Você está na página 1de 5

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PAULO FREIRE

JONATHAN CAMPOS CUSANDEI

RELATÓRIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

Governador Valadares
2019
JONATHAN CAMPOS CUSANDEI

RELATÓRIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

Trabalho individual apresentado como pré-


requisito para a aviliação e obtenção de nota à
disciplina de Educação Física, do Professor
Fabrício.

Orientador: Prof. ________________

Governador Valadares
2019
INTRODUÇÃO

Este trabalho tem como objetivo apresentar o relatório referente à terceira edição do
Festival de Dança da Escola Estadual Professor Paulo Freire, este ano com o tema “flashback”.
De início, o festival teve uma excelente organização, cumprindo o horário de início e das
apresentações, ótima estrutura para esse tipo de festival, acessível a todos e com bastante
espaço.
Com o objetivo de despertar o lado artista dos alunos, é um ótimo intuito da parte dos
organizadores Zaine e Fabrício, que almejam educar através da arte, assim formando uma
sociedade que os alunos se enquadrariam.
DESENVOLVIMENTO

Respectivamente, as turmas participantes do evento foram divididas para


apresentarem as músicas referentes às décadas de 50, 60, 70, 80, 90, 2000 e 2010.
Detalhadamente, estarei abordando minha opinião sobre cada uma delas:

• Anos 50: a turma apresentou uma música de Elvis Presley; toda a plateia aplaudiu a
apresentação, ótimo figurino e sem erros de sincronia;
• Anos 60: ótimo figurino, no início começaram mal, mas depois conseguiram encontrar
a sincronia;
• Anos 70: a apresentação não pareceu interessante, o grupo não espalhou emoção ao
público, contudo a música que eles utilizaram era boa;
• Anos 80: ótimo look do grupo, porém elas se mostraram tímidas e desanimadas; faltou
sincronia também;
• Anos 90: melhor apresentação do festival: fizeram a plateia realmente ter a sensação de
flashback; figurino excelente; a melhor parte da apresentação foi quando uma integrante
abriu escala;
• Anos 2000: apresentação que mais animou a plateia, com o funk das antigas, mas não
parecia muito organizado com o pot-pourri; a maioria dos grupos exibiu passos
inovadores, uma das melhores coreografias;
• Anos 2010: tiveram falta de sincronia, mas a melhor parte foi a menina dançando solo:
apesar da música não estar bem encaixada com a dança, ela dançou muito bem; o último
grupo apresentou com um bom remix.
CONCLUSÃO

Achei muito interessante esse tipo de evento, pois a escola pode mostrar o desempenho
desses alunos não somente na sala de aula, mas também na arte e na música. É bom esse tipo
de conteúdo nas escolas, pois pode despertar o lado artista que esses querem exibir às pessoas,
mas não sabem como exibir. Portanto, a escola deve apoiar esses alunos, não somente na dança,
como também na pintura e no teatro.