Você está na página 1de 7

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ.

DIRETORIA DE ENSINO
DEPARTAMENTO DE FORMAÇÕES DE PROFESSORES, LETRAS E CIÊNCIAS.
COORDENAÇÃO DE BIOLOGIA E QUÍMICA
CURSO: LICENCIATURA EM QUÍMICA
DISCIPLINA: INICIAÇÃO AO LAB. DE QUÍMICA
PROF. JOAQUIM SOARES DA COSTA JÚNIOR
MÓDULO: I SEMESTRE: 2010.1

DETERMINAÇÃO DA ACIDEZ DO VINAGRE

Emannuel Sousa Elizeu Osório

TERESINA, MAIO DE 2010.


DETERMINAÇÃO DA ACIDEZ DO VINAGRE

RESUMO

Neste experimento, determinou-se a acidez, ou seja, o teor de ácido acético


presente no vinagre. Encontrou-se, com esse experimento, um teor de 4,2 % de
ácido acético na amostra de vinagre, o que aponta uma pequena margem de erro, já
que o teor de ácido acético dado no rótulo do vinagre era de 4 %.

INTRODUÇÃO

O vinagre é o produto resultante da fermentação de certas bebidas alcoólicas,


particularmente do vinho. Na fermentação do vinho, microorganismos da espécie
Microderma aceti transformam o álcool etílico em ácido acético. Após a fermentação,
o vinho fica com cerca de 4 a 5 % de ácido acético, recebendo então o nome de
“vinagre” (“vinho azedo”). O teor de CH3COOH no vinagre é determinado
volumetricamente titulando-se certa quantidade de vinagre com uma solução padrão
de hidróxido de sódio com normalidade próxima de 0,1 N e molaridade próxima de
0,1 M, conhecida com três casas decimais. Usa-se uma solução de fenolftaleína
como indicador, a fim de ser ver o fim da reação. (OLIVEIRA, 2003)
A análise volumétrica refere-se a todo procedimento em que se mede o
volume de um reagente usado para reagir com um analito (HARRIS, 2005). A adição
gradativa de uma solução de um reagente à solução de outro, até que a solução
esteja completa, é chamada de titulação.
As reações de neutralização são importantes no procedimento de titulação
ácido-base, no qual a concentração molar de um ácido em uma solução aquosa é
determinada pela adição vagarosa de uma solução básica de concentração
conhecida na solução do ácido. (RUSSEL, 2006)
Quando a quantidade de titulante adicionado é a quantidade exata necessária
para uma reação estequiométrica com o analíto, ocorre o ponto de equivalência, ou
ponto de viragem. Ao ocorrer uma mudança súbita de uma propriedade física da
solução, dizemos que esse é o ponto final da titulação, e a diferença entre o ponto
de viragem e o ponto final é o chamado erro de titulação.
Essa mudança só é percebida com o auxílio de um indicador, que deve ser
acrescentado ao ácido. Um indicador é um composto com uma propriedade física
(normalmente a cor) que muda abruptamente quando próximo ao ponto de
equivalência. A mudança é causada pelo desaparecimento do analíto ou pelo
aqucimento do excesso de titulante. (HARRIS, 2005). Quando essa mudança ocorre,
a titulação se concluiu por completo.
O objetivo deste experimento é determinar a porcentagem de ácido acético
que existe no vinagre, ou seja, determinar o seu teor de acidez, realizando uma
titulação de um ácido forte com uma base fraca, e comparar o resultado com o teor
de acidez que está descrito no rótulo de vinagre.

MATERIAIS E REAGENTES

Os seguintes materiais e reagentes, disponíveis no Laboratório de Química do


IFPI, foram utilizados neste experimento:

Tabela 1: Materiais e reagentes


MATERIAIS REAGENTES
Suporte universal Solução de fenolftaleína
Garras para o suporte universal Água Destilada
Bureta Solução de Hidróxido de Sódio (NaOH) –
Erlenmeyer 0,093 M
Pipeta Vinagre – 4 % de ácido acético
Béquer
Balão volumétrico
Bastão de vidro

PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL

Primeiro pipetou-se um volume de 10 mL de vinagre e passou-se esse


volume para um balão volumétrico. Completou-se esse balão volumétrico com água
destilada e, feito isso, pipetou-se 25 mL da solução de vinagre com água e passou-
se o volume para um erlenmeyer. Depois disso, com o auxílio de um béquer, mediu-
se 40 mL de água destilada, e transferiu-se esse volume para o béquer em que
estava a solução de vinagre com água. Feito isso, preparou-se a bureta, colocando-
a no suporte universal e depois encheu-se a bureta de solução de hidróxido de
sódio.
Na realização da titulação, colocou-se duas gotas de fenolftaleína no
erlenmeyer, e assim começou-se a titulação. Foi deixado cair gota a gota de solução
de hidróxido de sódio na solução de vinagre, até que a solução ácida atinja o ponto
de viragem e a solução mude de cor. Realizou-se esse experimento em triplicata.

RESULTADOS E DISCUSSÃO

Anotou-se o volume de solução de hidróxido de sódio usado em cada uma


das três amostras, e com esses valores, põde-se calcular o teor de acidez, ou seja,
a porcentagem de ácido acético presente no vinagre, e os valores encontrados
foram registrados na tabela 2.

Tabela 2: Análise das amostras de vinagre: massa, volume de NaOH usado e o teor de acidez
encontrado.
Amostras Massa (g) Volume (NaOH) Acidez (%)
1 0,105 g 18,8 mL 4,2 %
2 0,105 g 18,8 mL 4,2 %
3 0,105 g 18,8 mL 4,2%
Acidez Média 4,2 %

Durante a realização do experimento, ocorreu uma reação ácido-base, na


qual o resultado é sempre sal e água (H2O). a experiência foi feita em triplicata para
se ter uma melhor análise do vinagre, e a partir das três amostras, pôde-se calcular
a acidez do vinagre, fazendo uma relação diretamente proporcional entre o volume e
a massa das amostras.
No rótulo constava que a acidez (o teor de ácido acético) do vinagre é de 4 %.
Feitas as análises, e também todos os cálculos, encontrou-se uma acidez de 4,2 %,
o qual apresentou uma pequena margem de erro, que pode ter sido causada por um
erro na medição do vinagre antes de o mesmo ser diluído.
CONCLUSÃO
Portanto, encontrou-se no experimento uma porcentagem de ácido acético de
4,2 %, que apresentou uma pequena margem de erro com relação ao que estava no
rótulo, talvez pelo fato de que tenha havido um pequeno erro nas medições.

REFERENCIAS

ANDRADE. M. A. G. Atividades Experimentais. Conteúdo disponível no site: <


http://www.pucrs.br/quimica/mateus/geralexp.htm>. Acesso em 18/05/2010 às 06:26.

HARRIS, D. C. Análise Química Quantitativa. 6ed. Rio de Janeiro: LTC, 2005.

OLIVEIRA, E.A. Aulas práticas de Química. 3 ed. São Paulo: Moderna, 1993.

RUSSEL, J.B. Química Geral. 2 ed. v1. São Paulo: Makron Books, 2006.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ.


DIRETORIA DE ENSINO
DEPARTAMENTO DE FORMAÇÕES DE PROFESSORES, LETRAS E CIÊNCIAS.
COORDENAÇÃO DE BIOLOGIA E QUÍMICA
CURSO: LICENCIATURA EM QUÍMICA
DISCIPLINA: INICIAÇÃO AO LAB. DE QUÍMICA
PROF. JOAQUIM SOARES DA COSTA JÚNIOR
MÓDULO: I SEMESTRE: 2010.1

QUESTIONÁRIO

1) Escreva as reações envolvidas no processo.

A reação envolvida nesse processo é a seguinte:

CH3COOH + NaOH CH3COONa + H2O

Ácido mais base resulta em sal mais água

2) Demonstre os cálculos para a determinação da acidez no vinagre.

3) Por que o vinagre é ácido? Por que é necessário diluir a amostra de


vinagre em água?

O vinagre é obtido a partir da fermentação do álcool por um microorganismo


chamado Microderma aceti. Dilui-se o ácido acético por ele apresentar uma grande
concentração

4) A técnica aprendida nesta aula pode ser utilizada em uma indústria


para o controle de acidez de vinagres? Justifique.

Sim, pois com essa técnica, pode-se calcular com uma boa precisão o precentual de
ácido acético no vinagre, pois também a acidez do vinagre é um dos critérios
observados pelo Ministério da Agricultura no controle de fabricação de vinagre.