Você está na página 1de 13

6.

Aula 06
6.1. Funções lógicas

Nesta unidade vamos aprender como utilizar as funções lógicas mais comuns do Excel.

Você sabe o que é uma função lógica? É o meio utilizado pela matemática para testar
valores, verificando, assim, se estes atendem ou não a determinadas condições. O Excel faz
uso destas funções com os mesmos intuitos de verificação e comparação.

Os testes em geral são feitos através de comparação entre valores. As respostas para
estes testes serão sempre VERDADEIRO ou FALSO, dependendo dos valores e do método
aplicado. Vejamos os exemplos:

X = Y valor igual a valor

X <> Y valor diferente de valor

X > Y valor maior que valor

X < Y valor menor que valor

X >=Y valor maior ou igual a valor

X <= Y valor menor ou igual a valor

No Excel também é possível realizar verificações com base em um critério pré-


estabelecido. Vejamos quais são as funções mais comuns neste sentido utilizando a planilha
sugerida a seguir (fig. 6.1):
6.1.1.CONT. SE

Esta função é amplamente utilizada quando desejamos resumir dados da planilha a


grupos, classes, família, etc. Imagine uma base de dados extensa, sendo necessário contar
quantas vezes um determinado valor ocorre na planilha. Você iria contar os valores um a um?
Certamente não. Por isso, podemos utilizar a função CONT.SE para nos auxiliar a resolver esta
situação.

A função CONT. SE, definida pela sintaxe =CONT.SE(INTEVALO;CRITÉRIO),


realizará a contagem dos dados com base em um critério pré-estabelecido. No
argumento Intervalo devemos informar onde a busca será feita e, no argumento Critério, qual
será o critério da busca (fig. 6.2):

6.1.2.Soma Se

Assemelhando-se à função anterior, a função Soma Se auxilia- nos a determinar os


valores da soma de itens específicos inseridos em uma determinada base de dados. Seria
muito difícil isolar e somar os valores procurados sem a ajuda desta função, como quando, por
exemplo, desejamos somar o valor do resultado obtido por um vendedor entre vários
vendedores existentes numa empresa.

A função com sintaxe =SOMASE(INTERVALO;CRITÉRIO;INTERVALO_SOMA) irá somar os


dados contidos no intervalo com base em um critério pré-estabelecido. Ou seja, toda vez que o
valor informado no argumento CRITÉRIO for percebido no INTERVALO, o Excel somará os
dados adjacentes a ele no INTERVALO_SOMA (fig. 6.3.1 e 6.3.2):
6.1.3.Lógica proposicional

A lógica proposicional estuda de que maneira podemos trabalhar com afirmações que
podem ser verdadeiras ou falsas. Assim, são fundamentais as noções de proposição, verdade,
dedução e demonstração. Esta lógica leva em conta, somente, o verdadeiro e falso e a forma
das proposições.

6.1.4.E (Conjunção).

Para esta condição a conjunção é verdadeira se e somente se os operandos são


verdadeiros. Acompanhemos a tabela a seguir:
A B A^B

V V V

F V F

F F F

V F F

A função E retorna o valor VERDADEIRO ou FALSO com base nos testes lógicos
realizados. Por exemplo, se a função contiver dois testes lógicos, para que a função E retorne
verdadeiro, é necessário que os dois testes sejam verdadeiros isoladamente. Caso haja três,
quatro ou mais testes, ocorrerá da mesma forma. Mas, caso um ou mais entre todos os testes
isoladamente tenha resposta falsa, a função E retornará como resposta final FALSO. Assim,
para que o resultado final da função E seja VERDADEIRO, todos os testes inseridos nos
argumentos da função, isoladamente, deverão ser verdadeiros. Para que a resposta seja
FALSO, um ou mais de um dos testes isoladamente terá que ser FALSO.

Esta função tem sintaxe =E(LOGICO1;LOGICO2;...). Vamos acompanhar nos exemplos a


seguir a utilização da função E para verificar os candidatos aprovados ou reprovados na
dinâmica de grupo, considerando que estes já devam ter sido aprovados nas três fases
anteriores (fig. 6.4.1 e 6.4.2 e 6.4.3).
6.1.5.OU (Disjunção)
Para esta condição, a disjunção é falsa se e somente se os dois operandos forem
falsos.

A B AvB

V V V

V F V

F V V

F F F

A função OU também retorna VERDADEIRO ou FALSO. Porém, ao contrário da função


E, para que o resultado final seja VERDADEIRO é necessário que apenas um entre todos os
testes seja verdadeiro isoladamente, mesmo que todos os outros sejam falsos. Assim, esta
função só retornará FALSO caso todos os testes, analisados isoladamente, forem falsos. A
sintaxe desta função é: =OU (LOGICO1;LÓGICO2;...) Vamos acompanhar nos exemplos a seguir
a utilização da função OU para verificar os candidatos de acordo com grau de instrução –
Bacharel ou Licenciatura –, a fim de identificar os que se adequam ao perfil das vagas
disponíveis (fig. 6.5.1 e 6.5.2 e 6.5.3):
6.1.6.SE

Quando desejamos definir uma ação com base no resultado de um teste lógico, a
função ideal a ser utilizada é a função SE. Sua sintaxe é descrita da seguinte forma:
=SE(TESTE_LOGICO;VALOR_VERDADEIRO;VALOR_FALSO), em que, respectivamente,
deveremos informar o teste lógico a ser feito, qual é a ação quando este teste retornar um
valor verdadeiro e qual é a ação quando este mesmo teste retorna falso. Vamos acompanhar
nos exemplos a seguir a utilização da função SE para verificar os vendedores que atingiram a
meta, os quais receberão sua comissão (fig. 6.6):
O que aprendemos hoje

Hoje aprendemos a gerenciar dados utilizando as funções lógicas condicionais disponíveis


no Excel, assim como a diferença entre elas e suas melhores formas de aplicação.

6.2. Questionário

1. Qual é a característica de aplicação das funções lógicas?


2. Quais são os operadores lógicos mais comuns utilizados no Excel?
3. Embora existam vários operadores lógicos quando aplicados em um teste, como serão
as respostas possíveis?
4. O que significa o termo função condicional?
5. Quais são as funções condicionais mais comuns no Excel?
6. Defina a função CONT,se.
7. Defina a função SOMASE.
8. Podemos utilizar mais de um teste lógico na função E e OU?
9. Qual é a diferença entre as funções E e OU?
10. Defina a função SE.

6.3. Exercícios

1. Precisamos analisar a necessidade de compras de nossos produtos. Toda vez que o


estoque atual for menor que o estoque mínimo, deveremos efetuar a compra. Para
identificarmos quais produtos devem ser comprados, utilizaremos uma função
condicional para avaliar esta demanda. Os campos em cinza são resultado de uma
função. Solicite a ajuda do educador se for necessário.

2. O batalhão do Corpo de Bombeiros necessita de um relatório de vistoria para a


substituição dos extintores da empresa. Esta verificação deverá ser mantida
atualizada. Para controlar tal necessidade, desenvolva a tabela a seguir, lembrando
que os campos em cinza são resultado de uma função. Seu educador irá auxiliá-lo na
resolução deste exercício.
6.4. TDP Etapa 06

Precisamos gerar a folha de pagamento de nossa empresa. Vamos, então, desenvolver a


planilha a seguir, na qual os campos em cinza são resultado de função. Solicite a ajuda de seu
educador.