Você está na página 1de 29

Universidade Federal de Goiás

Regional Catalão
Instituto de Química

CÁLCULOS EM QUÍMICA
AULA 3
13/09/2019

Profa. Dra. Luciana Melo Coelho


A estequiometria das reações químicas tem
como base as Leis Ponderais:

1. Lei de Lavoisier

2. Lei de Proust
1. Lei de Lavoisier
Lei da conservação de massas

Lavoisier formulou essa lei depois de realizar uma experiência com óxido de
mercúrio (reagente), o qual, antes de ser submetido a aquecimento, teve sua
massa determinada quando colocado em um sistema fechado. Mediante o
aquecimento desse reagente, Lavousier obteve mercúrio e oxigênio (produtos),
que ao final da reação, também tiveram suas massas identificadas.

óxido de mercúrio mercúrio oxigênio


(vermelho) aquecimento (prateado) + (incolor)

massa do reagente massa do produto


1. Lei de Lavoisier
Em função desta e de várias outras experiências,
Lavoisier concluiu que:

CaO + H2O Ca(OH)2


56g 18g 74g

massa dos reagentes massa do produto


74g 74g
“Rien ne se perd, rien ne se crée, tout se
transforme”
Antoine Laurent de Lavoisier (1743-1794)

Devido ao princípio da conservação da


matéria, uma equação tem que ser
balanceada.

Deve haver o mesmo número de átomos


de determinado tipo dos dois lados da
equação.
Lavoisier, 1788

- Lavosier:

Calcário (aqueceu)  cal viva + dióxido de carbono


CaCO3  CaO(s) + CO2(g)
40g 22,4g 13,6g
100g 56g 44g
2. Lei de Proust
Lei das proporções constantes
Em 1799, Joseph Louis Proust, analisando várias substâncias, descobriu que a
proporção com que cada elemento entra na formação de determinada
substância ou composição em massa era constante, independentemente de
seu processo de obtenção.
H2 (g) + O2(g) H2O(l)

A composição da água apresentará sempre uma mesma relação entre as


massas de hidrogênio e oxigênio, qualquer que seja a massa da água
considerada.
2. Lei de Proust

Em função desses resultados, Proust enunciou a seguinte lei


ponderal conhecida como Lei das proporções constantes
Plano geral para cálculos estequiométricos

Massa de reagente(s) nº de mols de reagente


ou
Volume de reagente(s)
Estequiometria

Massa de produto(s)
ou nº de mols de produto
Volume de produto(s)

Você sabe o que é um mol?


Mol e dúzias de ovos

A química é uma ciência quantitativa — precisamos de uma


“unidade de contagem”
MOL
1 mol é a quantia de substância que contém tantas partículas
(átomos, moléculas) quantas há em 12,0 g de 12C.

Partículas em um Mol

Amedeo Avogadro
1776-1856
Número de Avogadro:
6,02214199 x 1023
O número de partículas em um mol de qualquer substância é
igual ao número de Avogadro.
Você sabe o que é um mol?

Você compra ovos em


dúzia para indicar uma
certa quantidade desse
produto (12 ovos), não é
verdade?
 A “dúzia do químico” chama-se MOL (símbolo mol);
 É composto de 6,022 x 1023 objetos.

1 dúzia = 12 objetos
1 mol = 6,022 x 1023 objetos

Por exemplo:
1 mol de C + 1 mol de O → 1 mol de CO
6,022 x 1023 6,022 x 1023 6,022 x 1023
átomos de C átomos de O moléculas de CO
A quantidade de matéria em mol pode ser expressa em outras
grandezas, tais como: massa em gramas, volume de gases e,
ainda, número de moléculas
1 N2 + 3 H2 2 NH3
1 mol de N2 3 mols de H2 2 mols de NH3

28 gramas 6 gramas 34 gramas

6,02 x 1023 Moléculas 18,06 x 1023 Moléculas 12,04 x 1023 Moléculas

22,71 L (nas CNTP) 68,13 L (nas CNTP) 45,42 L (nas CNTP)

1 Volume 3 Volumes 2 Volumes


Zinco reage com ácidos, produzindo gás H2. Se você tem 10,0 g
de Zn, que volume de HCl 2,50 M é necessário para converter
totalmente o zinco?

Massa Massa
zinco HCl

Fator
Estequiométrico
Mols Mols
zinco HCl

Volume
HCl
Zinco reage com ácidos, produzindo gás H2. Se você tem 10,0 g
de Zn, que volume de HCl 2,50 M é necessário para converter
totalmente o zinco?

Etapa 1: Escreva a equação balanceada


Zn(s) + 2 HCl(aq) --> ZnCl2(aq) + H2(g)

Etapa 2: Calcule a quantia de Zn


n = massa/mol

1,00 mol Zn
10,0 g Zn   0,153 mol
65,39 g Zn

Etapa 3: Use o fator estequiométrico


2 mol HCl
0,153 mol Zn   0,306 mol HCl
1 mol Zn
Etapa 4: Calcule o volume de HCl
1,00 L
0,306 mol HCl   0,122 L HCl
2,50 mol
Relação massa - massa
Ex.: Qual a massa de água em gramas, produzida a partir de 8 g
de gás hidrogênio reagindo em quantidade suficiente com gás
oxigênio?

1º) Escrever a equação:


H2(g) + O2(g) → H2O(g)

2º) Equilibrar a equação:

2 H2(g) + O2(g) → 2 H2O(g)

3º) Escrever a regra de três:


2 mol H2(g) - 2 mol H2O(g)
4g - 36 g
8g - m m = 72 g de água
Relação massa - moléculas
Ex.: Na reação de síntese da água, quantas moléculas de
água são produzidas a partir de 16 g do gás oxigênio?

1º) Escrever a equação:


H2(g) + O2(g) → H2O(g)

2º) Equilibrar a equação:


2 H2(g) + O2(g) → 2 H2O(g)

3º) Converter as unidades:


1 mol O2(g) - 2 mol H2O(g)
32 g O2(g) - 12 . 1023 moléculas
16 g - x
x = 6 . 1023 moléculas de água
Relação massa - volume
Ex.: Qual o volume de Amônia produzido nas CNTP por
12g de H2 que reage com N2 suficiente?
1º) Escrever a equação:
H2(g) + N2(g) → NH3(g)

2º) Equilibrar a equação:


3 H2(g) + N2(g) → 2 NH3(g)

3º) Converter as unidades:


3 mols H2(g) - 2 mols NH3(g)
6 g H2(g) - 44,8 L
12 g - V

V = 89,6 L de amônia
Relação mol - volume
Ex.: Quantos Mols de CO2 são produzidos a partir de
11, 2 L de CO nas CNTP?
1º) Escrever a equação:
CO(g) + O2(g) → CO2(g)

2º) Equilibrar a equação:


2 CO(g) + O2(g) → 2 CO2(g)

3º) Converter as unidades:


2 mols CO(g) - 2 mols CO2(g)
44,8 L - 2 mols
11,2 L - n

n= 0,5 mols de CO2


1ª)Escrever a equação química mencionada no problema

2ª)Balancear ou acertar os coeficientes da equação.

3ª)Utilizar uma regra de três entre o dado e a pergunta do problema.


Exercícios:

1. Quantos mols de Si estão contidos em 30,5 gramas de Si?

Dado: 1 mol de Si = 28,1g de Si


Resposta: 1,09 mol de Si

2. Quantos gramas de Ca devem reagir com 41,5 g de Cl para produzir


CaCl2?
Equação:CaCO3(s) + 2 HCl(aq) → CaCl2(aq) + H2O(l) + CO2(g)

Eq. Iônica: Ca2+(aq) + CO32-(aq) + 2 H+(aq) + 2 Cl-(aq) → CaCl2(aq) + H2O(l) + CO2(g)

Eq. Iônica Simplificada: Ca2+(aq) + 2 Cl-(aq) → CaCl2(aq)

Dados: 1 mol de Cl = 35,5 g de Cl


1 mol de Ca = 40,1 g de Ca
Resposta: 23,5 g de Ca
Cálculo da Massa Molecular :

O Carbonato de sódio (Na2CO3) é um produto químico industrial


muito importante e usado na manufatura do vidro.
a) Qual a massa de 0,25 mol de Na2CO3?
b) Quantos mols de Na2CO3 existem em 132 g de Na2CO3?
RESOLUÇÃO:
- Cálculo da massa molar:
2 Na ............... 2 x 23,0 = 46,0
1 C ................. 1 x 12,0 = 12,0
3 O ................. 3 x 16,0 = 48,0
Total 106,0

Portanto: 1 mol de Na2CO3 tem 106,0 g de Na2CO3

a) Qual a massa de 0,25 mol de Na2CO3?


1 mol de Na2CO3 - 106,0g de Na2CO3
0,25 mol de Na2CO3 - x
x = 26,5 g de Na2CO3
b) Quantos mols de Na2CO3 existem em 132 g de Na2CO3?

1 mol de Na2CO3 - 106,0g de Na2CO3


x - 132,0g de Na2CO3
x = 1,25 mol de Na2CO3
11 2
8
Qual é a massa
Na 1
molar do NaCl?
sódio
22,98

1 mol contém
1 mol Na (22,98 g Na/1 mol) = 22,98 g
Na
1 mol Cl (35,50 g Cl/1 mol) = 35,50 g
Cl
2
17
TOTAL = massa molar = 58,48 g/mol
8
Cl 7

cloro
35,50
Qual é a massa
molar do etanol,
C2H6O?

1 mol contém
2 mol C (12,01 g C/1 mol) = 24,02 g C
6 mol H (1,01 g H/1 mol) = 6,06 g H
1 mol O (16,00 g O/1 mol) = 16,00 g O
TOTAL = massa molar = 46,08 g/mol
EXERCÍCIO 1:
Suponha que você use 1,0 mol de fósforo (P4, 124 g/mol) na seguinte
reação: P4(s) + 6Cl2(g) 4PCl3(l)

A equação balanceada mostra que 6,0 mol (= 425g) de Cl2 devem ser
usados para uma reação completa com 1,0 mol de P4 e que 4,0 mol (=
549g) de PCl3 podem ser produzidos.
Seguindo este raciocínio, decida:

a) Que massa de Cl2 é necessária para reagir completamente com 1,45 g


de P4?
b) Que massa de PCl3 é produzida a partir de P4 e Cl2?
EXERCÍCIO 2:
A glicose reage com o oxigênio para formar CO2 e H2O
C6H12O6(s) + O2(g) CO2(g) + H2O(l)
a) Balanceie a reação acima.
b) Que massa de oxigênio (O2) (em gramas) é necessária para reagir
completamente com 25,0 gramas de glicose (C6H12O6)?

massa de glicose massa de O2 necessário

massa molar da glicose massa molar de O2

mol de glicose mol de O2 necessário


fator estequiométrico

c) Quais são as massas de dióxido de carbono (CO2) e água (H2O) (em


gramas) formadas?
EXERCÍCIO 3: atividade extra-aula

Dada a reação abaixo:

C3H8(g) + O2(g) CO2(g) + H2O(l)

a) Balanceie a reação.
b) Qual massa de oxigênio é necessária para promover a
combustão completa de 454 g de propano (C3H8)?
c) Quais são as massas de CO2 e de H2O produzidas?