Você está na página 1de 27

Qual a origem da energia utilizada pelos seres

vivos?

Nos ecossistemas, todos os seres vivos


necessitam de energia para satisfazer as suas A principal fonte
atividades vitais, como o crescimento, os de energia da
movimentos, a reprodução ou a manutenção da biosfera é o Sol.
temperatura corporal.

OS SERES VIVOS OBTÊM ENERGIA DE DIFERENTES FORMAS:

SERES SERES
AUTOTRÓFICOS HETEROTRÓFICOS
Capazes de produzir Necessitam de consumir
compostos que compostos que contêm
contêm energia. energia.

PRODUTORES CONSUMIDORES
Qual a origem da energia utilizada pelos seres
vivos?

FOTOSSÍNTESE
SERES AUTOTRÓFICOS Sol

CO2 Célula
Utilizam a energia luminosa do O2
Sol.
Transformam
substâncias inorgânicas
simples existentes no meio Folha
Cloroplasto
(dióxido
de carbono, água, sais minerais) Água
em substâncias orgânicas Sais Minerais
(nutrientes), ricas em energia Planta
química.
Durante este processo é ainda
produzido o oxigénio.
Desempenham a função de
produtores nos ecossistemas.
Qual a origem da energia utilizada pelos seres
vivos?

SERES
HETEROTRÓFICOS

Não conseguem produzir os


nutrientes de que necessitam.

Consomem compostos
orgânicos produzidos por
outros seres vivos,
alimentando-se destes.

Desempenham a função de
consumidores nos
ecossistemas.
Qual a origem da energia utilizada pelos seres
vivos?

SERES
HETEROTRÓFICOS

DECOMPOSITORES

São um grupo particular de


consumidores que, nos
ecossistemas, se alimentam de
matéria orgânica morta ou de
produtos de excreção e a
transformam em matéria
inorgânica – fazem reciclagem
da matéria.
Como é transferida a energia e a matéria nos
ecossistemas?

CADEIA TRÓFICA OU CADEIA ALIMENTAR

FITOPLÂNCTON ZOOPLÂNCTON MEDUSA TARTARUGA


CONSUMIDOR CONSUMIDOR CONSUMIDOR
PRODUTOR
DE 1.ª ORDEM DE 2.ª ORDEM DE 3.ª ORDEM

1.º Nível 2.º Nível 3.º Nível 4.º Nível


trófico trófico trófico trófico
Na base de uma cadeia alimentar encontra-se sempre um organismo
autotrófico.
Na natureza, normalmente, as cadeias alimentares não ultrapassam o 5.º
nível trófico.
Qual a origem da energia utilizada pelos seres
vivos?

TEIA ALIMENTAR
Consumidores Consumidores Consumidores
Produtores
de 1.ª ordem de 2.ª ordem de 3.ª ordem

Plantas
aquáticas
Ave

Larva de
inseto

Peixe
herbívoro
Fitoplâncton Peixe
carnívoro

Algas
Zooplâncton

Cágado
Caramujo

Decompositores
Qual a origem da energia utilizada pelos seres
vivos?

TEIA ALIMENTAR
Consumidores Consumidores Consumidores
Produtores
de 1.ª ordem de 2.ª ordem de 3.ª ordem

Plantas
aquáticas
Ave

Larva de
inseto

Peixe
herbívoro
Fitoplâncton Peixe
carnívoro

Algas
Zooplâncton

Cágado
Caramujo

Decompositores
Qual a origem da energia utilizada pelos seres
vivos?

TEIA ALIMENTAR
Consumidores Consumidores Consumidores
Produtores
de 1.ª ordem de 2.ª ordem de 3.ª ordem

Plantas
aquáticas
Ave

Larva de
inseto

Peixe
herbívoro
Fitoplâncton Peixe
carnívoro

Algas
Zooplâncton

Cágado
Caramujo

Decompositores
Qual a origem da energia utilizada pelos seres
vivos?

TEIA ALIMENTAR
Consumidores Consumidores Consumidores
Produtores
de 1.ª ordem de 2.ª ordem de 3.ª ordem

Plantas
aquáticas
Ave

Larva de
inseto

Peixe
herbívoro
Fitoplâncton Peixe
carnívoro

Algas
Zooplâncton

Cágado
Caramujo

Decompositores
Qual a origem da energia utilizada pelos seres
vivos?

TEIA ALIMENTAR

LARVA DE AVE DA
FITOPLÂNCTON RÃ
INSETO MARGEM

4.º Nível trófico

PEIXE AVE DA
FITOPLÂNCTON
HERBÍVORO MARGEM

3.º Nível trófico

A mesma espécie pode ocupar níveis tróficos diferentes na teia


alimentar, conforme cada uma das cadeias alimentares de que faz parte.
Qual a origem da energia utilizada pelos seres
vivos?

FLUXO DE ENERGIA NOS ECOSSISTEMAS


1
1
6

2 A luz solar é a principal


fonte de energia da
biosfera.

3
4
Qual a origem da energia utilizada pelos seres
vivos?

FLUXO DE ENERGIA NOS ECOSSISTEMAS


2
1 Os produtores captam a
luz solar e utilizam-na
6 para sintetizar moléculas
orgânicas complexas
(energia química).
2 Parte desta energia é
utilizada nas atividades
vitais da própria árvore.
A matéria orgânica
restante é assimilada nos
tecidos celulares e fica
5 disponível para os
consumidores primários.

3
4
Qual a origem da energia utilizada pelos seres
vivos?

FLUXO DE ENERGIA NOS ECOSSISTEMAS


3
1
Nas suas atividades
6 vitais, os consumidores
primários (herbívoros)
gastam parte da energia
2 química que obtiveram
dos produtores.
A restante parte é
assimilada pelos seus
tecidos celulares, estando
disponível para o nível
5 trófico seguinte.

3
4
Qual a origem da energia utilizada pelos seres
vivos?

FLUXO DE ENERGIA NOS ECOSSISTEMAS


4
1
6
Nas suas atividades
vitais, os consumidores
2 secundários gastam
grande parte da energia
química que obtiveram
dos consumidores
primários.

3
4
Qual a origem da energia utilizada pelos seres
vivos?

FLUXO DE ENERGIA NOS ECOSSISTEMAS


5
1
6 Os decompositores
obtêm a sua energia a
partir da degradação da
2 matéria orgânica
dos organismos mortos.
Neste processo, as
moléculas orgânicas
são transformadas em
moléculas inorgânicas.
5

3
4
Qual a origem da energia utilizada pelos seres
vivos?

FLUXO DE ENERGIA NOS ECOSSISTEMAS


6
1
6 Não é possível extrair
mais energia da matéria
2 inorgânica resultante da
decomposição. Assim, é
necessário captar mais
energia luminosa e utilizá-
la para sintetizar nova
matéria orgânica.
5

3
4
Como é transferida a energia e a matéria nos
ecossistemas?

FLUXO DE ENERGIA NOS ECOSSISTEMAS


Total assimilado Perdas Total disponível
pelos vegetais metabólicas para os herbívoros
Perda nas
excreções

Perdas
metabólicas
Total assimilado
pelos carnívoros
Perda nas Perdas
excreções metabólicas

Total disponível
para o nível
Total disponível trófico seguinte
Total assimilado
para os carnívoros
pelos herbívoros

Existe um fluxo unidirecional de energia ao longo das cadeias tróficas,


verificando-se 90% de perdas energéticas de nível trófico para nível trófico,
pelo que esta acaba por se perder totalmente nos ecossistemas.
Como é transferida a energia e a matéria nos
ecossistemas?

FLUXO DE ENERGIA NOS ECOSSISTEMAS

Ao contrário da energia, a
matéria é transferida de
nível trófico para nível trófico
de
uma forma cíclica, o que
permite a sua reutilização
por parte dos seres vivos.

A matéria é constituída por


elementos químicos, que
circulam na natureza sob a
forma de diferentes
substâncias, originando
ciclos biogeoquímicos, como
o da água, do carbono, do
oxigénio ou do azoto.
Como é transferida a energia e a matéria nos
ecossistemas?

CICLOS DE MATÉRIA NOS ECOSSISTEMAS

CICLO DA ÁGUA

A água está em constante


mudança de estado físico,
verificando-se uma troca
permanente desta
substância entre a
hidrosfera, a geosfera,
a atmosfera e a biosfera.

1. EVAPORAÇÃO
2. SOLIDIFICAÇÃO
3. FUSÃO
4. CONDENSAÇÃO
5. EVAPOTRANSPIRAÇÃO
6. ABSORÇÃO
7. PRECIPITAÇÃO
Como é transferida a energia e a matéria nos
ecossistemas?

CICLOS DE MATÉRIA NOS ECOSSISTEMAS

CICLO DO CARBONO Dióxido de carbono


Fotossíntese

Na natureza, é possível Respiração


encontrar carbono: celular

• sob a forma de CO2 na Combustão

atmosfera, dissolvido na água


ou na fração gasosa do solo; Combustíveis
fósseis
• nas moléculas orgânicas que
constituem os seres vivos;
• nas rochas carbonatadas e
nos combustíveis fósseis.

A intervenção humana tem


vindo a alterar este ciclo
biogeoquímico.
Como é transferida a energia e a matéria nos
ecossistemas?

CICLOS DE MATÉRIA NOS ECOSSISTEMAS

CICLO DO OXIGÉNIO

Na natureza, é possível encontrar O2 atmosférico


carbono:
• sob a forma de O2 na
atmosfera, dissolvido na água Combustão
Fotossíntese
ou na fração gasosa do solo;
• nas moléculas orgânicas que
constituem os seres vivos; Fotossíntese
• nas rochas carbonatadas e Decomposição

nos combustíveis fósseis.


CO2 + H2O

A intervenção humana tem


vindo a alterar este ciclo
biogeoquímico.
Como é transferida a energia e a matéria nos
ecossistemas?

CICLOS DE MATÉRIA NOS ECOSSISTEMAS

CICLO DO AZOTO Fixação


Azoto
atmosféric
o (N2)
Na natureza, é possível encontrar
azoto:
• nas proteínas e nos ácidos
nucleicos;
• na matéria orgânica dos solos
e nos sedimentos oceânicos; Assimilação

• na atmosfera, sob a forma de


N2. Bactérias fixadoras de Bactérias
N2 nas leguminosas Nitratos desnitrificantes
A maioria dos seres vivos é Decompositores
incapaz de aproveitar o azoto (fungos e bactérias) Bactérias
nitrificantes
atmosférico, pelo que existem
Amónia Nitritos
mecanismos que permitem a sua Bactérias fixadoras Amonificação Bactérias
fixação (conversão noutras de N2 no solo nitrificantes
Nitrificação

substâncias azotadas capazes de


serem utilizadas por aqueles).
Como evoluem os ecossistemas?

Os ecossistemas podem sofrer alterações que substituam parcial ou totalmente as


suas populações. A substituição gradual das populações que constituem a
comunidade biótica de um ecossistema é conhecida como sucessão ecológica.

TIPOS DE SUCESSÕES ECOLÓGICAS:

SUCESSÕES ECOLÓGICAS SUCESSÕES ECOLÓGICAS


PRIMÁRIAS SECUNDÁRIAS

Quando a sequência das


Quando a sequência das populações ocorre numa
populações ocorre numa área onde ocorreu
área onde não existia vida. destruição do ecossistema
existente.
Como evoluem os ecossistemas?

Floresta com
muitas
SUCESSÕES ECOLÓGICAS espécies

Primárias
Árvores

Arbustos

Líquenes Herbáceas
e musgos
Como evoluem os ecossistemas?

SUCESSÕES ECOLÓGICAS
Secundárias Floresta
Herbáceas, desenvolvida
arbustos e
árvores

Herbáceas
Herbáceas e arbustos
Como se mantêm as populações em equilíbrio
dinâmico?

Num ecossistema, todas as populações encontram-se em equilíbrio dinâmico,


havendo oscilações do número de indivíduos das populações ao longo do
tempo, em função da variação das componentes bióticas e abióticas dos
ecossistemas.

CAUSAS DA DIMINUIÇÃO DO NÚMERO DE INDIVÍDUOS


DE UMA POPULAÇÃO NUM ECOSSISTEMA:

ESCASSEZ E COMPETIÇÃO POR ALIMENTO


COMPETIÇÃO POR ESPAÇO
PREDAÇÃO
PARASITISMO
CONDIÇÕES ABIÓTICAS DESFAVORÁVEIS (LUZ,
TEMPERATURA...)
MIGRAÇÃO

Você também pode gostar