Você está na página 1de 5

Graça e paz, Meus irmãos.

E com prazer que estou mais uma vez para pregar a palavra do Senhor.

Hoje vamos falar sobre a carta à igreja de Sardes.

1 PRE-HISTÓRIA DE SARDE

A cidade de Sardes era uma acrópole situada 50 Km de Tiatira. Uma cidade


que se via inconquistável. Construído em região muito elevada, o que lhe dava uma
vantagem estratégica. Seu líderes e seus cidadãos se sentiam seguros pelo fato de se
acharem inexpugnável. Viviam tranquilos. Mas aquela cidade caiu duas vezes. Foi
conquistada duas vezes em sua história. A história registra que foi por negligência e
excesso de confiança que os fizeram cair.

Cinco rotas importantes fizeram daquela cidade um importante centro


econômico. Nas redondezas era propicio para criação de ovelhas. Sardes era um centro
para o comércio de lã e tecido.

Como os outros, Sardis tinha templos pagãos e cultos, sendo sua deusa
patrona Cybele, equiparada a Artemis. Perto de Sardes havia famosas fontes termais,
reivindicadas capazes (via Cybele) de restaurar a vida aos mortos.

Sardes também era famosa por sua decadência, sua adoração à deusa
degradante e incluindo “orgias como as de Dionísio” (Walvoord 79). Embora todas as
seis cidades fossem conhecidas pela imoralidade, pelos templos pagãos e pelo culto do
imperador, a reputação de Sardes pela imoralidade e obsessão sexual rivalizava com a
dos coríntios.

Havia uma população judaica significativa em Sardes, como evidenciado por


uma descoberta arqueológica das ruínas do maior edifício da sinagoga judaica no mundo
(Aune I: 218). No entanto, Jesus não menciona a oposição judaica nesta mensagem. O
cristianismo foi inicialmente reconhecido pelos romanos como uma seita judaica, e essa
tolerância poderia ter permanecido em Sardes. Independentemente disso, a pressão
externa sobre a igreja da Sardenha não foi a principal preocupação.

2 O motivo das cartas

Antes da ação de Deus, Deus avisa, ele dá a oportunidade de arrependimento.

Esse é o propósito de anúncios aos anjos das igrejas. Antes de uma ação
afirmativa de Deus, ele sempre dá manda os santos profetas para conclamar o povo ao
arrependimento.

3 Jesus se apresenta

Jesus se apresenta como o Autor, o Dono da Mensagem, a Origem da


Mensagem.

3.1 O sentimento dos fariseus e saduceus de sua época.

4 A repreensão de Jesus para com sua igreja

A igreja parece estar viva, mas está morta. Essa é a sentença de Jesus para a
igreja do Senhor. Nem todo aquele que me diz Senhor, Senhor, entregará no Reino dos
Céus.

Os males e as corrupções dos últimos dias


1 Sabe, porém, isto nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis,
2 pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos,
arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos,
irreverentes, 3 desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem
domínio de si, cruéis, inimigos do bem, 4 traidores, atrevidos,
enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus,
5 tendo forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder. (2

Timóteo 3:1)

Outro texto interessante: Colocenses 2:8,16,23:

20 Se morrestes com Cristo para os rudimentos do mundo, por


que, como se vivêsseis no mundo, vos sujeitais a ordenanças:
21 não manuseies isto, não proves aquilo, não toques aquiloutro,
22 segundo os preceitos e doutrinas dos homens? Pois que todas

estas coisas, com o uso, se destroem. 23 Tais coisas, com efeito,


têm aparência de sabedoria, como culto de si mesmo, e de falsa
humildade, e de rigor ascético; todavia, não têm valor algum
contra a sensualidade.

Mateus 7:21

21 Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos


céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
22 Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor!

Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu


nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos
milagres? 23 Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci.
Apartai-vos de mim, os que praticais a iniqüidade. (Mateus 7:21)
Iniquidade: Pecado que consiste em não reconhecer igualmente
o direito de cada um, em não ser correto, em ser perverso (Sl
25.11; 51.5; Is 13.11; Mt 7.23; Hb 1.9). (dicionario da Biblia
Ameida)

458 ανομια anomia de 459; TDNT - 4:1085,646; n f: 1) a


condição daquele que não cumpre a lei 1a) porque não conhece
a lei 1b) porque transgride a lei 2) desprezo e violação da lei,
iniqüidade, maldade

5 Chamado para vigiar.

Vigilante, Vigiar: se refere a carne: “Espirito está preparado, mas a carne é


fraca”. A carne está sempre propensa a ceder e fazer aquilo que conveniente a ela mesma.
Entre a vontade de Deus e a vontade da carne a carne sempre vai pender para não cumprir.
A obra de Deus e a carne são antagônicos e irreconciliáveis. A carne se vê no centro
sempre. O governo de Deus coloca Deus no Centro. Devemos vigiar porque sempre
haverá uma força oculta nos impulsionando para distante de Deus. Cabe a nós dominar
sobre ela.
6 O diabo não tem um livro de Leis.
13 Ninguém, ao ser tentado diga: Sou tentado por Deus; porque
Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo a ninguém tenta.
14 Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça,

quando esta o atrai e seduz. 15 Então, a cobiça, depois de haver


concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado,
gera a morte.1

Ele vão vai tentar você a fazer a vontade dele, ele vai te tentar a fazer a sua vontade.

O governo do homem é outro nome para o governo de satanás.

Fazemos a vontade do diabo todas as vezes que fazemos a nossa.

Tentação de Eva

Tentação de Jesus

7 O problema dessa igreja está na Palavra de Deus.

Vemos isso na maneira que Jesus se apresenta a Ela: Aquele que Tem os sete
espíritos e as sete estrelas. Os espirito que inspira e usa, e o mensageiro na mão direita.
Em comparação as outras cartas e como ele se apresenta de acordo com a situação da
igreja, nesse caso podemos concluir que ele está dizendo sobre a mensagem recebida e
esquecida por aquela igreja.

Nessa carta não há uma referência especifica a perseguição, pressão externa


dos Judeus, false doutrinas, mas as pessoas estavam satisfeitas com a igreja. Aos olhos
das pessoas do mundo a igreja a igreja estava correta.

Certamente essa igreja não mais conclamava seus contemporâneos a se


arrependerem e a viverem vidas santas. A viverem de acordo com Reino de Deus,
obedecendo as regras de Deus.

1
Sociedade Bíblica do Brasil. (2003; 2005). Almeida Revista e Atualizada,
com números de Strong (Tg 1:15). Sociedade Bíblica do Brasil.
Suas obras não eram boas aos olhos de Deus, porque não prestavam para o
único propósito de Deus.

“Não importa o quão bem você faça o que você faz, se você não
faz o que você tem que fazer”.

8 Uns poucos ainda estão de branco diante de Deus.

Estar de branco é estar de acordo com a vontade de Deus:

A parabola da grande ceia, os individuos recebiam roupas para participar do


banquete. As pessoas vestiao sobre se mesmos as roupas de Deus. Isso nos fala de nos
despir do velho homem e nos revestir no novo homem. O novo homem é Jesus. È a nova
vida que ele nos dá, o novo Reino, a nova mente. E sobre tudo que nós somo suditos de
de Reino, estamos em sua mesa. Somos obedientes, submissos.

Há pessoas nesse tempo presente que ainda são fieis a Deus.

Esses andaram diante do nosso Deus em honra, em gloria.

Sejamos fieis nesse tempo presente. Grande é nossa recompensa.