Você está na página 1de 2

1

CENTRO UNIVERSITÁRIO SANTO AGOSTINHO - UNIFSA


PRÓ-REITORIA DE ENSINO
COORDENAÇÃO DO CURSO DE PSICOLOGIA
DISCIPLINA: Análise Experimental do Comportamento (2019/2°)
DOCENTE: Profª Ms. Milena Moura Fé
DISCENTE: Ianara Silva Evangelista
DATA: 11/09/2019

ESTUDO DIRIGIDO 2
(Reflexo inato)

Leia as questões e responda:

1. O que é o comportamento respondente?


O comportamento respondente (também chamado de reflexo ou não voluntário) pode ser
compreendido a partir da relação na qual um estímulo do ambiente produz uma resposta
específica no organismo que independe de aprendizagem, ou melhor, é um tipo de interação
entre um organismo e seu ambiente.

2. Quando dizemos que um reflexo é inato?


Quando é necessária uma alteração no ambiente para que seja produzida uma alteração no
organismo. O reflexo inato é uma “preparação mínima” que o organismo tem para começar a
interagir com o ambiente, aumentando as chances de sobrevivência.

3. Renato estava em casa bastante concentrado nos estudos na tentativa de se


preparar para uma prova que aconteceria no dia seguinte. De repente, escuta um
barulho bem alto de fogos de artifício que lhe provoca uma reação de sobressalto.
Com base na bibliografia estudada e sobre determinadas características das
relações respondentes, responda:
a) O que diz a lei da intensidade-magnitude do reflexo? Exemplifique a partir
do caso de Renato como poderíamos compreender essa lei.
A lei da intensidade-magnitude estabelece que a intensidade do estímulo é uma medida de
diretamente proporcional à magnitude da resposta. A intensidade refere-se ao “quanto de
estímulo” e a magnitude refere-se ao “quanto de resposta”. No caso de Renato, a intensidade
do barulho bem alto de fogos de artifício teve como resposta o seu sobressalto.
2

b) Explique a lei do limiar. Exemplifique essa lei a partir do caso de Renato.


A lei do limiar estabelece que, para todo reflexo, existe uma intensidade mínima do estímulo
necessária para que a resposta seja eliciada. No caso de Renato, a altura do barulho,
ultrapassou o limiar, provocando uma resposta, a partir do estímulo.

c) Como se explica a lei da latência.


A lei da latência pode ser compreendida como um intervalo entre dois eventos, ou seja, um
tempo decorrido entre o estímulo e a resposta. Quanto maior a intensidade do estímulo, menor
a latência, como por exemplo, no caso de Renato.

d) O que é a duração da resposta?


A duração da resposta possui uma relação proporcional, no entanto, pode ser compreendida
da seguinte forma, quanto maior a intensidade do estímulo, maior a duração da resposta.

Você também pode gostar