Você está na página 1de 33

Configurando placa de rede

O arquivo deverá ficar assim:

A placa de rede interna ficará assim:

Tela que aparece depois de reiniciar as placas de rede


Verificando as configurações das placas de rede

Desligando os firewalls

Desligando o SELINUX

Vi /etc/selinux/config

Para aplicar o selinux, “rebootar” o computador.


Verificando a conexão externa (internet)

Configurando o DNS (BIND)

Instalando o bind

Configurando os arquivos

Vi /etc/named.conf
Configuração do vi /var/named/named.localhost

Configuração do vi /var/named/named.loopback

Configurando o arquivo que armazena as declarações de zonas do DNS


O arquivo /etc/resolv.conf deve ficar assim:

Iniciando o named (DNS)

Testando o DNS (BIND)


Instalando e configurando FTP

Criar a pasta que vai receber os arquivos no servidor ftp

Copiar arquivos para a pasta “Brasil”

Definindo mensagem de banner

Alterar somente a linha 85

Iniciar o serviço de FTP

#service vsftpd start

Testar o serviço no cliente Windows ou Linux


Alterando nome do computador, sufixo DNS e grupo de trabalho

Após a alteração, reiniciar o computador.


Alterar as configurações da placa de rede

- Placa de rede em modo “Rede Interna”

Testando a conexão cliente-servidor

Testando se o servidor responde a requisição DNS do cliente


Inserido informações do cliente na base de dados do servidor DNS

Reiniciar o serviço de DNS

Testando o serviço FTP a partir do cliente Windows


Testando FTP no prompt

Configurando o servidor web (http/intranet) (Server2.brasil.net)

Instalando os pacotes do serviço

Iniciar o serviço de web (httpd / Apache)


Acessando a página padrão do serviço de web a partir do cliente Windows

Baixando as páginas que vamos hospedar no nosso servidor de web (Intranet)

- pelo navegador você vai salvar as páginas visitadas.

Copiar as pastas para o diretório raiz do serviço HTTP

Diretório padrão dos sites:

/var/www (raiz)
/var/www/html/ (paginas)

Obs: copiar as páginas utilizando o programa “winscp” que deverá ser instalando no cliente
Windows 7.

Obs: instalar o navegador “google chrome” preferencialmente.

Renomear os arquivos das páginas para “index.html”

Ex: copasa.html  index.html

Copiar as páginas para o diretório padrão de sites do Linux (/var/www/html) – Usar o winscp
Vai aparecer a tela abaixo:

Antes de copiar, parar nos diretórios corretos das máquinas Windows e Linux

Windows: dentro de sites para hospedar

Linux: /var/www/html

... selecionar as pastas e arrastar para o Linux

Configurando os arquivos da web (HTTP) no server2.brasil.net

Atualizando o arquivo /var/named/named.localhost

Reiniciar o DNS

#service named restart


Arquivo de configuração principal do servidor web (Apache)

Vi /etc/httpd/conf/httpd.conf

Alterar as linhas indicadas abaixo:

Reiniciar o serviço httpd (web)

Acima temos as configurações necessárias para hospedar a página, agora vamos configurar as
informações de DNS da página.

Vá para o server1.brasil.net
Reiniciar o dns

Verificando se o endereço url da página é resolvido no DNS

Testando conexão com o endereço url da página:

Testando o acesso à página hospedada no servidor Apache(HTTP/Web)

Ir para o cliente Windows 7 (pc01.brasil.net)

Abrir o navegador e testar a página


Hospedando a página do google (Server2.brasil.net)

Reiniciando o serviço httpd

Acima temos as configurações necessárias para hospedar a página, agora vamos configurar as
informações de DNS da página.

Vá para o server1.brasil.net
Reiniciar o DNS

Testando a conexão com a url da página

Ir para o cliente Windows 7 (pc01.brasil.net) e testar a página no navegador

Instalando e configurando o serviço DHCP

Instalando o pacote dhcp (serviço)

Antes de instalar o serviço dhcp verifique a conexão com a internet:

Instalando ...
Localizando o arquivo principal de configuração do DHCP (dhcpd.conf)

Você deverá copiar o arquivo de exemplo presente em “/usr/share/doc/dhcp*/dhcpd.conf.sample” para


o diretório /etc/dhcp/.

Configurando o serviço DHCP

Excluir as linhas, exceto as apresentadas a seguir:

Desabilitar a placa de rede (Nat) que poderá distribuir ip para máquinas dos Senac.
Testando o serviço no Windows

Colocar o cliente Windows para receber ip automaticamente.

Conferindo o IP:
Testando o serviço no Linux

Alterar a placa de rede interna para receber dhcp:

Reiniciar o serviço de rede:

Iniciar o serviço DHCP

Associando endereço IP ao Mac Address da máquina do cliente


Reiniciar o serviço DHCP

Para testar, basta conferir novamente qual foi o IP passado ao cliente Windows.

Instalando e configurando o proxy (squid)

Instalação

Localizando o arquivo de configuração do squid


Verificando se o squid está instalado e sua versão

Configurando o squid

Obs: se as linhas abaixo não existirem, favor inserí-las.

Iniciando o serviço de proxy (Squid)


Configurando o cliente Windows

Iniciar o navegador e definir o endereço do proxy (Squid)

Placa de rede do cliente Windows


Continuando com a configuração do proxy (Squid)

Black List (bloquear sites indesejados)

Esta é nossa lista de sites proibidos

Reiniciar agora o squid

Testando as páginas no cliente Windows

- Iniciar o navegador e digitar um site proibido


Compartilhamento de pastas via NFS

- Precisamos do servidor1(servidor NFS) e servidor2 (cliente NFS)

Verificando a conexão entre as máquinas

Verificando se o serviço está instalado

Configurando o compartilhamento de pastas

Digite as linhas abaixo:

Criando as pastas que serão compartilhadas

Copiando informações para as pastas que serão compartilhadas

Iniciar o serviço NFS

Exportando para a rede as pastas compartilhadas


Montar as pastas compartilhadas nos clientes Linux

Testar a conexão antes da montagem das pastas no cliente

Verificando as pastas compartilhadas no servidor NFS (server1)

Criando as pastas que serão os pontos de montagem

Montando no cliente as pastas compartilhadas no servidor

Verificando se as pastas foram montadas no cliente

Verificando o conteúdo montado no cliente NFS

Desmontando as pastas compartilhadas no cliente NFS

Verificando se as pastas foram desmontadas


Montando as pastas compartilhadas automaticamente via /etc/fstab

Montando automaticamente todas as partições e pontos de montagem

Para realizar outro teste

Desmontar as pastas e reiniciar o cliente

Confira a montagem das pastas compartilhadas após o “reboot”

Instalando o protocolo de monitoramento de redes SNMP

Iniciando o serviço SNMP

Obs.: instalar e iniciar o snmp (net-snmp) em todos os agentes Linux e nas máquinas Windows.

Instalando o protocolo de gerenciamento de redes no Windows7


Instalando o software de monitoramento de redes NTOP

Turbinando o repositório do Linux Centos

Copiar o Putty para a máquina virtual do cliente Windows7

Acessar o server1 (192.168.30.200)


Acessando remotamente o server1

Instalando o repositório Epel para a instalação do Ntop

Digitar no navegador: instalando o repositório Epel no Linux

Copiar o link acima e colar na console do Putty

Instalação do Ntop na console do Putty


Configurando o IP do servidor Ntop

Parar o serviço do squid

Iniciar o Ntop

Acessando a console do Ntop a partir do cliente Windows7

Obs: desmarcar o proxy no navegador web


Configurando GPO (Políticas de Grupo) no Server 2012

1. Criando unidade organizacional (UO)

Ir para o computador do Active Directory (AD), em seguida selecionar ferramentas


administrativas e clicar em usuários e computadores do active directory

Clicar no domínio “escola.net” e criar a unidade organizacional


Criar os usuários dentro da unidade organizacional

Fechar os usuários e computadores do AD

Iniciar a ferramenta de gerenciamento de políticas de grupo

Iniciar, ferramentas administrativas e clicar em “Gerenciamento de Política de Grupo”

Clicar com o botão direito na UO “engenharia” e criar a política de grupo (GPO)


Clicar na GPO “Políticas_Engenharia” com botão direito e selecionar “Editar”.

Selecionar as políticas de usuários conforme tela abaixo:

Política 01

- Desabilitando acesso ao painel de controle