Você está na página 1de 52

nº 42 - Outubro/ Novembro- 2011 - ano 07

www.revistaempresasdovale.com

Santa Casa
de Misericórdia
de Pindamonhangaba
148 anos
Ao completar 148 anos de existência, a Santa Casa de Misericórdia de Pindamonhangaba
tem orgulho de sempre estar trabalhando em prol da saúde da população.
Hussne
Í
Gráfica
Í ndice 04
Santa Casa de Misericórdia de
Pindamonhangaba
Outras matérias:

Rotary Club Taubaté- pág. 18

150 anos de Impressa - pág. 20

Sincomerciários - pág. 26

Saúde Regional- pág. 38

Social Vale - pág. 40

40
Clínica Próspero - pág. 42

22
Pelé das Praias
Unimed - pag. 46 Cariocas

Broadcast & Cable 2011

Expediente
Diretor responsável:
Editorial
José Carlos Reis de Souza
Diretor Responsável
José Carlos Reis de Souza
Departamento Jurídico:
Dra. Célia Teresa Mörth Quando as Torres Gêmeas foram
Dra. Rossana Oliveira A. Soares aniquiladas no dia 11 de Setembro por
Impressão Gráfica: terroristas, não deixaram apenas uma
WT Indústria Gráfica Ltda. cratera ao sul da ilha de Manhattan.
Jornalista Responsável:
Elas também criaram uma fissura
Jefferson Mello - MTB/SP 32582
Editoração:
ética na maior potência do mundo e
Letícia Casoni Peres uma lacuna de 110 andares no amor-
próprio dos americanos.
As torres do World Trade Center
Tiragem: 5.000 exemplares (WTC) foram um ponto turístico,
Distribuição gratuita e dirigida
presença na linha do horizonte nova-
Publicação Bimestral
iorquino e um símbolo da riqueza
capitalista da maior economia da Terra
durante 30 anos.
O mundo enxerga com mais
segurança, a mudança após este
Contato
Apoio:
acontecimento, visto que, milhares de
pessoas de diversas nacionalidades
perderam suas vidas no ataque de 11
Revista Empresas do Vale de setembro, ocorridos por conflitos
Rua Duque de Caxias, 102 existentes entre países.
Sala 1 - Centro - Taubaté - SP
CEP 12.020-050 Hoje o planeta reza para que haja
redacao@revistaempresasdovale.com paz entre os seus semelhantes e que As fotos de divulgação foram cedidas pelas
comercial@revistaempresasdovale.com a fome e a miséria deixem de existir, empresas e/ou pessoas mencionadas nos textos.
www.revistaempresasdovale.com Não é permitida a reprodução sem autorização
principalmente na África, na qual expressa dos autores, por escrito. Os textos,

Dpto. Comercial
morrem centenas de pessoas por dia. informações e anúncios publicitários são de inteira

(12) 9787-6329 O Brasil, com todos os problemas e exclusiva responsabilidade dos autores e empresas
anunciantes.
existentes, ainda é um país maravilhoso.
Santa Casa de
Misericórdia de Pindamonhangaba
Ao completar 148 anos de existência, a Santa Casa de Misericórdia
de Pindamonhangaba tem orgulho de, sempre, estar trabalhando em
prol da saúde da população. Por tudo isso, o leitor vai conhecer um
pouco da história desta conceituada instituição.

Curso de formação de enfermeiras realizada na Santa Casa de Misericórdia de Pindamonhangaba - 1942.

Cent
Pind

4
Tudo começou quando o Barão permaneceu no local da fundação. Em final de 1979 e início de 1980.
de Pindamonhangaba (Cel. Manoel 1876, o prédio foi desapropriado pela
Marcondes de Oliveira e Mello), que ao Estrada de Ferro São Paulo - Rio, depois A VOLTA POR CIMA
falecer em 06 de agosto de 1863, deixou, Estrada de Ferro Central do Brasil, para Precisava recomeçar e um grupo
documentado em seu testamento; 20 dar passagem aos trilhos da ferrovia. de cidadãos vendo aquela situação se
contos de réis como patrimônio para a Um novo casarão de um pavimento foi reuniu e assumiu a responsabilidade para
fundação de uma instituição de caridade. recebido por doação, próximo à esquina a recuperação do patrimônio secular
Durante dois anos, uma comissão formada da Ladeira Barão de Pindamonhangaba, de Pindamonhangaba. Nova eleição foi
por pessoas ligadas à cidade, trabalharam com Rua dos pescadores, conhecida feita e iniciou-se o trabalho de, reajuste,
para a implantação de uma Santa Casa. também como Rua do Monteiro, onde financeiro-administrativo do hospital, que
permaneceu até o final de 1924. Foi no
O Cap. Alfredo de Paula Salgado ofertou persistiram por 10 anos de sacrifício e luta
ano de 1912 que a Provedoria contraiu
um casarão de um pavimento, localizado de toda a equipe que permaneceu unida
uma gleba de terra próxima ao antigo
no fim da antiga Rua Humaytá (atual na finalidade de superação.
Prado Pindamonhangabense, situada no
Dr. Gregório Costa), precisamente onde fim da Rua Dr. Frederico Machado, pela No ano de 2000, a administração já
cruzam os trilhos da R.F.F.S/A e no dia quantia de $ 1.000$000 (Um conto de réis) tinha alcançado êxito nesta empreitada,
24 de junho de 1865 foi inaugurada a do major João Romeiro. conseguindo concluir as obras do novo
Santa Casa de Misericórdia, sendo o Em 1921, a área foi acrescida devido à prédio e iniciar as ampliações necessárias
Cap. Antônio Salgado Silva (Visconde de doação dos herdeiros de Cornélio Bicu- para melhor atender a demanda da nossa
Palmeira), o primeiro provedor. Faziam do Varella Lessa, totalizando quase três população.
parte do primeiro Corpo Médico do alqueires, sendo a escritura lavrada em E nestes últimos anos, a Santa Casa
neófito Santa Casa os seguintes médicos: 02/10/1921. inaugurou diversas obras e serviços, visan-
Antonio Pedro Teixeira, Marinômio de A pedra fundamental do novo prédio do atender cada vez melhor os anseios da
Brito, J. M. da Costa França, Dr. Gustavo foi lançada no dia 01/05/1922 pelo o pro- população na área de saúde.
de Oliveira Godoy, Dr. Frederico Pereira, vedor Dr. Antonio Dino da Costa e com a Neste período foram alcançados os
Dr. Lúcio Pauvolid, Dr. Eugênio de Mello contribuição geral da população foi inau- seguintes resultados: reforma de todas
e outros. Durante 11 anos a Santa Casa gurado em 02 de fevereiro de 1925. O pro- as clínicas, ampliação da Policlínica,
vedor, nessa época, era o Dr. Claro César. construção do novo auditório com
A partir de 1973 com o advento das capacidade para 130 lugares, a nova
indústrias no município, tornou-se im- Pediatria, as Unidades de Terapia Intensiva
prescindível a edificação de um novo Hos- (UTI), Neonatal e UTI adulto, com 10 leitos
pital, que acolhesse o número crescente cada uma, construídas em convênio
de migrantes que surgiam em busca de com o Governo do Estado e Prefeitura
trabalho. Mais uma vez a Santa Casa foi à Municipal. Foi construído, também, um
luta e, com um empréstimo obtido junto
prédio próprio, em acordo com empresa
ao BNH, edificou um complexo médico-
terceirizada, para implantação de
-hospitalar, unindo à maternidade já exis-
moderno Serviço de Hemodiálise. Todas
tente, que começou a funcionar a partir de
10/07/1979. estas Unidades estão ornamentadas com
De lá, até os dias atuais, todas essas um belo jardim.
áreas vêm sendo completadas, aumentan- A fachada do Prédio Antigo foi total-
do, assim, a capacidade de leitos e atendi- mente restaurada. Foi construído um mo-
mentos do hospital. derno estacionamento.
Durante 20 anos a Santa Casa ocupou O mesmo prédio foi reformado, sendo
essa área, até que nos exercícios de 1945 implantado nele um moderno Serviço de
e 1947, iniciou-se nova fase de ampliação Oncologia e recentemente foi projetado
de suas instalações, face ao crescimento e inaugurado um moderníssimo Pronto
da cidade e de sua população. Uma Atendimento para atender a demanda
nova ala foi construída, que serviu como nas áreas de convênios e particulares,
Maternidade, até 1979. mantendo na sua parte central, a
Porém, nem tudo foram flores para a tradicional Capela de Santa Izabel,
Santa Casa de Mise- há alguns anos também totalmente
tro de Diagnóstico da Stª Casa de Misericórdia de ricórdia, no decorrer reformada.
damonhangaba do ano de 1978, acon- Tudo isso, graças a um trabalho de
teceu a crise eco- equipe, onde o esforço, o trabalho e a
nômico-financeira, dedicação das Mesas Administrativas, fun-
gerando problemas cionários, enfermagem e do Corpo Clinico,
sérios na área médica, resultou no sucesso alcançado.
como na internação É importante informar que, através de
de pacientes, e na um convênio com a Prefeitura Municipal
aquisição de remé- em 2001, o Pronto Socorro Municipal
dios e equipamentos. passou a ser administrado pela nossa
Com a crise adminis- Santa Casa, fazendo parte da sua estrutura
trativa plantada no técnico-administrativa. Foi construído
hospital, ocorreu a sa- também um moderníssimo Pronto
ída do Provedor, obri- Atendimento, para atender aos pacientes
gando a indicação de particulares e convênios, em área do
um interventor, no prédio antigo.
Prédio da Santa Casa, situada na Ladeira Barão de Pindamonhangaba - 1870.

Completando a caminhada histórica deixa uma lacuna na vida histórica da os nomes dos pioneiros batalhadores pela
da Santa Casa de Misericórdia de Santa Casa. Há um Relatório feito em 1922, instalação e manutenção da nossa Casa
Pindamonhangaba, cabe lembrar que que possibilitou o relato acima, bem como de Caridade: Barão de Pindamonhangaba,
para a instalação no casarão, no fim da
Rua Humaytá, atual Gregório Costa, foi a recuperação de antigos livros da Santa Dr. Cícero Prado. Cel. Manoel Marcondes
nomeado para 1.° Provedor o Presidente Casa, que tinham desaparecido. de Oliveira e Mello, Dr. João
da Comissão Fundadora, o Visconde de Nessas breves linhas históricas, não Com relação à área médica, em 1952
Palmeira, Cap. António Salgado da Silva, e será possível repetir os nomes de todos existiam na cidade apenas 08 médicos e
faziam parte, também, dessa Comissão, o os benfeitores e beneméritos cidadãos 07 farmacêuticos que atendiam uma po-
Capitão Gregório José de Oliveira e Costa,
que cooperaram com doações, quantias pulação em torno de 30.000 habitantes.
Capitão Ignácio Bicudo Siqueira Salgado,
Dr. Francisco Marcondes Homem de em dinheiro e muito trabalho, desde a Hoje só o corpo clinico da Santa Casa pos-
Mello (2.° Barão de Pindamonhangaba), construção, instalação e funcionamento sui em torno de 120 médicos, além de mais
Francisco Ignácio Marcondes Homem de no prédio da Rua Dr. Frederico Machado 40 contratados que atendem no Pronto
Mello (Barão Homem de Mello), Dr. Miguel (1865/1876), na Ladeira Barão de Pinda- Socorro, para uma população aproximada
Monteiro de Godoy, Manuel Marcondes monhangaba, nas proximidades do Bos- de 140.000 habitantes, segundo o IBGE.
de Moura e Costa e outros.
Infelizmente, o Arquivo Municipal que da Princesa (1876/1924) e a partir de Concluindo-se que uma Santa Casa bem
(Histórico), não possui documentação 1925 no local onde hoje se encontra até administrada é plenamente viável.
referente aos anos de 1876 a 1922, o que os nossos dias. Entretanto, cabe ressaltar

Vista aérea do Conjunto da Santa Casa de Misericórdia de


Pindamonhangaba. Fachada do prédio restaurado - 1937

6
Festa de 148 anos da Santa Casa de Misericórdia
26/08 – A Santa Casa de Misericórdia de Pindamonhangaba inauguração, todos participaram da sessão solene, onde foram
promoveu um grande evento para comemorar os seus 148 entregues os diplomas de “Honra ao Mérito” aos médicos
anos de fundação. A festividade teve início com uma missa em doutores: Alberico Pereira Filho, Antonio José Bettoni Moreira
Ação de Graça na Capela de Santa Izabel da Hungria, dirigida e Miguel Xavier Immediato, por mais de 30 anos de serviços
pelo Pe. Celso Aluísio Cardoso, Pároco da “Paróquia de Nossa prestados na área médica da Santa Casa de Misericórdia de
Senhora da Assunção”. Em seguida todos os convidados Pindamonhangaba. Também foram entregues os Títulos de
dirigiram-se para a inauguração do novo “Centro Cirúrgico”, “Irmão Benemérito” aos: Diretor Dr. Auriberto Ferreira Neves e
com cinco salas para cirurgias e demais áreas de apoio (Sala ao ex-diretor Engº Nelson Cembranelli Schmidt (in memoriam),
de Recuperação Pós-Anestésica, Sala de Acondicionamento pelos relevantes e dedicados serviços prestados a Santa Casa
de Instrumentação Cirúrgica, Repouso Médico, Posto de de Misericórdia de Pindamonhangaba. Para finalizar esta noite
Enfermagem, Vestiários Masculino e Feminino). Após a memorável foi oferecido um coquetel a todos os presentes.

Dr. Alberico Pereira Filho e Engº Luiz Carlos Dr. Antônio José Bettoni Moreira e Engº Luiz Dr. Miguel Xavier Immediato e Engº Luiz Carlos
Loberto (Cacaio). Carlos Loberto(Cacaio). Loberto (Cacaio).

Desembargador, Dr. Thiers Fernando Lobo e o Dr. José Luiz Castro de Mello Cesar, Dr. Roberto
Engº Luiz Carlos Loberto (Provedor da Stª Casa Engº Luiz Carlos Loberto, prontos para descer- Marcondes César e Dr. Camillo Alonso Filho
de Misericórdia de Pinda), Sandra M. C. Tuti- rar a placa de inauguração do Centro Cirúrgico.
rashi (Diretora da DRS 17) e João Ribeiro (pref.
de Pindamonhangaba).

Dr. Auriberto Ferreira Neves e Engº Luiz Carlos Marcia Regina, Dr. Alberico, Maria Conceição, Nielsen, Myriam Alckmin, Lucimara, Ivonete,
Loberto (Cacaio). Dr. Miguel X. Immediato, José Bettoni, Lili Bet- Silvio Sanzone, Engº Loberto, Maria Angélica e
toni, Engº Loberto e Nielsen Loberto. João Ribeiro (pref. de Pindamonhangaba).

João Ribeiro (pref. Pinda) e Maria Angelica Mesa representativa. Sandra Aquino e Marília Gabriela (Secretárias).
F. Salgado..
Se o Estado está
contra nós, quem
estará por nós?
Enio De Biasi
Sócio Diretor da De Biasi

Nos últimos oito anos, pelo menos, a democracia brasileira sistemas contábeis.
tem sido colocada à prova por governantes que desrespeitam Porém, a ANS, numa atitude extremamente ditatorial, através
descaradamente a Constituição, passando por cima de leis, de um instrumento normativo, afirmou que não havia aprovado
entidades e regras pré-estabelecidas, prejudicando o cidadão qualquer interpretação técnica promulgada pelo CPC, obrigan-
brasileiro que fica a mercê das vontades imperialistas de um do as OPS que “equivocadamente” (palavras da ANS) tivessem
Estado totalitário. Recentemente, vimos acontecimentos que, em adotado o custo atribuído estornassem os referidos lançamentos
outros tempos, pós-ditadura, seriam inconcebíveis e inaceitáveis. contábeis como se eles nunca tivessem existidos, sob o pretexto
O Brasil sempre teve problemas de insegurança jurídica inverídico que a ANS jamais havia aprovado tais interpretações
principalmente em termos tributários, porém, num passado contábeis. Entretanto, qualquer cidadão que acessasse o site do
não tão distante tínhamos alguma chance de nos defender CPC até pouco tempo atrás iria ver as novas normas contábeis
administrativamente ou juridicamente perante órgãos publicadas pelo CPC e verificar quais dessas normas e interpre-
tecnicamente capacitados. tações foram aprovadas pelos órgãos reguladores, dos quais se
Recentemente, no entanto, estamos vendo nossas chances de incluía a ANS que aprovara as normas contábeis e interpretativas
defesa contra o abuso de poder do Estado se esfarelar em meios referentes ao procedimento contábil descrito acima.
a mandos e desmandos de governantes, ministros, secretários, Recentemente, a partir do mês de agosto, como num passe
de mágica, a ANS simplesmente não aparece mais no rol de en-
etc.. despreparados para assumir cargos de responsabilidade
tidades que aprovaram normas interpretativas, inclusive o ICPC
causando danos financeiros materiais aos cidadãos e às pessoas
10 que ditava os procedimentos para contabilização do custo
jurídicas. Como exemplo, citamos um episódio recente foi
atribuído, numa atitude extremamente infeliz, para dizer o míni-
protagonizado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar mo. Vale destacar que esse procedimento adotado pela ANS não
(ANS). poderia invalidar o procedimento da adoção do custo atribuído,
De 2008 a 2010, novas normas contábeis foram sido apro- pois este está baseado em norma contábil, e o ICPC 10 é somente
vadas pelo Comitê de Pronunciamento Contábeis (CPC) com o uma norma para instrução de procedimento contábil.
objetivo de alinhar as práticas contábeis brasileiras às práticas Desta forma, considerando os fatos apresentados
contábeis internacionais (IFRS). Nesse processo, as entidades re- perguntamos: Como ficam as OPS e os profissionais de
guladoras, incluindo a ANS, tinham a prerrogativa de ratificar ou contabilidade que acreditaram nas informações disponibilizadas
não as normas, as interpretações e as orientações contábeis de pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis? Como ficam as
acordo com as necessidades das atividades reguladas por esses OPS que investiram recursos financeiros materiais para atender
órgãos. Dentre as determinações das novas normas contábeis um procedimento fortemente encorajado pelo CPC e ratificado
estava o reconhecimento a valor de mercado (custo atribuído) pelo seu órgão regulador? Será que a ANS quando aprovara as
de bens do seu ativo imobilizado na fase de adoção inicial das normas contábeis sabia realmente o que estava aprovando? Será
novas normas contábeis. Esse procedimento era opcional mais que quem assinou tal ato normativo da ANS desfazendo o que
fortemente encorajado pelo CPC cuja norma base e a norma in- fez tem consciência da consequência desse ato para as empresas
terpretativa (ICPC 10) foram ratificadas pela maioria dos órgãos reguladas?
reguladores, inclusive pela a ANS. Assim as Operadoras de Planos Bem, pobres brasileiros, esse é um exemplo que ilustra o que,
de Saúde (OPS) poderiam optar em executar tal procedimento. no Brasil, a sociedade serve o Estado e não o Estado que serve a
Para tanto, eram necessários dispêndios na contratação de peri- sociedade. E diante desse cenário perguntamos:
tos e avaliadores, de horas de auditoria e de parametrização de Se o Estado está contra nós; quem estará por nós?

8
Letícia Casoni (12) 3025 3766

Onde o Clássico e o Moderno se encontram

O HotelSan Michel Convention & Spa oferece


o que há de melhor em hotelaria, gastronomia e eventos
em toda a região. Excelência em serviços de hotelaria,
com toda elegância e hospitalidade que você merece.
Com grande know-how e experiência, o hotel reúne
tradição e inovação em serviços impecáveis. São
profissionais altamente capacitados e uma estrutura
completa para proporcionar o melhor em hotelaria,
gastronomia e recepção de eventos.

Av. Juscelino Kubitsheck de Oliveira, 475 | Taubaté | SP


Tels. (12) 2125.5944 | Fax: (12) 2125.5959
www.sanmichel.com.br
O salário Ideal

Você está satisfeito com o seu salário? Que nos custará, na qualidade de jardineiros, atender
Provavelmente não, pois são contínuas as reclamações à poda devidamente, afofar a terra com carinho? Afinal, as
a respeito da baixa remuneração que, como dizem, não dá plantas dependem de nós.
para nada. Quantos minutos despenderemos a mais se nos
Ouve-se dizer que o dinheiro que se ganha ao final do detivermos, junto ao idoso ou ao enfermo, e estendermos
mês mal dá para quitar débitos anteriormente assumidos. a colcha com cuidado, interessando-nos pelo seu bem
O estranho em tudo isso é que, se as reclamações pela estar?
melhoria dos salários provêm de todas as classes trabalhis- E poderemos acaso nos dar conta da responsabilidade
tas, o que se verifica em questão de qualidade de trabalho que é zelar pelos passos de um bebê?
é quase o caos. Podemos avaliar o quão emocionante é acompanhar
Não se percebe, falando de forma generalizada, que as o desenvolvimento de um ser tão pequeno, e vê-lo a cada
pessoas se preocupem em realizar bem a sua tarefa. dia vencer mais um obstáculo?
Contrata-se um jardineiro para colocar em ordem o Não importa qual seja nossa profissão, qual seja a nossa
jardim. E o que se obtém é uma poda mal feita, grama mal tarefa.
aparada e a terra mal espalhada pelos canteiros. O que importa, e muito, é que a realizemos com amor,
Entrega-se uma criança aos cuidados de uma babá e se aprimorando-nos na sua execução.
percebe a má vontade com que segue os passos vacilantes Quer se trate de lavar uma simples peça de roupa ou
do pequeno, inquieto e vivaz. lidar com sofisticados aparelhos computadorizados, é
Recomenda-se um idoso enfermo a determinado necessário que nos conscientizemos de que, tanto quanto
atendente e nos surpreendemos com a forma com que ele desejamos receber dos demais o melhor, compete-nos
é tratado, às pressas, sem atentar para detalhes. doar o melhor.
Balconistas apressados, servidores desatenciosos, Portanto, antes de prosseguirmos a reclamar da nossa
vendedores impacientes. remuneração, revisemos a qualidade dos nossos serviços.
Em todos os lugares nos deparamos com criaturas que Preocupemo-nos muito mais em nos tornarmos
somente pensam em olhar para o relógio, no aguardo do excelentes profissionais, o que significa criaturas
final do expediente, atendendo suas tarefas com descuido responsáveis, ativas, competentes.
e até desleixo. Sejam quais forem as tuas possibilidades sociais ou
À conta disto, decai a qualidade e trabalhos contratados econômicas, trabalha!
são concluídos e entregues de forma afoita. O trabalho é, ao lado da oração, o mais eficiente
Se digno é o trabalhador do seu salário, como nos alerta antídoto contra o mal, porquanto conquista valores
o Evangelho, é também muito justo que o trabalhador incalculáveis com que o Espírito corrige as imperfeições e
execute o seu trabalho com disposição e cuidado. disciplina a vontade.

10
12
Ucha
Por: Luiz Tuan Neto

O Plantio de Eucalipto com Gel


reduz o consumo de água.
O plantio de eucalipto com gel reduz o consumo de água em crítico do desenvolvimento da planta. Isso elimina a exigência de
60%, o que significa 50 mil metros cúbicos a menos por ano. irrigação imediata. Dependendo da condição do solo, a planta
A Internacional Paper (IP), fabricante americana de papel para pode ficar de oito a 15 dias sem irrigação. Na média, o consumo
imprimir e escrever desenvolveu uma nova técnica de plantio de água cai de 6,5 litros por muda para 2,6 litros. Reduzindo o
de mudas de árvores com gel, um polímero hidroretentor. Com nível de mortalidade das plantas, a indústria também reduz o
ela, a empresa consegue reduzir o custo do plantio em 8% já replantio. Pelo método anterior, a muda plantada manualmente
no primeiro ano, um ganho substancial para um investimento era irrigada. O material usado, além de biodegradável, é atóxico.
que mobiliza grandes somas de capital em extensas áreas de
plantações de florestas. BENEFÍCIOS PARA O SOLO
Ao longo de sete anos, período de corte da árvore para * Reduz perdas de água
extração da celulose, a economia chega a 3%. * Reduz número de irrigações em até 50%
* Melhora aeração
A idéia do uso do gel, que começou a ser desenvolvida em
* Reduz compactação e melhora a estrutura física
2002 por um grupo de engenheiros agrônomos e florestais da
* Aumenta a CTC (capacidade de troca catiônica)
IP, dão uma indicação clara do esforço da indústria de papel e
* Auxilia na redução da variação brusca de temperatura do
celulose no Brasil de elevar a competitividade de suas florestas, solo
cujos custos de produção da matéria-prima já são considerados * Reduz lixiviação e evaporação da solução de solo
um dos mais baixos do mundo.
A técnica pode ser empregada em qualquer tipo de solo, BENEFÍCIOS PARA A PLANTA
mas os resultados em terrenos arenosos aparecem mais, * Reduz o stress hídrico
principalmente nos períodos mais secos, ou em regiões com * Melhora a germinação das sementes
problemas com o abastecimento de água. O uso do gel se faz * Possibilita maior aproveitamento
essencial, sobretudo diante da possibilidade de cobrança pelo * Proporciona enraizamento
uso da água. * Reduz mortalidade das plantas e mudas transplantadas
Com o gel, a muda de eucalipto fica úmida no período mais * Contribui para o aumento da produtividade
14
Letícia Casoni - (12) 3025 3766
agra s s tem
i ca M
A clín s para v ocê...
n ov idade
Na clínica Magrass você tem um atendi-
mento personalizado e profissonal, ofere- HIDROLIPOCLASIA NÃO ASPIRATIVA – A LIPO SEM CIRURGIA
cemos uma avaliação estética sem com-
promisso para orientar o paciente quanto - Resultado avançado com poucas sessões,
ao tratamento mais apropriado ao seu
objetivo e quantas sessões serão necessá-
perda de mais de 10cm de abdômen com
rias. Todos os tratamentos incluem acom- apenas 6 sessões.
panhamento nutricional estético, clínico e
esportivo.
EMAGRECIMENTO NATURAL: Perda
de peso rápida com evolução semanal,
média de perda de 5kg em 6 semanas. Compare o antes e depois:
BRONZEAMENTO À JATO: Começe o
verão com a pele bronzeada, produto de
alta qualidade, oferece excelente hidrata-
ção da pele com uma cor uniforme e natu-
ral.

Confiram também nossa variedade de


serviços: mesoterapia, massagem modela-
dora, limpeza de pele, drenagem linfática,
Antes
peeling de cristal e químico, lifiting facial, Antes
massagem relaxante, depilação definitiva,
microcorrentes, carboxiterapia, estrías,
celulite, corrente russa, manthus, infra-red,
endermologia, e muito mais!

VENHA CONFERIR! MAGRASS SEU


MELHOR PRESENTE!

Depois
TRATAMENTOS A PARTIR Depois
DE 6X R$99,00 !!!
Rua 15 de Novembro, 298 - Centro - Taubaté - SP - Tel: (12) 3424-0662
taubate@magrass.com.br - www.magrass.com.br
Lajes Nervuradas se deve fazer é quando temos projetos com vários pavimentos.
Devido à redução do número de vigas e da rigidez dos pórticos
Lajes nervuradas são sistemas estruturais formados por ner- que resistirão aos esforços de vento, é necessário que verifique-
vuras em uma ou duas direções com espaçamentos regulares se a estabilidade global da estrutura, a fim de que a mesma não
entre si. fique prejudicada.
Com a utilização das vigotas treliçadas pré-fabricadas e blocos Quando analisamos painéis de lajes com contornos regulares
de EPS podemos fazer as lajes nervuradas uni ou bidirecionais, e vãos não muito grandes, e ainda apoiadas em vigas de grandes
e ainda eliminamos as desvantagens que o sistema apresentava dimensões e rigidez elevada em relação às lajes, podemos utili-
quando era moldado in loco: o consumo de fôrmas e escoramento, zar métodos simplificados, como tabelas de Marcus, Czerni, etc.
o tempo de execução e o custo de mão de obra ficaram bastante Na medida em que os vãos se tornam grandes e irregulares,
reduzidos. ou quando temos lajes apoiadas em vigas com dimensões
Para a utilização das lajes treliçadas bidirecionais, dispomos de menores, resultando em deformações mais parecidas com as
deformações resultantes nas lajes, é necessário que se utilizem
blocos de EPS próprios para formarem as nervuras da segunda
modelos mais modernos e sofisticados, como por exemplo, o
direção, eliminando-se quase que totalmente o uso de fôrmas.
modelo de grelhas.
Atualmente, desenvolvemos diversos projetos onde adotamos
Com isso levamos em conta a estrutura como um todo, uma
soluções em lajes treliçadas bidirecionais (LTB). Esse sistema é vez que a deformabilidade das vigas influenciará diretamente
interessante por apresentar uma maior rigidez quando comparado nos esforços encontrados nas lajes.
ao sistema unidirecional, permitindo lajes com menores Entendemos que as lajes treliçadas podem e devem ser utili-
espessuras e resultando em uma melhor distribuição de cargas zadas de diversas maneiras do ponto de vista estrutural, caben-
na estrutura. Além disso, com o sistema bidirecional podemos do ao projetista de estruturas adotar a solução ideal para cada
criar projetos com um número de vigas reduzido, possibilitando caso.
um layout flexível, e criando com isso opções de plantas variáveis.
Engº Civil Otávio Araújo
Devemos lembrar que para a laje ter um comportamento
Engetreli Engenharia
bidirecional é necessário que a relação entre os vãos das duas
Armação Treliçada Puma
direções não seja superior a dois. Outra verificação importante que

16
Rotary Club Taubaté

O Rotary Club Taubaté realizou a 6ª Copa Rotary, no Clube


de Campo Abaeté. O Evento contou com a presença: Grupo
Escoteiro Aldo Chioratto, Banda Marcial Senai e Dragões
Moto-Clube Taubaté. Troféu e Medalhas.

Chico e Paulo Severo. Karina, Denise e Rita. Karina e Claudia.

JB, Alysson, Paulo Severo e Elder. Gov. Orvile, Maria da Graça e Valeretto. Elder, Karina e Edésio.

Pe. Afonso, Gov. Moacyr e Valeretto. Paulo Severo, Sidney e Dr. Lamartine. Valeretto e Luizão Severo.

Mazinho e Teo. Cristiano dos Santos homenageado como o Pepe.


Desportista do Ano.

18
Rotary Club
Taubaté Sul
O Rotary Club Taubaté Sul ofereceu um grande jantar para
comemorar os 106 anos do Rotary International. Na oportuni-
dade pessoas de diversas nacionalidade e personalidades da
cidade de Taubaté foram homenageadas.

Companheiros do Rotary Club Taubaté Sul.

Mesa representativa. Mariana (intercambista do IGA), Hélio,cel. Ferraro (pres. 2010-2011),


Maurício e Cláudia.

Pessoas de diversas nacionalidades foram Homenageadas. Dr. Albarana, cel. Ferraro (pres. 2010-2011), Ivan e Cláudia.
150 Anos da
Imprensa Taubateana
“O Taubatèense” é aclamado como o primeiro órgão de
imprensa de Taubaté.

Voltar a 29/08/1861 é reviver o lançamento do primeiro


jornal “O Taubatèense” impresso em Taubaté. O Tabloide era
de propriedade do impressor Francisco Inácio Xavier de Assis e
Antonio Gomes de Araujo era o seu redator.
Antes, em 1842, havia circulado um manuscrito chamado
“O Paulistano Imperial”, cuja existência só consta em livros, uma
vez que seus originais nunca foram localizados. Assim sendo, “O
Taubatèense” é aclamado como o primeiro órgão de imprensa
de Taubaté. A partir de 1º de fevereiro de 1862, “O Taubatèense”
passou a circular aos sábados, por conta de um problema com a
impressora manual que o impediu de ser distribuído na quinta-
feira. Em 27 de julho de 1862 chegou ao público com novo visual,
graças à substituição do prelo de madeira por uma impressora de
ferro, que, segundo consta foi transportada do porto de Ubatuba
– São Paulo para Taubaté no “lombo de burros”. Na nova fase, o
periódico continuou a ser impresso no formato original (32 X 32
cm), com quatro páginas, mas com tipos mais limpos e revisão
cuidadosa.
“O Taubatèense” circulou regulamente até 19/12/1863, com a
edição nº 97.
O único exemplar preservado que se tem conhecimento
foi encontrado pela paleográfica Lia Mariotto, que com muito
carinho e paciência determinou que a peça não fosse ainda mais
danificada. E para comemorar os 150 anos, Pedro Rubin e seu
irmão Rafael Rubin, em parceria com SINCOVAT – Sindicato do
Comércio Varejista, apresentaram aos convidados presentes no
Taubaté Country Club, “O Taubatèense” na edição fac-similar e
digital do primeiro periódico impresso de Taubaté.
Fotos: José Carlos Reis de Souza

20
Décio
Tomé,
M au r o
quim,
a th é a, Fur
Arim son.
Azeved
o e o e G er
, Décio Azeved
, Eliane
is io , G er son
Dr. Alu orge.
J
Antonio
Rubin.
Angelo
ubin e
Pedro R

Mello
nio Bento
s e Antô
Mello Camp o
Matilde
Jr.

rlos.
Luiz Ca
ro.
é e Ped
é a , M aria Joossé e Pedro.
imathéa, Maria J
tel, Arrim
Pimennte l, A a
th
Pim e

a.
Am an d
iotto e
Lia Mar

.
insburg
Dan G u
.
e Lúcia
, L ani Goeldi
Patto, Thelma
Ur b a n o
BROADCAST & CABLE 2011
Principal Feira de Engenharia de Televisão, Rádio e Telecomunicações da América
Latina. direcionada a profissionais e executivos do mercado de produção e distribuição
de conteúdo eletrônico de multimídia.

O Centro de Exposi- nunca me arrependi de


ção Imigrantes foi palco da fazer investimento na
20ª edição do “Broadcast “Broadcast & Cable”, mesmo
& Cable”, principal Feira de porque, além de fazer bons
Engenharia de Televisão, Rá- negócios, temos o prazer
dio e Telecomunicações da de reencontrar os amigos
América Latina direcionada a pelo menos uma vez por
a profissionais e executivos ano.
do mercado de produção
e distribuição de conteúdo Dando sequência a nos-
eletrônico de multimídia, sa visita aos stands da “Bro-
incluindo TV aberta e por adcast & Cable”, aproveita-
assinatura, rádio, internet, mos para saber um pouco
indústria, produção e tele- das novidades da Grass
comunicações. Foram mais Valley. Com uma rica histó-
de 180 expositores que ria servindo as indústrias de
apresentaram centenas de broadcast e vídeo profissio-
Visão de um estande. nal. Com uma gama com-
marcas e suas novidades
pleta de produtos e serviços
para o mercado brasileiro.
alguns produtos de ponta: uma Grua com servindo muitos dos prin-
A Revista Empresas do Vale e TV Metro-
cipais eventos televisivos. Conversamos
politana estiveram in loco, conferiram as lança de 6 metros, com cabeça remota;
com os diretores: Valter Bonasio e Anto-
novidades e conversaram com alguns re- um Tedi Prompter, inédito no mercado,
nio Marcos da Escola de Televisão.
presentantes de grandes empresas. e que pode ser usado com qualquer
E.V. – Valter estamos aqui para sa-
Começamos a nossa visita pelo estan- tamanho de câmera e regulagem para
ber um pouco da novidade da Grass
de da Mattedi, uma empresa 100% brasi- a câmera e espelho. É uma inovação
Valley apresentada nesta feira?
leira e que desde 1973 desenvolve, fabrica nesta feira e está fazendo um grande
Valter – É um prazer em recebê-los
e comercializa sofisticados equipamentos sucesso. Uma Mini Grua para câmera no stand da Grass Valley e vou tentar de-
para suporte de imagens (câmera). Den- pequena que tem correção automática, monstrar como funciona a nossa estrela,
tre os seus produtos estão: tripés, gruas, e assim enquadrou, deu o tilt ela mantém a nova versão do Edius 6.3.
minigruas, cabeça remota para câmeras, a imagem quadrada. E.V. – Como funciona esta nova
travellings, estabilizadores (tedi can), lei- E. V. – Você poderia nos dizer, qual versão, o Edius 6.3?
tores de textos (tedi prompter) etc. Apro- é o custo destes produtos Mattedi? Valter – Uma das novidades é a
veitamos a oportunidade e conversamos Ailton – A Grua com lança de 6 qualidade do recorte que hoje você
com o empresário Ailton Mattedi. metros, com cabeça remota para câmera pode fazer. O croma por exemplo, você
Ailton – É um prazer receber a Revista profissional está em torno de R$ 45.000,00, pode fazer um recorte de croma com
Empresas do Vale e TV Metropolitana uma Grua menor, com capacidade para muito mais qualidade, além de que, os
proporcionando esta oportunidade para câmera de 4 kilos custa, aqui na feira, R$ profissionais que já utilizam o Edius 6.3 já
que eu possa falar um pouco de nossos 4.500,00. Já o Tedi Prompter com monitor sabem disso, é um software simples, fácil
produtos genuinamente brasileiro. Todos LCD, estrutura mecânica toda moderna, de usar e diferente de outros softwares de
esses produtos, expostos em nosso com quatro eixos de sanfona, espelho edição. O usuário consegue rapidamente
stands, são projetos desenvolvidos com regulagem de altura, o preço na feira desenvolver um trabalho interessante
pela minha própria pessoa e continuo é de R$ 4.800,00. nesse software. É o que chamamos
tentando melhorar cada vez mais, porque E.V. - Para finalizar nossa conversa, de novidade: ele atende as emissoras
o mercado é muito exigente e temos gostaria de saber qual é a repercussão de televisão, as produtoras e o vídeo
feito isso com bastante sucesso, graças a que a feira está trazendo para você? macker, de forma plena e com qualidade
Deus. Ailton – Todos os anos participamos Broadcast para se colocar no ar.
E.V. – Para esta feira, quais os pro- da feira, fazendo um trabalho institucional, E.V - Aproveitando a oportunidade,
dutos de ponta que você está apre- nestes dois primeiros dias foram você também é diretor da Escola
sentando aos profissionais da área? surpreendentes e bastante movimentado. de Televisão, como funciona esta
Ailton – Nesta feira apresentamos A feira sempre nos deu resultados e atividade para quem queira ingressar
22
para aprender novos recursos?
Valter – A Escola de Televisão está disponível on line 24 horas e
365 dias no ano, oferecendo cursos de direção, operação e operações
de televisão. Os cursos são gratuitos e estão disponíveis na internet. A
pessoa que tem interesse em aprender a fazer televisão, entra no site
www.escoladetelevisao.com.br se inscreve, se matricula e começa a
estudar. O interessado tem 90 horas aulas disponível gratuitamente.
No final ele tem um certificado destas 90 horas informando o
aproveitamento. É um curso que está disponível para profissionais,
estudantes e pessoas interessadas em ingressar no meio televisivo.
E.V. – Para finalizar vamos aproveitar a presença do Marcos e
perguntar o que ele poderia dizer do manuseio deste software?
Marcos – Uma das grandes vantagens deste software é a parte de
correção de cor que é muito simples e o resultado final é ótimo.
José Carlos (TV Metropolitana) entrevistando o empresário
Ailton Matedi.
Durante a nossa passagem pela feira o que nos chamou a atenção
foi o stand da Telem, a maior integradora brasileira no que diz respeito
à infra-estrutura e líder nacional nos seguimentos de iluminação e ce-
notecnia. Além de oferecer toda a assessoria técnica necessária para o
seu perfeito funcionamento. Aproveitamos a oportunidade e falamos
com Luiz Fernando Moral (gerente comercial).
E.V. – Gostaríamos de saber o que a Telem traz de novidade
para os visitantes da Broadcast & Cable?
Luiz – Nesta feira nós trouxemos inúmeros equipamentos de Led a
tendência natural, e alguns equipamentos light e outros para compor a
cenotecnia. Esses equipamentos são de primeiríssima linha em Led.
E.V. – Como você vê a aceitação dos seus produtos pelo
consumidor?
Luiz – O mercado está extremamente aquecido, o nível de exigência
vem aumentando a cada mês, não é nem mais em ano, a mensuração
é em mês. Uma coisa que observamos, não é só o equipamento que
Valter Bonasio (Diretor da Escola de Televisão), José Carlos e
os clientes vêm procurando, e sim a solução completa (assistência Antonio Marcos (Diretor da Escola de Televisão).
técnica, manutenção e reposição de peças). Porque infelizmente só
conhecemos um bom equipamento quando aparece o problema,
exatamente quando ele precisa de assistência, reposição de peças,
alguém falando a linguagem dele.

Após conhecer muitos produtos em exposição, resolvemos fechar a


nossa matéria visitando o stand Yamaha Musical e conhecer o sotwares
Nuendo 5, Cubase 6 e Wavelab 7 com as interfaces Steinberg MR816CSX.
Conversamos com Marcelo (especialista em produtos).
E.V. - Quais são as novidades da Yamaha Musical apresentadas
nesta edição “Broadcast & Cable”?
Marcelo – A Steinberg traz para a Broadcast & Cable 2011 o Nuendo
5, na sua versão 5.5. O Nuendo é a nossa estação de trabalho para pós-
-produção de áudio, tanto para vídeo, quanto para cinema. Com novas
implementações e recursos de edição de áudio como afinação de voz,
variaudio, recursos direcionados para música para quem faz trilhas, mi- Luiz Fernando Moral (gerente comercial da Telem), partici-
xagem, estério para vídeos e musicais. Além disso a compatibilidade pando de uma entrevista para a TV Metropolitana.
total com sistema em 64 bits, tanto como no windows, ou seja ambas
as plataformas suportam o nosso programa, inclusive você pode traba-
lhar numa sessão e levar de uma plataforma para outra, independente-
mente do sistema em que você esteja trabalhando da sua interface de
áudio, ele vai funcionar perfeitamente em qualquer que seja o sistema.
E.V. – Qual é o preço de venda do Nuendo na versão 5.5?
Marcelo – O Nuendo 5.5 está no preço final em torno de R$
3.400,00, é um sistema completo. Quem trabalha com dublagem sabe
que existem muitos recursos que são adquiridos à parte. No caso do
Nuendo 5.5 já tem ferramentas incorporadas a ele e que não tem custo
adicional, ou seja, você compra um sistema completo de produção e
pós- produção integrada a ele. Além disso, dentro deste sistema você
tem a leitura de EDLS que você importa do vídeo, formatos: MXF, AAF e
OMF, tudo dentro deste sistema fechado, sem ter que comprar licenças
adicionais, pagar pelo uso de licenças para ler outros formatos. Tudo
isso vem no pacote que o Nuendo 5.5 inclui. Marcelo (especialista em produtos Yamaha) participando
de uma entrevista para a TV Metropolitana.
Coli. Há 27 anos fazendo
parte da sua vida.

Nos últimos 27 anos, a Coli foi responsável por muitas


conquistas: mais de 540 unidades entregues, mais de 518
unidades em construção e 782 unidades em lançamento, to-
talizando 1.840 apartamentos de alto padrão. Mais do que
isso, fizemos parte da vida de cada um de nossos clientes,
transformando seus sonhos em realidade. Uma história de su- Plantão de atendimento: 12 3025-1000
cesso que, apesar de já ter 27 anos, está apenas começando. www.coliimoveis.com.br
24
Lançamento da 2ª fase

Aguarde.
Em breve,
um resort
todinho seu.

Incorporação e realização: Financiamento: Coordenação de vendas:

Visite nosso plantão de vendas


www.resortrenaissance.com.br www.coliimoveis.com.br

Av. Charles Schneider | n° 520 | Bairro Monção | Taubaté - SP | Tel.: 12 3631-4735


Projeto aprovado na Prefeitura sob o nº de protocolo 37173/2010. Incorporação registrada na matrícula Nº 109567 no cartório de registro e anexos da Comarca de Taubaté. Coordenação de vendas:
Fernandez Mera Negócios Imobiliários, Rua Santa Clara, 809 - Vila Adyanna - São José dos Campos - fone: (012) 3909.1555, CRECI:5.425-j.
Comerciárias selecionadas para o Concurso Miss Comerciária Taubaté 2011.

Miss Comerciária Taubaté 2011


As 12 selecionadas disputarão no dia 21/10/11, o título de Miss Comerciária
Taubaté 2011

Carlos Dionísio - Presidente do SINCOMERCIÁ- Amanda Carine Vanone, Miss Comerciária Camões Filho - Jornalista.
RIOS - Taubaté. Taubaté - 2010

03/09 – O Clube de Campo do Sindicato dos Comerciários foi selecionadas disputarão no dia 21/10/11, o título de Miss Comer-
palco para a seletiva dentre as 39 comerciárias inscritas para a 9ª ciária Taubaté 2011. Foram selecionadas: Elaine Cristina dos San-
edição do concurso de Miss Comerciária Taubaté 2011, que virou tos Valério (Sophia Modas); Michelle Aparecida Ferreira Vitorino
referência para os demais sindicatos do Vale do Paraíba. O corpo (Auto Pinda); Thaísa Indiane Camaz (Loja Duck’s – Centro); Tatiana
de jurados composto por: Rosane Almeida, (proprietária da Aca- Renata Ferraz (Shoebiz); Elaine Aparecida Magalhães Pinto (Casas
demia Ophicina do Corpo); Claudia Mello (TV Cidade); Ana Paula Bahia - Centro); Camila Mariana da Silva (Val Du Lion – Peuge-
ot); Eliane Cristina Rodrigues (FM Loja Conveniência); Thaís Silva
(proprietária da Loja Brilhantes Noivas) e Dora (proprietária da loja
Martins (Requinte Móveis); Thamisa Ariane Gomes Mendes (Loja
DP Country), que avaliaram as candidatas nos quesitos: postura,
Agatha); Débora Cristiane da Silva Toledo (Danelli Calçados); Ta-
beleza plástica e apresentação pessoal, que tiveram o difícil en- tiana de Oliveira Toledo (Loja US Top – Marquês do Herval) e Ka-
cargo de selecionar as 12 candidatas. Na oportunidade esteve mila mFerreira de Lima (Original Veículo S/A). A vencedora, além
presente, o presidente do Sindicato dos Empregados no Comér- de receber prêmio em dinheiro, irá representar Taubaté no Con-
cio de Taubaté, Carlos Dionísio além de Amanda Carine Vanone curso Miss Comerciária Paulista, que irá acontecer em Ribeirão
que falou de sua experiência como Miss Comerciária 2010. As 12 Preto – São Paulo.
26
Entrevista

Pelé das Praias Cariocas


Encontramos trabalhando na praia de Copacabana, Rio de Janeiro, Luiz Antônio
Machado, mais conhecido como “Pelé da Praia” fazendo as suas embaixadinhas
para poder ganhar a vida. É natural do Rio de Janeiro e nasceu no dia 06/06/1951
no Hospital Miguel Couto, na Gávea. Aproveitamos a nossa estada no Rio de Ja-
neiro e paramos para entrevistá-lo. Uma pessoa simpática e amável que faz parte
do cenário carioca e já participou dos programas: Fantástico e Jô Soares (TV Glo-
bo), SBT, dentre outros.

28
E. V. – Olá Pelé, tudo bem? Gos- com as minhas exibições. Mas, quan- dade boa e um futuro garantido, uma
taria que você falasse um pouco do chove, as coisas mudam de figura, aposentadoria que dá para você viver
de suas atividades e intimidades não consigo mostrar o meu trabalho honestamente e sustentar a família.
com a bola? e a remuneração cai. Por isso precisamos procurar fazer
Pelé Carioca – A minha agilidade E. V – Você é uma pessoa que uma poupança até os 60 anos para
com a bola no asfalto não é tão boa tem família, é casado e tem filhos? garantir uma boa velhice e não ter
quanto ao Pelé dentro do campo. No Pelé Carioca – Eu sou divorciado desgostos.
meu caso, o meu trabalho é no asfal- e tenho uma filha, cuja mãe é faleci- E. V. – Para finalizar, você nun-
to, eu faço malabarismo e dessas exi- da. Agora estou namorando e espero ca teve a oportunidade de receber
bições eu tiro o meu sustento. Desse casar novamente, a minha vida é um patrocínio da Federação Carioca
malabarismo eu sou mais eu, porque pouco conturbada, mas é boa, vamos de Futebol ou de algum time do
é uma coisa fora de série, mesmo ver se desta vez vai dar certo. Estado do Rio de Janeiro?
com este tempo, em Copacabana, E. V. – Você é uma pessoa feliz? Pelé Carioca – Nunca tive este
ventando muito a bola não cai. Pelé Carioca – Olha a felicidade privilégio de ser patrocinado, inclusi-
E. V. – Durante o mês você con- a gente conquista a cada dia, porque ve muitas pessoas comentam sobre,
segue ter uma rentabilidade que não adianta tristeza e o show que eu o apoio de algum órgão esportista.
dá para sustentar a sua família? proporciono com a bola é um traba- Hoje é sábado e estou aqui na praia
Pelé Carioca – Eu sempre res- lho que eu gosto de fazer e me com- trabalhando, o mesmo vai acontecer
pondo o seguinte: a praia de Copaca- pleta todos os dias, fazendo-me feliz. no domingo e nos dias seguintes. Re-
bana é um bom lugar para trabalhar, E. V. – O que você deslumbra almente gostaria de ter um patrocínio
tem muitos gringos fazendo turismo para o seu futuro? de alguma empresa.
e passeando pelo calçadão, assim dá Pelé Carioca – É o que todas as
para eu conseguir um bom dinheiro pessoas almejam; ter uma rentabili- Por: José Carlos Reis de Souza
Laminados de Porcelana (facetas)

Laminados de porcelana são finas


películas de cerâmica que cobrem apenas
a parte frontal do dente, cuja finalidade
é principalmente estética (para corrigir
dentes escurecidos, tortos, pequenos ou
com o formato irregular).
O sorriso funciona como um cartão
de visitas, com o poder de abrir portas e
cativar pessoas. O avanço da odontologia
estética viabilizou o sonho de muitas pes-
Caso Inicial Caso Final
soas em ter um sorriso bonito e cativante,
que contribui para o aumento da auto-
-estima e confiança para sorrir.
A procura pelas facetas tem aumen-
tado muito nos últimos anos, devido ao
resultado estético praticamente perfeito
conseguido. Belos dentes causam fascínio
entre as pessoas, principalmente entre as
estrelas de Hollywood, sendo elas que di-
vulgaram esta técnica para o mundo no
início dos anos 90.
Na primeira consulta, desgastamos
a parte frontal do dente (em torno de 1 Caso Inicial Caso Final
mm), e fazemos a moldagem. Na pró-
xima consulta ela já está pronta para a
cimentação e finalização do tratamento.
Se assemelha muito com o dente natural, tamanho e cor dos dentes, mesmo em Dr. Jorge Kather
ou seja, quando bem feita fica impercep- casos difíceis. • Pós-graduado e Especialista em Im-
tível. • São resistentes ao ataque por fluidos plantodontia pelo Conselho Federal de
Quando o paciente não está satisfeito orais e álcool. Odontologia.
com o seu sorriso, dependendo de sua • Mantêm a cor e o brilho, mesmo •Mestre em Odontologia, sub-área Pe-
riodontia.
condição bucal, pode ser feito faceta em após muitos anos de uso. • Habilitação em Analgesia Inalatória por
todos os dentes, transformando assim o • São homogêneas, não retêm as pla- Óxido Nitroso e Oxigênio (sedação cons-
sorriso de forma rápida, segura e com um cas ou manchas. ciente) APCD
resultado estético maravilhoso. • Sua união ao dente é muito forte, e • Curso de habilitação em Implante Zigo-
mático, Sistema Nobel Biocare.
Características das facetas: dificilmente se desgastam com a masti- • Experiência em mais de 2100 implanta-
• Elas melhoram a aparência estética gação. ções.
dos pacientes de forma significativa, pois • Deixa o paciente com muita auto
são capazes de alterar a forma, posição, estima.

30
la s abertas
u
Matríc 01 2 !!!
par a 2
32
So S
Lavagem
Tapeçaria
Impermeabilização
14
ESTOFADOS
ESTOFADOS -- TAPETES
TAPETES -- CARPETES
CARPETES anos

Av. Desembargador Paulo de O. Costa, 121 - Centro - Taubaté/ SP


www.sosestofados.com.br - Tels. (12) 3621. 1710 - 9167. 3088
Encontro da Cidadania
em Campos do Jordão
A fundação Lia Maria Aguiar realizou durante os dias 22 a 26 de agosto, no
auditório Cláudio Santoro em Campos do Jordão / SP. O “Encontro da Cidadania”
, em parceria com o Instituto Prometheus, Santa Marcelina e apoio do Ministério
Público do Estado de São Paulo.
O Encontro da Cidadania tem com objetivo ampliar os espaços de discussão so-
bre a questão da cidadania no Brasil. Participaram do evento: José Renato Nalini,
Dr. Drauzio Varella, Dr. Isami Tiba, Max Gehringer e Pedro Bertolucci.

Pedro Bertolucci é necessário que a comunidade cuide da cidade, tenha orgulho


do local aonde vivem e os empresários façam a sua parte capa-
citando seus profissionais, para que juntos possam atender as
expectativas e surpreender o turista. Quando estamos viajando
gostamos de ser bem recebidos, se a comunidade tem orgulho da
cidade e está feliz, com toda a certeza, ela irá recepcionar o turista
com alegria e hospitalidade”, explica.
Nos casos de sazonalidade, Gramado criou alguns eventos
como o Natal Luz. “O mês de dezembro era o pior mês do ano e
para atrair turistas na minha gestão, criamos o Natal Luz. O even-
to deu certo e hoje é um grande sucesso, começamos com dois
dias de apresentações e hoje são 75 dias de diversas atrações e
dezembro se tornou o mês de maior movimento”, diz.
Pedro Bertolucci também comentou sobre o turismo de
negócios. “Hoje Gramado também recebe cerca 250 eventos
coorporativos por ano e isso também é um dos recursos que o
município utiliza para que os empresários não sofram com a sa-
zonalidade”, argumenta.
Após a palestra, Pedro Bertolucci participou de uma mesa re-
26/08 - O ex-prefeito de Gramado (RS) Pedro Bertolucci fe-
donda com o Promotor de Justiça Ricardo Navarro, o Diretor do
chou o ultimo dia do Encontro da Cidadania realizada no Audi-
Guia Turístico de Campos do Jordão Luiz Ricardo Castelfranchi, a
tório Claudio Santoro em Campos do Jordão com uma palestra
Gerente Social da Fundação Lia Maria Aguiar Luiz Goshima, o His-
sobre turismo e desenvolvimento sustentável.
toriador Iconográfico em Campos do Jordão Edmundo Ferreira
Bertolucci apresentou um case de sucesso da cidade de Gra-
da Rocha e o Gerente Executivo da Associação dos Amigos de
mado como exemplo de fomentação de turismo e de desen-
Campos do Jordão Ricardo M. S. Gonçalves.
volvimento sustentável. “Campos do Jordão é muito parecida
com a minha cidade e tem muitos atrativos naturais que lá nós
não temos”, falou. O palestrante disse que Gramado é vendido
aos turistas como produto turístico e citou algumas ações que O Encontro da Cidadania teve como objetivo ampliar
ajudaram a cidade a desenvolver o turismo e conquistar um pú- os espaços de discussão sobre a questão da cidadania no
blico de quase 4 milhões de pessoas por ano. As ações foram: Brasil.
Formar parcerias entre a comunidade, empresários e a prefeitura; O Encontro da Cidadania foi realizado pela Fundação Lia
a criação e aplicação de um plano diretor eficiente e respeitado; Maria Aguiar, com a parceria do Instituto Prometheus, Santa
planejamento estratégico; modernização da gestão pública; in- Marcelina e o apoio do Ministério Público do Estado de São
centivo aos empreendedores; promoveu a qualidade de vida à Paulo.
população; terceirizou os eventos do município, entre outras. “É
Fotos: Julio Moraes
importante que a prefeitura faça a sua parte oferecendo serviços
de qualidade a população e infra-estrutura urbana, mas também
34
Dr. Isami Tiba
Na questão das drogas, Isami, acredita que a prevenção con-
tra o vício vem por meio de uma boa educação e alerta que um
dependente químico nunca está curado, pois o vício está apenas
adormecido e basta apenas uma dose para que ele tenha uma
recaída. “Não acredito que é errando que se aprende, e sim, cor-
rigindo os erros é que vamos aprender. Precisamos ter alta per-
formance, levarmos a reflexão e buscar os melhores resultados
possíveis e aprender sempre. Somente através do aprendizado é
que é possível desvendar as nossas riquezas”, explica.
No caso dos pais, as experiências familiares têm sido insufi-
ciente para formar valores e falta preparo para orquestrar uma
educação que realmente formem valores e competências. É pre-
ciso que eles se preparem para ajudar os jovens a construir um
futuro de alta performance e adquiram uma conduta educacio-
nal equilibrada, atribuindo a devida responsabilidade aos pais e
educadores na formação de seres humanos competente, éticos e
felizes. “É importante que os pais realmente conheçam seus filhos
e aplique desde os dois anos de idade um modelo de educação de
alta performance”, diz.
Para Isami Tiba a sua participação no Encontro da Cidadania é
uma grande satisfação. “Ajudar a formar pessoas melhores para
que elas formem crianças e adolescentes com autonomia com-
24/08 – O médico Psiquiatra Dr. Isami Tiba, durante a palestra portamental e com responsabilidade social é a realização de um
abordou o tema “família” e, as dificuldades em educar um filho grande sonho”, finaliza.
nos dias de hoje. Após a palestra, Isami Tiba participou de uma mesa redonda
Com simples exemplos levou os pais presentes, a refletir de com o Promotor de Justiça Alexandre Mourão Mafetano, com a
como desenvolver um projeto de educação, no qual a criança Presidente da Sociedade de Educação e Assistência Frei Orestes
e o adolescente possam ter autonomia comportamental, inde- em Campo do Jordão Irmã Lúcia Zanin, com o Promotor de Jus-
pendência financeira e responsabilidade social. Isami Tiba falou tiça da Infância e Juventude de Taubaté Dr. Antônio Carlos Ozó-
também que a educação é um projeto racional mesclado com rio, com o Diretor do Colégio Estadual Teodoro Corrêa Cintra de
muito amor e, que são necessários que os pais sejam educado- Campos do Jordão Benedito Mariano dos Santos e a Psicóloga da
res competentes e não pais doadores. Fundação Lia Maria Aguiar a Dra. Tatiana Aydar Sandoval.

José Renato Nalini


22/08 - O Secretário Geral e desembargador do Tribunal de
Justiça de São Paulo José Renato Nalini, foi o primeiro palestran-
te do Encontro da Cidadania, no Auditório Claudio Santoro em
Campos do Jordão, às 450 pessoas presentes. José Renato abor-
dou o tema “Meio Ambiente”. Falou sobre novo Código Ambien-
tal e tirou as dúvidas sobre a aplicação do Código Florestal em
zona urbana; os procedimentos de desapropriação nos imóveis
com restrição de corte de vegetação ou situação de APP (Área
de Preservação Permanente); de como são os processos com
pedidos de demolição; a possibilidade de se criar uma Política
Nacional de Resíduos Sólidos, entre outros.
José Renato Nalini também levou a platéia a refletir sobre o
que será melhor para a cidade de Campos do Jordão, em rela-
ção, a flexibilidade no modo de conceder a licença ambiental. E
deixou claro que, existem duas formas de agir conscientemente
para preservar o meio ambiente: a Prevenção e Precaução, além
de, esclarecer que Educação Ambiental não é privilégio da elite
e sim de todos.
José Renato Nalini, também divulgou a ética ambiental e
despertou a importância da preservação aos presentes. “Há al-
guns anos ouvíamos os cientistas preverem para os próximos 100
anos, o aquecimento global e não demos a devida importância
a esse fato. A situação se agravou e os efeitos de um clima caóti-
co e grandes catástrofes naturais vêm acontecendo. Isso mostra Para a fundadora da Fundação, a senhora Lia Maria
que a terra está pedindo socorro e todos nós temos que desde Aguiar, o Encontro da Cidadania é fruto de um excelente
já, fazermos a nossa parte de forma consciente”, explicou. Após trabalho em equipe e a realização de um grande sonho. “A
a palestra, José Renato Nalini participou de uma mesa redonda Fundação é um sonho realizado e todas as suas ações são
com o Promotor de Justiça Ricardo Navarro, a Promotora Sandra voltadas a ensinar e dar oportunidade a comunidade de
Reimberg, o Secretário de Meio Ambiente de Campos do Jordão Campos do Jordão para que ela seja mais participativa e so-
Claudio Sirin e o Gerente da Agência Ambiental de Campos do lidária”.
Jordão CETESB Ivan Silva de Oliveira.
Fotos: Julio Moraes e Ehder Souza
Max Gehringer
não tem custo, mas que resulta em um grande impacto”, conta.
Max Gehringer também descreveu as novas tecnologias e a
postura da nova geração no mercado de trabalho. “Hoje o mer-
cado de trabalho exige muito mais que há tempos a traz, o profis-
sional tem que estudar e se qualificar para conseguir uma vaga”,
disse.
Sobre a realidade de Campos do Jordão, o palestrante, citou
algumas oportunidades de negócios que a cidade oferece fora
da temporada de inverno e incentivou os presentes a enxerga-
rem a cidade não apenas no turismo, mas em outras áreas. “Uma
das oportunidades de negócios que eu acredito que dá certo é de
transformar a cidade, em um grande centro de convenções, isso
irá gerar emprego em diversas áreas. Mas tudo vai depender de
pessoas que tenham o espírito empreendedor”, falou.
E para aqueles que acreditam que a cidade não oferece opor-
tunidade de emprego, Max aconselhou: “Vão embora, busque
outras oportunidades. O que pode acontecer é de vocês voltarem,
mas terão aprendido alguma coisa. “Não existe nenhuma experi-
ência que agente não aproveite algo de bom”, disse.
Já na questão da educação, o administrador, acredita que o
ideal é o profissional escolher um bom curso técnico, se inserir
no mercado de trabalho e depois optar por escolher um curso
25/08 - O administrador e consultor de negócios Max Gehrin- superior. “O profissional que já fez um curso técnico e já está no
ger proporcionou uma palestra sobre emprego e renda. mercado de trabalho terá melhores condições de escolher um
Durante a palestra Max Gehringer articulou sobre as oportu- curso superior na área que ele quer atuar e ser um profissional
nidades que possam alavancar uma carreira profissional e deu de sucesso” finaliza. Estiveram presentes em torno de 850 pes-
algumas dicas essenciais para obter sucesso como: ter domínio soas. Após a palestra, Max Gehringer participou de uma mesa
sobre a língua portuguesa, empreender em nós mesmo, ter a redonda com o Promotor de Justiça Ricardo Navarro, a Pró-reitora
capacidade de entender as mudanças e se adaptá-las, saber li- Estudantil da Unitau Dra. Nara Lúcia P. Forte, o Gerente Executivo
dar com as pessoas e nunca confrontar com o chefe. “Quando eu da Associação dos Amigos de Campos do Jordão Ricardo S. Gon-
chego a qualquer lugar a primeira coisa que eu pergunto: quem çalves e a Diretora do SENAC de Campos do Jordão Maria Estela.
é que manda aqui? é preciso respeitar as hierarquias e títulos. Te- Fotos: Julio Moares
mos que saber lidar com as situações de poder”, explica.
Max Gehringer narrou suas experiências profissionais e des-
tacou a importância do profissional de hoje ter um bom relacio-
namento interpessoal com os colegas de trabalho. “Não tenha
medo de alguém roubar uma idéia sua, de onde saiu uma sairá
outras. Triste é aquele que tem apenas uma idéia pelo resto de sua
vida. Eu acredito que as melhores idéias são as mais simples, que

Drauzio Varella
23/08 – O médico Drauzio Varella abordou o tema “Saúde
Aliado a Qualidade de Vida”. Durante a palestra Dr. Drauzio des-
tacou a importância das condições familiar de cada individuo a
observação com o próprio corpo e o interesse em saber o histó-
rico de saúde de nossos pais, avós e bisavós.
Ressaltou a necessidade que o corpo humano tem para se
exercitar. “O nosso corpo é uma máquina e foi feito para se mo-
vimentar. O exercício físico e uma alimentação saudável são os
nossos maiores aliados para uma boa saúde”. Alertou aos pre-
sentes do perigo que algumas doenças causadas pela obesidade
(cardiovasculares hipertensão e diabetes). O outro tema abordado
foi à questão das drogas lícitas e ilícitas, como também o cenário Após a palestra, Dr. Drauzio Varella compartilhou de uma
nacional da “epidemia do crak”, na qual o país não está preparado mesa redonda com o Promotor de Justiça Ricardo Navarro, a
para enfrentar esse problema faltando informação e tratamento. Promotora Sandra Reimberg, o Médico da Fundação Lia Ma-
O Poder Público não dispõe de clínicas de reabilitação. Para finali- ria Aguiar o Dr. Luiz Marcelo Sandoval e o cardiologista Dr.
zar, Dr. Drauzio proferiu do vício do cigarro, uma das drogas mais Marco Antonio Arakaki. Participaram desta palestra 850 pes-
difícil de largar e, a que traz as doenças mais devastadoras. soas. Fotos: Julio Moares

36
Paticipantes: Gestores, Coordenação e Gerência.

Hospital Regional avança com Projeto de


Gestão por Competências
O Hospital Regional do Vale do Paraíba iniciou a implantação Com base no levantamento, a Diretoria do Hospital
do projeto Gestão por Competências, que tem como proposta Regional definiu as competências essenciais e específicas de
potencializar o desenvolvimento de gestores e colaboradores, cada gestor e estes se submeteram a avaliação da ferramenta
através da detecção de “gaps”, que são as oportunidades de me- PPA – Perfil Profissional Analítico, que detectou a necessidade de
lhoria e adaptação. A necessidade desta avaliação é um dos pon- trabalhar os “gaps” conforme os anseios da Instituição.
tos destacáveis do Plano Estratégico do HR, que visa investir na A metodologia tem como diferenciais a impessoalidade
capacitação e treinamento de seus profissionais. e o sigilo, que permitiram aos avaliadores senso crítico e cons-
O planejamento durou 2 anos e começou a ser execu- trutivo, garante o Gerente de Recursos Humanos do HR, Nilson
tado em agosto, quando houve a contratação de uma empresa Carvalho. “Esta foi uma grande vitória para o Hospital Regional.
Sabemos da complexidade do método e de que muitas empre-
de consultoria, para aplicar o modelo de avaliação 360º, que pro-
sas não conseguiram concretizá-lo. Isso traz maturidade a todos
move uma análise em todos os níveis, desde o comportamental
para crescer, dando e recebendo feedbacks. Considero a medida
até a ação para resultados e possibilidades de desenvolvimento, ousada e extremamente positiva”.
levando em consideração apontamentos de superiores e subor- O próximo passo será a implantação do Plano de De-
dinados, clientes e demais lideranças. senvolvimento Individual, onde os gestores avaliados irão definir
O Diretor Administrativo do HR, Márcio do Espírito San- junto aos seus superiores a forma como serão potencializadas
to, ressalta a importância de um profissional completo. “Estamos cada uma das competências deficitárias. O HR definiu como sen-
em uma fase que não basta os superiores conhecerem seus su- do nove as competências necessárias para os colaboradores, di-
bordinados, precisamos saber também a percepção dos pares, vididas entre Essenciais, Específicas e de Gestão.
saber como ele é visto frente aos demais colaboradores. Somen- Participam do Programa 45 gestores, dos níveis de su-
te com profissionais qualificados conseguiremos melhorar ainda pervisão, coordenação e gerência. A realização de todo o projeto
mais o serviço prestado aos nossos clientes”. de Gestão de Pessoas terá duração de 9 meses.

38
Social Vale
CÂMARA HOMENAGEIA OS 15 ANOS DA
TV BAND VALE

A Câmara Municipal de Taubaté rea-


lizou solenidade para comemorar os 15
Por José Carlos Reis de Souza
redacao@revistaempresasdovale.com anos da TV Band Vale e homenagear o
responsável João Carlos Saad com o títu-
lo de cidadão taubateano. A festividade
solene foi conduzida pelo presidente da
ACIT ENTREGA O CRUZEIRO MARITIMO Casa, Jeferson Campos (PV). Ao receber
PROMOÇÃO “DE MALAS PRONTAS” OSCAR FASHION DAYS 2011 o diploma das mãos de Mário Ortiz, João
Carlos Saad lembrou que a história de sua
A (ACIT) - Associação Comercial e In- Aconteceu durante os dias 15 a 17/09 família no Vale do Paraíba começou com
dustrial de Taubaté fez a entrega do cru- no Pavilhão de Exposições do Núcleo os avôs Jorge Saad e Ademar de Barros,
zeiro marítimo sorteado na promoção Tecnológico de São José dos Campos – ex-governador do Estado. Na oportuni-
“De Malas Prontas”, que marcou o perío- SP. A 11ª edição do Oscar Fashion Days, dade, Cláudio Giordani (Diretor-geral da
do de vendas para o Dia dos Pais. O sorte- que levou aos convidados, conceitos, TV Band Vale) recebeu a placa comemo-
ado, Eder Monteiro da Silva, presenteou o recentes tendências de moda, beleza, e rativa das mãos da vereadora Graça, e res-
seu pai, Benedito Monteiro da Silva, com lifestyle nacionais e internacionais para saltou que atualmente a emissora cobre
a viagem. Foto: Ednei Rovida / ACIT o verão 2012. O Oscar Fashion Days 2011 mais de 40 cidades da região. Durante a
deu início com um show da cantora Wa- homenagem a autora do decreto, a vere-
nessa Camargo. A atriz Deborah Secco adora Graça lembrou o início da história
apresentou seu novo visual, clássico e ao do grupo, em 1948, quando João Jorge
mesmo tempo elegante, com um look Saad adquiriu a Rádio Bandeirantes.
diferenciado e carregando uma max bol- 1- João Carlos Saad (pres. do Grupo Bandeiran-
sa Victor Hugo roxa. Também desfilaram: tes de Comunicação). 2- Vereadora Maria da
Ricardo Pereira, Jonatas Faro, Ticiane Pi- Graça e Claudio Giordani. 3- João Carlos Saad
recebendo um mimo dos vereadores_ Mário
nheiro, Paloma Bernardi, Daniela Cicarelli,
Ortiz, Maria da Graça e Jeferson Campos.
Sophie Charlotte, Daniel Bueno, dentre
outras estrelas. 1
GRUPOS DE TRABALHO ASSOCIAÇÃO Fotos: José Carlos Reis de Souza
VIVA TAUBATÉ NÚCLEOS
1- Vanessa Camargo, Debora Secco e Ticiane
PROGRAMÁTICOS
Pinheiro. 2- Paloma Bernardi.

Foi fundado o “Grupos de Trabalho


Associação Viva Taubaté” com o intuito 1
de ser formatado projetos nas áreas da:
Cultura e Educação, Segurança, Desen- 2
volvimento Econômico, Planejamento
Urbano, Político, Saúde e Comunicação. O
grupo tem a intenção e responsabilidade
de apresentar um candidato que possa
representar os cidadãos taubateanos na
Câmara dos Vereadores e Prefeitura.
2
3

40
Social Vale
DELTA TURISMO METRO COMUNIDADE

21/09 - O empresário Gerson ofereceu 27/08 - A equipe da Rádio e TV


um coquetel aos seus convidados para Metropolitana realizou no Bairro Feital
apresentar a sua empresa, “DELTA TURIS- na cidade de Pindamonhangaba, o
MO”. Na oportunidade Padre Fred esteve “Metro Comunidade”. Durante o dia
presente para a sua benção. foram prestados serviços básicos como: MEETING EMPRESARIAL
1- Manoel Carlos, Adalto, Gerson, Dr. Antônio e corte de cabelo, manicure, limpeza de
Davis. 2- Dora, Denise, Gerson, Cristina e Uera. pele, aferição de pressão, distribuição de 26/09 – O empresário Manoel Car-
3- Bruno, André, Mascarenhas, Gerson e João algodão doce, pipoca e brindes.
José. 4- João José, Danilo, Paulo de Tarso e João los de Carvalho Junior promoveu no
Biasi. 5- André, Gerson e Angélica. espaço Dunluce Irísh Pub em São José
dos Campos, o lançamento do Meeting
1- Equipe da Rádio e TV Metropolitana. 2- Equi-
1 pe de enfermagem da Santa Casa de Misericór-
Empresarial Londres 2012. Durante a
dia de Pinda participando da Ação Solidária apresentação, todos os convidados par-
Metropolitana. 3- José Carlos (TV Metropolita- ticiparam de um coquetel.
na) entrevista Myriam Alckmin (Vice-prefeita
de Pinda), durante sua visita a Ação Solidária 1- Arthur De Biasi e Manoel Carlos Junior. 2-
Metropolitana. 4- Eqipe de manicure partici- Alexandre Danelli e Eugenia Danelli com Guar-
pando da Ação Solidária Metropolitana. da Real. 3- Ariadne e Jean Esteves com Guarda
Real. 4- Cristina e Dr. José Elisio Ubarana.

2
1 1

3 2 2

4 3
3

5 4
4
Dr. Rogério Próspero
Cirurgião Plástico
Lipoaspiração

Dr. Rogério Próspero


CRM 80350

Introdução
O conceito de beleza vem se alterando ao longo da história Cirurgia
da humanidade. As formas mais voluptuosas concebidas pelos O cirurgião insere a cânula de lipoaspiração na camada de
artistas do passado estão sendo substituídas por formas mais gordura abaixo da pele. Fazendo um movimento de vai e vem,
esguias. O corpo era mais escondido em tempos anteriores, pas- soltando e separando a gordura na região. A sucção é feita com
sando a ser cada vez mais revelado e exaltado nos padrões de um aspirador cirúrgico conectado no lado oposto da cânula, a
comportamento social dos tempos atuais e com os meios de co- fim de remover a gordura. Em alguns casos, a gordura pode ser
municação contribuindo para isso, mediante associação da boa removida manualmente com seringa conectada a cânula. Após
forma física e boa saúde com juventude e beleza. procedimento as incisões são fechadas com sutura.Se necessário
Os avanços da medicina no último século permitiram uma esse excesso de gordura pode ser translocado para outras regi-
crescente participação da “modelagem” do corpo com medidas ões do corpo, caracterizando assim a tão famosa lipoescultura.
clínicas, farmacológicas e principalmente cirúrgicas.
Entre o arsenal de métodos para a modificação do contorno Pós-Operatório
corporal a lipoaspiração ocupa papel de destaque, sendo atual- Pode haver dor e aumento de volume, controlados com anal-
mente um dos procedimentos mais realizados na cirurgia plásti- gésicos e acompanhamento fisioterapêutico. O médico pode
ca.Em geral, desenvolvem-se depósitos de gordura em diversas sugerir o uso de malhas ou roupas compressivas por até 06 me-
regiões do organismo, regiões de acúmulo persistente mesmo ses, parte importante do processo de recuperação. Por malhas
após rotina de exercícios físicos e dietas adequadas, contribuindo de compressão entendem-se vestimentas justas que mantém os
para a aparência desproporcional do contorno. A lipoaspiração tecidos juntos, ao mesmo tempo confortáveis e que auxiliam no
atua removendo o excesso de tecido adiposo, com retorno do processo de cicatrização. As malhas de compressão controlam o
contorno e criando aparência mais harmônica. A lipoaspiração edema prevenindo o acúmulo de líquido na área tratada e tam-
não é um tratamento eficaz para celulite ou obesidade. Indiví- bém auxiliam a pele a assumir seu novo contorno.
duos submetidos à lipoaspiração devem ser saudáveis e relativa- É possível retornar ao trabalho em poucos dias e retomar as
mente magros, com pele firme, elástica e bom tônus muscular. atividades normais em aproximadamente uma ou duas semanas.
Nota-se melhora da aparência logo após cirurgia. Melhora ainda
Preparo Pré-Operatório. maior pode ser observada de 4 a 6 semanas após o procedimen-
A avaliação pré-operatória inclui anamnese cuidadosa, ana- to, com redução do edema. Os resultados finais serão notados
lise sistêmica do paciente, solicitação dos exames laboratoriais, somente após o primeiro ano.
avaliação cardiológica e pré-anestésica. É um procedimento que Lembre-se que a indicação da técnica é fundamental para o
deve ser realizado em ambiente hospitalar e com todos os cuida- sucesso do tratamento. A lipoaspiração não pode ser encarada
dos pertinentes a assepsia e anti-assepsia, visando assim a total como método de tratamento da obesidade; seu objetivo princi-
segurança dos pacientes. pal é a remoção de tecido gorduroso localizado. Quando asso-
Procedimentos de lipoaspiração podem durar de 1 a 3 horas ciado à atividade física regular e uma boa reeducação alimentar,
dependendo da extensão e técnica empregada. Antes de iniciar atingiremos com certeza, o sucesso pós-operatório, pois estare-
a lipoaspiração, a área tratada deve ser limpa e anestesiada. De- mos aliando estética com qualidade de vida.
pendendo da complexidade do procedimento e da quantidade Em suma, trata-se de um procedimento seguro, com excelen-
de gordura a ser removida, usamos anestesia geral ou local as- tes resultados, mínima cicatriz, rápida recuperação e alto grau de
sociada à sedação EV. O cirurgião pode fazer incisões em locais satisfação por parte dos pacientes, desde que realizado com se-
alternativos, dependendo do procedimento. As cicatrizes são es- riedade, cautela, em local adequado e profissional especializado,
condidas nos contornos do corpo. ou seja, respeitando-se todas as normas pertinentes à segurança
e padronização cirúrgica.
Injeção de solução tumescente
Embora existam vários técnicas de lipoaspiração, a técnica tu-
Clínica Próspero
mescente é a mais utilizada. Antes de remover a gordura, injeta- Rua Soldado Constitucionalista, Nº45 - Santa Luzia
-se líquido na área a ser tratada através de um dispositivo com Pindamonhangaba - SP - Tels.: (12)3645-3334
orifício denominado cânula. A solução, auxilia a entorpecer a área www.clinicaprospero.com.br
tratada, controla a perda sanguínea e facilita a remoção da gor-
dura.
42
Programa
Intercâmbio
Internacional de
Jovens Intercambistas em passeio de escuna.

17/09 – A UNITAU de Ubatuba – São Paulo, foi o anfiteatro


para receber os 16 intercambistas inbounds (estrangeiros), 26 in-
tercambistas outbounds (brasileiros), em entorno de 7 rebounds
(que já regressaram ao Brasil), famílias anfitriãs, conselheiros dos
clubes de Rotary e equipe de intercâmbio para o “Treinamento
do Programa de Intercâmbio do Rotary Internacional.

Intercambistas participando de aula de português.

Intercambistas se preparando para passeio de escuna.

40
44
Aniversário dos
Momento Unimed Taubaté

Cooperados Unimed
Taubaté
05/08 – Os médicos cooperados (aniversariantes dos meses
de julho e agosto de 2011) e seus familiares participaram do
tradicional jantar comemorativo pela passagem de mais um Dr. Joviano, Dr. Nelson Pano Valise e Dr. Hugo Di Domenico.
ano de vida, na sede da UNIMED Taubaté. O evento tem o
propósito de agregar os seus cooperados para uma melhor
relação de amizade.

Isabel, Lamartine Filho, Dr. Lamartine, Lucia, Dr. José Carlos Silva. Dr. Fernando Rangel e Madalena de Castro.
Guilherme, Rafaella e Cecilia.

Nesel e Dr. José Esfefano. Sérgio Fonseca, José Alberto, Josy, Maria Fer- Drª Berenice, Beatriz, Cristian, Dr. Jorge Kather,
nanda e Mary. Drª Antonella, Felipe, Drª Jane e Dr. Kather
(pai).

Marie Henrriett e Dr. Hugo Di Domenico. Sonia, Evandro, Izabel, Rafael e Olivério. Drª Ilda, Karin, Dr. Dirk e Stefanie.

Ricardo, Drª Daniela e Vera Lúcia. Newton, Dr. Nelson e Nadia. Dr. Joviano e Carolina.

40
46
Social Unimed
TREINAMENTO
GRUPO UNIMED TAUBATÉ e
UNIMED FESP

30/07 – O Grupo UNIMED Taubaté


em parceria com a UNIMED FESP reali-
zou no Hotel San Michel, em Taubaté, um PASSEIO CICLÍSTICO
Workshop com o tema “Manual de Inter- 4
câmbio Nacional 2011”. Foram abordados
os seguintes contextos: Relacionamento A UNIMED Taubaté, sob a direção do
com Unimeds; Como é elaborado o Manu- presidente Dr. Boanerges e Dr. Nelson
al de Intercâmbio; Composição do Comi- Valise do Departamento de Medicina
tê de Intercâmbio Nacional; Classificação Preventiva realizou no dia 25/09, o VIII
das Unimeds – Ranking; Apresentação de Passeio Ciclístico. O objetivo do evento
Cobranças no Intercâmbio – Contas Mé- é promover a qualidade de vida, o bem
dicas e Atendimento e Autorização de estar e estimular a prática. 5
Intercâmbio. Os palestrantes convidados, A saída foi às 09h00min horas da Av.
vindos da Unimed Fesp foram: Milton de Professor Walter Thaumaturgo (Avenida
Melo Lima (Ger. de Custos Assistenciais), do Povo), com um percurso de 5 km e
Carlos A.W. Martins (Relacionamentos chegada ao SESC Taubaté. Todos os par-
com Unimeds e Prestadores) e Lilian An- ticipantes foram recepcionados com uma
drade (Coord. do SAC). Participaram do mesa de frutas, apresentação de BMX,
treinamento 105 pessoas, entre colabo- Tenda da Saúde com: aferição de pressão
radores, gerentes, diretores e prestadores arterial, índice de massa corporal, teste
de serviço do Grupo Unimed Taubaté. 6
de podometria, baropodometria, orien-
Mais uma vez o Cardiocentro, Hospital tações sobre alongamentos, diabetes e
São Lucas e Unimed Taubaté. Juntos, in- hipertensão. Além disso, foram sorteadas
vestem em conhecimento para o melhor 07 bicicletas e brindes ofertados por pa-
atendimento aos Clientes da Unimed. trocinadores. Participaram deste passeio
1- Nadia, Dr. Nelson e Dr. Manfredini. 2- Milton em torno de 300 pessoas. “Um Sucesso”.
de Melo Lima (Gerente de Custos Assistenciais).
3- Lilian Andrade (Coordenadora do SAC). 4- 1- Tetê, Grasiela, ganhadora do brinde do Em-
Carlos A. W. Martins (Relacionamentos com pório Gargano e Nádia. 2- Saída da Av. do Povo.
Unimeds e prestadores). 3- Participantes passando pela CTI. 4- Atendi-
7
mento para verificar hipertensão e diabéte -
1 prevenção da Saúde. 5- Fisioterapeuta Ronald
com Baropodometria. 6- Juliana, Nádia e Fer-
nanda (Alps idiomas). 7- Mesa de Frutas para os
participantes. 8- Chegada ao SESC Taubaté. 9-
Bruna e Eliane. 10- Batedores da Polícia Militar
que colaboraram.

1
8
2

2
3 9

3 10
4
Unimed Taubaté
Momento Unimed Taubaté

Embala Vida
A UNIMED Taubaté, através da Medicina Preventiva e sob
a responsabilidade do diretor Nelson Pano Valise, Nadia P. Vali-
se (Supervisora Promoção da Saúde) e uma grande equipe de
colaboradores, não mediram esforços para mais um programa,
o “Embala Vida”. O evento ocorreu nas dependências da IMT
– Irmandade de Misericórdia de Taubaté, durante os dias 08 a
11/08/2011 e contou com 125 inscritos. No último dia os partici-
pantes fizeram uma visita ao Hospital São Lucas.
Participantes do Embala Vida.
As futuras mamães tiveram a oportunidade de absorverem
informações sobre como cuidar de seus filhos (as) que virão fa-
zer parte de suas vidas.

Tatiana Vieira Fernandes (Fonoaudióloga - Márcio Simi Amaral (Profº de Chi Kung e Tai Chi Maysa A. F. Pracanico (Enfermeira - Medicina
Medicina Preventiva - Unimed Taubaté). Chuan - Medicina Preventiva - Unimed Tau- Preventiva - Unimed Taubaté).
baté).

Gelson Fernando Batista (Nutricionista Eliane Lauria L. Ferreira (Psicóloga - Medicina Dr. Paulo Rosa (Pediatra - Cooperado Unimed
Medicina Preventiva - Unimed Taubaté). Preventiva - Unimed Taubaté). Taubaté).

Christiane R. Figueira (Fisioterapeuta - Drª. Daniela D.P. Porto Lemes (Ginecologísta - Adriana Crisitina Rodrigues Freitas (Enfermeira).
Medicina Preventiva - Unimed Taubaté). Cooperada Unimed Taubaté).

Marcello Verderamo e Nadia P. Valise. Marcello Verderamo (Oficial de Registro). Patricionadores do Embala Vida.

48
Frechal

Rua Massaguaçu, 283 - Jd. Satélite - São José dos Campos/SP - Tels.: (12) 3939. 6715 / (12) 9764. 1114
Dr. Wander Cunha - Urologista CRM62.649

Dr. Wander Cunha


Médico Urologista, Uma História de Vida
Natural de Barroso - MG, nasceu no seio de uma família recursos diagnósticos e terapêuticos na urologia e der-
humilde. matologia.
Paciência e tolerância despertaram sua vocação. Os procedimentos introduzidos proporcionam a oti-
Ingressou na Faculdade de Medicina e foi monitor de mização dos diagnósticos e dos tratamentos urológicos.
anatomia quando se encantou com a futura colega Elina O sucesso desse empreendimento estimulou a cria-
Ribeiro, que mais tarde veio a ser sua esposa e influenciar ção de uma segunda clínica com investimentos ainda
significativamente na sua trajetória. maiores: a “LITOTAU”, que possui recursos como: Litotrip-
Concluído o curso, Dr. Wander Cunha seguiu para Belo sia extra corpórea por ondas de choque para implosão de
Horizonte para fazer residência médica na área urológica. cálculos urinários.
Concorreu com muitos que disputavam uma única Além disso, está investindo no tratamento do cresci-
vaga para residência médica. Sendo vencedor, adquiriu mento benigno da próstata (HBP), através do GREEN LA-
grande experiência na especialidade. SER.
Mas o destino havia escrito que o sucesso futuro estava E por iniciativa do Dr. Wander Cunha foi estendido o
reservado ao lado da esposa, taubateana e filha do tam- atendimento da “LITOTAU” a pacientes do setor público,
bém médico Dr. Eliceu Ribeiro. com repercussão muito positiva para a população de
Dr. Wander trouxe para Taubaté conceitos modernos e Taubaté, o que gerou a condecoração de Cidadão Tau-
já testados em grandes centros. bateano.
Uma das inovações implantadas, consiste em tirar os Ele ainda aceitou o convite para ser gerente admi-
pacientes do ambiente hospitalar e inseri-los no ambiente nistrativo do Cardiocentro, sendo atualmente também
de clínica. candidato nas eleições da SBU (Sociedade Brasileira de
Outra ação pioneira foi a criação da “DUO CLIN”, com Urologia) compondo a chapa “Equilíbrio”.

50
Livros Revistas Folders
Mala Direta Catálogos
Cartões de Visita Manuais
Pastas Displays

WT Gráfica
Impressos Padronizados
Acabamentos Especiais

PABX: (11) 2653-9482


www.wtgrafica.com.br
wtgrafica@wtgrafica.com.br
R. Cel. Pedro Dias de Campos, 36-A
V. Matilde - CEP 03508-010 - São Paulo - SP