Você está na página 1de 67

PROJETO CAMELOT ENTREVISTA JAMES

O SOBERANO INTEGRAL
© 1998 – 2010 WingMakers LLC
www.WingMakers.com
http://www.wingmakers.org.mx/
https://sites.google.com/site/wingmakersbrasil/

1- Pergunta do Project Camelot:


O que na história Wingmakers é verdade ou baseado em fatos?

Resposta de James: A história no âmbito terrestre é baseada em uma


técnica chamada Sensory Bi-Location (SBL) – Bi-locação Sensorial – que é
similar ao conceito de visão remota. Esta historia decorre de minhas
investigações usando esta técnica no que se refere ao ACIO, Incunabula,
Iluminatti, ocultação de ETs, etc. Todos esses elementos foram
modificados em termos de nome, identidade e locais, a fim de integrá-los
com o enredo mitológico dos WingMakers e manter o sigilo que cerca essas
organizações. Não era meu objetivo expor essas organizações ou suas
agendas duvidosas, no entanto, eu estava consciente que muitas das mentes
conspiratórias estavam entre aqueles que mais se preocupavam com a
verdade e a descobriam. O objetivo cosmológico da história é mitológico,
enquanto que a maioria dos elementos terrestres contido nas entrevistas de
Neruda são baseados em minhas experiências com SBL.

2- Pergunta do Project Camelot:


Algumas pessoas que estudam e comentam os eventos atuais parecem
preocupadas com as mensagens sinistras ou avisos de potenciais problemas
maiores. Outros se focam apenas em mensagens de esperança e luz, e se
recusam a acolher más notícias. Embora não tenhamos problemas em

1
incorporar ambas as visões e entender que como se manifestam vai
depender de cada um de nós, alguns alternam uma visão e outra.
Qual é sua filosofia ou daqueles que você representa sobre essa situação, e
como você pode aclarar este debate entre as duas facções, considerando
que ambas se preocupam profundamente com o futuro de nosso mundo?

Resposta de James: As ameaças ao nosso mundo são bem reais. É


impossível olhar as políticas dos governos ao redor do mundo e ver
coerência, benevolência, ações iluminadas ou inteligência comportamental
em um fluxo de igualdade e unidade.

A família humana tem se limitado por milhares de gerações – e toda vez


que volta ao nosso lar, o planeta Terra - a aprimorar os feitos das gerações
anteriores quanto ao conforto das pessoas, o estilo de vida e tecnologia.
Enquanto isso, a maturidade emocional permanece enterrada no substrato
da violação, abuso, escravidão, guerra, desonestidade, ganância, corrupção
no governo, e milhares de outros vícios de humanos fracos e desiludidos,
programados para ver apenas a superfície da mente humana e seus
sistemas de limitação.

A família humana está construindo uma pirâmide de vida manifesta por


milhares de gerações e cada nova geração constrói outra camada – uma
melhora na tecnologia e estilo de vida. Estamos nos aproximando do pico
dessa pirâmide onde não há mais nada a acrescentar. A pirâmide está
completa e nós – todos nós – devemos olhar esta pirâmide que construímos
e nos perguntar o que isto significa para nossa transcendência, nosso
verdadeiro EU.

A pirâmide da humanidade se manifesta em um mundo tridimensional,


mas é decorrente de um conjunto de modelos que são imperfeitos. Quais
são esses modelos? O que os torna imperfeitos? Como a humanidade saiu
fora do caminho para construir as estruturas da civilização e de uma
sociedade que é tão pobre em reflexões para se perguntar quem realmente
somos?

Existe um modelo específico que surgiu ao longo de milhares de anos que


induz a humanidade a padrões repetitivos de construtores-de-civilizações
imperfeitos. No contexto de suas perguntas, devo começar definindo esse

2
sistema a fim de responder todas suas questões com detalhes suficientes e
trazer uma nova estrutura e dimensão para a discussão. Este sistema é
conhecido dentro de Lyricus como Supressão do Soberano Integral. Seus
nove primeiros componentes são descritos abaixo.

Antes de você continuar deixe-me avisá-lo que é uma análise racional e


objetiva do sistema de supressão e aconselharia a todos que lêem ,que
permaneçam neutros a medida que examinam as respostas. Se você achar
que a informação é “pesada demais” ou que provoque medo, deixe de lado
e volte a ler mais tarde. Esta história não é para todos. Alguns se sentirão
ameaçados e ficarão alarmados, e outros se sentirão com se alguém
estivesse puxando o tapete sob seus pés. Caso você sinta algo parecido, você
pode não estar preparado para confrontar estas realidades.

Sistema Secreto para a Supressão do Soberano Integral

Sistema da Mente Humana (SMH)


O Sistema da Mente Humana é dividido em três mecanismos funcionais
básicos: o inconsciente ou mente genética, o subconsciente e o consciente.
Estes três componentes se mesclam para formar o que a maior parte das
pessoas chama de consciência. O SMH é o véu mais nebuloso e distorcido
que permanece entre a humanidade e seu verdadeiro Eu, distorcendo a
auto-expressão dentro daquilo que chamamos realidade.

O inconsciente, a mente genética é o repositório de toda a humanidade; o


subconsciente é o repositório da linhagem familiar; e a mente consciente é
o repositório do indivíduo. No entanto, e isso é importante entender, os
padrões básicos do pensamento são inicialmente oriundos das estruturas
da consciência do subconsciente e da mente genética. Portanto, apesar das
pessoas acreditarem que são únicos, separados, cada um de um tipo, na
realidade não são. Não no contexto do SMH.

Você pode se imaginar como uma cópia da família humana encapsulada


dentro de uma cópia de seus pais e suas linhagens, colocadas em uma
expressão individualizada: você. O “Você” é um SMH particularizado em
uma expressão, mas suas raízes estão totalmente plantadas no solo da
humanidade e na linhagem dos pais, e tudo isso é colocado no
desenvolvimento do feto antes do nascimento.

3
Esta é a razão que depois de dez mil gerações, nós continuamos a operar
nos mesmos padrões de ganância, separação, e auto destruição. A imagem
no espelho é melhorada com boas “roupas” e máscaras mais sofisticadas,
mas atrás da imagem permanecemos com os mesmos sentimentos, os
mesmos pensamentos e os mesmos comportamentos.

O planejamento social e cultural através de sistemas de entretenimento e


educação conspira para moldar o indivíduo durante seus anos de
desenvolvimento (3-14 anos), ativando programas e subsistemas do SMH
para garantir que o indivíduo seja devidamente preparado para adequar-
se na realidade matriz do seu tempo e lugar. Mesmo aqueles que não são
adequados, os inconformados, que se julgam especiais – fora do modelo -,
estão bem dentro do perímetro do SMH.

Rede do Poder do Dinheiro (RPD)


A razão da existência do Sistema da Mente Humana é para que a Elite
exerça o controle sobre a Rede do Poder do Dinheiro. Dinheiro é o mais
importante objetivo da Elite, pois isso dá poder para aqueles que o
possuem. O dinheiro se apresenta de diversas formas, incluindo ativos de
metais preciosos e petróleo, terras ou imóveis, minerais, produtos e
serviços. Dinheiro é o “Deus” da Elite e seus bancos são as instituições
religiosas nas quais podem cultuar seu Deus.

A elite empresarial, a elite governamental, a elite secreta, e a elite dos


bancos são os controladores da RPD. Aqueles em posições de poder,
especialmente dentro do setor de bancos, são agradecidos à RPD e farão
todo o possível para manter seus controles da RPD e manipular a família
humana para que sirvam a seus objetivos.

Estrutura do Universo Interdimensional (EUI)


Esta é a estrutura dos campos de realidade, e como eles se comunicam uns
com os outros. EUI é um assunto muito, muito complexo para revelar em
uma estrutura como essa, portanto vou tocar no assunto apenas
superficialmente.

Os seres humanos são tanto dimensionais como interdimensionais. A


Primeira Fonte é tudo de nós. É o Nós Coletivo. Não é um Deus vivendo em

4
algum lugar distante do universo. A Primeira Fonte é o Coletivo Humano
sem o peso do SMH. A Primeira Fonte se divide em expressões
individualizadas – nós. No início, habitávamos dimensões que não eram
materiais, mas existiam em níveis quânticos de tempo e espaço.

No entanto, as dimensões cresceram em densidade através da expansão da


criação (nossa criação), nós, como seres individualizados e
interdimensionais, fomos seduzidos a entrar no corpo humano. Este ato de
sedução foi uma conspiração conjunta de forças lideradas por Anu, o Rei
dos Anunnaki, que precisava de escravos para trabalhar em minas de ouro
que existiam em abundância na Terra. Esses seres que hoje conhecemos
com Atlantes, eram seres interdimensionais que viviam na Terra, e Anu,
com muita perspicácia, os convenceu a incorporar em instrumentos
humanos.

Essa incorporação foi uma grande experiência para o projeto humano, e o


Sistema da Mente Humana (SMH) era o cerne deste projeto. Anu percebeu
que o único caminho para escravizar os Atlantes seria envolvê-los em um
sistema mental que reduzisse sua capacidade de expressar sua verdadeira
natureza, e que, em vez disso, reproduzisse programas implantados dentro
do SMH. Esses programas foram criação de Anu e de seus cientistas.

Complexo Deus-Espírito-Alma (CDEA)


Este é o elemento central do SMH que mantém a ideia de separação,
desunião. O ser humano individualizado, livre do SMH, é chamado de
Soberano Integral na mitologia WingMakers. Esta é a verdadeira
identidade de cada um e de todo ser humano. Neste modelo de Soberano
Integral, somos Deuses de nosso meta universo local, e coletivamente,
somos a Primeira Fonte no meta universo.

Porque o CDEA é o que mantém a ideia de separação? Temos dois


caminhos: Religião e Espiritualidade – faces diferentes da mesma moeda, e
esta moeda é CDEA. E Anu, uma entidade inteligente e engenhosa, sabia
que os humanos evoluiriam e nessa evolução poderiam começar a se
lembrar que eram Soberanos Integrais. Tenha em mente que os Atlantes
foram seres altamente evoluídos antes de incorporarem o instrumento
humano da criação de Anu. Lembrem-se também que o instrumento
humano não é simplesmente o corpo físico, mas que também inclui as

5
emoções e o SMH, e que esse instrumento humano é formatado de tal
maneira que, quando o corpo físico morre, um corpo dimensional superior
ou “estojo” que faz parte do corpo físico, continua.

Alguns se referem a isso como alma, outros como corpo astral, mas é
simplesmente um “estojo” para que o Soberano Integral continue a operar
e permanecer preso ao SMH e a maioria de seus programas. Portanto,
mesmo após a morte, o Soberano Integral não está livre das influências do
SMH ou dos programas do instrumento humano.

Os Anunnakis criaram o SMH para confinar o Soberano Integral – o


verdadeiro Eu que é infinito e eterno – em uma prisão de ilusões e enganos.
Portanto, o instrumento humano foi adaptado para o SMH e o Soberano
Integral foi colocado dentro dele como a energia vital que impulsiona o
instrumento humano. Uma característica do Complexo Deus-Espírito-Alma
era o programa que chamamos de medo da morte, o medo da separação, o
medo da não existência.

Foi esse medo, tão intensamente sentido pelos humanos, que provocou a
ideia de um Deus separado, um Espírito que preenche o universo e do qual
fomos todos criados individualmente. Não importa como se chega a Deus,
se através da religião ou da espiritualidade, o efeito de minimizar o medo
da morte é o mesmo dentro do indivíduo, e isto está especificado no
programa. Na verdade, Anu, o Rei de Anunnaki, se posicionou para ser
Deus do mundo humano.

O caminho para Deus, independente de religião ou caminho espiritual que


se pratique, tinha o mesmo programa que o sustenta: Você é humano com
uma alma, e esta alma tem que ser redimida para que você seja salvo.
Nesse processo de ser salvo, você se exime da responsabilidade pessoal para
com o mundo. Vocês são recompensados com uma vida eterna no reino de
Deus (seja lá qual for o nome que você chama de Deus) onde você pode
viver em pleno estado de felicidade e/ou se tornar um mestre da luz.

A ideia de um salvador/mestre é uma parte importante do CDEA, e


estimula os seres humanos a procurar um mestre para ensiná-los como
ascender, ser salvo, atingir o nirvana, como viver uma vida de moral, e
como assegurar uma felicidade eterna. Existem mestres de grande

6
sabedoria e luz que permanecem sob o domínio do SMH sem saber de seu
envolvimento. A sutileza é tão poderosa que mesmo quando você sente que
conseguiu a auto-realizaçao, ainda permanece na armadilha do SMH. Esta
armadilha é imensa, especialmente quando comparada com o mundo
material.

Salvadores podem assumir diversas formas, assim como a segunda volta de


Cristo, um Deus furioso, a Terra, espíritos da natureza, hostes angelicais,
profecias, e forças extraterrestres que irão interceder em favor da
humanidade. Cada um de nós é seu próprio e único salvador, o único
mestre que verdadeiramente pode nos levantar e acabar com os sistemas
de supressão e dar-se conta da consciência do Soberano Integral. Esse é o
caminho da liberdade e será discutido nas perguntas posteriores.

Em essência, o CDEA é um aspecto do SMH que perpetua a separação, o


isolamento. Assim como línguas diferentes, diferentes religiões e caminhos
espirituais dividem a família humana, e torna possível que uma raça seja
mais pacífica e facilmente controlada através do CDEA.

Atalho da Rede de Implante do Stress da Morte (ARISM)


Assim como sugere esse longo título, ARISM é a origem e as algemas que
prendem a humanidade ao mundo material. Dentro da região do plexo
solar do instrumento humano está o ARISM que é um subsistema do SMH.
Isto é um pouco complicado, pois você deve olhar para o SMH como uma
rede máster, onde existem nódulos ou implantes que conectam o SMH. Um
desses é ARISM, e quando está preso no plexo solar, é uma rede intrincada
que se projeta exponencialmente para o coração, pescoço e regiões da
cabeça. Esta é uma estrutura etérica que coleta, absorve e distribui medo,
ansiedade, stress e inquietação.

Enquanto o medo do futuro domina este módulo – sob a perspectiva de um


programa – Anu foi cuidadoso ao conectá-lo com o medo da morte e da
não existência. ARISM cria muita disfunção na família humana em termos
de suas deficiências comportamentais. Estimula também os humanos para
a religião e espiritualidade.

Sistema de Polaridade (SP)

7
Este é um sub-nódulo do ARISM projetado para criar polaridades no
SMH, gerando assim, atrito entre as polaridades, e desse atrito, provocar
discórdia e desarmonia. Se você está no SMH, (e você está), então você está
na polaridade. Tão simples quanto isso. Polaridade é o que ativa e alimenta
o SMH. É “alimento” do SMH, pois na polaridade o instrumento humano
está perdido na separação, que é exatamente a razão para o qual o SMH
foi projetado por seus criadores.

Sistema de Manipulação Genética (SMG)


Este sistema foi o resultado de várias raças interdimensionais trabalhando
para criar um instrumento adequado para acessar o mundo físico. Foi
Anu especificamente que queria não apenas acessar o mundo físico a fim
de explorar seus recursos, mas fazer isso anulando os seres infinitos de
comandar os instrumentos humanos, para que tivesse o equivalente a
escravos submissos. Sim, seres infinitos podem ser transformados em seres
finitos quando estão sujeitos ao SMH.

Durante o projeto de desenvolvimento do instrumento humano, decidiu-se


criar o SMG como uma maneira de modificar o instrumento humano ao
longo do tempo à medida que evoluísse, para garantir que nunca
conseguisse atingir o estado de auto realização ou a consciência do
Soberano Integral. Os estados de satori, nirvana, consciência cósmica,
iluminação e êxtase, foram diferentes nomes para estados elevados dentro
do CDEA, que ainda estava dentro do domínio do SMH, mas se tornaram
a chave de controle que acionava as intervenções do SMG. O verdadeiro
estado de Soberano Integral – mesmo após a morte do instrumento
humano – nunca foi percebido por um membro da família humana até
muito recentemente.

Navegador da Totalidade
Este é o elemento do SMH que ativa a autêntica busca por Deus no
contexto da totalidade, unidade, união e igualdade. Algumas pessoas
assumem essa busca porque se sentem obrigados a fazer como uma
maneira de satisfazer as expectativas de seus pais, parceiro, ou por seu
próprio sentimento de culpa. A autêntica pesquisa, assim como foi
determinado pelo Navegador da Totalidade, é um atalho recente que tem
sido trazido para o instrumento humano através do SMG, que é um
sistema aberto. Apesar de ainda ser um instrumento do SMH, é uma falha

8
na segurança para se conseguir o caminho da liberdade. Mais tarde
falaremos mais sobre isso.

Sistema Pós Morte (SPM)


Este é o sistema onde o indivíduo, na morte de seu corpo físico, é recebido
por guias “no outro lado” e revê sua experiência de vida, analisando
aquelas áreas de deficiência e as coisas boas e ruins na vida passada. Em
outras palavras, karma e reencarnação. O SPM é a forma como o
Soberano Integral permanece nas amarras da ilusão, a despeito da ilusão
se apresentar como uma realidade superior quando comparada com a
existência física no plano terrestre. Isto possibilita repetidamente uma
reciclagem do Soberano Integral nas dimensões físicas.

Este processo foi inicialmente concebido como a principal forma através do


qual o mundo seria preparado para o nascimento de Anu na Terra e reinar
como um líder mundial inquestionável. No entanto, essa possibilidade foi
removida como um cenário.

Estes nove componentes constituem o complexo prisional a que todo ser


humano está sujeito quando nasce, vive e morre; não importando quantos
ciclos de nascimento e morte possa experimentar.

9
Com a Supressão do Soberano Integral, estamos todos vivendo em uma
Matriz de um mundo de ilusão e engano. Como os seres humanos não estão
mais a serviço de Anunnaki para a produção de ouro, a transferência
genética do SMH e outros componentes do sistema de supressão, apesar de
tudo, ainda estão operando, e o controle desses sistemas de supressão tem
sido alterado e, por uma ambição desmedida, o controle foi tomado pela
Elite.

Já é passada a hora para os humanos entenderem no que estão envolvidos


e aprendam a dar um basta a isso. Nós somos a chave para nosso problema
e devemos aprender como desativar a matriz da supressão e assim
despertar para a consciência do Soberano Integral, viver dentro de sua
inteligência comportamental, e nos libertarmos das amarras da mente e do
instrumento humano.

Aqueles que valorizam a esperança e a luz, apenas posso dizer que ficarão
desapontados se sua esperança depende de alguém. Salve a si mesmo para
facilitar a mudança neste mundo. Na verdade é como Gandhi dizia: nós
devemos nos tornar a mudança que queremos ver no mundo, mas a chave é
definir qual mudança.

Você já pensou sobre a definição do Eu? O que é que define você? Se você
olhar no espelho e tirar as máscaras, as pretensões, os enganos, os medos,
os pensamentos, os sentimentos, o que sobra? Muitos responderiam que
seria a alma ou espírito. E se lhe disser que a alma – como as pessoas a
definem – na verdade não existe, com exceção da mente, o que você diria?

A mudança que quero ver no mundo é que as pessoas comecem a se ver


como seres multidimensionais cujo centro é o Soberano Integral que é a
essência da Primeira Fonte em uma expressão única e humana. Se as
pessoas estivessem sintonizadas unicamente nesta freqüência, entenderiam
que tudo está conectado na unidade, igualdade e verdade. Esta é a
definição do Grande Portal assim como foi revelado na mitologia do
WingMakers nos últimos dez anos.

10
Cada individuo é um portal para si mesmo, e esse portal é o ponto de
acesso para mundos interdimensionais do Soberano Integral, onde o
instrumento humano, assim como uma roupa espacial que finalmente
é retirada e o indivíduo percebe sua natureza verdadeira e infinita. E
nessa percepção, entende que todos – TODOS – são iguais e nessa
igualdade somos UM. O Grande Portal é quando a humanidade se levanta
como UM SER para esta realização universal e então transcende o sistema
de supressão e se expressa como Soberano.

2012 é uma única página no “livro” chamado Era de Transparência e


Expansão. A vida de ilusão – a era de véus sobre véus sobre véus – está se
dissipando, desde que pessoas saiam da superfície para dentro de si
mesmo, e honrem o Soberano Integral interior expressando sua verdade.
Mas para fazer isso, as pessoas devem estar sintonizadas com suas
consciências deixando de considerar o SMH. Este deve ser o curso de ação
que as pessoas devem se ocupar.

A procura por informações acabou. A busca por um mestre, guru, religião,


caminhos espirituais, acabou, a era daqueles que indicam o caminho,
acabou. A procura por objetos de culpa acabou. A busca por informações
secretas por trás de forças misteriosas acabou. É a manifestação da
consciência do Soberano Integral e a desativação do sistema de supressão
que agora se tornam o foco de cada indivíduo nesta nova era.

3- Pergunta do Project Camelot:


Minha visão pessoal é que nosso planeta é um ser consciente e o planeta e a
humanidade estão se movendo da terceira dimensão para a quarta e quinta
nos próximos anos. Entendo que já entramos na quarta dimensão. De
acordo com os Materiais RA, nem toda humanidade se moverá para a
quinta Dimensão, mas terá aqueles que permanecerão compulsoriamente
em uma terra de terceira dimensão, e isso devido à ênfase que deram a si
mesmos vs servir aos outros.

Como você vê isso?

Se sua visão for diferente, você poderia detalhar seu ponto de vista?

11
Resposta de James: A Terra, como uma consciência, é indefinível. No
momento que você dá uma descrição da consciência da Terra, você a
define, e no momento que você a define você a enquadra na separação, e no
momento que você a separa em elementos você distorce sua verdadeira
essência. A Terra é uma Consciência Anfitriã, e esta é sua essência, embora
isso crie separação e, portanto, um certo grau de engano.

Sim, as dimensões estão mudando, mas isto é um produto do SMH. Mesmo


a crença que as dimensões quase infinitas dos planos astrais e mentais são
reais é uma comparação com o plano físico. Gostaria de dizer a você que o
que está no limite do instrumento humano, incluindo as densidades ou
dimensões físico, emocional (astral) e mental, fazem parte do SMH e ao
sistema de supressão. Não é do Soberano Integral, portanto é
impermanente, existindo em polaridade, separação e engano. Em outras
palavras, é uma criação projetada para ocultar o que vocês
verdadeiramente são.

A Terra não está mudando para uma nova dimensão para elevar sua
consciência e ascender para um estado superior. Nem também poucos
afortunados estão sendo levados por terem feito coisas melhores que outros
e, portanto são os escolhidos. Nós, como uma família humana, estamos
sendo preparados para viver como Soberano Integral na Terra. Isto
acontecerá em 2012? Não.

2012 será sentido como qualquer outro ano para a maioria das pessoas.
Não há um ano ou uma época especifica que definirá a era de
transparência e expansão, a elevação do Soberano Integral. Isto está
acontecendo silenciosamente nos mais inesperados lugares. As pessoas
estão começando a ver que aquilo que tem sido codificado no interior de
seu instrumento humano é um sistema de controle, fraude e manipulação.
E, em algum nível mais profundo, vislumbram uma nova claridade, tão
fugaz quanto poderia ser; se percebem como sendo mais do que um
sistema de sentimentos e pensamentos embalados dentro de um corpo. Isto
é o que está por vir... pessoas despertando de uma realidade virtual dentro
de uma realidade virtual.

A Terra é parte dessa nova transparência. A Natureza já adquiriu esta


nova aparência e mostra isso ostensivamente, mas os humanos ainda não

12
perceberam. Será, em parte, através da Natureza que a família humana
despertará, e a Terra está se preparando para essa eventualidade. Quando
isso acontecer, não será porque a Terra é vingativa, ou Deus, operando
através da Terra, estaria destilando sua ira. É a Terra/Natureza
manifestando sua nova transparência e expansão da sua forma.

Considere a seguinte história: humanos evoluídos, vivendo em um nível


interdimensional foram ardilosamente induzidos a incorporar
instrumentos humanos projetados por uma inteligência alienígena, os
Anunnaki. Como esse “pessoal” era desenvolvido, os humanos fisicamente
incorporados aceitaram totalmente suas limitações, pois tinham um
problema sistemático na supressão da consciência do Soberano Integral – a
força de vida infinita e eterna que vitaliza o conteúdo humano.

Bem no início, a estirpe humana foi misturada com a de seus criadores, e o


caminho evolucionário humano foi acelerado para a diversidade. Parte
desta diversidade estava contida dentro de sociedades de elite que ajudou a
formular a separação da família humana na Rede do Poder do Dinheiro.
Os “Deuses” criadores, os Anunnaki, estavam satisfeitos com suas
operações de mineração e abandonaram a Terra abandonando sua criação
humana.

O genoma humano era adaptável dentro da matriz do Sistema da Mente


Humana (SMH) e evoluiu até os tempos atuais na família humana que
temos nesse início do Século 21. Portanto agora temos uma raça de seres
que estão presos em uma armadilha dentro do sistema de supressão e que
desconhece sua condição, reverenciando Deuses que não existem,
acreditando em paraísos e infernos que fazem parte da paisagem do SMH,
rezando para mestres e salvadores que os absolvam de seus pecados e de
sua letargia moral, e continuando a ter medo da morte e da não existência,
ou seja, não tendo absolutamente conhecimento de sua verdadeira
natureza.

Digamos que você seja o verdadeiro Deus, a Primeira Fonte. O que faria
para despertar as pessoas para suas verdadeiras naturezas? Que processo
usaria para mudar a família humana para uma perspectiva de realização e
informar que tudo que tinha acreditado anteriormente era um engodo e
que tinham sido privados de sua verdadeira natureza, e que tomassem

13
conhecimento que os componentes do sistema de supressão não poderiam
ser removidos da noite para o dia, pois as pessoas iriam enlouquecer, ou
pior ainda, serem destruídas? O que você faria?

A Primeira Fonte limitou os movimentos no “tabuleiro” porque a


humanidade está fechada dentro de uma prisão onde os guardas e os
diretores da prisão controlam o sistema financeiro e mantém e distribuem
o poder entre eles. Os líderes espirituais e religiosos estão igualmente nessa
prisão, ocupando as mais honradas posições, mas ainda dentro da mesma
prisão. Os seres interdimensionais assim como os mestres ascendidos e
anjos também estão aprisionados, embora sua liberdade pareça ser infinita
quando comparada com os presidiários humanos.

Existem pouquíssimos humanos que removeram o SMH e seus inúmeros


sistemas de separação e escaparam da prisão, mas estes são uma
percentagem infinitamente pequena, e geralmente seus trabalhos, histórias
e seus métodos são recebidos como “conversa de louco” por seus amigos
presidiários. E mesmo que alguns humanos escapem da prisão, esta
enviará seus guardas para recapturá-los ou desacreditá-los a ponto de
distorcer seus feitos e rotulá-los como “sobrenaturais”, ou, pior ainda,
diabólicos.

O problema real nesta história é que os humanos dentro da prisão não


vêem a prisão como prisão, ou os guardas como guardas. Não tem a menor
ideia que estão em uma prisão. Portanto, não estão tentando escapar; e
mais, se estão procurando escapar é dos aborrecimentos, ansiedade,
pobreza, dor, relacionamentos ruins, doença, depressão, e desesperança. A
supressão de sua identidade como Soberano Integral que vive em eterna e
incondicional unidade, igualdade e autenticidade, nem mesmo é
considerada em sua busca.

A Terra, consistindo de animais, plantas e reinos minerais, assim como


também dos elementos ar, água e fogo, tudo integrado à Natureza como foi
definido pelo cosmos, é a “Rainha” no tabuleiro que a Primeira
Fonte pode usar. Estes são os instrumentos estratégicos com os quais
paredes específicas da prisão serão destruídas e as pessoas que estiverem
devidamente preparadas podem recuperar suas identidades como

14
Soberanos Integrais e estabelecer uma nova transparência e expansão
dentro de sua totalidade.

Agora, não é porque algumas muralhas da prisão serão derrubadas que


todos correrão para fora e usufruirão da liberdade. A prisão é construída
de muitas muralhas e quando uma cai, há um frenesi inicial de liberdade
relativa, mas permanecem outras e mais outras muralhas depois dessa. A
prisão é um labirinto e até a pessoa não mais depender de pinturas,
imagens, sons, palavras, sentimentos e pensamentos para interpretar seu
mundo, permanecerão dentro de uma muralha da prisão que
anteriormente descrevi como o sistema de supressão do Soberano Integral.

Muitos não se sentirão confortáveis com as características espaciais e o


extenso horizonte desta nova era. Resistirão à transparência e expansão,
pois estão tão fortemente identificados com seu SMH que qualquer coisa
que atinja sua identidade, é percebida como uma ameaça a sua existência.

Outros que estão preparados, facilmente incorporarão esta nova era e


transição, assim como um filhote de águia fazendo seu primeiro vôo – um
pouco desajeitado no início, mas rapidamente domina as habilidades
necessárias. Enquanto a Terra e o Universo Natureza desempenham papéis
principais nessa manobra de liberação, a preparação do individuo é de sua
própria responsabilidade. É uma equação equilibrada: Terra/Natureza +
preparação individual = Realização do Soberano Integral.

O Primeiro Passo do processo é o fator chave da preparação. Se seu


Primeiro Passo para a reivindicação do estado de consciência do Soberano
integral for qualquer coisa que não seja a unidade incondicional, igualdade
e autenticidade na expressão de cada momento, então você colidirá com
muitas muralhas dentro da prisão, e cada vez que faz isso, vai ter que
começar de novo. Portanto, o passo inicial da auto realização deve estar
alinhado com a própria realização. Isto porque são equações matemáticas
que determinam o processo.

4- Pergunta do Project Camelot:


Como você vê aquilo que está para acontecer nos próximos anos, antes e
depois de 2012? Existem muitas previsões de visionários e futuristas que
falam sobre o futuro principalmente no que diz respeito a:

15
A- Inversão do pólo magnético.
B- Mudança no pólo físico
C- Erupções na Coroa Solar.
D- Todos os fatos acima, possivelmente exacerbados pela
aproximação de Nibiru da Terra.
Você poderia comentar sobre esses cenários? Você vê a possibilidade de
qualquer um desses eventos acontecer?

Resposta de James: Deixe-me deixar claro, o universo no qual estamos, no


seu maior esplendor físico e de tamanho faz parte da prisão sobre a qual
falei na questão anterior. Entendo que o termo “Prisão” carrega em si um
sentido negativo, mas se há móveis dentro de uma prisão você diria que é
bom ou ruim? Não, são apenas móveis que estão dentro de uma prisão. É a
mesma coisa para planetas, estrelas e o universo como um todo.

Portanto, o fenômeno que nossos sentidos percebem, seja lá mudança no


pólo ou um terremoto de 9.0 graus, permanece dentro do SMH. Fenômeno
é ilusão. Todos querem uma visão, e se esforçam para ver o outro lado, não
percebendo que essas coisas – imagens e sons – também estão dentro do
contexto do SMH, e que são apenas uma sutil miragem das paredes da
prisão do lado de fora do labirinto.

Acho que na minha resposta (pergunta 3) você pode ver que acredito que a
Terra/Natureza são os principais catalisadores que a Primeira Fonte está
trabalhando para a realização da humanidade como Soberanos Integrais.
Portanto, será uma sensação como se a Terra e todo o universo estivessem
se comprimindo sob o indivíduo, apertando as amarras em torno do seu
ser. Essa compressão é uma ferramenta que está sendo usada pela
Primeira Fonte para ativá-lo.

Com relação ao Nibiru, isto não é um problema. De certa forma isso foi
removido da equação do Soberano Integral por um conjunto complexo de
razões que não vou discutir aqui.

5- Pergunta do Project Camelot:


Temos tido vários relatos de informantes sobre a agenda oculta dos
Illuminati que incluem:
A- Um crash (ou fim) do dólar e uma situação como 1930 nos USA.

16
B- Lei marcial e uma multidão de pessoas em campos de
concentração.
C- Disseminação de vírus ao redor do mundo, o que reduziria 2/3 da
população.
D- População “chipada” e aumento de vigilância eletrônica,
diminuindo cada vez mais a liberdade.
Apesar de termos informações conflitantes sobre os assuntos acima, parece
claro que alguma coisa já tenha começado. Você poderia comentar esses
cenários? Você tem alguma razão para acreditar que alguma dessas coisas
possa acontecer?

Resposta de James: Os sistemas globais de nosso planeta podem ser


pensados coletivamente como um Ser composto de órgãos como coração,
cérebro, rins, etc. Os sistemas globais são os bancos, governo, exército,
religião, educação, produção de alimentos, energia, transporte e comércio,
e cada um desses é um órgão no corpo da Realidade do Sistema Mente
Humana Coletiva, ou, simplificando, o Sistema Coletivo (SC). Cada um
desses nove sistemas globais é um órgão que depende de “células
sanguíneas” para mante-lo vivo, para circular os ingredientes nutricionais
dentro do corpo, e os seres humanos são essas células sanguíneas, e
dinheiro é a respiração que leva o oxigênio para o SC.

Este é o corpo da existência do SMH coletivo, e é exatamente isso que dá


vida aos humanos e torna viável através de seus próprios sistemas de
sobrevivência e a troca de dinheiro. O Sistema Coletivo é a soma dos
sistemas globais, seres humanos e dinheiro. Isto é um sistema, embora
pareça pesado e impossível de administrar, é bem controlável por aqueles
cujas mãos mantém as rédeas e controlam o órgão vital – o cérebro.

O “cérebro” do SC é o sistema bancário. Ele opera no modelo do Primeiro


Passo que a vida é dinheiro, e dinheiro é a vida. Esta é a origem da
existência humana que dinheiro é vida, e nesta única forma-pensamento a
humanidade tem se desenvolvido, reavivando suas antigas lembranças no
nosso sistema bancário atual.

O Sistema Coletivo interage com o SMH e cria as principais “muralhas”


dentro da prisão do SMH falado na questão 4. O corpo do Sistema Coletivo
está falhando, e esta falha é devido a nova era de transparência e expansão

17
que está a caminho. Estas forças do SC e da era de transparência e
expansão estão colidindo em nosso tempo atual, e para que a consciência
do Soberano Integral se manifeste no campo físico, o Sistema Coletivo deve
mudar para acomodá-lo. São como óleo e água – não se misturam.

Assim, aqueles que mantêm as rédeas do Sistema Coletivo têm um grande


medo que algo saia errado. Alguma coisa está acontecendo no mundo que
pressagia uma grande mudança, e mudança não é algo que eles aceitam.
Diante da mudança, que para eles é uma redução de poder, empreenderão
planos desprezíveis para manter a população distraída, inquieta, nervosa,
insegura, ignorante, sobrecarregada com tecnologia, com medo, e sem
força de reação.

Todos os itens que você listou na sua pergunta e ainda mais estão em vários
estágios de planejamento. Isto não quer dizer que serão bem sucedidos,
mas estão sendo planejados, e mesmo no estágio inicial desses planos, você
pode notar a natureza sinistra que tem atingido elementos da família
humana.

O Sistema Coletivo cairá. Deve cair. Os órgãos irão parar e o corpo


morrerá. Isto vai levar tempo, será um processo que levará muitos anos e,
felizmente, proporcionará um estágio de transição para que os humanos
possam se adaptar ao novo corpo que está sendo desenvolvido para
amparar e receber a nova consciência do Soberano Integral – a nossa
origem – para tornar-se conhecida como nós neste mundo.

A medida que cada um de nós nos desprogramarmos e desativarmos nosso


SMH, daí sairá o acesso ao Soberano Integral, e nesse acesso, nós criamos a
melhor oportunidade que temos de derrotar as sinistras agendas que
existem no mundo, e dessa forma, facilitando a transição entre o
deteriorado corpo do Sistema Coletivo de hoje e o novo corpo que irá
substituí-lo.

6- Pergunta do Project Camelot:


Por favor, fale sobre como as pessoas podem se preparar melhor para as
mudanças que estão por vir, independentemente de onde estão hoje em
termos de consciência. Nossa visão é que embora existam preparações que
possam ser executadas na realidade física, um lugar seguro é somente um

18
reflexo da consciência daqueles que lá estão agrupados e nenhum lugar
pode ser necessariamente melhor do que qualquer outro (depende do
caminho que cada um escolheu para experenciar estes tempos)

Resposta de James: Esta é uma pergunta complexa de responder por que


na verdade depende do indivíduo, mas o sistema universal de assistência
para cada um de nós é nossa respiração. É a respiração que nos conecta
com nosso ponto de origem, e quando eu uso este termo não quero dizer
nascimento no físico – esta vida ou qualquer outra. Estou me referindo ao
estado de consciência do Soberano Integral que é nosso estado puro de ser.

Respiração é a forma pela qual o instrumento humano conecta este ponto


de origem em qualquer lugar no espaço-tempo. Respiração é o portal entre
a dimensão física e os domínios quânticos ou interdimensionais, mas isso
não é a respiração normal ou autônoma, mas um específico padrão de
respiração que nós chamamos de Pausa Quântica.

A Pausa Quântica é um simples processo de 4 estágios começando com


uma inspiração entre 3 e 6 contagens, dependendo de sua capacidade
pulmonar, condições e grau de privacidade. Depois de ter tomado fôlego,
respirando pelo nariz, você segura o ar (pausa) por igual contagem, e então
expira pela boca, de novo na mesma contagem, e então segura o ar (pausa)
pela mesma contagem.

O padrão de respiração é descrito abaixo usando um exemplo de contagem


4. A chave é manter simetria em cada um dos 4 segmentos do processo. Se
você estiver usando uma contagem de 3, aplique-o igualmente em cada
segmento. Não é preciso que você monitore isso com precisão, em vez disso
aplique um monitoramento despreocupado do seu tempo para cada
segmento e mantenha a consistência do fluxo.

19
Acima está descrito 1 ciclo, e é recomendado fazer de 3 a 4 ciclos
sucessivamente e então retornar para a respiração normal. Este período de
respiração normal é chamado de período de Consolidação. Mantenha os
olhos fechados durante o processo e sente com as costas eretas em uma
posição confortável, ambos os pés no chão. Quando você começar seu
período de consolidação, é o momento para se concentrar e levar toda sua
atenção para aquelas coisas que borbulham na superfície de sua
consciência, sabendo que estas aparecem por algum motivo. Este é um
excelente momento de aplicar as Seis Virtudes do Coração (gratidão,
compaixão, perdão, humildade, coragem e entendimento) para qualquer
pensamento ou sentimento que se manifeste.

Este período de consolidação normalmente dura de três a quatro minutos,


mas não há um limite estabelecido. Use sua intuição para esse momento.
Geralmente, cada repetição da consolidação, e normalmente são quatro ou
cinco, torna-se menos congestionado de pensamentos ou sentimentos, e no
momento que você entra no período de consolidação final, você se esvaziou
de pensamentos e sentimentos e entrou no domínio quântico.

O diagrama abaixo descreve uma típica sessão de Pausa Quântica. Perceba


que tem três ciclos de respiração e então o período de consolidação neste
exemplo em particular. Isto se repete quatro vezes. Você pode ter tantos
quantos ciclos de cinco de respiração combinados com períodos de
consolidação, e novamente, a simetria é importante.

20
A aplicação da Pausa Quântica pode parecer um caminho improvável para
desativar o Sistema de Supressão do Soberano Integral e mais efetivamente
lidar com a fase de transição que estamos, mas eu o estimularia a tentar
por três semanas e ver os resultado que conseguiu. Somente através de sua
própria experiência você vai poder julgar o valor da Pausa Quântica. Se,
depois de três semanas de prática diária, você experimentar uma nova
claridade e conexão com seu ponto de origem, você se verá motivado para
continuar, e com esta decisão você determina seu novo Primeiro Passo no
qual a unidade incondicional, igualdade e autenticidade podem se
sustentar.

Existem muitas nuances para a técnica da Pausa Quântica, e eu o


encorajaria a descobri-las por você mesmo, da sua própria forma. Esta é
apenas uma técnica básica que compartilhei com você, mas existem
sutilezas para esta técnica que são intensificadores poderosos e acontecerão
para você enquanto você estiver no processo de uso da técnica, portanto
permaneça aberto enquanto a pratica.

Algumas rápidas sugestões antes de começar. A pausa quântica


imediatamente após a expiração pode provocar uma sensação sutil de
pânico para algumas pessoas. Se isto acontecer, abrevie sua contagem para
diminuir o tempo para o segmento seguinte. Por exemplo, se estiver usando
uma contagem de 4 ciclos, diminua para 3. Essa sensação de pânico

21
desaparecerá à medida que pratica a técnica. Esses “tropeços” ou pausas
quânticas têm um objetivo que você vai entender mais para frente.

Gostaria também de sugerir que prestasse atenção na sua respiração – seu


som, sua textura, como ela é sentida dentro dos pulmões, qual a forma de
seus lábios na expiração, como a respiração flui através do seu sistema, etc.
Essa concentração vai alinhá-lo com o Primeiro Passo ou o ponto de
origem do seu Soberano Integral, pois é a respiração o Portal dos seres
infinitos e eternos, o que na verdade você é, e é através deste portal que se
manifesta no estado físico.

Quando se usa a Pausa Quântica, há uma tendência natural para procurar


por experiência de Luz ou ver novas dimensões, falar com Seres ou mesmo
com Deus, ou ter um “deslumbramento” o que realmente confirma que
você está no caminho certo. A prática da Pausa Quântica trará a você
novas experiências e conhecimentos, mas deixe suas expectativas para trás.
De novo, os seres humanos adoram estímulos visuais. Gostam de ver
dimensões superiores, assim como ver para crer. Mas tudo que está no
espaço-tempo quântico não tem similaridade com o Sistema Mente
Humana. O estado quântico é a fonte. É o meta-físico, que precede as
informações visuais, acústicas e sensoriais. Precede os sentimentos e
pensamentos. Existe antes desses estímulos e está, de certa forma, oculto
por trás deles.

A experiência de “deslumbramento” pode se manifestar de tal forma que o


seu SMH não pode interpretar ou traduzir em imagens, palavras,
sentimentos e pensamentos. Portanto, faça seu melhor para eliminar
expectativas de caráter experencial e simplesmente siga sua respiração. O
momento que o Soberano Integral atinge seu SMH e anuncia sua presença,
você nunca vai esquecer, nem confundirá isso com qualquer outra coisa. E
quando o tempo chegar, você talvez esteja escovando os dentes, escrevendo
um e-mail, ou descansando em uma poltrona. Vai acontecer no seu próprio
tempo.

Acrescentando à prática da Pausa Quântica, eu sugeriria que você


considerasse novos paradigmas para seu estilo de vida. Por exemplo, já
falei sobre as Seis Virtudes do Coração com alguns detalhes no site
www.EventTemples.org Esta orientação prática vai ajudá-lo a viver em

22
maior harmonia. Você deverá também buscar utilidade na prática do
Momento Quântico.

O Momento Quântico vai dividir seu dia em passagens de tempo. Em


outras palavras, “momentos”, nesta definição, são passagens de tempo ou
eventos. Por exemplo, digamos que você se levantou da cama pela manhã,
está agora começando uma nova passagem ou um momento quântico.
Antes de você começar a se mover nessa nova passagem, faça uma Pausa
Quântica abreviada – um ou dois ciclos de respiração: inspiração, pausa
quântica, expiração, pausa quântica. Isto determina seu Primeiro Passo,
aterrando o instrumento humano físico no domínio quântico. À medida
que vai pela passagem do levantar, lavar o rosto, escovar os dentes, etc. ,
você está caminhando pelas passagens de tempo.

O Momento Quântico, como seu Primeiro Passo, percebe que o indivíduo é


soberano e infinito e existe ali. Bem ali. Não está voando pelos planos da
alma. Não está escondido em uma túnica de Deus ou Mestre; não está
separado do instrumento humano; e não evita a condição humana. Está e
sempre estará ali. Como disse anteriormente, o momento quântico é uma
passagem de tempo que se assemelha ao momento em que se atravessa um
portal e ao entrar neste portal você experimenta um momento diferente do
da passagem anterior. Estas passagens podem ser simples como andar do
seu carro até sua mesa de trabalho no escritório – este é um momento – e
próximo momento o telefone toca e há uma transição para o novo
momento em que você conversa com alguém.

Sua vida inteira é uma serie de momentos ou passagens de tempo, e em


cada passagem você está acompanhado pelo seu infinito EU que está
procurando uma coisa na Terra: Auto-realização de si mesmo dentro do
instrumento humano.

No nosso mundo, informação e conhecimento estão disponíveis assim como


hidrantes abertos, jogando água para todos os lados. Todos estão lhe
dizendo que o caminho da verdade está nesta ou naquela direção, e o
“caminho” vai levá-lo para a separação, e consequentemente, para a
ilusão.

23
Como você está no Momento Quântico, você vê que a bifurcação na
estrada é sempre um de dois caminhos: a verdade ou desonestidade. A
verdade é o sopro de vida do Soberano Integral. Desonestidade é o Sistema
de Mente Humana que fica repetindo conhecimento e informação e que
ricocheteia em cada esquina de nossas vidas através de telefones celulares,
televisão, livros, seminários, filmes, podcasts, e-papers, websistes, jornais, e
relações humanas.

Para perceber o Eu como o Soberano Integral aqui, e expressar essa


consciência no instrumento humano, é preciso que você se concentre nas
seis virtudes do coração dentro de seu universo local – as passagens de sua
vida através das quais você se move – e as aplique incessantemente. A
chave para a percepção é uma avaliação direta, lúcida e verdadeira de seus
comportamentos e aplicando as seis virtudes do coração para esses
comportamentos que tem se tornado expressões do seu auto-engano e
desonestidade.

O Momento Quântico vai ajudá-lo a estar presente no momento, no agora,


e ver a si mesmo como um observador, sem julgar a si ou aos outros, mas
mantendo uma lúcida avaliação do Soberano Integral e aplicando perdão e
entendimento para a passagem na qual mais recentemente você entrou ao
longo de sua vida. Isto se torna uma maneira de viver.

7- Pergunta do Project Camelot:


Por favor, fale sobre o assunto Ascensão sob seu ponto de vista (ou dentro
daquilo que está falando). O que exatamente é Ascensão? Como você
recomendaria que as pessoas vissem isso e introduzissem isso em suas
consciências espirituais?

Resposta de James: Para entender ascensão é necessário entender suas


origens. O conceito de ascensão surgiu da divisão e desconexão. A religião
concebeu que a Fonte ou Deus estava fora do Eu, vivendo em uma remota
dimensão do espaço, totalmente separada da condição humana. Os seres
humanos não eram realmente dignos de Deus, mas a religião, em seu
estado de auto iluminação, deu aos humanos o conceito de fé. Tendo fé,
Deus descerá e salvará você de sua condição humana, naturalmente, desde
que você tenha fé e obedeça a seus mandamentos.

24
Ascensão veio em seguida, nem tanto pela religião, mas principalmente por
fontes místico-espirituais, e postulando que os humanos não precisavam
ser passivos no emprego da fé, mas principalmente que ascenderiam para a
Fonte. Em outras palavras, em vez de esperar que Deus viesse até você,
você poderia ir até Deus. Humanos, sob a devida tutela de mestres
poderiam aprender como ascender e alcançar a natureza divina, e
tornarem-se um mestre de si mesmos, servindo a Deus e Seu universo como
um emissário da Luz.

Na verdade, religião e espiritualidade tinham a mesma ideia, a única


diferença era que a religião usava práticas de fé passiva enquanto a
espiritualidade usava práticas ativas. O Primeiro Passo da ascensão é a
busca por uma Fonte fora de si mesmo, consequentemente divisão e
desconexão. Qualquer Primeiro Passo que começa na separação é puxado
para o campo gravitacional do Sistema da Mente Humana e se perde na
ilusão.

Portanto, ascensão não é uma característica do estado de Soberano


Integral. Como está escrito em minha resposta anterior, nós estamos aqui e
sempre temos estado e sempre estaremos. Não há nenhum lugar para ir
fora de si mesmo para encontrar Deus, Luz, Iluminação ou Ascensão. Olhe
desta forma, se você é um ser independente de coisas externas, se o
Soberano Integral está definitivamente sempre dentro de você, então para
onde exatamente você quer ascender? É a realização, percepção e não
ascensão. E realização tem, assim como seu Primeiro Passo, a unidade
incondicional, igualdade e sinceridade do Eu em todas as manifestações da
vida. Enquanto o Primeiro Passo da ascensão é: Eu não sou igual à minha
Fonte, minha Fonte está fora de mim, portanto eu preciso ascender para
ela a fim de me tornar um ser superior digno de amor e luz.

Ascensão é o estado de professor-aluno do universo. Isto define os aspectos


sutis do auto-engano daqueles que estão envolvidos em sistemas de crenças
espirituais da Terra e também dos planos interdimensionais. Se você
acredita que está no processo ascensional, faça-se as seguintes perguntas:
Para onde estou ascendendo? Como sei que o ponto final não é no Sistema
de Mente Humana? Os meus quadros mentais de ascensão estão baseados
na minha própria experiência ou fazem parte de sistemas de informações e

25
conhecimento da humanidade – em outras palavras, da abrangência do
inconsciente?

Toda energia, esforços, atenção e aprendizado que são colocados no


processo de ascensão são uma distração de sua própria realização do
Soberano Integral. É como se você perseguisse uma sombra em vez da
identidade. O caminho da ascensão está abrigado no conforto de gurus e
mestres – tanto físico como interdimensional – que supostamente apóiam
sua jornada para a Luz e ao Amor de Deus. Ao longo desta jornada você vê
como isto o exime de responsabilidades relacionadas com as condições
reais deste mundo, como fome, desigualdade, violação, guerra, abuso,
servidão, doenças, racismo e centenas de outras enfermidades. A liberdade
vem na forma de sua jornada em si. A distração. A separação.

A realização da consciência do Soberano Integral é a percepção do


Verdadeiro Eu de cada um, presente em todas as pessoas. Veja a condição
da família humana em relação à sua, e a sua condição em relação aos
demais. Você no momento está engajado em desmantelar o SMH, sabendo
que à medida que trabalha isso, está apelando para a consciência do
Soberano Integral se manifestar no instrumento humano na Terra onde há
uma transparência total e incondicional e, consequentemente uma
expansão.

8- Pergunta do Project Camelot:


Com referência a raça de seres, de quem você se considera o porta voz e
representante, e aqui eu devo admitir que me considero como um membro
desse grupo, mas em consideração aos nossos leitores, por favor responda
sucintamente, se puder, para aqueles que talvez não conhecem o material
dos WingMakers:
- De que planeta ou tempo você é?
- Têm eles uma presença física aqui?
- Qual é sua presente missão aqui na Terra?
- Eles contataram ou se comunicaram com outros humanos como fizeram
com você?.

Resposta de James: Faz quase dez anos que o website


www.WingMakers.com foi lançado na web. Os primeiros conteúdos foram
projetados para ativar determinadas pessoas para a consciência do

26
Soberano Integral. Esta consciência não pode ser examinada no contexto
histórico de alma, atma, espírito ou anima, é preciso ser redefinido, pois o
conceito de alma fez parte do complexo Deus, Espírito, Alma (como
definido na primeira questão), portanto fazia parte do Sistema de Mente
Humana.

Poucas pessoas perceberam isto conscientemente. Na realidade, nos


últimos dez anos o Soberano Integral foi introduzido tibiamente e foi
tomando forma lentamente nos websites WingMakers e Lyricus. Nesta
nova era de transparência o Soberano Integral se elevará a um novo nível
de exposição e acessibilidade.

Aqueles envolvidos nos WingMakers e Lyricus estão focados em introduzir


o estado de consciência do Soberano Integral e dar suporte para aqueles
interessados em tornar concreto sua consciência e portanto seus Eu. Nós
acreditamos que a família humana está programada para acreditar que
isso seja alimentado através dos sistemas de informação e conhecimentos
do mundo e que esses sistemas estimulam e instigam o Sistema de Mente
Humana assegurando que o indivíduo fique perdido na divisão e
desconexão.

Em termos de onde vem os WingMakers, isto não é importante. Nós somos


vocês e vocês são nós. O mundo manifestado da Terra, humanidade e de
toda Natureza, é uma camada da “Cebola”. Existe também um território
que é composto de inumeráveis camadas. – e dentro dessas camadas
residem formas de vida dentro de formas de vida dentro de formas de vida.
Sua complexidade e amplitude não são traduzíveis para a linguagem
humana.

Os seres que existem no universo tridimensional manifestado são humanos


e somente humanos. Os seres que existem dentro de outras “camadas” são
seres interdimensionais que não se manifestam no domínio físico, mas
todos esses seres, tanto humano/físico, como não humano/interdimensional
fazem parte da consciência do Soberano Integral.

Agora, estou ciente que esta nova informação provoca em muitas pessoas
tensão em seus SMH ao ponto de desconforto e apreensão. O SMH não
pode entender facilmente esses conceitos considerando que estão fora de

27
seus padrões de concepção, mas todos vocês tem que praticar a Pausa
Quântica, aplicar as Seis Virtudes do Coração em seu universo local, e
observar através dos olhos do Soberano Integral – a presença quântica que
é profunda dentro de você, que não tem programas, agenda, ilusão ou
objetivo. Está simplesmente: expressando unidade, igualdade e
honestidade incondicionalmente em cada respiração.

9- Pergunta do Project Camelot:


Caso você tenha alguma informação, você poderia falar alguma coisa sobre
as variadas agendas das principais raças de seres que estão monitorando,
ajudando, interagindo, levando alguma vantagem, ou manipulando a
situação aqui na Terra?

Resposta de James: Assim como você pode ter presumido em minha


resposta anterior, o número de seres existentes é infinito, e mais, se ler
cuidadosamente, eu disse que os humanos são os únicos seres manifestos
tridimensionalmente no universo. Aqueles seres que são não-humanos
podem operar dentro do mundo manifesto da tridimensionalidade, mas
geralmente seus corpos não são bem adaptados para nossa densidade, e
acabam morrendo se não voltarem para suas dimensões originais.

A agenda daqueles que são os guardas da prisão está concentrada em uma


única coisa: ocultar a visão das paredes da prisão dirigindo a atenção do
Sistema de Mente Humana para locais de entretenimento que estimulem
seus sentidos. Aqueles que são susceptíveis a essa distração passam suas
vidas completamente inconscientes que estão se chocando com as muralhas
da prisão a todo momento de suas vidas.

Aqueles que têm uma ressonância diferente, cujo Navegador da Totalidade


está desperto e são liderados por ele, estão a todo momento aprofundando
suas percepções. Eles percebem as muralhas no seu cotidiano. E dessa
forma, não temem as muralhas, não temem os guardas e não temem
àqueles cujos guardas servem. Seus processos de realização é perceber as
muralhas a cada respiração, assim podem demolir tijolo por tijolo.

Os seres dentro da prisão são tanto humanos como interdimensionais; a


prisão é dos mundos físicos e interdimensionais. Abrange ambos. Isso não é
como se os humanos estivessem na prisão e depois da morte fossem

28
diretamente para um estado de iluminação gozando dos prazeres do
paraíso. Não, a consciência que você expressa neste mundo vai acompanhá-
lo na próxima dimensão. O humano é igualmente capaz de deixar a prisão
como uma entidade no domínio interdimensional; lembre-se que igualdade
e unidade não é uma questão de ambiente ou de condições vibracionais.

10- Pergunta do Project Camelot:


De alguma forma relacionada com a nona pergunta, temos algumas
evidências de um presente conflito acontecendo entre duas facções de
Anunnakis... assim como entre os Nórdicos e Greys/Reptilianos; incluindo
os Illuminati e vários governos que podem estar alinhados através de
acordos tanto com um lado como de outro...e a soberania da Terra. Você
pode comentar?

Resposta de James: Alinhamento só é feito dentro da Elite Secreta. A Elite


Secreta é a Incunabula. A Elite opera, de uma forma geral, da seguinte
forma: Incunabula > Sistema Bancário > Illuminati > Sociedades Secretas
> Líderes de Governo Mundial. A Incunabula controla o sistema bancário,
e aqueles que “acionam os botões” estão habilmente ocultos. Na realidade,
o sistema bancário é a força através da qual todas as outras organizações e
objetivos são controlados, enfraquecidos, destruídos, ou que permite que
prospere. É o poder alfa do Sistema Coletivo, e, portanto era importante,
se não necessário, para a Incunabula permanecer secreta.

A Incunabula foi projetada originalmente para preparar o domínio


humano para a volta de Anu, o Rei dos Anunnakis que originalmente
projetou e co-criou as espécies humanas. Parte do mito que cerca o retorno
de Cristo estava associado com essa expectativa e furtivamente foi passado
para a doutrina religiosa por aqueles que sabiam da extensão da verdade
da Segunda Volta.

No entanto, Anu não está chegando porque as regras do jogo mudaram


dentro das dimensões. O plano original era que Anu entraria no nosso
mundo muitos anos antes de 2012, o que daria tempo para preparar seu
staff – a Incunabula – para o final dos tempos, ou como se refere a midia
popular, 2012. O final dos tempos foi interpretado como sendo o final da
existência humana programada; a morte do Sistema de Mente Humana – o
desmoronamento total das muralhas da prisão que tanto enganaram a

29
humanidade ao não permitir que realizasse sua verdadeira natureza como
Soberano Integral.

O final dos tempos será como uma forte ventania que passa sobre um mar
calmo e somente aqueles barcos com velas abertas e que estão preparados
perceberão os efeitos do vento. Outros estarão tão distraídos, tão
aterrorizados, que nem mesmo perceberão o vento, ou, se perceberem,
nada acontecerá a eles, pois descobrem uma nova direção, uma nova praia,
um novo caminho de manifestação de vida.

Em função de estar focada na Rede do Poder do Dinheiro, a Elite vê o final


dos tempos como final de seu poder. Com esta percepção, lutam por
posição, procurando estabelecer novos relacionamentos que permitam a
continuidade, ou pelo menos se a Rede do Poder do Dinheiro se consolidar,
quer estar entre os sobreviventes. Portanto, há uma grande luta e
dissimulação entre a Elite.

Há muitas interpretações sobre o final dos tempos, e como mencionei em


meus comentários anteriores, isto será bem diferente para aqueles que
estiverem preparados, comparado com os que são inspirados pelo Sistema
de Mente Humana e estão muito confortáveis e identificados com a prisão
que isso representa. Para eles, o final dos tempos será sentido como um
programa que tem um vírus ou bug, como se o universo tivesse uma falha,
e os levasse para uma desordem perturbadora. Para alguns será muito
assustador.

A Elite, e nisto estão incluídos seus aliados interdimensionais, percebe que


o resultado final do programa humano é uma incógnita. Não é algo
conhecido. Sua implicação para a Rede do Poder do Dinheiro, a
salvaguarda que perpetua seus controles, é algo incerto, mas sabem que a
mudança está em ação e que é de tal magnitude que ultrapassa os padrões
históricos.

11- Pergunta do Project Camelot:


Por favor, fale sobre o papel da canalização vs informações recebidas por
aqueles que trabalham com visão remota e o papel da profecia nessa nossa
marcha para o futuro. Por favor, fale também sobre o papel das profecias

30
Maias, Hopi e da First Nation (p.ex. Aborígine) e quão precisas e
pertinentes podem ser em fazer previsões.

Resposta de James: Canalização é um subproduto do Complexo Deus-


Espírito-Alma, e, por conseguinte o Sistema de Mente Humana. As origens
da canalização originam-se da tentativa de Anu de automatizar sua
personalidade no reino humano, pois percebeu que o acesso entre as
dimensões e o ambiente manifesto da humanidade estaria bloqueado. O
CDEA era seu sistema de automatização que expressava sua presença
dentro do mundo do homem.

Canalização originalmente era o equivalente da possessão demoníaca na


qual as entidades interdimensionais insinuavam-se no instrumento
humano e liam um roteiro preparado por eles, normalmente um operador
do CDEA, cuja intenção era levar esperança, amor, verdade, sabedoria, e
doutrinações cosmológicas para a humanidade através de sistemas
espirituais e, em menor extensão, religiosos para a família humana.

Em tempos mais recentes a canalização tornou-se mais automatizada,


usando roteiros pré-programados, tonalidades de voz, gestos, e sotaques
que são implantados no SMH do indivíduo canalizador, e literalmente
“difundido” para posterior divulgação e disseminação entre aqueles que
têm sintonia com o CDEA e procuram pela iluminação.

Os materiais canalizados, um dos seus inúmeros artifícios, eram prodígios


cosmológicos que geraram respeito e fé instantânea em seus leitores. Obras
como O Livro de Urantia, Conversas com Deus, Seth, Agartha, Alice
Bailey, e um sem número de outros, foram todos textos preparados para a
humanidade, escritos por entidades dimensionais sob a direção do CDEA e
distribuídos para o consumo humano para garantir que os humanos
permanecessem saciados com divisão e ilusão – dentro de uma aparência
de verdade espiritual e cosmológica.

Se você analisar a canalização com cuidado, vai poder verificar que não há
menção ao Soberano Integral, o silêncio que é você. Falam sobre paraísos,
Deus, seres angelicais, inteligências extraterrestres, trabalhos de orientação
de seres ascensos, processos de ascensão da alma, moralidade, práticas de
vida, alinhamento com Deus, vida após a morte, e o complexo professor-

31
aluno comandando o universo. É tudo projetado para difundir separação e
satisfazer àqueles buscadores que a verdade está no plano material,
portanto, não precisam sair da prisão para encontrá-la; simplesmente
precisam ler ou ouvir com suas mentes.

A visão remota se conecta com o inconsciente ou se ajusta ao campo do


Sistema da Mente Humana. Dentro deste campo de inconsciência aqueles
que fazem visão remota podem acessar o sinal astral da Terra ou de
qualquer outro planeta ou sistema coberto pelo SMH – todo universo físico
conhecido. O sinal astral é como um reflexo em um espelho granulado.
Falta textura e detalhes, mas a figura geral existe. É muito sensível, e às
vezes desconhecido por quem faz a visão remota, a ponto do assunto estar
em um “fuso” de tempo completamente diferente que pode estar distorcido
em milhares de anos.

Os que fazem visão remota podem também ser influenciados por campos
dimensionais mais sutis que não são manifestos fisicamente. Portanto, às
vezes suas imagens não são deste mundo, e embora pareçam do mundo
físico tridimensional, na realidade são do mundo astral ou mental.

Quanto a profecias, as Maias em particular, eram muito avançadas, pois


tinham sacerdotes específicos de uma mistura genética entre humanos e
Annunakis, o que permitiu a eles entender a matemática avançada do
Sistema da Mente Humana. O SMH é uma equação matemática complexa
para seu nível básico. Entendo que isto possa não parecer possível, mas se
você acredita ou não, isto não é importante, tudo que vou explicar é que
para que uma profecia possa funcionar, a predestinação tem que existir, e
se isso é verdadeiro, a matemática seria parecida com a razão, correto?.

Em termos de profecia existem apenas dois temas de importância. Uma


profecia que está relacionada com o Grande Portal (como é conhecido
dentro dos WingMakers) e outra que é sobre o Final dos Tempos. A
profecia do Final dos Tempos é atribuída aos Maias, mas como falei
anteriormente, havia uma influência Anunnaki para a profecia devido a
uma mistura genética das duas raças, o que já é uma outra história.

A Profecia do Final dos Tempos, na realidade iniciou-se na época dos


Atlantes. Havia um indivíduo na liderança Atlante que tinha um grande

32
conhecimento de profecia, de tal forma que até Anu sabia sobre ele. Vou
chamar esse indivíduo de Cogniti, e era ele que tinha a habilidade de
perceber, e mais importante ainda, lembrar e divulgar a profecia do final
dos tempos. Esta profecia foi descrita para Anu e foi uma visão
arrebatadora que levou Anu a separar o Céu da Terra.

A profecia de Cogniti dizia que haveria uma pessoa em um muito distante


futuro que abriria a Terra para planos interdimensionais. Que a Terra não
poderia ser separada do Céu à medida que era o destino do indivíduo
reivindicá-lo. Anu, não estava satisfeito com essa profecia e isso o inspirou
a separar os Humanos dos planos interdimensionais, e em vez disso criou
novos mundos que faziam parte do SMH, instalando programas dentro do
CDEA (Complexo Deus-Espirito-Alma) que incluía conceitos de
reencarnação, vida após a morte, e planos astral, mental e alma.

A profecia do Final dos Tempos, como Cogniti descrevia, era uma ameaça
para Anu, pois se sua criação – seres humanos – pudesse acessar as
dimensões, entenderiam que tinham existências programadas, sombras
disfarçadas de seu eu verdadeiro. Desta forma foi essa profecia que gerou o
CDEA e tornou-se um dos mais complexos labirintos no arsenal de Anu
para escravizar a humanidade.

A segunda profecia era o Grande Portal, e essa era para que não só uma
pessoa descobrisse o portal para as dimensões do Soberano Integral, mas
toda humanidade. É o retorno da humanidade para seu status de Soberano
Integral livre do SMH, ainda uma manifestação silenciosa na Terra dentro
do instrumento humano. Em resumo, é a transformação do instrumento
humano em uma ferramenta de expressão para o estado de consciência do
Soberano Integral.

Apesar dos Hopis e muitas outras culturas indígenas terem visões


proféticas, a maiorias delas são programas dentro do SMH, ou dentro das
paredes da prisão ou são ecos dos dois principais temas proféticos que
ressoam com o domínio inconsciente do SMH que acabei de descrever.

12- Pergunta do Project Camelot:


Entendemos que os Translúcidos e outros Ets disseram que a tecnologia do
portal do tempo tem uma função de como o planeta sobrevive ao

33
movimento dentro do plano galático. A tentativa mencionada por Dan
Burish do Majestic de fechar os portais artificiais (a fim de evitar uma
catástrofe) é uma tentativa autêntica – e isso ajudará com sucesso a
transição suave de nosso planeta para o plano galático?

Resposta de James: A transição do planeta não depende de nada, um


salvador ou uma tecnologia. Tenha em mente que a família humana, seres
dimensionais, Terra, Natureza, e Universo estão todos unidos no Tom da
Igualdade (como descrito na filosofia dos WingMakers). É exatamente essa
igualdade que mostra que a separação não é real. Qualquer coisa que tem
origem na separação é fraude ou o SMH.

A Terra está indo na direção da igualdade e isso é tudo que é necessário.


Comentar os portais dimensionais e outras tecnologias de manipulação do
tempo-espaço apenas alimenta a ilusão da separação. É uma encenação do
SMH.

13- Pergunta do Project Camelot:


A saga dos WingMakers enfatiza a descoberta do que pode ser visto como
um sistema de chakras no planeta e que sua ativação resultaria em efeito
tipo kundalini que levaria a Terra da terceira para a quinta dimensão e
portanto fora do caminho de Nibiru e qualquer outro potencial invasor de
uma raça robótica de seres. Isto é um bom retrato do que precisa acontecer
para evitar um cataclismo ou uma invasão?

Resposta de James: Sua interpretação é interessante, mas não é precisa no


objetivo. Primeiramente, os sete lugares dos WingMakers estão situados
cada um em um continente, e não representam um sistema de chakras, mas
sim o mundo simbólico que está oculto em cada cultura. A mitologia dos
WingMakers é uma ponte que liga o Soberano Integral e o Sistema da
Mente Humana, e é projetada para despertar o interesse em tirar as
máscaras do SMH em favor da identidade do Soberano Integral. É um
processo de preparação que é diferente para cada pessoa, pois toda pessoa
que está no instrumento humano está presa dentro do SMH em níveis
diferentes.

Sempre tenho dito que os materiais dos WingMakers são codificados, que
esta codificação foi projetada para preparar as pessoas para despertarem

34
para suas mais profundas estruturas (fora das paredes da prisão) e ajudá-
las a tornar mais fácil o caminho para o novo território do Soberano
Integral. O Soberano Integral não é um lugar sem dificuldades, belo, livre,
sem dor, e paradisíaco. Na realidade é a consciência de como todos somos
um e iguais à Primeira Fonte, e que isso faz cada um de nós responsáveis
pela prisão e pelo fluxo desses eventos anormais.

Como se pode deixar o corpo após a morte e circular pelo reino do paraíso
que é lindo e estimulante, enquanto seus amigos humanos são deixados na
Terra para sofrer na prisão de seus dissimulados SMH? Alguns diriam que
é por causa do Karma e que esses pobres seres encarnaram para melhorar
suas capacidades. Mesmo que isso fosse verdade, seria suficiente para você
abdicar de sua responsabilidade de apoiar e ajudar seus companheiros
humanos? Lembrem-se, nós todos somos um. Todos nós existimos no Tom
da Igualdade como soberanos unidos na Primeira fonte.

O que acontece a um, acontece para todos.

Quando falo daqueles que estão perdidos na prisão sem que saibam, não
estou me referindo apenas aos oprimidos - aqueles famintos em campos de
refugiados, aqueles com problemas de saúde insuperáveis ou aqueles que
sofrem com abusos (isto apenas para mencionar alguns tipos de opressão).
Não, estou me referindo a toda humanidade encarnada na Terra e àqueles
que estão nos planos astral ou mental e ainda permanecem na prisão. Se
você não tem o potencial do Soberano Integral, você está em algum lugar
dentro da prisão, e embora pareça óbvio, é preciso dizer – isto inclui os
guardas e os carcereiros.

Agora, a força robótica que você se refere (o Animus na mitologia dos


WingMakers) é uma representação simbólica das forças ocultas. Elas não
são reais, no sentido que possam representar uma ameaça para a
humanidade, agora ou no futuro.

Aqueles que tenham elevado suas consciências e aprofundado suas


percepções até o ponto onde possam sentir o Soberano Integral e
experienciá-lo – não importa se apenas fugazmente – são eles que devem
expressar este novo estado de honestidade e autenticidade. É o tempo de
Nunti-Sunya, que é o mensageiro do silêncio e da vacuidade. Esta é uma

35
expressão antiga e codificada para o Fim da Prisão. A “vacuidade” é a
presença ou estado quântico onde está o Soberano Integral.

Como falei na resposta anterior, Nibiru não é mais uma ameaça para a
Terra. Nossa ameaça é o Sistema da Mente Humana e sua natureza que se
auto-perpetua.

14- Pergunta do Project Camelot:


Temos informações que dizem que os Anunnaki estão aqui, trabalhando
com os atuais governos e em nossa base em Marte. Você concorda? Nibiru
é um planetóide que contem o lado negativo dos Anunnaki e que está vindo
em nossa direção?

Resposta de James: Concordo que os Anunnaki estejam aqui, mas não são
eles a ameaça. Como falei antes, a ameaça real é a indiferença das pessoas
em tentar se livrar do SMH e caminhar para o Soberano Integral. A Elite,
em todos os níveis, dirige a atenção da humanidade para esforços que
constroem o mundo de acordo com suas necessidades. A Nova Ordem
Mundial existe neste momento, e os Anunnaki e seus prepostos estão no
controle disso. Independentemente do nome que vocês dão a isso, o mundo
está definitivamente caminhando para uma nova ordem, e tem aqueles
dentro da Elite que estão avaliando a tomada de consciência dessas
mudanças pelas “massas” e qual seria a o impacto.

A fim de garantir que a rebelião da humanidade seja controlada, a Elite


utiliza o entretenimento, a midia, religião, governos e os sistemas de
educação para dessensibilizar a humanidade para problemas reais,
mantendo sua atenção em coisas banais e sem importância, ao mesmo
tempo em que monitoram suas reações.

Você pode argumentar que isso é paranóia, ou que as pessoas são ingênuas
e facilmente manipuladas. Se você escolher uma ou outra alternativa é
sinal que ativou seu Sistema de Polaridade. Parabéns. O problema é se
você se identifica com a idéia do SMH ou do Soberano Integral. Se for com
este último, permita que essa ressonância o guie, e, de maneira informal,
libere sua atenção daqueles elementos que refletem ou fazem parte do
SMH.

36
15- Pergunta do Project Camelot:
O que você sabe sobre as bases na lua, em Marte e sobre as várias raças
(inclusive a humana) que tem bases nesses lugares?

Resposta de James: Desculpe parecer um disco quebrado que fica se


repetindo, mas, posso responder sua pergunta de forma afirmativa, ou
seja, existem bases na lua (e em outros planetas no sistema solar), e muitas
dessas bases não são manifestas em nossa dimensão humana. Em outras
palavras, um humano poderia estar em frente a essas bases e não percebe-
las. Este fenômeno é semelhante aos astros que as pessoas fotografam, mas
não conseguem ver com os olhos humanos. Da mesma forma que UFOs
que são fotografados por câmeras, mas não são vistos com os olhos
humanos.

A grande maioria das espaçonaves extraterrestres é visível apenas por


curtos períodos de tempo, porque o sistema gravitacional na Terra “puxa”
suas aeronaves para nossa dimensão, tornando-os visíveis aos nossos
sentidos. Na lua, esses campos gravitacionais não são decisivos.

As bases foram desenvolvidas por outras raças, principalmente pelos


Anunnaki, como pontos de observação e armazenamento.

16- Pergunta do Project Camelot:


O que você sabe sobre se o Poder Estabelecido (Powers-that-Be) será bem
sucedido e sobreviverá a uma mudança do pólo ou cataclismo nas bases
subterrâneas que construíram com essa finalidade?

Resposta de James: As bases subterrâneas não são imunes às mudanças. Se


a Terra/Natureza quer que toda humanidade sinta essa compressão dos
mundos quânticos com os mundos manifestos, não haverá lugar que o
evite. Terremotos e inundações, para dar dois exemplos, podem danificar
instalações subterrâneas na mesma intensidade que podem danificar a
superfície. Aqueles que acreditam que podem manipular a Terra/Natureza
sem conseqüências, aprenderão que isso não é possível.

Para ser claro, não estou sugerindo que mudanças terríveis na


Terra/Natureza são iminentes e inevitáveis, estou dizendo que ninguém
ficará imune a seus efeitos quando ocorrerem, pois somos um e iguais em

37
existência. Há aqueles dentro da Elite que acreditam ter imunidade, mas
estão tão perdidos dentro dos programas do SMH que se manterão
iludidos e condicionados a ponto de acreditarem que suas ações não
recairão sobre eles, irão junto com eles na próxima dimensão, e os
protegerão até perdoarem e serem perdoados.

Este perdão não é uma expressão bíblica ou uma superficialidade religiosa;


é a natureza do Soberano Integral de permanecer inacessível até que o
indivíduo na expressão humana (SMH) se erga e declare ao seu universo
local: CHEGA! Nunca mais vou fazer parte dessa fraude. Nunca mais vou
contribuir com minha energia para esse engodo. Nunca mais vou ficar
quieto enquanto outros sofrem. Nunca mais vou ficar em dúvida e permitir
que aqueles que estão no poder decidam meu destino. Não mais serei
engolido pelos delírios da Elite. Nunca mais vou tomar atitudes em um
tempo futuro... o tempo é AGORA.

Se você fizer isso – não apenas em palavras, mas em ações – verá um


universo se abrir na sua vida; um tipo de vazio e quietude que não pode ser
definido ou entendido pelos humanos. Este é o lugar no qual você pode
levantar-se e radiar a unicidade, igualdade e a autenticidade do Soberano
Integral. É essa atitude que mudará o mundo. Não serão as organizações,
as seitas, ou as forças armadas que trarão a mudança. Eles não podem
enfrentar a Elite. Somente o Eu, o Soberano Integral, trabalhando em
harmonia com a Terra/Natureza pode enfrentar a Elite e tomar a
liderança na era de transparência e expansão.

Quando você expressar a autodeterminação de forma genuína e lúcida com


todas as suas texturas e sutilezas, você estará atraindo os novos
comportamentos do Soberano Integral. Esses são todos os sinais do perdão
autêntico; não são comportamentos hipócritas como a submissão de um
crente culpado que entoa rituais de perdão mecanicamente. Apatia,
cegueira, total devoção à Rede do Poder do Dinheiro, são todos
impedimentos para acessar o estado do Soberano Integral. Você se
manterá afastado disso. Perdão é a fórmula ativa de autodeterminação da
sua situação atual e a aplicação de novos comportamentos que estão em
ressonância com o Soberano Integral.

38
Perceba sua vida em cada momento e veja se você está operando no SMH
ou está calmamente cuidando para se livrar das amarras que o mantem
preso. Se você sentir que seu comportamento reflete um estado de unidade,
igualdade e autenticidade, então você está na sintonia do Soberano
Integral.

17- Pergunta do Project Camelot:


Você se considera um viajante do tempo voltando para ajudar a guiar o
planeta nesta transição? Você veria alguns outros grandes mestres ou
personalidades mundiais dentro desta perspectiva?

Resposta de James: Assim como todos que estão incorporados no


instrumento humano, vivendo esses tempos, sou tanto meu Eu soberano
como sou a Primeira Fonte. Sou mais consciente deste estado do que
outros, mas esta é a única diferença. Sou um daqueles que tem sido
expostos à vida fora da prisão, e voltei não com descrições do “outro lado”,
mas com trabalhos codificados, técnicas e sistemas comportamentais que
podem ajudar as pessoas a se alinharem com seu Eu sobrenatural, e a se
movimentarem na nova era de transparência e expansão com maior
facilidade.

18- Pergunta do Project Camelot:


Nossa filosofia é que ocultar às claras é mais sábio... ou, em outras
palavras, o melhor local para ocultar é onde todos podem ver. Você optou
por permanecer oculto e totalmente anônimo. Você poderia explicar a
filosofia que está por trás disso, sua experiência com o PTB (Power that Be
– aqueles que detem o poder) e a vigilância em relação a você e ao seu
trabalho e quais circunstâncias e condições o motivaria para se apresentar
pessoalmente no futuro?

Resposta de James: Meu anonimato não está relacionado com me esconder


“daqueles que estão no poder” (PTB). Eu sou um ser infinito assim como
você e todos os demais. Minha razão para o anonimato é pelo meu desejo
de deixar os trabalhos falarem por si só, sem o culto à personalidade ou
imagem, assim como não sou uma imagem ou personalidade. Além disso,
“aqueles que detém o poder” sabem quem eu sou e como me encontrar, se
quiserem.

39
Meu papel, tão solitário quanto possa parecer, é reapresentar o Soberano
Integral para a humanidade. É um conceito de palavra codificado que tem
muitas, muitas camadas. Algumas pessoas imediatamente se identificarão
com a abrangência do conceito, sem saber a razão e o que a palavra
significa. Quando isso foi introduzido dez anos atrás com o website
WingMakers.com, foi aberto até um determinado nível. Agora, através
desta comunicação, e daquelas que virão, uma nova camada do seu
significado está sendo revelado.

O Soberano Integral é o Ser transparente da expansão, exclusivamente


adequado para a era a qual começamos a entrar. É o portal através do
qual o indivíduo pode experenciar a Primeira Fonte em uma unidade
incondicional, igualdade e verdade. Não é a alma ou espírito. Não é Deus.
Não está relacionado com o Complexo Deus-Espirito-Alma. Está fora da
ideia do Sistema da Mente Humana. E é exatamente por isso que pode ser
um desafio entender o que é o Soberano Integral, e porque é necessário
uma preparação significativa para experimentar suas qualidades
incomparáveis e expressões dimensionais.

O Soberano Integral está fora da prisão, e mesmo assim, devido à sua


natureza infinita, abrange a prisão. Como um elemento abrangente do
corpo humano está tão perto quanto sua respiração circulando dentro do
seu instrumento humano, e mesmo assim permanece na sua existência
quântica própria, no vazio e no silêncio. Sei que a descrição de vazio ou
vacuidade não é satisfatória, e para alguns, um tanto quanto assustadora,
mas o vazio que falo é simplesmente aquilo que é vazio de ilusão – os
engodos e separações do Sistema da Mente Humana.

Finalizando, considerando que esta foi sua última pergunta, gostaria de


acrescentar que sei que minhas respostas para este conjunto de perguntas
podem causar em algumas pessoas uma sensação de estar perdido – talvez
não imediatamente, mas nos dias e semanas adiante, você se assenta e
continua o seu desenvolvimento. Quero garantir a você que isto é normal.
Essa sensação de estar perdido é uma conseqüência de se deixar levar pelas
coisas que o amarram no Sistema da Mente Humana, e qualquer coisa que
tenta soltá-lo dessas amarras, que afirma que sua compreensão, crenças
em multividas têm sido baseadas em programas enganosos, é algo muito

40
difícil de aceitar sem uma sensação de perda ou um sentimento de estar
perdido.

Tudo que posso dizer para esses que se sentem perdidos, é que quando se
sentirem que perderam o rumo – inquietos com seus pensamentos e
sentimentos – estarão mais perto de se encontrarem. Permita que esse
reconhecimento o conforte. As realizações do Soberano Integral vêm em
ondas para a maioria das pessoas, são como camadas que são descascadas,
uma de cada vez, e gradualmente permitem a total realização, e quando
essa realização acontecer para cada um de vocês, é algo que é melhor que
seja deixado no mistério. Vocês saberão quando isto chegar, mas na nova
era, as condições são favoráveis e o processo está se acelerando com
preparações como a Pausa Quântica.

Por favor, seja paciente com seu processo. Dentro de Lyricus nós
chamamos esse processo de O Ponto de Origem, pois, quando acontece
você vai se ver fora do Sistema da Mente Humana e sentir que seu Eu
voltou às suas origens. O que na realidade nunca deixou, apenas sente
como um retorno quando acontece a transição do Sistema da Mente
Humana para o Soberano Integral. Esta percepção de retorno dura
somente uma fração de segundo até que a verdade seja totalmente
restabelecida.

Aqueles que têm acompanhado os trabalhos do WingMakers.com,


Lyricus.org e EventTemples.org, podem se espantar com minhas respostas
tão diretas, pois se originam de uma geometria diferente de meus trabalhos
anteriores. Existem muitas razões para isso: primeiro é que estamos em
um novo tempo, a era da transparência e expansão está a caminho e está
colidindo com a agenda da Elite. Outra razão é que as questões levantadas
por Kerry e Bill nunca tinham sido discutidas anteriormente nos fórums
públicos, portanto vocês estão entrando em contato com este material pela
primeira vez. E finalmente, como parte do meu compromisso pessoal de
revelar o próximo nível do Soberano Integral, é preciso ser mais claro e
objetivo na versão original do conceito.

Perguntem a si mesmos: Quem eu seria se mestres, Deus, Luz ou um


salvador extraterrestre não existissem? O que faria se eu fosse tudo isso no
meu mundo? É hora de assumir a responsabilidade de seu eu. Levantar-se

41
e incorporar a unidade, igualdade e autenticidade de quem você é, pois não
vai conseguir expressar o estado de consciência do Soberano Integral, se
ficar sob o jugo de um Ser Supremo ou um Mestre.

Na verdade, o que importa nesse império de ilusões, que tenho chamado de


prisão, tinha que ser criado para escravizar os humanos sem que
soubessem que eram escravos. E todo trabalho que tem sido feito desde a
primeira escravização da humanidade por Anu, tem sido uma ilusão, pois
os humanos nunca consentiriam com esse caminho, e Anu e a Elite, com
certeza sabiam disso. A Primeira Fonte está se reativando dentro da
família humana. Você pode estar em uma condição de esquecimento, mas
não esqueceu. Você nunca esqueceu.

Nunti-Sunya

Do meu coração para o coração de vocês,

James

Perguntas adicionais enviadas a James por Kerry Cassidy

James,

Antes de tudo gostaria de agradecê-lo pelas maravilhosas respostas para o


conjunto de complexas perguntas que fizemos.

Espero que não se importe se fizer mais algumas perguntas esclarecedoras


que estão relacionadas com assuntos diretamente ligados com o nosso
Projeto Camelot e que afetarão a direção para onde estamos indo no
futuro.

Entendo que livres do SMH somos Soberanos Integrais, deuses de nosso


multiuniverso local e a Primeira Fonte. E que o Complexo Deus-Espirito-
Alma é o que nos mantem no SMH...

42
Apesar do CDEA não nos conduzir para o reconhecimento desta verdade,
você também declarou nos Materiais do WingMakers que estes são
representantes da Raça Central e que a Raça Central era/é o que podemos
chamar de Elohim ou criadores de nossas galáxias e de toda vida (os
zeladores genéticos do Universo). Foi dessa forma que você colocou em um
segmento dos materiais do WingMakers.

Tendo isto em vista, Anu e os Anunnakis devem, portanto, fazer parte dos
WingMakers. E mais, como você mesmo diz, Anu foi capaz de “seduzir” os
interdimensionais Atlantes para tomar corpos humanos e então tornarem-
se prisioneiros do SMH e, em um ciclo recorrente do qual não há como
fugir para conhecer sua verdadeira natureza, isto é, para se reconhecer
como soberano integral e consequentemente como a Primeira Fonte.

Em frente a este dilema, pergunto:

19- Pergunta do Project Camelot:


Quem foi Anu, e qual era seu objetivo, e porque?

Resposta de James: Anu assumiu o trono do reino dos Anunnakis devido


sua superior sabedoria e uma mente manipulativa, e se lançou como o
“Salvador” perante sua raça, o que veio a ser visto como seu direito inato
diante à dimensão de sua criação. Por qualquer definição humana, Anu é
Deus.

O objetivo de Anu é multifacetado e duvidoso para ser totalmente claro,


pois na verdade depende de quais coordenadas de espaço-tempo você se
utiliza para avaliar. Em uma determinada coordenada, você poderia dizer
que sua genialidade lhe concederia um status de Divindade, e por outro
lado, em uma coordenada diferente, você poderia dizer que ele seria Satã, e
a verdade é que ele é tanto um como outro, ele é ambos, de novo, pela
definição humana.

Entre os planos interdimensionais da existência, onde entidades e seres


existem como expressões individuais da Primeira Fonte, há raças de seres
que existem em dimensões vibracionais diferentes. Existem inúmeras raças
diferentes e, assim como na natureza, existe um processo de seleção natural
que estabelece quais espécies conquistam uma posição dominante entre

43
várias raças. Os Anunnakis são a raça de seres que despontaram dentro
dos planos interdimensionais, e foi seu rei, Anu, que previu o processo que
o teria elevado como Divindade. Esta história é contada em centenas de
formas diferentes em várias mitologias, e Anu é reverenciado como Deus
por aqueles que são sinceros, e que ainda desconhecem a origem do
conceito de Deus.

O objetivo de Anu, como é conhecido pela humanidade, era criar uma raça
de seres manifestas fisicamente que pudesse controlar. Foi seu impulso
criativo que o levou a aspirar a Divindade e ser venerado por sua criação,
mas ele sabia que isso transpiraria se não fosse capaz de subjugar a
verdadeira natureza humana dentro de um instrumento humano adaptado
ao Sistema da Mente Humana e seus vários subsistemas.

O impulso para ser um Deus-Criador era uma faceta da mente


extremamente privilegiada de Anu, resultado de sua genética codificada, a
ponto de se sentir em condições de imaginar isso para salvar sua raça e
civilização. Foi a partir desse caldeirão de necessidades que começou a
prever a criação de uma raça de trabalhadores na Terra. Foi somente
milhares de anos depois dos experimentos iniciais dos Anunnakis com a
genética humana, quando a raça humana estava a caminho, que a
expressão humana começou a se tornar uma das obsessões principais de
outras raças interdimensionais.

Esta obsessão criou as várias mitologias de extraterrestres que vivem em


outros planetas exatamente como os humanos e que usam aeronaves para
visitar a Terra – alguns são bons, outros nem tanto. No entanto, como disse
anteriormente, a raça humana é a única forma de vida de sua espécie, em
termos de nível de densidade e de seu estado físico manifesto, e isso por
conta da experiência de Anu na experiência do projeto dos instrumentos
humanos que seriam escravizados pelo Sistema da Mente Humana.

Anu era um mestre da observação. Ele entendeu a essência dos seres, e


usou esse entendimento para manipular. Sabia que todos os seres, na sua
mais profunda essência, tinham sido codificados para servir. Existe essa
natural infusão dentro do Soberano Integral para estar a serviço da
unidade de todos os seres, mas, como Anu percebeu, esta aspiração inata
de servir era também uma fraqueza que poderia ser explorada – explorada

44
no sentido que os seres podem ser manipulados em direção à supressão
sem que soubessem.

A mitologia do ouro, sendo o objetivo pelo qual Anu manifestou seu total
sistema de criação, é apenas a fachada. A agenda de Anu era muito mais
abrangente e incluía: ser Deus para todos os seres – interdimensionais e
dimensionais (humanos) – e tomar à força o poder para controlar o destino
do planeta, raças, grupos ou pessoas que é concedido a quem criou o
sistema. Anu acreditava, ou talvez racionalizasse, que simplesmente
proveria os seres humanos e interdimensionais com a satisfação de servir a
Deus.

Respondendo sua pergunta, porque Anu fez isso? Foi simplesmente pelo
poder, mas não poder do tipo de um CEO ou presidente de um país, não,
era um poder de longo alcance e que incluía raças inteiras e planetas, e
mesmo isso não era a razão. A motivação era mais sutil: era para subjugar
a consciência do Soberano Integral, pois sabia que isso era mais poderoso,
mais inteligente, e mais consciente do que ele. Esse foi o verdadeiro motivo
de Anu – controlar o que era mais forte do que ele. É um poder
inconcebível em nosso domínio humano, e quando esse poder é alcançado,
cria um desejo de mais poder, e consequentemente, mais sistemas
sofisticados de controle.

São esses sistemas de controle, “empilhados” uns sobre os outros, que


inibem a percepção de tempo, e de certa forma, permite a Anu operar em
um tempo completamente diferente. Esta diferença no tempo faz com que
esteja a frente de outras raças e que possa controlar o fluxo dos
acontecimentos como um mestre-de-marionetes cósmico. Outras raças
estavam então em desvantagem, pois eram os receptores dos
acontecimentos e não seus criadores. Estavam por trás do fluxo de criação
sempre lutando para preservar, entender, enquanto Anu estava a milhares
de milhas adiante, calculando seus movimentos que outras raças se
deparariam em um tempo completamente diferente.

20- Pergunta do Project Camelot:


Se os WingMakers são a Raça Central e a Raça Central são os deuses
criadores ou Elohim, então os Materiais de RA

45
(http://www.mysticalblaze.com/ProphetsRa.htm) e as canalizações
subseqüentes, como por exemplo as de Wynn Free
(http://www.wynnfree.com/) e outros que dizem estar canalizando Elohim,
são ilusões provocadas pelo CDEA ou são mesmo canalizações dos
WingMakers ou a Primeira Fonte?

Resposta de James: Permita-me responder sua pergunta com uma


analogia. Digamos que eu levasse você para um quarto completamente
escuro – onde não existia um único fóton, mas eu sabia que havia um dial
dentro do aposento e que, por experiência, sabia onde estava. À medida
que eu virava o dial, este emitia fótons de luz de um determinado ponto
cuja precisão eu controlava. Se eu virasse o dial para um lado, o número de
fótons aumentaria a ponto de você começar a ver objetos no aposento,
indistintamente no início, mas perceberia que o quarto, apesar de escuro,
não estava vazio, havia objetos dentro dele, embora não conseguisse
identificar que tipo de objetos eram.

Agora, se eu focasse o emissor de fótons para um objeto específico, e


virasse um pouco o dial, você veria que era a alma humana. Se eu virasse
mais ainda e difundisse os fótons em um padrão mais abrangente, você
veria o complexo Deus-Espirito abastecendo a alma humana como um
sistema circulatório. Se eu continuar a girar o dial, liberando mais fótons
dentro do quarto, veria que existiam objetos, em um fundo distante, atrás
do Complexo Deus-Espírito-Alma, e que esses objetos estavam ainda mais
indistintamente iluminados e misteriosos em suas expressões.

Os objetos que estavam atrás, tenuemente iluminados a ponto de não se


identificar, são o Soberano Integral e sua expressão coletiva: a Primeira
Fonte. O Complexo Deus-Espirito-Alma (CDEA) está no quarto e é o
primeiro objeto a ser iluminado pela luz. Na lânguida luz de milhares de
fótons, o CDEA fica sujeito a interpretações subjetivas de milhares de
exploradores espirituais. Ninguém tem uma visão suficientemente clara
para, com certeza, defini-lo, e, portanto as interpretações continuam de
uma era para outra.

Se viro o emissor de fótons para objetos mais distantes, e girasse o dial, o


observador perceberia então que o Soberano Integral não está conectado
com o Complexo Deus-Espírito-Alma, e que o CDEA é algo que na verdade

46
suprime ou oculta a visão do Soberano Integral. É impossível ligar a luz
sobre o Soberano Integral sem também iluminar sua supressão pelo
CDEA, mas isso não significa que aqueles que transmitem o CDEA estão
enganados e que não são honestos . Significa apenas que em uma realidade
mais profunda do Soberano Integral, o CDEA se mostra como uma forma
de supressão e não está conectado substantivamente ao Soberano Integral
ou à Primeira Fonte.

Pontes estão sendo construídas para ligar o CDEA ao Soberano Integral,


pois existem pessoas que estão cientes sobre o estado do Soberano Integral
no nível inconsciente, e elas estão construindo pontes do CDEA para essa
realidade mais profunda sem saber sobre o destino definitivo dessas
pontes.

Agora, respondendo claramente sua pergunta. Aqueles que estão


canalizando não conhecem a fonte específica de onde se originam suas
informações. Canalização é uma inserção do Sistema da Mente Humana e
sua fonte original pode ser desconhecida, oculta, ou enganosa. Não é
oriunda do estado do Soberano Integral nem da Primeira Fonte, pois esta
informação não seria feita através de palavras ou imagens. Caso você
perceba palavras ou imagens, saiba que vêem de dentro do SMH, e, sim,
isto inclui também estas palavras.

Aqueles que tentam construir pontes do SMH para o estado do Soberano


Integral não têm condições de usar palavras, sons, técnicas, tecnologia e
imagens para inspirar os seres humanos para abraçarem esta nova era de
transparência e expansão. Devido essas “pontes” se expressarem com
ferramentas do SMH, mesmo quando tentam revelar “objetos ocultos no
quarto”, são capazes apenas de mostrar a forma geral e o esboço. Tudo
isso faz parte do processo de transição, mas como sempre digo, esteja
preparado para se livrar de suas crenças – veja-as como algo descartável –
elas não podem ser apêndices do Soberano Integral, pois crenças são da
mente, e apenas da mente.

21- Pergunta do Project Camelot:


Embora você diga que não existe ascensão no sentido do termo
tradicionalmente entendido, ao mesmo tempo você diz que estamos nos
movendo para uma era de transparência e expansão onde as forças do

47
Sistema Coletivo estão falhando... e então a consciência do Soberano
Integral é mais acessível.

O que está causando essa mudança de era... onde nós temos, como você diz,
atingido o topo da pirâmide da vida manifesta? De uma forma geral, se o
SMH é um labirinto ou uma matriz de ilusões que se estende pelo Universo
conhecido ou meta-universo... , que poderia também ser chamado de um
Jogo, então a essência da auto-realização de nossa verdadeira natureza
como Soberano Integral ou Primeira Fonte estaria ultrapassando os limites
dos resultados do jogo/matriz, ou seja, para o “fim do jogo” ou unidade?

Resposta de James: Ascensão não é um processo individual, pois a pessoa


não está separada de sua essência, nem precisa de um intermediário para
se reencontrar com ela, o que tenho me referido nesta entrevista como
Soberano Integral. O que a pessoa verdadeiramente precisa é se libertar do
artifício do Sistema da Mente Humana, e tudo o que necessita é a evolução
da consciência que nasce e é sustentada durante a Pausa Quântica, ou seu
equivalente.

A razão por trás da era de transparência e expansão é multifacetada, mas


deixe-me falar seu objetivo antes de sugerir sua razão, apesar de sempre
estarem relacionados. O objetivo desta nova era é a transferência de
conhecimento, relativo ao Soberano Integral, para que a humanidade
possa começar a viver – através de uma auto-expressão autêntica – os
comportamentos do Soberano Integral aqui na Terra. Em outras palavras,
as fraudes que tem persistido neste mundo, os sistemas de ocultação, serão
gradualmente dissolvidos, e como esse macro processo se abre em paralelo
com a transferência de conhecimento individual, a Primeira Fonte pode
habitar os mundos dimensionais pela primeira vez.

Isto tem sido relatado em vários textos espirituais como “O Paraíso na


Terra”. Em Lyricus nos referimos a isso como o Grande Portal, mas
apesar que o significado exato possa ser diferente, o acontecimento geral é
o mesmo.

Agora, quanto sua razão. A era de transparência e expansão é o resultado


da presença natural do Soberano Integral; Seres interdimensionais
generosos; a transformação da Terra/Natureza em termos de tempo-

48
espaço; e o portal para reinos interdimensionais que foram abertos nos
últimos dez anos. Deixe-me abordar esses temas um de cada vez.

O Soberano Integral existe aqui e agora, um Ser infinito escondido no que


alguns chamariam de sistema do corpo-mente humano finito ou
instrumento humano. Dentro desta presença, a Presença Quântica, há uma
conexão de nível quântico entre todas as expressões de vida, e é através
dessa conexão que a transformação – do todo – torna-se possível. À medida
que mais expressões individuais se alinhem com a Primeira Fonte, e
consagram sua auto-expressão como um fluxo do Soberano Integral, esta
nova consciência e capacidade é transferida para todo tipo de vida. Em
outras palavras, a Presença Quântica transmite, e à medida que transmite,
transforma o todo. Tenha certeza, este é um processo e demora muito
tempo, mas está agora alcançando uma massa crítica na Terra, Natureza e
humanidade.

Semelhante a isso, é a utilização do Sistema de Manipulação Genética


(SMG) por outras entidades interdimensionais que, diferentemente de
Anu, tem um objetivo benevolente. Lembre-se, eu declarei anteriormente
na entrevista que o SMG é um sistema aberto, e foi por essa razão que
outros seres interdimensionais estavam tão interessados na humanidade.
Esses seres são chamados de Greys, mas é apenas um exemplo. Dentro do
meta-universo conhecido, o instrumento humano é único, e é por esta
razão que outras raças têm tamanha obsessão com suas qualidades e
capacidades.

Estas raças interdimensionais usam aeronaves para cruzar os domínios


vibracionais. Em outras palavras, não é o espaço que estão atravessando,
como imaginamos espaço; na verdade, é para transpor dimensões
vibracionais que usam suas naves espaciais. Se permanecerem por longos
períodos em nosso domínio vibracional, se manifestarão e se tornarão
visíveis aos nossos sentidos, e se manifestarem-se por longo período de
tempo, estarão incapacitados de retornarem para suas dimensões. Isto é
devido aos nossos campos gravitacionais e as sutis diferenças entre os dois
domínios de existência.

Alguns desses seres interdimensionais, aqueles que se materializaram, tem


se mudado para bases subterrâneas, ou, em alguns casos, transformaram

49
seus corpos físicos para que pudessem se integrar razoavelmente bem com
a sociedade humana.

Curiosidade pela condição humana é a principal razão para a existência de


UFOs, influência extraterrestre e interação. A humanidade tem sido
examinada e investigada como nenhuma outra espécie, e apesar de Anu
estar ciente que outras raças poderiam investigar, não iriam interferir.
Todavia, existiam certos seres que não se importavam com Anu, e
operavam independentemente dos Anunnakis e seus aliados, e aqui estou
me referindo diretamente aos WingMakers.

O SMG está conectado com as regiões inconscientes do Sistema da Mente


Humana. Portanto, se uma modificação vis à vis com o SMG é feita em
uma percentagem ínfima de humanos, isto é transferido para a família
humana através do inconsciente ou Mente Genética. A história de como os
WingMakers utilizaram o SMG para abrir portais entre o domínio
humano e os domínios interdimensionais, teria que ter mais tempo para
explicar do que tenho no contexto desta entrevista, mas deixe-me apenas
dizer que os WingMakers sintonizaram alguns do implantes dentro do
SMG para habilitar determinadas pessoas da família humana a
reconceituar e, em alguns casos, experimentar a alma humana livre do
estigma do CDEA.

A Terra/Natureza está caminhado para sua própria transformação,


estimulada por sua ressonância com as energias espaciais e seu próprio
despertar como resultado de sua condição humana. A Terra/Natureza está
bem ciente da influência humana em seus domínios, e esta influência tem
estimulado suas defesas ou estratégias de existência permanente. Talvez
seja difícil entender que a Terra/Natureza saiba sobre o Sistema da Mente
Humana, quando nós mesmos permanecemos totalmente ignorantes dessa
nossa condição, mas é verdade. A Terra/Natureza percebe que a
humanidade deve despertar para sua verdadeira essência, ou a
Terra/Natureza estará destinada a viver escrava daqueles as escravizaram.

Com relação aos portais que foram abertos entre a dimensão humana e
reinos interdimensionais, isto aconteceu pela primeira vez em 1998. Estes
portais foram exemplos reveladores de como Anu tinha virtualmente
enganado todos os seres através de domínios intermediários que eram

50
programas projetados dentro de programas, dentro de outros programas,
com o objetivo de colocar Anu como Deus de todos.

Existem todos esses relatos em registros históricos de indivíduos viajando


pelos céus e encontrando anjos e mestres. Esses relatos são tão numerosos
que fez com que isso se tornasse algo quase trivial. Não é. Antes dos portais
serem abertos em 1998, aqueles que estavam viajando pelos céus estavam
interagindo com reinos dos domínios da mente e/ou do astral. A era de
transparência e expansão começou em 1998 e continuará indefinidamente
no vasto futuro que aguarda a humanidade e a seus aliados
interdimensionais.

22- Pergunta do Project Camelot:


De certa forma, esse conceito não é nada mais do que a iluminação, que é
chamada mais tradicionalmente de realização Direta da nossa divindade
ou natureza divina e é um conceito bem conhecido na filosofia oriental...
que o reconhecimento que somos, sempre fomos e sempre seremos... Deus
ou a Primeira Fonte.

Resposta de James: Anu codificou dentro do ser humano um desejo de


busca pela iluminação, e ao mesmo tempo, criou o Complexo Deus-
Espírito-Alma para parcialmente satisfazer a busca. Digo “parcialmente”
porque para a maioria das pessoas a busca começa com um primeiro
passo, e então outro e mais outro e mais outro. Durante a vida, uma pessoa
comum buscou caminhos através de dezenas de religiões, ciência, ocultismo
e espiritualidade, e sua busca ainda continua. Isto é porque o programa
que está codificado nos seres humanos e reforçado pelo SMH, estimula a
busca por Deus-Espírito-Alma fora da pessoa, mesmo quando o
ensinamento simbólico declara que o “Reino dos Céus está dentro”.

Se você fosse o criador da humanidade e quisesse manter secreta a única


coisa que respondesse a todas as perguntas concernentes ao Eu, tornando
obsoleta qualquer busca pela verdade, onde você esconderia esse incrível
segredo? Se você for esperto, colocaria isto bem na frente de todos, mas
também colocaria dentro de sua criação o insaciável desejo de buscar a
verdade em livros, em conferências, mestres espirituais, santos, profetas,
sábios, técnicas espirituais, shamans, bruxas, textos antigos, igrejas,
sinagogas, mesquitas, ashrams, internet e inúmeros outros lugares. Isto é

51
como se faz para esconder a resposta para tudo de todos, e foi exatamente
isso que Anu fez.

O conceito oriental de Realização Direta ou auto-realização ou realização


em Deus, faz parte da construção da ponte que falei anteriormente na
questão 20, mas ainda está, com poucas exceções, conectada com a
realização do Complexo Deus-Espírito-Alma através da mente. Existem
algumas pessoas que tiveram um vislumbre do estado do Soberano
Integral, mas é uma quantidade muito, muito pequena de pessoas, e até
certo ponto, isso acontece em função da comercialização da hierarquia
espiritual dos caminhos do Oriente e sua tendência para a separação
através do comando professor-aluno.

Aqueles que têm acesso ao estado do Soberano Integral, podem repetir esse
acesso à vontade. Eles têm acesso aos reinos interdimensionais fora do
SMH e de seus sistemas secundários de supressão, sabem como alimentar
esse acesso ao estado do Soberano Integral, e, de modo oposto, como
desnutrir o sistema de supressão. Estes são uma quantidade extremamente
pequena de seres humanos.

Se você ler A Consciência Cósmica de Richard Maurice Bucke, verá que ele
faz um relato de nossos maiores exploradores espirituais através da
história, detalhando como foram saturados com uma luz misteriosa, não
física e uma sensação clara de união com toda a vida. Com todos, a
experiência da consciência cósmica foi repentina, inexplicável e um
profundo sentimento de união com o universo, um sentimento que durou
por muitos dias e os afetou pelo resto de suas vidas. A maioria deles que
experimentou essa consciência cósmica sentiu que tinha se tornado um
“canal” dessa energia em seus escritos, arte e por toda a vida.

Mas esses eventos não se repetem, o experimentador não é capaz de entrar


nos reinos celestiais quando quer, nem tem um conhecimento claro do que
é real e o que é ilusão. Isso não é culpa desses precursores da humanidade,
mas estou dando apenas minha opinião que é uma experiência diferente, e
no meu ponto de vista, é uma experiência dentro do SMH.

A Primeira Fonte não é Deus, não como os seres humanos entendem o que
seja Deus. Deus, como uma entidade, independente de mim ou de você, não

52
existe – embora tenham existido aqueles (p.ex. Anu) que acreditavam
serem Deus e se fizeram passar por Deus. A Primeira Fonte é o coletivo do
Soberano Integral pelo meta-universo, e o que os une é a Inteligência
Fonte. O CDEA todo, como foi concebido por Anu, foi padronizado nesta
realidade:

• Deus = Primeira Fonte


• Espírito = Inteligência Fonte
• Alma = Soberano Integral

Mas esses conceitos não são os mesmos. Se alguém diz “estou auto
realizado, portanto, iluminado” estará iluminado pelo CDEA? Ou,
experimentou o estado de consciência do Soberano Integral além do SMH?
Se foi o último, você não os encontrará em livros de turismo, conferências,
escolas ou ashrams, criando um caminho espiritual, curando por dinheiro,
lucrando com sua experiência, ou declarando que têm poderes especiais
que outros não têm.

Anu queria ter certeza que os buscadores espirituais e religiosos estivessem


presos nos céus de suas criações. Esta é razão que a busca fora de si mesmo
está tão poderosamente codificada, porque sentimos esta separação do
corpo e alma, e alma e Deus; porque nos agarramos tão tenazmente em
versões tão fracas e sem consistência sobre a Primeira Fonte, Inteligência
Fonte e Soberano Integral encontradas no Complexo Deus-Espirito-Alma;
porque nossos pensamentos e orações, repletos de esperança, falam com
uma máscara da Primeira Fonte que não é una e igual com nós mesmos.

O alimento do nosso SMH é a raiva, ganância, desapontamento,


irritabilidade, vergonha, medo, ressentimento e outras conhecidas como
emoções negativas, motivadas em larga medida em função de nossa falta de
entendimento que somos todos um e iguais, e que esta verdade é a base da
vida. Aqueles que têm se aventurado nas águas claras do Soberano
Integral têm a responsabilidade de compartilhar o processo de retirada das
máscaras e fraudes, vivendo no mundo, mas não sendo dele, o que significa
dizer que não participam das ilusões do SMH.

53
Este processo é uma simples prática da Pausa Quântica, das Seis Virtudes
do Coração, persistindo até seu último suspiro. Não há ninguém para
pagar por isso. Não há mestre ou professor. Não há escola ou grau de
capacitação. Não há livro para ler ou conferências para ouvir. É simples e
fácil. Se você se sintonizar com essa abordagem, você pode tentar e
verificar se isso parece natural para você. Não haverá ninguém julgando
você caso decida não perseguir isso até seu último suspiro... além de você
mesmo.

23- Pergunta do Project Camelot:


De que forma a consciência de si mesmo como Soberano Integral é
diferente da auto-realização conseguida através da meditação e o despertar
do kundalini? E, considerando a técnica de respiração que você faz
referência em seu material, isto não é o mesmo que qualquer outra técnica
que estimule o despertar do kundalini, conectando os chakras e finalmente,
a iluminação?

Resposta de James: Assim como você já pode ter deduzido de minhas


respostas anteriores, o Soberano Integral é uma expressão
reconceitualizada da alma humana durante a era de transparência e
expansão. Esta era estará fundamentada na experiência do Grande Portal,
que é a consciência da Primeira Fonte – Soberanos Integrais unificados e
conscientes de si mesmos – vivendo na Terra. Esta é a era cuja fronteira
acabamos de passar, e essas ferramentas, técnicas, modelos mentais e
métodos de uma geração anterior, não são importantes, assim como o
ábaco não é importante na era dos computadores.

Sim, estou consciente que estou sendo muito objetivo, mas é o momento de
ser objetivo e verdadeiro sem se preocupar com as conseqüências e como
as pessoas possam responder. Olhe desta forma, e não estou criticando a
espiritualidade oriental, mas você me perguntou sobre o kundalini,
portanto, vou responder de acordo com a pergunta, e o que estou dizendo
se aplica a todos os métodos tradicionais e modelos mentais
independentemente de suas raízes culturais.

Kundalini é sistema complexo de manipulação de energia dentro do


sistema humano culminando na iluminação da mente. É um sistema de
ascensão onde um professor, que sabe como ativá-lo, ajuda o estudante a

54
estimular seus chakras ou sistema de energia. Bem, o que é energia? Nas
dimensões do Soberano Integral não existe energia. Não há instabilidade
de energia. Não existe yin-yang de energia. Energia é um conceito da
mente. Então, aqueles que gastaram inúmeras horas trabalhando com
energia, o que concluíram?

Energia existe no SMH. É real no mundo físico. É inquestionavelmente


uma parte do instrumento humano, enquanto o Soberano Integral é
constante, consciente, desperto, atento, vivo, infinito, e tão estranho quanto
possa parecer, não é energia. Não é de energia. Não precisa de energia. Não
existe em função de energia. Antes da existência da energia, havia o
Soberano Integral. Antes da existência do Sistema da Mente Humana, o
Soberano Integral já existia.

Você poderia dizer, “Ok, mas a prática do kundalini (ou qualquer outra
prática legítima de ascensão) não acelera minha capacidade de entender o
Soberano Integral?” E minha resposta seria um “sim” moderado, pois só
ajudaria caso estivesse tentando se livrar do que aprendeu e estabelecer
um novo Primeiro Passo que não incluísse a separação ou complexidade.
Uma vez que você tenha se investido de um grau de capacitação,
aperfeiçoado suas habilidades, avançando para se tornar um professor,
você estará caminhando perigosamente para se ligar ao irrelevante e
obsoleto, portanto a um empecilho que restringe seus movimentos para
uma nova era na qual estamos nos movimentando e que temos o Nosso Ser.

Deixe-me ser claro, para aqueles que acreditam que um mestre pode
pronunciar palavras especiais para eles, como no caso de Deeksha
(relacionado com o kundalini), e através dessas palavras levá-los a ser
magneticamente empurrados para a iluminação, eles estão enganados. Se
alguém acredita que pode repetir um mântra e conseguir a iluminação,
estará enganado.

Não estou aqui tentando polemizar, mas o fato é que bilhões de pessoas
neste planeta estão enganados no que diz respeito às suas práticas
espirituais, ao sobrenatural, religião, e mesmo quanto à ciência. Praticam
aquilo que acreditam que os levarão mais perto da verdade, quando eles
mesmos são a verdade, e suas práticas somente criam muralhas mais
largas entre a consciência e a verdade. A era de transparência e expansão é

55
que vai derrubar todas as muralhas. E isso não está relacionado com a
absorção de mais conhecimento e informação.

A Pausa Quântica não está relacionada com o kundalini ou ao sistema de


crença que o cerca. Em respeito à Gertrude Stein, pode-se dizer que uma
técnica de respiração, é uma técnica de respiração, mas que não tem sido
minha experiência. Enquanto a Pausa Quântica é definitivamente uma
técnica de respiração em sua essência, é também um método de sair do
instrumento humano e experimentar o estado de consciência do Soberano
Integral. Isto porque respiração é a passagem ou portal para fora do
instrumento humano, se feito com o Primeiro Passo apropriado.

Lembre-se que os domínios astral e mental estão dentro do instrumento


humano, portanto não estamos interessados em percorrer esse caminho,
pois permanecem dentro do Sistema da Mente Humana, portanto ilusórios
e enganosos. A Pausa Quântica é um método ou processo para se
desatrelar do Sistema da Mente Humana, realizando que suas auto
definições e identificações com cultura, família, religião, espiritualidade,
posses materiais, dinheiro e objetivos, foram programados e não são
realmente o que você é.

Este é um caminho difícil de aceitar para muitas pessoas, mas é isto que a
Pausa Quântica objetiva. É a respiração, possibilitada pela Natureza, que
dá vida ao instrumento humano, e é o instrumento humano que dá vida ao
Soberano Integral dentro da realidade física manifesta da Terra. Portanto,
respiração é a ligação, e a Pausa Quântica permite que esta ligação seja
nutrida, expandida, fortalecida, e que se torne estável.

É importante também entender que tudo que trago para a avaliação das
pessoas deve ser tratado como uma estrutura, não uma técnica prescritiva
que deva ser seguida rigidamente. As pessoas precisam assumir
responsabilidade para estabelecer suas próprias técnicas exploratórias,
métodos de expansão, e novos comportamentos para se desatrelar do SMH.
A Pausa Quântica é uma estrutura, não um sistema específico. Na internet
(um similar à Mente Genética) existem meios para compartilhar seus
ajustes, evolução, alterações, e novas técnicas, e eu estimularia as pessoas a
fazerem isso.

56
Um último comentário sobre a aplicação da Pausa Quântica, a grande
experiência de “assombro” não é o peixe que você está tentando fisgar.
Você não está tentando atrair qualquer coisa para você; você não está
tentando aprender uma nova informação ou tornar-se mais inteligente;
você não está tentando movimentar energia ao redor de seu corpo; você
não está tentando deixar seu corpo; e você não está tentando falar com seu
eu superior ou Deus. Seu objetivo ao aplicar a Pausa Quântica, é destruir
as muralhas que o separam deste estado de consciência que você é, e
sempre será, e sempre tem sido.
A Pausa Quântica é desenhada para alinhar você com a transparência e
expansão desta era da qual todos nós fazemos parte.

24- Pergunta do Project Camelot:


Você diz que a iluminação do passado, manifestadas nas experiências de
Samadhi e também por grandes mestres como Cristo, Buda e outros não
tiveram um contato verdadeiro com suas verdadeiras naturezas fora do
SMH, e não experimentaram este estado de conhecimento direto de sua
verdadeira natureza como um deus ou Primeira Fonte...

Então, quem foi o membro da família humana que conseguiu essa


realização?

Resposta de James: Os mestres espirituais que se tornaram líderes


simbólicos de instituições religiosas como Cristianismo e Budismo, para
citar dois, estão entre os ancestrais da humanidade. Foram exploradores
espirituais e ativistas de seu tempo e cultura, e foram, e estão
profundamente comprometidos com a vida espiritual, inspirando a
humanidade com sua sabedoria duramente conseguida. Em suas eras, eles
vieram de fora das muralhas da prisão (Sistema da Mente Humana)
derrubando muitas fortificações anteriores e superficialidades que eram
mantidas por seus conterrâneos.

Tinham convicção de seus destinos, de seus planos, e foram exemplares em


sua época. Suas motivações eram puras e trouxeram uma nova perspectiva
para a condição humana que permitia uma aceleração em direção ao
Soberano Integral. Mas, a distância entre os seres humanos daquela época
de Jesus e Buda, e a experiência do Soberano Integral, era intransponível.
O instrumento humano não estava preparado para esta interação e

57
experiência. No entanto, a direção poderia ser estabelecida, o importante
poderia ser difundido, e um rascunho de mapa poderia ser desenvolvido
para próximas gerações de exploradores espirituais.

Lembre-se, somos todos facetas da experiência humana, e voltamos vida


após vida, renovando nosso doutrinamento no Sistema da Mente Humana,
mas simultaneamente, um ou mais de nosso grupo, atinge uma mais
profunda região da nossa prisão coletiva, e volta para escrever ou falar
sobre isso. Suas observações e experiências tornam-se parte de nossa
Mente Genética ou inconsciente, e podem ter um profundo sentido para
nossa espécie em geral, pois a família humana – cada um de nós – tem
acesso a esse campo de consciência.

Mas os passos que damos, na direção do Soberano Integral, são pequenos,


às vezes indistinguíveis no contexto de uma única vida. As eras nas quais
vivemos determinam nossas auto expressões, nossas definições e nossas
crenças. Estamos sempre no processo da próxima evolução, como
determinado pela Mente Genética, o elemento Terra/Natureza e os seres
interdimensionais que interagem com a humanidade. Por trás disso tudo,
está a Primeira Fonte, que inteligentemente empurra a humanidade para
si mesmo, um individuo de cada vez.

Neste contexto, espero que esteja claro que Jesus, ou Buda, Lao Tzu,
Maomé, Saint Germain ou qualquer outro mestre dessas eras, estiveram
na fronteira espiritual, profundo no território da Mente maior, que por si
só é tão vasta a ponto de fazer o universo físico parecer como um grão de
areia. A entrada para os reinos da não polaridade não estava nem de longe
tão acessível quanto está nesta era. Não havia pontes para atravessar, nem
portais que se abriam; era literalmente um deserto sem trilhas ou
caminhos.

E então, esses exploradores espirituais, por maiores que fossem, por mais
profundo que tivessem caminhado nos reinos Celestiais, poucos deles
tocaram a verdadeira essência de nossa mais alta natureza – nesse período
de vida que se tornaram identificados com religião e caminhos espirituais.
O paralelo para isso existe na ciência também. Veja Newton, o maior
explorador cientifico de sua era, e ainda de hoje, sabemos que seu trabalho
foi profundamente imperfeito. Ele estava enganado? Não, ele estava

58
operando em sua era no mais alto nível baseado na Mente Genética.
Mesmo agora, na nossa era, contribuições de Einstein estão sendo
questionadas por físicos e cosmólogos do séc. 21.

Assim como a ciência está constantemente redefinindo o Universo,


exploradores espirituais estão constantemente redefinindo o Complexo
Deus-Espírito-Alma. As camadas de conhecimento estão próximas do
infinito em ambos os casos, e, na sua essência, tem a equivalente
matemática em uma oitava que a humanidade ainda está para imaginar,
quanto mais descobrir. Portanto, qualquer sugestão que eu perceba
realizações ou contribuições de exploradores espirituais e científicos da
humanidade como incompletas ou enganosas, é somente resultado da falta
de entendimento de um contexto mais amplo do tempo e a profundidade da
“cebola” que nós coletivamente estamos “descascando” – tanto nas
dimensões científicas como espirituais.

25- Pergunta do Project Camelot:


E como essa realização é diferente daquela atingida por Buda, Jesus ou
outros mestres comumente reconhecidos dentro da família humana? Dizer
que um Soberano Integral e consequentemente a Primeira Fonte, não é o
mesmo que dizer que um é Deus e iluminado ou “ambos em um”?

Resposta de James: Apesar de ter levantado essa questão dentro de um


contexto mais tradicional em minhas respostas anteriores, vou agora
abordar um novo ângulo à sua pergunta.

No silêncio, na ausência de objetivos e no vazio de você, tudo existe. E


ainda, não é exatamente isso que os seres humanos mais temem? No
absoluto centro de quem você é, onde está o vazio, você não sente medo
disso? Talvez seja mais preciso dizer que esta é a origem do medo em si.
Não seria uma ironia você dizer que o Soberano Integral, que mais
claramente o define, é temido por você? Porque você acha que é assim?
Porque você temeria o vazio e a vacuidade que você é? Porque você se
recusaria a olhar pelo portal de seu instrumento humano e perceber sem a
presença de sua mente?.

É exatamente por isso que os seres humanos são viciados em propaganda


espiritual. Temem a quietude na qual existem por que têm sido

59
programados por seus SMH, e aceitam como verdade: o que é vazio é a
morte e não existência. Então, procuram pelo belo, harmonioso, imagens
espirituais de mundo superiores, as descrições de paz e amor, presenças
angélicas, a experiência de unidade e beleza, mas não avançar pela porta
do vazio para chegar lá, pois o vazio é morte e não existência da mente. E
mente é que eles acreditam que eles são.

Não estou sugerindo que Jesus ou Buda não tinham essa percepção.
Certamente tinham e têm. De certa forma, todos nós temos esse insight
através da Mente Genética, mas pouquíssimos que andaram por este
planeta na forma humana alcançaram esta percepção, e quando a
alcançaram, se inspiraram na experiência e não simplesmente em
abstrações de palavras e símbolos oriundos da Mente Genética. Jesus se
manifestou na Terra para ensinar os humanos de sua época que a morte
não era real. Que Deus não estava fora, mas dentro das pessoas – todas as
pessoas eram iguais; que a raça humana era uma vítima da escravidão da
Rede do Poder do Dinheiro e até que a humanidade alcance a auto
expressão de sua natureza espiritual, permaneceria uma marionete dos
poderosos. E assim tem sido.

Desde o início, a percepção do Soberano Integral é um reflexo da época na


qual vivemos. Como Primeiros Seres, os Soberanos criaram a mente – um
recipiente que contem a separação – e neste momento, nasceu a
individualidade. Bilhões e bilhões de anos depois, os Soberanos da Mente,
criaram o universo como o conhecemos. Criaram as dimensões da mente
superior, e esta criação da mente gradualmente manifestou criações de
uma mente inferior. Foi dentro do campo vibratório da mente inferior que
os Soberanos começaram a perder a memória de suas existências como
Primeiros Seres.

Eles olhariam os mundos de criação e se surpreenderiam: “Quem criou


esse universo? Quem está por trás desse mundo magnífico e mágico?” E
mesmo assim nunca ocorreria aos Soberanos que foram eles que criaram o
universo, cujo reflexo é a própria Natureza. Então os Soberanos
começaram a criar um Deus – ou o conceito de um Ser Supremo – que
estivesse por trás da criação. Deus foi o criador de tudo na Natureza
através do universo conhecido, e os Soberanos se viram diminuídos em

60
poder, e seus sentidos de responsabilidade para com a Natureza também
reduziu.

Este conceito de Deus, separado de nós, acabara de nascer. Como


Soberanos, divididos em raças de seres interdimensionais, desenvolveram
uma diversidade quase infinita de criações, somente uma ínfima parte do
que é conhecida pela humanidade através de símbolos e fragmentos de
histórias, e a maioria deles, mesmo se lembrados, não dão crédito, não
acreditam, pois a mente racional atirou essas historias no cesto de lixo da
mitologia. Então apareceram os antepassados de Anu, e com eles a criação
do instrumento humano começou. Embora fosse grosseiro, comparado com
os humanos atuais, o instrumento humano dessa época, no entanto, foi
concebido brilhantemente.

Quando Anu começou a criar a nova geração de instrumento humano,


percebeu que os Soberanos tinham esquecido de suas origens e creditavam
a criação a um Ser Supremo. Os Soberanos que tinham se tornado os seres
interdimensionais conhecidos como os Atlantes, eram a escolha perfeita
para vitalizar o instrumento humano que Anu estava criando que, apesar
dos valores espirituais dos Atlantes, eram ingênuos e inexperientes em
relação ao engodo, ilusão. E a isto eu acrescentaria um tema que vale a
pena saber: aqueles que estão focados espiritualmente são muitas vezes
facilmente manipulados devido ao seu inato sentido de confiança.

Os Atlantes, através da trapaça de Anu, foram seduzidos a habitar o


instrumento humano, e os soberanos tornaram-se humanos. No entanto,
nem todo Atlante foi capturado e submetido ao processo de escravidão
humana, houve alguns que previram o resultado do projeto humano que
Anu estava executando e escaparam para dentro de um “bolsão”
dimensional na Terra, nas profundezas do que hoje chamamos de oceano
Atlântico.

Foram esses Atlantes que se tornaram conhecidos em termos mitológicos


como Elohim ou Iluminados, e são os mesmos que conhecemos hoje como
WingMakers. Eles vêm observando a família humana desde seus primeiros
passos na solidificação do planeta chamado Terra, milhões de anos atrás.
Eles têm sido a fonte benevolente da humanidade, pois são humanos em
todos os sentidos, exceto que não têm os programas e sistemas do SMH ou

61
o instrumento humano, que confundem e desconcentram os Soberanos
dentro do instrumento humano para perceberem que estão presentes.

E como os Soberanos estão presentes? Em cada respiração que leva vida ao


instrumento humano. É a respiração na qual a presença do Soberano se
manifesta. Existe um ditado em Lyricus que diz que Se você não está na
sua respiração, você está na sua mente. Entende-se que este é um conceito
abstrato para o Sistema da Mente Humana, os Soberanos vivem na
intersecção da vida e Natureza, que é a respiração.

Os WingMakers não são guias, anjos, mestres ascendidos, ou deuses que


existem dentro das dimensões do Sistema da Mente Humana. Eles vivem
dentro de campos interdimensionais da mente superior, e como sábios
antepassados para a família humana, geram os paradigmas do Soberano
Integral e do Grande Portal. Concentram-se exclusivamente nesses dois
paradigmas, pois é deles que vem o Primeiro Passo que habilita a pessoa a
dissolver os programas que ocultam a unidade, igualdade e a verdade de si
mesmo.

Os WingMakers cunharam o termo Soberano Integral para codificar o


sentido que o que existe dentro dos caminhos da respiração de alguém é
mais do que o corpo físico composto de um sistema de circuito de
sentimentos e pensamentos. Os maiores exploradores espirituais
perceberam isso e entenderam que a alma humana seria redefinida em
cada era, e embora parecesse mudar, sempre permanece uma consciência
constante tanto do finito como do infinito, do real e do irreal.

Pode-se ler esta entrevista e simplesmente não dar valor, sentindo que uma
aura existencial foi colocada a sua volta. Que seus conceitos de Deus,
Espírito, Alma e tudo que está relacionado, que aprenderam ou elegeram
acreditar, foram desafiadas. Mesmo aqueles que têm seguido os materiais
dos WingMakers com dedicação verão que mudei um pouco o fundamento
desses materiais nesta versão.

Se você alguma vez se aventurou em uma viagem diferente, em um lugar


que culturalmente é diferente do que você está acostumado, sabe que
enquanto estiver no avião, voando para seu destino, ainda não entrou em
contato com a nova cultura, não importa o quanto tenha estudado

62
anteriormente. Quando chega ao hotel, ainda está fora da cultura, embora
possa ver diferenças nas plantas e animais, a arquitetura e prédios, e as
pessoas nas ruas, mas ainda, permanece fora da cultura como um
observador e não um participante.

Somente quando você aprende a língua do povo, quando encontra as


pessoas em seus locais habituais – residências, shoppings, cafés, estádios,
escolas, igrejas – só então você realmente entende a cultura. Da mesma
forma é a construção da ponte entre o CDEA e o Soberano Integral. Não
há nada mais diferente ou extraordinário do que a língua e as habitações
do Soberano Integral, e quanto mais profundo você viaja nessas terras,
mais estranho parecerá.

Se em 1998 revelasse tudo do que aqui está, ou mesmo hoje, dez anos
depois, a ponte serviria apenas para pouquíssimas pessoas. Pareceria uma
ponte sem firmeza e perigosa de atravessar, e muitos que se sentissem
curiosos e tentados, seriam desestimulados, pois era algo estranho demais.
A ponte foi construída para encontrar determinadas pessoas onde viviam e
como acreditavam. Aqueles que ressoam com os termos chaves e
definições, ou a um elemento de poesia, música ou arte, encontraram uma
estrutura ou textura que permitiram a eles um sentido de conexão, uma
sensação de curiosidade, foi o suficiente para trazê-los até a ponte.

Usando minha metáfora anterior, eles estão chegando no “aeroporto”.


Estão vendo a terra diferente do Soberano Integral do assento do avião,
olhando pela janela um enorme e vasto mundo novo. Lembrem-se, o
Primeiro Passo, assim que sair do avião, é sua respiração, seu coração e
suas sábias virtudes, à medida que não é um destino onde a língua seja
nada além da respiração e uma auto expressão virtuosa. É tão simples
quanto isso.

Sei que haverá aqueles que vão ler esta entrevista e centenas de outras
questões surgirão, talvez somente duas ou três realmente importassem no
momento, mas o desejo por mais informações e conhecimento é um
poderoso vício do SMH. Eu aconselharia que você desviasse sua atenção de
obter informação e conhecimento, focasse apenas na aplicação das virtudes
do coração para si mesmo e a todos os outros dentro do meta universo
local, e então, simplesmente ouça sua respiração, e cada vez que se

63
concentrar em sua respiração, chegue mais perto do Ser dentro de você, no
ponto mais central de sua existência. Sinta essa ligação tornando-o mais
forte e tenha a convicção que qualquer muralha que foi colocada entre
vocês, ou que será colocada, será destruída.

Se você focar nisso, encontrará acesso para qualquer coisa, incluindo a


língua do Soberano Integral e como reacender sua cultura dentro de você,
e viver em sua residência.

É a era de transparência e expansão.

Nunti-Sunya

De meu coração para os seus,

James

Para ver uma imagem-símbolo do Soberano Integral entre em


sovereignintegral.org

Copyright Information:
You are free:
• to Share — to copy, distribute and transmit the work
• to Remix — to adapt the work
Under the following conditions:
• You must attribute the work as: © 2008
WingMakers.com,
Lyricus.org, and EventTemples.org.
• For any reuse or distribution, you must make clear to
others the license terms of this work.
• Any of the above conditions can be waived if you get
permission from the copyright holder.
• Nothing in this license impairs or restricts the author's
moral rights.
• E-mail Project Camelot at
support@projectcamelot.org

64
65
66
67