Você está na página 1de 5

SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BETEL BRASILEIRO

CURSO DE TEOLOGIA COM CONCENTRAÇÃO EM MISSIOLOGIA

JOSÉ SAMUEL DE OLIVEIRA FERNANDES

TRABALHO REFERENTE A DISCIPLINA DO PROFESSOR AGNALDO


LOPES

JOÃO PESSOA
2015
1. ESTUDO REFERENTE AO LIVRO DE JOSUÉ- Esboço:

 Cap. 1.1-9- A chamada de Josué


 Cap. 1.10-18- Orientações de Josué ao povo
 Cap. 2.1-24- Envio dos espiões a Jericó
 Cap. 3.1-5.1- Jornada pelo Jordão
 Cap. 5.13-8.29- Estratégias militares em Ai
 Cap.8.30-35- Edificação de um altar em Ebal
 Cap.9.1-27- A sabedoria dos gibeonitas
 Cap.10.1-43- Conquista de parte de Canaã
 Cap.11.16-12.24- Lista das Conquistas
 Cap.13.1-7- Encontro do Senhor com Josué
 Cap.13.8-19.51- Recebimento das heranças por parte das tribos
 Cap.20.1-9- Descrição das cidades refúgio
 Cap.21.1-45- As cidades de Levi
 Cap.22.1-34- Benção sobre as tribos
 Cap.23.1-16- Orientação às lideranças
 Cap.24.1-28- admoestações finais e morte de Josué

Em análise específica do capítulo um e versículo cinco: “ Ninguém te poderá resistir


todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te
desampararei.” , entendemos que o Deus que havia sido providência para o seu povo, outrora
escravizado no Egito, através da vida de Moisés, agora estava como guia da pessoa de Josué.
A obra do Senhor Deus não pode parar e, desta feita, é Deus quem capacita e escolhe pessoas
no tempo certo para dá continuidade aos seus propósitos. É notória a maneira como Deus se
intitula como o governante de toda situação, evidenciando que os inimigos do seu povo,
também seriam Seus inimigos e, portanto, seu povo não poderia perecer, haja vista o Deus
imperecível que em todo tempo estaria com eles.

2. ESTUDO REFERENTE AO LIVRO DE JUÍZES- Esboço:

 Cap.1.1-36- Descrição sobre os antecedentes aos Juízes


 Cap.2.1-5- Sistema religioso
 Cap.3.7-11- Sobre Otniel
 Cap.3.12-30- Sobre Eúde
 Cap.3.31- Sobre Sangar
 Cap.4.1-5.30- Sobre Débora e Baraque
 Cap.6.1-9.57- Sobre Gideão e Abimeleque
 Cap.10.1,2- Sobre Tola
 Cap.10.3-5- Sobre Jair
 Cap.10.6-12.7- Sobre Jefté
 Cap.12.8-10- Sobre Ibzã
 Cap.12.11-12- Sobre Elom
 Cap.12.13-15- Sobre Abdom
 Cap.13.1-16.31- Sobre Sansão
 Cap.17.1-18.31- Sobre Mica e Dã
 Cap.19.1-21.25-Guerra contra benjamitas

Em análise do versículo um do capítulo onze do presente livro: “Era, então, Jefté, o


gileadita, homem valente, porém filho de uma prostituta; Gileade gerara a Jefté.”, percebemos
que a providência de Deus é algo que foge dos padrões humanos de julgamento.
Aparentemente, era Jefté, o bastardo dentre seus irmãos, excluído da herança da casa de seu
pai, até que uma mudança nas circunstâncias do povo, tornou aquele homem rejeitado àquele
que lideraria o povo contra os filhos de Amon. Era grande o comprometimento deste juiz com
o Deus que lhe havia dado vitória em batalha, embora isso lhe tenha trazido consequências
dolorosas.

3. ESTUDO REFERENTE AO LIVRO DE RUTE- Esboço:

 Cap.1.1-5- Situação da família de Elimeleque em Moabe


 Cap.1.6-18- Sentimento entre Rute e Noemi
 Cap.1.19-22-Chegada em Judá de Rute e Noemi
 Cap.2.1-23- Encontro de Rute com Boaz
 Cap.3.1-5- Noemi e Rute são instruídas
 Cap.3.6-3.18- Rute retorna até Noemi
 Cap.4.1-12- Preparativos para o casamento
 Cap.4.13-17- A felicidade de Noemi
 Cap.4.18-22- Antepassados de Davi

Em análise da história contada em todo teor do livro de Rute, entendemos a maneira


como difíceis escolhas, podem geram bons resultados. Rute teve que tomar a difícil decisão
de seguir sua sogra, mesmo sabendo que não pertencia ao povo de Deus; sua própria sogra
buscou lhe impedir de tomar tal atitude, sua cunhada por sorte, não havia sido boa referência,
mas ainda assim, Rute teve uma decisão firme e clara: ela queria a qualquer custo pertencer ao
povo de Deus. Sua decisão lhe trouxe boas consequências. Algumas vezes pertencer ao povo
de Deus significa fazer difíceis decisões, mas em todas elas, a honra virá de Deus, o qual
sobre todas as coisas exerce controle, abençoando aqueles que a Ele, permanecem fiéis.
4. ESTUDO REFERENTE AO LIVRO DE ESDRAS- Esboço:

 Cap.1.1-11- O decreto de Ciro


 Cap.2.1-70- Sumário dos exilados
 Cap.3.1-6.15- Reconstrução do templo
 Cap.6.16-22- A dedicação ao templo
 Cap.7.1-8.36- Segunda ida de exilados
 Cap.9.1-10.44- Divórcio obrigatório

Em análise do versículo vinte e um do capítulo seis: “Assim comemoram a Páscoa os


filhos de Israel que tinham voltado do exílio e todos os que, unindo-se a eles, se haviam
separado da imundícia dos gentios da terra, para buscarem ao Senhor, Deus de Israel.”,
entendemos que Deus é aquele que providencia o socorro e a libertação para o seu povo,
desde que este tenha se arrependido de seus pecados. Neste versículo, os filhos de Judá
deixaram o cativeiro e agora já podiam novamente celebrar a Páscoa, devendo, no entanto,
santificar a si mesmos para cumprirem as ordenanças provenientes do Senhor Deus.

5. ESTUDO REFERENTE AO LIVRO DE NEEMIAS- Esboço:

 Cap.1.1-11- Neemias é informado da situação de Israel


 Cap.2.1-12- Autorização real para reconstrução da cidade
 Cap.3.1-32- Distribuição dos trabalhadores por suas áreas respectivas
 Cap.4.1-23- Levante de adversários
 Cap.5.1-19- Problemas internos enfrentados
 Cap.6.1-14- Acusações contra a liderança
 Cap.6.15-7.4- Término das muralhas de Jerusalém
 Cap.7.5-73- Sumário dos exilados que retornaram
 Cap.8.1-18- Leitura da Lei de Moisés
 Cap.9.1-10-39- Novo Pacto
 Cap.11.1-36- Habitantes de Jerusalém e circunvizinhos
 Cap.12.1-26- Estruturação das funções no templo
 Cap.12.27-13.3- Como adorar publicamente
 Cap.13.4-31- Reformas a serem postas em prática.

Através de uma análise do livro de Neemias, precisamente, do capítulo um,


entendemos que um chamado missionário por vezes nos direciona a deixar o conforto do
palácio real para ir reconstruir uma terra cheia de pessoas sem esperanças. Era este o
sentimento existente no coração daquele homem, movido por um quebrantamento diante da
situação que seu povo estava vivendo. Embora libertos do cativeiro, o povo de Israel,
encontrava-se com sua estrutura e identidade prejudicadas. Era necessário um líder, um
instrumento de Deus para que fosse iniciado um novo começo. Assim, levantou Deus
Neemias, para que o seu povo tivesse reconstruído não apenas o templo (símbolo da presença
de Deus), mas também a identidade na condição de povo do Senhor.