Você está na página 1de 5

As marcas que Jesus produz no crente

(O menino com as marcas da mãe)

E você? Que marcas você carrega sobre o teu corpo? Elas te identificam como um
verdadeiro cristão? Como um verdadeiro adorador?

Seriam marcas adquiridas verdadeiramente por amor a Cristo, através do sofrimento,


das aflições e de uma vida espiritual com Ele?
I. As marcas de Cristo que Paulo carregava (Gl 6:17).

Paulo refere-se às marcas que um escravo tinha para quem soubessem quem era o seu
senhor. Existiam escravos chamados de escravos de orelha furada. Para entender
melhor, temos que compreender que a escravidão para eles era diferente do que
entendemos hoje como escravidão. Os escravos hebreus eram escravos para pagar suas
dívidas através do trabalho. Deus determinou no Êxodo que os escravos hebreus
deveriam servir aos seus senhores por seis anos e no sétimo anos estaria livre, sem
pagamento(Êx 21:2). Geralmente os hebreus eram escravos por dívidas ou pobreza
extrema, e alguns escravos, após os anos trabalhando, se apegavam tanto aos seus
senhores que optavam por voluntariamente continuar sendo escravo daquele senhor
até o fim de sua vida, sem voltar à liberdade. E como sinal de sua entrega, o escravo
tinha a orelha furada e “então, o seu senhor o levará aos juízes, e o fará chegar à porta
ou à ombreira, e o seu senhor lhe furará a orelha com uma sovela; e ele o servirá para
sempre”(Êxodo 21:6). Portanto, ser escravo de orelha furada simbolizava que você não
estava servido aquele senhor por uma obrigação, pois já poderia estar livre, mas porque
já não quer servir a outro senhor. É uma junção de serviço e amor. Além do mais, é bom
citar que os escravos hebreus não eram chamados de escravos, mas servos.

É a isso que Paulo está fazendo referência, a essas marcas, às marcas de um escravo de
orelha furada, que diz ao seu senhor que ainda que possa ir embora não quer, que
prefere ficar e servi-lo para sempre. Paulo carregava em si essas marcas, e nós, será que
também as carregamos? Levamos em nós as marcas de sermos servos de Cristo? Quando
nos veem na rua enxergam algo diferente em nós? Não deveríamos precisar dizer “eu
sou cristão” para que os outros soubessem, precisamos carregar essas marcas de servo
de Jesus para que quando os outros nos vejam eles nos olhem e digam: “esse aí é um
cristão de verdade!”

Paulo diz que ninguém tem autoridade para questioná-lo quanto as coisas que ele disse,
pois carrega em seu corpo a marca de servo do Filho de Deus, e nós, será que também
somos inquestionáveis quanto à nossa vida, nosso cristianismo, e nossa conduta? torno
a perguntar: carregamos em nosso corpo as marcas de que pertencemos a Cristo? Que
isso permaneça em nossa mente e que possamos buscar ser como as Escrituras nos
mostram, e que possamos, todos nós, carregar em nosso corpo as marcas de que
pertencemos a Cristo.
"Quanto ao mais, ninguém me moleste; porque eu trago no corpo as marcas do
Senhor Jesus"
Afinal, vejamos quais eram as marcas de Cristo que Paulo carregava e que todo cristão
deve carregar.

1. O Amor .
Para o próprio senhor Jesus, os seus verdadeiros discípulos são marcados pelo amor, Jo
13.35, Jesus disse: "Nisto conhecerão todos que vós sois meus discípulos: -Se tiverdes
amor uns pelos outros."
-Portanto a marca que deve identificar o discípulo de Jesus Cristo, é o amor.
Em Gálatas 3:14, Paulo diz: "Acima de tudo isto porém, esteja o amor, que é o vínculo
da perfeição". O amor é o vínculo, a tenaz que liga o cristão com Jesus,
Se nós desejamos verdadeiramente sermos discípulos de Jesus, se desejamos sermos
parecidos com Ele; é preciso aprender a amar as pessoas que nos odeiam, que nos fazem
o mal; porque amar aqueles que estão próximos de nós, aqueles que nos dão carinho,
beijos, abraços e presentes; é muito fácil.
Mateus 5: 44-48 Jesus disse: -Amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem;
para que vos torneis filhos do vosso Pai celeste, porque Ele faz nascer o sol sobre maus
e bons e vir chuvas sobre justos e injustos.
Porque, se amardes os que vos amam, que recompensa tendes?
Não fazem os publicanos também o mesmo?
1 Corintios 13:1 Paulo diz: Ainda que eu fale as línguas dos homens e a dos anjos, se não
tiver amor, serei como o bronze que soa ou o címbalo que retine.
Paulo está nos ensinando que todas as qualidades e dons que possamos ter, não terão
nenhum valor diante de Deus, se não forem acompanhados de uma boa dose de amor.
Se amarmos uns aos outros, como Deus nos amou, nada nem ninguém, irá nos separar
de Deus.
Em Romanos 8:39 -Paulo afirma " nada poderá nos separar do grande amor de Deus
que está em Cristo Jesus, nosso Senhor." Aleluia.

2. A provação.
A segunda marca de Cristo que Paulo trazia, era a marca da provação e da perseguição
por amor ao Evangelho de Cristo. Todos os homens e mulheres chamados por Deus, são
provados e sofrem humilhações e passam dificuldades por causa de Cristo, o inimigo se
levanta tentando impedir que façamos a obra de Deus.
2 Timóteo 3:12 Diz a Palavra de Deus que todos quantos querem viver piedosamente em
Cristo Jesus, serão perseguidos. Eu pergunto pros irmãos:- Quem de vocês que durante
a sua vida Cristã, não passou por pelo menos uma dificuldade? -Não passou por pelo
menos uma provação? -Guarde a resposta em seu coração, porque eu sei que todos os
irmãos já passaram.
O Próprio Senhor Jesus nos encoraja dizendo: No mundo tereis aflições, mas tende bom
ânimo.
Em 2 Co 12.10 _Paulo chegou a dizer: "Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injurias,
nas necessidades, nas perseguições, nas angústias, por amor de Cristo.
Porque quando estou fraco é que sou forte"
-Sabe porque Paulo disse isso: irmãos ? -Porque é Na nossa fraqueza que nos tornamos
mais dependentes de Deus., " E nós precisamos mesmo sermos dependentes de Deus,"
quanto mais dependemos de Deus, mais o Senhor Deus fará parte das nossas vidas,
amém?
Em Romanos 8:18, O apóstolo Paulo tinha em mente a seguinte convicção:-
Porque para mim tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente não podem ser
comparados com a glória a ser revelada em nós"
Porque:- Se com Cristo sofremos, também com Ele seremos glorificados"...Aleluia
Paulo tinha absoluta convicção que é na provação que somos aprovados.
O próprio Senhor Jesus logo após ter sido batizado pelo Espírito Santo, foi levado pelo
mesmo Espírito ao deserto para ser provado, ali Jesus passou quarenta dias e quarenta
noites, enfrentando vários tipos de adversidades, conforme está escrito em Lucas 4: 1-
13. e Mateus 4: 1-11.
Portanto meus irmãos, até o Senhor Jesus passou pela provação .

3 A MANSIDÃO.

Aquele mesmo Paulo que prendia, perseguia e aprovava a morte de Cristãos; aprendeu
com Jesus a ser manso.
Atos 9: 1-9 Diz a Palavra de Deus, que Saulo planejando uma viagem para Damasco, vai
aos maiorais da Igreja e pede a eles uma carta que o autorize a levar presos, chicotear
e até matar os seguidores de Jesus que fossem encontrados pelo caminho; no versículo
três, diz o Espírito Santo, que Saulo seguindo estrada afora, ao aproximar-se de
Damasco, subitamente uma luz do céu brilhou ao seu redor e Saulo tendo caído por
terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo porque me persegues.
Meus irmãos, ali naquele momento, Saulo se converteu e recebeu do próprio Senhor
Jesus, o nome de Paulo e a marca da mansidão. Amém? glória a Deus
Quantos de nós meus irmãos, que antes da conversão, ao receber a visita de um crente
em sua casa não foi grosseiro e até lhe disse desaforos.
Eu confesso que em outros tempos odiava os crentes, pra dizer a verdade só faltou
mesmo eu atirar pedras nos crentes que batiam na minha porta.
Em Mateus 11:28 Jesus ensina:- Tomai sobre vós o meu julgo e aprendei de mim, porque
sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma"
Em Gálatas 3:12 O convertido e agora manso Paulo, aconselha dizendo:- Revesti-vos,
pois, como eleitos de Deus santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de
bondade, de humildade, de mansidão e longanimidade. amém ?
Nm 12:3 Diz a Bíblia: Era o varão Moisés mui manso, mais do que todos
os homens que havia sobre a terra. Essa mansidão de Moisés foi um dos atributos visto
por Deus, para o escolher para conduzir o povo de Deus, durante a saída do Egito e a
busca da terra prometida; antes porém, Moisés precisou ser tratado por Deus, Moisés
teve de ser transformado. Êxodo 2: 11-12 a Bíblia conta que Moisés vendo que um
egípcio espancava um Hebreu, um homem do seu povo; Moisés olhou de um lado e de
outro e não vendo ninguém, matou o Egípcio e o escondeu na areia.
-Quem ler essa passagem Bíblica, perceberá a transformação que Deus realizou no
temperamento de Moisés.
Ainda hoje em nossos dias, vemos homens que eram bastante temperamentais,
agressivos e agora carregam em sua natureza a marca da mansidão de Cristo, são
pessoas que foram transformadas por Deus.
Eu particularmente, estou sendo tratado, estou sendo transformado por Deus, mas
ainda tenho que melhorar muito, pois apesar da minha conversão e da convivência na
Igreja, admito que ainda há momentos na minha vida em que o velho homem se
manifesta. Peço as orações dos irmãos, nesse sentido, em nome de Jesus.

4 . A humildade.

A quarta marca de Cristo que Paulo carregava, era a humildade.


Aquele mesmo tempestivo Saulo, agora Paulo, havia aprendido a ser humilde com seu
mestre querido Jesus; e afirma:- 1 Co 15.9 Porque eu sou o menor dos apóstolos, que não
sou digno de ser chamado apóstolo, pois persegui a Igreja de Deus"
Em Ef 4. 1-2 Com muita humildade, Paulo nos aconselha dizendo:- Rogo-vos pois irmãos,
eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis de modo digno da vocação a que fostes
chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns
aos outros em amor."

Neste versículo, Paulo faz um resumo de várias atribuições que devemos ter, como
cristãos que somos, sobretudo a humildade e o amor, e, quando Paulo fala em suportar,
ele está falando mesmo é de dar apoio, dar suporte, dar um colo ao irmão ou irmã que
se encontra debilitado na fé, ou passa por alguma dificuldade, é desse tipo de apoio que
Paulo está falando, amém ?
Em 1 Pe 5.5 -O apóstolo Pedro nos dá o seguinte conselho:- cingi-vos todos de
humildade, porque Deus resiste aos soberbos, contudo, aos humildes concede a Sua
graça.

5. O perdão.

A quinta marca de Cristo que Paulo carregava era a marca do perdão.


O verdadeiro discípulo de Cristo, traz consigo a marca do perdão, uma das coisas que
Jesus mais nos ensinou durante o Seu ministério, é perdoar.
Mateus 6: 14-15 está escrito: Se perdoardes aos homens as suas ofensas também vosso
Pai celeste, vos perdoará; se porém, não perdoardes aos homens ( as suas ofensas),
tampouco vosso Pai celestial vos perdoará as vossas ofensas.
Meus irmãos, quando perdoamos alguém por alguma coisa que tenha nos causado
tristeza, aborrecimentos, tiramos das nossas costas um enorme peso, então sentimos um
grande alívio para a nossa alma.
Em Efésios 5:32 Paulo nos ensina dizendo: "-Antes, sede uns para com os outros
benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo,
nos perdoou." Aleluia
E Paulo nos dá o seu próprio exemplo dizendo:- 2 Corintios 2:10 A quem perdoais
alguma coisa, também eu perdoo; porque o que tenho perdoado ( se alguma coisa tenho
perdoado), por causa de vós eu fiz na presença de Cristo."
Em Gálatas 3:13, Paulo ainda diz:- "Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos
mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem.
Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai-vós . Aleluia.
Aqui Paulo está falando de outro tipo de suporte, ele está falando mesmo é de suportar,
ter paciência e nunca perder as estribeiras, ainda que as pessoas ao seu redor, passem
um pouco dos limites, amém ?

6. A obediência.

Dt 28: 1-2 O próprio Senhor Deus nos faz essa promessa:- Se atentamente ouvires a voz
do Senhor Teu Deus, tendo o cuidado de guardar os seus mandamentos que hoje te
ordeno, o Senhor teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra.
Se ouvires a voz do Senhor teu Deus, virão sobre ti e te alcançarão todas as bênçãos.