Você está na página 1de 273

HIGIENE, SAÚDE E

SEGURANÇA NO TRABALHO

FICHAS DE TRABALHO
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ÍNDICE
Cursos de Educação e Formação – Nível 2 – 8º e 9º anos de escolaridade
Sinalização de Segurança 1
Os Acidentes de Trabalho em Números 7
Os Jovens e os Acidentes de Trabalho 10
Os Jovens e os Acidentes de Trabalho (2) 13
A Higiene Pessoal e a Prevenção de Acidentes 17
Dispositivos de Protecção Individual 20
Introdução à Ergonomia (1) 28
Introdução à Ergonomia (2) 31
Introdução à Ergonomia (3) 34
Ruído (1) 41
Ruído (2) 49
Iluminação / Visão 57
Electricidade 67
Máquinas e Ferramentas (1) 74
Máquinas e Ferramentas (2) 84
Contaminantes Químicos e Físicos 93
Cursos Profissionais, Área da Electrotecnia, Nível 3, 10º ano de escolaridade
Equipamentos de Protecção Individual (E.P.I.) 102
Iluminação 106
Riscos Eléctricos 114
Medidas de Protecção contra os Riscos da Electricidade 122
Perigos da Electricidade / Noções de Socorrismo 130
Riscos de Incêndio e Explosão 136
O Ruído 140
Utilização de Máquinas, Ferramentas e Aparelhagem Eléctrica 145
Cursos de Educação e Formação – Nível 2 – 8º e 9º anos de escolaridade
Sinistralidade 149
Acidentes de Trabalho (1) 152
Acidentes e Doenças de Trabalho 155
Acidentes de Trabalho (2) 159
Acidentes de Trabalho (Questionário) 162
Normalização em Segurança 164
Legislação de Segurança 169
Segurança de Actividades de Manutenção 175
Segurança contra Riscos Eléctricos 183
Sinalização de Segurança 191
Sinalização de Segurança (Questionário) 203
Equipamento de Trabalho e de Protecção 208
Equipamento de Protecção Individual (Questionário) 214
Ergonomia e Posto de Trabalho 219
Ergonomia e Posto de Trabalho (Questionário (1)) 223
Ergonomia e Posto de Trabalho (Questionário (2)) 225
Ergonomia - O Ruído 228
Ergonomia - O Ruído (Questionário) 232
Ergonomia - A Iluminação 235
Ergonomia - A Iluminação (Questionário) 240
Ergonomia - Ambiente Térmico 244
Ergonomia - Ambiente Térmico (Questionário) 250
Ergonomia - Ambiente Vibratório 253
Ergonomia - Ambiente Vibratório (Questionário) 255
Planos de Emergência na Indústria 257
Links para Recursos Didácticos
19 animações, 3 livros, 1 sebenta, 1 powerpoint 265

_____________________________________________________________________________________
2
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA ...
Curso de Desenho de Construções Mecânicas 8ºAno - 1/2ª Turma
Ficha de trabalho de H.S.S.T.
0. Sinalização de Segurança
Nome:_____________________________________________ Nº:___ Turma:___

1. 2. 3. 4.

5. 6. 7. 8.

10.
9. 11. 12.

14. 15. 16.


13.

17. 18. 19. 20.

21. 22. 23. 24.

_____________________________________________________________________________________
3
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

1. Dos Sinais apresentados, indica os que são:

Sinais de Obrigação: _____________________________________________________

Sinais de Salvamento Ou Emergência: _______________________________________

Sinais de Aviso (de Perigo): _______________________________________________

Sinais de Proibição: ______________________________________________________

Sinais relativos a Combate a Incêndios:_______________________________________

2. Para cada Sinal apresentado, indica o seu significado:

1. a) Água Potável 
b) Água Não Potável 
c) Presença de Chafariz 
d) Proibição de retirar Água 

2. a) Presença de Cemitério 
b) Presença de Substâncias contendo Raio X 
c) Presença de Substâncias Tóxicas 
d) Proibição de Substâncias Venenosas 

3. a) Proibição de Usar Escadas 


b) Escadas a Ruir 
c) Presença de Escada 
d) Obrigatoriedade de Subir 

4. a) Urgência Hospitalar 
b) Proibido Deitar 
c) Presença de Posto de Primeiros Socorros 
d) Presença de Maca 

5. a) Cargas Suspensas 
b) Cargas Pesadas 
c) Existência de Grua 
d) Carregamento de Navios 

6. a) Obrigatório usar Capacete 


b) Protecção Obrigatória da Cabeça 
c) Proibido Usar Capacete 
d) Protecção Obrigatória dos Ouvidos 

7. a) Obrigatoriedade de Apagar Incêndios 


_____________________________________________________________________________________
4
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

b) Proibição de Apagar com Água 


c) Proibição de Apagar Incêndios 
d) Zona de Incêndios 

8. a) Proibição de Fumar 
b) Proibição de Fumar Cigarros 
c) Proibição de Fazer Fumo 
d) Zona de Fumos 

9. a) Obrigatório tomar Duche 


b) Balneário 
c) Presença de Duche de Segurança 
d) Presença de Raio X 

10. a) Proibição de Circulação de Veículos de Carga 


b) Alerta para a Presença de Veículos de Movimentação de Cargas 
c) Obrigatória a Deslocação em Veículos de Cargas 
d) Alerta para a Movimentação de Cargas 

11. a) Substâncias Corrosivas 


b) Substâncias Tóxicas 
c) Substâncias Venenosas 
d) Substâncias Radioactivas 

12. a) Obrigatório usar uma bota branca e outra azul 


b) Protecção obrigatória de um pé 
c) Protecção obrigatória dos pés 
d) Proibido andar descalço 

13. a) Telefone para Salvamento e Primeiros Socorros 


b) Telefone Público 
c) Cabine Telefónica 
d) Proibido usar Telefone 

14. a) Virar à Direita 


b) Proibido Virar à Direita 
c) Virar à Esquerda 
d) Direcção a Seguir 

15. a) Perigo de Electrocussão 


b) Proibido ligar Circuitos Eléctricos 
c) Perigo de Trovoadas e Relâmpagos/Raios 
d) Proibido Descer 

16. a) Telefone para Salvamento e Primeiros Socorros 

_____________________________________________________________________________________
5
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

b) Telefone Público 
c) Cabine Telefónica 
d) Telefone a usar em caso de Emergência 

17. a) Presença de Mangueira para Regar 


b) Presença de Agulheta de Incêndio 
c) Água Não Potável 
d) Água Potável 

18. a) Passadeira de Peões 


b) Obrigatório passar na Passadeira 
c) Passagem Proibida a Peões 
d) Passagem Proibida a Veículos 

19. a) Proibições Várias 


b) Perigos Vários 
c) Obrigações Várias 
d) Estrada Interrompida 

20. a) Proibição de Fazer Lume 


b) Proibição de Fumar 
c) Proibição de Acender Fósforos 
d) Proibição de Fazer Lume e de Fumar 

21. a) Protecção Obrigatória das Vias Respiratórias 


b) Proibição de Usar Máscara 
c) Protecção Obrigatória da Cabeça 
d) Presença de Poeiras 

22. a) Presença de Garrafa de Oxigénio 


b) Obrigatório usar Garrafa de Oxigénio 
c) Presença de Extintor 
d) Zona de Incêndios 

23. a) Obrigatoriedade de usar Máscara 


b) Proibição de usar Máscara 
c) Protecção Obrigatória dos Ouvidos 
d) Obrigatoriedade de Proteger a Cabeça 

24. a) Aproximação de Cruzamento 


b) Hospital 
c) Perigos Vários 
d) Primeiros Socorros 

3. Indique o significado dos seguintes Sinais

_____________________________________________________________________________________
6
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

1.

________________________________________________________________

2.

________________________________________________________________

3.

________________________________________________________________

4.

________________________________________________________________

5.

________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
7
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

6.

________________________________________________________________

7.

________________________________________________________________

NÃO SE ESQUEÇA AINDA QUE:


A SINALIZAÇÃO DE HIGIENE E SEGURANÇA DEVE:
1. Ter uma Única Interpretação e Ser Clara
2. Estar Localizada num Sítio Bem Vísivel
3. Indicar o Modo Correcto de Actuação
4. Estar em Bom Estado de Funcionamento
5. Ser em Número Suficiente

_____________________________________________________________________________________
8
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA ...

Curso de Desenho de Construções Mecânicas 8ºAno - 1/2ª Turma

Ficha de trabalho de H.S.S.T.

1. Higiene e Segurança - Os Acidentes de Trabalho em Números

Nome:_____________________________________________ Nº:___ Turma:___

Leia com atenção os seguintes textos e responda depois às questões colocadas.

Na Europa comunitária, a segurança no trabalho abrange cerca de 150 milhões de


trabalhadores e seus familiares. anualmente registam-se mais de 4,5 milhões de
acidentes de trabalho na Comunidade, dos quais 8000 acabam por ser mortais, o que
representa um custo de 20 mil milhões de euros.

Em Portugal, a distribuição percentual do número de Acidentes de Trabalho, em 1990,


é dado pelo gráfico seguinte:

Gráfico 1
Consultando o gráfico anterior, indique:
_____________________________________________________________________________________
9
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

1. A região do país com maior percentagem de acidentes de trabalho


______________________________________________________________________

2. A percentagem aproximada de acidentes da região de Leiria


______________________________________________________________________

3. A percentagem de acidentes da região onde reside


______________________________________________________________________

4. O número total de acidentes em todo o país


______________________________________________________________________

5. O número aproximado de acidentes na região onde reside


______________________________________________________________________

Gráfico 2

Considere o gráfico 2 e responda às seguintes questões:

1. Descreva a evolução do número de acidentes de trabalho entre 1988 e 1990


______________________________________________________________________

2. Supondo que o número de acidentes em 1991 foi de 312 000, marque esse valor no
gráfico e una-o à linha representada.

_____________________________________________________________________________________
10
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Gráfico 3

Considere o gráfico 3 e responda às seguintes questões:

1. Indique as actividades económicas com maior percentagem de acidentes de trabalho


mortais em 1990
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2. Indique as actividades económicas com menor percentagem de acidentes de


trabalho mortais em 1990
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

3. Quantos acidentes mortais ocorreram no sector da “Construção e Obras Públicas”


em 1990?
______________________________________________________________________

4. Quantos acidentes mortais ocorreram no sector da “Electricidade, Gás e Água” em


1990?
_______________________________________________________________________

ESCOLA ...
_____________________________________________________________________________________
11
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Curso de Desenho de Construções Mecânicas 8ºAno - 1/2ª Turma

Ficha de trabalho de H.S.S.T.

2. Higiene e Segurança - Os Jovens e os Acidentes de Trabalho

Nome:_____________________________________________ Nº:___ Turma:___

Nº Total de Acidentes: 305 512

1. Observe a imagem e indique:

a) As partes do corpo atingidas em 12% dos acidentes de trabalho.


______________________________________________________________________

b) A percentagem de acidentes que atingiram as mãos


______________________________________________________________________

c) O número de acidentes que atingiram os membros inferiores


______________________________________________________________________

d) O número de acidentes que atingiram a cabeça ou os olhos


_____________________________________________________________________________________
12
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

______________________________________________________________________

2. Consultando o gráfico de barras, preencha o quadro:

Nº Acidentes Percentagem
Anos
(milhares) (em relação à década 1980-1989)
1980
1981
1982
1983
1984
1985
1986
1987
1988
1989

OS JOVENS E OS ACIDENTES DE TRABALHO

As estatísticas mundiais provam que o grupo etário dos jovens com menos de 25 anos
é o grupo com maior percentagem de sinistralidade laboral.

A nível na cional encontramos os seguintes valores:


 menores de 25 anos - 11,4 %
 entre os 25-45 anos - 9 %
 entre os 45-65 anos - 8,2 %
 maiores de 65 anos - 10,8 %

_____________________________________________________________________________________
13
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Um conjunto de circunstâncias concorrem para predispor o jovem trabalhador aos


acidentes de trabalho:

 Características psicológicas como sejam: necessidade de afirmação, gosto pelo


risco, curiosidade natural, etc.;
 Inexperiência, ignorância das condições e riscos inerentes ao trabalho;
 Propensão à fadiga;
 Desejo de se fazer valer;
 Desprezo pelos princípios elementares de segurança;
 Aborrecimento para trabalhos repetitivos.
Além destas características de carácter psicológico, existem outras ligadas a problemas
de falta de formação e informação.

3. Procure no emaranhado de letras os motivos por que os jovens são o grupo etário
mais atingido pelos acidentes de trabalho.

A N O A C A M R I F A A E T R E U O L P
C B V B D E R T E G J U O J O U T O L A
R E P E T I T I V O S S O Z E R P S E D
R E R S D E U I J S G F D E F A E A L E
A B O R R E C I M E N T O A G H D G F F
B A U A D E R T U I P A B C C H F T T G
H K O E D F E Y U I O P S D U I J U E A
I R A S A S D F E R T H B V R A T V I I
L E S F A Z E R E R A C A A I C R B A C
S O D G E F O R M A C A O C O D R N C N
A F S D S I A R R G N C C D S V Y I V E
S O H L A B A R T U A V D V I B U P B I
D O F B R O A F T I R F G G D U Y O A R
R I A N I L D T T E U C U T A O I D A E
F E R N O J F Y H R G I I B D P D F F P
A T E M L E F H U F E N M I E L S E R X
L R L G U O I L I O S E T E A A H G A E
T F A F A L R D S E S A D R T T A D E N
A A V E R T I G N O R A N C I A A D V I
T A X Z C V G E A D U O P P M D E D E T

ESCOLA ...

_____________________________________________________________________________________
14
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Curso de Desenho de Construções Mecânicas 8ºAno - 1/2ª Turma

Ficha de trabalho de H.S.S.T.

3. Higiene e Segurança - Os Jovens e os Acidentes de Trabalho (2)

Nome:_____________________________________________ Nº:___ Turma:___

Lê atentamente o texto e responde depois às questões colocadas.

A IMPORTÂNCIA DA FORMAÇÃO

Noção de Risco Profissional

A questão da formação no combate aos acidentes de trabalho junto dos jovens, tem
uma importância fundamental, já que os maus hábitos se adquirem depressa e são
sempre difíceis de corrigir.

É, logo de início, que é preciso aprender a trabalhar correctamente, que é preciso


aprender que um trabalho bem feito é um trabalho feito de maneira segura, que é
preciso inculcar nos jovens trabalhadores o respeito pelo perigo.

O trabalhador jovem não adquire imediatamente as técnicas eficazes, rápidas e


seguras, os gestos e automatismos profissionais. Não tem experiência que lhe permita
avaliar uma situação perigosa, prever a sua evolução e tomar a decisão rápida e segura.

Assim, o trabalhador deve ser cuidadosamente informado, desde a sua admissão, da


natureza dos riscos profissionais que vai encontrar no seu local de trabalho e deve
receber informações precisas, claras e completas das normas de higiene e segurança a
adoptar.

Os jovens poderão aceitar dificilmente entraves e proibições sistemáticas, mas adaptar-


se-ão facilmente a uma disciplina de trabalho, baseada numa justa apreciação dos
riscos, se se lhes demonstrar as razões e a necessidade dessas medidas.

O gosto do adolescente pelo risco deve ser guiado, orientado. É preciso ensiná-lo a
calcular cuidadosamente os riscos e a saber escolher os passos seguros para atingir o
resultado correcto.

Sobretudo no mundo do trabalho é possível, mediante uma formação adequada, levá-


los a cumprir as medidas de higiene e segurança no trabalho.

1. Diz se são Verdadeiras ou Falsas (e nesse caso corrige-as) as seguintes afirmações:

_____________________________________________________________________________________
15
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

a) A formação dos jovens no combate aos acidentes de trabalho é pouco importante 

b) Os maus hábitos em elação à segurança adquirem-se facilmente 

c) Só se deve aprender a trabalhar correctamente depois de 6 meses na empresa 

d) Um trabalho bem feito é um trabalho feito de forma insegura 

e) Todos os jovens trabalhadores devem ter respeito pelo perigo 

f) Muitos jovens adquirem logo as técnicas eficazes, rápidas e seguras, os gestos e


automatismos profissionais 

g) O trabalhador jovem deve, logo que começa a trabalhar, ser informado dos riscos
que vai encontrar no seu posto de trabalho 

h) O trabalhador jovem deve, depois de ter sido informado dos riscos que vai encontrar
no seu posto de trabalho, adoptar as medidas de segurança que acha adequadas

i) Os jovens, por vezes, têm uma certa dificuldade em aceitar entraves e proibições
sistemáticas 

j) Será mais difícil os jovens aceitarem as regras de segurança se lhes forem


demonstrados os riscos que correm caso não as cumpram. 

2. Achas que a formação em Higiene e Segurança para os jovens é importante?_______


Porquê?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________

3. Essa formação deve ser feita logo que o trabalhador entra para a empresa ou só
depois de passar algum tempo? Porquê?
______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

4. Na formação inicial o que deve ser desde logo informado ao trabalhador jovem?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
____________________________________________________________________

5. Achas que os jovens aceitam bem as regras de segurança?


______________________

_____________________________________________________________________________________
16
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Em que condições as aceitarão melhor?______________________________________


_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

6. Após a leitura do texto, propõe legendas para as imagens 1, 2 e 3.

_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
17
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
18
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA ...

Curso de Desenho de Construções Mecânicas 8ºAno - 1/2ª Turma


Ficha de trabalho de H.S.S.T.
4. Higiene e Segurança - A Higiene Pessoal e a Prevenção de Acidentes

Nome:_____________________________________________ Nº:___ Turma:___

Lê atentamente o texto e responde depois às questões colocadas.

1. Instalações Sanitárias
As instalações sanitárias devem satisfazer aos seguintes requisitos:
 Serem separadas por sexo,
 Não comunicarem directamente com os locais de trabalho e terem acesso fácil
e cómodo;
 Disporem de água canalizada e de esgotos;
 Serem iluminadas e ventiladas;
As instalações sanitárias devem dispor do seguinte equipamento:
 Um lavatório fixo por cada grupo de dez trabalhadores;
 Uma cabina de banho com chuveiro por cada grupo de dez trabalhadores.
As instalações sanitárias devem ser mantidas em bom estado de conservação e higiene

2. Uma boa higiene para proteger a pele


A limpeza é a precaução mais elementar mais simples para evitar doenças de pele
devidas à profissão.
A maneira mais simples e eficaz de lavar a pele, é utilizar água e sabão. Este deve ser
gordo, de boa qualidade e que dê espuma abundante.

3. A limpeza pessoal conta muito


A higiene pessoal deve basear-se no conhecimento dos produtos nocivos que se
encontram nos locais de trabalho.
No entanto, todas os trabalhadores devem cuidar da sua higiene pessoal no que
respeita às unhas e aos dentes, que devem ser lavados depois das refeições.

4. Em que local tomar as refeições?


Na medida do possível, os trabalhadores não devem tomar as refeições no local de
trabalho, sobretudo se houver o risco de contaminação por substâncias químicas ou
outros produtos agressores.
Os alimentos também devem ser guardados em local não contaminado e a empresa
deve pôr à disposição dos trabalhadores um refeitório bem iluminado e aquecido, e
mantido em perfeitas condições de higiene.

5. Água
 Deve ser posta à disposição dos trabalhadores, em locais facilmente acessíveis,
água potável em quantidade suficiente;
 É proibido o uso de copos colectivos;
 É aconselhável a instalação de bebedouros de jacto ascendente;
_____________________________________________________________________________________
19
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Nos locais de água não potável deve ser colocado sinal próprio.

1. Diz se são Verdadeiras ou Falsas (e nesse caso corrige-as) as seguintes afirmações:

a) As instalações sanitárias devem comunicar directamente com os locais de trabalho 

b) As instalações sanitárias devem dispor de água canalizada e esgotos 

c) A maneira mais simples e eficaz de lavar a pele para evitar dermatoses é esfregar
com gasolina 

d) Para uma boa higiene pessoal não é preciso saber quais os produtos nocivos que
existem no local de trabalho 

e) Independentemente dos trabalhos, toda a gente deve cuidar da higiene das unhas e
dos dentes 

f) Os trabalhadores devem tomar as refeições no seu local de trabalho para não perder
tempo 

g) Os alimentos devem ser guardados perto do local de trabalho da maioria dos


trabalhadores 

h) A empresa deve manter um refeitório para que os trabalhadores tomem as suas


refeições 

i) Os trabalhadores devem deslocar-se às instalações sanitárias para aí beberem água 

j) Deve colocar-se um copo junto de cada bebedouro, para os trabalhadores o usarem


quando desejam beber água 

2. A empresa XPTO & Irmãos tem 347 trabalhadores. Quantas cabinas de banho com
chuveiro deverá ter? Justifica.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

3. Indica 2 características que as instalações sanitárias das empresas devem ter


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4. Indica as características principais que os refeitórios das empresas devem ter


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
20
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

5. Indica 3 cuidados que a empresa deve ter na colocação da água que fornece aos
seus trabalhadores.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

Tendo em atenção o texto da página 1 desta ficha de trabalho, descreva as medidas de


higiene que estão presentes em cada uma das figuras seguintes:

___________________________________ ________________________________
___________________________________ ________________________________
___________________________________ ________________________________
___________________________________ ________________________________
___________________________________ ________________________________

_________________________________ ___________________________________
_________________________________ ___________________________________
_________________________________ ___________________________________
_________________________________ ___________________________________
_____________________________________________________________________________________
21
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA ...
Curso de Desenho de Construções Mecânicas 8ºAno - 1/2ª Turma
Ficha de trabalho de H.S.S.T.
5. Higiene e Segurança - Dispositivos de Protecção Individual

Nome:_____________________________________________ Nº:___ Turma:___

Lê atentamente o texto e responde depois às questões colocadas.

Os dispositivos de protecção individual destinam-se a proteger o trabalhador contra os


riscos inerentes à sua actividade profissional.

A função dos dispositivos de protecção individual é neutralizar a acção dos agentes


agressivos contra o corpo humano, enquanto os equipamentos colectivos combatem
directamente o risco.

Os dispositivos de protecção individual devem usar-se sempre que não seja possível
realizar uma protecção colectiva eficaz, por insuficiência técnica ou económica.

A IMPORTÂNCIA DADA AO EMPREGO DOS DISPOSITIVOS DE PROTECÇÃO INDIVIDUAL


NUNCA DEVE PREJUDICAR O DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE OUTRAS MEDIDAS
DE SEGURANÇA.

==============================================================

CONDIÇÕES E SITUAÇÕES QUE REQUEREM O USO DOS DISPOSITIVOS DE PROTECÇÃO

INDIVIDUAL.

COMO ÚNICO MEIO DE PROTECÇÃO QUANDO O TRABALHADOR SE EXPÕE


DIRECTAMENTE AO RISCO
Exemplos:
 Uso de óculos e outros dispositivos especiais dos soldadores;
 Uso de luvas adequadas quando o produto a manusear tem características
agressivas;
 Uso de vestuário próprio quando o trabalhador se expõe a altas ou baixas
temperaturas.
==============================================================

PROTECÇÃO DAS MÃOS


A frequência e a gravidade dos acidentes com as mãos é, na maioria dos casos,
elevada.
Os ferimentos menos sérios (picadelas, golpes, queimaduras, infecções, dermatoses)
podem ser evitados recorrendo a luvas de protecção.

_____________________________________________________________________________________
22
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

PROTECÇÃO DOS PÉS


Cerca de ¼ dos acidentes de trabalho são devidos a ferimentos nos membros inferiores
e são provocados por:
 Quedas de materiais;
 Esmagamento por material em deslocação ou movimento;
 Perfuração ou corte por objectos vários (pregos, lâminas, etc.);
 Queimaduras por produtos a ferver ou corrosivos;
 Escorregamento;
Estes acidentes podem ser evitados ou minimizadas as suas consequências, recorrendo
a botas com protecção de biqueira de aço e/ou palmilha de aço.

PROTECÇÃO DA CABEÇA
Os ferimentos na cabeça podem originar lesões graves no couro cabeludo, fractura
craniana, contusão cerebral, etc.
Os meios de proteger a cabeça são de 3 categorias, conforme a natureza dos riscos:
 Contra os riscos de quedas de materiais ou pancadas violentas (capacete);
 Contra as chamas, calor elevado, vapores corrosivos, poeiras (protectores de
cabeça especiais);
 Contra a sujidade e poeiras ou para evitar que os cabelos sejam apanhados por
máquinas (touca).

PROTECÇÃO DOS OLHOS


Os olhos são órgãos muito preciosos mas também muito frágeis.
Os acidentes nos olhos podem ser evitados por uso de óculos de protecção ou viseiras.
Os perigos a que mais frequentemente a vista está sujeita podem agrupar-se em 3
categorias:
 Partículas sólidas mais ou menos finas (estilhaços de metal, grãos de esmeril,
aparas de madeira ou simples poeiras);
 Líquidos corrosivos e irritantes;
 Radiações nocivas (como é o caso da soldadura);

PROTECÇÃO DO OUVIDO contra o Ruído


Na actividade industrial, o ruído causa cansaço, dificulta a conversação, reduz o
rendimento, pode prejudicar a saúde e causar lesões no ouvido. Como sempre, deve
ser dada a prioridade à protecção colectiva. Todavia, quando isso não é possível, os
trabalhadores expostos ao ruído devem usar aparelhos de protecção individual:
 Tapa-Orelhas: são duas conchas que cobrem as orelhas;
 Rolhões: introduzem-se no ouvido, não sendo necessário qualquer fixação
exterior.

PROTECÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS


O objectivo principal é proteger contra os riscos de exposição aos gases, vapores,
poeiras ou fumos.
- Aparelhos Isolantes ou de Adução do Ar

_____________________________________________________________________________________
23
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Fornecem o oxigénio necessário sendo o ar utilizado não o ar ambiente, mas o que


provém duma fonte existente no próprio aparelho ou exterior ao meio poluído.
- Aparelhos Filtrantes
Os respiradores e máscaras com filtro absorvem e retêm os contaminantes existentes
na atmosfera.

APARELHOS DE SEGURANÇA CONTRA QUEDAS


Os cintos de segurança usam-se nos trabalhos em altura, contra os riscos de queda e
sobretudo em trabalhos de curta duração.
Em casos em que o trabalhador tem de se deslocar na horizontal ou na vertical ou
precisa de grande liberdade de movimentos usam-se antes aparelhos anti-queda.

VESTUÁRIO DE PROTECÇÃO
Para o escolher há que ter 2 coisas em atenção:
 Material de que é constituído esse vestuário;
 Utilização a que se destina.
Podemos pois ter, entre outros:
 Fatos de protecção contra intempéries;
Usam-se nas tarefas executadas ao ar livre (ex: construção civil)
 Fatos contra radiações ionizantes à base de borracha;
 Casacos ou aventais guarnecidos a poliester contra a projecção de
materiais;
 Aventais de couro para trabalhos de soldadura;
 Aventais com malha metálica contra riscos de golpes (ex: matadouros);
 Fatos contra o calor;
 Fatos contra as baixas temperaturas;

_____________________________________________________________________________________
24
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

1. Ao longo do texto foram apresentados alguns equipamentos de protecção


individual. Aqueles que se encontram sublinhados encontram-se na grelha abaixo.
Descobre-os.

B O L O V I S E I R A E T O Ç P A S T R
O B Ç O D E R T O S E T N A R U G E S T
T R I N T E M P E R I E S A O T I T N A
A G E D O M A N T E G O A Ç C E T O R P
S O L D A D U R A H F E E O D T O Ç O A
E P A C S A F G L H I J K F A R F O B O
R A Ç O O B E Q U O K T L F I L T R O R
E S Ç A L C D E V R Ç R M X G Q Ç R T E
D B I Q U E I R A F O O N O P R H T E L
T I S U C I M A S C A R A S P S L A F H
R X E E O A R T Y I Ç A L E P A H C T A
A G T D P R E G O I T O E G U T Q S J S
C Ç N A S A H L O R E G M U V R U A H E
S H A V E N T A I S T G A R T O U C A S
O Ç L A Ç I O Ç O R E E N A X L E A E S
T N O R T Ç E B A C C C H N Z H D S Ç E
A H S O H L E R A P A B R C A O A A O D
F O I P E R I G R G P A P A A E A C E A
A A D R C A M A R E A T R C R S V T C Ç
C S E G R A N Ç A C C I N T O S F Ç O A

2. Seguindo a ordem do texto, preenche a tabela seguinte, como no exemplo


apresentado.

Tipo de Protecção /
Equipamento Função
Parte do Corpo a Proteger

Contra os riscos de quedas


Capacete de materiais ou pancadas
violentas
Contra as chamas, calor
Protectores de Cabeça
elevado, vapores
Protecção da Cabeça Especiais
corrosivos, poeiras
Contra a sujidade e poeiras
ou para evitar que os
Touca
cabelos sejam apanhados
por máquinas

_____________________________________________________________________________________
25
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

3. Identifique a Sinalização de Segurança mostrada a seguir:

_________________________________ ________________________________
_____________________________________________________________________________________
26
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

__________________________________ _________________________________
__________________________________ _________________________________

____________________________________
____________________________________

_____________________________________________________________________________________
27
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

4. Identifique os Equipamentos de Segurança referidos no texto, a partir das imagens


abaixo:

______________________________________ _____________________________________
______________________________________ _____________________________________
______________________________________

_____________________________________ ___________________________________
_____________________________________ ___________________________________

_____________________________________ _________________________________
_____________________________________ _________________________________

_____________________________________________________________________________________
28
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

5. Escreva uma legenda para cada uma das imagens seguintes, a partir de frases
retiradas do texto.

___________________________________ _________________________________
___________________________________ _________________________________

_________________________________ ___________________________________
_________________________________ ___________________________________

_____________________________________________________________________________________
29
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA...
Curso de Desenho de Construções Mecânicas 8ºAno - 1/2ª Turma
Ficha de trabalho de H.S.S.T.
6. Higiene e Segurança - Introdução à Ergonomia (1)

Nome:_____________________________________________ Nº:___ Turma:___

Lê atentamente o texto e responde depois às questões colocadas.

Os utensílios de trabalho, desde a simples enxada à mais sofisticada máquina, devem


ser fabricados à medida do Homem.

A Ergonomia é a ciência que tenta adaptar os utensílios de trabalho às características


físicas e psicológicas dos trabalhadores.

A sua finalidade é a de aumentar a eficácia do trabalho realizado e prevenir a fadiga,


acidentes de trabalho e doenças profissionais.

AMBIENTE E CONDIÇÕES DE TRABALHO

O ambiente em que se exerce o trabalho tem sempre riscos que vão enfraquecendo os
sentidos, causando traumatismos, e por vezes ceifando vidas.

A produtividade e a fadiga dependem muito do ambiente de trabalho, como por


exemplo dos móveis, ferramentas e máquinas.
Por exemplo, o trabalho intelectual não se dá com um ambiente ruidoso, mal
iluminado, com móveis que produzam fadiga física.

Cada população de um país tem uma altura média para o homem e outra para a
mulher o que implica, para reduzir a fadiga, que os móveis e utensílios de trabalho
devem ser diferentes para cada sexo.

Primeira conclusão:
Os móveis de trabalho e de repouso, para o homem e para a mulher, devem ser
ajustados às dimensões do seu corpo.
Segunda conclusão:
Todo o móvel ou utensílio de trabalho tem de satisfazer à dimensão humana que o vai
usar. Caso contrário, a produtividade é menor, a fadiga é maior e o processo de
envelhecimento acelerado.

Assim, quando vamos projectar qualquer móvel ou utensílio de trabalho, devemos ter
em atenção as dimensões do corpo humano.

_____________________________________________________________________________________
30
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

1. Completa os espaços em branco:

1.1. A Ergonomia é a ciência que tenta adaptar os utensílios de trabalho às


características ____________ e ________________ dos trabalhadores.

1.2. A finalidade da Ergonomia é a de ____________ a eficácia do trabalho


realizado e _________________ acidentes de trabalho e doenças profissionais.

1.3. A produtividade e a fadiga dependem _____________ do ambiente de


trabalho, como por exemplo dos ____________ , ______________ e
_______________ .

1.4. O trabalho intelectual não se dá com um ambiente _______________ , mal


__________________ e com móveis que produzam fadiga física.

1.5. Os móveis e utensílios de trabalho devem ser _______________ para cada


sexo.

1.6. Caso os móveis não satisfaçam as dimensões humanas, a produtividade é


___________ , a ______________ é maior e o processo de envelhecimento
________________ .

2. Analisa a figura apresentada e responde:

2.1. Em média, quantos centímetros é maior o homem que a mulher?


_______________________________________________________

2.2. Qual a distância média, em metros, desde a parte de trás da anca até ao joelho:
no caso do homem? _____________________
no caso da mulher? _____________________

_____________________________________________________________________________________
31
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2.3. Qual a distância média, em centímetros, desde a parte superior do joelho até ao
chão:
no caso do homem? __________________
no caso da mulher? ___________________

2.4. Dá um exemplo de um móvel ou de um outro utensílio em que interesse saber as


distâncias mencionadas em 2.2. e 2.3. aquando da sua construção.
______________________________________________________________________

Refere ainda qual o interesse dessas medidas para a construção móvel ou utensílio em
causa. ________________________________________________________________

3. CONCLUSÃO

3.1. Diz, por palavras tuas, o que entendes por ergonomia e qual a sua importância
no ambiente de trabalho.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_________________________________________________________________

4. PASSATEMPO

4.1. Descobre as 8 diferenças entre estes 2 desenhos

_____________________________________________________________________________________
32
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA...
Curso de Desenho de Construções Mecânicas 8ºAno - 1/2ª Turma
Ficha de trabalho de H.S.S.T.
7. Higiene e Segurança - Introdução à Ergonomia (2)

Nome:_____________________________________________ Nº:___ Turma:___

Lê atentamente o texto e responde depois às questões colocadas.

ASPECTOS A TER EM CONTA NAS CONDIÇÕES DE TRABALHO

1. Os materiais e as ferramentas devem ser apresentados e ajustados às capacidades


do indivíduo, causando-lhe a menor fadiga possível;

2. Sempre que o esforço físico seja elevado deve-se aplicar máquinas ou fraccionar as
cargas e aumentar a velocidade;

3. Ajustar os móveis, máquinas e ferramentas à dimensão humana mas, tendo em


atenção as reduções físicas (deficiências).

OS SENTIDOS

AUDIÇÃO

- O nível de ruído mede-se em decibéis, tal como, por exemplo as temperaturas se


medem em graus.
- A escala de decibéis vai de 0 a 130.
- Até 40 decibéis o ambiente sonoro é tranquilo.
- O limite máximo aceitável são os 80 decibéis.
- Ruído superior a 80 decibéis provocam traumatismos auditivos permanentes que
evoluem para surdez com a idade. Para além disso, com o tempo, resultam o
esgotamento, a fadiga e mesmo o emagrecimento.

VISÃO

- O esforço em excesso da vista, com o decorrer do tempo leva a perda parcial ou total
da visão.
- Devemos pois ter muito cuidado com a iluminação, quer no trabalho quer nos tempos
livres.

Para conservarmos a visão devemos saber:


 Ajustar o nível de iluminação ao trabalho;
 Que a visibilidade melhora com a luminosidade;
 A luz branca permite uma melhor visão e reduz a fadiga.

_____________________________________________________________________________________
33
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

1. Diz se são Verdadeiras ou Falsas (e nesse caso corrige-as) as seguintes afirmações:

1.1. De preferência, trabalhador deve adaptar-se sempre aos materiais e ferramentas


que lhe dão para trabalhar. 

1.2. Se as ferramentas e máquinas forem bem ajustadas às capacidades do trabalhador


este ficará menos fatigado durante o trabalho. 

1.3. Quando se projecta um posto de trabalho ele deve ser sempre igual,
independentemente do trabalhador que lá vai trabalhar. 

1.4. Quando se projecta um posto de trabalho deve saber-se antes se o trabalhador


que para lá vai trabalhar é deficiente e qual a deficiência física que possui. 

1.5. Se um posto de trabalho implicar o manuseamento de cargas pesadas, devem


colocar-se mais trabalhadores nesse posto de trabalho. 

1.6. Um posto de trabalho ideal deve ter um ruído abaixo dos 80 decibéis. 

1.7. Um posto de trabalho aceitável deve ter um ruído abaixo dos 80 decibéis. 

1.8. O esforço da vista em excesso leva a cegueira em muito pouco tempo. 

1.9. Uma das coisas que mais contribui para o esforço da vista é o ruído. 

1.10. A luz amarelada permite uma melhor visão e reduz a fadiga. 

2. Consulta o texto e responde:

2.1. Se um posto de trabalho implicar um grande esforço físico devido ao


manuseamento contínuo de cargas pesadas, o que aconselharias que se fizesse?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.2. Supõe que era medido o ruído médio num determinado posto de trabalho e que o
resultado era de 90 decibéis. Quais as consequências a que os trabalhadores desse
posto de trabalho estavam sujeitos a longo prazo?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.3. Quais as consequências de leituras prolongadas e frequentes, em ambientes mal


iluminados?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
34
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2.4. Indica 3 factos que todos devem saber acerca de modo a poder tomar medidas
que impeçam a perda progressiva da visão.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.5. Num ambiente de trabalho muito ruídos (mais de 80 decibéis) o que aconselharias
os trabalhadores a fazer?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

3. CRUZADEX

1. Se as ferramentas forem ergonómicas ela é menor;


2. Se o esforço físico for grande devem usar-se;
3. A escala de decibéis vai até cento e...;
4. Unidade de medida do ruído;
5. Ruídos frequentes superiores a 80 decibéis provocam-na a longo prazo;
6. O esforço da vista leva à sua perda ao longo do tempo;
7. Devemos sempre exigi-la, e modo a não esforçarmos a vista.

3 7
2

1 5

4
6

4. Descobre as dez diferenças que existem entre os 2 desenhos:

_____________________________________________________________________________________
35
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA...
Curso de Desenho de Construções Mecânicas 8ºAno - 1/2ª Turma
Ficha de trabalho de H.S.S.T.
8. Higiene e Segurança - Introdução à Ergonomia (3)

Nome:_____________________________________________ Nº:___ Turma:___

Lê atentamente o texto e responde depois às questões colocadas.

A POSTURA DE TRABALHO

Conforme a actividade profissional desempenhada, o trabalhador deve adoptar a


posição mais correcta do seu corpo.

Infelizmente, em muitas fábricas, oficinas, escritórios, os trabalhadores são colocados


perante maquinaria e mobiliário cujas dimensões não são as mais indicadas.

figura 1 figura 2

A figura 1 mostra-nos posições de trabalho incorrectas. As costas estão curvadas o que


faz com que os músculos dorsais se deformem, aumentando a fadiga. A respiração e o
funcionamento dos órgãos digestivos fazem-se com dificuldade.

TRABALHO DE PÉ

Ao trabalhar de pé, o corpo deve estar numa posição direita e natural. Para isso,
sempre que necessário, a altura da superfície de trabalho deve ser adaptada à estatura
do trabalhador.

É que o trabalho efectuado em superfície muito alta provoca dores nos ombros, na
nuca e nos braços.

Por outro lado, se a superfície for baixa, deve ser elevada ou então pôr à disposição do
trabalhador um banco e altura regulável.

Se o trabalhador tiver de trabalhar todo o dia de pé, as pernas terão tendência a inchar
pois o sangue concentra-se nas pernas e, como os músculos não se mexem
suficientemente, o sangue não é enviado para o coração na quantidade necessária.

_____________________________________________________________________________________
36
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Caso não sejam tomadas medidas, essas pessoas sentir-se-ão muito cansadas e
indiferentes.

Para as pessoas que têm de trabalhar de pé durante muito tempo, recomenda-se:


 Sempre que possível, executar o trabalho por momentos sentada;
 Sentar-se durante as interrupções de trabalho;
 Durante os intervalos maiores, pôr as pernas numa posição elevada.

TRABALHOS LIGEIROS

Os trabalhos que não requerem grande esforço muscular e que se podem executar
dentro de uma área limitada, devem se feitos sentados.

Deve-se ter o cuidado de estar sentado direito. A mesa e a cadeira de trabalho devem
ser desenhadas de modo a que a superfície sobre a qual se trabalha esteja ao nível dos
cotovelos.

A cadeira escolhida deve estar adaptada ao trabalho em questão e à altura da mesa de


trabalho. A altura da cadeira deve ser ajustável.

1. Diz se são Verdadeiras ou Falsas (e nesse caso corrige-as) as seguintes afirmações:

a) Na maioria das fábricas, oficinas, escritórios, os trabalhadores são colocados perante


maquinaria e mobiliário cujas dimensões são as mais indicadas. 

b) A posição correcta de trabalho é com as costas curvadas 

c) No trabalho em pé, a altura da superfície de trabalho deve ser adaptada à estatura


do trabalhador. 

d) No trabalho em pé, o trabalho efectuado em superfície muito alta provoca dores nas
pernas e nos pés 

e) No trabalho em pé, se a superfície for baixa, deve ser elevada ou então pôr à
disposição do trabalhador um banco e altura regulável. 

f) Se o trabalhador tiver de trabalhar todo o dia de pé, isso é bom pois ficará com os
músculos das pernas bastante desenvolvidos. 

g) Para as pessoas que têm de trabalhar de pé durante muito tempo, recomenda-se


que se sentem. 

h) Os trabalhos que não requerem grande esforço muscular e que se podem executar
dentro de uma área limitada, devem se feitos em pé. 

i) Nos trabalhos ligeiros, a mesa e a cadeira de trabalho devem ser desenhadas de


modo a que a superfície sobre a qual se trabalha esteja ao nível da cintura. 
_____________________________________________________________________________________
37
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

j) Nos trabalhos ligeiros, a altura da cadeira deve ser fixa. 

2. Consultando o texto, responda às seguintes questões.

2.1. Qual das figuras (1 ou 2) indica a posição correcta de trabalho?


______________________________________________________________________

2.2. Quais as consequências de termos uma postura incorrecta de trabalho?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.3. Quais as consequências de o trabalho ser efectuado em superfícies muito altas?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.4. O que se deve fazer se a superfície de trabalho estiver muito alta?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.5. O que se deve fazer se a superfície de trabalho estiver muito baixa?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.6. Quais as consequências, para a saúde do trabalhador, se este tiver de efectuar o


seu trabalho todo o dia de pé?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.7. Indique 3 medidas que as pessoas que trabalham normalmente de pé, devem
tomar.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.8. No caso de trabalho sentado, quais os cuidados a ter com a mesa e cadeira de
trabalho?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
38
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

3. Indique, justificadamente, se as posições de trabalho, em cada uma das figuras


seguintes, são correctas ou incorrectas.

_
___________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________

____________________________________ ____________________________________
____________________________________ ____________________________________
____________________________________ ____________________________________
____________________________________ ____________________________________
___________________________________ ____________________________________

_____________________________________________________________________________________
39
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

4. Tendo em atenção a figura seguinte responda às seguintes questões:

4.1. Supondo que na realização de um trabalho, uma pessoa despendeu uma energia
de 639 Calorias, indique o valor da energia que a essa pessoa gastou na realização de
trabalho útil e o valor da energia desperdiçado devido à posição do corpo na realização
desse trabalho, nos casos seguintes:

a) Trabalho realizado de pé

b) Trabalho realizado sentado

c) Trabalho realizado com o corpo inclinado

d) Trabalho realizado de joelhos

_____________________________________________________________________________________
40
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

5. Passatempo

6. APRENDER A LEVANTAR E MOVIMENTAR CARGAS

Seguidamente apresentam-se, completamente desordenadas, várias frases


respeitantes ao levantamento e movimentação de cargas.
Insira cada uma das frases na secção adequada.

Secção 1: POSIÇÕES A EVITAR (2 frases)


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

Secção 2: TRANSPORTE CORRECTO DE CARGAS (3 frases)


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

Secção 3: UTILIZAÇÃO DE MEIOS AUXILIARES PARA TRANSPORTE DE CARGAS PESADAS


(2 frases)
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

Secção 4: TÉCNICA PARA LEVANTAR OU POISAR CARGAS PESADAS (5 frases)


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
41
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

- Parte superior do corpo direita;


- Para levantar ou poisar caixas, móveis e máquinas muito pesadas, coloque-os
sobre um tapete ou uma plataforma;
- Transportar os sacos e as caixas aos ombros mantendo o corpo direito;
- Costas direitas;
- Posição curvada;
- Carga perto do corpo;
- Repartir a carga simetricamente;
- Torcer a coluna vertebral ao levantarmos ou depositarmos cargas pesadas;
- Segurar com firmeza;
- Movimentos livres;
- Manter os braços esticados;
- Utilizar correias, carrinhos, cangas, gazuas e alavancas;

_____________________________________________________________________________________
42
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA...
Curso de Desenho de Construções Mecânicas 8ºAno - 1/2ª Turma
Ficha de trabalho de H.S.S.T.
9. Higiene e Segurança - Ruído (1)

Nome:_____________________________________________ Nº:___ Turma:___

Lê atentamente o texto e responde depois às questões colocadas.

1ª PARTE

1. O QUE É ENTÃO O RUÍDO?

É um som desagradável ou incómodo.

Para medir o nível do ruído usa-se um aparelho chamado sonómetro, que nos dá a
intensidade do ruído em decibéis.

A intensidade do ruído medida em decibéis permite-nos avaliar o dano e o risco


causados à audição das pessoas.

2. DANOS PROVOCADOS PELO RUÍDO

O ruído não conduz apenas à surdez, tendo outros efeitos negativos no rendimento do
trabalho, como:
 Aumento do número de acidentes de trabalho em consequência de um estado
psicológico mais tenso;
 Aumento da gravidade dos acidentes;
 Doenças do sistema nervoso;
 Aumento da fadiga no trabalho.

Por exemplo, a passagem de um nível de ruído de 80dB para 95dB numa estação de
correios, provocou uma diminuição do número de cartas manuseadas e um aumento
para 4 vezes mais nos erros de distribuição.

Exemplos de actividades mais ruidosas (devido ao elevado nível de mecanização):


 Indústria têxtil;
 Indústria da madeira;
 Metalomecânica;
 Indústria extractiva (minas).

Exemplos de máquinas e ferramentas mais ruidosas:


 Serras circulares;
 Rebarbadoras portáteis;
 Martelos pneumáticos;
 Moto-Serras.

_____________________________________________________________________________________
43
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

1. Diz se são Verdadeiras ou Falsas (e nesse caso corrige-as) as seguintes afirmações:

a) O ruído é um som incómodo e agradável. 

b) Para medir a intensidade do ruído usa-se um aparelho chamado termómetro. 

c) A unidade de medida do ruído é o decibel. 

d) A unidade de medida do som é o metro. 

e) A consequência do ruído intenso e permanente no posto de trabalho é apenas a


condução do trabalhador à surdez. 

f) Um dos efeitos do ruído intenso no posto de trabalho é o aumento da gravidade dos


acidentes. 

g) Uma das actividades laborais mais ruidosas é a distribuição de correio nas estações
dos CTT. 

h) Uma das ferramentas de trabalho mais ruidosa é o martelo. 

2. Responde de acordo com o texto

2.1. Qual a utilidade da medição da intensidade do ruído num posto de trabalho?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.2. Quais os efeitos prejudiciais do ruído intenso e permanente num posto de


trabalho?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.3. Dá 3 exemplos de actividades laborais onde o ruído é mais intenso.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.4. Dá 3 exemplos de máquinas ou ferramentas mais ruidosas.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
44
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2.5. Numa estação de correios os trabalhadores erravam, em média, por dia, 13 vezes
na distribuição de encomendas postais.
Entretanto, foi adquirida uma máquina automática de distribuição de cartas. Essa
máquina era ruidosa e levou a que o nível de ruído na estação subisse dos 80 para os
95dB.
Indique:
a) Semanalmente, quantas encomendas postais iam parar a mãos erradas antes de se
adquirir a máquina de distribuição de cartas?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

b) E depois de se adquirir a referida máquina?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

3. Procure, no emaranhado de letras, palavras relacionadas com os efeitos negativos do


ruído e com máquinas, ferramentas e actividades mais ruidosas. As palavras
“escondidas” são as que se encontram sublinhadas no texto inicial da ficha de trabalho.

E F E I T O S S A C T I V I D A D E S D
F A S E R R I A C I N A C E M O L I R A
I M A N O X E R E B A R B A D O R A S T
S E R R A S R I D R A G I D A F A D I A
T T A A X E R E E E E T N A M A I D S P
O A M A T X A D N X E T I N E R V O S O
S L A V I V N A T R S O L E T R A M I R
E O R O T N E M U A A Q O R S M L O N T
S M T U E A G I N D U S T G I A A T D A
P E S S N A A C I D E N T E S R D X U T
E C E A S E T T N E D I C A G T O E S E
C A R T O C I G O L O C I S P E R T T I
I N A N S S V P N E U M A T I C O S R S
A I L E C E O S R Q E U X E T E X T I L
I C U M T A S A S A R R G A L I M X A E
S A C A X Q U C M A Q U I N A S I E G S
A R R R U S N N T E X T E L I A N T E S
C D I R Q U B E X T R A C T I V A X X E
X A C E A C V O S I M A S I F O S U Q R
H Q A F E D A D I V A R G T A M U E N P

2ª PARTE

_____________________________________________________________________________________
45
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

3. OS EFEITOS DO SOM SOBRE O SER HUMANO

O som demasiado alto provoca nas pessoas a perda progressiva da audição.


Mas, para além disso, provoca também:
 Diminui a circulação do sangue, o que leva a tensões nervosas no corpo, que
implicam dificuldade em dormir (insónias);
 Lesões nos órgãos da audição;
 «Abafamento sonoro» (difícil conversar);
 Irritação ou aborrecimento.

Ruídos Prejudiciais

São aqueles que mantêm uma intensidade entre os 85 e 90 dB.

Ao permanecermos mais de 5 horas num ambiente com este nível de ruído, corre-se o
risco de prejudicar a audição.

Este tipo de ruído é causado, por exemplo, por ferramentas que trabalham a ar
comprimido (ex: martelos pneumáticos) ou por aviões em aeroportos.

Explosões fortes perto dos ouvidos também são considerados ruídos prejudiciais.

Ruídos «Abafados»

São aqueles que mantêm uma intensidade entre os 60 e 70 dB.

Têm como consequência o dificultarem uma conversação normal, ou provocarem


acidentes.

Existem na maioria das indústrias e podem ser perigosos, como por exemplo no caso
em que o ruído das máquinas abafe o ruído de um empilhador.

Ruídos Irritantes

São subjectivos, pois aquilo que é ruído para uma pessoa pode ser música para outra.

Por exemplo, para os clientes de um restaurante a música de fundo pode ser agradável
enquanto para os empregados pode ser irritante pois ouvem-na permanentemente.

Outro exemplo: Uma música de heavy-metal em «altos berros» na aparelhagem do


vizinho pode ser formidável para ele e irritante para mim.

Lesões Nos Órgãos Auditivos

_____________________________________________________________________________________
46
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

O ouvido é um órgão muito sensível, que devemos proteger de ambientes ruidosos


prolongados.

O som passa pelo ouvido externo, faz vibrar o tímpano e os ossículos da audição
(martelo, bigorna e estribo), o caracol e o nervo auditivo até, finalmente, chegar ao
cérebro, onde os sons são interpretados.

Obstáculos à vida normal provocados por falta de audição

A audição é um sentido importante que nos ajuda a estabelecer o contacto com o


ambiente que nos rodeia.

Uma capacidade auditiva reduzida pode implicar o seguinte:


 Torna-se muito difícil interpretar uma conversa normal;
 É difícil compreender o que os chefes ou os colegas nos querem dizer;
 Sensação de isolamento, dado que é impossível participar nas discussões com
os colegas ou amigos;
 Pessoas com audição reduzida precisam de descansar e de se descontrair mais
do que o normal, dado que empregam toda a sua energia enquanto trabalham.

Sons e Seus Efeitos Sobre o Ser Humano

_____________________________________________________________________________________
47
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

4. MÉTODOS DE CONTROLO DE RUÍDOS

Máquinas e Processos de Produção


 Tapar as máquinas totalmente ou as suas partes mais ruidosas;
 Fazer revisão das máquinas frequentemente, de modo a reduzir o ruído
provocado pelo desajustamento de componentes;
 Reduzir as vibrações dos componentes;
 Substituir partes de metal por outras feitas de materiais absorventes do som,
como por exemplo plástico ou borracha;
 Prolongar o período de travagem das partes que trabalham em vaivém
(oscilantes).

5. FORMAS DE DETERMINAR A EXISTÊNCIA DE SURDEZ EM ADULTOS

 Dificuldade em compreender uma conversa, em salas com muita gente;


 Necessidade de elevar o volume de som do rádio ou televisão a ponto de
incomodar os outros;
 Sensação que as pessoas que nos rodeiam estão a murmurar ou a resmungar;
 Solicitação frequente aos interlocutores para repetirem o que disseram;
 Percepção das pessoas apenas quando as vemos.

1. Diz se são Verdadeiras ou Falsas (e nesse caso corrige-as) as seguintes afirmações:

a) O som demasiado alto pode provocar insónias. 

b) Os ruídos prejudiciais são aqueles cuja intensidade se mantém entre os 40 e 80 dB. 

c) Se ficarmos mais que 5 horas expostos a um ruído entre 85 e 90 dB não corremos


risco nenhum. 

d) Ruídos Abafados são aqueles que prejudicam uma conversa normal. 


_____________________________________________________________________________________
48
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

e) A intensidade dos ruídos considerados abafados situa-se entre os 60 e 70 dB. 

f) O ruído considerado irritante é uma coisa objectiva, isto é, toda a gente o considera
irritante. 

g) Uma capacidade auditiva reduzida pode implicar uma sensação de isolamento. 

h) O ruído de um motor de um avião a jacto tem uma intensidade de cerca de 90dB. 

i) O ruído de um motor de um avião a jacto é prejudicial, mas pouco 

j) O ruído de uma moto-serra é do tipo irritante. 

k) Uma conversa normal entre 2 pessoas tem uma intensidade de ruído de cerca de 30
dB. 

l) Numa oficina de bate-chapa, o ruído é de cerca de 100dB, o que se pode considerar


muito prejudicial. 

m) Um dos métodos de controlar o ruído produzido por máquinas é tapá-las


totalmente ou, pelo menos, tapar as suas partes mais ruidosas. 

n) Uma das maneiras de sabermos que uma pessoa apresenta sinais de surdez é
apercebermo-nos que essa pessoa só dá pela presença de outras quando as vê. 

2. Responde de acordo com o texto

2.1. Indique 3 efeitos que o som demasiado alto pode provocar na s pessoas.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.2. Diga o que entende por ruídos prejudiciais e quais as suas possíveis consequências.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.3. Diga o que entende por ruídos abafados e quais as suas possíveis consequências.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.4. Diga o que entende por ruídos irritantes e quais as suas possíveis consequências.

_____________________________________________________________________________________
49
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.5. Indique o valor de volume de som a partir do qual é prejudicial para o ser humano.
Dê exemplos de fontes sonoras prejudiciais.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.6. Diga 2 possíveis consequências de ficarmos com uma capacidade de audição


reduzida.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.7. Indique os processos que conhece para reduzir o nível do ruído em locais de
trabalho com máquinas.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.8. Indique 2 formas de sabermos se uma pessoa adulta tem problemas de audição.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

3. Passatempo

Começando pelo quadrado assinalado com o nº (1), dar saltos idênticos aos do Cavalo
do Xadrez, até chegar ao quadrado nº (8).
O objectivo é descobrir um conhecido slogan relacionado com a segurança no trabalho
e a protecção do ambiente.

ÇA O DAR I

(8)
CA DO CA IR

(1)
LAR FA RU ZER

ESCOLA
_____________________________________________________________________________________
50
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Curso de Desenho de Construções Mecânicas 8ºAno - 1/2ª Turma


Ficha de trabalho de H.S.S.T.
10. Higiene e Segurança - Ruído (2)

Nome:_____________________________________________ Nº:___ Turma:___

Lê atentamente o texto e responde depois às questões colocadas.

1. O QUE É ENTÃO O RUÍDO?

É um som desagradável ou incómodo.

Para medir o nível do ruído usa-se um aparelho chamado sonómetro, que nos dá a
intensidade do ruído em decibéis.

A intensidade do ruído medida em decibéis permite-nos avaliar o dano e o risco


causados à audição das pessoas.

2. DANOS PROVOCADOS PELO RUÍDO

O ruído não conduz apenas à surdez, tendo outros efeitos negativos no rendimento do
trabalho, como:
 Aumento do número de acidentes de trabalho em consequência de um estado
psicológico mais tenso;
 Aumento da gravidade dos acidentes;
 Doenças do sistema nervoso;
 Aumento da fadiga no trabalho.

Por exemplo, a passagem de um nível de ruído de 80dB para 95dB numa estação de
correios, provocou uma diminuição do número de cartas manuseadas e um aumento
para 4 vezes mais nos erros de distribuição.

Exemplos de actividades mais ruidosas (devido ao elevado nível de mecanização):


 Indústria têxtil;
 Indústria da madeira;
 Metalomecânica;
 Indústria extractiva (minas).

Exemplos de máquinas e ferramentas mais ruidosas:


 Serras circulares;
 Rebarbadoras portáteis;
 Martelos pneumáticos;
 Moto-Serras.

1. Diz se são Verdadeiras ou Falsas (e nesse caso corrige-as) as seguintes afirmações:

_____________________________________________________________________________________
51
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

a) O ruído é um som incómodo e agradável. 

b) Para medir a intensidade do ruído usa-se um aparelho chamado termómetro. 

c) A unidade de medida do ruído é o decibel. 

d) A unidade de medida do som é o metro. 

e) A consequência do ruído intenso e permanente no posto de trabalho é apenas a


condução do trabalhador à surdez. 

f) Um dos efeitos do ruído intenso no posto de trabalho é o aumento da gravidade dos


acidentes. 

g) Uma das actividades laborais mais ruidosas é a distribuição de correio nas estações
dos CTT. 

h) Uma das ferramentas de trabalho mais ruidosa é o martelo. 

2. Responde de acordo com o texto

2.1. Qual a utilidade da medição da intensidade do ruído num posto de trabalho?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.2. Quais os efeitos prejudiciais do ruído intenso e permanente num posto de


trabalho?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.3. Dá 3 exemplos de actividades laborais onde o ruído é mais intenso.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.4. Dá 3 exemplos de máquinas ou ferramentas mais ruidosas.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.5. Numa estação de correios os trabalhadores erravam, em média, por dia, 13 vezes
na distribuição de encomendas postais.
Entretanto, foi adquirida uma máquina automática de distribuição de cartas. Essa
máquina era ruidosa e levou a que o nível de ruído na estação subisse dos 80 para os
95dB.
_____________________________________________________________________________________
52
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Indique:
a) Semanalmente, quantas encomendas postais iam parar a mãos erradas antes de se
adquirir a máquina de distribuição de cartas?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

b) E depois de se adquirir a referida máquina?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

3. Procure, no emaranhado de letras, palavras relacionadas com os efeitos negativos do


ruído e com máquinas, ferramentas e actividades mais ruidosas. As palavras
“escondidas” são as que se encontram sublinhadas no texto inicial da ficha de trabalho.

E F E I T O S A C T I V I D A D E S
A C I N A C E M O L
M R E B A R B A D O R A S
S E R R A S I A G I D A F
T E M P
A D N E R V O S O
L N A S O L E T R A M I R
O O T N E M U A A S N T
M E G I D A
E S S N A C I D E N T E S U T
C E A S T S E
A R T O C I G O L O C I S P T I
N A N V P N E U M A T I C O S R S
I L E O S T E X T I L
C U M S A M A
A C A C M A Q U I N A S I
R R N N
I R E X T R A C T I V A
C E O S
F E D A D I V A R G

3. OS EFEITOS DO SOM SOBRE O SER HUMANO

O som demasiado alto provoca nas pessoas a perda progressiva da audição.


Mas, para além disso, provoca também:

_____________________________________________________________________________________
53
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Diminui a circulação do sangue, o que leva a tensões nervosas no corpo, que


implicam dificuldade em dormir (insónias);
 Lesões nos órgãos da audição;
 «Abafamento sonoro» (difícil conversar);
 Irritação ou aborrecimento.

Ruídos Prejudiciais

São aqueles que mantêm uma intensidade entre os 85 e 90 dB.

Ao permanecermos mais de 5 horas num ambiente com este nível de ruído, corre-se o
risco de prejudicar a audição.

Este tipo de ruído é causado, por exemplo, por ferramentas que trabalham a ar
comprimido (ex: martelos pneumáticos) ou por aviões em aeroportos.

Explosões fortes perto dos ouvidos também são considerados ruídos prejudiciais.

Ruídos «Abafados»

São aqueles que mantêm uma intensidade entre os 60 e 70 dB.

Têm como consequência o dificultarem uma conversação normal, ou provocarem


acidentes.

Existem na maioria das indústrias e podem ser perigosos, como por exemplo no caso
em que o ruído das máquinas abafe o ruído de um empilhador.

Ruídos Irritantes

São subjectivos, pois aquilo que é ruído para uma pessoa pode ser música para outra.

Por exemplo, para os clientes de um restaurante a música de fundo pode ser agradável
enquanto para os empregados pode ser irritante pois ouvem-na permanentemente.

Outro exemplo: Uma música de heavy-metal em «altos berros» na aparelhagem do


vizinho pode ser formidável para ele e irritante para mim.

Lesões Nos Órgãos Auditivos

O ouvido é um órgão muito sensível, que devemos proteger de ambientes ruidosos


prolongados.

_____________________________________________________________________________________
54
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

O som passa pelo ouvido externo, faz vibrar o tímpano e os ossículos da audição
(martelo, bigorna e estribo), o caracol e o nervo auditivo até, finalmente, chegar ao
cérebro, onde os sons são interpretados.

Obstáculos à vida normal provocados por falta de audição

A audição é um sentido importante que nos ajuda a estabelecer o contacto com o


ambiente que nos rodeia.

Uma capacidade auditiva reduzida pode implicar o seguinte:


 Torna-se muito difícil interpretar uma conversa normal;
 É difícil compreender o que os chefes ou os colegas nos querem dizer;
 Sensação de isolamento, dado que é impossível participar nas discussões com
os colegas ou amigos;
 Pessoas com audição reduzida precisam de descansar e de se descontrair mais
do que o normal, dado que empregam toda a sua energia enquanto trabalham.

Sons e Seus Efeitos Sobre o Ser Humano

_____________________________________________________________________________________
55
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

4. MÉTODOS DE CONTROLO DE RUÍDOS

Máquinas e Processos de Produção


 Tapar as máquinas totalmente ou as suas partes mais ruidosas;
 Fazer revisão das máquinas frequentemente, de modo a reduzir o ruído
provocado pelo desajustamento de componentes;
 Reduzir as vibrações dos componentes;
 Substituir partes de metal por outras feitas de materiais absorventes do som,
como por exemplo plástico ou borracha;
 Prolongar o período de travagem das partes que trabalham em vaivém
(oscilantes).

5. FORMAS DE DETERMINAR A EXISTÊNCIA DE SURDEZ EM ADULTOS

 Dificuldade em compreender uma conversa, em salas com muita gente;


 Necessidade de elevar o volume de som do rádio ou televisão a ponto de
incomodar os outros;
 Sensação que as pessoas que nos rodeiam estão a murmurar ou a resmungar;
 Solicitação frequente aos interlocutores para repetirem o que disseram;
 Percepção das pessoas apenas quando as vemos.

_____________________________________________________________________________________
56
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Indique o valor de volume de som a partir do qual é prejudicial para o ser humano.
Dê exemplos de fontes sonoras prejudiciais.

Indique os processos que conhece para reduzir o nível do ruído em locais de trabalho
com máquinas.

Passatempo
Começando pelo quadrado assinalado com o nº (1), dar saltos idênticos aos do Cavalo
do Xadrez, até chegar ao quadrado nº (8).
O objectivo é descobrir um conhecido slogan relacionado com a segurança no trabalho
e a protecção do ambiente.

ÇA O DAR I

(8)
CA DO CA IR

(1)
LAR FA RU ZER

Passatempos
Com 3 linhas rectas, divida esta figura em cinco partes, de forma a que fiquem apenas
2 camiões dentro de cada uma delas.

_____________________________________________________________________________________
57
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Coloque os números dados nos respectivos espaços, de modo a conseguir a soma


apresentada.

___ ___ ___ ___ 4 2 1 7 3 8 2 5


___ ___ ___ ___
__________________
7 7 0 0

O Sr. Manel pretende dar a cada um dos seus filhos uma parte do seu terreno que
possui (ver figura abaixo). No entanto não quer que nenhum deles seja prejudicado.
És capaz de ajudá-lo, dividindo o terreno em 4 partes exactamente iguais?

Objectivos:
1 - Conhecer os efeitos do som sobre o ser humano;
2 - Compreender o efeito de diferentes fontes sonoras sobre o ser humano;
3 - Conhecer as medidas de controlo dos ruídos;
4 - Compreender que os danos na audição podem ser evitados com medidas
preventivas adequadas.

_____________________________________________________________________________________
58
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA ...
Curso de Desenho de Construções Mecânicas 8ºAno - 1/2ª Turma
Ficha de trabalho de H.S.S.T.
11. Higiene e Segurança - Iluminação / Visão

Nome:_____________________________________________ Nº:___ Turma:___

Lê atentamente o texto e responde depois às questões colocadas.

( 1ª PARTE)

ILUMINAÇÃO

Por vezes esquecemo-nos da importância da iluminação, tanto nas nossas casas como
no trabalho, devido ao facto dos olhos terem a capacidade de se adaptar às condições
existentes.

No entanto, não devemos esquecer que a iluminação inadequada:


 Dificulta o trabalho;
 Afecta a saúde;
 Contribui para o aumento dos acidentes.

Tanto uma iluminação fraca como uma iluminação forte demais pode causar problemas
para os olhos.

Para a maioria dos trabalhos é preciso ter boa vista. Ser obrigado a trabalhar com
iluminação inadequada pode provocar:
 Cansaço;
 Esgotamento;
 Dor de Cabeça.

OS OLHOS

Os olhos são semelhantes a uma máquina fotográfica.

Quando um raio luminoso alcança os olhos, é captado por um sistema composto pela
córnea, câmara ocular anterior, cristalino e globo ocular.

A imagem que vemos no momento é formada então na retina que desempenha o


papel da película sensível à luz na máquina fotográfica.

A íris (parte colorida da vista) funciona como o diafragma da máquina. No meio da íris
há uma abertura que se chama pupila (menina do olho). Quando há muita luz a pupila
fecha mais, quando há pouca luz, a pupila abre-se para absorver mais luz.

_____________________________________________________________________________________
59
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

CAUSAS DAS ALTERAÇÕES NA VISÃO

 Devidas a características da pessoa e/ou à hereditariedade;

 Devidas à Idade
Todos os tecidos e órgão do corpo humano perdem elasticidade com a idade. A
capacidade que a vista tem de se adaptar rapidamente a diversas distâncias diminui
quando a idade aumenta;

 Devidas a Doença e Vícios


A diabetes, a sífilis e a anemia provocam alterações diversas na visão. Também a
ingestão de certos tóxicos tais como o álcool, tabaco, café, drogas, certos
medicamentos, etc. pode ocasionar lesões e deformações na visão.

 Devidas a Erros de Postura


O péssimo hábito de se curvar e aproximar demasiadamente os olhos do objecto de
trabalho, acaba por causar, com o tempo, danos na visão.

LUZ DO DIA

Nenhum tipo de luz eléctrica pode competir com a luz do dia. Mas esta muda muito,
pelo que temos de usar a iluminação artificial.

Os locais de trabalho devem ser planeados de modo a que:


 Nem a luz do dia, nem a luz eléctrica provoquem sombras incomodativas;
 A luz alcance a área de trabalho sem ser interceptada por alguém ou por uma
máquina.

ENCADEAMENTO OU OFUSCAMENTO

O encadeamento ocorre quando olhamos para uma luz à qual a vista é incapaz de se
adaptar por causa desta ser demasiado forte. Isso acontece quando:
 A fonte da luz está demasiado baixa;
 A fonte de luz está numa posição errada;
 A luz reflecte-se numa superfície brilhante (Encadeamento Indirecto).

_____________________________________________________________________________________
60
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

1. Diz se são Verdadeiras ou Falsas (e nesse caso corrige-as) as seguintes afirmações:

1.1. A iluminação inadequada facilita o trabalho. 

1.2. Uma iluminação forte é saudável para os olhos e facilita a visão. 

1.3. Uma iluminação inadequada pode causar cansaço e dor de barriga. 

1.4. Quando há muita luz as pupilas dos nossos olhos abrem-se mais. 

1.5. A função da retina do olho é parecida com a função do diafragma da máquina


fotográfica. 

1.6. Uma das causas da alteração da qualidade da visão é o facto de a pessoa ter tido
antepassados com problemas de visão. 

1.7. A capacidade da visão aumenta com a idade. 

1.8. Tomar drogas não tem qualquer efeito, a longo prazo, na visão. 

1.9. Quando não vemos bem o objecto com que estamos a trabalhar devemos
trabalhar com os olhos mais próximos desse objecto. 

1.10. Como a luz do dia é constante, temos de usar a iluminação artificial. 

1.11. Os locais de trabalho devem ser planeados de modo a que não existam sombras
na área de trabalho. 

1.12. O encadeamento ocorre quando olhamos para uma luz qualquer. 

1.13. O encadeamento pode ocorrer quando a luz se reflecte numa superfície baça

2. A partir da leitura do texto, responda às seguintes questões:

2.1. Por que motivo a partir dos 40-50 anos as pessoas começam geralmente a precisar
de usar óculos?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.2. Indique alguns hábitos de vida das pessoas, que podem originar lesões e
deformações na vista.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
61
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2.3. Quais as consequências de trabalharmos num local com iluminação demasiado


fraca ou demasiado forte?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.4. Quais as causas da alteração da qualidade da nossa visão?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.5. Por que motivo a capacidade da visão diminui com a idade?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.6. Por que motivo existe a necessidade de usarmos luz artificial?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.7. Qual a razão por que entre a fonte de luz e a área de trabalho não deve haver
nenhum obstáculo (trabalhador, máquina, etc.)?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.8. Diga quais as situações em que pode ocorrer encadeamento


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.9. Faça a legenda das figuras seguintes, atribuindo a cada uma delas uma das
situações que referiu na alínea anterior.

______________________ ______________________ _____________________


______________________ ______________________ _____________________
______________________ ______________________ _____________________

2.10. Diga por palavras suas a que é devido o encadeamento.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
62
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

PASSATEMPO:

Preenche os quadrados em branco de modo a que cada coluna dê a soma indicada na


vertical e na horizontal.

_____________________________________________________________________________________
63
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

( 2ª PARTE)

REFLEXÃO DA LUZ

A reflexão é a capacidade que uma superfície tem de reenviar luz. Quanto mais escura
é a superfície menos luz reflecte e mais luz é preciso para iluminar. É por isso que as
paredes e o tecto devem ter cores o mais claras possível.

TIPOS DE ILUMINAÇÃO

Num local de trabalho pode existir uma combinação de 3 tipos de iluminação:


 Iluminação Geral
É a iluminação proveniente das lâmpadas do tecto ou das paredes
 Iluminação Zonal ou Localizada
É a iluminação que somente ilumina uma área bem definida de um local
 Iluminação Pontual
É a iluminação que ilumina o objecto ou objectos com os quais trabalhamos

REGRAS PARA UMA BOA ILUMINAÇÃO

 A direcção da luz deve ser a correcta não causando encadeamento;


 Deve apontar-se a luz, primeiramente, para os materiais e objectos com os
quais trabalhamos;
 Quando individual, deve colocar-se a fonte de luz obliquamente por detrás do
ombro esquerdo;
 O nível de iluminação adequado depende de:
- Do tipo de trabalho
- Da capacidade de reflexão das paredes e tecto
- Da capacidade de reflexão dos objectos com que trabalhamos
- Da visão do trabalhador

ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA DE SEGURANÇA

É projectada para funcionar quando falta a iluminação normal.

Serve para possibilitar a saída rápida e segura, dum edifício, durante uma emergência.

Deve situar-se:
 Nos cruzamentos de corredores;
 Nos pontos de mudança de direcção;
 Nas escadas;
 Nas Saídas.

_____________________________________________________________________________________
64
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

LIMPEZA E MANUTENÇÃO DE LÂMPADAS E MATERIAL ELÉCTRICO

O nível da iluminação diminui à medida que a idade do equipamento eléctrico


aumenta.

As razões são:
 Desgaste das lâmpadas;
 Sujidade no equipamento ou nas lâmpadas;
 Sujidade na superfície da sala;
 Sujidade nos reflectores e nos protectores de encadeamento;

As maiores perdas são causadas pela sujidade das lâmpadas que, ao fim de algum
tempo produzem só cerca de metade da luz original.

As lâmpadas devem ser mudadas regularmente, todas ao mesmo tempo e não só as


fundidas.

1. Diz se são Verdadeiras ou Falsas (e nesse caso corrige-as) as seguintes afirmações:

1.14. A reflexão é a capacidade que uma superfície tem de absorver a luz. 

1.15. Quanto mais escura é a superfície (paredes, tecto) mais luz ela absorve e por isso
mais luz é preciso para iluminar aquela área. 

1.16. Iluminação Pontual é a iluminação que vem das lâmpadas do tecto. 

1.17. À iluminação que ilumina o objecto ou objectos com os quais trabalhamos dá-se
o nome de iluminação geral. 

1.18. Num local de trabalho só pode existir um tipo de iluminação. 

1.19. A direcção da luz deve ser tal que provoque ofuscamento. 

1.20. O nível de iluminação adequado depende do tipo de trabalho e da visão do


trabalhador. 

1.21. A iluminação de emergência deve funcionar quando falta a iluminação normal. 

1.22. Um dos locais em que se deve colocar primeiramente iluminação de emergência


é ao longo dos corredores. 

1.24. O nível de iluminação baixa à medida que a idade do equipamento eléctrico


aumenta. 

1.25. Devido à sujidade, ao fim de algum tempo, as lâmpadas podem produzir apenas
metade da iluminação inicial. 
_____________________________________________________________________________________
65
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

1.26. Só devemos substituir as lâmpadas quando elas se fundem. 

1.27. As lâmpadas devem ser substituídas todas ao mesmo tempo. 

2. A partir da leitura do texto, responda às seguintes questões:

2.11. Indique as vantagens das paredes e o tecto terem cores claras.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.12. Diga quais os 3 tipos de iluminação de um local que conhece.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.13. O que entende por iluminação localizada?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.14. Diga quais os tipos de iluminação presentes em cada uma das figuras seguintes:

__________________________________________
__________________________________________

__________________________________________
__________________________________________

_____________________________________________________________________________________
66
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

___________________________________________
___________________________________________

2.15. Indique os aspectos que se deve ter em conta para uma boa iluminação de um
local de trabalho.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.16. Por que motivo não se deve colocar a luz, obliquamente, por detrás do ombro
direito?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.17. Quais os factores que influenciam o nível de iluminação adequado para um local?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.18. Para que serve a iluminação de emergência?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.19. Indique os locais onde deve colocar-se iluminação de emergência.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.20. Diga qual a importância da limpeza e manutenção de lâmpadas e material


eléctrico para a conservação de uma boa iluminação.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.21. Diga quais as razões principais para a diminuição da qualidade de iluminação ao


longo do tempo.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
67
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

PASSATEMPO:

Que caminho deve seguir o explorador,


para sair da caverna? A, B ou C ?
_________________________

Objectivos:
Conhecer qual a iluminação adequada em algumas situações de trabalho;
Compreender que a iluminação adequada é uma forma de prevenir determinados
problemas visuais;
Compreender que a limpeza e a manutenção do material de iluminação são
fundamentais para a continuação das condições de iluminação apropriadas.

_____________________________________________________________________________________
68
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA ...
Curso de Desenho de Construções Mecânicas 8ºAno - 1/2ª Turma
Ficha de trabalho de H.S.S.T.
12. Higiene e Segurança - Electricidade

Nome:_____________________________________________ Nº:___ Turma:___

Lê atentamente o texto e responde depois às questões colocadas.

A ELECTRICIDADE E OS SEUS PERIGOS

Acidentes causados pela electricidade:


 Electrocussão;
 Incêndios.

A electrocussão (choque eléctrico) ocorre quando uma pessoa toca numa peça pela
qual passa a corrente eléctrica.

Os incêndios podem ocorrer quando há um curto-circuito, desenvolvendo-se, nessa


situação um calor intenso.

Os acidentes com electricidade são frequentemente causados por:


 Inconsciência ou Falta de cuidado (ex: não se verifica se os aparelhos de
protecção estão em condições);
 Não seguimento ou desconhecimento das regras de segurança;
 Não ter em atenção que todo o trabalho em instalações eléctricas deve ser feito
por electricistas.

Medidas a Tomar no Caso de Acidente Eléctrico:


 Desligar imediatamente a corrente;
 Nunca libertar a vítima se não estivermos devidamente isolados;
 Não fazer nada com condutores de alta tensão.

Cuidados a ter com as Máquinas Eléctricas


 Assegurar que são construídos adequadamente;
 Assegurar que são mantidos em bom estado de funcionamento;
 As partes por onde passa a corrente eléctrica devem estar devidamente
isoladas;
 As partes exteriores devem estar devidamente ligadas à terra;
 Os que trabalham com máquinas eléctricas devem estar sobre qualquer tipo de
material isolador e usar sapatos com sola de borracha;
 Os fios e cabos ligados a uma máquina devem estar fixos numa parede;
 Nunca usar tomadas que não tenham pólo de terra;
 Nunca introduzir fios nus em tomadas;

_____________________________________________________________________________________
69
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Ter muito cuidado com os fios e cabos de aparelhos portáteis (ex: gambiarras e
candeeiros de mesa) pois estes desgastam-se facilmente o que pode provocar
curto-circuitos, o que pode provocar explosões;
 Não ligar logo as máquinas ou ferramentas se estas foram limpas com álcool;
 Não utilizar a canalização da água ou gás como ligação à terra;
 Não pendurar os fios e cabos eléctricos em pregos ou ganchos metálicos;
 Evitar puxar ou arrastar os cabos eléctricos.

1. Diz se são Verdadeiras ou Falsas (e nesse caso corrige-as) as seguintes afirmações:

1.1. Nas máquinas eléctricas, as partes por onde passa a corrente eléctrica não devem
ser isoladas. 

1.2. Nas máquinas eléctricas, as partes exteriores condutoras devem estar


devidamente ligadas à terra. 

1.3. Quem trabalha com máquinas eléctricas deve usar botas de biqueira de aço. 

1.4. Os cabos eléctricos devem ficar sempre pendurados em ganchos metálicos e não
em pregos. 

1.5. No caso de ocorrer um acidente eléctrico, não se deve desligar a corrente, pois isso
é perigoso. 

1.6. No caso de ocorrer um acidente, devemos logo libertar a vítima do contacto com
os cabos eléctricos. 

1.7. Muitos acidentes com a electricidade ocorrem porque pessoas sem habilitações
realizam trabalhos com equipamento eléctrico. 

1.8. A electrocussão é o mesmo que choque eléctrico. 

1.9. A electrocussão pode causar incêndio. 

2. A partir da leitura do texto, responda às seguintes questões:

2.1. Que tipos de acidente podem ocorrer devidos à electricidade?


______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

2.2. O que entende por electrocussão?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.3. A que são devidos os incêndios causados pela electricidade?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
70
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2.4. Indique a que são devidos, normalmente, os acidentes eléctricos.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.5. Em situação de trabalho com máquinas e equipamento eléctrico, indique as


precauções a ter para evitar acidentes.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

3. Retire do texto a frase que melhor se adapta à figura seguinte:

_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
71
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

4. Passatempo

Coloque os números dados nos respectivos espaços, de modo a conseguir a soma


apresentada.

___ ___ ___ ___ 4 2 1 7 3 8 2 5


___ ___ ___ ___
__________________
7 7 0 0

LÂMPADAS PORTÁTEIS (GAMBIARRAS)

As gambiarras constituem um dos aparelhos portáteis mais perigosos.

Na medida do possível deve evitar-se o seu uso e serem substituídas por lâmpadas
fixas.

Devem ser da melhor qualidade possível, devendo ter uma armação e uma pega de
material isolador e ter um vidro de segurança com rede metálica de protecção à volta
da lâmpada.

Como se danificam facilmente, devem ser verificadas com regularidade.

_____________________________________________________________________________________
72
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

DEZ REGRAS DE OURO PARA QUEM NÃO É ELECTRICISTA

1. Antes de utilizar um aparelho ou instalação eléctrica verifique previamente se os


mesmos estão em bom estado;
2. Para utilizar um aparelho ou uma instalação eléctrica manipule apenas os órgãos de
comando previstos para o efeito;
3. Abstenha-se de usar um aparelho eléctrico ou de manipular uma instalação eléctrica
se estiverem molhados ou se você estiver molhado;
4. No caso de avaria ou incidente, corte a corrente e limite a sua intervenção a
operações elementares tais como substituir uma lâmpada ou fusível;
5. Em caso de avaria que ultrapasse a sua competência, chame um electricista;
6. Evite a «bricolage»;
7. Antes de usar aparelhos móveis informe-se sobre as precauções a tomar;
8. Evite abrir material protegido e respeite os sinais destinados a proteger o utilizador
de eventuais choques eléctricos;
9. Não execute trabalhos de qualquer tipo em cima ou nas proximidades de instalações
eléctricas;
10. Para executar qualquer tipo de trabalho junto de linhas aéreas ou subterrâneas de
distribuição e electricidade, tome as precauções adequadas para evitar o contacto com
os fios.

COMPORTAMENTO A ADOPTAR EM RELAÇÃO AOS ACIDENTES ELÉCTRICOS

- Comportamento a adoptar perante um estado de morte aparente

Associada a um simples choque


Quando se trata de um simples choque poderá haver uma perda de conhecimento
transitória mas não há paragem respiratória, os batimentos cardíacos e o pulso são
perceptíveis e a pupila tem tamanho normal.
 Deitar o acidentado no chão em posição confortável e segura;
 Manter sob vigilância a sua respiração enquanto se aguarda a chegada de socorros.

Associada a uma Paragem Respiratória


Neste caso há perda de consciência com paragem respiratória. No entanto, o pulso e os
batimentos cardíacos são perceptíveis e a pupila está normal.
 Prestar assistência respiratória imediata, de preferência usando o método de
respiração boca-a-boca que apresenta as seguintes vantagens sobre os outros:
- Uma grande facilidade de aplicação;
- Uma maior eficácia;
- Um controlo fácil dessa eficácia.

Associada a uma Paragem Circulatória


Neste caso associam-se à perda de consciência e à paragem respiratória:
- A palidez;
- A não percepção das pulsações e batimentos cardíacos;
_____________________________________________________________________________________
73
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

- A dilatação da pupila.
 Associar à assistência respiratória uma assistência circulatória utilizando a técnica
da massagem cardíaca externa até à chegada de socorros mais especializados.

1. Diz se são Verdadeiras ou Falsas (e nesse caso corrige-as) as seguintes afirmações:

1.1. Uma gambiarra é o mesmo que uma lâmpada fixa. 

1.2. Sempre que possível devem usar-se gambiarras em vez de lâmpadas fixas. 

1.3. A gambiarra é o aparelho portátil muito seguro. 

1.4. As gambiarras dificilmente se estragam. 

1.5. Para trabalhar com um aparelho eléctrico podemos mexer em qualquer parte
desse aparelho. 

1.6. Podemos usar um aparelho eléctrico mesmo que ele esteja molhado. 

1.7. Se uma instalação eléctrica avaria, o seu conserto deve ser feito por um electricista
especializado. 

1.8. No estado de morte aparente devido a um simples choque eléctrico, há paragem


respiratória. 

1.9. No estado de morte aparente devido a paragem circulatória, há paragem


respiratória. 

2. A partir da leitura do texto, responda às seguintes questões:

2.1. Diz o que entendes por gambiarra.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.2. Refere 5 regras que as pessoas que não são electricistas devem seguir quando se
trata de trabalhos em electricidade.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.3. O que acontece ao corpo de uma pessoa que sofreu um acidente eléctrico em que
fica num estado de morte aparente associada a um simples choque?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
74
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2.4. O que acontece ao corpo de uma pessoa que sofreu um acidente eléctrico em que
fica num estado de morte aparente associada a uma paragem respiratória?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.5. O que acontece ao corpo de uma pessoa que sofreu um acidente eléctrico em que
fica num estado de morte aparente associada a uma paragem circulatória?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.6. Qual dos acidentes referidos nas alíneas anteriores consideras mais perigoso?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.7. O que se deve fazer quando uma pessoa sofre um acidente eléctrico em que fica
num estado de morte aparente associada a uma paragem respiratória?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.8. O que se deve fazer quando uma pessoa sofre um acidente eléctrico em que fica
num estado de morte aparente associada a uma paragem circulatória?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.9. O que se deve fazer quando uma pessoa sofre um acidente eléctrico em que fica
num estado de morte aparente associada a um simples choque?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
75
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

3. Passatempo
Com apenas 3 linhas rectas, divida esta figura em cinco partes, de forma a que fiquem
apenas 2 camiões dentro de cada uma delas.

Objectivos:
1 - Conhecer os perigos da electricidade,
2 - Compreender as principais regras de segurança para quem não é electricista;
3 - Conhecer os primeiros socorros a prestar em caso de acidentes eléctricos.

_____________________________________________________________________________________
76
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA ...
Curso de Desenho de Construções Mecânicas 8ºAno - 1/2ª Turma
Ficha de trabalho de H.S.S.T.
13. Higiene e Segurança - Máquinas e Ferramentas (1)

Nome:_____________________________________________ Nº:___ Turma:___

Lê atentamente o texto e responde depois às questões colocadas.

TRABALHO COM MÁQUINAS - RISCOS

MÁQUINAS DE CORTAR E TALHAR

Em muitos locais de trabalho há máquinas de cortar ou talhar. Este tipo de máquinas


inclui esmeriladoras, lâminas de cortar e talhar, «guilhotinas», serras, plainas, etc.

As esmeriladoras usam-se muito em trabalhos com metais. O tipo de acidentes mais


comum com estas máquinas são feridas nos olhos causadas por aparas ou estilhaços,
provenientes do disco esmerilador.

O trabalho com máquinas representa sempre riscos, particularmente quando se trata


de máquinas com mecanismos de esmagar ou triturar, isto é, com superfícies que
rodam muito perto uma da outra. Como exemplo temos máquinas de destruição de
materiais, rodas dentadas, correntes, engrenagens, etc.

A melhor maneira de evitar acidentes quando se trabalha com este tipo de máquinas é
cobrir o mecanismo de prensa ou, quando isso não é possível, colocar uma grade de
protecção à volta desse mecanismo.

COMO EVITAR FERIDAS NA VISTA

Para evitar feridas nos olhos devem usar-se certos tipos de protecção. Esta protecção
pode consistir num tabique de vidro não-estilhaçante, que se monta na máquina de
esmerilar, e/ou usar óculos de protecção adequados.

P1 As máquinas de esmerilar fixas devem ter uma placa de equilíbrio firmemente


ligada. Esta placa deve ser fácil de regular e estar instalada a uma distância máxima de
2 milímetros do disco de esmerilar, ligeiramente abaixo da linha horizontal que marca o
centro do disco.

_____________________________________________________________________________________
77
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

PROTECTORES CONTRA ESTILHAÇOS E PROTECTORES DE MANGAS

Para diminuir os riscos de acidentes no caso de uma roda de esmerilar se partir, a


máquina deve ter um protector contra estilhaços. Este protector também ajuda a
resguardar o trabalhador, evitando que este, sem querer, entre em contacto com o
disco de esmerilar.

Geralmente as máquinas de esmerilar, fixas ou manuais, têm um extractor de ar. Se


não houver um extractor de ar, o trabalhador deve utilizar uma máscara de protecção
da respiração.

O trabalho com máquinas de furar representa riscos de acidentes tanto com a broca
como com o objecto que está a ser furado.

Uma causa comum de acidentes é quando a broca se encrava com a manga da camisa.
Este risco pode reduzir-se, usando ligas/faixas protectores especiais para segurar as
mangas juntas ao braço.

Pessoas que têm o cabelo comprido devem usar redes para segurar o cabelo.

Estas regras devem ser aplicadas em todos os tipos de trabalho com máquinas que têm
partes rotativas.

Riscos a Evitar

Deslocamento da peça. No caso de peças grandes para as quais se pode dispensar a


utilização de um torno de mão, é necessário utilizar «castanhas» de aperto para evitar
o deslocamento da peça.

figura 1
_____________________________________________________________________________________
78
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

1. Diz se são Verdadeiras ou Falsas (e nesse caso corrige-as) as seguintes afirmações:

1.1. As esmeriladoras são máquinas que servem para fazer trabalhos em madeira. 

1.2. O tipo de acidentes mais comum com as esmeriladoras é o disco partir-se. 

1.3. A esmeriladora é uma máquina de cortar. 

1.4. As rodas dentadas são um mecanismo de triturar. 

1.5. Para evitar feridas nos olhos com esmeriladoras, devemos usar um tabique de
madeira a separar o disco de esmerilar do trabalhador. 

1.6. Para evitar acidentes no caso do disco da esmeriladora se partir, a máquina deve
ter uma protecção anti-incêndio. 

1.7. Quando as esmeriladoras não têm extracção de ar, o trabalhador não deve fazer
nada quanto a isso. 

1.8. Para reduzir a possibilidade de acidente em que a broca se encrava com a manga
da camisa do trabalhador, este deve despir a camisa. 

1.9. Os trabalhadores que têm o cabelo comprido e trabalham com engenhos de furar,
devem ser obrigados a cortar o cabelo. 

2. A partir da leitura do texto, responda às seguintes questões:

2.1. Dá exemplos de máquinas de cortar e talhar que conheças.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.2. Quais os tipos de acidente mais comuns que acontecem com as esmeriladoras?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.3. Qual a melhor maneira de evitar acidentes com máquinas que tenham
mecanismos de esmagar ou triturar?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.4. Quais as maneiras que conhece para evitar feridas nos olhos quando se trabalha
com máquinas esmeriladoras?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
79
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2.5. Dá exemplos de mecanismos de esmagar ou triturar que fazem parte de algumas


máquinas.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.6. O protector contra estilhaços, que deve existir nas esmeriladoras fixas, tem 2
funções. Diga quais são.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.7. Qual a função do extractor de ar que existe normalmente nas máquinas de


esmerilar?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.8. Indique os cuidados a ter quando se trabalha com máquinas de furar (brocas).
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.9. Explique a situação que se verificou na figura 1.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.10 Desenhe um esboço da situação que foi descrita no parágrafo P1 do texto.

2.11. Porque acha que a distância referida na situação anteriormente descrita tem de
ser tão pequena?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
80
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

4. Passatempo
Retirando apenas 4 fósforos, nesta gravura, ficarão 4 triângulos equiláteros. Quer
tentar?

2ª Parte

MÁQUINAS DE VIBRAÇÃO

As vibrações afectam todo o sistema de vida do corpo humano. E, à medida que a


exposição se prolonga, mais se acentua a deterioração e se agravam as consequências.

Os efeitos prejudiciais causados pelas vibrações não se resumem a uma só lesão, mas a
várias que, de modo geral, se englobam em cinco categorias:
 Lesão neurológica: afecta o sentido do tacto;
 Aspecto vascular: afecta a circulação do sangue nos dedos;
 Lesão neuro-vascular: afecta a força muscular;
 Elasticidade muscular: afecta a capacidade de abrir ou fechar completamente
os dedos e as mãos;
 Lesão ósteo-articular: afecta a qualidade dos ossos; provoca dores que
bloqueiam os movimentos da mão.

No entanto, existem outros efeitos causados pela exposição prolongada a máquinas


vibratórias, como o quadro seguinte demonstra:

_____________________________________________________________________________________
81
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

1. Diz se são Verdadeiras ou Falsas (e nesse caso corrige-as) as seguintes afirmações:

1.1. As vibrações afectam apenas o sistema nervoso do trabalhador a elas sujeito. 

1.2. Quanto mais prolongada for a exposição às vibrações piores são as consequências
para o corpo do trabalhador a elas sujeito. 

1.3. Uma lesão neuro-vascular é uma lesão que afecta a circulação do sangue nos
dedos da mão. 

1.4. Mais de 40% das pessoas que sofrem da doença das vibrações apresentam rigidez
nos ombros. 

1.5. Mais de 40% das pessoas que não sofrem da doença das vibrações apresentam
rigidez nos ombros. 

1.6. As pessoas que não sofrem da doença das vibrações apresentam, em geral, menor
transpiração do que as que sofrem dessa doença. 

_____________________________________________________________________________________
82
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2. A partir da leitura do texto, responda às seguintes questões:

2.1. Quais os 5 tipos de lesão que as vibrações causam nos trabalhadores a elas
sujeitos?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.2. O que entende por lesão neurológica?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.3. O que entende por lesão nos “aspectos vasculares”?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.4. O que entende por “perda de elasticidade muscular”?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.5. O que entende por “lesão ósteo-articular”?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.6. A partir do quadro 2, indique os 6 sintomas que mais se verificam nas pessoas que
sofrem da doença das vibrações.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
83
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2.7. Complete a tabela seguinte:

Sintomas Pessoas com a doença das Pessoas sem a doença das


vibrações (%) vibrações (%)
Dores de cabeça
Tonturas e vertigens
Transpiração abundante
Transpiração diminuta
Sensação de sede
frequente
Irritação
Zumbido nos ouvidos
Dificuldades de audição
Dores nas orelhas
Perda de apetite
Dores no estômago
frequentes
Constipação
Rigidez nos ombros
Dificuldades em dormir
Acordar durante a noite
Sensação de não ter
dormido, de manhã

2.8. Com base na leitura do quadro 2 indique:


Quais os sintomas que aparecem com maior frequência nos trabalhadores que sofrem
da doença das vibrações?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
A perda de apetite é, ou não, um sintoma muito frequente nos trabalhadores que têm
a doença das vibrações?
______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
84
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

3. Passatempo
O Sr. Manuel pretende dar a cada um dos seus filhos uma parte do seu terreno que
possui (ver figura abaixo). No entanto não quer que nenhum deles seja prejudicado.
És capaz de ajudá-lo, dividindo o terreno em 4 partes exactamente iguais?

4. Conclusão:
Depois de teres resolvido toda a ficha, responde:

4.1. Indica 2 dos maiores riscos de trabalhar com máquinas.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.2. Indica um dos equipamentos de protecção citados nesta ficha e qual a sua função.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.3. Será que o trabalho com máquinas de vibração afecta todo o corpo? Justifica.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.4.
Objectivos Gerais:
1 - Conhecer os riscos do trabalho com máquinas;
2 - Compreender a importância do uso de equipamentos de protecção adequados ao
trabalho com máquinas;
3 - Compreender que o trabalho com máquinas de vibração afectam todo o organismo
humano;
4 - Conhecer a forma correcta de utilizar algumas ferramentas manuais.
_____________________________________________________________________________________
85
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA ...
Curso de Desenho de Construções Mecânicas 8ºAno - 1/2ª Turma
Ficha de trabalho de H.S.S.T.
14. Higiene e Segurança - Máquinas e Ferramentas (2)

Nome:_____________________________________________ Nº:___ Turma:___

Lê atentamente o texto e responde depois às questões colocadas.

DISPOSITIVOS DE SEGURANÇA PARA EVITAR O FUNCIONAMENTO ACIDENTAL

Muitos desastres sucedem por causa das máquinas serem postas a funcionar
acidentalmente durante as inspecções, reparações e limpeza.
Este tipo de trabalho não deve ser começado antes de a máquina ter parado
totalmente e de terem sido instalados dispositivos de segurança que impedem a
máquina de funcionar acidentalmente. Isto pode ser feito através e um interruptor de
segurança ou de um dispositivo de ligação fechado à chave.

As alavancas, os botões e os pedais usados em trabalhos perigosos devem estar


construídos e colocados de modo a não poderem ser accionados acidentalmente e
devem estar ocultos ou cobertos. Os botões/interruptores de travagem devem, pelo
contrário, estar facilmente acessíveis, serem de cor vermelha e sobressalientes.

INSPECÇÃO E CONTROLO

Devem fazer-se inspecções periodicamente. A regularidade depende da rapidez com


que o equipamento técnico se gasta. Este controlo contínuo deve ser feito por uma
pessoa competente e com habilitações adequadas.
A inspecção deve ser feita de acordo com as instruções da empresa que forneceu o
equipamento, as quais têm muitas vezes a forma de lista de controlo.

ALFABETO DE PREVENÇÃO NA MÁQUINA

A
Abolir improvisações na condução e utilização das máquinas.

B
Banir a prática de dar assistência às máquinas em marcha.

C
Cooperar com o encarregado e a comissão de segurança da empresa, cumprindo o
regulamento interno de segurança e as disposições legais sobre a matéria.

_____________________________________________________________________________________
86
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

D
Desligar a corrente em caso de avaria ou curto-circuito. Retirar os fusíveis, se possível,
e avisar o Encarregado de Segurança.

E
Estabelecer zonas de passagem para veículos e peões, devidamente assinalados, bem
como espaço de circulação à volta das máquinas, nunca sendo inferior a 80
centímetros a distância entre máquinas.

F
Fazer deslocar as correias de transmissão por intermédio de forquilha adequada e não
à mão.

G
Garantir a revisão e assistência periódica às máquinas, tendo especial atenção às peças
sujeitas a maior esforço e maior desgaste.

H
Habilitar os aprendizes com os conhecimentos suficientes para a condução das
máquinas, realçar-lhes os pontos perigosos e aconselháveis sobre o que não devem
fazer para que não sejam vítimas de acidente.

I
Imprimir instruções sobre as máquinas, bem como o regulamento interno de
segurança e distribuí-los a todos os trabalhadores, logo no momento da sua admissão.

J
Juntar a cada máquina recipiente para recolha dos desperdícios, que deve ser
despejado diariamente.

L
Lubrificar as máquinas apenas quando estiverem paradas. Quando o processo
tecnológico exigir lubrificação com as máquinas em marcha, este deve fazer-se sob a
supervisão do Encarregado de Segurança.

M
Manter as protecções adequadas nas máquinas em marcha. Nunca iniciar a marcha de
uma máquina que não tenha as respectivas protecções.

_____________________________________________________________________________________
87
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

N
Nunca retirar as protecções com as máquinas em marcha; os dispositivos de protecção
só podem ser retirados com as máquinas paradas e só durante o tempo necessário à
sua assistência e reparação.

O
Observar atentamente a zona de operações e cumprir as instruções do fabricante.

P
Permitir apenas ao respectivo condutor a manobra de qualquer máquina, impedindo
os restantes trabalhadores e o fazer.

Q
Quebrar os rebolos e discos que apresentem fendas para evitar que sejam usados
inadvertidamente e desta maneira serem causa de acidente por fragmentação a alta
velocidade.

R
Renunciar à reparação de uma máquina em marcha, mesmo que a avaria seja
pequena. Deve-se parar a máquina, dar conhecimento ao Encarregado de Segurança e
solicitar a comparência da equipa de assistência e manutenção.

S
Solicitar o conselho do Encarregado de Secção ou Oficina ou ainda do Encarregado de
segurança, sempre que algo de anormal ocorrer ou se modificar o ritmo de marcha da
máquina.

T
Tomar todas as medidas possíveis para impedir um acidente ou danificação de uma
máquina em caso de avaria ou perturbação grave, encravando a máquina, cortando a
energia e colocando letreiro visível proibindo a sua marcha.

U
Usar os dispositivos de protecção individual, que lhe são fornecidos pela empresa,
como complemento das protecções da máquina.

V
Vigiar o aquecimento da máquina e a sua marcha.

_____________________________________________________________________________________
88
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

X
Xadrezar o pavimento para evitar quedas por escorregamento e para facilitar o
escoamento de humidades residuais.

Z
Zelar pelo cumprimento de todas as instruções que conduzem a um trabalho sem
riscos com as máquinas.

1. Diz se são Verdadeiras ou Falsas (e nesse caso corrige-as) as seguintes afirmações:

1.1. Muitos dos desastres com máquinas acontece quando estas estão a ser reparadas. 

1.2. Os trabalhos de limpeza das máquinas podem ser iniciados com a máquina a
trabalhar. 

1.3. Para reparar uma máquina basta que ela esteja parada. 

1.4. Os botões que põem máquinas perigosas em marcha devem estar ocultos. 

1.5. Os botões de marcha das máquinas devem ser vermelhos. 

1.6. Os botões de travagem/paragem das máquinas devem ser vermelhos. 

1.7. Os botões de paragem das máquinas perigosas devem estar em locais pouco
acessíveis. 

1.8. As máquinas devem ser inspeccionadas quando há tempo para isso, de forma a
não prejudicar a produção da fábrica. 

1.9. Todas as máquinas devem ser inspeccionadas com a mesma regularidade. 

1.10. A inspecção deve ser feita pelo trabalhador que trabalha com ela uma vez que é
ele que melhor a conhece. 

1.11. A inspecção deve ser feita de acordo com as regras da fábrica onde a máquina
está a trabalhar. 

2. Responde de acordo com o texto

* 2.1. Muitos desastres sucedem por causa das máquinas serem postas a funcionar
acidentalmente durante as inspecções, reparações e limpeza. Porquê?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
89
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2.2. Qual a função dos dispositivos de segurança das máquinas ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.3. Dê exemplos de dispositivos de segurança de máquinas.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

* 2.4. O que é um dispositivo de ligação fechado à chave?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.5. Por que é que as alavancas, os botões e os pedais usados em trabalhos perigosos
devem estar ocultos ou cobertos ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

* 2.6. Por que é que os botões/interruptores de travagem devem estar facilmente


acessíveis, serem de cor vermelha e sobressalientes ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.7. Por quem é que deve ser feita a inspecção e controlo das máquinas ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

* 2.8. O que entende por lista de controlo de inspecção da máquina ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
90
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

3. Passatempo

Procure, no emaranhado de letras, as palavras sublinhadas no “ALFABETO DE


PREVENÇÃO NA MÁQUINA”

E S T S T A B E L E C E R A X A D R E
E
F C H G A R A N T I O F E B A N U A L
S
O A H A A H A B X A D R E Z A R U L E Z
L Z A R R A B I L I T A R A T E T A B A
I T B I I V R E S B R A F I Z U N E R
O
C U I M A G N O P A R A R I T I M R E P
I P L I N E R A A N A R E P E R A B A R
T E I R T B O L I R R B U M L N M I L
A
A R T P A U N T R A A A N A U T A M A
J
R M A M R U S A R R R Z N E T B O H P P
A I R I T N A R A G E B E R I R R A S I
I Z M A N T E R R A P E R A G I L S E D
Z A Z E B A R E S B O U S I A F U A R Z
N R H R X R L O C A O Q O R R I B R I E
U R Z A A Q U E M Q C I L R Z C R I M R
N A X R E N U N C I A R I A T A I T I A
E L R B L U V R A V R E S B O R F N R M
R E L E E Z Z Z E R D A X I Z D I A G O
R Z A U T T T I L I B A H M E A C R A T
D A X Q L E Z R A I G I V O L P E R A X

4. Tendo em atenção o texto “ALFABETO DE PREVENÇÃO NA MÁQUINA”, responda às


seguintes questões:

4.1. Indique os cuidados a ter no que respeita às protecções das máquinas.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.2. Indique o que se deve fazer no caso de avaria ou curto-circuito.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
91
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

4.3. Porque se deve sempre xadrezar o pavimento da fábrica ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.4. Indique o que se deve fazer a todos os trabalhadores, logo após a sua admissão, no
que respeita a instruções sobre máquinas.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.5. Indique os cuidados a ter na condução e utilização das máquinas.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.6. O que se deve fazer aos discos (de esmeriladoras, por exemplo) que já não estejam
em condições de trabalho e apresentem fendas ? Porquê ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.7. O que se deve fazer em relação à marcha de uma máquina e ao seu aquecimento
eventual ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.8. Quais os cuidados a ter quanto às zonas de passagem perto das máquinas ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.9. O que se deve fazer quanto ao mau hábito de dar assistência às máquinas com
estas em movimento ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.10. O que se deve fazer para impedir um acidente ou danificação de uma máquina
em caso de avaria ou perturbação grave ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.11. Quais os cuidados a ter quanto à lubrificação das máquinas ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.12. De que modo devemos sempre cooperar com o encarregado e a comissão de


segurança da empresa ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
92
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

4.13. Na revisão das máquinas devemos ter especial atenção em relação a que peças ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.14. O que devemos fazer quando uma máquina avaria, mesmo que essa avaria seja
pequena ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.15. O que se deve fazer em relação às pessoas que entraram à pouco tempo para a
empresa e ainda estão a aprender ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.16. O que se deve fazer relativamente aos desperdícios provocados pelo processo de
laboração da máquina ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.17. Quem deve manobrar uma determinada máquina ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.18. Quais as medidas a tomar sempre que algo de anormal ocorrer ou se modificar o
ritmo de marcha da máquina.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4.19. O que devemos usar como complemento das protecções da máquina ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
93
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

5. Tendo em atenção o texto “ALFABETO DE PREVENÇÃO NA MÁQUINA” legende

cada uma das figuras com a regra que entender mais adequada.

_______________________________________ _______________________________________
_______________________________________ _______________________________________
_______________________________________ _______________________________________

_______________________________________ _______________________________________
_______________________________________ _______________________________________
_______________________________________ _______________________________________

_______________________________________ ________________________________________
_______________________________________ ________________________________________
_______________________________________ ________________________________________

_____________________________________________________________________________________
94
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA ...
Curso de Desenho de Construções Mecânicas 8ºAno - 1/2ª Turma
Ficha de trabalho de H.S.S.T.
15. Higiene e Segurança - Contaminantes Químicos e Físicos

CONTAMINANTES QUÍMICOS

Todos os dias estamos expostos a diferentes tipos de substâncias químicas, tanto em


casa como no trabalho.

Calcula-se que há aproximadamente dois milhões de combinações químicas. Só uma


pequena parte destas foi suficientemente examinada, até ao ponto de se conhecer os
perigos que o seu uso implica. Não se sabe nada sobre um grande número de
substâncias químicas, as quais deveriam pois ser usadas com o maior cuidado possível.

A inspecção, o controlo e o uso das substâncias químicas, deve ser extremamente


cuidadoso, com o fim de proteger os trabalhadores contra possíveis acidentes.

Todos nós devemos aumentar os nossos conhecimentos sobre os riscos que podem
existir no local de trabalho e sobre os efeitos que as substâncias químicas podem
provocar a longo prazo. Muitos dos casos de cancro que atacam os trabalhadores
actualmente foram causados pelo ambiente de trabalho dos anos 40 e 50.

A indústria química começou por volta de 1850, na Alemanha, com os adubos para a
agricultura.
A indústria química no nosso país tem um desenvolvimento recente e abrange
diferentes sectores, como: adubos, óleos, sabões, detergentes, perfumes e cosméticos,
cimento, vidro, refinação de petróleo, plásticos, tintas, indústria farmacêutica, celulose,
papel, etc.

Como riscos típicos de acidente na indústria química devemos destacar:


 Os de incêndio e explosão, sobretudo nas indústrias de explosivos e na indústria
petroquímica;
 Os inerentes à manipulação de substâncias tóxicas e corrosivas.

De entre estes últimos podemos referir as intoxicações agudas provocadas pela


inalação de vapores orgânicos, como por exemplo o sulforeto de carbono usado na
indústria têxtil e o monóxido de carbono existente em atmosferas pouco ventiladas.

SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS E OS SEUS RISCOS

Como somos afectados?

As substâncias presentes nos locais de trabalho podem penetrar no nosso corpo ou


influenciar-nos de maneiras diferentes. Isso pode acontecer através:
 Da aspiração,
 Do contacto com a pele;
_____________________________________________________________________________________
95
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Da deglutição;

ENVENENAMENTOS - CRÓNICOS E AGUDOS

Deve fazer-se a distinção entre envenenamento agudo (passageiro) e crónico


(contínuo).
Um envenenamento agudo descobre-se rapidamente e tem efeitos temporários. Os
sintomas mais comuns são tonturas, dores de cabeça e vómitos.
Por outro lado, se o corpo recebe uma substância nociva durante um longo período de
tempo, esta pode originar um envenenamento crónico.

Os nossos corpos têm uma capacidade considerável de purificar substâncias nocivas.


Principalmente são o fígado e os rins que desempenham estas funções, mas se as
condições no local de trabalho são tais que o corpo é submetido à influência de uma
substância química durante um longo período de tempo, pode suceder que este não
consiga neutralizar ou purificar a substância em questão. Neste caso, a substância
acumula-se no corpo, podendo chegar a causar diferentes lesões. O chumbo e o
cádmio encontram-se entre as substâncias que podem causar envenenamentos graves.
Para destruir o chumbo, o corpo precisa de muito tempo e, no caso do cádmio, não o
consegue sequer destruir nunca.

1. Diz se são Verdadeiras ou Falsas (e nesse caso corrige-as) as seguintes afirmações:

1.1. A inspecção sobre as substâncias químicas dos locais de trabalho deve ser muito
cuidadoso e tem por fim proteger as instalações da empresa. 

1.2. A indústria química começou no século XIX. 

1.3. Todos os dias estamos expostos a substâncias químicas, quer em casa quer no
trabalho ou na escola. 

1.4. A indústria química começou com produtos ligados ao petróleo. 

1.5. Estima-se que existam cerca de dois mil milhões de substâncias químicas. 

1.6. A respiração é uma das formas como as substâncias químicas podem entrar no
nosso corpo. 

1.7. Um envenenamento crónico tem efeitos temporários. 

1.8. Um envenenamento crónico é aquele que se verifica depois de a pessoa estar


exposta à substância química por um longo período de tempo. 

1.9. O estômago é um dos órgãos que serve para purificar substâncias nocivas no nosso
corpo. 

_____________________________________________________________________________________
96
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

1.10. Em geral, as substâncias químicas podem causar cancro logo que o trabalhador
fica exposto a elas. 

1.11. O chumbo é uma das substâncias químicas mais difíceis de eliminar do nosso
corpo. 

1.12. Hoje em dia já se conhecem profundamente os efeitos, no corpo humano, da


maioria das substâncias químicas. 

2. Responde de acordo com o texto

2.1. Indique de que maneira os produtos nocivos da indústria química podem penetrar
no nosso corpo.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.2. Qual a finalidade da inspecção e controlo das substâncias químicas ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.3. Indique alguns sectores laborais que constituem a indústria dos produtos
químicos.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.4. Quais os riscos típicos de acidente na indústria dos produtos químicos ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.5. Quais os vapores orgânicos existentes na indústria têxtil e em ambientes fechados,


e que são responsáveis por muitos acidentes com produtos químicos ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.6. O que entende por envenenamento crónico ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.7. O que entende por envenenamento agudo ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.8. O que sente normalmente a pessoa vítima de envenenamento agudo ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
97
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2.9. Quais os órgãos do nosso corpo que eliminam as substâncias nocivas que entram
no nosso corpo ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.10. Explique a influência do chumbo e do cádmio no nosso corpo.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.11. A respiração é uma função é uma função onde se verificam trocas gasosas. Refira-
as.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.12. De que modo o ar que entra para os pulmões é transportado para todo o
organismo?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

3. PASSATEMPOS

Quadrado de matemática

Preencha os quadrados em branco, utilizando os quatro sinais de operações aritméticas


( X : + - ). Se os colocou de forma correcta, as operações resultam, na horizontal e na
vertical.

_____________________________________________________________________________________
98
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ALERGIAS

Uma alergia é o resultado de alta sensibilidade em relação a uma certa substância. Os


sintomas podem variar muito, desde borbulhas e irritações da pele, até dificuldades
em respirar (falta de ar), resfriamentos ou asma.

Muitas pessoas não são afectadas de modo algum por certas substâncias, ou só
mostram sintomas alérgicos depois de um longo período (anos) de exposição.

O eczema é a lesão mais vulgar da pele exposta a substâncias corrosivas. Os eczemas


costuma dividir-se em 2 grupos: não-alérgicos e alérgicos. Os não-alérgicos produzem-
se depois de contacto prolongado com certas substâncias químicas. Depois de certo
tempo a pele seca, amolece, faz-se vermelha e rebenta. Este tipo de eczema é causado,
por exemplo, por dissolventes corrosivos, detergentes, substâncias para arrefecimento.

As pessoas não nascem com alergias, as quais são o resultado do contacto com certas
substâncias. Demasiada sensibilidade - alergia - fica em geral para o resto da vida.
Normalmente os sintomas desaparecem quando o contacto com a substância em
questão cessa.

Eczemas deste tipo são produzidos, por exemplo, pelo crómio (que faz parte do
cimento, do cabedal, dos materiais inoxidáveis, etc.), pelo cobalto (que faz parte dos
detergentes), pelo níquel (faz parte das chaves, moedas e ferramentas). A borracha e
certos tipos de plásticos também podem causar estes efeitos.

Complicações alérgicas, na forma de tosse e dificuldades em respirar, podem ocorrer


quando uma pessoa entra em contacto com certos tipos de pó. Os sintomas são
constipações, lágrimas, espectoração ou asma. Este tipo de alergia pode ser causado
pelo pó da farinha, do algodão, do feno e da madeira.

Uma alergia pode demorar 10 ou 20 anos a desenvolver-se. Durante este tempo não
aparecem sintomas, nem na pele nem em nenhuma parte do corpo. É por isso
impossível saber quando uma pessoa se está a tornar alérgica.

TIPOS DE CONTAMINANTES QUÍMICOS

 Partículas (pó, fumo, névoa)


 Gases
 Líquidos e vapores (dissolventes, ácidos e bases)
 Metais (chumbo, níquel, crómio)

Partículas (pó, fumo, névoa)

Há muitas substâncias nos nossos lugares de trabalho que podem estar suspensas no
ar, sob a forma de partículas. O nosso corpo pode repelir ou filtrar essas partículas,
através das membranas mucosas do nariz e das vias respiratórias. Nos pulmões
também temos células especiais para destruir as partículas aspiradas.
_____________________________________________________________________________________
99
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

A capacidade que o corpo tem de destruir as substâncias que são aspiradas depende:
 Do tamanho das partículas: quanto mais pequenas mais profundamente
penetram nos pulmões;
 Da natureza das partículas - o chumbo, manganês e crómio estão entre as mais
perigosas;
 Da quantidade das partículas;
 Do tempo que se permanece no meio ambiente, onde as partículas se
encontram.

Gases

Alguns gases e vapores têm um cheiro penetrante ou irritante.


Normalmente, faz-se a distinção entre 2 tipos de gases: gases irritantes que têm um
efeito irritante ou corrosivo nos órgãos respiratórios e gases que são absorvidos no
sangue e que afectam os órgãos internos do nosso corpo.

Líquidos e Vapores

Um dos perigos mais comuns para a saúde na vida do trabalho é causado pelos vapores
e salpicos provenientes dos dissolventes. Os dissolventes têm a capacidade de dissolver
outras substâncias, especialmente óleos e gorduras. Além disso evaporam-se
rapidamente o que faz com as respiremos. A partir da respiração podem então dirigir-
se aos órgãos internos, como o fígado e o cérebro causando lesões graves.

Outra forma dos dissolventes serem absorvidos pelo nosso corpo é através da pele,
mas a maioria entra através da inspiração.

Por exemplo, como as células do cérebro têm uma grande quantidade de gorduras,
elas atraem as substâncias dissolventes, originando vertigens, dores de cabeça,
cansaço e uma redução da capacidade de compreensão e reacção.

Primeiros Socorros

Para uma intoxicação grave com solventes

No caso de uma intoxicação aguda, podem adoptar-se de imediato algumas medidas


para socorrer a vítima. Assim:

1. Evacuar rapidamente a vítima da zona perigosa;


2. Se as roupas da vítima estiverem contaminadas é necessário retirá-las de
imediato;
3. Lavar com prudência o doente com sabão. Enxaguar abundantemente com
água
e vestir-lhe outra roupa;
4. Se a pessoa perdeu a consciência é de manter as vias respiratórias
desobstruídas
_____________________________________________________________________________________
100
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

colocando-a em posição lateral e segurança;


5. Caso a vítima deixe de respirar será necessário a presença de uma pessoa
competente para lhe aplicar a respiração artificial;
6. Caso um solvente seja absorvido não se deve provocar o vómito para evitar
problemas com os pulmões.

1. Diz se são Verdadeiras ou Falsas (e nesse caso corrige-as) as seguintes afirmações:

1.1. Uma alergia é o resultado de uma alta sensibilidade do nosso corpo em relação a
uma determinada pessoa. 

1.2. Os sintomas de uma alergia incluem sempre a asma. 

1.3. A alergia manifesta-se logo que uma pessoa é exposta a uma determinada
substância. 

1.4. O eczema é a lesão mais vulgar da pele exposta a substâncias corrosivas. 

1.5. Os eczemas alérgicos produzem-se depois de contacto prolongado com certas


substâncias químicas. 

1.6. Um dos sintomas de um eczema é a falta de ar. 

1.7. O eczema é uma doença de pele alérgica. 

1.8. Há pessoas que já nascem com alergias. 

1.9. Complicações alérgicas, na forma de tosse e dificuldades em respirar, podem


ocorrer quando uma pessoa entra em contacto com certos tipos de metal. 

1.10. Uma alergia pode demorar dez ou vinte anos a desenvolver-se. 

1.11. Um dos órgãos do nosso corpo que filtra as partículas que respiramos são os
pulmões. 

1.12. Os gases irritantes afectam os órgãos internos do nosso corpo. 

1.13. Uma das formas de os dissolventes penetrarem no nosso corpo é através da


respiração. 

1.14. Uma das coisas que se deve logo fazer a uma vítima de um produto solvente é
fazer com que ela vomite para expulsar esse produto do corpo. 

2. Responde de acordo com o texto

_____________________________________________________________________________________
101
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2.1. Os dissolventes são substâncias muito perigosas para a saúde. Indique de que
modo podem ser introduzidas no organismo humano.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.2. Quais os sintomas que se podem manifestar depois de um contacto com um


dissolvente?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.3. Explique o que acontece quando uma pessoa tem um eczema.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.4. Quais as causas mais comuns dos eczemas?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.5. Indique as substâncias que provocam os eczemas alérgicos. Indique ainda alguns
produtos, do nosso dia-a-dia, que contêm estas substâncias.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.6. Quais os sintomas que podem ocorrer quando uma pessoa entra em contacto com
certos tipos de pó ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.7. Quais os tipos de contaminantes químicos que conhece ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.8. O que entende por dissolventes (ou solventes) ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.9. Quais os órgãos do nosso corpo que servem para filtrar, eliminar ou destruir as
partículas que respiramos?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.10. Porque é que as substâncias solventes têm tanta facilidade em atingir o nosso
cérebro?

_____________________________________________________________________________________
102
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.11. Quais as consequências que podem ser constatadas caso um solvente atinja o
nosso cérebro?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2.12. O que se deve fazer para socorrer uma vítima de intoxicação grave com produtos
solventes?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

3. PASSATEMPOS:

A partir da figura seguinte formada por fósforos e, movendo apenas dois dos fósforos,
formar outra figura constituída por quatro quadrados iguais.
Todos os fósforos devem ficar a formar lados de quadrados.

EQUIPAMENTOS DE PROTECÇÃO INDIVIDUAL (E.P.I.)

_____________________________________________________________________________________
103
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Definição:
Equipamentos de Protecção Individual - São equipamentos destinados a proteger
individualmente cada trabalhador, devendo pois ser usados como acessórios de
segurança por cada trabalhador, sempre que se justifique.

Quando se Devem Utilizar:


Só devem ser utilizados como complemento das seguintes medidas, que devem
sempre ser tomadas antes de se usar o equipamento de protecção individual,
nomeadamente:
 Concepção correcta dos locais e postos de trabalho;
 Formação adequada dos trabalhadores sobre regras de higiene e segurança
a usar no posto de trabalho;
 Utilização de sinalização adequada sobre higiene e protecção nos locais de
trabalho;

 A Protecção Colectiva dos Trabalhadores é feita através das medidas utilizadas


aquando do projecto e construção das instalações e postos de trabalho

A Protecção Individual é feita a cada trabalhador nos casos em que tal se justifica e só
deve ser implementada depois de tentar resolver o problema de outra forma,
nomeadamente através da modificação do processo de trabalho, da substituição dos
materiais e produtos utilizados, etc.

Equipamentos de Protecção Individual mais utilizados:


 Capacete de segurança
Utiliza-se particularmente nos estaleiros onde há máquinas em manobras,
edifícios em construção, transportes de materiais pesados e destina-se a
atenuar as consequências dos riscos contra a queda de objectos ou pancadas
sofridas.

_____________________________________________________________________________________
104
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Sapatos ou Botas de segurança


Têm palmilha e biqueira de aço, para evitar ferimentos e esmagamento dos
pés
 Luvas apropriadas
Para os trabalhos e executar (manipulação de ferro e de aço, manipulação
de produtos químicos, etc.)
 Óculos de Protecção
Apropriados a cada caso para evitar projecções de limalhas, faúlhas, líquidos
cáusticos, etc.

 Máscaras Respiratórias
Apropriadas para locais contendo gases, fumos, poeiras, etc.
 Protectores Auriculares e Tampões Auditivos

Para protecção dos ouvidos onde o ruído é intenso, nomeadamente em


fábricas de corte e laminação de metais.
 Protecção de tronco
Utilizando fatos e coletes apropriados a cada situação (produtos químicos,

_____________________________________________________________________________________
105
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Questões:
1. O que entende por equipamentos de protecção individual (e.p.i.)?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2. Indique os equipamentos de protecção individual destinados a proteger:


A cabeça: ______________________________________________________________
O tronco: ______________________________________________________________
Os olhos: ______________________________________________________________
Os ouvidos: ____________________________________________________________

3. Comente a seguinte afirmação: “Desde que o trabalhador use o seu equipamento de


protecção tudo está bem, não sendo necessário fazer-se mais nada em termos de
segurança no trabalho”.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4. Quais as medidas que devem ser tomadas em primeiro lugar, as de protecção


colectiva ou as de protecção individual? Justifique.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

5. Em que altura devem ser tomadas as medidas de protecção colectiva dos


trabalhadores ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
106
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

6. E as de protecção individual ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

7. Imagine a situação em que um trabalhador é colocado a fazer o seu trabalho -


armador de ferro - na rua. Sabendo que estamos no Inverno e que, por isso, chove
frequentemente, qual a medida que tomaria: Construir um telheiro ou dar ao
trabalhador um fato de oleado impermeável? Justifique.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

8. Um outro trabalhador para executar a sua tarefa para ir buscar sistematicamente as


peças que monta no seu posto de trabalho tem de passar por uma zona escorregadia e
por outra onde saltam amiúde faíscas provenientes do trabalho de soldadura de outro
posto de trabalho. Que medidas tomaria para aumentar o nível de segurança do
trabalhador referido ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
107
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ILUMINAÇÃO

 Uma das formas de tornar o trabalho mais eficiente e sem riscos de acidentes
consiste em criar condições adequadas no local de trabalho.

Com efeito, muitos dos acidentes ocorrem porque não se atendeu a aspectos tão
simples como:
 Não se previu uma iluminação eficaz, em quantidade ou em qualidade;
 Não houve os cuidados elementares com os riscos de contactos com a
electricidade;
 Não se previu a possibilidade de se propagar um incêndio num dado local;
 Não se previu a possibilidade de acidentes provocados por excesso de ruído;

Iluminação

Consequências de uma má iluminação:

 A iluminação adequada no local de trabalho é um dos factores mais importantes


para um desempenho eficiente das nossas tarefas, para além de poder evitar muitos
acidentes.

 É importante não só a quantidade de luz mas também a qualidade da luz, de modo


a que as cores das máquinas, produtos, ferramentas etc. não sejam alteradas, dando
informações erradas ao cérebro sobre aquilo que se visualiza.

 Além disso, uma deficiente iluminação torna-se mais cansativa para a vista,
reduzindo a eficácia e atenção do trabalhador.

 Outro factor a evitar no local de trabalho é o encadeamento causado pela luz do sol
ou outras fontes de luz fortes.

 O efeito estroboscópio é também um fenómeno que deve ser evitado.

_____________________________________________________________________________________
108
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Efeito Estroboscópio:

Este efeito ocorre nas máquinas rotativas que rodam à mesma frequência de

alimentação das lâmpadas, dando-nos a ilusão de que a máquina não está a rodar,

podendo provocar acidentes aos mais incautos que dela se aproximem.

Para evitar este efeito podemos fazê-lo de duas maneiras:

1. As lâmpadas que iluminam uma mesma máquina deverão ser ligadas em


conjuntos de duas, de tal forma que a luz de uma esteja em avanço de 90º em
relação à outra. Para conseguir este objectivo as lâmpadas devem ser ligadas
em paralelo, ligando-se ainda um condensador em série com o balastro
respectivo, numa delas (ligação em tandém ou em duo)

2. As lâmpadas que iluminam uma mesma máquina deverão ser ligadas


alternadamente a fases diferentes, de modo a que a mesma máquina seja
iluminada por pelo menos duas lâmpadas desfasadas entre si de 120º. Aqui
basta ligar cada uma das lâmpadas a uma fase diferente (que já se encontram
desfasadas entre si de 120º). Neste caso exige-se uma alimentação trifásica,
mas todas as fábricas e lojas o são.

_____________________________________________________________________________________
109
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Luz natural vs. luz artificial


 A luz natural é a mais indicada para iluminar qualquer local de trabalho, pois ela
contém todas as cores do espectro, não alterando pois as cores dos objectos. Todavia
nem sempre é possível usar a luz natural.

Espectro da Luz Branca

A luz artificial nunca é igual à natural, podendo ser até bastante diferente dela.

 As lâmpadas que se fabricam (incandescentes, fluorescentes, vapor de sódio, vapor


de mercúrio, etc.) têm geralmente predominância de algumas cores em relação às
restantes:
 As lâmpadas incandescentes têm predominância de vermelhos
 As lâmpadas de vapor de sódio, de alto rendimento, são quase amarelas
 As lâmpadas de vapor de mercúrio, de alto rendimento, têm também
predominância de amarelos, mas não tanto como as de vapor de sódio
 A lâmpadas fluorescentes têm diferentes predominâncias de cores,
conforme a substância fluorescente que é posta dentro da ampola

_____________________________________________________________________________________
110
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

vários tipos de lâmpadas

Regras a respeitar:
1. Quando se projecta a iluminação de um local de trabalho, devemos ter em conta
dois tipos de iluminação:
 Iluminação geral
 Iluminação local

 A iluminação geral é a que vai iluminar uniformemente toda a sala.


 A iluminação local é aquela que é feita em alguns postos de trabalho que
necessitam de uma luz com determinadas características que têm a ver com
o trabalho aí desempenhado.

2. Uma vez que o pó se vai acumulando ao longo do tempo, devemos fazer a
limpeza das lâmpadas periodicamente, bem como a sua substituição quando se
verifica que o seu desempenho já é fraco.

3. As lâmpadas incandescentes duram cerca de 1000 horas e as fluorescentes cerca


de 7000 horas.

_____________________________________________________________________________________
111
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

4. As lâmpadas de vapor de sódio e vapor de mercúrio usam-se quase


exclusivamente no exterior, designadamente na iluminação pública.

5. Deve evitar-se o mais possível as sombras nos locais de trabalho, pois são um
factor de perturbação que pode provocar acidentes, em virtude de obrigar a vista a
acomodar-se quando passa para uma zona de luz diferente.

6. Janelas e clarabóias limpas são também importantes para aproveitar o mais
possível a luz natural.

7. As paredes e o tecto devem ser o mais claras possíveis para não roubarem luz ao
local de trabalho, mas também para evitar os efeitos psicológicos negativos que as
cores mais escuras sempre provocam.

Efeitos das Cores no ser humano


Cor Efeito de Distância Efeito de Temperatura Efeito Psíquico
Azul Afastamento Frio Calmante
Verde Afastamento Frio a neutro Muito Calmante
Vermelho Aproximação Quente Muito Estimulante
Laranja Muita Aproximação Muito Quente Excitante
Amarelo Aproximação Muito Quente Excitante
Castanho Muita Aproximação Neutro Agressivo, cansativo
Violeta Muita Aproximação Frio Deprimente

Níveis de iluminação recomendáveis


Como já dissemos, sempre que não seja possível usar apenas a luz natural, temos de
recorrer à luz artificial. Esta deve ser de intensidade adequada a cada tarefa a executar
no local:

_____________________________________________________________________________________
112
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Iluminância
Áreas, actividades Tarefas
(lux)
Zonas de circulação e de trabalho
30
permanente
100 Áreas de circulação
Locais de trabalho não
150
permanente
Trabalhos em armazéns, estaleiros,
Tarefas com exigências visuais
300 minas, salas de espera, trabalhos
simples
de pintura
Tarefas com exigências visuais Trabalho em escritório,
500
médias processamento de dados, leitura
Tingimentos, rebarbagem com
750 Tarefas visuais exigentes
pequenos detalhes
Tarefas com grande exigência Desenho técnico, comparação de
1000
visual cores
Montagem de pequenos
1500 Especiais exigências visuais
elementos em electrónica
2000 Casos especiais Trabalhos de relojoaria e gravação

 Para se ter uma ideia, por exemplo, uma lâmpada fluorescente de 40W a 1 metro
de distância provoca uma iluminância de 3000 lux; já uma lâmpada incandescente, de
100W e à mesma distância provoca uma iluminância de apenas cerca de metade, 1500
lux.

Questões:
1. Indique três aspectos simples mas que provocam muitos acidentes por não serem
tidos em conta com o cuidado que se impõe, quer na fase de projecto do local de
trabalho, quer já na fase de laboração.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
113
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2. Indique como uma deficiência de iluminação pode provocar um acidente de


trabalho. Dê um exemplo concreto.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

3. Indique 3 consequências possíveis, para os trabalhadores, de uma má iluminação


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4. Em que consiste o “efeito estroboscópico” ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

5. O que se costuma fazer para evitar o “efeito estroboscópio” ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

6. Em casos em que é possível optar, qual o tipo de iluminação mais conveniente,


artificial ou natural ? Justifique.
_______________ .
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

7. Qual a diferença entre “iluminação geral” e “iluminação artificial” ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
114
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

8. Indique três regras a respeitar quando se projecta o sistema de iluminação de um


local de trabalho.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

9. Quais os tipos de efeito que as cores provocam nos seres humanos ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

10. Que efeitos provoca a cor amarela no ser humano ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

11. A intensidade de iluminação deve ser sempre igual para qualquer posto de trabalho
? Justifique.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

RISCOS ELÉCTRICOS

A. Contactos Eléctricos

 A concepção e a execução das instalações eléctricas devem obedecer ao


Regulamento de Segurança de Instalações de Utilização de Energia Eléctrica
(R.S.I.U.E.E.).

_____________________________________________________________________________________
115
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 As canalizações eléctricas, aparelhagem e quadros eléctricos devem ser adequados


aos ambientes em que virão a ser utilizados, particularmente quando se trata de locais
com ambientes corrosivos, molhados, húmidos, poeirentos, com riscos de incêndio ou
de explosão, sujeitos a altas temperaturas. Para cada um dos casos estão previstos no
RSIUEE os equipamentos mais adequados.

No que diz respeito à segurança das pessoas, devem ser previstas medidas de
protecção contra:

1. Contactos Directos - em que o utilizador toca ou agarra directamente os condutores


ou as partes activas, sob tensão eléctrica;
Estes contactos podem ser unipolares ou bipolares (ver figura)

A - Contacto bipolar (fase -neutro ou fase-fase); B - Contacto unipolar (fase-terra)

2. Contactos Indirectos - em que o utilizador toca ou agarra ‘massas’ que ficaram


acidentalmente sob tensão eléctrica.

_____________________________________________________________________________________
116
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

B. Efeitos das Correntes Eléctricas

 Os efeitos podem ser diversos, pois cada pessoa tem a sua própria estrutura
anatómica e o corpo humano não é homogéneo.
 A pele é o tecido que apresenta maior resistência eléctrica, variando o seu valor de
pessoa para pessoa. Por outro lado, se a mesma pele estiver húmida apresentará um
resistência menor.
 Os pontos de entrada e saída da corrente eléctrica no corpo também são
importantes pois conforme o trajecto assim será o valor da resistência.

Tabela:
Resistência do Corpo Humano Rh ()

Tensão de Estado da Pele


Contacto (V) Seca Húmida Molhada Imersa
25 5 000 2 500 1 000 500
50 4 000 2 000 875 440
250 1 500 1 000 650 325

Por exemplo, admitindo que há um defeito num receptor que provoca uma tensão de
contacto Uc = 50 V, obtemos as seguintes intensidades de corrente extremas
percorrendo o corpo humano num contacto indirecto:
Uc 50
Ih = = = 0,11A = 110mA (pele imersa/dentro de água)
Rh 440

e
Uc 50
Ih = = = 0, 0125 A = 12,5mA (pele seca)
Rh 4000

 No caso do contacto directo com uma tomada de 230V, como as que temos em
nossa casa, a corrente pode ir, conforme os casos, de 460 mA a 4,6mA (confirme).

Concluímos portanto que uma dada tensão pode ter efeitos muito negativos numa

pessoa e nulos noutra.

_____________________________________________________________________________________
117
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Efeitos possíveis da corrente eléctrica no homem:


1. Contracção muscular fraca ou média;
2. Sensação de tetanização (contracção muscular forte);
3. Perda de conhecimento;
4. Paralisia do cérebro;
5. Paralisia dos diferentes órgãos;
6. Decomposição do sangue;
7. Aumento da temperatura do corpo;
8. Queimaduras nos pontos de contacto;
9. Contracção muscular dolorosa e fibrilação ventricular (funcionamento
descompassado do coração, perdendo a capacidade de bombear o sangue e podendo
originar a morte se a fibrilação durar algum tempo);
10. Perda da capacidade mental e da sensibilidade;
11. Incapacidade total;
12. Morte.

 Os efeitos 1 a 7 não provocam morte, enquanto os efeitos 8 a 11 a podem provocar


se a vítima não for prontamente socorrida.

Tabela:
Reacções Fisológicas da Corrente Eléctrica (valores médios)
Intensidade (mA) Reacções Fisológicas
0,05  Formigueiro perceptível na língua
0,1  Formigueiro perceptível nos dedos
 Sensação de insensibilidade na mão
1 a 10
 Aumento da tensão arterial
 Tetanização da mão e antebraço - um condutor seguro na
mão não será libertado pelo próprio;
10 a 25
 Aumento da tensão arterial e do ritmo cardíaco, tornando-
se irregular
25 a 80  O coração cessa de bater, mas pode ser reanimado

_____________________________________________________________________________________
118
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Tetanização dos músculos pulmonares e paragem da


respiração
80 a 5000  Fibrilação ventricular

 Podemos então dizer que a corrente eléctrica começa a ser perigosa, mas não
mortal, a partir de 25 a 30 mA.

 Pelas contas que fizemos antes, podemos também concluir que uma tensão de 230
V, pode ser mortal.

O efeito do choque em cada pessoa dependerá de vários factores, nomeadamente:


. Os pontos de contacto;
. O trajecto da corrente;
. O tipo de corrente (c.c. ou c.a.);
. A frequência;
. O estado de saúde da pessoa;
. A humidade do corpo;
. Se está calçado ou não,
. O tipo de calçado;
. O tipo de contacto (mão fechada sobre o condutor ou não), etc.,
pelo que o melhor será sempre prevenir e evitar o contacto eléctrico que pode
sempre ter consequências perigosas.

Assim, as regras de segurança devem ser sempre cumpridas.

Questões:

1. As instalações eléctricas podem ser projectadas por engenheiros da forma que estes
quiserem? Justifique.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
119
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2. Quais são os tipos de local onde é preciso ter mais cuidado com os materiais e
aparelhagem a utilizar numa instalação eléctrica?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

3. Que tipos de contactos eléctricos podem acontecer a uma pessoa ?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4. Classifique os tipos de contactos das figuras seguintes:

fig. a fig. b

fig. a: __________________________________________________________________
fig. b:__________________________________________________________________

5. Os efeitos de um contacto são iguais em todas as pessoas, desde que a tensão que
contactam tenha igual valor ? Justifique.
_____________________________________________________________________________________
120
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

___________ .
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

6. Quais os factores que influenciam a gravidade dos efeitos de um contacto eléctrico


numa pessoa?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

7. Diga qual a influência da humidade na gravidade de um contacto eléctrico sofrido


por uma pessoa.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

8. Qual a corrente aproximada que percorre o corpo de uma pessoa, quando entra em
contacto eléctrico directo com uma tensão de 250 V, nas seguintes condições:
a) pele seca

b) pele molhada

9. Relativamente à questão anterior, indique as possíveis consequências para a pessoa,


num e noutro caso.
a) pele molhada
_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
121
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

b) pele seca
_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

10. Indique quatro dos efeitos que o contacto de uma pessoa com uma tensão eléctrica
pode provocar (dois que possam provocar a morte e dois em que tal não se verifique).
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

11. Uma corrente eléctrica, para provocar o aumento da tensão arterial e do ritmo
cardíaco, deve ter que intensidade aproximada?
______________________________________________________________________

12. A partir de que valor podemos considerar a corrente eléctrica que percorre um ser
humano, perigosa para esse ser humano?
______________________________________________________________________

13. Diga quais os efeitos possíveis para si se tocar num terminal activo de uma tomada
de sua casa. Explique detalhadamente o seu raciocínio através de cálculos.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
122
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

MEDIDAS DE PROTECÇÃO CONTRA OS RISCOS DA ELECTRICIDADE

1. Protecção contra contactos directos


Medidas que podem ser tomadas (uma ou várias em simultâneo, conforme o caso):
 Protecção por isolamento (ex: isolando os condutores eléctricos);
 Protecção por meio de colocação de obstáculos (ex: colocando portas nos quadros
eléctricos);
 Protecção por afastamento, isto é, utilizando distâncias de segurança entre
condutores diferentes e restante aparelhagem (Ex: nos postos de transformação, as
partes activas estão convenientemente afastadas entre si);
 Protecção por uso de tensão reduzida de segurança (utilização, sempre que
possível, de tensões inferiores a 50 V em c.a. ou 75 V em c.c.)
 Utilização de transformadores de isolamento (isola o circuito secundário do
primário);
 Utilização de disjuntores diferenciais de alta sensibilidade.

2. Protecção contra contactos indirectos

_____________________________________________________________________________________
123
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

É o tipo mais frequente e pode ser o mais perigoso pelo inesperado da situação.

Ocorrem quando há defeitos nas instalações ou nos receptores, de tal forma que as
massas (partes exteriores) ficam acidentalmente sob tensão, podendo o utilizador
apanhar um ‘choque eléctrico’ ao tocar nas referidas massas. Ex: frigorífico, máquina
de lavar, aquecedor, etc.

Medidas que podem ser tomadas (uma ou várias em simultâneo, conforme o caso):
 Separação de segurança de circuitos
 Uso de tensão reduzida de segurança
 Uso de materiais de classe II de isolamento
 Inacessibilidade simultânea de massas e elementos condutores
 Utilização de ligações equipotenciais
 Ligação directa das massas à terra e emprego de um aparelho de protecção de corte
automático associado (sistema TT)
Vejamos em que consiste, em concreto, cada uma delas:

 Separação de segurança de circuitos - os receptores são alimentados por um


transformador de isolamento

No caso de um defeito de isolamento no receptor (secundário), não há qualquer perigo


em tocar na massa visto que não existe circuito de defeito, isto é, o circuito não se
fecha pelo corpo humano.

Transformador de isolamento é um transformador utilizado para protecção do


utilizador pois, ao isolar o circuito secundário do primário, evita que se feche um
circuito pela terra quando há defeitos nos receptores alimentados pelo secundário

_____________________________________________________________________________________
124
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Uso de materiais de classe II de isolamento - são materiais que possuem um


isolamento suplementar.
 Inacessibilidade simultânea de massas e elementos condutores - consiste em
afastar suficientemente os condutores e as massas, de modo a evitar que sejam
tocadas em simultâneo.
 Ligações equipotenciais - consiste em ligar, através de condutores, as diferentes
massas que possam ficar eventualmente sob tensão e que possam ser tocadas
simultaneamente pelo utilizador.
 Ligação directa das massas à terra e emprego de um aparelho de corte automático
-

 É o sistema utilizado normalmente nas nossas casas, fábricas, etc.:


 As partes metálicas dos receptores são ligadas aos condutores de protecção.

_____________________________________________________________________________________
125
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Estes, por sua vez, estão ligados à terra (através de tomadas com terra).
No Quadro Eléctrico da Instalação de Utilização respectiva é colocado um
dispositivo de corte automático (disjuntor diferencial ou interruptor diferencial)
para protecção da mesma, sempre que há defeitos na instalação, com
correntes de fuga.

 De acordo com o artº 598 do RSIUEE, as instalações eléctricas deverão possuir


protecções contra contactos indirectos de forma a actuarem sempre que haja defeitos
que originem as seguintes tensões de contacto UC:
 50 V - se a instalação apenas alimentar aparelhos que não possuam massas
susceptíveis de ser agarradas
 25 V - caso contrário

Então podemos fazer umas “contecas” elucidativas:


Admitindo que a resistência eléctrica média do corpo humano é de R h = 2500, então
termos as seguintes intensidades:
- Massas que se podem agarrar:
Umáx = 50 V  I = 50 / 2500 = 0,02 A = 20mA
 Valores que podem ser perigosos e podem levar a:
 Tetanização da mão e antebraço - um condutor seguro na mão não será
libertado pelo próprio
 Aumento da tensão arterial e do ritmo cardíaco, tornando-se irregular
como vimos na ficha anterior
- Massas que não se podem agarrar:
Umáx = 25V  I = 25 / 2500 = 0,01 A = 10 mA
 Valores que podem ser perigosos e podem levar a:
 Sensação de insensibilidade na mão
 Aumento da tensão arterial
como vimos também na ficha anterior

_____________________________________________________________________________________
126
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Então temos de tomar medidas, até porque a tensão em nossas casas é de 230 V,
ultrapassando em muito os 25 e 50 V.

A medida mais comum é usar-se, no quadro eléctrico, um disjuntor ou interruptor


diferencial

 Se houver um defeito, provocando uma corrente de fuga ou de defeito I d > In


(sensibilidade do diferencial), então o diferencial dispara, cortando a alimentação ao
receptor.

Existem disjuntores e interruptores diferenciais com diferentes sensibilidades:


. Baixa sensibilidade  In = 1 A
. Média sensibilidade  In = 100mA, 300mA e 500mA
. Alta sensibilidade  In = 6mA, 12mA e 30mA

Os de alta sensibilidade são os que melhor protegem o utilizador contra os riscos de


contactos indirectos, mas têm o inconveniente de disparar mais vezes acidentalmente
(defeitos passageiros).

 Nas instalações domésticas usa-se normalmente o de 500mA, mas depende


também do valor da resistência de terra, embora seja normalmente, o valor imposto
pela EDP.
 Em escolas usa-se os de alta sensibilidade.

Mas para que o disjuntor diferencial seja eficaz, toda a instalação da nossa casa/prédio
deve ter um circuito de terra bem projectado, montado e mantido (uma vez que a
resistência de terra vai aumentando com o tempo).

Qual o valor limite da resistência de terra (eléctrodo de terra) numa habitação?


Fixa-se:
 Tensão limite admissível nas massas: UC = 50 V

_____________________________________________________________________________________
127
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Corrente de defeito à terra = sensibilidade do diferencial: Id = 500mA (fixado


pelo distribuidor de energia - EDP)
Então:
UC 50V
Rt = ---------- = -------------- = 100
Id 500mA

Conclusão:

Para que o diferencial de 500mA (que é o valor usado em nossas casas - instalações
domésticas) cumpra a sua função, a resistência de terra Rt deverá ser igual ou inferior
a 100
 É pois de toda a conveniência que seja feita regularmente uma manutenção
adequada do circuito/eléctrodo de terra, por um electricista profissional. A
incumbência dessa manutenção é do dono da habitação ou da administração do
condomínio.

Fazendo as contas para os vários casos (de a instalação ter massas que se podem
agarrar ou não, e para todos os valores de disjuntor diferencial), podemos chegar à
seguinte tabela:

Valores Máximos da Resistência de Terra Rt ()


SENSIBILIDADE DO DISJUNTOR DIFERENCIAL Id (mA)
Alta Média Baixa
6 mA 12 mA 30 mA 100 mA 300 mA 500 mA 1000 mA
UC = 25V 4170  2080  830  250  80  50  25 
Rt()
UC = 50V 8330  4170  1670  500  170  100  50 

 Recomenda-se protecção diferencial de alta sensibilidade (até 30mA) em locais de


maior perigosidade, nomeadamente:
 Laboratórios e salas técnicas de escolas
 Estaleiros
 Stands de feiras
 Parques e campismo
_____________________________________________________________________________________
128
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Marinas
 Piscinas
 Explorações agrícolas
 Locais onde a resistência da terra é elevada (solos arenosos ou graníticos)
Isto porque nem sempre teremos a certeza de que a manutenção do circuito/eléctrodo
de terra é feita de forma adequada e atempada.

Questões:
1. Quais as medidas que se podem aplicar para evitar os contactos directos ou eliminar
o seu efeito no ser humano?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
____________________________________________________________________

2. Explique em que consiste o contacto indirecto.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
___________________________________________________________________

3. Quais as medidas que se podem aplicar para evitar os contactos indirectos ou


eliminar o seu efeito no ser humano?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
____________________________________________________________________

4. Qual a medida aplicada para evitar contactos indirectos que se usa nas nossas casas?
______________________________________________________________________

5. Explique em que consiste essa medida


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
____________________________________________________________________

6. A partir de que tensões susceptíveis de tocarem as massas metálicas dos aparelhos


se deve proceder a protecção contra contactos indirectos com essas massas?

_____________________________________________________________________________________
129
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

7. Para um tensão de 50V que surja, acidentalmente, numa massa metálica de um


electrodoméstico, que valor de corrente atravessa uma pessoa que toque nessa massa
metálica?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
____________________________________________________________________

8. Que calibre de disjuntor diferencial de protecção contra contactos indirectos deveria


usar no caso anterior?
_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

9. Qual a sensibilidade do disjuntor que referiu na questão anterior?


______________________________________________________________________

10. Qual a desvantagem de se usar disjuntores de alta sensibilidade?


_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

11. Devido à desvantagem referida na alínea anterior, usam-se normalmente, nas


nossas casas, disjuntores de média sensibilidade (500mA). Qual o cuidado extra a ter
nesse caso?
_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

12. Quais os valores que deveremos garantir para a Resistência de terra quando a
instalação tem:
a) Apenas aparelhos que não se conseguem agarrar e disjuntor diferencial de 30mA
______________________________________________________________________
b) Aparelhos que se conseguem agarrar e disjuntor diferencial de 300mA
______________________________________________________________________
c) Apenas aparelhos que não se conseguem agarrar e disjuntor diferencial de 1000mA
______________________________________________________________________
d) Aparelhos que se conseguem agarrar e disjuntor diferencial de 6mA
______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
130
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Perigos da Electricidade

 Curto-Circuito: provoca uma subida brusca da intensidade de corrente num circuito,


num curto intervalo de tempo, podendo fundir os próprios condutores. A energia
calorífica libertada é bastante elevada (W = R . I 2 . t) e pode levar inclusive a um
incêndio.

 Os acidentes com a electricidade podem ser provocados por:


 Corrente eléctrica dos circuitos (o mais comum)
 Electricidade estática (forma-se sempre que há peças em movimento
fazendo fricção com outras.
Em fábricas, com muitas máquinas em movimento de rotação, a probabilidade
de se formarem vários pontos com electricidade estática é elevada. Pode
inclusive acontecer saltar faísca entre duas destas massas próximas carregadas
com electricidade estática e provocar incêndio ou explosões.
Uma das formas de minimizar estas situações consiste em ligar todas as massas
à terra ou entre si - equipotencial - para não haver corrente entre elas.)
 Electricidade atmosférica (relâmpagos e raios)

 Curiosidades sobre os efeitos da electricidade:


 Mesmo quando o trajecto da corrente pelo corpo humano não passa pelo
coração, a pessoa pode morrer na mesma, visto que todo o corpo é atingido
(directa ou indirectamente);
 Os acidentes são mais graves quando se agarra o condutor com a mão
fechada, em vez da ponta dos dedos;

_____________________________________________________________________________________
131
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 A duração do contacto eléctrico também é importante; quanto mais tempo,


pior, obviamente;
 É mais grave o efeito da tensão quando a pessoa é apanhada desprevenida,
em virtude da surpresa/susto que causa;
 A resistência eléctrica do corpo humano aumenta bastante (cerca de 10
vezes) quando a pessoa está a dormir, em que o sistema nervoso está pouco
activo;
 Os locais mais perigosos são sempre as WCs, as cozinhas, as caves, isto é,
onde haja água ou humidade;
 Não há consenso sobre qual é mais perigosa: a c.c. ou a c.a.
 A mesma intensidade não tem os mesmos efeitos em toda a gente. Todavia,
a partir de 80mA pode matar; No entanto, intensidades superiores a 5 a ou 6 A
provocam queimaduras graves mas, geralmente, não chegam a matar. É por
essa razão que as electrocussões em alta tensão, em muitos caso, não chegam
a matar.

Noções de Socorrismo

 Em caso de acidente, é preferível tratar o sinistrado no local do acidente do que


perder tempo a levá-lo para o hospital. Deve de imediato chamar-se um médico.
 A primeira coisa a fazer é cortar a corrente, se a vítima estiver em contacto com os
condutores sob tensão.
 Nunca se deve tocar ou agarrar um acidentado que esteja sob tensão.
Se não for possível desligar a tensão, deve-se retirar o condutor, utilizando
equipamentos isolados (luvas apropriadas, varas de manobras isoladas, etc.).
 Depois de libertado, enquanto se aguarda o médico deve-se
 Retirar as roupas do tronco
 Transportar a vítima para lugar arejado
 Praticar a respiração artificial, se estiver inanimado

Um dos métodos de respiração artificial mais usados é a respiração boca-a-boca:


Passos:
_____________________________________________________________________________________
132
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

1.  Deitar a vítima de costas;


2.  Ajoelhar ao lado da vítima, levantar com uma das mãos a nuca da vítima e
com a outra mão inclinar-lhe a cabeça para trás e depois puxar o queixo para
cima. Esta posição é indispensável para garantir a desobstrução das vias
respiratórias e a livre passagem do ar.

3.  Inspirar fundo. Abrir a boca da vítima e tapar-lhe as narinas com os dedos


polegar e indicador. Aplicar a boca bem aberta sobre a boca da vítima, de
modo a evitar fugas de ar, e expirar, verificando se o tórax da vítima aumenta
de volume.
No caso de o tórax da vítima não aumentar de volume durante a insuflação,
verificar de novo a posição da cabeça e do queixo da vítima, e corrigi-la, se
necessário

4.  Afastar a boca e libertar as narinas da vítima, a fim de o ar poder sair dos


pulmões pela boca e pelo nariz

_____________________________________________________________________________________
133
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

5.  Repetir as operações 3 e 4, sucessivamente, todos os 4 a 5 segundos, até


a respiração natural da vítima estabilizar.
 Há reanimações que chegam a durar mais de uma hora!

Questões:
1. Explique as razões da perigosidade de um curto-circuito
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2. Por que razão a energia calorífica (calor) libertada por um curto-circuito é tão
elevada?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

3. Quais as causas gerais possíveis para os acidentes com a electricidade


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4. Como se forma a electricidade estática?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
134
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

5. Qual a medida que deve ser tomada para evitar incêndios causados pela
electricidade estática que se acumula em máquinas rotativas, nas fábricas?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

6. Para uma pessoa morrer devido a um choque eléctrico é preciso que a corrente
passe pelo coração?
______________________________________________________________________

7. O que é mais perigoso: agarrar ou tocar numa peça electricamente activa?


_______________________________________________________________________

8. Quais as partes da casa mais perigosas em termos eléctricos. Justifique.


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

9. Em caso de acidente de electrocussão:


a) O acidentado deve ser tratado no local ou levado para o hospital?
_______________________________________________________________________
b) Qual a primeira coisa que se deve fazer (e como proceder) caso o acidentado esteja
em contacto com uma peça activa electricamente?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
c) Depois, o que se deve fazer enquanto não chega o médico?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
135
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

d) Entre as coisas que se deve fazer enquanto não chega o médico, temos a respiração
artificial. Um dos métodos de respiração artificial mais usados é a respiração boca-a-
boca.
Explique detalhadamente esse método.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

10. Podemos dizer que a reanimação através da respiração artificial é uma coisa
sempre fácil e rápida? Justifique.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
136
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

RISCOS DE INCÊNDIO E EXPLOSÃO

Motivos dos Riscos:


Os locais de trabalho podem apresentar múltiplos riscos de incêndio e por vezes riscos
de explosão, que podem ser devidos:
 Aos materiais com que são construídos esses locais de trabalho;
 Às matérias-primas utilizadas para laborar;
 Aos produtos armazenados;
 Aos processos de fabrico utilizados;
 Acidentes ou defeitos eléctricos na instalação que, originando arcos
eléctricos ou curto-circuitos, podem provocar incêndios.

Objectivos da Segurança:
A segurança contra os riscos de incêndio e de explosão tem por objectivos:
 Reduzir os riscos de eclosão de um incêndio;
 Limitar os riscos de propagação do fogo e dos fumos;
 Garantir a evacuação rápida e segura dos ocupantes;
 Facilitar a intervenção eficaz dos bombeiros.

_____________________________________________________________________________________
137
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Medidas a tomar para Reduzir Riscos:


Com o objectivo de reduzir os riscos de incêndio e de explosão, devem ser tomadas
algumas medidas:
 Providenciar caminhos de evacuação, protegidos da propagação do fogo e
do fumo;
 Garantir uma razoável estabilidade dos elementos estruturais do edifício;
 Dispor de equipamentos técnicos (instalação eléctrica, de gás, de ventilação,
etc.) que funcionem em boas condições de segurança;
 Dispor de sistemas de alarme, alerta e iluminação de segurança e
sinalização apropriados;
 Dispor de meios de primeira intervenção apropriados.

Para além disso:


 Sempre que possível deverá ser prevista a instalação de bocas-de-incêndio
junto dos acessos principais.
 Os edifícios que apresentam riscos elevados de incêndio devem ser dotados
de sistemas de alarme e/ou extinção automática.
 Caso existam riscos de formação de misturas explosivas (ar-gás; ar-vapor; ar-
poeiras) deverá prever-se em que locais as mesma se poderão desenvolver
(condutas, espaços confinados, etc.) e assim antecipar medidas, tais como:
 A substituição de substâncias inflamáveis;
 Uma ventilação adequada;
 A eliminação rápida das fontes de ignição;
 O controlo de fugas;
 A existência de zonas de protecção.

Questões:

1. Qual o significado das palavras:


. múltiplos
______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
138
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

. matérias-primas
______________________________________________________________________
. eclosão
______________________________________________________________________
. propagação
______________________________________________________________________
. evacuação
______________________________________________________________________
. dotados
______________________________________________________________________
. condutas
______________________________________________________________________
. confinados
______________________________________________________________________
. inflamáveis
______________________________________________________________________
. ignição
______________________________________________________________________

2. Classifique as seguintes frases como “Motivos de Risco”, “Objectivo de Segurança


contra incêndios e explosões” ou “Medidas de prevenção contra riscos de incêndio ou
explosão”
. Reparação da conduta de ar condicionado
______________________________________________________________________
. Instalação de sinalização relativa a material de combate a incêndios
______________________________________________________________________
. Edifício da fábrica pintado com tintas inflamáveis
______________________________________________________________________
. Soldadura de peças metálicas na fábrica
______________________________________________________________________
. Fábrica de fogo de artifício
______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
139
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

. Garantia da evacuação rápida dos trabalhadores da fábrica


______________________________________________________________________
. Introdução de pequenos muros para impedir a circulação naquela zona da fábrica
______________________________________________________________________
. Armazém de botijas de gás
______________________________________________________________________

3. Indique agora você um exemplo concreto de:


. Um motivo de risco de incêndio ou explosão
______________________________________________________________________
. Um objectivo de Segurança contra incêndios e explosões
______________________________________________________________________
. Uma medida a tomar para prevenir riscos de incêndio ou explosão
______________________________________________________________________

4. Indique três locais da nossa escola que estão mais expostos a riscos de incêndio e/ou
explosão ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

5. Para os casos que apontou na questão anterior, sugira, para cada um deles, uma
medida de prevenção a tomar ou que já tenha sido tomada
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
140
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

O RUÍDO

1. Definição:
Ruído é o nome que se dá aos sons que são irritantes para o ouvido humano.

2. Efeitos no Ser Humano


 Todos os ruídos contribuem para o nosso mal-estar físico e psicológico que
se vai agravando com o tempo de exposição.
 O ruído afecta geralmente o sistema nervoso, tornando-nos mais irritadiços.
 O ruído mais intenso pode levar à redução da nossa capacidade de audição e
inclusive à surdez.
 Um nível de ruído contínuo entre 85 a 90 dB (decibéis), ou superior, é
prejudicial para a audição.
 As situações mais graves são geralmente os ruídos prolongados no tempo,
dia após dia, aos quais o trabalhador se habitua muitas vezes, mas que vão
causando lesões ao longo do tempo.

Níveis  Efeitos
Na figura abaixo representam-se alguns valores de níveis de ruído mais comuns e os
respectivos efeitos no homem.

_____________________________________________________________________________________
141
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

O ruído não deve exceder 60 a 70 dB no local de trabalho.

notas:
 Para além das lesões provocadas quando mais intenso, um ruído de intensidade
média também pode ser perigoso, por impedir que se ouça convenientemente o
diálogo de trabalho entre profissionais. Sabendo-se como existem muitas máquinas
perigosas em fábricas, já se pode ver o perigo de não se conseguir ouvir uma
conversa/aviso de um colega de trabalho.

 Não é apenas o volume do ruído que é irritante. Também os ruídos estridentes


(agudos / de frequência elevada) podem ser irritantes mesmo quando de volume
menos elevado.

 É também preciso atender a que o ruído é uma grandeza subjectiva, isto é, o que é
irritante para umas pessoas pode não ser para outras.

_____________________________________________________________________________________
142
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

3. Medidas de Prevenção
Daquilo que dissemos, resulta que é de toda a conveniência, para todos, limitar o mais
possível, o volume do ruído em qualquer local de trabalho (e não só) com vista à
protecção da nossa saúde física e psicológica e para um correcto desempenho das
tarefas do nosso trabalho.

Medidas e Cuidados a ter de forma a Reduzir o Ruído ou Minimizar os seus Efeitos


a) Todas as máquinas devem ter um invólucro adequado;
b) Todas as máquinas devem ter uma manutenção regular;
c) Deve reduzir-se, o mais possível, as vibrações das peças em movimento;
d) Deve, sempre que possível, substituir-se as partes metálicas (mais ruidosas) por
materiais que absorvam o som (plástico, borracha, etc.);
e) Deve, sempre que possível, evitar-se travagens bruscas nas máquinas em
movimento;
f) Deve utilizar-se silenciadores nos casos em que tal for necessário;
g) Deve efectuar-se ajustes de peças que estejam a provocar ruídos;
h) Deve utilizar-se barreiras, divisórias ou deflectores de som nos equipamentos que
produzam ruídos;
i) Em determinados equipamentos, devem utilizar-se revestimentos à prova de som;
j) Devem revestir-se as paredes e o tecto com materiais que absorvam o som (por ex:
corticite);
k) A construção de cabinas à prova de som para certas tarefas;
l) Máquinas mais potentes e/ou de maior velocidade devem assentar sobre
amortecedores de borracha.

Daqui podemos ver que, em termos gerais a redução dos efeitos negativos do ruído
pode ser feita através dos seguintes métodos:
A) Reduzindo o nível do ruído produzido;
B) Isolando a fonte do ruído;
C) Absorvendo o ruído produzido.

_____________________________________________________________________________________
143
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Quando não é possível reduzir o ruído que chega ao trabalhador, então, como última
medida, devem usar-se “equipamentos de protecção individual” adequados, neste
caso, os protectores auriculares.

Questões:
1. É sua opinião que “todo o som é ruído”? Justifique.
_____ . ________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

2. Qual o efeito provocado no ser humano por um ruído contínuo de:


a) Máquina rebitadora
________________________________________________________________
b) 110 dB
________________________________________________________________
c) Rua com muito trânsito
________________________________________________________________
d) Camião pesado
________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
144
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

e) 70 dB
________________________________________________________________

3. A partir de que valor o ruído pode começar a causar dor no ser humano ?
______________________________________________________________________

4. Em que medida um ruído de 60 ou 70 dB de volume pode ser perigoso numa


fábrica? Dê um exemplo prático/concreto.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

5. Quando não é possível, de todo, reduzir o ruído que existe no ambiente de trabalho
de um trabalhador, que medida sugere para protecção desse mesmo trabalhador ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

6. Enquadre, através da construção de uma tabela, as “Medidas e Cuidados a ter de


forma a Reduzir o Ruído ou Minimizar os seus Efeitos” mencionadas neste documento
nos “métodos Gerais de Redução do Ruído”, também listados no documento.

_____________________________________________________________________________________
145
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

7. Indique, por ordem decrescente, os locais que considera mais ruidosos na nossa
Escola. Para cada um deles, forneça uma (ou mais) sugestão de medida para reduzir
esse nível de ruído.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

8. A partir de que volume é que o som se pode considerar como ruído ?


_______________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
9. Por que razão uma música tocada em “altos berros” pode não ser ruído para a
pessoa que a ligou e é ruído para quem está no apartamento acima (mais longe até da
fonte sonora, portanto).
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

UTILIZAÇÃO DE MÁQUINAS, FERRAMENTAS E APARELHAGEM ELÉCTRICA

 Todos os cuidados são poucos quando se trabalha com máquinas eléctricas,


ferramentas, máquinas-ferramentas e qualquer aparelhagem eléctrica, pois um
acidente pode ser fatal para o trabalhador.

 Assim, as máquinas eléctricas e máquinas-ferramenta devem ter dispositivos de


segurança adequados que permitam evitar quaisquer arranques acidentais.

Dispositivos de segurança para máquinas:


 Comando a duas mãos
Evita que o utilizador fique com uma mão livre, a qual pode,
inadvertidamente, sofrer uma lesão (ex: caso das guilhotinas).
 Células fotoeléctricas
Detectam o movimento das mãos em zonas proibidas e emitem um sinal de
alarme ou até, desligam automaticamente a máquina (ex: serra mecânica).
_____________________________________________________________________________________
146
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Protectores de bloqueio
Grades/vedações que só permitem o funcionamento das máquinas quando
estão colocadas em determinada posição. Muitas vezes essa posição, que
permite o funcionamento, só é acessível a operador autorizado, com chave
própria (ex: engenho de furar).
 Encravamento automático
A máquina pára quando algo ou alguém entra em zona proibida (de risco)
 Alavanca de segurança
Alavanca que deve ser accionada para activar operações perigosas da
máquina; quando a alavanca é solta a máquina deixa de funcionar.

Utilizações Incorrectas de Ferramentas, que pode levar a acidentes:


 Utilização de ferramentas com material de fraca qualidade, partindo-se;
 Utilização de ferramentas que apresentam rebarbas, causando ferimentos;
 Utilização incorrecta das ferramentas, podendo provocar acidentes. Ex:
furar uma peça num engenho de furar sem ter prendido a peça
adequadamente, antes. ;
 Substituição de ferramentas por outras, indevidamente. Ex: utilização de
uma faca para apertar ou desapertar parafusos, em vez da chave-de-fendas
apropriada;
 Faltas de inspecção e de manutenção das ferramentas.

Regras gerais de segurança na utilização da aparelhagem eléctrica


 Verificar sempre a tensão nominal do aparelho e compará-la com a tensão
de alimentação/tensão da rede, antes de o ligar;
 Verificar sempre as restantes características dos aparelhos, indicadas nas
_____________________________________________________________________________________
147
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

suas chapas de características, e compará-las com os restantes elementos


do circuito ou instalação, nomeadamente a fonte de alimentação, antes de
ligar.
Por exemplo, se o aparelho exige uma corrente de 3 A e a fonte de
alimentação só é capaz de fornecer 2 A, o aparelho não vai funcionar na
forma adequada;
 Desligar sempre a alimentação do circuito ou instalação antes de efectuar
qualquer substituição nos mesmos;
 Prever sempre, através de cálculos, quando necessário, o valor da
intensidade de corrente no circuito ou na instalação. Isto para confirmar
depois se todos os componentes do circuito (aparelhos, fios condutores,
etc.) suportam essa corrente sem correr riscos de aquecimento exagerado;
 Antes de efectuar qualquer montagem eléctrica deve verificar-se se a
fonte de alimentação/tomada está desligada;
 Utilizar toda e qualquer aparelhagem eléctrica apenas nas condições
indicadas pelo fabricante.

Questões:
1. Indique o significado dos seguintes termos:
. Dispositivo
______________________________________________________________________
. Guilhotina
______________________________________________________________________

2. Quais são os dispositivos que podem ser usados em máquinas eléctricas, de modo a
aumentar a segurança da sua utilização pelos operários ?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

3. Explique como a utilização do “comando a duas mãos” numa guilhotina pode evitar
a ocorrência de acidentes.
_____________________________________________________________________________________
148
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

4. Explique como a utilização de uma “célula fotoeléctrica” numa serra mecânica pode
evitar a ocorrência de acidentes.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

5. Dê dois exemplos concretos/práticos de utilizações incorrectas de ferramentas que


podem levar a ocorrências de acidentes.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

6. Suponha que era chamado para reparar uma máquina eléctrica. Indique (passo-a-
passo) como procederia, dando relevância, sobretudo, aos aspectos relacionados com
a segurança.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
149
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA ...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 1 - Sinistralidade Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

Lê o seguinte texto que se segue:

ELEVADA SINISTRALIDADE LABORAL EM PORTUGAL

A Organização Internacional do Trabalho estima que todos os anos ocorrem no


mundo cerca de 270 milhões de acidentes de trabalho e são registadas
aproximadamente 160 milhões de doenças profissionais, de que resulta a morte de
mais de 2 milhões de trabalhadores. A agricultura e a construção continuam a
representar os índices mais elevados de sinistralidade, mas as substâncias perigosas
matam cerca de 350.000 trabalhadores em cada ano, dos quais 100.000 são devidas à
exposição ao amianto, enquanto metade dos trabalhadores das minas sofrem de
silicose, assim como os acidentes com a utilização da energia eléctrica.

_____________________________________________________________________________________
150
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

São enormes os custos económicos originados por esta situação, mas são
incalculáveis os custos sociais e pessoais que representam a perda de milhões de vidas
que provocam tanto sofrimento e dramas familiares.

É intolerável e completamente absurdo que estando o mundo perante um


desenvolvimento sem precedentes das forças produtivas, devido aos avanços
extraordinários da ciência e da técnica, permaneçam ainda em muitas países as mais
aviltantes formas de trabalho, como sejam o trabalho escravo e a exploração do
trabalho infantil que conduz, anualmente, à morte de mais de 20.000 crianças vítimas
de acidentes de trabalho.

É reconhecida a correlação entre os acidentes de trabalho e as doenças


profissionais com os ritmos de trabalho intensos, a longa duração dos tempos de
trabalho, ou as situações de stress provocado por factores psicossociais, tais como a
precarização dos vínculos laborais, más condições de trabalho, discriminações
profissionais, salariais e outras, que conduzem a uma sobrecarga psíquica e mental dos
trabalhadores. Não é por acaso que o stress no local de trabalho já atinge hoje mais de
50 milhões de trabalhadores nos países da Europa Comunitária.

Quanto a doenças profissionais a situação é também alarmante, verificando-se


nos últimos anos um crescimento muito significativo de doenças relacionadas com
trabalhos que sujeitam os trabalhadores à exposição e manuseamento de substâncias
químicas; doenças da audição (surdez) e fadiga física e psíquica devido à exposição ao
ruído; lesões adquiridas na execução de tarefas e movimentos repetitivos (tendinites);
doenças relacionadas com as mais diversas formas de violência nos locais de trabalho
(stress laboral).

Os trabalhadores que sofrem incapacidades e as famílias dos que morrem,


apenas são reparados pela perca de capacidade de trabalho que exerciam quando
deviam ser reparados todos os danos, incluindo os danos morais e os danos
profissionais futuros.

Em Portugal, os trabalhadores são mais penalizados pelos danos resultantes dos


acidentes de trabalho e doenças profissionais do que os acidentados por viação.

Artigo retirado do Jornal de Notícias em 2002

Depois de teres lido este pequeno artigo, responde às seguintes questões:

1. Com que ideia ficaste sobre a “Elevada sinistralidade em Portugal?


_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
151
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
2. Indica quais as causas de existirem tantos acidentes de trabalho?
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
3. Quais são os motivos de surgirem as doenças profissionais?
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
4. Indica algumas das doenças profissionais mencionadas no texto que leste.
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
152
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA ...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 2 – Acidentes de Trabalho (1) Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

ACIDENTES DE TRABALHO
NÚMERO DE ACIDENTES DE TRABALHO MORTAIS E NÃO MORTAIS, QUADRO 12
POR ACTIVIDADES, SEGUNDO A PARTE DO CORPO ATINGIDA
PARTES DO CORPO
A B C D E F G H I J K L M N
ACTIVIDADES (CAE - Rev. 2)

TOTAL 79 33 61 24 32 13 23 30 40 22 32 - 12 58
2 8 5 6 8 8 2 6

C INDÚSTRIAS EXTRACTIVAS 1 4 1 6 - - 3 6 9 4 9 - 3 3

_____________________________________________________________________________________
153
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

D INDÚSTRIAS TRANSFORMADORAS 18 88 9 57 4 3 42 74 10 41 50 - 16 7
6

DD Indústrias da madeira e da cortiça 1 11 3 11 - - 5 15 25 8 10 - 2 2


DE Pasta de papel e cartão 1 - - 1 1 - - 1 1 1 - - -
DG Fabricação de produtos químicos - 1 - - - - - - - - - - - -
DH Artigos de borracha e matérias - 1 - - - - - 2 1 - 1 - - -
plásticas
DI Outros produtos minerais não 3 6 1 6 - - 4 5 6 6 4 - 1 -
metálicos
DJ Metalúrgicas de base e produtos 1 38 3 9 - - 7 12 16 6 6 - 7 3
metálicos
DK Fabricação de outros equipamentos - - - 1 - - - - 1 - - - - -
DL Fabricação de equipamento eléctrico - - - - - - - - 1 - - - - -
DM Fabricação de material de transporte - 2 - - - - - - 4 3 1 - 1 -
DN Outras indústrias transformadoras - 2 - - - - - 1 4 1 - - - -

E ELECTRICIDADE, GÁS E ÁGUA 1 5 - 13 - - 2 4 4 5 5 - 5 3

F CONSTRUÇÃO 28 15 24 94 12 6 10 11 13 10 13 - 56 25
4 3 5 5 1 7

LEGENDA: A – Cabeça; B – Olhos; C – Face e dentes; D – Pescoço, costas e costelas; E – Tórax; F – Órgãos
abdominais e região pélvica; G – Braço e ombro; H – Mão e pulso; I – Dedos da mão; J – Anca e perna; K –
Tornozelo e pé; L – Corpo inteiro; M – Múltiplas partes; N – Não especificadas

ACIDENTE DE TRABALHO

É acidente de trabalho o acidente que se verifica no local e no tempo de trabalho e


produz directa ou indirectamente lesão corporal, perturbação funcional ou doença de
que resulte a morte ou redução da capacidade de trabalho ou de ganho.

Considera-se também acidente de trabalho o ocorrido:

- Fora do local ou do tempo de trabalho, quando verificado na execução de serviços


determinados pela entidade patronal;

- Na ida para o local de trabalho ou no regresso deste, quando for utilizado meio de
transporte fornecido pela entidade patronal, ou quando o acidente seja consequência
de particular perigo de percurso normal ou de outras circunstâncias que tenham
agravado o risco do mesmo percurso;

- Na execução de serviços espontaneamente prestados e de que possa resultar


proveito económico para a entidade patronal.

_____________________________________________________________________________________
154
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

A designação de acidente de trabalho mortal reporta-se ao momento do


acidente.

LOCAL DE TRABALHO

Entende-se por local de trabalho toda a zona de laboração ou exploração da


empresa.

TEMPO DE TRABALHO

Entende-se por tempo de trabalho, além do período normal de laboração, o


que precedeu o seu início em actos de preparação ou com ele relacionados, e o que se
lhe seguiu em actos também com ele relacionados, e ainda as interrupções normais ou
forçosas de trabalho.

_______________________________________________________________________

Depois de se ter analisado ao quadro sobre “Número de acidentes de trabalho


mortais e não mortais por actividades, segundo a parte do corpo atingida”, responde às
seguintes questões:

1. Em que tipo de actividade foram registados mais acidentes de trabalho mortais?


_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
2. Estes acidentes terão sido verificados no dentro ou fora do local de trabalho?
Justifica a tua resposta.

_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________

3. Qual a parte do corpo que foi mais atingida, nos acidentes de trabalho que o
quadro apresenta?

_____________________________________________________________________________________
155
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________

ESCOLA ...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 3 – Acidentes e Doenças de Trabalho Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

ACIDENTES DE TRABALHO

É acidente de trabalho o que se verifique no local e no tempo de trabalho,


produzindo, directa ou indirectamente, lesão corporal, perturbação funcional ou
doença de que resulte redução na capacidade de trabalho ou de ganho ou a morte.

1. Reparação dos danos

Os trabalhadores e seus familiares têm direito à reparação dos danos


emergentes dos acidentes de trabalho e doenças profissionais.

_____________________________________________________________________________________
156
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2. Quem tem direito à reparação?

Têm direito à reparação os trabalhadores por conta de outrem de qualquer


actividade, seja ou não explorada com fins lucrativos.

3. Reparação
 Em espécie

Prestações de natureza médica, cirúrgica, farmacêutica, hospitalar e


quaisquer outras, seja qual for a sua forma, desde que necessárias e
adequadas ao restabelecimento do estado de saúde e da capacidade de
trabalho ou de ganho do sinistrado e à sua recuperação para a vida
activa;

 Em dinheiro

Indemnização por incapacidade temporária absoluta ou parcial para o


trabalho; indemnização em capital ou pensão vitalícia correspondente à
redução na capacidade de trabalho ou de ganho, em caso de incapacidade
permanente; pensões aos familiares do sinistrado; subsídio por situações de
elevada incapacidade permanente; subsídio para readaptação de habitação,
e subsídio por morte e despesas de funeral.

Não há direito à reparação do acidente:

 Que for dolosamente provocado pelo sinistrado ou provier de seu acto ou


omissão, que importe violação, sem causa justificativa, das condições de
segurança estabelecidas pela entidade empregadora ou previstas na lei;

 Que provier exclusivamente de negligência grosseira do sinistrado;

 Que resultar da privação permanente ou acidental do uso da razão do


sinistrado, nos termos da lei civil, salvo se tal privação derivar da própria
prestação do trabalho, for independente da vontade do sinistrado ou se a

_____________________________________________________________________________________
157
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

entidade empregadora ou o seu representante, conhecendo o estado do


sinistrado, consentir na prestação;

 Que provier de caso de força maior.

Só se considera caso de força maior o que, sendo devido a forças inevitáveis da


natureza, independentes de intervenção humana, não constitua risco criado pelas
condições de trabalho nem se produza ao executar serviço expressamente ordenado
pela entidade empregadora em condições de perigo evidente.

A verificação das circunstâncias aqui previstas não dispensa as entidades


empregadoras da prestação dos primeiros socorros aos trabalhadores e do seu
transporte ao local onde possam ser clinicamente socorridos.

DOENÇAS PROFISSIONAIS

1. O que é considerado doença profissional?

É considerada doença profissional toda aquela que é produzida em


consequência do trabalho e com evolução lenta e progressiva, que ocasione ao
trabalhador uma incapacidade para o exercício da sua profissão ou a morte.
As doenças profissionais constam de uma lista organizada e publicada no Diário
da República, no entanto, serão ainda consideradas doenças profissionais, outras
doenças desde que se prove serem consequência, necessária e directa, da actividade
exercida e não representem desgaste normal do organismo.

2. Em que situações está a entidade patronal obrigada à reparação por via de


doença profissional?
_____________________________________________________________________________________
158
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

A entidade patronal não está obrigada à reparação por via de doença


profissional.

3. Quem são os responsáveis?

É da exclusiva responsabilidade do Centro Nacional de Protecção Contra os


Riscos Profissionais assegurar a reparação das doenças profissionais.

4. Quem tem obrigação de participar a doença profissional?

A participação ao Centro Nacional de Protecção contra os Riscos Profissionais


deverá ser efectuada pelo médico de medicina do trabalho ou ao médico de família,
caso aquele não exista na empresa.

5. O que é uma incapacidade temporária?

É a redução temporária na capacidade geral de ganho do trabalhador em


consequência de doença profissional ou de acidente de trabalho, podendo tal
incapacidade temporária ser absoluta ou parcial.

6. A entidade patronal pode despedir durante a incapacidade temporária?

Não.

7. Caso o faça, qual a consequência?

Se o trabalhador temporariamente incapacitado for despedido sem justa causa,


tem direito a uma indemnização igual ao dobro da que lhe competiria por
despedimento sem justa causa, caso opte pela não reintegração.

_____________________________________________________________________________________
159
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA ...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 1 – Acidentes de Trabalho (2) Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

ACIDENTES DE TRABALHO_2

1. Factores de ocorrência de Acidentes de Trabalho

Os vários factores na série de ocorrência do acidente de trabalho desenvolvem-


se pela seguinte ordem cronológica:
 Ascendência e ambiente social;

_____________________________________________________________________________________
160
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Falha humana (herdada ou adquirida, como, por exemplo: imprudência,


temperamento violento, irritabilidade, etc.);
 Acto inseguro (por exemplo: estacionar sobre cargas suspensas, usar
ferramentas em mau estado, não utilizar equipamento de protecção
individual) e/ou condição perigosa (por exemplo: protecções ou suportes
de máquinas inadequados, congestionamento dos locais de trabalho, ruído
excessivo, risco de incêndio);
 Acidente:
 Dano pessoal (ferimentos, contusões, fracturas, etc.)

2. Classificação de Acidentes de Trabalho

Na 10ª Conferência Internacional dos Estaticistas do Trabalho, adoptou o


seguinte critério para a classificação de acidentes:

2.1.De acordo com as respectivas consequências

 Morte: acidentes mortais.


 Incapacidade permanente: acidentes que resulte para a vítima, com
carácter permanente, deficiência física ou mental ou diminuição da
capacidade de trabalho.
 Incapacidade temporária: acidentes que resulte para a vítima
incapacidade de, pelo menos, um dia completo além do dia em que
ocorreu o acidente, quer se trate de dias durante os quais a vítima
teria trabalhado, quer não. Neste último caso temos que,
vulgarmente, se designa por acidente com baixa ou incapacidade
temporária absoluta.

2.2.Segundo a forma de acidente

 Queda de pessoas
 Queda de objectos

_____________________________________________________________________________________
161
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Marcha sobre, choque contra ou pancada por objectos (com


exclusão de quedas de objectos)
 Entaladela num objecto ou entre objectos
 Esforços excessivos ou movimento em falso
 Exposição a/ou contacto com temperaturas extremas
 Exposição a/ou contacto com corrente eléctrica
 Exposição a/ou contacto com substâncias nocivas ou radiações

2.3.Segundo o agente material

 Máquinas
 Meios de transporte e manutenção
 Outros materiais (recipientes sob pressão, fornos, ferramentas,
escadas, etc.)
 Matérias, substâncias e radiações (explosivos, poeiras, gases,
fragmentos volantes, radiações, etc.)
 Ambientes de trabalho

2.4.Segundo a natureza da lesão


 Fracturas
 Luxações
 Entorses e distensões
 Amputações
 Traumatismos superficiais
 Contusões e esmagamentos
 Queimaduras
 Asfixias
 Efeitos nocivos da electricidade

2.5.Segundo a localização da lesão


 Cabeça (excepto olhos)
 Olhos
 Pescoço (incluindo garganta e vértebras cervicais)

_____________________________________________________________________________________
162
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Membros superiores (excepto mãos)


 Mãos
 Tronco
 Membros inferiores (excepto pés)
 Pés
 Localizações múltiplas
 Lesões gerais.

ESCOLA ...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 5 – Acidentes de Trabalho (Questionário) Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

ACIDENTES DE TRABALHO_QUESTIONÁRIO

Agora que já estudaste o Texto de Apoio sobre “Acidentes de Trabalho”,


responde às seguintes questões:

_____________________________________________________________________________________
163
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

1. O que consideras como Acidente de Trabalho?


_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________

2. Quem tem direito à reparação em caso de um acidente de trabalho?


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

3. Que tipos de reparação podem existir? Justifica a tua resposta.


_________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
______
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

4. O que é considerado doença profissional?


_______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

5. Onde está publicada a lista das doenças profissionais?


______________________________________________________________________

6. Explica o que consideras uma incapacidade temporária?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
164
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA ...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 6 – Normalização em Sefurança Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

NORMALIZAÇÃO EM SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO

Todos os trabalhadores têm direito à prestação de trabalho em condições


de segurança, higiene e de protecção da saúde.
Para atingir este objectivo o empregador deverá aplicar as medidas
necessárias, tendo em conta os princípios da prevenção, nomeadamente:

_____________________________________________________________________________________
165
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Proceder, na concepção das instalações, dos locais e processos de


trabalho, à identificação dos riscos previsíveis, combatendo-os na
origem, anulando-os ou limitando os seus efeitos;
 Integrar no conjunto das actividades da empresa, estabelecimento
ou serviço, e a todos os níveis, a avaliação dos riscos para a
segurança e saúde dos trabalhadores, com a adopção de
convenientes medidas de prevenção;

 Assegurar que as exposições aos agentes químicos, físicos e


biológicos nos locais de trabalho não constituam risco para a
saúde dos trabalhadores;

 Dar prioridade à protecção colectiva em relação às medidas de


protecção individual;

 Organizar o trabalho, procurando, designadamente, eliminar os


efeitos nocivos do trabalho monótono e do trabalho cadenciado
sobre a saúde dos trabalhadores.

Para atingir o objectivo acima enunciado – proporcionar adequadas


condições de segurança e de protecção da saúde – o empregador deverá atender
não só aos preceitos legais típicos, leis, decretos-lei, portarias, etc, nas áreas da
segurança, higiene e saúde no trabalho, mas também às normas e especificações
técnicas existentes para estas matérias, relativas a metodologias e procedimentos,
critérios de amostragem, certificação de equipamentos e outras.

Em regra, tratam-se de Normas Europeias harmonizadas no âmbito da


aplicação de Directivas Comunitárias, referentes a equipamentos de protecção
individual e máquinas, entretanto integradas no direito interno português sob a
forma de – NP EN – versão portuguesa da norma europeia, aprovadas no âmbito
do Sistema Português da Qualidade.

Nos termos da legislação em vigor o Sistema Português da Qualidade está


organizado nos seguintes subsistemas, os quais concertam entre si a respectiva
gestão:

 Subsistema da Normalização;
 Subsistema da Qualificação;

 Subsistema da Metrologia.

O Subsistema da Normalização é gerido pelo Instituto Português da


Qualidade, enquanto organismo nacional da normalização, com a colaboração dos
organismos com funções de normalização sectorial, sempre que estejam em causa
matérias relativas aos respectivos domínios de actuação.

A actividade de normalização nacional é da responsabilidade do IPQ, em


colaboração com os organismos com funções de normalização sectorial, só sendo
consideradas normas portuguesas os documentos elaborados de acordo com a
_____________________________________________________________________________________
166
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

legislação referente ao Sistema Português da Qualidade (Decreto-Lei n.º 234/93,


de 2 de Julho) desde que devidamente homologados pelo IPQ.

As normas e demais especificações técnicas constituem referência


indispensável à adopção de procedimentos e medidas exigidos em legislação
aplicável no domínio da segurança, protecção da saúde dos trabalhadores e meio
de trabalho, constituindo, complementarmente, uma orientação para várias
actividades, nomeadamente as produtoras de bens e equipamentos para utilização
profissional.

Assim temos as normas mais significativas para o sector industrial, por


área temática:

1. NORMALIZAÇÃO GERAL

NP 1572 (1978)

 Higiene e segurança nos estabelecimentos industriais.

NP 2036 (1986)

 Higiene e segurança no trabalho. Ferramentas portáteis.

NP 2198 (1986)

 Higiene e segurança no trabalho. Ferramentas portáteis manuais.

2. PROTECÇÃO DE MÁQUINAS

NP 457 (1997)

 Segurança de máquinas. Sinais auditivos de perigo.

NP 842 (1998)

 Segurança de máquinas. Sinais visuais de perigo.

3. EQUIPAMENTOS DE PROTECÇÃO INDIVIDUAL

NP 133 (1996)

 Aparelhos de protecção respiratória (Normas seguintes: 136, 138,


139)

NP 165 (1997)

_____________________________________________________________________________________
167
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Protecção individual de olhos. (Normas seguintes: 166, 172)

NP 344 (1998)

 Calçado de segurança, de protecção e de trabalho para uso


profissional.

NP 352 – 1 (1996)

 Protectores auditivos. (Normas seguintes: 352 - 2, 352 – 3, 458)

NP 397 (1997)

 Capacetes de protecção para a indústria.

NP 12568 (2000)

 Protectores dos pés e pernas.

4. SEGURANÇA E SAÚDE NO LOCAL DE TRABALHO

NP 4397 (2001)

 Sistemas de gestão de segurança e saúde no trabalho.

NP 4410 (2004)

 Sistemas de gestão de segurança e saúde no trabalho. Linhas de


orientação para a implementação da norma NP 4397

5. SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO

NP 1800 (1981)

 Agentes extintores.

NP 1936 (1983)

 Classificação de líquidos quanto ao ponto de inflamação.

NP 3992 (1994)

 Segurança contra incêndio. Sinais de segurança.

_____________________________________________________________________________________
168
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

NP 1796 (1988)

 Esta norma tem como objectivo fixar os valores limites de


exposição para substâncias nocivas presentes no ar dos locais de
trabalho, com vista a salvaguardar a saúde dos trabalhadores, e
aplica-se a todos os locais de trabalho onde se verifique a
libertação de substâncias nocivas (gases, vapores e partículas
tóxicas) resultantes dos processos de trabalho.

Para efeitos desta norma entende-se por valores limites de exposição as


concentrações de substâncias nocivas que representam condições às quais se julga
que a quase totalidade dos trabalhadores possa estar exposta, dia após dia, sem
efeitos prejudiciais para a saúde.

Duas categorias de valores limite de exposição são consideradas:

Valor limite de exposição – média ponderada – valor limite expresso em


concentração média diária, para um dia de trabalho de 8 h e uma semana de 40 h,
ponderada em função do tempo de exposição.

Valor limite de exposição – concentração máxima – valor limite expresso


por uma concentração que nunca deve ser excedida simultaneamente.

_________________________________________________

Agora que já analisaste o texto de Apoio sobre “Normalização em Segurança”,


responde às seguintes questões:

7. Quais algumas das medidas que o empregador deverá aplicar para o


trabalhador ter condições de segurança, higiene e protecção no trabalho?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
169
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

8. Indica algumas normas aplicadas aos Equipamentos de Protecção Individual e à


Segurança e Saúde no Local do Trabalho?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

ESCOLA ...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 7 – Legislação de Segurança Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

Efectua a análise de alguns artigos retirados do Diário da República nº 28, referente a


Segurança e Higiene do Trabalho nos Estabelecimentos Industriais e faz um RESUMO

ESCRITO do que acabaste de ler.

Regulamento Geral de Segurança e Higiene do Trabalho nos estabelecimentos


industriais

SECÇÃO II
Deveres das entidades patronais e dos trabalhadores
_____________________________________________________________________________________
170
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ARTIGO 3º
Deveres das entidades patronais

1. As entidades patronais são responsáveis pelas condições de instalação e laboração


dos locais de trabalho, devendo assegurar ao pessoal protecção contra os acidentes e
outras causas de dano para a saúde.

2. Aos trabalhadores devem ser dadas instruções apropriadas relativamente aos riscos
que comportem as respectivas ocupações e às precauções a tomar.

ARTIGO 4º
Deveres dos trabalhadores

1. Os trabalhadores devem cumprir as prescrições de segurança e higiene


estabelecidas na legislação aplicável ou concretamente determinadas pela entidade
patronal ou seus representantes.

2. Os trabalhadores não podem alterar, deslocar, retirar, danificar ou destruir


dispositivos de segurança ou quaisquer outros sistemas de protecção, sem que para o
efeito estejam devidamente autorizados.

Os trabalhadores devem colaborar com as entidades patronais na aplicação das


disposições do presente Regulamento, chamar a atenção de quem possa tomar as
necessárias providências quando verificarem deficiências de segurança e higiene e
tomar as precauções necessárias de forma a assegurar a sua protecção ou a alheia,
abstendo-se de quaisquer actos que originem situações de perigo.

SECÇÃO IV
Ruído

ARTIGO 26º

Protecção contra o ruído


Nos locais de trabalho devem eliminar-se ou reduzir-se os ruídos e limitar-se a sua
propagação pela adopção de medidas técnicas apropriadas.
Quando as medidas técnicas de protecção aplicáveis não forem suficientes, deve
limitar-se o tempo de exposição ao ruído e os trabalhadores usarem protectores
adequados.

CAPÍTULO III
Protecção de máquinas

ARTIGO 40º
_____________________________________________________________________________________
171
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Protecção e segurança das máquinas


Os elementos móveis de motores e órgãos de transmissão, bem como todas as partes
perigosas das máquinas que accionem, devem estar convenientemente protegidos por
dispositivos de segurança, a menos que a sua construção ou localização sejam de
molde a impedir o seu contacto com pessoas ou objectos.

SECÇÃO VII
Ferramentas manuais e portáteis a motor

ARTIGO 99º
Ferramentas manuais

1. As ferramentas manuais devem ser de boa qualidade e apropriadas ao trabalho para


que são destinadas.

As ferramentas manuais não devem ser utilizadas para fins diferentes daqueles para
que estão destinadas.

2. As ferramentas manuais não devem ficar abandonadas sobre pavimentos,


passagens, escadas ou outros locais onde se trabalhe ou circule, nem colocadas em
lugares elevados em relação ao pavimento sem a devida protecção.

ARTIGO 100º

Ferramentas portáteis a motor

1. As ferramentas portáteis a motor não devem apresentar qualquer saliência nas


partes não protegidas que tenham movimento circular ou alternativo.
As ferramentas portáteis a motor devem ser periodicamente inspeccionadas, de
acordo com a frequência da sua utilização.

2. Os trabalhadores que utilizem ferramentas portáteis a motor devem usar, quando


sujeitos à protecção de partículas e poeiras, óculos, viseiras, máscaras e outro
equipamento de protecção individual, conforme as prescrições do capítulo IX deste
Regulamento.

ARTIGO 102º
Utilização de ferramentas, equipamentos e utensílios

As pessoas encarregadas dos trabalhos de conservação e reparação devem dispor de


ferramentas apropriadas aos serviços que têm de executar, bem como do equipamento
e outros meios necessários à execução daqueles trabalhos em boas condições de
segurança.

Estas ferramentas, equipamentos e utensílios devem, por sua vez, ser mantidos em
bom estado de conservação e ser examinados a intervalos regulares pelo responsável

_____________________________________________________________________________________
172
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

dos trabalhos de conservação e reparação. Devem, ainda, ser convenientemente


arrumados em caixas, armários ou locais próprios.

ARTIGO 104º
Uso de equipamento de protecção individual

As pessoas empregadas em trabalhos de conservação ou reparação devem usar, caso


seja necessário, equipamento especial de protecção individual, conforme as
prescrições gerais do capítulo IX deste Regulamento.

ARTIGO 135º
Limpeza dos locais de trabalho

1. As oficinas, postos de trabalho, locais de passagem e todos os outros locais de


serviço devem ser mantidos em boas condições de higiene.

2. As paredes, tectos, janelas e superfícies envidraçadas devem ser mantidos limpos e


em bom estado de conservação.

3. Os pavimentos das oficinas devem ser conservados limpos e, tanto quanto possível,
secos e não escorregadios.

Quando se utilizem processos de trabalho por via húmida, deve assegurar-se um


escoamento eficaz.

4. As oficinas devem ser limpas com a frequência requerida pela natureza do trabalho.
Na medida do possível, a limpeza deve efectuar-se durante os intervalos dos períodos
de trabalho e de modo a evitar o desprendimento de poeiras.
Se, por razões de ordem técnica, a limpeza se realizar durante as horas de trabalho,
deverá ser feita por aspiração, tomando-se as precauções necessárias para evitar que a
atmosfera seja poluída.

CAPÍTULO IX
Equipamento de protecção individual

ARTIGO 143º
Vestuário de trabalho

O vestuário de trabalho deve ser concebido tendo em conta os riscos a que os


trabalhadores possam ser expostos.
Deve ser bem justo ao corpo e não apresentar partes soltas.

ARTIGO 144º
Protecção da cabeça
_____________________________________________________________________________________
173
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

1. Os trabalhadores expostos ao risco de traumatismos na cabeça devem usar


capacetes adequados.
Os capacetes devem ser suficientemente resistentes, incombustíveis, com armação
interior apropriada, câmara de ventilação e, sempre que necessário, com abas que
protejam a face e a nuca.

2. Os trabalhadores que operem ou transitem na proximidade de máquinas ou de


elementos móveis de máquinas ou junto de chamas ou materiais incandescentes
devem proteger completamente os cabelos por meio de boina bem ajustada ou
protector equivalente.
As boinas ou protectores devem ser de material dificilmente inflamável e
suficientemente resistente para suportar a lavagem e desinfecção regulares.

ARTIGO 145º
Protecção dos olhos

Os trabalhadores que realizem trabalhos que possam apresentar qualquer perigo para
os olhos, por projecção de estilhaços, de materiais quentes ou cáusticos, de poeiras ou
fumos perigosos ou incómodos, ou que estejam sujeitos a deslumbramento por luz
intensa ou radiações perigosas, devem usar óculos bem adaptados à configuração do
rosto, viseiras ou anteparos.
Os protectores dos olhos devem ter qualidades ópticas apropriadas, ser resistentes,
leves, e manterem-se limpos.
Os óculos devem ser concebidos por forma a evitar-se o seu fácil embaciamento.

ARTIGO 146º
Protecção do ouvido

1. As pessoas que trabalhem num meio de ruído intenso e prolongado devem,


normalmente, usar protectores auriculares apropriados.
Estes protectores devem ser limpos e esterilizados, quando usados por outra pessoa.

2. Os protectores das orelhas contra chispas, partículas de metal fundido e outros


materiais devem ser constituídos por rede resistente, inoxidável e leve, sobre armação
de couro ou protecção equivalente, e mantidos em posição por mola regulável que
passe atrás da cabeça.

ARTIGO 147º
Protecção das mãos e braços

1. Nas operações que apresentem risco de corte, abrasão, queimadura ou corrosão das
mãos, os trabalhadores devem usar luvas especiais, de forma e materiais adequados.
Os operários que trabalham com máquinas de furar, prensas mecânicas e outras
máquinas onde as mãos possam ser colhidas por órgãos em movimento não devem
usar luvas.

_____________________________________________________________________________________
174
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2. Os trabalhadores que manipulem substâncias tóxicas, irritantes ou infectantes


devem usar luvas de canhão alto, de forma a proteger os antebraços.
Estas luvas devem ajustar-se perfeitamente aos antebraços na abertura do canhão.

ARTIGO 148º
Protecção dos pés e das pernas

1. Nos trabalhos que apresentem risco de queimadura, corrosão, ou perfuração ou


esmagamento dos pés, os trabalhadores devem dispor de calçado de segurança
resistente e adequado à natureza do risco.

2. As pernas e os joelhos devem proteger-se, sempre que necessário, por polainas ou


joalheiras resistentes de material apropriado à natureza do risco e de forma que
possam ser retirados instantaneamente em caso de emergência.

ARTIGO 149º
Protecção de outras partes do corpo

Os trabalhadores que estejam expostos a riscos que afectem outras partes do corpo
devem dispor de vestuário adequado, aventais, capuzes ou peitilhos, de forma e
material apropriados.
Em casos de especial exposição a risco de incêndio, deve evitar-se o uso de roupas
confeccionadas com fibras artificiais facilmente inflamáveis.

ARTIGO 150º
Protecção das vias respiratórias

Os trabalhadores expostos a risco de inalação de poeiras, gases ou vapores nocivos


devem dispor de máscaras ou outros dispositivos adequados à natureza do risco.
Os aparelhos respiratórios devem ser, de preferência, individuais.
Quando usados por outro indivíduo, devem ser esterilizados.

ARTIGO 151º
Cintos de segurança

Os trabalhadores expostos ao risco de queda livre devem usar cintos de segurança, de


forma e materiais apropriados, suficientemente resistentes, bem como os cabos de
amarração e respectivos elementos de fixação.
Os cintos de segurança não devem permitir uma queda livre superior a 1 m, a não ser
que dispositivos apropriados limitem ao mesmo efeito uma queda de maior altura.

Diário da República nº 28, Série I

_____________________________________________________________________________________
175
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA ...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 8 – Segurança de Actividades de Manutenção Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

Segurança nas actividades de manutenção

1- INTRODUÇÃO

No decurso das operações de manutenção as condições de trabalho podem ser


muito diferentes, apresentando novos riscos, uma vez que estas operações não fazem
parte das tarefas quotidianas no que se refere à utilização dos equipamentos e podem
abranger desde um simples controlo diário de funcionamento até ao restauro do
próprio edifício das instalações fabris.

Por este motivo e de uma maneira geral, é utilizada uma grande variedade de
ferramentas, máquinas, equipamentos de movimentação, de elevação, de controlo,
etc., o que obriga a uma vasta gama de conhecimentos.

_____________________________________________________________________________________
176
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Ao fazer-se uma manutenção de uma máquina ferramenta são necessários não


só conhecimentos mecânicos, eléctricos, electrónicos, pneumáticos mas também
conhecimentos de lubrificação e até de pintura.

Pelo exposto, é vasto e complexo o campo da manutenção, obrigando por tal


motivo a adoptarem-se procedimentos de segurança muito rigorosos, quer se trate de
uma simples manutenção de rotina ou de uma operação de manutenção bastante
profunda de uma máquina automática, na qual seja necessário substituir peças,
inclusive partes completas da máquina.

Antes de se executar qualquer trabalho de manutenção deverá proceder-se a


uma planificação em termos de segurança, com inserção dos seguintes pontos:

 Identificar os riscos;
 Avaliar soluções alternativas;

 Seleccionar a acção apropriada;

 Programar os recursos a afectar;

 Implementar a actuação;

 Avaliar os resultados;

 Ponderar o grau de eficácia obtido.

Não é possível enumerar, no âmbito de um trabalho deste tipo, todos os


procedimentos de segurança a ter aquando da realização de uma operação de
manutenção, pelo que iremos abordar algumas das situações mais comuns e
susceptíveis de provocar acidentes.

2. REPARAÇÕES ELÉCTRICAS

As reparações em circuitos e aparelhos eléctricos deverão ser sempre feitas por


pessoal técnico experiente e habilitado.

Só deverá utilizar-se equipamento eléctrico normalizado e certificado.

Antes de se começar qualquer trabalho de manutenção eléctrica, o pessoal


que o irá executar deverá verificar e certificar-se que a alimentação eléctrica foi
cortada, efectuando teste por meio de instrumento de medida adequado.

O pessoal de manutenção deverá ser ensinado no uso de equipamento


eléctrico de teste e de medida, devendo saber identificar pontos de teste, diagramas
de circuitos, usar sondas, pinças, etc.

Alicates, chaves de parafusos, luzes de teste e outras ferramentas usadas em


trabalhos de reparações eléctricas deverão ser isolados.

_____________________________________________________________________________________
177
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Quando tenham que ser realizados trabalhos de manutenção ou de reparação


em condutores com corrente eléctrica, é aconselhável haver sempre dois ou mais
trabalhadores a trabalharem juntos. O supervisor deverá fornecer procedimentos de
trabalho detalhados para serem seguidos e verificar se as equipas de manutenção
possuem e usam equipamentos de protecção adequados.

O grau de precisão do equipamento necessário deverá ser determinado pelo


tipo de circuito, natureza do trabalho e as condições em que este deverá ser
executado.

Uma boa prática de segurança é, não só utilizar o equipamento de segurança


mas verificar se este está em condições, inspeccioná-lo antes do uso e em intervalos
frequentes.

3. CADEADOS

O arranque intempestivo de equipamentos ou a ligação de circuitos (que


poderão ser desencadeados por controlos automáticos ou manuais) são susceptíveis
de causar danos graves devido a choque eléctrico ou a acidentes provocados por peças
em movimento.

Por exemplo, um arranque inesperado de um motor poderá causar lesões em


trabalhadores que o estejam a reparar ou a inesperada ligação de um equipamento
poderá produzir um choque eléctrico.

Por esta razão, quando um equipamento eléctrico é reparado ou modificado, o


circuito deverá ser desligado ("OFF") e o interruptor de comando bloqueado com um
"cadeado". Deverão colocar-se etiquetas com a descrição do trabalho, indicando o
nome da pessoa que o está a realizar e o departamento envolvido. No entanto, sinais
ou etiquetas sozinhas não garantem uma protecção tão eficaz como a colocação dos
cadeados.

Por causa do grave risco para a saúde, o procedimento de implementação de


um sistema de cadeados deverá ser instituído e treinado com todo o pessoal da
manutenção.

Cada trabalhador da manutenção terá o seu cadeado que deverá aplicar


sempre que executar manutenções de equipamento eléctrico.

Deverão ser sempre usados cadeados de boa qualidade, não devendo haver
chaves iguais e deverá ser verificado que cada chave serve unicamente num cadeado.
Não é recomendável o uso de chaves mestras e, no caso de haver duplicados, estes
deverão ser sempre guardados sob um rígido controlo.

Cada cadeado deverá ter o número ou o nome do trabalhador que o utiliza.


Para que o sistema de cadeado esteja operacional, é necessário que os diversos
equipamentos possuam um porta-cadeados. Nas oficinas onde são utilizados
equipamentos antigos, ou onde estão instalados equipamentos anti-deflagrantes ou
anti-poeiras, é necessário que sejam construídas ligações onde se possam aplicar os
_____________________________________________________________________________________
178
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

cadeados. Quando há mais do que uma pessoa a trabalhar no mesmo equipamento


deverá usar-se um adaptador para aplicação simultânea de diversos cadeados para que
cada trabalhador aplique o seu próprio cadeado antes de começar a trabalhar.

Seja qual for o método utilizado para manter os interruptores desligados


("OFF") deverá manter-se um controlo efectivo por meio de uma constante supervisão
e treino na rotina de segurança.

Um método para assegurar um correcto uso de cadeados poderá ser o indicado


a seguir:

 Alertar o operador e outros utilizadores do sistema que ele vai ser desligado;
 Actuar no corte geral de corrente para que o equipamento fique desligado;

 Colocar o seu cadeado no interruptor de comando, alavanca, válvula, mesmo


que alguém tenha colocado outro cadeado antes de si; só se estará protegido
quando o seu cadeado estiver colocado.

 Sinais e barreiras não substituem os cadeados;

 Verificar o cadeado para assegurar que o equipamento está efectivamente


desligado;

 Trabalhar com calma e serenidade;

 Quando se terminar o trabalho retirar o cadeado, o sinal e as barreiras;

 Não permitir que os retirem por si e verificar que nunca se irá expor outra
pessoa ao perigo

 Assegurar-se que o equipamento está livre e limpo;

 Ligar o sistema.

3. FUSÍVEIS

Quando for necessário retirar um fusível, o sistema eléctrico deverá ser


previamente desligado por meio do seu interruptor. O fusível deverá ser retirado com
um arranca fusíveis devidamente isolados.

É Importante que o fusível substituído o seja por um outro do mesmo tipo,


tamanho e capacidade. Uma prática adicional de segurança é a de retirar os fusíveis do
quadro eléctrico de um circuito ou de uma máquina quando se está a proceder à sua
reparação ou alteração. No entanto, isto não substitui o uso de cadeados, pois
inadvertidamente alguém pode colocar outros fusíveis e ligar o circuito.

_____________________________________________________________________________________
179
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Em situação de emergência e quando a área em redor da caixa de fusíveis


estiver molhada, deverão ser utilizadas pelos trabalhadores luvas dieléctricas,
plataformas isoladas ou botas de borracha.

5. CONDUTORES

As instalações eléctricas deverão ser feitas de acordo com a normalização e


legislação vigente.

Antes de ser colocada em funcionamento, qualquer instalação eléctrica deverá


ser inspeccionada por pessoal qualificado. Legalmente, todas as instalações eléctricas
necessitam de ter um técnico responsável.

O uso de condutores provisórios deverá ser sempre de evitar, mesmo que a sua
montagem cumpra as regras de segurança.

Instalações eléctricas provisórias e temporárias, realizadas em locais em


construção ou em alteração, deverão ser protegidas capazmente contra riscos
mecânicos, e verificadas frequentemente, pois podem ser alteradas sem se ter em
consideração a capacidade dos condutores.

Técnicos e pessoal de manutenção deverão ter sempre como norma


inspeccionar frequentemente os condutores, fichas e ligações eléctricas das
ferramentas portáteis eléctricas verificando se o condutor de ligação à terra está ligado
correctamente e se o dispositivo de ligação à terra da ficha não foi retirado.

Quando surgir qualquer dúvida sobre a segurança de uma ferramenta ou da sua


ligação eléctrica, ela deverá ser retirada de serviço e devolvida para inspecção e
reparação por pessoal qualificado.

Quando houver necessidade de se instalar equipamento adicional em


condições temporárias em circuitos já existentes, o mesmo só deverá ser feito com a
instalação conjunta de um interruptor individual no ramal a ser instalado e de um
adaptador para colocação de cadeado e etiquetas. Esta precaução evitará interrupções
no circuito principal quando houver necessidade de desligar o ramal.

6. GAMBIARRAS

Nos trabalhos de manutenção, principalmente em reparação de máquinas e em


locais com fraca iluminação, usa-se com frequência gambiarras para melhorar a
visibilidade da tarefa que está a ser executada.

Trata-se dum equipamento muito simples mas que pode provocar acidentes,
por vezes graves, devido ao desgaste de material ou à aplicação de componentes
inadequados ou de qualidade inferior.

A gambiarra deve ter uma estrutura e um punho feitos de material isolante e a


lâmpada estar envolta por uma grade de protecção.
_____________________________________________________________________________________
180
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Modernamente existem gambiarras com lâmpadas fluorescentes em armaduras


inquebráveis que são preferíveis às de lâmpada incandescente.

Por ser um equipamento que se desgasta rapidamente (por exemplo, cortes no


cabo eléctrico) devem ser inspeccionadas com frequência para detecção de possíveis
avarias.

7. SOLDADURA

É vulgar nos trabalhos de manutenção ser necessário proceder a operações de


soldadura, quer eléctricas quer oxi-acetilénicas. Em ambos os casos devem ser
tomadas medidas de segurança, pois são operações que envolvem riscos não só para
os trabalhadores que as efectuam, como para todos aqueles que se encontram perto
do local onde elas estão a ser efectuadas.

Os trabalhadores devem usar equipamentos de protecção individual como


luvas, óculos ou máscara para proteger os olhos contra o arco de soldadura. De notar
que o arco luminoso produzido pela soldadura é composto por raios infravermelhos e
ultravioletas, pelo que os óculos ou máscaras devem possuir filtros adequados a estas
radiações. Para proteger os outros trabalhadores dos efeitos do arco eléctrico, o local
onde a soldadura está a ser feita deverá ser isolado por divisórias. Qualquer tipo de
soldadura produz fumos bastante intensos que poderão ser tóxicos em função do tipo
de solda utilizada. Por este motivo, uma boa exaustão é necessária, principalmente
quando se trabalha em locais fechados.

Antes de se proceder a qualquer soldadura, deverá verificar-se se, no local ou


próximo deste, não se encontram guardadas substâncias inflamáveis, pois que a
execução da soldadura produz um elevado número de partículas incandescentes que
poderão cair a distância apreciável, principalmente quando a soldadura está a ser
realizada em pontos elevados.

Sempre que se proceda a soldaduras em tanques, contentores ou quaisquer


outros recipientes usados para guardar produtos inflamáveis ou gases, deverá
proceder-se à extracção prévia destes e à sua cuidadosa limpeza.

O aparelho de soldadura eléctrica deve estar ligado à terra.

Na soldadura oxi-acetilénica, devido à existência de gases em garrafas e de


mangueiras ou condutas, é necessário ter outras precauções suplementares. As
mangueiras devem ser diferenciáveis, devem estar protegidas contra o calor, objectos
cortantes, sujidade, principalmente óleos ou outras gorduras, pois estas substâncias,
mesmo em pequenas quantidades, podem provocar explosões em contacto com o
oxigénio. Devem também estar providas de válvulas anti retorno de chama.

Antes de se proceder à soldadura oxi-acetilénica deverá verificar-se a


possibilidade de, em caso de incêndio, se retirarem rapidamente as garrafas do local e
colocá-las em local seguro e protegidas do calor.

________________________________________
_____________________________________________________________________________________
181
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Agora que já estudaste o Texto de Apoio sobre “Segurança nas Actividade de


Manutenção”, responde às seguintes questões:

9. Antes de se executar qualquer trabalho de manutenção que pontos se devem


atender, na planificação?
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
182
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

10. Para se começar qualquer trabalho de manutenção eléctrica, o que deve o


trabalhador efectuar?
_________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
___

1. Quando forem realizados trabalhos de manutenção ou de reparação em


condutores com corrente eléctrica, o que é aconselhável fazer?
____________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________

2. Se o trabalhador tiver de retirar um fusível, quais são procedimentos a


efectuar?
_________________________________________________________________

_________________________________________________________________
_________________________________________________________________

3. Em situação de emergência e quando a área em redor da caixa de fusíveis


estiver molhada, o que se deverá fazer?
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________

4. Como devem ser protegidas as instalações eléctricas provisórias e temporárias?


_________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
______
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

5. Nos trabalhos de manutenção, principalmente em reparação de máquinas e em


locais com fraca iluminação, qual o aparelho que se deve utilizar?

_____________________________________________________________________________________
183
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

__________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
____
_______________________________________________________________________

6. É vulgar nos trabalhos de manutenção ser necessário proceder a operações de


soldadura. Quais os cuidados que o trabalhador deverá ter?
_________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
______
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

7. Antes de se proceder a qualquer soldadura, quais são os cuidados que o


trabalhador deverá ter?
_________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
______
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

ESCOLA ...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 9 – Segurança contra Riscos Eléctricos Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

Segurança contra Riscos Eléctricos

_____________________________________________________________________________________
184
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

A electricidade é um recurso muito versátil e solicitado mas com alguns riscos


associados. A capacidade de reconhecer estes riscos é essencial para a prevenção de
acidentes relacionados

Os efeitos mais frequentes e mais importantes que a corrente eléctrica produz


no corpo humano e que contribuem para definir limites de perigosidade são,
fundamentalmente:

Tetanização – sob a acção de um estímulo eléctrico, o músculo contrai-se


para depois regressar ao estado de repouso. Se ao primeiro estímulo se
seguirem outros, a força de contracção do músculo aumenta podendo
produzir asfixia, conduzindo a um estado de inconsciência;
Paragem Respiratória – intensidades de corrente inferiores às indicadas para
o limite de não largar produzem nas vítimas dificuldades respiratórias e
sinais de asfixia;
Queimaduras – a gravidade das queimaduras eléctricas está associada aos
seguintes parâmetros físicos: tensão, intensidade de corrente e tempo de
passagem da corrente. As queimaduras devidas a correntes de alta tensão
são graves, pois podem surgir queimaduras profundas ao nível das massas
musculares, dos tendões, etc.

1. Risco de Contacto com a Corrente Eléctrica

Pode definir-se risco de contacto com a corrente eléctrica como a probabilidade


de circulação de uma corrente eléctrica através do corpo humano.

Para que exista possibilidade de circulação de corrente eléctrica é necessário:

Que exista um circuito eléctrico;


Que o circuito esteja fechado ou possa fechar-se;
Que no circuito exista uma diferença de potencial;
Que o corpo humano seja condutor;
Que o corpo humano faça parte do circuito

2. Terminologia dos Acidentes Eléctricos

A electrização abrange todos os acidentes eléctricos resultantes de contactos


com a corrente eléctrica, quer originem ou não acidentes mortais.
_____________________________________________________________________________________
185
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

A electrocussão é a designação dada ao acidente eléctrico mortal.

As electrizações são consequência quer de contactos directos quer de contactos


indirectos.
No âmbito das instalações eléctricas as regras a ter em conta para garantir a
protecção de pessoas encontram-se no Regulamento de Segurança de Instalações de
Utilização de Energia Eléctrica, sendo referidos dois tipos de riscos:

Contactos directos – São os riscos provenientes dos contactos com partes


activas dos materiais ou aparelhos eléctricos;
Contactos indirectos – São os riscos a que as pessoas ficam sujeitas em
resultado de as massas (estruturas metálicas) ficarem acidentalmente
sobretensão

3. Sistemas de Protecção contra Contactos Directos


A protecção contra contactos directos encontra-se assegurada se considerar

uma das seguintes medidas:

Afastamento das partes activas – consiste em colocá-las a uma distância tal


que seja impossível, directa ou indirectamente, um contacto fortuito a partir
dos locais onde as pessoas se encontrem ou circulem habitualmente;
Interposição de obstáculos – deve impedir todo o contacto acidental com as
partes activas da instalação;

Recobrimento das partes activas da instalação – deve ser realizado por


meio de materiais apropriados capazes de conservar as suas propriedades
ao longo do tempo;

Uso de tensão reduzida de segurança – deve-se ter em conta as condições


externas do meio (seco, húmido, molhado ou imerso)

A protecção contra contactos directos envolve essencialmente as seguintes


medidas preventivas:

Os condutores activos nus e as peças em tensão deverão estar a uma


distância suficientemente segura dos trabalhadores e utilizadores;

_____________________________________________________________________________________
186
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

As peças em tensão deverão estar resguardadas por obstáculos que lhes
impeçam o acesso, tais como coberturas, encapsulamentos, armários,
painéis, redes, etc;

O isolamento dos condutores nus deverá estar adaptado à tensão de


alimentação e aos riscos de deterioração a que estão expostos, tais como
acções mecânicas e térmicas, humidade, corrosão, etc.

4. Sistemas de Protecção contra Contactos Indirectos


A protecção contra contactos indirectos visa defender as pessoas contra os
riscos a que podem ficar sujeitas em resultado de as massas (partes metálicas) ficarem
acidentalmente sob tensão.

Esta protecção pode ser realizada por qualquer das disposições seguintes:

Disposições destinadas a suprimir o próprio risco, fazendo com que os


contactos não sejam perigosos ou impedindo contactos simultâneos de
massas da instalação e elementos estranhos à instalação;
Disposições que consistem na ligação das massas à terra, directamente ou
por intermédio do neutro da instalação, associação a um aparelho de corte
automático que faça desligar a instalação ou parte da instalação defeituosa.

Estas disposições podem ser passivas e preventivas, assegurando a segurança


ao nível do próprio aparelho eléctrico ou ao nível da instalação eléctrica:

Emprego de tensão reduzida de segurança;


Separação de circuitos;

Isolamento dos elementos condutores estranhos à instalação;

Inacessibilidade simultânea de massas e elementos condutores


estranhos à instalação.

5. Terra e Resistência à terra

Existem dois tipos de ligações à terra: as terras de serviço e as terras de


segurança ou de protecção.

a) Terras de serviço

_____________________________________________________________________________________
187
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Estas terras fazem parte integrante das redes eléctricas e realizam, entre condutores e
o solo, ligações com carácter permanente ou não permanente, de modo directo, ou
através de impedâncias apropriadas. Como exemplo de terras de serviço, temos a
ligação à terra dos pontos neutros ou dos condutores neutros das redes de distribuição
de energia eléctrica em baixa tensão.

b) Terras de segurança ou protecção


Estas terras estão ligadas aos objectos que correm o risco de entrar
acidentalmente em contacto com condutores em tensão, sendo perigoso mantê-los a
um potencial elevado durante um tempo apreciável. As terras de segurança ou de
protecção são as das massas ou das carcaças dos equipamentos eléctricos.

Pode acontecer que a mesma tomada de terra desempenhe simultaneamente


as duas funções (terra de serviço e terra de protecção) e, neste caso, chama-se terra
única.

6. Eléctrodo de terra

Os eléctrodos de terra são condutores enterrados no solo, fazendo


electricamente bom contacto com o mesmo. Os eléctrodos podem ter a forma de
varas, tubos, chapas, anel ou entrelaçado.
A resistência da terra é tanto menor quanto maior for a superfície do eléctrodo
e menor a resistividade do terreno. A condutividade do solo depende essencialmente
da sua taxa de humidade.

7. Protecção das Instalações

Numa instalação eléctrica, os riscos de incêndio e explosão são devidos ao


desenvolvimento de calor e ao aparecimento de chamas em diversos pontos do
circuito. As suas possíveis origens são os sobreaquecimentos e o arco eléctrico.

7.1. Sobreaquecimento

O aquecimento exagerado ou sobreaquecimento dos condutores eléctricos é


devido não só ao valor anormal da intensidade de corrente (designada por sobre
intensidade), como também devido a resistências eléctricas nos pontos de contacto e
ligações dos condutores (designados por resistências de contacto).

7.1.1. Sobre intensidade de corrente

Uma intensidade de corrente pode ser originada por uma sobrecarga, um curto-
circuito ou um defeito de isolamento.

 Sobrecarga – Uma sobrecarga é um aumento para além do limite


admissível da potência absorvida por um equipamento.
_____________________________________________________________________________________
188
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Curto-circuito – Um curto-circuito é uma ligação acidental entre dois


pontos do circuito a tensões diferentes, dando origem a uma
elevadíssima intensidade de corrente.

A diferença entre uma sobrecarga e um curto-circuito reside no valor da


intensidade de corrente e no tempo da sua passagem.

 Defeito de isolamento – Um defeito de isolamento é uma ligação


acidental, por falta de isolamento, entre um ponto do circuito em tensão
e outro elemento condutor que pode ou não pertencer ao circuito. Se
este elemento estiver ligado à terra, caso das estruturas metálicas dos
equipamentos, surge uma corrente adicional no circuito, designada por
corrente de defeito, que contribuirá para o sobreaquecimento da
instalação.

8. Medidas de protecção contra Sobreaquecimentos

8.1. Sobre intensidades

As medidas de protecção contra sobre intensidades residem, para além de


projecto, execução e exploração criteriosas das instalações, na montagem de
instrumentos que interrompam automática e selectivamente os circuitos em caso
de anomalia. Estes instrumentos são os fusíveis e os disjuntores.
Os fusíveis actuam pela fusão de condutores calibrados neles contidos, quando
a corrente que os percorre ultrapassa certo limite admissível durante um dado
intervalo de tempo.
Os disjuntores interrompem automática e rapidamente a corrente em caso de
uma sobreintensidade, por acção electromagnética. Tal como nas sobrecargas, a
protecção contra curto-circuitos é feita tanto por meio de fusíveis, como por
disjuntores.

8.2. Resistências de contacto

A protecção contra resistências de contacto só é possível de fazer através de


uma manutenção cuidada e revisões constantes e programadas das ligações eléctricas.

8.3. Arco Eléctrico

O arco eléctrico pode ser produzido por equipamentos eléctricos, por efeito da
electricidade estática e por descargas atmosféricas.

8.4. Arco Produzido por Equipamentos Eléctricos

_____________________________________________________________________________________
189
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Os equipamentos que podem produzir arco são os motores eléctricos, entre


outros, rotativos que criam chispas entre as escovas e o colector, as pontes rolantes
alimentadas por contactos deslizantes, os aparelhos de manobra de corte e protecção
(interruptores, seccionadores e disjuntores), quando accionados em carga, etc.

9. Medidas de protecção contra o Arco Eléctrico

A protecção contra faíscas eléctricas faz-se fundamentalmente:

Afastando todos os materiais inflamáveis que estejam junto do


equipamento produtor de faíscas;
Interpondo obstáculos que evitem a propagação do arco à distância,
tais como armários e outras blindagens;

Utilizando, em ambiente explosivo, aparelhagem especialmente


concebida para esses locais (equipamentos anti-deflagrantes).

Quanto à protecção contra o arco produzido pela electricidade estática, há que


evitar a produção de cargas electrostáticas ou, quando tal não for possível, eliminá-las
de um modo contínuo, de forma a evitar a sua acumulação. Os métodos para eliminar
as cargas electrostáticas são a ligação à terra e a desionização do ar. A ligação à terra
dos equipamentos geradores de cargas electrostáticas provoca o seu escoamento
constante para a terra. A ionização do ar provoca o aumento da condutibilidade das
cargas junto à fonte geradora das mesmas.

10. Algumas considerações sobre a utilização de Equipamentos Eléctricos

Devem-se considerar certas regras práticas para o uso correcto de


equipamentos e instalações eléctricas.

 Uma instalação ou equipamento eléctrico só deve ser utilizado em funções para


as quais foi projectado;
 Nunca deverão ser utilizadas instalações ou equipamentos eléctricos para
exercerem funções que ultrapassem as suas capacidades;

 Posteriores adaptações ou alterações de instalações ou equipamentos


eléctricos deverão ser feitas tendo em conta as capacidades já instaladas;

 Alterações ou ligações provisórias, (mesmo por curto espaço de tempo) como


por exemplo, o uso de fichas triplas, extensões, etc., podem originar
sobreintensidades de corrente que, no caso das protecções não funcionarem ou
não existirem, poderá originar problemas de sobreaquecimento;

_____________________________________________________________________________________
190
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Sempre que se proceda a qualquer verificação ou trabalho de manutenção em


instalações ou equipamentos eléctricos deve, previamente, verificar-se se não
existe corrente eléctrica, utilizando aparelhos de medida apropriados;

 É fundamental, quando de operações de instalação e manutenção, utilizar


sempre ferramentas normalizadas e apropriadas para trabalhos eléctricos.

 O pessoal que procede à execução destas operações deverá também estar


equipado com "Equipamentos de Protecção Individual", principalmente óculos
de protecção para evitar possíveis projecções de metal fundido quando
ocorrem curto-circuitos, luvas dieléctricas apropriadas para a tensão aplicada
devem também ser usadas quando, por qualquer motivo, se está a trabalhar
com a instalação ou equipamento eléctrico em “tensão"

_________________________________________________

Agora que já analisaste o Texto de Apoio sobre “Segurança contra Riscos


Eléctricos”, responde às seguintes questões:

11. Quais são os efeitos mais frequentes que a corrente eléctrica produz no corpo
humano?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________
12. Define Electrocusão?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

1. No âmbito das instalações eléctricas quais são os tipos de riscos que pode uma
Pessoa sofrer?
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________

2. Existem dois tipos de ligação à terra. Diz quais são?


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

3. O que são os eléctrodos de terra?


___________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

4. Numa instalação eléctrica os riscos de incêndio e explosão são causados por


diversos motivos. Diz quais são esses motivos.
_____________________________________________________________________________________
191
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

5. Indica três regras para o uso correcto de equipamentos e instalações eléctricas?


_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

ESCOLA...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI

_____________________________________________________________________________________
192
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho


Ficha Formativa nº 10 – Sinalização de Segurança Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA

1. INTRODUÇÃO

A sinalização de segurança tem por objectivo chamar a atenção das pessoas,


de forma rápida e inequívoca, para as situações que, nos espaços onde elas se
encontram, comportem riscos para a sua segurança.

A sinalização de segurança deverá existir em todos os locais de trabalho,


qualquer que seja a actividade, para abranger quer os trabalhadores quer todos
aqueles que temporariamente aí se encontrem.

A sinalização de segurança e de saúde reveste várias formas – sinais coloridos;


acústicos; verbais; gestuais – adaptando-se à situação que pretendem prevenir, mas de
certo modo, todas elas se complementam entre si.

A forma utilizada, a cor, o número e dimensão dos sinais de segurança


dependerão da importância dos riscos, dos perigos existentes e da extensão da zona a
cobrir.

Todos os equipamentos de sinalização de segurança deverão ser mantidos em


bom estado de conservação (limpeza e funcionamento), não devendo ser confundida
ou afectada por qualquer outro tipo de sinalização ou fonte emissora estranha à
sinalização de segurança.

2. FORMAS DE SINALIZAÇÃO

A sinalização deve ser permanente para:

 Proibições;
 Avisos;

 Obrigações;

 Meios de salvamento ou de socorro;

 Equipamento de combate a incêndios;

 Assinalar recipientes e tubagens;

 Riscos de choque ou queda;

_____________________________________________________________________________________
193
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Vias de circulação;

A sinalização deve ser acidental para:

 Assinalar acontecimentos perigosos;


 Chamada de pessoas (bombeiros, enfermeiros, etc.);

 Evacuação de emergência;

 Orientação dos trabalhadores que efectuam manobras.

Se o grau de eficácia for igual, será necessário optar entre:

 Uma cor de segurança ou um pictograma para assinalar riscos;


 Sinais luminosos, acústicos ou comunicações verbais;

 Uma comunicação verbal ou um sinal gestual (para se fazer


compreender caso a distância seja considerável).

Certas formas de sinalização podem ser utilizadas em conjunto:

 Sinais luminosos e sinais acústicos;


 Sinais luminosos e comunicação verbal;

 Sinais gestuais e comunicação verbal.

Existem várias formas de sinalização universais e que se complementam entre


si:

 Sinais coloridos (pictogramas ou luminosos) para assinalar riscos ou


dar indicações;
 Sinais luminosos;

 Sinais acústicos habitualmente para assinalar situações de alarme e de


evacuação;

 Sinais gestuais para que, quando a comunicação de viva voz não seja
possível, se possam dar as indicações necessárias.

 Comunicação verbal

2.1 SINAIS COLORIDOS (PICTOGRAMAS)

A forma geométrica e o significado dos sinais de segurança, bem como a


combinação das formas e das cores e seu significado nos sinais estão indicados nos
quadros 1 e 2.

_____________________________________________________________________________________
194
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Quadro 1 – Formas Geométricas

Quadro 2 – Formas e Cores

As indicações que se seguem aplicam-se a toda a sinalização que contenha


uma cor de segurança:

Cor Significado ou finalidade Indicações e precisões

Sinal de proibição Atitudes perigosas.

Stop, pausa, dispositivos de corte


de emergência.
Perigo – Alarme
Vermelho
Evacuação.

Material e equipamento de
Identificação e localização.
combate a incêndios

Amarelo ou
Atenção, precaução.
Amarelo Sinal de aviso
Verificação.
alaranjado

Comportamento ou acção
específica;
Azul Sinal de obrigação
Obrigação de utilizar equipamento
de protecção individual.

Verde Sinal de salvamento ou de Portas, saídas, vias, material,


socorro postos, locais específicos.

_____________________________________________________________________________________
195
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Situação de segurança Regresso à normalidade.

As placas de sinalização devem obedecer às seguintes características:

 Corresponder às especificações definidas no quadro acima;


 Ser simples e resistentes;

 Ser visíveis e compreensíveis;

 Ser retiradas quando o risco desaparecer

2.1.1 SINAIS DE PROIBIÇÃO

Os sinais de proibição devem possuir as seguintes características intrínsecas:

 Forma redonda;
 Pictograma negro sobre fundo branco, margem e faixa (diagonal
descendente da esquerda para a direita, ao longo do pictograma, a
45º em relação à horizontal) vermelhas (a cor vermelha deve cobrir
pelo menos 35% da superfície da placa).

Sinais de Proibição

Proibição de Proibição de fazer Passagem proibida Proibição de Água não


fumar lume a peões apagar potável
e de fumar com água

Passagem proibida
Proibida a entrada
a veículos
a pessoas Não tocar
de movimento de
não autorizadas
cargas

_____________________________________________________________________________________
196
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2.1.2 SINAIS DE AVISO

Os sinais de aviso devem possuir as seguintes características intrínsecas:

 Forma triangular;
 Pictograma negro sobre fundo amarelo, margem negra (a cor amarela
deve cobrir pelo menos 50% da superfície da placa).

Sinais de Aviso

Substâncias Substâncias
Substâncias Substâncias tóxicas corrosivas Substâncias
explosivas
inflamáveis (1) radioactivas

Veículos de Perigo de
Perigos vários Raios laser Substâncias
movimentação electrocussão
de carga comburentes

Radiações não Forte campo


Tropeçamento
Queda com Risco biológico
ionizantes magnético desnível (2)

_____________________________________________________________________________________
197
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Substâncias nocivas
Baixa temperatura
ou irritantes (3)

Notas:

(1) - Na ausência de placa específica para alta temperatura


(2) - Pictograma previsto pela Directiva 90/679/CEE, relativa à protecção dos
trabalhadores contra riscos associados à exposição a agentes biológicos durante o
trabalho.
(3) - Excepcionalmente esta placa poderá ter fundo de cor alaranjada, se esta cor se
justificar pela existência de uma outra placa semelhante para a circulação rodoviária.

2.1.3 SINAIS DE OBRIGAÇÃO

Os sinais de obrigação devem possuir as seguintes características intrínsecas:

 Forma redonda;
 Pictograma branco sobre fundo azul, (a cor azul deve cobrir pelo
menos 50% da superfície da placa).

Sinais de Obrigação

Protecção
Protecção Protecção obrigatória Protecção obrigatória
obrigatória das vias
obrigatória dos olhos da cabeça dos ouvidos
respiratórias

Protecção Protecção obrigatória Protecção obrigatória Protecção


obrigatória dos pés das mãos do corpo obrigatória do rosto

_____________________________________________________________________________________
198
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Protecção individual Obrigações várias Passagem


obrigatória (acompanhada eventualmente de uma placa obrigatória
adicional) para peões
contra quedas

2.1.4 SINAIS DE SALVAMENTO OU DE EMERGÊNCIA

Os sinais de salvamento ou de emergência devem possuir as seguintes


características intrínsecas:

 Forma rectangular ou quadrada;


 Pictograma branco sobre fundo verde (a cor verde deve cobrir pelo
menos 50% da superfície da placa).

Sinais de Salvamento ou de Emergência

V ia / Saída de emergência

Direcção a seguir
(sinal de direcção adicional às placas apresentadas a seguir)

Telefone para
Primeiros Duche de Lavagem dos salvamento e
Maca
socorros segurança olhos primeiros
socorros

_____________________________________________________________________________________
199
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2.2 SINAIS LUMINOSOS

Os sinais luminosos devem possuir as seguintes características:

 Um contraste luminoso apropriado, isto é, em função do ambiente,


sem provocar encandeamento pela sua intensidade excessiva ou má
visibilidade por ser insuficiente;
 Uma cor uniforme, harmonizada (com as cores definidas em termos de
segurança), ou um pictograma sobre um fundo determinado, que
corresponda às especificações acima citadas:

De cor vermelha: Proibição·perigo, alarme, evacuação, etc.,

De cor amarela: Aviso·precaução, verificação,

De cor azul: Obrigação,

De cor verde: Situação de segurança, salvamento, socorro


De acordo com as prescrições das placas
Com cores contrastantes
correspondentes
Os sinais luminosos devem ser utilizadas da seguinte forma:

 Sinal contínuo ou intermitente:


- indica um perigo ou uma emergência;
 Duração da intermitência:
- para assegurar uma boa percepção da mensagem e para evitar
confusões entre diferentes sinais;

 Utilização acompanhada de um código acústico:


em complemento ou em sua substituição, o código deve ser
idêntico;

 O sinal luminoso ou de perigo grave deve ser vigiado ou estar munido


de uma lâmpada auxiliar.

2.3 SINAIS ACÚSTICOS

Os sinais acústicos devem possuir as seguintes características:

 Ter um nível sonoro nitidamente superior aos níveis do ruído


ambiente, sem ser doloroso ou excessivo;
 Ser facilmente reconhecível:
- pela sua duração, por emissões sonoras intermitentes e pelas suas
características bem distintas dos outros ruídos ambiente e sinais
acústicos.

_____________________________________________________________________________________
200
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Código: o som de um sinal de evacuação deve ser contínuo.

2.4 SINAIS GESTUAIS

A directiva prevê um conjunto de sinais gestuais que podem ser utilizados nos
estaleiros, nas empresas ou em qualquer outra actividade industrial.

Cabe ao Instituto de Desenvolvimento e Inspecção das Condições de Trabalho,


após proceder à consulta dos representantes dos trabalhadores para a segurança,
higiene e saúde no trabalho, dispensar, mediante requerimento do interessado, total,
parcial ou temporariamente, desde que sejam tomadas medidas alternativas capazes
de garantir o mesmo nível de protecção.

Com efeito, em numerosos domínios de manutenção ou movimentação de


equipamentos ou produtos, os hábitos antigos com provas dadas podem valer mais do
que códigos novos, que podem ser menos eficazes por estarem menos bem
assimilados.

2.4.1 CARACTERÍSTICAS DOS SINAIS GESTUAIS

 Um sinal gestual deve ser simples, preciso, fácil de executar e de


compreender: deve ser diferente dos outros sinais;
 A utilização dos dois braços pode ser simultânea, simétrica e para um
único sinal;

 Podem ser utilizados outros sinais gestuais mas com um significado e


uma compreensão equivalentes (Atenção!).

2.4.2 REGRAS DE UTILIZAÇÃO

Distinguem-se pelo menos dois tipos de intervenientes:

O sinaleiro

 Deve poder seguir o conjunto das manobras comandadas sem ser


posto em perigo por elas;
 Deve dedicar-se exclusivamente ao comando das manobras (não
executar outra tarefa ao mesmo tempo

_____________________________________________________________________________________
201
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

O operador

 É o receptor dos sinais, que executa a manobra;


 Deve suspender a manobra, caso esta não possa ser executada
com segurança, e pedir novas instruções.

Para que o sinaleiro possa ser facilmente visto pelo operador, devem ser
usados os seguintes acessórios: casaco, capacete, mangas, braçadeiras, etc.

2.4.3 GESTOS CODIFICADOS A UTILIZAR

1. Gestos de carácter geral

Significado Descrição Ilustração

INÍCIO Ambos os braços abertos horizontalmente, palmas


Atenção das mãos voltadas para a frente
Comando assumido

STOP Braço direito levantado, palma da mão direita para a


Interrupção frente
Fim do movimento

FIM Mãos juntas ao nível do peito


das operações

2. Movimentos verticais

Significado Descrição Ilustração


Braço direito estendido para cima, com a palma da mão
SUBIR virada para a frente descrevendo um círculo
lentamente

Braço direito estendido para baixo, com a palma da


DESCER mão virada para dentro descrevendo um círculo
lentamente

DISTÂNCIA VERTICAL Mãos colocadas de modo a indicar a distância

3. Movimentos horizontais

_____________________________________________________________________________________
202
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Significado Descrição Ilustração


Ambos os braços dobrados, palmas das mãos voltadas
AVANÇAR para dentro; os antebraços fazem movimentos lentos
em direcção ao corpo

Ambos os braços dobrados, palmas das mãos voltadas


RECUAR para fora; os antebraços fazem movimentos lentos
afastando-se ao corpo
Braço direito estendido mais ou menos
PARA A DIREITA
horizontalmente, com a palma da mão direita voltada
relativamente ao
para baixo, fazendo pequenos movimentos lentos na
sinaleiro
direcção pretendida
Braço esquerdo estendido mais ou menos
PARA A ESQUERDA
horizontalmente, com a palma da mão esquerda
relativamente ao
voltada para baixo, fazendo pequenos movimentos
sinaleiro
lentos na direcção pretendida

DISTÂNCIA
Mãos colocadas de modo a indicar a distância
HORIZONTAL

4. Perigo

Significado Descrição Ilustração


PERIGO
Ambos os braços estendidos para cima com as palmas
Stop ou paragem
das mãos voltadas para a frente
de emergência

Os gestos codificados que comandam os movimentos


MOVIMENTO RÁPIDO
são executados com rapidez

Os gestos codificados que comandam os movimentos


MOVIMENTO LENTO
são executados muito lentamente

Tal como atrás é referido não são excluídos outros sinais codificados ou outros
sinais gestuais habitualmente utilizados e que têm em vista as mesmas manobras.

2.5 COMUNICAÇÃO VERBAL

Comunicação verbal só é possível quando o ruído ambiente é pouco elevado.


A partir do momento em que um ruído seja susceptível de a tornar inteligível, é mais
prudente utilizar a comunicação gestual ou sinais codificados.

A comunicação verbal deverá cumprir as seguintes características:

 Uma linguagem constituída por textos curtos, de grupos de palavras ou


de palavras eventualmente codificadas;
_____________________________________________________________________________________
203
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 A comunicação deve ser segura: palavras simples, claras e suficientes;

 Comunicação directa ou indirecta: intercomunicador ou megafone.

NOTA: Sempre que se utilizar um aparelho ou meio indirecto, é importante falar


lentamente.

3. SINAIS RELATIVOS A OBSTÁCULOS E LOCAIS PERIGOSOS

A sinalização de obstáculos e locais permanentemente perigosos, tais como


degraus de escadas, buracos no pavimento ou locais que apresentem um risco de
choque, quedas ou passos em falso, ou ainda risco de queda de materiais, deverá ser
feita com a ajuda de faixas com a mesma largura e de cor amarela em alternância com
a cor negra, ou de cor vermelha em alternância com a cor branca.

Esta sinalização deve ter em conta as dimensões do obstáculo ou do local


perigoso a assinalar, e deve ser usada sempre e onde houver riscos de choque contra
obstáculos, de queda de objectos ou de queda de pessoas.

(a assinalar, por exemplo, degraus de escada, mudanças de nível, área de deslocação


de portas automáticas, etc.)

4. SINAIS RELATIVOS A RECIPIENTES E TUBAGENS

Os recipientes que contenham substâncias ou preparações perigosos, bem


como as tubagens visíveis que os contenham, deverão estar rotulados sob a forma de
pictogramas sobre fundo colorido, como indicado no referido diploma, ou sinalizados
por meio de placas com o sinal de aviso adequado e informação complementar,
nomeadamente a fórmula química da substância ou preparado perigoso e pormenores
sobre os riscos.

5. SINALIZAÇÃO DAS VIAS DE CIRCULAÇÃO

Quando a protecção dos trabalhadores o exija, as vias de circulação de


veículos deverão ser identificados com faixas contínuas que podem ser brancas ou
amarelas, localizadas de modo a garantir as distâncias de segurança necessárias, quer
entre os veículos e trabalhadores, quer entre ambos e os objectos ou instalações que
possam encontrar-se na vizinhança.

_____________________________________________________________________________________
204
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 11 – Sinalização de Segurança (Questionário) Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

Tendo analisado o Texto de Apoio sobre “Sinalização de Segurança e Saúde”,


responde às seguintes questões:

1. Qual o objectivo da sinalização de segurança?


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

2. Indica e descrimina quais as formas de sinalização que devem existir?


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
205
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

3. Existem várias formas de sinalização universais e que se complementam entre


si. Indica quais são e a sua utilização.
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

4. Os Sinais de Proibição devem possuir determinadas características. Indica


quais?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
5. Indica quais as características específicas que os Sinais de Obrigação devem ter.

____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

6. Os Sinais de Aviso também possuem determinadas características. Indica


quais?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
206
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
7. Observa os seguintes sinais e diz o seu significado?

____________________________________________________________
_______________________________

____________________________________________________________
________________________________

__________________________________________________________
_____________________________

__________________________________________________________
_____________________________

___________________________________________________________
______________________________

___________________________________________________________
_______________________________

_________________________________________________________
______________________________

_____________________________________________________________________________________
207
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

8. Os sinais luminosos contêm algumas características. Completa o quadro que se


segue:

De cor vermelha

De cor amarela

De cor azul

De cor verde
Com cores contrastantes

9. Os Sinais Gestuais devem possuir determinadas indicações. Indica quais?


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
10. Quais são os intervenientes na utilização dos Sinais Gestuais? Refere as regras
de utilização de um desses intervenientes.
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
____________________________

11. Observa o quadro que se segue sobre os Gestos Codificados a Utilizar pelos
intervenientes dos Sinais Gestuais e completa-o.

_____________________________________________________________________________________
208
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Significado Descrição Ilustração


Braço direito estendido para cima, com a palma da mão
virada para a frente descrevendo um círculo
lentamente

DESCER

Mãos colocadas de modo a indicar a distância

12. Diz como deve ser feita a sinalização relativa a obstáculos e locais perigosos?

____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

13. Em relação aos sinais relativos a recipientes e tubagens, explica como se deve
proceder para a sua sinalização.
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
ESCOLA...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 12 – Equipamentos de Trabalho e de Protecção Ano Lectivo 2005/2006

_____________________________________________________________________________________
209
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Nome:_____________________________________ Nº_____

EQUIPAMENTO DE TRABALHO E DE PROTECÇÃO INDIVIDUAL

A Directiva 89/655/CEE e posteriores alterações veio estabelecer as


prescrições mínimas de segurança e de saúde para a utilização pelos trabalhadores de
equipamentos de trabalho, no trabalho.

Os equipamentos novos devem, pois, duma forma geral, estar equipados com
a marca CE que certifique a sua conformidade com as directivas comunitárias.

Nesta directiva são definidos:

 "Equipamento de trabalho": qualquer máquina, aparelho, ferramenta ou


instalação utilizado no trabalho,
 "Utilização do equipamento de trabalho": qualquer actividade relativa a
um equipamento de trabalho,

 "Zona perigosa": qualquer zona dentro e/ou em torno de um equipamento


de trabalho,

 "Trabalhador exposto": que se encontre totalmente ou em parte numa


zona perigosa,

 "Operador" ou os trabalhador (es) encarregados da utilização de um


equipamento de trabalho,

As obrigações das entidades patronais, nesta matéria devem ser:

 Escolher os equipamentos de trabalho em função das características


específicas do trabalho e dos riscos para os trabalhadores com vista a
eliminar, ou pelo menos, minimizar os riscos. A utilização, a manutenção
ou a reparação de equipamentos de trabalho que apresentem riscos
específicos estão reservadas aos trabalhadores que estejam
especificamente habilitados para o efeito;
 Fornecer aos trabalhadores informações adequadas e folhetos de
informação sobre os equipamentos de trabalho, que contenham, no
mínimo, as indicações do ponto de vista da segurança e da saúde;

 Dar uma formação adequada aos trabalhadores incumbidos da utilização


dos equipamentos de trabalho, inclusivamente sobre os riscos que,
eventualmente, possam decorrer dessa utilização;

 Zelar por que os equipamentos de trabalho, cuja segurança dependa das


condições de instalação, sejam sujeitos a uma verificação inicial e a uma
verificação após cada montagem;

_____________________________________________________________________________________
210
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Zelar por que os equipamentos de trabalho sejam alvo de verificações


periódicas e de verificações excepcionais sempre que se produzam
acontecimentos excepcionais susceptíveis de ter tido consequências
nefastas para a segurança do equipamento de trabalho;

 Ao aplicar as prescrições mínimas de segurança, a entidade patronal


deve ter em conta o posto de trabalho e a posição dos trabalhadores
aquando da utilização do equipamento, bem como os princípios
ergonómicos.

 Deve ser chamada a atenção dos trabalhadores para os riscos presentes


na proximidade imediata do respectivo posto de trabalho;

1. PRINCIPAIS PRESCRIÇÕES MÍNIMAS PREVISTAS NA DIRECTIVA

1.1- Sistemas de comando

Os sistemas de comando devem ser bem visíveis, estar claramente


identificados e equipados com um comando à distância, quando possível, fora da zona
perigosa e com uma paragem de emergência, que complete o comando de paragem
normal.

A ordem de paragem tem prioridade sobre as ordens de arranque.

1.2- Dispositivos de segurança e protecção

Estes dispositivos devem ser robustos, solidamente fixados mas, todavia,


concebidos de modo a poderem ser desmontados, de forma a ser possível aceder à
zona perigosa ou ao equipamento, sem gerar riscos adicionais.

1.3- Iluminação

A iluminação das zonas de trabalho e de manutenção deve ser suficiente, em


função dos trabalhos que nela são efectuados.

1.4- Dispositivos de alerta

Estes dispositivos devem ser facilmente percebidos (sobrepor-se ao ruído


ambiente, se se tratar de um sinal sonoro) e a sua interpretação deve ser imediata e
sem ambiguidade.

1.5- Manutenção

A manutenção deve ser efectuada com o equipamento parado. Caso tal não
seja possível, devem ser tomadas medidas de protecção adequadas.

_____________________________________________________________________________________
211
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2. EQUIPAMENTOS DE PROTECÇÃO INDIVIDUAL

A Directiva 89/656/CEE estabelece as prescrições mínimas de segurança e de


saúde para a utilização, pelos trabalhadores, de Equipamentos de Protecção Individual
(EPI) no trabalho.

2.1- Definição de EPI

Qualquer equipamento destinado a ser usado ou detido pelo trabalhador para


a sua protecção contra um ou mais riscos susceptíveis de ameaçar a sua segurança ou
saúde no trabalho.
É pois necessário que o equipamento em questão se destine especificamente a
proteger a saúde e a segurança do trabalhador no trabalho, excluindo qualquer outro
objectivo de interesse geral para a empresa.

2.2- Como avaliar e concluir da necessidade do uso de um EPI

Os principais riscos que é necessário evocar são:

quedas
choques, golpes, impactes,
compressões
Mecânicos perfurações, cortes,
abrasões
vibrações
Riscos físicos Escorregadelas
Calor, chamas
Térmicos
frio
Eléctricos
Não ionizantes
Radiações
ionizantes
Ruído
poeiras
Aerossóis fumos
névoas
Riscos químicos
imersões
Líquidos
salpicos, projecções
Gases e vapores
Bactérias patogénicas
Vírus patogénicos
Riscos biológicos Fungos produtores de micoses
Antigénicos biológicos não
microbianos
_____________________________________________________________________________________
212
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Um EPI deve:

 Estar munido da etiqueta CE;


 Ser apropriado aos riscos corridos;
 Proteger realmente;
 Ser confortável, bem conservado e bem utilizado;
 Não deve perturbar o trabalho;
 Deve ser usado permanentemente enquanto durar a exposição ao risco
contra o qual oferece protecção.
Deve-se ter sempre em conta que a protecção colectiva é prioritária, os EPI são
a última defesa contra riscos.

Os tipos de dispositivos de protecção individual que se devem utilizar são:

 Protecção da cabeça;
 Protecção dos olhos e rosto;
 Protecção das vias respiratórias;
 Protecção dos ouvidos;
 Protecção do tronco;
 Protecção das mãos e membros superiores;
 Protecção dos pés e membros inferiores;
 Protecção contra quedas. Cinto de segurança.

_____________________________________________________________________________________
213
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
214
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
215
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 13 – Equipamento de Protecção Individual (Questi) Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

Tendo analisado o Texto de Apoio sobre “Equipamento de Trabalho e de


Protecção Individual”, responde às seguintes questões

1. Numa das Directivas da CEE, foram definidos determinados critérios para a


marca CE para certificar o Equipamento de Trabalho. Diz quais foram esses
critérios?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

2. Indica algumas das obrigações das entidades patronais sobre os Equipamentos


de Trabalho?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
___________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
216
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

3. Em relação à Iluminação e à Manutenção num local de trabalho, quais os


cuidados que se vem observar?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

4. Define EPI.
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

5. Indica quais são os principais riscos que um trabalhador pode ter no seu local
de trabalho?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
6. Aponta quais os principais riscos mecânicos e térmicos que um trabalhador
pode ter.

_____________________________________________________________________________________
217
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
__________________________________________
7. Um EPI deve ter características específicas. Indica-as?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

8. Quais os tipos de dispositivos de protecção individual que se devem utilizar no


local de trabalho?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

9. Como sabes existem vários tipos de dispositivos de protecção das vias


respiratórias. Como se classificação esses dispositivos?
____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
218
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

10. Para a protecção de mãos e membros superiores utilizam-se alguns dispositivos.


Indica quais são e os matérias utilizados na sua confecção?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

11. Os elevados níveis de ruído num ambiente de trabalho, podem provocar lesões
graves. Indica de que forma o trabalhador pode melhorar esta situação?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

12. Os olhos são órgãos bastante sensíveis e estão sujeitos a acções de vários tipos.
Indica quais são essas acções e como o trabalhador pode proteger-se contra as
agressões que pode ter nos seus olhos?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
219
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

13. Analisa a figura atentamente e comenta-a.

____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

ESCOLA...

_____________________________________________________________________________________
220
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 14 – Ergonomia e Posto de Trabalho Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

ERGONOMIA E POSTO DE TRABALHO

A Ergonomia, em grego ergon (trabalho) e nomos (regras), visa melhorar o


conforto, segurança, saúde e a eficiência no trabalho e em geral das condições de vida,
tendo em conta as capacidades, limitações físicas e psicológicas da pessoa, podendo
também, através da sua aplicação, ajudar a prevenir erros e acidentes.

A Ergonomia estuda vários aspectos da relação da pessoa com as condições de


trabalho, desde a sua postura e movimentos corporais (sentados, em pé, estáticos e
dinâmicos, em esforço ou não), aos factores ambientais (os ruídos, vibrações,
iluminação, clima e agentes químicos), aos equipamentos, sistemas de controlo,
cargos e tarefas desempenhadas.

Se todos estes factores forem conjugados adequadamente, proporcionarão


ambientes seguros, saudáveis, confortáveis e eficientes, quer nos locais de trabalho,
quer nos espaços destinados à nossa vida quotidiana.

Uma intervenção Ergonómica pode pois realizar-se tanto na fase de projecto de


uma organização, como durante a instalação e equipamento dos Postos de Trabalho,
ou, finalmente, na correcção de problemas detectados à posteriori. Neste momento é
que os responsáveis melhor verificam a necessidade de intervenção; é também quando
esta é mais difícil e onerosa.

1. ERGONOMIA PREVENTIVA

É o estudo do Posto de Trabalho na fase de projecto, actualizado ao longo do


tempo, para que possa manter-se, tanto quanto possível, adequado às necessidades e
características das pessoas que ali trabalham, e não o contrário.

2. O HOMEM E O POSTO DE TRABALHO

Toda e qualquer actividade física do homem põe em acção determinados


grupos musculares suportados pela nossa estrutura óssea, quer se trate de tarefas
dinâmicas, exigindo movimentos regulares mais ou menos acentuados e contracção e
relaxamento dos músculos respectivos, quer se trate de tarefas estáticas em que
apenas se dá contracção.

Estas contracções mais ou menos acentuadas, no exercício de uma actividade,


originam a maior ou menor prazo fadiga muscular, a qual pode ser agravada por certos
factores como uma postura física inadequada.

Basicamente há dois tipos de postos de trabalho:


_____________________________________________________________________________________
221
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Sentado
 De pé

A)- Posto de Trabalho de Pé

Muito comum na indústria, e no sector terciário, comércio e serviços, tem


alguns inconvenientes, entre os quais se salientam:

 A circulação nas pernas faz-se mais lentamente;


 O repouso do corpo sobre uma superfície muito pequena;

 A manutenção prolongada do equilíbrio conduzindo a uma tensão muscular


constante, que aumenta quando o corpo se inclina;

 A habilidade manual diminui pelo facto de haver uma tensão muscular


permanente.

Por esta razão impõem-se certas regras quando da criação de um posto de


trabalho em pé, de forma a diminuir o esforço e a consequente fadiga, aumentando a
eficácia do trabalhador:

 O posto de trabalho deve estar situado, como regra geral, ao nível dos
cotovelos do utilizador, variando as alturas em função do esforço físico e da
precisão de
movimentos
exigidos (e
em função da
altura do
operador), de
forma a
poder
posicionar-se correctamente a coluna vertebral.
 O operador deve poder aproximar-se o mais possível do posto de trabalho,
pelo que é necessário existir um vão para a colocação dos pés.

_____________________________________________________________________________________
222
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

B)- Posto de Trabalho Sentado

A posição sentado elimina alguns inconvenientes da posição de pé,


nomeadamente porque aumenta a superfície de apoio do operador. No entanto, para
maior eficácia, é importante respeitar algumas regras genéricas:

 O plano de trabalho deve fazer um ângulo aproximado de 90º com a


coluna vertebral do operador;
 O espaço para as pernas deve ser suficientemente amplo para
permitir liberdade de
movimentos;

 O assento deve estar


adaptado à função
específica do operador e
ser adaptável à estrutura
deste, através de um
apoio de costas,
regulável em
profundidade e altura
para poder suportar a região lombar de forma adequada, permitindo
a diminuição das tensões musculares estáticas;

 Ter área suficiente para assegurar uma boa estabilidade e conforto;

_____________________________________________________________________________________
223
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 O apoio dos pés deve ter área suficiente para um posicionamento


confortável e estar regulado (em altura e inclinação) de acordo com a
estrutura do operador e com as características do posto de trabalho.

C)- Zona de Trabalho

Para se conseguir uma postura correcta no posto de trabalho, seja em pé ou


sentado, é necessário prever uma zona de trabalho óptima, a que se obtém
descrevendo arcos de círculo tendo por raio o comprimento do ante-braço (com o
punho fechado), onde decorrerão as tarefas mais delicadas exigindo mais precisão, e
uma zona de manuseamento máxima, que se obtém descrevendo cobre o plano de
trabalho arcos de círculo tendo por raio o comprimento do braço estendido (com o
punho fechado), sem que a altura desta zona ultrapasse a linha dos ombros.

Tudo o que se situe para além das zonas definidas obrigará a movimentos
anormais da coluna vertebral e a fadiga antecipada, com reflexos na saúde dos
intervenientes e na respectiva produtividade.

O plano inclinado diminui a fadiga visual (supondo que a iluminação é a


adequada) e favorece a manutenção da coluna vertebral em posição adequada.

Para terminar, é importante frisar que o posto de trabalho que permite a


melhor adaptação do operador à sua função é aquele que permite manter, seja em
posição em pé ou sentado, o seu conforto.

_____________________________________________________________________________________
224
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 15 – Ergonomia e Posto de Trabalho (Q1) Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

Tendo analisado o Texto de Apoio sobre “Ergonomia e o Posto de Trabalho”,


responde às seguintes questões:

13. Diz o que estuda a Ergonomia?


a. A Ergonomia estuda vários aspectos da relação da pessoa com as
condições de trabalho, desde a sua postura e movimentos corporais

14. Quando se deve efectuar uma intervenção Ergonómica nos postos de


trabalho?
a. Uma intervenção Ergonómica pode pois realizar-se tanto na fase de
projecto de uma organização, como durante a instalação e
equipamento dos Postos de Trabalho,

15. Indica quais os inconvenientes do posto de trabalho em pé?


a. A circulação nas pernas faz-se mais lentamente;

b. O repouso do corpo sobre uma superfície muito pequena;

c. A manutenção prolongada do equilíbrio conduzindo a uma tensão


muscular constante, que aumenta quando o corpo se inclina;

d. A habilidade manual diminui pelo facto de haver uma tensão muscular


permanente.

16. Indica as regras que se devem aplicar quando da criação de um posto de


trabalho em pé, de forma a diminuir o esforço e a consequente fadiga do
trabalhador.

_____________________________________________________________________________________
225
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

a. O posto de trabalho deve estar situado, como regra geral, ao nível dos
cotovelos do utilizador,
b. O operador deve poder aproximar-se o mais possível do posto de
trabalho, pelo que é necessário existir um vão para a colocação dos
pés.

17. A posição sentada elimina alguns inconvenientes da posição de pé,


nomeadamente porque aumenta a superfície de apoio do operador. Indica 3
regras que se deve atender?
 O plano de trabalho deve fazer um ângulo aproximado de 90º
com a coluna vertebral do operador
 O espaço para as pernas deve ser suficientemente amplo para
permitir liberdade de movimentos;
 O assento deve estar adaptado à função específica do operador e
ser adaptável à estrutura deste, através de um apoio de costas,
 Ter área suficiente para assegurar uma boa estabilidade e
conforto;
 O apoio dos pés deve ter área suficiente para um posicionamento
confortável e estar regulado (em altura e inclinação) de acordo
com a estrutura do operador e com as características do posto de
trabalho.

18. Para se conseguir uma postura correcta no posto de trabalho, seja em pé ou


sentado, é necessário prever uma zona de trabalho óptima. Indica as
condições que se deve observar na zona de trabalho óptima

 Uma zona de trabalho óptima, a que se obtém descrevendo


arcos de círculo tendo por raio o comprimento do ante-braço
(com o punho fechado), onde decorrerão as tarefas mais
delicadas exigindo mais precisão, e uma zona de manuseamento
máxima,

_____________________________________________________________________________________
226
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 16 – Ergonomia e Posto de Trabalho (Q2) Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

Tendo analisado o Texto de Apoio sobre “Ergonomia e o Posto de Trabalho”,


responde às seguintes questões:

1. Diz o que estuda a Ergonomia?


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

Quando se deve efectuar uma intervenção Ergonómica nos postos de trabalho?


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
227
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

2. Indica quais os inconvenientes do posto de trabalho em pé?


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

3. Indica as regras que se devem aplicar quando da criação de um posto de


trabalho em pé, de forma a diminuir o esforço e a consequente fadiga do
trabalhador.
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

4. A posição sentada elimina alguns inconvenientes da posição de pé,


nomeadamente porque aumenta a superfície de apoio do operador. Indica 3
regras que se deve atender?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
228
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
5. Para se conseguir uma postura correcta no posto de trabalho, seja em pé ou
sentado, é necessário prever uma zona de trabalho óptima. Indica as condições
que se deve observar na zona de trabalho óptima
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
____________________________

_____________________________________________________________________________________
229
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 17 – Ergonomia: O Ruído Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

ERGONOMIA – O RUÍDO NOS LOCAIS DE TRABALHO

A existência em Portugal, só no ano de 2001, de 3 500 casos de surdez


profissional alerta-nos para a importância do ruído, factor que está na origem directa
deste problema.

Não há locais de trabalho sem ruído. Toda a tarefa desenvolve um mínimo de


ruído, por pouco que seja, pelo que nos habituamos a viver com ele.

A existência de grande número de ferramentas, equipamentos mecânicos de


diversa ordem, a funcionar em simultâneo, transmitem ao ambiente, seja através de
corpos sólidos, seja através doar, ondas sonoras a que chamamos ruído – em
linguagem comum, som desagradável ou inoportuno.

Esses ruídos a que todos os trabalhadores estão sujeitos, mais ou menos


intensos conforme se trata de um armazém, de uma oficina, têm características
diferentes consoante os casos: umas vezes é contínuo, noutras intermitente, noutras
ainda um impulso isolado e inesperado.

A partir de um certo nível os ruídos tornam-se prejudiciais, mostrando a


experiência que, para além de um certo limite, diminui a capacidade de concentração,
aumenta a irritabilidade e probabilidade de ocorrência de acidentes, diminuindo a
produtividade, dando origem a fadiga anormal, tensão acrescida e alterações

_____________________________________________________________________________________
230
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

fisiológicas diversas, podendo mesmo chegar à rotura do tímpano (no caso do ruído
súbito muito intenso) ou à surdez profissional (no caso de exposição prolongada).

Dado que o ruído resulta de uma alteração da pressão acústica, podemos medi-lo e a
unidade de medida é o decibel e assim verificar quais os valores que cada local de
trabalho apresenta, a fim de encontrar soluções adequadas a cada situação para
diminuir riscos potenciais.
A acuidade (capacidade) auditiva de cada trabalhador pode ser avaliada através
de um exame audiométrico. Verifica-se que a maior sensibilidade auditiva se encontra,
em regra, nos indivíduos mais jovens, diminuindo lentamente com a idade.
As condições de ruído a que os ouvidos estão habitualmente submetidos, em
particular no local de trabalho, determinarão maior ou menor perda. Concretamente, a
exposição prolongada a um nível de ruído equivalente a 85 decibéis ou superior é
considerada como perigosa e o risco aumenta com o aumento da intensidade do ruído.
A prevenção do ruído pode e deve ser feita logo na fase de concepção de
qualquer projecto de empresa, para que seja o mais racional possível, tendo em conta
as características dos equipamentos, a implantação ideal dos mesmos, a insonorização
necessária, etc.
As medidas de protecção colectiva, enquanto correcção de situações existentes
é menos eficaz, eventualmente mais cara, mas desejável, consistindo na redução dos
níveis de ruído para valores aceitáveis, e pode consistir na:
 Insonorização de fontes de ruído mais significativas (colocação de um
resguardo numa máquina, por
exemplo. (fig. 1)
 Insonorização dos locais de
trabalho, em relação ao exterior;
_____________________________________________________________________________________
231
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Substituição de equipamentos ou componentes excessivamente ruidosos;


 Colocação de amortecedores nos equipamentos mais ruidosos;
 Separação e revestimento dos diversos locais com painéis absorventes;

A protecção individual deve ter lugar quando existe real impossibilidade de


recorrer às soluções anteriores. Consiste em fazer baixar o nível geral do ruído audível
por cada trabalhador através de:
 Isolamento do trabalhador em relação á fonte de ruído

 Uso de capacete que proteja o ouvido e o crânio;


 Utilização de um tapa-orelhas externo;
 Utilização de um rolhão auditivo (de algodão ou sintético) interno;
 Limitação do tempo de exposição de cada trabalhador, através da rotação de
postos de trabalho ou de intervalos regulares.

Em qualquer situação impõem-se a vigilância médica regular do trabalhador, de


preferência por um serviço de Medicina no Trabalho, ao trabalhador exposto a níveis

_____________________________________________________________________________________
232
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

de ruído superiores a 70 decibéis, uma vez que a surdez é irreversível: o trabalhador


não a recupera, mesmo que seja retirado do posto de trabalho.

_____________________________________________________________________________________
233
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 18 – Ergonomia: O Ruído (Questionário) Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

Tendo analisado o Texto de Apoio sobre “O Ruído nos locais de Trabalho”,


responde às seguintes questões:

1. Indica quais as características que determinados ruídos podem originar?


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

2. A partir de um certo nível os ruídos tornam-se prejudiciais. Diz o que pode


originar no trabalhador o ruído?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
234
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

3. Quando deve ser efectuada a prevenção do ruído no local de trabalho?


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
4. Indica as medidas de protecção colectivas que se devem efectuar nos postos de
trabalho.
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

5. A protecção individual nos postos de trabalho deve ter lugar quando existe real
impossibilidade de recorrer à protecção colectiva. Indica as medidas que se
podem efectuar.
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
235
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
6. Aponta alguns efeitos potenciais do ruído, no sistema nervoso central e na
visão.
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
_________________________________________________________________
________________________________

ESCOLA...

_____________________________________________________________________________________
236
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 19 – Ergonomia: A Iluminação Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

ERGONOMIA – A ILUMINAÇÃO NOS LOCAIS DE TRABALHO

Na sociedade moderna as pessoas passam a maior parte do tempo em


ambientes iluminados artificialmente. Assim é necessário que se tenham uma boa
iluminação no posto de trabalho, pois irá ocasionar:
 Aumento da produtividade
 Gera um ambiente com mais conforto
 Reduz os acidentes de trabalho.

1. CONFORTO VISUAL

È entendido como a existência de um conjunto de condições, num determinado


ambiente, no qual o ser humano pode desenvolver suas tarefas visuais com o máximo
de acuidade e precisão visual.
O nosso sistema não somente percebe a radiação dentro de uma faixa, mas
também é capaz de descriminar diferentes comprimentos de ondas para produzir a
sensação de cor.
A QUALIDADE DA ILUMINAÇÃO ARTIFICIAL de um ambiente de trabalho dependerá
fundamentalmente das seguintes condições:
 Da adequação ao tipo de actividade prevista;
 Da limitação do encadeamento;
 Da distribuição conveniente das lâmpadas;
 Da harmonia da cor da luz com as cores predominantes do local.

_____________________________________________________________________________________
237
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Um aspecto importante a evitar em termos de Segurança no Trabalho é a FADIGA


VISUAL, que se manifesta por uma série de sisntomas de incomodidade que vão desde
uma visão toldada até dores de cabeça, contracção dos músculos faciais e mesmo por
uma postura geral do corpo incorrecta. As pausas na observação têm um efeito
benéfico sobre este tipos de fadiga.
2. NECESSIDADE DE UMA BOA DISTRIBUIÇÃO DE LUZ

Um nível de iluminação muito elevado é geralmente desaconselhável na


prática. Na prática DEVEM SER EVITADOS: tampos de mesa reflectores, tábuas pretas
em paredes brancas, paredes brancas brilhantes com soalhos escuros, elementos
de máquinas polidos.
Assim pode-se aplicar o seguinte:

 Para Tarefas Normais (leitura de documentos, montagens de peças e


operações com máquinas) recomenda-se:

 200 lux - para tarefas com bom contrastes, sem necessidade


de percepção de muitos detalhes;
 aumentar a intensidade luminosa à medida que o contraste
diminui e se exige a percepção de muitos detalhes;
 uma intensidade maior pode ser necessária reduzir as
diferenças de brilhos no campo visual, ex.: na presença de uma
lâmpada ou de uma janela no campo visual.

 Para Tarefas Especiais (tarefas de inspecção, nos pequenos detalhes que


devem ser detectados ou quando o contraste é pequeno) recomenda-
se:

 colocar um foco de luz diretamente sobre a tarefa;


 admiti-se que, neste caso, o nível pode chegar até 3000 lux.
 considerar que níveis muito elevados provocam fadiga visual.
_____________________________________________________________________________________
238
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

3. SISTEMA DE ILUMINAÇÃO

Para aumentar a eficiência e a qualidade dos ambientes de trabalho deve-se


usar o complemento entre a luz artificial (lâmpadas, luminárias e sistemas de
controles) e a luz natural (janelas, portas).
As lâmpadas existem em diferentes tipos e as mais diversas aplicações:

 Incandescentes - irradiação por efeito térmico (dissipação de calor, provoca


ofuscamento). Lâmpadas comuns - refletores - halógena;

 Fluorescentes - descarga gasosa. Desvantagem: efeito estroboscópico (as


lâmpadas piscam na mesma freqüência da tensão de alimentação).

4. MANUTENÇÃO DAS INSTALAÇÕES DE ILUMINAÇÃO

A MANUTENÇÃO DA REDE de iluminação deve ser cuidadosamente planeada, por


razões de ordem técnica e económica.
Um primeiro e importante cuidado a ter é a limpeza periódica das iluminárias,
a fim de que o rendimento das mesmas não seja afectado pela acumulação das

_____________________________________________________________________________________
239
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

poeiras. Também o estado das paredes e dos tectos deverá ser regularmente
verificado.
É igualmente importante a existência de uma boa ventilação.
Outro aspecto importante a considerar é o da substituição, em grupo, das
lâmpadas fluorescentes.
Outra vantagem de uma acção preventiva deste tipo é o melhor
aproveitamento da mão-de-obra responsável, permitindo ainda a execução da tarefa a
uma hora conveniente, fora do horário normal de serviço ou quando de uma paragem
da produção.
A substituição em grupo comporta, pois, menores custos e beneficia a
conservação da própria iluminação.

5. EFEITOS PSICOLÓGICOS DA COR

Os EFEITOS PSICOLÓGICOS DA COR são ilusões ópticas e outros fenómenos psíquicos


induzidos pela cor.
Determinadas cores têm efeitos psicológicos específicos, embora sujeitos a
variações individuais.
As ilusões cromáticas mais importantes dizem respeito à distância,
temperaturas e efeitos na afectividade psiquica em geral.
O quadro abaixo sintetiza esses EFEITOS ILUSÓRIOS:

Cor Efeito de distãncia Efeito de temperatura Efeito psíquico

Azul afastamento frio calmante

Verde afastamento frio a neutro muito calmante


muito estimulante,
Vermelho aproximação quente
cansativo
Laranja muita aproximação muito quente excitante

Amarelo aproximação muito quente excitante


_____________________________________________________________________________________
240
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

muita aproximação
Castanho neutro excitante
claustrofobia
agressivo, cansativo,
Violeta muita aproximação frio
deprimente

De um modo geral, podemos dizer que todas as CORES ESCURAS são opressivas e
cansativas; absorvem a luz e são difícies de manter limpas.
Todas as CORES CLARAS são frescas e acolhedoras, difundem mais luz e motivam
maior limpeza.
As CORES FRIAS, aumentam as dimensões de um recinto enquanto que as CORES

QUENTES as diminuem.

Se o trabalho a executar requer muita concentração, as CORES devem ser


escolhidas cuidadosamente, de modo a evitar distracções desnecessárias e fadiga.
Finalmente, deve considerar-se o sexo e a idade predominante dos
trabalhadores que vão utilizar um determinado local, pois influem bastante na reacção
e receptividade às cores.

ESCOLA...

_____________________________________________________________________________________
241
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 20 – Ergonomia: A Iluminação (Q) Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

Tendo analisado o Texto de Apoio sobre “A Iluminação nos locais de Trabalho”,


responde às seguintes questões:

1. Quais são razões para se ter uma boa iluminação no local de trabalho,
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

2. O que significa CONFORTO VISUAL?


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

3. A qualidade da iluminação artificial de um ambiente de trabalho depende


fundamentalmente de determinadas condições. Indica quais são.
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
242
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________
____________________________________________________________________
___

4. O aspecto mais importante a evitar em termos de Segurança no Trabalho é a


fadiga visual. Diz quais são os sintomas que podem surgir no trabalhador?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

5. Um nível de iluminação muito elevado é geralmente desaconselhável na


prática. O que se deve evitar na prática?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

6. Para aumentar a eficiência e a qualidade dos ambientes de trabalho devemos


atender a determinados aspectos. Indica quais são
___________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
243
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________
_
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

7. Quais são os cuidados a ter na “manutenção das instalações de iluminação?


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

8. Quais são os efeitos psicológicos da cor?


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

9. Indica as ilusões cromáticas mais importantes


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

10. Atendendo ao quadro que se segue completa-o.

_____________________________________________________________________________________
244
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Cor Efeito de distãncia Efeito de temperatura Efeito psíquico

Azul frio

Verde muito calmante

Vermelho aproximação quente

Violeta muita aproximação

ESCOLA...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho

_____________________________________________________________________________________
245
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Ficha Formativa nº 21 – Ergonomia: Ambiente Térmico Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

ERGONOMIA – AMBIENTE TÉRMICO

A temperatura é um ponto que deve merecer o maior cuidado, quando se


busca criar adequadas condições ambientais de trabalho. Há temperaturas que nos dão
uma sensação de conforto, enquanto outras tornam-se desagradáveis e até prejudiciais
à saúde.

1. TEMPERATURA DO CORPO HUMANO

O organismo humano, para a manutenção de sua estrutura, consome uma


energia "mínima de repouso" que se traduz por uma "temperatura interna constante".
A fim de manter sua temperatura interna constante o homem deve então comunicar-se
com seu meio ambiente.

As TROCAS DE ENERGIA se realizam por:

 CONDUÇÃO: é a propriedade de um corpo transmitir energia calorífica a


outro, com o qual esteja em contacto.
 CONVECÇÃO: trocas por intermédio de um fluido (ar ou água).
 RADIAÇÃO: troca de calor entre o organismo e o ambiente, que consiste
na transmissão de energia por meio de ondas electromagnéticas.
 EVAPORAÇÃO: é o mecanismo mais importante do equilíbrio térmico.
Quando as condições de temperatura ambiente atingem um nível tal
que a dissipação do calor do corpo, tanto por radiação como por
condução-convecção, não mais atende às necessidades do organismo,
entra em acção o processo de evaporação do suor, que resfriará a
superfície do corpo.

2. CONFORTO OU STRESS TÉRMICO


_____________________________________________________________________________________
246
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Se o balanço de todas as trocas de calor a que está submetido o corpo humano


for nulo e a temperatura da pele e suor estiverem dentro de certos limites, pode-se
dizer que o homem sente CONFORTO TÉRMICO.

As VARIÁVEIS AMBIENTAIS que influenciam este conforto são:

 Temperatura do ar
 Humidade do ar
 Velocidade do ar
 Calor radiante

Além destas variáveis, a actividade desenvolvida pelo homem e o vestuário que


ele usa (resistência térmica) também interagem na sensação de conforto térmico do
trabalhador, e no seu ambiente de trabalho.

Consequências do "STRESS" TÉRMICO

Designação Descrição Consequências

Choque térmico Subida continua da  Convulsões e


temperatura alucinações;
 Coma (42 – 45
(mecanismos de ºC);
dissipação insuficientes)
 Morte.

Colapso térmico Aumento acentuado da  Vertigens,


pressão arterial tonturas;
 Transpiração
(incremento do fluxo muito intensa;
sanguíneo)
 Dores de cabeça
fortes;

Desidratação Perda de água excessiva  Diminuição da


capacidade
(taxa de sudação muito mental;
elevada)  Diminuição da
destreza;

_____________________________________________________________________________________
247
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Aumento do
tempo de
reacção.

Desmineralização Perda de sais não  Caímbras


compensada térmicas.

(ingestão de água não


compensada)

3. TRABALHO EM AMBIENTES TÉRMICOS

O trabalho em ambientes particularmente quentes, neutros e frios trazem


riscos à saúde dos trabalhadores.

3.1. TRABALHO EM TEMPERATURAS ELEVADAS

Durante o trabalho físico no calor, constata-se que a capacidade muscular se


reduz, o rendimento baixa e a actividade mental altera-se, apresentando perturbação
da coordenação senso-motora. A frequência de erros e acidentes tende a aumentar
pois o nível de vigilância diminui, principalmente a partir de 30° C. Relaciona-se outros
problemas ligados à saúde, quando o indivíduo está a trabalhar em locais com
temperaturas elevadas.

 Esgotamento e golpe de calor;


 Cãibras;
 Fadiga térmica;
 Afecções da pele.

3.2. ACTUAÇÃO SOBRE O STRESS TÉRMICO

Os meios sobre o stress térmico são vários e podemos considerar os seguintes:

a)- MEDIDAS CONSTRUTIVAS

_____________________________________________________________________________________
248
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Ventilação geral e climatização (ventiladores de ar arrefecido com ou


sem humidificação, utilização de ventoinhas e ventiladores. para
determinar a ventilação necessária, há que ter em conta os seguintes
factores: - dimensões do local; - número e tipo dos trabalhadores e suas
actividades; - funcionamento de calor por parte do equipamento e da
radiação solar; - humidade relativa; - temperatura do ar exterior e
variação da temperatura). Sempre que as condições de conforto térmico
não forem atendidas pela ventilação natural, recomenda-se a utilização
de ventilação artificial;

b)- PROTECÇÃO DE PAREDES OPACAS

 É importante a utilização de placas isoladoras em lã de vidro ou


aglomerado negro de cortiça, em certos casos recobertas com folha de
alumínio);

c)- PROTECÇÃO DE SUPERFÍCIES VIDRADAS

 Os vidros de protecção ao calor actuam por absorção e/ou reflexão ao


calor radiante)

Algumas recomendações para o TRABALHO EM LOCAIS QUENTES:

 Isolamento das fontes de calor;


 Roupas e óculos adequados no caso de calor por radiação;
 Pausas para repouso;
 Reposição hídrica adequada – beber pequenas quantidades de
líquido frequentemente.

3.3. TRABALHO EM TEMPERATURAS NEUTRAS

O ambiente confortável é um AMBIENTE NEUTRO para o qual os parâmentos


fisiológicos que determinam a sensação de calor têm um valor óptimo. Estes
PARÂMETROS são:

 A temperatura cutânea média;


_____________________________________________________________________________________
249
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 Débito de sudação.

As CONDIÇÕES FISIOLÓGICAS DE CONFORTO TÉRMICO EM REGIME ESTÁVEL são:

 Equilíbrio térmico: nem armazenamento, nem perda de calor;


 Ausência de arrepios;
 Débito de sudação óptimo;
 Temperatura cutânea média óptima;
 Pele relativamente seca;
 Ausência de secura das mucosas bucofaríngeas.

3.4. TRABALHO EM TEMPERATURAS BAIXAS

Os danos à saúde, nestes casos, apresentam uma relação directa entre o tempo
de exposição e as condições de protecção corporal. Destaca-se, ainda, os cuidados
necessários à prevenção dos denominados choques térmicos, que podem ocorrer
quando o organismo é exposto a uma variação brusca de temperatura.

Os EFEITOS SOBRE A SAÚDE DO TRABALHADOR FRENTE a um ambiente de trabalho com


BAIXAS TEMPERATURAS são, entre outros:

 Enregelamento dos membros devido a má circulação do sangue;


 Ulcerações decorrentes dos tecidos expostos;
 Redução das habilidades motoras como a destreza e a força, da
capacidade de pensar e julgar;
 Tremores, alucinações e a inconsciência.

Algumas recomendações para o TRABALHO EM BAIXAS TEMPERATURAS:

 Para os trabalhos externos e prolongados, recomenda-se uma boa


alimentação em calorias;
 Roupas quentes.

_____________________________________________________________________________________
250
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 22 – Ergonomia: Ambiente Térmico (Q) Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

_____________________________________________________________________________________
251
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Tendo analisado o Texto de Apoio sobre “Ambiente Térmico”, responde às


seguintes questões:

1. Diz quando o Homem sente o CONFORTO TÉRMICO.


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

2. Quais são as variáveis ambientais que influenciam o conforto térmico?


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

3. Indica quais os sintomas que podem surgir no trabalhador, durante o trabalho


físico no calor?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

4. Na actuação sobre o stress térmico podemos utilizar alguns meios de


protecção nos locais de trabalho. Indica quais são esses meios.
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
252
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

5. Nos locais de trabalho quentes quais são as recomendações que se devem


indicar ao trabalhador?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

6. O ambiente confortável é um ambiente neutro para o qual determinados


parâmetros fisiológicos determinam que a sensação de calor tem um valor
óptimo. Indica quais são esses parâmetros.
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

7. Quais são as condições fisiológicas de conforto térmico em regime estável que


o trabalhador deverá apresentar?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

8. Quais os efeitos sobre a saúde do trabalhador frente a um ambiente de


trabalho com baixas temperaturas?
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
253
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

9. Quais recomendações para o trabalho em baixas temperaturas ao trabalhador?


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

ESCOLA...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 23 – Ergonomia: Ambiente Vibratório Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

ERGONOMIA – AMBIENTE VIBRATÓRIO

_____________________________________________________________________________________
254
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

A VIBRAÇÃO é qualquer movimento que o corpo executa em torno de um ponto


fixo. Esse movimento pode ser regular, do tipo senoidal ou irregular, quando não
segue nenhum padrão determinado.

A vibração é definida por TRÊS VARIÁVEIS: a frequência, a aceleração máxima


sofrida pelo corpo e a direcção do movimento, que é dada em três eixos: x (das costas
para frente), y (da direita para esquerda e z (dos pés à cabeça).

A VIBRAÇÃO pode afectar o corpo inteiro ou apenas parte do corpo, com as mãos
e os braços. A VIBRAÇÃO DO CORPO INTEIRO ocorre quando há uma vibração dos pés
(posição em pé) ou do assento (posição sentada).

O FUNCIONAMENTO DE MÁQUINAS, VEÍCULOS E A MANIPULAÇÃO DE FERRAMENTAS

produzem vibrações que são transmitidas ao conjunto do organismo, mas de forma


diferente, conforme as partes do corpo, as quais não são sensíveis as mesmas
frequências. Cada parte do corpo pode tanto amortecer como ampliar as vibrações. As
ampliações ocorrem quando partes do corpo passam a vibrar na mesma frequência e,
então, dizemos que entrou em ressonância.

O corpo inteiro é mais sensível na faixa de 4 a 8 Hz. Os efeitos da vibração


directa sobre o corpo humano podem ser extremamente graves, podendo danificar
permanentemente alguns órgãos do corpo humano. As vibrações danosas ao
organismo estão nas frequências de 1 a 80 Hz, provocando lesões nos ossos, juntas e
tendões.

As frequências intermediárias, de 30 a 200Hz, provocam doenças


cardiovasculares, mesmo com baixas amplitudes e, nas frequências altas, acima de 300
Hz, o sintoma é de dores agudas e distúrbios. Alguns desses sintomas são reversíveis,
podendo ser reduzido após um longo período de descanso.

Os efeitos da vibração sobre o corpo humano podem ser extremamente


graves. Alguns EXEMPLOS desses danos são:

_____________________________________________________________________________________
255
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

 VISÃO TURVA – O efeito das vibrações sobre a visão é de grande importância uma
vez que o desempenho do trabalhador diminui, aumentando, assim, o risco de
acidentes. As vibrações reduzem a acuidade visual e torna a visão turva,
ocorrendo a partir de 4 Hz.
 PERDA DE EQUILÍBRIO – Os indivíduos que trabalham com equipamentos
vibratórios de operação manual, tais como martelo pneumático e moto serra,
apresentam degeneração gradativa do tecido muscular e nervoso.
 FALTA DE CONCENTRAÇÃO;
 DANIFICAÇÃO PERMANENTE DE DETERMINADOS ÓRGÃOS DO CORPO – Os efeitos
aparecem na forma de perda da capacidade manipuladora e do controle do
tacto nas mãos, conhecido, popularmente, por DEDO BRANCO. Essas doenças são
observadas, principalmente, em trabalhadores de minas e florestais (moto-
serras à 50-200 Hz). Os DEDOS MORTOS surgem no máximo após 6 meses de
trabalho com uma ferramenta vibratória.

A norma regulamentadora sobre as vibrações, apresenta valores máximos de


vibrações suportáveis para tempos de um minuto a 12 horas de exposição, abrangendo
TRÊS CRITÉRIOS DE RIGOR:

 Limite de conforto, sem maior gravidade (ex.: veículos de transporte colectivo);


 Limite de fadiga, provocando redução da eficiência dos trabalhadores (ex.:
máquinas que vibram);

 Limite de exposição, correspondente ao limiar do risco à saúde.

ESCOLA...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 24: Ergonomia: Ambiente Vibratório (Q) Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

_____________________________________________________________________________________
256
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Tendo analisado o Texto de Apoio sobre “Ambiente Vibratório”, responde às


seguintes questões:

1. Diz o que é a VIBRAÇÃO.


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

2. Quais são as variáveis que influenciam a Vibração?


____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

3. Indica quais são as partes do corpo que podem ser afectados pela Vibração.
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

4. Os efeitos da vibração sobre o corpo humano podem ser extremamente graves.


Indica os danos que são provados pela vibração no corpo humano.
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________
257
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

ESCOLA...

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 8º ANO- EI


Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho
Ficha Formativa nº 25 – Planos de Emergência na Indústria Ano Lectivo 2005/2006

Nome:_____________________________________ Nº_____

PLANOS DE EMERGÊNCIA NA INDÚSTRIA

_____________________________________________________________________________________
258
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

1. INTRODUÇÃO

O Plano de Emergência tem por objectivo fundamental a protecção de pessoas,


bens ou ambiente, em caso de ocorrência inesperada de situações perigosas e
imprevistas como, por exemplo, incêndio, inundação, explosão, ameaça de bomba,
derrame de substâncias químicas, etc.
Cada tipo de acontecimento perigoso requer actuações muito particulares e,
em função da sua gravidade, duração ou amplitude pode classificar-se em:

 Crise, em que a duração da ocorrência é curta e localizada (ex.: sismos,


inundações) necessitando de respostas imediatas no local e que
podem afectar não só o estabelecimento como também a vizinhança;
 Situação de emergência que obriga à tomada de medidas de excepção
para prevenir consequências negativas para as pessoas, equipamentos
e ambiente (ex.: ameaça terrorista, acidentes industriais graves).

As consequências destes eventos poderão ser minimizadas se estiverem


previstas medidas especiais de actuação e se as mesmas forem treinadas com
regularidade.

Esta atitude, de carácter eminentemente preventivo, deverá ser vista como um


bom investimento, uma vez que os custos associados aos prejuízos de tais catástrofes
poderão revelar-se incalculáveis, do ponto de vista humano, material, ambientam e
económico.

Assim, cada empresa deverá elaborar um Plano de Emergência próprio,


adaptando-o à sua realidade específica, nomeadamente de acordo com dimensão e
factores de risco presentes, abordando-se neste capítulo apenas algumas linhas de
orientação base.

2. PLANO DE EMERGÊNCIA

_____________________________________________________________________________________
259
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Recorda-se que o Plano de Emergência tem por objectivo essencial garantir a


segurança de pessoas, bens ou ambiente, bem como o restabelecimento o mais rápido
possível da actividade de trabalho - assim, todos deverão ter capacidade de identificar
uma situação de emergência e agir de acordo com ela.

O Plano de Emergência deverá ser constituído por um conjunto o mais


abrangente possível de instruções e procedimentos simples e práticos que deverão ser
do conhecimento de todos os colaboradores, incluindo os visitantes, clientes,
fornecedores e prestadores de serviços na empresa. Na elaboração de um Plano de
Emergência deverá ter-se em conta os seguintes factores:

a) Levantamento e identificação de riscos

Será necessário fazer um levantamento adequado dos riscos e, em especial,


identificar as zonas de maior risco com vista ao reforço das medidas preventivas nessas
áreas

b) Previsão dos possíveis cenários e respectivas consequências

Deverá fazer-se uma análise probabilística das potenciais ocorrências negativas;


naturalmente que quanto mais graves as consequências do sinistro se prevêem, mais
cuidadosa e exaustiva deverá ser tal análise

c) Listagem dos meios disponíveis

 Meios Humanos: Deverá saber-se com exactidão quais as pessoas


implicados na actuação em caso de emergência e garantir que elas
possuam todos os conhecimentos necessários; na base destes meios
_____________________________________________________________________________________
260
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

humanos encontra-se uma equipa de primeira intervenção,


devidamente treinada, não só preparada para actuar perante um
sinistro (ex.: incêndio), como também para proceder à evacuação e
coordenar eventual apoio com o exterior;
 Meios Materiais Todos os meios materiais deverão estar devidamente
identificados, localizados em locais estratégicos e perfeitamente
operacionais.

d) Controlo das emissões dos alarmes

Deverá indicar-se a responsabilidade de quem ordena a emissão do alarme de


nível sectorial ou geral e em que circunstâncias deverá ser accionado, procedendo-se
de igual modo para eventuais passos posteriores (ex.: pedido de ajuda exterior aos
bombeiros).

Por outro lado, deverá prever-se quais os quadros técnicos que terão de ser
contactados (quer se encontrem ou não na empresa), em que circunstâncias e quais os
meios a utilizar para veicular esse alerta.

e) Elaboração de plantas e esquemas de emergência

Deverá elaborar-se plantas e esquemas de emergência para que, tendo em


conta os aspectos arquitectónicos das instalações, se possam localizar com facilidade
todo um conjunto de elementos relacionados com as vias de evacuação, cortes de
energia eléctrica, extintores e bocas de incêndio, matérias perigosas armazenadas, etc.

f) Estabelecimento de canais e meios de comunicação

_____________________________________________________________________________________
261
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

A informação clara e concisa é um dos aspectos importantes em caso de


emergência; assim, é fundamental haver um procedimento em que não ofereça
dúvidas de como poderá ser feita a comunicação da situação de emergência e as
respectivas prioridades; deverão também estar sempre previstas vias de comunicação
alternativas.

g) Colaboração com o exterior e Plano de Emergência Externo

O Plano de Emergência deverá sempre contemplar a necessidade de pedir


auxílio aos meios exteriores como, por exemplo: Bombeiros, Emergência Médica e
Serviços Hospitalares, Polícia, Protecção Civil, Empresas vizinhas, etc.;

Nalguns casos, principalmente nas as indústrias de alto risco (ex.:petrolíferas,


químicas), os pianos de emergência não se deverão limitar ao interior da empresa,
estendendo-o pela periferia e efectuar assim um Plano de Emergência Externo,
geralmente coordenado com as empresas vizinhas e entidades oficiais.

É fundamental, quer se trate de um Piano de Emergência Interno ou Externo,


que a sua articulação com o meio envolvente seja eficaz, nomeadamente ao nível de
troca de informação e disponibilidade de meios.

h) Plano de Evacuação

O Plano de Emergência não poderá considerar-se completo se não incluir um


plano de evacuação adequado e adaptado, no que respeita a:

 Características do próprio edifício;


 Acessibilidade;

 Disponibilidade de acessos e vias de evacuação em toda a área da


instalação, com especial atenção para as zonas consideradas mais
_____________________________________________________________________________________
262
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

perigosas onde existam pessoas permanente ou ocasionalmente (ex.:


visitantes);

 No caso de se prever que um acidente possa afectar a vizinhança, estas


medidas deverão ser extensíveis ao exterior das instalações;

 Determinar um local de concentração ("Ponto de Encontro"), amplo e


afastado dos locais de risco:

 Adequar os caminhos de evacuação, dependendo do tipo de instalação


(ex.: garagem, unidade industrial, edifício de andares;)

 As vias de evacuação deverão estar identificados de forma correcta,


nomeadamente através de "placards" colocados em áreas estratégicas,
contendo alternativas em função do local e do tipo de sinistro;

 Os treinos da evacuação e do combate ao sinistro são igualmente


importantes, devendo estar coordenados entre si.

Para melhor se entender esta problemática, apresenta-se seguidamente um


"fluxograma", meramente a título exemplificativo:

_____________________________________________________________________________________
263
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Um Sinistro pode ter dimensão variada, desde um pequeno foco de incêndio


até um terramoto.

O Alarme pode ser dado por várias vias:

 Betoneira de alarme;
 Detector de alarme;

 Telefone;

 Verbal;

 Visual.

_____________________________________________________________________________________
264
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Este tipo de alarme requer um reconhecimento. O Reconhecimento é


necessário para se caracterizar o sinistro e em função disso accionar os meios
necessários. Se possível tentar controlar a situação no local sem pôr em risco a vida de
pessoas.

O Posto de Controlo é um local de reunião de informação e decisão que deve


estar vigiado presencialmente durante 24 Horas.

O Alerta dá-se quanto a missão de reconhecimento confirma um ocorrência e


requer a intervenção de meios internos e externos. Juntamente com o alerta é enviado
um sinal de alarme que pode ser sectorial ou geral.

Os Serviços Internos entram em acção quando recebem o sinal de alerta e


alarme, que na sua maioria é constituindo por uma equipa de 11 intervenção.

A comunicação aos Serviços externos (Bombeiros, Polícia, Protecção Civil) dá-se


e a sua intervenção ocorre quando os meios Internos disponíveis são insuficientes.

A intervenção é coordenada por um coordenador de emergência e adequada


ao fenómeno ocorrido. Dá-se por finalizada a intervenção quando é reposta a
actividade normal da unidade.

3. FORMAÇÃO E TREINO

O facto de haver um bom Plano de Emergência não significa que, em situações


práticas, ele seja bem sucedido – isto porque o comportamento das pessoas num caso
real é diferente, gerando-se muitas vezes situações de pânico que poderão acarretar
percas incalculáveis humanas e materiais.

Assim, torna-se imprescindível que o Plano de Emergência seja regularmente


treinado através de exercícios em que se simulam situações de emergência a
diferentes níveis, por exemplo, combate a incêndios, evacuação das instalações.

_____________________________________________________________________________________
265
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Com o planeamento e realização destes treinos poderá testar-se o Plano de


Emergência em vigor, adaptando-o e actualizando-o, se for caso disso.

Por outro lado, através da simulação do plano, a interiorização dos


conhecimentos tornar-se-á mais fácil e o trabalho em equipa mais eficaz, permitindo
uma atitude correcta perante uma verdadeira situação de emergência.

_____________________________________________________________________________________
266
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Mais Recursos

Animações

Os Famosos Episódios do Napo:

Napo 12 – O Fim: http://media.osha.europa.eu/napo8/N8-11-the_end.wmv


Napo 11 – Segura-me bem: http://media.osha.europa.eu/napo8/N8-10-
holdmetight.wmv
Napo 10 – Pensar antes de mover: http://media.osha.europa.eu/napo8/N8-09-
think_to_move.wmv
Napo 9 - O Duelo: http://media.osha.europa.eu/napo8/N8-08-the_duel.wmv
Napo 8 – Más vibrações: http://media.osha.europa.eu/napo8/N8-07-
bad_vibrations.wmv

Napo 7 - Trabalhando em altura: http://media.osha.europa.eu/napo8/N8-06-


working_height.wmv
Napo 6 – Sem amarras: http://media.osha.europa.eu/napo8/N8-05-no_grip.wmv
Napo 5 – Torce e grita: http://media.osha.europa.eu/napo8/N8-04_20-
twist_and_shout.wmv
Napo 4 – Ergonomia radical: http://media.osha.europa.eu/napo8/N8-03-
radical_ergonomics.wmv
Napo 3: Dividir para reinar: http://media.osha.europa.eu/napo8/N8-02-
divide_and_rule.wmv
Napo 2 – Tempos modernos e stressantes: http://media.osha.europa.eu/napo8/N8-01-
modern_stressful_times.wmv
Napo 1 – O início: http://media.osha.europa.eu/napo8/N8-00-start.wmv

_____________________________________________________________________________________
267
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Outras Animações

Cuidado com a falta de iluminação:


http://www.profelectro.info/Uploads/luisj/animationEscuro.swf

Cuidados a ter em trabalhos com escadas:


http://www.profelectro.info/Uploads/luisj/animationEscada.swf

_____________________________________________________________________________________
268
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Cuidados a ter para quem pega e carrega cargas pesadas:


http://www.profelectro.info/Uploads/luisj/CFQ1/animationEspinhaPT.swf

Cuidados a ter para quem trabalha todo o dia no computador:


http://www.profelectro.info/Uploads/luisj/animationComputerPT.swf

_____________________________________________________________________________________
269
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Primeiros Socorros: http://www.profelectro.info/Uploads/luisj/PrimeirosSocorros.flv

A importância do capacete: http://www.profelectro.info/Uploads/luisj/hsst171.swf

Ergonomia: http://www.youtube.com/v/fjB9fdRIA88&hl=pt_PT&fs=1&

Livros

Manual: Saúde, Higiene e Segurança no Trabalho, da autoria de Margarida Espiga, da


Cecoa:
http://www.profelectro.info/Uploads/luisj/HSST_S.pdf

INTRODUÇÃO 5
1. A ACTIVIDADE LABORAL E OS RISCOS
PROFISSIONAIS 9
1.1. TIPOS DE RISCO 10
2. ACIDENTE DE TRABALHO E DOENÇA
PROFISSIONAL 13
2.1. ACIDENTE DE TRABALHO 14
2.2. DOENÇA PROFISSIONAL 17
3. ENQUADRAMENTO LEGAL E ORGANIZAÇÃO DOS
SERVIÇOS DA SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE
NO TRABALHO 21
3.1. ENQUADRAMENTO LEGAL DA SHST 23

_____________________________________________________________________________________
270
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

3.2. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SHST 25


4. A IMPORTÂNCIA DA SHST NA ACTIVIDADE DO
COMÉRCIO 29
4.1. CONTROLO DOS RISCOS COMO MAIS VALIA PARA A GESTÃO 30
4.2. RESPONSABILIDADES SOCIAIS 31
5. PREVENÇÃO DE INCÊNDIOS E PROTECÇÃO
CONTRA O FOGO 33
5.1. REACÇÃO AO FOGO DOS MATERIAIS 35
5.2. MECANISMOS DE EXTINÇÃO 36
5.3. CLASSES DE FOGO 37
2 Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho
5.4. AGENTES EXTINTORES 38
5.5. MÉTODOS DE COMBATE AO FOGO 40
6. RISCOS ELÉCTRICOS 45
6.1. A RAZÃO DA EXISTÊNCIA DOS RISCOS ELÉCTRICOS 46
6.2. EFEITOS DA CORRENTE ELÉCTRICA NO CORPO HUMANO 47
6.3. MEDIDAS ESPECÍFICAS PARA O CONTROLO DOS RISCOS
ELÉCTRICOS 49
7. RISCOS AMBIENTAIS 53
7.1.ILUMINAÇÃO 55
7.2.RUÍDO 58
8. RISCOS ERGONÓMICOS 61
8.1. FACTORES DESENCADEANTES DE RISCOS ERGONÓMICOS 63
8.2. MOVIMENTAÇÃO MANUAL DE CARGAS 64
8.3. EQUIPAMENTOS DOTADOS DE VISOR
(ECRÃS DE VISUALIZAÇÃO) 66
8.4. POSTURAS 71
9. RISCOS QUÍMICOS 73
9.1. NOÇÕES DE INTOXICAÇÃO POR PRODUTOS PERIGOSOS 75
9.2. ROTULAGEM 81
9.3. MANUSEAMENTO DE PRODUTOS PERIGOSOS 82
10. RISCOS MECÂNICOS 83
10.1. MOVIMENTAÇÃO MECÂNICA DE CARGAS 84
10.2. PROTECÇÃO NA UTILIZAÇÃO DE MÁQUINAS 90
11. ORGANIZAÇÃO DOS LOCAIS DE TRABALHO 95
11.1. ARRUMAÇÃO E LIMPEZA 97
11.2. SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA 100
11.3. TÉCNICAS DE ARMAZENAGEM 102
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 107
FICHA TÉCNICA 111

Apontamentos / Manual de Higiene e Segurança no Trabalho. Profusamente


Ilustrado:
http://www.profelectro.info/Uploads/luisj/Apontamentos_HSST_s.pdf
Apresentamos a Listagem de Conteúdos:

_____________________________________________________________________________________
271
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

§ Conhecer regras de higiene e segurança no trabalho de acordo com a legislação em


vigor;
§ Aplicar regras de higiene e segurança;
§ Identificar os tipos de riscos;
§ Identificar os métodos de análise de riscos;
§ Identificar os dispositivos de protecção individual;
§ Aplicar dispositivos de protecção individual;
§ Identificar os vários tipos de sinalização de segurança;
§ Analisar o espaço oficinal/laboratorial e seus equipamentos na perspectiva da
melhoria das condições de higiene e segurança no trabalho;
§ Conhecer os efeitos do ruído no organismo humano;
§ Identificar formas de atenuar os efeitos nocivos do ruído;
§ Conhecer os riscos de contacto com a corrente eléctrica;
§ Conhecer medidas práticas de protecção contra contactos directos e indirectos;
§ Aplicar conhecimentos sobre a protecção contra contactos eléctricos;
§ Conhecer técnicas de extinção de fogo;
§ Identificar os factores mais importantes da iluminação;
§ Conhecer algumas grandezas fotométricas fundamentais;
§ Identificar os principais tipos de lâmpadas;
§ Identificar os inconvenientes do efeito estroboscópico;
§ Conhecer o processo de atenuar o efeito estroboscópio;
§ Conhecer princípios gerais d socorrismo.

Manual da AEP - Associação Empresarial Portuguesa:


http://www.profelectro.info/Uploads/luisj/AEP-HIGIENE-SEGURANCA_S.pdf

Manual da Associação Empresarial Portuguesa, de que mostramos o Índice:


Manual formação AEP
HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO
da AEP
Índice:
Fundamentos da Higiene e Segurança 3
Introdução 3
Definições 4
Acidentes de Trabalho 5
Factores que afectam a Higiene e Segurança 8
As Perdas de Produtividade e Qualidade 9
Segurança do Posto de Trabalho 12
Significado e Importância da Prevenção 12
O efeito dominó e os acidentes de trabalho 16
Segurança de Máquinas 18
Redução dos Riscos de Acidente 20
Protecção colectiva e protecção individual 21
Sinalização de Segurança 24
Higiene e Condições Ambientais do PT 27
Introdução 27
O inimigo invisível 28

_____________________________________________________________________________________
272
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Fichas de Trabalho
_____________________________________________________________________________________

Os riscos que rodeiam o Posto de Trabalho 29


Riscos Físicos 29
Ruído 30
Vibrações 32
Amplitudes Térmicas 33
Stress Térmico 34
Riscos Químicos 35
Valores Limite de Exposição 37
Efeitos dos Poluentes Químicos 38
Poluentes sólidos 39
Riscos biológicos 40
Os riscos Ergonómicos 41
Algumas medidas da Ergonomia 45

Apontamentos de HSST
http://www.fileqube.com/hl/eJJREMy121426/Apontamentos HSST.pdf
Apontamentos de Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho.
Contém imensas imagens e aborda, entre outros os seguintes temas:
Identificação de riscos;
análise de riscos;
dispositivos de protecção individual;
Sinalização de segurança;
efeitos do ruído;
efeitos da corrente eléctrica;
técnicas de extinção de fogo;
noções de socorrismo;
iluminação;
ergonomia;
etc.

Conceitos de HSST - slides Powerpoint:


http://www.profelectro.info/Uploads/luisj/HigieneSaudeeSegurancanoTrabalho.ppt

Conceito de Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho; Medidas gerais para avaliar e


evitar os riscos; Medidas gerais para criar sistemas de prevenção; Conceitos de Higiene,
Prevenção, Perigo, Riscos Profissionais; Avaliação de Riscos; Conceito de Segurança;
Saúde Ocupacional; Missão e Atribuições de um serviço de HSST numa organização;
Medicina no Trabalho; Causas dos Acidentes; Consequências dos Acidentes; Doenças
Profissionais; Ergonomia (muito desenvolvido este conceito e os seus vários aspectos);
Posto de Trabalho; Ambiente de Trabalho; Levantamento e transporte manual de
cargas; Higiene Industrial - agentes agressivos; Ruído; Ventilação; Pontes Rolantes e
Gruas; elevadores e Monta-Cargas; Empilhadores.

_____________________________________________________________________________________
273

Você também pode gostar