Você está na página 1de 6

Como elaborar um plano de negócio de e-commerce

Questionário ajuda na elaboração de um plano estratégico de e-commerce, a fim de


aumentar as chances de sucesso das lojas virtuais.

Alguns requisitos são considerados como ponto de partida para a elaboração de um


plano estratégico de e-commerce. A preparação para elaboração de um plano envolve
responder às perguntas listadas a seguir. Algumas questões se referem ao mercado e
setor e outras se referem a características de sua empresa.

Características do mercado e do setor

 Quais as características do mercado online para os seus produtos?


 Que parcela das vendas dos produtos é representada por e-commerce?
 Em que países se encontram concentrada a maior parte dos clientes potenciais para
vendas online desses produtos?
 Que tipos de clientes compram por esse meio e quais os seus hábitos de compra?
 Que concorrentes utilizam a internet como canal de vendas? Qual o seu tamanho e
suas características?
 Quais os requisitos técnicos e regulatórios para as vendas online?

Características da empresa

 A empresa dispõe dos processos de produção e logística necessários a uma operação


de e-commerce?
 As questões técnicas relacionadas ao e-commerce foram resolvidas?
 As formas de pagamento a serem aceitas já foram decididas?
 A forma de divulgação do site já foi considerada?
 A empresa dispõe dos recursos humanos e financeiros necessários à implantação do e-
commerce?
 Os gestores estão plenamente comprometidos com a implantação e operação do e-
commerce?
 As pessoas na empresa estão conscientes das mudanças necessárias à implantação do
e-commerce? Estão comprometidas com essas mudanças?
 Foi dado treinamento aos empregados, ou está previsto realizar algum tipo de
treinamento?
 Existe algum gestor encarregado da operação de e-commerce?
 Quais os custos iniciais e de operação com que a empresa terá de arcar?

Essas questões servem de base para a elaboração de um plano para implantar o e-


commerce na sua empresa. Se, inicialmente, algumas das questões indicadas não foram
respondidas, o próprio plano deve delinear as respostas, em termos de ações a serem
realizadas.
O planejamento da loja virtual de sucesso

Conheça os principais pontos que podem ajudar você a planejar, implementar e alcançar
sucesso no seu e-commerce.

Planejamento

 Saiba como planejar seu comércio eletrônico e como montar uma boa
infraestrutura para iniciar, manter e crescer seu negócio.

Como começar uma loja virtual

 Planeje o site da loja virtual, o primeiro contato do consumidor com o seu negócio. Ele
deve conter o máximo de informações sobre os produtos e a empresa de forma
objetiva.

A escolha da tecnologia

 Um dinheiro bem gasto nesta etapa do planejamento da loja virtual pode render
boas economias no futuro. Saiba os principais pontos que devem ser observados
na escolha da plataforma de e-commerce.

 A integração de sistemas no e-commerce depende da escolha da plataforma. Conheça


os tipos de integração e saiba como selecionar a que mais se adequa aos seus
propósitos.

Planejando o negócio

 Conheça os requisitos que são considerados como ponto de partida para a elaboração
de um plano estratégico de e-commerce.

Loja virtual x física


Para planejar o seu e-commerce, é importante entender as principais características da


loja virtual, bem como saber quais são as principais distinções em relação à loja física.
Conheça também outras diferenças entre um negócio físico e on-line que farão a
diferença na hora de criar e gerir seu negócio on-line.
Estratégia para o sucesso

Confira dicas e conheça elementos que podem fazer a diferença no sucesso do seu
empreendimento de e-commerce, bem como as possibilidades para deixar a loja virtual
ainda mais consistente.

Recursos adicionais para sua loja virtual

 É essencial organizar todo o caminho que o cliente vai fazer desde a solicitação do
produto na loja virtual até o monitoramento da satisfação pela pós-venda.

Como ter sucesso no e-commerce

 Mind map enumera todos os detalhes para organizar e administrar todas as etapas
necessárias para ter sucesso no comércio eletrônico. A ferramenta é de grande ajuda
no planejamento da loja virtual.
 Cooperação: seja para comercialização, aquisição ou entrega dos produtos,
estabelecer parcerias com outras empresas de comércio eletrônico pode beneficiar
todos os envolvidos.

Dicas essenciais

 Conheça alternativas para desenvolver o e-commerce da sua empresa diante da


necessidade da loja virtual estar sempre atualizada e de acordo com as tendências do
mercado.
 Saiba quais são os cuidados necessários para que a loje virtual ofereça a praticidade
que o consumidor procura.

Planeje o site da loja virtual


Site é o primeiro contato do consumidor com o estabelecimento virtual e por isso
precisa trazer informações para atender a clientela.

O empreendedor deve construir um site que contenha o máximo de informações sobre a


empresa e os produtos, de forma objetiva.

No e-commerce, quando a empresa já tem as decisões sobre o mercado, produtos,


concorrência e consumidores, um dos maiores desafios é a criação da loja online. É
preciso lembrar que o site será a vitrine e a comunicação entre a empresa e o
consumidor.

Para atender o consumidor, cada vez mais exigente e antenado sobre as novas
tecnologias de venda do comércio eletrônico, o empreendedor deve construir um site
que contenha o máximo de informações sobre a empresa e os produtos, de forma
objetiva.
Algumas dicas para atender o consumidor são:

 como a loja virtual não possui vendedores, quanto mais informações e imagens sobre
o produto, melhor para facilitar o consumidor encontrar o que procura,
 estímulos como descontos especiais, outro produto mais barato ou outra recompensa,
tornam o processo de compra ainda mais rápido, e
 disponibilizar canais de comunicação diretos entre o consumidor e a empresa (como e-
mail, chats, perguntas frequentes e telefones).

Divulgação

Após a criação da loja virtual, o empreendedor precisa divulgá-la na rede e isso pode ser
feito em sites de buscas (Google e Yahoo, por exemplo), e-mail marketing e anúncios
em outras sites e blogs.

Como escolher uma plataforma para e-commerce


Dinheiro bem gasto na fase da escolha poderá render boas economias no futuro.

Há casos de lojas virtuais que usam tecnologias gratuitas e conseguem se manter na


Web com um índice de vendas satisfatório. O importante é o empresário certificar-se
sobre as limitações de cada tecnologia e até onde elas poderão atender suas expectativas
a curto, médio e longo prazo. É recomendável que se peça ajuda a profissionais da área
para a escolha da melhor plataforma, ela será crucial para o sucesso do empreendimento
on-line.

O dinheiro bem gasto nessa fase poderá render boas economias no futuro. Basicamente,
alguns pontos precisam ser considerados durante a escolha de uma plataforma. Todos
eles podem estar contemplados, ou, para aqueles que decidirem por um início mais
simplificado, a escolha pode ser por plataformas mais limitadas, que possuem apenas
alguns dentre os requisitos abaixo:

 Permite atualização conforme novas necessidades?


 O módulo de gerenciamento é fácil de usar?
 A parte visual atende o meu plano de comunicação, é aderente à identidade do
meu negócio?
 Tem flexibilidade para integração com as demais tecnologias como: meios de
pagamento, atendimento via chat on-line, segurança das informações, banco de
dados etc.?
 Tem flexibilidade para integração com sistemas internos da empresa?
 Permite otimização para motores de busca que atenda o meu plano de
marketing?
 Possui um bom canal de suporte?
 É compatível com os principais navegadores?
 É conhecida por vários profissionais desenvolvedores?
 Existem casos de sucesso que usaram a mesma tecnologia?

A integração de sistemas no e-commerce


Todas as diferentes formas de integração dependem da plataforma adotada pelo
empresário.

Quando pensamos em integração no e-Commerce, podemos abordar diferentes aspectos:

 Integração com sistemas internos - ERP (Enterprise Resourse Planning);


 Integração em plataformas e meios de pagamento;
 Integração com sistema de análise de fraude;
 Integração das plataformas com redes sociais, blogs e outros sistemas de
terceiros visando aumentar a abrangência do e-Commerce.

Todas essas diferentes formas de integração dependem da plataforma adotada pelo


empresário. Sob o enfoque do lojista, abaixo seguem aspectos importantes que uma
plataforma de e-Commerce deve possuir:

 Deve ser possível mensurar as informações on-line com relatórios de vendas,


tráfego etc;
 Deve permitir a instalação do Google Analytics e Adwords;
 Deve ser otimizada para mecanismos de busca;
 Deve ter segurança e estabilidade com a possível integração com sistemas de
análise de fraude (FControl, ClearSale), ótimo uptime e banda do servidor da
hospedagem, backup das informações e sistemas de segurança (Site Seguro, Site
Blindado, Certificados SSL);
 A plataforma deve ser flexível e permitir expansão;
 Deve possuir ferramentas para criar promoções para um canal de vendas ou
parceiro com configurações de frete grátis;
 Deve permitir a integração com ERP com importação de relatórios, bancos e
gateways de pagamento;
 Deve possuir área administrativa intuitiva e acessível;
 O design deve ser personalizado (layout, navegação, usabilidade, busca e
filtros);
 Deve permitir a integração com comparadores de preços como Buscapé,
Bondfaro e também com o MercadoLivre.