Você está na página 1de 10

ESTADO DO MARANHÃO

SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA


POLICIA MILITAR DO MARANHÃO
DIRETORIA DE ENSINO
Av. Jerônimo de Albuquerque, s/n, Calhau; CEP. 65.074-220; São Luís/MA; Telefax: (0xx98)
3268-3057; E-mail: densinopmma@gmail.com

PROCESSO SELETIVO Nº 012/2017-DE

O DIRETOR DE ENSINO DA POLÍCIA MILITAR DO MARANHÃO, no uso de


suas atribuições legais e de acordo com as Normas para o Planejamento
e Conduta do Ensino (NPCE), publicadas em BG nº 111 de 14/06/2017,
combinadas com as Normas para Seleção e Indicação de Candidatos para
Cursos e Estágios, publicadas no BG nº 110, de 13/06/2017, divulga
para conhecimento dos interessados que o Comando Geral da Corporação
abrirá inscrições para o Processo Seletivo com vistas a selecionar
policiais militares lotados nas Unidades do interior do Estado
(2ºBPM, 4ºBPM, 11ºBPM, 15ºBPM, 16ºBPM, 18ºBPM e 19ºBPM; 1ª e 6ª CI),
para o Curso da Força Tática/2017 (CFT/2017) a ser realizado no
período de 10 de julho a 11 de agosto de 2017, na sede da 6ª Companha
Independente PM em São João dos Patos-MA.

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

a. A seleção para o preenchimento das vagas para o CFT/2017-6ªCI ,


regida por este Processo Seletivo, será executada pela Diretoria de
Ensino e realizado em 02 (duas) etapas, sendo ambas eliminatórias;
b. Na primeira etapa da seleção os candidatos serão submetidos à
Junta Militar de Saúde da PMMA;
c. A segunda etapa da seleção compreenderá o Teste de Aptidão Física
(TAF) e somente será aplicado aos candidatos APTOS na primeira etapa.

2. DAS VAGAS

Estão sendo oferecidas para as Unidades supracitadas da área do


CPI, um total de 45 (quarenta e cinco) vagas para os policiais
militares. Oficiais e praças, diretamente subordinados nessas
Unidades, em conformidade com a seguinte distribuição:

UNIDADE PM VAGAS

6º CI IND – SÃO JOÃO DOS PATOS(SEDE) 13


1ª CI - COLINAS 04
2º BPM - CAXIAS 04
4ºBPM - BALSAS 04
11ºBPM - TIMON 04
15ºBPM - BACABAL 04
16ºBPM - CHAPADINHA 04
18ºBPM – PRESIDENTE DUTRA 04
19ºBPM - PEDREIRAS 04
TOTAL 45
3. DAS INSCRIÇÕES

a. As inscrições deste Processo Seletivo devem ser feitas através de


requerimento e estarão abertas no período de 22 a 29 de junho de
2017, das 07h30m às 13h30 horas, junto a Diretoria de Ensino (DE),
que ficará encarregada de receber os requerimentos com as informações
necessárias, podendo ser inicialmente através do email
densinopmma@gemail.com, devidamente assinado pelo seu Comandante, no
formato PDF, e posteriormente, no prazo de inscrição devem ser o
físico desses encaminhados a DE, todos contendo as seguintes
informações do candidato:
1. se está “sub-júdice”, respondendo a Inquérito Policial,
Inquérito Policial Militar, Sindicância ou Conselho de Justificação,
salvo se autorizado pelo Poder Judiciário;
2. se está em pleno desempenho das atividades policiais militares;
3. data da última promoção;
4. se está condenado à pena privativa de liberdade, medida de
segurança ou qualquer condenação incompatível com a função policial
militar, salvo se reabilitado, ou autorizado pelo Poder Judiciário;
b. A inscrição do candidato implicará no conhecimento e na tácita
aceitação das normas e condições estabelecidas neste Processo
Seletivo, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento.

4. DOS REQUISITOS

a. Ser voluntário, com comprometimento por escrito, anexado ao


requerimento, conforme o anexo “D”;
b. Ser policial militar combatente servindo no interior do Estado;
c. Estar no mínimo no comportamento BOM;
d. No caso do policial militar encontrar-se "sub-júdice", poderá
concorrer à vaga desde que tenha liberação do juiz respectivo para se
afastar do foro, de acordo com art. 392, CPPM que deverá ser anexada
ao seu requerimento;
e. Estar em pleno desempenho das atividades policiais;
f. Ter sido considerado APTO pela junta militar de saúde (JMS) e
pela comissão para aplicação do TAF – padrão especial, designada pela
Diretoria de Ensino;
g. Ter conceito favorável do Comandante, Chefe ou Diretor, expresso
no requerimento;
h. Comprometer-se em providenciar o material obrigatório
discriminado no ANEXO “C”.

5. DA SELEÇÃO DOS CANDIDATOS

a. A seleção dos candidatos ao CFT/2017-6ªCI será compreendida em


duas etapas, na ordem abaixo estabelecida, sob a responsabilidade da
Diretoria de Ensino:
ETAPA DISCRIMINAÇÃO LOCAL DATA HORA
São Luís e 08h00min às
1ª 03/07/2017
Exame Médico Imperatriz 13h00min
Teste de 6º CI–SÃO JOÃO DOS
2ª aptidão Física PATOS 06 e 07/07/2016 08h00min
***
*** O resultado contendo os aptos e inaptos será consignado em
ata pela Comissão do EAF e encaminhado à DE pelo Comando da 6ª CI.
b. Do Exame Médico (1ª etapa)
1. Esta etapa será de caráter eliminatório;
2. Os candidatos que tiverem suas inscrições deferidas pela DE
deverão apresentar á JMES na data, local e horário designados, os
seguintes exames médicos para emissão de parecer:
a) Teste ergométrico com laudo cardiológico;
b) Ecodopplercardiograma;
c) EEG (Eletroencefalograma) com laudo;
d) Hemograma Completo;
e) TGO(AST);
f) TGP(ALT);
g) Uréia;
h) Creatina;
i) Glicemia em jejum;
j) PCR (Proteína C Reativa).
3. Estará eliminado do Processo Seletivo, o candidato que deixar de
apresentar algum dos exames exigidos em tempo hábil à JMES ou deixar
de comparecer na data e horário designados;
4. No caso do candidato ter realizado a junta nos 12 (doze) meses
anteriores à data da JEMS prevista neste Processo Seletivo e tenha
sido considerado APTO, deverá apresentar o documento comprobatório
juntamente com os exames complementares(JMES que seja equivalente as
exigências deste Processo Seletivo);
5. O resultado da Inspeção de Saúde será divulgado pela Diretoria
de Ensino, para posteriormente, na data definida, os candidatos
considerados APTOS serem submetidos ao TAF – Padrão Especial.

c. Do Teste de Aptidão Física (2ª etapa)

1. Para o TAF serão convocados os candidatos considerados aptos na


primeira etapa, a fim de serem avaliadas as suas condições físicas;
2. O TAF da Força Tática é composto por 04 (quatro) provas, onde
cada uma possui valores que variam de 20 (vinte) a 100 (cem) pontos,
conforme especificado nos ANEXO “B”;
3. Os candidatos que apresentarem limitações motoras e/ou
fisiológicas de acordo com o parecer da JMS não serão submetidos aos
TAF e estarão eliminados do Processo Seletivo;
4. Será considerado aprovado o candidato que obtiver o padrão
mínimo exigido, após o somatório cumulativo dos pontos de todas as
provas;
5. Devido a natureza do curso, todos os candidatos deverão realizar
todos os testes previstos independentemente de faixa etária e de
gênero, devendo alcançarem o índice mínimo previsto;
6. Será considerado reprovado e consequentemente eliminado o
candidato que:
a. Não comparecer ao local na data e hora previstas para a
realização de qualquer uma das provas;
b. Deixar de atingir o padrão mínimo em qualquer uma das provas.
c. Deixar de realizar qualquer uma das provas;
d. Não executar de maneira correta, o padrão mínimo das provas
previstas;
e. Não atingir o padrão mínimo exigido em cada uma das provas, será
considerado reprovado e não poderá mais participar das demais provas
seguintes, sendo eliminado do Teste de Aptidão Física;
(1) No Teste de Aptidão Física será admitida somente 01 (uma) única
tentativa para cada prova, não podendo zerar qualquer delas.

6. DA CLASSIFICAÇÃO E INDICAÇÃO

a. Preenchimento de todos os pré-requisitos para inscrição;


b. Classificação no Processo Seletivo para CFT/2017-6ªCI será
realizado conforme somatório dos pontos obtidos em cada uma das
provas, no limite de vagas estabelecidos para cada unidade;
c. Obediência ao critério de melhor índice técnico, dentre os
candidatos que atenderam aos requisitos do Processo Seletivo e
alcançarem a maior pontuação;
d. Observação de que o melhor índice técnico dar-se-á pela maior
pontuação alcançada pelo candidato, após o somatório cumulativo dos
pontos obtidos em cada uma das provas;
e. Observação dos seguintes critérios como desempate:
1º critério: Corrida;
2º critério: Barra;
3º critério: Abdominal;
4º critério: Antiguidade.

f. O candidato que se julgar prejudicado terá o prazo de 24 (vinte e


quatro) horas após a divulgação do resultado de cada exame para
recorrer administrativamente, através de requerimento fundamentado à
Comissão de Recursos, anexando os documentos que entender
conveniente.

7. DA COMISSÃO DE RECURSOS
A Comissão de Recursos será constituída de um Presidente e de
três membros, funcionando com maioria de seus integrantes, como
atribuições decorrentes das seguintes funções:
1. Presidente – Diretor de Ensino;
2. Membro – Coordenador do Curso;
3. Membro – Sub Diretor de Ensino.

8. DAS PRESCRIÇÕES DIVERSAS


a. Os candidatos indicados e consignados em ata deverão
obrigatoriamente providenciar a relação de material constante do
anexo “C”, que serão utilizados durante o curso;
b. Havendo desistentes antes do início do curso, serão indicados
pela Diretoria de Ensino, para o preenchimento das vagas os
candidatos inscritos e classificados no Processo Seletivo;
c. Caso haja(m) vaga(s) não preenchida(s) por determinada OPM, será
convocado dentre os candidatos não classificados, aquele com o melhor
índice técnico;
d. O candidato que tiver parecer desfavorável por ocasião de sua
inscrição poderá apresentar recurso administrativo no prazo de 24
(vinte e quatro) horas, a contar da data de conhecimento do
indeferimento do requerimento;
e. O candidato terá o prazo de 24 (vinte e quatro) horas após a
divulgação do resultado de cada exame para recorrer
administrativamente, no que se achar prejudicado, através de
requerimento fundamentado à Comissão de Recursos;
f. O termo de responsabilidade constante do anexo “D” deverá ser
assinado e anexado ao requerimento do candidato;
g. Os Comandantes das UPM’s contempladas providenciarão para que os
policiais militares (Oficiais e Praças) sob seu comando, em condições
de se inscreverem, tomem conhecimento deste Processo Seletivo e
providenciarão a apresentação desses na sede da 6ª CI;
h. Todas as instruções deverão ser acompanhadas por uma ambulância
dotada de profissionais de saúde e equipamento médico julgado
necessário ao atendimento de emergência;
i. O curso irá funcionar em regime de internato;
j. Os alunos terão direito a acompanhamento médico e avaliação
periódica de seus estados de saúde;
k. O Aluno que omitir qualquer problema de saúde, ao ser revelado,
será automaticamente desligado;
l. Todas as instruções de risco deverão ser acompanhadas por um
número suficiente de monitores, para manter o controle e a segurança
dos instruendos;
m. Nenhuma atitude deverá ser tomada por parte dos instrutores, que
não esteja prevista pela coordenação;
n. Não deve haver contato físico no curso a não ser nas instruções de
lutas;
o. Os casos omissos serão resolvidos pela Coordenação do curso, em
comum acordo com a Direção do Curso.

São Luís - MA, 21 de junho de 2017.

Cel QOPM Laércio Ozório Bueno


Diretor de Ensino da PMMA
ANEXO “A”
DESTINAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS
CURSO VAGAS PÚBLICO-ALVO DESTINAÇÃO/VAGAS APRESENTAÇÃO PERÍODO LOCAL
6º CI São João dos Patos –13

2º BPM CAXIAS-04
Policiais 1ª CI – COLINAS-04
6º CI/CPA/I-6
Militares 4ºBPM – BALSAS -04 10/07 a
CFT/2017-6ªCI 45
(Oficiais e
10/07/2017
11/08/2017
São João dos
11ºBPM –TIMON - 04 Patos
Praças)
15ºBPM – BACABAL-04
16ºBPM – CHAPADINHA -04
18ºBPM – PRESIDENTE DUTRA -04
19ºBPM – PEDREIRAS –04

JUNTA MÉDICA ESPECIAL DE SAÚDE


ORDEM DIA EXAMES LOCAL
1 Teste ergométrico com laudo cardiológico
2 Ecodopplercardiograma
3 EEG (Eletroencefalograma) com laudo
4 Hemograma Completo
5 03jul2017 TGO(AST) CIAMS – QCG
6 (segunda-feira) TGP(ALT) 3º BPM - IMPERATRIZ
7 Uréia
8 Creatina
9 Glicemia em jejum
10 Eletroencefalograma com laudo
11 PCR (Proteína C Reativa)
ANEXO “B”
TESTE DE APTIDÃO FÍSICA DA FORÇA TÁTICA
PARTE EXERCÍCIO PADRÃO UNIFORME
LOCAL
MÍNIMO
1º DIA
BARRA 08 6º CI IND/CPA/I-6
Camiseta, (SEDE EM SÃO JOÃO
FLEXÃO DE
32 calção e DOS PATOS)
BRAÇO
tênis.
ABDOMINAL 35
6º CI IND/CPA/I-6
8Km em Calça de
2ºDIA

(SEDE EM SÃO JOÃO


Corrida 50 instrução e
minutos coturno. DOS PATOS)

OBSERVAÇÕES

1. Classificação Geral
Soma dos pontos obtidos nas 04 (quatro) provas.

2. Critério de Desempate

Melhor índice Técnico na seguinte seqüencia: Corrida, Barra,


Flexão de Barço (apoio), Abdominal e Antiguidade.

3. Faixa Etária

O TAF será igual para todas as faixas etárias.

4. TAF Feminino
a.Isometria na Barra Fixa
As candidatas do sexo feminino realizarão a Isometria na
Barra Fixa, nas seguintes condições:
1.Posição Inicial
A avaliada deverá ter ambas as mãos em pegada pronada
(palma da mão para frente), envolvendo a barra de modo que o
queixo esteja acima do nível da barra, sem tocá-la, colocada nesta
posição com auxílio de terceiros;
2.Execução
Ao silvo do apito ou comando de voz, o auxílio de terceiros
será interrompido e a avaliada deverá manter-se na posição pelo
tempo mínimo de 15 segundos, sendo ao final considerada apta ou
inapta.
Observações: o queixo da candidata não poderá tocar ou
ficar abaixo da linha da barra e não poderá apoiar-se nas bases
laterais da mesma, sob pena de eliminação.
a) Flexão de Braço no Solo
A candidata do sexo feminino realizará o exercício com as
palmas das mãos, os joelhos e os pés apoiados no solo (06 apoios).

5. Pontuação

A pontuação dos candidatos será de acordo a tabela abaixo:


FLEXÃO DE BRAÇO
CORRIDA 8KM BARRA (APOIO) ABDOMINAL PONTUAÇÃO

50’ 08 32 35 20
48’ 09 33 36 30
46’ 10 34 37 40
44’ 11 35 38 50
42’ 12 36 39 60
40’ 13 37 40 70
38’ 14 38 41 80
36’ 15 39 42 90
34’ 16 40 43 100

Cel QOPM Laércio Ozório Bueno


Diretor de Ensino da PMMA
ANEXO “C”
RELAÇÃO DE MATERIAL OBRIGATÓRIO PARA O CURSO DE FORÇA TÁTICA

- 03 (TRÊS) CAMISAS CINZA;


- KIT PARA MANUTENÇÃO DE ARMAMENTO (FLANELA, ÓLEO, ESCOVA, LIXA, CORDEL, ETC.);
- 01 (UMA) LANTERNA PEQUENA OU MÉDIA EM COR ESCURA COM PILHAS RESERVAS;
- CINTO DE GUARNIÇÃO (N.A.) COM COLDRE PARA PT.40 S&W E PORTA-CARREGADOR;
- KIT ANOTAÇÕES IMPERMEABILIZADO;
- KIT DE HIGIENE PESSOAL;
- KIT DE PRIMEIROS SOCORROS(curativos, hipoglós,pó para hidratação, medicamento
para o estômago, vitamina c, relaxante muscular, complexo B, anti –
inflamatório, álcool iodado, andolba ou rifocina, outros )
- 01 FACÃO COM BAINHA DE COURO PRETA;
- 02 (DOIS) PARES DE MEIA PRETA;
- 01 (UM) BASTÃO DE CAMUFLAGEM;
- 02 (DOIS) UNIFORMES CINZA (CALÇA, GANDOLA E GORRO);
- 01 BALACLAVA DE COR PRETA;
- 01 (UM) CANTIL;
- 4,5 (QUATRO METROS E MEIO) DE CABO SOLTEIRO PRETO 11mm,COM CERTIFICAÇÃO DA
UIAA OU CE;
- 10 (DEZ) METROS DE RETINIDA PRETA OU VERDE, COM CERTIFICAÇÃO DA UIAA OU CE / 6
MM;
- 02 (DUAS) FOTOS 3X4 (UNIFORMIZADO).
- 50 (CINQUENTA) MUNIÇÕES CALIBRE.40 (A CARGO DA DIRETORIA DE APOIO LOGÍSTICO).
- MOCHILA NA COR PRETA, MODELO A SER DEFINIDO PELA COORDENAÇÃO
- LONA PRETA 4X4 m
- 06 SACOS DE GELO GRANDE E 30 DE 5L BEM RESISTENTE
- VARIAS LIGAS DE CÂMARA DE AR
- PROTETOR AURICULAR
- COLETE BALÍSTICO
- ÓCULOS DE PROTEÇÃO TRANSPARENTE
- BÚSSOLA
- TALHER ARTICULADO
- BASTÃO LUMINOSO
- LINHA DE PESCA Nº 100 (01 ROLO)
- ROUPA CIVIL
- 02 UNIFORMES DE EDUCAÇÃO FÍSICA (CAMISA BRANCA, CALÇÃO PRETO E MEIA BRANCA)
- PISTOLA CALIBRE .40mm + 02 CARREGADORES
- COLETE BALÍSTICO
OBS.: OS MATERIAIS DEVERÃO SER PROVIDENCIADOS INDIVIDUALMENTE POR CADA ALUNO
ANEXO “D”

TERMO DE RESPONSABILIDADE

Eu, _________________________________________(posto
/grad., nome completo e identidade), sou VOLUNTÁRIO para
frequentar o CURSO DE FORÇA TÁTICA (6ºCI/CPA/I-6 – Sede São
João dos Patos), estando ciente de todas as condições relativas
ao funcionamento do mesmo, bem como das condições, dos direitos
e deveres a que estarei submetido na condição de estagiário e
da conduta na instrução, prevista no manual do aluno e aprovada
pelo, além das normas emanadas pela coordenação do referido
curso, sendo responsável pelas minhas atitudes, pelo fato de
conhecer as formas e situações no qual estarei sendo avaliado.

Quartel do Comando, em São João dos Patos-MA, __de ___ de 2017.

________________________________________________________
Assinatura, nome e posto/graduaçãodo PM Aluno

São Luís - MA, 20 de junho de 2017.

Cel QOPM Laércio Ozório Bueno


Diretor de Ensino da PMMA