Você está na página 1de 3

Fireproof

O filme relata a história de um Bombeiro, Caleb, que estava sempre pronto a apagar os incêndios
físicos, mas sem o menor tato para amparar os incêndios que por pouco não ceifam os pilares de seu
casamento. Egoísta, orgulhoso e total dono da verdade das razões que aos poucos levavam seu
casamento ao cemitério por meio de um divórcio, seu pai intervém perguntando ao filho se dentro
dele havia qualquer vontade de manter seu casamento. Desafiado, o filho faz o mínimo possível para
inicialmente colaborar para mudanças no cotidiano de sua vida conjugal. Tudo o que precisaria fazer
seria um exercício diário de 40 dias. Por volta do 21º dia, dando quase tudo por perdido, e a esposa
já nos encantos de um médico mulherengo no hospital em que ela era relações públicas, Caleb é
confrontado pelo pai, sendo levado a refletir sobre o sacrifício de Jesus na cruz do calvário. A
verdade é que Caleb é confrontado com o fato de que não compreendia o verdadeiro amor na
essência, razão ela qual não era capaz de dar aquilo que nunca houvera tido. Após sua compreensão
de necessidade de Cristo e de Seu amor, Caleb prossegue na tentativa de resgatar o seu casamento.
Para isso começa a tomar atitudes profundas que provam uma mudança sincera não só de coração e
propósito, mas de prioridades. Para tanto, ele começa a amar sua esposa com atitudes, ainda que
por ela desconhecidas, mas de valores inestimáveis, e começa a lutar por ela em oração. Sua esposa
não compreende as mudanças. Afinal de contas, lhe era praticamente impossível compreender um
marido que da noite pra o dia, passa a cuidar da casa, fazer compras, e substitui o computador por
flores. A verdade é que as coisas que fizeram-na acreditar não ter valor, foram as mesmas que aos
poucos minaram seus sentimentos em relação ao seu marido. O mesmo tinha raposinhas cultivadas,
como pornografia no computador, economias para um barco, quando sua esposa precisava de
dinheiro para ajudar a comprar os equipamentos necessários ao conforto de sua mãe que sofrera
um derrama e tinha dificuldades pra se locomover e dormir. Ela praticamente compreende seu
casamento morto, em troca de um homem bom de palavras, mas fraco de caráter. A verdade é que
quando se está perecendo no deserto, qualquer água ou migalha de afeição, compreensão, ou
demonstração de carinho é suficiente para apaziguar a aridez que nos envolve. Assim, ela já não
acredita na solução de um casamento falido. Tudo parece sofrer uma reviravolta quando ela adoece,
e o marido insiste em tratá-la com amor. Seu coraçãozinho de gelo começa a derreter quando ele
pede perdão em prantos dizendo a ela que mesmo que ela não ame mais, não lute mais, ele não vai
desistir, e ainda reconhece o quanto a tratara mal, fora egoísta dando prioridade a suas próprias
vontades e tudo quanto ela fora sofrendo anos a fio. Mas o que desmorona a fortaleza entre o casal,
é o descobrimento pela jovem esposa de que o equipamento na casa de sua mãe é fruto das
economias para o barco de seu marido. Um coração é levado ao outro. Ela procura o esposo no local
de trabalho. Pedindo-lhe em casamento. Após conversas e comunhão até mesmo com os sogros a
respeito das coisas do Senhor, Caleb é informado de que quem passara pelo mesmo exercício
sugerido pelo pai, fora sua mãe a quem ele tratara tão mão. Agradecido pelo sacrifício que salvara o
casamento dele e dos próprios pais relacionamentos quebrados e mau ajustados são renovados e
enxergados por novas perspectivas. Terminam confirmando sua aliança renovada diante de Deus e
dos homens baseados no novo testemunho da aliança em Cristo Jesus.

2
A Prova de Fogo, é um filme que relata problemas do cotidiano de um casal, ambos trabalham fora,
ele em uma profissão que mexe com o emocional, ela envolvida com os pais que dependem de sua
ajuda para adquirirem os mecanismos necessários proporcionando um conforto maior para
eles,trabalha em um hospital.Além de todos estes compromissos tem a sua casa e o seu marido e
para isto tem que saber dividir cada momento de cada lugar.
Ele por sua vez, só está preocupado em economizar para realizar um sonho de consumo que é a
compra de seu barco, e navegar na internet com situações qua não são condizentes com um casal,
pois achava que já fazia a sua parte trabalhando, e suprindo as necessidades básicas de consumo de
sua casa,não enxergava que faltava o essêncial que era o amor, respeito, cuidado, contribuição,
divisão de tarefas, carinho, valorização da outra pesssoa.
assim não via que sua esposa estava cansada do seu comportamento, sua falta de companheirismo,
e que a distância estava se formando dentro do seu lar.Ela por sua vez trabalhava, cuidava da casa,
cuidava dos pais, mas estava ficando desiludida com o comportamento de seu esposo,assim foi se
afastando cada dia mais, vivendo a sua maneira, não correspondia no trancorrer do cuidado da sua
casa, exigindo assim que ou ele fazia as tarefas diárias com ela ou não dispunha mais de organização
dentor do lar, gerando os primeiros conflitos de cobrança de cada um.
Cada vez que discutiam ela saia indignada para o trabalho, dividindo os seus problemas com as
colegas de trabalho, e gerando dentro de si mesma um vazio, onde um simples gesto de atenção
pode se tornar uma paixão, e foi o que aconteceu com um médico plantonista do
hospital.Percebendo a carência que ela estava,não tardou em investir com elogios,sorrisos, convites
para almoçar etc...
Como se encontrava em um momento de extrema fragilidade emocional familiar, foi se envolvendo
sentimentalmente, desta forma começou a ignorar o seu marido, pois via nele somente brigas,
desavenças, ingratidão, falta de companherismo e assim a separação era o que no momento lhe
parecia ser a melhor soluçaõ.
Em uma das discussões disse para ele a desição que havia tomado quanto a separação, houve no
momento uma concordância de ambas as partes que esta era a melhor solução para eles. Já não
existia mais diálogo só acusações,cada um dentro da sua razão e de seus motivos.Os pais dele ficam
sabendo que os dois vão se separar, e fazem uma visita ao casal, a mãe tenta mostrar para Caleb que
ele tem que ajudar nas tarefas pois ambos trabalham, mas ele não aceita dizendo que a mãe está
contra ele e a favor de sua esposa, pede para conversar somente com o pai,pois acha que o pai por
ser homem vai compreênde-lo,mas não é o que acontece e lhe pergunta se realmente quer se
separar da sua esposa,se estão decididos a romperem com os laços do matrimônio, mas Caleb
argumenta que é sua esposa quem quer a separação e que tentou (no seu conceito) fazer de tudo
para se entenderem,mas que ela está irredutível, alegando que não há mais condição do dois
permanecerem juntos.O pai lhe propõe lhe pergunta se está disposto a lutar pelo seu casamento e
lhe propõe o" Desafio do Amor" por quarenta dias,e só então tomaria alguma desição.Caleb resolve
aceitar e lutar pelo seu casamento, comenta com um colega seu de trabalho que é cristão o desafio
que o seu pai lhe propôs,desta forma começa a transformação de Caleb.
Ele descobre que tem alguém interessado em sua esposa, e deixa bem claro que vai lutar por
ela,com o passar dos dias, ela percebe que algo está diferente no comportamento de seu
esposo,mas não acredita em sua mudança, e permanece firme na decisão da separação, não sabe o
quanto Caleb havia mudado, já não acessava mais os sites da internet,arrumava a casa, se
preocupava com ela,e havia comprado com o dinheiro que tinha economizado os materiais que sua
mãe necessitava na casa de repouso onde se encontrava,sem falar nada para ela.Foi um processo
muito grande de transformação, o mover de Deus na vida de Caleb.Neste meio o médico se afasta
dela, e a responsável pela casa de repouso comunica a ela que quem pagou os materias foi seu
esposo,é neste momento que ela compreende que realmente ele mudou e que a ama
verdadeiramente, acotecendo assim a reconciliação do casamento.
Seu pai confessa para ele que aquele desafio foi sua mãe que fez pelo casamento deles, Caleb se
arrepende e pede perdão para a mãe, agora eles sabiam que a união estava selada pelo amor de
Cristo e que o que Deus uniu não separa o homem.