Você está na página 1de 5

PROJETO: A DIFERENÇA É QUE NOS UNE

PROFESSORA CAROLINA APARECIDA FERREIRA SILVEIRA

U E APARECIDA DA COSTA SINOPOLI

GUARUJÁ/2019
INTRODUÇÃO

Observou-se no cotidiano escolar que muitas crianças não sabiam respeitar as

diferenças dos amigos, ás vezes eles falavam das “cores de pele” uns dos outros ou do

cabelo, e como a inclusão ainda , logo pensou-se em desenvolver um projeto que

trabalhasse o respeito as diferenças, criando a consciência nos alunos que eles são

bonitos do jeitinho deles e que os amiguinhos também. Além disso estimular o respeito

mutuo entre eles.

Para desenvolvimento do projeto pensou-se então em trabalhar todas as

diferenças, tonalidades de pele, tipos de cabelos, deficiências cognitivas e físicas,

diversidade cultural, etc.

O projeto será dividido em 4 fases.

Fase 1 - tonalidades de pele

Fase 2 – tipos de cabelos

Fase 3 – deficiências cognitivas e físicas

Fase 4 – diversidade cultural

OBJETIVO:

 Estimular o respeito as diferenças

 Desenvolver a auto estima

 Explorar novas culturas


DESCRIÇÃO DAS FASES.

Fase 1 : Falando sobre tonalidades de pele

1. Será questionado aos alunos se existe uma cor chamada cor de pele

2. Explicar aos alunos que não existe uma cor de pele e sim varias tonalidades de

pele

3. Assistir o filme: As aventuras de Azur e Asmar

4. Em uma roda de conversa, perguntar aos alunos: O que eles entenderam do

filme? Qual era tonalidade de pele do Azur e do Asmar? Qual era a cor dos olhos

dos dois? Como é a cultura do outro lado do mar? E outras perguntas

relacionada ao filme, que evidencie o quanto a diferença é importante e bela.

5. Cada aluno fazer com mistura de tinta guache a tonalidade da sua pele e pintar

parte de um boneco de pano produzido com algodão cru.

6. Apresentar o manequim que possui muitas tonalidades de pele

7. Cada aluno deve procurar no manequim uma tonalidade de pele parecida com a

sua

8. Escolher o nome do manequim.

Observação: O manequim ( Sofia Vários Tons) participará de todas as aulas de arte se

fantasiando, etc...

Fase 2: Tipos de Cabelos

1. Assistir o vídeos: A diferenças e que nos une do mundo Bita e Ser diferente é

normal dos Grandes Pequeninos

2. Falar sobre tipos e cores de cabelos, e como todos eles são lindos!
3. Cada aluno fazer um fio de cabelo igual ao seu para o boneco de pano pintado

por eles com cordão e pintar com tinta guache.

Fase 3: Trabalhando a inclusão

1. Em roda de conversa falar sobre o vídeo do mundo Bita a diferenças que nos

une, e observar quais deficiências e mostrada no vídeo.

2. Conversar sobre a importância de respeitar o amigo, e o porque ser diferente

e tão bom!!!!

3. Fazer com que eles reflitam como seria o mundo se todos fossem iguais.

4. Fazer uma aula de dança em conjunto com os alunos da APAE, onde os

alunos da APAE ensinaram a coreografias de algumas musica para as

crianças.

Fase 4: Aprendendo novas Culturas

1. Falar sobre novas culturas e a diferenças entre eles, relembrar o filme as

aventuras de Azur e Asmar e trabalhar novas culturas.

2. Aprender brincadeiras e danças de outros estados do Brasil e do mundo.

3. Criar um painel conjunto com tudo que foi aprendido no projeto.

AVALIAÇÃO

A avaliação é continua, sendo feita cotidianamente e tendo como foco a

descoberta dos alunos.

BIBLIOGRAFIA:
Mundo Bita: A diferença e que nos une

Grande pequeninos: O normal e ser diferente

As aventuras de Azur e Asmar.

BARBOSA, Ana Mae; CUNHA, Fernanda Pereira da (Org.). Abordagem Triangular no

Ensino das Artes e Culturas Visuais. São Paulo: Cortez, 2010

PILLAR, Analice Dutra (Org.). A educação do olhar no ensino das artes. 3a. Porto

Alegre: Mediação, 2003.

ROSSI, Maria Helena Wagner. Imagens que falam: leitura da arte na escola. 2a. ed.

Porto Alegre: Mediação, 2003.