Você está na página 1de 7

15/09/2018

SISTEMA CARDIOVASCULAR

Hematose Nutrientes
ANATOMIA E FISIOLOGIA
CARDÍCA Regulação da Eliminação de
hemostasia produtos da
# PROFA. EUGÊNIA LIMA degradação

Transporte
de células e Transporte de
substâncias hormônios

CORAÇÃO Coração

 “O coração é um órgão cavitário que se apresenta como


uma bomba muscular, cuja função primária é impulsionar o
sangue para todas as partes do corpo por um sistema
fechado de vasos sanguíneos e desse sistema para uma rede
de tubos endoteliais, onde ocorrem trocas gasosas.”

 Sangue;

 Vasos Sanguíneos (arterias, veias e capilares);

 Sistema circulatório.
Gray, 1979

1
15/09/2018

Localização

Localização do Coração PAREDES CARDÍACAS

2
15/09/2018

DEFORMAÇÃO CARDÍACA Estruturas

 O músculo cardíaco  Átrios


possui um feixe  Parede fina muscular;
único, encontra-se
 Baixa pressão;
ancorado nas
 Reservatório para os ventrículos.
extremidades do
anel pulmonar e
aórtico. Enrola-se  Ventrículos
sobre si mesmo,  Alta pressão;
sofrendo um desvio  Fibras musculares com alta capacidade contrátil;
ao nível do septo  VD x VE.
atrioventricular.

Morfologia Interna - Septos


VALVAS CARDIÁCAS

 Valvas Atrioventriculares:

 Mitral e Tricúspide

 Valvas Semilunares:

 Aórtica e Pulmonar

3
15/09/2018

CIRSULAÇÃO CARDÍACA Fisiologia do Músculo Cardíaco

 Artérias coronárias:  Veias coronárias:


 Discos intercalares;
 Artéria coronária direita:  Veia cardíaca magna  Músculo atrial;
 Junções comunicantes;
 Artéria interventricular
posterior  2 sincícios:
 Veia cardíaca média  Músculo ventricular;
 Átrios;
 Artéria coronária esquerda:
 Seio coronário  Ventrículos.
 Fibras especializadas
 Artéria descendente
anterior excitatórias e condutoras.
 Artéria circunflexa

14

Potencial de Ação e Platô

4
15/09/2018

Sistema de Condução CIRCULAÇÃO CARDÍACA

 Nodo SA;
 Nodo AV;
 Feixe de His;
 Fibras de Purkinje.

Ciclo Cárdiaco

5
15/09/2018

Ciclo Cardíaco DÉBITO CARDÍACO


DC = FC X VS
Contração atrial
Enchimento
Abertura das (bombas de
rápido dos
válvulas AV escorva) – 25%
ventrículos
restantes Contratilidade
Pré-carga
Retorno Venoso Pós-carga
Volemia
Abertura das Tônus Muscular
Contração Fechamento das
válvulas
isovolumétrica válvulas AV Periférico
semilunares
DC = Débito Cardíaco
FC = Frequência Cardíaca
Resistência vascular
VS = Volume Sistólico
periférica
Resistência valvular
Relaxamento Lei de Frank – Starling: Dentro dos limites fisiológicos, o aórtica
Ejeção rápida Ejeção lenta
isovolumétrico coração bombeia todo o sangue que chega até ele, sem Complacência da
permitir acúmulo excessivo de sangue nas veias
Aorta

Volumes Cardíacos Propriedades do Músculo


Cardíaco
Automatismo Cronotropismo Geração dos próprios estímulos
(FC) elétricos.
 Volume diastólico final: 110 – 120 ml;

Condutibilidade Dromotropismo Condução do processo de


 Débito sistólico: 70 ml; ativação elétrica por todo o
miocárdio, numa seqüência
sistematicamente estabelecida.
 Volume sistólico final: 40 – 50 ml; Excitabilidade Batmotropismo Capacidade de reação quando
estimulado.
 Fração de ejeção (FE): 60%; Contratilidade Inotropismo (FM) Capacidade de se contrair
ativamente como um todo único.

Distensibilidade Lusitropismo Relaxamento global após cessada


 Índice Cardíaco: DC/SC = 2,5 – 3,5 ml/min/m2.
estimulação elétrica.

6
15/09/2018

Sua vida esta no palco,


não fique na plateia.
Assuma a responsabilidade
pelo seu sucesso!!!

#Profa.EugêniaLima

Eugeniadasilvalima

@eugenialimafisioterapeuta

OBRIGADA!!!!!!

Você também pode gostar