Você está na página 1de 13

Nº DISCRIMINAÇÃO DAS REVISÕES DATA CONF. DATA. APROV.

ELETROSUL CENTRAIS ELÉTRICAS S.A.


APROVAÇÃO
SISTEMA ELETROSUL

DATA DATA SECCIONAMENTO LT 138 kV FLORIANÓPOLIS- ITAJAÍ FAZENDA


PROJETADO: RAR MAI/11
MEMÓRIA DESCRITIVA FINAL TRECHO: BIGUAÇU –
CONFERIDO: LFVS MAI/11
FLORIANÓPOLIS 2
APROVADO: JI MAI/11
ELETROSUL ESC.S/ESC DOC. Nº L093-5026-A4 R- 0 FL.1/13
ÍNDICE

ITEM FOLHA

1 - INTRODUÇÃO...................................................................................................3

2 - DESCRIÇÃO DO PROJETO.............................................................................3

3 - CARACTERÍSTICAS DOS CABOS DA LT......................................................3

3.1 - Dados Gerais dos Circuitos I e II................................................................3

3.2 - Cabo Condutor CAA HAWK – 477 MCM.....................................................3

3.3 - Cabo Pára-Raios 5/16” HS...........................................................................4

3.4 - Definição da Temperatura Máxima de Projeto...........................................4

3.5 - Isoladores......................................................................................................4

3.6 - Conjuntos de Fixação do Cabos.................................................................4

3.7 - Tipos e quantidades de Cadeias de Isoladores Utilizadas......................5

3.8 - Acessórios.....................................................................................................5

3.9 - Aterramento...................................................................................................5
4 - CONDIÇÕES DE PROJETO CONSIDERADAS..............................................5

5 - TRAÇÕES DE GOVERNO DO CABO CONDUTOR HAWK............................6

6 - TRAÇÕES DE GOVERNO DO CABO PÁRA-RAIOS 5/16” HS......................7

7 - DISTÂNCIAS DE SEGURANÇA.......................................................................8

7.1 - Distancias Horizontais e Verticais Mínimas...............................................8


8 - PROJETO EM PLANTA E PERFIL...................................................................8

9 - LISTA DE CONSTRUÇÃO................................................................................8

10 - PROJETO DE TRAVESSIAS..........................................................................8

11 - RESUMO DAS QUANTIDADES DOS MATERIAIS.......................................9

12 - LISTA DE DOCUMENTOS E DESENHOS ELABORADOS........................10

DOC. No REV. FOLHA 13


MEMÓRIA DESCRITIVA FINAL TRECHO: FLORIANÓPOLIS – BIGUAÇU 2 L093-5026-A4 0 2 de 13
1 - INTRODUÇÃO

O presente documento, tem por objetivo descrever o projeto executivo para a


instalação dos cabos condutores do trecho Florianópolis – Biguaçu 2 do
Seccionamento da LT 138 KV Florianópolis – Itajaí Fazenda, com extensão
aproximada de 3,5 Km. Será instalado somente um cabo condutor CAA HAWK, 26/7,
477 MCM por fase, desde a torre 46 até a SE Biguaçu.

2 - DESCRIÇÃO DO PROJETO

O projeto foi desenvolvido, de acordo com os documentos padrões, Norma NBR 5422
e as Especificações Técnicas da ELETROSUL, respeitando as características básicas
da linha existente.

O circuito em projeto é constituído de um cabo condutor tipo CAA HAWK, 26/7, 477
MCM, por fase.

O cabo pára-raios existente na LT é OPGW.

No vão de entrada da SE Biguaçu serão instalados cabo pára-raios tipo aço


galvanizado 5/16”, tipo EHS, 7 fios complementando a proteção das fases da LT.

Estudos de Interferência elétricas e magnéticas foram realizadas em virtude do


cruzamento da linha com oleoduto da OPASC e gasoduto da GASBOL.

3 - CARACTERÍSTICAS DOS CABOS DA LT

3.1 - Dados Gerais dos Circuitos I e II

Tensão nominal entre fases 138 kV


Circuito duplo
Estruturas metálicas treliçadas, autoportantes
Disposição das fases vertical
Condutor 1 por fase, CAA HAWK, 26/7, 477 MCM
Pára-raios Aço galvanizado 5/16” HS e OPGW .

3.2 - Cabo Condutor CAA HAWK – 477 MCM

Os principais dados deste cabo são os seguintes:

Diâmetro (mm)........................................................... 21,78


Área (mm²)................................................................. 280,80
Formação................................................................... 26/7
Peso unitário (kgf/m).................................................. 0,9764
Carga de ruptura (kgf)............................................... 8.878
DOC. No REV. FOLHA 13
MEMÓRIA DESCRITIVA FINAL TRECHO: FLORIANÓPOLIS – BIGUAÇU 2 L093-5026-A4 0 3 de 13
Módulo de elasticidade final (kgf/mm²)...................... 7.593
Coeficiente de dilatação linear inicial (/°C)................ 18,4 x 10-6
Coeficiente de dilatação linear final (/°C).................. 18,9 x 10-6

3.3 - Cabo Pára-Raios 5/16” HS

Os principais dados deste cabo são os seguintes:

Diâmetro (mm)........................................................... 7,94


Área (mm²)................................................................. 38,36
Formação................................................................... 7 fios de aço galv.
Peso unitário (kgf/m).................................................. 0,305
Carga de ruptura (kgf)............................................... 3.630
Módulo de elasticidade final (kgf/mm²)...................... 19.330
Coeficiente de dilatação linear inicial (/°C)................ 11,5 x 10-6
Coeficiente de dilatação linear final (/°C).................. 11,5 x 10-6

3.4 - Definição da Temperatura Máxima de Projeto

A temperatura máxima do condutor utilizada na plotação das torres foi de 60º C,


conforme definido pela Eletrosul.

3.5 - Isoladores

Foram utilizados isoladores tipo disco com as seguintes características:

Isoladores de 120 kN de suspensão, concha-bola, disco de 146x254mm.

Nota: Os certificados de ensaios apresentados para o fornecimento dos materiais


acima, foram aprovados pela Eletrosul.

3.6 - Conjuntos de Fixação do Cabos

 Cadeia de Suspensão Simples para Cabo Condutor CAA 477 kCMIL 26/7
HAWK – Fixação Tipo “S”;

 Cadeia de Passagem para Cabo Condutor CAA 477 kCMIL HAWK – Fixação
Tipo “J”;

 Cadeia de Ancoragem para Cabo Condutor CAA 477 kcmil 26/7 HAWK –
Fixação Tipo “A”;

 Cadeia de Ancoragem para Cabo Condutor CAA 477 kcmil 26/7 HAWK,
Fixação Tipo "AP" para o Pórtico da SE Biguaçu;

 Cadeia de Ancoragem para Cabo Pára-Raios 5/16" HS, Fixação Tipo "CAP5"
para o Pórtico da SE Biguaçu;

DOC. No REV. FOLHA 13


MEMÓRIA DESCRITIVA FINAL TRECHO: FLORIANÓPOLIS – BIGUAÇU 2 L093-5026-A4 0 4 de 13
 Cadeia De Ancoragem do Pára-Raios 5/16" HS Fixações Tipo "CA5" - Torre
Tipo AT90H.

3.7 - Tipos e quantidades de Cadeias de Isoladores Utilizadas

 Cadeia de Suspensão Simples para Cabo Condutor CAA 477 kCMIL 26/7
HAWK – Fixação Tipo “S” – 18 cj;

 Cadeia de Passagem para Cabo Condutor CAA 477 kCMIL HAWK – Fixação
Tipo “J” – 6 cj;

 Cadeia de Ancoragem para Cabo Condutor CAA 477 kcmil 26/7 HAWK –
Fixação Tipo “A” – 33 cj;

 Cadeia de Ancoragem para Cabo Condutor CAA 477 kcmil 26/7 HAWK,
Fixação Tipo "AP" para o Pórtico da SE Biguaçu – 3 cj;

 Cadeia de Ancoragem para Cabo Pára-Raios 5/16" HS, Fixação Tipo "CAP5"
para o Pórtico da SE Biguaçu – 2 cj;

 Cadeia De Ancoragem do Pára-Raios 5/16" HS, Fixações Tipo "CA5" - Torre


Tipo AT90H – 2 cj.

3.8 - Acessórios

Foram utilizados entre outros, os seguintes acessórios:

 Luvas de Emendas para cabos condutores;


 Amortecedores de Vibração para cabos condutores;
 Placas de sinalização (inspeção aérea, numeração de estrutura,
indicação de fases e advertência à pedestre).

3.9 - Aterramento

Para o aterramento dos cabos pára-raios 5/16” HS na torre Nº 4-2 do vão de entrada
na SE Biguaçu, foi utilizado um “rabicho” do mesmo cabo preso em suas
extremidades por um prensa-fios e uma presilha bifilar.

4 - CONDIÇÕES DE PROJETO CONSIDERADAS

No cálculo das trações de governo foram consideradas, para os cabos condutores e


pára-raios, as seguintes condições de projeto:

Condição “1” Tração de maior ocorrência (EDS), considerada na temperatura


de maior duração (19 ºC), sem vento, e na condição final do cabo
(“creep” de 10 anos).

DOC. No REV. FOLHA 13


MEMÓRIA DESCRITIVA FINAL TRECHO: FLORIANÓPOLIS – BIGUAÇU 2 L093-5026-A4 0 5 de 13
Condição “2” Tração na temperatura mínima de projeto (0 oC) sem vento, e na
condição inicial do cabo.

Condição “3” Tração com vento extremo, na temperatura coincidente (12 ºC), e
na condição final do cabo (“creep” de 10 anos).

Condição “4” Tração com vento de retorno de 50 anos, na temperatura


coincidente (12 ºC), e na condição final do cabo (“creep” de 10
anos).

Notas:

 A tração máxima com vento extremo (retorno de 150 anos) não deve ultrapassar
70% da Carga de Ruptura (CR) do cabo e com vento de retorno de 50 anos não
deve ultrapassar 50% da CR;

 No trecho Torre 46 / Torre 1-1, do trecho Florianópolis – Biguaçu, será aplicada


tração EDS reduzida no condutor de 1475 kgf com tração máxima de 2513 kgf ou
28,3% da carga de ruptura;

 No trecho Torre 4-2 / Pórtico SE Biguaçu, do trecho Florianópolis – Biguaçu, será


aplicada tração EDS reduzida no condutor de 214 kgf com tração máxima de 586
kgf ou 6,6% da carga de ruptura. As trações do cabo pára-raios 5/16” HS estão
descritas no item 5 deste documento;

Conforme dados climáticos e cargas de vento existentes, foram consideradas as


seguintes pressões de vento:

Pressão de vento (kgf/m2) Pressão de vento (kgf/m2)


Cabo
com retorno de 150 anos com retorno de 50 anos
Condutor 115,2 96,1
Pára-raios 120,4 100,0

5 - TRAÇÕES DE GOVERNO DO CABO CONDUTOR HAWK

As trações plenas consideradas para cada uma das condições de projeto indicadas
anteriormente foram as seguintes:

Condição “1” H1 = 1.776 kgf (20,0 % CR)

Condição “2” H2 = 2.415 kgf (27,2 % CR)

Condição “3” H3 = 4.666 kgf (52,6 % CR)

Condição “4” H4 = 4.046 kgf (45,6 % CR)

DOC. No REV. FOLHA 13


MEMÓRIA DESCRITIVA FINAL TRECHO: FLORIANÓPOLIS – BIGUAÇU 2 L093-5026-A4 0 6 de 13
Partindo da condição “1” de projeto, a qual foi mantida constante, foram calculadas as
trações correspondentes às outras condições, sendo obtidos os valores da tabela a
seguir:

Condição de Projeto
Vão
“1” (partida) “2” “3” “4”
(m)
(trações em kgf) (trações em kgf) (trações em kgf) (trações em kgf)
100 1.776 2.415 2.680 2.527
200 1.776 2.178 3.315 3.033
300 1.776 2.009 3.748 3.373
400 1.776 1.919 4.041 3.597
500 1.776 1.871 4.244 3.747
600 1.776 1.843 4.386 3.851
700 1.776 1.826 4.489 3.924
800 1.776 1.814 4.565 3.977
900 1.776 1.806 4.622 4.016
1.000 1.776 1.800 4.666 4.046

Observando-se os valores constantes da tabela acima, pode-se concluir que a partida


na condição “1” atende às outras limitações para a faixa de vãos de 100 a 1.000 m,
não havendo, como conseqüência, valores de vãos críticos.

6 - TRAÇÕES DE GOVERNO DO CABO PÁRA-RAIOS 5/16” HS

A condição de governo (EDS) do cabo pára-raios foi definida considerando-se a


seguinte relação: flecha (p. raios) = 90% flecha (condutor) na condição de EDS.

A tração reduzida EDS do condutor, para o vão entre a torre 4-2 e o pórtico da SE
Biguaçu, é de 214 kgf. Portanto, através da relação de flechas e das condições de
projeto indicadas anteriormente, foram consideradas as seguintes trações para o
pára-raios 5/16” HS:

Condição “1” H1 = 75 kgf (2,1 % CR)

Condição “2” H2 = 77 kgf (2,1 % CR)

Condição “3” H3 = 206 kgf (5,7 % CR)

Condição “4” H4 = 242 kgf (6,7 % CR)

Partindo da condição “1” de projeto, a qual foi mantida constante, foram calculadas as
trações correspondentes às outras condições, sendo obtidos os valores da tabela a
seguir:

Vão Condição de Projeto

DOC. No REV. FOLHA 13


MEMÓRIA DESCRITIVA FINAL TRECHO: FLORIANÓPOLIS – BIGUAÇU 2 L093-5026-A4 0 7 de 13
“1” (partida) “2” “3” “4”
(m)
(trações em kgf) (trações em kgf) (trações em kgf) (trações em kgf)
69 75 77 205 240
91 75 76 206 242

Observando-se os valores constantes da tabela acima, pode-se concluir que a partida


na condição “1” atende às outras limitações para os vãos considerados, não havendo,
como conseqüência, valores de vãos críticos.

7 - DISTÂNCIAS DE SEGURANÇA

7.1 - Distancias Horizontais e Verticais Mínimas

Considerando-se que a LT é existente, o documento referente a distâncias horizontais


não foi elaborado. Quanto a distancias verticais mínimas obedeceram aos padrões
Eletrosul conforme documento Nº L093-4008-A4.

8 - PROJETO EM PLANTA E PERFIL

Foi utilizado o mesmo projeto em Planta e Perfil do seccionamento LT 138 kV


Florianópolis – Camboriú ( Morro do Boi ) trecho Biguaçu – Florianópolis que está
representado em folhas de Planta e Perfil e desenhado em padrão A1, nas escalas
1:5.000 horizontal e 1:500 vertical.

9 - LISTA DE CONSTRUÇÃO

A Lista de Construção da LT foi elaborada de modo a conter todas as informações


relativas às fundações (existentes), torres (existentes), ferragens e acessórios
necessários ao lançamento dos cabos condutores.

A lista contém, ainda, a relação de desenhos específicos da LT, dos desenhos gerais
de instalação e montagem, e instruções diversas necessárias para a construção.

10 - PROJETO DE TRAVESSIAS

Foram elaborados projetos de travessias sobre oleoduto OPASC e gasoduto da


GASBOL.

DOC. No REV. FOLHA 13


MEMÓRIA DESCRITIVA FINAL TRECHO: FLORIANÓPOLIS – BIGUAÇU 2 L093-5026-A4 0 8 de 13
11 - RESUMO DAS QUANTIDADES DOS MATERIAIS

ITEM DESCRIÇÃO UNID. QUANT.


1. FERRAGENS
Cadeia de Suspensão Simples para Cabo Condutor CAA
477 kCMIL 26/7 HAWK – Fixação Tipo “S”, conforme des.
1.1 Nº L093-5036-A3 cj 18

Cadeia de Passagem para Cabo Condutor CAA 477


kCMIL HAWK – Fixação Tipo “J”, conforme figura 2 do
1.2 des. Nº L093-5037-A3 cj 6

Cadeia de Ancoragem para Cabo Condutor CAA 477 kcmil


26/7 HAWK – Fixação Tipo “A”, conforme des. N°L093-
1.3 5037-A3 cj 33

Cadeia de Ancoragem para Cabo Condutor CAA 477 kcmil


26/7 HAWK, Fixação Tipo "AP" para o Pórtico da SE
1.4 Biguaçu, conforme des. N°L093-5047-A3 cj 3

Cadeia de Ancoragem para Cabo Pára-Raios 5/16" HS,


Fixação Tipo "CAP5" para o Pórtico da SE Biguaçu,
1.5 conforme des. N°L093-5046-A3 cj 2

Cadeia De Ancoragem do Pára-Raios 5/16" HS Fixações


Tipo "CA5" - Torre Tipo AT90H, conforme des. N°L093-
1.6 5048-A3 cj 2

Luva de Emenda para CAA HAWK, fabricante FORJASUL


1.7 ou similar. un 6

Luva de Reparo para CAA HAWK, fabricante FORJASUL


1.8 ou similar. un 3

1.9 Amortecedor para Cabo CAA 477 kCMIL 26/7 HAWK. un 63

2 ISOLADORES
2.1 Isoladores de 120 kN, concha-bola, disco de 146x254mm un 633

3. CABOS
3.1 Cabo CAA 477 kcmil, HAWK t 10,5

3.2 Cabo 5/16" HS m 150

4. SINALIZAÇÃO
4.1 Placa de Identificação de Fases – Fase A pç 4

DOC. No REV. FOLHA 13


MEMÓRIA DESCRITIVA FINAL TRECHO: FLORIANÓPOLIS – BIGUAÇU 2 L093-5026-A4 0 9 de 13
4.2 Placa de Identificação de Fases – Fase B pç 4

4.3 Placa de Identificação de Fases – Fase C pç 4

4.4 Placa Suporte para Placas de Identificação de Fases pç 12

4.5 Parafuso Gancho para Fixação das Placas de Sinalização pç 24

Adesivos de Identificação do Nome da Linha


4.6 (T047 a T057) un 11

12 - LISTA DE DOCUMENTOS E DESENHOS ELABORADOS

N° ELETROSUL RELATÓRIOS - DESCRIÇÃO

L093-5004-A4 ELENCO GERAL DE DESENHOS

ESTUDO DE COORDENAÇÃO DE ISOLAMENTO ( VER DESENHO L093-4009-


-
A4 )

- DEFINIÇÃO DAS DISTÂNCIAS ELÉTRICAS ( VER DESENHO L093-4009-A4 )

CONDIÇÕES DE GOVERNO DOS CABOS CONDUTORES HAWK E PÁRA-


L093-5005-A4
RAIOS 5/16” HS

L093-5006-A4 TABELAS DE FLECHAS E TRAÇÕES DO CABO CONDUTOR

TABELA DE DISTÂNCIAS ELÉTRICAS VERTICAIS E HORIZONTAIS ( VER


-
DESENHO L093-4008-A4 )

- SILHUETAS E CARGAS DE PROJETO ( VER DESENHO L093-4010-A4 )

ESTUDO DO BALANÇO DAS CADEIAS DAS TORRES DE SUSPENSÃO ( VER


-
DESENHO L093-4010-A4 )

DESEMPENHO A DESCARGAS ATMOSFÉRICAS (VER DESENHO L093-4009-


-
A4 )

- CORONA VISUAL ( VER DESENHO L093-4011-A4 )

DOC. No REV. FOLHA 13


MEMÓRIA DESCRITIVA FINAL TRECHO: FLORIANÓPOLIS – BIGUAÇU 2 L093-5026-A4 0 10 de 13
- LARGURA DA FAIXA DE SEGURANÇA ( VER DESENHO L093-4011-A4 )

L093-5010-A4 LISTA ESTIMATIVA DE MATERIAL TRECHO: FLORIANÓPOLIS - BIGUAÇU

INSTRUÇÃO PARA INSTALAÇÃO DE AMORTECEDORES DO CABO


L093-5014-A4 CONDUTOR
TRECHO: FLORIANÓPOLIS - BIGUAÇU

TABELA DE ESTICAMENTO E CORREÇÃO DO GRAMPEAMENTO DOS CABOS


L093-5016-A4 CONDUTORES HAWK E PÁRA-RAIOS 5/16” HS
TRECHO: FLORIANÓPOLIS - BIGUAÇU

L093-5018-A4 LISTA DE CONSTRUÇÃO TRECHO: FLORIANÓPOLIS - BIGUAÇU

ESTUDO DA AMPACIDADE DO CABO CONDUTOR CAA 477 MCM ( HAWK )


L093-5020-A4
TRECHOS: BIGUAÇU - ITAJAÍ FAZENDA E BIGUAÇU - FLORIANÓPOLIS

ESTUDO DE INTERFERÊNCIAS ELÉTRICAS NO OLEODUTO OPASC DA


L093-5021-A4 PETROBRÁS TRECHOS: BIGUAÇU - ITAJAÍ FAZENDA E BIGUAÇU -
FLORIANÓPOLIS

ESTUDO DE INTERFERÊNCIAS ELÉTRICAS NO GASODUTO DA GASBOL


L093-5022-A4
TRECHOS: BIGUAÇU - ITAJAÍ FAZENDA E BIGUAÇU - FLORIANÓPOLIS

L093-5026-A4 MEMÓRIA DESCRITIVA FINAL TRECHO: FLORIANÓPOLIS - BIGUAÇU

N° ELETROSUL DESENHOS GERAIS - DESCRIÇÃO

L093-5035-A1 SAÍDA DAS LT'S 230 kV NA SE BIGUAÇU

CADEIA DE SUSPENSÃO SIMPLES DO CONDUTOR HAWK


L093-5036-A3
FIXAÇÃO TIPO "S" - TORRE TIPO S3H

CADEIA DE ANCORAGEM E DE PASSAGEM DO CONDUTOR HAWK


L093-5037-A3
FIXAÇÕES TIPO "A" E "J" - TORRES TIPO AM45H E AT90H

INSTALAÇÃO DE AMORTECEDOR DE VIBRAÇÃO


L093-5038-A3
REF: F4000 - 04 - CONDUTOR HAWK

PLANTA E PERFIL - TRECHO FLORIANÓPOLIS - BIGUAÇU


L093-5040-A1
CIRCUITO ESQUERDO

TRAVESSIA SOBRE GASODUTO (TBG)


L093-5042-A1 TECHO: FLORIANÓPOLIS - BIGUAÇU
CIRCUITO ESQUERDO

DOC. No REV. FOLHA 13


MEMÓRIA DESCRITIVA FINAL TRECHO: FLORIANÓPOLIS – BIGUAÇU 2 L093-5026-A4 0 11 de 13
TRAVESSIA SOBRE OLEODUTO (PETROBRÁS)
L093-5044-A1 TRECHO: FLORIANÓPOLIS - BIGUAÇU
CIRCUITO ESQUERDO

CADEIA DE ANCORAGEM DO PÁRA-RAIOS 5/16" HS


L093-5045-A1
FIXAÇÕES TIPO "CA5" - TORRE TIPO AT90H (T.4-2)

CADEIA DE ANCORAGEM DO PÁRA-RAIOS 5/16" HS


L093-5046-A1
FIXAÇÕES TIPO "CAP5" - PÓRTICO SE BIGUAÇÚ

CADEIA DE ANCORAGEM DO CONDUTOR HAWK


L093-5047-A1
FIXAÇÕES TIPO "AP" - PÓRTICO SE BIGUAÇÚ

CADEIA DE ANCORAGEM DO CABO PÁRA-RAIOS 5/16” HS FIXAÇÃO TIPO


L093-5048-A1
“CA5” - TORRE TIPO AT90H ( 4-2 ) TRECHO: FLORIANÓPOLIS - BIGUAÇU

N° ELETROSUL DESENHOS DE FABRICANTES - DESCRIÇÃO

L093-5055-A4 ISOLADOR 255 x 146 - 120 Kn / TIPO ANSI C29-2 TIPO J

PROLONGADOR ELO BOLA


L093-5056-A4

CONCHA OLHAL
L093-5057-A4

GRAMPO DE SUSPENSÃO TRIARTICULADO


L093-5058-A4

PROLONGADOR ELO BOLA


L093-5059-A4

MANILHA
L093-5060-A4

GRAMPO DE ANCORAGEM A COMPRESSÃO


L093-5061-A4

GRAMPO DE SUSPENSÃO TRIARTICULADO


L093-5062-A4

ARMADURA HELIFORMADA
L093-5063-A4

L093-5064-A4 LUVA DE REPARO - CABO CAA 477 MCM - HAWK

DOC. No REV. FOLHA 13


MEMÓRIA DESCRITIVA FINAL TRECHO: FLORIANÓPOLIS – BIGUAÇU 2 L093-5026-A4 0 12 de 13
LUVA DE EMENDA A COMPRESSÃO
L093-5065-A4 PARA CABO CAA 477 MCM HAWK

AMORTECEDOR DE VIBRAÇÃO STOCKBRIDGE


L093-5066-A4 PARA CABO 477 MCM HAWK

ELO-OLHAL 90°
L093-5067-A4

GRAMPO DE ANCORAGEM A COMPRESSÃO


L093-5068-A4

DUPLICADOR
L093-5069-A4

GARFO-GARFO
L093-5070-A4

PRESILHA CIRCULAR
L093-5071-A4

CHAPA DE EXTENSÃO
L093-5072-A4

PROLONGADOR ELO BOLA


L093-5073-A4

L093-5074-A4 CHAPA DE EXTENSÃO

DOC. No REV. FOLHA 13


MEMÓRIA DESCRITIVA FINAL TRECHO: FLORIANÓPOLIS – BIGUAÇU 2 L093-5026-A4 0 13 de 13