Você está na página 1de 26

https://questoes.grancursosonline.com.

br

Simulado
Criado em 05/05/2019 às 10:29:44

Matéria(s)/Assunto(s): Nacionalidade

1.Filho de pai estrangeiro e mãe brasileira, nascido durante período em que sua mãe prestava serviços
para uma empresa multinacional no exterior e sem registro de seu nascimento em repartição brasileira,
Jacques passou a morar no Brasil aos 21 anos de idade, tendo então feito a opção pela nacionalidade
brasileira, homologada por juiz federal. Seis anos mais tarde, contudo, foi requerida sua extradição, por
governo estrangeiro, em virtude de ter sido condenado à prisão perpétua por seu envolvimento, um
ano antes de sua vinda ao país, em crime de homicídio. O requerente, no caso, é governo de país com o
qual o Brasil mantém tratado de extradição. Diante desses elementos, à luz da Constituição Federal e
da jurisprudência do STF, Jacques

A) obteve irregularmente a nacionalidade brasileira, já que não observados os requisitos de tempo


mínimo de 15 anos ininterruptos de residência no País e inexistência de condenação criminal, não
havendo óbice, sob esse aspecto, para ser extraditado.
B) obteve irregularmente a nacionalidade brasileira, por falecer competência à Justiça Federal para
homologar a respectiva opção, devendo ter sua naturalização cancelada em juízo e, após o respectivo
trânsito em julgado, ser concedida sua extradição.
C) é considerado brasileiro nato, razão pela qual não poderá ser concedida sua extradição.
D) é considerado brasileiro naturalizado, e poderá ter sua naturalização cancelada, por sentença
judicial, em virtude de atividade nociva ao interesse nacional, e, quando do trânsito em julgado da
respectiva decisão, perder seus direitos políticos.
E) poderá ser extraditado, sob a condição de que o Estado requerente assuma o compromisso de
comutar a pena de prisão perpétua em pena privativa de liberdade não superior a 30 anos de reclusão,
em conformidade com o limite estabelecido na legislação brasileira.
Fonte: FCC / 2018 / FCC Defensoria Pública do Estado de Amazonas - AM / Defensor Público / Questão:13

2.São brasileiros

A) natos os nascidos na República Federativa do Brasil, ainda que de pais estrangeiros que estejam a
serviço de seu país.
B) natos os nascidos no estrangeiro, de pai brasileiro ou mãe brasileira, desde que ambos estejam a
serviço da República Federativa do Brasil.
C) natos os nascidos no estrangeiro de pai brasileiro ou de mãe brasileira, desde que sejam registrados
em repartição brasileira competente ou venham a residir na República Federativa do Brasil e optem,
quando completarem 21 anos, pela nacionalidade brasileira.
D) naturalizados os estrangeiros de qualquer nacionalidade, residentes na República Federativa do
Brasil há mais de cinco anos ininterruptos e sem condenação penal, desde que requeiram a
nacionalidade brasileira.
E) naturalizados os que, na forma da lei, adquiram a nacionalidade brasileira, exigidas aos originários
de países de língua portuguesa apenas residência por um ano ininterrupto e idoneidade moral.
Fonte: FCC / 2018 / FCC Assembléia Legislativa - SE / Técnico Legislativo - Área Apoio Técnico-Administrativo / Questão:31

3.Enrico e Giorgia Rossi, casados e cidadãos italianos, estão, como voluntários, a serviço da Alemanha,
participando de programas de combate à fome e à pobreza no Brasil. Eventual filho do casal nascido
durante sua estadia em território brasileiro é considerado

A) apátrida.
B) brasileiro naturalizado.
C) estrangeiro.
D) brasileiro nato, desde que opte, em qualquer tempo, depois de atingida a maioridade, pela
nacionalidade brasileira.
E) brasileiro nato.
Fonte: FCC / 2018 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 6ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:34

4.O vínculo jurídico político que liga um indivíduo a um certo e determinado Estado, fazendo deste
1 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
indivíduo um componente do povo e capacitando-o a exigir sua proteção e sujeitando-o ao
cumprimento de deveres impostos é denominado

A) soberania.
B) nacionalidade.
C) dignidade humana.
D) legitimidade ativa.
E) elegibilidade.
Fonte: FCC / 2018 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 15ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:33

5.Consideradas as formas de aquisição da nacionalidade previstas na Constituição Federal, são


brasileiros

A) naturalizados os estrangeiros de qualquer nacionalidade, residentes na República Federativa do


Brasil há mais de dez anos ininterruptos e sem condenação penal, desde que requeiram a
nacionalidade brasileira.
B) natos os nascidos na República Federativa do Brasil, ainda que de pais estrangeiros, desde que estes
estejam a serviço de seu país.
C) naturalizados os nascidos no estrangeiro, de pai brasileiro e mãe brasileira, desde que qualquer
deles esteja a serviço da República Federativa do Brasil.
D) natos os nascidos no estrangeiro de pai brasileiro ou mãe brasileira, desde que sejam registrados em
repartição brasileira competente.
E) naturalizados os que, na forma da lei, adquiram a nacionalidade brasileira, exigida dos originários de
países de língua portuguesa apenas residência por cinco anos ininterruptos e idoneidade moral.
Fonte: FCC / 2018 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 15ª Região - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:34

6.Alfred, estrangeiro, casou-se com uma brasileira e veio residir no Brasil, local onde teve seus dois
filhos e onde faleceu. Sabendo-se que a lei de seu país de origem é mais favorável, em termos de
sucessão, aos seus filhos e esposa brasileiros, a sucessão de seus bens situados no Brasil será
regulada, de acordo com a Constituição Federal, pela lei

A) brasileira ou estrangeira, cabendo a escolha aos herdeiros.


B) brasileira, pois aqui se encontram os bens.
C) estrangeira, pois a sucessão rege-se sempre pelo local de origem da pessoa falecida.
D) estrangeira, por ser mais benéfica à sua esposa e aos seus filhos.
E) brasileira, tendo em vista que os herdeiros aqui residem.
Fonte: FCC / 2018 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 14ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Área Psicologia / Questão:15

7.A sucessão por morte ou ausência obedece à lei

A) brasileira, quanto aos bens situados no Brasil, se aqui abrir-se a sucessão, independentemente do
domicílio ou nacionalidade do defunto ou desaparecido.
B) da nacionalidade do defunto ou desaparecido, qualquer que seja a natureza e a situação dos bens,
mas a sucessão de bens de estrangeiros, situados no Brasil, será regulada pela lei brasileira em
benefício do cônjuge ou dos filhos brasileiros, ou de quem os represente, sempre que não lhes seja mais
favorável a lei pessoal do de cujus.
C) do país em que se abriu a sucessão, mas a capacidade para suceder se regula pela lei do domicílio
do herdeiro, salvo se brasileiro, quanto aos bens situados no Brasil, se a lei brasileira lhe for mais
favorável, sendo então esta a aplicável.
D) do país em que se abrir a sucessão, mas a capacidade para suceder se regula pela lei da
nacionalidade do herdeiro.
E) do país em que era domiciliado o defunto ou o desaparecido, qualquer que seja a natureza e a
situação dos bens, mas a sucessão de bens de estrangeiros situados no Brasil será regulada pela lei
brasileira, em benefício do cônjuge ou dos filhos brasileiros, ou de quem os represente, sempre que não
lhes seja mais favorável a lei pessoal do de cujus.
Fonte: FCC / 2018 / FCC Ministério Público Estadual - PB / Promotor de Justiça Substituto / Questão:37

8.A respeito do que estabelece a Constituição Federal sobre a nacionalidade e os direitos políticos,

A) não podem alistar-se como eleitores os estrangeiros e, durante o período do serviço militar
obrigatório, os conscritos.
B) as idades mínimas para a elegibilidade relativa aos cargos de Presidente da República e Senador
são, respectivamente, de 35 e 30 anos.
C) entre os cargos privativos de brasileiro nato, estão o de Presidente da República, Senador, Ministro
do Supremo Tribunal Federal e oficial da Forças Armadas.
D) o alistamento eleitoral e o voto são facultativos para os maiores de 60 anos.
E) a lei não poderá estabelecer distinção entre brasileiros natos e naturalizados, salvo nos casos
2 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
previstos na Constituição ou na Lei de Migração.
Fonte: FCC / 2018 / FCC Câmara Legislativa do DF - DF / Técnico Legislativo - Área Técnico em Manutenção Audiovisuais / Questão:24

9.Considere que o indivíduo A, brasileiro naturalizado, de 31 anos, alfabetizado, em pleno exercício de


seus direitos políticos, pretende se candidatar ao cargo de Senador. Considere que o indivíduo B,
brasileiro naturalizado, de 32 anos, alfabetizado, em pleno exercício de seus direitos políticos, pretende
se candidatar ao cargo de Governador de Estado. Diante desse quadro, em decorrência das eleições
que ocorrem neste ano,

A) o indivíduo A não pode ocupar o cargo de Senador por não ser brasileiro nato.
B) o indivíduo B não pode ocupar o cargo de Governador de Estado por não ter 35 anos.
C) apenas o indivíduo B pode ser eleito e ocupar o cargo pretendido.
D) apenas o indivíduo A pode ser eleito e ocupar o cargo pretendido.
E) os indivíduos A e B podem ser eleitos e ocupar os cargos pretendidos.
Fonte: FCC / 2018 / FCC Câmara Legislativa do DF - DF / Técnico Legislativo - Área Técnico de Arquivo / Questão:20

10.Aquele que, dada a circunstância do nascimento, não se vincula a nenhum dos critérios que lhe
demandariam uma nacionalidade,

A) é considerado polipátrida.
B) é considerado Heimatlos.
C) tem nacionalidade difusa.
D) tem nacionalidade alternativa.
E) tem nacionalidade restritiva.
Fonte: FCC / 2018 / FCC Defensoria Pública do Estado do Maranhão - MA / Defensor Público / Questão:2

11.Em uma situação hipotética, Carlos Lúcio, professor titular de Direito Penal de Universidade do Rio
de Janeiro, nascido em Madri, Espanha, de tradicional família de juristas lusitanos, com apenas 37 anos
de vida já tem 12 livros publicados, além de ter também larga experiência como pregador evangélico
em sua terra natal, de onde saiu aos 25 anos de idade. Todavia, ele teve sua indicação ao cargo de
Ministro do Supremo Tribunal Federal rejeitada. Isso ocorreu porque Carlos Lúcio, pelas regras da
Constituição Federal de 1988, NÃO

A) é juiz nem membro do Ministério Público.


B) tem notável saber jurídico e nem residência em Brasília.
C) é brasileiro nato.
D) observou o princípio do Estado laico.
E) tem a idade mínima para o cargo.
Fonte: FCC / 2018 / FCC Secretaria de Administração do Estado do Amapá - AP / Analista Administrativo / Questão:49

12.Claudilson Aparecido, habilidoso goleiro nascido em Goiânia e revelado no futebol paulista, firmou
contrato milionário com time destacado do Leste Europeu. Contudo, para permanecer no país de seu
novo clube, terá de se naturalizar cidadão do país em questão. Nessa hipótese, segundo a Constituição
Federal de 1988, Claudilson

A) torna-se inalistável e inelegível.


B) terá declarada a perda de sua nacionalidade brasileira.
C) terá sua nacionalidade brasileira suspensa, enquanto perdurar a condição imposta pelo país
estrangeiro.
D) não perderá a nacionalidade brasileira, mesmo que haja a prática de atividade nociva ao interesse
nacional.
E) não perderá a nacionalidade brasileira, tendo em vista a imposição da naturalização como condição
de permanência no país de seu novo clube.
Fonte: FCC / 2018 / FCC Secretaria de Administração do Estado do Amapá - AP / Assistente Administrativo / Questão:44

13.Nos termos da Constituição Federal, o filho de pai brasileiro e mãe estrangeira, nascido no exterior,
será

A) estrangeiro, em qualquer hipótese.


B) brasileiro naturalizado, desde que resida no Brasil por dez anos ininterruptos, sem condenação
penal, e requeira a nacionalidade brasileira.
C) brasileiro nato, se, quando de seu nascimento, o pai estiver a serviço da República Federativa do
Brasil.
D) brasileiro nato, desde que, quando de seu nascimento, a mãe não esteja a serviço de seu país de
origem.
E) brasileiro naturalizado, desde que registrado em repartição brasileira competente ou venha a residir
no Brasil e opte, a qualquer tempo, depois de atingida a maioridade, pela nacionalidade brasileira.
3 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
Fonte: FCC / 2017 / FCC Tribunal Regional Eleitoral / São Paulo - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:22

14.Considere as situações abaixo. I. Airton é brasileiro e sua esposa Carmela é italiana. Bernardo, filho
do casal, nasceu em Londres, enquanto seu pai lá estava a serviço da República Federativa do Brasil. II.
Benjamin nasceu no Brasil enquanto seus pais, que são alemães, aqui estavam a serviço da Alemanha.
III. João, filho de Maria, brasileira, nasceu nos Estados Unidos e foi registrado na repartição brasileira
competente. São brasileiros natos:

A) Bernardo, Benjamin e João.


B) Bernardo e João, apenas.
C) Bernardo e Benjamin, apenas.
D) Benjamin e João, apenas.
E) João, apenas.
Fonte: FCC / 2017 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 11ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:39

15.Cleide é brasileira naturalizada e tem 75 anos. Como a data das eleições nos últimos quatro anos
coincidiu com a festa de aniversário de seu neto, que mora com os pais no exterior, não participou das
eleições que ocorreram durante esse período. Como sempre gostou de política, Cleide decidiu
candidatar-se à Vice-Presidência da República. Considerando essas informações, Cleide

A) poderá candidatar-se ao cargo de Vice-Presidente, desde que comprove o pleno exercício dos
direitos políticos, sendo o seu voto obrigatório.
B) poderá candidatar-se ao cargo de Vice-Presidente pois é brasileira, proibindo a Constituição Federal
a distinção entre brasileiros natos e naturalizados.
C) não poderá candidatar-se ao cargo de Vice-Presidente, pois é brasileira naturalizada, sendo,
entretanto, o seu voto facultativo.
D) não poderá candidatar-se ao cargo de Vice-Presidente, pois não votou nas últimas eleições, sendo
que seu voto era obrigatório.
E) não poderá candidatar-se ao cargo de Vice-Presidente, em razão de sua idade, sendo o seu voto
proibido.
Fonte: FCC / 2017 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 11ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:41

16.Caio, brasileiro nato, é jogador de futebol profissional e foi contratado para jogar por um grande
clube estrangeiro, cuja legislação o país impõe a naturalização de Caio como condição para a
permanência em seu território, e, como queria continuar jogando nesse time, procedeu à naturalização.
Caio

A) perderá a nacionalidade brasileira enquanto permanecer em território estrangeiro, podendo


readquiri-la assim que retornar ao Brasil.
B) perderá a nacionalidade brasileira, tendo em vista que adquiriu outra nacionalidade.
C) tornar-se-á brasileiro naturalizado automaticamente, em razão de ter adquirido outra nacionalidade.
D) não perderá a nacionalidade brasileira apenas se comprovar que mantém vínculos com o Brasil,
visitando-o periodicamente.
E) não perderá a nacionalidade brasileira.
Fonte: FCC / 2017 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 11ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:33

17.Cravo Carvalho, 50 anos de idade, é brasileiro naturalizado, brilhante advogado com seis livros
publicados e mais de quinze anos de efetiva atividade profissional, com notável saber jurídico e
reputação ilibada. De acordo com a Constituição Federal, Cravo Carvalho poderá ocupar cargo de

A) Ministro de Estado da Defesa.


B) Oficial das Forças Armadas.
C) Ministro do Supremo Tribunal Federal.
D) Ministro do Superior Tribunal de Justiça.
E) Presidente do Senado Federal.
Fonte: FCC / 2017 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 24ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:23

18.Silmara, brasileira naturalizada, verificou a Constituição Federal brasileira a respeito de possível


extradição de brasileiro naturalizado. Assim, constatou que, dentre os direitos e deveres individuais e
coletivos, está previsto que

A) nenhum brasileiro será extraditado, salvo o naturalizado, em caso de crime comum, praticado antes
ou depois da naturalização, ou de comprovado envolvimento em milícia armada e grupos guerrilheiros.
B) a extradição de qualquer brasileiro, seja ele naturalizado ou não, consta em diversas hipóteses
taxativas do artigo 5o da Carta Magna.
C) a extradição de qualquer brasileiro, seja ele naturalizado ou não, somente poderá ocorrer em caso
de comprovado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins.
4 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
D) nenhum brasileiro será extraditado, salvo o naturalizado, em caso de crime comum, praticado antes
da naturalização, ou de comprovado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, na
forma da lei.
E) a extradição de qualquer brasileiro, seja ele naturalizado ou não, somente poderá ocorrer em caso
de comprovado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, envolvimento em
milícia armada e grupos guerrilheiros e prática de ato de terrorismo.
Fonte: FCC / 2017 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 24ª Região - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:22

19.Sobre o tema da nacionalidade na Constituição Federal de 1988, é correto afirmar:

A) Aos portugueses com residência permanente no País, ainda que não houver reciprocidade em favor
de brasileiros, serão atribuídos os direitos inerentes ao brasileiro, salvo os casos previstos na
Constituição.
B) São brasileiros naturalizados os estrangeiros de qualquer nacionalidade, residentes na República
Federativa do Brasil há mais de cinco anos ininterruptos e sem condenação penal, desde que requeiram
a nacionalidade brasileira.
C) É privativo de brasileiro nato o cargo de Ministro do Superior Tribunal de Justiça.
D) Será declarada a perda da nacionalidade do brasileiro que tiver cancelada sua naturalização, por
sentença judicial, em virtude de atividade nociva ao interesse nacional.
E) São brasileiros natos nascidos na República Federativa do Brasil, ainda que de pais estrangeiros,
mesmo que estes estejam a serviço de seu país.
Fonte: FCC / 2017 / FCC Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina - SC / Defensor Público Substituto / Questão:6

20.Indivíduo originário de país asiático requereu e obteve a nacionalidade brasileira em 2010, quinze
anos depois de ter fixado e mantido ininterruptamente residência no país. Foi condenado no exterior,
pelo seu comprovado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes praticado no ano de 2012, por
sentença criminal transitada em julgado em 2017, tendo sido então requerida sua extradição. Nessa
situação, à luz da Constituição Federal, o indivíduo em questão é considerado

A) brasileiro nato, não podendo ser extraditado, embora possa vir a perder seus direitos políticos, em
virtude da condenação criminal, enquanto durarem os efeitos desta.
B) estrangeiro, que não goza de direitos políticos no Brasil, podendo ser extraditado, já que não se
trata de condenação por crime político ou de opinião.
C) brasileiro naturalizado, que pode ser extraditado, em virtude da natureza da atividade em que
comprovado seu envolvimento, bem como ter sua naturalização cancelada por decisão judicial, acaso o
crime pelo qual foi condenado constitua atividade nociva ao interesse nacional, hipótese em que
perderá seus direitos políticos após o respectivo trânsito em julgado.
D) brasileiro nato, que pode vir a ter seus direitos políticos suspensos enquanto durarem os efeitos da
condenação criminal, bem como ser extraditado, já que não se trata de condenação por crime político
ou de opinião.
E) brasileiro naturalizado, não podendo ser extraditado, em virtude de ter sido condenado por crime
praticado após a naturalização, embora possa vir a ter sua naturalização cancelada por decisão judicial,
acaso o crime pelo qual foi condenado constitua atividade nociva ao interesse nacional, hipótese em
que terá seus direitos políticos suspensos, enquanto durarem os efeitos da condenação criminal.
Fonte: FCC / 2017 / FCC Tribunal Regional Federal / 5ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:27

21.Considere as situações abaixo. I. Anny e Joseph, ambos norte-americanos, decidiram sediar uma
empresa no Brasil e, por essa razão, mudaram-se para o Rio de Janeiro, onde nasceu seu primeiro filho –
Anthony. II. Carlos, brasileiro e diplomata, foi convocado para representar o Brasil na Itália e lá
conheceu sua esposa Valentina, italiana, com quem teve o filho Enrico, que nasceu em solo italiano. III.
Yohanes e Natália, ambos brasileiros, após namorarem por oito anos resolveram se casar e morar na
Alemanha, onde Yohanes possui família, e lá tiveram dois filhos, Hans e Klaus. Ao contrário de Hans,
Klaus foi registrado em repartição brasileira competente. São brasileiros natos:

A) Enrico, por ser filho de brasileiro que estava na Itália a serviço do Brasil; e Klaus, por ser filho de
brasileiros e ter sido registrado em repartição pública brasileira competente. Por outro lado, não são
brasileiros natos: Anthony, pois apesar de ter nascido em território brasileiro, é filho de estrangeiros; e
Hans, por não ter sido registrado em repartição brasileira competente, não sendo possível a opção pela
nacionalidade brasileira originária, ainda que venha a residir no Brasil.
B) Anthony, por ter nascido em solo brasileiro, ainda que de pais estrangeiros; Enrico, por ser filho de
brasileiro que estava na Itália a serviço do Brasil; Klaus, por ser filho de brasileiros e ter sido registrado
em repartição pública brasileira competente; e Hans, caso venha a residir no Brasil e opte, em qualquer
tempo, depois de atingida a maioridade, pela nacionalidade brasileira.
C) Klaus, por ser filho de brasileiros e ter sido registrado em repartição pública brasileira competente; e
Hans, caso venha a residir no Brasil e opte, em qualquer tempo, depois de atingida a maioridade, pela
nacionalidade brasileira. Por outro lado, não são brasileiros natos: Anthony, pois apesar de ter nascido
em território brasileiro, é filho de estrangeiros; e Enrico, pois, além de ter nascido no exterior, é filho de

5 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
mãe estrangeira.
D) Anthony, por ter nascido em solo brasileiro, ainda que de pais estrangeiros; Enrico, por ser filho de
brasileiro que estava na Itália a serviço do Brasil; Klaus, por ser filho de brasileiros e ter sido registrado
em repartição pública brasileira competente, caso confirme sua opção pela nacionalidade brasileira,
mediante petição dirigida ao Ministério das Relações Exteriores brasileiro, depois de atingida a
maioridade; e Hans, caso venha a residir no Brasil e opte, após pelo menos dois anos de residência em
solo brasileiro, depois de atingida a maioridade, pela nacionalidade brasileira.
E) Anthony, por ter nascido em solo brasileiro, ainda que de pais estrangeiros; Klaus por ser filho de
brasileiros e ter sido registrado em repartição pública brasileira competente. Por outro lado, não são
brasileiros natos: Enrico, pois além de ter nascido no exterior, é filho de mãe estrangeira; e Hans, por
não ter sido registrado em repartição brasileira competente, não sendo possível a opção pela
nacionalidade brasileira originária, ainda que venha a residir no Brasil.
Fonte: FCC / 2017 / FCC Tribunal Regional Federal / 5ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Judiciária - Especialidade: Oficial de Justiça Avaliador Federal / Questão:24

22.Nuno e Manuel são dois jovens adultos de nacionalidade originária portuguesa que fixaram
residência no Brasil e, após cumpridos os requisitos pertinentes, adquiriram a nacionalidade brasileira.
Nuno almeja um dia tornar-se Ministro do Supremo Tribunal Federal − STF e Manuel, seguir a carreira
diplomática a serviço da República Federativa do Brasil, não possuindo qualquer dos dois a intenção de
voltar a seu país de origem. Considerados esses elementos, à luz da Constituição Federal,

A) ambos poderão exercer os cargos pretendidos, desde que haja reciprocidade em favor de brasileiros
na legislação portuguesa.
B) ambos poderão exercer os cargos pretendidos, pois estes podem ser ocupados tanto por brasileiros
natos quanto por brasileiros naturalizados.
C) Nuno poderá exercer o cargo pretendido, mas Manuel não, porque os cargos da carreira diplomática,
diferentemente do de Ministro do STF, são privativos de brasileiros natos.
D) Nuno não poderá exercer o cargo pretendido, por ser privativo de brasileiro nato, restrição essa que
não se aplica aos cargos da carreira diplomática, podendo Manuel vir a exercê-los.
E) nenhum dos dois poderá exercer os cargos pretendidos, por serem estes privativos de brasileiros
natos.
Fonte: FCC / 2017 / FCC Tribunal Regional Federal / 5ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:21

23.Fiona e Gael são irmãos, filhos de pai e mãe estrangeiros que há muitos anos fixaram residência no
Brasil. Fiona é a primogênita, sete anos mais velha que o irmão, nasceu em Portugal, mas se
naturalizou brasileira; Gael, o caçula, nasceu em terras brasileiras. No dia de seu aniversário de 30
anos, Gael anunciou seu desejo de candidatar-se ao cargo de Presidente da República, nas eleições de
2018, e de ter sua irmã como Vice. Fiona, entretanto, disse que pretende candidatar-se a Governadora
do Estado em que residem. Considerando apenas as informações fornecidas, presentes os demais
requisitos, à luz da Constituição Federal, Gael

A) poderá candidatar-se ao cargo de Presidente da República; Fiona não poderá candidatar-se ao de


Vice-Presidente da República, mas poderá candidatar-se ao de Governadora do Estado.
B) não poderá candidatar-se ao cargo de Presidente da República; Fiona poderá candidatar-se tanto ao
cargo de Vice- Presidente da República quanto ao de Governadora do Estado.
C) não poderá candidatar-se ao cargo de Presidente da República; Fiona não poderá candidatar-se ao
cargo de Vice- Presidente da República, tampouco ao de Governadora do Estado.
D) não poderá candidatar-se ao cargo de Presidente da República; Fiona não poderá candidatar-se ao
cargo de Vice- Presidente da República, mas poderá candidatar-se ao de Governadora do Estado.
E) poderá candidatar-se ao cargo de Presidente da República; Fiona poderá candidatar-se tanto ao
cargo de Vice-Presidente da República quanto ao de Governadora do Estado.
Fonte: FCC / 2017 / FCC Tribunal Regional Federal / 5ª Região - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:25

24.Sobre as questões envolvendo a nacionalidade brasileira, de acordo com a Constituição Federal de


1988:

A) Para aquisição da nacionalidade brasileira, são exigidas aos cidadãos originários de países de língua
portuguesa apenas residência por um ano ininterrupto e idoneidade moral.
B) Para aquisição da nacionalidade brasileira, os estrangeiros de qualquer nacionalidade devem
requerê-la e demonstrar que residem na República Federativa do Brasil há mais de cinco anos
ininterruptos e que não possuem condenação penal, salvo os cidadãos originários de países de língua
portuguesa.
C) São brasileiros natos os nascidos na República Federativa do Brasil, ainda que de pais estrangeiros,
mesmo que estes estejam a serviço de seu país.
D) Podem ser Ministros do Supremo Tribunal Federal os brasileiros natos e naturalizados.
E) A Constituição Federal veda a ocupação de cargos públicos por estrangeiros.
Fonte: FCC / 2016 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 23ª Região - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:28

6 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
25.Considere as seguintes situações hipotéticas: Nádia é Ministra do Tribunal Superior do Trabalho;
Linda é Presidente da Câmara dos Deputados; Giseli é Ministra do Supremo Tribunal Federal e Rafael é
Ministro do Trabalho e Emprego. Segundo as normas preconizadas pela Constituição Federal de 1988,
são cargos privativos de brasileiros natos os ocupados APENAS por

A) Nádia e Linda.
B) Nádia, Linda e Giseli.
C) Linda e Giseli.
D) Giseli e Rafael.
E) Nádia, Giseli e Rafael.
Fonte: FCC / 2016 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 20ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:24

26.A nacionalidade brasileira

A) é incompatível com a nacionalidade originária reconhecida por Estado estrangeiro.


B) é incompatível com a nacionalidade derivada outorgada por Estado estrangeiro que a exija para fins
de exercício de direitos civis.
C) é compatível com a nacionalidade derivada outorgada por Estado estrangeiro como condição para
permanência do brasileiro em seu território.
D) nata é condição para a investidura nos cargos de Presidente da República, de Vice-Presidente da
República, de Presidente da Câmara dos Deputados, de Presidente do Senado Federal, de Ministro do
Supremo Tribunal Federal, de Ministro da Defesa, da carreira diplomática e do oficialato das forças
armadas e das polícias militares.
E) derivada deverá ser reconhecida aos estrangeiros residentes no Brasil há mais de quinze anos
ininterruptos e sem condenações judiciais, desde que a requeiram.
Fonte: FCC / 2016 / FCC Secretaria da Fazenda do Estado do Maranhão - MA / Técnico da Receita Estadual - Área Arrecadação de Mercadorias em Trânsito / Questão:54

27.Juliana, brasileira nata, obteve a nacionalidade norte-americana, de forma livre e espontânea.


Posteriormente, Juliana fora acusada, nos Estados Unidos da América, da prática de homicídio contra
nacional daquele país, fugindo para o Brasil. Tendo ela sido indiciada em conformidade com a
legislação local, o governo norte-americano requereu às autoridades brasileiras sua prisão para fins de
extradição. Neste caso, à luz da Constituição Federal e da jurisprudência do Supremo Tribunal Federal,
Juliana,

A) poderá ser imediatamente extraditada, uma vez que a perda da nacionalidade brasileira neste caso
é automática.
B) não poderá ser extraditada, por continuar sendo brasileira nata, mesmo tendo adquirido
nacionalidade norte-americana.
C) poderá ter cassada a nacionalidade brasileira pela autoridade competente e ser extraditada para os
Estados Unidos para ser julgada pelo crime que lhe é imputado.
D) não poderá ser extraditada, pois, ao retornar ao território brasileiro, não poderá ter cassada sua
nacionalidade brasileira.
E) não poderá ser extraditada se optar a qualquer momento pela nacionalidade brasileira em
detrimento da norte-americana.
Fonte: FCC / 2016 / FCC Procuradoria Geral do Estado - MT / Procurador do Estado / Questão:6

28.As irmãs Catarina e Gabriela são brasileiras naturalizadas. Ambas possuem carreira jurídica
brilhante, destacando-se profissionalmente. Catarina almeja ocupar o cargo de Ministra do Supremo
Tribunal Federal e Gabriela almeja ocupar o cargo de Ministra do Tribunal Superior do Trabalho. Neste
caso, com relação ao requisito nacionalidade,

A) nenhuma das irmãs poderá alcançar o cargo almejado.


B) ambas as irmãs poderão alcançar o cargo almejado, independentemente de qualquer outra
exigência legal.
C) apenas Gabriela poderá alcançar o cargo almejado.
D) apenas Catarina poderá alcançar o cargo almejado.
E) ambas as irmãs só poderão alcançar o cargo almejado se tiverem mais de quinze anos de
naturalização.
Fonte: FCC / 2016 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 14ª Região - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:25

29.Paulo, brasileiro nato, decidiu abrir uma empresa em um país do continente Asiático, seguindo a
legislação alienígena do local para onde se mudou com a sua família. Como preenchia os requisitos
legais, requereu voluntariamente a nacionalidade secundária estrangeira, uma vez que não se tratava
de condição absoluta para sua permanência no país. A nacionalidade foi con cedida. Diante dessa
situação, Paulo

A) perdeu a nacionalidade brasileira, independentemente de ter ou não sido a mesma requerida


7 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
voluntariamente, pois qual quer naturalização inviabiliza a continuidade da nacionalidade originária
brasileira.
B) perdeu a nacionalidade brasileira, já que a nova nacionalidade adquirida não foi imposta pelo país
estrangeiro como condição para sua permanência.
C) é titular de ambas as nacionalidades, possuindo dupla cidadania, podendo exercer apenas a
titularidade da nacionalidade secundária no país em que ela foi adquirida.
D) terá a nacionalidade brasileira suspensa até que volte a residir de forma permanente no Brasil, após
respectiva comunicação e comprovação ao Ministério das Relações Exteriores.
E) é titular de ambas as nacionalidades, possuindo dupla cidadania, podendo exercer tanto a
titularidade da nacionalidade originária quanto da secundária no país em que esta foi adquirida e no
Brasil.
Fonte: FCC / 2016 / FCC Assembléia Legislativa - MS / Consultor de Processo Legislativo / Questão:41

30.Considere as seguintes afirmativas: I. O cancelamento da aquisição da nacionalidade brasileira


mediante naturalização por sentença transitada em julgado constitui óbice à filiação em partido
político. II. Desde que encontre permissivo expresso no estatuto partidário, é cabível a filiação a partido
político de menor de dezesseis anos. III. A inelegibilidade não constitui óbice à filiação parti dária. IV.
Para concorrer a cargo eletivo, o candidato deve ter, no mínimo, dois anos de filiação no respectivo
partido político. Está correto o que se afirma APENAS em

A) II e III.
B) I e III.
C) I e II.
D) III e IV.
E) II e IV.
Fonte: FCC / 2015 / FCC Tribunal de Justiça de Santa Catarina - SC / Juiz Federal Substituto / Questão:69

31.Um brasileiro naturalizado decidiu se dedicar à vida pública. Nos termos da Constituição Federal, ele
poderá ocupar cargo de

A) Deputado Estadual.
B) Presidente da Câmara dos Deputados.
C) Ministro do Supremo Tribunal Federal.
D) na carreira diplomática.
E) oficial das Forças Armadas.
Fonte: FCC / 2015 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 9ª Região - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:42

32.Eliane, filha de pais brasileiros, nasceu na Inglaterra quando seus pais estavam a serviço da
República Federativa do Brasil. Pietro, filho de pais italianos, nasceu no Brasil quando seus pais
estavam no país a serviço da Itália. Gabriela, filha de mãe brasileira e pai francês, nasceu na França
quando sua mãe estava a serviço da República Federativa do Brasil. Nestes casos, de acordo com a
Constituição Federal brasileira,

A) são brasileiros natos Pietro e Gabriela, apenas.


B) são brasileiros natos Eliane, Pietro e Grabriela.
C) são brasileiros natos Eliane e Gabriela, apenas.
D) são brasileiros natos Eliane e Pietro, apenas.
E) é brasileiro nato Pietro, apenas.
Fonte: FCC / 2015 / FCC Ministério Público Estadual - PB / Técnico Ministerial - Área Diligências / Questão:30

33.A imposição de naturalização, pela norma estrangeira, ao brasileiro residente em Estado


estrangeiro, como condição para permanência em seu território ou para o exercício de direitos civis,

A) terá como consequência a declaração da perda da nacionalidade brasileira.


B) não terá qualquer consequência para efeito de nacionalidade.
C) terá como consequência a suspensão temporária da nacionalidade brasileira pelo prazo máximo de 5
anos.
D) terá como consequência a suspensão temporária da nacionalidade brasileira pelo prazo máximo de
3 anos.
E) terá como consequência a suspensão temporária da nacionalidade brasileira pelo prazo mínimo de
24 meses.
Fonte: FCC / 2015 / FCC Ministério Público Estadual - PB / Técnico Ministerial - Área Diligências / Questão:31

34.Considere: I. A nacionalidade brasileira. II. O domicílio eleitoral na circunscrição. III. A idade mínima
de trinta e cinco anos para Presidente. IV. A idade mínima de trinta anos para Prefeito. De acordo com a
Constituição Federal, são condições de elegibilidade, na forma da lei, as indicadas APENAS em

8 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
A) II e IV.
B) I, II e IV.
C) III e IV.
D) I, II e III.
E) I e III.
Fonte: FCC / 2015 / FCC Ministério Público Estadual - PB / Técnico Ministerial - Área Diligências / Questão:32

35.Considere os seguintes cargos: I. Procurador-Geral da República. II. Procurador-Geral de Justiça. III.


Ministro do Supremo Tribunal Federal. IV. Ministro do Superior Tribunal de Justiça. V. Presidente da
Câmara dos Deputados. De acordo com a Constituição Federal, são privativos de brasileiro nato os
cargos indicados APENAS em

A) II e III.
B) I, II e V.
C) II e IV.
D) III e V.
E) I, II e IV. _____________________________________________
Fonte: FCC / 2015 / FCC Ministério Público Estadual - PB / Técnico Ministerial - Área Sem Especialidade / Questão:28

36.Antônio, cidadão brasileiro e empregado público concursado do Banco do Brasil, sociedade de


economia mista federal, foi transferido para a agência bancária situada na cidade de Viena, capital da
Áustria, em janeiro de 2009, onde permaneceu até janeiro de 2012. Enquanto trabalhava nessa cidade,
Antônio conheceu Irina, cidadã russa residente em Lisboa, com quem teve um breve relacionamento.
Dessa relação, nasceu, na cidade de Salzburg, na Áustria, em abril de 2011, a menina Katia.
Considerando o caso hipotético e o texto da Constituição brasileira de 1988, a filha de Antônio e Irina

A) será brasileira nata se os pais a tiverem registrado no consulado brasileiro e caso venha a residir no
Brasil até os 18 anos.
B) é brasileira nata, independentemente de qualquer opção ou registro consular.
C) será brasileira nata se vier a residir no Brasil e opte por tal nacionalidade até um ano após a
maioridade.
D) será brasileira nata se os pais a tiverem registrado no consulado brasileiro e caso opte, a qualquer
tempo, por tal nacionalidade.
E) não poderá acumular a nacionalidade brasileira nata que lhe seja reconhecida com eventuais
nacionalidades natas austríaca e russa, que lhe sejam garantidas pela legislação desses países.
Fonte: FCC / 2015 / FCC Tribunal Regional Eleitoral / Sergipe - BR / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:22

37.Nos termos da Constituição Federal, são cargos privativos de brasileiros natos:

A) Presidente e Vice-Presidente da República, Ministros do Supremo Tribunal Federal e do Superior


Tribunal de Justiça, Presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.
B) Presidente e Vice-Presidente da República, Ministro de Estado da Defesa, Ministros do Supremo
Tribunal Federal e do Superior Tribunal de Justiça, integrantes da carreira diplomática.
C) Presidente e Vice-Presidente da Câmara dos Deputados, Presidente e Vice-Presidente do Senado
Federal, integrantes da carreira diplomática e das forças armadas, qualquer que seja a patente.
D) Integrantes da carreira diplomática, oficial das forças armadas e Ministro de Estado da Defesa.
E) Presidente e Vice-Presidente da República, Senador e Ministro do Supremo Tribunal Federal.
Fonte: FCC / 2015 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 4ª Região - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:45

38.São cargos privativos de brasileiros natos, EXCETO

A) Presidência da República.
B) Presidência da Câmara dos Deputados.
C) Presidência do Senado Federal.
D) Ministro do Tribunal Superior do Trabalho.
E) Ministro de Estado da Defesa.
Fonte: FCC / 2015 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 1ª Região - BR / Juiz do Trabalho Substituto / Questão:39

39.Um casal de italianos, Pietro e Antonella, veio ao Brasil à serviço de seu país e, após dois anos em
território brasileiro, Antonella deu à luz a Filomena. Um casal de brasileiros, Joaquim e Carolina, foi a
Alemanha à serviço do Brasil e, após três anos em território alemão, Carolina deu à luz a Clara. Um
casal de espanhóis, Juan e Maria, veio ao Brasil a turismo e, após um mês em território brasileiro,
prematuramente Maria deu à luz a Luiz. Considerando essas três situações, são brasileiros natos:

A) Clara e Luiz.
B) Filomena, Clara e Luiz.
C) Filomena e Luiz.
9 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
D) Luiz, apenas.
E) Clara, apenas.
Fonte: FCC / 2015 / FCC Tribunal Regional Eleitoral / Amapá - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:40

40.Paulo, brasileiro naturalizado, 33 anos, Prefeito de uma cidade do Estado do Amapá, deseja se
candidatar ao cargo de Governador desse Estado. Preenchidas as demais condições de elegibilidade,
Paulo

A) pode ser eleito Governador, pois a idade mínima para esse cargo é de 30 anos, além de não ser
exigido que seja brasileiro nato, não havendo a necessidade da renúncia do cargo de Prefeito, já que a
circunscrição do governo do estado engloba a circunscrição do município.
B) pode ser eleito Governador, pois a idade mínima para esse cargo é de 30 anos, além de não ser
exigido que seja brasileiro nato, desde que renuncie ao cargo de Prefeito até um ano antes do pleito.
C) não pode ser eleito Governador, pois a idade mínima para esse cargo é de 35 anos, além de ser
exigido que seja brasileiro nato.
D) pode ser eleito Governador, pois a idade mínima para esse cargo é de 30 anos, além de não ser
exigido que seja brasileiro nato, desde que renuncie ao cargo de Prefeito até seis meses antes do pleito.
E) não pode ser eleito Governador, pois apesar de atender à condição exigida a esse cargo referente à
idade mínima de 30 anos, não cumpre o requisito da obrigatoriedade de ser brasileiro nato.
Fonte: FCC / 2015 / FCC Tribunal Regional Eleitoral / Amapá - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:41

41.João é brasileiro nato, advogado, tem 70 anos de idade, notável saber jurídico e reputação ilibada.
Francisco é brasileiro nato, desembargador do Tribunal Regional Federal, tem 40 anos de idade, notável
saber jurídico e reputação ilibada. João

A) não poderá compor o Supremo Tribunal Federal nem o Superior Tribunal de Justiça; Francisco poderá
compor o Supremo Tribunal Federal e o Superior Tribunal de Justiça.
B) e Francisco poderão compor o Supremo Tribunal Federal e o Superior Tribunal de Justiça.
C) não poderá compor o Supremo Tribunal Federal, mas sim o Superior Tribunal de Justiça; Francisco
poderá compor o Supremo Tribunal Federal e o Superior Tribunal de Justiça.
D) poderá compor o Supremo Tribunal Federal e o Superior Tribunal de Justiça; Francisco não poderá
compor nem o Supremo Tribunal Federal nem o Superior Tribunal de Justiça.
E) e Francisco não poderão compor o Supremo Tribunal Federal nem o Superior Tribunal de Justiça.
Fonte: FCC / 2015 / FCC Tribunal Regional Eleitoral / Amapá - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:31

42.Anita Fernanda, nascida em Goiânia há 26 anos, é designer de moda no Brasil. Na semana passada,
recebeu um convite para morar na Europa e trabalhar em uma agência de moda que desenha figurinos
para os principais desfiles de Paris. No entanto, o país em que trabalhará exigiu que Anita se
naturalizasse para nele permanecer e exercer sua atividade profissional. Antes de aceitar a proposta
para o novo emprego, Anita consulta sua advogada, questionando-a sobre as possíveis consequências
decorrentes de um pedido de naturalização. Nesta hipótese, à luz do que dispõe a Constituição Federal,
a advogada informa que Anita

A) terá declarada a perda da nacionalidade brasileira.


B) terá declarada a suspensão da nacionalidade brasileira, apenas enquanto não cancelar a
naturalização do país em que trabalhará.
C) terá declarada a suspensão da nacionalidade brasileira até o momento em que retornar ao Brasil,
quando, então, poderá optar, novamente, pela nacionali dade brasileira.
D) perderá automaticamente a nacionalidade brasileira. Todavia, terá garantido o direito de solicitar a
reaquisição da nacionalidade, junto ao Ministério da Justi ça, assim que regressar ao Brasil
definitivamente.
E) não terá declarada a perda da nacionalidade brasileira.
Fonte: FCC / 2014 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 19ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:22

43.Pietro, nascido na Itália, naturalizou-se brasileiro no ano de 2012. No ano de 2011, Pietro acabou
cometendo um crime de roubo, cuja autoria foi apurada apenas no ano de 2013, sendo instaurada a
competente ação penal, culminando com a condenação de Pietro, pela Justiça Pública, ao cumprimento
da pena de 05 anos e 04 meses de reclusão, em regime inicial fechado, por sentença transitada em
julgado. Neste caso, nos termos estabelecidos pela Constituição federal, Pietro

A) não poderá ser extraditado, tendo em vista a quantidade de pena que lhe foi imposta pelo Poder
Judiciário.
B) não poderá ser extraditado, pois o crime foi cometido antes da sua naturalização.
C) poderá ser extraditado.
D) não poderá ser extraditado, pois não cometeu crime hediondo ou de tráfico ilícito de entorpecentes
e drogas afim.
E) não poderá ser extraditado, pois a sentença condenatória transitou em julgado após a naturalização.
10 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
Fonte: FCC / 2014 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 16ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:32

44.Um francês, nascido em 1987 e residente no Brasil desde os seus 12 anos de idade, quando a mãe
foi enviada para o país, a serviço da República francesa, requer a nacionalidade brasileira, pois
pretende concorrer a mandato eletivo para uma vaga em órgão legislativo, nas eleições gerais de 2018.
Nessa hipótese, consideradas as normas constitucionais atualmente vigentes na matéria, o interessado

A) será considerado brasileiro naturalizado e estará habilitado, em tese, a concorrer aos mandatos de
Deputado Estadual, Deputado Federal ou Senador, embora jamais possa vir a ser Presidente da Câmara
dos Deputados ou do Senado Federal.
B) será considerado brasileiro nato, se houver nascido no Brasil, caso em que estará habilitado, em
tese, a concorrer aos mandatos de Deputado Estadual ou Deputado Federal, podendo, inclusive, vir a
ser Presidente da Câmara dos Deputados.
C) será considerado brasileiro naturalizado, desde que não tenha sofrido nenhuma condenação penal, e
estará habilitado, em tese, a concorrer aos mandatos de Deputado Estadual ou Deputado Federal,
embora jamais possa vir a ser Presidente da Câmara dos Deputados.
D) não poderá jamais obter a naturalização pretendida, na hipótese de sua nacionalidade francesa ser
reconhecida como originária pela lei daquele país, caso em que não poderá concorrer a mandato eletivo
algum no pleito de 2018.
E) não obterá a naturalização, neste momento, por não preencher o requisito de tempo mínimo de
residência ininterrupta no país para esse fim, embora possa reapresentar o pedido em 2017, de modo a
habilitar-se a concorrer aos mandatos de Deputado Estadual ou Deputado Federal em 2018.
Fonte: FCC / 2014 / FCC Defensoria Pública do Estado do Ceará - CE / Defensor Público de Entrância Inicial / Questão:8

45.Pedro, cidadão brasileiro e empregado público da Petrobras S/A, pessoa jurídica de direito privado,
reside no Equador, onde trabalha em refinaria da sociedade de economia mista brasileira. Lá conhece
Consuelo, cidadã mexicana, com quem tem um filho, José, nascido em solo equatoriano. Nesse caso,
José, I. por ser filho de pai brasileiro a serviço da República Federativa do Brasil, é brasileiro nato. II.
para ser considerado brasileiro nato, deverá ser registrado na repartição brasileira competente e optar,
depois de atingida a maioridade, pela nacionalidade brasileira. III. tendo sua nacionalidade nata
reconhecida pelo Brasil, não poderá ser extraditado, salvo por crime cometido antes de tal
reconhecimento. IV. caso faça jus às nacionalidades originárias equatoriana e mexicana, poderá
acumulá-las com a nacionalidade brasileira que lhe seja reconhecida com base na Constituição. Está
correto o que se afirma APENAS em

A) I e IV.
B) I e II.
C) III e IV.
D) II e III.
E) II e IV.
Fonte: FCC / 2014 / FCC Tribunal de Contas Estadual - PI / Auditor Fiscal de Controle Externo / Questão:35

46.Segundo a Constituição Federal, será declarada a perda da nacionalidade do brasileiro

A) nato que tiver cancelada sua naturalização, por sentença judicial, em virtude de atividade nociva ao
interesse nacional.
B) nato que adquirir outra nacionalidade, ainda que em razão de reconhecimento de nacionalidade
originária pela lei estrangeira.
C) nato que residir em outro país por mais de trinta anos sem interrupção e lá for condenado a cumprir
pena de reclusão.
D) naturalizado que adquirir outra nacionalidade, ainda que em razão de reconhecimento de
nacionalidade originária pela lei estrangeira.
E) que tiver cancelada sua naturalização, por sentença judicial, em virtude de atividade nociva ao
interesse nacional.
Fonte: FCC / 2013 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 1ª Região - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:25

47.Jonatas nasceu no Canadá. Seu pai é brasileiro e sua mãe canadense. Quando completou 10 anos,
veio, juntamente com sua família, para o Brasil e aqui passou a residir. No momento em que atingiu a
maioridade, Jonatas optou pela nacionalidade brasileira. Nos termos da Constituição Federal, Jonatas

A) é considerado brasileiro e canadense, ou seja, tem obrigatoriamente dupla nacionalidade.


B) é considerado brasileiro naturalizado.
C) não pode optar por nacionalidade, pois em razão de sua moradia ininterrupta no Brasil, adquire
obrigatoriamente a nacionalidade brasileira.
D) é considerado canadense.
E) é considerado brasileiro nato.
Fonte: FCC / 2013 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 9ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:22

11 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
48.NÃO é privativo de brasileiro nato o cargo de

A) Ministro do Supremo Tribunal Federal.


B) Ministro do Superior Tribunal de Justiça.
C) Oficial das Forças Armadas.
D) Presidente da Câmara dos Deputados.
E) Carreira diplomática.
Fonte: FCC / 2013 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 9ª Região - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:48

49.Marta, filha de mãe e pai argentinos, nasceu no Brasil quando os mesmos passavam férias na
cidade do Rio de Janeiro. Glaide, filha de mãe brasileira e pai americano, nasceu em Orlando, quando a
sua mãe, a serviço da República Federativa do Brasil apresentava palestra sobre Direitos Humanos.
Hernandes, filho de pai brasileiro e mãe uruguaia, nasceu em Montevidéu quando seu pai, a serviço da
República Federativa do Brasil, laborava nos portos do referido local. Nestes casos, segundo a Consti
tuição Federal brasileira,

A) apenas Glaide e Hernandes são brasileiros natos.


B) apenas Marta e Glaide são brasileiras natas.
C) Marta, Glaide e Hernandes são brasileiros natos.
D) apenas Marta e Hernandes são brasileiros natos.
E) apenas Glaide é brasileira nata.
Fonte: FCC / 2013 / FCC Assembléia Legislativa - PB / Assessor Técnico Legislativo / Questão:35

50.Patrícia e Pedro são brasileiros natos e casados há seis anos. Patrícia está grávida de sete meses.
Pedro, Ministro de Estado do Governo Federal, tem uma reunião de trabalho na ONU, com duração de
uma semana, em Nova York, e leva sua esposa Patrícia para lhe acompanhar nesta viagem. Durante a
viagem, programada para o período de 20 dias, Patrícia é internada às pressas em um hospital de Nova
York onde acaba realizando o parto. O filho do casal, Pedro, nasce com saúde e prematuro em Nova
York. Neste caso, segundo a Constituição Federal de 1988, Pedro será considerado brasileiro nato,

A) desde que seja registrado em repartição brasileira competente ou venha a residir na República
Federativa do Brasil e opte, em qualquer tempo, depois de atingida a maioridade, pela nacionalidade
brasileira.
B) independentemente de qualquer ato de registro em repartição brasileira competente ou residência
posterior na República Federativa do Brasil.
C) desde que seja registrado em repartição brasileira competente e venha a residir na República
Federativa do Brasil, optando, em qualquer tempo, depois de atingida a maioridade, pela nacionalidade
brasileira.
D) desde que seja registrado em repartição brasileira competente ou venha a residir na República
Federativa do Brasil antes de completada a maioridade e, alcançada esta, opte pela nacionalidade
brasileira.
E) desde que seja registrado em repartição brasileira competente e venha a residir na República
Federativa do Brasil antes de completada a maioridade e, alcançada esta, opte pela nacionalidade
brasileira.
Fonte: FCC / 2013 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 18ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:21

51.Filho de franceses, nascido na República Federativa do Brasil e com residência no país, poderá,
hipotética e futu ramente, exercer

A) qualquer cargo da República, inclusive o de Presidente, desde que, no momento de seu nascimento,
seus pais não estivessem no Brasil a serviço de seu país.
B) qualquer cargo da República, inclusive o de Presidente, desde que, no momento de seu nascimento,
seus pais no Brasil estivessem a serviço de seu país.
C) quaisquer cargos e funções públicas, desde que não sejam reservados a brasileiros natos,
estivessem ou não seus pais no Brasil a serviço de seu país, no momento de seu nascimento.
D) quaisquer cargos e funções públicas, exceto os de carreira diplomática, desde que, no momento de
seu nascimento, seus pais não estivessem no Brasil a serviço de seu país.
E) quaisquer cargos e funções públicas, exceto os de carreira diplomática, desde que, no momento de
seu nascimento, seus pais no Brasil estivessem a serviço de seu país.
Fonte: FCC / 2013 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 15ª Região - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:35

52.Daniel, recém-nascido no exterior e filho de pais diplomatas brasileiros, caso deseje, futuramente,
seguir a carreira diplomática brasileira,

A) deverá ser registrado em repartição brasileira competente quando atingir a maioridade, a fim de
obter a naturalização.
12 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
B) não precisará se naturalizar, já que é considerado brasileiro nato segundo o texto constitucional
brasileiro.
C) deverá residir, pelo menos, por um ano ininterrupto no Brasil, a fim de obter automaticamente sua
naturalização.
D) deverá possuir filhos brasileiros ou bens no Brasil como condição para obter a naturalização.
E) não poderá alcançar este objetivo, pois é considerado estrangeiro e não conseguirá se naturalizar,
segundo o texto constitucional brasileiro.
Fonte: FCC / 2012 / FCC Instituto Nacional do Seguro Social - BR / Perito Médico - Previdenciário / Questão:23

53.John, inglês, menor impúbere, nascido na Inglaterra, foi registrado na repartição inglesa, filho de pai
inglês e de mãe brasileira, será considerado

A) brasileiro nato, se vier a residir no Brasil e opte, em qualquer tempo, depois de atingida a
maioridade, pela nacionalidade brasileira.
B) sempre brasileiro naturalizado, a qualquer tempo porque foi registrado na repartição inglesa.
C) sempre brasileiro nato, pois, independentemente de residir na Inglaterra, é filho de mãe brasileira.
D) brasileiro naturalizado, desde que venha a residir no Brasil e requisite, em qualquer idade, a
nacionalidade brasileira.
E) brasileiro nato, desde que, enquanto menor, mesmo residindo na Inglaterra, sua mãe protocole no
Supremo Tribunal Federal a requisição da sua nacionalidade brasileira.
Fonte: FCC / 2012 / FCC Tribunal de Justiça de Pernambuco - PE / Oficial de Justiça - Área Judiciária e Administrativa / Questão:33

54.Igor, belga, deseja se naturalizar brasileiro, porém, segundo a Constituição Federal brasileira, ele
deverá preencher o requisito de residir no Brasil há mais de

A) quinze anos ininterruptos e sem condenação penal, desde que requeira a nacionalidade brasileira.
B) um ano e com idoneidade moral, desde que requeira a nacionalidade brasileira.
C) cinco anos ininterruptos e sem condenação criminal, com idoneidade moral.
D) dez anos ininterruptos e sem condenação criminal, com idoneidade moral.
E) cinco anos ininterruptos, desde que tenha idoneidade moral e capacidade financeira comprovada,
independentemente de requerimento.
Fonte: FCC / 2012 / FCC Tribunal Regional Federal / 2ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:55

55.Considere os seguintes cargos: I. Presidente da Câmara dos Deputados. II. Presidente do Senado
Federal. III. Membro de Tribunal Regional Federal. IV. Ministro do Superior Tribunal de Justiça. São,
dentre outros, cargos privativos de brasileiro nato os indicados APENAS em

A) I, II e III.
B) II e III.
C) I e II.
D) I e IV.
E) II e IV.
Fonte: FCC / 2012 / FCC Tribunal Regional Federal / 2ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Arquitetura / Questão:28

56.Roberval, brasileiro, ficou viúvo, pois sua esposa Amália, holandesa e que não tinha filhos, faleceu
na Escócia durante um passeio turístico, cujo ascendente paterno, Arquimedes, reside na Espanha e
sua ascendente materna, Hilda, reside na França. Amália era proprietária de três imóveis no Brasil e,
segundo a Constituição Federal, a sucessão dos seus bens será regulada, no caso, pela lei

A) francesa em benefício de Roberval, pois prevalece o domicilio de Hilda.


B) holandesa em benefício de Roberval, mesmo lhe sendo mais favorável a lei brasileira.
C) escocesa em benefício de Roberval, pois prevalece o local do óbito.
D) espanhola em benefício de Roberval, pois prevalece o domicilio de Arquimedes.
E) brasileira em benefício de Roberval, sempre que não lhe seja mais favorável a lei pessoal de Amália.
Fonte: FCC / 2012 / FCC Tribunal Regional Eleitoral / Ceará - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:21

57.Em relação aos brasileiros natos, é correto afirmar que o texto constitucional

A) adotou apenas o critério do local de nascimento para determinação da nacionalidade.


B) estabeleceu um rol aberto com as hipóteses para aquisição da nacionalidade, o qual poderá ser
ampliado por lei complementar.
C) proíbe que sejam extraditados, ainda que haja comprovado envolvimento em tráfico ilícito de
entorpecentes.
D) adotou apenas o critério do parentesco sanguíneo para determinação da nacionalidade.
E) reserva-lhes o cargo de Ministro do Superior Tribunal de Justiça.
Fonte: FCC / 2012 / FCC Tribunal de Contas Estadual - AP / Técnico de Controle Externo / Questão:32

13 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
58.João, filho de pai brasileiro e mãe espanhola, nascido na França, por ocasião de serviços
diplomáticos prestados naquele Estado por seu pai à República Federativa do Brasil, reside há dez anos
ininterruptos no país e pretende candidatar-se a Presidente da República. Nesse caso, considerada
exclusivamente a exigência relativa à nacionalidade, João

A) não poderá candidatar-se, por se tratar de cargo reservado a brasileiros natos e João ser estrangeiro,
à luz da Constituição da República.
B) poderá candidatar-se, por ser considerado brasileiro nato, atendendo a essa condição de
elegibilidade, nos termos da Constituição da República.
C) poderá candidatar-se, desde que possua idoneidade moral e adquira a nacionalidade brasileira, na
forma da lei, por já residir há mais de um ano ininterrupto no país.
D) poderá candidatar-se, desde que resida por mais cinco anos ininterruptos no país, não sofra
condenação criminal e requeira a nacionalidade brasileira.
E) poderá candidatar-se, desde que opte pela nacionalidade brasileira, a qualquer tempo.
Fonte: FCC / 2012 / FCC Tribunal Regional Eleitoral / São Paulo - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:23

59.Karen, brasileira nata, trabalha como modelo e reside na cidade de Milão, na Itália. Lá conhece o
italiano Stefano, com quem tem um filho, Luigi, nascido na cidade de Milão, no mês de dezembro de
2011. Nos termos preconizados pela Constituição Federal de 1988, Luigi será considerado brasileiro
nato desde que

A) venha a residir na República Federativa do Brasil e opte pela nacionalidade brasileira antes de
completar 21 anos de idade.
B) seja registrado em repartição brasileira competente ou venha a residir na República Federativa do
Brasil e opte, em qualquer tempo, depois de atingida a maioridade, pela nacionalidade brasileira.
C) seja registrado em repartição brasileira competente, ou venha a residir na República Federativa do
Brasil, antes da maioridade e, alcançada esta, opte, em doze meses, pela nacionalidade brasileira.
D) seja registrado em repartição brasileira competente e venha a residir na República Federativa do
Brasil a qualquer momento, independentemente da opção pela nacionalidade.
E) seja registrado em repartição brasileira competente e resida na República Federativa do Brasil pelo
prazo mínimo de quinze anos.
Fonte: FCC / 2012 / FCC Tribunal Regional Federal / 2ª Região - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:42

60.Péricles, português residente há mais de um ano ininterrupto no Brasil e com idoneidade moral,
Pompeu, grego naturalizado brasileiro, Cipriano, inglês residente no Brasil há quinze anos ininterruptos
e sem condenação criminal, Alexandre, nascido no Brasil e filho de pais franceses a serviço da França, e
Tibério, nascido na Bélgica e filho de pai brasileiro a serviço da República Federativa do Brasil, foram
cogitados para ocupar cargo de Ministro de Estado da Defesa do Brasil. Nesse caso, segundo a
Constituição Federal, o cargo só poderá ser ocupado por

A) Tibério.
B) Pompeu.
C) Cipriano.
D) Péricles.
E) Alexandre.
Fonte: FCC / 2012 / FCC Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro - RJ / Técnico Judiciário - Àrea Administrativo / Questão:25

61.Alícia, brasileira nascida na cidade de Porto Alegre, trabalha como chefe de cozinha, e conhece Paul,
canadense, também chefe de cozinha, ao frequentar um curso específico na cidade de Toronto. Ambos
iniciam relacionamento amoroso e se casam no Canadá, fixando residência na cidade de Toronto. Após
um ano de casamento, nasce Mila, fruto da união do casal, em uma maternidade local. Mila é registrada
em repartição brasileira. Neste caso, de acordo com a Constituição da República brasileira, Mila

A) será considerada brasileira nata se vier a residir na República Federativa do Brasil e optar, em
qualquer tempo, depois de atingida a maioridade, pela nacionalidade brasileira.
B) será considerada brasileira nata se vier a residir no Brasil antes da maioridade e, alcançada esta,
optar a qualquer tempo, pela nacionalidade brasileira.
C) será considerada brasileira nata se vier a residir no Brasil e optar a qualquer tempo pela
nacionalidade brasileira.
D) é considerada brasileira nata.
E) será considerada brasileira nata se vier a residir na República Federativa do Brasil, antes de atingir a
maioridade.
Fonte: FCC / 2012 / FCC Tribunal Superior do Trabalho - BR / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:24

62.Considere as seguintes situações hipotéticas de atos administrativos das respectivas autoridades


competentes: I. Diego, naturalizado brasileiro, com 42 anos, notável saber jurídico e reputação ilibada,
14 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
é nomeado, após regular aprovação pelo Senado Federal, pelo Presidente da República e pelo Ministro
do Superior Tribunal de Justiça. II. Joaquim, angolano, com idoneidade moral comprovada, adquire a
nacionalidade brasileira após residir no Brasil por seis meses ininterruptos. III. Paolo, nascido na Itália e
naturalizado brasileiro no ano de 2009, é preso em flagrante no ano de 2011 após se envolver
comprovadamente com o crime de tráfico ilícito de entorpecentes nos âmbitos nacional e internacional.
Paolo acaba extraditado, observado o devido processo legal, ao país de origem. IV. Lincoln, filho de
Maria, brasileira, e Peter, americano, nasce na cidade de Miami, nos Estados Unidos e é registrado na
Repartição Brasileira competente. Lincoln será considerado brasileiro nato, desde que venha residir no
Brasil a qualquer tempo. De acordo com a Constituição Federal Brasileira, estão corretos os atos
indicados APENAS em

A) I e III.
B) I, II e III.
C) II, III e IV.
D) I, II e IV.
E) II e IV.
Fonte: FCC / 2012 / FCC Tribunal Superior do Trabalho - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:32

63.No caso de Estado estrangeiro requerer à República Federativa do Brasil a extradição de brasileiro
nato que se encontre no território nacional, o pedido em questão

A) será admitido apenas na hipótese de cancelamento de sua naturalização, por sentença judicial, em
virtude de atividade nociva ao interesse nacional.
B) será admitido somente na hipótese de a lei do Estado solicitante reconhecer igualmente
nacionalidade originária ao extraditando.
C) não poderá ser atendido, uma vez que a Constituição da República não admite a extradição de
brasileiro nato, quaisquer que sejam as circunstâncias ou a natureza do delito.
D) poderá ser admitido na hipótese de comprovado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes e
drogas afins, na forma da lei.
E) poderá ser admitido, salvo na hipótese de condenação em virtude de crime político ou de opinião.
Fonte: FCC / 2012 / FCC Ministério Público Estadual - AP / Promotor de Justiça Substituto / Questão:8

64.Considere as situações hipotéticas abaixo. I. Mariana é Vice-Presidente da República. II. Camila é


Ministra do Supremo Tribunal Federal. III. Gilda é Presidente da Câmara dos Deputados. IV. Fernanda é
Ministra do Superior Tribunal de Justiça. V. Carolina é Ministra do Tribunal Superior do Trabalho. De
acordo com a Constituição Federal brasileira, são privativos de brasileiro nato os cargos ocupados
APENAS por

A) Mariana e Gilda.
B) Mariana, Camila, Fernanda e Carolina.
C) Camila, Fernanda e Carolina.
D) Mariana, Camila e Gilda.
E) Mariana e Camila.
Fonte: FCC / 2012 / FCC Ministério Público Estadual - AP / Técnico Ministerial - Área Auxiliar Administrativo / Questão:22

65.Eulina, nascida em 18 de novembro de 2011 no Brasil, é filha de cidadão espanhol e de cidadã


croata que estavam passando suas férias em passeio turístico no Piauí. Carmem, nascida em 22 de
fevereiro de 2012 na Grécia, é filha de cidadãos brasileiros que estavam a serviço da República
Federativa do Brasil no mencionado país. Neste caso,

A) apenas Carmem é brasileira nata.


B) Eulina e Carmem podem se tornar brasileiras naturalizadas, se preencherem os requisitos
constitucionais.
C) apenas Eulina é brasileira nata.
D) Eulina e Carmem são brasileiras natas.
E) Eulina e Carmem são brasileiras naturalizadas independentemente do preenchimento de qualquer
requisito.
Fonte: FCC / 2012 / FCC Ministério Público Estadual - AP / Técnico Ministerial - Área Auxiliar Administrativo / Questão:26

66.Considere: I. Ananias, nascido no Brasil, é filho de pai inglês e mãe alemã que não estavam a
serviço de seus países. II. Aristóteles, nascido na Holanda, é filho de pai holandês e de mãe brasileira
que estava a serviço do Brasil. III. Airton, nasceu na Rússia, filho de pai brasileiro e de mãe russa que
veio residir no Brasil e, quando completou dezoito anos, de idade optou pela nacionalidade brasileira.
IV. Alberto, nascido em Portugal, adquiriu a nacionalidade brasileira após residir por um ano
ininterrupto no Brasil; possui idoneidade moral. V. Ataulfo, nascido na França, residente no Brasil há
mais de quinze anos ininterruptos e sem condenação penal, requereu a nacionalidade brasileira. São
considerados brasileiros natos
15 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
A) Ananias, Alberto e Ataulfo.
B) Aristóteles, Airton e Ananias.
C) Ataulfo, Airton e Aristóteles.
D) Ataulfo, Alberto e Airton.
E) Ananias, Aristóteles e Alberto.
Fonte: FCC / 2012 / FCC Ministério Público Estadual - PE / Analista Ministerial - Área Jurídica / Questão:21

67.Tício, filho de pais americanos, nasceu no Brasil uma vez que seus pais são diplomatas e estavam
em território brasileiro a serviço do seu país. Bruno, filho de pais brasileiros, nasceu no México, uma vez
que sua mãe estava neste país a serviço da República Federativa do Brasil. Nestes casos,

A) Tício e Bruno são brasileiros natos.


B) apenas Tício é brasileiro nato.
C) apenas Bruno é brasileiro nato.
D) Tício e Bruno são americano e mexicano, respectivamente.
E) Tício e Bruno podem ser brasileiros naturalizados, desde que façam esta opção no prazo
constitucional.
Fonte: FCC / 2011 / FCC Tribunal Regional Eleitoral / Rio Grande do Norte - BR / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:26

68.Homero obteve a cidadania brasileira, após processo de naturalização, porém seu país de origem,
Jamaica, requereu ao Brasil sua extradição por crime comum. Segundo a Constituição Federal, sua
extradição só será concedida no caso

A) de crime de opinião praticado antes do processo de naturalização.


B) de crime político praticado antes do processo de naturalização.
C) do delito ter sido praticado antes da naturalização.
D) de crime político praticado depois do processo de naturalização.
E) de crime de opinião praticado depois do processo de naturalização.
Fonte: FCC / 2011 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 23ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Judiciária - Especialidade: Execução de Mandados / Questão:51

69.Será declarada a perda da nacionalidade do brasileiro que

A) adquirir outra nacionalidade no caso de imposição de naturalização, pela norma estrangeira, ao


brasileiro residente em Estado estrangeiro, como condição para permanência em seu território.
B) adquirir outra nacionalidade, no caso de reconhecimento de nacionalidade originária pela lei
estrangeira.
C) tiver cancelada sua naturalização, por sentença judicial, em virtude de atividade nociva ao interesse
nacional.
D) adquirir outra nacionalidade, no caso de imposição de naturalização, pela norma estrangeira, ao
brasileiro residente em Estado estrangeiro, como condição para o exercício de direitos civis.
E) adquirir outra nacionalidade, não se admitindo exceções.
Fonte: FCC / 2011 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 24ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade: Medicina / Questão:28

70.O modo de aquisição da nacionalidade secundária depende

A) da origem sanguínea e territorial.


B) da vontade do indivíduo e do Estado.
C) do fato natural do nascimento.
D) da origem territorial, apenas.
E) da origem sanguínea, apenas.
Fonte: FCC / 2011 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 20ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:24

71.Em relação à nacionalidade, determina a Constituição Federal que

A) a perda da nacionalidade do brasileiro que tiver cancelada sua naturalização será declarada, por
decisão do Ministério da Justiça, em virtude de atividade nociva ao interesse nacional.
B) os cargos de Presidente da Câmara dos Deputados, Ministro do Superior Tribunal de Justiça e de
oficial das Forças Armadas são privativos de brasileiro nato.
C) as normas constitucionais não poderão estabelecer distinção entre brasileiros natos e naturalizados.
D) o brasileiro não perderá a nacionalidade no caso de imposição de naturalização, pela norma
estrangeira, ao brasileiro residente em estado estrangeiro, como condição para permanência em seu
território ou para o exercício de direitos civis.
E) os direitos inerentes aos brasileiros serão atribuídos aos portugueses, independentemente de
residirem no Brasil ou no exterior, como reciprocidade aos laços entre Brasil e Portugal durante o
período colonial.
Fonte: FCC / 2011 / FCC Tribunal de Contas Estadual - PR / Analista de Controle - Área Contábil / Questão:12

16 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
72.O filho de mãe brasileira naturalizada e pai estrangeiro, nascido no país de origem do pai por
ocasião de viagem de turismo de seus genitores, será considerado, nos termos da Constituição da
República,

A) estrangeiro.
B) brasileiro naturalizado, após residir na República Federativa do Brasil por mais de quinze anos
ininterruptos e sem condenação penal, desde que requeira a nacionalidade brasileira.
C) brasileiro naturalizado, desde que resida por um ano ininterrupto no Brasil e possua idoneidade
moral.
D) brasileiro nato, desde que seja registrado em repartição brasileira competente ou venha a residir na
República Federativa do Brasil e opte, em qualquer tempo, depois de atingida a maioridade, pela
nacionalidade brasileira.
E) brasileiro nato, independentemente do preenchimento de qualquer condição.
Fonte: FCC / 2011 / FCC Procuradoria Geral do Estado - MT / Procurador do Estado / Questão:11

73.A saída compulsória do estrangeiro fundamentada no fato de ter permanecido irregularmente no


território nacional, não decorrendo da prática de delito em território nacional, mas tão somente do não
cumprimento dos requisitos para permanecer no Brasil, desde que não se retire voluntariamente no
prazo determinado pela autoridade competente, é classificada como

A) banimento.
B) extradição.
C) expulsão.
D) deportação.
E) ostracismo.
Fonte: FCC / 2010 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 22ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:25

74.O alistamento eleitoral NÃO é

A) facultativo para os naturalizados.


B) facultativo para os analfabetos.
C) facultativo para os maiores de setenta anos.
D) facultativo para os maiores de dezesseis e menores de dezoito anos.
E) obrigatório para os maiores de dezoito anos.
Fonte: FCC / 2010 / FCC Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul - MS / Juiz de Direito Substituto / Questão:66

75.Sobre o reconhecimento da nacionalidade brasileira, é correto afirmar:

A) Não pode haver distinção entre brasileiros natos e naturalizados, inclusive para efeitos das
condições de elegibilidade, com base no princípio da igualdade.
B) O brasileiro naturalizado pode ser extraditado somente em caso de comprovado envolvimento em
tráfico de entorpecentes e drogas afins.
C) O cancelamento da naturalização em virtude de atividade nociva ao interesse nacional por sentença
judicial leva à declaração da perda da nacionalidade brasileira.
D) Brasileiros natos ou pessoas jurídicas constituídas sob as leis brasileiras e que tenham sede no País
são os únicos com direito a concessão de propriedade de empresa jornalística, de radiodifusão sonora,
de sons e de imagens.
E) A aquisição da nacionalidade ocorre pelo critério ius solis, de modo que qualquer pessoa nascida no
território brasileiro, mesmo que filho de estrangeiros, terá a nacionalidade primária imposta,
independentemente de sua vontade.
Fonte: FCC / 2010 / FCC Prefeitura de Teresina - PI / Procurador Municipal / Questão:14

76.Relativamente à possibilidade de extradição de indivíduos sujeitos a investigação ou processo


criminal perante autoridades estrangeiras, a Constituição da República prevê que o estrangeiro que se
encontrar em território nacional

A) não será extraditado em hipótese alguma.


B) não será extraditado na hipótese de cometimento de crime político ou de opinião.
C) será extraditado apenas na hipótese de comprovado envolvimento em tráfico ilícito de
entorpecentes e drogas afins, na forma da lei.
D) poderá ser extraditado, no caso de prática de crime comum, desde que a condenação seja anterior à
sua entrada no país.
E) não poderá ser extraditado, exceto nas hipóteses de cometimento dos crimes de racismo ou tortura.
Fonte: FCC / 2009 / FCC Defensoria Pública do Estado do Maranhão - MA / Defensor Público / Questão:9

77.Podem ser extraditados, em determinadas circunstâncias, os brasileiros nascidos


17 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
A) na República Federativa do Brasil, ainda que de pais estrangeiros que não estejam a serviço de seu
país.
B) no estrangeiro, de pai ou mãe brasileira que esteja a serviço da República Federativa do Brasil.
C) no estrangeiro, de pai brasileiro ou mãe brasileira, residentes na República Federativa do Brasil e
que tenham optado pela nacionalidade brasileira.
D) no estrangeiro, de pai brasileiro ou mãe brasileira, registrados em repartição brasileira competente.
E) em países de língua portuguesa que, cumpridos os requisitos constitucionais, tenham adquirido a
nacionalidade brasileira.
Fonte: FCC / 2009 / FCC Defensoria Pública do Estado do Pará - PA / Defensor Público / Questão:1

78.São privativos de brasileiro nato os cargos de

A) Presidente da República e Ministro de Estado da Defesa.


B) Vice- Presidente da República e Ministro do Superior Tribunal de Justiça.
C) membro da carreira diplomática e Senador.
D) Ministro do Supremo Tribunal Federal e Deputado Federal.
E) Oficial das Forças Armadas e Ministro das Relações Exteriores.
Fonte: FCC / 2009 / FCC Ministério Público Estadual - SE / Técnico do Ministério Público - Área Administração / Questão:37

79.Segundo a Constituição Federal brasileira de 1988, o brasileiro nato

A) é protegido sem restrições e, portanto, não poderá perder a nacionalidade em nenhuma hipótese.
B) poderá adquirir outra nacionalidade, desde que abdique da condição de brasileiro nato.
C) não poderá ser extraditado, salvo comprovado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes e
drogas afins.
D) poderá ter cancelada sua condição de brasileiro nato, por sentença judicial, em virtude de atividade
nociva ao interesse nacional.
E) poderá ter mais direitos do que o brasileiro naturalizado, caso a Constituição estabeleça a distinção.
Fonte: FCC / 2009 / FCC Ministério Público Estadual - SE / Técnico do Ministério Público - Área Administração / Questão:38

80.São brasileiros natos, nos termos da Constituição, os

A) nascidos na República Federativa do Brasil, ainda que de pais estrangeiros que estejam a serviço de
seu país.
B) nascidos no estrangeiro, filhos de pais brasileiros, desde que ambos estejam a serviço da República
Federativa do Brasil.
C) nascidos no estrangeiro, de pai brasileiro ou mãe brasileira, desde que sejam registrados em
repartição brasileira competente ou venham a residir na República Federativa do Brasil e optem, a
qualquer tempo, depois de atingida a maioridade, pela nacionalidade brasileira.
D) que, na forma da lei, adquiram a nacionalidade brasileira, exigidas aos originários de países de
língua portuguesa apenas residência por um ano ininterrupto e idoneidade moral.
E) estrangeiros de qualquer nacionalidade residentes na República Federativa do Brasil há mais de
quinze anos ininterruptos e sem condenação penal, desde que requeiram a nacionalidade brasileira.
Fonte: FCC / 2009 / FCC Tribunal de Contas Estadual - GO / Técnico de Controle Externo - Área Técnico Administrativo / Questão:35

81.A respeito da nacionalidade, considere: I. Os nascidos na República Federativa do Brasil, ainda que
de pais estrangeiros, que não estejam a serviço de seu país, são considerados brasileiros natos. II. Na
forma da Lei, consideram-se brasileiros naturalizados os originários de países de língua portuguesa que
residirem no Brasil por um ano ininterrupto e possuírem idoneidade moral. III. O cargo de Ministro do
Supremo Tribunal Federal é privativo de Brasileiro Nato. IV. O cargo de Presidente do Tribunal Superior
Eleitoral é privativo de brasileiro nato. De acordo com a Constituição Federal Brasileira está correto o
que se afirma APENAS em

A) III e IV.
B) II e III.
C) I, II e III.
D) I, II e IV.
E) I e III.
Fonte: FCC / 2009 / FCC Tribunal Regional Eleitoral / Piauí - BR / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:31

82.Helmult Kholl, nascido em Berlim, adquiriu a nacionalidade brasileira após a promulgação da


Constituição Federal de 1988. Nessa qualidade, poderá ele exercer, dentre outros, o cargo de

A) Vice-Presidente da República.
B) Oficial das Forças Armadas.
C) Ministro Chefe da Casa Civil.
18 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
D) Ministro do Supremo Tribunal Federal.
E) Presidente da Câmara dos Deputados.
Fonte: FCC / 2009 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 15ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Execução de Mandados / Questão:26

83.Será declarada a perda da nacionalidade do brasileiro que

A) nascido na Alemanha, de mãe brasileira a serviço da República Federativa do Brasil, for residir na
China.
B) obtiver o reconhecimento de nacionalidade originária pela lei estrangeira.
C) residir em estado estrangeiro e se naturalizar em razão de imposição de norma estrangeira, como
condição para permanência em seu território.
D) nascido na República Federativa do Brasil, filho de pais estrangeiros,que não estavam a serviço de
seu país, for residir na Espanha.
E) adquirir outra nacionalidade, salvo nos casos previstos na Constituição Federal.
Fonte: FCC / 2009 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 7ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Execução de Mandados / Questão:22

84.Brasileiro residente no exterior decide se naturalizar, por entender que, desse modo, terá mais
oportunidades de trabalho. A obtenção da nacionalidade estrangeira

A) acarretará a perda dos direitos políticos, porém não a da nacionalidade brasileira.


B) acarretará a perda da nacionalidade brasileira, desde que decretada por sentença judicial.
C) acarretará a perda automática da nacionalidade brasileira e, consequentemente, dos direitos
políticos.
D) não acarretará consequência alguma, no plano dos direitos políticos e de nacionalidade, tendo em
vista os objetivos colimados.
E) acarretará a perda automática da nacionalidade brasileira, salvo se houver requerimento prévio no
sentido de sua preservação.
Fonte: FCC / 2009 / FCC Procuradoria Geral do Estado - SP / Procurador do Estado / Questão:7

85.Relativamente às disposições constitucionais brasileiras sobre nacionalidade e cidadania, e sua


compreensão segundo a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal,

A) cabe habeas corpus para o fim de constranger o Presidente da República a decidir sobre a
extradição ou não de súdito estrangeiro, concedendo-lhe ou não clemência.
B) não cabe mandado de injunção quando a falta de norma regulamentadora torna inviável o exercício
das prerrogativas inerentes à soberania popular.
C) são privativos de brasileiros natos os cargos de praça e oficial das Forças Armadas.
D) a Portaria de formal reconhecimento da naturalização, expedida pelo Ministro de Estado da Justiça, é
de caráter meramente declaratório, em razão do que os seus efeitos retroagem à data do requerimento
do interessado.
E) a petição de habeas corpus impetrada por extraditando espanhol pode ser redigida na Língua
materna do paciente.
Fonte: FCC / 2009 / FCC Ministério Público Estadual - CE / Promotor de Justiça / Questão:12

86.Klaus Werner, de origem alemã, adquiriu a nacionalidade brasileira após regular processo de
naturalização. Assim, poderá ele exercer dentre outros, o cargo de

A) Ministro do Supremo Tribunal Federal.


B) Vice-Presidente da República.
C) Ministro da Fazenda.
D) Oficial das Forças Armadas.
E) Presidente da Câmara dos Deputados.
Fonte: FCC / 2009 / FCC Tribunal de Justiça do Pará - PA / Auxiliar Judiciário / Questão:47

87.Dentre outros, é privativo de brasileiro nato o cargo de

A) Ministro dos Tribunais Superiores.


B) Oficial das Forças Armadas.
C) Governador de Estado.
D) Presidente de Assembléias Legislativas.
E) Senador da República.
Fonte: FCC / 2008 / FCC Tribunal Regional Federal / 5ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Arquitetura / Questão:28

88.No que diz respeito aos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos, o ato de entregar o estrangeiro a
outro Estado por delito nele praticado é denominado

19 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
A) deportação.
B) expulsão.
C) extradição.
D) exclusão.
E) banimento.
Fonte: FCC / 2008 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 2ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Execução de Mandados / Questão:26

89.No que diz respeito à nacionalidade, é correto afirmar que são considerados brasileiros
naturalizados os

A) estrangeiros de qualquer nacionalidade, residentes na República Federativa do Brasil há cinco anos


ininterruptos e sem condenação penal, desde que requeiram a nacionalidade brasileira.
B) nascidos na República Federativa do Brasil, ainda que de pais estrangeiros, desde que estes não
estejam a serviço de seu país.
C) nascidos no estrangeiro, de pai brasileiro ou mãe brasileira, desde que qualquer deles esteja a
serviço da República Federativa do Brasil.
D) que, na forma da lei, adquiram a nacionalidade brasileira, exigidas aos originários de países de
língua portuguesa apenas residência por um ano ininterrupto e idoneidade moral.
E) nascidos no estrangeiro de pai brasileiro ou de mãe brasileira, desde que sejam registrados em
repartição brasileira competente ou venham a residir na República Federativa do Brasil e optem, em
qualquer tempo, antes de atingida a maioridade, pela nacionalidade brasileira.
Fonte: FCC / 2008 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 18ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:22

90.Dentre outros é privativo de brasileiro nato os cargos de

A) Ministro de Estado da Fazenda.


B) Senador da República.
C) Governador de Estado.
D) Oficial das Forças Armadas.
E) Deputado Federal.
Fonte: FCC / 2008 / FCC Tribunal Regional Federal / 5ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:49

91.Os estrangeiros de qualquer nacionalidade, exceto os originários de países de língua portuguesa,


sujeitos a outra regra, poderão requerer a nacionalidade brasileira desde que residam na República
Federativa do Brasil, sem condenação penal, há no mínimo

A) dez anos ininterruptos.


B) dez anos ininterruptos ou não.
C) quinze anos ininterruptos.
D) quinze anos ininterruptos ou não.
E) doze anos ininterruptos.
Fonte: FCC / 2007 / FCC Tribunal Regional Federal / 2ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Taquigrafia / Questão:11

92.É cargo privativo de brasileiro nato, dentre outros, o de

A) Senador.
B) Ministro da Fazenda.
C) Presidente do Banco Central do Brasil.
D) Ministro do Superior Tribunal de Justiça.
E) Presidente da Câmara dos Deputados.
Fonte: FCC / 2007 / FCC Tribunal Regional Federal / 2ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Taquigrafia / Questão:17

93.De acordo com a Constituição Federal Brasileira de 1988, são símbolos da República Federativa do
Brasil:

A) a bandeira, o hino e as Forças Armadas.


B) a bandeira, o hino, as armas e os selos nacionais.
C) a bandeira, o hino e as armas, apenas.
D) a bandeira, as Forças Armadas e os Três Poderes da União.
E) a bandeira, o hino, as Forças Armadas e os Três Poderes da União.
Fonte: FCC / 2007 / FCC Tribunal Regional Federal / 2ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Taquigrafia / Questão:18

94.Nascido em Londres, mas residente no Brasil há vinte anos ininterruptos e sem ostentar qualquer
condenação penal, Robert Scoot (37 anos de idade) requereu a nacionalidade brasileira que lhe foi
concedida. Assim poderá ele exercer, dentre outros, o cargo de

20 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
A) Senador.
B) Ministro do Supremo Tribunal Federal.
C) Oficial das Forças Armadas.
D) Ministro de Estado da Defesa.
E) Presidente da Câmara dos Deputados.
Fonte: FCC / 2007 / FCC Tribunal Regional Eleitoral / Paraíba - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:24

95.José não nasceu no Brasil, mas naturalizou-se brasileiro nos termos da lei. Um cargo que José NÃO
poderá exercer é o de

A) Juiz de Direito.
B) Senador da República.
C) Deputado Federal.
D) Ministro da Justiça.
E) Ministro de Estado da Defesa.
Fonte: FCC / 2007 / FCC Tribunal Regional Eleitoral / Sergipe - BR / Técnico Judiciário - Área Segurança Judiciário / Questão:34

96.É privativo de brasileiro nato o cargo de

A) Senador.
B) Ministro do Superior Tribunal de Justiça.
C) Presidente da Câmara dos Deputados.
D) Governador de Estado.
E) Presidente dos Tribunais Regionais Federais.
Fonte: FCC / 2007 / FCC Ministério Público da União - BR / Analista - Área Administrativa / Questão:36

97.No que concerne à nacionalidade, analise: I. São símbolos da República Federativa do Brasil a
bandeira, o hino, as armas e o selo nacionais. II. São brasileiros naturalizados os que, na forma da lei,
adquiram a nacionalidade brasileira, exigidas aos originários de países de língua portuguesa apenas
residência por um ano ininterrupto e idoneidade moral. III. São também brasileiros naturalizados os
estrangeiros de qualquer nacionalidade residentes na República Federativa do Brasil há pelo menos dez
anos ininterruptos e sem condenação penal, desde que requerida a nacionalidade brasileira. IV. São
considerados brasileiros natos os nascidos na República Federativa do Brasil, de pais estrangeiros,
ainda que estes estejam a serviço de seu país. É correto o que se consta APENAS em

A) I e II.
B) I, II e III.
C) I, II e IV.
D) II e IV.
E) II, III e IV.
Fonte: FCC / 2007 / FCC Ministério Público da União - BR / Analista - Área Orçamento / Questão:34

98.Márcio é brasileiro nato e é o embaixador do Brasil na Inglaterra, residindo na cidade de Londres. Lá,
Márcio conhece Tina, inglesa e começa um relacionamento amoroso com ela, que resulta no
nascimento de um filho,de nome Cris. Nos termos da Carta Magna Brasileira de 1988, Cris

A) somente será considerado brasileiro nato se não optar pela nacionalidade inglesa originária,
decorrente de sua genitora.
B) é brasileiro nato, desde que venha residir na República Federativa do Brasil e opte a qualquer tempo
pela nacionalidade brasileira.
C) é brasileiro nato, desde que venha residir na República Federativa do Brasil até vinte e um anos de
idade e opte pela nacionalidade brasileira.
D) é brasileiro nato, independentemente de vir residir no Brasil e optar pela nacionalidade brasileira.
E) é brasileiro nato, desde que venha residir na República Federativa do Brasil, independentemente de
qualquer opção pela nacionalidade brasileira.
Fonte: FCC / 2007 / FCC Tribunal Regional Federal / 2ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:50

99.Javier nasceu no México e veio para o Brasil quando tinha 15 anos de idade. Após residir no Brasil
por trinta anos, resolve requerer a sua nacionalidade brasileira, que é devidamente reconhecida e
concedida, nos termos da Constituição Federal Brasileira de 1988. Naturalizado, Javier agora poderá
exercer o cargo de

A) Senador.
B) Presidente da Câmara dos Deputados.
C) Ministro do Supremo Tribunal Federal.
D) Ministro de Estado da Defesa.
E) Oficial das forças armadas.
21 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
Fonte: FCC / 2007 / FCC Tribunal Regional Federal / 2ª Região - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:46

100.São considerados brasileiros natos, de acordo com a Constituição Federal Brasileira de 1988,

A) os nascidos na República Federativa do Brasil, ainda que de pais estrangeiros, desde que estes não
estejam a serviço de seu país.
B) os nascidos no estrangeiro, de pai brasileiro ou mãe brasileira, desde que qualquer deles esteja a
serviço da República Federativa do Brasil e que venham obrigatoriamente residir a qualquer momento
no Brasil.
C) os nascidos no estrangeiro, de pai brasileiro ou de mãe brasileira, desde que venham a residir na
República Federativa do Brasil até completar vinte e um anos de idade e optem pela nacionalidade
brasileira.
D) os nascidos na República Federativa do Brasil, ainda que de pais estrangeiros, inclusive se estiverem
a serviço de seu país.
E) os que, na forma da lei, adquiram a nacionalidade brasileira, exigidas aos originários de países de
língua portuguesa apenas residência por um ano ininterrupto e idoneidade moral.
Fonte: FCC / 2007 / FCC Tribunal Regional Federal / 2ª Região - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:49

101.Em tema de nacionalidade, é INCORRETO afirmar que

A) será declarada a perda da nacionalidade do brasileiro que, dentre outras hipóteses, tiver cancelada
a sua naturalização, por sentença judicial, em virtude de atividade nociva ao interesse nacional.
B) são brasileiros naturalizados os estrangeiros de qualquer nacionalidade, residentes no Brasil há mais
de quinze anos ininterruptos e sem condenação penal, desde que requeiram a nacionalidade brasileira.
C) são símbolos da República Federativa do Brasil a bandeira, o hino, as armas e o selo nacionais.
D) é privativo de brasileiro nato o cargo de Senador da República.
E) a lei não poderá estabelecer distinção entre brasileiros natos e naturalizados, salvo nos casos
previstos pela Constituição.
Fonte: FCC / 2007 / FCC Tribunal Regional Federal / 4ª Região - BR / Técnico Judiciário - Área Judiciária / Questão:10

102.Também são considerados brasileiros natos os nascidos

A) no estrangeiro, de pai brasileiro ou mãe brasileira, desde que um deles não esteja a serviço da
República Federativa do Brasil.
B) na República Federativa do Brasil, ainda que de pais estrangeiros, desde que estes não estejam a
serviço de seu país.
C) no estrangeiro, de pai brasileiro ou mãe brasileira, independente de optarem pela nacionalidade
brasileira, desde que venham a residir na República Federativa do Brasil.
D) no estrangeiro, de pai brasileiro ou mãe brasileira, desde que ambos não estejam a serviço da
República Federativa do Brasil.
E) no estrangeiro, de pai brasileiro ou mãe brasileira, desde que venham a residir na República
Federativa do Brasil e optem pela nacionalidade brasileira até a maioridade.
Fonte: FCC / 2007 / FCC Ministério Público da União - BR / Técnico Administrativo / Questão:43

103.São privativos de brasileiro nato, dentre outros, os cargos de

A) Presidente da Câmara dos Deputados e da carreira diplomática.


B) Ministro do Supremo Tribunal Federal e de Governador do Distrito Federal.
C) Ministro de Estado da Defesa e de Ministro do Superior Tribunal de Justiça.
D) Governador do Distrito Federal e de Ministro do Superior Tribunal de Justiça.
E) Presidente da Câmara dos Deputados e de Governador do Distrito Federal.
Fonte: FCC / 2007 / FCC Ministério Público da União - BR / Técnico Administrativo / Questão:45

104.De acordo com a Constituição Federal de 1988 NÃO é privativo de brasileiro nato o cargo

A) de Presidente da Câmara dos Deputados.


B) de Presidente do Superior Tribunal de Justiça.
C) de Ministro do Supremo Tribunal Federal.
D) de Ministro de Estado da Defesa.
E) da carreira diplomática.
Fonte: FCC / 2007 / FCC Câmara dos Deputados - BR / Analista Legislativo - Área Comunicação AudioVisual / Questão:40

105.Paul Parker, americano, reside no Brasil há mais de quinze anos e consegue, após o devido
requerimento, a nacionalidade brasileira. A partir de então, “Paul” poderá ocupar o cargo de

A) Ministro do Supremo Tribunal Federal.


B) Senador.
22 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
C) Ministro do Estado e da Defesa.
D) Vice-Presidente da República.
E) Presidente da Câmara dos Deputados.
Fonte: FCC / 2007 / FCC Câmara dos Deputados - BR / Analista Legislativo - Área Enfermagem de Emergência / Questão:28

106.É cargo privativo de brasileiro nato:

A) Ministro de Estado da Defesa.


B) Ministro do Superior Tribunal de Justiça.
C) Procurador-Geral da República.
D) Ministro do Tribunal Superior do Trabalho.
E) Governador de Estado, Território e do Distrito Federal.
Fonte: FCC / 2006 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 24ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Execução de Mandados / Questão:35

107.Suponha que determinada Deputada Estadual de 26 anos de idade, seja brasileira naturalizada e
neta do Governador do Estado. Nessa hipótese, de acordo com a Constituição de 1988, em ano de
realização de eleições estaduais e nacionais, a referida Deputada Estadual

A) seria considerada inelegível para quaisquer mandatos a serem exercidos no Estado em que seu avô
ocupe o cargo de Governador.
B) poderia pleitear a reeleição como Deputada Estadual, mas não poderia concorrer ao cargo de
Governador do Estado.
C) estaria impedida de concorrer aos cargos de Presidente da República, Senador e Deputado Federal,
por não possuir a idade mínima exigida para tanto.
D) seria inelegível para os cargos de Presidente da República, Senador e Deputado Federal, por não ser
brasileira nata.
E) estaria impedida de concorrer a quaisquer dos cargos eletivos estaduais ou nacionais, por ausência
das respectivas condições de elegibilidade.
Fonte: FCC / 2006 / FCC Prefeitura de São Paulo - SP / Auditor Fiscal Tributário Municipal / Questão:34

108.O brasileiro naturalizado, com idade de trinta e cinco anos, domicílio eleitoral no Estado, filiado a
partido político e que esteja no exercício pleno de seus direitos políticos poderá candidatar-se a

A) Ministro de Estado da Defesa, Vice-Governador do Estado ou Deputado Estadual.


B) Vice-Presidente da República, Governador do Estado ou Senador.
C) Presidente da República, Senador ou Governador do Estado.
D) Deputado Federal, Governador do Estado ou Deputado Estadual.
E) Ministro do Supremo Tribunal Federal, Deputado Federal ou Senador.
Fonte: FCC / 2006 / FCC Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo - SP / Auditor Fiscal da Receita Estadual AFRE / Questão:56

109.É correto afirmar que são

A) considerados brasileiros natos, os nascidos em países de língua portuguesa e de pais estrangeiros,


desde que registrados nas embaixadas brasileiras.
B) privativos de brasileiros natos, dentre outros, os cargos da carreira diplomática, de senador e de
deputado federal.
C) naturalizados os nascidos no estrangeiro, de pai brasileiro ou de mãe brasileira, desde que venham a
residir no Brasil e optem em qualquer tempo, pela nacionalidade brasileira.
D) símbolos da República Federativa do Brasil, a bandeira, o hino, as armas e o selo nacionais.
E) vedados ao Distrito Federal e aos Territórios, a utilização de símbolos próprios.
Fonte: FCC / 2006 / FCC Tribunal Regional Eleitoral / Amapá - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:22

110.Nos termos da Constituição Federal, a lei não poderá estabelecer distinção entre brasileiros. Assim,
tanto o nato como o naturalizado podem exercer, dentre outros, os seguintes cargos:

A) Senador, Governador e Ministro da Saúde.


B) Presidente do Senado Federal, Governador e Procurador-Geral da República.
C) Ministro de Estado da Defesa, Presidente do Superior Tribunal de justiça e Advogado-Geral da União.
D) Carreira Diplomática, Ministro do Supremo Tribunal Federal e Deputado Federal.
E) Oficial das Forças Armadas, Presidente da Câmara dos Deputados e Vice-Presidente da República.
Fonte: FCC / 2006 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 20ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Execução de Mandados / Questão:29

111.Dentre outros, NÃO é privativo de brasileiro nato o cargo de

A) Ministro do Supremo Tribunal Federal.


B) Presidente da Câmara dos Deputados.

23 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
C) Oficial das Forças Armadas.
D) Ministro da Justiça.
E) Presidente do Senado Federal.
Fonte: FCC / 2006 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 20ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:30

112.Quanto à nacionalidade, dispõe a Constituição Federal que

A) a lei não poderá, em qualquer hipótese, estabelecer distinção entre brasileiros natos e naturalizados.
B) aos portugueses com residência permanente no país, se houver reciprocidade em favor de
brasileiros, serão atribuídos os direitos inerentes ao brasileiro, salvo os casos previstos na Constituição
Federal.
C) são brasileiros natos, dentre outros, os nascidos na República Federativa do Brasil, ainda que de pais
estrangeiros, desde que estes estejam a serviço de seu país.
D) será declarada a perda ou a suspensão da nacionalidade do brasileiro que tiver cancelada sua
naturalização, por decisão administrativa, em virtude da prática de infração penal de qualquer
natureza.
E) é privativo de brasileiro nato o cargo de Ministro de Estado da Justiça.
Fonte: FCC / 2006 / FCC Tribunal Regional Eleitoral / São Paulo - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:51

113.Os brasileiros naturalizados na forma da lei, podem exercer, dentre outros, os cargos de

A) Governador de Estado e Ministro da Justiça.


B) Ministro do Supremo Tribunal Federal e do Superior Tribunal de Justiça.
C) Oficial das Forças Armadas e da Carreira Diplomática.
D) Presidente da Câmara dos Deputados e de Senador.
E) Vice-Presidente da República e Presidente do Senado Federal.
Fonte: FCC / 2006 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 20ª Região - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:27

114.No que concerne aos direitos e garantias fundamentais, especificamente no Capítulo destinado à
nacionalidade, é correto afirmar que

A) são brasileiros naturalizados os que adquiram a nacionalidade brasileira, sendo exigida aos
originários de países de língua portuguesa apenas residência no Brasil por seis meses ininterruptos.
B) são brasileiros natos os nascidos no estrangeiro, de pai ou mãe brasileira, em qualquer
circunstância.
C) são brasileiros naturalizados os estrangeiros de qualquer nacionalidade residentes no Brasil há mais
de dez anos, ininterruptos e sem condenação criminal, desde que requeiram a nacionalidade brasileira.
D) são brasileiros natos os nascidos no Brasil, ainda que de pais estrangeiros, em qualquer condição.
E) o brasileiro que obtiver reconhecimento de sua nacionalidade originária pela lei estrangeira não
perderá a nacionalidade brasileira.
Fonte: FCC / 2006 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 24ª Região - BR / Técnico Judiciário - Área Administrativa / Questão:43

115.Observe as assertivas abaixo. I. São brasileiros naturalizados os estrangeiros de qualquer


nacionalidade residentes no Brasil há mais de 15 anos ininterruptos e sem condenação penal, desde
que a requeiram. II. Os cargos da carreira diplomática, de Senador, Governador, de oficial das Forças
Armadas e de Vice- Presidente da República, são privativos de brasileiro nato. III. Será declarada a
perda de nacionalidade do brasileiro que adquirir outra nacionalidade, mesmo que reconhecida a
nacionalidade originária pela lei estrangeira. IV. Os símbolos do Brasil são a bandeira, o hino, as armas
e o selo nacionais, podendo os Estados, o Distrito Federal e os Municípios terem seus próprios símbolos.
Estão corretas SOMENTE

A) I e II.
B) I e III.
C) I e IV.
D) II e III.
E) II e IV.
Fonte: FCC / 2005 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 13ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Execução de Mandados / Questão:28

116.Consideram-se brasileiros natos os nascidos no

A) estrangeiro, de pai e de mãe estrangeiros, desde que venham a trabalhar e residir no Brasil e optem,
até no máximo 30 dias após o reingresso, pela nacionalidade brasileira.
B) Brasil, ainda que de pais estrangeiros, estando ou não a serviço de seu país.
C) estrangeiro, de pai brasileiro ou mãe brasileira, desde que qualquer deles esteja a serviço do Brasil.
D) estrangeiro, de pais de qualquer nacionalidade, que sejam registrados em embaixada brasileira, no
máximo após 30 dias de seu nascimento.
E) Brasil, de pais estrangeiros, desde que oriundos de países de língua latina ou lusitana e estejam a
24 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br
serviço de seu país.
Fonte: FCC / 2005 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 13ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:32

117.São brasileiros naturalizados

A) os que, na forma da lei, adquiram a nacionalidade brasileira, exigida aos originários de países de
língua portuguesa a residência por cinco anos ininterruptos, e ausência de condenação penal, desde
que requeiram a nacionalidade brasileira.
B) os estrangeiros de qualquer nacionalidade, residentes na República Federativa do Brasil há mais de
vinte anos ininterruptos e sem condenação penal, desde que requeiram a nacionalidade brasileira.
C) os estrangeiros de qualquer nacionalidade, residentes na República Federativa do Brasil há mais de
quinze anos, ininterruptos ou não, e sem condenação penal, desde que requeiram a nacionalidade
brasileira.
D) os que, na forma da lei, adquiram a nacionalidade brasileira, exigidas aos originários de países de
língua portuguesa apenas residência por um ano ininterrupto e idoneidade moral.
E) os estrangeiros de qualquer nacionalidade, exigida a residência na República Federativa do Brasil
apenas por um ano ininterrupto e idoneidade moral, desde que requeiram a nacionalidade brasileira.
Fonte: FCC / 2005 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 11ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:30

Instruções: Nas questões de números 29 a 32 assinale a alternativa correta em relação à proposição


apresentada.

118.Extradição:

A) Os brasileiros naturalizados podem ser extraditados somente em caso de comprovado envolvimento


em tráfico ilícito de entorpecentes.
B) O brasileiro nato jamais pode ser extraditado do território nacional.
C) O estrangeiro que entrar ou permanecer irregularmente no território nacional será extraditado.
D) A extradição de brasileiros procede-se ex officio da autoridade nacional.
E) O brasileiro nato somente pode ser extraditado se praticar atos atentatórios à segurança nacional.
Fonte: FCC / 2005 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 11ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Execução de Mandados / Questão:29

119.Nacionalidade:

A) Os cargos de Presidente da República, de Ministro do Supremo Tribunal Federal e de Governador do


Estado, somente podem ser exercidos por brasileiros natos.
B) A todos os portugueses, se houver reciprocidade em favor de brasileiros, serão atribuídos os direitos
inerentes ao brasileiro nato.
C) O brasileiro que teve reconhecida outra nacionalidade por Estado estrangeiro, originariamente, em
virtude do critério da origem sangüínea, perde a nacionalidade brasileira.
D) O residente em Estado estrangeiro que adquirir outra nacionalidade por imposição da norma
alienígena, como condição para o exercício de direitos civis não perde a nacionalidade brasileira.
E) A perda da nacionalidade do brasileiro que tiver cancelada sua naturalização, será declarada por
decisão do chefe do executivo federal, em virtude de atividade nociva ao interesse nacional.
Fonte: FCC / 2005 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 11ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Execução de Mandados / Questão:30

Instrução: Nas questões de números 30 a 33, assinale a alternativa correta em relação à proposição
apresentada.

120.Nacionalidade:

A) O nascido dentro do território nacional, cujos pais, de nacionalidade austríaca, aqui estejam gozando
de férias, é considerado estrangeiro.
B) O filho de diplomatas japoneses, nascido no território brasileiro, cujos pais estejam a serviço de seu
país de origem, é considerado brasileiro nato.
C) Os estrangeiros residentes no Brasil há mais de dois anos poderão pleitear a nacionalidade
brasileira, independentemente de qualquer outro requisito.
D) Os nascidos fora do território nacional, de pai estrangeiro e de mãe brasileira a serviço da República
Federativa do Brasil, são brasileiros natos.
E) Os nascidos no estrangeiro, de pais brasileiros, e que venham a residir no Brasil antes da
maioridade, são considerados natos, desde que optem, até os vinte e um anos de idade, pela
nacionalidade brasileira.
Fonte: FCC / 2005 / FCC Tribunal Regional do Trabalho / 11ª Região - BR / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:30

25 de 26
https://questoes.grancursosonline.com.br

Gabarito
1-c 2-e 3-e 4-b 5-d 6-d 7-e 8-a 9-c 10-b 11-c 12-e 13-c 14-b 15-c 16-e 17-d 18-d 19-d 20-c 21-b 22-e 23-
d 24-a 25-c 26-c 27-c 28-c 29-b 30-b 31-a 32-c 33-a 34-d 35-d 36-b 37-d 38-d 39-a 40-d 41-a 42-e 43-c
44-c 45-a 46-e 47-e 48-b 49-c 50-b 51-a 52-b 53-a 54-a 55-c 56-e 57-c 58-b 59-b 60-a 61-d 62-a 63-c
64-d 65-d 66-b 67-c 68-c 69-c 70-b 71-d 72-d 73-d 74-a 75-c 76-b 77-e 78-a 79-e 80-c 81-c 82-c 83-e 84-
c 85-d 86-c 87-b 88-c 89-d 90-d 91-c 92-e 93-b 94-a 95-e 96-c 97-a 98-d 99-a 100-a 101-d 102-b 103-a
104-b 105-b 106-a 107-b 108-d 109-d 110-a 111-d 112-b 113-a 114-e 115-c 116-c 117-d 118-b 119-d
120-d

Atenção: Não deixe de lançar suas respostas no sistema. Só assim você conseguirá controlar as questões que já resolveu, mantendo o
seu histórico, e atualizar suas estatísticas, permitindo que você acompanhe sua evolução nos gráficos de desempenho.

26 de 26