Você está na página 1de 25
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Luísa Parreira Setembro de 2008
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Luísa Parreira Setembro de 2008

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Luísa Parreira Setembro de 2008

Luísa Parreira Setembro de 2008

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Objectivos gerais “… Os alunos devem
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Objectivos gerais “… Os alunos devem
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional

do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Objectivos gerais
Objectivos gerais

“… Os alunos devem ser capazes de estabelecer conexões entre diferentes conceitos e relações matemáticas e também entre estes e situações não matemáticas …

uma

aprendizagem da Matemática com compreensão e para o desenvolvimento da capacidade de a utilizar e apreciar… ”

…O

estabelecimento

de

conexões

é

essencial

para

(Novo programa de Matemática do ensino básico 2007)

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Orientações metodológicas gerais “… A
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Orientações metodológicas gerais “… A
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional

do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Orientações metodológicas gerais
Orientações metodológicas gerais

“… A exploração de conexões entre as ideias matemáticas, e entre ideias referentes a outros campos do conhecimento ou situações do dia-a-dia do aluno, constitui também uma orientação metodológica importante…”

(Novo programa de Matemática do ensino básico 2007)

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Capacidades transversais “… Este programa valoriza
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Capacidades transversais “… Este programa valoriza
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional

do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Capacidades transversais
Capacidades transversais

“… Este programa valoriza as capacidades de representação e de estabelecimento de conexões dentro e fora da matemática…”

(Novo programa de Matemática do ensino básico 2007)

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Diferentes perspectivas • Conexões com a
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Diferentes perspectivas • Conexões com a
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Diferentes perspectivas
Diferentes perspectivas

Conexões com a vida real;

Conexões com outras áreas curriculares;

Conexões dentro da própria matemática

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Conexões com a vida real Actividades
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Conexões com a vida real Actividades
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional

do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Conexões com a vida real
Conexões com a vida real
dos Açores Conexões Matemáticas Conexões com a vida real Actividades possíveis : • Localizar pontos

Actividades possíveis:

Localizar pontos estratégicos;

Percursos de um sitio para outro, considerando diferentes caminhos possíveis. (mais curto/mais longo)

Desta forma, ilustrou-se a ligação da realidade com a matemática. (geometria)

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Conexões com outras áreas curriculares Conexões
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Conexões com outras áreas curriculares Conexões
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional

do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Conexões com outras áreas curriculares
Conexões com outras áreas curriculares

Conexões Literatura Conexões Matemáticas Infantil Matemáticas com com Literatura Infantil

ONZE damas atrevidas caminharam até Fez; uma perdeu-se nos contos, não ficaram se não DEZ. Dez damas atrevidas como elas nunca houve; perdeu-se uma no deserto, não ficaram se não NOVE. (…)

A ligação da Literatura Infantil à Matemática é feita pelo padrão que a escrita proporciona.

se não NOVE. (…) A ligação da Literatura Infantil à Matemática é feita pelo padrão que
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Conexões dentro da própria - matemática
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Conexões dentro da própria - matemática
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional

do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Conexões dentro da própria - matemática a soma dos

Conexões dentro da própria - matemática a soma dos primeiros números ímpares

Sequência dos números naturais ímpares

números ímpares Sequência dos números naturais ímpares Começando no 1, o que acontece quando se adicionam

Começando no 1, o que acontece quando se adicionam números ímpares consecutivos?

Processos matemáticos na sala de aula

Ana Boavida

Ana Paiva

Graça Cebola

Sessão Prática; ESSE de Portalegre 27/3/08

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Conexões dentro da própria matemática -
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Conexões dentro da própria matemática -
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Conexões dentro da própria matemática - a soma

Conexões dentro da própria matemática - a soma dos primeiros números impares

matemática - a soma dos primeiros números impares Processos matemáticos na sala de aula Ana Boavida

Processos matemáticos na sala de aula

Ana Boavida

Ana Paiva

Graça Cebola

Sessão Prática; ESSE de Portalegre 27/3/08

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas À luz do Movimento da Escola
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas À luz do Movimento da Escola
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

À luz do Movimento da Escola Moderna
À luz do Movimento da Escola Moderna

A aprendizagem assenta no cooperativismo;

São assegurados canais de comunicação;

O aluno participa activamente do processo de construção do seu conhecimento;

Estabelecem-se relações entre a matemática e o quotidiano da criança, tornando as aprendizagens mais significativas.

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Dia dos Namorados…. Actividade Tangram “Coração
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Dia dos Namorados…. Actividade Tangram “Coração
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Dia dos Namorados….

Actividade Tangram “Coração partido”

Actividade proposta na sessão prática “Geometria em Ambiente Escolar - ProfMat 2007” pelas professoras Paula Catarino e Cecília Costa.

Contextualizar e estabelecer conexões dentro da própria matemática
Contextualizar e estabelecer conexões dentro da própria matemática
pelas professoras Paula Catarino e Cecília Costa. Contextualizar e estabelecer conexões dentro da própria matemática
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Contextualizar e estabelecer conexões dentro da
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Contextualizar e estabelecer conexões dentro da
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Contextualizar e estabelecer conexões dentro da própria
Contextualizar e estabelecer conexões dentro da própria matemática
Contextualizar e estabelecer conexões dentro da própria matemática

Actividade realizada no tempo destinado à matemática colectiva

• Os alunos apropriaram-se do tangram “coração partido” • Utilizando o tangram “coração partido” para construir as figuras (a), (b,) e (c) apresentadas na Figura 1.

• Utilizando o tangram “coração partido” para construir as figuras (a), (b,) e (c) apresentadas na
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Contextualizar e estabelecer conexões dentro da
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Contextualizar e estabelecer conexões dentro da
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional

do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Contextualizar e estabelecer conexões dentro da própria
Contextualizar e estabelecer conexões dentro da própria matemática
Contextualizar e estabelecer conexões dentro da própria matemática

Foi lançado um desafio

Construir um tangram “Coração partido” para oferecer no dia dos namorados.

• Cada aluno construiu um tangram, mas sempre em colaboração com o seu par;

• Sugeri que a construção do tangram fosse realizada a partir do quadrado;

• Nesta fase, os grupos discutiram e apresentaram diferentes estratégias, à turma, para a possível construção do tangram;

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Contextualizar e estabelecer conexões dentro da
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Contextualizar e estabelecer conexões dentro da
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Contextualizar e estabelecer conexões dentro da própria
Contextualizar e estabelecer conexões dentro da própria matemática
Contextualizar e estabelecer conexões dentro da própria matemática

Esta actividade permitiu que se estabelecessem conexões entre :

• A geometria e o os números de referência; • A geometria e a medida;

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão A arte,
Matemática e a arte uma conexão
Matemática e a arte uma conexão

A arte, por mobilizar os sentidos e capacidades essenciais como criatividade, observação, imaginação etc, constitui um recurso essencial para o aproveitamento do aluno nas diferentes áreas.

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão Ellsworth, Kelly
Matemática e a arte uma conexão
Matemática e a arte uma conexão

Ellsworth, Kelly - foi um dos maiores praticantes da Arte Abstracta nos Estados Unidos depois da II Guerra Mundial. Nasceu em 1923, no início dos anos 50, desenvolveu uma abordagem muito particular sobre a arte que viria a influenciar decisivamente o curso da chamada Arte Minimal. Nos finais da década de 50, Kelly alcança uma forte reputação mundial e nos anos 60 aproxima-se da chamada Arte Op, no uso de configurações geométricas e contrastes de cor que geram uma certa ambiguidade na percepção. Em 1973 começa a executar regularmente esculturas públicas de larga escala, utilizando aço, ferro, alumínio, aço inoxidável e, nos anos 80, o bronze.

esculturas públicas de larga escala, utilizando aço, ferro, alumínio, aço inoxidável e, nos anos 80, o
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional

do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão Como surgiu a
Matemática e a arte uma conexão
Matemática e a arte uma conexão

Como surgiu a actividade

no

tempo

ligação

à

de

• Proposta

estabelecendo

matemática.

pela

professora,

logo

expressão

plástica,

e

à

desde

uma

língua

portuguesa

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional

do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão Os alunos em
Matemática e a arte uma conexão
Matemática e a arte uma conexão

Os alunos em grupos:

• Leram a biografia do autor da obra de arte;

• Fizeram a sua própria leitura da obra;

• Perguntei-lhes se conseguiam ver matemática na obra de arte;

• Cada grupo criou a sua obra de arte, utilizando o dm², e apresentou-a à turma;

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional

do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão Foram lançados três
Matemática e a arte uma conexão
Matemática e a arte uma conexão

Foram lançados três desafios

e a arte uma conexão Foram lançados três desafios • construir, colectivamente, no tempo destinado à

• construir, colectivamente, no tempo destinado à matemática , o m² com as sobras do trabalho realizado anteriormente.

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional

do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão • Em grupo,
Matemática e a arte uma conexão
Matemática e a arte uma conexão

• Em grupo, organizar , tratar os dados e construir gráfico de barras, no que se refere à frequência das cores que ilustravam a obra de arte colectiva.

dados e construir gráfico de barras, no que se refere à frequência das cores que ilustravam
dados e construir gráfico de barras, no que se refere à frequência das cores que ilustravam
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional

do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão • reduzir à
Matemática e a arte uma conexão
Matemática e a arte uma conexão

• reduzir à escala 1:100 o m², obtendo desta forma o dm², agrupar as cores e posteriormente calcular a área e o perímetro de cada cor.

1:100 o m², obtendo desta forma o dm², agrupar as cores e posteriormente calcular a área
1:100 o m², obtendo desta forma o dm², agrupar as cores e posteriormente calcular a área
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional

do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão •Finalmente os grupos
Matemática e a arte uma conexão
Matemática e a arte uma conexão

•Finalmente os grupos apresentaram à turma o seu trabalho;

• Foram revistas situações que suscitaram discussão (mesma área/perímetro diferente, a todos os grupos a área ocupada por cada cor era a mesma);

• As conclusões foram registadas pela professora num cartaz e afixado ao lado do trabalho realizado.

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão Esta actividade
Matemática e a arte uma conexão
Matemática e a arte uma conexão

Esta actividade permitiu que se estabelecessem conexões entre :

• A arte e a organização e o tratamento de dados; •A arte e a geometria; • A arte e a medida;

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Matemática e a arte uma conexão
Matemática e a arte uma conexão
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão Richard
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão Richard

Richard Pettiborne

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Matemática e a arte uma conexão Richard
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Contextualizar e estabelecer conexões
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Contextualizar e estabelecer conexões
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

VIII Encontro Regional do MEM dos Açores

Conexões Matemáticas

Contextualizar e estabelecer conexões
Contextualizar e estabelecer conexões
VIII Encontro Regional do MEM dos Açores Conexões Matemáticas Contextualizar e estabelecer conexões