Você está na página 1de 2

Seja como a flor de lótus: renasça a cada dia diante da adversidade

A flor de lótus implica uma metáfora maravilhosa de como existem pessoas capazes
de dobrar a dor e desdobrá-la posteriormente em forma de serenidade, autocontrole e
persistência.

A natureza é tão divina e apaixonante que nos dá as respostas mais


inesperadas. Inusitadas. Algo até, aos nossos olhos, improvável. Cada canto no qual a
natureza brota com liberdade nos deixa um novo ensinamento, uma nova esperança.
Não apenas é generosa para com a ciência, mas também com nossos próprios
sentidos e com nossa própria espiritualidade. Tanto é verdade que, na grande
diversidade de manifestações, espécies e fenômenos que provoca, nos deparamos
com autênticas lições de como enfrentar a vida. Lições estas, que contêm uma
mensagem, cuja beleza e significado, é indiscutível.
Dentre todos os fenômenos infinitos e curiosos da natureza está a flor de lótus.
Um fenômeno que é uma metáfora apaixonante sobre a vida e as adversidades que
enfrentamos todos os dias.

A flor de lótus
A flor de lótus é um tipo de lírio d’água, cujas raízes têm a base na lama e no
lodo de lagoas e lagos. A flor de lótus possui a semente com maior longevidade e
resistência: pode aguentar até 30 séculos antes de florescer sem perder a sua
fertilidade.
A flor de lótus é símbolo de pureza e beleza que pode surgir em um terreno
alagadiço. Esta bela flor emerge e se nutre de barro, em pântanos ou lugares
alagadiços, e quando floresce se eleva sobre o lodo. À noite, as pétalas da flor se
fecham e ela mergulha sob a água. Ela se fecha para mergulhar, mas ao amanhecer
se levanta novamente sobre a água suja, intacta e sem restos de impureza por causa
da disposição das suas pétalas em forma de espiral.
A flor de lótus tem a peculiaridade de ser a única flor que é fruto ao mesmo
tempo: o fruto tem a forma de cone invertido e está no seu interior. Quando a flor está
fechada ela não tem cheiro, mas quando se abre o seu aroma lembra o jacinto.
O fascínio por esta flor fez com que ela se tornasse um símbolo fundamental
para diversas civilizações ao longo da história. A flor de lótus é considerada sagrada e
um dos símbolos mais antigos com diversos significados para os países do Oriente,
embora também encontremos diversas referências a elas no mundo ocidental.

A flor de lótus e o seu significado para a psicologia


A flor de lótus representa o poder da resistência psicológica como capacidade
para transformar a adversidade em potencialidade. Suzanne C. Kobasa, psicóloga da
Universidade de Chicago, conduziu várias pesquisas nas quais identificou, que os
indivíduos com personalidade resistente, têm uma série de características em comum.
Costumam ser pessoas de grande compromisso, controle e orientadas ao desafio.
“As pessoas mais belas com as quais tive a oportunidade de me encontrar são
aquelas que conheceram a derrota, conheceram o sofrimento, conheceram a luta,
conheceram a perda e encontraram o seu jeito de sair das profundezas.”
-Elisabeth Kübler-Ross-
Mais tarde esta explicação foi transformada no termo resiliência, a essência da
personalidade resistente.
A resiliência é definida como a capacidade dos indivíduos de superar períodos
de dor emocional e grandes adversidades.
A flor de lótus implica uma metáfora maravilhosa de como existem pessoas
capazes de dobrar a dor e desdobrá-la posteriormente em forma de serenidade,
autocontrole e persistência.

Texto retirado e adaptado


Fonte: A Mente é Maravilhosa