Você está na página 1de 20

CAMINHOS

PARA APRENDER
A IMPROVISAR
DUDU QUIRINO
VERSAO 1.B
Quem já tocou algum instrumento musical sabe
como é legal a sensação de poder improvisar e
criar algo com seu instrumento. Além disso, para
nós que tocamos instrumentos de sopro, torna-se
ainda mais interessante, uma vez que podemos
explorar muitos timbres que outros instrumentos não
têm.
Mesmo sabendo que a liberdade e, principalmente
a espontaneidade são essenciais para o improviso,
não podemos crer que improvisar seja tocar notas
sem sentido.
Portanto, a improvisação também tem suas regras,
como um jogo!
Ou seja, traduzindo e simplificando, para que você
entenda, me refiro ao vocabulário, à linguagem.
Realmente, é como aprender um novo idioma.
Você irá estudar intervalos, acordes, tríades,
tétrades, escalas, arpejos, etc...
Para começar a improvisar, você vai precisar:

 Raspar o bocal no asfalto!


❖ MENTIRA! FOI SÓ PARA VER SE VOCÊ REALMENTE ESTÁ PRESTANDO ATENÇÃO!

 Primeiramente, indicar mais dois amigos para participarem dessa divulgação!

 De um instrumento musical!

Lembrando que a voz humana é considerada um instrumento. Portanto, se você é cantor e tem
um domínio confortável da técnica vocal, nada o impede de fazer improvisos cantados.
Entretanto, se esse não for o seu caso, a dica é começar com outro instrumento, para poupar a
voz de possíveis lesões decorrentes do uso incorreto. OBS: Não sou cantor.

 De um mínimo conhecimento musical para começar a praticar. Afinal, conhecimento é poder!


Quanto mais se domina as regras do jogo, maiores serão as possibilidades obter sucesso em
qualquer área da vida. Por isso, conhecer a teoria, escalas, acordes, entre outros, faz muita
diferença. Ou seja, ter tocado alguma coisa antes na vida vai ajudar bastante.
Por outro lado, se a gente fosse esperar tudo ficar pronto para começarmos a fazer algo, nós nem
começaríamos.
Por último, o objetivo tem que ser aprender a improvisar. Para tanto, busque ter prazer com isso.
Ou seja, se estiver chato, pare!
Um pequeno “GPS” para te ajudar:

>Teoria musical básica.


sem ela você não irá a lugar nenhum!

Tenho um presente para você neste ebook!


Escute com calma a música,
mantendo-se CONCENTRADO!

Tenha atenção com as frases:


em qual momento começam
onde elas terminam,
como os instrumentos entram e
interagem na música.
Comece com pouco!

Toque uma nota e veja se ela


fica bem no contexto da
harmonia.

Fique nela.

Se errar, toque outra, e vá até


achar uma que soe bem.
Você vai errar MUITO!

Quando isso acontecer, a regra de


ouro é tocar outra nota meio tom
acima ou abaixo.

Mas, a verdade é que existem 99%


de chances de você "corrigir" uma
“nota errada” dessa maneira.
“Imitação,
Assimilação e
Inovação”.
Clark Terry

Mais uma vez: você vai errar! É o velho cliché: “errar é humano”.
Continue! Isso faz parte do jogo, e é assim que aprendemos.

Não toque notas apenas por tocar.

Escute o que você está fazendo e escute o que os outros estão tocando.

Veja as duas coisas interagindo, escutando com muita calma, sempre.


“Não tenha medos.
Eles não existem”.
Miles Davis

Memorize a música e os caminhos da harmonia.


Sugiro que você escute a música várias vezes.
A primeira vez só escutando a melodia, e a segunda só a
harmonia.
Depois repita escutando somente o baixo, depois a bateria.
Ou seja, um instrumento por vez. Essa dica te ajudará a
entender o papel de cada instrumento .
Você terá mais controle sobre o improviso, e uma noção
melhor de quais notas você poderá usar e quais você deverá
evitar.
Construa aos poucos, melodias que façam sentido musicalmente, sem pressa.
A música é feita de momentos de
tensão e relaxamento. O ideal é
alternar contrastes para conseguir um
efeito expressivo. Insistir demais numa
única idéia (tensão ou relaxamento o
tempo todo) só cansa.

Nesse jogo de tensão e relaxamanto, a


ideia é tocar, se expressar com a
criação de expectativas enquanto se
alterna o clima da música, tocando
uma frase curta de poucas notas
quando todos esperavam uma frase
gigante cheia de efeitos, e vice-versa.
Use as pausas!
Improvisos precisam de respiração.
Você é tão responsável pelas notas
que toca tanto quanto pelo silêncio
entre uma e outra.
Dessa vez, ao invés de procurar
repertório para tocar, procure por
referências que possam contribuir com
o improviso.

Ouça várias versões de uma mesma


música tentando entender como
cada versão foi construída.

Improvisar também é subir nos ombros


de gigantes. Pense com carinho nessa
frase. Portanto, escute o máximo de
músicos que você puder.
Esse tipo de prática tem duas grandes vantagens: treinar a percepção de musical de linhas
melódicas e desenvolver a base musical.

O repertório de frases, arpejos e “licks” aumenta junto com o repertório de solos memorizados.

Se você não tem a “manha” de tirar solos, comece com algo simples. Vá com calma, para não
corer o perigo de se frustrar de cara.
ESTUDE, ESTUDE, ESTUDE!
Aprenda teoria aos poucos. Estude muito as escalas de acordes.

Ao improvisar, tocar notas da harmonia funciona em 100% dos casos.


Use isto a seu favor!
Como disse no início dessa
apresentação, segue agora o meu
presente para você que chegou
até aqui!

Vamos praticar juntos as seguintes


ESCALAS!

É só ir para a próxima página.


Escalas Maiores

4
&4 Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï b

Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
5

&b Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï bb
9
b bbb
&b Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
13
b Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï bbbb
&b b Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
17
b bbbbb
& b bb Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
21
bb bbbbbb
b
& bb Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï

Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï #
25
bb
& b b bb Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï

# Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï ##
29

& Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï

## ###
33

& Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
### Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï ####
37

& Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï

#### ####
41

Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
& Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï #

#### #### #
45

& # Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï #
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
#### # Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
49

& # Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï

Copyright © Lead Trumpet Dudu Quirino


Escala Menor

Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
& 44 Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï b
5
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
Ï Ï Ï Ï
& b Ï bb
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
9
b bbb
&b

Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
13
b bbbb
&b b Ï Ï
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
bbb Ï
17

& b bbbbb
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
21 Ï Ï Ï
b b bbbbbb
&b b b
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
Ï #
25
bb Ï
& b b bb
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
#Ï Ï ##
29

&
## Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï ###
33

Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
&
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
### Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï ####
37

&
41
#### Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
Ï Ï Ï Ï ####
& #

#### Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï #### #
45

& #Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï #
49
#### # Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
& #
Copyright © Lead Trumpet Dudu Quirino
Escala Menor Harmônica

& 44 Ï Ï #Ï Ï Ï #Ï Ï Ï b
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
5

&b Ï Ï Ï Ï Ï Ï #Ï Ï Ï #Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï bb

Ï Ï #Ï Ï Ï #Ï Ï Ï
9
b bbb
&b Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
13
b bbbb
&b b Ï Ï Ï Ï Ï Ï nÏ Ï Ï nÏ Ï Ï Ï Ï Ï Ï

Ï Ï nÏ Ï Ï nÏ Ï Ï
17
b bbbbb
& b bb Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï

Ï Ï nÏ Ï Ï nÏ Ï Ï
21
b Ï Ï Ï Ï Ï bbbbbb
& b bbb Ï Ï Ï
#
25
bb Ï Ï nÏ Ï Ï nÏ Ï Ï
& b b bb Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï

# ##
29

& Ï Ï Ï Ï Ï Ï #Ï Ï Ï #Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï

## ###
33

&
Ï Ï Ï Ï Ï Ï #Ï Ï Ï #Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
### Ï Ï #Ï Ï Ï #Ï Ï Ï ####
37

& Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï

#### ####
41

& Ï Ï Ï Ï Ï Ï #Ï Ï Ï #Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï #

#### #### #
45

& # Ï Ï ÜÏ Ï Ï ÜÏ Ï Ï #
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
#### #
49

& # Ï Ï ÜÏ Ï Ï ÜÏ Ï Ï
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
Copyright © Lead Trumpet Dudu Quirino
Escala Menor Melódica

& 44 Ï #Ï #Ï Ï Ï nÏ nÏ Ï b
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
5

&b Ï Ï Ï Ï Ï nÏ #Ï Ï Ï nÏ bÏ Ï Ï Ï Ï Ï bb

Ï nÏ # Ï Ï Ï nÏ bÏ Ï
9
b bbb
&b Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
13
b bbbb
&b b Ï Ï Ï Ï Ï nÏ nÏ Ï Ï bÏ bÏ Ï Ï Ï Ï Ï

Ï nÏ nÏ Ï Ï bÏ bÏ Ï
17
b bbbbb
& b bb Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï

Ï nÏ n Ï Ï Ï b Ï bÏ Ï
21
b Ï Ï Ï Ï Ï bbbbbb
& b bbb Ï Ï Ï
#
25
bb Ï nÏ nÏ Ï Ï bÏ bÏ Ï
& b b bb Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï

# ##
29

& Ï Ï Ï Ï Ï #Ï #Ï Ï Ï nÏ nÏ Ï Ï Ï Ï Ï

## ###
33

&
Ï Ï Ï Ï Ï #Ï #Ï Ï Ï nÏ nÏ Ï Ï Ï Ï Ï
### Ï #Ï #Ï Ï Ï nÏ nÏ Ï ####
37

& Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï

#### ####
41

& Ï Ï Ï Ï Ï #Ï #Ï Ï Ï nÏ nÏ Ï Ï Ï Ï Ï #

#### #### #
45

& # Ï #Ï ÜÏ Ï Ï # Ï nÏ Ï #
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
#### #
49

& # Ï #Ï ÜÏ Ï Ï # Ï nÏ Ï
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
Copyright © Lead Trumpet Dudu Quirino
Escala de Blues

#
& Ï bÏ Ï #Ï Ï bÏ ú Ï bÏ Ï bÏ nÏ bÏ ú
# ##
5

& Ï Ï ú Ï Ï Ï bÏ
Ï b Ï Ï # Ï Ï bÏ ú
## ###
9

& Ï nÏ Ï #Ï Ï nÏ ú Ï nÏ Ï bÏ Ï nÏ ú
### ####
13

& Ï #Ï Ï nÏ ú Ï nÏ Ï bÏ Ï nÏ bú
Ï nÏ
#### ####
17

& nÏ Ï # Ï Ï nÏ ú Ï nÏ Ï bÏ Ï nÏ ú #
Ï
#### #### #
21

& # nÏ bÏ #Ï Ï nÏ ú Ï nÏ Ï nÏ
Ï nÏ ú #
Ï
#### #
25

& # bbbbbb
n Ï Ï # Ï Ï nÏ ú Ï nÏ Ï n Ï
Ï nÏ ú
Ï
#### ##
29
b
& b bbbb Ï n Ï Ï bÏ ú Ï bÏ Ï Ï b Ï #
Ï º Ï ºÏ ú
#### #
33

& # # nÏ Ï nÏ # Ï nÏ ú Ï nÏ Ï nÏ
Ï nÏ ú bbbbb
Ï
37
bb ú Ï bÏ Ï bbbb
& b b b Ï bÏ Ï nÏ Ï bÏ Ï bÏ bÏ ú
41

bbbb bbb
& Ï n Ï Ï bÏ ú Ï bÏ Ï Ï bÏ
Ï b Ï bÏ ú
45
b ú Ï bÏ Ï Ï bÏ bb
& b b Ï b Ï Ï nÏ Ï b Ï bÏ ú
49
b
&b Ï bÏ ú Ï bÏ Ï bÏ b
Ï bÏ Ï nÏ bÏ bÏ ú
Ï bÏ ú Ï bÏ Ï bÏ
53

& b Ï b Ï Ï nÏ Ï bÏ bú n
Copyright © Lead Trumpet Dudu Quirino
Escalas Pentatonicas

MAIOR MENOR

& Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï ú Ï bbbbb
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï ú
##
3
b
& b bbb Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï ú Ï Ï Ï Ï Ï
Ï Ï Ï ú
##
5

Ï bbb
& Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï ú Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
ú
####
7
b
&b b Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï ú Ï Ï Ï Ï Ï
Ï Ï Ï ú
####
9

& Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï b
Ï Ï Ï ú Ï Ï Ï Ï Ï ú
11

&b Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï ú Ï Ï Ï Ï Ï Ï
Ï ú bbbbbb
Ï
#
13
b Ï
& b bbbb Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï ú Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
ú
#
15
Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï bbbb
& Ï Ï Ï ú Ï Ï Ï Ï Ï ú

bbb Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï ú ###
17

b Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
& Ï ú

### Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï
19
Ï Ï Ï Ï bb
& Ï ú Ï Ï Ï Ï ú

bÏ Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï ú Ï Ï Ï Ï ####
21

& b Ï Ï Ï Ï ú #

#### Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï Ï ú Ï Ï Ï Ï Ï nnnn
23

& # Ï Ï Ï ú n

Copyright © Lead Trumpet Dudu Quirino