Você está na página 1de 3

M.A.P.A.

Material de Avaliação
Prática da Aprendizagem.

Acadêmico: Luiz Fernando da Costa R.A.: 16240615


Curso: Ciências Econômicas Disciplina:

INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DESTA ATIVIDADE

1. Todos os campos acima deverão ser devidamente preenchidos.


2. O aluno deverá, obrigatoriamente, utilizar este formulário para realizar a atividade.
3. Esta atividade deverá ser realizada individualmente. Caso identificado plágio de colegas o trabalho de
ambos será zerado.
4. Objetivo da Atividade: Exercitar a capacidade de síntese, argumentação e criatividade nas respostas
dissertativas, respeitando as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), incentivando
pesquisas em outros materiais além dos propostos pelo curso, contribuindo para a ampliação do
conhecimento na disciplina.
5. Para realizar esta atividade, leia atentamente as orientações e atente-se ao comando da questão. Procure
argumentar de forma clara e objetiva, de acordo com o conteúdo da disciplina. Evite respostas curtas e
desarticuladas. Ao utilizar algum material de apoio não deixe de citar corretamente a fonte.
6. Formatação exigida:
- O documento deverá ser salvo somente no formato Word.
- Tamanho da Fonte: 12
- Espaçamento: 1,5
- Tipo de Letra: Arial ou Times New Roman
- Alinhamento do parágrafo: Justificado
- Normas de citação e referencias consultar: Material Extra da disciplina.
7. Critérios avaliativos:
- Conteúdo/Características de Redação Científica Gramatical (desenvolvimento, argumentação,
conhecimento do tema, clareza nas ideias, linguagem adequada e correlação com os conteúdos estudados).
- Normas de apresentação (Tamanho da fonte, alinhamento justificado, apresentação de citações, referências,
entre outros relacionados à ABNT, ortografia, concordância verbal e nominal)

VALOR DA ATIVIDADE: 1,5 PONTO

Em caso de dúvidas, entre em contato com sua Professora Mediadora.

Bons estudos!!!

0
M.A.P.A. Material de Avaliação
Prática da Aprendizagem.

a- Acerca da modernização do sistema financeiro cujas transações entre os agentes do


mercado serão facilitadas, haverá impactos positivos no cenário econômico brasileiro.
Sendo possível transferir uma quantia a qualquer horário do dia, até mesmo nos
feriados bancários, com um menor número de intermediários, o recebedor poderá ter o
recurso disponibilizado em sua conta rapidamente, sem grandes descontos ou
burocracia em comparação às operações DOC ou TED.
O mercado desburocratizado incentiva a entrada de novas empresas, acirra a
competição entre elas, o que resulta na diminuição de custos e melhoria nos serviços
para o cliente final.

b- Não há ainda uma vertente concisa que aborda quais serão os efeitos desta medida. A
partir dos conhecimentos sobre a disciplina de Economia Monetária, é interessante
ressaltar que a entrada de novos bancos e instituições financeiras no mercado
financeiro, além da velocidade das transações, as operações de overnight se
modificarão. Como títulos bancários são utilizados como ‘’lastro’’ de empréstimos
entre os bancos, o Banco Central que influencia no mercado através da compra e
vendas desses títulos, é possível que a competição entre esses bancos comerciais faça
diminuir a taxa de juros SELIC, de modo que os juros em geral caiam no Brasil. Se os
juros caem, mais operações financeiras acontecerão, e mais moeda escritural será
criada. Ao longo prazo, pode se fazer necessário o aumento do compulsório.

c- Partindo da argumentação feita na alternativa B, a política monetária mais segura para


o cenário futuro é uma política de austeridade e contração monetária, através do
aumento do percentual do depósito de compulsório, da venda de títulos do governo. O
objetivo é o controle da inflação e a estabilidade da moeda brasileira e é necessário
controlar a criação de moeda por parte dos bancos, que estrão em maior número e em
maior diversificação dos meios de pagamento.

1
M.A.P.A. Material de Avaliação
Prática da Aprendizagem.

Referências:

OSCHITA. Marcela Gimenes Bera. ECONOMIA MONETÁRIA. Unicesumar-2019.


Maringá-PR

A taxa SELIC - o que é, como funciona e outras considerações (Parte 1)Disponível em <
https://www.mises.org.br/Article.aspx?id=344 >. Acesso em 04 de Julho de 2019