Você está na página 1de 7

Nome: BRUNO Série: 6º Data: 06 / 12 / 17 .

Disciplina: CIENCIAS Profª: GABI .


como funcionam os biomas
Introdução
As preocupações em relação às questões ecológicas são atualmente bastante exploradas
nos diversos meios de comunicação, nas empresas, nos governos e nas salas de aulas de
todos os graus. Isto porque as reservas naturais do planeta têm sido ameaçadas por um
conjunto de ações humanas, principalmente em decorrência do enorme crescimento
populacional do último século e modo degradante de exploração
dos seus recursos . O consumo exagerado em muitos países do
hemisfério norte, a miséria nos trópicos, juntamente com a expansão agrícola e a poluição
alteram os ciclos biogeoquímicos e climáticos da terra. A biodiversidade sofre com a
irreversível extinção de espécies. Embora, a “crise das espécies” seja, por si só, um fato
grave, outra crise, a dos biomas, preocupa ainda mais, pois resulta na perda dos ambientes
naturais onde as espécies nascem e desenvolvem-se.

Qual a diferença entre biomas e ecossistemas ?


Qual a diferença entre bioma e ecossistema? Essa é uma pergunta comum, porém a resposta
não é tão óbvia. Para ilustrar, vamos ver as definições que o Instituto Brasileiro de Geografia
e Estatística (IBGE) nos dá:

“Ecossistema - Sistema integrado e auto-funcionante que consiste em interações dos


elementos bióticos e abióticos e cujas dimensões podem variar consideravelmente.”

“Bioma - Conjunto de vida (vegetal e animal) definida pelo agrupamento de tipos de


vegetação contíguos e identificáveis em escala regional, com condições geoclimáticas
similares e história compartilhada de mudanças, resultando em uma diversidade biológica
própria.”

Biomas do Brasil
O Brasil pela sua localização geográfica e seu tamanho continental (8.514.877 km2) abriga seis biomas, segundo o Instituto
Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Vamos ver algumas de suas características:

Amazônia
©iStockphoto.com/William Walsh
Amazônia é o maior bioma brasileiro.

A floresta amazônica é a maior e mais diversa floresta tropical do planeta, com quase 7 milhões de km 2 e abrigando mais de
um terço das espécies existentes no mundo. Sendo que, mais da metade deste bioma está localizado em terras brasileiras. A
Amazônia não é só uma floresta, lá está localizado a maior bacia hidrográfica do mundo, a bacia amazônica, com mais de
1.100 afluentes. Para se ter uma idéia, dos mais de 2.000 mm de chuva que caem na floresta por ano, 50% são oriundas da
água evaporada da própria bacia.
A Amazônia pode ser dividida em dois tipos de relevo: as várzeas que se estendem ao longo dos rios e estão sempre
inundadas e as florestas de terra firme, que cobrem a maior parte da floresta. Estes relevos, dependendo da visão, poderiam
ser considerados dois biomas diferentes.

Apesar da grande riqueza da floresta, o solo, mais do que em outros biomas de florestas tropicais, é extremamente pobre,
sendo que apenas 10% da Amazônia possuem solos férteis o bastante para atividade agrícola.

Mata Atlântica

A Mata Atlântica já cobriu cerca de 15% do território nacional. Hoje, restam apenas cerca de 7% da cobertura original da
Mata. Por isso, é a floresta tropical mais ameaçada do mundo, sendo considerada um dos cinco principais hotspots de
biodiversidade do planeta. A Mata Atlântica, juntamente com a Amazônia, compreende um terço da área de florestas tropicais
da Terra.
Este bioma se formou sobre uma extensa cadeia de montanhas que acompanha quase todo o litoral brasileiro. Por isso alguns
autores a considerem como um mosaico de biomas, como as florestas úmidas de Araucária, as matas de encosta e a floresta
estacional semidecídua, que é encontrada principalmente no interior de São Paulo, sendo classificada como uma floresta
tropical sazonal.

Nela são encontrados diversos animais ameaçados de extinção, como o mico-leão-dourado, o cachorro-vinagre e o mono-
carvoeiro.

Cerrado

O bioma Cerrado se caracteriza por diversas fisionomias. Estas formações variam desde o cerradão, que se assemelha a uma
floresta, no entanto mais seca, passando pelo cerrado mais comum no Brasil central, com árvores baixas e esparsas, até o
campo cerrado, campo sujo e campo limpo com uma progressiva redução da densidade arbórea. Ali, ainda encontram-se as
florestas de galeria que seguem os cursos dos rios. Apesar de possuir uma aparência árida e ter solo pobre apresenta uma rica
biodiversidade, sendo considerado o bioma de savana mais diverso do planeta com mais de 10 mil espécies de plantas.

Como a Mata Atlântica, o Cerrado sofreu profundas alterações em decorrência da ocupação antrópica e hoje restam menos de
20% da formação original, apontando com um dos hotspots de biodiversidade.

Caatinga

A Caatinga, palavra de origem tupi que significa “mata branca”, provavelmente recebe esse nome em alusão a vegetação sem
folhas que predomina durante o verão. Este é um bioma que para alguns é exclusivamente brasileiro. Apesar de raso e conter
uma grande quantidade de pedras, o solo é razoavelmente fértil. No entanto, as secas prolongadas que às vezes podem durar
mais de um ano e o da maioria dos rios serem sazonais, com exceção do rio São Francisco, a agricultura na região só se torna
viável com a construção de açudes e irrigação do solo. Essas técnicas têm transformado o solo dessas regiões, que se
encontra muitas vezes salinizado.

Apesar de toda aridez, a caatinga agrupa uma grande diversidade biológica, sendo que duas das aves mais ameaçadas do
Brasil ali se originam: a ararinha-azul (Anodorhynchus spix), considerada extinta na natureza e a arara-azul-de-lear
(Anodorhynchus leari).

Pantanal

©iStockphoto.com/Torsten Karock
Dependendo da época do ano, o Pantanal fica com 80% da área submersa

Os rios que cortam o Pantanal, principalmente o Paraná, com o início do trimestre chuvoso em novembro, elevam seu nível
de água e acabam desaguando no Pantanal. Por esta razão o Pantanal é conhecido como a maior área alagável do planeta,
podendo ficar com 80% da sua área submersa, o que equivale a uma área de 144.294 km2 do pantanal brasileiro. A partir de
maio inicia-se a "vazante" e as águas começam a baixar lentamente até o solo secar totalmente. Áreas de Cerrado, Caatinga e
de matas ciliares são comuns no Pantanal, transformando este bioma, como outros, em um mosaico de biomas.

Apesar da grande biodiversidade, com 1.647 espécies de plantas e mais de 1.000 espécies de vertebrados superiores, o
Pantanal apresenta baixo endemismo, conceito de espécies exclusiva de uma determinada região. Para se ter uma idéia todas
as plantas e animais superiores que lá se encontram são comuns em outros biomas brasileiros. No entanto, o local se tornou
um refúgio para muitas espécies de animais que se tornaram extintas em outros biomas.

Pampa

É chamado de Pampa o bioma de campo temperado que ocorre no sul do Brasil, além da Argentina e Uruguai. Esses campos
são dominados por gramíneas que variam entre 10 e 50 cm de altura e o solo é naturalmente fértil. Com isso, a agricultura
rapidamente se expandiu nesta região, causando a desertificação do solo.

O pampa gaúcho, que corresponde a 63% do território do Rio Grande do Sul, é um dos maiores centros de biodiversidade
campestre do mundo, os 41% de vegetação nativa restantes abrigam cerca de 3 mil espécies de plantas e estima-se algo em
torno de uma centena de mamíferos terrestres, como o Lobo Guará, o Veado Campeiro e Gato dos Pampas (Felis Colocolo)
ameaçado de extinção , e 400 aves como a Curruíra do Campo e o Papa Mosca do Campo.

1) No Brasil existe uma rica variedade de paisagens naturais também conhecidas como:
(A) plantas
(B) biomas
(C) rios
(D) oceanos

2) A maior parte da floresta tropical do mundo está localizada no estado do:


(A) Ceará
(B) Amazonas
(C) Piauí
(D) Rio Grande do Norte
3) Devido a variedade de espécies de plantas e animais que há na Mata Atlântica dizemos que há:
(A) reflorestamento
(B) biodiversidade
(C) sustentabilidade
(D) desmatamento

4) O cerrado é o bioma dominante na região:


(A) Sudeste
(B) Nordeste
(C) Centro-Oeste
(D) Sul

5) O único bioma exclusivamente brasileiro é a:


(A) caatinga
(B) cerrado
(C) Floresta Amazônica
(D) Mata Atlântica

6) Associe:
(A) Floresta Amazônica
(B) Mata Atlântica
(C) cerrado
(D) caatinga
( B ) Localiza-se próximo ao litoral ou em trechos montanhosos, onde chove com frequência,
( A ) A região da floresta é úmida e quente na maior parte do ano, é a maior floresta tropical do mundo.
( D ) É o único bioma exclusivamente brasileiro e o menos conhecido de todos.
( C ) É composto por árvores não muito altas, separadas por áreas onde predominam as gramíneas.

7) Complete com as palavras: biodiversidade, Chico Mendes, desmatamento


O desmatamento__________________é um problema grave que compromete a sobrevivência de muitos seres vivos.
A uma grande diversidade de espécies chamamos de biodiversidade__________.
_________________chico mendes_________________foi um homem muito importante na luta pela preservação da Floresta
Amazônica e pelos direitos dos povos que vivem nela.

8) Assinale o bioma que há na região onde você mora:


(A) cerrado
(B) Pantanal
(C) Mata Atlântica
(D) Floresta Amazônica

9) Complete com (V) para as frases verdadeiras e (F) para as frases falsas:
( v ) A Floresta Amazônica é banhada pelo rio Amazonas e seus inúmeros afluentes.
( f ) A vitória-régia é uma planta típica da região Sul.
( v) A Mata Atlântica é importante não somente pela biodiversidade que abriga, mas também pela manutenção das encostas.
( v ) O cerrado é o bioma dominante na região Centro-oeste, mas também ocorrem trechos de cerrado no Nordeste
(Maranhão), no Norte (Tocantins) e no sudeste (Minas Gerais e São Paulo).
( f ) As plantas e os animais da caatinga apresentam certas características que os ajudam a enfrentar o frio e a neve.

Estados físicos da matéria


Quando nos referimos à água, a idéia que nos vem de imediato à mente é a de um líquido fresco e incolor. Quando nos
referimos ao ferro, imaginamos um sólido duro. Já o ar nos remete à idéia de matéria no estado gasoso.
Toda matéria que existe na natureza, se apresenta em uma dessas formas – líquida, sólida ou gasosa. É o que chamamos de
estados físicos da matéria.
No estado sólido, as moléculas de água estão bem "presas" umas às outras e se movem muito pouco: elas ficam
"balançando", vibrando, mas sem se afastarem muito umas das outras. Não é fácil variar a forma e o volume de um objeto
sólido, como a madeira de uma porta ou o plástico de que é feito uma caneta, por exemplo.
O estado líquido é intermediário entre o sólido e o gasoso, as moléculas estão mais soltas e se movimentam mais que no
estado sólido. Os corpos no estado líquido não mantém uma forma definida, mas adotam a forma do recipiente que os
contém, pois as moléculas deslizam umas sobre as outras. Na superfície plana e horizontal, a matéria quando em estado
líquido também se mantém na forma plana e horizontal.
No estado gasoso, a matéria está muito expandida e, muitas vezes, não podemos percebê-la visualmente. Os corpos no estado
gasoso não possuem volume nem forma próprios e também adotam a forma do recipiente que os contém. No estado gasoso,
as moléculas se movem mais livremente que no estado líquido, estão muito mais distantes uma das outras que no estado
sólido ou líquido e se movimentam em todas as direções. Frequentemente há colisões entre elas, que se chocam também com
a parede do recipiente em que estão. É como se fossem abelhas presas em uma caixa e voando em todas as direções.
Resumindo: No estado sólido as moléculas de água vibram em posições fixas. No estado líquido, as moléculas vibram em
posições fixas. No estado líquido, as moléculas vibram fortemente: quando acontece mudança na posição inicial, as
moléculas deslizam umas sobre as outras. No estado gasoso (vapor), as moléculas se movimentam mais intensamente de
forma desordenada.

QUESTÕES

1) Quais são os estados físicos da matéria?


______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
2) Como ficam as moléculas em estado líquido?
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
3) Como ficam as moléculas em estado sólido?
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
4) Como ficam as moléculas em estado gasoso?
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
5) Dê 3 exemplos de substancias em estado:
I. Sólido:___sorvete, gelo ________________________________________________________________
II. Líquido:_agua_________________________________________________________________
III. Gasoso:__vapor ________________________________________________________________

6) Na natureza, a água passa constantemente de um estado físico para outro, sendo que a energia solar é a
principal responsável por essa mudanças.Baseando-se nas mudanças de estados físicos da água, explique por
que uma roupa molhada, ao ficar estendida ao Sol, seca.

7) Identifique que mudanças de estados físicos ocorreram em cada situação:

 O suco congelou na geladeira.: ___Solidificação_____________________________________


 A calçada secou depois da chuva.: ___Evaporação_____________________________________
 O picolé derreteu: ______________Liquidificação__________________________
 A naftalina desapareceu da gaveta.: _____Sublimação ___________________________________

Em muitas cidades, a água é extraída diretamente de rios, lagos e nascentes. Nem todas elas dispõem de
estações de tratamento de água, que são locais especializados para fazer com que a água se torne própria ao
consumo.

8) Marque a única opção correta sobre a água.

a) A água é caracterizada por ser inodora por que não apresenta cor.
b) A água é conhecida como solvente universal.
c) Quando visualizamos uma água bem cristalina podemos afirmar que ela está ideal para ser ingerida.
d) Os únicos estados físicos da água são: líquido e sólido.

9) Relacione as colunas, de acordo com as mudanças de estados físicos e seus exemplos.


A- Fusão ( c ) Após a formação de muitas nuvens, aconteceu um
forte temporal.
B- Ebulição ( b ) A água ferveu para fazer o café.
C- Solidificação ( e ) Mamãe congelou o suco para amanha.
D- Evaporação ( a ) A roupa secou no varal.
E- Condensação ( d ) O picolé derreteu na praia.

10) A contínua circulação da água na natureza constitui o chamado ciclo da água, que se relaciona ao
conjunto das mudanças de lugar e de estado físico da água ao longo do tempo. Ao receber o calor do Sol,
a água presente nos rios, lagos, mares, no solo e nas plantas modifica seu estado físico e sobe formando
as nuvens. Essas, por sua vez, são levadas pelos ventos e precipitam a água, agora no estado líquido,
sobre outras regiões do planeta, que escorrem até os grandes mananciais (mares, rios, lagos etc.) ou são
absorvidos pelas plantas ou pelo solo, tornando a entrar no ciclo anterior.
Desta forma, a água muda de fase quando recebe calor do Sol e quando torna-se líquido nas nuvens. Os
nomes que damos a esses fenômenos são, respectivamente:

A) Evaporação e condensação
B) Condensação e sublimação
C) Sublimação e evaporação
D) Solidificação e condensação

11) Qual das alternativas abaixo indica uma relação entre as etapas EVAPORAÇÃO e PRECIPITAÇÃO,
referente aos versos da letra da música “Planeta Água”, de Guilherme Arantes?
I - Água que nasce na fonte serena do mundo e que abre um profundo grotão.
II - Águas que caem das pedras, no véu das cascatas, ronco de trovão e depois
dormem tranquilas no leito dos lagos.
III - Água que o sol evapora, pro céu vai embora, virar nuvem de algodão.
IV - Gotas de água da chuva, alegre arco-íris sobre a plantação.
V - Águas que movem moinhos são as mesmas águas que encharcam o chão e sempre voltam humildes
pro fundo da terra.
A alternativa correspondente à relação estabelecida é:

A) I e IV
B) II e III
C) III e IV
D) I e V

12) As florestas tropicais estão entre os maiores, mais diversos e complexos biomas do planeta. Novos
estudos sugerem que elas sejam potentes reguladores do clima, ao provocarem um fluxo de umidade para
o interior dos continentes, fazendo com que essas áreas de floresta não sofram variações extremas de
temperatura e tenham umidade suficiente para promover a vida. Um fluxo puramente físico de umidade do
oceano para o continente, em locais onde não há florestas, alcança poucas centenas de quilômetros.
Verifica-se, porém, que as chuvas sobre florestas nativas não dependem da proximidade do oceano. Esta
evidência aponta para a existência de uma poderosa ‘‘bomba biótica de umidade’’ em lugares como, por
exemplo, a bacia amazônica. Devido à grande e densa área de folhas, as quais são
evaporadores otimizados, essa ‘‘bomba’’ consegue devolver rapidamente a água para o ar, mantendo ciclos
de evaporação e condensação que fazem a umidade chegar a milhares de quilômetros no interior do
continente.
A. D. Nobre. Almanaque Brasil Socioambiental.
Instituto Socioambiental, 2008, p. 368-9 (com adaptações).
As florestas crescem onde chove, ou chove onde crescem as florestas? De acordo com o texto,

A) onde chove, há floresta.


B) onde a floresta cresce, chove.
C) onde há oceano, há floresta.
D) apesar da chuva, a floresta cresce.

13) O ciclo da água é fundamental para a preservação da vida no planeta. As condições climáticas da Terra
permitem que a Água sofra mudanças e a compreensão dessas transformações é fundamental para
entender o ciclo hidrológica. Numa dessas mudanças a água ou a umidade da terra absorve o calor do sol
e dos arredores. Quando já foi absorvido calor suficiente, algumas das moléculas dos líquidos podem ter
energia necessária para começar a subir para a atmosfera.
A transformação mencionada no texto é a:

A) fusão.
B) liquefação.
C) evaporação.
D) condensação.