV, a fim de
prevenir contra câncer do colo do útero.
III. A vacinação consiste na administração de três doses com o seguinte esquema vacinal: zero, 6 e 60 meses (esquema
estendido).
IV. Deve ser administrada exclusivamente por via intramuscular.

É CORRETO o que se afirma em

A) I e II, apenas.
B) II e III, apenas.
C) II e IV, apenas.
D) I, II, III e IV.
E) IV, apenas.

27. Segundo o Ministério da Saúde, é muito importante que os adultos mantenham suas vacinas em dia. Além de se
proteger, a vacina também evita a transmissão para outras pessoas que não podem ser vacinadas.
Sobre as vacinas no adulto, é CORRETO afirmar que

A) contra Febre Amarela, deve ser administrada em 3 doses: a primeira dose, aos 10 anos; a segunda, aos 30 anos e a terceira e
última, aos 50 anos.
B) contra Hepatite B, deve ser administrada em 5 doses: a primeira e a segunda na infância (4 e 6 anos); a terceira, aos 15 anos,
e a quarta e a quinta dose na fase adulta (30 e 40 anos).
C) tríplice viral, se o paciente nunca foi vacinado: administrar 2 doses (20 a 29 anos) e 1 dose (30 a 49 anos).
D) Dupla adulto (DT): deve ser administrada apenas 1 dose aos 30 anos.
E) contra Febre Amarela: deve ser administrada em 4 doses; a primeira, aos 30 anos; a segunda, aos 40 anos e a terceira e a
quarta, aos 50 e 60 anos.

28. A hipertensão arterial (HA) ocorre quando a pressão do sangue, causada pela força contração do coração e das
paredes das artérias para impulsionar o sangue para todo o corpo, ocorre de forma intensa, sendo capaz de
provocar danos na sua estrutura.
Sobre isso, analise as afirmativas abaixo:

I. Recomenda-se que hipertensos com níveis de Pressão Arterial (PA) mais elevados ou que possuam mais de 3
fatores de risco, diabetes, lesões de órgão-alvo ou cardiopatias façam um teste ergométrico, antes de realizar
exercícios físicos em intensidade moderada. Além disso, todo hipertenso que for se engajar em esportes
competitivos ou exercícios de alta performance deve fazer uma avaliação cardiovascular completa.
II. Para um medicamento ser indicado, na hipertensão arterial, deverá, preferencialmente, ter demonstrado a
capacidade de reduzir a morbimortalidade cardiovascular, ser eficaz por via oral, bem tolerado, usado no menor
número de tomadas por dia, iniciado com as menores doses efetivas, poder associar outras drogas, utilizado por
um período mínimo de quatro semanas, antes de modificações, salvo em situações especiais.
III. Hipopotassemia, hiperuricemia, intolerância à glicose, aumento do risco de aparecimento do diabetes mellitus,
além de promover aumento de triglicerídeos em geral, dependendo da dose, são os principais efeitos adversos dos
betabloqueadores.

9
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

IV. A consulta de enfermagem deve focar nos fatores de risco que influenciam o controle da hipertensão, ou seja, as
mudanças no estilo de vida, o incentivo à atividade física, à redução do peso corporal quando acima do índice de
massa corpórea (IMC) recomendado e o abandono do tabagismo. Deve também estar voltada para as
possibilidades de fazer a prevenção secundária, a manutenção de níveis pressóricos abaixo da meta e o controle de
fatores de risco.

Estão CORRETAS

A) I, II, III e IV. B) I, II e IV, apenas. C) III e IV, apenas. D) II e III, apenas. E) I e III, apenas.

29. Artur tem 25 anos e há 10 anos é portador de Diabetes Mellitus tipo 1(DM1), que é considerada uma doença
autoimune, poligênica, decorrente de destruição das células β pancreáticas, ocasionando deficiência completa na
produção de insulina caracterizada pela destruição das células β das ilhotas de Langerhans pancreáticas. É
acompanhado em uma unidade de saúde e foi orientado pelo enfermeiro quanto ao seu tratamento.
Sobre isso, analise as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.

( ) Utilizar insulina corretamente, associada ao conhecimento sobre a doença, é imprescindível para o controle e
tratamento do DM1 e deve ser instituído, assim que o diagnóstico é definido.
( ) O uso da insulina análoga e a adesão ao tratamento com múltiplas insulinas aumentam, consideravelmente, os
eventos de hipoglicemia.
( ) O tratamento intensivo com insulina no Diabetes tipo 1 contribui para o melhor controle metabólico, reduzindo
o aparecimento de complicações, como a retinopatia e a nefropatia.
( ) A insulinoterapia aliada à terapia nutricional com contagem de carboidratos, automonitorização e prática regular
e planejada de atividade física poderá levar a hipoglicemias frequentes, causando transtornos metabólicos.
( ) Utilizar três ou mais doses diárias de insulina de ações diferentes ou sistema de infusão contínua de insulina
(tratamento intensivo) tem demonstrado boa eficácia na redução da frequência de complicações crônicas do
DM.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) V-V-F-V-F B) V-F-V-F-V C) F-V-F-F-V D) V-V-V-F-V E) V-V-V-V-F

30. O paciente idoso portador de Diabetes mellitus tipo 2, além da perda de função da célula β, apresenta aumento da
adiposidade central, com diminuição da massa magra e aumento da resistência à insulina.
Quais são as orientações que devem ser prescritas pelo enfermeiro no seu plano de cuidados para esse paciente?
A) Não realizar exercícios físicos com frequência devido ao risco aumentado de sarcopenia.
B) Realizar exercício assistido e aeróbico, com o objetivo de ganhar massa magra, melhorando a sensibilidade à insulina e o
controle glicêmico.
C) Incentivar exercícios de alta intensidade, no domicílio, de modo a melhorar o desempenho físico e preservar a mobilidade e
controlar a sarcopenia.
D) O monitoramento glicêmico deve ser realizado uma vez ao dia, para definir ingestão extra de carboidratos, assim como para
ajustar doses de insulina.
E) O monitoramento glicêmico deverá ser feito somente após a realização do exercício físico.

31. Sobre o processo de envelhecimento, analise as afirmativas abaixo:


I. O envelhecimento populacional deve ser visto como um privilégio e uma conquista da humanidade. Ao mesmo
tempo, essa longevidade traduzida em termos de envelhecimento saudável e qualidade de vida representa um
grande desafio para o século XXI.
II. Nos anos 2000, surgiram os conceitos de “envelhecimento bem-sucedido”, “envelhecimento positivo” e
“envelhecimento com sucesso”, referindo-se a um mecanismo de adaptação às condições da velhice ou a uma
busca de equilíbrio entre as aptidões dos indivíduos e às exigências do meio ambiente.
III. Um dos maiores componentes associados ao declínio relacionado ao envelhecimento pode ser explicado por
fatores extrínsecos, tais como: estilo de vida, hábitos, dietas e fatores psicossociais.

Está CORRETO o que se afirma em

A) I, II e III, apenas. B) I e II, apenas. C) I e III, apenas. D) II e III, apenas. E) III, apenas.

10
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

32. O uso de medicamentos em idosos é hoje considerado de grande relevância. Sobre essa temática, analise as
assertivas abaixo:
I. Na farmacocinética, deve-se considerar a grande variabilidade entre os indivíduos idosos, o que representa o maior
desafio na decisão terapêutica.
II. Como a maioria das drogas são absorvidas por difusão passiva, alterada no envelhecimento, a absorção é o
processo mais afetado com impacto muito significante.
III. Considera-se polifarmácia em idosos a utilização de, pelo menos, 10 (dez) medicamentos contínuos ou a utilização
de 05 (cinco), sem indicação ou em doses exageradas.
IV. Define-se como uso ou prescrição inapropriada, quando o risco de efeitos adversos supera os potenciais benefícios,
na evidência de alternativa de uso de outro medicamento com eficácia igual ou maior.
Estão CORRETAS

A) I, II, III e IV. B) I, II e III, apenas. C) I e II, apenas. D) I e III, apenas. E) I e IV, apenas.

33. Sobre a enfermagem e as grandes Síndromes Geriátricas, assinale a alternativa CORRETA.


A) Na incapacidade cognitiva, o idoso tem facilidade em aprender e reter novas informações, mas apresenta dificuldade de
executar essas informações.
B) É de grande relevância afirmar que a iatrogenia adquire maior importância nos indivíduos idosos devido às suas
fragilidades.
C) A demência de Alzheimer é a de menor prevalente entre as demências e manifesta-se por apatia, agitação, depressão,
ansiedade, imobilidade, ilusões e alucinações em fases mais avançadas.
D) Nos idosos, as doenças mentais têm início agudo, evolução rápida e consciência e orientação pouco alterada.
E) Na instabilidade postural, 80 a 100% dos episódios de quedas levam a algum tipo de lesão, sendo as fraturas de maior
prevalência estimadas em 50%.

34. Ao admitir o paciente, o enfermeiro tenta diferenciar o tipo de pensamento que ele apresenta. Qual das seguintes
alternativas descreve o “pensamento tangencial”?
A) O indivíduo nunca chega ao ponto de comunicação. Tópicos não relacionados são apresentados, e o foco da discussão
original é perdido.
B) O pensamento caracteriza-se pelo discurso no qual as ideias mudam de um assunto não relacionado para outro.
C) O indivíduo demora para atingir o ponto de uma comunicação devido a detalhes desnecessários e entediantes.
D) A escolha das palavras é governada por sons.
E) A incapacidade ou a recusa de um indivíduo falar.

35. O enfermeiro entende que, ao cuidar de um paciente com transtorno mental, deve conhecer os efeitos colaterais das
medicações. Podemos destacar a clozapina, que quando comparada a outras drogas antipsicóticas, produz menos
efeitos colaterais. Qual das alternativas abaixo é considerada como um dos efeitos colaterais da clozapina?

A) Perda de peso B) Agranulocitose C) Pancitopenia D) Leucocitose E) Hipoglicemia

36. Sobre cuidado paliativo, analise as afirmativas abaixo:


I. Cuidado paliativo é a abordagem, que promove qualidade de vida de pacientes e seus familiares diante de doenças
que ameaçam a continuidade da vida através da prevenção e alívio do sofrimento.
II. O cuidado paliativo baseia-se no conhecimento científico inerente a várias especialidades e possibilidades de
intervenção clínica e terapêutica; o trabalho de uma equipe em cuidado paliativo é regido por princípios claros,
que podem ser evocados em todas as atividades desenvolvidas.
III. O cuidado paliativo integra aspectos psicossociais e espirituais; por essa razão, o cuidado é sempre conduzido por
uma equipe multiprofissional, cada um desenvolvendo seu papel específico, porém agindo de forma integrada.
IV. A prática dos cuidados paliativos baseia-se no controle impecável dos sintomas de natureza física, psicológica,
social e espiritual; os princípios do controle desses sintomas são baseados em avaliar antes de tratar, explicar as
causas dos sintomas, não esperar a queixa do doente, monitorar os sintomas, entre outros princípios.

Estão CORRETAS

A) I e II, apenas. B) II e III, apenas. C) I, II e III, apenas. D) II, III e IV, apenas. E) I, II, III e IV.

11
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

37. A tuberculose é considerada um agravo em saúde pública com grande magnitude, transcendência e vulnerabilidade.
Sobre esse assunto, assinale a alternativa CORRETA.

A) A tuberculose pulmonar apresenta-se, exclusivamente, sob a forma primária ou secundária. Os sintomas clássicos da
tuberculose pulmonar são: a tosse produtiva, febre vespertina, sudorese diurna e emagrecimento.
B) As formas de tuberculose extrapulmonar têm seus sinais e sintomas dependentes dos órgãos ou sistemas acometidos. Os
órgãos ou sistemas que são acometidos pela tuberculose são apenas o sistema linfático, sanguíneo, a pele e os ossos.
C) A prova tuberculínica consiste na inoculação intradérmica de um derivado proteico do Mycobacterium tuberculosis para
medir a resposta imune celular a esses antígenos. Essa forma de diagnóstico não deve ser utilizada para o diagnóstico de
infecção latente pelo M. tuberculosis.
D) Está indicada a vacina BCG-ID para os contatos intradomiciliares de portadores de hanseníase, com a presença de sinais e
sintomas da doença e com classificação operacional como um caso multibacilar.
E) A tuberculose pulmonar e a tuberculose laríngea são classificadas como doenças de transmissão aérea e requerem medidas
administrativas, ambientais e de proteção individual, que diminuam o risco de transmissão da doença.

38. “É fundamental que todos os municípios brasileiros ofereçam serviço de diagnóstico, tratamento e atenção integral
às pessoas com hanseníase.” No entanto, essa doença ainda persiste como um importante problema de saúde
pública. Considerando a hanseníase, assinale a alternativa CORRETA.

A) A manifestação clínica da coinfecção HIV e hanseníase é homogênea e apresenta-se como placas infiltradas, eritematosas
ou hipocrômicas, e uma particularidade da doença é não apresentar as alterações de sensibilidade térmica, tátil ou dolorosa.
B) A hanseníase virchowiana consiste na forma da doença em que o sistema imune da pessoa consegue destruir os bacilos
espontaneamente.
C) Os sintomas de conjuntivite, sensação de “areia nos olhos”, alteração da córnea são específicos de manifestações clínicas da
forma indeterminada.
D) A primeira sensibilidade perdida na hanseníase é a das fibras mais finas (sensibilidade ao calor e dor).
E) A pesquisa da sensibilidade deve ser realizada através da técnica de palpação com a ponta dos dedos, uma vez que a
utilização de qualquer instrumento auxiliar pode provar lesões de pele devido à perda da sensibilidade.

39. Considerando as infecções sexualmente transmissíveis, assinale a alternativa CORRETA.

A) O esquema preferencial de tratamento deverá ser feito com dois inibidores da transcriptase reversa análogo de nucleosídeo
e um inibidor de protease com reforço de ritonavir.
B) Adultos e adolescentes vivendo com HIV podem receber todas as vacinas do calendário nacional, desde que não apresentem
deficiência imunológica importante. À medida que se aumenta a imunodepressão, eleva-se, também, o risco relacionado à
administração de vacinas de agentes atenuados.
C) Níveis baixos de carga viral sérica do HIV estão associados a menores concentrações do vírus nas secreções genitais. Tais
evidências indicam que a terapia antirretroviral é uma importante contribuição para a prevenção.
D) Considerando que a infecção pelo HIV é de caráter sistêmico, torna-se necessário, além do exame físico geral, observar
atentamente a pele para detectar precocemente manifestações de leucoplasia pilosa e sarcoma de Kaposi.
E) A profilaxia de infecções oportunistas deve ser realizada com muita cautela, uma vez que pode levar ao desenvolvimento de
microrganismos resistentes.

40. Sobre cirurgias oncológicas das mamas, analise as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas.
( ) A conduta cirúrgica em uma paciente com câncer de mama depende das várias graduações de desenvolvimento
tumoral.
( ) O tratamento cirúrgico visa sustentar a difusão do Câncer além dos tecidos da mama e sua indicação, bem como a
escolha do tipo de cirurgia depende, em grande parte, da classificação do tumor e estadiamento.
( ) Após a mastectomia, a equipe multidisciplinar deve estar atenta às complicações (hemorrágicas, seroma, infecção,
necrose de pele, lesão de nervo, diminuição do movimento e linfedema) e intercorrências que poderão surgir.
( ) Nos casos específicos de cirurgia de mama, o pré-operatório é uma fase muito importante, devendo haver a
avaliação minuciosa do ombro e do membro superior, observando todos os movimentos da articulação escápulo-
umeral e a existência de algum problema que possa influenciar na reabilitação pós-operatória, como bursite e
artrite.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) F-V-V-V B) F-V-F-V C) V-V-V-F D) V-F-F-V E) V-V-V-V

12
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

41. Sobre cirurgia bariátrica, analise as afirmativas abaixo:

I. A cirurgia bariátrica vem sendo o principal tratamento para a redução de peso e a melhora das comorbidades
associadas à obesidade.
II. No pré-operatório, deve se explicar a importância dos movimentos respiratórios para a prevenção de complicações
e incentivar o exercício da tosse a fim de aumentar o volume inspiratório e expiratório.
III. No pós-operatório imediato, deve se manter controle rigoroso dos sinais vitais e observar o nível de consciência, a
saturação de oxigênio e perfusão periférica dos membros.
IV. Ainda no pós-operatório imediato, deve se realizar controle rigoroso do gotejamento das soluções parenterais e
monitorar balanço hídrico.

Estão CORRETAS

A) I e III, apenas. B) I, II, III e IV. C) I, III e IV, apenas. D) II e IV, apenas. E) II e III, apenas.

42. Sobre cirurgias ortopédicas, analise as afirmativas abaixo:

I. Paciente submetido à cirurgia ortopédica pode apresentar problemas relacionados a tromboembolismo devido à
imobilidade.
II. A dor pós-operatória é relatada por número significativo de pacientes como a pior experiência da sua vida.
Associam-se à dor fatores de complicações físicas e emocionais, que podem agravar a situação de doença ou
trauma que motivou a cirurgia
III. No pós-operatório imediato, o desconforto doloroso pode alterar o metabolismo do paciente, afetando os sistemas
pulmonar, cardiovascular, gastrintestinal, urinário, neurológico e endócrino. Seu alívio traz, portanto, diminuição
dessas intercorrências,
IV. O papel da Enfermagem no controle da dor pós-operatória do paciente ortopédico consiste na avaliação da
intensidade e na adoção de estratégias para minimizar o desconforto mediante o planejamento dos cuidados,
levando em consideração as alterações dos sinais vitais, das condições físicas e emocionais e do quadro doloroso
propriamente dito.

Estão CORRETAS

A) I e III, apenas. B) II e III, apenas. C) II e IV, apenas. D) I, III e IV, apenas. E) I, II, III e IV.

43. Sobre o pós-operatório imediato de cirurgia cardíaca, leia as afirmações abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas
Falsas.

( ) Um dos parâmetros a ser avaliado é o estado hidroeletrolítico, que pode indicar desequilíbrios hidroeletrolíticos
como a hipocalemia, hipercalemia, hiponatremia e hipocalcemia.
( ) Uma das possíveis complicações é a diminuição do débito cardíaco, que pode resultar de alterações da
contratilidade- insuficiência cardíaca, infarto agudo do miocárdio, desequilíbrio hidroeletrolítico e hipóxia.
( ) Para avaliar a função renal, está indicado medir o débito urinário a cada 4h e, se o volume for menos que 80-100
mL/h, indica-se redução da função renal.
( ) A mensuração exata do sangue que drena da ferida operatória e dos tubos de drenagem é essencial. A drenagem
sanguinolenta não deve ser superior a 50 mL/h nas primeiras 4-6 horas.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) F-F-F-V B) F-V-F-V C) V-V-V-V D) V-V-F-F E) V-F-F-V

44. De acordo com o Ministério da Saúde, a Segurança do Paciente é um dos atributos da qualidade do cuidado e tem
adquirido, em todo o mundo, grande importância para os pacientes, famílias, gestores e profissionais de saúde,
com a finalidade de oferecer uma assistência segura.
Sobre os protocolos de segurança do paciente, leia as afirmações abaixo:

I. Atualmente está recomendado que os medicamentos sejam prescritos de forma abreviada, pois facilita e otimiza o
tempo para o prescritor. Medicamentos cujos nomes são reconhecidamente semelhantes a outros de uso corrente
na instituição não devem ser prescritos com destaque na escrita da parte do nome que os diferencia.

13
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

II. O uso de luvas não altera nem substitui a higienização das mãos. O seu uso por profissionais de saúde não deve ser
adotado indiscriminadamente, devendo ser restrito. Uma das indicações é trocar de luvas durante o contato com o
paciente, se for mudar de um sítio corporal contaminado para outro limpo.
III. As escalas de Braden e Braden Q caracterizarão o paciente sem risco, com risco baixo, moderado, alto ou muito
alto para desenvolver úlcera por pressão (UPP). A classificação do risco é feita de acordo com uma pontuação:
quanto maior o número de pontos, maior é a classificação de risco para a ocorrência dessa lesão.
IV. Antes da incisão cirúrgica (pausa cirúrgica), é imperativo que cada membro da equipe se apresente pelo nome e
função; que seja confirmada a realização da cirúrgica no paciente correto, e, no sítio cirúrgico correto, a
confirmação da administração de antimicrobianos profiláticos nos últimos 60 minutos da incisão cirúrgica.

Estão CORRETAS apenas

A) I, II e III. B) II e III. C) III e IV. D) I, III e IV. E) II e IV.

45. A Política Nacional de Humanização (PNH) está voltada para a produção e gestão do cuidado e dos processos de
trabalho. Quanto a essa política, é CORRETO afirmar que

A) trabalha com as suas próprias diretrizes, desvinculada dos princípios do SUS, intervindo no cotidiano dos serviços de saúde
e produzindo mudanças nos modos de gerir e cuidar.
B) estimula a comunicação entre gestores. Os trabalhadores e usuários não são ouvidos nesse processo coletivo de
enfrentamento de relações de poder, trabalho e afeto que, muitas vezes, produzem atitudes e práticas desumanizadoras as
quais inibem a autonomia e a corresponsabilidade dos profissionais de saúde em seu trabalho.
C) conta com equipes regionais de apoiadores que se articulam às secretarias estaduais e municipais de saúde. A partir dessa
articulação, constroem-se, de forma compartilhada, planos de ação para promover e disseminar inovações nos modos de
fazer saúde.
D) não se preocupa com a análise dos problemas e dificuldades encontradas em cada serviço de saúde. Seus princípios,
diretrizes e dispositivos foram estabelecidos a partir da experiência dos gestores na organização do atendimento em saúde.
E) declara que humanizar se traduz na inclusão das diferenças nos processos de gestão e de cuidado. O gestor deve conceber
tal pensamento, limitando a produção de novos modelos de cuidado e de novas formas de organização do trabalho.

46. Quando um grupo de pessoas contribui com seus esforços para o alcance de um objetivo, torna-se necessário
estabelecer um acordo sobre atribuições de cada uma e definir relações de trabalho que devem existir entre elas.
Considerando os documentos de um Serviço de Enfermagem (SE), o Regimento é
A) a definição de papéis e atribuições estabelecidas pela administração superior. De acordo com a política institucional, a
enfermagem elabora um ato normativo; de caráter flexível que rege a disciplina do serviço e especifica as finalidades e
posição do serviço na estrutura administrativa e a competência das diversas unidades de trabalho. Além disso, define
pessoal, suas funções e descreve os requisitos exigidos pela instituição.
B) estabelecido como um direcionamento do desenvolvimento dos indivíduos, que buscam alcançar os objetivos determinados
pela administração superior. Tem a finalidade de fornecer informações das atividades desenvolvidas, sendo conhecido
como POP (Procedimento Operacional Padrão).
C) um documento de descrição sistemática dos passos a serem dados para a realização das ações componentes de uma
atividade. Estabelece as tarefas em forma sistemática e na sequência em que devem ser executadas.
D) um guia, orientador escrito, que fornece instruções gerais e específicas do SE como composição da planta física, do
organograma, das normas e rotinas, das técnicas de enfermagem e de inventário do material permanente.
E) é uma solução, devido à inadequação da estrutura funcional para as atividades integradas, isto é, aquelas que, para serem
realizadas, exigem interação entre as áreas funcionais.

47. Considerando a estrutura e organização do Serviço de Enfermagem (SE), leia as afirmativas abaixo:
I. O SE é um grupo organizado de pessoas; possui um número grande de pessoas; apresenta diversidade e
complexidade das atividades e necessidade de divisão e distribuição do trabalho.
II. O SE possui exclusivamente uma estrutura formal que é planejada e formalizada oficialmente. Não sofre
influência da estrutura informal na dinâmica da instituição, com atuação dos integrantes e visa ao alcance dos
objetivos propostos.
III. A divisão do trabalho e especialização pode ser vertical e horizontal, sendo que a divisão vertical aumenta
a qualidade da supervisão, acrescentando níveis hierárquicos.
IV. A Estrutura Linear (baseada em Fayol, na Teoria Clássica) apresenta as seguintes características: forma piramidal,
rigidez no princípio de hierarquia (órgãos de linha), centralização da decisão, limitação e inflexibilidade à
inovação e demora na ação.

14
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

V. O pré-ativismo é uma ferramenta eficiente no planejamento estratégico utilizada na saúde.

Estão CORRETAS, apenas

A) I, II e V. B) II e III. C) I, III e IV. D) III, IV e V. E) IV e V.

48. O profissional de Enfermagem atua com autonomia e em consonância, com os preceitos éticos e legais, técnico-
científicos e teórico-filosóficos; exerce suas atividades com competência para a promoção do ser humano na sua
integralidade, de acordo com os princípios da ética e bioética.
Sobre os DIREITOS do profissional de enfermagem, analise os itens abaixo:
I. Exercer a Enfermagem com liberdade, segurança técnica, científica e ambiental autonomia e ser tratado sem
discriminação de qualquer natureza, segundo os princípios e pressupostos legais, éticos e dos direitos humanos.
II. Apoiar e/ou participar de movimentos de defesa da dignidade profissional, do exercício da cidadania e das
reivindicações por melhores condições de assistência, trabalho e remuneração, observados os parâmetros e limites
da legislação vigente.
III. Não participar da prática multiprofissional, interdisciplinar e transdisciplinar, mantendo sua autonomia e liberdade
e observando os preceitos éticos e legais da profissão.
IV. Revelar informações confidenciais de que tenha conhecimento em razão de seu exercício profissional.

Estão CORRETOS apenas,

A) I, II e III. B) I e II. C) III e IV. D) I e IV. E) II e III.

49. A saúde é um direito fundamental do ser humano, e como tal, ao estado cabe o dever de promover as condições
indispensáveis para a promoção, proteção e recuperação da saúde bem como ofertar os serviços de saúde e garantir
sua organização no âmbito do sistema. Com base na Lei 8080, de 19 de setembro de 1990, leia as afirmações e
coloque V nas Verdadeiras ou F nas Falsas.
( ) O dever do Estado é garantir o direito à saúde a partir da formulação de políticas econômicas e sociais, que visem
à redução dos riscos de doenças e outros agravos.
( ) Ao estado cabe garantir o acesso universal e igualitário aos Serviços de Saúde, como também participar da
formação e execução de políticas de ações de saneamento básico, de formação de Recursos Humanos para a saúde
e da proteção do meio ambiente.
( ) A organização político-administrativa aponta para uma direção única na gestão do SUS, nas três esferas de
governo de forma hierarquizada e com garantia de universalização, integralização e resolutividade.
( ) O compartilhamento de ações entre os municípios é uma ação prevista no SUS e constante no escolpo da Lei 8080,
sendo a forma de consórcio a que deve ser estimulada.
( ) São previstos mecanismos de controle, acompanhamento a normas de qualidade e regulação dos serviços.

Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.

A) F-F-V-V-F B) V-V-V-V-V C) F-V-F-V-V D) V-V-F-F-F E) V-F-V-F-V

50. Ainda sobre o SUS, o Decreto 7508, de 28 de junho de 2011, que regulamenta a Lei 8080, dispondo sobre a
organização dos serviços, leia as afirmações abaixo:
I. As regiões de saúde (espaços geográficos contínuos e delimitados) devem ser orientadas e demarcadas em função
das identidades culturais, econômicas, sociais e de infraestrutura e de comunicação desses estratos.
II. A finalidade da regionalização da saúde é integrar ações e planejar a execução da atenção à saúde.
III. Os mapas de saúde são instrumentos capazes de caracterizar a oferta dos serviços de saúde, a distribuição dos
recursos necessários à assistência e reconhecer os indicadores de saúde do sistema.
IV. A Constituição de uma Regional de Saúde pressupõe, no mínimo, ações e serviços que deem conta da atenção
primária, urgência e emergência, atenção ambulatorial especializada e hospitalar, da atenção psicossocial e da
vigilância em saúde.
V. Aos usuários do SUS deve ser assegurada a continuidade dos cuidados de saúde, sendo estes ordenados pela
atenção primária com critérios de gravidade de risco individual e coletivo. Populações Indígenas contarão com
regras diferenciadas, de acordo com suas características populacionais e necessidades específicas.

Estão CORRETAS

A) I, III e IV, apenas. B) II, IV e V, apenas. C) III, IV e V, apenas. D) I e III, apenas. E) I, II, III, IV e V.

15
HOSPITALAR / ENFERMAGEM

CADERNO 50
- ENFERMAGEM -

16
SECRETARIA DE SAÚDE DE PERNAMBUCO

PROCESSO SELETIVO À RESIDÊNCIA EM ENFERMAGEM

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO


Não deixe de preencher as informações a seguir.
Prédio Sala

Nome do Candidato

Nº de Identidade Órgão Expedidor UF Nº de Inscrição

GRUPO 21 - ENFERMAGEM

ATENÇÃO

 Abra este Caderno, quando o Fiscal de Sala autorizar o início da Prova.


 Observe se o Caderno está completo. Ele deverá conter 50 (cinquenta) questões
objetivas de múltipla escolha com 05 (cinco) alternativas cada.
 Se o Caderno estiver incompleto ou com algum defeito gráfico que lhe cause dúvidas,
informe, imediatamente, ao Fiscal.
 Ao receber o caderno de prova, preencha, nos espaços apropriados, o seu Nome
completo, o Número do seu Documento de Identidade, a Unidade da Federação,
Número de Inscrição, o Número do Prédio e o Número da Sala.
 Para registrar as alternativas escolhidas nas questões da prova, você receberá um
Cartão-Resposta com seu Número de Inscrição.
 As bolhas do Cartão-Resposta devem ser preenchidas totalmente, com caneta
esferográfica azul ou preta, totalizando 50 (cinquenta) questões.
 Você dispõe de 4 horas para responder toda a Prova – já incluído o tempo destinado ao
preenchimento do Cartão-Resposta. O tempo de Prova está dosado, de modo a permitir
fazê-la com tranquilidade.
 Você só poderá retirar-se da sala 2 (duas) horas após o início da Prova.
 Preenchido o Cartão-Resposta, entregue-o ao Fiscal, juntamente com este Caderno e
deixe a sala em silêncio.

BOA SORTE !

1
ENFERMAGEM

01. O câncer é uma das doenças mais temidas no mundo. Grande parte desse medo é causado pela
ausência de tratamento efetivo. O enfermeiro precisa compreender a história natural do câncer para
lidar de forma apropriada com a complexidade da doença. Sobre carcinogênese, analise as
afirmações a seguir.

I. O estágio de iniciação do câncer começa nas células, normalmente células-tronco, por meio de
mutações, a partir de exposição a carcinógenos incompletos. Os agentes iniciadores são capazes de
desencadear os estágios de iniciação, promoção e progressão.
II. O estágio de iniciação do câncer possui várias características próprias. O processo parece ser rápido,
ocorrendo em frações de segundos. Poucas ações são necessárias para promover a iniciação, e o
processo é aparentemente irreversível.
III. O estágio de promoção do câncer envolve a alteração da expressão do gene, a expansão clonal seletiva
bem como a proliferação, das células que sofreram iniciação. O que caracteriza esse estágio é a
irreversibilidade ao contrário do que ocorre na iniciação.
IV. O último estágio chama-se progressão, que é caracterizado por alterações moleculares adicionais,
aumento da massa tumoral primária, desprendimento de células dessa massa. A característica mais
particular da progressão é o desenvolvimento de alterações mensuráveis no cariótipo nuclear.

Somente está correto o que se afirma em

A) II. B) III. C) I e III. D) II e IV. E) II, III e IV.

02. Sobre SINAIS VITAIS, analise as afirmações abaixo.

I. A principal característica do tipo respiratório BIOT é a de haver amplas e rápidas inspirações


interrompidas por curtos períodos de apneia após as quais ocorrem expirações profundas e ruidosas que,
por sua vez, são sucedidas por pequenas pausas de apneia.
II. Vários fatores influenciam a pressão arterial, portanto é necessário que existam mecanismos reguladores,
capazes de integrar e harmonizar a atuação dos vários elementos que agem por via neurogênica ou
humoral. Deles participam o córtex cerebral, o hipotálamo, os centros vasomotores, o sistema nervoso
autônomo, as suprarrenais, os rins e os barorreceptores.
III. A duração da febre é uma característica de grande importância na avaliação do paciente, interferindo, de
forma direta, na conduta terapêutica.
IV. A comparação da amplitude dos dois pulsos homólogos não serve como parâmetro no exame dos pulsos
periféricos, pois estes pulsos não permitem avaliar o fluxo sanguíneo de forma adequada naquele
segmento.

Somente está correto o que se afirma em

A) I e II. B) I, II e IV. C) II e III. D) III e IV. E) I e III.

03. De acordo com o Ministério da Saúde no Plano de Reorganização de Atenção à Hipertensão Arterial
(HA) e ao Diabetes Mellitus, leia as afirmações abaixo.

I. Admite-se como pressão arterial ideal a condição em que o indivíduo apresenta o menor risco
cardiovascular, PAS < 140 mmHg e PAD < 90 mmHg. A pressão arterial de um indivíduo adulto que não
esteja em uso de medicação antihipertensiva e sem co-morbidades associadas é considerada normal,
quando a PAS é < 130 mmHg e a PAD < 85 mmHg.
II. O enfermeiro, ao realizar a anamnese em um portador de HA e identificar que a hipertensão surgiu antes
dos 30 anos, ou de aparecimento súbito após os 50 anos, sem história familiar para HA, deve encaminhar
o paciente para unidade de referência secundária, a fim de investigar as causas, principalmente as
renovasculares.
III. Ao estratificar os portadores de HA, o Grupo de risco médio inclui portadores de HA grau I ou II que
possuem três ou mais fatores de risco e são também portadores de hipertensão grau III, sem fatores de
risco. Nesses portadores, a probabilidade de um evento cardiovascular, em dez anos, situa-se entre 20 e
30%.
IV. No tratamento medicamentoso da HA, é realizada modificação da dose do anti-hipertensivo, quando, uma
semana após o uso da droga, os níveis tensionais não chegaram ao desejado. Não há necessidade de se
fazer avaliação da adesão do paciente ao tratamento.

Somente está correto o que se afirma em

A) II. B) I, II e III. C) II e III. D) I. E) III e IV.

2
ENFERMAGEM

04. Está prescrito para um paciente internado na UTI SG 10% 250 ml. O serviço dispõe de SG 5% 250 ml e
de ampolas de glicose 50% - 20 ml. Transforme a solução e calcule o volume total para infundir em 2
horas.

A) 15 ml de glicose/120 ml/hora.
B) 20 ml de glicose/115 ml/hora.
C) 12 ml de glicose/100 ml/hora.
D) 10 ml de glicose/125 ml/hora.
E) 25 ml de glicose/137 ml/hora.

05. Quando se fala em fatores de risco para o câncer, pretende-se, com isso, definir a probabilidade de que
indivíduos sem esse tipo de doença, estão expostos a determinados fatores, podendo, assim, adquirir
a doença. Sobre esses fatores de risco, analise as assertivas e marque a correta.

A) A maior parte dos cânceres se deve exclusivamente a fatores hereditários, familiares e étnicos, mesmo o fator
genético não exercendo importante papel na oncogênese.
B) A promiscuidade sexual, a falta de higiene, a precocidade do início da vida sexual (antes dos 18 anos de idade)
bem como a variedade de parceiros, tanto da mulher como do seu companheiro, estão relacionados a um
maior risco de câncer do colo uterino.
C) Ao fritar, grelhar ou preparar carnes na brasa a temperaturas muito elevadas, podem ser criados compostos
que diminuem o risco de câncer de estômago e colorretal.
D) Não há relação entre o uso de estrogênios conjugados, para o tratamento dos sintomas da menopausa, com
uma maior ocorrência do câncer de endométrio.
E) Todos os filtros solares oferecem proteção completa para os raios UV-B e os raios UV-A. Oferecem uma
segurança e deixa a pessoa encorajada a se expor ao sol durante mais tempo.

06. Garantir a saúde integral da criança exige uma postura ativa dos serviços de saúde, dos profissionais e
da família. Com o intuito de melhorar a saúde das crianças brasileiras, detectando precocemente
algumas doenças congênitas, o MS disponibilizou, na rede básica de saúde, o teste do pezinho básico.
Em relação ao teste, quais as doenças que são detectadas?

A) Fenilcetonúria, hipertireoidismo e anemia falciforme.


B) Fenilcetonúria, hipotireoidismo e sífilis.
C) Anemia falciforme, hipertireoidismo e meningite.
D) Anemia falciforme, hipotireoidismo e meningite.
E) Fenilcetonúria, hipotireoidismo e anemia falciforme.

07. Em relação ao mecanismo de termorregulação dos recém-nascidos, principalmente os de baixo peso,


assinale V (verdadeiro) e F (falso) nas assertivas abaixo.

( ) Os recém-nascidos que sofrem estresse pelo frio dependem, principalmente, de mecanismos químicos
para manterem a temperatura corporal.
( ) A combustão dos ácidos graxos de gordura marrom é controlada por um proteína desacoplada,
denominada termogenina.
( ) Na lesão neonatal causada pelo frio entre outros achados, encontra-se a respiração superficial e irregular,
depressão do SNC e letargia.
( ) Quando os recém-nascidos são colocados em ambiente frio, é ativado o sistema nervoso simpático, e
são liberados os hormônios tireoideo e noradrenalina.
( ) Os triglicerídeos presentes nos depósitos de gordura marrom são degredados em ácidos graxos e
glicerol.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) V, V, V, F, F.
B) F, V, V, V, F.
C) V, V, F, V, V.
D) F, F, V, V, V.
E) V, V, V, V, V.

3
ENFERMAGEM

08. Quanto à classificação clínica do grau de desidratação em crianças, marque V (verdadeiro) e F (falso) e
nas assertivas abaixo.

( ) Estado geral, boca, olhos, lágrimas, fontanela, pele, pulsos, enchimento capilar, perda de peso, déficit
estimado são sinais confiáveis na avaliação da desidratação.
( ) Estado geral, boca, olhos, lágrimas, fontanela, pele, pulsos, enchimento capilar, perda de peso, déficit
estimado não são sinais confiáveis na avaliação da desidratação, pois são sinais subjetivos.
( ) Na desidratação leve, a criança encontra-se irritada, com sede, olhos fundos, perda de peso acima de
10%.
( ) Na desidratação moderada, o estado geral da criança é de mais agitada que o normal, muita sede e
raramente dorme.
( ) A terapia de reidratação oral (TRO) deve ser usada em crianças, em qualquer grau de desidratação, só
depois de duas horas de oferecimento dos sais de reidratação oral; reavaliar para administrar a
reidratação parenteral.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) V, V, V, V, F. B) V, F, F,V ,V. C) F, V, V,F ,V. D) V, F, V, F, F. E) V, V, F, V, F.

09. Acidente é um evento não-intencional, evitável e causador de lesões físicas e/ou emocionais no âmbito
doméstico e em outros ambientes sociais. Com relação às intoxicações exógenas agudas, marque (V),
se as assertivas forem verdadeiras e (F), se forem falsas.

( ) Frequentemente provocam intoxicação grave com área queimada maior que 15%, tendo associação
com fumaça por monóxido de carbono.
( ) Uma das mais importantes medidas de prevenção é o bloqueio de acesso à cozinha, por ser o local
mais perigoso da casa.
( ) Comprometem anualmente cerca de 5 milhões de crianças menores de 5 anos e são a terceira causa
mais comum de acidentes tratados na emergência em crianças de 0-16 anos.
( ) Existe uma distribuição bifásica em que a primeira consiste na ingestão acidental voluntária de tóxicos
por crianças, e a segunda fase é a ingestão intencional de tóxicos pelo adolescente.
( ) Quando a via de exposição ao agente tóxico for a dérmica, deve-se promover o esvaziamento gástrico
por meio de lavagem gástrica.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) F, F, F, V, V. B) V, F, F, V, V. C) V, V, F, V, F. D) F, F, V, V, F. E) V, V, F, F, V.

10. De acordo com o Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem, relacione as colunas e marque a
alternativa CORRETA.

a. Proibição.
b. Responsabilidade e dever.
c. Direito.

I. Realizar e participar de atividades de ensino e pesquisa, respeitando as normas ético-legais.


II. Sobrepor o interesse da ciência ao interesse e à segurança da pessoa, família ou coletividade.
III. Assegurar à pessoa, família e coletividade à assistência de enfermagem livre de danos
decorrentes de imperícia, negligência ou imprudência.

A) I-c, II-a, III-b. B) I-c, II-b, III-a. C) I-a, II-c, III-b. D) I-b, II-a, III-c. E) I-b, II-c, III-a.

11. O oxigênio é necessário para manter a vida. Os sistemas cardíaco e respiratório têm como função
suprir as demandas do oxigênio do corpo. Para garantir um suporte adequado de oxigênio através da
máscara de Venturi, o fluxo de oxigênio varia entre

A) 2 a 14 litros/min.
B) 3 a 7 litros/min.
C) 5 a 12 litros/min.
D) 4 a 9 litros/min.
E) 6 a 10 litros/min.

4
ENFERMAGEM

12. A endocardite infecciosa é uma patologia grave que compromete as funções do coração. Para planejar
a assistência ao portador dessa patologia, é fundamental para o(a) enfermeiro(a) traçar diagnósticos
de enfermagem. Diante dessa afirmativas, assinale a alternativa correta.

A) Considerando os sinais e sintomas apresentados pelo portador de endocardite bacteriana, pode-se traçar o
seguinte diagnóstico de enfermagem: comprometimento da troca gasosa relacionada com a congestão
pulmonar devido às elevadas pressões ventriculares esquerdas.
B) Nas intervenções de enfermagem prescritas pelo(a) enfermeiro(a), encontram-se aquelas voltadas para a
manutenção do débito cardíaco, quais sejam: monitorar a ausculta cardíaca para detectar presença de um
sopro ou de novos sopros existentes, presença de ritmo de galope; monitorar PA e pulso; avaliar distensão da
veia jugular; realizar balanço hídrico e pesar diariamente.
C) São intervenções estabelecidas pelo(a) enfermeiro(a) no planejamento da assistência do paciente com
Endocardite Infecciosa: verificar o peso e a circunferência abdominal diariamente, observar lesões de pele,
trocar acesso venoso central a cada 72 horas; controlar temperatura rigorosamente.
D) A redução da ingesta hídrica deve constar no plano de assistência de enfermagem do paciente com
endocardite, pois o aumento de líquidos circulantes pode causar aumento do débito cardíaco e edema agudo
de pulmão.
E) Para traçar diagnóstico, é importante realizar a avaliação de enfermagem com o portador de endocardite
infecciosa. Esta deve constar de várias etapas, dentre elas, identificar os fatores que podem causar a
patologia, quais sejam: diminuição do débito urinário, desenvolvimento de edema e punção com cateter em
veia central.

13. Sobre o ciclo cardíaco, analise as afirmativas abaixo.

I. A valva tricúspide se fecha antes da mitral, porque, do lado esquerdo, são mais abundantes as
ramificações do sistema de His-Purkinge.
II. Os níveis de pressão no lado esquerdo do coração são mais baixo do que os do lado direito.
III. O ventrículo direito completa sua ejeção antes do esquerdo, porque o nível pressórico intra-aórtico
sendo mais alto do que o intrapulmonar faz com que haja uma inversão do gradiente de pressão do
lado direito do coração.
IV. A 2ª bulha é formada por dois componentes que normalmente são audíveis, aórtico e pulmonar,
ocorrendo primeiro o componente pulmonar.
Somente está correto o que se afirma em
A) II, III e IV. B) II e III. D) I, II e III. C) III. E) IV.

14. O objetivo de posicionar em Fowler pacientes com distúrbios cardiovasculares é

A) facilitar a infusão de líquidos. D) reduzir o débito cardíaco.


B) elevar o débito cardíaco. E) elevar a pressão arterial.
C) facilitar o retorno venoso.

15. Ao realizar o exame clínico, o enfermeiro identifica: paciente bastante ansioso, dispneia, mãos frias e
úmidas, circulação ungueal cianótica, pulso fino e rápido, tosse ininterrupta, com crescente escarro
mucoide, espumoso e sanguinolento. Qual o provável diagnóstico desse paciente?
A) IAM. D) Insuficiência Respiratória Aguda.
B) Asma Brônquica. E) ICC.
C) EAP.

16. O Diabetes mellitus (DM) é uma síndrome de etiologia múltipla, decorrente da falta de insulina e/ou da
incapacidade de a insulina exercer adequadamente seus efeitos. Sobre essa afecção, analise as
assertivas abaixo.

I. O DM tipo 1 resulta, em geral, de graus variáveis de resistência à insulina e de deficiência relativa


de secreção de insulina. O DM tipo 1 é considerado parte da chamada síndrome plurimetabólica.
II. No DM tipo 1, ocorre uma maior incidência em crianças, adolescentes e adultos jovens. O início dos
sintomas é abrupto, e a influência hereditária é pequena.
III. No DM tipo 2, o paciente pode não apresentar sintomas clássicos de hiperglicemia, bem como não
apresentar propensão à cetoacidose diabética.
IV. São condições de risco para DM tipo 1: idade > 40 anos, excesso de peso (IMC > 25 kg/m2),
presença de doença vascular ateroclerótica antes dos 50 anos e sedentarismo.
Estão corretas
A) I, II, III e IV. B) III e IV, apenas C) I, II e III, apenas. D) II e III, apenas. E) I e IV, apenas.

5
ENFERMAGEM

17. Sobre DM, analise as afirmativas abaixo.

I. São sinais e sintomas do DM: poliúria/nictúria, polidipsia, diminuição brusca da acuidade visual e
achados de hiperglicemia ou glicosúria em exames de rotina.
II. No exame físico do portador, deve-se avaliar peso e altura, palpar tireoide, avaliar pulsos
periféricos, edema de membros inferiores.
III. Exame dos pés: lesões cutâneas, estados das unhas, calos e deformidades; medida da pressão
arterial, inclusive em ortostatismo bem como exame de fundo de olho fazem parte do exame físico
do portador de DM.
IV. O índice de massa corporal (IMC) (IMC = peso (Kg)altura2(m)) geralmente diagnostica a obesidade;
classifica-se como obeso Classe II a pessoa que tem IMC entre 35,0-39,9 e risco de co-morbidade
grave.
V. A automonitorização da glicemia capilar é recomendada para todos os pacientes em uso de insulina,
e, quando possível, para os que fazem uso de sulfonilureias.

Assinale a alternativa correta.

A) Estão corretas apenas I, II, III e V.


B) Estão corretas apenas II, IV e V.
C) Estão corretas apenas I, III e IV.
D) Estão corretas apenas II e III.
E) Estão corretas I, II, III, IV e V.

18. Quanto à Hipertensão Arterial (HA), leia as afirmativas abaixo.

I. Ao realizar anamnese no paciente hipertenso, o enfermeiro deve enfocar os mesmos pontos que no
portador de qualquer outra doença crônica não transmissível (DCNT).
II. Na anamnese, não deve ser considerada a história familiar, uma vez que a HA é uma doença de
natureza multifatorial.
III. Faz parte do exame físico de portador de HA pesar e medir o paciente para estabelecer o índice de
massa corporal.
IV. Urina, creatinina sérica, potássio sérico, glicemia sérica, colesterol total e ECG de repouso são
exames que fazem parte da avaliação clínico laboratorial do portador de HA.

Está correto o que se afirma em

A) I e III, apenas.
B) II e IV, apenas.
C) I e IV.
D) III e IV, apenas.
E) I, II, III e IV.

19. Sobre os princípios da administração de medicamentos, leia as afirmativas abaixo.

I. Medicamentos que compartilham características similares são agrupados em conjunto nas classes
farmacológicas. A classe dos betabloqueadores contém inúmeros medicamentos com propriedades
similares.
II. A via de administração de um medicamento não influencia na quantidade a ser administrada bem
como na velocidade em que as substâncias serão absorvidas e distribuídas.
III. Alguns medicamentos como anti-hipertensivos, analgésicos, estrogênio e nitroglicerina podem ser
administrados por via tópica para se atingir um efeito sistêmico. Estão disponíveis como discos ou
placas cutâneas transdérmicas.
IV. Quando se administra uma medicação, ocorre uma série de eventos físico-químicos no corpo do
paciente, que incluem quatro processos básicos: absorção, distribuição, metabolismo e excreção.

Somente está correto o que se afirma em

A) II e III.
B) II, III e IV.
C) I e III.
D) II e IV.
E) I, III e IV.

6
ENFERMAGEM

20. O sangue e os componentes sanguíneos são considerados medicamentos, porque são empregados no
tratamento de patologias. Sua administração caracteriza-se como um transplante líquido, no qual
células com peculiaridades imunológicas específicas são colocadas na corrente sanguínea de outro
indivíduo com particularidades imunológicas diferentes. Sobre hemoterpia, coloque V (Verdadeiro) e F
(Falso).

( ) As geladeiras utilizadas para estocagem de hemocomponentes devem possuir circulação de ar ou


outro sistema que garanta a distribuição uniforme de temperatura em todas as áreas internas.

( ) As geladeiras e os congeladores utilizados para estocagem de sangue e / ou hemocomponentes


devem possuir termômetro permanentemente instalado em seu interior.

( ) São critérios para uma pessoa doar sangue: ter entre 12 e 70 anos, ter mais de 45 Kg, não ter tido
hepatite.

( ) É terminantemente proibida a adição ao sangue e / ou hemocomponentes de qualquer substância ou


medicamento, ou a sua infusão concomitante, pela mesma linha que a do sangue (exceto soluções
isotônicas ao sangue e isentas de cálcio, quando absolutamente necessário).

( ) Para infusão de sangue e hemocomponentes, pode ser utilizado transfuso comum de gotas.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) V, V, V, V, V. B) V, V, F, V, F. C) F, F, F, V, V. D) F, V, F, V, V. E) F, F, F, F, F.

21. Sobre hemoderivado, leia as afirmativas abaixo.

I. A coleta de sangue para exames pré-transfusionais deve ser realizada por pessoas habilitadas e
capacitadas. Antes da coleta de sangue, deve ser confirmada a identificação do receptor com a
requisição de transfusão, a qual deve conter obrigatoriamente o nome completo do receptor, o número
do prontuário, além de dados clínicos constantes na requisição.
II. É obrigatória a realização de exames pré-tranfusionais, tais como: prova cruzada, tipagem sanguínea
ABO e Rh do receptor; PAI; pesquisa de anticorpos irregulares.
III. Antes de administrar o hemoderivado, o enfermeiro deve verificar compatibilidade ABO e Rh, devendo-
se consultar o grupo sanguíneo da bolsa de sangue, da qual é obrigatório constar a tipagem ABO e o
fator Rh.
IV. O enfermeiro não pode administrar hemoderivado, se o paciente apresentar elevação da temperatura,
mesmo sendo uma urgência, deve aguardar que o paciente não apresente mais febre.

Assinale a alternativa correta.

A) Estão corretas I, II, III e IV.


B) Estão corretas, apenas, I, III e IV.
C) Estão corretas, apenas, II, III e IV.
D) Estão corretas, apenas, I, II e III.
E) Estão corretas, apenas, I e IV.

22. A infecção ocorre em consequência da invasão de um hospedeiro por um patógeno, um


microorganismo capaz de causar uma doença. Sobre distúrbios infecciosos, assinale a alternativa
correta.

A) O período de incubação da Raiva é de até 1 semana, quando a mordida acontece nos membros inferiores. É
uma doença cujo tratamento é voltado para os sintomas: febre e dor de garganta.
B) Na Mononucleose, geralmente o paciente é assintomático, especialmente quando é criança. O tratamento é
feito com altas doses de imunoglobulina.
C) A malária tem um período de incubação entre 7 dias e 10 meses, dependendo do tipo da cepa. Os
medicamentos utilizados no tratamento incluem: fosfato de cloroquina e gluconato de quinidina.
D) A Febre tifoide tem como complicações crônicas: rutura esplênica, púrpura trombocitopênica e anemia
hemolítica.
E) A Histoplasmose tem como principal exame diagnóstico a biópsia de músculo esquelético.

7
ENFERMAGEM

23. Analise as afirmativas abaixo.

I. A coleta de sangue para hemocultura deve ser realizada, preferencialmente, por punção venosa ao
invés de coletadas com cateteres vasculares.
II. A técnica asséptica para coleta de hemocultura é essencial para evitar a contaminação da amostra
com microorganismos que colonizam a pele. As tampas dos frascos para cultura são estéreis, não
precisam ser esfregadas ou limpas com álcool, antes de se injetar o sangue.
III. Após o uso, as agulhas e os outros objetos cortantes devem ser recobertos, dobrados ou quebrados
propositalmente para evitar acidentes. Todos os objetos cortantes são colocados em recipientes
resistentes para descarte.
IV. A amostra para cultura de escarro deve ser obtida do trato respiratório inferior e não, das secreções
orofaríngeas. Quando o paciente não consegue produzir escarro, sua indução, através de nebulização,
pode ajudar a soltar secreções espessas.

Assinale a alternativa correta.

A) Estão corretas I, II, III e IV.


B) Estão corretas, apenas, I e IV
C) Estão corretas, apenas, II e III.
D) Estão corretas, apenas, II e IV.
E) Estão corretas, apenas, III e IV.

24. Sobre Hanseníase, analise as afirmações abaixo e assinale a correta.

A) Cosidera-se o homem como o único reservatório natural do bacilo, apesar de relatos de animais selvagens
naturalmente infectados. Admite-se que as vias aéreas superiores constituem a principal porta de entrada e
via de eliminação do bacilo. A pele erodida, eventualmente, pode ser a porta de entrada da infecção.
B) As secreções orgânicas, como leite, esperma, suor, secreção vaginal, eliminam o bacilo e são potenciais
disseminadores da infecção.
C) O M. Leprae é um bacilo com baixo poder infectante e alto poder patogênico. A infecção não se dissemina para
outros órgãos, e, com isso, a infecção torna-se ineficaz.
D) A baciloscopia é o exame complementar mais útil no diagnóstico, porém de difícil execução e alto custo, o que
impossibilita a realização desta. A dificuldade da realização desse exame faz com que seja realizado um
diagnóstico tardio, dificultando a conduta terapêutica.
E) A Hanseníase vichorwiana (HV) é caracterizada por sua instabilidade imunológica, o que faz com que haja
grande variação em suas manifestações clínicas, seja na pele, nos nervos ou no comprometimento sistêmico.

25. Sobre Tuberculose, analise as afirmativas abaixo.

I. A Tuberculose é causada pelo Mycobacterium tuberculosis, sua transmissão ocorre através da tosse
ou espirro de pessoas doentes, e a maioria dos casos é pulmonar.
II. A tuberculose se manifesta com maior frequência, em áreas com baixo Índice de Desenvolvimento
Humano (IDH). Segundo dados do Ministério da Saúde, aproximadamente 25% dos portadores do
HIV/aids podem desenvolver tuberculose ao longo da vida. Esse fator se relaciona à baixa imunidade
do organismo do portador da Aids.
III. Aos 6 meses, crianças devem tomar a vacina BCG, que protege contra formas graves de
tuberculose. A prevenção dessas formas exige um reforço com a vacina entre 10 e 15 anos. A dose
é oferecida no SUS e, há mais de uma década, a cobertura vacinal chega a praticamente 85%.
IV. Para o sucesso no tratamento, não pode haver abandono. A cura acontece em aproximadamente 6
meses. Má alimentação, falta de higiene, tabagismo, alcoolismo ou qualquer outro fator que gere
baixa resistência orgânica também favorecem o estabelecimento da doença.

Assinale a alternativa correta.

A) Estão corretas, apenas, I, II e III.


B) Estão corretas, apenas, III e IV.
C) Estão corretas, apenas, II e III.
D) Estão corretas, apenas, I, II e IV.
E) Estão corretas, apenas, I e III.

8
ENFERMAGEM

26. Sobre eliminação urinária, coloque V (Verdadeiro) ou F (Falso).

( ) A irrigação ou instilação de cateteres urinários são contraindicadas, e o manuseio com esses


dispositivos provoca obrigatoriamente infecção urinária severa.

( ) Para prevenir infecção urinária, o enfermeiro monitora o sistema de drenagem fechado, a inserção de
cateter, a bolsa de drenagem, a ponta do tubo, e a junção do tubo e da bolsa são locais de risco.

( ) Perda de pequenos volumes de urina causada por aumento repentino da pressão intra-abdominal,
tossir, rir ou espirrar com a bexiga cheia, requer intervenções de enfermagem, como orienta exercícios
do assoalho pélvico e a ida ao sanitário programada.

( ) São indicações de cateterização por longo prazo com cateter de demora: obtenção da amostra de
urina esterilizada, alívio de desconforto da distensão da bexiga e retenção urinária grave.

( ) Na cateterização vesical, antes de inserir o cateter de demora, testar o balão injetando líquido da
seringa previamente cheia no orifício do balão e lubrificar 2,5 a 5 cm de cateter para mulher e 12,5 a
17,7 cm para homens.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) V, V, V, V, V. B) V, V, F, F, F. C) F, V, V, F, V. D) V, F, F, V, V. E) F, F, F, V, V.

27. Sobre Sondagem Nasogástrica, coloque V (Verdadeiro) ou F (Falso) nas afirmativas abaixo.

( ) Para sondar um paciente, o enfermeiro posiciona-o em Fowler alta, a cabeceira do leito a um nível
horizontal com objetivo de estimular a capacidade do paciente de engolir.

( ) Na inserção da sonda, se o paciente apresentar tosse, náuseas ou sufocamento, recue a sonda e


instrua o paciente a tomar goles de água com o objetivo de fechar a epiglote acima da traqueia e ajudar
a mover a sonda para o esôfago.

( ) A medição do pH do aspirado é um dado importante para assegurar a localização da sonda. Aspirados


gástricos têm valores de pH básico.

( ) Nas 2 primeiras horas após instalação da sonda nasogástrica, o enfermeiro deve colocar a sonda em
sinfonagem descompressiva para equilibrar o pH gástrico.

( ) São objetivos da sondagem nasogástrica: descompressão, gavagem, compressão e lavagem e tipos


de sonda, respectivamente Levin, Lênin, Sengstaken-Blakemore e Levin.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) V, V, V, F, F. B) F, F, V, F, F.’ C) V, V, F, F, F. D) V, F, V, V, F E) V, V, F, F, V

28. A anemia, uma condição em que a concentração de hemoglobina está abaixo do normal, reflete a
presença de uma quantidade menor de eritrócitos que o normal dentro da circulação. Sobre esse
assunto, marque a alternativa correta.

A) A anemia aplástica é o tipo mais comum de anemia em todos os grupos etários, sendo a anemia mais
comum no mundo. Na anemia aplástica, a causa mais comum de deficiência de ferro, em ambos os sexos, é o
sangramento.
B) No tratamento da anemia aplástica, não há indicação de transfusões de eritrócitos, e plaquetas e
imunossupressores é a única possibilidade de tratamento para esse distúrbio.
C) O método mais definitivo para estabelecer o diagnóstico da anemia ferropriva é a aspiração da medula
óssea. O aspirado é corado para detectar o ferro, que se encontra em um nível baixo ou, até mesmo, ausente.
D) A anemia aplástica é, apenas, de origem idiopática, o que dificulta o diagnóstico e, consequentemente, a
terapêutica adequada.
E) As anemias megaloblásticas são causadas, apenas, por deficiência de vitamina B12, não interferindo na
produção normal dos eritrócitos.

9
ENFERMAGEM

29. Com relação à contracepção, considere as afirmativas abaixo.

I. Os contraceptivos orais exercem efeito anticoncepcional também em nível do endométrio e do muco


cervical.
II. Define-se como sendo de barreira todo método anticoncepcional que impossibilite a progressão do
espermatozoide em direção do óvulo.
III. Deve-se contraindicar contraceptivos que contêm estrógenos durante a lactação.

Está(ão) correta(s)

A) I, apenas. B) II, apenas. C) III, apenas. D) I e II, apenas. E) I, II e III.

30. Uma gestante teve a DUM em 03/05/2008 e procura o serviço para consulta em 10/09/2008. Calcule a IG
e DPP e marque a alternativa correta.

A) 18 semanas e 11/02/2009. D) 18 semanas e 4 dias 11/02/2009.


B) 18 semanas e 4 dias 10/02/2009. E) 19 semanas e 10/02/2009.
C) 19 semanas e 4 dias 10/02/2009.

31. M.J.S., 23 anos dá entrada na emergência, no dia 09/01/2009, com o seguinte quadro clínico:
sangramento cor vermelho vivo, sem dor abdominal, tônus uterino normal, BCF audíveis, informa DUM
05/06/2008. Este quadro clínico é sugestivo de

A) abortamento retido. D) abortamento incompleto.


B) mola hidatiforme. E) placenta prévia.
C) descolamento prematuro de placenta.

32. Analise a alternativa correta quanto ao fator de risco para o desenvolvimento do câncer cérvico-
uterino.

A) Primeira gestação completa tardia. D) Sexarca precoce.


B) Hipovitaminose E. E) Menarca precoce.
C) Nuliparidade.

33. Analise as afirmativas abaixo sobre Saúde Coletiva.

I. Uma expressão que designa um campo do saber e de práticas referentes à saúde como fenômeno
social e, portanto, de interesse público.
II. Preocupa-se com o estado de saúde da população, considerando, apenas, dados estatísticos de um
território.
III. Preocupa-se, apenas, com as populações menos favorecidas.

Marque a alternativa correta.

A) Apenas a afirmativa I é correta. D) As afirmativas I e III são corretas.


B) As afirmativas I e II são corretas. E) Todas as afirmativas são corretas.
C) As afirmativas II e III são corretas.

34. Com relação à temática, Indicadores de Saúde, assinale (V) se for VERDADEIRO e ( F), FALSO.

( ) São utilizados como fonte de pesquisa para conhecer, analisar e avaliar somente uma dada situação de
saúde da população geral.

( ) A qualidade dos indicadores independe dos componentes de construção.

( ) Um dos seus propósitos é o de facilitar o monitoramento de objetivos e metas em saúde.

( ) A morbidade é o indicador mais utilizado no Brasil para representar a saúde coletiva.

( ) Devem ser representados, apenas, por uma fonte de informação.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) V, F , V, F , V. B) F, V, V, F, V. C) V, V, F, V, V. D) F, F,V, F, F. E) F, F, F, F, F.

10
ENFERMAGEM

35. São projetos e programas implantados pelo SUS que obedecem à lógica da Reforma Psiquiátrica,
EXCETO.

A) Programa de volta para casa.


B) Reestruturação dos hospitais psiquiátricos.
C) Serviço residencial terapêutico.
D) Ampliação de vagas nas unidades hospitalares.
E) Centros e núcleos de atenção psicossocial.

36. O importante marco no processo de reestruturação do modelo assistencial da área de saúde mental foi
a Lei Federal Nº 10.216, de 06 de abril de 2001, que dispõe sobre

A) a criação e o funcionamento de Cooperativas Sociais, visando à integração social dos cidadãos com a
finalidade de inserir as pessoas em desvantagens no mercado econômico, por meio do trabalho.
B) a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e o redirecionamento do modelo
assistencial em saúde mental, entendendo que a internação em qualquer de suas modalidades só será
indicada, quando os recursos extra-hospitalares se mostrarem insuficientes.
C) a instituição do auxílio-reabilitação psicossocial para pacientes acometidos de transtornos mentais egressos de
internações.
D) a adequação dos hospitais psiquiátricos, leitos psiquiátricos em hospitais gerais, construção de unidades
psiquiátricas e sua estruturação dentro do SUS.
E) a instituição de um Grupo de Trabalho Interministerial para avaliar e apresentar propostas para rever, propor e
discutir a política do governo federal para a atenção a usuários de álcool bem como harmonizar e aperfeiçoar
a legislação que envolva o consumo e a propaganda de bebidas alcoólicas.

37. Sobre distúrbios gástricos e duodenais, analise as afirmativas abaixo.

I. Na gastrite, a mucosa gástrica fica edemaciada e hiperemiada e sofre erosão superficial. Muitas vezes,
a gastrite está associada à acloridria ou hipocloridria ou à hipercloridria.
II. Nas gastrites provocadas por ácido ou base forte em que houve corrosão ou grave, a indicação é
exclusivamente lavagem gástrica para eliminar o agente agressor.
III. A úlcera gástrica aparece normalmente em torno do 30 anos, 80% das úlceras pépticas são gástricas.
Caracteriza-se por hipersecreção de ácido estomacal e ausência de vômitos.
IV. São diagnósticos de enfermagem do portador de úlcera péptica: dor aguda relacionada com o efeito da
secreção ácida gástrica sobre o tecido lesionado; ansiedade relacionada com o enfrentamento de uma
doença aguda; nutrição desequilibrada relacionada com as alterações na dieta e deficiência de
conhecimento sobre a prevenção dos sintomas e controle da condição.

Assinale a alternativa correta.

A) Estão corretas I, II, III e IV.


B) Estão corretas, apenas, I e IV.
C) Estão corretas, apenas, II e III.
D) Estão corretas, apenas, III e IV.
E) Estão corretas, apenas, I e III.

38. Sobre a assistência de enfermagem no pré-operatório, analise as afirmativas abaixo.

I. Embora cada ambiente de pós-operatório proporcione suas próprias vantagens peculiares para o
fornecimento do cuidado do paciente, todos exigem um histórico de enfermagem com prescrição para
preparar o paciente e a família antes da cirurgia.
II. O termo enfermagem perioperatória aborda os papéis de enfermagem relevantes para as fases de
experiências pré-operatória e intraoperatória.
III. O conjunto de dados de enfermagem perioperatória é uma linguagem, que descreve a atuação da
prática de enfermagem em quatro domínios: segurança, resposta fisiológica, resposta comportamental
e sistemas de cuidados de saúde.

Assinale a alternativa correta.

A) Estão corretas as afirmativas I e II. D) Estão corretas as afirmativas I, II e III.


B) Estão corretas as afirmativas II e III. E) Apenas a afirmativa I está correta.
C) Estão corretas as afirmativas I e III.

11
ENFERMAGEM

39. Relacione os tipos de feridas com os fatores de risco de infecção associados ao sítio cirúrgico.

1) Ferida limpa ( ) Feridas traumáticas abertas recentes. Derramamento macroscópico a


partir do trato gastrointestinal. Ruptura importante na técnica asséptica.
Entrada no trato genitourinário ou biliar, quando a urina ou bile está
infectada.
2) Ferida limpa-contaminada ( ) Ferida traumática com reparação retardada, tecido desvitalizado, corpos
estranhos ou contaminação fecal. Inflamação aguda e drenagem
purulenta encontradas durante o procedimento.
3) Ferida contaminada ( ) Entradas nos tratos respiratório, alimentar, genitourinário ou orofaríngeo
sem contaminação incomum. Apendectomia. Ruptura menor na técnica
asséptica. Drenagem mecânica.
4) Ferida suja ( ) Sítio não traumático. Sítio não infectado. Sem inflamação. Sem ruptura
na técnica asséptica. Sem entrada para os tratos respiratórios, alimentar,
genitourinário ou orofaríngeo.

Marque a alternativa que contém a sequência correta.

A) 1, 2, 3, 4.
B) 4, 3, 2, 1.
C) 1, 2, 4, 3.
D) 3, 4, 2, 1.
E) 3, 4, 1, 2.

40. Sobre o abscesso pulmonar, marque a alternativa correta.

A) Todos os abscessos pulmonares constituem uma complicação da pneumonia bacteriana.


B) Nos abscessos pulmonares, se o brônquio estiver envolvido, o conteúdo purulento é expectorado
continuamente em forma de escarro, e, se a pleura for afetada, resulta em um empiema.
C) Todos os abscessos são encontrados em áreas do pulmão que são afetadas pela aspiração.
D) Uma comunicação ou conexão entre o brônquio e a pleura é conhecida como uma fístula pneumática.
E) Os abscessos pulmonares ocorrem devido a uma obstrução dos brônquios por um tumor.

41. Sobre as cirurgias gástricas, marque V para verdadeiro e F para Falso nas afirmativas abaixo.

( ) A cirurgia gástrica pode ser realizada em pacientes com úlceras pépticas que apresentam hemorragia
com risco de vida, obstrução, perfuração ou penetração, ou cuja condição não responda ao tratamento
clínico.

( ) Nas cirurgias gástricas, os principais diagnósticos de enfermagem podem incluir: ansiedade


relacionada com a intervenção cirúrgica; dor aguda relacionada à incisão cirúrgica e déficit de
conhecimento relacionado aos procedimentos cirúrgicos e evolução pós-operatória.

( ) Além das complicações às quais estão sujeitos os pacientes pós-operatório, os que se submetem à
cirurgia gástrica estão em risco aumentado de apresentarem hemorragia, deficiências nutricionais,
refluxo da bile e síndrome de “Dumping”.

( ) Aos pacientes submetidos à cirurgia gástrica, as prescrições de enfermagem devem enfatizar o


controle de sangramento, a redução da ansiedade, o alívio de dores e desconfortos e favorecer o
aumento do conhecimento.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.

A) V, V, V, V.
B) V, V, F, V.
C) F, F, V, V.
D) V, V, V, F.
E) V, F, V, V.

12
ENFERMAGEM

42. Sobre as Teorias da Administração, relacione a teoria aos seus autores.

1- Henry Fayol ( ) Teoria Científica – tem como proposta o aumento da produção pela
eficiência do nível operacional.

2- Kurt Lewin e Mary Follet ( ) Teoria de Sistemas – tem como proposta a proposição de
objetivos, globalismo ou totalidade do sistema. Os sistemas existem
dentro de sistemas. Os sistemas são abertos ou fechados, e suas
funções dependem de uma strutura.

3- Frederick Taylor ( ) Teoria Burocrática – sua proposta visava organizar sob o ponto de
vista estruturalista com enfoque na racionalidade. Organização,
controle, autoridade e poder de dominação. Surge a divisão do
trabalho.

4- Elton Mayo ( ) Teoria Comportamentalista – tem como proposta a preocupação


com o processo de trabalho e para a dinâmica organizacional, a
ênfase ocorre na variável pessoa e no comportamento humano.

5- Max Weber ( ) Teoria Contingencial – tem como proposta investigar como a


mesma empresa funcionava de diferentes formas, em diferentes
condições. Existe uma relação funcional entre as variáveis
ambientais e as variáveis técnico-administrativas.

6- Ludwig Bertalanffy ( ) Teoria Clássica – a proposta visa à eficiência da organização pela


adoção de uma estrutura e de um funcionamento compatível com
essa estrutura; foi denominado como “anatomista e fisiologista” da
organização.

7- Lawrence e Lorsh ( ) Teoria das Relações Humanas – a proposta é a de enfatizar a


variável pessoa em lugar da variável estrutura e a de preocupar-se
com o homem no trabalho e com os grupos em lugar de preocupar-
se com os métodos de trabalho. Surge o homem social. Passou a
enfocar outros temas, como: Motivação humana, Liderança e
Comunicação e a Dinâmica de grupo.

Marque a alternativa que contém a sequência correta.

A) 2- 3- 4- 1- 7- 6- 5.
B) 1- 3- 5- 7- 2- 4- 6.
C) 7- 1- 3- 6- 5- 2- 4.
D) 3- 6- 4- 5- 2- 7- 1.
E) 3- 6- 5- 2- 7- 1- 4.

43. Sobre os desequilíbrios hidroeletrolíticos nos distúrbios renais, leia as afirmativas abaixo.

I. O balanço hídrico representa para a enfermagem um instrumento-chave de monitorização empregado


nos pacientes renais.
II. O balanço hídrico e as alterações no peso do paciente renal são essenciais para determinar os
requisitos hídricos diários e indicar os sinais de sobrecarga ou déficit hídrico.
III. O paciente renal cuja ingesta de líquido exceda a capacidade dos rins para excretar os líquidos está
depletado em volume.
IV. O indicador mais exato de perda ou ganho de líquido em um paciente renal agudamente doente é o
peso.

Assinale a alternativa correta.

A) Estão corretas, apenas, as afirmativas I e II.


B) Estão corretas, apenas, as afirmativas I, II e III.
C) Estão corretas, apenas, as afirmativas I, II e IV.
D) Estão corretas, apenas, as afirmativas I, III e IV.
E) Estão corretas as afirmativas I, II, III e IV.

13
ENFERMAGEM

44. Sobre as incontinências urinárias, relacione as colunas e marque a alternativa que apresenta a
sequência correta.

(1) Incontinência reflexa.


(2) Incontinência por urgência.
(3) Incontinência por estresse.
(4) Incontinência por hiperfluxo.

( ) Consiste na eliminação involuntária de urina através de uma uretra intacta em consequência de um


aumento súbito na pressão intra-abdominal, causada por espirro, tosse ou mudança de posição.

( ) É a eliminação involuntária de urina devido à hiper-reflexia na ausência das sensações normais


usualmente associadas à micção. A maior ocorrência é nos pacientes com lesão raquimedular.

( ) Consiste na eliminação involuntária da urina associada à hiperdistensão da bexiga, que é o resultado


da incapacidade da bexiga para se esvaziar normalmente, apesar da eliminação frequente de urina.

( ) Consiste na eliminação involuntária de urina associada a uma forte urgência para urinar, a qual não
pode ser suprimida.

A) 3-1- 4- 2. B) 3- 4- 1- 2. C) 1- 3- 4- 2. D) 4- 3- 1- 2. E) 1- 4- 3- 2.

45. Quando a Pressão Intracraniana (PIC) aumenta até o ponto em que a capacidade de ajuste do cérebro
alcançou seu limite, a função neural fica comprometida, isso pode manifestar-se por alterações
clínicas, primeiramente no nível de consciência e, mais adiante, por respostas vasomotora e
respiratória anormais. Diante do exposto, analise as afirmativas abaixo.

I. O sinal mais precoce da PIC crescente é a alteração no nível de consciência.


II. O sinal mais precoce da PIC crescente é a alteração na fala.
III. À medida que a PIC aumenta, o paciente fica torporoso, reagindo apenas a estímulos auditivos altos
ou dolorosos.
IV. O único exame que detecta a PIC é a tomografia.
V. À medida que a função neurológica se deteriora ainda mais, o paciente fica comatoso e exibe
respostas motoras anormais na forma de decorticação, descerebração ou flacidez.

Marque a alternativa correta.

A) Estão corretas as afirmativas I, II e III.


B) Estão corretas as afirmativas I, III e IV.
C) Estão corretas as afirmativas I, III e V.
D) Estão corretas as afirmativas II, III e V.
E) Estão corretas as afirmativas I, II e V.

46. No tratamento clínico da hemorragia digestiva alta, o balão gastresofágico mais utilizado é o de
Sengstaken-Blakemore, de três vias. A seu respeito, é correto afirmar.

A) O balão de posição gástrica deverá ser insuflado até atingir uma pressão de 70 a 80 mmHg.
B) Após 48h de instalação, o balão gástrico deve ser desinsuflado e jamais insuflar novamente.
C) O balão de posição esofágica deverá ser insuflado até atingir um volume de 350 a 450 ml de ar.
D) O balão oferece uma eficácia no tamponamento de até 5%, e a recidiva ocorre em até 95% dos casos.
E) Uma das complicações que pode ocorrer pela utilização do balão gastresofágico é ruptura de esôfago.

47. No exame físico de paciente com abdome agudo, quando o examinador, ao palpar o quadrante superior
direito do abdome, exerce uma pressão sobre a parede abdominal e solicita ao paciente que respire
profundamente e ocorre referência de dor aguda com brusca interrupção no meio do movimento
inspiratório é denominado de

A) Sinal de Ileopsoas.
B) Sinal do Obturador.
C) Sinal de Murphy.
D) Sinal de Cullen.
E) Sinal de Turner.

14
ENFERMAGEM

48. No atendimento emergencial de uma criança de 3 anos que chega em choque hemorrágico e não se
consegue acesso venoso periférico após várias tentativas, é recomendado realizar

A) punção em subclávia.
B) punção intraóssea.
C) punção em jugular externa.
D) punção por flebotomia.
E) punção em jugular interna.

49. Sobre um paciente que apresenta condições clínicas compatíveis com Choque Hemorrágico de Grau
IV, é correto afirmar.

A) Infusão de Ringer bastará para corrigir o quadro apresentado pelo paciente.


B) O choque hemorrágico deste paciente está ainda em condição compensada.
C) A perda sanguínea certamente foi de até 15% do volume circulante.
D) Poderá ser irreversível, dependendo do momento fisiopatológico do choque.
E) O reenchimento capilar certamente estará menor do que 2 segundos.

50. Considerando o Currents in Emergency Cardiovascular Care quanto às modificações constantes das
Diretrizes 2005 da American Heart Association para ressuscitação cardiopulmonar e atendimento
cardiovascular de emergência, é correto afirmar.

A) Na abertura das vias aéreas em vítima de trauma, os profissionais de saúde devem sempre realizar elevação
do queixo e inclinação da cabeça.
B) No uso de DEA em adulto, na falta de pás adequadas, deverão ser aplicadas as pás de utilização pediátrica.
C) Na verificação da circulação, é recomendado ao socorrista leigo que verifique o pulso em menos de 5
segundos.
D) Na obstrução das vias aéreas por corpo estranho em vítima adulta, deverá ser realizada a aplicação de
compressões abdominais.
E) No ambiente intra-hospitalar para colapso súbito, deverão ser realizados 5 ciclos de RCP antes de usar o DEA.

15
SECRETARIA DE SAÚDE DE PERNAMBUCO

PROCESSO SELETIVO À RESIDÊNCIA EM ENFERMAGEM

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO


Não deixe de preencher as informações a seguir.
Prédio S al a

Nome do Candidato

Nº de Identidade Órgão Expedidor UF Nº de Inscrição

ENFERMAGEM

ATENÇÃO

 Abra este Caderno, quando o Fiscal de Sala autorizar o início da Prova.


 Observe se o Caderno está completo. Ele deverá conter 50 (cinquenta) questões
objetivas de múltipla escolha com 05 (cinco) alternativas cada.
 Se o Caderno estiver incompleto ou com algum defeito gráfico que lhe cause dúvidas,
informe, imediatamente, ao Fiscal.
 Ao receber o caderno de prova, preencha, nos espaços apropriados, o seu Nome
completo, o Número do seu Documento de Identidade, a Unidade da Federação,
Número de Inscrição, o Número do Prédio e o Número da Sala.
 Para registrar as alternativas escolhidas nas questões da prova, você receberá um
Cartão-Resposta com seu Número de Inscrição.
 As bolhas do Cartão-Resposta devem ser preenchidas totalmente, com caneta
esferográfica azul ou preta, totalizando 50 (cinquenta) questões.
 Você dispõe de 4 horas para responder toda a Prova – já incluído o tempo destinado ao
preenchimento do Cartão-Resposta. O tempo de Prova está dosado, de modo a permitir
fazê-la com tranquilidade.
 Você só poderá retirar-se da sala 2 (duas) horas após o início da Prova.
 Preenchido o Cartão-Resposta, entregue-o ao Fiscal, juntamente com este Caderno e
deixe a sala em silêncio.

BOA SORTE !

1
ENFERMAGEM

01. Segundo Potter e Perry, os Sinais Vitais (SSVV) são uma forma rápida e eficiente de monitorizar a
condição de um paciente ou identificar problemas e avaliar a resposta do paciente à intervenção. A
avaliação dos SSVV é um dos instrumentos essenciais para o enfermeiro contribuir na determinação
do estado de saúde do Paciente. Sobre SSVV, coloque V(Verdadeiro) ou F(Falso).

( ) O hipotálamo está localizado entre os hemisférios cerebrais e controla a temperatura do corpo. O


hipotálamo anterior controla a produção, e o posterior, perda de calor. Quando as células nervosas dentro
do hipotálamo posterior ficam aquecidas além do ponto de aceno, impulsos são enviados para reduzir a
temperatura do corpo.
( ) A perda e a produção de calor ocorrem simultaneamente. A estrutura e a exposição da pele ao ambiente
resultam na perda constante e normal de calor. A convecção é uma forma de perda de calor, é a
transferência de calor para fora pelo movimento de ar. A perda de calor por convecção aumenta, quando a
pele úmida tem contato com o movimento de ar leve.
( ) Impulsos elétricos originados no nodo sinoatrial viajam através do músculo cardíaco, para estimular a
contração cárdica. O pulso é o limite palpável do fluxo de sangue na artéria periférica. A avaliação do
pulso radial inclui a medida da frequência do ritmo, da força e da simetria. Na ausculta do pulso apical,
avalia-se, apenas, frequência e ritmo.
( ) A respiração é o mecanismo que o corpo usa para promover a troca de gases entre a atmosfera e o
sangue e o sangue e as células. Na respiração de Biot, o ritmo respiratório e a profundidade das incursões
respiratórias são irregulares, caracterizados por períodos alternados de apneia e hiperventilações.
( ) A pressão arterial reflete as inter-relações do débito cardíaco, resistência vascular periférica, volume de
sangue, viscosidade de sangue e elasticidade arterial. A pressão arterial não é constante, mas é
continuamente influenciada por vários fatores. Uma medida da pressão arterial não pode refletir
adequadamente uma pressão arterial do paciente.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) V, V, V, V, V.
B) V, F, F, F, F.
C) F, V, V, F, V.
D) V, V, F, V, V.
E) F, F, F, V, V.

02. As úlceras de pressão são avaliadas em intervalos regulares. Sobre avaliação de úlcera de pressão,
leia as assertivas abaixo.

I. Estágio II - úlcera de pressão que apresenta alteração na pele intacta relacionada com a pressão, com
região definida e vermelhidão.
II. Estágio IV – perda total de espessura da pele, envolvendo danos ou necrose do tecido subcutâneo,
que pode se estender em profundidade, mas não totalmente, na fáscia subjacente.
III. Estágio II - perda parcial da espessura da pele, envolvendo a epiderme e/ou derme. A úlcera é
superficial e apresenta clinicamente uma abrasão ou bolha.
IV. Estágio IV - perda total da espessura da pele com destruição extensa, necrose tecidual ou danos aos
músculos e ossos.

Somente está correto o que se afirma em

A) I e II.
B) I, II e III.
C) I e IV.
D) I, III e IV.
E) III e IV.

2
ENFERMAGEM

03. Os distúrbios no equilíbrio hidroeletrolítico e ácido–básico raramente ocorrem sozinhos e podem


desorganizar os processos normais do corpo. Sobre esses distúrbios, relacione a segunda coluna de
acordo com a primeira.

(1) Hiponatremia ( ) Insuficiência renal, déficit de volume hídrico, insuficiência adrenal.


Ansiedade, arritmia, parestesia, fraqueza, cólicas abdominais e diarreia.
(2) Alcalose Respiratória ( ) Polidipsia psicogênica, insuficiência adrenal, transpiração excessiva.
Apreensão, mudança de personalidade, hipotensão postural, cólicas
abdominais, náuseas e vômitos, diarreia, taquicardia, convulsão e coma.
(3) Acidose Metabólica ( ) Secreção excessiva de aldosterona, Diabetes insipidus. Níveis séricos de
sódio acima de 145mEq/L, osmolaridade sérica de 259 mOsm/Kg e
densidade da urina de 1030.
(4) Hipercalemia ( ) Pneumonia, tontura, confusão mental, arritmia, dormência e formigamento
das extremidades, convulsão e coma; pH acima de 7,45, PCO2 de 35 mmHg,
PO2 normal.
(5) Hipernatremia ( ) Vômitos excessivos, uso de esteroides, bicarbonato de sódio, diurético.
Tontura, arritmia, caimbras, musculares, ph acima 7,45 e nível de
bicarbonato acima de 26 mEq/L
(6) Alcalose Metabólica ( ) Fome, acidose láctica por exercícios pesados. Cefaleia, letargia, confusão
mental, taquipneia com respirações profundas e rubor de pele.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) 1, 3, 2, 5, 4, 6. B) 4, 1, 5, 2, 6, 3. C) 6, 3, 5, 4, 1, 2. D) 4, 6, 2, 1, 3, 5. E) 3, 5, 1, 4, 2, 6.

04. A via intravenosa permite a introdução do medicamento diretamente na corrente sanguínea, sendo que
a biodisponibilidade instantânea transforma essa via na primeira opção, para ministrar medicamentos
em emergência. Sobre esta afirmativa, assinale V (verdadeiro) ou F (falso).

( ) A farmacocinética é o movimento de uma substância através do corpo. Em qualquer momento da


administração de uma medicação, ocorre uma série de eventos físico-químicos no corpo do paciente.
( ) O metabolismo do medicamento pode ser mais rápido em fumantes do que nos pacientes não
fumantes, porque a fumaça do cigarro contém substâncias que induzem à produção de enzimas
hepáticas.
( ) A idade do paciente não tem influência sobre a ação e o efeito global do medicamento. Em geral, os
idosos exibem função hepática diminuída, menos massa muscular e função renal diminuída.
( ) Quando um medicamento entra na corrente sanguínea, ele é distribuído para o tecido e para os
líquidos corporais através do sistema circulatório, podendo ser afetada quando o medicamento se liga
às proteínas plasmáticas.
( ) O nível do medicamento no sangue ajuda a indicar se o esquema de dosagem atingiu seus objetivos
terapêuticos. O nível do medicamento só pode ser medido no plasma ou na urina.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) V, V, V, F, F. D) V, V, F, V, F.
B) F, F, V, V, F. E) V, F, V, F, V.
C) F, V, F, V, F.

05. Na administração de medicamentos, o foco direciona-se para a realização correta da técnica, porém
tem implicações éticas e legais que podem ser ignoradas. Leia as afirmações abaixo e, a seguir,
marque a correta.

A) Qualquer adulto mentalmente competente pode, do ponto de vista legal, recusar tratamento, mesmo estando
informado de sua condição de saúde.
B) Ética em enfermagem pode representar a aplicação de valores, porém não estão relacionados os princípios
morais a sua prática profissional.
C) Dentro dos princípios morais, a autonomia diz respeito ao dever de toda pessoa em tomar decisões não
relacionadas à sua vida.
D) O problema ético com placebos diz respeito ao fato de eles exigirem que a informação seja dada aos
pacientes, ratificando o princípio da honestidade.
E) Não é permitida ao enfermeiro pela legislação federal a responsabilidade do armazenamento das substâncias
controladas na unidade de enfermagem.

3
ENFERMAGEM

06. A infecção é a penetração e multiplicação de agentes infecciosos nos tecidos de um hospedeiro. Ela se
desenvolve dentro de um ciclo, dependendo da presença de vários elementos. Sobre esses elementos,
é correto afirmar que

A) um reservatório é o lugar onde um patógeno pode sobreviver e se multiplicar; o mais comum é o corpo
humano, onde uma série de organismos vive na pele e dentro das cavidades do corpo.
B) algumas doenças infecciosas tendem a ser transmitidas mais comumente de modo específico, no entanto os
mesmos microorganismos podem ser transmitidos por mais de uma via.
C) os microorganismos entram no corpo, através de vias diferentes que utilizam para sair. Os fatores que reduzem
as defesas aumentam as chances de o patógeno entrar no corpo.
D) os principais meios de transmissão de microorganismos são todos os objetos do ambiente hospitalar, embora
as mãos dos profissionais de saúde também façam parte do elenco de transmissão.
E) a suscetibilidade não depende do grau individual de resistência ao patógeno, embora as pessoas estejam
constantemente em contato com grande número de microrganismos.

07. Cateterismo vesical é um procedimento invasivo associado à necessidade de avaliação do equilíbrio


hidroeletrolítico. De acordo com a afirmação, leia as assertivas abaixo.

I. Existem vários riscos relacionados ao uso do cateter vesical ou à manipulação instrumental das vias
urinárias. Dessa forma, deve-se avaliar risco-benefício do procedimento interdisciplinarmente.
II. O cateter vesical mais utilizado é o de Foley feito de nelaton que proporciona maior flexibilidade e
apresenta tamanhos que variam entre 10 a 30 French. No homem, o calibre do cateter mais usado é
14 e 16.
III. O cateterismo vesical é indicado na retenção urinária, para se obter amostra de urina para exame
laboratorial, esvaziar a bexiga em procedimentos cirúrgicos. O cateterismo vesical pode ser de demora
ou de alívio.

Está correto o que se afirma em

A) I, apenas.
B) II, apenas.
C) III, apenas.
D) I, II e III.
E) I e III, apenas.

08. A inserção do cateter gástrico requer noção de anatomia, bem como observação rigorosa do paciente.
Sobre cateterismo gástrico, leia as sentenças abaixo e a seguir marque a correta.

I. As principais indicações do cateterismo gástrico e entérico são: estenose de esôfago, pacientes com
agitação, obstrução gástrica, trauma facial.
II. Em relação ao procedimento, medir a sonda da ponta do nariz ao lóbulo da orelha e desta ao apêndice
xifoide.
III. Após introdução da sonda, checar se está bem posicionada (auscultar ruídos hidroaéreos e ou realizar
a aspiração do conteúdo gástrico ou realizar a avaliação do ph do conteúdo gástrico com fita
reagente).

Está(ão) correta(s)

A) apenas I e III.
B) apenas I e II.
C) apenas II e III.
D) apenas a I.
E) I, II e III.

4
ENFERMAGEM

09. A oxigenoterapia é a administração de oxigênio em uma concentração maior que a encontrada na


atmosfera ambiente. A meta de oxigenoterapia consiste em fornecer o transporte adequado de
oxigênio no sangue, enquanto diminui o trabalho da respiração e reduz o estresse sobre o miocárdio.
Sobre oxigenoterapia, leia as assertivas abaixo.

I. Quando o oxigênio é oferecido em altas velocidades de fluxo, não deve ser umedecido, pois esta oferta de
oxigênio em alta velocidade não resseca as mucosas do trato respiratório.
II. Os sistemas de administração de oxigênio de baixo fluxo contribuem, parcialmente, para o gás inspirado
que o paciente respira. Os dispositivos para oferta de oxigênio de baixo fluxo são: cateter transtraqueal,
máscara de Venturi e máscara de aerosol.
III. Respiração com pressão positiva intermitente (RPPI) é uma forma de respiração assistida ou controlada
por um aparelho ventilatório, em que o gás comprimido é administrado sob pressão positiva pré-
estabelecida. As indicações gerais para RPPI incluem dificuldade de mobilizar as secreções respiratórias,
capacidade vital reduzida com respiração profunda e tosse ineficaz.
IV. A intubação endotraqueal não deve ser usada por um período longo. A traqueostomia é indicada para
diminuir a irritação e o trauma do revestimento traqueal, reduzir a incidência da paralisia das cordas vocais
e diminuir o trabalho da respiração.

Somente estão corretas

A) III e IV.
B) I, III e IV.
C) I e II.
D) II e III.
E) I, II e III.

10. Paciente em pós-operatório de cirurgia abdominal necessita de solução hipertônica. Estão prescritos
1000 ml de solução glicosada a 10%. O setor dispõe de ampolas de glicose de 20 ml a 50% e soro
glicosado a 5%. Como o enfermeiro deve preparar a solução para atender a prescrição?

A) Acrescentar 5 ampolas e meia de glicose a 50% em 500 ml do soro glicosado a 10%.


B) Acrescentar 5 ampolas e meia de glicose a 50% e retirar 100 ml do soro glicosado a 10%.
C) Acrescentar 5 ampolas de glicose a 50% e retirar 100 ml do soro glicosado a 10%.
D) Acrescentar 5 ampolas e meia de glicose a 50% e acrescentar 100 ml de soro glicosado a 10%.
E) Acrescentar 2 ampolas e meia de glicose a 50% em 500 ml de soro glicosado a 10%

11. A Pneumonia é uma inflamação do parênquima pulmonar causada por uma agente microbiano. Sobre
Pneumonia, coloque V (Verdadeiro) ou F (Falso) nas afirmativas abaixo.

( ) A Pneumonia causada por Streptococcus pneumoniae (pneumococo) é a Pneumonia adquirida na


comunidade, mais comum em pessoas com menos de 60 anos e sem co-morbidades e nas pessoas
com mais de 60 anos com co-morbidades.
( ) A Pneumonia causada por Streptococcus penumoniae é bem mais prevalente durante o verão,
quando são mais frequentes as infecções do trato respiratório superior.
( ) A Pneumonia causada por Mycoplasma pneumoniae acomete apenas idosos e dissemina-se por
gotículas respiratórias infectadas através do contato entre pessoas.
( ) O diagnóstico de Pneumonia é feito por meio da história, exame físico, Rx de tórax, hemocultura e
exame de escarro.
( ) São diagnósticos de enfermagem para um paciente com Pneumonia: eliminação traqueobrônquica
ineficaz relacionada à secreção traqueobrônquica, copiosa; risco de déficit de volume relacionado à
febre e dispneia e nutrição alterada: ingestão menor que as necessidades corporais.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) F, F, F, V, F.
B) F, V, F, V, F.
C) F, V, V, F, V.
D) V, F, V, F, V.
E) V, F, F, V, V

5
ENFERMAGEM

12. Sobre Embolia Pulmonar (EP), leia as assertivas abaixo.

I. São fatores de risco para EP: estase endovenosa, hipercoagulação, doença endotelial vascular,
trauma, diabetes melittus e uso de contraceptivo oral.
II. A dispneia é o sintoma mais frequente do EP. A duração e a intensidade da dispneia dependem da
extensão da embolização. A dor torácica é comum e, em geral, é súbita e pleurítica.
III. A oferta imediata de oxigênio nasal é um dos suportes para o tratamento de emergência que objetiva
aliviar a hipoxemia, a angústia respiratória e a cianose central.
IV. A terapia trombolítica está indicada para o tratamento do EP. A heparina deve ser administrada
juntamente com o agente trombolítico.

Somente está correto o que se afirma em

A) I e IV.
B) II, III e IV.
C) I, II e III.
D) III e IV.
E) II e III.

13. Asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas, que provoca a hiper-responsividade dessas
vias aéreas, edema de mucosa e produção de muco. Sobre asma, leia as afirmativas abaixo.

I. A alergia é um fator predisponente de pequena importância para a asma. A asma só é revertida de


forma espontânea.
II. Os três sintomas mais comuns da asma são: tosse, dispneia e sibilância. A asma pode começar
subitamente, porém normalmente é precedida de sintomas crescentes.
III. A inflamação difusa e reversível da via aérea causa edema da membrana que reveste as vias aéreas;
contração da musculatura lisa brônquica, gerando irritabilidade adicional e produção aumentada de
muco.
IV. A exarcebação da asma é mais bem controlada por meio do tratamento precoce e da educação do
paciente. Os medicamentos de ação rápida, como beta-adrenérgicos, são os primeiros utilizados para
alívio imediato da desobstrução do fluxo aéreo.

Somente está correto o que se afirma em

A) I, III e IV.
B) II e IV.
C) II, III e IV.
D) II e III.
E) III e IV.

14. Sobre diálise peritoneal e hemodiálise, coloque V (Verdadeiro) e F (Falso).

( ) No paciente hospitalizado que fará hemodiálise, o enfermeiro deve avaliar o sopro ou frêmito a
cada 8 horas, pois a ausência de um frêmito palpável ou sopro audível pode indicar bloqueio ou
coagulação no dispositivo do acesso.
( ) Os sintomas de uremia devem ser monitorados, pois se agravam à medida que os produtos
metabólicos finais se acumulam, podendo necessitar de diálise diária.
( ) Não há necessidade de avaliação cardíaca nem respiratória, visto que os pacientes com distúrbios
renais não apresentam complicações relacionadas aos sistemas cardiovascular e respiratório.
( ) A hipoalbuminemia é um indicador da desnutrição nos pacientes que se submetem à diálise por
longo prazo ou de retenção.
( ) A diálise está indicada, apenas, para remover líquidos e produtos residuais urêmicos do corpo,
quando os rins não conseguem fazê-lo.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) F, F, F, V, V.
B) V, F, F, V, V.
C) V, F, F, F, V.
D) V, V, V, V, F
E) V, V, F, V, F.

6
ENFERMAGEM

15. As válvulas do coração controlam o fluxo de sangue através do coração, para dentro da artéria
pulmonar e da aorta, quando o coração se contrai e relaxa através do ciclo cardíaco. Sobre distúrbios
valvares adquiridos, analise as assertivas abaixo.

I. O prolapso da válvula mitral raramente progride e pode resultar em morte súbita, ocorrendo mais em
mulheres. Fadiga, falta de ar, tonteira, síncope, palpitação, dor torácica e ansiedade são
manifestações clínicas apresentadas pelos portadores de prolapso de válvula mitral.
II. Nos portadores de estenose mitral, a antibioticoterapia é utilizada para evitar recidivas de infecção. Os
anticoagulantes também são utilizados para diminuir o risco de desenvolver trombo atrial.
III. A maioria dos pacientes com estenose aórtica são assintomáticos. Porém, quando os sintomas se
desenvolvem, inicialmente apresentam dispneia de esforço, causada pela insuficiência ventricular
esquerda. O fluxo sanguíneo reduzido para o cérebro provoca síncope e tonteira.
IV. Os portadores de regurgitação aórtica apresentam sopro diastólico, ouvido como um som alto e súbito
no terceiro ou quarto espaço intercostal na borda esternal esquerda. Está indicada profilaxia com
antibiótico antes de procedimentos invasivos ou dentários, para evitar endocardite.

Estão corretas

A) I, II, III e IV.


B) I, II e IV, apenas.
C) II e IV, apenas.
D) III e IV, apenas
E) II, III e IV, apenas.

16. Quanto à embolia pulmonar, analise as sentenças abaixo.

I. Embolectomia cirúrgica raramente é realizada, porém esta pode estar indicada, se o paciente
apresentar uma embolia pulmonar maciça ou instabilidade hemodinâmica.
II. A embolia pulmonar requer uma toracotomia com técnica de bypass cardiopulmonar.
III. A embolectomia por cateter transvenoso é uma técnica em que um cateter com câmara a vácuo é
introduzido por via transvenosa, dentro da artéria pulmonar afetada.

Está(ão) correta(s)

A) I, apenas.
B) II e III, apenas.
C) I e III, apenas.
D) I, II e III.
E) III, apenas.

17. Aneurisma intracraniano é uma dilatação localizada e anormal da parede de uma artéria cerebral
devido à ausência congênita da túnica muscular do vaso. Sobre aneurisma, analise as assertivas
abaixo.

I. Todos os aneurismas cerebrais que rompem são de causa desconhecida, e todos são assintomáticos.
II. São cuidados prestados aos pacientes com aneurismas após-ruptura para minimizar o risco de
ressangramento e controle da pressão arterial: repouso no leito com cabeceira elevada, diminuição de
estímulos ambientais, evitar manobra de Vassalva e a flexão do pescoço.
III. São fatores que favorecem a cirurgia precoce: condição clínica estável, classificação de Hunt-Hes
inferior ou igual a 3, menos de 72 horas do sangramento inicial.
IV. São diagnósticos de enfermagem: Risco de lesão relacionada com o sangramento potencial,
vasoespasmos, hidrocefalia e convulsão; Perfusão tecidual ineficaz relacionada com o processo
patológico e vasoespasmos.

Estão corretas

A) I, II, III e IV.


B) apenas I, II e III.
C) apenas I e II.
D) apenas II, III e IV.
E) apenas II e IV.

7
ENFERMAGEM

18. Nas cirurgias do trato gastrointestinal, pode-se relacionar as principais complicações aos tipos de
cirurgias. Leia as afirmativas abaixo e assinale a correta.

A) Cerca de 95% dos pacientes portadores da doença de Cronh necessitam de mais de uma cirurgia para aliviar a
obstrução, tendo como principais complicações abscessos que ocorrem em, pelo menos, 40% dos pacientes.
B) A hemorroidectomia é indicada quando o sangramento for prolongado, dor incapacitante, prurido intolerável,
prolapso. Complicações: incontinência, prolaso e estrangulamento, hemorragia e anemia.
C) A colectomia total com reservatório e bolsa de Hartmann é indicada quando não responde à terapia clínica. Por
ser um procedimento relativamente simples, as complicações só ocorrem em 1% dos casos.
D) A apendicectomia é indicada em função do aparecimento de abscesso ou ruptura e peritonite. 95% dos casos
não apresentam complicação grave.
E) A herniorrafia envolve o reforço da sutura para o reparo da hérnia extensa, podendo apresentar como
complicações obstrução intestinal e recorrência de hérnia.

19. A cirurgia eletiva ou de emergência é um evento estressante e complexo. Cerca de 60% das cirurgias
eletivas são, atualmente, realizadas no ambulatório ou no consultório. Sobre procedimento cirúrgico,
relacione a 2a coluna de acordo com a 1a.

(1) Fase intraoperatória ( ) O espectro das atividades de enfermagem durante esse período pode
incluir o estabelecimento de uma avaliação basal do paciente.
(2) Fase pré-operatória ( ) O espectro da enfermagem pode incluir o fornecimento de segurança do
paciente e garantir o funcionamento adequado dos equipamentos.
(3) Fase pós-operatória ( ) Começa na tomada de decisão de prosseguir com a intervenção
( ) O espectro do cuidado de enfermagem cobre uma ampla gama de
atividades nesse período, como: avaliação dos efeitos da anestesia,
avaliação das complicações, conforto e alívio da dor.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) 1, 3, 2, 1. B) 2, 3, 1, 2. C) 3, 1, 2, 1. D) 2, 1, 2, 3. E) 3, 2, 1, 2.

20. A hipertensão é uma diminuição da regulação vascular na qual os mecanismos que controlam a
pressão arterial (PA) dentro dos limites normais estão alterados. Sobre esse assunto, é correto afirmar
que

A) a hipertensão secundária é responsável por aproximadamente 95% dos casos de pacientes hipertensos.
B) a hipertensão arterial essencial é decorrente de outras patologias, como obstrução da artéria renal ou
glomerulonefrite aguada e crônica.
C) a hipertensão é corrigida, apenas, com a terapia medicamentosa. Idade, raça e sobrepesos não são fatores de
risco para desenvolver hipertensão.
D) no exame físico do portador de hipertensão, deve-se avaliar, apenas, pulsos carotídeos.
E) de acordo com o Ministério da Saúde, uma pessoa com mais de 18 anos que apresenta PA= 170 x 100 é
considerada hipertenso moderado (estágio 2).

21. Sobre características do Diabetes Mellitus, coloque V (Verdadeiro) ou F (Falso) nas afirmativas abaixo.

( ) O Diabetes Mellitus tipo 1 é caracterizado por pouca ou nenhuma insulina endógena, exigindo
injeções de insulina para controlar o diabetes e evitar o desenvolvimento da cetoacidose.
( ) O Diabetes Mellitus tipo 1 é de início lento e tipicamente insidioso, com sintomas de fadiga, ganho de
peso, cicatrização retardada de feridas e infecções recindivantes.
( ) O Diabetes Mellitus gestacional é definido como uma intolerância aos carboidratos, que ocorre
durante a gravidez .
( ) São manifestações clínicas do diabetes: perda de peso, fadiga, poliúrias, polidpsia, polifagia, visão
embaçada.
( ) Os exercícios moderados e programados regularmente, efetuados durante, pelo menos, 30 minutos
em quase todos os dias da semana, promovem a utilização dos carboidratos, ajudam a controlar o
peso, intensificam a ação da insulina e melhoram a aptidão cardiovascular.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) F, V, F, F, F. B) V, V, V, V, V. C) F, F, F, V, V. D) F, V, F, F, V. E) V, F, V, V, V.

8
ENFERMAGEM

22. A obesidade é um grave problema de saúde pública e tem relação direta com o aparecimento do
Diabetes Mellitus e da Hipertensão Arterial. Para diagnosticar a obesidade, a Organização Mundial de
Saúde (OMS) adota o IMC, por ser barato, não invasivo, universalmente aplicável e com boa aceitação
pela população. Conforme a classificação da OMS para o peso em normal (18,5 – 24,9), sobrepeso (25–
29,9) e obesos de classes I (30 – 34,9), II (35 – 39,9) e III (= /> 40), é correto se classificar um paciente
com 1,80 m de altura e 120 Kg como

A) normal. D) obeso classe II.


B) sobrepeso. E) obeso classe III.
C) obeso classe I.

23. A cirurgia pode ser realizada por várias razões. De acordo com as indicações e classificações
cirúrgicas, é correto afirmar que na cirurgia

A) eletiva, a decisão parte do paciente.


B) requerida, o paciente deve ser operado logo.
C) de urgência, o paciente requer atenção rápida dentro de 24 a 30 horas.
D) de emergência, o paciente necessita de cirurgia entre 18 e 48 horas.
E) requerida, o paciente requer atenção imediata.

24. As Feridas podem ser classificadas em duas formas diferentes: conforme mecanismo da injúria e
conforme o grau de contaminação. Sobre classificação das feridas, conforme o mecanismo de injúria,
associe a 2ª coluna de acordo com a 1ª.

(1) Feridas Incisionais ( ) Resultam em pequenas aberturas na pele. Ex: perfurações por arma de
fogo.
(2) Feridas Contusas ( ) São aquelas com margens denteadas, irregulares. Ex: Feridas resultantes de
corte de vidro ou de arame farpado.
(3) Feridas Laceradas ( ) São aquelas produzidas por um objeto rombo, caracterizadas por
considerável traumatismo das partes moles. Ex: edema.
(4) Feridas Perfurantes ( ) São feitas por um corte limpo, com um instrumento afiado. Ex: incisão
cirúrgica.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta

A) 1, 2, 4, 3. B) 2, 4, 3, 1. C) 3, 2, 4, 1. D) 4, 1, 2, 3. E) 4, 3, 2, 1.

25. O transplante de fígado é indicado para tratar a doença hepática em estágio terminal, quando não há
nenhuma outra forma de tratamento disponível. Quanto a esse procedimento, assinale a alternativa
correta.

A) O sucesso do transplante do fígado depende do estado geral do paciente, da doença de base, da


imunossupressão bem sucedida.
B) As infecções são as causas mais comuns de complicações e óbito, sendo causadas, unicamente, pelo excesso
de manipulação do paciente.
C) O paciente transplantado pode desenvolver coagulopatias, hipertensão porta e fibrinólise, o que leva à
coagulação sanguínea, resultando em lesão isquêmica do fígado.
D) No pós–operatório imediato, o controle dos sinais vitais deve ser realizado em intervalos regulares e pequenos,
e o controle glicêmico, em intervalo de quinze dias do procedimento cirúrgico.
E) Ao sair do bloco cirúrgico, o paciente é extubado, pois o risco de atelectasia nesse tipo de cirurgia é ínfimo.

26. T. M deu entrada em uma Unidade de Saúde, referindo disúria, dor no flanco lateral e área suprapúbica.
Após realizar o exame físico e exames por imagem disponível, verificou-se a presença de cálculos
pequenos, definindo o diagnóstico de urolitíase. Considerando-se o descrito no caso acima, assinale a
alternativa correta.

A) O padrão de dor apresentado demonstra que o sítio de obstrução está no cálice renal.
B) É indicado manter a hidratação em níveis baixos, a fim de se aumentar o volume urinário.
C) O padrão de dor apresentado no caso acima indica que o cálculo encontra-se nas imediações da borda pélvica.
D) O paciente deve ser encorajado a ficar em decúbito de Fowler, com o objetivo de aliviar a dor.
E) Os procedimentos cirúrgicos abertos estão indicados, devendo o enfermeiro preparar o paciente para se
submeter à ureterolitotomia.

9
ENFERMAGEM

27. A.M, portador de Diabetes Mellitus deu entrada em uma unidade da saúde, apresentando lesão em pé
0 0
direito, caracterizada por edema, eritema, calor, necrose entre o 1 pododáctilo e o 3 pododáctilo e
presença de secreção purulenta. Após atendimento pelo especialista e realização de exames
necessários, ficou decidida a necessidade de encaminhamento para cirurgia e amputação do pé.
Diante do quadro apresentado, o enfermeiro deve classificar a cirurgia quanto ao grau de
contaminação como cirurgia

A) contaminada, por ser uma ferida traumática aberta recente.


B) potencialmente contaminada, por ser cirurgia eletiva e com contaminação não usual.
C) infectada, pois apresenta ferida traumática recente e processo inflamatório.
D) potencialmente contaminada, por apresentar ferida traumática, infectada.
E) infectada, pois estão presentes tecidos desvitalizados com secreção purulenta.

28. A coleta de exames complementares requer orientação e cuidados, para que o resultado seja o mais
fidedigno possível. Quanto a esse procedimento, assinale a alternativa correta.

A) A glicemia de jejum deve ser coletada do sangue periférico a qualquer hora do dia.
B) O Teste de tolerância à glicose (TOTG) é realizado pelo paciente diabético, quando a glicemia de jejum
apresenta resultado normal.
C) A produção excessiva da bilirrubina que é o principal produto do heme da hemoglobina pode ocorrer na
acidose metabólica. É colhida no sangue periférico, com jejum de 2 horas.
D) A hemocultura é a cultura do sangue. Este deve ser coletado a cada 30 minutos, no sangue periférico ou
conforme solicitação médica, não sendo necessário que o paciente esteja em jejum, para realizar a coleta.
E) A proteinúria das 24h deve ser coletada a partir da primeira urina da manhã até a última, desprezando, sempre,
o primeiro jato.

29. A rubéola é uma patologia prevenível, e uma das medidas de controle de grande eficácia é a vacinação.
Quanto a essa patologia, é correto afirmar que se trata de doença

A) infecciosa na qual o indivíduo apresenta exantema eritematoso, espalhado pelo corpo, febre alta, cefaleia e
calafrios.
B) exantemática com comprometimento do estado geral, tosse, linfadenopatia cervical, hemoptise e lesões
vesiculares, espalhadas pelo tronco e pelos membros.
C) exantemática viral aguda, caracterizada por exantema máculo-papular, que se inicia na face, no couro
cabeludo e pescoço, espalhando-se pelo tronco e pelos membros. Em adolescentes e adultos, estes podem
apresentar poliartralgia, poliartrite, conjuntivite, coriza e tosse.
D) infecciosa aguda, de natureza viral, transmissível e extremamente contagiosa, acompanhada de tosse
produtiva, conjuntivite, manchas com halo eritematoso, espalhadas pela face e pelos membros superiores.
E) infecciosa aguda, exantemática, de natureza viral, extremamente contagiosa, que inicia com febre baixa, tosse,
conjuntivite e aparecimento de manchas eritematosas, espalhadas, principalmente, nos membros inferiores e
na face.

30. Ao iniciar o processo de cicatrização de uma ferida, vários eventos acontecem em cascata, para que
ocorra a regeneração tecidual. Assinale a afirmativa correta que melhor represente a sequência em
que ocorrem as fases do processo de cicatrização.

A) Fase inflamatória e fase proliferativa. D) Fase proliferativa e de maturação.


B) Fase inflamatória, proliferativa e fase de maturação. E) Fase de maturação e fase inflamatória.
C) Fase de maturação, inflamatória e proliferativa.

31. Em relação à coleta de material cérvico-uterino, assinale a alternativa incorreta.

A) O exame preventivo do câncer do colo do útero (exame de Papanicolaou) consiste na coleta de material
citológico do colo do útero, sendo coletada uma amostra da parte externa (ectocérvice) e outra, da parte
interna (endocérvice).
B) Para a coleta do material, é introduzido um espéculo vaginal e procede-se à escamação ou esfoliação da
superfície externa e interna do colo através de uma espátula de madeira e de uma escovinha endocervical.
C) O Exame não é realizado em mulheres histerectomizadas.
D) Mulheres grávidas não podem realizar o exame. Nesse caso, são coletadas amostras do fundo-de-saco vaginal
posterior e da ectocérvice, mas não, da endocérvice, para não estimular contrações uterinas.
E) A fim de garantir a eficácia dos resultados, a mulher deve evitar relações sexuais, uso de duchas ou
medicamentos vaginais e anticoncepcionais locais nas 48 horas anteriores ao exame. Além disso, exame não
deve ser feito no período menstrual, pois a presença de sangue pode alterar o resultado.

10
ENFERMAGEM

32. Das classificações abaixo, qual não condiz com a Síndrome Hipertensiva da Gestação?

A) Hipertensão arterial crônica transitória.


B) Pré-eclâmpsia.
C) Hipertensão arterial crônica agravada pela gestação (mulher engravida com níveis altos de pressão arterial e o
processo da gravidez amplia os níveis pressóricos).
D) Síndrome Hellp
E) Eclâmpsia.

33. Sobre Placenta Prévia, assinale a alternativa correta.

A) A incidência diminui com a idade.


B) A incidência não se altera com a paridade.
C) A hemorragia inicial é, geralmente, indolor e de pequena intensidade.
D) O gerenciamento da condição não mais inclui retaguarda de bloco cirúrgico na condução.
E) O toque vaginal deve ser realizado, quando há suspeita de Placenta Prévia.

34. Na quimioterapia, os agentes antineoplásicos são usados com o objetivo de destruir as células
tumorais ao interferir com as funções celulares e com a reprodução. Sobre quimioterapia, coloque V
(Verdadeiro) ou F (Falso).

( ) As células com proliferação ativa dentro de um tumor são as menos sensíveis aos agentes
quimioterápicos. As células em não-divisão, capazes de futura proliferação, são as mais sensíveis aos
medicamentos antineoplásicos.
( ) A dosagem dos agentes antineoplásicos baseia-se, principalmente, na área da superfície corporal
total do paciente, resposta prévia à quimioterapia ou radioterapia e função orgânica importante.
( ) As drogas vesicantes, quando extravasadas para o tecido cutâneo, causam lesão e necrose tissular
para tendões nervos e vasos sanguíneos. Os vesicantes devem ser administrados por enfermeiros
treinados.
( ) Náuseas e vômitos são os efeitos colaterais mais comuns da quimioterapia antineoplásica. Os
centros do vômito no cérebro são estimulados, ocorrendo ativação dos receptores da zona de
deflagração do quimiorreceptor da medula, estimulação das vias autônomas periféricas, estimulação
das vias vestibulares e estimulação cognitiva.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) V, F, V, F.
B) V, V, F, F.
C) F, F, V, V,
D) F, V, V, V.
E) F, F, F, V

35. Sobre carcinogênese, leia as sentenças abaixo.

I. Na promoção, primeira etapa da carcinogênese, os carcinógenos, as substâncias químicas e fatores


físicos fogem dos mecanismos enzimáticos normais e alteram a estrutura genética do DNA celular.
II. A promoção, exposição repetida aos agentes promotores, provoca a expressão de informações
genéticas anormais ou mutantes, mesmo depois de longos períodos de latência.
III. As alterações na estrutura genética do DNA desenvolvidas na iniciação, na maioria das vezes, são
revertidas pelos mecanismos de reparação do DNA ou elas iniciam o suicídio celular programado.
IV. A progressão é a terceira etapa da carcinogênese celular. As alterações celulares formadas durante a
iniciação e promoção exibem maior comportamento maligno. As células estão propensas a invadir
tecidos adajacentes e provocar metástase.

Estão corretas apenas

A) I, II e III.
B) II e III.
C) II e IV.
D) I e IV.
E) I e III.

11
ENFERMAGEM

36. De acordo com o calendário básico vacinal da criança do Ministério da Saúde, assinale a alternativa
correta.

A) A vacina SRC, tríplice viral, é administrada em dose única, aos 9 meses, na criança.
B) Vacina Tetravalente (DPT+Hib) – o esquema de vacinação é feito aos 2, 4 e 6 meses com a vacina
Tetravalente e dois reforços com a Tríplice Bacteriana (DPT). O primeiro reforço, aos 15 meses, e o segundo
entre 4 e 6 anos.
C) Em relação à vacina contra Febre Amarela, a primeira dose é administrada aos 6 meses, e o reforço, aos 5
anos .
D) A vacina contra hepatite B se constitui de 2 doses, a primeira, aos 2 meses, e a segunda, 30 dias após a
primeira.
E) A vacina BCG é administrada em 1 dose, no terceiro mês de vida da criança.

37. A Rede de Frio é o processo de armazenamento, conservação, manipulação e distribuição e transporte


dos imunobiológicos do Programa Nacional de Imunização (PNI). O objetivo final da rede é o de
assegurar que os imunobiológicos mantenham suas características iniciais, a fim de se conferir
imunidade aos usuários. Sobre Rede de Frio, analise as assertivas abaixo.

I. As câmaras frias são ambientes, que armazenam produtos em baixas temperaturas e em grandes
0 0
volumes. Quando conservam imunobiológicos, operam em temperatura de +2 C a -20 C.
II. Os refrigeradores ou geladeiras são equipamentos de uso doméstico que na Rede de Frio são
destinados à estocagem de imunobiológicos em temperaturas positivas a + 20 C, devendo, para isso,
estar regulados nessa faixa de temperatura.
III. As vacinas difteria e tétano (dT), difteria, tétano e coqueluche ( DPT), Hepatite B, influenza, tétano
(TT) , tuberculose (BCG) são vacinas que devem ser mantidas em temperatura negativa.
IV. O descarte de grandes volumes de imunobiológicos deverá ser feito através da Central Regional ou
Estadual de Imunização, com conhecimento, orientação e acompanhamento da Vigilância Sanitária e
proceder conforme condições técnicas locais (incineração, autoclavagem, aterro, etc).

Estão corretas apenas

A) I e II. B) II e III. C) III e IV. D) I, II e III. E) I, II e IV.

38. A infecção nas vias respiratórias é uma causa frequente de enfermidade em lactentes e crianças. Sobre
as pneumonias, é correto afirmar que

A) na pneumonia pneumocócica, o agente etiológico é pneumococcus pneumoniae; a sua incidência declina


devido ao uso da vacina, e no tratamento, utiliza-se, prioritariamente, penicilina benzatina.
B) na pneumonia estreptocócica, o agente etiológico é o Streptococcus beta hemolítico do grupo B, apresentando
início gradual de febre alta, tosse e dor pleurítica. A medicação de escolha é a penicilina G.
C) na pneumonia estafilocócica, o agente etiológico é o Staphylococcus aureus gram-negativo. É mais comum em
crianças acima de 1 ano. A toracocentese não é indicada.
D) na pneumonia bacteriana, o agente etiológico é o Staphylococcus, tem início insidioso da febre, batimento de
asa do nariz, creptantes. A medicação de escolha é a cefalexina.
E) na pneumonia viral, causada por alguns vírus, dentre eles parainfluenza e influenza, é tipicamente observada
nos meses de inverno. Adotam-se como medidas de suporte líquidos endovenosos, antipiréticos, O2 úmido,
evitando-se aspirina devido à síndrome de Reye.

39. Quanto aos transtornos hematológicos pediátricos, é correto- afirmar que

A) na anemia megaloblástica, o paciente apresenta deficiência de fosfato, vitamina B2, lentidão mental em
consequência de diminuição do oxigênio e da energia para a atividade neural.
B) a anemia falciforme é uma anemia hemolítica crônica grave. Ocorre, exclusivamente, em negros e nos de
descendência israelita. Trata-se de doença hereditária autossômica dominante.
C) na anemia falciforme, as crianças raramente se tornam sintomáticas até o final do primeiro ano de vida, devido
às quantidades aumentadas de hemoglobina fetal.
D) a hemofilia é uma doença hemorrágica congênita, caracterizada pela presença de fatores de coagulação
particularmente, fatores VIII, e IX. 15 a 20% apresentam o fator VIII ou hemofilia A.
E) anemia de Cooley (Talassemia) é a mais comum das síndromes hematológicas pediátricas e representa a
forma homozigota da doença.

12
ENFERMAGEM

40. As teorias da Enfermagem ajudam a definir Enfermagem como uma disciplina científica por si só. Os
elementos das teorias de enfermagem são uniformes – enfermagem, pessoa, ambiente e saúde. Sobre
a a
as teorias, relacione a 2 coluna de acordo com a 1 .

(1) Levine ( ) O enfermeiro manipula estímulo para promover a adaptação de quatro maneiras –
fisiológica, autoconceitual, função do seu papel e das relações de interdependência
(2) Orem ( ) Os enfermeiros promovem a interação harmoniosa entre o indivíduo e o ambiente, para
maximizar a saúde. Ambos são campos energéticos quadridimensionais.
(3) Roy ( ) O enfermeiro ajuda o indivíduo a se desenvolver universalmente e a se autocuidar,
quando ocorrer qualquer desvio em sua saúde.
(4) King ( ) A enfermagem dá apoio à adaptação de um indivíduo às mudanças oriundas dos
estímulos ambientais internos e externos
(5) Rogers ( ) Os enfermeiros trocam informações com o pacientes, que são sistemas abertos para
atingir objetivos mutuamente estabelecidos

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) 2, 1, 5, 3, 4. B) 3, 4, 2, 1, 5. C) 4, 5, 3, 1, 2. D) 3, 5, 2, 1, 4. E) 5, 3, 2, 4, 1.

41. O choque afeta todos os sintomas orgânicos. Pode desenvolver-se de maneira rápida ou lenta,
a
dependendo da causa subjacente. Sobre classificação dos choques, relacione a 2 coluna de acordo
a
com a 1 .

(1) Choque cardiogênico ( ) Estado de choque que resulta do volume intravascular diminuído.
(2) Choque circulatório ( ) Estado de choque decorrente do comprometimento ou falência do
miocárdio.
(3) Choque hipovolêmico ( ) Estado de choque que resulta de deslocamento do volume sanguíneo,
criando uma hipovolemia relativa e liberação inadequada de oxigênio
para as células.
(4) Choque neurogênico ( ) Estado de choque resultante da infecção grave que provoca
hipovolemia relativa.
(5) Choque séptico ( ) Estado de choque que resulta da perda do tônus simpático, provocando
hipovolemia relativa.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) 3, 1, 2, 4, 5. B) 3, 2, 5, 4, 1. C) 2, 5, 1, 4, 3. D) 5, 3, 2, 4, 1. E) 1, 3, 5, 4, 2

42. Para uma assistência de enfermagem individualizada e de qualidade, é necessária a aplicação do


processo de Enfermagem. De acordo com Wanda Horta, indique abaixo a sequência correta das etapas
do Processo de Enfermagem:

A) diagnóstico de enfermagem, histórico de enfermagem, planejamento, avaliação e implementação.


B) histórico de enfermagem, diagnóstico de enfermagem, plano assistencial, prescrição de enfermagem, evolução
de enfermagem e prognóstico de enfermagem.
C) implementação, diagnóstico de enfermagem, histórico de enfermagem e planejamento.
D) planejamento, avaliação de enfermagem, histórico de enfermagem e implementação.
E) implementação, histórico de enfermagem, planejamento, diagnóstico de enfermagem.

43. O Estatuto da Criança e do Adolescente está regido pela Lei N 8.069, de 13 de julho de 1990. Sobre o
capítulo do Direito à Vida e à Saúde, coloque V (Verdadeiro) ou F (Falso) nas afirmativas abaixo.

( ) É assegurada à gestante, através do Sistema Único de Saúde (SUS), apenas, a assistência


perinatal.
( ) Incube ao poder público propiciar apoio alimentar à gestante e à nutriz que dele necessitem.
( ) Identificar o recém-nascido mediante o registro de sua impressão plantar e digital e da impressão
digital da mãe.
( ) Manter os neonatos no berçário, possibilitando ficar com a mãe apenas na hora que for mamar.
( ) É obrigatória a vacinação das crianças nos casos recomendados pelas autoridades sanitárias.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) F, F, F, V, V. B) V, V, V, F, V. C) F, V, V, F, V. D) V, V, F, F, V. E) V, V, V, V, V.

13
ENFERMAGEM

44. A tuberculose é uma doença infecciosa e contagiosa, causada pelo bacilo de Koch (BK). Sobre essa
doença, coloque V (Verdadeiro) ou F(Falso) nas afirmativas abaixo.

( ) A infecção pelo bacilo da tuberculose só ocorre na infância. Todas as pessoas expostas ao bacilo
da tuberculose se tornam infectadas.
( ) A transmissão da tuberculose vai depender: da contagiosidade do caso índice (doente bacilífero
fonte de infecção), do tipo de ambiente em que a exposição ocorreu e da duração da exposição.
( ) A baciloscopia direta do escarro é método fundamental para o diagnóstico da tuberculose,
permite descobrir as fontes mais importantes de infecção, os casos bacilíferos. Quando realizada
corretamente, permite detectar de 70 a 80% dos casos de tuberculose pulmonar em uma
comunidade.
( ) Laringe, ossos, rins, meninges, linfonodo, pleura, pulmão e coluna vertebral são órgãos que
frequentemente são acometidos pela tuberculose.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

A) F, V, V, V. B) V, V, V, V. C) F, F, V, V. D) V, V, F, F. E) F, V, F, V.

45. Sobre hanseníase, marque a alternativa correta.

A) Doença infecto-contagiosa, de evolução rápida. Trata-se de doença incurável, que, mesmo que se faça um
diagnóstico precoce, não há tempo para cura.
B) O agente etiológico é o Mycobacterium leprae que tem baixa infectividade e alta patogenicidade, infecta e
adoece muitas pessoas.
C) O homem é considerado a única fonte de infecção da hanseníase. O contágio acontece através de uma pessoa
doente, portadora do bacilo de Hansen, que o elimina para o meio exterior, contagiando pessoas susceptíveis.
D) Só atinge crianças de ambos os sexos. Há uma maior incidência da doença nas mulheres que nos homens, na
maioria das regiões do mundo.
E) As lesões de pele não apresentam alteração de sensibilidade. Apresentam características semelhantes às das
lesões de pele provocadas por outras doenças dermatológicas.

46. O Ministro da Saúde, no uso de suas atribuições legais, considerando a Lei 10.216, de 06/04/01, que
dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona o
modelo assistencial em saúde mental, estabeleceu, através da Portaria n.º 336/GM, de 19 de fevereiro
de 2002, os Centros de Atenção Psicossocial que são das seguintes modalidades:

A) CAPS I, CAPS II, CAPS III no atendimento ao público de saúde mental crianças e adultos.
B) CAPS infantil e CAPS ad no atendimento ao público de saúde mental crianças e adultos.
C) CAPS infantil e CAPS ad no atendimento ao público de saúde mental crianças e adultos com dependência de
álcool, drogas e tabaco.
D) CAPS I, CAPS II, CAPS III no atendimento ao público de saúde mental adultos com dependência de álcool,
drogas e tabaco.
E) CAPS I, CAPS II, CAPS III, CAPS infantil e CAPS ad no atendimento ao público de saúde mental crianças e
adultos, usuários de álcool, drogas e tabaco.

47. Com relação à formação da equipe do CAPS I, assinale a alternativa correta.

A) 01 médico psiquiatra; 01 enfermeiro com formação em saúde mental; 04 profissionais de nível superior:
psicólogo, assistente social, enfermeiro, terapeuta ocupacional, pedagogo ou outro profissional necessário ao
projeto terapêutico. 06 profissionais de nível médio: técnico e/ou auxiliar de enfermagem, técnico
administrativo, técnico educacional e artesão.
B) 04 médicos psiquiatra; 10 enfermeiros com formação em saúde mental; 08 profissionais de nível superior:
psicólogo, assistente social, enfermeiro, terapeuta ocupacional, pedagogo ou outro profissional necessário ao
projeto terapêutico. 20 profissionais de nível médio: técnico e/ou auxiliar de enfermagem, técnico
administrativo, técnico educacional e artesão.
C) 03 médicos psiquiatra; 04 enfermeiros com formação em saúde mental; 08 profissionais de nível superior:
psicólogo, assistente social, enfermeiro, terapeuta ocupacional, pedagogo ou outro profissional necessário ao
projeto terapêutico. 20 profissionais de nível médio: técnico e/ou auxiliar de enfermagem, técnico
administrativo, técnico educacional e artesão.
D) 05 médicos psiquiatra; 04 enfermeiros com formação em saúde mental; 08 profissionais de nível superior:
psicólogo, assistente social, enfermeiro, terapeuta ocupacional, pedagogo ou outro profissional necessário ao
projeto terapêutico.
E) 07 médicos psiquiatra; 04 enfermeiros com formação em saúde mental; 08 profissionais de nível superior:
psicólogo, assistente social, enfermeiro, terapeuta ocupacional, pedagogo ou outro profissional necessário ao
projeto terapêutico.

14
ENFERMAGEM

48. A Lei nº 10.216, de 6 de abril de 2001, estabelece três tipos de internação. Sobre isso, assinale a
alternativa CORRETA.

A) Internação involuntária: acontece com o consentimento do usuário; internação voluntária: ocorre sem o
consentimento do usuário e a pedido de terceiro e internação compulsória: determinada pela Justiça.
B) Internação voluntária: acontece com o consentimento do usuário; internação involuntária: ocorre sem o
consentimento do usuário e a pedido de terceiro e internação compulsória: determinada pela Justiça.
C) Internação involuntária: acontece com o consentimento do usuário; internação voluntária: ocorre com o
consentimento do usuário e internação compulsória: aquela determinada pelo médico e pela família.
D) Internação involuntária: acontece com o consentimento do usuário; internação voluntária aquela que ocorre
com o consentimento do usuário e internação compulsória: determinada pela Justiça com o consentimento do
usuário.
E) Internação voluntária: acontece com o consentimento do usuário; internação involuntária: ocorre sem o
consentimento do usuário e internação compulsória: determinada pela família.

49. Em uma unidade de saúde, uma paciente de 39 anos, portadora de anemia ferropriva e importante
deficiência de ferro, desenvolveu intolerância à terapia de reposição por via oral, sendo prescrita
terapia de reposição de ferro por via parenteral. Qual técnica de administração de medicamentos deve
ser utilizada pelo (a) enfermeiro (a)?

A) A medicação deve ser administrada por via intramuscula profunda no deltoide.


B) Para minimizar os possíveis efeitos colaterais da administração intramuscular profunda, deve-se massagear o
local vigorosamente, após a administração da medicação.
C))A administração da medicação deve ser realizada na região dorsoglútea, profundamente, utilizando-se a
técnica em “Z”.
D) Administrar medicação com o paciente em pé, instruindo-o para permanecer com os pés para dentro e os
braços ao longo do corpo.
E) Diluir o medicamento, antes de administrá-lo na região ventroglútea, evitando, assim, lesão na musculatura
adjacente.

50. D.J sexo masculino, no primeiro dia de pós-operatório de hemicolectomia, com 51 anos, foi
encaminhado para a enfermaria. Para dar continuidade à assistência, o enfermeiro (a) necessita
planejar os cuidados de enfermagem. Entre estes, elenca-se a ausculta dos sons intestinais e a
observação contínua de desconforto, dor ou distensão abdominal. Este controle tem por objetivo
diagnosticar precocemente a(o)

A) evisceração das alças intestinais.


B) reflexo de vômito.
C) infecção hospitalar.
D) deiscência de sutura.
E) íleo paralítico.

15