Você está na página 1de 4

Multiplicação de radicais

Aqui, os radicais têm que ter o mesmo índice, sendo da forma

n√an√b = n√(ab)

com a, b ∈ ℝ+ e n∈ℕ.

Exemplos:

√2√3√5 = √(23)√5 = √6√5 = √(65) = √30

√24√3 = 22√22 4√3 = 4√4 4√3 = 4√12

Divisão de radicais

Tal como na multiplicação, também os radicais aqui têm de


ter o mesmo índice. Assim, são da forma

n√a n√b = n√ (a/b)

com a, b ∈ℝ+ e n∈ℕ.

Exemplo:

3√6  3√33√2 = 3√ (6/3)3√2 = 3√23√2 = 3√4

Adição de expressões com radicais

Só é possível simplificar a soma de expressões com radicais se


estes tiverem o mesmo índice e o mesmo radicando. As operações de
simplificação de radicais são: divisão do índice do radical e o expoente
do radicando pelo seu máximo divisor comum ou passagem para fora
do radical todos os fatores possíveis.

Exemplos:
√2-√5+3√2+7√5 = √2+3√2-√5+7√5 = (1+3) √2+(-1+7)√5 = 4√2+6√5

3√5+29√53 = 3√5 + 23√5 = (1+2) 3√5 = 3 3√5

pois 29√53 = 29:3√53:3 =23√5

5√18+2√2 = 15√2 + 2√2 = (15+2)√2 = 17√2

pois 5√18 = 5√(32 2) = 5√32√2 = 53√2 = 15√2

Passagem de um factor para fora de um radical

Decompõe-se o radicando num produto de factores primos e


aplica-se a propriedade da multiplicação de radicais. Para passar um
factor para dentro do radical eleva-se este ao índice do radical.

Exemplos:

√108

108| 2

54 | 2

27| 3

9| 3

3| 3

1|

então √108 = √ (22323) = √22√33√3 = 23√3 = 6√3

2√5 = √(225) = √20


33√52 = 3√(3352) = 3√(2725) = 3√675

Potência de um radical

A potência de um radical tem a forma (n√a)p = n√(ap) com a>o


e n, p ∈ℕ.

Exemplos:

(6√2)5 = 6√25

Radical de um radical

É da forma n√(p√a )= np√a com a>o e n, p ∈ℕ

Exemplos:

5√(√3) = 25√3 = 10√3

Racionalização do termo de uma fracção

Racionalizamos os denominadores escrevendo uma fracção


equivalente sem o símbolo de radical no denominador. Existem dois
casos:

1ºcaso – o termo da fracção a racionalizar é constituído por um


único número ou por um produto.

Aqui multiplica-se o numerador e o denominador por um


radical de modo a obtermos n√(an) = a no termo da fracção onde
pretendemos eliminar o radical.

Exemplos:

3/√3 = (3√3)/(√3√3) = ( 3√3)/3 = √3


2/(5√2) = (2√2)/(5√2√2) = ( 2√2)/(52) = √ 2/5

2ºcaso – o termo da fracção a racionalizar é constituído por uma


soma algébrica de radicais quadráticos.

Aqui multiplica-se o numerador e o denominador por uma


expressão tal que o termo da fracção onde queremos eliminar o ou os
radicais seja um produto equivalente a uma diferença de quadrados.

Exemplos:

(2+√3)/(2-√3) = {(2+√3)(2+√3)}/ {(2-√3)(2+√3)} =

(4+3+4√3)/(22-(√3)2) = (7+4√3)/(4-3) = 7+4√3