Você está na página 1de 4

c 



àY Gênero argumentativo.
àY emas polêmicos que exigem uma posição por parte dos ouvintes, espectadores e leitores
àY ‘ dio, na , nas revistas, nos jornais.
X 
 
àY | autor geralmente apresenta seu ponto de vista, expõe idéias pessoais sobre o tema.
Intenção de convencer seus interlocutores através de bons argumentos, que consistem em verdades e opiniões.
Para produzir um bom artigo de opinião é aconselh vel seguir algumas orientações.

a)Y Após a leitura de v rios pontos de vista, anote num papel os argumentos que mais lhe agradam, eles podem ser
úteis para fundamentar o ponto de vista que você ir desenvolver.

b) Ao compor seu texto, leve em consideração o interlocutor: quem ir ler a sua produção. A linguagem deve ser
adequada ao gênero e ao perfil do público leitor.

c) Escolha os argumentos, entre os que anotou, que podem fundamentar a ideia principal do texto de modo mais
consciente, e desenvolva-os.

d) Pense num enunciado capaz de expressar a ideia principal que pretende defender.

e) Pense na melhor forma possível de concluir seu texto: retome o que foi exposto, ou confirme a ideia principal,
ou faça uma citação de algum escritor ou alguém importante na rea relativa ao tema debatido.

f) Crie um título que desperte o interesse e a curiosidade do leitor.

g) Formate seu texto em colunas e coloque entre elas uma chamada (um importante e pequeno trecho do seu
texto).

h) Após o término do texto, releia e observe se nele você se posiciona claramente sobre o tema; se a ideia est
fundamentada em argumentos fortes e se estão bem desenvolvidos; se a linguagem est adequada ao gênero; se
o texto apresenta título e se é convidativo e, por fim, observe se o texto como um todo é persuasivo.

  c
c  
   
               
        

   

             
       
                       
        !   "         
        
  

#        !         


      $   
       %                   
     &           '    (         
 !         )&   ! *     
    + 
      ,  %   %          -

c  
)&                       )&
           & '  &       )&
            &    
          


'       )     )  .  

# 
+              )&             
              !

/         


  ¬               
   )&          #       
      
         

$                        +  


    
                  (0   -  (0 &
  -

$                     )&   ,

1Y Ê  
  ¬,    

              "
2Y c ¬    ¬,               !     
"
3Y p ¬   ¬¬,   
    &      )  
         
    !         "
4Y p ¬     , c      3  5          "
5Y c ¬ ¬, $               & c 

%          )       % 
 )        6             3
    &      
   7      
8Y ‘     ¬, 9  +  +    +     &         
      ! :  !   ;           
 % 
         
<Y Ê  
  ¬, / = c           
     &   
  :   ; > 
           
     
 
?Y c   
  , c   $ !              
(c    /  @       /   A :/A;-

‘  ¬  
6             !               ) 
               +       %        
 
+         

‘  ¬
6           
+     )& 
          
      %         )&     & 
   
 &  

2 B     

c                 +       
       
 + %   
3 #
+   

# 
+        
+      %   )      '  
           C  C               
  

4 9  )&  

c          +     

5 0 &  

c  &   %   )             #


%
    &         C &C           
'      
       
   

8 #      

7  ,

àY #   
àY c  

   

àY c  

      
 
àY #       !
àY c  )&  

< #     

#  %            


         ,
    , c    &
A
  , '       *  D E
@ , *  D E,  F
  & c   :/   c; % 9+ 4   

1GG5

    , /    


 
@ , 0  
  /  :D A; % 9+ 25   
 1GG5

    , 0      
@ , D& '  HH % F
  : A ; % 9+ 13  ) 1GG8

? c  

   
+  

/    

 ,

àY $   
àY     

àY $   
àY 7   
)&
àY @  
)&
àY $!   
àY ')

#
, I  &      
)&  !    J  )