Você está na página 1de 11

Transformar coordenadas utm em grau decimal

Checar como o shape esta sendo projetado

O Data Frame Layers é um quadro de dados. Ele serve tanto para o Modo de
Dados (Data View) quanto para o Modo Layout (Layout View). Todos os
polígonos de referência estão no Sistema de Coordenadas Geográficas,
Datum SIRGAS 2000 ou Código EPSG:4674. Você pode conferir essa
informação através das Propriedades do Data Frame (botão direito do mouse
sobre o Data FrameLayers, selecionar a opção Properties). Está na
guia Coordinate System, pasta Layers. Este é o local apropriado para
inspecionar a projeção de todas as camadas adicionadas no projeto:

Project -> Para projetar o novo shape com as coordenadas desejaveis


Check o Table

Adiciona xy Coordinates
Agora podemos tomar “emprestado” as duas colunas XY para nossa planilha
original e depois importar esses dados externos para o SIG ArcMap. Antes,
porém, temos que exportar esses campos para o formato de texto.
Exportar Tabela de Atributos para Arquivo Externo de Texto
As coordenadas em graus decimais são os registros mais importantes para o
SIG. Se copiarmos essas duas colunas para nossa planilha, podemos trazer
todas as informações cadastrais para o programa.

No ArcMap 10, a tabela de atributos de qualquer shapefile possui um botão


de opções. Clique neste botão e selecione a função Export:
Na janela Export Data, clique na pasta para localizar um diretório no disco
rígido:
Digite um nome para o arquivo e selecione o formato de arquivo de texto
(Text File). Clique no botãoSave:

De volta à janela anterior, clique no botão OK. O programa deve perguntar se


você precisa adicionar essa informação no ArcGIS. Pressione o botão Não
(repare que as strings Sim/Não estão traduzidas nessa janela de aviso, e o
restante está em inglês):

Este é o formato do arquivo de texto exportado do ArcGIS:


Siga para o último passo do tutorial e importe o arquivo de texto para
o Excel ou LibreOffice Calc.
Importar Arquivo de Texto para uma Planilha Eletrônica
O uso de um arquivo externo é um recurso recorrente para os que lidam com
Sistemas de Informação Geográfica. Pensando nisso, estou postando uma
série de tutoriais sobre dados externos e SIG. Eu poderia descrever os
métodos para carregar os pontos que vieram do ArcGIS, porém já executei
esse procedimento na primeira postagem da série. Siga as instruções abaixo:
 Abra uma nova pasta de trabalho do Excel ou crie uma nova planilha;
 Acesse o documento “Dados Externos e SIG – Parte 01 de 10“;
 Acesse a página 8;
 Execute o procedimento para o Excel a partir do título “Trabalhando
com Dados Externos no Excel 2010“.
Se você utiliza o LibreOffice Calc no lugar do Microsoft Excel, o
procedimento está descrito no mesmo documento, a partir da página 6.
Atenção: Um pequeno detalhe na importação de coordenadas em graus
decimais do texto para a planilha:
No Excel em Português-BR, é preciso definir as
colunas POINT_X e POINT_Y como “Texto” em vez de “Geral”. Isso evita que
essas colunas sejam importadas de forma errada por causa do separador
fracionário.
Conclua o assistente de importação. Você deve alcançar um resultado
semelhante a este:

Só precisamos dos campos ID, POINT_X e POINT_Y. Os outros campos são


inúteis e devem ser excluídos. Selecione os campos indicados e
pressione CTRL+U para substituir o caractere fracionárioponto (.)
pela vírgula (,):
Você pode repetir o mesmo procedimento no campo ID. Para finalizar,
selecione as duas colunas XY e pressione CTRL+1 para formatar as células
para número com oito casas decimais. Este é o aspecto correto das
coordenadas em graus decimais:
Copie e cole suas coordenadas em graus decimais na planilha original com
campos que não foram contemplados pelo algoritmo Convert Coordinate
Notation. Lembrou-se do campo ID criado no inicio do tutorial? Ele é o campo
validador para cada linha dessa planilha.
É o campo que pode ser considerado como a chave primária da tabela. com
dez registros você não percebe a diferença, mas se você tivesse cinco mil
linhas em vez no lugar dos dez, ficaria receoso.

[807 × 497 pixels]


Agora todos os registros possuem coordenadas em graus decimais. Remova
um dos campos ID e salve a planilha para depois importá-a no ArcGIS
10 através da função Add XY Data. Todos os passos foram descritos
didaticamente no tutorial “Dados Externos e SIG – Parte 04 de 10” página 4.
Não esqueça de carregar a base cartográfica de referência antes de
executar essa função.
Resultado Final
Tabela importada para o ArcGIS e transformada em shapefile de pontos:

Resultado Final
Tabela importada para o ArcGIS e transformada em shapefile de pontos: