Você está na página 1de 23

Caro(a) aluno(a),

Leia atentamente as instruções a seguir antes de iniciar o simulado:

Leia com atenção antes de responder e marque suas respostas neste caderno.
Cada questão tem uma única resposta correta. Faça um X na opção que você
Simulado
escolher – Prova
como certa. Brasil – Ciências Humanas – Fundamental 2
Use
Nome:lápis preto para marcar as respostas. Se você quiser alterar a resposta,
pode apagar e marcar novamente.
Procure
T rma:
Tu não deixar as questões sem resposta.
Número:

Marque as alternativas escolhidas na Folha de Respostas ao terminar o simulado.


Ao terminar de responder às questões, preencha a Folha de Respostas com caneta preta ou azul.

Caro(a) aluno(a),
Leia atentamente as instruções a seguir antes de iniciar o simulado:

Leia com atenção antes de responder e marque suas respostas neste caderno.
Cada questão tem uma única resposta correta. Faça um X na opção que você
escolher como certa.
Use lápis preto para marcar as respostas. Se você quiser alterar a resposta,
pode apagar e marcar novamente.
Procure não deixar as questões sem resposta.
Marque as alternativas escolhidas na Folha de Respostas ao terminar o simulado.

PÁG. 1 – CIÊNCIAS HUMANAS – SIMULADO PROVA BRASIL


CADERNO DE ATIVIDADES PROVA BRASIL – 9o ANO

QUESTÃO 1

A partir do século IV, deu-se o importante acontecimento das invasões bárbaras no Império
Romano, que contribuiu fortemente para constituir a Cristandade da Idade Média; os novos
povos, a princípio repelidos pelos habitantes do Império, acabaram fundindo-se com estes,
resultando daí o cristão medieval, que configurou a Igreja da sua época.
A origem de tais invasões está no seguinte fato: os hunos, saindo dos desertos da Mongólia
(Ásia), conquistaram uma parte da China, mas foram impelidos para o Ocidente por outros po-
vos invasores. Entraram, portanto, na Europa Oriental e Setentrional, onde estavam alojados
povos não conquistados pelos romanos: os godos, os alamanos, os francos, os lombardos…
Cedendo à pressão dos hunos, esses povos tiveram que invadir o Império Romano. As primei-
ras tentativas foram repelidas pelos romanos; mas, na segunda metade do século IV, o Império
estava enfraquecido do ponto de vista militar e administrativo, de modo que não pôde resistir.
Disponível em: <http://cleofas.com.br/historia-da-igreja-igreja-e-os-povos-barbaros/>. Acesso em: 15 fev. 2018.

No momento histórico que o texto retrata, os bárbaros:


A) eram estrangeiros vindos de culturas não romanizadas, mas que se uniam aos exércitos roma-
nos para lutar contra os cristãos.
B) eram estrangeiros que compartilhavam de costumes e culturas diferentes e, por isso, não eram
aceitos pelo Império Romano.
C) eram aceitos pelo Império Romano e ajudavam as tropas romanas a proteger as fronteiras do
Império.
D) eram povos tipicamente nômades, vindos de regiões germânicas e foram aceitos pelos romanos,
que possuíam um exército forte na época.

QUESTÃO 2

Durante o século IV, o exército tem uma função essencial no mundo romano. Além do perigo
sassânida no Oriente e das invasões germânicas no Ocidente, havia o medo das sublevações
(as quais haviam sido muito frequentes durante a Anarquia Militar). Não podemos esquecer
também que o próprio imperador provém, antes de mais nada, das tropas: no Baixo Império,
antes de ser um administrador, o César ou o Augustus precisa ser um chefe guerreiro.
No início, os povos germânicos foram aceitos dentro das fronteiras. Trabalhavam nas terras
esquecidas pelos cidadãos romanos e completavam o efetivo militar. Mas os altos impostos, as
constantes explorações sofridas pelos agentes imperiais e a fraqueza do Império levam esses
povos a atacar e dividir o mundo romano entre si.
Disponível em: <http://ojs.c3sl.ufpr.br/ojs/index.php/historia/article/viewFile/15298/10289>. Acesso em: 14 jan. 2018.

No final do século IV, a crise no Império Romano começou a se agravar, enfraquecendo o seu
poder. Entre outros fatores, isso aconteceu porque
A) os romanos aceitaram os bárbaros em seu território, enquanto os bárbaros não aceitavam o
cristianismo.
B) os romanos cobravam impostos muito altos e exploravam os povos germânicos, causando revoltas.
C) os romanos forçavam os germânicos a se unir aos seus exércitos para reforçar as tropas romanas.
D) os romanos não permitiam que os povos germânicos cultivassem lavouras nas terras do Império.

2 CIÊNCIAS HUMANAS
CADERNO DE ATIVIDADES PROVA BRASIL – 9o ANO

QUESTÃO 3

Estudo orientado pelo professor de gestão ambiental da Universidade de São Paulo (USP),
Pedro Luiz Cortês, mostra que um paulistano consome em média 27% mais água do que um
alemão e 9% mais do que um francês.
Dentro das cidades, a disparidade também é grande. Um morador da zona central de São
Paulo consome até cinco vezes mais água do que um na periferia, diz o estudo.
“O sistema de captação, tratamento e distribuição (da Sabesp) opera no limite, e até acima
dele para atender essa demanda”, diz Cortês.
Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2014/04/1435060-consumo-de-agua-na-
grande-sao-paulo-cresce-mais-que-a-producao.shtml> Acesso em: 20 jan. 2018.

Os dados apresentados no texto nos alertam para o fato de que


A) o consumo médio de água por dia de uma pessoa ou de uma família pode ser facilmente calculado.
B) a média de consumo diário de água por paulistano é maior do que em outros países desenvolvidos.
C) a oferta de água é mais escassa na Europa do que tem sido na cidade de São Paulo e isso jus-
tifica os dados.
D) o desperdício ocorre em atividades como tomar banho, escovar os dentes, preparar alimentos,
lavar as mãos etc.

QUESTÃO 4

O destino final do lixo é um dos agravantes da degradação do meio ambiente. Muito se fala
em coleta seletiva e reciclagem de resíduos sólidos como alternativas para redução do volume
de lixo a ser disposto em aterros ou lixões. A reciclagem permite a diminuição da quantidade
de lixo produzido e o reaproveitamento de diversos materiais, ajudando a preservar alguns ele-
mentos da natureza no processo de reaproveitamento de materiais já transformados.
Os programas de coleta seletiva que se consolidaram vêm se traduzindo também em alter-
nativas de geração de renda para a manutenção e sobrevivência de muitas famílias. Temos,
porém, muito a pesquisar e aprender sobre coleta seletiva como um fator importante para o
melhoramento da qualidade e da quantidade dos materiais a serem reciclados.
As campanhas educativas contribuem para mobilizar a comunidade, para sua participação
efetiva e ativa na implantação da coleta seletiva de resíduos sólidos, separando os materiais
recicláveis e/ou reutilizáveis diretamente na fonte de geração. Mas cabe ressaltar o papel da
sociedade em geral no desenvolvimento de projetos de Educação Ambiental, que envolvem
a todos nós, levando a ideia de que a reciclagem por si só não pode ser considerada a solu-
ção, mas que a mudança de hábitos e atitudes pode levar a sociedade a tomar medidas mais
abrangentes, com ações que minimizem a quantidade de resíduos na própria fonte geradora,
consumindo menos e reutilizando embalagens descartáveis, por exemplo.
Disponível em: <http://www.cenedcursos.com.br/meio-ambiente/educacao-
ambiental-e-coleta-seletiva-do-lixo/>. Acesso em: 18 jun. 2017.

O texto nos leva a concluir que uma solução a curto prazo para que pudéssemos diminuir o proble-
ma do lixo no planeta seria se
A) os resíduos sólidos não demorassem tanto para se desfazer na natureza.
B) os grandes consumidores de produtos industrializados consumissem menos.
C) o lixo seco fosse reciclado e o orgânico fosse reaproveitado em compostagem.
D) a população exigisse dos governos formas eficientes de preservar o planeta.

CIÊNCIAS HUMANAS 3
CADERNO DE ATIVIDADES PROVA BRASIL – 9o ANO

QUESTÃO 5

O consumo indireto de água não está presente apenas nos produtos e serviços de origem
animal, mas estes são, disparados, os maiores consumidores de água. Confira na tabela as
diferenças no consumo indireto de água:

Disponível em: <http://www.semanario.com.br/noticia/2013/01/producao-de-carne-e-uma-


das-principais-consumidoras-de-agua/6823>. Acesso em: 15 jan. 2018.

Os dados apresentados no texto nos levam a concluir que uma das maneiras de diminuir o consumo
de recursos hídricos no Brasil poderia ser
A) o incentivo a uma mudança nos hábitos alimentares das pessoas.
B) a redução do consumo de produtos que geram lixo.
C) o fornecimento de produtos com embalagens recicláveis ao consumidor.
D) a criação de uma cultura de consumo que não dependa de produtos industrializados.

QUESTÃO 6

A expressão “direitos humanos” é uma forma abreviada de mencionar os direitos fundamentais da


pessoa humana. Esses direitos são considerados fundamentais porque, sem eles, a pessoa humana
não consegue existir ou não é capaz de se desenvolver e de participar plenamente da vida. Todos
os seres humanos devem ter asseguradas, desde o nascimento, as mínimas condições necessárias
para se tornarem úteis à humanidade, como também devem ter a possibilidade de receber os benefí-
cios que a vida em sociedade pode proporcionar. Esse conjunto de condições e de possibilidades as-
socia as características naturais dos seres humanos, a capacidade natural de cada pessoa poder va-
ler como resultado da organização social. É a esse conjunto que se dá o nome de direitos humanos.
Para os seres humanos, não pode haver coisa mais valiosa do que a pessoa humana. Essa pes-
soa, por suas características naturais, pode ser dotada de inteligência, consciência e vontade, por
ser mais do que uma simples porção de matéria, tem uma dignidade que a coloca acima de todas
as coisas da natureza. Mesmo as teorias chamadas materialistas, que não querem aceitar a espi-
ritualidade da pessoa humana, sempre foram forçadas a reconhecer que existe em todos os seres
humanos uma parte imaterial. Existe uma dignidade inerente à condição humana, e a preservação
dessa dignidade faz parte dos direitos humanos.
Disponível em: <http://www.dhnet.org.br/direitos/textos/oquee/oquedh.htm>. Acesso em: 07 mai. 2017.

A reflexão proposta pelo texto defende que


A) os direitos humanos são mais valiosos do que os próprios seres humanos.
B) os direitos humanos são o que há de mais precioso para os seres humanos.
C) os direitos humanos e o conceito de pessoa humana são a mesma coisa.
D) os direitos humanos têm como objetivo a preservação da dignidade da pessoa humana.

4 CIÊNCIAS HUMANAS
CADERNO DE ATIVIDADES PROVA BRASIL – 9o ANO

QUESTÃO 7

A cidadania dos jovens pode ser exercida nas várias atividades do dia a dia. Ela está pre-
sente nas atitudes em relação aos amigos, à família, aos professores, e, da mesma forma, nas
ações deles para com o jovem. Se você está em casa assistindo à televisão e se dá conta de
que passou da hora de fazer o dever de casa, lembra-se que tem o dever de estudar. Mas esse
dever é para com o professor que lhe deu aquela tarefa, ou para com os pais, que lhe pedem
para estudar? Ou será que é um dever para com você mesmo?
Ser cidadão durante a juventude não é apenas obedecer às leis e ter seus direitos respeita-
dos, mas também preparar-se para exercer a cidadania em um sentido mais amplo no futuro.
O cuidado que você tem hoje com a sua educação vai refletir-se no que você será amanhã e
ajudá-lo, por exemplo, a ter um bom emprego com o qual possa contribuir, com o seu talento e
trabalho, para a construção de um mundo melhor.
Sem uma boa formação acadêmica, será difícil ganhar um salário que lhe permita dar uma
boa vida aos seus filhos, quando chegar a hora de constituir sua própria família. O exercício da
cidadania não depende apenas dos atos do Estado para conosco, mas também do que faze-
mos no dia a dia para realizar nossos projetos de vida.
Disponível em: <http://www.turminha.mpf.mp.br/direitos-das-criancas/cidadania/o-que-
e-a-cidadania-dos-jovens-na-sociedade>. Acesso em: 20 jan. 2018.

Sobre o papel de cidadão do jovem, o texto defende que


A) o exercício da cidadania pelos jovens será efetivo quando ele aprender que é preciso obedecer
às leis para ter seus direitos respeitados.
B) a busca por um emprego que ofereça um salário digno é um dos principais sinônimos de cida-
dania juvenil.
C) a responsabilidade de construir um projeto de vida para o futuro é um dos principais papéis do
jovem no exercício da sua cidadania.
D) o preparo para constituir sua família no futuro, ter um bom emprego e garantir qualidade de vida
são as metas principais da cidadania juvenil.

CIÊNCIAS HUMANAS 5
CADERNO DE ATIVIDADES PROVA BRASIL – 9o ANO

QUESTÃO 8

A Europa ocidental sofreu grandes transformações econômicas e sociais entre os séculos 11


e 14. Pouco a pouco, desmoronou o sistema feudal que vigorou no continente ao longo de qua-
se toda a Idade Média. Para isso, entre outros fatores, contribuíram as Cruzadas, que foram
expedições militares patrocinadas pela Igreja católica e organizadas pela cristandade medieval
para libertar Jerusalém do domínio muçulmano.
As Cruzadas ocorreram entre os anos de 1096 e 1270 e conduziram a Europa a um momen-
to de renascimento comercial: ao voltarem das batalhas em terras orientais, os cruzados
traziam consigo produtos de luxo, como tapetes persas, porcelanas chinesas, tecidos finos
ou especiarias (temperos como cravo, canela e pimenta), atraindo a população europeia, que
ainda não conhecia esses requintes.
Disponível em: <https://educacao.uol.com.br/disciplinas/historia/renascimento-comercial-fim-
do-feudalismo-e-o-capitalismo-comercial.htm>. Acesso em: 05 jun. 2017.

No momento histórico descrito no texto, o sistema feudal


A) passava pelo início de uma crise e não tinha mais poder de produção de alimentos suficiente
para manter a população.
B) lutava para manter uma relação harmoniosa entre senhores feudais, suseranos e vassalos, para
sustentar o sistema.
C) começava a estreitar um relacionamento de parceria no poder junto com a Igreja Católica, que
era a instituição mais respeitada naquela época.
D) lutava para combater os muçulmanos que tinham sob seu domínio algumas regiões importantes
do Oriente Médio.

QUESTÃO 9

O islamismo surgiu no século 6 na Arábia, região do Oriente Médio que era habitada na
época por cerca de 5 milhões de pessoas. “Eram grupos tanto sedentários como nômades,
organizados em tribos e clãs. A população era na maioria politeísta, mas existiam algumas
tribos judaicas e algumas de tradição cristã”, diz o teólogo Fernando Altemeyer, da Pontifícia
Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).
Nesse contexto surgiu o criador do islamismo, o profeta Maomé, chamado de Muhammad
pelos muçulmanos. Órfão desde cedo, ele se tornou um condutor de caravanas, o que lhe pos-
sibilitou o contato com noções básicas da religião cristã. Quando adulto, o futuro profeta pas-
sou a se dedicar a retiros espirituais e, segundo os seguidores do Islã, começou a ter visões
divinas com mensagens que deveria divulgar. As primeiras pregações públicas de Maomé em
Meca (sua cidade natal) tiveram pouco sucesso e geraram atritos locais.
Disponível em: <https://mundoestranho.abril.com.br/religiao/como-o-islamismo-surgiu/>. Acesso em: 20 jan. 2018.

De acordo com o texto, o islamismo


A) é o nome dado ao povo que mora na região da Arábia.
B) é uma religião que prega a paz e a submissão a Deus.
C) é uma doutrina do mundo árabe, dirigida pelo profeta Maomé.
D) é o nome dado ao conjunto de povos de origem muçulmana.

6 CIÊNCIAS HUMANAS
CADERNO DE ATIVIDADES PROVA BRASIL – 9o ANO

QUESTÃO 10

Constantino tornou-se imperador romano no ano 306 d.C., após a morte de seu pai,
Constâncio Cloro, em York, na Inglaterra. Ele assumiu o poder num momento de grande agi-
tação interna e encontrou um império decadente, do qual até mesmo algumas regiões da Itália
queriam se desligar. Ele comandou muitas batalhas contra seus rivais que culminaram na der-
rota de Licínio em Crisópolis e em Adrinopla, em 323 d.C.
Constantino teve um papel importantíssimo no início do, Cristianismo. Isso porque, a partir
de 323 d.C., a fé cristã passou a ser aceita e até mesmo incentivada pelos romanos. Mas não
era assim no início do cristianismo. Na verdade, durante um certo período, a fé cristã foi até
tolerada pelos romanos; porém, com o tempo, ela começou a se expandir muito rapidamente e
passou a ser vista como uma perigosa ameaça. Por isso, os imperadores começaram a perse-
guir os cristãos. Nessa época era comum o lamentável espetáculo de cristãos serem atirados
aos leões no coliseu de Roma para divertimento das multidões.
A situação começou a mudar com Constantino. Durante a batalha em Adrinopla, ele teria
contemplado uma cruz numa visão e isso fez com que ele passasse a creditar sua vitória a
Jesus Cristo.
Disponível em: <http://www.sohistoria.com.br/biografias/constantino/>. Acesso em: 30 jan. 2018.

Ao assumir o Império Romano, Constantino provocou mudanças na relação entre poder e religião,
porque
A) o repúdio aos cristãos aumentou e eles passaram a ser mortos nas arenas diante de multidões.
B) o declínio do império começou, uma vez que os cristãos se fortaleceram contra o poder do im-
perador.
C) o império se tornou aliado dos cristãos em uma tentativa de se manter no poder.
D) o Cristianismo passou a ser reconhecido como religião oficial do Império Romano.

QUESTÃO 11

No Brasil, a história dos movimentos sociais nas últimas décadas tem uma considerável
diversidade e é bastante dinâmica. Inclui os movimentos na luta contra a ditadura, contra a ca-
restia, no final dos anos 1970; [...] os movimentos de bairro, que demandavam direitos sociais
ligados à vida urbana, nos anos 1980 [...]; assim como o Movimento dos Trabalhadores Sem-
-Terra (MST), que enfrenta a questão rural, ao mesmo tempo em que a extrapola, propondo
um projeto para o Brasil, que ganha visibilidade nos anos 1990. A essa história soma-se um
movimento [...] que tem início no período reconhecido como de recuo dos movimentos sociais,
sobretudo nos anos 1990 e primeira década do século XXI: o Movimento dos Trabalhadores
Sem-Teto (MTST).
Disponível em: <http://www.simposioproducaosocial.org.br/Trabalhos/401.pdf>. Acesso em: 15 fev. 2018.

Os movimentos sociais citados no texto


A) compartilham dos objetivos de luta pelas mesmas causas.
B) compartilham de alguns ideais, mas lutam por causas diferentes.
C) surgem e são organizados pelas camadas mais pobres da população.
D) surgem e são organizados com o objetivo de derrubar o governo.

CIÊNCIAS HUMANAS 7
CADERNO DE ATIVIDADES PROVA BRASIL – 9o ANO

QUESTÃO 12

São Paulo – Foi “pouco expressivo”, comentou o então porta-voz da Presidência da Repú-
blica, Carlos Átila, um mineiro que faria carreira diplomática e chegaria a presidir o Tribunal de
Contas da União (TCU), até se aposentar, em 1998. Na época, Átila chefiava a Secretaria de
Imprensa e Divulgação da Presidência, que tinha à frente aquele que seria o último presidente
do ciclo autoritário iniciado em 1964, o general João Figueiredo. O evento a que o porta-voz se
referia era o comício realizado na praça da Sé, no centro de São Paulo, pelo restabelecimento
das eleições diretas para presidente. O movimento que recebeu o nome de Diretas Já ganhou
as ruas do país de novembro de 1983 a abril de 1984, quando a emenda que tramitava na
Câmara foi derrotada. Hoje (25), aquele comício completa 30 anos e se insere historicamente
como um dos grandes eventos públicos de oposição direta à ditadura, que já perdia força e
tentava organizar um processo de “abertura” política.
Disponível em: <http://www.redebrasilatual.com.br/politica/2014/01/comicio-da-se-em-1984-deu-a-largada-
para-a-campanha-das-diretas-que-nao-viriam-2346.html>. Acesso em: 17 fev. 2018.

O texto demonstra como movimentos sociais sólidos, como o Diretas Já, têm capacidade para
A) gerar desequilíbrio em regimes políticos que estejam no poder.
B) articular pessoas para organizar golpes com o objetivo de derrubar o governo.
C) questionar as autoridades sobre a seriedade de um processo eleitoral.
D) pressionar o poder até conseguir mudar o sistema político de um país.

QUESTÃO 13

Estima-se que existam no Brasil cerca de 150 milhões de hectares de terra de latifúndios
completamente ociosos, sem qualquer utilização produtiva, onde os seus proprietários – geral-
mente membros das elites e das oligarquias rurais que historicamente detêm o poder no nosso
país – ignoram solenemente o preceito legal de que as terras devem cumprir a sua função
social. No outro extremo estão mais de 4 milhões de trabalhadores rurais sem-terra e campo-
neses pobres, cuja reprodução física e social a cada dia que passa mais se agrava. Segundo
estudo feito pelo IPEA, de autoria de Ricardo Paes de Barros e Rosane Mendonça, em 1999,
53 milhões de brasileiros viviam abaixo da linha de pobreza (considerada pelos autores como
sendo igual a 155 reais, para a média do país), dos quais 23 milhões nem sequer atingiam a
faixa de indigência – eram os miseráveis, os mais pobres entre os pobres. Isso corresponde
a 34% e 14,5% da população brasileira, respectivamente (Revista Veja, 15/05/2002). A maior
concentração estava sobretudo no Nordeste e, particularmente, no meio rural.
Disponível em: <http://www.fundaj.gov.br/index.php?option=com_content&id=2724:a-reforma-agraria-no-brasil-um-
velho-problema-esperando-uma-solucao-que-nunca-chega&Itemid=414>. Acesso em: 04 fev. 2018.

Diante do exposto, a reforma agrária é necessária, segundo o texto, porque


A) os latifúndios no Brasil possuem muitas terras ociosas cujos proprietários não pretendem cultivar
e que, se cultivadas, possibilitariam a erradicação da fome e da pobreza.
B) a produção dos latifúndios tem aumentado consideravelmente em função das tecnologias, mas
os grandes agricultores não dão emprego aos pequenos camponeses.
C) a região Nordeste é a mais pobre do país e lá reside grande parte dos trabalhadores rurais sem-terra.
D) os miseráveis no país, que vivem abaixo da linha de pobreza, representam um percentual muito
grande da população.

8 CIÊNCIAS HUMANAS
CADERNO DE ATIVIDADES PROVA BRASIL – 9o ANO

QUESTÃO 14

Disponível em: <http://teen.ibge.gov.br/images/teen/brasil_populacao.gif>. Acesso em: 20 jan. 2018.

Os dados disponibilizados pelo IBGE demonstram que


A) a população brasileira é distribuída de maneira uniforme pelo território do país.
B) a maior concentração de população no país está no Norte e no Centro-Oeste.
C) o Sudeste representa a região mais populosa do país.
D) a região Centro-Oeste concentra alguns dos estados menos populosos do país.

CIÊNCIAS HUMANAS 9
CADERNO DE ATIVIDADES PROVA BRASIL – 9o ANO

QUESTÃO 15

Disponível em: <http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2012/04/27/rn-pb-e-ce-tem-maior-


percentual-de-populacao-deficiente-revela-censo-2010.htm>. Acesso em: 20 jan. 2018.

Os dados do IBGE referentes ao Censo do ano de 2010 apontam que, no mesmo ano, a sociedade
brasileira tinha um volume de pessoas com necessidades especiais e não estava preparada para a
sua inclusão. Analisando os dados apresentados, a medida que proporcionaria a inclusão social de
um maior número de pessoas é
A) a construção de rampas de acessibilidade para facilitar o deslocamento de pessoas com limite
de mobilidade.
B) a criação de hospitais especializados para o tratamento de pessoas com deficiências mentais.
C) o oferecimento de cursos de linguagem de sinais para melhorar a comunicação da sociedade
com os surdos.
D) traduzir livros, documentos e sinalizações para o braile, visando facilitar a inclusão de cegos.

10 CIÊNCIAS HUMANAS
CADERNO DE ATIVIDADES PROVA BRASIL – 9o ANO

QUESTÃO 16

O Brasil conta com uma significativa infraestrutura, fortalecida por uma economia de grande
porte e por instituições do setor público e não governamentais sólidas. Dispõe, assim, de signi-
ficativas capacidades próprias. Ainda existem, porém, desafios a serem enfrentados para seu
desenvolvimento, particularmente na dimensão das disparidades regionais, da desigualdade
social e étnico-racial. Esses elementos sugerem que o Brasil requer uma relação de trabalho
com o Sistema de Nações Unidas adaptada às suas realidades. A história da cooperação in-
ternacional no Brasil mostra que sua contribuição para o planejamento e gestão de programas
do Estado Brasileiro foi importante e estratégica. O momento atual, contudo, é de transição,
influenciada pela crescente relevância do Brasil no cenário internacional e pela prioridade que
hoje dá à superação de deficiências históricas como a erradicação da pobreza extrema e redu-
ção das desigualdades.
Disponível em: <https://nacoesunidas.org/img/2011/02/UNDAF2012-2015-Pt.pdf>. Acesso em: 20 jan. 2018.

O momento descrito no texto coloca o Brasil no cenário internacional como um país que pretende
A) superar as desigualdades sociais.
B) estreitar relações com as Nações Unidas.
C) melhorar sua imagem internacional.
D) divulgar suas ações de políticas públicas.

QUESTÃO 17

Ser favorecido por recursos naturais que se transformam em fontes de produção de energia é
estratégico para qualquer país. Entre outros fatores, porque reduz a dependência do suprimen-
to externo e, em consequência, aumenta a segurança quanto ao abastecimento de um serviço
vital ao desenvolvimento econômico e social. No caso dos potenciais hídricos, a esses argu-
mentos favoráveis, somam-se outros dois: o baixo custo do suprimento na comparação com
outras fontes (carvão, petróleo, urânio e gás natural, por exemplo) e o fato de a operação das
usinas hidrelétricas não provocar a emissão de gases causadores do efeito estufa. A energia
hidrelétrica é classificada como limpa no mercado internacional.
Disponível em: <http://www2.aneel.gov.br/arquivos/pdf/atlas_par2_cap3.pdf>. Acesso em: 07 dez. 2017.

Diante do cenário apresentado no texto, o que torna o Brasil o maior país do mundo em geração de
energia hídrica é
A) a preocupação com o efeito estufa.
B) a falta de outros recursos para gerar energia.
C) a garantia de produção com baixo investimento.
D) a abundância de recursos hídricos.

CIÊNCIAS HUMANAS 11
CADERNO DE ATIVIDADES PROVA BRASIL – 9o ANO

QUESTÃO 18

Desde a Revolução Verde, na década de 1950, o processo tradicional de produção agrí-


cola sofreu drásticas mudanças, com a inserção de novas tecnologias, visando a produção
extensiva de commodities agrícolas. Tais tecnologias envolvem, quase em sua maioria, o uso
extensivo de agrotóxicos, com a finalidade de controlar doenças e aumentar a produtividade.
Segundo a legislação vigente, agrotóxicos são produtos e agentes de processos físicos, quí-
micos ou biológicos, utilizados nos setores de produção, armazenamento e beneficiamento de
produtos agrícolas, pastagens, proteção de florestas, nativas ou plantadas, e de outros ecos-
sistemas e de ambientes urbanos, hídricos e industriais.
O agrotóxico visa alterar a composição da flora ou da fauna, a fim de preservá-las da ação
danosa de seres vivos considerados nocivos. Também são considerados agrotóxicos as subs-
tâncias e produtos empregados como desfolhantes, dessecantes, estimuladores e inibidores
de crescimento.
Disponível em: <http://www.mma.gov.br/seguranca-quimica/agrotoxicos>. Acesso em: 20 de jan. 2018.

Considerando o cenário agrícola mundial a partir da Revolução Verde, constata-se que a tecnologia
aplicada ao agronegócio
A) aumentou a produção de alimentos e resolveu grande parte do problema da fome no mundo.
B) aumentou a produção de alimentos, mas aumentou também a poluição ambiental.
C) aumentou a lucratividade do agronegócio e incentivou o capitalismo de maneira sustentável.
D) aumentou a lucratividade do agronegócio e melhorou a produção de alimentos saudáveis.

QUESTÃO 19

Maioridade penal é a idade mínima que uma pessoa pode ser julgada criminalmente por seus
atos como um adulto. No Brasil e em vários países do mundo, a maioridade penal começa a
partir dos 18 anos de idade.
[...] Os menores de idade, no entanto, caso cometam atos ilegais, devem ser julgados e puni-
dos de acordo com a legislação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
[...] Cada país tem a liberdade de estabelecer a idade mínima da maioridade penal. Porém,
os Fundos das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) aconselham os 18 anos, pois, supos-
tamente, de acordo com critérios sociais e biológicos, até esta idade o indivíduo encontra-se
em processo de desenvolvimento.
[...] O objetivo da punição para os indivíduos que estiverem abaixo da maioridade penal não
é o de fazer sofrer pelos crimes que cometeram, mas, sim, ajudar a preparar o jovem para a
vida adulta, educando-o para recomeçar de maneira mais digna.
Disponível em: <http://www.significados.com.br/maioridade-penal/>. Acesso em: 20 jan. 2018.

Na tentativa de preservar os direitos da criança e do adolescente, o ECA


A) define a idade mínima para a maioridade penal.
B) estabelece leis por meio das quais os menores infratores devem ser julgados.
C) sugere medidas socioeducativas para recuperar o menor infrator.
D) defende a criminalização dos menores pelas infrações que cometeram.

12 CIÊNCIAS HUMANAS
CADERNO DE ATIVIDADES PROVA BRASIL – 9o ANO

QUESTÃO 20

Decorrente da forma de organização da sociedade de classes, o trabalho infantil revela gri-


tantes diferenças de direitos das crianças oriundas das camadas pobres da população e das
crianças pertencentes às demais camadas da sociedade.
A história nos revela que, desde os tempos mais remotos, a mão-de-obra infantil foi utilizada
pelas diferentes sociedades. Durante a Idade Média, a economia europeia era agrária e há
registros de utilização do trabalho infantil na economia familiar. Mas foi durante o início da in-
dustrialização que a mão-de-obra infantil passou a ser utilizada em larga escala. As crianças,
preferidas pelas indústrias por custarem muito menos do que um operário adulto, representa-
vam maiores lucros para as empresas e, decorrente de sua vulnerabilidade, tinham posturas
de submissão.
Disponível em: <http://www.promenino.org.br/trabalhoinfantil/algumas-consideracoes-sobre-
o-trabalho-infantil-e-os-desafios-da-escola-12097>. Acesso em: 20 nov. 2017.

O texto demonstra que a exploração de mão-de-obra infantil, ao longo da história,


A) existiu apenas nos tempos da agricultura familiar.
B) surgiu com o advento das indústrias.
C) prejudicou principalmente as crianças mais pobres.
D) desapareceu com o final da Idade Média.

CIÊNCIAS HUMANAS 13
Simulado – Prova Brasil – Ciências Humanas – Fundamental 2
Nome:

Turma: Número:

Ao terminar de responder às questões, preencha a Folha de Respostas com caneta preta ou azul.
Importante: se houver rasura na Folha de Respostas, a respectiva questão será anulada.

FOLHA DE RESPOSTAS – Prova Brasil

A B C D A B C D
O1 16
O2 17
O3 18
O4 19
O5 2O
O6
O7
O8
O9
1O
11
12
13
14
15
CADERNO DO
PROFESSOR
CADERNO DE RESPOSTAS PROVA BRASIL – 9o ANO

LISARB AVORP MEGAZIDNERPA AD OTNEM AROTINOM ARAP ODALUMIS


Caro(a) professor(a), .5 a 1 seõtseuq sà rednopser arap sotxet so aieL
A Editora Moderna, em parceria com a Avalia Educacional, desenvolveu1 oeste
txeT Si-
mulado para Monitoramento da Aprendizagem: Prova Brasil, com a finalidade de
auxiliar professores e gestores aAN IN ED OHNABos
monitorarem O processos de desenvolvimento da
)aniF atircsE arotidE .ffedahlA sirC ed seõçartsuli moc ,oleM anitsirC anA eD(

ratutam a uoçemoc e adapucoerp uocif aniN ,rabaca airedop odnum od augá a euq rebas oA
oOravobjetivo
al oãn iapdesse
deste material
ap o aramaterial
p rideP ?sééetcontribuir
contribuir
n ed ed oãçacom
com
vocseooaaperfeiçoamento
aperfeiçoamento
rednepsuS .amelbordo
pdo
esplanejamento
planejamento
se arp seõçulos ee
accom
es am auexecução
ridepmi a atdas
sopsipráticas
d aninem pedagógicas
assed saiedi sa a
açpartir
ehnoCdo
?agdiagnóstico
racsed a rasu de
do
ed aprendizagem
rnível
axieDde?oralfa-
rac
betização
dos alunosdos e oferecer
alunos esubsídios
oferecer para
subsídios
a formulação
para a formulação
de novas estratégias
de novas .adestratégias
apara aeme-
zilaren g
para
lhoriaado
melhoria
ensino.do ensino.
.)odatpadA( .5102 .vef 6 :me ossecA .>/auga-ad-aid-e/rb.moc.lou.ejohaicneic.chc//:ptth< :me levínopsiD

O caderno que cada


cada aluno
aluno deve
receberá
receber
é composto
é composto: de:
2 otxeT
30 questões de múltipla escolha, com quatro alternativas cada
21 ;
AUGÁ A
1 folha de respostas.
resposta.
oãn atenalp osson od augá ed savreser sa saM .0591 me uocilpirt augá ed laidnum omusnoc O
ORIENTAÇÕES .sieGERAIS
vín somsem son ,missa ,odnaunitnoc ,omusnoc od otnemua o marahn apmoca
esMotive
met aug
osá ealunos
d oidémaofazerem
musnoc o o
sasimulado.
dacéd samitExplique
lú san euqque
é ,meles
ébmavão
t ,oãçfazer
neta auma
mahc atividade
euq O
.%05 ed acrec odailpma
diferente e que, para compreendê-la, é necessário que sigam atentamente todas as
atsag es ,abrab a rezaf uo setned so ravocse arap ,sotunim 5 etnarud atreba arienrot amu odnasU
suas orientações. Em seguida, distribua os cadernos, cadernos eque
peça devem
aos alunos
ser previamente
que escre-
so ravocse :oãs aug á ed sor til 2 éta razimonoce ed sarienam samuglA .aug á e d sortil 21 a idém me
fotocopiados,
vam o nome na e peça
linha aos
quealunos
constaque escrevam
na capa o nome na linha que consta na capa
do caderno.
.aip an oãpmat mu odnacoloc abrab a rezaf ,augá ed opoc mu odnazilitu setned
do caderno.
edOs
utitaalunos
artuO .areceberam
ugá ed sortil 5as
4 eseguintes
d acrec atsaginstruções:
orietni aid mu odnajetog euqif euq arienrot amU
.odaromed ohnab mu é augá atium açidrepsed euq
Os alunos receberam
Leia com as seguintes
atenção antes instruções:
de responder e marque suas respostas neste caderno.
sa sadacort majes euq es-adnem ocer ossi roP .augá ed sortil 91 ratsag a agehc agracsed amU
meuqLeia
arap com
Cada agratenção
e ,questãoacsed tem ed santes
õçpo de
euma auresponder
súnica ê t euq saevomarque
d mresposta n saluvlásuas
correta. rop srespostas
vFaça um
a gitnX a ana cneste
sed edcaderno.
graopção que
saluvvocê
láv
escolher
Cada . s a d a
questão comotem
g n o l o r p certa.
e s a i r á s s e c e n s e d s a g r a c s e d r a t i v
uma única resposta correta. Faça um X na opção que vocêe e s - m e v e d a g r a c s e d a r a c o r t e d o p o ãn
- op són siop ,sodot ed adiv a arap laicnesse meb mu é augá a euq ed aicnêicsnoc ret someveD
escolher
Use lápiscomo
pretocerta.
para marcar as respostas. Se você quiser alterar a resposta,
.augá mes said sêrt sanepa sam ,remoc mes said 82 éta rassap somed
podelápis
Use apagar
pretoe para
marcar novamente.
marcar as respostas. Se você quiser alterar a resposta,
.>ona-o5-uo-o4-auga-otxet-ed-oacaterpretni/sedadivita/rb.moc.rebasseca.www//:ptth< :me levínopsiD
.)odatpadA( .5102 .vef 5 :me ossecA
Procure
pode não edeixar
apagar marcarquestão sem resposta.
novamente.
Procure
Marque não deixar as questões
as alternativas semnaresposta.
escolhidas Folha de Respostas ao terminar o simu-
lado. as alternativas escolhidas na Folha de Respostas ao terminar o simulado.
Marque

16 3CIÊNCIAS RUTIEL – LISARB AVORP ODALUMIS – 1 EMULOV


. G Á P – AHUMANAS
PÁG. 112 –– LEITURA
MATEMÁTICA
– SIMULADO
– SIMULADO
PROVAPROVA
BRASILBRASIL
– VOLUME
– VOLUME
1 1
CADERNO DE RESPOSTAS PROVA BRASIL – 9o ANO

QUESTÃO 1 foram justamente os valores altíssimos das taxas


atribuídas aos bárbaros que geraram as revoltas
A1. Tempo, espaço, fontes históricas e repre- que abalaram de vez as estruturas governamen-
sentações cartográficas; Reconhecer concei- tais (B), e não a participação no exército, como
tos, ideias, fenômenos e/ou sistemas. diz a alternativa (C), tampouco a proibição de cul-
tivar lavouras, como apresenta a (D).
Gabarito: C
Comentário: QUESTÃO 3
Os bárbaros eram realmente povos estrangeiros
tipicamente nômades, vindos em sua maioria de A2. Natureza-sociedade: questões ambien-
regiões germânicas e que compartilhavam de cos- tais; Reconhecer conceitos, ideias, fenômenos
tumes e culturas diferentes. Na época relatada no e/ou sistemas.
texto, os romanos eram donos de um vasto impé-
Gabarito: B
rio, mas precisavam de reforço para suas tropas,
visto que alguns territórios romanos já corriam Comentário:
risco de invasão. Por esse motivo, aceitavam a De acordo com o texto, o paulistano tem uma
entrada dos bárbaros em território romano, que porcentagem de consumo de água maior que as
serviam de reforço às tropas na proteção das pessoas nascidas em países desenvolvidos (Ale-
fronteiras do Império. Portanto, a alternativa que manha e França). A alternativa que contém essa
contém a melhor descrição sobre os bárbaros e informação é a (B). Já a alternativa (A) discorre
suas funções é a (C), sendo as alternativas (A) e sobre um grau de dificuldade fácil atribuído ao
(B) falsas por justamente afirmar a não atuação cálculo do consumo médio de água, sendo que
desse povo em conjunto com o Império Romano, o texto não menciona como esse levantamento
apesar de apresentarem características verídicas é realizado, sequer possui tal foco. Também não
sobre os mesmos. Já a alternativa (E) está incor- menciona a oferta de água à população na Euro-
reta por afirmar que o exército romano era forte. pa, como sugere a opção de resposta (C), tam-
Com isso, desconsidera-se o enfraquecimento po- pouco as atividades que desperdiçam água, como
lítico e administrativo enfrentado pelo império na faz a alternativa (D), apesar de serem verídicas.
época, incapaz de manter a unicidade e poderio.

QUESTÃO 4
QUESTÃO 2
B2. Natureza-sociedade: questões ambien-
B1. Tempo, espaço, fontes históricas e repre- tais; Compreender conceitos, ideias, fenôme-
sentações cartográficas; Compreender con- nos e/ou sistemas.
ceitos, ideias, fenômenos e/ou sistemas.
Gabarito: C
Gabarito: B
Comentário:
Comentário:
O texto apresenta o destino final do lixo como
Durante o século IV, o Império Romano sofreu um agravante à degradação ambiental. Ele su-
enfraquecimento administrativo e bélico, pondo gere ações que são possíveis de serem execu-
em risco seu vasto território. Para o confronto e tadas pela comunidade, pelas pessoas, mobi-
solução parcial dessa situação, os romanos per- lizadas em torno da coleta seletiva que visa a
mitiram que os bárbaros ocupassem as terras do reciclagem do lixo seco. Tendo em mente essa
Império e, a partir de tal fato, houve a aceitação distinção dos tipos de lixo, podemos identificar
do cristianismo e das concepções próprias do Im- o destino do orgânico em compostagens, sendo
pério Romano, tornando a afirmação da alternati- reaproveitado e diminuindo o volume destinado a
va (A) incorreta. Com o aumento de sua popula- lixões e aterros. A alternativa que descreve essa
ção, foi possível incorporar maior quantidade de ideia é a (C). As demais alternativas fazem men-
soldados ao exército e também maior quantidade ção às discussões atuais, como é o caso da op-
de indivíduos submetidos aos impostos. Porém, ção de resposta (A), que levanta a questão dos

CIÊNCIAS HUMANAS 17
CADERNO DE RESPOSTAS PROVA BRASIL – 9o ANO

materiais com tempo de decomposição extenso e QUESTÃO 7


a alternativa (B), que sugere a diminuição no con-
sumo de produtos industrializados e suas emba- C3. Identidades, diversidades e direitos huma-
lagens. A (D) suscita o caráter político que pode nos; Aplicar conceitos, ideias e/ou sistemas.
ser tomado pela população, entretanto, ela não é
discutida e abordada no texto, assim como nas Gabarito: C
alternativas (A) e (B).
Comentário:
As preocupações do adolescente devem estar
QUESTÃO 5
nas suas atitudes de hoje, que possuem o poder
de impacto na sua vida futura. A construção de
C2. Natureza-sociedade: questões ambien- um projeto de vida por meio do qual o jovem pos-
tais; Aplicar conceitos, ideias e/ou sistemas. sa viver com qualidade e contribuir para a cons-
trução de um mundo melhor é considerada, se-
Gabarito: A
gundo o texto, um exercício de cidadania juvenil
Comentário: muito importante para a vida. A alternativa que
A partir dos dados dispostos na tabela, é pos- concorda esses ideais é a (C). A opção de res-
sível concluir que um maior consumo de produ- posta (A) faz referência ao respeito às leis, quan-
tos de origem animal gera uma maior demanda, do na verdade apenas essa atitude não garante o
acarretando, consequentemente, um maior con- exercício da cidadania. As alternativas (B) e (D)
sumo de água para supri-la. Portanto, mudando evidenciam fatores como constituição de família
seus hábitos alimentares, a população poderia e conquista de um bom emprego como virtudes
diminuir o consumo de recursos hídricos, além cidadãs, mas que na verdade podem se tornar
de optar por uma via mais saudável, como suge- consequências da cidadania posta em prática no
re a alternativa (A). As opções de resposta (B), presente pelo jovem.
(C) e (D) contêm propostas de soluções para re-
duzir danos ambientais, entretanto, elas não são QUESTÃO 8
voltadas aos recursos hídricos e alimentícios.

B4. Poder, estado e instituições; Compreender


QUESTÃO 6 conceitos, ideias, fenômenos e/ou sistemas.

Gabarito: A
A3. Identidades, diversidades e direitos huma-
nos; Reconhecer conceitos, ideias, fenôme- Comentário:
nos e/ou sistemas.
O texto trata do processo de crise do sistema
Gabarito: D feudal. O crescimento da população aumen-
tava demasiadamente a necessidade de pro-
Comentário: dução de alimentos e o sistema já não era au-
O texto trata do valor dos direitos humanos e da tossuficiente para produzir para todos, como
dignidade da pessoa humana. A partir disso, é descreve a alternativa (A). Somado a isso, a
preciso identificar e relacionar esses conceitos. Igreja Católica que havia sido a instituição mais
De acordo com o texto, a pessoa humana é digna poderosa no início do feudalismo, já estava em
de direitos humanos e esses direitos garantem a descrédito diante da população. Esse conjunto
preservação da dignidade das pessoas. Portanto, de fatores agravava a crise e provocava revol-
a alternativa (D) se encaixa a essa concepção. As tas populares contra a Igreja e contra o sistema
alternativas (A) e (B) definem a importância dos feudal, aliado ao fato do advento das Cruzadas
direitos humanos como sendo primordiais aos se- e suas consequências. Diante desse contexto,
res humanos, quando na verdade são uma ferra- a alternativa (B) está incorreta, uma vez que, por
menta de reconhecimento e garantia do bem-es- mais que o sistema se esforçasse para manter as
tar. A opção de resposta (C) iguala o conceito de relações entre senhores feudais, vassalos e suse-
pessoa humana aos direitos humanos, diferente- ranos harmoniosa, a realidade era composta pela
mente do que consta no texto-base. exploração dos vassalos pelos seus superiores. A

18 CIÊNCIAS HUMANAS
CADERNO DE RESPOSTAS PROVA BRASIL – 9o ANO

(C) faz menção à ligação da Igreja com o sistema cristãos tinham poder para dominar regiões e que
feudal, o que é verdadeiro, porém se deu muito houve a submissão do império, porém esse fato
antes do momento de crise, e a (D) aborda a in- não é verídico, pois ser cristão em tempos ante-
tenção das Cruzadas, e não do sistema feudal. riores à apropriação da religião pelo governo sig-
nificava ser perseguido e fadado aos coliseus.
QUESTÃO 9
QUESTÃO 11
C4. Poder, estado e instituições; Aplicar con-
ceitos, ideias e/ou sistemas. B5. Cidadania e movimentos sociais; Com-
preender conceitos, ideias, fenômenos e/ou
Gabarito: B
sistemas.
Comentário:
Gabarito: B
É preciso identificar que Islã é um povo e o is-
lamismo, uma religião. Os seguidores do isla- Comentário:
mismo são conhecidos como muçulmanos ou O autor nos aponta diversas causas que mobiliza-
maometanos. O islamismo é, portanto, uma re- ram e mobilizam movimentos sociais: contra a dita-
ligião da região da Arábia, fundada pelo profe-
dura, contra a carestia, na luta por propriedade de
ta Maomé e que prega a paz e a submissão a
terras etc. Cada movimento tem seus objetivos e
Deus, como descreve a alternativa (B). Dessa
ideais estabelecidos e, mesmo compartilhando de
forma, as demais alternativas possuem defini-
algumas ideias, tem direcionamentos e objetivos di-
ções errôneas, como (A), que atribui o nome de
ferentes. A alternativa (B) confirma as informações
islamismo ao povo árabe, a (B), que afirma que
colocadas no texto. Já a alternativa (A) está incorreta
Maomé é o dirigente, sendo este o fundador
por colocar que todos os movimentos sociais lutam
da doutrina e a (D), que confunde o Islã, nome
por uma mesma causa. A opção de resposta (C)
dado a um dos conjuntos de povos de origem
está incorreta, pois atribui às classes mais pobres a
muçulmana, com o islamismo.
organização e o surgimento dos movimentos, quan-
do na verdade a mobilização das pessoas está liga-
QUESTÃO 10 da aos ideais da luta e o objetivo da luta, um exem-
plo é o movimento de luta contra a ditadura militar,
A4. Poder, estado e instituições; Reconhecer que contou com a participação de artistas e intelec-
conceitos, ideias, fenômenos e/ou sistemas. tuais de classe média e alta. Já a (D) está incorreta,
pois coloca como o objetivo principal a derrubada
Gabarito: D do poder dos movimentos sociais. Mesmo existente
Comentário: essa intenção em alguns deles, como é o exemplo
dos “Caras Pintadas” no governo Collor, nem todos,
Ao assumir o império, Constantino provocou mu-
ao reivindicar direitos, possuem esse fim.
danças na relação entre poder e religião, pois
reconheceu o cristianismo como religião oficial
do Império Romano. O crescimento do Cristia- QUESTÃO 12
nismo era uma ameaça ao Império já decaden-
te, e estabelecer a religião como oficial gerava
C5. Cidadania e movimentos sociais; Aplicar
a possibilidade de fortalecer o Império Romano
conceitos, ideias e/ou sistemas.
(D). A alternativa (A) discorre sobre os gladia-
dores e os coliseus, mas isso é um fato anterior Gabarito: D
ao declínio. Em (B) é afirmado que os cristãos
Comentário:
formaram uma unidade de poder que afronta-
va o imperador, porém o que ocorreu foi a mu- Geralmente, os desequilíbrios já estão acontecen-
dança de postura do império frente ao Cristia- do quando os movimentos sociais emergem, pos-
nismo, como estratégia para unir uma maior to que existem porque há insatisfação do povo.
quantidade de adeptos e reforçar o poderio. Contudo, não é o poder de gerar desequilíbrio
Já em (C), a alternativa torna implícita que os que está em foco em movimentos sociais, como

CIÊNCIAS HUMANAS 19
CADERNO DE RESPOSTAS PROVA BRASIL – 9o ANO

afirma a sentença da alternativa (A), que está in- uma reforma agrária, assim como (D) também
correta. O movimento Diretas Já demonstrou que discorre sobre a situação e quantidade de mi-
a força da massa popular tem o poder de mudar seráveis do país. Esses fatos, segundo o texto,
o sistema político de um país, o que motivou os são consequência do atual cenário que poderia
manifestantes foi a insatisfação contra o sistema ser mudado a partir das reformas das demarca-
eleitoral como um todo, portanto, a alternativa (D) ções territoriais.
concorda com o texto ao afirmar a capacidade das
massas de pressionar o governo por mudanças.
QUESTÃO 14
As eleições indiretas, meio das quais um presiden-
te da república era escolhido pelos membros do
A1. Tempo, espaço, fontes históricas e repre-
parlamento, foram substituídas por um sistema de
sentações cartográficas; Reconhecer concei-
eleições diretas, no qual a população é responsável
tos, ideias, fenômenos e/ou sistemas.
por eleger seu próprio presidente. A alternativa (B)
se mostra inconsistente ao dizer que a intenção do Gabarito: C
Diretas Já era a derrubada do governo, já que na
verdade o plano era mudar as estruturas políticas Comentário:
afim de garantir a liberdade de voto à população. A É importante ler a legenda do mapa e identificar
(C) também está incorreta, pois afirma um questio- que as áreas mais escuras são as mais populosas.
namento por parte da população sobre a seriedade Assim, é possível verificar que a região Sudeste
do processo eleitoral, mas, como já foi dito, o que se concentra a maioria dos estados mais populosos
buscava era a garantia à participação no processo do país, como afirma a alternativa (C), somando-se
eleitoral. a ela apenas os estados da Bahia e do Rio Grande
do Sul, demonstrando que a opção de resposta (B)
está incorreta. A partir da leitura do mapa, pode-
QUESTÃO 13
mos compreender que a distribuição populacional
do país é desuniforme, em oposição à alternativa
C6. Produção, circulação e trabalho; Aplicar
(A), que afirma uma distribuição padronizada. Já a
conceitos, ideias e/ou sistemas.
alternativa (D) atribui à região Centro-Oeste a pos-
Gabarito: A se dos estados menos populosos, porém, vemos
que estes estão na região Norte.
Comentário:
É necessário analisar o tema a partir da ideia QUESTÃO 15
de se dividir as terras que se concentram nas
mãos de poucos para que passem a ser pro-
B1. Tempo, espaço, fontes históricas e repre-
priedades de muitos. A reforma agrária se faz
sentações cartográficas; Compreender con-
necessária porque os latifúndios concentram a
ceitos, ideias, fenômenos e/ou sistemas.
riqueza nas mãos de poucos. O desmembra-
mento desses pela reforma agrária permitiria Gabarito: D
dar a muitos a condição de sair da situação de
Comentário:
pobreza, como coloca a alternativa (A). A (B)
retrata um panorama verídico ao afirmar que a A partir da leitura do gráfico, podemos identifi-
produção dos grandes latifúndios tem aumen- car a deficiência visual como a mais expressiva
tado significativamente em função das tecno- (pessoas cegas representam um total de 18% da
logias agrícolas, mas isso é consequência da população). Logo, medidas que sejam voltadas à
concentração de terras nas mãos de poucos, e inclusão desse grupo, como a tradução de livros,
não o que determinam os fatores para que se documentos e sinalizações para o braile, benefi-
busque a reforma agrária. A (C) define corre- ciariam uma maior quantidade de pessoas, como
tamente a região do Nordeste ao evidenciar a a alternativa (D) afirma. As alternativas (A), (B) e
situação de pobreza e a concentração dos tra- (C) contêm propostas eficazes para outros tipos
balhadores rurais sem-terra, mas esse fato iso- de deficiências, mas a questão pede soluções que
lado não é o responsável pela necessidade de atinjam o maior número possível de pessoas.

20 CIÊNCIAS HUMANAS
CADERNO DE RESPOSTAS PROVA BRASIL – 9o ANO

QUESTÃO 16 porque o país possui recursos tanto financeiros


como naturais para tal ação.
C1. Tempo, espaço, fontes históricas e repre-
sentações cartográficas; Aplicar conceitos, QUESTÃO 18
ideias e/ou sistemas.
C2. Natureza-sociedade: questões ambien-
Gabarito: A
tais; Aplicar conceitos, ideias e/ou sistemas.
Comentário:
Gabarito: B
O texto das Nações Unidas descreve os aspectos
positivos do Brasil, como a infraestrutura e a eco- Comentário:
nomia de grande porte, e ressalta, no final, o que Para responder a essa questão, é necessário
dá ao país relevância no cenário internacional: a aplicar os conhecimentos sobre o setor agrí-
prioridade que, hoje, ele dá à superação das de- cola a partir da Revolução Verde. Ela aumen-
ficiências históricas, utilizando como exemplos a tou a lucratividade do agronegócio, mas não
erradicação da pobreza extrema e a redução das incentivou o capitalismo de forma sustentável,
desigualdades, como é colocado na alternativa como descreve a alternativa (C), que está in-
(A). O texto não tem como objetivo ressaltar a correta. A revolução também aumentou a pro-
intenção do país com as Nações Unidas, como dução de alimentos no mundo por meio da
está colocado na opção de resposta (B), tampou- tecnologia agrícola, mas não resolveu o pro-
co melhorar sua imagem internacional (C). A (D) blema da fome no mundo, como é apresentado
coloca a intenção de divulgar suas ações de polí- na alternativa (A), pois a extrema pobreza ain-
ticas públicas, mas essas são reconhecidas pelas da é uma realidade mesmo no Brasil, um dos
Nações Unidas, que inclusive as ressaltam em maiores produtores de alimentos do mundo. A
relação ao progresso na erradicação da pobreza opção de resposta (D) está incorreta, porque
extrema e ao comprometimento com as demais afirma que a produção de alimentos saudáveis
questões sociais e públicas. melhorou, quando na verdade o setor agríco-
la continua plantando alimentos contaminados
QUESTÃO 17 por agrotóxicos. Portanto, a alternativa correta
é a (B), pois o uso excessivo de agrotóxicos
para produzir mais alimentos tem aumentado a
B2. Natureza-sociedade: questões ambien-
poluição ambiental.
tais; Compreender conceitos, ideias, fenôme-
nos e/ou sistemas.
QUESTÃO 19
Gabarito: D
Comentário: A3. Identidades, diversidades e direitos huma-
nos; Reconhecer conceitos, ideias, fenôme-
É fundamental observar, no texto, que a pre-
nos e/ou sistemas.
sença de recursos naturais no país é fonte de
riqueza. Considerando a dimensão das hidrelé- Gabarito: C
tricas no país, sabe-se que não é uma energia
de baixo custo. E sabendo-se que o Brasil detém Comentário:
os maiores mananciais hídricos do mundo, con- O texto inicia informando que, no Brasil e em al-
clui-se que é a abundância de recursos hídricos guns países do mundo, a idade mínima para a
que faz com que a matriz energética do país te- maioridade penal é de 18 anos. Portanto, isso não
nha esse modelo, como afirma a alternativa (D). se dá em todos os países, o que nos garante que
A discussão sobre efeito estufa é muito atual, o ECA não estabelece leis e não define a idade
entretanto, não é o que motiva decisivamente a penal, tornando a alternativa (A) incorreta. No fi-
implementação de projetos energéticos, como é nal do texto, temos a informação de que o objetivo
colocado na alternativa (A). A (B) coloca que, por da punição para os menores infratores não é fazer
falta de alternativas o Brasil não busca outras com que sofram pelos crimes que cometeram, mas
formas de gerar energia, tornando-a incorreta, ajudá-los a recomeçar, contrariando o que é apre-

CIÊNCIAS HUMANAS 21
CADERNO DE RESPOSTAS PROVA BRASIL – 9o ANO

sentado na opção de resposta (B). O ECA sugere citada: na agricultura familiar e nas indústrias, de-
medidas socioeducativas para recuperar o menor monstrando que a alternativa (A) está incorreta. As
infrator, informação descrita na alternativa (C), que
está correta. E não a criminalização dos menores indústrias exploraram muito a mão-de-obra infan-
infratores, como é colocado na (D). til, mas esse tipo de mão-de-obra começou a ser
utilizada muito antes da criação das indústrias, na
QUESTÃO 20 agricultura familiar, contrariando a alternativa (B).
Apesar de ser ilegal, sabemos que as crianças ain-
A6. Produção, circulação e trabalho; Reco-
nhecer conceitos, ideias, fenômenos e/ou sis- da são exploradas em diversos lugares do mundo,
temas. inclusive no Brasil, tornando a alternativa (D) incor-

Gabarito: C reta. O principal motivo que gera o trabalho infantil

Comentário: é a pobreza em que vivem, sendo que a exploração

É importante observar que, no texto, há dois cená- do trabalho infantil ao longo da história prejudicou,
rios principais nos quais a mão-de-obra infantil é principalmente, as crianças mais pobres (C).

22 CIÊNCIAS HUMANAS
Simulado – Prova Brasil – Ciências Humanas – Fundamental 2
Nome:

Turma: Número:

Ao terminar de responder às questões, preencha a Folha de Respostas com caneta preta ou azul.
Importante: se houver rasura na Folha de Respostas, a respectiva questão será anulada.

FOLHA DE RESPOSTAS – Prova Brasil

A B C D A B C D
O1 16
O2 17
O3 18
O4 19
O5 2O
O6
O7
O8
O9
1O
11
12
13
14
15