Você está na página 1de 3

Desapropriação, Avaliação para Desapropriação e Mitigação em Área de Risco

Tarefa 1
Questão 1:
Faça a associação entre os termos utilizados e suas definições. São muitas as definições
necessárias para o entendimento da questão do gerenciamento dos riscos ambientais, entre
elas:
1. Relação entre a possibilidade de ocorrência de um dado processo ou fenômeno, e a
magnitude de danos ou consequências sociais e/ou econômicas sobre um dado elemento, grupo
ou comunidade. (Risco)
2. Condição ou fenômeno com potencial para causar uma consequência desagradável. (Perigo)
3. Grau de perda para um dado grupo ou comunidade dentro de uma determinada área passível
de ser afetada por um fenômeno ou processo (predisposição de ser afetado por um acidente).
(Vulnerabilidade)
4. Resultado de processos adversos, naturais ou provocados pelo homem, sobre um sistema
vulnerável, causando danos humanos, ambientais e/ou materiais e consequentes prejuízos
econômicos e sociais. (Acidente)
_____________________________________________________________________________
Questão 2:
Somando-se as atribuições conjuntas entre o Estado, os Municípios e a União, constituem-se
deveres aplicados à Política Nacional de Proteção e Defesa Civil (PNPDEC).
R: Realocação compulsória de moradores de áreas atingidas por enchentes.
_____________________________________________________________________________
Questão 3:
Após a identificação dos riscos ambientais, é feita a análise de riscos ambientais. Neste
momento, já se conhece o tipo de risco e especificidade e poder de destruição. Agora, coletam-
se informações sobre as áreas que serão atingidas pela magnitude do desastre, como: ocupação
da área, vulnerabilidade da população possivelmente atingida, topografia da área, sistemas de
saneamento básico (distribuição de água, esgoto sanitário, manejo pluvial, manejo de resíduos
sólidos, entre outras informações relevantes). Estas informações servem para efetuar uma
avaliação geral das possíveis consequências na área de acontecimentos. Para isso, é necessário
que se proponha um plano de hierarquia na área afetada, onde sejam apontados os graus (1, 2,
3, 4) de risco (baixo, médio, alto e muito alto) de cada setor.
Algumas tarefas devem ser contempladas durante a análise de determinado risco.

Marque a alternativa que contenha todas as tarefas envolvidas no processo de análise deste
risco:
R: Zoneamento ou setorização dos riscos e previsão de possíveis cenários para acidentes
_____________________________________________________________________________
Questão 4:
Marque, dentre as cinco alternativas a seguir, a etapa para atendimento das especificidades e
necessidades de qualquer município ou comunidade sob risco apresentada que NÃO faz parte
da Cartilha do Ministério das Cidades para contemplar a prevenção de desastres, com modelo
de gerenciamento de risco proposto pela ONU:
R: Recuperação de áreas degradadas.
Desapropriação, Avaliação para Desapropriação e Mitigação em Área de Risco

Tarefa 2
Questão 1:
Inundações não podem ser consideradas eventos perigosos, já que são processos naturais.
R: Falso
_____________________________________________________________________________
Questão 2:
Dos desastres naturais que mais ocorrem no Brasil, a estiagem é a mais recorrente e é também
a que mais mata, isso porque é um processo gradual e as pessoas que ficam na região na maioria
das vezes não possuem recursos para escapar.
R: Falso
_____________________________________________________________________________
Questão 3:
Faça a associação entre os tipos de escorregamento e suas definições:

1. Rotação de massa de solo ou rocha em um ponto ou eixo abaixo do centro de gravidade da


massa deslizante. Condição ou fenômeno com potencial para causar uma consequência
desagradável. (Desprendimento)
2. Movimentos muito rápidos de solo argiloso mole, que se move como se fosse um fluido
viscoso. (Corridas de Lama)
3. Destacamento ou “descolamento” de solo ou rocha de um talude íngreme. (Quedas)
4. Movimento de descida de massa de solo ou rocha, tendo uma superfície de ruptura bem
definida. Geralmente o centro de rotação está acima do centro de gravidade da massa
deslizante. (Escorregamento)
_____________________________________________________________________________
Questão 4:
A publicação do ano de 2007 intitulada “Mapeamento de riscos em encosta e margens de rios”,
do Ministério das Cidades, definiu alguns passos para detecção de áreas de riscos ambientais.
Destes passos, o terceiro pesquisa a influência da água e um dos fatores mais importantes é
observar o lançamento de esgotos e águas pluviais diretamente sobre a encosta.
Desapropriação, Avaliação para Desapropriação e Mitigação em Área de Risco

Tarefa 3
Questão 1:
A melhor forma de se evitar acidentes pelo corte de um talude para a passagem de uma estrada
é montar estruturas de contenção e melhorar a drenagem daquele talude. Assim, evita-se
maiores deslocamentos de terra.
R: Verdadeiro
_____________________________________________________________________________
Questão 2:
Enchentes e inundações não podem ser consideradas a mesma coisa, já que na enchente o rio
toma suas áreas de várzea onde não deveriam estar ocupadas e inundação há o extravasamento
do rio para além da área ocupada. Porém, ambas podem trazer prejuízos materiais e de vidas.
R: Verdadeiro
_____________________________________________________________________________
Questão 3:
Não precisamos nos importar muito com as águas em um solo, pois a fluidez que o solo toma
depois de estar encharcado é drenada e o solo volta a ser estável. Além disso, a água não possui
a capacidade de carrear mais solo do que sua relação peso/área.
R: Falso
_____________________________________________________________________________
Questão 4:
São diversas as formas da população poder participar de forma direta da elaboração de planos
de prevenção de riscos, estas ações são chamadas ações não estruturais. Para isso, são
verificadas as seguintes ações:
1. Planejamento participativo para redução de desastre.
2. Planejamento urbano.
3. Legislação aplicada à política habitacional.
4. Defesa Civil.

São explicações dos itens acima:


Respostas:
1) A movimentação para a contribuição social no que se refere à diminuição da
vulnerabilidade.
2) Prevê os próximos passos da administração de um município. Deve ser elaborado em
conjunto com a comunidade a que diz respeito.
3) Regulamentação do uso do solo, prevenindo acidentes em locais já conhecidamente de
riscos.
4) Responsável pelo atendimento rápido e o preventivo quando necessário.