Você está na página 1de 6

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO

DISCIPLINA: Tópicos Especiais em Engenharia de Combustão


PROFESSOR: Carlos Antonio Cabral dos Santos
ALUNO: Daniel Fernandes Queiroga Leite MATRICULA: 2016101812

BALANÇO E RAZÃO TEÓRICA (AR/COMBUSTÍVEL)


[CH3OH; C2H5OH; C12H26]

João Pessoa, abril de 2016.


ÁLCOOL METÍLICO (CH3OH)
- Fazendo o balanço (combustão completa).
CH3OH + a (O2 + 3,76N2)  b CO2 + c H2O + d N2
C: 1 = b; b = 1
H: 4 = 2c; c = 2
O: 1 + 2a = 2b + c; a = 1,5
N: 3,76.2a = 2d; d = 5,64

Assim ficamos com:


CH3OH + 1,5 (O2 + 3,76N2)  CO2 + 2 H2O + 5,64 N2

- Fazendo o balanço com 50% de excesso de ar.


CH3OH + (1,5).1,5 (O2 + 3,76N2)  b CO2 + c H2O + d N2 + e O2
C: 1 = b; b = 1
H: 4 = 2c; c = 2
O: 1 + 4,5 = 2b + c + 2e; e = 0,75
N: 16,92 = 2d; d = 8,46

Assim a equação balanceada é a seguinte:


CH3OH + (1,5).1,5 (O2 + 3,76N2)  CO2 + 2 H2O + 8,46 N2 + 0,75 O2

- Encontrando a razão (ar/combustível) na base molar e na base mássica.

Base Molar ( AC )
𝑀𝐴𝑆𝑆𝐴 𝐷𝐸 𝐴𝑅 2, 25  8, 46
AC = 
𝑀𝐴𝑆𝑆𝐴 𝐷𝐸 𝐶𝑂𝑀𝐵𝑈𝑆𝑇Í𝑉𝐸𝐿 1
𝐾𝑚𝑜𝑙 𝑎𝑟
AC  10, 71 𝐾𝑚𝑜𝑙 𝑐𝑜𝑚𝑏𝑢𝑠𝑡í𝑣𝑒𝑙

Base Mássica ( AC )
𝑀𝑎𝑟
AC  AC. 𝑀
𝐶𝑜𝑚𝑏

Pela tabela A.5 do Van Wylen temos que Mar = 28,97


O peso molar do combustível é a soma do peso molar de cada elemento que o compõe, então
Mcomb = 32.
Logo
28,97
AC  10, 71.
32
𝐾𝑚𝑜𝑙 𝑎𝑟
AC  9, 6959
𝐾𝑚𝑜𝑙 𝑐𝑜𝑚𝑏𝑢𝑠𝑡í𝑣𝑒𝑙

ÁLCOOL ETÍLICO (C2H5OH)


- Fazendo o balanço (combustão completa).
C2H5OH + a (O2 + 3,76N2)  b CO2 + c H2O + d N2
C: 2 = b; b = 2
H: 6 = 2c; c = 3
O: 1 + 2a = 2b + c; a = 3
N: 3,76.2a = 2d; d = 11,28

Assim ficamos com:


C2H5OH + 3 (O2 + 3,76N2)  2 CO2 + 3 H2O + 11,28 N2

- Fazendo o balanço com 50% de excesso de ar.


C2H5OH + (1,5).3 (O2 + 3,76N2)  b CO2 + c H2O + d N2 + e O2
C: 2 = b; b = 2
H: 6 = 2c; c = 3
O: 1 + 9 = 2b + c + 2e; e = 1,5
N: 33,84 = 2d; d = 16,92

Assim a equação balanceada é a seguinte:


C2H5OH + (1,5).3 (O2 + 3,76N2)  2 CO2 + 3 H2O + 16,92 N2 + 1,5 O2

- Encontrando a razão (ar/combustível) na base molar e na base mássica.


Base Molar ( AC )
𝑀𝐴𝑆𝑆𝐴 𝐷𝐸 𝐴𝑅 4,5  16,92
AC = 
𝑀𝐴𝑆𝑆𝐴 𝐷𝐸 𝐶𝑂𝑀𝐵𝑈𝑆𝑇Í𝑉𝐸𝐿 1
𝐾𝑚𝑜𝑙 𝑎𝑟
AC  21, 42 𝐾𝑚𝑜𝑙 𝑐𝑜𝑚𝑏𝑢𝑠𝑡í𝑣𝑒𝑙

Base Mássica ( AC )
𝑀𝑎𝑟
AC  AC. 𝑀
𝐶𝑜𝑚𝑏

Pela tabela A.5 do Van Wylen temos que Mar = 28,97


O peso molar do combustível é a soma do peso molar de cada elemento que o compõe, então
Mcomb = 46.
Logo
28,97
AC  21, 42.
46
𝐾𝑚𝑜𝑙 𝑎𝑟
AC  13, 49
𝐾𝑚𝑜𝑙 𝑐𝑜𝑚𝑏𝑢𝑠𝑡í𝑣𝑒𝑙

DODECANO (C12H26)
- Fazendo o balanço (combustão completa).
C12H26 + a (O2 + 3,76N2)  b CO2 + c H2O + d N2
C: 12 = 2b; b = 6
H: 26 = 2c; c = 13
O: 2a = 2b + c; a = 12,5
N: 3,76.2a = 2d; d = 47

Assim ficamos com:


C12H26 + 12,5 (O2 + 3,76N2)  6 CO2 + 13 H2O + 47 N2

- Fazendo o balanço com 50% de excesso de ar.


C12H26 + (1,5).12,5 (O2 + 3,76N2)  b CO2 + c H2O + d N2 + e O2
C: 12 = 2b; b = 6
H: 26 = 2c; c = 13
O: 37,5 = 2b + c +2e; e = 6,25
N: 141 = 2d; d = 70,5
Assim a equação balanceada é a seguinte:
C12H26 + (1,5).12,5 (O2 + 3,76N2)  6 CO2 + 13 H2O + 70,5 N2 + 6,25 O2

- Encontrando a razão (ar/combustível) na base molar e na base mássica.


Base Molar ( AC )
𝑀𝐴𝑆𝑆𝐴 𝐷𝐸 𝐴𝑅 18, 75  70,50
AC = 
𝑀𝐴𝑆𝑆𝐴 𝐷𝐸 𝐶𝑂𝑀𝐵𝑈𝑆𝑇Í𝑉𝐸𝐿 1
𝐾𝑚𝑜𝑙 𝑎𝑟
AC  89, 25 𝐾𝑚𝑜𝑙 𝑐𝑜𝑚𝑏𝑢𝑠𝑡í𝑣𝑒𝑙

Base Mássica ( AC )
𝑀𝑎𝑟
AC  AC. 𝑀
𝐶𝑜𝑚𝑏

Pela tabela A.5 do Van Wylen temos que Mar = 28,97


O peso molar do combustível é a soma do peso molar de cada elemento que o compõe, então
Mcomb = 170.
Logo
28,97
AC  89, 25.
170
𝐾𝑚𝑜𝑙 𝑎𝑟
AC  15, 2092
𝐾𝑚𝑜𝑙 𝑐𝑜𝑚𝑏𝑢𝑠𝑡í𝑣𝑒𝑙
BIBLIOGRAFIA

VAN WYLEN, et al. Fundamentos da Termodinâmica. 6. ed. São Paulo: Edgard Blücher
Ltda, 2003. 577 p.

SHAPIRO H. N., MORAN M. J. Fundamentals of Engineering Thermodynamics. 5 ed.


England: John Wiley & Sons Ltd, 2006. 847p