Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS


DEPARTAMENTO DE LETRAS
CURSO DE LETRAS/LIBRAS
DISCIPLINA: INTERPRETAÇÃO EM LIBRAS II
PROFESSOR: ARENILSON COSTA RIBEIRO
GLENDA CRISTINA C. R SANTOS E SUIARA PEREIRA TAVARES

PROJETO DE TRADUÇÃO

No presente trabalho, são apresentadas as etapas de elaboração de um


projeto de tradução. tal prática ajuda o processo interacional que permite
compreender como o surdo constrói conceitos a partir da interpretação de outro
profissional: o tradutor/intérprete. Para isto, foi utilizado o vídeo “Metáfora sobre o
diálogo (em Libras)”, sinalizado por Rodrigo Custódio e disponível em:
https://www.youtube.com/watch?v=kPcjrBuzVow&t=188s​.
O ato de interpretar, muitas vezes, não acontece de forma simultânea, isso
permite que o profissional faça melhor suas escolha lexicais no intuito de transmitir
a essência de quaisquer que seja a produção textual. Para o planejamento, faz-se
necessário um procedimento prévio de estudos sobre o tema tratado, com vistas à
obtenção de uma amplitude relativa às competências linguísticas e referenciais do
profissional. Theodor (1976, p. 35) diz: “O tradutor deve decidir-se acerca dos
recursos sintáticos e léxicos de que vai utilizar-se, e isto após uma análise
cuidadosa da obra, cuja tradução pretende empreender [...]”
Na busca de uma interpretação sem ruídos, lacunas ou interrupções, é
necessário que haja conhecimento e planejamento prévio de conteúdos específicos
das diferentes áreas das ciências. Ressalta-se que, por meio da Língua Brasileira de
Sinais (Libras), o intérprete auxilia a aquisição do conhecimento pelo surdo. E sua
imparcialidade junto ao processo de reprodução do conteúdo, falado ou escrito, do
português para a Libras contribui para a construção de conceitos pelo surdo sobre o
que está sendo estudado. Desse modo, segue abaixo alguns pontos utilizados para
elaboração do projeto de tradução do vídeo explorado:
O quê​: Vídeo do canal youtube, falando sobre metáfora no diálogo em
(Libras), sinalizado por Rodrigo Custódio da Silva;
Quando​: postado em 11 de março de 2016;

Pra quem​: Usuários de Libras;

Porquê?​: para os usuários de libras perceberem a importância da utilização


da metáfora no diálogo;

Como?​: para a realização da tradução o vídeo foi assistido repetida vezes


com reprodução em velocidade reduzida no youtube, parando quando necessário
para melhor compreensão do pensamento, bem como o auxílio de alguns
intérpretes.

Neste trabalho foi percebido que assim como afirmar Theodor (1983, apud
Mittmann, 2003):
O primeiro passo do tradutor tem de ser a ​decodificação apropriada das
informações contidas no original e a sua conversão em código equivalente
na língua para a qual traduz [...] o segundo é a sua recodificação em um
novo texto [...] Cabe, portanto, ao tradutor “aproveitar todos os recursos que
seu idioma lhe reserva” para poder “oferecer uma mensagem que
corresponda o mais aproximadamente possível ao texto original.

Desse modo, compreende-se o processo de tradução _ tempo tomado para


estudo, interpretação e da escolha lexical _ essencial para que sua produção para a
língua alvo seja a mais aproximada possível da língua fonte, não como transferência
de palavras por outra equivalente na outra língua, mas uma transferência da
mensagem produzida pelo autor do texto original.
Nessas situações, o tradutor acaba proporcionando possibilidades de
conceitos a partir das suas referências linguísticas. Sendo assim, o surdo passa a
construir suas ideias com base no referencial que o intérprete traz daquilo que está
sendo traduzido..

REFERÊNCIA
SILVA, Rodrigo Custódio da. ​Metáfora sobre o diálogo (em Libras)​. youtube,
2016. Disponível em: ​https://www.youtube.com/watch?v=kPcjrBuzVow&t=188s​..
Acesso em 29.05.2017
THEODOR, Erwin ​tradução: ofício e arte​: São Paulo, Cultrix, Ed. da Universidade
de São Paulo, 1976.
MITTMANN, Solange. ​Notas do tradutor e processo tradutório: Análise e
reflexão sob uma perspectiva discursiva. ​Porto Alegre : ed. da UFRGS, 2003