Você está na página 1de 2

CONTRATO DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS

CONTRATANTE: ____________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________

e CONTRATADO o advogado DR. CLAUDIO ALVES FRANCISCO, OAB/SP 187728 tem justo e acordado o
que a seguir se declara.

1. O CONTRATADO ___________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________

2. O CONTRATADO receberá como valor líquido e certo: _____________________________________________


____________________________________________________________________________________________
pelos serviços profissionais, que serão pagos pelo CONTRATANTE seguinte forma:

____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________

§ Primeiro – No caso de parcelamento, o não pagamento de uma parcela acarretará o vencimento antecipado das
demais, ficando, todas, igualmente exigíveis a qualquer tempo; § Segundo – Em se tratando de Reclamação
Trabalhista, honorários serão devidos sobre todas as verbas, sejam trabalhistas ou indenizatórias, inclusive do
fundo de garantia e do seguro desemprego; em ações cíveis, sobre o resultado econômico, que quando menor
que o da tabela de honorários da OAB/SP, deverá ser complementado; no caso de obrigação de fazer, caberá
honorário sobre o valor da multa estipulada pelo Juízo, inclusive; § Terceiro – os honorários do CONTRATADO,
exceto quando expressamente pactuado, não serão inferiores ao mínimo estabelecido pela Tabela de Honorários
da OAB/SP para o caso; § Quarto - Os honorários contratados e os honorários de sucumbência pertencem ao
advogado, ora contratado, vigorando o §3º do art. 24 do EOAB. Caso haja morte ou incapacidade civil do mesmo,
seus sucessores ou representante legal receberão seus honorários; § Quinto – Em caso de Recurso, haverá
acréscimo de 7% aos honorários pacutados; § Sexto – O CONTRATANTE, desde já, está ciente, de que este
contrato poderá ser executado independentemente de notificação prévia, nos casos do não cumprimento do aqui
pactuado; § Sétimo – Respeitados os valores da Tabela de Honorários da OAB/SP, a contratação de valores
inferiores poderá ocorrer no caso de negociação ou eventual desconto.
3. Em caso de composição amigável realizada direta ou indiretamente, quer pelo(a) CONTRATANTE ou
CONTRATADO, os honorários serão devidos, considerando-se automaticamente vencidos e imediatamente
exigíveis, diz o artigo 24, par. 4° da Lei n° 8.906/94, que "O acordo feito pelo cliente do advogado e a parte
contrária, salvo aquiescência do profissional, não lhe prejudica os honorários, quer os convencionados, quer os
concedidos por sentença."
4. Em caso de parcelamento, e havendo atraso, as parcelas serão acrescidas de juros e correção monetária.
5. Nos casos de quebra imotivada do contrato, a totalidade dos honorários profissionais serão devidos de imediato
constituindo-se esse saldo devedor em quantia certa, líquida e exigível.
6. Caso não haja livre, expressa e formal concordância do CONTRATADO, este não está obrigado a aceitar
outros profissionais que o CONTRATANTE eventualmente pretender agregar a causa, o que configurará quebra
de contrato por culpa do CONTRATANTE. § ÚNICO: Caso haja livre, expressa e formal concordancia do
CONTRATADO, eventuais honorários de outros profissionais correrão por conta exclusiva do CONTRATANTE.
7. Eventuais diligências a órgãos públicos municipais, estaduais e federais ou privados, viagens, cálculos,
conferencias, pareceres, necessários ao processo, se realizados, são de responsabilidade do CONTRATANTE
que desenbolsará os valores necessários para estas despesas e diligências.
8. Eventuais despesas com taxas judiciais ou extra-judiciais, depósitos recursais, despesas de preparo, despesas
de correios ou similares, serviços paralegais, viagens intermunicipais ou interestaduais aéreas ou rodoviárias
necessárias para acompanhamento de processos ou recursos junto aos Tribunais Superiores, serão suportadas
pelo CONTRATANTE. § primeiro: O CONTRATADO não tem responsabilidade para com pagamento de
despesas, custas, valor de preparo, taxas administrativas ou judiciais, ou similares mesmo que necessárias ao
andamento processual, devendo estas serem previamente comunicadas e suportadas pelo CONTRATANTE. §
segundo: Se, por mera liberalidade estas despesas foram previamente pagas ou recolhidas pelo CONTRATADO,

1
CONTRATO DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS
deverão ser apresentadas mediante recibo e reembolsadas em 48 horas pelo CONTRATANTE sob pena de
quebra de contrato.
09. Agravos, Exceção de Pré-executividade, Recurso Especial, Recurso Extraordinário, Recurso Adesivo,
Recurso de Revista, e, bem como, suas respectivas Contra-Razões e/ou Contra-minutas, estes procedimentos
não estão inclusos neste contrato e serão cobrados à parte, em valor pactuado entre as partes ou obedecendo à
Tabela de Honorários da OAB/SP.
10. O(a) CONTRATANTE assume toda e qualquer responsabilidade pela narração de fatos, pelas provas
produzidas e documentos anexados ao processo, e, bem como, por eventuais prejuízos causados pela não
comunicação prévia de doença ou impedimento de testemunha, mudança de endereço ou telefone.
11. O(a) CONTRATANTE autoriza o CONTRATADO a comunicar o andamento processual por todos os meios de
comunicação digital e celular.
12. Agindo o CONTRATANTE de forma dolosa ou culposa em face do CONTRATADO, restará facultado a este,
considerar a quebra do contrato, podendo renunciar ao mandato, se o caso, independentemente de prévia
notificação, sem prejuízo dos honorários pactuados e da responsabilização posterior.
13. As partes elegem a Comarca de Porto Ferreira para dirimir judicialmente questões oriundas do presente
contrato.
14. E, por ser esta a expressão do que ajustaram, assinam o presente instrumento em 2 (duas) vias de igual teor
e forma.

_________________________________/_______/___________.

___________________________________________________
CONTRATANTE

___________________________________________________
CONTRATADO

*Obs.: Em 04/12/2006 a 4ª turma do STJ entendeu que o contrato escrito firmado entre advogado e cliente é título
executivo mesmo sem a assinatura de duas testemunhas, reiterando que o EOAB (Lei 8.906/94) prevalece sobre
o Código Civil neste caso.