Você está na página 1de 365

MANUAL DE GESTÃO DE

RECURSOS HUMANOS

São Luís - MA
2017
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS


Copyright by Superintendência de Organização, Normas e Procedimentos Administrativos

GOVERNADOR DO ESTADO
Flávio Dino de Castro e Costa

SECRETÁRIO CHEFE DA CASA CIVIL


Marcelo Tavares Silva

SECRETÁRIA DE ESTADO DA GESTÃO E PREVIDÊNCIA


Lilian Régia Gonçalves Guimarães

SECRETÁRIO ADJUNTO DE GESTÃO, MODERNIZAÇÃO E PATRIMÔNIO


Rodrigo Machado Paixão

SECRETÁRIA–ADJUNTA DE GESTÃO DE PESSOAS


Adryany Fernanda Guimarães Ferreira

SUPERINTENDENTE DE ORGANIZAÇÃO, NORMAS E PROCEDIMENTOS


ADMINISTRATIVOS
Rosa Maria Mourão Abreu

End. Av. Jerônimo de Albuquerque, s/n, Ed. Clodomir Millet, Calhau, São Luís
CEP: 65.051-200
Fone: (098) 3131-4177

4ª Edição - SONPAD/2017
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

CRÉDITOS

Atualização:

Supervisão de Normalização e Métodos Administrativos


Ary Borges Filho
Geycianne Mendes dos Santos
Thaís Silva dos Santos Matos
Hilka Fernanda Mendonça Gomes

Revisão Técnica:

Supervisão de Recrutamento e Redistribuição de Pessoal


Arnoldo de Jesus Sousa Pestana
Supervisão de Direitos e Deveres
Juliana Castelo Branco Freire da Silva
Supervisão de Planejamento e Desenvolvimento de Recursos Humanos
Francesca Maria Carvalho de Sá
Supervisão de Manutenção e Aprimoramento de Dados Cadastrais
Raimundo Nonato Leite Dominici
Supervisão de Recursos Humanos
Maria do Socorro Freitas Martins
Capitão QOPM / Adjunto da Seção de Inativos e Pensionistas
Robert Frans dos Santos Ericeira

Validação Final:

Superintendente de Gestão de Recursos Humanos


Lucidéia Almeida Rego Baptista
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

À Deus
Ao Governador do Estado do Maranhão
À Secretária de Estado da Gestão e Previdência
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

APRESENTAÇÃO

O Manual de Recursos Humanos é o instrumento que tem por objetivo estabelecer as


diretrizes, normas e procedimentos referentes ao processo de Gestão de Pessoas, tendo em
vista apresentar os princípios básicos que devem orientar a área de Recursos Humanos no
desempenho de suas funções e dispor sobre os procedimentos.
O presente manual tem a intenção de garantir ao servidor a permanente atualização de
seu conhecimento, por tratar-se de um mecanismo direcionado para ser utilizado como uma
fonte permanente de consulta para dirimir dúvidas e também estabelecer um mecanismo
facilitador dos procedimentos administrativos.

Lilian Régia Gonçalves Guimarães


Secretária de Estado da Gestão e Previdência
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

SUMÁRIO P.
1 ADICIONAL POR TRABALHO NOTURNO............................................................ 13
1.1 Base Legal....................................................................................................................... 13
1.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 13
1.3 Rotina: Adicional por Trabalho Noturno.................................................................... 14
1.4 Fluxo: Adicional por Trabalho Noturno...................................................................... 16
2 ADICIONAL DE QUALIFICAÇÃO........................................................................... 19
2.1 Base Legal....................................................................................................................... 19
2.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 19
2.3 Rotina: Adicional de Qualificação................................................................................ 20
2.4 Fluxo: Adicional de Qualificação.................................................................................. 24
3 AFASTAMENTO........................................................................................................... 30
3.1 Base legal......................................................................................................................... 30
3.2 Afastamento do Incentivo à Formação Profissional do Servidor.............................. 31
3.2.1 Base Legal....................................................................................................................... 31
3.2.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 31
3.2.3 Rotina: Afastamento do Incentivo à Formação Profissional do Servidor................. 32
3.2.4 Fluxo: Afastamento do Incentivo à Formação Profissional do Servidor.................. 34
3.3 Afastamento para realizar Missão ou Estudo em outro ponto do Território
Nacional ou no Exterior................................................................................................. 36
3.3.1 Base Legal....................................................................................................................... 36
3.3.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 36
3.3.3 Rotina: Afastamento para realizar Missão ou Estudo em outro ponto do
Território Nacional ou no Exterior............................................................................... 37
3.3.4 Fluxo: Afastamento para realizar Missão ou Estudo em outro ponto do
Território Nacional ou no Exterior............................................................................... 40
3.4 Afastamento para participar de Curso de Doutorado, Mestrado, Especialização
ou Aperfeiçoamento no Estado..................................................................................... 45
3.4.1 Base Legal....................................................................................................................... 45
3.4.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 45
3.4.3 Rotina: Afastamento para participar de Curso de Doutorado, Mestrado,
Especialização ou Aperfeiçoamento no Estado............................................................ 46
3.4.4 Fluxo: Afastamento para participar de Curso de Doutorado, Mestrado,
Especialização ou Aperfeiçoamento no Estado............................................................ 49
3.5 Afastamento para Exercer Atividade Político-Partidária.......................................... 52
3.5.1 Base Legal....................................................................................................................... 52
3.5.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 52
3.5.3 Rotina: Afastamento para Exercer Atividade Político-Partidária com
Remuneração.................................................................................................................. 53
3.5.4 Fluxo: Afastamento para Exercer Atividade Político-Partidária com
Remuneração.................................................................................................................. 55
3.5.5 Rotina: Afastamento para Exercer Atividade Político Partidária sem
Remuneração.................................................................................................................. 58
3.5.6 Fluxo: Afastamento para Exercer Atividade Político Partidária sem
Remuneração.................................................................................................................. 60
3.6 Afastamento para Exercer Mandato Eletivo............................................................... 63
3.6.1 Base Legal....................................................................................................................... 63
3.6.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 63
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

3.6.3 Rotina: Afastamento para Exercer Mandato Eletivo sem remuneração.................. 64


3.6.4 Fluxo: Afastamento para Exercer Mandato Eletivo sem remuneração.................... 66
4 APOSTILAMENTO DE NOME.................................................................................. 69
4.1 Base Legal....................................................................................................................... 69
4.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 69
4.3 Rotina: Apostilamento de Nome................................................................................... 70
4.4 Fluxo: Apostilamento de Nome..................................................................................... 71
5 CESSÃO/DISPOSIÇÃO ORIGINÁRIA DE ÓRGÃOS/ENTIDADES DO
PODER EXECUTIVO ESTADUAL............................................................................ 72
5.1 Base Legal....................................................................................................................... 72
5.2 Rotina: Cessão/Disposição Originária de Órgãos/Entidades do Poder Executivo
Estadual........................................................................................................................... 73
5.3 Fluxo: Cessão/Disposição Originária de Órgãos/Entidades do Poder Executivo
Estadual........................................................................................................................... 74
6 CESSÃO/DISPOSIÇÃO ORIGINÁRIA DE ÓRGÃOS/ENTIDADES FORA DO
PODER EXECUTIVO ESTADUAL............................................................................ 77
6.1 Base Legal....................................................................................................................... 77
6.2 Rotina: Cessão/Disposição Originária de Órgãos/Entidades fora do Poder
Executivo Estadual......................................................................................................... 78
6.3 Fluxo: Cessão/Disposição Originária de Órgãos/Entidades fora do Poder
Executivo Estadual......................................................................................................... 80
7 COMITÊ DE GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA E DE POLÍTICA
SALARIAL DO ESTADO............................................................................................. 84
7.1 Base Legal....................................................................................................................... 84
7.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 84
7.3 Rotina: Comitê de Gestão Orçamentária e Financeira e de Política Salarial do
Estado.............................................................................................................................. 85
7.4 Fluxo: Comitê de Gestão Orçamentária e Financeira e de Política Salarial do
Estado.............................................................................................................................. 86
8 DEMISSÃO DE SERVIDOR EFETIVO POR FALTA ADMINISTRATIVA........ 87
8.1 Base Legal....................................................................................................................... 87
8.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 88
8.3 Rotina: Demissão de servidor efetivo por falta administrativa.................................. 89
8.4 Fluxo: Demissão de servidor efetivo por falta administrativa................................... 94
9 EXONERAÇÃO............................................................................................................. 101
9.1 Base Legal....................................................................................................................... 101
9.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 102
9.2.1 Exoneração a pedido do servidor.................................................................................. 102
9.3 Rotina: Exoneração de Cargo Efetivo a Pedido do Servidor..................................... 103
9.4 Fluxo: Exoneração de Cargo Efetivo a Pedido do Servidor....................................... 106
9.5 Rotina: Exoneração “Ex-Offício” de Cargo Efetivo................................................... 110
9.6 Fluxo: Exoneração “Ex-Offício” de Cargo Efetivo..................................................... 114
10 FÉRIAS........................................................................................................................... 119
10.1 Base Legal....................................................................................................................... 119
10.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 119
10.3 Rotina: Solicitação de Escala de Férias........................................................................ 120
10.4 Fluxo: Solicitação de Escala de Férias.......................................................................... 121
10.5 Rotina: Alteração do período de férias......................................................................... 122
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

10.6 Fluxo: Alteração do período de férias.......................................................................... 123


10.7 Rotina: Concessão das Férias........................................................................................ 124
10.8 Fluxo: Concessão das Férias.......................................................................................... 125
11 FREQUÊNCIA............................................................................................................... 126
11.1 Base Legal....................................................................................................................... 126
11.2 Rotina: Frequência......................................................................................................... 127
11.3 Fluxo: Frequência........................................................................................................... 128
12 GRATIFICAÇÃO POR TITULAÇÃO........................................................................ 129
12.1 Base Legal....................................................................................................................... 129
12.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 129
12.3 Rotina: Gratificação por Titulação dos servidores do Subgrupo Magistério da
Educação Básica da SEDUC......................................................................................... 130
12.4 Fluxo: Gratificação por Titulação dos servidores do Subgrupo Magistério da
Educação Básica da SEDUC......................................................................................... 133
13 GRATIFICAÇÃO POR ESTÍMULO PROFISSIONAL........................................... 138
13.1 Base Legal....................................................................................................................... 138
13.2 Rotina: Gratificação de Estímulo Profissional............................................................ 139
13.3 Fluxo: Gratificação de Estímulo Profissional.............................................................. 142
14 LICENÇA PRÊMIO POR ASSIDUIDADE................................................................ 147
14.1 Base Legal....................................................................................................................... 147
14.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 147
14.3 Rotina: Licença Prêmio por Assiduidade.................................................................... 148
14.4 Fluxo: Licença Prêmio por Assiduidade...................................................................... 149
15 LICENÇA POR MOTIVO DE AFASTAMENTO DO CÔNJUGE OU
COMPANHEIRO(A)..................................................................................................... 150
15.1 Base Legal....................................................................................................................... 150
15.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 150
15.3 Rotina: Licença por Motivo de Afastamento do Cônjuge ou Companheiro(a)........ 151
15.4 Fluxo: Licença por Motivo de Afastamento do Cônjuge ou Companheiro(a).......... 153
16 LICENÇA PARA DESEMPENHO DE MANDATO CLASSISTA.......................... 155
16.1 Base Legal....................................................................................................................... 155
16.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 155
16.3 Rotina: Licença para Desempenho de Mandato Classista......................................... 156
16.4 Fluxo: Licença para Desempenho de Mandato Classista........................................... 158
17 LICENÇA PARA TRATAR DE INTERESSES PARTICULARES......................... 161
17.1 Base Legal....................................................................................................................... 161
17.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 161
17.2.1 Para concessão da licença.............................................................................................. 161
17.2.2 Para interrupção da licença........................................................................................... 161
17.3 Rotina: Concessão da Licença Para Tratar de Interesses Particulares.................... 162
17.4 Fluxo: Concessão da Licença Para Tratar de Interesses Particulares...................... 164
17.5 Rotina: Interrupção da Licença Para Tratar de Interesses Particulares................. 167
17.6 Fluxo: Interrupção da Licença Para Tratar de Interesses Particulares................... 169
18 LICENÇA PATERNIDADE......................................................................................... 172
18.1 Base Legal....................................................................................................................... 172
18.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 172
18.2.1 Em caso de nascimento.................................................................................................. 172
18.2.2 Em caso de doação.......................................................................................................... 173
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

18.3 Rotina: Licença Paternidade......................................................................................... 174


18.4 Fluxo: Licença Paternidade........................................................................................... 175
18.5 Rotina: Prorrogação da Licença Paternidade............................................................. 176
18.6 Fluxo: Prorrogação da Licença Paternidade............................................................... 178
19 NOMEAÇÃO DE CANDIDATO POR DECISÃO JUDICIAL................................. 181
19.1 Rotina: Nomeação de candidato por decisão judicial................................................. 181
19.2 Fluxo: Nomeação de candidato por decisão judicial................................................... 186
20 PAGAMENTO DE EXERCÍCIOS ANTERIORES REFERENTE À DESPESA
DE PESSOAL DE SERVIDOR..................................................................................... 194
20.1 Base Legal....................................................................................................................... 194
20.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 195
20.3 Rotina: Pagamento de Exercícios Anteriores referente à Despesa de Pessoal de
Servidor........................................................................................................................... 196
20.4 Fluxo: Pagamento de Exercícios Anteriores referente à Despesa de Pessoal de
Servidor........................................................................................................................... 199
21 PROGRESSÃO POR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL..................................... 204
21.1 Base Legal....................................................................................................................... 204
21.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 204
21.3 Rotina: Progressão por Qualificação Profissional....................................................... 205
21.4 Fluxo: Progressão por Qualificação Profissional........................................................ 208
22 PROMOÇÃO FUNCIONAL......................................................................................... 213
22.1 Base Legal....................................................................................................................... 213
22.2 Rotina: Promoção Funcional......................................................................................... 214
22.3 Fluxo: Promoção Funcional.......................................................................................... 217
23 RECONDUÇÃO............................................................................................................. 221
23.1 Base Legal....................................................................................................................... 221
23.2 Documentos exigidos para a Recondução.................................................................... 221
23.3 Rotina: Recondução....................................................................................................... 222
23.4 Fluxo: Recondução......................................................................................................... 224
24 REDISTRIBUIÇÃO....................................................................................................... 227
24.1 Base Legal....................................................................................................................... 227
24.2 Rotina: Redistribuição................................................................................................... 228
24.3 Fluxo: Redistribuição..................................................................................................... 232
25 REINTEGRAÇÃO POR DECISÃO JUDICIAL........................................................ 239
25.1 Base Legal....................................................................................................................... 239
25.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 239
25.3 Rotina: Reintegração por Decisão Judicial.................................................................. 240
25.4 Fluxo: Reintegração por Decisão Judicial.................................................................... 242
26 SOLICITAÇÃO DE MATRÍCULA PARA SERVIDOR COM CARGO EM
COMISSÃO.................................................................................................................... 246
26.1 Base Legal....................................................................................................................... 246
26.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 246
26.3 Rotina: Solicitação de matrícula para servidor com cargo em comissão.................. 247
26.4 Fluxo: Solicitação de matrícula para Servidor com Cargo em Comissão................. 250
27 AGREGAÇÃO SERVIDOR MILITAR...................................................................... 255
27.1 Base Legal....................................................................................................................... 256
27.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 256
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

27.3 Rotina: Agregação do Servidor Militar........................................................................ 257


27.4 Fluxo: Agregação do Servidor Militar......................................................................... 261
28 EXCLUSÃO DO SERVIDOR MILITAR A BEM DA DISCIPLINA...................... 268
28.1 Base Legal....................................................................................................................... 268
28.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 269
28.3 Rotina: Exclusão ex-offício do Servidor Militar a Bem da Disciplina....................... 270
28.4 Fluxo: Exclusão ex-offício do Servidor Militar a Bem da Disciplina........................ 274
29 LICENCIAMENTO A PEDIDO DO SERVIDOR MILITAR.................................. 280
29.1 Base Legal....................................................................................................................... 280
29.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 280
29.3 Rotina: Licenciamento a Pedido do Servidor Militar................................................. 281
29.4 Fluxo: Licenciamento a Pedido do Servidor Militar................................................... 286
30 LICENCIAMENTO DO SERVIDOR MILITAR A BEM DA DISCIPLINA......... 295
30.1 Base Legal....................................................................................................................... 295
30.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 295
30.3 Rotina: Licenciamento do Servidor Militar a Bem da Disciplina.............................. 296
30.4 Fluxo: Licenciamento do Servidor Militar a Bem da Disciplina............................... 300
31 PREMIAÇÃO PECUNIÁRIA AOS POLICIAIS CIVIS E MILITARES PELA
APREENSÃO DE ARMAS DE FOGO EM SITUAÇÕES IRREGULARES......... 307
31.1 Base Legal....................................................................................................................... 307
31.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 307
31.3 Rotina: Premiação Pecuniária aos Policiais Civis e Militares pela apreensão de
armas de fogo em situações irregulares........................................................................ 308
31.4 Fluxo: Premiação Pecuniária aos Policiais Civis e Militares pela apreensão de
armas de fogo em situações irregulares........................................................................ 310
32 REVERSÃO DO SERVIDOR MILITAR.................................................................... 313
32.1 Base Legal........................................................................................ 313
32.2 Documentação Necessária........................................................................................ 313
32.3 Rotina: Reversão do Servidor Militar.......................................................................... 314
32.4 Fluxo: Reversão do Servidor Militar............................................................................ 318
33 TRANSFERÊNCIA DO SERVIDOR MILITAR PARA RESERVA NÃO
REMUNERADA............................................................................................................. 325
33.1 Base Legal....................................................................................................................... 325
33.2 Documentação Necessária.............................................................................................. 325
33.3 Rotina: Transferência do Servidor Militar para a Reserva Não Remunerada........ 327
33.4 Fluxo: Transferência do Servidor Militar para a Reserva Não Remunerada.......... 331
ANEXOS......................................................................................................................... 338
Anexo I – REQUERIMENTO DO SERVIDOR............................................ 339
Instrução de Preenchimento......................................................................................... 340
Anexo II – VIDA FUNCIONAL ATUAL........................................................ 342
Instrução de Preenchimento......................................................................................... 343
Anexo III – ESCALA DE FÉRIAS.................................................................... 345
Instrução de Preenchimento......................................................................................... 346
Anexo IV – AVISO DE FÉRIAS........................................................................ 347
Instrução de Preenchimento......................................................................................... 348
Anexo V – FOLHA INDIVIDUAL DE FREQUÊNCIA................................ 349
Instrução de Preenchimento......................................................................................... 350
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

Anexo VI – MAPA DE APURAÇÃO DE FALTAS......................................... 352


Instrução de Preenchimento......................................................................................... 353
Anexo VII – ENCAMINHAMENTO MÉDICO................................................ 354
Instrução de Preenchimento......................................................................................... 355
Anexo VIII – CARTÃO DE AUTENTICAÇÃO DIGITAL............................... 356
Instrução de Preenchimento......................................................................................... 357
Anexo IX – REGISTRO DE SERVIDOR......................................................... 359
Instrução de Preenchimento......................................................................................... 361
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 13

1 ADICIONAL POR TRABALHO NOTURNO

Adicional por Trabalho Noturno é o valor pecuniário devido ao servidor cujo trabalho
seja executado entre 22 (vinte e duas) horas de um dia e 5 (cinco) horas do dia seguinte e será
remunerado com um acréscimo de 25% (vinte e cinco por cento) sobre o salário-hora diurno.
A hora de trabalho noturno será computada como de 52 (cinqüenta e dois) minutos e
30 (trinta) segundos.

1.1 Base Legal:

 Lei Estadual nº 6.107, de 27 de julho de 1994 - Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores
Públicos Civis do Estado e dá outras providências (arts. 106 e 107);

 Lei n° 8.959, de 08 de maio de 2009 - Estabelece normas gerais para elaboração e


tramitação dos atos e processos administrativos no âmbito do Poder Executivo do
Estado do Maranhão.

1.2 Documentação Necessária:

 Escala de Plantão;
 Cópia do último Contracheque;
 Portaria de lotação do servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 14

1.3 Rotina: Adicional por Trabalho Noturno

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 CHEFIA IMEDIATA DO  Elabora Comunicação Interna (CI) em 2(duas) vias


SERVIDOR solicitando o Adicional por Trabalho Noturno,
indicando o local e o horário de trabalho, anexa
documentação necessária e dá entrada no Protocolo do
órgão de origem do servidor;
 Arquiva uma via da CI.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema


(órgão de origem do servidor) informatizado, gera número de controle, emite o
Cartão de Protocolo e entrega à chefia imediata do
servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos
do órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo e verifica se o servidor tem direito


HUMANOS ao Adicional Noturno.
(órgão de origem do servidor)
 Em caso do servidor não ter direito:
 Dá ciência à chefia imediata do servidor e providencia
o arquivamento do processo.

 Em caso do servidor ter direito:


 Elabora Portaria em 3 (três) vias e encaminha com o
processo à Assessoria Jurídica ou órgão equivalente
do órgão de origem do servidor.

04 ASSESSORIA JURÍDICA  Emite parecer e encaminha o processo ao Gabinete


OU ÓRGÃO do Titular do órgão de origem do servidor.
EQUIVALENTE
(órgão de origem do servidor)

05 GABINETE DO TITULAR  O Titular assina as vias da Portaria e encaminha com


(órgão de origem do servidor) o processo à Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do servidor.

06 ÁREA DE RECURSOS  Inclui o Adicional Noturno no Sistema de Recursos


HUMANOS Humanos/Folha de Pagamento;
(órgão de origem do servidor)  Publica a Portaria no Boletim Informativo e deixa
o processo sobrestado;
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 15

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

 Procede a conferência e validação da Portaria no


sistema junto a Superintendência de Gestão da Folha
de Pagamento/ Secretaria-Adjunta de Gestão de
Pessoas (SAGEP)/ Secretaria de Estado da Gestão e
Previdência (SEGEP).

07 SUPERINTENDÊNCIA DE  Verifica no sistema se a implantação do Adicional


GESTÃO DA FOLHA DE Noturno está de acordo com a Portaria.
PAGAMENTO/
SAGEP/SEGEP  Em caso da Portaria não estar de acordo:
 Solicita à Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do servidor as providências devidas para
correção no sistema.

 Em caso da Portaria estar de acordo:


 Confirma a implantação do Adicional Noturno.

08 ÁREA DE RECURSOS  Após a validação da Portaria junto a


HUMANOS Superintendência de Gestão da Folha de Pagamento/
(órgão de origem do servidor) SAGEP/SEGEP, arquiva uma via no dossiê do
servidor e anexa outra via no processo;
 Arquiva o processo;
 Encaminha uma via da Portaria à chefia imediata
do servidor.

09 CHEFIA IMEDIATA DO  Arquiva a via da Portaria para controle e entrega


SERVIDOR uma cópia ao servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 16

1.4 Fluxo: Adicional por Trabalho Noturno

CHEFIA IMEDIATA DO PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


SERVIDOR (órgão de origem do servidor) (Órgão de origem do servidor)

INÍCIO Analisa o processo e


verifica se o servidor tem
direito ao Adicional
Elabora Comunicação Formaliza processo, Noturno.
Interna, em 2 (duas) vias, cadastra no sistema
solicitando o Adicional por informatizado, gera número
Trabalho Noturno, de controle, emite Cartão
indicando o local e o de Protocolo e entrega à
horário de trabalho, anexa Chefia Imediata do
documentação necessária e servidor.
arquiva uma via da CI. Não Tem direito ao Sim
Processo
Adicional
Comunicação Interna Noturno?

Dá ciência à Chefia Elabora Portaria em 3


Comunicação Interna Imediata do servidor e (três) vias.
providencia arquivamento
C C

do processo.

Dá ciência ao servidor.
Processo Portaria
1

FIM Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 17

ASSESSORIA JURÍDICA OU GABINETE DO TITULAR ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


ÓRGÃO EQUIVALENTE (órgão do servidor) (Órgão de origem do servidor)
(órgão de origem do servidor)

Inclui o Adicional Noturno


Emite parecer. Titular assina as vias da no Sistema de Recursos
Portaria. Humanos/Folha de
Pagamento e publica
Portaria no Boletim
Informativo, deixa o
processo sobrestado e
procede a conferência e
Portaria Portaria validação da Portaria.

Processo
Processo Processo
Portaria

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 18

SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE FOLHA DE ÁREA DE RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA


PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP (Órgão de origem do servidor) (do servidor)
2
Providencia as devidas
correções no Sistema.
C
Arquiva a via da Portaria
Verifica no sistema se a para controle e entrega uma
implantação do Adicional cópia ao servidor.
C
Noturno está de acordo
com Portaria.

Portaria

Portaria

Está de acordo Não


com Portaria? Arquiva uma via da
Portaria no dossiê do
servidor, anexa outra via no
C
Processo e arquiva FIM
Sim Processo.
C

Confirma a implantação do
Adicional Noturno.
C
Portaria

Processo

Portaria
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 19

2 ADICIONAL DE QUALIFICAÇÃO

Destinado aos servidores do Grupo Atividades de Nível Superior portadores de


diplomas ou certificados de cursos de pós-graduação, em sentido amplo ou restrito, de
insituições reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da legislação vigente.

2.1 Base Legal

 Lei nº 8.959, de 08 de maio de 2009 – Estabelece normas gerais para a elaboração e


tramitação dos atos e processos administrativos no âmbito do Poder Executivo do
Estado do Maranhão.

 Lei nº 9.040, de 08 de outubro de 2009 – Dispõe sobre a extinção do subsídio pago aos
servidores do Grupo Ocupacional Atividades de Apoio Administrativo e Operacional
(ADO), recomposição dos subsídios dos servidores do Grupo Auditoria Geral, dos
Defensores Públicos, dos membros da Polícia Militar do Maranhão e do Corpo de
Bombeiros Militar do Maranhão, dos vencimentos dos Grupos Ocupacionais
Atividades do Meio Ambiente e Recursos Naturais, Atividade de Defesa
Agropecuária, Atividades Metrológicas e de Atividade Artísticas e Culturais e institui
o Adicional de Qualificação (AQ) para os servidores do Grupo Atividades de Nível
Superior, e dá outras providências (art. 8º);

 Lei n° 9.492, de 10 de setembro de 2011 – Institui o Plano de Carreiras, Cargos e


Remuneração do Grupo Ocupacional Atividades de Fiscalização Agropecuária (AFA)
e dá outras providências (art. 24).

2.2 Documentação Necessária:

 Formulário Requerimento do Servidor;


 Diploma ou Certificado de cursos de pós-graduação em sentido amplo ou restrito com
duração mínima de 360 (trezentos e sessenta) horas;
 Cópia do último Contracheque.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 20

2.3 Rotina: Adicional de Qualificação

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR  Preenche formulário Requerimento do Servidor


(ANEXO I) solicitando o Adicional de Qualificação e
anexa documentação;
 Dá entrada da documentação no Protocolo do órgão de
origem do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema


(órgão de origem do servidor) informatizado, gera número de controle, emite o
Cartão de Protocolo e entrega ao servidor;
 Encaminha o processo à Area de Recursos Humanos
do órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo e confere a documentação.


HUMANOS
(órgão de origem do servidor)  Em caso de documentação incompleta:
 Dá ciência ao servidor para providenciar a
documentação faltante.

 Em caso de documentação completa:


 Encaminha o processo à Assessoria Jurídica ou órgão
equivalente do órgão de origem do servidor.

04 ASSESSORIA JURÍDICA  Emite parecer e encaminha o processo ao Gabinete


OU ÓRGÃO do Titular do órgão do servidor.
EQUIVALENTE
(órgão de origem do servidor)

05 GABINETE DO TITULAR  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


(órgão de origem do servidor) Gabinete da Secretaria de Estado da Gestão e
Previdência (SEGEP).

06 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


Gabinete da Secretaria-Adjunta de Gestão de Pessoas
(SAGEP)/SEGEP.

07 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


SAGEP/SEGEP Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 21

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

08 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo à


GESTÃO DE RECURSOS Supervisão de Planejamento e Desenvolvimento de
HUMANOS/SAGEP/SEGEP Recursos Humanos/ Superintendência de Gestão de
Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

09 SUPERVISÃO DE  Analisa o processo;


PLANEJAMENTO E
DESENVOLVIMENTO DE  Em caso de não favorável:
RECURSOS HUMANOS/  Emite parecer e devolve o processo à
SUPERINTENDÊNCIA DE Superintendência de Gestão de Recursos Humanos/
GESTÃO DE RECURSOS SAGEP/SEGEP para devolver ao Gabinete da
HUMANOS/SAGEP/SEGEP SAGEP/SEGEP para dar ciência a Área de Recursos
Humanos do órgão de origem do servidor e
providenciar arquivamento do processo.

 Em caso favorável:
 Elabora despacho, junta toda documentação legal e
anexa ao processo;
 Devolve o processo à Superintendência de Gestão de
Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

Nota: Quando se referir a processo da AGED é


verificado se a documentação relaciona-se com a
área de formação e/ou atuação do servidor, se os
cursos e as instituições de ensino são reconhecidos
pelo Ministério da Educação (MEC) e tem duração
a partir de 360 (trezentas e sessenta) horas.

10 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


GESTÃO DE RECURSOS Gabinete da SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

11 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


SAGEP/SEGEP Gabinete da SEGEP.

12 GABINETE DA SEGEP  O Titular assina a Portaria, deixa o processo


sobestado e encaminha a Portaria por meio de ofício à
Casa Civil para providenciar publicação.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 22

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

13 CASA CIVIL  Providencia a publicação da Portaria no Diário Oficial


do Estado (DOE);
 Após publicação, registra número do DOE na Portaria
com a respectiva data da publicação e encaminha o
ofício com a Portaria ao Gabinete da SAGEP.

14 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo com a


SAGEP/SEGEP Portaria à Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

15 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo com a


GESTÃO DE RECURSOS Portaria à Supervisão de Planejamento e
HUMANOS/SAGEP/SEGEP Desenvolvimento de Recursos Humanos/
Superintendência de Gestão de Recursos Humanos/
SAGEP/SEGEP.

16 SUPERVISÃO DE  Anexa a Portaria ao processo;


PLANEJAMENTO E  Encaminha o processo com a(s) cópia(s) da Portaria à
DESENVOLVIMENTO DE Área de Recursos Humanos do órgão de origem do
RECURSOS HUMANOS/ servidor, solicitando a implantação do Adicional de
SUPERINTENDÊNCIA DE Qualificação no Sistema de Recursos Humanos;
GESTÃO DE RECURSOS  Arquiva a Portaria para fins de controle.
HUMANOS/SAGEP/ SEGEP

17 ÁREA DE RECURSOS  Inclui o adicional no Sistema de Recursos


HUMANOS Humanos/Folha de Pagamento e acrescenta as
(órgão de origem do servidor) informações constantes do diploma;
 Publica a Portaria no Boletim Informativo e deixa o
processo sobrestado;
 Procede a conferência e validação da Portaria no
sistema junto a Superintendência de Gestão da Folha
de Pagamento/SAGEP/SEGEP.

18 SUPERINTENDÊNCIA DE  Verifica no sistema se a implantação do Adicional de


GESTÃO DA FOLHA DE Qualificação está de acordo com a Portaria.
PAGAMENTO/
SAGEP/SEGEP  Em caso da Portaria não estar de acordo:
 Solicita a Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do servidor as providências devidas para
correção no sistema.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 23

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

 Em caso da Portaria estar de acordo:


 Confirma a implantação do Adicional de
Qualificação.

19 ÁREA DE RECURSOS  Após a validação da Portaria junto a


HUMANOS Superintendência de Gestão da Folha de Pagamento/
(órgão de origem do servidor) SAGEP/SEGEP, arquiva uma via no dossiê do
servidor e anexa outra via no processo;
 Arquiva o processo;
 Encaminha uma via da Portaria à chefia imediata do
servidor.

20 CHEFIA IMEDIATA DO  Arquiva a via da Portaria para controle e entrega uma


SERVIDOR cópia ao servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 24

2.4 Fluxo: Adicional de Qualificação

SERVIDOR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS ASSESSORIA JURÍDICA OU


(órgão de origem do servidor) (Órgão de origem do servidor) ÓRGÃO EQUIVALENTE
(Órgão de origem do servidor)
INÍCIO Formaliza processo,
Analisa o processo e
cadastra no sistema Emite parecer.
confere documentação.
informatizado, gera número
Preenche formulário
de controle, emite Cartão
Requerimento do
de Protocolo e entrega ao
Servidor solicitando o
servidor.
Adicional de Qualificação e
anexa documentação.
Processo
Processo
Documentação Sim
Requerimento do Servidor completa?
1

Não

Providencia documentação
faltante.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 25

GABINETE DO TITULAR GABINETE DA SEGEP GABINETE DA SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE


(órgão de origem do servidor) GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
1

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento.

C
C
C

Processo Processo Processo


Processo

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 26

SUPERVISÃO DE PLANEJAMENTO E SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE ÁREA DE RECURSOS


DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS GESTÃO DE RECURSOS SAGEP/SEGEP HUMANOS
HUMANOS/SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE HUMANOS/SAGEP/SEGEP (Órgão de origem do
RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP servidor)
2
Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento e
arquiva o processo.
Analisa o processo.

Processo Processo Processo

Parecer
favorável?
Sim Não
FIM

Elabora despacho, junta Emite parecer.


toda documentação legal e
anexa ao processo.
C C

Processo Processo

3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 27

SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE SAGEP/SEGEP GABINETE DA SEGEP CASA CIVIL


GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
3

Toma conhecimento. Toma conhecimento. O Titular assina Portaria, e Providencia a publicação


deixa o processo da Portaria no Diário
sobrestado. C Oficial do Estado (DOE).
C Após publicação registra
número do DOE na
Portaria e a respectiva data
C
de publicação.

Processo Processo Ofício


Ofício

4
Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 28

GABINETE DA SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE SUPERVISÃO DE PLANEJAMENTO E ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


GESTÃO DE RECURSOS DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS (órgão de origem do servidor)
HUMANOS/SUPERINTENDÊNCIA DE
HUMANOS/SAGEP/SEGEP GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Anexa Portaria ao Inclui o adicional no


Processo, solicita a Sistema de Recursos
C
C implantação do Adicional Humanos/ Folha de
C
de Qualificação no Sistema Pagamento e acrescenta as
de Recursos Humanos e informações constantes no
arquiva Portaria para fins diploma.
C
de controle.
Processo Processo Processo

Publica a Portaria no
Portaria
Boletim Informativo e
deixa o processo
sobrestado.
C

Procede a conferência e
validação da Portaria.
C

Portaria
5

Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 29

SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE FOLHA DE ÁREA RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA


PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP (órgão de origem do servidor) (do servidor)
5
Providencia as correções no
sistema. Entrega uma cópia da
Verifica no sistema se a Portaria ao servidor e
C
implantação do Adicional C
arquiva outra via.
de Qualificação está de
acordo com Portaria.

Portaria
Portaria

Está de Não
acordo com a
Portaria? FIM
Arquiva uma via da
Portaria no dossiê do
Sim
servidor, anexa outra via no
C

processo e arquiva
Confirma a implantação do
processo.
Adicional de Qualificação.
C
C

Portaria

Processo
Portaria
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 30

3 AFASTAMENTO

O servidor poderá se afastar do exercício funcional desde que devidamente autorizado:


 Sem prejuízo da remuneração:
 Quando estudante, como incentivo à sua formação profissional;
 Para realizar missão ou estudo em outro ponto do território nacional e no exterior;
 Para participar de curso de doutorado, mestrado, especialização ou aperfeiçoamento
no Estado;
 Quando mãe de excepcional;
 Para exercer atividade político-partidária;
 Por até 8 (oito) dias, por motivo de casamento;
 Por até 8 (oito) dias, em decorrência de falecimento do cônjuge ou companheiro,
pais, madrastas, padrastos, pais adotivos, filhos, menor sob guarda ou tutela, irmãos;
 Quando convocado para participar de júri e outros serviços obrigatórios por lei;
 Para doação de sangue, por 1(um) dia;
 Por motivo de alistamento eleitoral, até 2 (dois) dias;
 Quando requisitado pela Justiça Eleitoral, nos termos de lei específica;
 Quando convocado pela Justiça Eleitoral para integrar mesa receptora ou junta
apuradora.
 Com prejuízo da remuneração, quando se tratar de afastamento para o trato de interesses
particulares.
 Com ou sem prejuízo da remuneração para exercer mandato eletivo e para exercer cargo
em comissão de direção e assessoramento.

3.1 Base legal

 Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 - Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos
Civis do Estado e dá outras providências (art. 153).
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 31

3.2 Afastamento do Incentivo à Formação Profissional do Servidor

Poderá ser autorizado o afastamento de até 2 (duas) horas diárias ao servidor que
frequente curso regular de ensino médio ou de ensino superior, quando comprovada a
incompatibilidade entre o horário escolar e o do órgão ou entidade, sem prejuízo do exercício
do cargo.
Para efeito da autorização será exigida a compensação do horário na repartição através
da antecipação do início ou prorrogação do término do expediente diário, conforme considerar
mais conveniente ao estudante e aos interesses do órgão, respeitada a duração semanal de
trabalho.
Será autorizado o afastamento do exercício funcional nos dias em que o servidor tiver
que prestar exames para ingresso em curso regular de ensino ou prestação de concurso
público.
Ao servidor estudante que mudar de sede no interesse da administração é assegurada,
na localidade da nova residência, ou na mais próxima, matrícula em instituição de ensino
congênere, em qualquer época, independentemente de vaga.

3.2.1 Base Legal

 Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 - Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos
Civis do Estado e dá outras providências (arts. 159 a 161);

 Lei nº 8.959, de 08 de maio de 2009 – Estabelece normas gerais para a elaboração e


tramitação dos atos e processos administrativos no âmbito do Poder Executivo do
Estado do Maranhão.

3.2.2 Documentação Necessária

 Formulário Requerimento do Servidor;


 Comprovante de inscrição ou matrícula do curso do Ensino Fundamental, Médio ou
Superior com horário;
 Cópia do último Contracheque.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 32

3.2.3 Rotina: Afastamento do Incentivo à Formação Profissional do Servidor

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do Servidor


(ANEXO I) solicitando Afastamento do Incentivo à
Formação Profissional e anexa a documentação necessária;
 Solicita a ciência da Chefia Imediata e dá entrada na
documentação.

02 CHEFIA IMEDIATA  Analisa documentação, dá ciência no formulário


DO SERVIDOR Requerimento do Servidor;
 Elabora Comunicação Interna (CI) em 2(duas) vias
indicando a compensação de horário de comum acordo
com o servidor (antecipação do início ou prorrogação do
término do expediente normal);
 Anexa a documentação a CI e encaminha ao Protocolo do
órgão de origem do servidor;
 Arquiva uma via da CI.

03 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema informatizado,


(órgão de origem do gera número de controle, emite o Cartão de Protocolo e
servidor) entrega à chefia imediata do servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos do
órgão de origem do servidor.

04 ÁREA DE  Analisa o processo e confere documentação;


RECURSOS
HUMANOS  Em caso de documentação incompleta:
(órgão de origem do  Dá ciência ao servidor para providenciar documentação e
servidor) deixa o processo sobrestado aguardando documentação.

 Em caso de documentação completa:


 Elabora Portaria em 3 (três) vias e encaminha com o
processo à Assessoria Jurídica ou órgão equivalente do
órgão de origem do servidor.

05 ASSESSORIA  Emite parecer e encaminha o processo ao Gabinete do


JURÍDICA OU Titular do órgão do servidor.
ÓRGÃO
EQUIVALENTE
(órgão de origem do
servidor)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 33

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

06 GABINETE DO  O Titular ou a quem designado assina a Portaria e


TITULAR encaminha o processo à Área de Recursos Humanos do
(órgão do servidor) órgão do servidor.

07 ÁREA DE  Inclui o afastamento no Sistema de Recursos Humanos e


RECURSOS publica a Portaria no Boletim Informativo;
HUMANOS  Encaminha uma via da Portaria à chefia imediata do
(órgão do servidor) servidor e arquiva uma via no dossiê do servidor;
 Arquiva o processo com uma via da Portaria.

08 CHEFIA IMEDIATA  Entrega uma cópia da Portaria ao servidor;


DO SERVIDOR  Arquiva a Portaria para controle.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 34

3.2.4 Fluxo: Afastamento do Incentivo à Formação Profissional do Servidor

SERVIDOR CHEFIA IMEDIATA PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


(do servidor) (órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor)
INÍCIO
Analisa o Processo e
confere documentação.
Preenche Requerimento Analisa documentação, dá Formaliza processo,
do Servidor solicitando ciência no Requerimento cadastra no sistema
Afastamento do Incentivo à do Servidor, elabora informatizado, gera número
Formação Profissional e Comunicação Interna em de controle, emite Cartão
anexa documentação 2 (duas) vias indicando de Protocolo e entrega à
necessária. compensação de horário em chefia imediata do servidor.
comum acordo e anexa
documentação.
Requerimento do Servidor Não Documentação Sim
Processo
Comunicação Interna completa?

Elabora Portaria em 3
Providencia documentação (três) vias.
faltante. C

Processo

1
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 35

ASSESSORIA JURÍDICA OU GABINETE DO TITULAR ÁREA DE RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA DO


ÓRGÃO EQUIVALENTE (órgão de origem do servidor) (Órgão de origem do servidor) SERVIDOR
(Órgão de origem do servidor)

1
Inclui o afastamento no
O Titular ou a quem Sistema de Recursos Entrega uma cópia da
Emite parecer. designado assina a Humanos e publica a Portaria ao servidor e
Portaria. Portaria no Boletim arquiva a Portaria para
Informativo; controle.

Processo Portaria
Processo
Arquiva uma via da
Portaria no dossiê do
servidor e arquiva
processo com uma via da
Portaria.
FIM

Portaria

Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 36

3.3 Afastamento para realizar Missão ou Estudo em outro ponto do Território Nacional
ou no Exterior

O servidor não poderá ausentar-se do Estado para estudo ou missão oficial em outro
ponto do território nacional ou no exterior, sem autorização prévia dos chefes dos Poderes,
concedida através de ato publicado no Diário Oficial do Estado.
Quando o afastamento ocorrer para participação em curso, deverá este se relacionar
obrigatoriamente com a atividade profissional do servidor.
A ausência não excederá a 4 (quatro) anos e, finda a missão ou estudo, somente
decorrido igual período será permitida nova ausência.
Ao servidor beneficiado não será concedida exoneração ou licença para tratar de
interesse particular antes de decorrido período igual ao do afastamento, ressalvada a hipótese
de ressarcimento da despesa havida com seu afastamento.

3.3.1 Base Legal

 Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 - Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos
Civis do Estado e dá outras providências (art. 162);

 Lei nº 8.959, de 08 de maio de 2009 – Estabelece normas gerais para a elaboração e


tramitação dos atos e processos administrativos no âmbito do Poder Executivo do
Estado do Maranhão.

3.3.2 Documentação Necessária

 Formulário Requerimento do Servidor;


 Comprovante de inscrição ou matrícula;
 Termo de Compromisso;
 Rol Descritivo de Disciplinas;
 Cópia do último Contracheque.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 37

3.3.3 Rotina: Afastamento para realizar Missão ou Estudo em outro ponto do Território
Nacional ou no Exterior

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do Servidor


(ANEXO I), com o ciente da Chefia Imediata,
solicitando Afastamento para realizar Missão ou
Estudo em outro ponto do Território Nacional ou no
Exterior e anexa documentação;
 Dá entrada da documentação ao Protocolo do órgão
de origem do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema


(órgão de origem do informatizado, gera número de controle, emite o
servidor) Cartão de Protocolo e entrega ao servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos
do órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo;


HUMANOS  Preenche o formulário Vida Funcional Atual
(órgão de origem do (ANEXO II) informando a situação funcional do
servidor) servidor e verifica se a missão ou estudo é
compatível à atividade profissional executada pelo
servidor.

 Em caso da missão ou estudo não for


compatível:
 Dá ciência ao servidor e providencia o arquivamento
do processo.

 Em caso da missão ou estudo for compatível:


 Elabora Minuta de Ato em 4(quatro) vias
informando o afastamento com a data do início e
término da missão ou estudo, anexa ao processo e
encaminha à Assessoria Jurídica ou órgão
equivalente do órgão de origem do servidor.

04 ASSESSORIA  Emite parecer e encaminha o processo ao Gabinete


JURÍDICA OU do Titular do órgão do servidor.
ÓRGÃO
EQUIVALENTE
(órgão de origem do
servidor)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 38

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

05 GABINETE DO  Toma conhecimento e encaminha o processo com a


TITULAR Minuta do Ato à Casa Civil.
(órgão do servidor)

06 CASA CIVIL  Encaminha o processo com a Minuta do Ato ao


Governador do Estado solicitando a autorização do
afastamento e devolve ao Gabinete do Titular do
órgão de origem do servidor.

07 GABINETE DO  Em caso do Governador não autorizar:


TITULAR  Devolve o processo com a Minuta do Ato à Área
(órgão de origem do de Recursos Humanos do órgão do servidor para dar
servidor) ciência ao servidor e providenciar o arquivamento
do processo.

 Em caso do Governador autorizar:


 Encaminha o processo com o Ato em 4(quatro) vias
à Casa Civil solicitando a assinatura e publicação.

08 CASA CIVIL  Providencia assinatura do Governador do Estado


nas vias do Ato;
 Após assinatura, providencia a publicação no Diário
Oficial do Estado (DOE) e devolve o processo com
as vias do Ato com o número do DOE e a data de
publicação ao Gabinete do Titular do órgão de
origem do servidor.

09 GABINETE DO  Registra nas vias do Ato o número do DOE e a data


TITULAR da publicação;
(órgão de origem do  Encaminha o processo com as vias do Ato à Área
servidor) de Recursos Humanos do órgão do servidor

10 ÁREA DE RECURSOS  Inclui o afastamento no Sistema de Recursos


HUMANOS Humanos;
(órgão do servidor)  Publica o Ato no Boletim Informativo e deixa o
processo sobrestado;
 Procede a conferência e validação do Ato no
sistema junto a Superintendência de Gestão da
Folha de Pagamento/Secretaria-Adjunta de Gestão
de Pessoas (SAGEP)/Secretaria de Estado da Gestão
e Previdência (SEGEP).
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 39

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

11 SUPERINTENDÊNCIA  Verifica no sistema se a implantação do afastamento


DE GESTÃO DA está de acordo com o Ato.
FOLHA DE
PAGAMENTO/  Em caso do Ato não estar de acordo com
SAGEP/SEGEP sistema:
 Solicita à Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do servidor as providências devidas para
correção no sistema.

 Em caso do Ato estar de acordo com


sistema:
 Confirma a implantação do afastamento.

12 ÁREA DE RECURSOS  Após a validação do Ato junto a Superintendência


HUMANOS de Gestão da Folha de Pagamento/ SAGEP/
(órgão de origem do SEGEP, arquiva uma via no dossiê do servidor e
servidor) anexa outra via no processo;
 Arquiva o processo;
 Encaminha uma via do Ato à chefia imediata do
servidor.

13 CHEFIA IMEDIATA DO  Arquiva a via do Ato para controle e entrega uma


SERVIDOR cópia ao servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 40

3.3.4 Fluxo: Afastamento para realizar Missão ou Estudo em outro ponto do Território Nacional ou no Exterior

SERVIDOR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


(órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor)
INÍCIO Analisa o processo,
preenche formulário Vida
Formaliza Processo, Funcional Atual
Preenche formulário cadastra em sistema informando a situação
Requerimento do informatizado, gera o funcional do servidor e
Servidor com ciente da número de controle, emite verifica se a missão ou
chefia imediata solicitando Cartão de Protocolo e estudo é compatível à
seu Afastamento para entrega ao servidor. atividade profissional
realizar Missão ou Estudo
C executada pelo servidor.
em outro ponto do
Território Nacional ou no
Exterior e anexa
Processo Não Missão ou estudo é
Sim
documentação.
compatível com
atividade
Requerimento do Servidor profissional?

Dá ciência ao servidor e Elabora Minuta do Ato em


Toma conhecimento. providencia o arquivamento 4 (quatro) vias informando
do processo. afastamento com a data do
início e término da missão
ou estudo e anexa ao
processo.

Processo Processo

FIM 1
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 41

ASSESSORIA JURÍDICA OU ÓRGÃO GABINETE DO TITULAR CASA CIVIL


EQUIVALENTE (órgão de origem do servidor)
(órgão de origem do servidor)

Emite parecer. Toma conhecimento. Solicita ao Governador do


Estado a autorização do
afastamento.
C C
C

Processo Processo Processo

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 42

GABINETE DO TITULAR ÁREA DE RECURSOS SERVIDOR


(órgão de origem do servidor) HUMANOS
(órgão de origem do servidor)

Arquiva o processo e dá Toma conhecimento.


Governador Não ciência ao servidor.
autoriza?

Sim

Processo
Solicita assinatura do Ato FIM
em 4 (quatro) vias e
posterior publicação.
C

Processo

3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 43

CASA CIVIL GABINETE DO TITULAR ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


(órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor)

Inclui o afastamento no
Providencia assinatura do Registra nas vias do Ato o Sistema de Recursos
Governador do Estado nas número do DOE e a data de Humanos, publica o Ato
vias do Ato. Após publicação. no Boletim Informativo e
assinatura, providencia deixa processo sobrestado.
publicação no Diário Procede a conferência e
Oficial do Estado (DOE). validação do Ato.

Processo Ato 4
Processo
Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 44

SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA


DA FOLHA DE PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP (órgão de origem do servidor)

Efetua as providências
Verifica no sistema se a Arquiva a via do Ato para
devidas para correções no
implantação do afastamento controle e entrega uma
sistema.
está de acordo com o Ato. cópia ao servidor.

Ato
Ato
Ato está de Não
acordo?

Arquiva uma via no dossiê


Sim do servidor, anexa outra via FIM
Cao processo e arquiva
Confirma a implantação do processo.
Afastamento.
C
C

Ato

Ato Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 45

3.4 Afastamento para participar de Curso de Doutorado, Mestrado, Especialização ou


Aperfeiçoamento no Estado

O afastamento do servidor com o objetivo de frequentar curso de doutorado, mestrado,


especialização ou aperfeiçoamento no âmbito do Estado somente se efetivará quando
relacionado com sua atividade profissional e dependerá de autorização prévia dos chefes dos
Poderes.
O período de afastamento para frequentar cursos de doutorado e mestrado não
excederá a 4 (quatro) anos, incluindo-se as prorrogações; para os cursos de especialização e
aperfeiçoamento 2 (dois) anos, incluindo-se o período destinado à elaboração de monografia.
Quando os cursos ocorrerem na cidade de domicílio do servidor, a liberação para
afastamento ocorrerá somente quando o horário do curso coincidir com o seu horário de
trabalho.
Não será permitido novo afastamento nem concedida exoneração antes de decorrido
prazo igual ao do afastamento concedido ao servidor, ressalvada a hipótese de ressarcimento
da despesa havida.

3.4.1 Base Legal

 Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 - Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos
Civis do Estado e dá outras providências (art. 163);

 Lei nº 8.959, de 08 de maio de 2009 – Estabelece normas gerais para a elaboração e


tramitação dos atos e processos administrativos no âmbito do Poder Executivo do
Estado do Maranhão.

3.4.2 Documentação Necessária

 Formulário Requerimento do Servidor;


 Comprovante de inscrição ou matrícula;
 Termo de Compromisso;
 Rol descritivo de disciplinas;
 Cópia do último Contracheque.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 46

3.4.3 Rotina: Afastamento para participar de Curso de Doutorado, Mestrado,


Especialização ou Aperfeiçoamento no Estado

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do Servidor


(ANEXO I) com o ciente da Chefia Imediata
solicitando seu Afastamento para participar de Curso de
Doutorado, Mestrado, Especialização ou
Aperfeiçoamento no Estado e anexa documentação.
 Dá entrada da documentação no Protocolo do órgão de
origem do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema informatizado,


(órgão de origem do servidor) gera número de controle, emite o Cartão de Protocolo e
entrega ao servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos
do órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo;


HUMANOS  Preenche o formulário Vida Funcional Atual (ANEXO
(órgão de origem II), informando a vida funcional do servidor;
do servidor)  Verifica se o Curso de Doutorado, Mestrado,
Especialização ou Aperfeiçoamento no Estado relaciona-
se com a atividade profissional do servidor.

 Em caso de curso ou aperfeiçoamento não for


compatível com a atividade profissional do
servidor:
 Emite parecer, dá ciência ao servidor e providencia o
arquivamento do processo.

 Em caso de curso ou aperfeiçoamento for


compatível com a atividade profissional do
servidor:
 Elabora Minuta do Ato em 4 (quatro) vias informando
o afastamento com a data do início e término do Curso
de Doutorado, Mestrado, Especialização ou
Aperfeiçoamento e encaminha o processo à Assessoria
Jurídica ou órgão equivalente do órgão de origem do
servidor.

04 ASSESSORIA JURÍDICA  Emite parecer e encaminha o processo ao Gabinete do


OU ÓRGÃO Titular do órgão de origem do servidor.
EQUIVALENTE
(órgão de origem do servidor)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 47

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

05 GABINETE DO  Toma conhecimento e encaminha o processo com a


TITULAR Minuta do Ato à Casa Civil.
(órgão de origem do
servidor)

06 CASA CIVIL  Providencia assinatura do Governador do Estado nas


vias do Ato;
 Após assinatura, providencia a publicação no Diário
Oficial do Estado (DOE) e devolve o processo com
as vias do Ato com o número do DOE e a data de
publicação ao Gabinete do Titular do órgão de origem
do servidor.

07 GABINETE DO  Registra nas vias do Ato o número do DOE e a data


TITULAR da publicação;
(órgão de origem do  Encaminha o processo com as vias do Ato à Área de
servidor) Recursos Humanos do órgão de origem do servidor

08 ÁREA DE RECURSOS  Inclui o afastamento no Sistema de Recursos


HUMANOS Humanos;
(órgão de origem do  Publica o Ato no Boletim Informativo e deixa o
servidor) processo sobrestado;
 Procede a conferência e validação do Ato no sistema
junto a Superintendência de Gestão da Folha de
Pagamento/Secretaria-Adjunta de Gestão de Pessoas
(SAGEP)/Secretaria de Estado da Gestão e
Previdência (SEGEP).

09 SUPERINTENDÊNCIA  Verifica no sistema se a implantação do afastamento


DE GESTÃO DA FOLHA está de acordo com o Ato.
DE PAGAMENTO/
SAGEP/SEGEP  Em caso do Ato não estar de acordo:
 Solicita à Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do servidor as providências devidas para
correção no sistema.

 Em caso do Ato estar de acordo:


 Confirma a implantação do afastamento.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 48

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

10 ÁREA DE RECURSOS  Após a validação do Ato junto a Superintendência de


HUMANOS Gestão da Folha de Pagamento/ SAGEP/SEGEP,
(órgão de origem do arquiva uma via no dossiê do servidor e anexa outra
servidor) via no processo;
 Arquiva o processo;
 Encaminha uma via do Ato à chefia imediata do
servidor.

11 CHEFIA IMEDIATA DO  Arquiva a via do Ato para controle e entrega uma


SERVIDOR cópia ao servidor;
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 49

3.4.4 Fluxo: Afastamento para participar de Curso de Doutorado, Mestrado, Especialização ou Aperfeiçoamento no Estado

SERVIDOR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS ASSESSORIA JURÍDICA OU


(órgão de origem do (Órgão de origem do servidor) ÓRGÃO EQUIVALENTE
servidor) (Órgão do servidor)

INÍCIO Analisa o processo, preenche o


formulário Vida Funcional Atual, Emite parecer.
Formaliza processo, verifica se curso de Doutorado,
Preenche Requerimento cadastra no sistema Mestrado, Especialização ou
do Servidor com o ciente informatizado, gera número Aperfeiçoamento no Estado
da Chefia Imediata de controle, emite Cartão relaciona-se com a atividade
solicitando seu afastamento de Protocolo e entrega ao profissional do servidor.
para participar de curso de servidor.
Doutorado, Mestrado,
Especialização ou Processo
Aperfeiçoamento no Estado Processo
Não Compatível com Sim
e anexa documentação. atividade
profissional?
Requerimento do Servidor 1

Emite parecer, dá ciência Elabora Minuta do Ato em


ao servidor e providencia 4 (quatro) vias informando
Toma conhecimento. arquivamento do processo. o afastamento com a data
C
C

de início e término do
Curso de Doutorado,
Mestrado, Especialização
ou Aperfeiçoamento.

Processo Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 50

GABINETE DO TITULAR CASA CIVIL GABINETE DO TITULAR ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


(Órgão do servidor) (órgão de origem do servidor) (órgão do servidor)
1

Inclui o afastamento no
Toma conhecimento. Providencia assinatura do Registra nas vias do Ato o Sistema de Recursos
Governador do Estado nas número do DOE e data de Humanos e publica o ato no
vias do Ato e publicação no
C C publicação. C Boletim Informativo e
Diário Oficial do Estado deixa o processo
(DOE). sobrestado. Procede a
C conferência e validação do
Ato.

Processo Processo Processo


Processo

Ato

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 51

SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE FOLHA DE ÁREA RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA DO


PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP (órgão de origem do servidor) SERVIDOR
2
Providencia as devidas Entrega uma cópia ao
correções no sistema. servidor e arquiva a via do
C
Ato para controle.
C

Verifica no sistema se a
implantação do afastamento
está de acordo com o Ato.

Ato Ato

Está de Não
acordo com o
Ato? Arquiva uma via do Ato no FIM
dossiê do servidor e anexa
outra via no processo e
C
Sim arquiva.
Confirma a implantação do
C
afastamento.
C

Ato

Processo

Ato
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 52

3.5 Afastamento para Exercer Atividade Político-Partidária

O servidor terá direito ao afastamento, sem remuneração, durante o período que


mediar entre a sua escolha em convenção partidária como candidato a cargo eletivo, e a
véspera do registro de sua candidatura perante a Justiça Eleitoral.
O servidor candidato a cargo eletivo na localidade onde desempenha suas funções e
que exerça cargo em comissão ou cargo do Grupo Ocupacional Tributação, Arrecadação e
Fiscalização, dele será afastado, a partir do dia imediato ao do registro de sua candidatura
perante a Justiça Eleitoral até o 15º (décimo quinto) dia seguinte ao do pleito, na forma da
legislação pertinente à matéria.
A partir do registro da candidatura e até o 15º (décimo quinto) dia seguinte ao da
eleição, o servidor ficará afastado com remuneração como se em efetivo exercício estivesse.
O afastamento deverá ser requerido pelo servidor, instruído com a prova de sua
escolha ou do registro da candidatura, conforme a natureza, remunerada ou não.
A renúncia à candidatura ou o cancelamento do seu registro acarretará a extinção do
afastamento com a obrigatoriedade do retorno imediato ao exercício.

3.5.1 Base Legal

 Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 - Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos
Civis do Estado e dá outras providências (art. 165);

 Lei nº 8.959, de 08 de maio de 2009 – Estabelece normas gerais para a elaboração e


tramitação dos atos e processos administrativos no âmbito do Poder Executivo do
Estado do Maranhão.

3.5.2 Documentação Necessária

 Formulário Requerimento do Servidor;


 Documento que comprove a sua escolha em Confederação Partidária como candidato
a cargo eletivo ou do registro da candidatura;
 Carteira de Identidade, CPF e comprovante de residência atualizado;
 Cópia do último Contracheque.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 53

3.5.3 Rotina: Afastamento para Exercer Atividade Político-Partidária com Remuneração

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do Servidor


(ANEXO I) solicitando o Afastamento para exercer
Atividade Político-Partidária com remuneração a partir
do registro da candidatura e até 15° (décimo quinto) dia
seguinte ao da eleição;
 Solicita a ciência da chefia imediata dá entrada da
documentação no Protocolo do órgão de origem do
servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema informatizado,


(órgão de origem do gera número de controle, emite o Cartão de Protocolo e
servidor) entrega ao servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos
do órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE  Analisa o processo e confere a documentação;


RECURSOS
HUMANOS  Em caso de documentação incompleta:
(órgão de origem do  Dá ciência ao servidor para providenciar a
servidor ) documentação faltante.

 Em caso de documentação completa:


 Preenche o formulário Vida Funcional Atual
(ANEXO II) informando a situação funcional do
servidor;
 Elabora Portaria em 3(três) vias informando o
afastamento com a data a partir do registro da
candidatura até o 15º (décimo quinto) dia seguinte ao da
eleição;
 Encaminha o processo com as vias da Portaria à
Assessoria Jurídica ou órgão equivalente do órgão de
origem do servidor.

04 ASSESSORIA  Emite parecer e encaminha o processo ao Gabinete do


JURÍDICA OU Titular do órgão de origem do servidor.
ÓRGÃO
EQUIVALENTE
(órgão de origem do
servidor)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 54

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

05 GABINETE DO  O Titular assina as vias da Portaria e encaminha com o


TÍTULAR processo à Área de Recursos Humanos do órgão de
(órgão de origem do origem do servidor.
servidor)

06 ÁREA DE RECURSOS  Inclui o afastamento no Sistema de Recursos


HUMANOS Humanos;
(órgão de origem do  Publica a Portaria no Boletim Informativo e deixa o
servidor) processo sobrestado;
 Procede a conferência e validação da Portaria no
sistema junto a Superintendência de Gestão da Folha
de Pagamento/Secretaria-Adjunta de Gestão de
Pessoas (SAGEP)/Secretaria de Estado da Gestão e
Previdência (SEGEP).

07 SUPERINTENDÊNCIA  Verifica no sistema se a implantação do afastamento


DE GESTÃO DA FOLHA está de acordo com a Portaria.
DE PAGAMENTO/
SAGEP/SEGEP  Em caso da Portaria não estar de acordo:
 Solicita à Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do servidor as providências devidas para
correção no sistema.

 Em caso da Portaria estar de acordo:


 Confirma a implantação do afastamento.

08 ÁREA DE RECURSOS  Após a validação da Portaria junto a


HUMANOS Superintendência de Gestão da Folha de Pagamento/
(órgão de origem do SAGEP/SEGEP, arquiva uma via no dossiê do
servidor) servidor e anexa outra via no processo;
 Arquiva o processo;
 Encaminha uma via da Portaria à chefia imediata do
servidor.

09 CHEFIA IMEDIATA DO  Arquiva a via da Portaria para controle e entrega uma


SERVIDOR cópia ao servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 55

3.5.4 Fluxo: Afastamento para Exercer Atividade Político-Partidária com Remuneração

SERVIDOR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


(órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor)
INÍCIO Analisa o processo e
confere documentação.
Formaliza processo,
Preenche formulário cadastra em sistema
Requerimento do informatizado, gera o
Servidor com ciente da número de controle, emite
chefia imediata solicitando Cartão de Protocolo e
seu afastamento para entrega ao servidor.
exercer Atividade Político-
C

Partidária com Não Sim


remuneração e anexa Documentação
documentação necessária. completa?
Processo

Requerimento do Servidor
Preenche formulário Vida
Funcional Atual
informando a situação do
servidor, elabora Portaria
Providencia documentação em 3 (três) vias informando
faltante. afastamento com data a
partir do registro de sua
candidatura até 15º dia
seguinte da eleição.

Processo

1
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 56

ASSESSORIA JURÍDICA OU GABINETE DO TÍTULAR ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


ÓRGÃO EQUIVALENTE (órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor)
(órgão de origem do servidor)

1
Inclui o afastamento no
Sistema de Recursos
Emite parecer. Titular assina as vias da
Humanos, publica
Portaria.
Portaria no Boletim
C C
Informativo e deixa
C
processo sobrestado.
Procede conferência e
validação da Portaria.
C

Processo Processo Portaria 2

Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 57

SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA


DA FOLHA DE PAGAMENTO SAGEP/SEGEP (órgão de origem do servidor)

2
Efetua as providências Arquiva a via da Portaria
devidas para correções no para controle e entrega uma
sistema. cópia ao servidor.
Verifica no sistema se a
implantação do afastamento
está de acordo com a
Portaria.

Portaria Portaria

Está de Não
acordo com a
Portaria?
FIM
Arquiva uma via da
Sim Portaria no dossiê do
servidor, anexa outra via ao
C

processo e arquiva
Confirma a implantação do processo.
afastamento.
C
C

Portaria

Portaria Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 58

3.5.5 Rotina: Afastamento para Exercer Atividade Político-Partidária sem


Remuneração

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do


Servidor (ANEXO I) solicitando Afastamento
para Exercer Atividade Político Partidária sem
remuneração, a partir do dia imediato ao do
registro da sua candidatura perante a Justiça
Eleitoral;
 Solicita a ciência da chefia imediata e dá entrada
na documentação necessária no Protocolo do
órgão de origem do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema


(órgão de origem do informatizado, gera número de controle, emite
servidor) Cartão de Protocolo e entrega ao servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos
Humanos do órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa processo e confere documentação;


HUMANOS
(órgão de origem do  Em caso de documentação incompleta:
servidor)  Dá ciência ao servidor para providenciar
documentação faltante.

 Em caso de documentação completa:


 Preenche formulário Vida Funcional Atual
(ANEXO II) informando a situação funcional do
servidor;
 Elabora Portaria em 3 (três) vias informando o
afastamento com a data a partir do dia imediato
ao do registro de sua candidatura perante à
Justiça Eleitoral até o 15º (décimo quinto) dia
seguinte ao do pleito;
 Encaminha o processo com as vias da Portaria à
Assessoria Jurídica ou órgão equivalente do
órgão de origem do servidor.

04 ASSESSORIA  Emite parecer e encaminha o processo com as


JURÍDICA OU vias da Portaria ao Gabinete do Titular do
ÓRGÃO órgão de origem do servidor.
EQUIVALENTE
(órgão de origem do
servidor)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 59

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

05 GABINETE DO  O Titular assina as vias da Portaria e encaminha


TÍTULAR com o processo à Área de Recursos Humanos do
(órgão de origem do órgão de origem do servidor.
servidor)

06 ÁREA DE RECURSOS  Inclui o afastamento no Sistema de Recursos


HUMANOS Humanos;
(órgão de origem do  Publica a Portaria no Boletim Informativo e
servidor) deixa o processo sobrestado;
 Procede a conferência e validação da Portaria
no sistema junto a Superintendência de Gestão
da Folha de Pagamento/Secretaria-Adjunta de
Gestão de Pessoas (SAGEP)/Secretaria de
Estado da Gestão e Previdência (SEGEP).

07 SUPERINTENDÊNCIA  Verifica no sistema se a implantação do


DE GESTÃO DA afastamento está de acordo com a Portaria.
FOLHA DE
PAGAMENTO/  Em caso da Portaria não estar de acordo:
SAGEP/SEGEP  Solicita à Área de Recursos Humanos do órgão
de origem do servidor as providências devidas
para correção no sistema.

 Em caso da Portaria estar de acordo:


 Confirma a implantação do afastamento.

08 ÁREA DE RECURSOS  Após a validação da Portaria junto a


HUMANOS Superintendência de Gestão da Folha de
(órgão de origem do Pagamento/ SAGEP/SEGEP, arquiva uma via
servidor) no dossiê do servidor e anexa outra via no
processo;
 Arquiva o processo;
 Encaminha uma via da Portaria à chefia
imediata do servidor.

09 CHEFIA IMEDIATA  Arquiva a via da Portaria para controle e


DO SERVIDOR entrega uma cópia ao servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 60

3.5.6 Fluxo: Afastamento para Exercer Atividade Político Partidária sem Remuneração

SERVIDOR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


(órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor)
INÍCIO Analisa o processo e
confere documentação.
Formaliza processo,
Preenche formulário cadastra no sistema
Requerimento do Servidor informatizado, gera o
com ciente da chefia imediata número de controle, emite
solicitando seu afastamento a
C Cartão de Protocolo e
partir do dia imediato ao do entrega ao servidor.
registro da candidatura perante
a Justiça Eleitoral e anexa Não Documentação Sim
documentação necessária.
completa?
Requerimento do servidor Processo

Preenche formulário Vida


Funcional Atual informando a
situação do servidor, elabora
Providencia documentação Portaria em 3 (três) vias
faltante. informando afastamento com data
a partir do dia imediato ao do
registro de sua candidatura na
Justiça eleitoral até 15° dia
seguinte do pleito.

Processo

1
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 61

ASSESSORIA JURÍDICA OU GABINETE DO TITULAR ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


ÓRGÃO EQUIVALENTE (órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor)
(órgão de origem do servidor)

1
Inclui o afastamento no
Sistema de Recursos
Emite parecer. Titular assina as vias da
Humanos, publica
Portaria.
Portaria no Boletim
C C
Informativo e deixa
C
processo sobrestado.
Procede a conferência e
validação da Portaria.
C

Processo Processo Portaria 2

Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 62

SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA


DA FOLHA DE PAGAMENTO SAGEP/SEGEP (Órgão de origem do servidor)
2
Efetua as providências Arquiva a via da Portaria
devidas para correções no para controle e entrega uma
Verifica no sistema se a sistema. cópia ao servidor.
implantação do afastamento
está de acordo com a
Portaria.

Portaria Portaria

Está de Não
acordo com a
Portaria?
FIM
Arquiva uma via da
Sim Portaria no dossiê do
C servidor, anexa outra via ao
Confirma a implantação do processo e arquiva
afastamento. processo.
C
C

Portaria

Portaria Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 63

3.6 Afastamento para Exercer Mandato Eletivo

Ao servidor investido em mandato eletivo aplicam-se as seguintes disposições:


 Tratando-se de mandato federal ou estadual, ficará afastado do cargo;
 Investido no mandato de prefeito, será afastado do cargo, sendo-lhe facultado optar pela
sua remuneração;
 Investido no mandato de vereador, havendo compatibilidade de horário, perceberá as
vantagens de seu cargo, sem prejuízo da remuneração do cargo eletivo e, não havendo
compatibilidade de horário, será aplicada a norma do inciso anterior.
O tempo de serviço será contado para todos os efeitos, exceto para promoção por
merecimento ou para avaliação de desempenho.
No caso de afastamento do cargo, o servidor contribuirá para a previdência social
como se em exercício estivesse.
O servidor investido em mandato eletivo não poderá ser removido ou redistribuído de
ofício para localidade diversa daquela onde exerce o mandato.

3.6.1 Base Legal

 Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 (art. 38);

 Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 - Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos
Civis do Estado e dá outras providências (art. 168);

 Lei nº 8.959, de 08 de maio de 2009 – Estabelece normas gerais para a elaboração e


tramitação dos atos e processos administrativos no âmbito do Poder Executivo do
Estado do Maranhão.

3.6.2 Documentação Necessária

 Formulário Requerimento do Servidor;


 Documentação comprobatória da Justiça Eleitoral;
 Carteira de Identidade, CPF e comprovante de residência atualizado;
 Cópia do último Contracheque.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 64

3.6.3 Rotina: Afastamento para Exercer Mandato Eletivo sem remuneração

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do Servidor


(ANEXO I) solicitando o Afastamento para exercer
Mandato Eletivo sem remuneração;
 Solicita a ciência da chefia imediata dá entrada da
documentação necessária no Protocolo do órgão de
origem do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema informatizado,


(órgão de origem do gera número de controle, emite Cartão de Protocolo e
servidor) entrega ao servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos do
órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo e confere a documentação;


HUMANOS
(órgão de origem do  Em caso de documentação incompleta:
servidor )  Dá ciência ao servidor para providenciar a
documentação faltante.

 Em caso de documentação completa:


 Preenche o formulário Vida Funcional Atual
(ANEXO II) informando a situação funcional do
servidor;
 Elabora Portaria em 3(três) vias informando o
afastamento com a data do início do mandato eletivo;
 Encaminha o processo com as vias da Portaria à
Assessoria Jurídica ou órgão equivalente do órgão de
origem do servidor.

04 ASSESSORIA  Emite parecer e encaminha o processo ao Gabinete do


JURÍDICA OU ÓRGÃO Titular do órgão de origem do servidor.
EQUIVALENTE
(órgão de origem do
servidor)

05 GABINETE DO  O Titular assina as vias da Portaria e encaminha com o


TÍTULAR processo à Área de Recursos Humanos do órgão de
(órgão de origem do origem do servidor.
servidor)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 65

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

06 ÁREA DE RECURSOS  Inclui o afastamento no Sistema de Recursos


HUMANOS Humanos;
(órgão de origem do  Publica a Portaria no Boletim Informativo e deixa o
servidor) processo sobrestado;
 Procede a conferência e validação da Portaria no
sistema junto a Superintendência de Gestão da Folha de
Pagamento/Secretaria-Adjunta de Gestão de Pessoas
(SAGEP)/Secretaria de Estado da Gestão e Previdência
(SEGEP).

07 SUPERINTENDÊNCIA  Verifica no sistema se a implantação do afastamento


DE GESTÃO DA está de acordo com a Portaria.
FOLHA DE
PAGAMENTO/  Em caso da Portaria não estar de acordo:
SAGEP/SEGEP  Solicita à Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do servidor as providências devidas para
correção no sistema.

 Em caso da Portaria estar de acordo:


 Confirma a implantação do afastamento.

08 ÁREA DE RECURSOS  Após a validação da Portaria junto a Superintendência


HUMANOS de Gestão da Folha de Pagamento/ SAGEP/SEGEP,
(órgão de origem do arquiva uma via no dossiê do servidor e anexa outra via
servidor) no processo;
 Arquiva o processo;
 Encaminha uma via da Portaria à chefia imediata do
servidor.

09 CHEFIA IMEDIATA DO  Arquiva a via da Portaria para controle e entrega uma


SERVIDOR cópia ao servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 66

3.6.4 Fluxo: Afastamento para Exercer Mandato Eletivo sem remuneração

SERVIDOR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


(órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor)
INÍCIO Analisa o processo e
confere documentação.
Formaliza processo,
Preenche formulário cadastra em Sistema
Requerimento do Informatizado, gera o
Servidor com ciente da número de controle, emite
chefia imediata solicitando Cartão de Protocolo e
seu Afastamento para entrega ao servidor.
exercer Mandato Eletivo e
C

anexa documentação Não Sim


Documentação
necessária.
Completa?
Processo

Requerimento do Servidor
Preenche formulário Vida
Funcional Atual
informando a situação
funcional do servidor,
Providencia documentação elabora Portaria em 3
faltante. (três) vias informando
afastamento com data do
início do mandato eletivo.

Processo

1
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 67

ASSESSORIA JURÍDICA OU GABINETE DO TITULAR ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


ÓRGÃO EQUIVALENTE (órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor)
(órgão de origem do servidor)

Emite parecer. Titular assina as vias da Inclui o afastamento no


Portaria. Sistema de Recursos
Humanos, publica
C C
Portaria no Boletim
Informativo e deixa
C
processo sobrestado.
Procede conferência e
validação da Portaria.
Processo Processo C

Portaria 2

Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 68

SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA


DA FOLHA DE PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP (órgão de origem do servidor)

2 Efetua as providências Arquiva a via da Portaria


devidas para correções no para controle e entrega uma
sistema. cópia ao servidor.
Verifica no sistema se a
implantação do afastamento
está de acordo com a
Portaria.
Portaria Portaria

Está de Não
acordo com a
Portaria? FIM
Arquiva uma via da
Sim Portaria no dossiê do
servidor, anexa outra via ao
C

processo e arquiva
Confirma a implantação do processo.
afastamento. C

Portaria

Processo
Portaria
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 69

4 APOSTILAMENTO DE NOME

É quando há alteração no nome ou pré-nome do servidor.

4.1 Base Legal

 Lei n° 6.015, de 31 de dezembro de 1973 – Dispõe sobre os registros públicos, e dá


outras providências.
 Lei nº 8.959, de 08 de maio de 2009 – Estabelece normas gerais para a elaboração e
tramitação dos atos e processos administrativos no âmbito do Poder Executivo do
Estado do Maranhão.

4.2 Documentação Necessária

 Formulário Requerimento do Servidor;


 Carteira de Identidade, CPF e comprovante de residência atualizado;
 Certidão de Nascimento em caso de alteração legal no nome ou pré-nome;
 Certidão de Casamento com averbação de separação judicial ou divórcio;
 Cópia do último Contracheque.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 70

4.3 Rotina: Apostilamento de Nome

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

 Preenche o formulário Requerimento do Servidor


01 SERVIDOR
(ANEXO I) solicitando o apostilamento de nome, anexa
documentação necessária e dá entrada no Protocolo do
órgão de origem do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema informatizado,


(órgão de origem do gera número de controle, emite o Cartão de Protocolo e
servidor) entrega ao servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos do
órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE  Analisa o processo e confere a documentação;


RECURSOS
HUMANOS  Em caso de documentação incompleta:
(órgão de origem do  Dá ciência ao servidor para providenciar a documentação
servidor ) faltante.

 Em caso de documentação completa:


 Elabora Portaria em 2(duas) vias e assina;
 Faz alteração dos dados cadastrais no Sistema de Recursos
Humanos e publica a Portaria no Boletim Informativo;
 Entrega uma cópia da Portaria ao servidor e arquiva uma
via no dossiê do servidor:
 Arquiva o processo com uma via da Portaria.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 71

4.4 Fluxo: Apostilamento de Nome

SERVIDOR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


(órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor)
INÍCIO Analisa o processo e
confere documentação.
Formaliza processo,
Preenche formulário cadastra em sistema
Requerimento do informatizado, gera o
Servidor solicitando o número de controle, emite
apostilamento de nome e
C Cartão de Protocolo e
anexa documentação entrega ao servidor.
necessária.
Não Documentação Sim
completa?
Requerimento do servidor Processo

Elabora Portaria em 2 (duas)


vias e asssina. Altera dados
cadastrais no Sistema de
Recursos Humanos e
publica Portaria no Boletim
Providencia documentação
Informativo. Entrega uma
faltante. cópia da Portaria ao servidor,
arquiva uma via no dossiê do
servidor e arquiva processo
com uma via da Portaria.
Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 72

5 CESSÃO/DISPOSIÇÃO ORIGINÁRIA DE ÓRGÃOS/ENTIDADES DO PODER


EXECUTIVO ESTADUAL

5.1 Base Legal

 Lei n° 6.999, de 7 de Junho de 1982, dispõe sobre a requisição de servidores


públicos pela Justiça Eleitoral, e dá outras providências;
 Decreto nº 23.179, de 2 de Julho de 2007, que disciplina a cessão ou disposição de
servidores públicos, e dá outras providências;
 Decreto nº 28.017, de 15 de Fevereiro de 2012, que disciplina a cessão de
servidores da Secretaria de Estado da Educação no âmbito do processo de
Municipalização do Ensino Fundamental da Rede Pública Estadual e dá outras
providências;
 Decreto nº 28.018, de 15 de Fevereiro de 2012, altera o §3º do art. 5º do Decreto
nº 23.179, de 2 de Julho de 2007, que disciplina a cessão ou disposição de
servidores públicos, e dá outras providências;
 Decreto nº 30.623, de 12 de Janeiro de 2015, que dispõe sobre a revogação de Ato
de Cessão e Disposição dos servidores públicos estaduais, e dá outras
providências.
 Lei nº 10.213, de 09 de Março de 2015, dispõe sobre a estrutura orgânica da
Administração Pública do Poder Executivo do Estado do Maranhão, e dá outras
providências;
 Lei n° 10.336, de 13 de Outubro de 2015, que altera o art. 26º da Lei nº 10.213, de
09 de Março de 2015, dispõe sobre a estrutura orgânica da Administração Pública
do Poder Executivo do Estado do Maranhão, e dá outras providências.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 73

5.2 Rotina: Cessão/Disposição Originária de Órgãos/Entidades do Poder Executivo


Estadual

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 TITULAR DO  Emite solicitação de Cessão ou Disposição à Secretária


ÓRGÃO/ENTIDADE de Estado de Gestão e Previdência (SEGEP).
REQUISITANTE

02 SECRETÁRIA DE  Toma conhecimento e consulta o Titular do


ESTADO DE Órgão/Entidade a que pertence o servidor se concorda
GESTÃO E ou não.
PREVIDÊNCIA
(SEGEP)

03 TITULAR DO  Toma conhecimento e opina pelo deferimento ou


ÓRGÃO/ENTIDADE indeferimento do pedido e devolve para a Secretária de
DE ORIGEM DO Estado de Gestão e Previdência (SEGEP).
SERVIDOR  Em caso de deferimento, deverá ser juntada a Vida
Funcional do servidor requisitado.

04 SECRETÁRIA DE  Toma conhecimento e:


ESTADO DE
GESTÃO E  Em caso de indeferimento:
PREVIDÊNCIA  Devolve a demanda ao Órgão/Entidade requisitante
(SEGEP) para conhecimento e arquivamento.

 Em caso de deferimento:
 Emite Ato de Disposição em 4 (quatro) vias, encaminha
uma via para publicação no Diário Oficial do Estado.
 Após publicação, registra nas demais vias do Ato o
número do Diário Oficial e a respectiva data da
publicação;
 Anexa uma via do Ato na solicitação e devolve ao
Órgão/Entidade requisitante.
 Encaminha uma via do Ato ao Órgão de Origem do
Servidor para arquivamento no dossiê e uma via à
Superintendência de Folha de Pagamento para fins de
registro no Sistema de Recursos Humanos.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 74

5.3 Fluxo: Cessão/Disposição Originária de Órgãos/ Entidades do Poder Executivo Estadual

TITULAR DO ÓRGÃO/ENTIDADE SECRETARIA DE ESTADO DE TITULAR DO ÓRGÃO/ENTIDADE DE


REQUISITANTE GESTÃO E PREVIDÊNCIA (SEGEP) ORIGEM DO SERVIDOR

INÍCIO

Toma conhecimento e Toma conhecimento e


Emite solicitação de Cessão opina pelo deferimento ou
consulta o Titular do
ou Disposição. indeferimento do pedido.
Órgão/Entidade a que
pertence o servidor se Em caso de deferimento,
concorda ou não. deverá ser juntada Vida
Funcional do servidor
requisitado.
Solicitação Solicitação
Solicitação

1
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 75

SECRETARIA DE ESTADO DE GESTÃO E TITULAR DO ÓRGÃO/ CASA CIVIL


PREVIDÊNCIA (SEGEP) ENTIDADE REQUISITANTE

1
Toma conhecimento e Providencia a publicação
arquiva solicitação. do Ato no Diário Oficial do
Toma conhecimento. Estado (DOE).

Solicitação Ato

Solicitação 2
Deferida?
FIM
Sim Não

Emite Ato de Disposição Devolve para dar ciência e


em 4 (quatro) vias e solicita solicita arquivamento.
publicação no Diário Oficial
do Estado.

Ato Solicitação
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 76

SECRETARIA DE ESTADO DE TITULAR DO TITULAR DO SUPERINTENDÊNCIA DE


GESTÃO E PREVIDÊNCIA - SEGEP ÓRGÃO/ENTIDADE ÓRGÃO/ENTIDADE DE GESTÃO DE FOLHA DE
REQUISITANTE ORIGEM DO SERVIDOR PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP

2 Toma conhecimento. Toma conhecimento e Realiza registro no Sistema


arquiva no dossiê do de Recursos Humanos.
C servidor.
C C

Registra nas vias do Ato o


número e data da
C
publicação do DOE. Anexa
1 (uma) via do Ato de
Disposição à solicitação. Solicitação 3ª via do Ato 4ª via do Ato
C

Solicitação FIM
C FIM FIM

3ª Via do Ato

4ª Via do
Ato
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 77

6 CESSÃO/DISPOSIÇÃO ORIGINÁRIA DE ÓRGÃOS/ENTIDADES FORA DO


PODER EXECUTIVO ESTADUAL

6.1 Base Legal

 Lei n° 6.999, de 7 de Junho de 1982, dispõe sobre a requisição de servidores


públicos pela Justiça Eleitoral, e dá outras providências;
 Decreto nº 23.179, de 2 de Julho de 2007, que disciplina a cessão ou disposição de
servidores públicos, e dá outras providências;
 Decreto nº 28.017, de 15 de Fevereiro de 2012, que disciplina a cessão de
servidores da Secretaria de Estado da Educação no âmbito do processo de
Municipalização do Ensino Fundamental da Rede Pública Estadual e dá outras
providências;
 Decreto nº 28.018, de 15 de Fevereiro de 2012, altera o §3º do art. 5º do Decreto
nº 23.179, de 2 de Julho de 2007, que disciplina a cessão ou disposição de
servidores públicos, e dá outras providências;
 Decreto nº 30.623, de 12 de Janeiro de 2015, que dispõe sobre a revogação de Ato
de Cessão e Disposição dos servidores públicos estaduais, e dá outras
providências.
 Lei nº 10.213, de 09 de Março de 2015, dispõe sobre a estrutura orgânica da
Administração Pública do Poder Executivo do Estado do Maranhão, e dá outras
providências;
 Lei n° 10.336, de 13 de Outubro de 2015, que altera o art. 26º da Lei nº 10.213, de
09 de Março de 2015, dispõe sobre a estrutura orgânica da Administração Pública
do Poder Executivo do Estado do Maranhão, e dá outras providências.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 78

6.2 Rotina: Cessão/Disposição Originária de Órgãos/Entidades fora do Poder Executivo


Estadual

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 TITULAR DO  Emite solicitação ao Governador do Estado do


ÓRGÃO/ENTIDADE Maranhão contendo os dados referentes ao servidor e as
REQUISITANTE razões que justifiquem o pedido.

02 GOVERNADOR  Toma conhecimento e encaminha à Casa Civil para


emissão de parecer jurídico.

03 CASA CIVIL  Toma conhecimento, emite parecer jurídico conforme


legislação vigente e devolve ao Governador para
deliberação.

04 GOVERNADOR  Toma conhecimento e defere ou indefere o pedido

 Em caso de indeferimento:
Devolve a demanda ao Órgão/Entidade requisitante
para conhecimento.

 Em caso de deferimento:
Encaminha a demanda à Secretária de Estado de
Gestão e Previdência (SEGEP) para fins de emissão
do Ato de Disposição/Cessão.

05 SECRETÁRIA DE  Toma conhecimento e solicita a Vida Funcional do


ESTADO DE servidor ao Órgão/Entidade de origem.
GESTÃO E
PREVIDÊNCIA –
SEGEP

06 ÓRGÃO/ENTIDADE  Toma conhecimento e faz juntada da Vida Funcional


DE ORIGEM DO do servidor e devolve para a Secretária de Estado de
SERVIDOR Gestão e Previdência (SEGEP).
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 79

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

07 SECRETÁRIA DE  Toma conhecimento e analisa a Vida Funcional.


ESTADO DE
GESTÃO E  Em caso impeditivo:
PREVIDÊNCIA  Devolve a demanda para Casa Civil para dar
(SEGEP) conhecimento ao Órgão/Entidade requisitante da
impossibilidade de atendimento do pedido.

 Em não havendo fato impeditivo:


 Emite Ato de Disposição em 4 (quatro) vias e
encaminha 1 (uma) via para a publicação no Diário
Oficial do Estado.
 Após publicação, anexa 1 (uma) via na solicitação e
encaminha para Casa Civil para dar ciência ao
Órgão/Entidade requisitante.
 Encaminha 1(uma) via para o Órgão de origem do
servidor para arquivamento no dossiê e 1 (uma) via
para a Superintendência de Folha de Pagamento para
fins de registro no Sistema de Recursos Humanos.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 80

6.3 Fluxo: Cessão/Disposição Originária de Órgãos/ Entidades fora do Poder Executivo Estadual

TITULAR DO ÓRGÃO/ENTIDADE GOVERNADOR DO ESTADO DO CASA CIVIL


REQUISITANTE MARANHÃO

INÍCIO

Toma conhecimento. Toma conhecimento e


Emite solicitação ao emite parecer jurídico
Governador do Estado do conforme legislação
Maranhão contendo os
vigente.
dados referentes ao
servidor e as razões que
justifiquem o pedido.

Solicitação Solicitação
Solicitação

1
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 81

GOVERNADOR DO ESTADO DO MARANHÃO TITULAR DO ÓRGÃO/ SECRETARIA DE ESTADO DE


ENTIDADE REQUISITANTE GESTÃO E PREVIDÊNCIA
(SEGEP)
1
Toma conhecimento. Toma conhecimento e
solicita a Vida Funcional
Toma conhecimento e do servidor.
defere ou indefere o
pedido.

Solicitação Solicitação

FIM 2
Solicitação
Deferida?

Sim Não

Solicita emissão do Ato de Devolve para dar ciência e


Disposição/Cessão. solicita arquivamento.

Solicitação Solicitação
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 82

ÓRGÃO/ENTIDADE DE SECRETARIA DE ESTADO DE GESTÃO E CASA CIVIL


ORIGEM DO SERVIDOR PREVIDÊNCIA (SEGEP)

2
Toma conhecimento e
analisa a Vida Funcional. Dar ciência ao Órgão/
Toma conhecimento e faz Entidade requisitante da
juntada da Vida Funcional. impossibilidade de
atendimento do pedido.

Há fato Solicitação
Solicitação impeditivo?

Não Sim FIM

Emite Ato de Disposição Devolve para dar ciência e Providencia a publicação do


em 4 (quatro) vias e solicita solicita arquivamento. Ato no Diário Oficial do
publicação no Diário Oficial Estado (DOE).
do Estado.

Solicitação Solicitação
Solicitação

3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 83

GABINETE DA SAGEP/SEGEP CASA CIVIL ÓRGÃO/ENTIDADE DE SUPERINTENDÊNCIA DE


ORIGEM DO SERVIDOR GESTÃO DE FOLHA DE
PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP

3 Dar ciência ao Toma conhecimento e Realiza registro no Sistema


Órgão/Entidade arquiva no dossiê do de Recursos Humanos.
requisitante.
C servidor.
C C

Registra nas vias do Ato o


número e data da
C
publicação do DOE. Anexa
1 (uma) via do Ato de
Disposição à solicitação. Solicitação 3ª via do Ato 4ª via do Ato
C

Solicitação
FIM
C FIM FIM

3ª Via do Ato

4ª Via do
Ato
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 84

7 Comitê de Gestão Orçamentária e Financeira e de Política Salarial do Estado

O Comitê de Gestão Orçamentária e Financeira e de Política Salarial do Estado tem


como finalidade planejar, coordenar, avaliar e controlar a execução orçamentária e financeira
do Estado, estabelecer diretrizes para a política salarial e definir os critérios de remuneração
do servidor público estadual, zelando pelo efetivo equilíbrio entre receitas e despesas, e pela
manutenção do fluxo de desembolso de recursos de modo a cumprir a execução física dos
projetos e atividades.

7.1 Base Legal

 Decreto nº 28.211, de 29 de maio de 2012 - Altera dispositivo do Decreto nº 23.322,


de 14 de agosto de 2007, que cria o Comitê de Gestão Orçamentária e Financeira e de
Política Salarial do Estado, e dá outras providências;

 Decreto nº 27.245, de 28 de janeiro de 2011 - Altera dispositivo do Decreto nº 23.322,


de 14 de agosto de 2007, que cria o Comitê de Gestão Orçamentária e Financeira e de
Política Salarial do Estado;

 Decreto nº 25.364 de 26 de maio de 2009 - Altera e acrescenta dispositivos no Decreto


nº 23.322, de 14 de agosto de 2007;

 Decreto nº 23.322 de 14 de agosto de 2007 - Cria o Comitê de Gestão Orçamentária e


Financeira e de Política Salarial do Estado, e dá outras providências.

7.2 Documentação Necessária

 Exposição de Motivos;
 Ofício com repercussão financeira da demanda.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 85

7.3 Rotina: Comitê de Gestão Orçamentária e Financeira e de Política Salarial do


Estado

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 ORGÃO/ENTIDADE  Emite ofício solicitando acréscimo, decréscimo ou


remanejamento de verba orçamentária,
especificando qual a verba e os valores
solicitados;
 Encaminha o ofício ao Gabinete da Secretaria de
Estado de Gestão e Previdência (SEGEP).

02 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o ofício a(o)


SEGEP Secretário(a) Executivo(a) do Comitê de Gestão
Orçamentária e Financeira e de Política Salarial do
Estado/SEGEP.

03 SECRETÁRIO(A)  Toma conhecimento e inclui na pauta da reunião


EXECUTIVO(A) DO toda demanda para ser apreciada no Comitê de
COMITÊ DE Gestão Orçamentária e Financeira e de Política
GESTÃO Salarial do Estado/SEGEP;
ORÇAMENTÁRIA E  Após a decisão do Comitê verifica se foi deferida
FINANCEIRA E DE ou não:
POLÍTICA
SALARIAL DO  Caso de solicitação indeferida:
ESTADO/SEGEP  Dá conhecimento ao órgão/entidade interessado;
 Arquiva ofício para fins de consulta.

 Caso de solicitação deferida:


 Elabora Resolução para cada solicitação,
providencia assinatura de todos os membros, dá
conhecimento ao órgão interessado;
 Encaminha cópia da Resolução à
Superintendência de Folha de Pagamento/
Secretaria-Adjunta de Gestão de Pessoas
(SAGEP)/SEGEP para atualizar os limites;
 Arquiva Resolução para fins de consulta.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 86

7.4 Fluxo: Comitê de Gestão Orçamentária e Financeira e de Política Salarial do Estado

ÓRGÃO/ENTIDADE GABINETE DA SEGEP SECRETÁRIO (A) EXECUTIVO (A) DO COMITÊ DE GESTÃO ORÇAMENTÁRIA,
FINANCEIRA E DE POLÍTICA SALARIAL DO ESTADO/SEGEP

INÍCIO Toma conhecimento e


inclui na pauta da reunião
Toma conhecimento. toda demanda a ser
Emite Ofício solicitando apreciada no Comitê de
acréscimo, decréscimo ou Gestão Orçamentária,
remanejamento de verba
C
Financeira e de Política
orçamentária, especificando Salarial do Estado/SEGEP.
qual a verba e os valores
solicitados.
Não Solicitação Sim
Ofício deferida?
Ofício
Elabora Resolução para
Dá ciência ao cada solicitação,
Órgão/Entidade interessado providencia assinatura de
e arquiva Ofício para fins todos os membros, dá
de consulta. conhecimento ao órgão
Toma conhecimento. interessado;

Encaminha cópia da
Resolução à
Ofício
Superintendência de Folha
de Pagamento/ SAGEP/
SEGEP para atualizar
limites e arquiva Resolução
para fins de consulta.

Resolução
FIM
FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 87

8 DEMISSÃO DE SERVIDOR EFETIVO POR FALTA ADMINISTRATIVA

São faltas administrativas puníveis com a pena de demissão:

 Crime contra a administração pública;


 Abandono de cargo, configurado pela ausência intencional do servidor ao serviço por
mais de 30 (trinta) dias consecutivos;
 Apresentar inassiduidade habitual, assim entendida a falta ao serviço, por 60 (sessenta)
dias, interpoladamente, sem causa justificada, no período de doze meses;
 Improbidade administrativa;
 Incontinência pública e conduta escandalosa na repartição;
 Insubordinação grave no serviço;
 Ofensa física, em serviço, a servidor ou a particular, salvo se em defesa própria ou de
outrem;
 Aplicação irregular de dinheiros públicos;
 Revelação de segredo que tiver conhecimento em razão do cargo;
 Lesão aos cofres públicos e dilapidação do patrimônio estadual;
 Corrupção;
 Acumulação ilegal de cargos, empregos ou funções públicas;

A demissão ou a destituição do cargo em comissão, nos casos de crime contra a


administração pública, improbidade administrativa, aplicação irregular de dinheiros públicos,
lesão aos cofres públicos e dilapidação do patrimônio estadual e corrupção, implica a
indisponibilidade dos bens e o ressarcimento ao erário sem prejuízo da ação penal cabível e
não poderá retornar ao serviço público estadual.

8.1 Base Legal

 Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 – Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores


Públicos Civis do Estado do Maranhão e dá outras providências (arts. 228 a 231);
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 88

 Lei nº 8.959, de 08 de maio de 2009 – Estabelece normas gerais para a elaboração e


tramitação dos atos e processos administrativos no âmbito do Poder Executivo do
Estado do Maranhão.

8.2 Documentação Necessária

 Cópia do último Contracheque.


MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 89

8.3 Rotina: Demissão de servidor efetivo por falta administrativa

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 CHEFIA IMEDIATA  Emite Comunicação Interna (CI) em 2(duas) vias


DO SERVIDOR informando a(s) falta(s) administrativa(s) punível(is) do
servidor, anexa a documentação necessária e dá entrada
no protocolo do órgão de origem do servidor;
 Arquiva uma via da CI.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema


(órgão de origem do informatizado, gera número de controle, emite o
servidor) Cartão de Protocolo e entrega à chefia imediata do
servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos
do órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo e encaminha ao Gabinete do Titular


HUMANOS do órgão de origem do servidor.
(órgão de origem do
servidor )

04 GABINETE DO  Elabora Portaria em 3(três) vias definindo uma


TITULAR Comissão para realizar sindicância;
(órgão de origem do  Encaminha uma via da Portaria para publicação no
servidor) Diário Oficial do Estado (DOE);
 Após publicação, registra nas vias da Portaria o
número do Diário Oficial do Estado e a respectiva data
da publicação;
 Encaminha o processo com uma via da Portaria à
Comissão de Sindicância.

05 COMISSÃO DE  Apura os fatos, emite parecer conclusivo e encaminha o


SINDICÂNCIA processo à Assessoria Jurídica ou órgão equivalente do
órgão de origem do servidor.

06 ASSESSORIA  Emite parecer solicitando a abertura ou o arquivamento


JURÍDICA OU do Processo Administrativo Disciplinar e encaminha o
ÓRGÃO processo ao Gabinete do Titular do órgão de origem do
EQUIVALENTE servidor.
(órgão de origem do
servidor)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 90

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

07 GABINETE DO  Analisa o processo e verifica se a arguição levantada


TITULAR contra o servidor determina Instauração de
(órgão de origem do Inquérito/Processo Administrativo Disciplinar ou não;
servidor)
 Em caso de não haver Instauração de
Inquérito/Processo Administrativo Disciplinar:
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos do
órgão de origem do servidor solicitando o arquivamento.

 Em caso de haver Instauração de Inquérito/Processo


Administrativo Disciplinar:
 Emite Portaria em 3(três) vias definindo uma Comissão
de Processo Administrativo Disciplinar ou Comissão
Processante e Titular assina;
 Encaminha uma via da Portaria para publicação no
Diário Oficial do Estado;
 Após publicação, registra nas demais vias da Portaria o
número do Diário Oficial e a respectiva data da
publicação;
 Encaminha processo com uma via da Portaria à
Comissão de Processo Administrativo Disciplinar;
 Arquiva uma via da Portaria.

08 COMISSÃO DE  Procede o inquérito administrativo;


PROCESSO  Emite Relatório Conclusivo e encaminha o Processo à
ADMINISTRATIVO Assessoria Jurídica ou órgão equivalente do órgão de
DISCIPLINAR origem do servidor.

09 ASSESSORIA  Analisa a legalidade dos atos ocorridos durante o


JURÍDICA OU Processo Administrativo Disciplinar, emite parecer e
ÓRGÃO encaminha o processo ao Gabinete do Titular do órgão
EQUIVALENTE DO de origem do servidor.
ÓRGÃO DE ORIGEM
DO SERVIDOR

10 GABINETE DO  Toma conhecimento do Relatório Conclusivo da


TITULAR Comissão de Processo Administrativo Disciplinar ou
(órgão de origem do Comissão Processante e encaminha o processo à
servidor) Procuradoria Geral do Estado (PGE) para emissão de
parecer e posterior encaminhamento ao Gabinete da
Secretaria de Estado da Gestão e Previdência (SEGEP).
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 91

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

11 GABINETE DA SEGEP  Recebe o processo da Procuradoria Geral do


Estado (PGE) com o pronunciamento e encaminha
ao Gabinete da Secretaria-Adjunta de Gestão de
Pessoas (SAGEP)/SEGEP.

12 GABINETE DA SAGEP  Toma conhecimento e encaminha à


Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

13 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha à Supervisão de


DE GESTÃO DE Direitos e Deveres/ Superintendência de Gestão de
RECURSOS HUMANOS/ Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.
SAGEP/SEGEP

14 SUPERVISÃO DE  Toma conhecimento da legalidade do


DIREITOS E DEVERES/ procedimento administrativo e do pronunciamento
SUPERINTENDÊNCIA da Procuradoria Geral do Estado (PGE);
DE GESTÃO DE  Emite parecer, prepara os Atos de Julgamento,
RECURSOS HUMANOS/ elabora Ato de Demissão em 4 (quatro) vias;
SASEG/ SAGEP  Devolve o processo ao Gabinete SAGEP/SEGEP.

15 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo com


SAGEP/SEGEP o Ato de Demissão e encaminha ao Gabinete da
SEGEP.

16 GABINETE DA SEGEP  Recebe o processo com o Ato de Demissão e


encaminha à Casa Civil.

17 CASA CIVIL  Recebe o processo com Ato de Demissão e


providencia parecer do Governador do Estado.

 Caso o Governador entenda que o servidor


não é culpado:
 Devolve o processo com o Ato de Demissão ao
Gabinete da SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 92

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

 Em caso do Governador entenda que o


servidor é culpado:
 O Chefe da Casa Civil e o Governador do Estado
assinam os Atos de Julgamento e posteriormente o
Ato de Demissão;
 Após assinatura, encaminha os Atos para publicação
no Diário Oficial do Estado (DOE);
 Após publicação, registra nas vias dos Atos, o
número do Diário Oficial e a respectiva data da
publicação;
 Devolve o processo com as vias do Ato de
Demissão ao Gabinete da SEGEP.

18 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento das conclusões.

 Em caso do servidor não for considerado


culpado:
 Encaminha o processo ao Gabinete do Titular do
órgão de origem do servidor para conhecimento e
dar ciência às partes interessadas.
 Em caso do servidor for considerado culpado:
 Encaminha o processo ao Gabinete do Titular do
órgão de origem do servidor.

19 GABINETE DO  Toma conhecimento e encaminha à Área de


TITULAR Recursos Humanos do órgão de origem do servidor.
(órgão de origem do
servidor)

20 ÁREA DE RECURSOS  Faz as anotações relativas à demissão do servidor no


HUMANOS Sistema de Recursos Humanos;
(órgão de origem do  Deixa processo sobrestado;
servidor)  Procede a conferência e validação do Ato no
sistema junto a Superintendência de Gestão da
Folha de Pagamento/SAGEP/SEGEP.

21 SUPERINTENDÊNCIA  Verifica no sistema se a implantação da demissão


DE GESTÃO DA está de acordo com o Ato.
FOLHA DE
PAGAMENTO/  Em caso do Ato não estar de acordo:
SAGEP/SEGEP  Solicita à Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do servidor as providências devidas para
correção no sistema.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 93

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

 Em caso do Ato estar de acordo:


 Confirma as anotações da demissão.

22 ÁREA DE RECURSOS  Após a validação do Ato junto a Superintendência


HUMANOS de Gestão da Folha de Pagamento/SAGEP/
(órgão de origem do ex- SEGEP, arquiva uma via no dossiê do ex-servidor e
servidor) anexa outra via no processo;
 Arquiva o processo;
 Encaminha uma via do Ato ao ex-servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 94

8.4 Fluxo: Demissão de servidor efetivo por falta administrativa

CHEFIA IMEDIATA DO PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS GABINETE DO COMISSÃO DE


SERVIDOR (órgão de origem do HUMANOS TITULAR SINDICÂNCIA
servidor) (órgão de origem do servidor) (órgão de origem do
servidor)
INÍCIO

Emite Comunicação Formaliza processo, Analisa o processo. Elabora Portaria em 3(três) Apura os fatos e emite
Interna em 2 (duas) vias cadastra no sistema vias definindo uma parecer conclusivo.
informando a(s) falta(s) informatizado, gera número Comissão para realizar
administrativa(s) de controle, emite Cartão sindicância. Encaminha uma
punível(is) do servidor, de Protocolo e entrega à via da Portaria para
anexa documentação chefia imediata do servidor. publicação no Diário Oficial
necessária e arquiva uma do Estado (DOE). Após
via da CI. publicação, registra o
número do DOE e data da
publicação. Processo
Comunicação Interna Processo Processo
Processo

Comunicação Interna 1
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 95

ASSESSORIA JURÍDICAOU GABINETE DO TITULAR ÁREA DE RECURSOS


ÓRGÃO EQUIVALENTE (órgão de origem do servidor) HUMANOS
(órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor)

1 Analisa o processo e
verifica se a arguição
levantada contra servidor
Emite parecer solicitando a determina Instauração de
Arquiva o processo.
abertura ou o arquivamento Inquérito/ Processo
do Processo Administrativo Administrativo ou não.
Disciplinar.
C .
C

Instaura Inquérito
Sim /Processo Não
Administrativo
Disciplinar?
Processo
Processo
Emite Portaria em 3(três) vias
Solicita arquivamento do
definindo uma Comissão de
Processo Administrativo processo.
Disciplinar ou Comissão C

Processante e Titular assina.


Encaminha uma via da FIM
Portaria para publicação no
C
Diário Oficial do Estado. Após
publicação, registra o número
C
do DOE e data da publicação e Processo
arquiva uma via da Portaria.

Processo 2

Portaria
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 96

COMISSÃO DE PROCESSO ASSESSORIA JURÍDICA GABINETE DO TITULAR PROCURADORIA GERAL


ADMINISTRATIVO DISCIPLINAR OU ÓRGÃO (órgão de origem do servidor) DO ESTADO (PGE)
EQUIVALENTE
(órgão de origem do servidor)
2

Procede o inquérito Analisa a legalidade dos Toma conhecimento do Emite Parecer.


administrativo e emite atos ocorridos durante o Relatório Conclusivo da
Relatório Conclusivo. Processo Administrativo Comissão de Processo
Disciplinar e emite parecer. Administrativo Disciplinar
C
C ou Comissão Processante.
C
C

Processo Processo Processo Processo

3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 97

GABINETE DA SEGEP GABINETE SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE SUPERVISÃO DE DIREITOS E


GESTÃO DE RECURSOS DEVERES/ SUPERINTENDÊNCIA
HUMANOS/SAGEP/SEGEP DE GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
3

Toma conhecimento. Toma conhecimento da


legalidade do procedimento
Toma conhecimento do Toma conhecimento.
administrativo e do
pronunciamento.
pronunciamento da
C
Procuradoria Geral do Estado
C

C
(PGE). Emite parecer e
prepara Ato de Julgamento e
elabora Ato de Demissão em
C
4 (quatro) vias.

Processo/Atos Processo/Atos
Processo Processo

Toma conhecimento do Toma conhecimento.


processo com Ato de
Demissão.

Processo Processo

4
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 98

CASA CIVIL GABINETE DA SEGEP GABINETE DO TITULAR


(órgão do servidor)
4
Toma conhecimento das Toma conhecimento e dá
conclusões. ciência às partes
Toma conhecimento do . interessadas.
processo com Ato de
Demissão e providencia C

parecer do Governador do
Estado.
.

Servidor foi Processo


Sim Não
considerado
Não Governador entende Sim culpado?
que servidor é
culpado?

Dá ciência às partes FIM


5
O Chefe da Casa Civil e interessadas.
Governador do Estado
assinam Atos de
Julgamento e Ato de C

Demissão. Encaminha para


publicação
C
no Diário
Oficial do Estado (DOE).
Registra o número do DOE
e data da publicação nas Processo
vias do Ato.

Processo/Atos
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 99

GABINETE DO TITULAR ÁREA DE RECURSOS HUMANOS SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE FOLHA DE


(órgão do servidor) (órgão de origem do servidor) PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP
5
Faz anotações relativas à Verifica no sistema se
demissão do servidor no implantação da demissão
Toma conhecimento. Sistema de Recursos está de acordo com o Ato.
Humanos, deixa o
processo sobrestado,
procede conferência e
validação do Ato.

Ato de Demissão

Processo Não Ato está de Sim


Processo
acordo com a
implantação?

Confirma as anotações da
demissão.
Providencia as devidas
correções no sistema.
C

Ato de Demissão

6
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 100

ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


(órgão de origem do servidor)

Arquiva uma via do Ato no


dossiê do ex-servidor,
anexa outra via no
processo e arquiva
processo. Entrega uma via
do Ato ao ex-servidor.

Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 101

9 EXONERAÇÃO

A exoneração de cargo efetivo dar-se-á a pedido do servidor, ou de ofício ou “ex


officio” quando não satisfeitas às condições do estágio probatório e quando, tendo tomado
posse, o servidor não entrar em exercício no prazo estabelecido.
A exoneração de cargo em comissão dar-se-á juízo da autoridade competente e a
pedido do servidor.
O pedido de exoneração poderá ser formalizado por procurador regularmente
constituído, através de instrumento particular ou por instrumento público, devendo ser
juntado, além da documentação citada abaixo, cópia do documento de identificação oficial
válido do respectivo procurador.

9.1 Base Legal

 Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 - Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos
Civis do Estado e dá outras providências (art. 41 e 42);

 Lei nº 8.959, de 08 de maio de 2009 – Estabelece normas gerais para a elaboração e


tramitação dos atos e processos administrativos no âmbito do Poder Executivo do
Estado do Maranhão;

 Decreto n° 31.244, de 22 de outubro de 2015 - Delega competências ao Secretário de


Estado de Gestão e Previdência;

 Decreto nº 31.795, de 23 de maio de 2016 - Regulamenta a exoneração a pedido dos


servidores da administração direta, autárquica e fundacional do Poder Executivo
Estadual, e dá outras providências.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 102

9.2 Documentação Necessária

9.2.1 Exoneração a pedido do servidor

 Formulário Requerimento do Servidor;


 Carteira de Identidade e CPF;
 Cópia da certidão de casamento e/ou divórcio, caso o nome tenha sofrido alteração;
 Comprovante de endereço atualizado;
 Cópia do Termo de Posse ou Ato de Nomeação;
 Cópia do último contracheque;
 Certidão de devolução de armas, coletes, algemas, telefones celulares e demais objetos
que mantém em sua posse em virtude do cargo;
 Certidão de Tempo de Serviço;
 Resumo de vida funcional;
 Declaração informando que o servidor não responde a nenhum processo
administrativo disciplinar ou sindicância;
 Certidão Negativa de Débitos com o erário.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 103

9.3 Rotina: Exoneração de Cargo Efetivo a Pedido do Servidor

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do Servidor


(ANEXO I), solicitando exoneração de cargo efetivo,
assina, solicita assinatura da chefia imediata, reconhece
firma, anexa documentação necessária e dá entrada no
Protocolo do órgão de origem do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema informatizado,


(órgão de origem do gera número de controle, emite o Cartão de Protocolo e
servidor) entrega ao servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos
do órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo;


HUMANOS  Providencia a suspensão do pagamento do servidor;
(órgão de origem do  Preenche o formulário Vida Funcional Atual
servidor) (ANEXO II) informa a situação funcional do servidor;
 Emite Certidão de Tempo de Serviço e Certidão
Negativa de Débitos com o Erário;
 Verifica se o servidor responde a processo
administrativo disciplinar ou sindicância.

 Caso o servidor esteja respondendo processo


administrativo:
 Dá ciência ao servidor para aguadar a conclusão do
processo administrativo.

 Caso o servidor não esteja respondendo


processo administrativo:
 Emite declaração informando que o servidor não
responde a processo administrativo disciplinar ou
sindicância, anexa ao processo e encaminha ao
Gabinete do Titular do órgão de origem do servidor.

04 GABINETE DO  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


TITULAR Gabinete da Secretaria de Estado da Gestão e
(órgão de origem do Previdência (SEGEP).
servidor)

05 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


Gabinete da Secretaria-Adjunta da Gestão de Pessoas
(SAGEP)/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 104

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

06 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


SAGEP/SEGEP Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/ SAGEP/SEGEP.

07 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo


GESTÃO DE RECURSOS à Supervisão de Direitos e Deveres/
HUMANOS/ SAGEP/SEGEP Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

08 SUPERVISÃO DE  Elabora Ato em 3 (três) vias e devolve com o


DIREITOS E DEVERES/ processo à Superintendência de Gestão de
SUPERINTENDÊNCIA DE Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.
GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/ SAGEP/SEGEP

09 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo


GESTÃO DE RECURSOS com as vias do Ato ao Gabinete da
HUMANOS/ SAGEP/SEGEP SAGEP/SEGEP.

10 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo


SAGEP/SEGEP com as vias do Ato ao Gabinete da SEGEP.

11 GABINETE DA SEGEP  Providencia assinatura nas vias do Ato e


encaminha à Casa Civil para publicação no
Diário Oficial do Estado (DOE);
 Após publicação, registra nas vias do Ato o
número do DOE e a data de publicação;
 Encaminha o processo com as vias do Ato ao
Gabinete da SAGEP/SEGEP.

12 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo


SAGEP/SEGEP com as vias do Ato à Superintendência de
Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

13 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo


GESTÃO DE RECURSOS com as vias do Ato à Supervisão de Direitos e
HUMANOS/ SAGEP/SEGEP Deveres/ Superintendência de Gestão de
Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 105

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

14 SUPERVISÃO DE  Anexa as vias do Ato ao processo e devolve à


DIREITOS E DEVERES/ Superintendência de Gestão de Recursos
SUPERINTENDÊNCIA DE Humanos/SAGEP/SEGEP.
GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/ SAGEP/SEGEP

15 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo


GESTÃO DE RECURSOS ao Gabinete da SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/ SAGEP/SEGEP

16 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


SAGEP/SEGEP Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do servidor.

17 ÁREA DE RECURSOS  Efetua a exoneração no Sistema de Recursos


HUMANOS Humanos;
(órgão de origem do servidor)  Deixa o processo sobrestado;
 Procede a conferência e validação do Ato no
sistema junto a Superintendência de Gestão da
Folha de Pagamento/SAGEP/SEGEP.

18 SUPERINTENDÊNCIA DE  Verifica no sistema se o apontamento da


GESTÃO DA FOLHA DE exoneração está de acordo com o Ato.
PAGAMENTO/
SAGEP/SEGEP  Em caso do Ato não estar de acordo:
 Solicita à Área de Recursos Humanos do
órgão de origem do servidor as providências
devidas para correção no sistema.

 Em caso do Ato estar de acordo:


 Confirma o apontamento da exoneração.

19 ÁREA DE RECURSOS  Após a validação do Ato junto a


HUMANOS Superintendência de Gestão da Folha de
(órgão de origem do servidor) Pagamento/SAGEP/ SEGEP, arquiva uma via
no dossiê do ex-servidor e anexa outra via no
processo;
 Arquiva o processo;
 Entrega uma cópia do Ato ao ex-servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 106

9.4 Fluxo: Exoneração de Cargo Efetivo a Pedido do Servidor

SERVIDOR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS GABINETE DO TITULAR


(órgão de origem do (órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor)
servidor)
INÍCIO Analisa o processo, providencia a
suspensão do pagamento do Toma conhecimento.
servidor, preenche o formulário
Preenche Requerimento Formaliza processo, Vida Funcional Atual, informa
do Servidor solicitando cadastra no sistema situação funcional do servidor, emite
exoneração de cargo informatizado, gera número Certidão de Tempo de Serviço e
efetivo, assina, solicita de controle, emite Cartão Certidão Negativa de Débitos com o
assinatura da chefia de Protocolo e entrega ao Erário e verifica se o mesmo
imediata, reconhece firma e servidor. responde a processo administrativo
anexa documentação disciplinar ou sindicância.
Processo
necessária.
Processo

Requerimento do Servidor Responde Não 1


Sim
Processo
Administrativo?

Toma conhecimento.
Dá ciência ao servidor para Emite declaração
aguardar a conclusão do informando que o servidor
processo administrativo.
C
Cnão responde a processo
administrativo disciplina ou
sindicância e anexa ao
processo.

Processo Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 107

GABINETE DA SEGEP GABINETE DA SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE SUPERVISÃO DE DIREITOS


GESTÃO DE RECURSOS E DEVERES/
HUMANOS/SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE
GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
1

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento. Elabora Ato em 3(três)


vias.
C
C
C
C

Processo Processo Processo/Ato


Processo

Providencia assinatura nas


vias do Ato e encaminha à Toma conhecimento. Toma conhecimento.
Casa Civil para publicação
Cno Diário Oficial do Estado C C

(DOE). Após publicação,


registra nas vias do Ato o
número do DOE e a data de
publicação.

Processo/Ato Processo/Ato Processo/Ato

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 108

GABINETE DA SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE SUPERVISÃO DE DIREITOS E ÁREA DE RECURSOS


GESTÃO DE RECURSOS DEVERES/ SUPERINTENDÊNCIA DE HUMANOS
GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP HUMANOS/SAGEP/SEGEP
(órgão de origem do servidor)

Efetua exoneração no
Toma conhecimento. Toma conhecimento. Sistema de Recursos
Anexa as vias do Ato ao Humanos. Deixa o
C
processo. processo sobrestado.
C

C
C
Procede conferência e
validação do Ato.
C

Ato 3
Processo/Ato Processo
Processo/Ato

Processo

Toma conhecimento.
Toma conhecimento.

C
C

Processo Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 109

SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA FOLHA ÁREA RECURSOS HUMANOS


DE PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP (órgão de origem do servidor)
3 Efetua as providências
devidas para correções no
sistema.
C

Verifica no sistema se o
apontamento da exoneração
está de acordo com o Ato.

Ato

Está de Não
acordo com o
Ato?
Arquiva uma via do Ato no
dossiê do ex-servidor, uma
Cvia no processo e arquiva o
Sim processo. Entrega uma
cópia do Ato ao ex-
Confirma o apontamento da servidor.
exoneração.
C

Processo

Ato FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 110

9.5 Rotina: Exoneração “Ex Offício” de Cargo Efetivo

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 GABINETE DO  Elabora ofício informando o motivo da exoneração


TITULAR do servidor;
(órgão de origem do  Anexa a documentação necessária e dá entrada no
servidor) Protocolo do órgão de origem do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema


(órgão de origem do informatizado, gera número de controle, emite o
servidor) Cartão de Protocolo;
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos
do órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo;


HUMANOS  Providencia a suspensão do pagamento do servidor;
(órgão de origem do  Preenche o formulário Vida Funcional Atual
servidor) (ANEXO II) informa a situação funcional do
servidor e verifica se o servidor responde a processo
administrativo.

 Caso o servidor esteja respondendo processo


administrativo:
 Dá ciência à chefia imediata para comunicar ao
servidor aguardar a conclusão do processo
administrativo.

 Caso o servidor não esteja respondendo


processo administrativo:
 Encaminha processo ao Gabinete do Titular do
órgão de origem do servidor.

04 GABINETE DO  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


TITULAR Gabinete da Secretaria de Estado da Gestão e
(órgão de origem do Previdência (SEGEP).
servidor)

05 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


Gabinete da Secretaria-Adjunta da Gestão de Pessoas
(SAGEP)/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 111

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

06 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


SAGEP/SEGEP Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/ SAGEP/SEGEP.

07 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


DE GESTÃO DE Supervisão de Direitos e Deveres/
RECURSOS HUMANOS/ Superintendência de Gestão de Recursos
SAGEP/SEGEP Humanos/SAGEP/SEGEP.

08 SUPERVISÃO DE  Elabora Ato em 4 (quatro) vias e devolve com o


DIREITOS E DEVERES/ processo à Superintendência de Gestão de
SUPERINTENDÊNCIA Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.
DE GESTÃO DE
RECURSOS HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

09 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


DE GESTÃO DE Gabinete da SAGEP/SEGEP.
RECURSOS HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

10 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


SAGEP/SEGEP Gabinete da SEGEP.

11 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha o processo à


Casa Civil.

12 CASA CIVIL  Providencia assinatura do Governador do Estado


nas vias do Ato e publicação no Diário Oficial do
Estado (DOE);
 Após publicação, devolve o processo com as vias
do Ato com o número do DOE e a data de
publicação ao Gabinete da SEGEP.

13 GABINETE DA SEGEP  Registra nas vias do Ato o número do DOE e data


de publicação;
 Encaminha o processo com as vias do Ato ao
Gabinete da SAGEP/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 112

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

14 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo com as


SAGEP/SEGEP vias do Ato à Superintendência de Gestão de
Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

15 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo com


DE GESTÃO DE as vias do Ato à Supervisão de Direitos e Deveres/
RECURSOS Superintendência de Gestão de Recursos Humanos/
HUMANOS/ SAGEP/SEGEP.
SAGEP/SEGEP

16 SUPERVISÃO DE  Anexa as vias do Ato ao processo e devolve à


DIREITOS E Superintendência de Gestão de Recursos Humanos/
DEVERES/ SAGEP/SEGEP.
SUPERINTENDÊNCIA
DE GESTÃO DE
RECURSOS
HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

17 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


DE GESTÃO DE Gabinete da SAGEP/SEGEP.
RECURSOS
HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

18 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo à Área


SAGEP/SEGEP de Recursos Humanos do órgão de origem do
servidor.

19 ÁREA DE RECURSOS  Efetua a exoneração no Sistema de Recursos


HUMANOS Humanos;
 Publica o Ato no Boletim Informativo e deixa o
(órgão de origem do
processo sobrestado;
servidor)
 Procede a conferência e validação do Ato no sistema
junto a Superintendência de Gestão da Folha de
Pagamento/SAGEP/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 113

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

20 SUPERINTENDÊNCIA  Verifica no sistema se a implantação da exoneração


DE GESTÃO DA está de acordo com o Ato.
FOLHA DE
PAGAMENTO/  Em caso do Ato não estar de acordo:
SAGEP/SEGEP  Solicita à Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do servidor as providências devidas para
correção no sistema.

 Em caso do Ato estar de acordo:


 Confirma o apontamento da exoneração.

21 ÁREA DE RECURSOS  Após a validação do Ato junto a Superintendência


HUMANOS de Gestão da Folha de Pagamento/ SAGEP/SEGEP,
arquiva uma via no dossiê do ex-servidor e anexa
(órgão de origem do
outra via no processo;
servidor)
 Arquiva o processo;
 Entrega uma via do Ato ao ex-servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 114

9.6 Fluxo: Exoneração “Ex Offício” de Cargo Efetivo

GABINETE DO TITULAR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


(órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor)
INÍCIO
Analisa o processo, providencia
Formaliza processo, a suspensão do pagamento,
Elabora ofício informando cadastra no sistema preenche o formulário Vida
o motivo da exoneração do informatizado, gera número Funcional Atual, informa
servidor e anexa a de controle, emite Cartão situação funcional do servidor e
documentação necessária. de Protocolo. verifica se o mesmo responde a
processo administrativo.

Processo
Ofício
Não Responde
Processo
Administrativo?
Sim
Toma conhecimento.

Dá ciência à chefia
C
imediata para comunicar ao
servidor aguardar a
conclusão do processo
administrativo.
Processo

Processo
1
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 115

GABINETE SEGEP GABINETE SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE SUPERVISÃO DE DIREITOS E


GESTÃO DE RECURSOS DEVERES/SUPERINTENDÊNCIA
HUMANOS/SAGEP/SEGEP DE GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
1

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Elabora Ato em 4 (quatro)


Toma conhecimento.
vias.

Processo Processo Processo/Ato


Processo

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento.

Processo/Ato Processo/Ato
Processo/Ato

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 116

CASA CIVIL GABINETE SEGEP GABINETE SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE


GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
2

Registra nas vias do Ato o Toma conhecimento. Toma conhecimento.


Providencia assinatura do
número do DOE e data de
Governador do Estado nas
publicação.
vias do Ato e publicação no
Diário Oficial do Estado
(DOE).

Processo/Ato Processo/Ato Processo/Ato


Processo/Ato

3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 117

SUPERVISÃO DE DIREITOS E SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE SAGEP/SEGEP ÁREA RECURSOS HUMANOS


DEVERES/SUPERINTENDÊNCIA GESTÃO DE RECURSOS (órgão de origem do servidor)
DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Efetua exoneração no


Anexa as vias do Ato.
Sistema de Recursos
Humanos, publica o Ato
no Boletim Informativo e
deixa o processo
sobrestado.
Procede conferência e
validação do Ato.
4
Processo Processo Ato
Processo

Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 118

SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA FOLHA ÁREA RECURSOS HUMANOS


DE PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP (órgão de origem do servidor)
4 Efetua as providências
devidas para correções no
C
sistema.
Verifica no sistema se a
implantação da exoneração
está de acordo com o Ato.

Ato

Está de Não
acordo com o
Ato?

Sim Arquiva uma via do Ato no


dossiê do ex-servidor,
Confirma o apontamento da Canexa outra via no
exoneração. processo e arquiva
processo. Entrega uma
C
cópia do Ato ao ex-
servidor.

Processo

Ato

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 119

10 FÉRIAS

O servidor gozará por ano, obrigatoriamente, 30 (trinta) dias consecutivos de férias,


após os doze primeiros meses de efetivo exercício observada a escala previamente organizada.
Independentemente de solicitação, será pago ao servidor, por ocasião das férias, um
adicional correspondente a 1/3 (um terço) da remuneração do período das férias.
Durante as férias o servidor terá direito a todas as vantagens do seu cargo.
Só é permitida a acumulação de férias até o máximo de dois anos, no caso de
imperiosa necessidade de serviço.
As férias somente poderão ser interrompidas por motivo de calamidade pública,
comoção interna, e convocação para júri, serviço militar ou eleitoral ou por motivo de
superior interesse público.

10.1 Base Legal

 Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 - Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos
Civis do Estado e dá outras providências (art. 108 a 117);

 Lei nº 6.524, de 21 de dezembro de 1995 - Revoga os dispositivos da Lei nº 6.107, de


27 de julho de 1994 e dá outras providências.

10.2 Documentação Necessária:

 Escala de Férias.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 120

10.3 Rotina: Solicitação de Escala de Férias

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 ÁREA DE RECURSOS  Elabora Comunicação Interna (CI) em 2(duas)


HUMANOS vias e anexa 2(duas) vias da Escala Férias
(órgão de origem do (ANEXO III).
servidor)  Encaminha uma via da CI à chefia imediata do
servidor;
 Arquiva outra via da CI para fins de controle.

02 CHEFIA IMEDIATA DO  Preenche a Escala de Férias de acordo com as


SERVIDOR solicitações dos servidores e devolve uma via da
Escala de Férias à Área de Recursos Humanos do
órgão de origem do servidor;
 Arquiva a CI com a via da Escala de Férias.

03 ÁREA DE RECURSOS  Elabora Relatório de Férias com base na Escala


HUMANOS de Férias;
(órgão de origem do  Lança as férias dos servidores no Sistema de
servidor) Recursos Humanos mensalmente;
 Arquiva o Relatório de Férias e a via da Escala
de Férias.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 121

10.4 Fluxo: Solicitação de Escala de Férias

ÁREA DE RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA DO SERVIDOR


(órgão de origem do servidor)

INÍCIO Preenche a Escala de Férias


de acordo com as
solicitações dos servidores,
Elabora Comunicação
arquiva uma via da CI com
Interna em duas vias e
uma via da Escala de
anexa duas vias da Escala
Férias.
de Férias.

Comunicação Interna/
Escala de Férias
Comunicação Interna
Escala de Férias
Comunicação Interna

Elabora Relatório de Férias


com base na Escala de
Férias. Lança as férias dos
servidores no Sistema de
Recursos Humanos
mensalmente. Arquiva
Relatório de Férias e a via
da Escala de Férias.

Relatório de Férias/
Escala de Férias

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 122

10.5 Rotina: Alteração do período de férias

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 CHEFIA IMEDIATA  Emite Comunicação Interna (CI) em duas vias


DO SERVIDOR informando o novo período a ser considerado e a
justificativa;
 Arquiva uma via da CI para controle e encaminha
outra via à Área de Recursos Humanos do órgão
de origem do servidor.

02 ÁREA DE RECURSOS  Providencia a emissão do novo lançamento do


HUMANOS período de férias do servidor no Sistema de
(órgão de origem do Recursos Humanos;
servidor)  Arquiva a via da CI.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 123

10.6 Fluxo: Alteração do período de férias

CHEFIA IMEDIATA DO ÁREA DE RECURSOS


SERVIDOR HUMANOS
(órgão de origem do servidor)
INÍCIO

Emite Comunicação Providencia a emissão do


Interna (CI) em 2 (duas) novo lançamento do período
vias informando o novo de férias do servidor no
período a ser considerado e Sistema de Recursos
a justificativa. Arquiva uma Humanos e arquiva a via da
via da CI para controle. CI.

Comunicação Interna Comunicação Interna

Comunicação Interna

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 124

10.7 Rotina: Concessão das Férias

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 ÁREA DE RECURSOS  Preenche o formulário Aviso de Férias (ANEXO


HUMANOS IV) em 2(duas) vias informando o período de
(órgão de origem do férias do servidor e assina;
servidor)  Publica as férias dos servidores no Boletim
Informativo;
 Encaminha o Aviso de Férias à chefia imediata do
servidor.

02 CHEFIA IMEDIATA DO  Assina as 2(duas) vias do Aviso de Férias e


SERVIDOR encaminha ao servidor.

03 SERVIDOR  Assina as 2(duas) vias do Aviso de Férias, arquiva


uma via e devolve outra via à chefia imediata.

04 CHEFIA IMEDIATA DO  Toma conhecimento e encaminha o Aviso de


SERVIDOR Férias à Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do servidor.

05 ÁREA DE RECURSOS  Arquiva uma via do Aviso de Férias no dossiê do


HUMANOS servidor.
(órgão de origem do
servidor)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 125

10.8 Fluxo: Concessão das Férias


ÁREA DE RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA DO SERVIDOR
(órgão de origem do servidor) SERVIDOR

INÍCIO Assina as 2 (duas) vias do Assina as 2 (duas) vias do


Aviso de Férias. Aviso de Férias.
C
Preenche o formulário
Aviso de Férias em duas
vias, informando o período
de férias do servidor, assina C

e publica no Boletim
Informativo. Aviso de Férias Aviso de Férias

Aviso de Férias Aviso de Férias

Arquiva uma via do Aviso


de Férias no dossiê do Toma conhecimento.
Cservidor.

Aviso de Férias
Aviso de Férias

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 126

11 FREQUÊNCIA

Os servidores da Administração Direta, Autárquica, Fundacional, de Empresas


Públicas e Sociedades de Economia Mista estão obrigados ao registro de frequência diária, no
início e após o encerramento de cada expediente de trabalho.
Os servidores terão computados como faltas:
 A ausência de registro de entrada e/ou saída;
 O registro de presença e após, ausentar-se do expediente de trabalho, sem autorização
do chefe imediato;
 O somatório de 60 (sessenta) minutos, para os servidores que fizerem o Registro de
Frequência Diária através do Relógio eletrônico, referente a atrasos de entrada e/ou
saída antecipada, correspondendo a uma falta;
 A cada 03 (três) ou 06 (seis) registros "Atrasado", será computado uma falta ao
servidor que trabalhar 06 (seis) ou 08 (oito) horas/dia, respectivamente, quando o
Registro de Frequência Diária for através do Livro de Ponto.

11.1 Base Legal

 Decreto nº 16.698, de 04 de janeiro de 1999 – Dispõe sobre o Registro de Frequência e


dá outras providências.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 127

11.2 Rotina: Frequência

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 ÁREA DE RECURSOS  Encaminha à chefia imediata do servidor até o


HUMANOS dia 16 (dezesseis) de cada mês, as Folhas
(órgão de origem do servidor) Individuais de Frequência (ANEXO V) com os
dados do servidor.

02 CHEFIA IMEDIATA DO  Mantêm as Folhas Individuais de Frequência


SERVIDOR sob sua guarda para o registro de frequência dos
servidores;
 Elabora Comunicação Interna (CI) em 2(duas)
vias até o dia 22 (vinte e dois) de cada mês;
 Arquiva uma via da CI para fins de controle e
encaminha outra via com as Folhas Individuais
de Frequência à Área de Recursos Humanos do
órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Emite o Resumo Mensal de Frequência com as


HUMANOS ocorrências de frequência do mês e as respectivas
(órgão de origem do servidor) justificativas e assina;
 Com base no resumo mensal, preenche
formulário Mapa de Apuração de Faltas
(ANEXO VI) e assina;
 Efetua os lançamentos no Sistema de Recursos
Humanos;
 Arquiva a Folha Individual de Frequência com
a falta no dossiê do servidor;
 Arquiva a CI com as Folhas Individuais de
Frequência, o Resumo Mensal de Frequência e
o formulário Mapa de Apuração de Faltas em
pastas próprias.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 128

11.3 Fluxo: Frequência


ÁREA DE RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA DO SERVIDOR
(órgão de origem do servidor)
INÍCIO
Mantém as Folhas
Individuais de Frequência
Encaminha até o dia 16 sob sua guarda para registro
(dezesseis) de cada mês, as de frequência dos
Folhas Individuais de servidores. Elabora
Frequência com os dados Comunicação Interna em 2
do servidor. (duas) vias até o dia 22
(vinte e dois) de cada mês e
arquiva um via da CI para
fins de controle.

Comunicação Interna
Comunicação Interna

Comunicação Interna

Preenche o formulário Efetua os lançamentos no Arquiva a CI com as Folha


Resumo Mensal de Sistema de Recursos Individual de Frequência, o
Frequência com as Humanos, arquiva a Folha formulário Resumo Mensal
ocorrências do mês e as Individual de Frequência de Frequência e o
respectivas justificativas e com a falta no dossiê do formulário Mapa de
assina. Com base no resumo servidor. Apuração de Faltas em
mensal, preenche formulário pastas próprias.
Mapa de Apuração de Faltas
e assina.
Folha Individual de Frequência Comunicação Interna
FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 129

12 GRATIFICAÇÃO POR TITULAÇÃO

A Gratificação por Titulação é concedida aos integrantes do Subgrupo Magistério da


Educação Básica portadores de certificados, diplomas e títulos na área de formação ou
educação, em percentuais calculados sobre o vencimento de cada matrícula, da seguinte
forma:
 10% (dez por cento) para portadores de certificados de cursos de aperfeiçoamento que
somem carga horária de 360 horas;
 15% (quinze por cento) para portadores de diplomas ou certificados de especialização
em nível de pós-graduação;
 20% (vinte por cento) para portadores de título de mestre;
 25% (vinte e cinco por cento) para portadores de título de doutor.

12.1 Base Legal

 Lei nº 9.860, de 1º de julho de 2013 - Dispõe sobre o Estatuto e o Plano de Carreiras,


Cargos e Remuneração dos integrantes do Subgrupo Magistério da Educação Básica e
dá outras providências;

 Lei nº 8.959, de 08 de maio de 2009 – Estabelece normas gerais para a elaboração e


tramitação dos atos e processos administrativos no âmbito do Poder Executivo do
Estado do Maranhão.

12.2 Documentação Necessária

 Formulário Requerimento do Servidor;


 Carteira de Identidade e CPF;
 Diploma ou Certificado reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC).
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 130

12.3 Rotina: Gratificação por Titulação dos servidores do Subgrupo Magistério da


Educação Básica da SEDUC

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DE PROCEDIMENTO

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do Servidor


(ANEXO I) solicitando a Gratificação por
Titulação, anexa os certificados, diplomas ou títulos
na área de atuação e dá entrada no protocolo da
Secretaria de Estado da Educação (SEDUC).

02 PROTOCOLO DA  Formaliza processo, cadastra no sistema


SEDUC informatizado, gera número de controle, emite o
Cartão de Protocolo e entrega ao servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos
Humanos da SEDUC.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo e confere documentação;


HUMANOS DA SEDUC  Em caso de documentação incompleta:
 Solicita ao servidor providenciar a documentação
faltante.

 Em caso de documentação completa:


 Encaminha o processo ao Protocolo da Secretaria de
Estado da Gestão e Previdência (SEGEP).

04 PROTOCOLO DA  Recebe processo e encaminha o processo ao


SEGEP Gabinete da Secretaria-Adjunta de Gestão de
Pessoas (SAGEP)/ SEGEP.

05 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


SAGEP/SEGEP Superintendência de Gestão de Recursos Humanos/
SAGEP/SEGEP.

06 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


DE GESTÃO DE Supervisão de Planejamento e Desenvolvimento de
RECURSOS Recursos Humanos/ Superintendência de Gestão de
HUMANOS/SAGEP/ Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.
SEGEP
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 131

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DE PROCEDIMENTO

07 SUPERVISÃO DE  Analisa o processo e verifica se a


PLANEJAMENTO E documentação obedece aos critérios da
DESENVOLVIMENTO DE legislação.
RECURSOS HUMANOS/
SUPERINTENDÊNCIA DE  Em caso de não obedecer aos
GESTÃO DE RECURSOS requisitos necessários:
HUMANOS/ SAGEP/ SEGEP  Devolve o processo à Superintendência de
Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/
SEGEP para encaminhar ao Gabinete
SAGEP/SEGEP para providenciar a ciência
à Área de Recursos Humanos da SEDUC.

 Em caso de obedecer aos requisitos


necessários:
 Elabora Comunicação Interna (CI) anexa
a Minuta de Decreto, o Anexo e a
Repercussão Financeira;
 Faz despacho informando o percentual do
benefício, junta toda documentação legal e
anexa ao processo;
 Encaminha CI com o processo à
Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

08 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o


GESTÃO DE RECURSOS processo ao Gabinete da SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

09 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o


SAGEP/SEGEP processo ao Gabinete da SEGEP.

10 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento, deixa o processo


sobrestado e encaminha o Decreto com o
Anexo por meio de ofício à Casa Civil para
providenciar assinatura e publicação.

11 CASA CIVIL  Providencia assinatura do Decreto junto ao


Governador e encaminha ao Diário Oficial
do Estado (DOE) para publicação;
 Após publicação, registra nas vias do ofício
o número e data do Diário Oficial e devolve
com o Decreto ao Gabinete da SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 132

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DE PROCEDIMENTO

12 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha o


processo com o Decreto ao Gabinete da
SAGEP/ SEGEP.

13 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o


SAGEP/SEGEP processo com o Decreto à Superintendência
de Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/
SEGEP.

14 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o


GESTÃO DE RECURSOS processo com o Decreto à Supervisão de
HUMANOS/SAGEP/SEGEP Planejamento e Desenvolvimento de
Recursos Humanos/ Superintendência de
Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/
SEGEP.

15 SUPERVISÃO DE  Anexa o Decreto ao processo;


PLANEJAMENTO E  Encaminha o processo com a(s) cópia(s) do
DESENVOLVIMENTO DE Decreto e o Anexo à Área de Recursos
RECURSOS HUMANOS/ Humanos da SEDUC para incluir a
SUPERINTENDÊNCIA DE Gratificação por Titulação no Sistema de
GESTÃO DE RECURSOS Recursos Humanos e acrescentar as
HUMANOS/SAGEP/SEGEP informações contidas do diploma;
 Arquiva o Decreto e o Anexo.

16 ÁREA DE RECURSOS  Toma conhecimento e encaminha o


HUMANOS DA SEDUC processo ao setor de folha de pagamento
para providenciar a inclusão da Titulação;
 Confirma a inclusão e arquiva o processo
no dossiê do servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 133

12.4 Fluxo: Gratificação por Titulação dos servidores do Subgrupo Magistério da Educação Básica da SEDUC

SERVIDOR PROTOCOLO DA SEDUC ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


(SEDUC)

INÍCIO Analisa o processo e


confere documentação.
.
Preenche formulário Formaliza processo,
Requerimento do cadastra no sistema
Servidor solicitando a informatizado, gera número
Gratificação por Titulação, de controle, emite Cartão
anexa os certificados, de Protocolo e entrega ao
diplomas ou títulos na área servidor.
de atuação.
Não Documentação Sim
Processo completa?

Requerimento do Servidor

Providencia documentação
faltante.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 134

PROTOCOLO DA SEGEP GABINETE DA SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE


GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

Toma conhecimento. Toma conhecimento.


Recebe processo.
C

Processo
Processo Processo

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 135

SUPERVISÃO DE PLANEJAMENTO E SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE DA ÁREA DE RECURSOS


DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS/ GESTÃO DE RECURSOS SAGEP/SEGEP HUMANOS
SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP (SEDUC)
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

Toma conhecimento. Dá ciência à Área de Toma conhecimento.


Analisa o processo e Recursos Humanos da
verifica se a documentação C SEDUC.
C
C

obedece aos critérios da


legislação.

Processo Processo Processo

Obedece aos Não


critérios?

FIM
Sim
Elabora Comunicação
Interna, anexa a Minuta
do Decreto, o Anexo e a
C
Repercussão Financeira.
Faz despacho informando o
percentual do benefício,
junta toda documentação
legal e anexa ao processo.

Processo
3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 136

SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE SAGEP/SEGEP GABINETE DA SEGEP CASA CIVIL


GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
3 Toma conhecimento, deixa
o processo sobrestado e
solicita assinatura e
Toma conhecimento. Toma conhecimento. C
publicação. Providencia a assinatura do
Decreto junto ao
Governador e encaminha o
C
Diário Oficial do Estado
C (DOE) para publicação.
Ofício Após publicação registra
nas vias do ofício, o
número e data do DOE.
Processo Processo
Processo
Ofício

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento.

Processo/Decreto Processo/Decreto Processo/Decreto

Ofício
4
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 137

SUPERVISÃO DE PLANEJAMENTO E ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS DA SEDUC
HUMANOS/SUPERINTENDÊNCIA DE
RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP

Toma conhecimento e
Anexa o Decreto ao encaminha processo ao setor
processo, solicita a de Folha de Pagamento para
incluisão da Gratificação providdenciar a inclusão da
por Titulação no Sistema
C
Gratificação por Titulação.
de Recursos Humanos e C
Confirma a inclusão e
as informações contidas no arquiva o processo no dossiê
diploma.
C do servidor.
Processo/cópias de anexos
e Decreto Processo

Decreto/Anexos

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 138

13 GRATIFICAÇÃO POR ESTÍMULO PROFISSIONAL

A Gratificação por Estímulo Profissional é cedida, no percentual de 30% sobre o


vencimento, aos integrantes do Subgrupo Apoio Técnico e Subgrupo Apoio Administrativo
do Grupo Administração Geral, e Grupo Ocupacional Atividades de Apoio Administrativo e
Operacional (ADO), que estejam lotados na Secretaria de Estado da Educação (SEDUC)
desenvolvendo atividades de apoio administrativo nas áreas de gestão educacional e sejam
detentores de Diploma de Curso Técnico de Nível Médio na 21ª área.

13.1 Base Legal

 Lei nº 9.858, de 1º de julho de 2013 - Dispõe sobre a criação da Gratificação de


Estímulo Profissional aos integrantes do Subgrupo Apoio Técnico e Subgrupo Apoio
Administrativo do Grupo Administração Geral, e Grupo Ocupacional Atividades de
Apoio Administrativo e Operacional (ADO);

 Lei nº 8.959, de 08 de maio de 2009 – Estabelece normas gerais para a elaboração e


tramitação dos atos e processos administrativos no âmbito do Poder Executivo do
Estado do Maranhão.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 139

13.2 Rotina: Gratificação por Estímulo Profissional

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DE PROCEDIMENTO

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do Servidor


(ANEXO I) solicitando a Gratificação por Estímulo
Profissional, anexa Diploma de Curso Técnico de
Nível Médio na 21ª área e dá entrada no protocolo da
Secretaria de Estado da Educação (SEDUC).

02 PROTOCOLO DA  Formaliza processo, cadastra no sistema


SEDUC informatizado, gera número de controle, emite o
Cartão de Protocolo e entrega ao servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos
da SEDUC.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo e confere documentação;


HUMANOS DA SEDUC
 Em caso de documentação incompleta:
 Solicita ao servidor providenciar a documentação
faltante.

 Em caso de documentação completa:


 Encaminha o processo ao Protocolo da Secretaria de
Estado da Gestão e Previdência (SEGEP).

04 PROTOCOLO DA  Recebe processo e encaminha ao Gabinete da


SEGEP Secretaria-Adjunta de Gestão de Pessoas (SAGEP)/
SEGEP.

05 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


SAGEP/SEGEP Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

06 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


DE GESTÃO DE Supervisão de Planejamento e Desenvolvimento de
RECURSOS Recursos Humanos/ Superintendência de Gestão de
HUMANOS/ Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.
SAGEP/SEGEP
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 140

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DE PROCEDIMENTO

07 SUPERVISÃO DE  Analisa o processo e verifica se a


PLANEJAMENTO E documentação obedece aos critérios da
DESENVOLVIMENTO DE legislação.
RECURSOS HUMANOS/
SUPERINTENDÊNCIA DE  Em caso de não obedecer aos
GESTÃO DE RECURSOS requisitos necessários:
HUMANOS/ SAGEP/ SEGEP  Devolve o processo à Superintendência de
Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/
SEGEP para encaminhar ao Gabinete
SAGEP/SEGEP para providenciar a ciência
à Área de Recursos Humanos da SEDUC.

 Em caso de obedecer aos requisitos


necessários:
 Elabora Comunicação Interna (CI) anexa
a Minuta de Decreto, o Anexo e a
Repercussão Financeira;
 Faz despacho, junta toda documentação
legal e anexa ao processo;
 Encaminha CI com o processo à
Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

08 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o


GESTÃO DE RECURSOS processo ao Gabinete da SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

09 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o


SAGEP/SEGEP processo ao Gabinete da SEGEP.

10 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento, deixa o processo


sobrestado e encaminha o Decreto com o
Anexo por meio de ofício à Casa Civil para
providenciar assinatura e publicação.

11 CASA CIVIL  Providencia assinatura do Decreto junto ao


Governador e encaminha no Diário Oficial
do Estado (DOE) para publicação;
 Após publicação, registra nas vias do ofício,
o número e data do DOE e encaminha com
o Decreto ao Gabinete da SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 141

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DE PROCEDIMENTO

12 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha o


processo com o Decreto ao Gabinete da
SAGEP/SEGEP.

13 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o


SAGEP/SEGEP processo com o Decreto à Superintendência
de Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/
SEGEP.

14 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o


GESTÃO DE RECURSOS processo com o Decreto à Supervisão de
HUMANOS/ SAGEP/ SEGEP Planejamento e Desenvolvimento de
Recursos Humanos/ Superintendência de
Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/
SEGEP.

15 SUPERVISÃO DE  Anexa o Decreto ao processo;


PLANEJAMENTO E  Encaminha o processo com a(s) cópia(s) do
DESENVOLVIMENTO DE Decreto e o Anexo à Área de Recursos
RECURSOS HUMANOS/ Humanos da SEDUC para incluir a
SUPERINTENDÊNCIA DE Gratificação por Estímulo Profissional no
GESTÃO DE RECURSOS Sistema de Recursos Humanos e
HUMANOS/SAGEP/ SEGEP acrescentar as informações contidas do
diploma;
 Arquiva o Decreto e o Anexo.

16 ÁREA DE RECURSOS  Toma conhecimento e encaminha o


HUMANOS DA SEDUC processo ao setor de folha de pagamento
para providenciar a inclusão da Gratificação
por Estímulo Profissional;
 Confirma a inclusão e arquiva o processo
no dossiê do servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 142

13.3 Fluxo: Gratificação por Estímulo Profissional

SERVIDOR PROTOCOLO DA SEDUC ÁREA DE RECURSOS HUMANOS DA SEDUC

INÍCIO Analisa o processo e


confere documentação.
.
Preenche o formulário Formaliza processo,
cadastra no sistema
Requerimento do
Servidor solicitando a informatizado, gera número
Gratificação por Estímulo de controle, emite Cartão
Profissional, anexa de Protocolo e entrega ao
Diploma de Curso Técnico servidor.
de Nível Médio na 21ª área.
Não Documentação Sim
Processo
completa?
Requerimento do Servidor

Providencia documentação
faltante.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 143

PROTOCOLO DA SEGEP GABINETE DA SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE


GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

Toma conhecimento. Toma conhecimento.


Recebe processo.
C

Processo
Processo Processo

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 144

SUPERVISÃO DE PLANEJAMENTO E SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE DA ÁREA DE RECURSOS


DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS GESTÃO DE RECURSOS SAGEP/SEGEP HUMANOS
HUMANOS/SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE HUMANOS/SAGEP/SEGEP (SEDUC)
RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP
2

Toma conhecimento. Dá ciência à Área de Toma conhecimento.


Analisa o processo e Recursos Humanos da
verifica se a documentação C SEDUC.
C
C

obedece aos critérios da


legislação.

Processo Processo Processo

Obedece aos Não


critérios?

FIM
Sim

Elabora Comunicação
Interna, anexa a Minuta
do Decreto, o Anexo e a
C
Repercussão Financeira.
Faz despacho, junta toda
documentação legal e
anexa ao processo.

CI/Processo
3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 145

SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE SAGEP/SEGEP GABINETE DA SEGEP CASA CIVIL


GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
3 Toma conhecimento, deixa Providencia a assinatura do
Toma conhecimento.
o processo sobrestado e Decreto junto ao
solicita assinatura e Governador e encaminha o
Toma conhecimento. C
publicação. Diário Oficial do Estado
(DOE) para publicação.
C

C
Após publicação registra
nas vias do ofício, o
número e data do DOE.
Processo Ofício
Ofício
Processo
Processo

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento.

Processo/Decreto Processo/Decreto Processo/Decreto

Ofício
4
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 146

SUPERVISÃO DE PLANEJAMENTO E ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS DA SEDUC
HUMANOS/SUPERINTENDÊNCIA DE
GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

Toma conhecimento e
Anexa o Decreto ao encaminha processo ao
processo, solicita inclusão setor de Folha de
da Gratificação por Pagamento solicitando a
Estímulo Profissional no
C
inclusão da Gratificação
Sistema de Recursos por Estímulo Profissional.
C

Humanos e as informações Confirma a inclusão e


contidas no diploma.
C arquiva o processo no
dossiê do servidor.
Processo/cópias de anexos
e Decreto
Processo

Decreto/Anexos

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 147

14 LICENÇA PRÊMIO POR ASSIDUIDADE

Após cada quinquênio ininterrupto de exercício, o servidor fará jus a 3(três) meses de
licença, a título de prêmio por assiduidade, com a remuneração do cargo efetivo.
Para efeito de licença-prêmio, considera-se de exercício o tempo de serviço prestado
pelo servidor em cargo ou função estadual, qualquer que seja a sua forma de provimento.
O ocupante há mais de três anos de cargo em comissão ou função gratificada
perceberá durante a licença a quantia que percebia à data do afastamento.
A requerimento do interessado, a licença-prêmio poderá ser concedida em dois
períodos não inferiores a 30(trinta) dias.
O servidor que estiver acumulando nos termos da Constituição terá direito a licença-
prêmio pelos dois cargos, contando-se, porém, separadamente o tempo de serviço em relação
a cada um deles.
O servidor deverá aguardar em exercício a concessão da licença-prêmio.
O direito à licença-prêmio não está sujeito a caducidade.

14.1 Base Legal

 Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 - Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos
Civis do Estado e dá outras providências (arts. 145 a 150);

 Lei nº 6.524, de 21 de dezembro de 1995 - Revoga dispositivos da Lei nº 6.107, de 27


de julho de 1994 (Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado do Maranhão), e
dá outras providências;

 Lei nº 8.959, de 08 de maio de 2009 - Estabelece normas gerais para a elaboração e


tramitação dos atos e processos administrativos no âmbito do Poder Executivo do
Estado do Maranhão.

14.2 Documentação Necessária

 Formulário Requerimento do Servidor;


 Carteira de Identidade e CPF;
 Cópia do último Contracheque;
 Comprovante de residência atualizado.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 148

14.3 Rotina: Licença Prêmio por Assiduidade

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do


Servidor (ANEXO I) com o ciente da chefia
imediata solicitando a Licença Prêmio por
Assiduidade, informando a quantidade de dias a
serem gozados e o início da licença;
 Anexa a documentação necessária e dá entrada
no Protocolo do órgão de origem do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema


(órgão de origem do servidor) informatizado, gera número de controle, emite o
Cartão de Protocolo e entrega ao servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos
Humanos do órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo e verifica se o servidor tem


HUMANOS direito a licença.
(órgão de origem do servidor)
 Em caso do servidor não ter direito:
 Dá ciência ao servidor e providencia o
arquivamento do processo.

 Em caso do servidor ter direito:


 Elabora Portaria em 3 (três) vias e assina.
 Inclui a licença no Sistema de Recursos
Humanos;
 Publica a Portaria no Boletim Informativo;
 Arquiva uma via da Portaria no dossiê do
servidor e anexa outra via no processo;
 Arquiva o processo;
 Encaminha uma via da Portaria à chefia
imediata do servidor.

04 CHEFIA IMEDIATA DO  Arquiva a via da Portaria para controle e


SERVIDOR entrega uma cópia ao servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 149

14.4 Fluxo: Licença Prêmio por Assiduidade

SERVIDOR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA DO


(órgão de origem do (órgão de origem do servidor) SERVIDOR
servidor)
INÍCIO Analisa o processo e
verifica se o servidor tem Arquiva a via da Portaria
Formaliza processo,
direito a licença. para controle e entrega uma
cadastra no sistema
Preenche formulário
informatizado, gera número cópia ao servidor.
Requerimento do Servidor
de controle, emite Cartão
com o ciente da chefia
de Protocolo e entrega ao
imediata solicitando a
Licença Prêmio por servidor.
Assiduidade, informando a Não Servidor tem Sim
quantidade de dias a serem Processo direito a licença? Portaria
gozados e o início da licença
e a anexa documentação.

Requerimento do Servidor Dá ciência ao servidor e Elabora Portaria em 3 (três)


providencia arquivamento vias e assina. Inclui a licença
do processo.
C
no Sistema de Recursos
Humanos, publica a FIM
Toma conhecimento. Portaria no Boletim
Informativo. Arquiva uma
C

via da Portaria no dossiê do


Processo servidor, anexa outra via no
C

processo e arquiva processo.

Portaria

Processo
FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 150

15 LICENÇA POR MOTIVO DE AFASTAMENTO DO CÔNJUGE OU


COMPANHEIRO(A)

Será concedida licença ao servidor efetivo para acompanhar cônjuge ou companheiro


transferido para outro ponto do território nacional, para o exterior ou para o exercício de
mandato eletivo federal, estadual e municipal.
Existindo no novo local de residência repartição pública estadual da administração
direta, autárquica ou fundacional com atribuições compatíveis com as do cargo do servidor,
será este colocado à disposição sem ônus para o órgão de origem.
Não ocorrendo a situação prevista no parágrafo anterior, terá o servidor direito a
licença sem vencimento e vantagens, por prazo indeterminado.

15.1 Base Legal

 Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 - Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos
Civis do Estado e dá outras providências (arts. 142);

 Lei nº 8.959, de 08 de maio de 2009 - Estabelece normas gerais para a elaboração e


tramitação dos atos e processos administrativos no âmbito do Poder Executivo do
Estado do Maranhão.

15.2 Documentação Necessária

 Formulário Requerimento do Servidor;


 Último Contracheque do servidor;
 Carteira de Identidade e CPF;
 Comprovante de residência atualizado;
 Certidão de Casamento ou documento que comprove união estável;
 Comprovante de transferência do cônjuge ou companheiro(a) para outra localidade;
 Ofício da Área de Recursos Humanos do órgão onde o cônjuge ou companheiro(a) do
servidor será transferido, informando o início do exercício.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 151

15.3 Rotina: Licença por motivo de afastamento do Cônjuge ou Companheiro(a)

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do Servidor (ANEXO


I) com o ciente da chefia imediata solicitando a Licença por
Motivo de Afastamento do Cônjuge ou Companheiro(a), anexa
a documentação necessária e dá entrada no Protocolo do órgão
de origem do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema informatizado, gera


(órgão de origem do número de controle, emite o Cartão de Protocolo e entrega ao
servidor) servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos do órgão
de origem do servidor.

03 ÁREA DE  Analisa o processo, preenche o formulário Vida Funcional


RECURSOS Atual (ANEXO II) informando a situação funcional do
HUMANOS servidor;
(órgão de origem do  Verifica se no novo local de residência há repartição pública
servidor) estadual da Administração Direta, Autárquica ou Fundacional
com as atribuições compatíveis com as do cargo do servidor.

 Há repartição pública estadual:


 Providencia a disposição do servidor sem ônus para o órgão
de origem.

 Não há repartição pública estadual:


 Elabora Portaria em 3 (três) vias concedendo ao servidor a
licença sem vencimento e vantagens por prazo indeterminado
e encaminha o processo ao Gabinete do Titular do órgão de
origem do servidor.

04 GABINETE DO  O Titular assina as vias da Portaria e devolve com o


TITULAR processo à Área de Recursos Humanos do órgão de origem do
(órgão de origem do servidor.
servidor)

05 ÁREA DE  Inclui a licença no Sistema de Recursos Humanos;


RECURSOS  Publica a Portaria no Boletim Informativo e deixa o
HUMANOS processo sobrestado;
(órgão de origem do  Procede a conferência e validação da Portaria no sistema
servidor) junto a Superintendência de Gestão da Folha de
Pagamento/Secretaria-Adjunta de Gestão de Pessoas
(SAGEP)/Secretaria de Estado da Gestão e Previdência
(SEGEP).
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 152

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

06 SUPERINTENDÊNCIA DE  Verifica no sistema se a implantação da licença está


GESTÃO DA FOLHA DE de acordo com a Portaria.
PAGAMENTO/
SAGEP/SEGEP  Em caso da Portaria não estar de acordo:
 Solicita à Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do servidor as providências devidas para
correção no sistema.

 Em caso da Portaria estar de acordo:


 Confirma a implantação da licença.

07 ÁREA DE RECURSOS  Após a validação da Portaria junto à


HUMANOS Superintendência de Gestão da Folha de Pagamento/
(órgão de origem do servidor) SAGEP/SEGEP, arquiva uma via no dossiê do
servidor e anexa outra via no processo;
 Arquiva o processo;
 Encaminha uma via da Portaria à chefia imediata do
servidor.

08 CHEFIA IMEDIATA DO  Entrega uma cópia da Portaria ao servidor;


SERVIDOR  Arquiva a Portaria para controle.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 153

15.4 Fluxo: Licença por Motivo de Afastamento do Cônjuge ou Companheiro(a)

SERVIDOR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS GABINETE DO TITULAR


(órgão de origem do (órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor)
servidor)
INÍCIO Analisa o processo, preenche o
formulário Vida Funcional Titular assina as vias da
Atual informando a situação
Formaliza processo, Portaria.
Preenche formulário funcional do servidor e verifica
Requerimento do cadastra no sistema se no novo local há repartição
Servidor com o ciente da informatizado, gera número pública estadual da
chefia imediata solicitando de controle, emite Cartão Administração Direta,
a Licença por Motivo de de Protocolo e entrega ao Autárquica ou Fundacional com
Afastamento do Cônjuge servidor. as atribuições compatíveis com
ou Companheiro (a) e as do cargo do servidor. Processo/ Portaria
anexa a documentação
necessária. Processo

Requerimento do servidor Não Há repartição Sim 1


pública estadual?

Providencia a disposição do Elabora Portaria em 3


servidor sem ônus para o (três) vias concedendo ao
órgão de origem.
C C servidor a licença sem
vencimento e vantagens por
prazo indeterminado

Processo Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 154

ÁREA DE RECURSOS SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA FOLHA ÁREA RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA DO
HUMANOS DE PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP (órgão de origem do servidor) SERVIDOR
(órgão de origem do
servidor)
1 Verifica no sistema se a Providencia as devidas Entrega uma cópia da
implantação da licença está correções no sistema. Portaria ao servidor e
de acordo com a Portaria. C
C
arquiva a Portaria para
Inclui a licença no Sistema controle.
de Recursos Humanos,
publica a Portaria no
Boletim Informativo e
deixa processo sobrestado. Portaria Portaria
Procede a conferência e
validação da Portaria.
Está de Não
Portaria acordo com a
Portaria?
Arquiva uma via da
Processo Portaria no dossiê do FIM
Sim servidor, anexa outra via
C

no processo e arquiva
Confirma a implantação da processo.
licença. C

Portaria

Processo
Portaria
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 155

16 LICENÇA PARA DESEMPENHO DE MANDATO CLASSISTA

É assegurado ao servidor o direito à licença sem remuneração para o desempenho de


mandato em confederação, federação, associação de classe ou sindicato representavo da
categoria.
A licença terá duração igual à do mandato, devendo ser prorrogado no caso de
reeleição, observado o limite de 01 (um) servidor por entidade com até 500 (quinhentos)
associados, 02 (dois) servidores por entidade com até 1.000 (mil) associados e 03 (três)
servidores por entidade com mais de 1.000 (mil) associados.
Quando mais de um cargo ou função tenha sido exercido, será atribuída a vantagem do
cargo em comissão ou função gratificada de maior símbolo, desde que lhe corresponda um
exercício mínimo de 1 (um) ano ininterrupto, vedada a inclusão na percepção dos proventos
da vantagem mencionada no "caput" deste artigo que o servidor venha a receber a partir de 31
de dezembro de 1998.

16.1 Base Legal

 Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 - Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos
Civis do Estado e dá outras providências (arts. 142);

 Lei Estadual nº 7.487 de 16 de dezembro de 1999 - Altera os artigos 152, 236 e 237,
da Lei nº 6.107, de 27 de junho de 1994 e dá outras providências;

 Lei nº 8.959, de 08 de maio de 2009 - Estabelece normas gerais para a elaboração e


tramitação dos atos e processos administrativos no âmbito do Poder Executivo do
Estado do Maranhão.

16.2 Documentação Necessária

 Formulário Requerimento do Servidor;


 Comprovação por parte da entidade de que o servidor foi eleito para cargo de direção
ou representação;
 Cópia do último Contracheque;
 Cópia da Carteira de Identidade e CPF;
 Comprovante de residência atualizado.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 156

16.3 Rotina: Licença para Desempenho de Mandato Classista

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do Servidor


(ANEXO I) com o ciente da chefia imediata
solicitando a Licença para Desempenho de Mandato
Classista, anexa a documentação necessária e dá
entrada no Protocolo do órgão de origem do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema


(órgão de origem do informatizado, gera número de controle, emite o
servidor) Cartão de Protocolo e entrega ao servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos
do órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo, preenche o formulário Vida


HUMANOS Funcional Atual (ANEXO II) informa a situação
(órgão de origem do funcional do servidor;
servidor)  Verifica se o servidor foi eleito para o cargo de direção
ou representação.

 Servidor não eleito:


 Dá ciência ao servidor e providencia o arquivamento
do processo.

 Servidor eleito:
 Elabora Portaria em 3 (três) vias concedendo ao
servidor a licença sem vencimento no período igual à
do mandato e encaminha com o processo à Assessoria
Jurídica ou órgão equivalente do órgão de origem do
servidor.

04 ASSESSORIA  Emite parecer e encaminha o processo com as vias da


JURÍDICA OU ÓRGÃO Portaria ao Gabinete do Titular do órgão de origem
EQUIVALENTE do servidor.
(órgão de origem do
servidor)

05 GABINETE DO  O Titular assina as vias da Portaria e encaminha com


TITULAR o processo à Área de Recursos Humanos do órgão de
(órgão de origem do origem do servidor.
servidor)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 157

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

06 ÁREA DE RECURSOS  Inclui a licença no Sistema de Recursos Humanos;


HUMANOS  Publica a Portaria no Boletim Informativo e deixa
(órgão de origem do servidor) o processo sobrestado;
 Procede a conferência e validação da Portaria no
sistema junto à Superintendência de Gestão da
Folha de Pagamento/Secretaria-Adjunta de Gestão
de Pessoas (SAGEP)/Secretaria de Estado da Gestão
e Previdência (SEGEP).

07 SUPERINTENDÊNCIA DE  Verifica no sistema se a implantação da licença está


GESTÃO DA FOLHA DE de acordo com a Portaria.
PAGAMENTO/
SAGEP/SEGEP  Em caso da Portaria não estar de acordo:
 Solicita à Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do servidor as providências devidas para
correção no sistema.

 Em caso da Portaria estar de acordo:


 Confirma a implantação da licença.

08 ÁREA DE RECURSOS  Após a validação da Portaria junto a


HUMANOS Superintendência de Gestão da Folha de Pagamento/
(órgão de origem do servidor) SAGEP/SEGEP, arquiva uma via no dossiê do
servidor e anexa outra via no processo;
 Arquiva o processo;
 Encaminha uma via da Portaria à chefia imediata
do servidor.

09 CHEFIA IMEDIATA DO  Entrega uma cópia da Portaria ao servidor e


SERVIDOR arquiva a Portaria para controle.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 158

16.4 Fluxo: Licença para Desempenho de Mandato Classista

SERVIDOR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS ASSESSORIA JURÍDICA OU


(órgão de origem do (órgão de origem do servidor) ÓRGÃO EQUIVALENTE
servidor) (órgão de origem do servidor)

INÍCIO Analisa o processo,


preenche o formulário Vida Emite parecer.
Funcional Atual informa a
Preenche formulário Formaliza processo, situação funcional do
Requerimento do cadastra no sistema servidor e verifica se o
Servidor com o ciente da informatizado, gera número servidor foi eleito para o
chefia imediata solicitando de controle, emite Cartão cargo de direção ou
a Licença para de Protocolo e entrega ao representação.
Desempenho de Mandato servidor.
Classista e anexa a Portaria/Processo
documentação necessária.
Processo
Não Sim
Requerimento do Servidor Servidor eleito? 1

Dá ciência ao servidor e Elabora Portaria em 3


Toma conhecimento. providencia arquivamento (três) vias concedendo ao
do processo.
C
C servidor a licença sem
vencimento no período
igual à do mandato.

Processo Portaria/Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 159

GABINETE DO TITULAR ÁREA RECURSOS HUMANOS SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA FOLHA DE


(órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor) PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP
1

Verifica no sistema se a
Inclui a licença no Sistema implantação da licença está
O Titular assina as vias da
de Recursos Humanos, de acordo com a Portaria.
Portaria.
publica a Portaria no Boletim
C

Informativo e deixa o
processo sobrestado. Procede
a conferência e validação da
C

Portaria.

Portaria/Processo Portaria

Não Sim
Processo Está de
acordo com a
Portaria?

Confirma a implantação da
licença.
Providencia as devidas
C
correções no sistema.

Portaria

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 160

ÁREA RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA DO


(órgão de origem do servidor) SERVIDOR
2

Arquiva uma via da Entrega uma cópia da


Portaria no dossiê do Portaria ao servidor e
servidor e anexa outra via
C C
arquiva a Portaria para
no processo e arquiva controle.
processo.
C

Portaria Portaria

Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 161

17 LICENÇA PARA TRATAR DE INTERESSES PARTICULARES

A critério da Administração, poderá ser concedida ao servidor ocupante de cargo


efetivo, desde que não esteja em estágio probatório, licença para o trato de assuntos
particulares pelo prazo de até três anos consecutivos, sem remuneração, prorrogável uma
única vez por período não superior a esse limite.
O servidor deverá aguardar em exercício a concessão da licença.
O tempo da licença não será considerado para nenhum efeito legal.
A licença poderá ser interrompida, a qualquer tempo, a pedido do servidor.

17.1 Base Legal

 Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 - Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos
Civis do Estado e dá outras providências (arts. 143);

 Lei nº 8.959, de 08 de maio de 2009 - Estabelece normas gerais para a elaboração e


tramitação dos atos e processos administrativos no âmbito do Poder Executivo do
Estado do Maranhão.

17.2 Documentação Necessária

17.2.1 Para concessão da licença:


 Formulário Requerimento do Servidor;
 Cópia do último Contracheque;
 Carteira de Identidade e CPF;
 Comprovante de residência atualizado.

17.2.2 Para interrupção da licença:


 Formulário Requerimento do Servidor;
 Cópia do último Contracheque;
 Portaria da Concessão de licença;
 Carteira de Identidade e CPF;
 Comprovante de residência atualizado.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 162

17.3 Rotina: Concessão da Licença para tratar de Interesses Particulares

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do Servidor


(ANEXO I) com o ciente da chefia imediata
solicitando a concessão da Licença para tratar de
Interesses Particulares, anexa a documentação
necessária e dá entrada no Protocolo do órgão de
origem do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema


(órgão de origem do informatizado, gera número de controle, emite o
servidor) Cartão de Protocolo e entrega ao servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos
do órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo, preenche o formulário Vida


HUMANOS Funcional Atual (ANEXO II) informando a situação
(órgão de origem do funcional do servidor;
servidor)  Verifica se o servidor está em estágio probatório.

 Servidor está em estágio probatório:


 Dá ciência ao servidor e providencia o arquivamento
do processo.

 Servidor não está em estágio probatório:


 Elabora Portaria em 3 (três) vias concedendo ao
servidor a licença sem vencimento no período de até
3(três) anos e encaminha com o processo à Assessoria
Jurídica ou órgão equivalente do órgão de origem do
servidor.

04 ASSESSORIA  Emite parecer e encaminha o processo com as vias da


JURÍDICA OU ÓRGÃO Portaria ao Gabinete do Titular do órgão de origem
EQUIVALENTE do servidor.
(órgão de origem do
servidor)

05 GABINETE DO  O Titular assina as vias da Portaria e encaminha com


TITULAR o processo à Área de Recursos Humanos do órgão de
(órgão de origem do origem do servidor.
servidor)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 163

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

06 ÁREA DE RECURSOS  Inclui a licença no Sistema de Recursos Humanos;


HUMANOS  Publica a Portaria no Boletim Informativo e deixa o
(órgão de origem do processo sobrestado;
servidor)  Procede a conferência e validação da Portaria no
sistema junto a Superintendência de Gestão da Folha
de Pagamento/Secretaria-Adjunta de Gestão de
Pessoas (SAGEP)/Secretaria de Estado da Gestão e
Previdência (SEGEP).

07 SUPERINTENDÊNCIA  Verifica no sistema se a implantação da licença está


DE GESTÃO DA de acordo com a Portaria.
FOLHA DE
PAGAMENTO/  Em caso da Portaria não estar de acordo:
SAGEP/SEGEP  Solicita à Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do servidor as providências devidas para
correção no sistema.

 Em caso da Portaria estar de acordo:


 Confirma a implantação da licença.

08 ÁREA DE RECURSOS  Após a validação da Portaria junto a


HUMANOS Superintendência de Gestão da Folha de Pagamento/
(órgão de origem do SAGEP/SEGEP, arquiva uma via no dossiê do
servidor) servidor e anexa outra via no processo;
 Arquiva o processo;
 Encaminha uma via da Portaria à chefia imediata do
servidor.

09 CHEFIA IMEDIATA DO  Entrega uma cópia da Portaria ao servidor e arquiva a


SERVIDOR Portaria para controle.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 164

17.4 Fluxo: Concessão da Licença para tratar de Interesses Particulares

SERVIDOR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS ASSESSORIA JURÍDICA OU


(órgão de origem do (órgão de origem do servidor) ÓRGÃO EQUIVALENTE
servidor) (órgão de origem do servidor)

INÍCIO
Analisa o processo, Emite parecer.
preenche o formulário Vida
Preenche formulário Formaliza processo, Funcional Atual
Requerimento do cadastra no sistema informando a situação
Servidor com o ciente da informatizado, gera funcional do servidor e
chefia imediata solicitando número de controle, emite verifica se o está em
a concessão de Licença Cartão de Protocolo e estágio probatório.
para tratar de Interesses entrega ao servidor.
Particulares e anexa a Portaria/Processo
documentação necessária.
Processo
Sim Servidor em Não
Requerimento do servidor estágio
1
probatório?

Dá ciência ao servidor e Elabora Portaria em 3


Toma conhecimento. providencia arquivamento (três) vias concedendo ao
do processo.
C
C servidor a licença sem
vencimento no período de
até 3 (três) anos.

Processo Portaria/Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 165

GABINETE DO TITULAR ÁREA RECURSOS HUMANOS SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA FOLHA DE


(órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor) PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP
1

Inclui a licença no Sistema Verifica no sistema se a


de Recursos Humanos, implantação da licença está
O Titular assina as vias da
publica a Portaria no de acordo com a Portaria.
Portaria.
Boletim Informativo e
C

deixa o processo
sobrestado. Procede a
Cconferência e validação da
Portaria.

Portaria/Processo Portaria

Não Está de Sim


Processo
acordo com a
Portaria?

Confirma a implantação da
licença.
Providencia as devidas
C
correções no sistema.

Portaria

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 166

ÁREA RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA DO


(órgão de origem do servidor) SERVIDOR
2

Arquiva uma via da Entrega uma cópia da


Portaria no dossiê do Portaria ao servidor e
servidor e anexa outra via C
arquiva a Portaria para
C

no processo e arquiva controle.


processo.
C

Portaria Portaria

Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 167

17.5 Rotina: Interrupção da Licença para tratar de Interesses Particulares

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do Servidor


(ANEXO I) com o ciente da chefia imediata
solicitando a interrupção da Licença para tratar de
Interesses Particulares, anexa a documentação
necessária e dá entrada no Protocolo do órgão de
origem do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema


(órgão de origem do informatizado, gera número de controle, emite o
servidor) Cartão de Protocolo e entrega ao servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos
do órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo, preenche o formulário Vida


HUMANOS Funcional Atual (ANEXO II) informando a situação
(órgão de origem do funcional do servidor;
servidor)  Elabora Portaria em 3 (três) vias interrompendo a
licença sem vencimento e encaminha com o processo
à Assessoria Jurídica ou órgão equivalente do órgão de
origem do servidor.

04 ASSESSORIA  Emite parecer e encaminha o processo ao Gabinete do


JURÍDICA OU ÓRGÃO Titular do órgão de origem do servidor.
EQUIVALENTE
(órgão de origem do
servidor)

05 GABINETE DO  O Titular assina as vias da Portaria e encaminha com


TITULAR o processo à Área de Recursos Humanos do órgão de
(órgão de origem do origem do servidor.
servidor)

06 ÁREA DE RECURSOS  Interrompe a licença no Sistema de Recursos


HUMANOS Humanos;
(órgão de origem do  Publica a Portaria no Boletim Informativo e deixa o
servidor) processo sobrestado;
 Procede a conferência e validação da Portaria no
sistema junto a Superintendência de Gestão da Folha
de Pagamento/Secretaria-Adjunta de Gestão de
Pessoas (SAGEP)/Secretaria de Estado da Gestão e
Previdência (SEGEP).
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 168

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

07 SUPERINTENDÊNCIA  Verifica no sistema se a interrupção da licença está de


DE GESTÃO DA FOLHA acordo com a Portaria.
DE PAGAMENTO/
SAGEP/SEGEP  Em caso da Portaria não estar de acordo:
 Solicita à Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do servidor as providências devidas para
correção no sistema.

 Em caso da Portaria estar de acordo:


 Confirma a interrupção da licença.

08 ÁREA DE RECURSOS  Após a validação da Portaria junto a


HUMANOS Superintendência de Gestão da Folha de Pagamento/
(órgão de origem do SAGEP/SEGEP, arquiva uma via no dossiê do
servidor) servidor e anexa outra via no processo;
 Arquiva o processo;
 Encaminha uma via da Portaria à chefia imediata do
servidor.

09 CHEFIA IMEDIATA DO  Entrega uma cópia da Portaria ao servidor e arquiva a


SERVIDOR Portaria para controle.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 169

17.6 Fluxo: Interrupção da Licença para tratar de Interesses Particulares

SERVIDOR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS ASSESSORIA JURÍDICA OU


(órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor) ÓRGÃO EQUIVALENTE
(órgão de origem do servidor)
INÍCIO

Preenche formulário Formaliza processo, Analisa o processo, Emite parecer.


Requerimento do cadastra no sistema preenche o formulário Vida
Servidor com o ciente da informatizado, gera número Funcional Atual e informa
chefia imediata solicitando de controle, emite Cartão a situação funcional do
a interrupção da Licença de Protocolo e entrega ao servidor.
para Tratar de Interesses servidor.
Particulares e anexa a
documentação necessária.
Processo Portaria/Processo

Requerimento do servidor
Elabora Portaria em 3 1
(três) vias interrompendo a
C licença sem vencimento.

Portaria/Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 170

GABINETE DO TITULAR ÁREA RECURSOS HUMANOS SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA FOLHA DE


(órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor) PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP
1

Interrompe a licença no Verifica no sistema se a


Sistema de Recursos interrupção da licença está
O Titular assina as vias da
Humanos, publica a de acordo com a Portaria.
Portaria.
C
Portaria no Boletim
Informativo e deixa o
processo sobrestado.
C Procede a conferência e
validação da Portaria.

Portaria/Processo Portaria

Não Sim
Processo Está de
acordo com a
Portaria?

Confirma a interrupção da
licença no sistema.
Providencia as devidas
C
correções no sistema.

Portaria

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 171

ÁREA RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA DO


(órgão de origem do servidor) SERVIDOR
2

Arquiva uma via da Entrega uma cópia da


Portaria no dossiê do Portaria ao servidor e
servidor e anexa outra via
C C
arquiva a Portaria para
no processo e arquiva controle.
processo.
C

Portaria Portaria

Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 172

18 LICENÇA PATERNIDADE

O servidor terá direito à licença-paternidade de 5(cinco) dias consecutivos pelo


nascimento ou adoção de filho, contados a partir do nascimento ou da adoção da criança.
A licença-paternidade poderá ser prorrogada por mais 15 (quinze) dias, desde que o
interessado comprove participação em atividade ou programa de paternidade responsável,
promovido pela Secretaria de Estado da Gestão e Previdência (SEGEP).
O interessado na prorrogação deverá apresentar requerimento junto à SEGEP no prazo
de 2 (dois) dias após o parto ou adoção, comprovando, ademais, o atendimento da exigência
constante no parágrafo anterior.
No período da prorrogação, o servidor não poderá exercer nenhuma outra atividade
remunerada e deverá manter a criança sob seus cuidados.

18.1 Base Legal

 Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 - Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos
Civis do Estado e dá outras providências (arts. 141);

 Lei nº 10.464, de 7 de junho de 2016 - Dispõe sobre a licença-maternidade e a licença-


paternidade dos servidores públicos estaduais, e dá outras providências;

 Lei nº 8.959, de 08 de maio de 2009 - Estabelece normas gerais para a elaboração e


tramitação dos atos e processos administrativos no âmbito do Poder Executivo do
Estado do Maranhão.

18.2 Documentação Necessária

18.2.1 Em caso de nascimento:


 Formulário Requerimento do Servidor;
 Cópia do último Contracheque;
 Carteira de Identidade e CPF;
 Comprovante de participação em atividade ou programa de paternidade responsável.
 Declaração de Nascido Vivo ou Certidão de Nascimento da criança;
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 173

18.2.2 Em caso de doação:


 Formulário Requerimento do Servidor;
 Cópia do último Contracheque;
 Carteira de Identidade e CPF;
 Comprovante de participação em atividade ou programa de paternidade responsável.
 Certidão de Nascimento da criança;
 Termo Judicial de Guarda.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 174

18.3 Rotina: Licença Paternidade

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do Servidor


(ANEXO I) com o ciente da chefia imediata
solicitando a Licença Paternidade, anexa a
documentação necessária e dá entrada no Protocolo
do órgão de origem do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema


(órgão de origem do informatizado, gera número de controle, emite o
servidor) Cartão de Protocolo e entrega ao servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos
Humanos do órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo;


HUMANOS  Elabora Portaria em 3 (três) vias e assina;
(órgão de origem do  Inclui a licença no Sistema de Recursos Humanos e
servidor) publica a Portaria no Boletim Informativo;
 Após publicação, encaminha uma via da Portaria à
chefia imediata do servidor e arquiva uma via no
dossiê do servidor e outra via no processo;
 Arquiva o processo.

04 CHEFIA IMEDIATA DO  Entrega uma cópia da Portaria ao servidor;


SERVIDOR  Arquiva a Portaria para controle.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 175

18.4 Fluxo: Licença Paternidade

SERVIDOR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS CHEFIA IMEDIATA DO


(órgão de origem do servidor) HUMANOS SERVIDOR
(órgão de origem do servidor)
INÍCIO
Formaliza processo, Analisa o processo, elabora Entrega uma cópia da
cadastra no sistema Portaria em 3 (três) vias e Portaria ao servidor e
Preenche o formulário informatizado, gera número assina. Inclui a licença no arquiva a Portaria para
Requerimento do de controle, emite o Cartão Sistema de Recursos controle.
Servidor, com o ciente da de Protocolo e entrega ao Humanos e publica
chefia imediata, solicitando servidor. Portaria no Boletim
a Licença Paternidade e Informativo.
anexa a documentação
necessária.

Processo Portaria
Após publicação, arquiva
Requerimento do Servidor uma via da Portaria no
dossiê do servidor, outra via
no processo. Arquiva
processo. FIM

Portaria

Portaria

Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 176

18.5 Rotina: Prorrogação da Licença Paternidade

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR  Após 2 (dois) dias do parto ou da adoção preenche o


formulário Requerimento do Servidor (ANEXO
I) com o ciente da chefia imediata solicitando a
prorrogação da Licença Paternidade, anexa a
documentação necessária e dá entrada no Protocolo
da Secretaria de Estado da Gestão e Previdência
(SEGEP).

02 PROTOCOLO DA  Formaliza processo, cadastra no sistema


SEGEP informatizado, gera número de controle, emite o
Cartão de Protocolo e entrega ao servidor;
 Encaminha o processo ao Gabinete da Secretaria-
Adjunta de Gestão de Pessoas (SAGEP)/SEGEP.

03 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


SAGEP/SEGEP Superintendência de Gestão de Recursos Humanos/
SAGEP/SEGEP.

04 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


DE GESTÃO DE Supervisão de Direitos e Deveres/ Superintendência
RECURSOS HUMANOS/ de Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.
SAGEP/SEGEP

05 SUPERVISÃO DE  Analisa o processo, verifica se o servidor tem


DIREITOS E DEVERES/ direito a prorrogação da Licença Paternidade, emite
SUPERINTENDÊNCIA parecer deferindo ou não.
DE GESTÃO DE
RECURSOS HUMANOS/  Em caso de indeferimento:
SAGEP/SEGEP  Emite parecer e devolve processo à
Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP para encaminhar ao
Gabinete da SAGEP/SEGEP para a Área de
Recursos Humanos dar ciência ao servidor.

 Em caso de deferimento:
 Emite parecer e devolve o processo à
Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 177

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

06 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


DE GESTÃO DE Gabinete da SAGEP/SEGEP.
RECURSOS HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

07 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo à Área


SAGEP/SEGEP de Recursos Humanos do órgão de origem do
servidor.

08 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo;


HUMANOS  Elabora Portaria em 3 (três) vias e assina;
(órgão de origem do  Inclui a prorrogação da licença no Sistema de
servidor) Recursos Humanos e publica a Portaria no Boletim
Informativo;
 Após publicação, encaminha uma via da Portaria à
chefia imediata do servidor e arquiva uma via no
dossiê do servidor e outra via no processo;
 Arquiva o processo.

09 CHEFIA IMEDIATA DO  Entrega uma cópia da Portaria ao servidor;


SERVIDOR  Arquiva a Portaria para controle.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 178

18.6 Fluxo: Prorrogação da Licença Paternidade

SERVIDOR PROTOCOLO DA SEGEP GABINETE SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE


GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
INÍCIO

Após 2 (dois) dias do parto Formaliza processo, Toma conhecimento. Toma conhecimento.
ou da adoção, preenche o cadastra no sistema
formulário Requerimento informatizado, gera número
do Servidor, com o ciente de controle, emite o Cartão
da chefia imediata, de Protocolo e entrega ao
solicitando a prorrogação servidor.
da Licença Paternidade e
anexa a documentação
necessária.
Processo Processo Processo
Requerimento do Servidor

1
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 179

SUPERVISÃO DE DIREITOS E DEVERES/ SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE ÁREA DE RECURSOS


SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE GESTÃO DE RECURSOS SAGEP/SEGEP HUMANOS
RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP HUMANOS/SAGEP/SEGEP (órgão de origem do servidor)
1
Toma conhecimento. Toma conhecimento. Dá ciência ao servidor.

Analisa o processo,
verifica se o servidor tem
direito a prorrogação da
Licença Paternidade e
emite parecer deferindo ou
não. Processo Processo Processo

Processo

FIM

Não
Processo
deferido?

Sim

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 180

SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE SAGEP/SEGEP ÁREA DE RECURSOS CHEFIA IMEDIATA DO


GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS SERVIDOR
HUMANOS/SAGEP/SEGEP (órgão de origem do servidor)

2 Analisa o processo, elabora Entrega uma cópia da


2 Portaria em 3 (três) vias e Portaria ao servidor e
assina. Inclui a prorrogação arquiva a via da Portaria
Toma conhecimento. da licença no Sistema de para controle.
Toma conhecimento.
Recursos Humanos e
publica Portaria no
Boletim Informativo.

Portaria
Após publicação arquiva
uma via da Portaria no
dossiê do servidor e arquiva
Processo Processo
o processo com um via da
Portaria.
FIM

Portaria

Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 181

19 NOMEAÇÃO DE CANDIDATO POR DECISÃO JUDICIAL

19.1 Rotina: Nomeação de candidato por decisão judicial

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO

01 GABINETE DA  Recebe processo de nomeação e posse por


SECRETARIA DE decisão judicial, toma conhecimento e
ESTADO DA GESTÃO E encaminha à Assessoria Jurídica/SEGEP.
PREVIDÊNCIA (SEGEP)

02 ASSESSORIA  Analisa processo, emite despacho e


JURÍDICA/SEGEP encaminha ao Gabinete da Secretaria-Adjunta
de Gestão de Pessoas (SAGEP)/SEGEP`

03 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha processo à


SAGEP/SEGEP Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

04 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha processo à


GESTÃO DE RECURSOS Supervisão de Recrutamento e Redistribuição
HUMANOS/SAGEP/ de Pessoal/ Superintendência de Gestão de
SEGEP Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

05 SUPERVISÃO DE  Verifica no Diário Oficial do Estado


RECRUTAMENTO E (DOE), no Sistema de Recursos Humanos e
REDISTRIBUIÇÃO DE na pasta compartilhada do setor se o
PESSOAL/ candidato ainda não foi convocado e
SUPERINTENDÊNCIA nomeado.
DE GESTÃO DE
RECURSOS  Em caso de candidato já convocado e
HUMANOS/SAGEP/ nomeado:
SEGEP  Devolve processo à Superintendência de
Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/
SEGEP para encaminhar ao Gabinete da
SAGEP/SEGEP para dar ciência à Assessoria
Jurídica/SEGEP.

 Em caso de candidato não convocado e


nomeado:
 Prepara os Atos de Convocação e Nomeação
e devolve com o processo à Superintendência
de Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/
SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 182

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO

06 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo


GESTÃO DE RECURSOS com os Atos de Convocação e Nomeação ao
HUMANOS/SAGEP/ Gabinete da SAGEP/ SEGEP.
SEGEP

07 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo


SAGEP/SEGEP com os Atos de Convocação e Nomeação ao
Gabinete da SEGEP para providenciar assinatura
e publicação.

08 GABINETE DA SEGEP  O Titular assina nas vias dos Atos de


Convocação e Nomeação;
 Encaminha o Ato à Casa Civil para providenciar
publicação no Diário Oficial do Estado (DOE);
 Após publicação, registra nos Atos de
Convocação e Nomeação o número do DOE e
a respectiva data da publicação;
 Devolve o processo com os Atos de
Convocação e Nomeação ao Gabinete da
SAGEP/SEGEP.

09 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo


SAGEP/SEGEP com os Atos de Convocação e Nomeação à
Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

10 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo à


GESTÃO DE RECURSOS Supervisão de Recrutamento e Redistribuição de
HUMANOS/SAGEP/ Pessoal/ Superintendência de Gestão de
SEGEP Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

11 SUPERVISÃO DE  Encaminha Telegrama ao candidato, solicitando


RECRUTAMENTO E o seu comparecimento com a documentação
REDISTRIBUIÇÃO DE exigida no edital do concurso público no prazo
PESSOAL/ previsto na convocação;
SUPERINTENDÊNCIA  Recebe o candidato e entrega a Declaração de
DE GESTÃO DE Conhecimento de Prazo para providenciar
RECURSOS assinatura;
HUMANOS/SAGEP/
SEGEP
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 183

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO

 Preenche o formulário Encaminhamento


Médico (ANEXO VII) e entrega ao candidato
para se apresentar à Superintendência de
Perícias Médicas/Secretaria-Adjunta de
Seguridade Social dos Servidores Públicos
Estaduais (SASEG)/SEGEP com os exames
laboratoriais e médicos exigidos no edital do
concurso público para perícia médica;
 Deixa o processo sobrestado aguardando o
candidato com o Laudo Médico.

12 SUPERINTENDÊNCIA DE  Recebe o candidato com exames médicos,


PERÍCIAS MÉDICAS/ procede à perícia e emite Laudo;
SASEG/SEGEP  Informa ao candidato a se apresentar com a
documentação à Supervisão de Recrutamento e
Redistribuição de Pessoal/ Superintendência de
Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

13 SUPERVISÃO DE  Recebe o candidato e confere a documentação.


RECRUTAMENTO E
REDISTRIBUIÇÃO DE  Em caso de documentação incompleta:
PESSOAL/  Solicita ao candidato providenciar a
SUPERINTENDÊNCIA documentação faltante.
DE GESTÃO DE
RECURSOS  Em caso de documentação completa:
HUMANOS/SAGEP/  Emite Cadastro do Servidor e preenche o
SEGEP formulário Cartão de Autenticação de Digital
(ANEXO VIII);
 Colhe as digitais do candidato e providencia o
Termo de Posse em 3(três) vias;
 Anexa toda a documentação ao processo e emite
despacho;
 Providencia uma cópia do processo e encaminha
com Comunicação Interna (CI) à Assessoria
Jurídica/SEGEP para dar ciência do
cumprimento da decisão judicial;
 Encaminha o processo à Superintendência de
Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/ SEGEP;
 Orienta o candidato a se apresentar à Área de
Recursos Humanos do órgão de lotação que
tomará posse.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 184

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO

14 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


GESTÃO DE RECURSOS Gabinete da SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/ SAGEP/SEGEP

15 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


SAGEP/SEGEP Gabinete do Titular do órgão de lotação que o
servidor tomará posse.

16 GABINETE DO TITULAR  Toma conhecimento e encaminha o processo à


(órgão de lotação do servidor) Área de Recursos Humanos do órgão de lotação do
servidor.

17 ÁREA DE RECURSOS  Toma conhecimento, dá posse ao servidor e


HUMANOS encaminha o servidor ao setor de lotação para entrar
(órgão de lotação do servidor) em exercício;
 Preenche o formulário Registro do Servidor
(ANEXO X) solicitando a matrícula, anexa o
Termo de Posse assinado e devolve com o
processo ao Gabinete da SAGEP/ SEGEP.

18 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


SAGEP/SEGEP Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

19 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo à


GESTÃO DE RECURSOS Supervisão de Recrutamento e Redistribuição de
HUMANOS/SAGEP/ SEGEP Pessoal/Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/ SEGEP.

20 SUPERVISÃO DE  Analisa o processo e verifica no Sistema de


RECRUTAMENTO E Recursos Humanos se o servidor tem acúmulo de
REDISTRIBUIÇÃO DE cargo.
PESSOAL/
SUPERINTENDÊNCIA DE  Em caso de já possuir matrícula:
GESTÃO DE RECURSOS  Devolve o processo à Superintendência de Gestão
HUMANOS/SAGEP/ de Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP para
SEGEP ecaminhar ao Gabinete da SAGEP/SEGEP para
informar à Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do servidor a existência de matrícula.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 185

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO

 Em caso de não possuir matrícula:


 Cadastra o servidor como candidato externo;
 Emite Ficha de Cadastro de Matrícula;
 Providencia cadastro e concede o número da
matrícula;
 Transfere no Sistema de Recursos Humanos o
servidor para candidato interno;
 Encaminha o processo à Superintendência de
Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

Nota: O servidor só pode ter 2(duas) matrículas nos


casos de dois cargos acúmulos, de professor,
na área de saúde e quando tem um cargo de
nível superior e outro considerado de natureza
técnica.

21 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


GESTÃO DE RECURSOS Gabinete da SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/SAGEP/
SEGEP

22 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


SAGEP/SEGEP Área de Recursos Humanos do órgão de lotação
do servidor para informar o número da matrícula.

23 ÁREA DE RECURSOS  Confirma a matrícula, providencia junto ao setor


HUMANOS de folha de pagamento a inclusão das vantagens
(órgão de lotação do servidor) do servidor;
 Após inclusão confirma o lançamento;
 Arquiva o processo no dossiê do servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 186

19.2 Fluxo: Nomeação de candidato por decisão judicial

GABINETE DA SEGEP ASSESSORIA GABINETE SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE


JURÍDICA/SEGEP GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
INÍCIO

Recebe o processo de Analisa processo e emite Toma conhecimento. Toma conhecimento.


nomeação e posse por despacho.
decisão judicial e toma C

conhecimento.

Processo Processo Processo Processo

1
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 187

SUPERVISÃO DE RECRUTAMENTO E REDISTRIBUIÇÃO DE SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE SAGEP/SEGEP


PESSOAL/SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE RECURSOS GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP HUMANOS/SAGEP/SEGEP
1

Toma conhecimento. Dá ciência à Assessoria


Verifica no Diário Oficial Jurídica/SEGEP.
do Estado (DOE), no C
C
Sistema de Recursos
Humanos e na pasta
compartilhada do setor se
o candidato ainda não foi
convocado e nomeado.
Processo Processo

Candidato já Sim
convocado e FIM
nomeado?

Não

Prepara Atos de Toma conhecimento. Toma conhecimento.


Convocação e Nomeação.
C
C
C

Processo Processo Processo


2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 188

GABINETE DA SEGEP CASA CIVIL GABINETE SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE


GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

O Titular assina nas vias do Providencia publicação no Toma conhecimento. Toma conhecimento.
Ato de Convocação e Diário Oficial do Estado
Nomeação. (DOE). C

Processo Processo Processo


Processo

Após publicação, registra


nas vias nos Atos de
Convocação e Nomeação
número do DOE e data de
publicação.

Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 189

SUPERVISÃO DE RECRUTAMENTO E REDISTRIBUIÇÃO DE SUPERINTENDÊNCIA DE PERÍCIAS


PESSOAL/SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE RECURSOS MÉDICAS/SASEG/SEGEP
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

3 Recebe o candidato com


exames médicos, procede a
perícia e emite Laudo.
Encaminha Telegrama ao Informa ao candidato a se
candidato, solicitando o seu apresentar com a
comparecimento com a documentação à Supervisão
documentação exigida no de Recrutamento e
edital do concurso público C
Redistribuição de Pessoal/
no prazo previsto na Superintendência de Gestão
convocação; de Recursos Humanos/
SAGEP/ SEGEP.
Recebe o candidato e
entrega a Declaração de Encaminhamento Médico
Conhecimento de Prazo
para providenciar
assinatura; 4

Preenche o formulário
Encaminhamento Médico e
entrega ao candidato para
se apresentar com os
C

exames laboratoriais e
médicos exigidos no edital
do concurso público para
C

perícia médica.

Encaminhamento Médico

Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 190

SUPERVISÃO DE RECRUTAMENTO E REDISTRIBUIÇÃO DE SERVIDOR PÚBLICO ASSESSORIA JURÍDICA/


PESSOAL/SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE RECURSOS SEGEP
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
4
Providencia documentação
faltante.
Recebe o candidato e C
Toma conhecimento e dá
confere documentação. ciência do cumprimento da
Cdecisão judicial.

Processo
Sim Documentação Não
completa? Comunicação Interna

Emite o cadastro do servidor e


preenche o formulário Cartão
de Autenticação de Digitais. FIM
Colhe as digitais do candidato
e providencia o Termo de
Posse em 3 (três) vias. Anexa
toda documentação ao
processo e emite despacho;

Providencia uma cópia do


processo por meio de
C
Comunicação Interna (CI), dá
ciência do cumprimento da
C

decisão judicial. Orienta o


candidato a se apresentar ao
órgão que tomará posse.
Comunicação Interna
Processo 5
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 191

SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE SAGEP/SEGEP GABINETE DO TITULAR ÁREA DE RECURSOS


GESTÃO DE RECURSOS (órgão de lotação do servidor) HUMANOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP (órgão de lotação do servidor)

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento, dá


posse ao servidor e
C encaminha o servidor ao
setor de lotação para entrar
em exercício;

Processo Processo
Processo
Emite Ficha de Registro do
Servidor solicitando a
matrícula, anexa o Termo
de Posse assinado.

Processo

6
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 192

GABINETE SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE SUPERVISÃO DE RECRUTAMENTO E REDISTRIBUIÇÃO DE


GESTÃO DE RECURSOS PESSOAL/SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP HUMANOS/SAGEP/SEGEP

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Analisa o processo e


verifica no Sistema de
C C
Recursos Humanos se o
servidor tem acúmulo de
cargo.

Processo Processo

Sim Não
Servidor já
possui
matrícula?

Informa à Área de Recursos Toma conhecimento. Cadastra servidor como


Humanos do órgão de candidato externo, emite
Corigem do servidor que já C
ficha de Cadastro de
existe matrícula. Matrícula, providencia
C
cadastro, concede o número
da matrícula e transfere no
Sistema de Recursos
Humanos o servidor para
Processo Processo candidato interno.

Processo 7
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 193

SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE SAGEP/SEGEP ÁREA DE RECURSOS


GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP (órgão de lotação do servidor)

Toma conhecimento. Toma conhecimento e Confirma a matrícula,


informa o número da providencia junto ao setor
matrícula de folha de pagamento a
inclusão das vantagens do
C

servidor. Após inclusão


confirma o lançamento e
arquiva o processo no
dossiê do servidor.
Processo
Processo
Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 194

20 PAGAMENTO DE EXERCÍCIOS ANTERIORES REFERENTE À DESPESA DE


PESSOAL DE SERVIDOR

São consideradas despesas de exercícios anteriores aquelas para as quais o orçamento


respectivo consignava crédito próprio, com saldo suficiente para atendê-las, que não se
tenham processado na época própria, bem como os Restos a Pagar com prescrição
interrompida e os compromissos reconhecidos após o encerramento do exercício
correspondente.

20.1 Base Legal

 Decreto nº 23.668, de 30 de novembro de 2007 - Estabelece normas para tramitação de


processo de “Despesas de Exercícios Anteriores”, e dá outras providências. (DOE nº
231, de 30/11/2007, pág. 23);

 Decreto nº 24.006, de 06 de maio de 2008 - Altera dispositivos do Decreto nº 23.668,


de 30 de novembro de 2007, que estabelece normas para tramitação de processo de
“Despesas de Exercícios Anteriores”, e dá outras providências. (DOE nº 87, de
07/05/2008, pág. 15);

 Decreto nº 27.043, de 19 de novembro de 2010 - Dispõe sobre o reconhecimento de


dívida e a execução de despesas de exercícios anteriores por órgão e entidades da
Administração Pública Estadual. (DOE nº 222, de 19/11/2010, pág. 02);

 Decreto nº 27.255, de 10 de fevereiro de 2011 - Dispõe sobre o reconhecimento de


dívida e a execução de despesas de exercícios anteriores por órgão e entidades da
Administração Pública Estadual. (DOE nº 29, de 10/02/2011, pág. 01);

 Decreto nº 27.255, de 10 de fevereiro de 2011 - Dispõe sobre o reconhecimento de


dívida e a execução de despesas de exercícios anteriores por órgão e entidades da
Administração Pública Estadual. (DOE nº 34, de 17/02/2011, pág. 01). Republicado
por incorreção.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 195

20.2 Documentação Necessária

 Formulário Requerimento do Servidor;


 Cópia do último Contracheque;
 Cópia dos documentos comprobatórios que amparam a concessão da vantagem
(Portaria, Decreto e Publicação do Diário Oficial do Estado);
 Planilhas de cálculos;
 Fichas financeiras relativas ao período devido quando se tratar de vantagens
pecuniárias de servidores públicos;
 Nota técnica quanto ao embasamento legal;
 Atesto da realização da despesa;
 Formulário de Adequação Orçamentária e Financeira assinado pelo Ordenador de
Despesas (disponibilidade orçamentária);
 Parecer da Assessoria Jurídica (análise técnica da legalidade);
 Documento de autorização de ressarcimento/restituição (descontos realizados);
 Quando se tratar de decisão judicial: cópia da petição inicial, relação dos
beneficiários, decisão, setença ou acórdão.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 196

20.3 Rotina: Pagamento de Exercícios Anteriores referente a Despesa de Pessoal de


Servidor

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do Servidor


(ANEXO I), com ciente da chefia imediata,
solicitando pagamento de despesa de exercícios
anteriores, anexa documentação necessária e dá
entrada no Protocolo do órgão de origem do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza o processo, cadastra no sistema


(órgão de origem do informatizado, gera número de controle, emite o
servidor) Cartão de Protocolo e entrega ao servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos
do órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa processo e anexa cópias dos documentos


HUMANOS comprobatórios que amparam a concessão da
(órgão de origem do vantagem (Portaria, Decreto e Publicação do Diário
servidor) Oficial do Estado), planilhas de cálculos, fichas
financeiras relativas ao período devido quando se
tratar de vantagens pecuniárias de servidores
públicos e nota técnica quanto ao embasamento
legal;
 Encaminha o processo à Assessoria de
Planejamento e Ações Estratégicas (ASPLAN) ou
órgão equivalente do órgão de origem do servidor.

04 ASPLAN OU ÓRGÃO  Informa se há existência de dotação orçamentária,


EQUIVALENTE prepara Declaração de Adequação Orçamentária,
(órgão de origem do colhe assinatura do Ordenador de Despesas e
servidor) encaminha o processo à Assessoria Jurídica ou
órgão equivalente do órgão de origem do servidor.

05 ASSESSORIA  Analisa o processo e emite parecer sobre a


JURÍDICA OU legalidade e os fundamentos de que a despesa não
ÓRGÃO está prescrita;
EQUIVALENTE  Encaminha o processo ao Gabinete do Titular do
(órgão de origem do órgão de origem do servidor.
servidor)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 197

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

06 GABINETE DO TITULAR  Toma conhecimento e encaminha o processo


(órgão de origem do servidor) ao Gabinete da Secretaria de Estado da Gestão e
Previdência (SEGEP).

07 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha o processo à


Secretaria-Adjunta de Gestão de Pessoas
(SAGEP)/SEGEP.

08 GABINETE DA  Analisa o processo e confere a documentação.


SAGEP/SEGEP
 Em caso de documentação incompleta:
 Dá ciência à Área de Recursos Humanos do
órgão de origem do servidor para providenciar a
documentação faltante.

 Em caso de documentação completa:


 Encaminha o processo à Superintendência de
Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

09 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo à


GESTÃO DE RECURSOS Supervisão de Direitos e Deveres/
HUMANOS/SAGEP/ SEGEP Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

10 SUPERVISÃO DE  Analisa o processo e emite parecer se está de


DIREITOS E DEVERES/ acordo com a legislação de Pagamentos de
SUPERINTENDÊNCIA DE Exercicios Anteriores;
GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/  Em caso da documentação não estar em
SAGEP/SEGEP conformidade com a Legislação:
 Encaminha o processo à Area de Recursos
Humanos do órgão de origem do servidor para
tomar as devidas providências.

 Em caso da documentação estar em


conformidade com a Legislação:
 Encaminha o processo à Superintendência da
Gestão da Folha de Pagamento/SAGEP/
SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 198

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

11 SUPERINTENDÊNCIA DE  Confere cálculos.


GESTÃO DA FOLHA DE
PAGAMENTO/  Em caso de cálculo incorreto:
SAGEP/SEGEP  Encaminha o processo ao Gabinete da
SAGEP/SEGEP para solicitar à Área de
Recursos Humanos do órgão de origem do
servidor a correção dos cálculos.

 Em caso de cálculo correto:


 Encaminha o processo ao Gabinete da
SAGEP/SEGEP.

12 GABINETE DA  Analisa o processo, elabora documento de


SAGEP/SEGEP reconhecimento de dívida e encaminha ao
Gabinete da SEGEP.

13 GABINETE DA SEGEP  Reconhece dívida, assina e encaminha o


processo ao Gabinete do Titular do órgão de
origem do servidor.

14 GABINETE DO TITULAR  Toma conhecimento e encaminha o processo


(órgão de origem do servidor) à Área Financeira do órgão de origem do
servidor.

15 ÁREA FINANCEIRA  Providencia o pagamento e arquiva o


(órgão de origem do servidor) processo.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 199

20.4 Fluxo: Pagamento de Exercícios Anteriores referente a Despesa de Pessoal de Servidor

SERVIDOR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS ASPLAN OU ÓRGÃO ASSESSORIA JURÍDICA


(órgão de origem do HUMANOS EQUIVALENTE OU ÓRGÃO
servidor) (órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor) EQUIVALENTE
(órgão de origem do servidor)
INÍCIO
Formaliza processo, Analisa o processo e anexa Informa se há existência de Analisa o processo e emite
cadastra no sistema cópias de documentos dotação orçamentária, parecer sobre a legalidade e
Preenche Requerimento comprobatórios a concessão prepara Declaração de os fundamentos de que a
informatizado, gera número
do Servidor com o ciente da vantagem, planilhas de Adequação Orçamentária, despesa não está prescrita.
de controle, emite Cartão
da chefia imediata cálculos, fichas financeiras colhe assinatura do
de Protocolo e entrega ao
solicitando pagamento de relativas ao período das Ordenador de Despesas.
servidor.
despesas de exercícios vantagens pecuniárias e nota
anteriores e anexa técnica quanto ao
documentação necessária. embasamento legal.
Processo Processo
Processo Processo
Requerimento do Servidor
1
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 200

GABINETE DO TITULAR GABINETE DA SEGEP GABINETE SAGEP/SEGEP ÁREA DE RECURSOS


(órgão de origem do servidor) HUMANOS
(órgão de origem do servidor)

1 Toma conhecimento. Analisa o processo e Providencia documentação


confere documentação. faltante.
C
C
Toma conhecimento.

Processo
Processo
Documentação Não
completa?
Processo

Sim

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 201

SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO SUPERVISÃO DE DIREITOS E DEVERES/ ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


DE RECURSOS SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE RECURSOS (órgão de origem do servidor)
HUMANOS/SAGEP/SEGEP HUMANOS/SAGEP/SEGEP
2
Realiza as providências
necessárias.
Analisa o processo e emite
Toma conhecimento. parecer se está de acordo C

com a legislação de
Pagamento de Exercícios
C
Anteriores.

Processo

Processo
Documentação Não
em conformidade
com legislação?

Sim

3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 202

SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA FOLHA GABINETE SAGEP/SEGEP ÁREA DE RECURSOS HUMANOS


DE PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP (órgão de origem do servidor)
3
Recebe cálculos corrigidos. Realiza a correção dos
cálculos.
C
Confere cálculos.

Processo Processo

Cálculo Não
correto?
Solicita a correção dos
cálculos.

Sim
C

Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 203

GABINETE SAGEP/SEGEP GABINETE SEGEP GABINETE DO TITULAR ÁREA FINANCEIRA


(órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor)

Analisa o processo e Reconhece dívida e assina. Toma conhecimento. Providencia pagamento e


elabora documento de arquiva o processo.
reconhecimento de dívida.
C C C C

Processo Processo Processo Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 204

21 PROGRESSÃO POR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

A Progressão por Qualificação Profissional dar-se-á mediante a obtenção pelo


servidor, de diploma em curso de graduação, pós-graduação e cursos em áreas correlatas ao
exercício do cargo ocupado, adquiridos posteriormente ao seu ingresso no cargo que ocupa, e
desde que não constituam requisito para o ingresso no cargo.
Para fazer jus à progressão, o servidor público deverá ter cumprido o estágio
probatório, ter cumprido o interstício mínimo de dois anos de efetivo exercício na referência
de vencimento ou subsídio em que se encontra e estar no efetivo exercício do seu cargo.

21.1 Base Legal:

 Decreto nº 30.330, de 12 de setembro de 2014 - Regulamenta a Progressão por


Qualificação Profissional prevista nos arts. 22, 23 e 24 da Lei nº 9.664, de 17 de julho
de 2012, que dispõe sobre o Plano Geral de Carreiras e Cargos dos Servidores da
Administração Direta, Autárquica e Fundacional do Poder Executivo Estadual
(PGCE), e dá outras providências.

21.2 Documentação Necessária

 Formulário Requerimento do Servidor;


 Cópia autenticada em cartório do certificado ou diploma ou, ainda, cópia simples do
certificado ou diploma com "confere com o original" declarado por servidor do setor
de recursos humanos do órgão de origem à vista do original, devidamente assinado e
identificado por matrícula.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 205

21.3 Rotina: Progressão por Qualificação Profissional

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DE PROCEDIMENTO

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do


Servidor (ANEXO I) solicitando a
Progressão para Qualificação Profissional e
dá entrada no Protocolo do órgão de origem
do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema


(órgão de origem do servidor) informatizado, gera número de controle,
emite Cartão de Protocolo e entrega ao
servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos
Humanos do órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo e confere documentação;


HUMANOS
(órgão de origem do servidor)  Em caso de documentação
incompleta:
 Solicita ao servidor providenciar a
documentação faltante.

 Em caso de documentação completa:


 Encaminha o processo à Assessoria Jurídica
ou órgão equivalente do órgão de origem do
servidor.

04 ASSESSORIA JURÍDICA  Emite parecer e encaminha o processo ao


OU ÓRGÃO Gabinete do Titular do órgão de origem do
EQUIVALENTE servidor.
(órgão de origem do servidor)

05 GABINETE DO TITULAR  Toma conhecimento e encaminha o processo


(órgão de origem do servidor) ao Gabinete da Secretaria de Estado da
Gestão e Previdência (SEGEP).

06 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha o processo


ao Gabinete da Secretaria-Adjunta de Gestão
de Pessoas (SAGEP)/SEGEP.

07 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo


SAGEP/SEGEP à Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 206

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DE PROCEDIMENTO

08 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo


GESTÃO DE RECURSOS à Supervisão de Planejamento e
HUMANOS/ SAGEP/ SEGEP Desenvolvimento de Recursos Humanos/
Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

09 SUPERVISÃO DE  Analisa o processo se a documentação


PLANEJAMENTO E obedece aos critérios da legislação.
DESENVOLVIMENTO DE
RECURSOS HUMANOS/  Em caso de não obedecer aos requisitos
SUPERINTENDÊNCIA DE necessários:
GESTÃO DE RECURSOS  Devolve o processo à Superintendência de
HUMANOS/ SAGEP/ SEGEP Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP
para encaminhar ao Gabinete da
SAGEP/SEGEP para dar ciência à Área de
Recursos Humanos do órgão de origem do
servidor.

 Em caso de obedecer aos requisitos


necessários:
 Elabora Comunicação Interna (CI) anexa a
Minuta de Portaria, Anexo e a Repercussão
Financeira;
 Faz despacho junta toda documentação legal e
anexa ao processo;
 Encaminha CI com o processo à
Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

10 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha CI com o


GESTÃO DE RECURSOS processo ao Gabinete da SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/ SAGEP/ SEGEP

11 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha CI com o


SAGEP/SEGEP processo ao Gabinete da SEGEP.

12 GABINETE DA SEGEP  O Titular assina a Portaria, deixa o processo


sobrestado e encaminha a Portaria por meio
de ofício à Casa Civil para providenciar
publicação no Diário Oficial do Estado
(DOE).
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 207

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DE PROCEDIMENTO

13 CASA CIVIL  Providencia a publicação da Portaria no


DOE;
 Após publicação, registra número do DOE na
Portaria com a respectiva data da publicação
e devolve o ofício com a Portaria ao
Gabinete da SEGEP.

14 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha o processo


com a Portaria ao Gabinete da SAGEP/
SEGEP.

15 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo


SAGEP/SEGEP com a Portaria à Superintendência de Gestão
de Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

16 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo


GESTÃO DE RECURSOS com a Portaria à Supervisão de Planejamento
HUMANOS/SAGEP/SEGEP e Desenvolvimento de Recursos Humanos/
Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/ SEGEP.

17 SUPERVISÃO DE  Anexa a Portaria ao processo;


PLANEJAMENTO E  Encaminha o processo com a(s) cópia(s) da
DESENVOLVIMENTO DE Portaria à Área de Recursos Humanos do
RECURSOS HUMANOS/ órgão de origem do servidor para incluir a
SUPERINTENDÊNCIA DE Progressão por Qualificação Profissional no
GESTÃO DE RECURSOS Sistema de Recursos Humanos e acrescentar
HUMANOS/SAGEP/ SEGEP as informações contidas do diploma;
 Arquiva a Portaria para fins de controle.

18 ÁREA DE RECURSOS  Toma conhecimento e encaminha o processo


HUMANOS ao setor de folha de pagamento para
(órgão de origem do servidor) providenciar a inclusão da progressão;
 Confirma a inclusão e arquiva o processo no
dossiê do servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 208

21.4 Fluxo: Progressão por Qualificação Profissional

SERVIDOR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS ASSESSORIA JURÍDICA OU


(órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor) ORGÃO EQUIVALENTE
(órgão de origem do servidor)
INÍCIO
Analisa o processo e Emite parecer.
Formaliza processo, confere documentação.
Preenche o formulário cadastra no sistema
Requerimento do informatizado, gera número
Servidor solicitando a de controle, emite Cartão
Progressão por de Protocolo e entrega ao
Qualificação Profissional. servidor.

Processo
Processo
Requerimento do Servidor Documentação Sim
completa?
1

Providencia documentação Não


faltante.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 209

GABINETE DO TITULAR GABINETE DA SEGEP GABINETE DA SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE


(órgão de origem do servidor) GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento.


Toma conhecimento.
C
C
C

Processo Processo Processo


Processo

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 210

SUPERVISÃO DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE SAGEP/SEGEP


DE RECURSOS HUMANOS/SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE RECURSOS
RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP HUMANOS/SAGEP/SEGEP
2
Toma conhecimento. Dá ciência à Área de
Recursos Humanos.
Analisa o processo se a
documentação obedece aos
critérios da legislação.
.

Processo Processo

Obedece aos Não FIM


requisitos
necessários?

Sim

Elabora CI e anexa a
Minuta de Portaria, Anexo
e Repercurssão Financeira
C
e faz despacho com toda
documentação legal e
anexa ao processo.

CI/Processo
3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 211

SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE SAGEP/SEGEP GABINETE DA SEGEP CASA CIVIL


GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

O Titular assina Portaria, e


3 deixa o processo Providencia a publicação
sobrestado, elabora Ofício e da Portaria no DOE. Após
C
anexa Portaria para C publicação registra número
Toma conhecimento. Toma conhecimento. providenciar publicação do DOE na Portaria com a
Diário Oficial do Estado respectiva data de
C
(DOE). publicação.
Ofício
Ofício

Processo
CI/Processo CI/Processo

Toma conhecimento.

Processo/Portaria

4
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 212

GABINETE DA SUPERINTENDÊNCIA DE SUPERVISÃO DE PLANEJAMENTO E ÁREA DE RECURSOS


SAGEP/SEGEP GESTÃO DE RECURSOS DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP HUMANOS/SUPERINTENDÊNCIA DE (órgão do servidor)
RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP
4

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Anexa Portaria ao Processo Solicita ao setor de folha de
e solicita a implantação da pagamento para
C
C Progressão para providenciar a inclusão da
C
Qualificação Profissional progressão. Confirma a
C
no Sistema de Recursos inclusão e arquiva processo
Humanos e acrescenta as no dossiê do servidor.
informações contidas no
Processo/Portaria C
diploma.
Processo/Portaria Processo

Processo

Portaria
FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 213

22 PROMOÇÃO FUNCIONAL

A efetivação das promoções ocorrerá sempre que o servidor cumprir, cumulativamente:


 Três anos na última referência da classe em que se encontra;
 Ter obtido nas três últimas avaliações, desempenho satisfatório, nos termos definidos
em regulamento próprio;
 Estar no efetivo exercício do seu cargo.

22.1 Base Legal:

 Lei Estadual nº 9.664, de 17 de julho de 2012 - Dispõe sobre o Plano Geral de


Carreiras e Cargos dos Servidores da Administração Direta, Autárquica e Fundacional
do Poder Executivo Estadual (PGCE), e dá outras providências (Suplemento, DOE n°
138, de 17 de julho de 2012, pág. 4).
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 214

22.2 Rotina: Promoção Funcional

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DE PROCEDIMENTO

01 SUPERVISÃO DE PLANEJAMENTO  Elabora Comunicação Interna (CI)


E DESENVOLVIMENTO DE solicitando a relação nominal dos
RECURSOS HUMANOS/ servidores que serão beneficiados a
SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO receber a promoção e encaminha à
DE RECURSOS HUMANOS/ Superintendência de Gestão de Recursos
SECRETARIA-ADJUNTA DE Humanos/SAGEP/SEGEP.
GESTÃO DE PESSOAS (SAGEP)/
SECRETARIA DE ESTADO DA
GESTÃO E PREVIDÊNCIA (SEGEP)

02 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha a CI ao


GESTÃO DE RECURSOS Gabinete da SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

03 GABINETE DA SAGEP/SEGEP  Toma conhecimento e encaminha à


Superintendência de Gestão da Folha de
Pagamento/SAGEP/SEGEP

04 SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO  Elabora lista solicitada e devolve junto


DA FOLHA DE com a CI à Superintendência de Gestão de
PAGAMENTO/SAGEP/ SEGEP Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

05 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha a CI


GESTÃO DE RECURSOS com a lista de servidores à Supervisão de
HUMANOS/SAGEP/SEGEP Planejamento e Desenvolvimento de
Recursos Humanos/ Superintendência de
Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/
SEGEP.

06 SUPERVISÃO DE PLANEJAMENTO  Recebe a relação nominal dos servidores e


E DESENVOLVIMENTO DE verifica se a lista está em conformidade
RECURSOS HUMANOS/ com a legislação vigente;
SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO  Solicita a Repercussão Financeira à
DE RECURSOS Assessoria de Planejamento e Ações
HUMANOS/SAGEP/SEGEP Estratégicas (ASPLAN)/SEGEP;
 Elabora a Minuta de Portaria com o
Anexo e CD;
 Faz a juntada de toda documentação na CI
e devolve à Superintendência de Gestão de
Recursos Humanos/SAGEP/ SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 215

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DE PROCEDIMENTO

07 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha a CI ao


GESTÃO DE RECURSOS Gabinete da SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

08 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha a CI ao


SAGEP/SEGEP Gabinete da SEGEP.

09 GABINETE DA SEGEP  O Titular assina a Portaria e encaminha a


Portaria por meio de ofício à Casa Civil para
providenciar publicação no Diário Oficial do
Estado (DOE).

10 CASA CIVIL  Providencia a publicação da Portaria no Diário


Oficial do Estado (DOE);
 Após publicação, registra nas vias da Portaria o
número do DOE e a respectiva data da publicação
e devolve o ofício com a Portaria ao Gabinete da
SEGEP.

11 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha a CI ao


Gabinete da SAGEP/SEGEP.

12 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha a CI à


SAGEP/SEGEP Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

13 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha CI juntamente


GESTÃO DE RECURSOS com a Portaria à Supervisão de Planejamento e
HUMANOS/SAGEP/SEGEP Desenvolvimento de Recursos Humanos/
Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

14 SUPERVISÃO DE  Encaminha ofício(s) com a(s) cópia(s) da


PLANEJAMENTO E Portaria e o Anexo à(s) Área(s) de Recursos
DESENVOLVIMENTO DE Humanos do(s) órgão(s) de origem dos servidores
RECURSOS HUMANOS/ beneficiados para incluir a promoção funcional no
SUPERINTENDÊNCIA DE Sistema de Recursos Humanos e acrescentar as
GESTÃO DE RECURSOS informações contidas do diploma;
HUMANOS/SAGEP/SEGEP  Arquiva a Portaria para fins de controle.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 216

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DE PROCEDIMENTO

15 ÁREA DE RECURSOS  Toma conhecimento e encaminha o ofício(s)


HUMANOS com a(s) cópia(s) da Portaria e o Anexo ao
(órgão de origem do servidor) setor de folha de pagamento para providenciar a
inclusão da promoção;
 Confirma a inclusão e arquiva o ofício no dossiê
do servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 217

22.3 Fluxo: Promoção Funcional

SUPERVISÃO DE PLANEJAMENTO E SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE SUPERINTENDÊNCIA DE


DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS GESTÃO DE RECURSOS SAGEP/SEGEP GESTÃO DA FOLHA DE
HUMANOS/SUPERINTENDÊNCIA DE HUMANOS/SAGEP/SEGEP PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP
GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

INÍCIO

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Elabora lista solicitada.


Elabora Comunicação
Interna solicitando a
relação nominal dos
servidores que serão
beneficiados a receber a
promoção.

Comunicação Interna Comunicação Interna Comunicação Interna Comunicação Interna

1
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 218

SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE SUPERVISÃO DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO


RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP DE RECURSOS HUMANOS/SUPERINTENDÊNCIA DE
GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS/ SAGEP/SEGEP
1

Recebe a relação nominal


Toma conhecimento.
dos servidores e verifica se
lista está em conformidade
C
com legislação vigente.
Solicita a Repercussão
Financeira à ASPLAN/
SEGEP e elabora a Minuta
C

de Portaria com Anexo e


Comunicação Interna CD, e junta toda
documentação na CI.

Comunicação Interna

Toma conhecimento.

Comunicação Interna

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 219

GABINETE SAGEP/SEGEP GABINETE SEGEP CASA CIVIL SUPERINTENDÊNCIA DE


GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
2 Titular assina a Portaria e Providencia a publicação da Toma conhecimento.
elabora Ofício, anexa Portaria no Diário Oficial
Portaria para providenciar
C do Estado (DOE). Após C

Toma conhecimento. publicação no Diário publicação registra nas vias


C

Oficial do Estado (DOE). da Portaria número do


C
C DOE e a respectiva data de
publicação.

Ofício/Portaria Comunicação Interna/Portaria


Ofício/Portaria

Comunicação Interna Comunicação Interna


3

Toma conhecimento. Toma conhecimento.

C
C

Comunicação Interna/Portaria Comunicação Interna/Portaria


MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 220

SUPERVISÃO DE PLANEJAMENTO E ÁREA(S) DE RECURSOS


DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS
HUMANOS/SUPERINTENDÊNCIA DE (órgãos de origem dos servidores)
GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

Solicita a inclusão promoção Toma conhecimento e


funcional no Sistema de encaminha ofício(s) com as
Recursos Humanos e as cópias da Portaria e o
informações contidas no Anexo ao setor de folha de
diploma e arquiva Portaria e pagamento para
CI para fins de controle.
C
C
providenciar a inclusão da
promoção. Confirma a
inclusão e arquiva o Ofício
C no dossiê do servidor.

Ofício/Portaria/Anexos Ofício/Portaria/Anexo

Comunicação Interna/Portaria

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 221

23 RECONDUÇÃO

É o retorno do servidor estável ao cargo anteriormente ocupado.


A recondução somente ocorrerá em decorrência de inabilitação em estágio probatório
relativo a outro cargo, ou no caso de reintegração do anterior ocupante.
Quando provido o cargo de origem, o servidor será aproveitado em outro de
atribuições e vencimentos compatíveis, respeitada a escolaridade e habilitação legal exigidas e
no caso de extinção do cargo de origem e não havendo outro cargo onde possa ser
aproveitado, o servidor ficará em disponibilidade remunerada.
Em nenhuma hipótese indenização ao servidor reconduzido.

23.1 Base Legal

 Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 - Estatuto dos Servidores Públicos Civis do


Estado do Maranhão - Art. 33.

23.2 Documentação Necessária

 Formulário Requerimento do Servidor;


 Cópia do último Contracheque.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 222

23.3 Rotina: Recondução

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR  Preenche o formulário Requerimento do Servidor


(ANEXO I) solicitando a Recondução, anexa a
documentação necessária e dá entrada no Protocolo
do órgão de origem do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema


(órgão de origem do informatizado, gera número de controle, emite o
servidor) Cartão de Protocolo e entrega ao servidor;
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos
do órgão de origem do servidor.

03 ÁREA DE RECURSOS  Analisa o processo, preenche o formulário Vida


HUMANOS Funcional Atual (ANEXO II) informando a
(órgão de origem do situação funcional do servidor;
servidor)  Verifica a existência do cargo de origem ou outro
cargo onde possa ser aproveitado.

 Não existe cargo:


 Coloca o servidor em disponibilidade remunerada,
dá ciência ao servidor e arquiva o processo.

 Existe cargo:
 Emite Portaria em 3 (três) vias concedendo ao
servidor a Recondução e encaminha com o
processo à Assessoria Jurídica ou órgão
equivalente do órgão de origem do servidor.

04 ASSESSORIA  Emite parecer e encaminha o processo ao Gabinete


JURÍDICA OU do Titular do órgão de origem do servidor.
ÓRGÃO
EQUIVALENTE
(órgão de origem do
servidor)

05 GABINETE DO  O Titular assina as vias da Portaria e encaminha


TITULAR com o processo à Área de Recursos Humanos do
(órgão de origem do órgão de origem do servidor.
servidor)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 223

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

06 ÁREA DE RECURSOS  Inclui a recondução no Sistema de Recursos


HUMANOS Humanos;
(órgão de origem do  Publica a Portaria no Boletim Informativo e deixa
servidor) o processo sobrestado;
 Procede a conferência e validação da Portaria no
sistema junto a Superintendência de Gestão da
Folha de Pagamento/Secretaria-Adjunta de Gestão
de Pessoas (SAGEP)/Secretaria de Estado da Gestão
e Previdência (SEGEP).

07 SUPERINTENDÊNCIA  Verifica no sistema se a implantação da recondução


DE GESTÃO DA está de acordo com a Portaria.
FOLHA DE
PAGAMENTO/  Em caso da Portaria não estar de acordo:
SAGEP/SEGEP  Solicita à Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do servidor as providências devidas para
correção no sistema.

 Em caso da Portaria estar de acordo:


 Confirma a implantação da recondução.

08 ÁREA DE RECURSOS  Após a validação da Portaria junto à


HUMANOS Superintendência de Gestão da Folha de Pagamento/
(órgão de origem do SAGEP/SEGEP, arquiva uma via no dossiê do
servidor) servidor e anexa outra via no processo;
 Arquiva o processo;
 Encaminha uma via da Portaria à chefia imediata
do servidor.

09 CHEFIA IMEDIATA  Entrega uma cópia da Portaria ao servidor;


DO SERVIDOR  Arquiva a Portaria para controle.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 224

23.4 Fluxo: Recondução

SERVIDOR PROTOCOLO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS ASSESSORIA JURÍDICA OU


(órgão de origem do (órgão de origem do servidor) ÓRGÃO EQUIVALENTE
servidor) (órgão de origem do servidor)

INÍCIO
Analisa o processo, preenche o Emite parecer.
formulário Vida Funcional
Preenche formulário Formaliza processo, Atual informando a situação
Requerimento do cadastra no sistema funcional do servidor e verifica
Servidor solicitando a informatizado, gera número a existência do cargo de origem
Recondução e anexa a de controle, emite Cartão ou outro cargo onde possa ser
documentação necessária. de Protocolo e entrega ao aproveitado.
servidor.
Portaria/Processo
Processo
Requerimento do servidor Não Existe cargo? Sim
1

Coloca o servidor em Emite Portaria em 3 (três)


Toma conhecimento. disponibilidade vias concedendo ao
remunerada, dá ciência ao
C
C servidor a Recondução.
servidor e providencia
arquivamento do processo.

Processo Portaria/Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 225

GABINETE DO TITULAR ÁREA RECURSOS HUMANOS SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA FOLHA DE


(órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor) PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP
1

Verifica no sistema se a
Inclui a recondução no implantação da recondução
O Titular assina as vias da
Sistema de Recursos está de acordo com a
Portaria.
Humanos, publica a Portaria Portaria.
C

no Boletim Informativo e
deixa o processo sobrestado.
Procede a conferência e
C

validação da Portaria.

Portaria/Processo Portaria

Processo Não Está de Sim


acordo com a
Portaria?

Confirma a implantação da
recondução.
Providencia as devidas
C
correções no sistema.

Portaria

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 226

ÁREA RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA DO


(órgão de origem do servidor) SERVIDOR
2

Arquiva uma via da Entrega uma cópia da


Portaria no dossiê do Portaria ao servidor e
servidor e anexa outra via
C C
arquiva a Portaria para
no processo e arquiva controle.
processo.
C

Portaria Portaria

Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 227

24 REDISTRIBUIÇÃO

Redistribuição é o deslocamento do servidor, com o respectivo cargo, para quadro de


pessoal de outro ou entidade do mesmo Poder, observado o interesse da administração.
A redistribuição dar-se-á exclusivamente para ajustamento de quadros de pessoal às
necessidades dos serviços, inclusive nos casos de reorganização, extinção ou criação de órgão
ou entidade.
Nos casos de extinção de órgão ou entidade, os servidores estáveis que não puderem
ser redistribuídos, poderão ser colocados em disponibilidade até seu aproveitamento.
A redistribuição somente poderá ocorrer no âmbito da Administração Direta,
Autárquica e Fundacional, respeitadas as lotações das respectivas instituições.
Somente após decorrido 1 (um) ano, poderá o servidor ser novamente redistribuído.
O servidor que se encontrar com a sua situação irregular não será redistribuído até que
se proceda a sua regularização.

24.1 Base Legal

 Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 - Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos
Civis do Estado e dá outras providências (art. 45).
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 228

24.2 Rotina: Redistribuição

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 GABINETE DO TITULAR  Elabora ofício solicitando ao órgão onde o servidor


(solicitante) está lotado a redistribuição do servidor, informando a
área de atuação, o Município e local para onde o
servidor será redistribuído;
 Anexa documentação necessária e dá entrada no
Protocolo do órgão.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra no sistema


informatizado, gera número de controle, emite o
Cartão de Protocolo e entrega ao Gabinete do Titular
do órgão solicitante;
 Encaminha processo ao Gabinete do Titular do órgão
de origem do servidor.

03 GABINETE DO TITULAR  Titular analisa a solicitação verificando a


(órgão de origem do servidor) possibilidade de atendimento.

 Não favorável:
 Apresenta justificativa e devolve o processo ao
Gabinete do Titular do órgão solicitante para tomar
ciência e providenciar arquivamento.

 Favorável:
 Encaminha o processo à Área de Recursos Humanos
do órgão de origem do servidor informando da
anuência.

04 ÁREA DE RECURSOS  Preenche o formulário Vida Funcional Atual


HUMANOS (ANEXO II) informando a situação funcional do
(órgão de origem do servidor) servidor e devolve o processo ao Gabinete do Titular
do órgão de origem do servidor.

05 GABINETE DO TITULAR  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


(órgão de origem do servidor) Gabinete da Secretaria de Estado da Gestão e
Previdência (SEGEP).

06 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


Gabinete da Secretaria-Adjunta de Gestão de Pessoas
(SAGEP)/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 229

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

07 GABINETE DA SAGEP/SEGEP  Toma conhecimento e encaminha o processo à


Superintendência de Gestão de Recursos Humanos/
SAGEP/SEGEP.

08 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo à


GESTÃO DE RECURSOS Supervisão de Recrutamento e Redistribuição de
HUMANOS/SAGEP/ SEGEP Pessoal/Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

09 SUPERVISÃO DE  Analisa o processo e verifica se a vida funcional do


RECRUTAMENTO E servidor está em conformidade com a legislação
REDISTRIBUIÇÃO DE vigente;
PESSOAL/  Emite Ato de Redistribuição com CD e devolve o
SUPERINTENDÊNCIA DE processo à Superintendência de Gestão de Recursos
GESTÃO DE RECURSOS Humanos/SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

10 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


GESTÃO DE RECURSOS Gabinete da SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

11 GABINETE DA SAGEP/SEGEP  Assina o Ato e encaminha para publicação no Diário


Oficial do Estado (DOE);
 Após publicação, registra nas vias do Ato o número e
a data da publicação no DOE;
 Escanea o processo para controle e arquiva no
sistema;
 Encaminha ofício com uma via do Ato ao Gabinete
do Titular do órgão de origem do servidor;
 Encaminha o ofício e o processo ao Gabinete do
Titular do órgão solicitante;
 Encaminha CI com uma via do Ato à
Superintendência de Gestão de Folha de Pagamento/
SAGEP/SEGEP para tomar conhecimento.
 Encaminha CI com uma via do Ato à
Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP;

12 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha CI com uma via do


GESTÃO DE RECURSOS Ato à Supervisão de Recrutamento e Redistribuição
HUMANOS/SAGEP/SEGEP de Pessoal/Superintendência de Gestão de Folha de
Pagamento/ SAGEP/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 230

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

13 SUPERVISÃO DE  Realiza a redistribuição do servidor no Sistema de


RECRUTAMENTO E Recursos Humanos do órgão de origem para o
REDISTRIBUIÇÃO DE órgão solicitante.
PESSOAL/
SUPERINTENDÊNCIA DE
GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

14 GABINETE DO TITULAR  Toma conhecimento e encaminha o ofício com uma


(órgão de origem do ex-servidor) via do Ato à Área de Recursos Humanos do órgão de
origem do ex-servidor.

15 ÁREA DE RECURSOS  Arquiva Ato no dossiê do ex-servidor;


HUMANOS  Encaminha uma via do Ato à Chefia Imediata do ex-
(órgão de origem do ex-servidor) servidor;
 Encaminha ofício com o processo com a via do Ato
e o dossiê do servidor à Área de Recursos Humanos
do órgão solicitante.

16 ÁREA DE RECURSOS  Procede a conferência e validação do Ato no sistema


HUMANOS junto a Superintendência de Gestão da Folha de
(órgão solicitante) Pagamento/SAGEP/SEGEP.

17 SUPERINTENDÊNCIA DE  Verifica no sistema se a implantação da


GESTÃO DA FOLHA DE Redistribuição está de acordo com o Ato.
PAGAMENTO/ SAGEP/SEGEP
 Em caso do Ato não estar de acordo:
 Solicita à Área de Recursos Humanos do órgão
solicitante as providências devidas para correção no
sistema.

 Em caso da Portaria estar de acordo:


 Confirma a implantação da Redistribuição.

18 ÁREA DE RECURSOS  Após a validação do Ato junto a Superintendência de


HUMANOS Gestão da Folha de Pagamento/SAGEP/SEGEP,
(órgão solicitante) arquiva uma via no dossiê do servidor e anexa outra
via no processo;
 Arquiva o processo.
 Encaminha uma via da Portaria à chefia imediata do
servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 231

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

19 CHEFIA IMEDIATA DO  Arquiva a via da Portaria para controle e entrega


SERVIDOR uma cópia ao servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 232

24.3 Fluxo: Redistribuição


GABINETE DO PROTOCOLO GABINETE DO TITULAR ÁREA DE RECURSOS
TITULAR (órgão de origem do servidor) HUMANOS
(órgão solicitante) (órgão de origem do servidor)
INÍCIO
Titular analisa a solicitação
Formaliza processo, Preenche o formulário
verificando a possibilidade
cadastra no sistema Vida Funcional Atual e
Elabora ofício solicitando, de atendimento.
informatizado, gera número informando situação
ao órgão onde o servidor .
de controle, emite Cartão funcional do servidor.
está lotado, a sua
Redistribuição, informando de Protocolo e entrega ao
a área de atuação, o Gabinete do Titular do
Município, local para onde órgão solicitante.
o servidor será Processo
redistribuído e anexa Processo
documentação necessária. Favorável? Sim

1
Ofício
Não

Apresenta justificativa e
Toma conhecimento e devolve para tomar
arquiva o processo. conhecimento
C
e
C
providenciar arquivamento
do processo.

Processo
Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 233

GABINETE DO TITULAR GABINETE DA SEGEP GABINETE DA SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE


(órgão de origem do servidor) GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
1

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento.

C
C
C

Processo Processo Processo


Processo

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 234

SUPERVISÃO DE RECRUTAMENTO E SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE SAGEP/SEGEP CASA CIVIL


REDISTRIBUIÇÃO DE PESSOAL/ GESTÃO DE RECURSOS
SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE HUMANOS/SAGEP/SEGEP
RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP

Toma conhecimento. Assina Ato. Providencia a publicação


Analisa o processo e . do Ato no Diário Oficial do
verifica se a vida funcional Estado (DOE).
do servidor está em
C

conformidade com a
legislação vigente. Emite
Ato de Redistribuição com
CD.
Processo/Ato Processo/Ato Processo/Ato
Processo/Ato

3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 235

GABINETE DA GABINETE TITULAR GABINETE TITULAR SUPERINTENDÊNCIA DE SUPERINTENDÊNCIA DE


SAGEP/SEGEP (órgão de origem do (órgão solicitante) GESTÃO DA FOLHA DE GESTÃO DE RECURSOS
servidor) PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP HUMANOS/SAGEP/SEGEP

3 Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento.

C
C C C

Registra nas vias do Ato o


número e data da
C
publicação do DOE.
Escanea o processo para
controle e arquiva no Ofício/Ato
sistema. Ofício/Processo CI/Ato CI/Ato
C

Ofício/ Ato 4
FIM
C FIM FIM

C Ofício/Processo

C
CI/Ato

CI/Ato

Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 236

SUPERINTENDÊNCIA DE SUPERVISÃO DE RECRUTAMENTO E GABINETE DO TITULAR


GESTÃO DE RECURSOS REDISTRIBUIÇÃO DE PESSOAL/ (órgão de origem do ex-servidor)
HUMANOS/SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE
RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP
4

Toma conhecimento. Realiza a redistribuição do Toma conhecimento.


servidor no Sistema de
Recursos Humanos do
órgão de origem para o C

órgão solicitante.

CI/Ato CI/Ato
CI/Ato

5
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 237

ÁREA RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA ÁREA RECURSOS HUMANOS


(órgão de origem do ex-servidor) DO EX-SERVIDOR (órgão solicitante)

5 Toma conhecimento. Arquiva no dossiê do


servidor.
C C

Arquiva Ato no dossiê do


ex-servidor.
C

Ato Ofício/Ato

Ato FIM 6
C

Ofício/Ato/Dossiê do
servidor

Ato
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 238

SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE FOLHA DE ÁREA DE RECURSOS HUMANOS CHEFIA IMEDIATA DO


PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP (órgão de origem do servidor) SERVIDOR
6
Providencia as devidas
correções no sistema.
C
Arquiva a via do Ato para
Verifica no sistema se a controle e entrega uma
implantação da cópia ao servidor.
C
redistribuição está de
acordo com Ato.

Portaria

Portaria

Está de acordo Não


com Ato? Arquiva uma via do Ato no
dossiê do servidor, anexa
outra via no processo e
C
arquiva processo. FIM
Sim
C

Confirma a implantação da
redistribuição.
C
Ato

Processo

Ato
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 239

25 REINTEGRAÇÃO POR DECISÃO JUDICIAL

A reintegração é a reinvestidura do servidor estável no cargo anteriormente ocupado,


ou no cargo resultante de sua transformação, quando invalidada a sua demissão por decisão
administrativa ou judicial, com ressarcimento de todas as vantagens.
Na hipótese de o cargo ter sido extinto, o servidor ficará em disponibilidade
remunerada.
Encontrando-se provido o cargo, o seu eventual ocupante será reconduzido ao cargo
de origem, sem direito a indenização, ou aproveitado em outro cargo, ou ainda, posto em
disponibilidade remunerada.
A decisão administrativa que determinar a reintegração só pode ser tomada em
processo administrativo, no qual a Procuradoria Geral do Estado (PGE) tenha emitido parecer
conclusivo reconhecendo a nulidade da demissão.
O servidor reintegrado será submetido a inspeção médica oficial e aposentado se
julgado incapaz.

25.1. Base Legal

 Lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994 - Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos
Civis do Estado e dá outras providências (art. 32).

25.2. Documentação Necessária:

 Formulário Requerimento do Servidor;


 Cópia do último Contracheque;
 Ato de Demissão;
 Documentação comprobatória que julgue necessária a instrução de sua solicitação.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 240

25.3 Rotina: Reintegração por Decisão Judicial

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 GABINETE DA  Recebe ofício com a decisão judicial e encaminha


SECRETARIA DE à Assessoria Jurídica/SEGEP.
ESTADO DA GESTÃO
E PREVIDÊNCIA (SEGEP)

02 ASSESSORIA  Toma conhecimento e encaminha o ofício ao


JURÍDICA/SEGEP Gabinete da Secretaria-Adjunta de Gestão de
Pessoas (SAGEP)/SEGEP.

03 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha ofício à


SAGEP/SEGEP Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

04 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha ofício à


GESTÃO DE RECURSOS Supervisão de Direitos e Deveres/
HUMANOS/SAGEP/SEGEP Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

05 SUPERVISÃO DE  Elabora Minuta de Ato de Reintegração em


DIREITOS E DEVERES/ 4(quatro) vias e devolve com o ofício à
SUPERINTENDÊNCIA DE Superintendência de Gestão de Recursos
GESTÃO DE RECURSOS Humanos/SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

06 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha ofício com as


GESTÃO DE RECURSOS vias da Minuta de Ato ao Gabinete da
HUMANOS/ SAGEP/SEGEP SAGEP/SEGEP.

07 GABINETE DA SAGEP  Toma conhecimento e encaminha o ofício com as


vias da Minuta de Ato ao Gabinete da SEGEP.

08 GABINETE DA SEGEP  O Titular assina o Ato e encaminha à Casa Civil


para publicação no Diário Oficial do Estado
(DOE);
 Após publicação, registra nas vias do Ato o
número e a data da publicação no DOE;
 Devolve o ofício ao Gabinete da SAGEP/ SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 241

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

09 GABINETE DA SAGEP  Toma conhecimento e encaminha o ofício com as


vias do Ato ao Gabinete da SEGEP.

10 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha ofício com as


GESTÃO DE RECURSOS vias do Ato ao Gabinete da SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/ SAGEP/SEGEP

11 SUPERVISÃO DE  Confere o Ato com a Minuta;


DIREITOS E DEVERES/  Anexa as vias do Ato ao ofício e devolve à
SUPERINTENDÊNCIA DE Superintendência de Gestão de Recursos
GESTÃO DE RECURSOS Humanos/SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

12 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o ofício com as


GESTÃO DE RECURSOS vias do Ato ao Gabinete da SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/ SAGEP/SEGEP

13 GABINETE DA SAGEP  Toma conhecimento e encaminha o ofício com as


vias do Ato à Assessoria Jurídica/SEGEP.

14 ASSESSORIA  Dá ciência ao juízo que foi providenciada a


JURÍDICA/SEGEP reintegração do servidor e encaminha o ofício
com as vias do Ato ao Gabinete da SEGEP.

15 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha o ofício com as


vias do Ato ao Gabinete do Titular do órgão de
origem do servidor.

16 GABINETE DO TITULAR  Toma conhecimento e encaminha o ofício com as


(órgão de origem do servidor) vias do Ato à Área de Recursos Humanos do
órgão de origem do servidor.

17 ÁREA DE RECURSOS  Efetua a reintegração no Sistema de Recursos


HUMANOS Humanos e publica no Boletim Informativo;
(órgão de origem do servidor)  Após publicação, arquiva o ofício com uma via do
Ato no dossiê do servidor e providencia
documentação para solicitar a matrícula do
servidor ou ativar a matrícula antiga.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 242

25.4 Fluxo: Reintegração por Decisão Judicial

GABINETE DA SEGEP ASSESSORIA GABINETE SUPERINTENDÊNCIA DE SUPERVISÃO DE DIREITOS


JURÍDICA/SEGEP SAGEP/SEGEP GESTÃO DE RECURSOS E DEVERES/
HUMANOS/ SUPERINTENDÊNCIA DE
SAGEP/SEGEP GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
INÍCIO

Recebe Ofício com decisão Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento. Elabora Minuta do Ato de
judicial. Reintegração em 4 (quatro)
vias.

Ofício Ofício Ofício Ofício Ofício/ Ato

1
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 243

SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE DA GABINETE SEGEP CASA CIVIL


GESTÃO DE RECURSOS SAGEP/SEGEP
HUMANOS/
SAGEP/SEGEP
1

Toma conhecimento. Toma conhecimento. O Titular assina o Ato. Providencia publicação do


Ato no Diário Oficial do
Estado (DOE).

C C
C C

Ofício/ Ato Ofício/ Ato Ofício/ Ato Ofício/ Ato

Toma conhecimento. Toma conhecimento.


Registra nas vias do Ato o
número do DOE e a
C
respectiva data de
C
C
publicação.

Ofício/Ato
Ofício/ Ato Ofício/ Ato

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 244

SUPERVISÃO DE DIREITOS E SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE DA ASSESSORIA


DEVERES/SUPERINTENDÊNCIA GESTÃO DE RECURSOS SAGEP/SEGEP JURÍDICA/SEGEP
DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

Confere Ato com a Minuta Toma conhecimento. Toma conhecimento. Dá ciência ao juízo que foi
e Anexa as vias do Ato ao providenciada a
Ofício reintegração do servidor.

C
C C C

Ofício/Ato Ofício/Ato Ofício/Ato Ofício/Ato

3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 245

GABINETE DA SEGEP GABINETE DO TITULAR ÁREA DE RECURSOS


(órgão de origem do servidor) HUMANOS
(órgão de origem do servidor)

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Efetua a reintegração no


Sistema de Recursos
Humanos e publica no
Boletim Informativo. Após
C C
publicação, arquiva ofício e
1 (uma) via do Ato no
dossiê do servidor e
C
providencia documentação
para solicitar a matrícula do
servidor ou ativar a
Ofício/Ato Ofício/Ato matrícula antiga.

Ofício/Ato

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 246

26 SOLICITAÇÃO DE MATRÍCULA PARA SERVIDOR COM CARGO EM


COMISSÃO

A matrícula é o número que identifica o servidor em um determinado órgão.

26.1 Base Legal

 Decreto nº 30.622, de 02 de Janeiro de 2015 - Regulamenta as nomeações para cargos


em comissão no âmbito dos órgãos do Poder Executivo e disciplina dispositivos da Lei
nº 9.881, de 30 de Julho de 2013.

26.2 Documentação Necessária:

 Ofício do órgão de origem do servidor;


 Prova de Inscrição e Quitação da Justiça Eleitoral;
 Certidões e Autenticações de antecedentes criminais fornecidos pela Justiça Eleitoral,
Estadual e Federal;
 Declaração de Bens e Valores que compõem patrimônio privado;
 Certidões do Tribunal de Contas do Estado e da União;
 Ato de Nomeação;
 Termo de Posse;
 Cópia de documentação pessoal (Carteira de Identidade, CPF, PIS/PASEP, Cartão do
banco, Diploma ou equivalente que comprove grau de escolaridade e Comprovante de
Residência);
 Atestado Médico fornecido pela Junta Médica Oficial do Estado para confirmar a
aptidão para o cargo.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 247

26.3 Rotina: Solicitação de matrícula para servidor com cargo em comissão

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO

01 ÁREA DE RECURSOS  Analisa documentação do servidor


HUMANOS conferindo o nome, o cargo, a simbologia
(órgão de origem do servidor) para qual foi nomeado e a documentação
necessária.

 Em caso de documentação
incompleta:
 Devolve ao servidor para providenciar a
documentação faltante.

 Em caso de documentação completa:


 Elabora ofício, anexa documentação e
encaminha ao Protocolo do órgão de origem
do servidor.

02 PROTOCOLO  Formaliza processo, cadastra em sistema


(órgão de origem do servidor) informatizado, gera número de controle e
emite Cartão de Protocolo;
 Encaminha o processo ao Gabinete da
Secretaria-Adjunta de Gestão de Pessoas
(SAGEP)/ Secretaria de Estado da Gestão e
Previdência (SEGEP).

03 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o


SAGEP/SEGEP processo à Superintendência de Gestão de
Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

04 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o


GESTÃO DE RECURSOS processo à Supervisão de Recrutamento e
HUMANOS/SAGEP/ SEGEP Redistribuição de Pessoal/ Superintendência
de Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/
SEGEP.

05 SUPERVISÃO DE  Analisa o processo e verifica se há


RECRUTAMENTO E pendências.
REDISTRIBUIÇÃO DE
PESSOAL/  Em caso de haver pendências:
SUPERINTENDÊNCIA DE  Solicita à Área de Recursos Humanos do
GESTÃO DE RECURSOS órgão de origem do servidor para corrigir
HUMANOS/SAGEP/ pendências encontradas.
SEGEP
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 248

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO

 Em caso de não haver pendências:


 Verifica a publicação da nomeação no
Diário Oficial do Estado (DOE) e
encaminha o processo à Supervisão de
Planejamento e Desenvolvimento de
Recursos Humanos/Superintendência de
Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/
SEGEP para verificar se tem vaga na
estrutura do órgão solicitado.

06 SUPERVISÃO DE  Verifica no sistema de Recursos Humanos


PLANEJAMENTO E se há vaga na estrutura do órgão solicitado e
DESENVOLVIMENTO DE devolve o processo à Supervisão de
RECURSOS HUMANOS/ Recrutamento e Redistribuição de Pessoal/
SUPERINTENDÊNCIA DE Superintendência de Gestão de Recursos
GESTÃO DE RECURSOS Humanos/SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/SAGEP/ SEGEP

07 SUPERVISÃO DE  Em caso de não haver vaga:


RECRUTAMENTO E  Devolve o processo à Superintendência de
REDISTRIBUIÇÃO DE Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/
PESSOAL/ SEGEP para encaminhar ao Gabinete da
SUPERINTENDÊNCIA DE SAGEP/SEGEP para informar à Área de
GESTÃO DE RECURSOS Recursos Humanos do órgão de origem do
HUMANOS/SAGEP/ servidor que não há vaga na estrutura.
SEGEP
 Em caso de haver vaga:
 Verifica no Sistema de Recursos Humanos
se há acúmulo de matrícula.

 Em caso de já possuir matrícula:


 Devolve o processo à Superintendência de
Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/
SEGEP para informar à Área de Recursos
Humanos do órgão de origem do servidor à
existência de outra matrícula.

 Em caso de não possuir matrícula:


 Providencia o cadastro no Sistema de
Recursos Humanos e concede o número da
matrícula;
 Devolve o processo à Superintendência de
Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/
SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 249

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO

08 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o


GESTÃO DE RECURSOS processo ao Gabinete da SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/SAGEP/
SEGEP

09 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o


SAGEP/SEGEP processo à Área de Recursos Humanos do
órgão de origem do servidor, para informar
o número da matrícula.

10 ÁREA DE RECURSOS  Confirma a matrícula, providencia junto ao


HUMANOS setor de folha de pagamento a inclusão das
(órgão de origem do servidor) vantagens do servidor;
 Após inclusão confirma o lançamento;
 Arquiva o processo no dossiê do servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 250

26.4 Fluxo: Solicitação de matrícula para Servidor com Cargo em Comissão

ÁREA RECURSOS HUMANOS SERVIDOR PROTOCOLO GABINETE DA SUPERINTENDÊNCIA DE


(órgão de origem do servidor) (órgão de origem do servidor) SAGEP/SEGEP GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/ SAGEP/SEGEP
INÍCIO Formaliza processo, Toma conhecimento. Toma conhecimento.
Providencia documentação
faltante. cadastra em sistema
Analisa documentação do informatizado, gera o
servidor conferindo o número de controle e emite
nome, o cargo, a Cartão de Protocolo.
simbologia para qual foi
nomeado e documentação
necessária. Processo
Processo
Processo
Documentação Não 1
completa?

Sim

Elabora Ofício e anexa


documentação.
C

Ofício

Ofício
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 251

SUPERVISÃO DE RECRUTAMENTO E REDISTRIBUIÇÃO ÁREA RECURSOS HUMANOS SUPERVISÃO DE PLANEJAMENTO E


DE PESSOAL/ SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE (órgão de origem do servidor) DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS
RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP HUMANOS/ SUPERINTENDÊNCIA DE
GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

Verifica no Sistema de
Analisa o processo e
Corrige pendências Recursos Humanos se há
verifica se há pendências.
encontradas. vaga na estrutura do órgão
solicitado.

Processo
Processo
Há pendências Sim
no Processo?

Não

Verifica a publicação da
nomeação no Diário Oficial
C
do Estado (DOE) e solicita
verificar se tem vaga na
estrutura do órgão
solicitado.

Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 252

SUPERVISÃO DE RECRUTAMENTO E SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE DA ÁREA RECURSOS


REDISTRIBUIÇÃO DE PESSOAL/ GESTÃO DE RECURSOS SAGEP/SEGEP HUMANOS
SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE HUMANOS/ SAGEP/SEGEP (órgão de origem do servidor)
RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP

2 Toma Conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento da


inexistência de vagas na
estrutura.

Não
Há vagas?
Processo Processo Processo

Sim

Verifica no Sistema de
Recursos Humanos se há FIM
acúmulo de matrícula.

Processo

3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 253

SUPERVISÃO DE RECRUTAMENTO E REDISTRIBUIÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE ÁREA RECURSOS HUMANOS


DE PESSOAL/ SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE GESTÃO DE RECURSOS (órgão de origem do servidor)
RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP HUMANOS/ SAGEP/SEGEP
3
Toma conhecimento. Toma conhecimento da
existência de outra
matrícula.

Já possui Sim
matrícula?

Processo Processo
o
Não

Providencia o cadastro no
Sistema de Recursos FIM
Humanos e concede o
número da matrícula.

Processo

4
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 254

SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE DA SAGEP/SEGEP ÁREA RECURSOS HUMANOS


GESTÃO DE RECURSOS (órgão de origem do servidor)
HUMANOS/ SAGEP/SEGEP

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Confirma a matrícula,


providencia junto ao setor
de folha de pagamento a
inclusão das vantagens do
servidor. Após inclusão,
confirma lançamento e
arquiva o processo no
dossiê do servidor.
Processo Processo
Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 255

27 AGREGAÇÃO DO SERVIDOR MILITAR

É a situação na qual o policial militar da ativa deixa de ocupar vaga na escala


hierárquica do seu quadro, nela permanecendo sem número.
O policial-militar deve ser agregado quando for afastado temporariamente do serviço
por motivo de:
 ter sido julgado incapaz temporariamente, após um ano contínuo de tratamento de
saúde;
 ter sido julgado incapaz definitivamente, enquanto tramita o processo de reforma;
 houver ultrapassado um ano contínuo de licença para tratamento de saúde própria;
 houver ultrapassado 06 (seis) meses de licença para tratamento de saúde em pessoa da
família;
 houver ultrapassado 06 (seis) meses de licença para tratar de interesse particular;
 ter sido considerado oficialmente extraviado;
 houver esgotado o prazo que caracteriza o crime de deserção previsto no Código Penal
Militar, se oficial ou praça com estabilidade assegurada;
 como desertor, ter-se apresentado voluntariamente ou ter sido capturado e reincluído,
afim de se ver processar;
 ter sido condenado à pena restritiva de liberdade superior a 02 (dois) anos, por
sentença transitada em julgado, desde que não seja beneficiado por livramento
condicional, enquanto durar a sua execução;
 ter-se candidatado a cargo eletivo, desde que e conte com mais de 10 (dez) anos de
serviço;
 ter sido condenado à pena de suspensão do exercício de posto ou graduação, prevista
no Código Penal Militar;
 ter sido nomeado para cargo em comissão, emprego ou função pública temporária, não
eletiva, ainda que da administração indireta;
 afastar-se das funções policiais militares para integrar, exclusivamente, diretoria de
entidade representativa de classe, clube ou associação policial militar.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 256

27.1 Base Legal

 Lei nº 6.513, de 30 de novembro de 1995 - Dispõe sobre o Estatuto dos Policiais-


Militares da Polícia Militar do Maranhão, e dá outras providências (art. 106);

 Lei nº 8.080, de 04 de fevereiro de 2004 - Altera dispositivos da Lei nº 6.513, de 30


de novembro de 1995, que dispõe sobre o Estatuto dos Policiais-Militares da Polícia
Militar do Maranhão, e dá outras providências;

 Lei nº 8.362, de 29 de dezembro de 2005 - Altera dispositivos das Leis nº 6.513, de


30 de novembro de 1995, nº 7.356, de 29 de dezembro de 1998, nº 7.593, de 11 de
junho de 2001, e dá outras providências.

27.2 Documentação Necessária

 Documento que comprove o motivo do afastamento.


MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 257

27.3 Rotina: Agregação do Servidor Militar

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 DIRETORIA DE PESSOAL  Solicita por meio de ofício interno ao


(órgão de origem Comandante Geral do órgão de origem do
do servidor militar) servidor militar a agregação do servidor militar
e anexa documentação necessária.

02 COMANDANTE GERAL  Analisa a solicitação da Diretoria de Pessoal do


(órgão de origem órgão de origem do servidor militar de acordo
do servidor militar) com os preceitos legais.

 Ofício Indeferido:
 Devolve ofício à Diretoria de Pessoal do órgão
de origem do servidor militar para saneamento
de eventuais pendências.

 Ofício Deferido:
 Elabora a Minuta do Ato de Agregação e
encaminha com ofício ao Protocolo do órgão de
origem do servidor militar.

03 PROTOCOLO  Recebe e encaminha o ofício com a Minuta do


(órgão de origem Ato de Agregação ao Gabinete da Secretaria
do servidor militar) de Estado da Gestão e Previdência (SEGEP).

04 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha o ofício com


a Minuta do Ato de Agregação ao Gabinete
da Secretaria-Adjunta de Gestão de Pessoas
(SAGEP)/SEGEP.

05 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o ofício com a


SAGEP/SEGEP Minuta do Ato de Agregação à
Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

06 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o ofício com a


GESTÃO DE RECURSOS Minuta do Ato de Agregação à Supervisão de
HUMANOS/ Direitos e Deveres/ Superintendência de Gestão
SAGEP/SEGEP de Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 258

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

07 SUPERVISÃO DE  Analisa o ofício com a Minuta do Ato de


DIREITOS E DEVERES/ Agregação e confere documentação.
SUPERINTENDÊNCIA DE
GESTÃO DE RECURSOS  Documentação não está em conformidade
HUMANOS/ com a legislação:
SAGEP/SEGEP  Devolve o ofício à Superintendência de Gestão
de Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP para
encaminhar ao Gabinete da SAGEP/ SEGEP
para solicitar a correção da documentação à
Diretoria de Pessoal do órgão de origem do
servidor militar.

 Documentação está em conformidade com


a legislação:
 Emite parecer, elabora Ato em 3(três) vias
devolve à Superintendência de Gestão de
Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

08 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o ofício com


GESTÃO DE RECURSOS Ato ao Gabinete da SAGEP/ SEGEP.
HUMANOS/ SAGEP/SEGEP

09 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o ofício com


SAGEP/SEGEP Ato ao Gabinete da SEGEP.

10 GABINETE DA SEGEP  O Titular assina as vias do Ato e encaminha à


Casa Civil para providenciar a publicação no
Diário Oficial do Estado (DOE);
 Após publicação registra nas vias do Ato o
número do DOE e a data da publicação;
 Encaminha o ofício com Ato ao Gabinete da
SAGEP/SEGEP.

11 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o ofício com


SAGEP/SEGEP Ato à Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

12 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o ofício com


GESTÃO DE RECURSOS Ato à Supervisão de Direitos e Deveres/
HUMANOS/ Superintendência de Gestão de Recursos
SAGEP/SEGEP Humanos/ SAGEP/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 259

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

13 SUPERVISÃO DE  Arquiva uma cópia do Ato para fins de controle


DIREITOS E DEVERES/ e devolve ofício com as demais vias do Ato à
SUPERINTENDÊNCIA DE Superintendência de Gestão de Recursos
GESTÃO DE RECURSOS Humanos/SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

14 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o ofício com


GESTÃO DE RECURSOS Ato ao Gabinete da SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/ SAGEP/SEGEP

15 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o ofício com


SAGEP/SEGEP Ato ao Comandante Geral do órgão de origem
do servidor militar.

16 COMANDANTE GERAL  Toma conhecimento e encaminha o ofício


(órgão de origem com Ato à Diretoria de Pessoal do órgão de
do servidor militar) origem do servidor militar.

17 DIRETORIA DE PESSOAL  Inclui a agregação do servidor militar no


(órgão de origem Sistema de Recursos Humanos;
do servidor militar)  Procede a conferência e validação do Ato no
sistema junto a Superintendência de Gestão da
Folha de Pagamento/SAGEP/SEGEP.

18 SUPERINTENDÊNCIA DE  Verifica no sistema se a implantação da


GESTÃO DA FOLHA DE agregação está de acordo com o Ato.
PAGAMENTO/
SAGEP/SEGEP  Em caso de não estar de acordo:
 Solicita à Diretoria de Pessoal do órgão de
origem do servidor militar as providências
para correções no sistema.

 Em caso de estar de acordo:


 Confirma a implantação da agregação.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 260

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

19 DIRETORIA DE PESSOAL  Após validado junto a Superintendência de


(órgão de origem Gestão da Folha de Pagamento/SAGEP/
do servidor militar) SEGEP, encaminha uma via do Ato ao
Comandante de Unidade do órgão de origem
do servidor militar, arquiva uma via no dossiê
do servidor militar e arquiva ofício.

20 COMANDANTE DE  Entrega uma cópia do Ato ao servidor militar e


UNIDADE arquiva o Ato para controle.
(órgão de origem do
servidor militar)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 261

27.4 Fluxo: Agregação do Servidor Militar

DIRETORIA DE PESSOAL COMANDANTE GERAL PROTOCOLO


(órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor militar)

INÍCIO
Analisa a solicitação e verifica se
está de acordo com os preceitos Recebe ofício com Minuta
legais. do Ato de Agregação.
Solicita por meio de ofício
.
a agregação do servidor
militar e anexa
documentação necessária.

Ofício /Minuta de Ato


Não Ofício Sim
Ofício deferido?
1

Elabora Minuta do Ato de


Saneia as eventuais Agregação.
pendências. C

Ofício /Minuta de Ato


MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 262

GABINETE SEGEP GABINETE SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE


GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
1

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento.

Ofício /Minuta de Ato Ofício /Minuta de Ato Ofício /Minuta de Ato

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 263

SUPERVISÃO DE DIREITOS E SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE SAGEP/SEGEP DIRETORIA DE PESSOAL


DEVERES/SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE GESTÃO DE RECURSOS (órgão de origem do servidor
RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP HUMANOS/SAGEP/SEGEP militar)
2
Efetua correção na
documentação.
Toma conhecimento. Toma conhecimento.
Analisa o ofício com a
Minuta do Ato e confere
documentação.

Ofício/Ato
Ofício/Ato
Ofício/Ato
Sim Documentação Não
em conformidade
com legislação?

Toma conhecimento. Solicita correção de


Emite parecer e elabora documentação.
Ato em 3 (três) vias.
C

Ofício/Ato Ofício/Ato
Ofício/Ato

3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 264

SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE SAGEP/SEGEP GABINETE SEGEP CASA CIVIL


GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
3

Toma conhecimento. O Titular assina as vias do Providencia publicação no


Toma conhecimento. Diário Oficial do Estado
Ato.
(DOE).
C
C C
C

Ofício/Ato Ofício/Ato Ofício/Ato


Ofício/Ato

Registra nas vias do Ato o


número do DOE e a
respectiva
C
data de
publicação.

Ofício/Ato

4
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 265

GABINETE SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE SUPERVISÃO DE DIREITOS E


RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP DEVERES/SUPERINTENDÊNCIA DE
GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
4
Toma conhecimento.

Arquiva uma cópia do Ato


Toma conhecimento. C
para fins de controle.
C
C

Ofício/Ato

Cópia do Ato
Ofício/Ato

Ofício/Ato
Toma conhecimento.

Toma conhecimento. C

Ofício/Ato

Ofício/Ato

5
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 266

COMANDANTE GERAL DIRETORIA DE PESSOAL SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA FOLHA DE


(órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor militar) PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP
5
Verifica no sistema se a
implantação da agregação
Toma conhecimento. Inclui a agregação do
está de acordo com o Ato.
servidor militar no Sistema
C
de Recursos Humanos.
C
Procede conferência e
validação do Ato.

Não Está de acordo Sim


Ofício/Ato Ofício/Ato com o Ato?

Confirma implantação da
Providencia as correções no agregação.
sistema. C

Ofício/Ato

6
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 267

DIRETORIA DE PESSOAL COMANDANTE DE UNIDADE


(órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor militar)

Arquiva Ofício e uma via Entrega uma cópia do Ato


do Ato no dossiê do ao servidor militar e
servidor militar. arquiva Ato para controle.
C
C

Ato Ato

Ofício/Ato

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 268

28 EXCLUSÃO EX-OFFÍCIO DO SERVIDOR MILITAR A BEM DA DISCIPLINA

A Exclusão a Bem da Disciplina será aplicada ex-ofício ao Aspirante a Oficial e


demais praças com estabilidade assegurada, desde que:
 tenham sido condenados à pena restritiva de liberdade individual superior a 02 (dois)
anos pela Justiça Militar ou Comum;
 tenha pronunciado tal sentença o Conselho Permanente de Justiça por haver perdido a
nacionalidade brasileira;
 incida nos casos que motivem o julgamento pelo Conselho de Disciplina, previsto no art.
61 da Lei nº 6.513, de 30 de novembro de 1995 e nestes forem considerados culpados;
O Aspirante a Oficial ou praça com estabilidade assegurada se houver sido excluído a
bem da disciplina, só poderá adquirir a situação anterior:
 por outra sentença de instância superior e nas condições nela estabelecidas se a exclusão
for consequência de sentença do Conselho Permanente de Justiça;
 por decisão do Comandante-Geral, se a exclusão for consequência de ter sido culpado em
Conselho de Disciplina.
É de competência do Governador do Estado o Ato de Exclusão a Bem da Disciplina
do Aspirante a Oficial, bem como das praças com estabilidade assegurada.
A Exclusão do Praça a Bem da Disciplina acarreta a perda do seu grau hierárquico e
não a isenta das indenizações dos prejuízos causados à Fazenda Estadual, ou a terceiros, nem
das pensões decorrentes de sentença judicial.
A praça excluída a bem da disciplina não terá direito a qualquer remuneração ou
indenização e sua situação militar será definida pela Lei do Serviço Militar.

28.1 Base Legal

 Lei nº 6.513, de 30 de novembro de 1995 – Dispõe sobre o Estatuto dos Policiais-


Militares da Polícia Militar do Maranhão, e dá outras providências (art. 139);

 Lei nº 8.080, de 04 de fevereiro de 2004 - Altera dispositivos da Lei nº 6.513, de 30


de novembro de 1995, que dispõe sobre o Estatuto dos Policiais-Militares da Polícia
Militar do Maranhão, e dá outras providências;
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 269

 Lei nº 8.362, de 29 de dezembro de 2005 - Altera dispositivos das Leis nº 6.513, de


30 de novembro de 1995, nº 7.356, de 29 de dezembro de 1998, nº 7.593, de 11 de
junho de 2001, e dá outras providências.

28.2 Documentação Necessária

 Cópia dos documentos que atestem o motivo que ensejou a exclusão.


MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 270

28.3 Rotina: Exclusão ex-offício do Servidor Militar a Bem da Disciplina

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 DIRETORIA DE  Solicita por meio de ofício interno ao


PESSOAL Comandante Geral do órgão de origem do
(órgão de origem do servidor militar a Exclusão ex-offício do
servidor militar) Servidor Militar a Bem da Disciplina e anexa
documentação necessária.

02 COMANDANTE  Analisa a solicitação da Diretoria de Pessoal


GERAL do órgão de origem do servidor militar e
(órgão de origem do verifica se está de acordo com os preceitos
servidor militar) legais.

 Ofício Indeferido:
 Devolve ofício à Diretoria de Pessoal do órgão
de origem do servidor militar para saneamento
de eventuais pendências.

 Ofício Deferido:
 Dá entrada com ofício no Protocolo do órgão
de origem do servidor militar.

03 PROTOCOLO  Formaliza o processo, cadastra no sistema


(órgão de origem do informatizado, gera número de controle;
servidor militar)  Encaminha o processo ao Gabinete da
Secretaria de Estado da Gestão e Previdência
(SEGEP).

04 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha o processo


ao Gabinete da Secretaria-Adjunta de Gestão de
Pessoas/SAGEP/SEGEP.

05 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


SAGEP/SEGEP Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

06 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo à


GESTÃO DE RECURSOS Supervisão de Direitos e Deveres/
HUMANOS/ Superintendência de Gestão de Recursos
SAGEP/SEGEP Humanos/SAGEP/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 271

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

07 SUPERVISÃO DE  Analisa o processo e confere documentação.


DIREITOS E DEVERES/
SUPERINTENDÊNCIA DE  Documentação não está em conformidade com
GESTÃO DE RECURSOS a legislação:
HUMANOS/  Devolve o processo à Superintendência de Gestão
SAGEP/SEGEP de Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP para
encaminhar ao Gabinete da SAGEP/SEGEP para
solicitar a correção da documentação à Diretoria de
Pessoal do órgão de origem do servidor militar.

 Documentação está em conformidade com a


legislação:
 Elabora o Ato em 4(quatro) vias e devolve com o
processo à Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

08 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo com


GESTÃO DE RECURSOS as vias do Ato ao Gabinete da SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

09 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo com


SAGEP/SEGEP as vias do Ato ao Gabinete da SEGEP.

10 GABINETE SEGEP  Encaminha o processo com as vias do Ato à Casa


Civil para providenciar a assinatura do Governador
nas vias do Ato e publicação no Diário Oficial do
Estado (DOE);
 Após publicação registra nas vias do Ato o número
do DOE e a data da publicação;
 Devolve o processo com as vias do Ato ao
Gabinete da SAGEP/SEGEP.

11 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo com as


SAGEP/SEGEP vias do Ato à Superintendência de Gestão de
Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

12 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo com as


GESTÃO DE RECURSOS vias do Ato à Supervisão de Direitos e Deveres/
HUMANOS/ Superintendência de Gestão de Recursos Humanos/
SAGEP/SEGEP SAGEP/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 272

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

13 SUPERVISÃO DE  Anexa Ato no processo, arquiva uma cópia do Ato


DIREITOS E DEVERES/ para fins de controle e devolve o processo à
SUPERINTENDÊNCIA Superintendência de Gestão de Recursos Humanos/
DE GESTÃO DE SAGEP/SEGEP.
RECURSOS HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

14 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


DE GESTÃO DE Gabinete da SAGEP/SEGEP.
RECURSOS HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

15 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


SAGEP/SEGEP Comandante Geral do órgão de origem do servidor
militar.

16 COMANDANTE  Toma conhecimento e encaminha o processo à


GERAL Diretoria de Pessoal do órgão de origem do
(órgão de origem do servidor militar.
servidor militar)

17 DIRETORIA DE  Inclui a exclusão do servidor militar no Sistema de


PESSOAL Recursos Humanos;
(órgão de origem do  Procede a conferência e validação do Ato no
servidor militar) sistema junto à Superintendência de Gestão da
Folha de Pagamento/SAGEP/SEGEP.

18 SUPERINTENDÊNCIA  Verifica no sistema se a implantação da exclusão


DE GESTÃO DA FOLHA está de acordo com o Ato.
DE PAGAMENTO/
SAGEP/SEGEP  Em caso de não estar de acordo:
 Solicita à Diretoria de Pessoal do órgão de origem
do servidor militar as providências para correções
no sistema.

 Em caso de estar de acordo:


 Confirma a implantação da exclusão.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 273

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

19 DIRETORIA DE  Após validada junto a Superintendência de Gestão


PESSOAL da Folha de Pagamento/SAGEP/SEGEP,
(órgão de origem do encaminha uma via do Ato ao Comandante de
servidor militar) Unidade do órgão de origem do servidor militar,
arquiva uma via no dossiê do servidor militar e
arquiva o processo.

20 COMANDANTE DE  Entrega uma cópia do Ato ao servidor militar e


UNIDADE arquiva o Ato para controle.
(órgão de origem do
servidor militar)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 274

28.4 Fluxo: Exclusão ex-offício do Servidor Militar a Bem da Disciplina

DIRETORIA DE PESSOAL COMANDANTE GERAL PROTOCOLO


(órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor militar)
INÍCIO
Analisa a solicitação e verifica se
está de acordo com os preceitos Formaliza processo,
legais. cadastra no sistema
Solicita por meio de ofício
informatizado e gera
Interno a exclusão ex-
número de controle.
officio do servidor militar a
bem da disciplina e anexa
documentação necessária.

Processo

Ofício Não Ofício Sim


deferido?
1

Realiza saneamento de
eventuais pendências.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 275

GABINETE DA SEGEP GABINETE DA SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE


GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

Toma conhecimento. Toma conhecimento.


Toma conhecimento.

Processo Processo
Processo

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 276

SUPERVISÃO DE DIREITOS E DEVERES/ SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE DA SAGEP/SEGEP DIRETORIA DE PESSOAL


SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE GESTÃO DE RECURSOS (órgão de origem do servidor
RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP HUMANOS/SAGEP/SEGEP militar)
2
Toma conhecimento. Solicita correção de Efetua correção na
documentação. documentação.
Analisa o processo e
confere documentação.

Processo Processo Processo

Documentação
Não
em conformidade
com legislação?

Sim
Toma conhecimento.
Elabora Ato em 4 (quatro)
vias. Toma conhecimento.
C

Processo/Ato
Processo/Ato
Processo/Ato
3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 277

GABINETE DA SEGEP CASA CIVIL GABINETE DA SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE


GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
3

Providencia a assinatura do Toma conhecimento. Toma conhecimento.


Solicita assinatura do
Governador nas vias do Governador nas vias do
Ato e a publicação no Ato e a publicação no
C C
C

Diário Oficial do Estado DOE.


(DOE).

Processo/Ato Processo/Ato Processo/Ato


Processo/Ato

Registra nas vias do Ato o


número do DOE e a data de
C
publicação.

Processo/Ato
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 278

SUPERVISÃO DE DIREITOS E SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO GABINETE DA SAGEP/SEGEP COMANDANTE GERAL


DEVERES/SUPERINTENDÊNCIA DE DE RECURSOS (órgão de origem do servidor militar)
GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
4
Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento.

Anexa Ato no processo e C C


C

arquiva uma cópia do Ato


C
para fins de controle.

C Processo Processo Processo

Processo
5

Ato
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 279

DIRETORIA DE PESSOAL SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA FOLHA DE COMANDANTE DE UNIDADE


(órgão de origem do servidor militar) PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP (órgão de origem do servidor militar)
5
Verifica no sistema se a Entrega uma cópia do Ato
implantação da exclusão ao servidor militar e
Inclui a exclusão do
está de acordo com o Ato. arquiva Ato para controle
servidor militar no Sistema C

C
de Recursos Humanos.
Procede a conferência e
validação do Ato.

Sim Ato
Não Está de acordo
Processo com o Ato?

Realiza as correções no Confirma implantação da


sistema. exclusão. FIM

Processo
Arquiva uma via do Ato no
C
dossiê do servidor militar e
arquiva processo.
C

Ato
Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 280

29 LICENCIAMENTO A PEDIDO DO SERVIDOR MILITAR

É uma espécie do gênero de exclusão do serviço ativo militar, que atinge os militares
temporários em geral. Trata-se de exclusão do serviço ativo na qual o militar não tem direito a
qualquer remuneração e terá a sua situação militar definida pela Lei do Serviço Militar. Tem
caráter discricionário.
O licenciamento do serviço ativo, aplicado somente às praças e se efetua: a pedido ou
ex-oficio.O licenciamento a pedido poderá ser concedido desde que não haja prejuízo para o
Estado. O licenciamento ex-ofício será feito na forma da legislação peculiar.

29.1 Base Legal

 Lei nº 6.513, de 30 de novembro de 1995 – Dispõe sobre o Estatuto dos Policiais-


Militares da Polícia Militar do Maranhão, e dá outras providências (arts. 62, 115 e
139);

 Lei nº 8.080, de 04 de fevereiro de 2004 - Altera dispositivos da Lei nº 6.513, de 30


de novembro de 1995, que dispõe sobre o Estatuto dos Policiais-Militares da Polícia
Militar do Maranhão, e dá outras providências;

 Lei nº 8.362, de 29 de dezembro de 2005 - Altera dispositivos das Leis nº 6.513, de


30 de novembro de 1995, nº 7.356, de 29 de dezembro de 1998, nº 7.593, de 11 de
junho de 2001, e dá outras providências.

29.2 Documentação Necessária

 Formulário Requerimento do Militar;


 Histórico do Policial do Militar e a Ficha Individual;
 Carteira de Identidade e CPF;
 Boletim Interno;
 Situação Financeira do servidor;
 Termo de Posse.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 281

29.3 Rotina: Licenciamento a Pedido do Servidor Militar

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR MILITAR  Preenche Requerimento do Militar solicitando o


seu licenciamento, anexa à documentação necessária,
assina e solicita assinatura do Comandante de
Unidade.

02 COMANDANTE DE  Analisa o Requerimento do Militar e confere


UNIDADE documentação:

 Em caso de documentação incompleta:


 Solicita ao servidor militar providenciar a
documentação faltante.

 Em caso de documentação completa:


 Assina Requerimento do Militar, elabora ofício,
anexa à documentação e devolve ao servidor militar.

03 SERVIDOR MILITAR  Dá entrada com a documentação no Protocolo do


órgão de origem do servidor militar.

04 PROTOCOLO  Formaliza o processo, cadastra no sistema


(órgão de origem informatizado, gera número de controle, emite o
do servidor militar) Cartão de Protocolo e entrega ao servidor militar;
 Encaminha o processo à Diretoria de Pessoal do
órgão de origem do servidor militar.

05 DIRETORIA DE  Analisa processo e verifica se está de acordo com


PESSOAL os preceitos legais;
(órgão de origem
do servidor militar)  Em caso do processo não estar de acordo com
os preceitos legais:
 Dá ciência ao servidor militar, deixa o processo
sobrestado aguardando as devidas correções.

 Em caso do processo estar de acordo com os


preceitos legais:
 Encaminha o processo à Pagadoria do órgão de
origem do servidor militar solicitando o bloqueio do
pagamento do servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 282

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

06 PAGADORIA  Bloqueia o pagamento do servidor a contar da data


(órgão de origem do processo;
do servidor militar)  Devolve o processo à Diretoria de Pessoal do órgão
de origem do servidor militar.

07 DIRETORIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


PESSOAL Comandante Geral do órgão de origem do servidor
(órgão de origem militar.
do servidor militar)

08 COMANDANTE GERAL  Analisa processo.


(órgão de origem
do servidor militar)  Processo Indeferido:
 Devolve o processo à Diretoria de Pessoal do órgão
de origem do servidor militar para saneamento de
eventuais pendências.

 Processo Deferido:
 Reconhece o direito do servidor militar e encaminha
o processo ao Gabinete da Secretaria de Estado da
Gestão e Previdência (SEGEP).

09 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


Gabinete da Secretaria-Adjunta de Gestão de
Pessoas/SAGEP/SEGEP.

10 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


SAGEP/SEGEP Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

11 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


DE GESTÃO DE Supervisão de Direitos e Deveres/Superintendência
RECURSOS HUMANOS/ de Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.
SAGEP/SEGEP
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 283

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

12 SUPERVISÃO DE  Analisa o processo e verifica se está em


DIREITOS E DEVERES/ conformidade com a legislação:
SUPERINTENDÊNCIA
DE GESTÃO DE  Não está em conformidade:
RECURSOS HUMANOS/  Devolve o processo à Superintendência de Gestão
SAGEP/SEGEP de Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP para
encaminhar ao Gabinete da SAGEP/SEGEP para
solicitar a correção da documentação à Diretoria de
Pessoal do órgão de origem do servidor militar.

 Está em conformidade:
 Elabora Ato em 4(quatro) vias e devolve com o
processo à Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

13 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo com


DE GESTÃO DE as vias do Ato ao Gabinete da SAGEP/SEGEP.
RECURSOS HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

14 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo com


SAGEP/SEGEP as vias do Ato ao Gabinete da SEGEP.

15 GABINETE DA SEGEP  O Titular assina as vias do Ato e encaminha com o


processo à Casa Civil para providenciar a
publicação no Diário Oficial do Estado (DOE);
 Após publicação registra no verso das vias do Ato o
número do DOE e a data da publicação;
 Encaminha o processo com as vias do Ato ao
Gabinete da SAGEP/SEGEP.

16 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo com as


SAGEP/SEGEP vias do Ato à Superintendência de Gestão de
Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

17 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo com as


DE GESTÃO DE vias do Ato à Supervisão de Direitos e Deveres/
RECURSOS HUMANOS/ Superintendência de Gestão de Recursos Humanos/
SAGEP/SEGEP SAGEP/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 284

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

18 SUPERVISÃO DE  Anexa Ato no processo, arquiva uma cópia do Ato


DIREITOS E DEVERES/ para fins de controle e devolve o processo à
SUPERINTENDÊNCIA Superintendência de Gestão de Recursos Humanos/
DE GESTÃO DE SAGEP/SEGEP.
RECURSOS HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

19 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


DE GESTÃO DE Gabinete da SAGEP/SEGEP.
RECURSOS HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

20 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


SAGEP/SEGEP Comandante Geral do órgão de origem do servidor
militar.

21 COMANDANTE GERAL  Toma conhecimento e encaminha o processo à


(órgão de origem Diretoria de Pessoal do órgão de origem do servidor
do servidor militar) militar.

22 DIRETORIA DE  Inclui o licenciamento do servidor militar no


PESSOAL Sistema de Recursos Humanos;
(órgão de origem  Procede a conferência e validação do Ato no
do servidor militar) sistema junto a Superintendência de Gestão da Folha
de Pagamento/SAGEP/SEGEP.

23 SUPERINTENDÊNCIA  Verifica no sistema se a implantação do


DE GESTÃO DA licenciamento está de acordo com o Ato.
FOLHA DE
PAGAMENTO/  Em caso de não estar de acordo:
SAGEP/SEGEP  Solicita à Diretoria de Pessoal do órgão de origem
do servidor militar as providências para correções
no sistema.

 Em caso de estar de acordo:


 Confirma a implantação do licenciamento.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 285

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

24 DIRETORIA DE  Após validada junto a Superintendência de Gestão da


PESSOAL Folha de Pagamento/SAGEP/SEGEP, encaminha
(órgão de origem uma via do Ato ao Comandante de Unidade do órgão
do servidor militar) de origem do servidor militar, arquiva uma via no
dossiê do servidor militar e arquiva o processo.

25 COMANDANTE DE  Entrega uma cópia do Ato ao servidor militar e


UNIDADE arquiva o Ato para controle.
(órgão de origem do
servidor militar)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 286

29.4 Fluxo: Licenciamento a Pedido do Servidor Militar


SERVIDOR MILITAR COMANDANTE DE UNIDADE PROTOCOLO
(órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor militar)
INÍCIO
Analisa o Requerimento do
Militar e confere documentação. Formaliza processo,
cadastra no sistema
Preenche Requerimento
informatizado, gera número
do Militar solicitando seu
licenciamento, anexa de controle, emite o Cartão
documentação necessária, de Protocolo e entrega ao
servidor militar.
assina e solicita assinatura
do Comandante da
Unidade. Processo
Não Sim
Requerimento do Militar Documentação
completa?
1

Providencia documentação
faltante. Assina Requerimento do
Militar, elabora ofício e
anexa à documentação.
C

Dá entrada no processo.
Ofício

Ofício
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 287

DIRETORIA DE PESSOAL SERVIDOR MILITAR PAGADORIA


(órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor militar)

Analisa o processo e Providencia as devidas Bloqueia o pagamento do


verifica se está de acordo correções. servidor a contar da data do
com os preceitos legais. processo.

Processo Processo
Sim Processo de Não
acordo com
preceitos legais?
2

Solicita o bloqueio do Dá ciência ao servidor


pagamento do servidor. militar e deixa processo
C C
sobrestado aguardando as
devidas correções.

Processo Processo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 288

DIRETORIA DE PESSOAL COMANDANTE GERAL


(órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor militar)
2 Reconhece o direito do
servidor militar.
C
Toma conhecimento.

Processo

Processo

Não Sim
Processo
deferido?

Efetua saneamento de
eventuais pendências.
Reconhece o direito do
servidor militar.
C

Processo

3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 289

GABINENTE DA SEGEP GABINETE DA SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE


GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento.

C
C

Processo Processo Processo

4
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 290

SUPERVISÃO DE DIREITOS E SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE SAGEP/SEGEP DIRETORIA DE PESSOAL


DEVERES/SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO GESTÃO DE RECURSOS (do órgão de origem do
DE RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP HUMANOS/SAGEP/SEGEP servidor militar)
4

Analisa o processo e
verifica se está em Toma conhecimento. Toma conhecimento.
conformidade com
legislação.

Sim Processo em Não Processo


Processo
conformidade
com legislação?

Toma conhecimento. Solicita correção de Efetua correção na


Elabora Ato em 4 (quatro) documentação.
vias. documentação.
C

Processo Processo Processo


Processo/Ato

5
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 291

SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE DA GABINETE DA SEGEP CASA CIVIL


GESTÃO DE RECURSOS SAGEP/SEGEP
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
5

Toma conhecimento. O Titular assina as vias do Providencia a publicação


Toma conhecimento. do Ato no Diário Oficial do
Ato.
Estado (DOE).
C
C C
C

Processo Processo Processo


Processo

Registra nas vias do Ato o


número do DOE e a
respectiva
C
data de
publicação.

Processo

6
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 292

GABINETE DA SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE SUPERVISÃO DE DIREITOS E


RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP DEVERES/SUPERINTENDÊNCIA DE
GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
6

Toma conhecimento. Anexa Ato no processo e


Toma conhecimento.
arquiva uma cópia do Ato
C
para fins de controle.
C
C

Processo Cópia do Ato


Processo

Processo

Toma conhecimento. Toma conhecimento.

C C

Processo Processo

7
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 293

COMANDANTE GERAL DIRETORIA DE PESSOAL SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA FOLHA DE


(órgão de origem do servidor (órgão de origem do servidor PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP
militar) militar)
7
Verifica no sistema se a
implantação do
Toma conhecimento. Inclui o licenciamento do
licenciamento está de
servidor militar no Sistema
acordo com o Ato.
C
de Recursos Humanos.
C
Procede conferência e
validação do Ato.

Não Está de acordo Sim


Processo Processo com o Ato?

Confirma implantação do
Realiza as correções no licenciamento.
sistema. C

Processo

8
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 294

DIRETORIA DE PESSOAL COMANDANTE DE UNIDADE


(órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor militar)
8

Arquiva uma via do Ato no Entrega uma cópia do Ato


dossiê do servidor militar e ao servidor militar e
arquiva processo. C
arquiva Ato para controle
C

Ato Ato

Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 295

30 LICENCIAMENTO DO SERVIDOR MILITAR A BEM DA DISCIPLINA

O licenciamento a bem da disciplina será aplicado às praças sem estabilidade


assegurada, que ingressarem no mau comportamento, sendo de competência do Governador
do Estado ou autoridade delegada, o ato de licenciamento.

30.1 Base Legal

 Lei nº 6.513, de 30 de novembro de 1995 – Dispõe sobre o Estatuto dos Policiais-


Militares da Polícia Militar do Maranhão, e dá outras providências (art. 139);

 Lei nº 8.080, de 04 de fevereiro de 2004 - Altera dispositivos da Lei nº 6.513, de 30


de novembro de 1995, que dispõe sobre o Estatuto dos Policiais-Militares da Polícia
Militar do Maranhão, e dá outras providências;

 Lei nº 8.362, de 29 de dezembro de 2005 - Altera dispositivos das Leis nº 6.513, de


30 de novembro de 1995, nº 7.356, de 29 de dezembro de 1998, nº 7.593, de 11 de
junho de 2001, e dá outras providências.

30.2 Documentação Necessária

 Cópia do Processo de Sindicância.


MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 296

30.3 Rotina: Licenciamento do Servidor Militar a Bem da Disciplina

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 DIRETORIA DE PESSOAL  Solicita por meio de ofício interno ao


(órgão de origem do servidor Comandante Geral do órgão de origem do
militar) servidor militar o Licenciamento do Servidor
Militar a Bem da Disciplina e anexa
documentação necessária.

02 COMANDANTE GERAL  Analisa a solicitação da Diretoria de Pessoal


(órgão de origem do do órgão de origem do servidor militar e
servidor militar) verifica se está de acordo com os preceitos
legais.

 Ofício Indeferido:
 Devolve ofício à Diretoria de Pessoal do
órgão de origem do servidor militar para dar
ciência ao servidor militar e arquiva ofício no
dossiê do servidor militar.

 Ofício deferido:
 Dá entrada com ofício no Protocolo do órgão
de origem do servidor militar.

03 PROTOCOLO  Formaliza o processo, cadastra no sistema


(órgão de origem do informatizado, gera número de controle;
servidor militar)  Encaminha o processo ao Gabinete da
Secretaria de Estado da Gestão e Previdência
(SEGEP).

04 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha o processo


ao Gabinete da Secretaria-Adjunta de Gestão
de Pessoas (SAGEP)/SEGEP.

05 GABINETE DA  Toma conhecimento da solicitação e encaminha


SAGEP/SEGEP o processo à Superintendência de Gestão de
Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

06 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo à


GESTÃO DE RECURSOS Supervisão de Direitos e Deveres/
HUMANOS/ Superintendência de Gestão de Recursos
SAGEP/SEGEP Humanos/SAGEP/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 297

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

07 SUPERVISÃO DE  Analisa o processo e confere documentação.


DIREITOS E DEVERES/
SUPERINTENDÊNCIA DE  Documentação não está em conformidade com
GESTÃO DE RECURSOS a legislação:
HUMANOS/  Devolve o processo à Superintendência de Gestão
SAGEP/SEGEP de Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP para
encaminhar ao Gabinete da SAGEP/SEGEP para
solicitar a correção da documentação à Diretoria de
Pessoal do órgão de origem do servidor militar.

 Documentação está em conformidade com a


legislação:
 Elabora o Ato em 4(quatro) vias e devolve com o
processo à Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

08 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo com


GESTÃO DE RECURSOS as vias do Ato ao Gabinete da SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

09 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo com


SAGEP/SEGEP as vias do Ato ao Gabinete da SEGEP.

10 GABINETE SEGEP  Encaminha o processo com as vias do Ato à Casa


Civil para providenciar a assinatura do Governador
nas vias do Ato e publicação no Diário Oficial do
Estado (DOE);
 Após publicação registra nas vias do Ato o número
do DOE e a data da publicação;
 Devolve o processo com as vias do Ato ao
Gabinete da SAGEP/SEGEP.

11 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo com as


SAGEP/SEGEP vias do Ato à Superintendência de Gestão de
Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

12 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo com as


GESTÃO DE RECURSOS vias do Ato à Supervisão de Direitos e Deveres/
HUMANOS/ Superintendência de Gestão de Recursos Humanos/
SAGEP/SEGEP SAGEP/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 298

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

13 SUPERVISÃO DE  Anexa Ato no processo, arquiva uma cópia do Ato


DIREITOS E DEVERES/ para fins de controle e devolve o processo à
SUPERINTENDÊNCIA Superintendência de Gestão de Recursos Humanos/
DE GESTÃO DE SAGEP/SEGEP.
RECURSOS HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

14 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


DE GESTÃO DE Gabinete da SAGEP/SEGEP.
RECURSOS HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

15 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


SAGEP/SEGEP Comandante Geral do órgão de origem do servidor
militar.

16 COMANDANTE  Toma conhecimento e encaminha o processo à


GERAL Diretoria de Pessoal do órgão de origem do
(órgão de origem do servidor militar.
servidor militar)

17 DIRETORIA DE  Inclui o licenciamento do servidor militar no


PESSOAL Sistema de Recursos Humanos;
(órgão de origem do  Procede a conferência e validação do Ato no
servidor militar) sistema junto a Superintendência de Gestão da
Folha de Pagamento/SAGEP/SEGEP.

18 SUPERINTENDÊNCIA  Verifica no sistema se a implantação do


DE GESTÃO DA FOLHA licenciamento está de acordo com o Ato.
DE PAGAMENTO/
SAGEP/SEGEP  Em caso de não estar de acordo:
 Solicita à Diretoria de Pessoal do órgão de origem
do servidor militar as providências para correções
no sistema.

 Em caso de estar de acordo:


 Confirma a implantação do licenciamento.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 299

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

19 DIRETORIA DE  Após validada junto a Superintendência de Gestão


PESSOAL da Folha de Pagamento/SAGEP/SEGEP,
(órgão de origem do encaminha uma via do Ato ao Comandante de
servidor militar) Unidade do órgão de origem do servidor militar,
arquiva uma via no dossiê do servidor militar e
arquiva o processo.

20 COMANDANTE DE  Entrega uma cópia do Ato ao servidor militar e


UNIDADE arquiva o Ato para controle.
(órgão de origem do
servidor militar)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 300

30.4 Fluxo: Licenciamento do Servidor Militar a Bem da Disciplina

DIRETORIA DE PESSOAL COMANDANTE GERAL PROTOCOLO


(órgão de origem do (órgão de origem do servidor militar) (do órgão de origem do
servidor militar) servidor militar)

INÍCIO Analisa a solicitação e


verifica se está de acordo Formaliza processo,
com os preceitos legais. cadastra no sistema
Solicita por meio de ofício
informatizado e gera
o Licenciamento do
número de controle.
Servidor Militar a Bem da
Disciplina e anexa
documentação necessária.
Ofício
Processo

Ofício

Dá ciência ao servidor Não Ofício Sim


militar e arquiva ofício no deferido?
dossiê do servidor militar.

Ofício

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 301

GABINETE DA SEGEP GABINETE DA SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE


GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
1

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento.

Processo Processo Processo

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 302

SUPERVISÃO DE DIREITOS E SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE DA DIRETORIA DE PESSOAL


DEVERES/SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE GESTÃO DE RECURSOS SAGEP/SEGEP (do órgão de origem do
RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP HUMANOS/SAGEP/SEGEP servidor militar)
2
Toma conhecimento. Toma conhecimento.

Analisa o processo e
confere documentação.

Processo
Processo

Documentação Não
em conformidade
com legislação?
Toma conhecimento. Solicita correção de Efetua correção na
documentação. documentação.

Sim

Elabora Ato em 4 (quatro)


vias.
C
Processo Processo Processo

Processo/Ato

3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 303

SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE DA GABINETE DA SEGEP CASA CIVIL


GESTÃO DE RECURSOS SAGEP/SEGEP
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
3

Toma conhecimento. Solicita assinatura do Providencia a assinatura do


Toma conhecimento. Governador nas vias do
Governador e publicação
do Ato no Diário Oficial do Ato e a publicação no
C
C C
C
Estado (DOE). Diário Oficial do Estado
(DOE).

Processo/Ato Processo/Ato Processo/Ato


Processo/Ato

Registra nas vias do Ato o


número do DOE e a data de
publicação.
C

Processo/Ato

4
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 304

GABINETE DA SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE SUPERVISÃO DE DIREITOS E


RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP DEVERES/SUPERINTENDÊNCIA DE
GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
4

Toma conhecimento. Anexa Ato ao processo e


Toma conhecimento.
arquiva uma cópia do Ato
C C
para fins de controle.
C

Processo/ Ato Ato


Processo/ Ato

Processo

Toma conhecimento. Toma conhecimento.

C C

Processo Processo

5
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 305

COMANDANTE GERAL DIRETORIA DE PESSOAL SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA FOLHA DE


(órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP
militar)
5
Verifica no sistema se a
implantação do
Toma conhecimento. Inclui o licenciamento do
licenciamento está de
servidor militar no Sistema
acordo com o Ato.
C
de Recursos Humanos.
C
Procede a conferência e
validação do Ato.

Não Sim
Está de acordo
Processo Processo com o Ato?

Confirma implantação do
Providencia as correções no licenciamento.
sistema. C

Processo

6
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 306

DIRETORIA DE PESSOAL COMANDANTE DE UNIDADE


(órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor militar)
6

Arquiva uma via do Ato no Entrega uma cópia do Ato


dossiê do servidor militar e ao servidor militar e
arquiva processo. arquiva Ato para controle
C
C

Ato Ato

Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 307

31 PREMIAÇÃO PECUNIÁRIA AOS POLICIAIS CIVIS E MILITARES PELA


APREENSÃO DE ARMAS DE FOGO EM SITUAÇÕES IRREGULARES.

A premiação pecuniária pela apreensão de armas de fogo em situações irregulares, no


âmbito da atuação da Polícia Civil e da Polícia Militar do Maranhão, obedecerá à
regulamentação disciplinada em Decreto.
A premiação será paga, por cada arma de fogo apreendida, ao policial civil ou militar
que efetuar a retenção do armamento, rateando-se seu valor em partes iguais entre os
componentes da equipe, patrulha ou guarnição que flagrar e proceder para a apreensão da
arma, se for o caso. No caso da apreensão simultânea de várias armas, para efeito do
pagamento da premiação, será calculado o valor total, considerando os quantitativos e tipos de
armas apreendidas.

31.1 Base Legal

 Medida Provisória nº 219, de 28 de março de 2016 - Institui a premiação pecuniária


aos policiais civis e militares, da ativa, do Estado do Maranhão, pela apreensão de
arma de fogo;

 Decreto nº 31.564, de 28 de março de 2016 - Regulamenta a premiação pecuniária aos


policiais civis e militares, da ativa, pela apreensão de armas de fogo em situações
irregulares, no âmbito do Pacto pela Paz;

 Decreto nº 32.441, de 24 de novembro de 2016 - Altera dispositivo do Decreto nº


31.564, de 28 de março de 2016.

31.2 Documentação Necessária

 Cópia do auto de prisão em flagrante delito, auto de apreensão em flagrante de ato


infracional ou boletim de ocorrência circunstanciado;
 Cópia do boletim de ocorrência policial;
 Auto de apresentação e apreensão do armamento apreendido.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 308

31.3 Rotina: Premiação Pecuniária aos Policiais Civis e Militares pela apreensão de
armas de fogo em situações irregulares.

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR MILITAR  Preenche o formulário Requerimento do Militar


solicitando a Premiação Pecuniária pela Apreensão
de Armas de Fogo em situações irregulares aos
Policiais Civis e Militares, anexa à documentação
necessária e encaminha ao Comandante de
Unidade do órgão de origem do servidor militar.

02 COMANDANTE DE  Elabora ofício anexa documentação e dá entrada no


UNIDADE Protocolo do órgão de origem do servidor militar.
(órgão de origem do
servidor militar)

03 PROTOCOLO  Formaliza o processo, cadastra no sistema


(órgão de origem do informatizado, gera número de controle e
servidor militar) encaminha ao Comandante Geral do órgão de
origem do servidor militar.

04 COMANDANTE GERAL  Toma conhecimento e encaminha o processo à


(órgão de origem do Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP).
servidor militar)

05 SECRETARIA DE  Analisa processo, deferindo ou não.


ESTADO DA
SEGURANÇA  Em caso de indeferimento:
PÚBLICA  Dá ciência ao Comandante Geral do órgão de
(SSP) origem do servidor e solicita arquivamento do
processo.

 Em caso de deferimento:
 Reconhece direito do servidor e encaminha o
processo à Diretoria Pessoal do órgão de origem
do servidor militar.

06 DIRETORIA DE  Toma conhecimento e encaminha o processo à


PESSOAL Pagadoria do órgão de origem do servidor.
(órgão de origem do
servidor militar)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 309

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

07 PAGADORIA  Providencia o lançamento em folha de pagamento


(órgão de origem do e devolve o processo à Diretoria Pessoal do órgão
servidor militar) de origem do servidor.

08 DIRETORIA DE  Deixa o processo sobrestado, aguardando o


PESSOAL período da premiação;
(órgão de origem do  No período da premiação encaminha o processo à
servidor militar) Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP)
para realizar a premiação.

09 SECRETARIA DE  Providencia realização da premiação dos


ESTADO DA servidores e devolve o processo à Diretoria
SEGURANÇA Pessoal do órgão de origem do servidor.
PÚBLICA
(SSP)

10 DIRETORIA DE  Arquiva o processo.


PESSOAL
(órgão de origem do
servidor militar)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 310

31.4 Fluxo: Premiação Pecuniária aos Policiais Civis e Militares pela apreensão de armas de fogo em situações irregulares.

SERVIDOR COMANDANTE DE UNIDADE PROTOCOLO COMANDANTE GERAL


(órgão de origem do servidor (órgão de origem do servidor (órgão de origem do servidor
militar) militar) militar)
INÍCIO

Preenche o formulário Elabora Ofício e anexa Formaliza processo, Toma conhecimento.


Requerimento do Militar documentação cadastra no sistema
solicitando a Premiação informatizado e gera
Pecuniária pela Apreensão número de controle.
de Armas de Fogo em
situações irregulares aos
Policiais Civis e Militares e
anexa documentação
necessária. Ofício / Requerimento Processo Processo
do Militar
Requerimento do Militar
1
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 311

SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA COMANDANTE GERAL DIRETORIA DE PESSOAL


PÚBLICA (SSP) (órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor militar)
1
Toma conhecimento e Arquiva processo.
arquiva processo.
Analisa o processo,
C
deferindo ou não. C

Processo Processo

Processo Não
deferido?

FIM

Sim
Toma conhecimento.
Reconhece direito do
servidor militar. C

Processo
Processo

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 312

PAGADORIA DIRETORIA DE PESSOAL SECRETARIA DE ESTADO DE


(órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor militar) SEGURANÇA PÚBLICA (SSP)
2
Deixa o processo Providencia a realização
sobrestado, aguardando o dos servidores.
Providencia o lançamento C período da premiação. C

em folha de pagamento.
C

Processo Processo

Processo

Arquiva o processo.

Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 313

32 REVERSÃO DO SERVIDOR MILITAR

A reversão é o ato pelo qual o militar agregado retorna ao respectivo quadro tão logo
cesse o motivo que determinou a sua agregação, voltando a ocupar o lugar que lhe couber na
respectiva escala numérica.
A qualquer tempo poderá ser efetuada a reversão do militar agregado.
A reversão do militar agregado se efetua por ato da autoridade que decretou sua
agregação.
O militar ao completar 02 (dois) anos contínuos ou não na situação de agregado, a
reversão dar-se-à automaticamente, sem a exigência do ato de reversão.

32.1 Base Legal

 Lei nº 6.513, de 30 de novembro de 1995 – Dispõe sobre o Estatuto dos Policiais-


Militares da Polícia Militar do Maranhão, e dá outras providências (art. 108);

 Lei nº 8.080, de 04 de fevereiro de 2004 - Altera dispositivos da Lei nº 6.513, de 30


de novembro de 1995, que dispõe sobre o Estatuto dos Policiais-Militares da Polícia
Militar do Maranhão, e dá outras providências;

 Lei nº 8.362, de 29 de dezembro de 2005 - Altera dispositivos das Leis nº 6.513, de


30 de novembro de 1995, nº 7.356, de 29 de dezembro de 1998, nº 7.593, de 11 de
junho de 2001, e dá outras providências.

32.2 Documentação Necessária:

 Cópia do Ato de Agregação ou cópia do Diário Oficial da publicação do Ato.


MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 314

32.3 Rotina: Reversão do Servidor Militar

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 DIRETORIA DE PESSOAL  Solicita por meio de ofício interno ao


(órgão de origem Comandante Geral do órgão de origem do
do servidor militar) servidor militar a reversão do servidor militar
e anexa documentação necessária.

02 COMANDANTE GERAL  Analisa a solicitação da Diretoria de Pessoal do


(órgão de origem órgão de origem do servidor militar e verifica
do servidor militar) se está de acordo com os preceitos legais.

 Ofício Indeferido:
 Devolve ofício à Diretoria de Pessoal do órgão
de origem do servidor militar para saneamento
de eventuais pendências.

 Ofício Deferido:
 Elabora a Minuta do Ato de Agregação e
encaminha com ofício ao Protocolo do órgão de
origem do servidor militar.

03 PROTOCOLO  Recebe e encaminha o ofício com a Minuta do


(órgão de origem Ato ao Gabinete da Secretaria de Estado da
do servidor militar) Gestão e Previdência (SEGEP).

04 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha o ofício com


a Minuta do Ato ao Gabinete da Secretaria-
Adjunta de Gestão de Pessoas (SAGEP)/
SEGEP.

05 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o ofício com a


SAGEP/SEGEP Minuta do Ato à Superintendência de Gestão
de Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

06 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o ofício com a


GESTÃO DE RECURSOS Minuta do Ato à Supervisão de Direitos e
HUMANOS/ Deveres/ Superintendência de Gestão de
SAGEP/SEGEP Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 315

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

07 SUPERVISÃO DE  Analisa ofício e Minuta do Ato e confere


DIREITOS E DEVERES/ documentação.
SUPERINTENDÊNCIA DE
GESTÃO DE RECURSOS  Documentação não está em conformidade
HUMANOS/ com a legislação:
SAGEP/SEGEP  Devolve o ofício com a Minuta do Ato à
Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP para encaminhar ao
Gabinete da SAGEP/SEGEP para solicitar a
correção da documentação à Diretoria de
Pessoal da Polícia Militar do Maranhão.

 Documentação está em conformidade com


a legislação:
 Emite parecer, elabora Ato em 4(quatro) vias e
encaminha com ofício à Superintendência de
Gestão de Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

08 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o ofício com


GESTÃO DE RECURSOS as vias do Ato ao Gabinete da SAGEP/ SEGEP.
HUMANOS/ SAGEP/SEGEP

09 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o ofício com


SAGEP/SEGEP as vias do Ato ao Gabinete da SEGEP.

10 GABINETE DA SEGEP  O Titular assina as vias do Ato e encaminha à


Casa Civil para providenciar a publicação no
Diário Oficial do Estado (DOE);
 Após publicação registra nas vias do Ato o
número do DOE e a data da publicação;
 Encaminha ofício com as vias do Ato ao
Gabinete da SAGEP/SEGEP.

11 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o ofício com


SAGEP/SEGEP as vias do Ato à Superintendência de Gestão de
Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

12 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o ofício com


GESTÃO DE RECURSOS as vias do Ato à Supervisão de Direitos e
HUMANOS/ Deveres/ Superintendência de Gestão de
SAGEP/SEGEP Recursos Humanos/ SAGEP/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 316

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

13 SUPERVISÃO DE DIREITOS  Arquiva uma cópia do Ato para fins de controle


E DEVERES/ e devolve o ofício com as vias do Ato à
SUPERINTENDÊNCIA DE Superintendência de Gestão de Recursos
GESTÃO DE RECURSOS Humanos/SAGEP/SEGEP.
HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

14 SUPERINTENDÊNCIA DE  Toma conhecimento e encaminha o ofício com


GESTÃO DE RECURSOS as vias do Ato ao Gabinete da SAGEP/ SEGEP.
HUMANOS/ SAGEP/SEGEP

15 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o ofício com


SAGEP/SEGEP as vias do Ato ao Comandante Geral do órgão
de origem do servidor militar.

16 COMANDANTE GERAL  Toma conhecimento e encaminha o ofício com


(órgão de origem as vias do Ato à Diretoria de Pessoal do órgão
do servidor militar) de origem do servidor militar.

17 DIRETORIA DE PESSOAL  Inclui a reversão do servidor militar no Sistema


(órgão de origem de Recursos Humanos;
do servidor militar)  Procede a conferência e validação do Ato no
sistema junto à Superintendência de Gestão da
Folha de Pagamento/SAGEP/SEGEP.

18 SUPERINTENDÊNCIA DE  Verifica no sistema se a implantação da reversão


GESTÃO DA FOLHA DE está de acordo com o Ato.
PAGAMENTO/
SAGEP/SEGEP  Em caso de não estar de acordo:
 Solicita à Diretoria de Pessoal do órgão de
origem do servidor militar as providências para
correções no sistema.

 Em caso de estar de acordo:


 Confirma a implantação da reversão.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 317

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

19 DIRETORIA DE PESSOAL  Após validada junto à Superintendência de


(órgão de origem Gestão da Folha de Pagamento/SAGEP/SEGEP,
do servidor militar) encaminha uma via do Ato ao Comandante de
Unidade do órgão de origem do servidor militar
e arquiva uma via no dossiê do servidor militar;
 Arquiva ofício.

20 COMANDANTE DE  Entrega uma cópia do Ato ao servidor militar e


UNIDADE arquiva o Ato para controle.
(órgão de origem do
servidor militar)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 318

32.4 Fluxo: Reversão do Servidor Militar

DIRETORIA DE PESSOAL COMANDANTE GERAL PROTOCOLO


(órgão de origem do servidor (órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor
militar) militar)

INÍCIO
Analisa a solicitação e verifica se
está de acordo com os preceitos Recebe ofício com a
legais. Minuta do Ato de
Solicita por meio de ofício
Reversão.
a reversão do servidor
militar e anexa
documentação necessária.

Ofício
Ofício Não Ofício Sim
deferido?
1

Elabora Minuta do Ato de


Saneia eventuais Reversão.
pendências. C

Ofício
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 319

GABINETE DA SEGEP GABINETE DA SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE


GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP

Toma conhecimento. Toma conhecimento. Toma conhecimento.

Ofício Ofício Ofício

2
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 320

SUPERVISÃO DE DIREITOS E SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE SAGEP/SEGEP DIRETORIA DE PESSOAL


DEVERES/SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE GESTÃO DE RECURSOS (do órgão de origem do
RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP HUMANOS/SAGEP/SEGEP servidor militar)
2

Toma conhecimento. Toma conhecimento.


Analisa o ofício e a Minuta
do Ato e confere
documentação.

Ofício/Ato
Ofício/Ato
Sim Documentação Não
em conformidade
com legislação?
Efetua correção na
documentação.
Emite parecer e elabora
Ato em 4 (quatro) vias. Solicita correção de
Toma conhecimento.
C documentação.

Ofício/Ato

Ofício/Ato
Ofício/Ato Ofício/Ato

3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 321

SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE DA GABINETE DA SEGEP CASA CIVIL


GESTÃO DE RECURSOS SAGEP/SEGEP
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
3

Toma conhecimento. O Titular assina as vias do Providencia a publicação


Toma conhecimento. do Ato no Diário Oficial do
Ato.
Estado (DOE).
C
C C
C

Ofício/Ato Ofício/Ato Ofício/Ato


Ofício/Ato

Registra nas vias do Ato o


número do DOE e a
respectiva data de
C

publicação.

Ofício/Ato

4
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 322

GABINETE SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE SUPERVISÃO DE DIREITOS E


RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP DEVERES/SUPERINTENDÊNCIA DE
GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
4

Toma conhecimento. Anexa Ato no processo e


Toma conhecimento.
arquiva uma cópia do Ato
C C
para fins de controle.
C

Ofício/Ato Cópia do Ato


Ofício/Ato

Ofício/Ato

Toma conhecimento. Toma conhecimento.

C C

Ofício/Ato Ofício/Ato

5
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 323

COMANDANTE GERAL DIRETORIA DE PESSOAL SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA FOLHA DE


(órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP
militar)
5
Verifica no sistema se a
implantação da reversão
Toma conhecimento. Inclui a reversão do
está de acordo com o Ato.
servidor militar no Sistema
de Recursos Humanos.
C
C
Procede conferência e
validação do Ato.

Não Está de acordo Sim


Ofício/Ato Ofício/Ato com o Ato?

Confirma implantação da
Realiza as correções no reversão.
sistema. C

Ofício/Ato

6
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 324

DIRETORIA DE PESSOAL COMANDANTE DE UNIDADE


(órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor militar)
5

Arquiva Ofício e uma via Entrega uma cópia do Ato


do Ato no dossiê do ao servidor militar e
servidor militar; arquiva Ato para controle.
C
C

Arquiva ofício.

Ato Ato

Ofício/Ato

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 325

33 TRANSFERÊNCIA DO SERVIDOR MILITAR PARA RESERVA NÃO


REMUNERADA

Quando um servidor militar da ativa aceitar cargo público civil permanente, este
deverá ser transferido para a reserva não renumerada. A passagem do militar para a reserva,
nestes termos, será efetuada por ato do Governador do Estado, a contar da data da posse do
novo cargo em que o militar for investido.

33.1 Base Legal

 Lei nº 6.513, de 30 de novembro de 1995 - Dispõe sobre o Estatuto dos Policiais-


Militares da Polícia Militar do Maranhão, e dá outras providências (art. 123);

 Lei nº 8.080, de 04 de fevereiro de 2004 - Altera dispositivos da Lei nº 6.513, de 30


de novembro de 1995, que dispõe sobre o Estatuto dos Policiais-Militares da Polícia
Militar do Maranhão, e dá outras providências;

 Lei nº 8.362, de 29 de dezembro de 2005 - Altera dispositivos das Leis nº 6.513, de


30 de novembro de 1995, nº 7.356, de 29 de dezembro de 1998, nº 7.593, de 11 de
junho de 2001, e dá outras providências;

 Portaria nº 055/2016-DP/4 de 25 de Janeiro de 2016.

33.2 Documentação Necessária

 Requerimento do policial militar interessado;


 Ofício do Comandante da Unidade encaminhando o policial militar à Diretoria de
Pessoal – DP/4 para saneamento do requerimento;
 Cópia da Certidão de Casamento ou Nascimento;
 Carteira de Identidade funcional;
 CPF;
 Cópia do último Contracheque;
 Comprovante de residência;
 Boletim de Inclusão e Boletim Geral que publicou a última promoção;
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 326

 Histórico policial militar atualizado;


 Boletim Geral que publicou a exclusão, reinclusão, apresentação voluntária ou
reversão, nos casos em que tenha ocorrido exclusão a bem da disciplina, deserção,
segunda inclusão e licenciamento para tratar de interesse particular;
 Cópia do Termo de Posse em cargo civil público.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 327

33.3 Rotina: Transferência do Servidor Militar para a Reserva Não-Remunerada

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

01 SERVIDOR MILITAR  Preenche Requerimento do Militar solicitando a


Transferência para a Reserva não Remunerada,
anexa à documentação necessária, assina e solicita
assinatura do Comandante de Unidade.

02 COMANDANTE DE  Analisa o Requerimento do Militar e confere


UNIDADE documentação;

 Em caso de documentação incompleta:


 Solicita ao servidor militar providenciar a
documentação faltante no prazo de 8 (oito) dias a
contar da solicitação.

 Em caso de documentação completa:


 Assina Requerimento do Militar, elabora ofício,
anexa à documentação e devolve ao servidor militar.

03 SERVIDOR MILITAR  Dá entrada com a documentação no Protocolo do


órgão de origem do servidor militar.

04 PROTOCOLO  Formaliza o processo, cadastra no sistema


(órgão de origem informatizado, gera número de controle, emite o
do servidor militar) Cartão de Protocolo e entrega ao servidor
militar;
 Encaminha o processo à Diretoria de Pessoal do
órgão de origem do servidor militar.

05 DIRETORIA DE  Analisa processo, emite a certidão autorizando


PESSOAL processamento do pedido, instrui o processo com
(órgão de origem a Certidão de Tempo de Contribuição
do servidor militar) Previdenciária do servidor militar, a Ficha
Financeira, outros documentos que se fizerem
necessários e anexa ao processo;
 Encaminha o processo ao Comandante Geral do
órgão de origem do servidor militar.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 328

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

06 COMANDANTE GERAL  Analisa processo.


(órgão de origem
do servidor militar)  Processo Indeferido:
 Devolve o processo à Diretoria de Pessoal do
órgão de origem do servidor militar para
providenciar arquivamento e dar ciência ao
servidor militar.

 Processo Deferido:
 Reconhece o direito do servidor militar de acordo
com os preceitos legais e encaminha o processo ao
Gabinete da Secretaria de Estado da Gestão e
Previdência (SEGEP).

07 GABINETE DA SEGEP  Toma conhecimento e encaminha processo ao


Gabinete da Secretaria-Adjunta de Gestão de
Pessoas/SAGEP/SEGEP.

08 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


SAGEP/SEGEP Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.

09 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo à


DE GESTÃO DE Supervisão de Direitos e Deveres/SAGEP/ SEGEP.
RECURSOS HUMANOS/
SAGEP/ SEGEP

10 SUPERVISÃO DE  Analisa o processo e verifica se está em


DIREITOS E conformidade com a legislação.
DEVERES/SAGEP
 Não está em conformidade:
 Devolve o processo à Superintendência de Gestão
de Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP para
encaminhar ao Gabinete da SAGEP/SEGEP para
solicitar a correção da documentação à Diretoria
de Pessoal do órgão de origem do servidor militar.

 Está em conformidade:
 Elabora Ato em 4(quatro) vias e encaminha com o
processo à Superintendência de Gestão de Recursos
Humanos/SAGEP/SEGEP.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 329

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

11 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo com


DE GESTÃO DE as vias do Ato ao Gabinete da SAGEP/ SEGEP.
RECURSOS HUMANOS/
SAGEP/ SEGEP

12 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo com


SAGEP/SEGEP as vias do Ato ao Gabinete da SEGEP.

13 GABINETE DA SEGEP  Encaminha o processo com as vias do Ato à Casa


Civil para providenciar a assinatura do Governador
nas vias do Ato e publicação no Diário Oficial do
Estado (DOE);
 Após publicação registra nas vias do Ato o número
do DOE e a data da publicação;
 Encaminha o processo com as vias do Ato ao
Gabinete da SAGEP/SEGEP.

14 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo com as


SAGEP/SEGEP vias do Ato à Superintendência de Gestão de
Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.

15 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo com as


DE GESTÃO DE vias do Ato à Supervisão de Direitos e Deveres/
RECURSOS HUMANOS/ Superintendência de Gestão de Recursos Humanos/
SAGEP/SEGEP SAGEP/SEGEP.

16 SUPERVISÃO DE  Anexa Ato no processo, arquiva uma cópia do Ato


DIREITOS E DEVERES/ para fins de controle e devolve o processo com as
SUPERINTENDÊNCIA demais vias à Superintendência de Gestão de
DE GESTÃO DE Recursos Humanos/SAGEP/SEGEP.
RECURSOS HUMANOS/
SAGEP/SEGEP

17 SUPERINTENDÊNCIA  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


DE GESTÃO DE Gabinete da SAGEP/ SEGEP.
RECURSOS HUMANOS/
SAGEP/SEGEP
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 330

PASSOS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS

18 GABINETE DA  Toma conhecimento e encaminha o processo ao


SAGEP/SEGEP Comandante Geral do órgão de origem do servidor
militar.

19 COMANDANTE GERAL  Toma conhecimento e encaminha o processo com


(órgão de origem as vias do Ato à Diretoria de Pessoal do órgão de
do servidor militar) origem do servidor militar.

20 DIRETORIA DE  Inclui a Transferência para Reserva não Remunerada


PESSOAL do servidor militar no Sistema de Recursos
(órgão de origem Humanos;
do servidor militar)  Procede a conferência e validação do Ato no sistema
junto a Superintendência de Gestão da Folha de
Pagamento/SAGEP/SEGEP.

21 SUPERINTENDÊNCIA  Verifica no sistema se a implantação da transferência


DE GESTÃO DA FOLHA está de acordo com o Ato.
DE PAGAMENTO/
SAGEP/SEGEP  Em caso de não estar de acordo:
 Solicita à Diretoria de Pessoal do órgão de origem
do servidor militar as providências para as correções
no sistema.

 Em caso de estar de acordo:


 Confirma a implantação da transferência.

22 DIRETORIA DE  Após validada junto à Superintendência de Gestão da


PESSOAL Folha de Pagamento, encaminha uma via do Ato ao
(órgão de origem Comandante de Unidade do órgão de origem do
do servidor militar) servidor militar, arquiva uma via no dossiê do
servidor militar e arquiva o processo.

23 COMANDANTE DE  Entrega uma cópia do Ato ao servidor militar e


UNIDADE arquiva o Ato para controle.
(órgão de origem
do servidor militar)
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 331

33.4 Fluxo: Transferência do Servidor Militar para a Reserva Não-Remunerada


SERVIDOR MILITAR COMANDANTE DE UNIDADE PROTOCOLO
(órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor militar)
INÍCIO Analisa o Requerimento
Formaliza processo,
do Militar e confere
cadastra no sistema
documentação. informatizado, gera número
Preenche Requerimento
do Militar solicitando a de controle, emite o Cartão
Transferência para Reserva de Protocolo e entrega ao
não Remunerada, anexa servidor militar.
documentação necessária,
assina e solicita assinatura
do Comandante da
Processo
Unidade.
Não Documentação
Requerimento do Militar completa?
1

Providencia a Sim
documentação faltante no
prazo máximo de 8 (oito) Assina Requerimento do
dias a contar da solicitação. Militar, elabora Ofício e
anexa à documentação.
C

Dá entrada no processo.

Ofício

Ofício
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 332

DIRETORIA DE PESSOAL COMANDANTE GERAL GABINETE DA SEGEP


(órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor militar)
1

Analisa o processo. Toma conhecimento.


Analisa o processo, emite a
certidão autorizando
processamento do pedido,
instrui o processo com a
Certidão de Tempo de
Contribuição
Previdenciária, Ficha
Processo
Financeira e outros
documentos necessários e
anexa ao processo. Não Processo
Deferido? 2
Processo

Arquiva processo e dá
Sim
ciência ao servidor militar.

Reconhece o direito do
servidor militar de acordo
com os preceitos legais.
C

Processo

Processo
FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 333

GABINETE DA SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE SUPERVISÃO DE DIREITOS E


GESTÃO DE RECURSOS DEVERES/SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE
HUMANOS/SAGEP/SEGEP RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP
2
Analisa o processo e
verifica se está em
Toma conhecimento. Toma conhecimento. conformidade com
legislação.

Não Conforme a
Processo Processo
legislação?

Toma conhecimento. Sim


Solicita à Diretoria de
Pessoal do órgão de origem
Elabora Ato em 4 (quatro)
do servidor militar a
vias.
correção de documentação.
Após correção, recebe C

documentação e solicita
análise.

Processo Processo

Processo/Ato 3
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 334

SUPERINTENDÊNCIA DE GABINETE DA GABINETE DA SEGEP CASA CIVIL


GESTÃO DE RECURSOS SAGEP/SEGEP
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
3

Toma conhecimento. Solicita assinatura do Providencia a assinatura do


Toma conhecimento. Governador nas vias do
Governador nas vias do
Ato e publicação no Diário Ato e publicação do Ato no
C
C C
C
Oficial do Estado (DOE). Diário Oficial do Estado
. (DOE).

Processo/Ato Processo/Ato Processo/Ato


Processo/Ato

Registra nas vias do Ato o


número do DOE e a
respectiva
C
data de
publicação.

Processo/Ato

4
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 335

GABINETE DA SAGEP/SEGEP SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE SUPERVISÃO DE DIREITOS E


RECURSOS HUMANOS/SAGEP/SEGEP DEVERES/SUPERINTENDÊNCIA DE
GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS/SAGEP/SEGEP
4

Toma conhecimento. Anexa Ato no processo e


Toma conhecimento.
arquiva uma cópia do Ato
C
C para fins de controle.
C

Processo/Ato Ato
Processo/Ato

Processo

Toma conhecimento. Toma conhecimento.

C C

Processo Processo

5
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 336

COMANDANTE GERAL DIRETORIA DE PESSOAL SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA FOLHA DE


(órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor PAGAMENTO/SAGEP/SEGEP
militar)
5
Verifica no sistema se a
implantação da
Toma conhecimento. Inclui Transferência para
transferência está de acordo
Reserva não Remunerada
com o Ato.
C
do servidor militar no
C
Sistema de Recursos
Humanos. Procede a
conferência e validação do
Ato.
Não Está de acordo Sim
Processo Processo com o Ato?

Confirma implantação da
Realiza as correções no transferência.
sistema. C

Processo

6
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 337

DIRETORIA DE PESSOAL COMANDANTE DE UNIDADE


(órgão de origem do servidor militar) (órgão de origem do servidor militar)
6

Arquiva uma via do Ato no Entrega uma cópia do Ato


dossiê do servidor militar e ao servidor militar e
arquiva processo. arquiva Ato para controle
C
C

Ato Ato

Processo

FIM
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 338

ANEXOS
Anexo I – REQUERIMENTO DO SERVIDOR;
Anexo II – VIDA FUNCIONAL ATUAL;
Anexo III – ESCALA DE FÉRIAS;
Anexo IV – AVISO DE FÉRIAS;
Anexo V – FOLHA INDIVIDUAL DE FREQUÊNCIA;
Anexo VI – MAPA DE APURAÇÃO DE FALTAS;
Anexo VII – ENCAMINHAMENTO MÉDICO;
Anexo VIII – CARTÃO DE AUTENTICAÇÃO DIGITAL;
Anexo IX – REGISTRO DE SERVIDOR.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 339

PROTOCOLO Nº: 1
ESTADO DO MARANHÃO ________________________________
____/___/_____
DATA
REQUERIMENTO DO SERVIDOR
DADOS DO SERVIDOR
NOME COMPLETO 2 MATRÍCULA 3

SEXO 4 ESTADO CIVIL 5 RG 6 ÓRGÃO EXPEDIDOR 7 CPF 8 DATA NASCIMENTO 9


F ( ) ____/___/_____
M( )
ENDEREÇO 10 COMPLEMENTO 11

BAIRRO 12 CEP 13 MUNICÍPIO 14 TELEFONE 15

NOME DO ÓRGÃO 16 CARGO 17

LOTAÇÃO 18 CLASSE E REFERÊNCIA (EFETIVO) 19

REQUERER À: 20

MARCAR COM UM “X” O ASSUNTO 21

AFASTAMENTO DESAVERBAÇÃO
{ } Para Incentivo à Formação Profissional do Servidor { } De Licença Prêmio por Assiduidade
{ } Para Realizar Missão ou Estudo em outro Ponto do Território Nacional ou no Exterior { } De Tempo de Contribuição
{ } Para Participar de Curso de Doutorado, Mestrado, Especialização ou Aperfeiçoamento no Estado
{ } Para Exercer Atividade Político-Partidária PROGRESSÃO
{ } Para Exercer Mandato Eletivo { } Por Tempo de Exercício no Cargo
{ } De Servidor(a) Pai/Mãe de Filho(a) Especial { } Por Qualificação Profissional

APOSENTADORIA DIVERSOS
{ } Por Invalidez Permanente { } Abono de Permanência
{ } Voluntária (especificar) { } Adicional de Qualificação
{ } Ajuda de Custo
AVERBAÇÃO { } Aproveitamento
{ } De Licença Prêmio por Assiduidade { } Auxílio-Natalidade
{ } De Tempo de Contribuição { } Auxílio-Reclusão
{ } Certidão de Tempo de Serviço
LICENÇA { } Direito de Petição
{ } Por Motivo de Doença em Pessoa da Família { } Exoneração a Pedido (especificar)
{ } Por Motivo de Afastamento do Cônjuge ou Companheiro { } Gratificação Natalina (13º salário)
{ } Para Serviço Militar { } Isenção de Sala de Aula
{ } Para Tratar de Interesses Particulares - Concessão { } Mudança de Nome
{ } Para Tratar de Interesses Particulares - Interrupção { } Pagamento de Exercícios Anteriores
{ } Para o Desempenho de Mandato Classista { } Readaptação
{ } Prêmio por Assiduidade { } Recondução
{ } Por Acidente em Serviço e Doença Profissional { } Redistribuição
{ } Gestante ou Adotante { } Reintegração
{ } Paternidade { } Remoção
{ } Para Tratamento de Saúde { } Reversão
{ } Prorrogação de Licença para Tratamento de Saúde { } Revisão de Proventos
{ } Restituição de Faltas
INCLUSÃO DE DEPENDENTES { } Salário-Família
{ } Cônjuge
{ } Companheiro (a)
{ } Filho (a) Menor de Dezoito Anos
{ } Filho (a) Maior de Dezoito Anos Inválido { } OUTROS (especificar)
{ } Pais Inválidos

INFORMAÇÕES ADICIONAIS 22

_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________

23 24
___________________________________________________ ____/_____/______
ASSINATURA DO REQUERENTE DATA

25 26
___________________________________________________ ____/_____/______
ASSINATURA DA CHEFIA IMEDIATA COM CARIMBO DATA
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 340

INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO

1 NOME DO FORMULÁRIO

REQUERIMENTO DO SERVIDOR

2 FINALIDADE

Solicitar benefícios ou outro tipo de reivindicação que o servidor sinta-se no direito de


fazer.

3 DESCRIÇÃO DOS CAMPOS

Campo 01
Registra o número de controle de processo com a respectiva data da entrada;

Campo 02
Registra o nome completo do servidor;

Campo 03
Registra o número da matrícula do servidor;

Campo 04
Marque com “X” o sexo do servidor;

Campo 05
Registra o estado civil do servidor;

Campo 06
Registra o número do Registro Geral (RG) do servidor;

Campo 07
Registra o Órgão Expedidor com a Unidade Federativa (UF) do Registro Geral (RG) do
servidor;

Campo 08
Registra o número do CPF do servidor;

Campo 09
Registra o dia, mês e o ano de nascimento do servidor;

Campo 10
Registra o endereço do servidor, ou seja, se for Rua, Avenida, Travessa, etc.;

Campo 11
Registra o complemento do endereço do servidor, se houver;

Campo 12
Registra o nome do bairro onde reside o servidor;
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 341

Campo 13
Registra o Código de Endereçamento Postal (CEP) do endereço do servidor;

Campo 14
Registra o nome do município onde reside o servidor;

Campo 15
Registra o número do telefone do servidor;

Campo 16
Registra o nome do órgão onde o servidor está lotado;

Campo 17
Registra o nome do Cargo que o servidor ocupa/exerce;

Campo 18
Registra o setor de lotação onde o servidor desenvolve seu trabalho;

Campo 19
Registra a classe e referência do servidor (campo exclusivo para servidor efetivo);

Campo 20
Registra o nome da unidade administrativa a quem o servidor está fazendo a sua
solicitação;

Campo 21
Marque com um “X“ o assunto a que se refere o Requerimento. No caso do servidor ter
marcado com um “X” o campo “OUTROS”, menciona o assunto no campo 22;

Campo 22
Reservado para quaisquer outras informações que se fizerem necessário;

Campo 23
Reservado para a assinatura do servidor;

Campo 24
Reservado para a data da emissão do requerimento;

Campo 25
Reservado para a assinatura da chefia imediata do servidor, com carimbo, quando se fizer
necessária;

Campo 26
Reservado para a data da assinatura da chefia imediata do servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 342

ESTADO DO MARANHÃO 2
____/____/______
Órgão: 1
DATA DE ENTRGA
VIDA FUNCIONAL ATUAL
REQUERENTE: 3 DATA DE 4 MATRÍCULA 5
NASCIMENTO
____/____/______
DATA DE ADMISSÃO: 6 DATA DA POSSE: 7 CARGO/CLASSE/REFERÊNCIA: 8

____/____/_____ ____/____/______

ÓRGÃO: 9

LOTAÇÃO: 10

SITUAÇÃO DAS FÉRIAS: 11

SITUAÇÃO DAS LICENÇAS PRÊMIO: 12

PAGAMENTO: 13 RESPONDE A PROCESSO ADMINISTRATIVO: 14

NORMAL SUSTADO SIM NÃO

INFORMAÇÕES ADICIONAIS 15

16 17

________________________________________________ ______________________________________________
Assinatura com carimbo do Responsável pelas Informações Assinatura com carimbo do Responsável pelo Setor
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 343

INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO
1. NOME DO FORMULÁRIO

SITUAÇÃO FUNCIONAL ATUAL

2. FINALIDADE

Informar a situação funcional atual do servidor.

3. DESCRIÇÃO DOS CAMPOS

CAMPO 01
Registra o nome do órgão por extenso;

CAMPO 02
Registra a data de entrega do formulário Vida Funcional do Servidor;

CAMPO 03
Registra o nome do servidor;

CAMPO 04
Registra a data do nascimento do servidor;

CAMPO 05
Registra o número da matrícula do servidor;

CAMPO 06
Registra a data de admissão do servidor no Estado;

CAMPO 07
Registra a data da posse do servidor no Estado;

CAMPO 08
Registra o Cargo/Classe/Referência do servidor;

CAMPO 09
Registra o nome do órgão do servidor;

CAMPO 10
Registra a lotação onde se encontra o servidor;

CAMPO 11
Registra a situação atual das férias do servidor;

CAMPO 12
Registra a situação atual de Licença Prêmio do servidor;

CAMPO 13
Assinala com um “X” a situação d pagamento do servidor;
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 344

CAMPO 14
Assinala com um “X” se o servidor responde a processo administrativo;

CAMPO 15
Reservado para informações adicionais;

CAMPO 16
Reservado para assinatura c/ carimbo do responsável pela informações;

Campo 17
Reservado para assinatura c/ carimbo do responsável pelo setor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 345

ESTADO DO MARANHÃO
Órgão: 1
ESCALA DE FÉRIAS
SETOR: 2

3 4 5 6 7 8
MATRÍCULA NOME DO SERVIDOR CARGO/REFERÊNCIA EXERCÍCIO PERÍODO OBSERVAÇÕES

9 10

____________________________ ___/___/_____ ________________________________ _____/____/_______


Assinatura Chefe Imediato DATA Supervisão de Recursos Humanos DATA RECEBIMENTO
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 346

INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO

1 NOME DO FORMULÁRIO
ESCALA DE FÉRIAS

2 FINALIDADE
Serve para elaborar a programação dos servidores, registrando a data de início e
término do gozo das férias.

3 DESCRIÇÃO DOS CAMPOS


Campo 01
Registra o nome do órgão;

Campo 02
Registra o nome do setor em que o servidor está lotado;

Campo 03
Registra o número da matrícula do servidor;

Campo 04
Registra o nome do servidor;

Campo 05
Registra o cargo e a referência do servidor;

Campo 06
Registra o ano de exercício das férias do servidor;

Campo 07
Registra o período do início e término das férias do servidor;

Campo 08
Reservado para observações que se fizerem necessárias;

Campo 09
Reservado para assinatura com carimbo do chefe imediato e a data;

Campo 10
Reservado para assinatura com carimbo do responsável do setor de Recurso Humanos
com a data.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 347

ESTADO DO MARANHÃO VIA SERVIDOR


ÓRGÃO:1 2
DATA: _____/_____/______
AVISO DE FÉRIAS Nº

NOME: 3 MATRÍCULA: 4

CARGO: 5 LOTAÇÃO: 6

Comunicamos a V.Sª, que deverá entrar em gozo de férias regulamentares, referente ao exercício de 7
, no período de a , nos termos do que preceitua o Art..109, da Lei
6.107 de 27.07.94 (Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado/MA).
EMITENTE: SDD 8 VISTO: SUPERVISÃO DE RECURSOS HUMANOS 9

CIENTE: SERVIDOR 10 CHEFE IMEDIATO: DE ACORDO 11

ESTADO DO MARANHÃO VIA DOSSIE


ÓRGÃO:1 DATA: _____/_____/______


AVISO DE FÉRIAS
NOME: MATRÍCULA:

CARGO: LOTAÇÃO:

Comunicamos a V.Sª, que deverá entrar em gozo de férias regulamentares, referente ao exercício de
, no período de a , nos termos do que preceitua o Art..109, da Lei
6.107 de 27.07.94 (Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado/MA).
EMITENTE: SDD VISTO: SUPERVISÃO DE RECURSOS HUMANOS

CIENTE: SERVIDOR CHEFE IMEDIATO: DE ACORDO

OBSERVAÇÃO: A VIA DO DOSSIÊ DEVERÁ SER DEVOLVIDA A ESTA SUPERVISÃO DE


RECURSOS HUMANOS DEVIDAMENTE ASSINADO PELO SERVIDOR E CHEFE IEDIATO.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 348

INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO

1 - NOME DO FORMULÁRIO

AVISO DE FÉRIAS

2- FINALIDADE

Comunicar ao servidor o período de suas férias.

2 - DESCRIÇÃO DOS CAMPOS

CAMPO 01
Registra o nome do órgão;

CAMPO 02
Registra a data e o número de expedição do Aviso de Férias;

CAMPO 03
Registra o nome do servidor;

CAMPO 04
Registra o número da matrícula do servidor;

CAMPO 05
Registra o cargo do servidor;

CAMPO 06
Registra o local de lotação do servidor;

CAMPO 07
Registra o exercício (ano) e o período de férias do servidor;

CAMPO 08
Reservado para assinatura do emitente do Aviso de Férias;

CAMPO 09
Reservado para assinatura do Responsável pela Área de recursos Humanos;

CAMPO 10
Reservado para assinatura do servidor;

CAMPO 11
Reservado para a assinatura do chefe imediato do servidor.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 349

ESTADO DO MARANHÃO
ÓRGÃO: 1
FOLHA INDIVIDUAL DE FREQUÊNCIA
3
ANO: 2
PERÍODO: ____/_____/_______ A _____/_____/_______
4
NOME
5
CARGO
6
MATRÍCULA
7
LOTAÇÃO
8
MANHÃ TARDE
DIA ENTRADA 9 SAÍDA 10 ENTRADA 11 SAÍDA 12

HORA RUBRICA HORA RUBRICA HORA RUBRICA HORA RUBRICA


16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
13
14
15
OBSERVAÇÃO: 13

14 15

_________________________________________ ___________________________________ ____/___/_____


Assinatura do servidor Assinatura do Responsável pelo Setor DATA
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 350

INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO

1 NOME DO FORMULÁRIO

FOLHA INDIVIDUAL DE FREQUÊNCIA

2 FINALIDADE

Serve para controlar a entrada e saída do servidor.

3 DESCRIÇÃO DOS CAMPOS

CAMPO 01
Registra o nome do órgão;

CAMPO 02
Registra o ano de exercício;

CAMPO 03
Registra o início e término do período;

CAMPO 04
Registra o nome do servidor;

CAMPO 05
Registra o cargo do servidor;

CAMPO 06
Registra o número da matrícula do servidor;

CAMPO 07
Registra o nome da unidade de lotação do servidor;

CAMPO 08
Reservado para o campo dos dias do mês;

CAMPO 09
Registra a hora e a rubrica da entrada do turno da manhã;

CAMPO 10
Registra a hora e a rubrica da saída do turno da manhã;

CAMPO 11
Registra a hora e a rubrica da entrada do turno da tarde;

CAMPO 12
Registra a hora e a rubrica da saída do turno da tarde;

CAMPO 13
Reservado para observações;

CAMPO 14
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 351

Reservado para assinatura do servidor;

CAMPO 15
Reservado para assinatura c/ carimbo do responsável pelo setor.

.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 352

ESTADO DO MARANHÃO
Órgão: 1
MAPA DE APURAÇÃO DE FALTAS
PERÍODO DE: ______/_____/_______ A _____/_____/_______
2

3 4 5 6 7 8 9
N° NOME DO SERVIDOR MATRÍCULA CARGO LOTAÇÃO PERÍODO QNT.

10 11

______________________________________ ___/___/_____ ______________________________________ _____/____/_______


Responsável pelo Preenchimento c/a matrícula DATA Responsável pelo Setor de Recursos Humanos DATA
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 353

INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO

1 NOME DO FORMULÁRIO

MAPA DE APURAÇÃO DE FALTAS

2 FINALIDADE
Registrar as faltas dos servidores dentro de um período.

3 DESCRIÇÃO DOS CAMPOS

Campo 01
Registra o nome do órgão;

Campo 02
Registra o período das faltas do servidor;

Campo 03
Registra o número de ordem;

Campo 04
Registra o nome do servidor;

Campo 05
Registra o número da matrícula do servidor;

Campo 06
Registra o cargo do servidor;

Campo 07
Registra o nome da unidade de lotação do servidor;

Campo 08
Registra o período das faltas do servidor;

Campo 09
Registra a quantidade de faltas;

Campo 10
Reservado para assinatura com carimbo do responsável pelo preenchimento das
informações;

Campo 11
Reservado para assinatura com carimbo do responsável do setor de Recurso Humanos
com a data.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 354

SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO E PREVIDÊNCIA


SECRETARIA ADJUNTA DE GESTÃODE PESSSOAS
SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
ENCAMINHAMENTO MÉDICO

Estamos Encaminhando o(a) Concursado(a):


NOME: 1

CARGO: 2

Para a Perícia Médica em ______/______/_______


4 5

___________________________________________________________ ______/________/_______
Supervisor de Recrutamento e Redistribuição de Pessoal/SEGEP DATA
ENDEREÇO DA PERÍCIA MÉDICA: Rua da Farmácia, n° 09 – Quadra 09 – Bairro: COHAFUMA.
Horário de atendimento: 8 às 14h, de segunda a sexta.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 355

INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO

1 NOME DO FORMULÁRIO

ENCAMINHAMENTO MÉDICO
2 FINALIDADE

Encaminhar os concursados à Perícia Médica para avaliação.

3 DESCRIÇÃO DOS CAMPOS

CAMPO 01
Registra o nome do concursado;

CAMPO 02
Registra o cargo do concursado;

CAMPO 03
Registra a data em que foi encaminhado à perícia;

CAMPO 04
Reservado para assinatura com carimbo do Supervisor de Recrutamento e
Redistribuição de Pessoal;

CAMPO 05
Registra a data da assinatura.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 356

ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO E PREVIDÊNCIA

CARTÃO DE AUTENTICAÇÃO DIGITAL


MÃO 1 MÃO 2
DIREITA ESQUERDA
ÓRGÃO: 3
Polegar

Polegar
NOME COMPLETO: 4 MATRÍCULA: 5
Indicador

CARGO: 6 RG: 7 EXPEDIÇÃO/UF: 8

Indicador
}

9 10
11
____/____/_____ ________________________________________
DATA Assinatura do Interessado
Médio

FUNCIONÁRIO RESPONSÁVEL

Médio
FOTO 3X4
Atesto que conferi a autenticidade da foto entregue e que a mesma ATUAL
coincide completamente com a pessoa que teve aqui suas digitais
coletadas.
12
Anelar

______________________________________________________

Anelar
Assinatura do funcionário responsável
Nome por extenso: 13 RG: 14

CARIMBO DE AUTENTICIDADE: 15

Mínimo
Mínimo
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 357

INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO

1 NOME DO FORMULÁRIO

CARTÃO DE AUTENTICAÇÃO DIGITAL

2 FINALIDADE

Serve para coletar o máximo de informações necessárias de cada servidor e suas digitais.

3 DESCRIÇÃO DOS CAMPOS

Campo 01
Registra as digitais da mão direita do servidor;

Campo 02
Registra as digitais da mão esquerda do servidor;

Campo 03
Registra por extenso o nome do órgão;

Campo 04
Registra o nome completo do servidor;

Campo 05
Registra o número da matrícula do servidor;

Campo 06
Registra o nome do cargo do servidor;

Campo 07
Registra o número da Carteira de Identidade (RG) do servidor;

Campo 08
Registra o nome do órgão expedidor e a sigla do estado;

Campo 09
Registra a data da assinatura;

Campo 10
Reservado para assinatura do interessado;

Campo 11
Reservado para foto do interessado;

Campo 12
Reservado para assinatura do responsável pelas informações;

Campo 13
Reservado para colocar o nome por extenso do responsável pelas informações;
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 358

Campo 14
Registra o número da Carteira de Identidade (RG) do responsável pelas informações;

Campo 15
Reservado para carimbo de autenticidade.
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 359

ESTADO DO MARANHÃO Regional: 1


SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO E PREVIDÊNCIA - SEGEP Município: 2
Inscrição: 3
REGISTRO DE SERVIDOR
Classificação: 4
Cargo: 5

BANCO DO BRASIL 6 AGÊNCIA: 7 CONTA: CORRENTE 8

N° ______________
SALÁRIO
DADOS PESSOAIS
NOME COMPLETO 9 SEXO 10

( )M

( )F

CPF 11 RG 12 ÓRGÃO EXPEDIDOR/UF 13 EMISSÃO 14 PIS PASEP ________ 15

____/____/______
CERTIFICADO RESERVISTA 16 SÉRIE 17 REGIÃO 18 TITULO DE ELEITOR 19 ZONA 20 SEÇÃO 21

ESTADO CIVIL 22 GRUPO SANGUÍNEO 23 FATOR RH 24 DATA NASCIMENTO 25 CIDADE 26 UF 27

SOLTEIRO CASADO
___/___/_____
OUTROS: ________________
NACIONALIDAE 28 GRAU DE INSTRUÇÃO 29 FILIAÇÃO 30

PAI: ________________________________________________________________________

MÃE:_______________________________________________________________________

ENDEREÇO 31 COMPLEMENTO 32

BAIRRO 33 CEP 34 CIDADE 35 UF 36 TELEFONE 37

PONTO DE REFERÊNCIA: 38

DEPENDENTES: 39 SEXO 40 GRAU DE PARENTESCO 41 NASCIMENTO 42 ESTADO CIVIL 43


[[[ NOME

____/____/______

____/____/______

____/____/______

____/____/______

____/____/______
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 360

FORMAÇÃO ESCOLAR: 44 ENTIDADE PROMOTORA 45 COMPLETO/INCOMPLETO 46 INÍCIO 47 TÉRMINIO 48


CURSO:

___/___/____ ___/___/____

___/___/____ ___/___/____

OUTROS CURSOS: 49 ENTIDADE PROMOTORA 50 COMPLETO/INCOMPLETO51 INÍCIO 52 TÉRMINIO 53


CURSO:

___/___/____ ___/___/____

___/___/____ ___/___/____

IDIOMAS: (CONCEITOS: ÓTIMO/BOM/REGULAR/FRACO)


IDIOMA: 54 FALA 55 LÊ 56 ESCREVE 57 ENTENDE 58 TRADUÇÃO TÉCNICA 59

1 NÃO LICENCIADO 60 3 LICENCIATURA CURTA COMPLETA 62 5 LICENCIATURA PLENA COMPLETA 64

2 4 4° ADICIONAL 6 OUTRAS 65
3° NORMAL 61 63

EXERCE OUTRO EMPREGO: SIM NÃO (PREENCHER OS CAMPOS A SEGUIR EM CASO POSITIVO) 66

PODER CONTRATANTE: 67 CARGA HORÁRIA 68 AFASTAMENTO 69

FEDERAL ESTADUAL MUNICIPAL _____/_____/_______

ENTIDADE/EMPRESA 70 CARGO 71 CLASSE 72 NÍVEL 73

HOUVE ALGUMA PENALIDADE NO EXERCÍCIO DA FUNÇÃO PÚBLICA: SIM NÃO 74

CASO POSITIVO ESPECIFICAR:

OBSERVAÇÕES: 75

DECLARO SOB AS PENAS DA LEI QUE AS 76 RESPONSÁVEL PELA RECEPÇÃO 77 RESPONSÁVEL PELO SETOR 78
INFORMAÇÕES ACIMA SÃO VERDADEIRAS DAS INFORMAÇÕES

___/___/_____ ___________________________ ______________________________ __________________________


DATA Assinatura do Interessado Assinatura/Matrícula Carimbo/Assinatura
SUNOMAD / SONPAD / SAMOP / SEGEP
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 361

INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO

1 NOME DO FORMULÁRIO

REGISTRO DE SERVIDOR

2 FINALIDADE

Serve para coletar o maximo de informações necessárias de cada servidor

3 DESCRIÇÃO DOS CAMPOS

Campo 01
Registra o nome da Regional;

Campo 02
Registra o nome do município;

Campo 03
Registra o número da inscrição;

Campo 04
Registra o número da classificação;

Campo 05
Registra o nome do cargo;

Campo 06
Registra o número do banco;

Campo 07
Registra o número da agência;

Campo 08
Registra o tipo da conta se é corrente ou salário e o número;

Campo 09
Registra o nome completo do servidor;

Campo 10
Marque com um “X“ o sexo do servidor;

Campo 11
Registra o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF);

Campo 12
Registra o número da Carteira de Identidade (RG) do servidor;

Campo 13
Registra o nome do órgão expedidor;
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 362

Campo 14
Registra a data da expedição do RG;

Campo 15
Marque com um “X“ se tem PIS ou PASEP;

Campo 16
Registra o número do Certificado de Reservista;

Campo 17
Registra o número da série do Certificado de Reservista;

Campo 18
Registra o nome da Região que o Certificado foi emitido;

Campo 19
Registra o número do Título de Eleitor;

Campo 20
Registra o número da zona eleitoral;

Campo 21
Registra o número da seção eleitoral;

Campo 22
Marque com um “X“ o estado civil se outros especificar;

Campo 23
Registra o seu grupo sanguíneo;

Campo 24
Registra o fator RH do sangue;

Campo 25
Registra a data de nascimento;

Campo 26
Registra o nome da cidade onde nasceu;

Campo 27
Registra a sigla da Unidade da Federação;

Campo 28
Registra a Nacionalidade do servidor;

Campo 29
Registra o grau de instrução do servidor;

Campo 30
Registra a filiação, o nome do pai e da mãe;
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 363

Campo 31
Registra o endereço, ou seja, se for Rua, Avenida,Travessa, etc;

Campo 32
Registra o complemento do endereço se houver;

Campo 33
Registra o nome do bairro onde reside;

Campo 34
Registra o código de Endereçamento Postal (CEP);

Campo 35
Registra o nome do município onde reside;

Campo 36
Registra a sigla da Unidade Federativa;

Campo 37
Registra o número do telefone do servidor;

Campo 38
Registra um ponto de referência próximo da sua residência;

Campo 39
Registra o nome do(s) dependente(s);

Campo 40
Registra o sexo do(s) dependente(s);

Campo 41
Registra o grau de parentesco do(s) dependente(s);

Campo 42
Registra a data de nascimento do(s) dependente(s);

Campo 43
Registra o estado civil do(s) dependente(s);

Campo 44
Registra o nome do curso de sua formação;

Campo 45
Registra o nome da entidade que realizou o curso;

Campo 46
Registra se o curso foi completo ou incompleto;

Campo 47
Registra a data do início do curso;
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 364

Campo 48
Registra a data do término do curso;

Campo 49
Registra o nome de outros cursos que realizou;

Campo 50
Registra o nome da entidade que realizou o curso;

Campo 51
Registra se o curso foi completo ou incompleto;

Campo 52
Registra a data do início do curso;

Campo 53
Registra a data do término do curso;

Campo 54
Registra o nome do(s) idioma(s) com respectivo conceito: Ótimo Bom, Regular ou Fraco;

Campo 55
Registra se fala corretamente o idioma;

Campo 56
Registra se lê corretamente o idioma;

Campo 57
Registra se escreve corretamente o curso indicado;

Campo 58
Registra se entende perfeitamente o idioma;

Campo 59
Registra se faz tradução técnica do idioma;

Campo 60
Marque com um “X” se não é licenciado;

Campo 61
Marque com um “X” se fez o 3° Normal;

Campo 62
Marque com um “X” se tem Licenciatura Curta completa;

Campo 63
Marque com um “X” se fez o 4° Adicional;

Campo 64
Marque com um “X” se tem Licenciatura Plena completa;
MANUAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 365

Campo 65
Marque com um “X” se tem outras licenciaturas;

Campo 66
Marque com um “X“ se exerce outro emprego;

Campo 67
Registra se positivo se o contratante é Federal, Estadual ou Municipal;

Campo 68
Registra a carga horária;

Campo 69
Registra a data do afastamento;

Campo 70
Registra o nome da Entidade/Empresa contratante;

Campo 71
Registra o nome do cargo que ocupava;

Campo 72
Registra a Classe do cargo;

Campo 73
Registra o nível;

Campo 74
Marque com um “X” se houve algum penalidade no exercício da função;

Campo 75
Reservado para observações que se fizerem necessárias;

Campo 76
Reservado para data e assinatura do interessado;

Campo 77
Reservado para assinatura do responsável pelas recepção das informações;

Campo 78
Reservado para assinatura do responsável pelo setor.