Você está na página 1de 3

4)

A ideia é encontrar uma reta perpendicular que passe pelo ponto 𝑃, ou seja, uma reta que forme 90° com a reta
oferecida e que possua o ponto 𝑃.

Vamos chamar a reta do problema de “𝑟” e a reta procurada de “𝑠” e definirmos a regra de 𝑟 como (𝑦 = 2 − 3𝑥) e a
regra de 𝑠 como (𝑦 = 𝑎𝑥 + 𝑏), vamos ter que:
1 1
𝑆𝑒 𝑟 ⊥ 𝑠, 𝑒𝑛𝑡ã𝑜 𝑎 = − =
−3 3
Logo, a regra de “𝑠” pode ser reescrita como
𝑥
(𝑦 = + 𝑏)
3
e, sabendo que essa reta deve passar pelo ponto 𝑃(2, −5),
2 2 2 15 13
−5 = +𝑏 → − −5=𝑏 → − − =𝑏→− =𝑏
3 3 3 3 3
Desta forma, a reta “𝑠” tem como regra
𝑥 13
(𝑦 = − ).
3 3
Para encontrar a distância, vamos determinar o ponto 𝑄 de coincidência das retas, para isso igualamos as duas retas:
𝑥 13 𝑥 13 𝑥 9𝑥 6 13 19
(2 − 3𝑥 = − ) → ( + 3𝑥 = 2 + ) → ( + = + ) → (10𝑥 = 19) → (𝑥 = )
3 3 3 3 3 3 3 3 10
Usando uma das retas para determinar 𝑦, temos que:
19 20 57 37
(𝑦 = 2 − 3𝑥) → (𝑦 = 2 − [3 ∙ ]= − ) → (𝑦 = − )
10 10 10 10
Assim temos o ponto 𝑄, ou seja:
19 37
𝑄=( ,− )
10 10
Agora basta calcular a distância entre 𝑄 e 𝑃.

2 2
19 37 1 2 13 2 170 √170
𝐷𝑖𝑠𝑡(𝑄, 𝑃) = √( √
− 2) + (− − [−5]) = (− ) + ( ) = √ =
10 10 10 10 100 10
5)
Vamos chamar as 3 retas de “𝑟”, “𝑠” e “𝑡”, sendo
𝑥 2
𝑟: 𝑦 = +
3 3
3𝑥 6
𝑠: 𝑦 = +
2 2
𝑡: 𝑦 = −2𝑥 + 3
Para encontrar a circunferência circunscrita no triangulo formado pelas 3 retas, primeiro precisamos encontrar os
pontos em que as retas se tocam, são eles 𝑃1 , 𝑃2 𝑒 𝑃3

𝑃1 : Igualando 𝑟 e 𝑠
𝑥 2 3𝑥 6 3𝑥 𝑥 6 2 9𝑥 2𝑥 18 4 7𝑥 14 14
( + = + )→( − =− + )→( − =− + ) → ( = − ) → (𝑥 = − ) → 𝑥 = −2
3 3 2 2 2 3 2 3 6 6 6 6 6 6 7
Substituindo em uma das retas:
2 2
𝑦=− + =0
3 3
𝑃1 = (−2 , 0)
𝑃2 :Igualando 𝑠 e 𝑡
3𝑥 6 3𝑥 6 3𝑥 4𝑥 7𝑥
( + = −2𝑥 + 3) → ( + 2𝑥 = 3 − ) → ( + = 0) → ( = 0) → 𝑥 = 0
2 2 2 2 2 2 2
Substituindo em uma das retas:

𝑦 = −2 ⋅ 0 + 3 = 3
𝑃2 = (0, 3)
𝑃3 : Igualando 𝑡 e 𝑟
𝑥 2 𝑥 2 𝑥 6𝑥 9 2 7𝑥 7
(−2𝑥 + 3 = + ) → ( + 2𝑥 = 3 − ) → ( + = − )→( = )→𝑥=1
3 3 3 3 3 3 3 3 3 3
Substituindo em uma das retas:

𝑦 = −2 ⋅ (1) + 3 = 1

𝑃3 = (1, 1)
Utilizando a equação da reta, utilizamos os 3 pontos para encontrar a circunferência:

(𝑥 − 𝑎)2 + (𝑦 − 𝑏)2 = 𝑟 2

Basta utilizar os 3 pontos e encontrar a circunferência que cruze os 3:

(−2 − 𝑎)2 + (0 − 𝑏)2 = 𝑟 2 4 + 4𝑎 + 𝑎2 + 𝑏 2 = 𝑟 2


2 2 2
{ (0 − 𝑎) + (3 − 𝑏) = 𝑟 → 𝑎2 + 9 − 6𝑏 + 𝑏 2 = 𝑟 2
(1 − 𝑎)2 + (1 − 𝑏)2 = 𝑟 2 1 − 2𝑎 + 𝑎2 + 1 − 2𝑏 + 𝑏 2 = 𝑟 2

Subtraindo a primeira equação da segunda:


5 6𝑏
5 − 4𝑎 − 6𝑏 = 0 → 4𝑎 = 5 − 6𝑏 → 𝑎 = −
4 4
Substituindo a primeira equação na terceira, temos

−2 − 6𝑎 − 2𝑏 = 0
Substituindo
5 6𝑏
𝑎= −
4 4
Teremos:
5 6𝑏 30 36𝑏 38 38 38
−2 − 6 ( − ) − 2𝑏 = 0 → −2 − + − 2𝑏 = 0 → − + 7𝑏 = 0 → 7𝑏 = →𝑏=
4 4 4 4 4 4 28
Substituindo na fórmula anterior
38
5 6 (28) 5 57 35 57 22
𝑎= − = − = − =−
4 4 4 28 28 28 28
Utilizando qualquer uma das equações, encontramos o 𝑟:

22 22 2 38 2 3136 2464 484 1444 2600 √2600


4 + 4 (− ) + (− ) + ( ) = 𝑟 2 → − + + = 𝑟2 → 𝑟 = √ =
28 28 28 784 784 784 784 784 28

Eq:

22 2 38 2 2600 2
(𝑥 + ) + (𝑦 − ) = ( )
28 28 784