Você está na página 1de 25

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Departamento de Engenharia Agrícola


Elementos de Máquinas

Tecnologia mecânica - materiais

Profª: Juliana Dadalto


INTRODUÇÃO

Projeto possui um ordenamento:


• Seleção do material
• Processo de criação da geometria do elemento
• Determinação das dimensões
Ductilidade e fragilidade
Aurélio definição de Dúctil
• Que pode ser estendido na fieira ou a martelo sem se quebrar. Fácil de moldar.
• Mecânica: A tendência de um material a deformar-se significativamente antes de
se romper é uma medida de sua ductilidade.
Aurélio definição de Frágil
• Quebradiço. Efêmero. Fraco.
• Mecânica: A ausência de deformação significativa antes da ruptura é chamada de
fragilidade.
A ductilidade de um material é medida pela porcentagem de seu alongamento até a
ruptura, ou pela porcentagem de redução da área na ruptura.
Materiais com mais de 5% de alongamento na ruptura são considerados dúcteis.
PROPRIEDADES DOS MATERIAIS
• As propriedades mecânicas de um material são geralmente
determinadas por meio de testes.
• A Sociedade Americana de Testes e Materiais (ASTM) define normas
para testar amostras e procedimentos de testes para uma variedade
de medidas de propriedades dos materiais.
• O teste mais comumente utilizado é o ensaio de tração.
PROPRIEDADES DOS MATERIAIS
• Ensaio de tração
MÓDULO DE ELASTICIDADE
• Limite de proporcionalidade abaixo do qual a tensão é proporcional à
deformação, conforme expressa a lei de Hooke:
• o ponto além do qual o material adquirirá uma forma permanente ou
deformação plástica.
Matérias frágeis
• Os mesmos materiais podem ser dúcteis
ou frágeis dependendo do modo como
são fabricados, trabalhados ou tratados
termicamente
Ensaio de compressão
Ensaio de flexão
Ensaio de torção
Propriedades dos materiais
RESILIÊNCIA
• A capacidade de um material de absorver energia por unidade de
volume sem deformação permanente é chamada de resiliência UR
(também denominada módulo de resiliência) e é igual à área sob o
diagrama tensão-deformação até o limite elástico
• resistência ao escoamento Sy
• (in-lb/in3 ou joules/m3).
Propriedades dos materiais
• TENACIDADE
• A capacidade de um material de absorver energia por unidade de
volume sem ruptura é denominada sua tenacidade UT (também
denominada módulo de tenacidade) e é igual à área sob o diagrama
tensão-deformação até o ponto de ruptura
• Sut - resistência à tração
• εf -deformação na ruptura.
• (in-lb/in3 ou joules/m3).
Propriedades dos materiais
Homogêneo
• significa que as propriedades do material são uniformes nele todo, por
exemplo, não dependendo de sua posição.
isotrópico
• é aquele cujas propriedades mecânicas independem da orientação ou da
direção
Anisotrópicos
• que significa que não há plano da simetria da propriedade de materiais.
ortotrópicos
• possuem três planos mutuamente perpendiculares de simetria em relação
às propriedades do material e podem ter propriedades de material
diferentes ao longo de cada eixo.
Propriedades dos materiais
• DUREZA:A dureza de um material pode ser um indicador de sua
resistência ao desgaste (mas não é uma garantia dessa resistência).
Processos de fabricação
A frio
• Laminação
A quente
• Forjamento
• Moldagem em casca
• Metalurgia do po
• extrusão
Laminação
• Processo onde espessura de barras de metal é progressivamente
reduzida por esmagamento entre cilindros,
Resulta:
• aumento na resistência ao escoamento,
• um aumento na resistência à tração e na dureza,
• e um decréscimo na ductilidade
TRABALHO A QUENTE
• Caso o material seja trabalhado acima de sua temperatura de
recristalização (trabalho a quente), ele tenderá, pelo menos em parte,
a sofrer recozimento enquanto se resfria.
• o trabalho a quente reduz o problema do encruamento, mas apresenta
problemas de rápida oxidação da superfície
• Metais laminados a quente tendem a apresentar:
• maior ductilidade,
• menor resistência e
• acabamento superficial de pior qualidade do que metais da mesma
liga trabalhados a frio.
FORJAMENTO
• É uma automatização da antiga arte do ferreiro.
• O acabamento superficial de um forjamento é tão rugoso quanto o de
qualquer peça laminada a quente, devido à oxidação e
descarbonização do metal aquecido.
Moldagem em Casca
Processo de Metalurgia do Pó
EXTRUSÃO
• É usada principalmente para metais não ferrosos (especialmente o
alumínio), já que ela utiliza tipicamente matrizes de aço.
• A extrusão é um meio econômico de se obter formas-padrão de seção
transversal constante, pois as matrizes não são de fabricação muito
cara.
• O controle dimensional e o acabamento superficial são bons.
• A extrusão é empregada para a fabricação
de cantoneiras de alumínio
DUVIDAS????