Você está na página 1de 1

Concentração por porcentagem:

É a relação entre quantas partes do soluto há para cada 100 partes da solução total.

a) Um anestésico muito utilizado em medicina e odontologia é a xilocaína. Esse anestésico é


comercializado na forma líquida (solução) e no rótulo da embalagem está escrito "xilocafna a 2%". Com
base nessa informação, calcule a massa de xilocaína pura presente em 200 g da solução.

b) Tem-se um frasco de soro glicosado a 5% (solução aquosa de 5,0% em massa de glicose). Para
preparar 1,0 kg (1000g) desse soro, quantos gramas de glicose devem ser dissolvidos em água?

Concentração em partes por milhão (ppm)

Usa-se a concentração em ppm para expressar a concentração de soluções muito diluídas (fracas); a
razão soluto/solução pode ser em massa ou em volume e o tamanho das partes pode serem litros (L),
mililitros (mL), gramas (g), quilogramas (Kg), toneladas (ton), etc, ou seja medidas de volume ou massa.
O importante é que seja calculado quantas partes do soluto há por um milhão de partes da solução total.

c) Num ambiente, há cerca de 1180 litros de CO 2 (dióxido de carbono) em 3.000.000 de litros de ar total.
Qual a concentração de CO2 em ppm?

d) Foi adicionado 10 mL de um antibactericida em 2000 L (2.000.000 mL) de água. Qual a concentração


em ppm desse produto nessa água?

Concentração por porcentagem:


É a relação entre quantas partes do soluto há para cada 100 partes da solução total.

a) Um anestésico muito utilizado em medicina e odontologia é a xilocaína. Esse anestésico é


comercializado na forma líquida (solução) e no rótulo da embalagem está escrito "xilocafna a 2%". Com
base nessa informação, calcule a massa de xilocaína pura presente em 200 g da solução.

b) Tem-se um frasco de soro glicosado a 5% (solução aquosa de 5,0% em massa de glicose). Para
preparar 1,0 kg (1000g) desse soro, quantos gramas de glicose devem ser dissolvidos em água?

Concentração em partes por milhão (ppm)

Usa-se a concentração em ppm para expressar a concentração de soluções muito diluídas (fracas); a
razão soluto/solução pode ser em massa ou em volume e o tamanho das partes pode serem litros (L),
mililitros (mL), gramas (g), quilogramas (Kg), toneladas (ton), etc, ou seja medidas de volume ou massa.
O importante é que seja calculado quantas partes do soluto há por um milhão de partes da solução total.

c) Num ambiente, há cerca de 1180 litros de CO 2 (dióxido de carbono) em 3.000.000 de litros de ar total.
Qual a concentração de CO2 em ppm?

d) Foi adicionado 10 mL de um antibactericida em 2000 L (2.000.000 mL) de água. Qual a concentração


em ppm desse produto nessa água?