Você está na página 1de 2

Trabalho de Homem e Sociedade

1. O etnocentrismo, que pode ser definido como uma incapacidade de compreender o


“diferente”, é considerado pela Antropologia:

A Uma forma correta de analisarmos as diferenças culturais, pois não podemos abrir mão
da superioridade de nossa cultura frente às outras.
B Uma forma distorcida de enfrentarmos as diferenças, uma vez que deveríamos agir
sempre de acordo com a razão dos outros.
C Uma forma correta para qualquer cultura se defender das mudanças culturais.
D Uma forma distorcida de considerarmos as diferenças culturais, pois cada cultura
possui uma lógica própria de mundo.

2. Assinale a alternativa correta.


Conforme Laraia, “a cultura interfere no plano biológico”. Ou seja, a cultura não é
apenas algo “externo” que aprendemos, mas sim, a cultura é incorporada como se fosse
o nosso próprio corpo. Assim, a cultura é mediadora de nossa experiência com o corpo.
Portanto podemos afirmar que é evidente que a cultura interfere no plano biológico,
quando:

A Uma cultura conquista domínio sobre as explicações científicas a respeito da origem e


da evolução humana.
B Ocorre a cura de doenças em função de rituais que fazem parte dos hábitos e tradições
de uma cultura, sem uso de medicação ou cirurgias.
C Os indivíduos de um grupo social conseguem evoluir para parâmetros mais avançados
do organismo humano.
D Em cada cultura o ser humano dispõe de um plano biológico distinto, assim não
podemos comparar o organismo de alguém da cultura árabe com outros da cultura ocidental,
por exemplo.

3. Toda cultura muda com o passar do tempo, pois uma das características dela é
a DINÂMICA. As mudanças em um grupo cultural podem acontecer em função das
influências:

A Apenas internas, que acontecem principalmente quando os indivíduos desse grupo


percebem que precisam se diferenciar das gerações anteriores, sobretudo pais e avós.
B Internas, que acontecem quando as soluções da herança cultural já não satisfazem os
indivíduos ou quando há uma grande descoberta; e externas, quando o contato com outros
povos traz novas formas de comportamento e soluções de mundo.
C Internas, que acontecem apenas quando o conhecimento acumulado é suficiente para
uma revolução tecnológica ou de comportamento; e externas, que acontecem quando uma
guerra atinge a população de outro país (vizinho, ou com a mesma cultura/tradições)
modificando assim seu comportamento.
D Apenas externas, que podem acontecer tanto em função da inclusão de indivíduos de
outro grupo cultural (imigrações).
4. Ao nos depararmos com a diferença, existe uma tendência a criarmos o que se chama
de “estereótipo”. A esse respeito, assinale a alternativa CORRETA:
A Criar estereótipo é equivalente a rotular uma pessoa ou um grupo, ou seja, identificar
as características mais importantes para definir sua identidade.

C Ao definirmos as características essenciais de um grupo, devemos respeitar suas


características próprias através do estereótipo.
D O fato de estereotipamos pessoas ou grupos demonstra que identidades culturais não
podem ser conteúdo de disputas políticas, pois identidades fazem parte de definições pessoais
e não do jogo social.
E Quando distorcemos a identidade do outro, inferiorizando-o por causa de algum traço
marcante de sua identidade.

Você também pode gostar