Você está na página 1de 33

A Fé Cristã e o Trabalho

Sessão 5:
Trabalho: Vocação ou Ocupação?
O que é uma vocação?
Todo trabalho é uma vocação?
Uma pessoa pode ter mais do que uma vocação?
Como podemos descobrir a nossa vocação?
DOIS tipos de chamado:

(1)
O chamado
do evangelho
DOIS tipos de chamado:

chamados para ser de Jesus Cristo


Romanos 1.6

santa vocação chamados das trevas para a luz


1 Pedro 2.9
2 Timóteo 1.9

soberana vocação chamados para ser santos


Romanos 1.7, 1 Coríntios 1.2
Filipenses 3.14

vocação celestial chamados para sofrer injustamente


Hebreus 3.1 e amar os inimigos 1 Pedro 2.19-21
chamados para ir pelo mundo e
pregar o evangelho Marcos 16.15
DOIS tipos de chamado:

Igual para todos os cristãos


(sem distinção entre o "clero"
chamado e o "laicato")
do
Vivida em todos os lugares
evangelho (sem distinção entre a ecclesia
e a diáspora)
DOIS tipos de chamado:

(2)
O chamado
do ministério
DOIS tipos de chamado:
“Cada um exerça o dom que recebeu para servir os
outros, administrando fielmente a graça de Deus em suas
múltiplas formas. Se alguém fala, faça-o como quem
transmite a palavra de Deus. Se alguém serve, faça-o com
a força que Deus provê, de forma que em todas as coisas
Deus seja glorificado mediante Jesus Cristo, a quem sejam
a glória e o poder para todo o sempre. Amém.”
1 Pedro 4.10-11

Contexto:
“aos eleitos de Deus, peregrinos e dispersos” (1.1)
“vivam entre os pagãos de maneira exemplar” (2.12)
“Cada um exerça o dom que recebeu para servir os
outros, administrando fielmente a graça de Deus em suas
múltiplas formas. Se alguém fala, faça-o como quem
transmite a palavra de Deus. Se alguém serve, faça-o com
a força que Deus provê, de forma que em todas as coisas
Deus seja glorificado mediante Jesus Cristo, a quem sejam
a glória e o poder para todo o sempre. Amém.”
1 Pedro 4.10-11

1) Todo cristão tem um ministério


Os ministros da diáspora (os chamados
para expressar o ministério primário na
sociedade) não são menos chamados para
o ministério que os ministros da ecclesia e
tem igual necessidade de treinamento.
Paul Stevens, A hora e a vez dos leigos
Enquanto a tendência medieval e, até certo ponto, pietista,
é de chamar o crente para fora do mundo e para dentro de
atividades relacionadas com a igreja, a abordagem
reformada é ver todas as atividades relacionadas com a
igreja como sendo estações de “reabastecimento” para o
serviço verdadeiro que se faz dentro do mundo. Não
devemos colocar pessoas que trabalham diligentemente
na sua vocação em uma viagem de culpa porque não
conseguem assistir todas as atividades relacionadas com a
igreja ou por não se oferecerem para as tarefas ligadas à
igreja. É a igreja que serve ao cristão para que o cristão
possa servir a Deus dentro do mundo.
Michael Horton, O cristão e a Cultura
“Cada um exerça o dom que recebeu para servir os
outros, administrando fielmente a graça de Deus em suas
múltiplas formas. Se alguém fala, faça-o como quem
transmite a palavra de Deus. Se alguém serve, faça-o com
a força que Deus provê, de forma que em todas as coisas
Deus seja glorificado mediante Jesus Cristo, a quem sejam
a glória e o poder para todo o sempre. Amém.”
1 Pedro 4.10-11

2) Todo ministério é um serviço aos outros


minos / minor
(menos / menor)

minister
(servo, criado, ajudante)
“Cada um exerça o dom que recebeu para servir os
outros, administrando fielmente a graça de Deus em suas
múltiplas formas. Se alguém fala, faça-o como quem
transmite a palavra de Deus. Se alguém serve, faça-o com
a força que Deus provê, de forma que em todas as coisas
Deus seja glorificado mediante Jesus Cristo, a quem sejam
a glória e o poder para todo o sempre. Amém.”
1 Pedro 4.10-11

3) Um ministério é um serviço
ao mundo em nome de Deus
ad / ministrar
(servir ou auxiliar junto a…)
Um efeito do conceito Puritano de
chamado é fazer do trabalhador um
mordomo que serve a Deus. Deus, de
fato, é aquele que designa às pessoas
as suas tarefas. Nesta perspectiva, o
trabalho deixa de ser impessoal. “Sejam
quais forem nossos chamados,
“servimos ao Senhor Jesus neles”.
Leland Ryken, Santos no Mundo
Escravos, obedeçam em tudo a seus senhores
terrenos, não somente para agradá-los quando eles
estão observando, mas com sinceridade de
coração, pelo fato de vocês temerem o Senhor.
Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como
para o Senhor, e não para os homens, sabendo que
receberão do Senhor a recompensa da herança. É a
Cristo, o Senhor, que vocês estão servindo.
Colossenses 3.22-24
Todo e qualquer trabalho humano não é
simplesmente uma tarefa, mas um chamado.
O termo latino vocare - chamar - é raiz de nossa palavra
“vocação”. Hoje a palavra remete apenas a trabalho, mas
este não era o sentido original. O trabalho só é uma
vocação se alguém chamar você para fazê-lo e se ele for
feito para quem o chamou, e não para você mesmo. Da
mesma forma, nosso trabalho só é um chamado se for
repensado como uma missão ou um serviço em favor de
algo acima de nossos meros interesses pessoais.
Enxergar o trabalho principalmente como meio de
satisfação e realização individual destrói lentamente a
pessoa e solapa a própria sociedade.
Tim Keller, Fé e Trabalho
A diferença entre um trabalho/ocupação
e um trabalho/ministério não é tanto
o que se faz mas para quem se faz
“Cada um exerça o dom que recebeu para servir os
outros, administrando fielmente a graça de Deus em suas
múltiplas formas. Se alguém fala, faça-o como quem
transmite a palavra de Deus. Se alguém serve, faça-o com
a força que Deus provê, de forma que em todas as coisas
Deus seja glorificado mediante Jesus Cristo, a quem sejam
a glória e o poder para todo o sempre. Amém.”
1 Pedro 4.10-11

4) Há vários tipos de ministério


Há diferentes tipos de dons, mas o Espírito é o
mesmo. Há diferentes tipos de ministérios, mas o
Senhor é o mesmo. Há diferentes formas de atuação,
mas é o mesmo Deus quem efetua tudo em todos.
1 Coríntios 12.4-6
“A idéia de que o serviço de Deus tem a ver
apenas com o altar da igreja, cânticos, leitura,
sacrifício, e outros é sem dúvida o pior
estratagema do diabo. O mundo inteiro
poderia transbordar de serviços para o
Senhor, não só nas igrejas como também nos
lares, na cozinha, na oficina e no campo.”
Martinho Lutero
“O Deus Salvador convida os seres humanos a
juntarem-se a ele para consertar, melhorar e
transformar. É claro que fazemos este trabalho,
testemunhando o evangelho do Reino de Deus, a
invasão da esperança e nova vida em Cristo. Mas
também o fazemos quando técnicos consertam
carros ou eletrodomésticos, quando conselheiros
curam corações partidos, quando médicos trazem
saúde física e emocional a alguém a alguém e
quando advogados fazem justiça.”
Paul Stevens, Deus e o mundo dos negócios, p. 16
“Cada um exerça o dom que recebeu para servir os
outros, administrando fielmente a graça de Deus em suas
múltiplas formas. Se alguém fala, faça-o como quem
transmite a palavra de Deus. Se alguém serve, faça-o com
a força que Deus provê, de forma que em todas as coisas
Deus seja glorificado mediante Jesus Cristo, a quem sejam
a glória e o poder para todo o sempre. Amém.”
1 Pedro 4.10-11

5) Não há hierarquia de valores


entre os vários tipos de ministérios
Atos 6.1-4
Naqueles dias, crescendo o número de discípulos, os
judeus de fala grega entre eles queixaram-se dos judeus de
fala hebraica, porque suas viúvas estavam sendo
esquecidas na distribuição diária de alimento. Por isso os
Doze reuniram todos os discípulos e disseram: Não é certo
negligenciarmos o ministério da palavra de Deus, a fim de
servir às mesas. Irmãos, escolham entre vocês sete
homens de bom testemunho, cheios do Espírito e de
sabedoria. Passaremos a eles essa tarefa e nos
dedicaremos à oração e ao ministério da palavra.
Atos 6.1-4

se alguém fala se alguém serve

apóstolos diáconos

…em todas as coisas Deus seja


glorificado mediante Jesus Cristo
“Não há um trabalho melhor que outro
para agradar a Deus; servir água, lavar
pratos, ser sapateiro, ou apóstolo, tudo
isso é uma coisa só, em se tratando de
realização, para agradar a Deus.”
William Tyndale
“Deus não olha para a excelência do trabalho, mas
para o coração do trabalhador. Então a ação do pastor
de tosquiar uma ovelha, realizada como eu falei, à sua
maneira, é um trabalho tão bom diante de Deus
quanto a ação de um juiz ao dar uma sentença... ou
de um pastor pregar... Agora, se compararmos
trabalho com trabalho, há uma diferença entre lavar
pratos e pregar a Palavra de Deus; mas quanto a
agradar a Deus, não há diferença nenhuma.”
William Perkins
“Cada um exerça o dom que recebeu para servir os
outros, administrando fielmente a graça de Deus em suas
múltiplas formas. Se alguém fala, faça-o como quem
transmite a palavra de Deus. Se alguém serve, faça-o com
a força que Deus provê, de forma que em todas as coisas
Deus seja glorificado mediante Jesus Cristo, a quem sejam
a glória e o poder para todo o sempre. Amém.”
1 Pedro 4.10-11

6) Todo ministério deve ser exercido


com integridade e excelência
A grande questão não é “o que” ou “onde”
trabalhamos, mas “por que” e “como” trabalhamos

Exemplos:
José
diferentes contextos e ocupações, mas
Davi com a mesma excelência e integridade
Daniel
DOIS tipos de chamado:

evangelho ministério

geral específico
único multiforme
identidade serviço
Igreja Centrada, p.392

As igrejas devem ajudar os cristãos a


ver como o evangelho molda nosso
trabalho de, pelo menos, 4 maneiras:

1) A fé transforma nossa motivação para o


trabalho.
2) A fé transforma nosso conceito de trabalho.
3) A fé provê éticas elevadas para o cristão no
local de trabalho.
4) A fé nos dá base para reconsiderar até a própria
maneira em que nosso trabalho é realizado.
A Fé Cristã e o Trabalho