Você está na página 1de 3

INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P.

CENTRO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE BRAGA

C
CUUR
RSSO
ODDE
EPPR
REES
STTA
AÇÇÃ
ÃOOD
DEEC
CUUIID
DAAD
DOOS
SPPE
ESSS
SOOA S –– S
AIIS SAAÚ
ÚDDE
EEEA
ANNIIM
MAAÇ
ÇÃÃO
O

8599 - Comunicação Assertiva e Técnicas de Procura Joana Russell


UFCD / Domínio: Formador:
de Emprego
Tema: Ficha de Trabalho Data: 14-09-2016 Pág.:

Visionamento do filme SE OS OLHARES MATASSEM


Produção: Vídeo Arts; Duração: 29 minutos
Objectivo do filme: mostrar que nas relações interpessoais o comportamento é uma força
poderosa que pode facilitar ou dificultar essas mesmas relações.

Após o visionamento do filme, leia as seguintes afirmações e assinale a sua veracidade


(V) ou a falsidade (F):

1. O comportamento é uma arma.


2. Tratar toda a gente da mesma forma facilita a relação.

3. Ser antipático ajuda as outras pessoas a serem antipáticas.

4. “Sou assim como sou e não posso evitá-lo”.

5. O comportamento é uma representação que escolhemos.

6. Certas pessoas são impossíveis e não se pode escolher o comportamento a Ter com elas.

7. Podemos escolher o melhor comportamento para facilitar a relação interpessoal.

8. Ninguém pode exigir amor se não der amor.

9. Tentar compreender as reacções dos outros, facilita a relação.

Responda às seguintes questões:


1. Assinale as características comportamentais que permitem diferenciar a ausência de
profissionalismo e, posteriormente, o profissionalismo da enfermeira
a) O Comportamento não profissional:
.. .......................... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .......................... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .......................... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .......................... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .......................... . . . . . . . .
b) O Comportamento profissional:
.. ....................... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. ....................... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. ....................... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. ....................... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. ....................... . . . . . . . . . . .
Document1 1/3
2. Será que o Sr. Hapless tem personalidades diferentes?
.......... ............................... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.......... ............................... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.......... ............................... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.......... ............................... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.......... ..........................
3. Identifique os comportamentos pouco profissionais do gerente da sapataria.
.......... .. ................. ............................ . . . . . . . . . . . . . .
.......... .. ................. ............................ . . . . . . . . . . . . . .
.......... .. ................. ............................ . . . . . . . . . . . . . .
.......... .. ................. ............................ . . . . . . . . . . . . . .
.......... .. ................. .......
4. Poderia o gerente da sapataria ter escolhido outro comportamento alternativo? Em que
momento? E qual?
................. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
................. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
................. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
................. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
................. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
5. Enumere os comportamentos que revelam ausência de profissionalismo do empregado dos
correios (Sr. Figgs).
....................... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
....................... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
....................... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
....................... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
....................... . . . . . . . . . . . . .
6. Identifique os comportamentos que permitem afirmar que a funcionária do aeroporto foi a mais
profissional, de entre todos os que se relacionaram com o Sr. Hapless.
..................................................... . . . . . . . . . . . . . . . . . .
..................................................... . . . . . . . . . . . . . . . . . .
..................................................... . . . . . . . . . . . . . . . . . .
..................................................... . . . . . . . . . . . . . . . . . .
....................................
7. Interprete a seguinte afirmação:
O comportamento profissional é uma máscara para todos os problemas, preconceitos e sentimentos.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

A acção decorre no salão de um hotel, onde um inspector interroga várias pessoas que se relacionaram com Hapless, o
homem que sofre de um crime violento. A vítima é um cidadão comum exposto aos mais diversos maus-tratos psicológicos,
acabando por se descontrolar e se lançar para dentro de um lago em pleno inverno.

2/3
INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P.
CENTRO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE BRAGA

Os suspeitos envolvidos trabalham em sectores de prestação de serviços que qualquer cidadão usa de forma corrente.

O resultado da investigação aponta três peças-chave:


1. O comportamento gera comportamento.
2. O comportamento é uma escolha.
3. O comportamento pode ser usado para ajudar ou dificultar uma interacção.

O vídeo permite-nos reflectir sobre o poder do comportamento nas relações interpessoais. O seu objectivo é chamar a atenção
para a atitude e o comportamento que temos no relacionamento com o outro, uma vez que o modo como nos comportamos (no
trabalho e nas mais diversas esferas da vida) pode determinar o sucesso ou o fracasso de cada interacção/relacionamento. Os
“autores” deste crime ignoram “o poder do comportamento”.
O filme levanta questões fundamentais no âmbito do relacionamento interpessoal: “O vosso comportamento não é algo com se
que nasça: é algo que se escolhe. O modo como escolheis ajudará ou prejudicará cada transacção”.
Este filme prova até que ponto o comportamento é um instrumento poderoso e determinante que permite alterar a situação
positivamente, para que as pessoas envolvidas tirem partido dela.

Fonte: http://pt.shvoong.com/social-sciences/2190742-se-os-olhares-matassem/#ixzz2u5ildpkY

Document1 3/3