Você está na página 1de 6

ESCOLA ESTADUAL OLEGÁRIO MACIEL

TRABALHO DE BIMESTRAL DE CIÊNCIAS


Professora: Ângela Martins Valor: 8,0pts Nota:________

Nome: _____________________________________________________ Data: ____/______/2019


Instruções: - Leia atentamente todas as questões.
- Redija suas respostas com caneta azul ou preta.
- Faça letra legível e evite rasuras.

Os seres vivos evoluem


Desde que surgiram na Terra, os seres nao pararam de se transformar e ainda continuam sfrendo transformações. Como os cientistas
puderam saber que os seres vivos antifos eram diferentes dos atuais?
Pelo estudo dos fósseis, foi possícel verificar que as espécies animais e vegetais dos tempos pré-históricos nao eram iguais às que
conhecemos hoje.

O que fez com que as espécies de seres vivos se modificassem?


Qual o papel do ambiente na sobrevivência de uma espécie animal ou vegetal?
E o papel do homem?
Este peixe, chamado eustenóptero, media 80 cm e foi um provável antepassado dos
Criando
anfíbioseatuais,
cultivando
comocertas
a rã evariedades
o sapo. de animais e plantas, o homem interfere na evolução das espécies.

Agindo sobre o ambiente, ele às vezes colabora para que algumas espécies corram risco de extinção.

As espécies atuais substituíram espécies mais antigas.

As futuras espécies também poderão ser diferentes das atuais.

já se pensou sobre a evoluçã


O que já evoluçãoo
Esta samambaia de 30 m, chamada
O ictiostega
Lamarck e o pescoço era meio peixe e meio anfíbio. Media 1,5 m de comprimento
da girafa Lepidodendron, viveu há mais de 300
e já tinha patas com dedos. Viveu numa época em que os lagos estavam milhões de anos atrás, ria Era Pa-
secando.Lamarck
Jean Baptiste Sua capacidade de francês
foi um cientista respirarque
fora d'água
viveu e ade1829
de 1744 rastejar leozóica. Milhares dessas árvores foram
e teve muito
prestígio em suapossibilitou-lhe
época. deslocar-se de um lago para ouíro, fugindo da seca. soterradas e contribuíram para a
Lamarck imaginava que os seres vivos se transformavam para se adaptar melhor formação dos depósitos de carvão.
ao ambiente. Veja, abaixo, como ele explicava o fato de a girafa ter o pescoço comprido.

Lei do uso e
do desuso

Segundo Lamarck, os ancestrais da girafa tinham o pescoço curto e comiam ervas rasteiras. Quando não havia mais ervas rasteiras, as
girafas passaram a esticar o pescoço para comer arbustos.

Uma geração, depois outra, mais outra, e o pescoço encompridando. Com o pescoço cada vez maior, a girafa sobrevivia, pois conseguia
comer os brotos das árvores mais altas.

Hoje, sabemos que Lamarck estava errado. Mas também, na época dele, não havia nenhuma explicação para as transformações
das espécies.

Lamarck pensava que, o ambiente forçava o ser a se transformarpara se adaptar melhor a


ele.

Darwin e o papel do ambiente

Charles Darwin viveu de 1809 a 1882 e é considerado um dos maiores cientistas de toda a humanidade.
Em 1831, com. 22 anos, Darwin fez uma interessante viagem pelo mundo, observando e colecionando animais, plantas, rochas e fósseis.
Durante os cinco anos da viagem, Darwin teve muitas ocasiões para constatar que as plantas e os animais eram diferentes de um lugar
para outro.
Aos poucos, ele foi se convencendo de que havia uma relação entre os ambientes e as diferenças que as plantas e os animais
apresentavam.

A rota da viagem

Vamos resumir as ideias de Darwin a respeito da evolução:

• Em seu ambiente natural, o número de indivíduos de uma população tem a tendência de aumentar sempre, por causa da reprodução.
• Havendo muitos indivíduos, a comida começa a faltar e o espaço vai ficando pequeno. Nesse caso, a competição entre eles aumenta.
• Os indivíduos de uma população não são todos exatamente iguais. Existem pequenas diferenças entre eles quanto à forma, tamanho, cor,
etc.
• As condições do ambiente vão determinar quais as variedades que terão maiores facilidades para se proteger, nutrir, reproduzir, etc.

Refletindo sobre tudo o que viu, anotou e estudou, Darwin concluiu que o ambiente faz uma seleção natural das variedades que têm
melhores condições de sobrevivência.

O ambiente natural seleciona certas variedades e eliminam outras.


A moderna Teoria da Evolução

A Teoria Moderna se baseia em dois pontos principais:

 As características de uma espécie de ser vivo sofrem lentas transformações naturais ao longo do tempo e completamente ao acaso.

 Quando surge uma característica nova, o ambiente poderá aceitá-la ou não, isto é, ele faz uma seleção.

Variações naturais das características

Suponhamos que todos os indivíduos de uma Ao longo do tempo, os bicos podem


certa espécie tenham o bico exatamente igual, o que faz apresentar pequenas modificações na forma e
com que todos tenham o mesmo tipo de alimentação. no tamanho.
Será que agora todos podem continuar
se alimentando da mesma maneira?

Depois de milhares ou milhões de anos, as pequenas


variações vão se tornando maiores, até que os bicos ficam bastante
diferentes.
O que acontecerá se o ambiente tiver poucos tipos de
alimentos? Será que todas as variedades dessa espécie de pássaro
conseguirão viver no mesmo ambiente?
E se a população se tomar muito numerosa?. Será que os
pássaros poderão procurar outros lugares onde sobrevivam melhor?

Ao longo do tempo, é perfeitamente possível que uma espécie de ser vivo sofra transformações naturajs ao
acaso

Marcas do passado: os fósseis


Os fósseis são os restos petrificados de animais e plantas que existiram há milhões de
anos e, logo depois de morrerem, foram cobertos por areia ou lama trazidas pela água
ou pelo vento. Puro acaso da natureza. Durante,, milhões e milhões de anos, os
restos desses antigos sereè vivos ficaram soterrados e, junto com o solo em volta,
sofreram transformações físicas e químicas: endureceram e tornaram-se rochas. Essas
rochas que contêm os restos preservados dos seres vivos do passado são os fósseis.
A Paleontologia é a ciência que estuda os fósseis. Graças a ela é :que se pode saber
como evoluiu a vida desde que surgiu na Terra, há cerca de 3 bilhões e 500 milhões de
anos.

Fóssil de um archeopterix. No interior do Brasil existem muitas reservas de f ósseis. Se você der sorte, poderá encontrar um deles e ajudar os
cientistas.
Exercícios
1. Relacione as colunas

( 1 ) Fóssil ( ) Cientista que percebeu o papel da seleção natural


( 2 ) Eustenóptero ( ) Teoria segundo a qual os seres vivos se modificam
( 3 ) Lamarck ( ) Restos de seres pré-históricos
( 4 ) Lepidodendron ( ) Ancestral dos anfíbios atuais
( 5 ) Darwin ( ) Samambaia gigante da Era Paleozóica
( 6 ) Evolução ( ) Criou a teoria de que o ambiente modifica o ser.

2. Correlacione a resposta correta de cada pergunta formulada


Perguntas - Quem estabeleceu, pela primeira vez, a idéia de que o ambiente
seleciona as variedades mais adaptadas às suas condições?
- Como os cientistas puderam saber que os antigos seres
vivos eram diferentes dos atuais?
Respostas
- Qual o mais antigo antepassado dos anfíbios?

- O que permitia ao ictiostega escapar da seca? 1) Formando as espécies a se modificarem para ficarem
mais adaptadas a ele
- De que modo os depósitos de Lepidodendrom se tornaram
2) O acaso
úteis para o homem?
3) Pelo estudo dos fósseis que são encontrados
- De que modo Lamarck imaginou que o ambiente atuava no 4) Fazendo a seleção das variedades mais adaptadas a
processo da evolução? ele
5) Charles Darwin
- Ao coletar exemplares de plantas e animais, o que Darwin
6) Que em diferentes lugares era possível encontrar
constatou ao comparar as espécies de lugares diferentes?
variedades diferentes.
- Em que se baseia a Teoria Moderna da Evolução? 7) Contribuíram para a formação dos depósitos de carvão
- O que determina as lentas transformações por que passa 8) A capacidade de rastejar de um lago para o outro e de
uma espécie? respirar fora d’água
9) Na transformação das características e na ação de
seleção feita pelo ambiente
10) O eustenóptero
3. O que e seleção Natural?

4. Como Lamarck “via” a evolução das espécies?

5. Descreva a teoria moderna da evolução de acordo com os preceitos propostos por Darwin