Você está na página 1de 21

O GUIA

DEFINITIVO
PARA ESCREVER
UM LIVRO DE
SUCESSO
Introdução 03

Como melhorar minha escrita? 05

Como colocar minhas ideias no papel? 10

Como escolher a ferramentas para escrever meu livro? 14

Quais elementos não podem faltar no meu livro? 17

Conclusão 20

Sobre a Autografia 21
3

Escrever um livro de sucesso é uma


grande realização para um autor,
afinal, se a obra tem êxito, significa
que o tempo dedicado a escrevê-
la foi bem aproveitado e que o
conteúdo foi útil para o leitor.

Introdução Se você é escritor, provavelmente já


teve dúvidas sobre qual rumo dar para a
história ou teve problemas para organizar
suas ideias. Questões como essas podem
gerar certa insegurança que é refletida
no livro, comprometendo as chances de
a obra ser aceita por uma editora. Mesmo
que ela seja publicada, talvez não venda o
tanto que você esperava.
4

Justamente para que sua produção literária


faça sucesso que decidimos criar este guia!
Neste material, mostraremos como melhorar
sua escrita, apresentaremos estratégias para
materializar suas ideias, recomendaremos
ferramentas úteis para seu trabalho, além
de falarmos sobre a estrutura ideal para
deixar a obra preparada para a publicação.

Pronto para fazer o seu livro dar


certo? Então, vamos lá! Boa leitura.

INTRODUÇÃO
5

Os leitores compreendem melhor um


livro em que a linguagem seja clara
e adequada às normas gramaticais.
Isso não significa, porém, que é
proibido fazer jogos de linguagem ou
usar registros variados, também não
significa que uma boa escrita exige
sempre rebuscamento e palavras
Como melhorar complicadas.

minha escrita? Na verdade, os recursos linguísticos precisam


ser coerentes com o contexto da obra e
com as intenções do autor ao construir
acontecimentos e personagens. Guimarães
Rosa, por exemplo, não perdeu seu status de
bom escritor ao usar neologismos (palavras
inventadas), tampouco Graciliano Ramos foi
condenado pela linguagem simples usada em
Vidas Secas.
6

Na verdade, justamente por usar


esses recursos a favor da construção dos
enredos que esses escritores tiveram êxito.
Portanto, você pode usar palavras inventadas,
gírias e até escrever algum termo com a
grafia inadequada, desde que isso faça
sentido no contexto do seu enredo.

O importante mesmo é lembrar que usar bem


recursos de pontuação e organização textual
são cruciais para a melhoria da sua escrita. É
por isso que elencamos alguns elementos aos
quais os escritores devem dar atenção para
conseguir um texto fluido e compreensível.

COMO MELHORAR MINHA ESCRITA?


7

A CONSTRUÇÃO DOS DIÁLOGOS

A pontuação ajuda muito o leitor a acompanhar os diálogos e a entender qual personagem está dizendo o
quê. Portanto, não deixe de usar recursos como aspas ou travessão para demarcar as falas em seu texto.

Muitas vezes, a escolha por um ou outro sinal de


pontuação depende do estilo de linguagem do autor.
O mais coerente, porém, é manter o padrão ao
longo do texto. Dependendo de como você pretende
publicar (autopublicação ou por editora), pode
ser necessário seguir um guia de estilo, além de
submeter o texto a uma revisão.

A respeito das conversas no texto, também é


importante conhecer os tipos de discurso que você
pode usar (como o direto, o indireto ou o indireto
livre), além de usar corretamente os verbos discendi
— aqueles que demonstram quem tem a palavra e
que expressam a forma como a pessoa se comunica.
Alguns exemplos são: “dizer”, “lamentar” ou “gritar”.

COMO MELHORAR MINHA ESCRITA?


8

O USO DA VOZ PASSIVA E DA VOZ ATIVA

Saber usar as vozes verbais faz toda a diferença para destacar fatos no seu livro. Lembre-se de que
a voz ativa demonstra intencionalidade e destaca o sujeito que realiza a ação (como em: “Eu o
acompanharei”); já a voz passiva dá mais ênfase para a situação narrada (como no exemplo: “Ele será
acompanhado por mim”).

COMO MELHORAR MINHA ESCRITA?


9

OS VÍCIOS DE LINGUAGEM

No meio da narrativa, evite usar expressões Isso sem falar em expressões


e abreviações típicas da língua oral, como redundantes, como: “subir para cima” ou
“né”, “daí” ou “pra”. Se inseridas em uma “repetir novamente”.
fala, essas expressões até fazem sentido e
ajudam a caracterizar personagens. Como você deve ter percebido, pesquisar
e estudar a língua portuguesa é primordial
Mas no momento de descrições ou para um bom autor. As chances de que
narrações, o ideal é seguir a norma seu livro seja aprovado por uma editora
padrão gramatical e ortográfica. aumentam muito se o arquivo original
chega com boa linguagem nas mãos do
Outro ponto importante é não usar editor.
expressões que são empregadas
erroneamente. É comum ouvir as Por falar na edição da obra, ter ajuda
pessoas dizerem “ir de encontro a” (estar profissional para melhorar seu texto é
contra algo), por exemplo, quando o recomendável, por isso, não pense duas
que querem dizer é “ir ao encontro de” vezes na hora de contratar um bom editor
(concordar com algo). e um bom revisor de texto.

COMO MELHORAR MINHA ESCRITA?


10

No capítulo anterior, comentamos


sobre a melhoria da escrita, mas para
muitos autores a maior dificuldade
é justamente materializar as ideias.
Um texto compreensível não somente
segue as regras gramaticais, ele
também precisa estar coeso e
Como colocar coerente.

minhas ideias
no papel?
11

Se o leitor fica perdido, as chances


de ele desistir da leitura são
altas. Só que um livro de sucesso
precisa ter exatamente o efeito
contrário: ele deve ser facilmente
absorvido pelo leitor, que deve se
identificar com a ideias tratadas
no livro. Assim, o texto terá o
reconhecimento necessário para
alcançar cada vez mais público.

Portanto, para garantir a


compreensão da mensagem que
você quer passar, o planejamento
das ideias é primordial. Por
sorte, existem muitas formas de
organizar seus pensamentos antes
de partir para a escrita.

COMO COLOCAR MINHAS IDEIAS NO PAPEL?


12

RESUMOS

Muitos autores trabalham a partir de resumos.


Isso significa que, quando têm uma ideia, sua
primeira atitude é escrever alguns parágrafos
sobre o tema. Feito isso, eles pensam nos
capítulos e, igualmente, escrevem um resumo
de cada parte da obra.

A partir desses trechos, desenvolvem o texto


completo e verificam se as transições de
capítulo fazem sentido, se não há repetições de
informações etc.

O resumos podem ser feitos em editores de


texto (no computador), mas muitos autores
preferem fazer essa etapa manualmente,
escrevendo em post-its ou folhas soltas, pois
sentem a necessidade de “visualizar” as ideias.

COMO COLOCAR MINHAS IDEIAS NO PAPEL?


13

MAPAS MENTAIS PLOT E DESTRINCHAMENTO DE IDEIAS

O mapa mental é outra forma de “ver” suas Organizar as ideias em um plot se assemelha
ideias antes da escrita. Ele é construído a ao resumo, porém, a síntese da obra é um
partir de “caixas de pensamentos” unidas pouco mais completa (de 1 a 5 páginas, por
por fios a outros raciocínios. O uso do mapa exemplo, em vez de alguns parágrafos). Depois,
é muito bom para quem está indeciso com são inseridos comentários e observações
determinadas partes da história, pois ele imprescindíveis para a história, como as
permite criar diversas trajetórias para depois personagens presentes em cada parte, ou os
escolher a mais pertinente ao seu texto. acontecimentos principais de cada capítulo.

Para construir mapas mentais Dessa forma, você terá o esqueleto da


você pode usar papel ou lousa, história praticamente montado, mas de uma
por exemplo, mas existem forma em que ainda é possível perceber se
aplicativos que facilitam há alguma incoerência. Passada essa fase,
bastante esse processo, como você pode elaborar a narração e os diálogos
o MindJet ou o iThoughts. com a segurança de que o texto aborda cada
acontecimento no momento certo.

COMO COLOCAR MINHAS IDEIAS NO PAPEL?


14

Sabemos que papel e caneta são


grandes aliados de um autor, mas no
capítulo anterior, citamos ferramentas
digitais úteis para escritores, como
editor de texto e plataformas de
mapas mentais.
Como escolher
Se você gosta de escrever à moda antiga,
a ferramentas provavelmente não tem muitos problemas ao
escolher seus materiais de trabalho (caderno
para escrever e lápis, por exemplo). Mas se você está mais
do que inserido na era tecnológica, a oferta
meu livro? de ferramentas para escrever é diversa.

O editor de texto mais conhecido


talvez seja o Word, mas desde que
a Microsoft passou a cobrar por
ele, muitos autores têm recorrido
a outras ferramentas de escrita.
15

LIBREOFFICE WRITEMONKEY

Esse conjunto de ferramentas é muito similar O conceito do WriteMonkey é similar ao do


ao Pacote Office da Microsoft, mas pode ser FocusWriter: um programa em tela cheia que
obtido gratuitamente. Dentro do LibreOffice, evita distrações. Esse aplicativo também pode
uma das opções é o editor de texto (Writer), ser instalado gratuitamente, mas ele tem um
que lembra bastante o Word. Quem tem diferencial: o contador de palavras. Se você
familiaridade com esse último, certamente tem o objetivo de escrever uma determinada
não terá dificuldades em usar o Libre Writer. quantidade por dia, pode informar ao programa
e ele avisará quando você atingir sua meta.
FOCUSWRITER
OUTRAS FERRAMENTAS ÚTEIS
O grande diferencial do FocusWriter é seu
layout pensado para evitar distrações Além das ferramentas para redigir o texto,
enquanto se escreve. Quando aberto, ele existem muitas outras que podem ajudar com
preenche a tela do computador, fazendo as demais fases de concepção de um livro.
sumir ícones de outros aplicativos. Com isso, Para facilitar ainda mais a sua vida de escritor,
você “esquece” da internet, e até da hora, que tal usar as sugestões listadas a seguir?
enquanto trabalha em seu texto. O download Elas estão categorizadas de acordo com cada
do programa é gratuito. etapa de produção:

COMO ESCOLHER A FERRAMENTAS PARA ESCREVER MEU LIVRO?


16

• para organizar ideias: Evernote,


Scapple, Wunderlist;

• para pesquisar e ler informações:


Instapaper, Pocket;

• para organizar capítulos e


personagens: yWriter, Storybook;

• para diagramar/criar: InDesign,


Photoshop, Sigil (para ebooks).

COMO ESCOLHER A FERRAMENTAS PARA ESCREVER MEU LIVRO?


17

Pode parecer bobeira, mas um livro


precisa respeitar uma certa estrutura para
ser considerado como tal. Se os leitores
se deparam com um conteúdo configurado
de outra maneira, pode ser que eles
não deem credibilidade ao material.
A estrutura de um livro conta com
Quais elementos elementos que aparecem antes e depois
do texto principal. Para que você não erre
não podem faltar na hora de estruturar sua obra, é essencial
conhecer as partes que imprescindíveis.
no meu livro?
18

CAPA CONTRACAPA

A capa é como uma mensagem Também chamada de Quarta Capa, é “as costas”
de boas-vindas, afinal, é ela que o do livro. Nessa parte, geralmente há um resumo ou
leitor vê primeiro. Com isso, é fundamental comentário sobre a obra para aguçar a leitura, ou pode
que seja positivamente chamativa, isto é: que haver resenhas sobre o texto (usadas, geralmente,
instigue a pessoa a pegar o livro para saber em traduções de obras estrangeiras, ou a partir da
mais sobre ele. segunda edição de um livro que já fez sucesso).

Geralmente, as capas são elaboradas por FOLHA DE ROSTO


um profissional chamado capista ou por um
designer gráfico. Há infinitas possibilidades de A Folha de Rosto traz informações sobre o processo de
arte para a capa de um livro, e isso depende edição. Repete-se o título da obra e o nome do autor,
do projeto gráfico pensado para a obra. além de serem informados o ano de publicação, o local
e a editora No verso dessa folha há mais dados sobre
Basicamente, os itens que não a obra: copyright de imagens da capa ou do interior
podem faltar na capa são: o título, o do livro; nomes de profissionais que participaram da
nome do autor e a marca da editora. edição; dados da editora (nome, endereço, telefone);
número da edição ou reimpressão; além da ficha
catalográfica.

QUAIS ELEMENTOS NÃO PODEM FALTAR NO MEU LIVRO?


19

DEDICATÓRIA PREFÁCIO E INTRODUÇÃO/


APRESENTAÇÃO
Não é obrigatório dedicar o livro a alguém, mas
caso opte por fazê-lo, a dedicatória deve vir antes O Prefácio de um livro é um comentário
do sumário. É importante não confundi-la com os especializado sobre a obra. Ele é feito,
Agradecimentos: enquanto o primeiro serve para geralmente, por algum convidado que escreve
dedicar o livro a alguém, não importa quem, o acerca da relevância do texto.
segundo deve ser usado para agradecer pessoas
que contribuíram para a elaboração da obra. A Introdução (ou Apresentação) também
pode ser feita por um convidado, mas nada
SUMÁRIO impede que seja escrita pelo próprio autor,
caso seja necessário esclarecer alguns pontos
Nessa parte são elencados os capítulos do livro antes de que o leitor parta para o enredo
e suas páginas iniciais. É importante saber que propriamente dito.
a paginação só começa a partir da Apresentação
ou a partir da primeira página do capítulo inicial. Há, ainda, um elemento similar, chamado de
Não deve ser usado o nome “Índice” para essa Posfácio, em que há um comentário explicativo
parte, pois o Índice é outro elemento, geralmente sobre a história. Por citar determinados
ao final da obra, que remete a nomes ou a temas detalhes do enredo, fica melhor se colocado
abordados no texto. ao final do livro, para não interferir na leitura.

QUAIS ELEMENTOS NÃO PODEM FALTAR NO MEU LIVRO?


20

Chegamos ao final deste material


e agora você conhece as principais
dificuldades de escrita e como
resolvê-las, sabe quais ferramentas
podem ajudar a estruturar e
desenvolver seu texto e está ciente
dos elementos primordiais para deixar
seu livro com aspecto profissional.

Conclusão Com esse conhecimento em mãos, você está


mais próximo de transformar seu conteúdo
em um livro de sucesso! Sabemos que o
trabalho de um escritor não é nada simples,
mas esperamos que este ebook deixe seu
processo de produção um pouco mais fácil.

Animado para por nossas orientações em


prática? Aproveite que as informações estão
frescas na sua cabeça e comece
agora mesmo!
rockcontent.com

Sobre a
Autografia
Somos uma editora que oferece diversos serviços para
você realizar seu sonho de publicar um livro. Após nos
enviar seu texto original, nossos editores o leem e, se
ele for selecionado, você poderá contar conosco para a
edição, revisão, diagramação, criação de livro digital e até
para o lançamento da sua obra.

Você também pode se beneficiar da nossa loja virtual, na


qual seu livro ficará disponível para ser adquirido pelos
leitores. Quer enviar seu texto e entrar para nosso
time de autores? Basta preencher o formulário em
nossa página web.