Você está na página 1de 5

Endereço desta legislação http://leismunicipa.

is/ocnte

O texto abaixo é a versão original desta Lei Ordinária, ou


seja, não contém alterações posteriores, caso tenha
ocorrido.

LEI Nº 9236, DE 20 DE JULHO DE 2010.

AUTORIZA O MUNICÍPIO A CELEBRAR CONVÊNIO COM A ICLEI-BRASIL - GOVERNOS


LOCAIS PELA SUSTENTABILIDADE, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA DO MEIO
AMBIENTE, OBJETIVANDO A PARTICIPAÇÃO DO MUNICÍPIO DE SOROCABA NA REDE
ICLEI, COM VISTAS À PROMOÇÃO DE POLÍTICAS PELA SUSTENTABILIDADE E DÁ
OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Projeto de Lei nº 289/2010 - autoria do EXECUTIVO.

A Câmara Municipal de Sorocaba decreta e eu promulgo a seguinte Lei:

Art. 1º Fica o Município autorizado a celebrar convênio com o ICLEI-BRASIL - Governos Locais
pela Sustentabilidade, por intermédio da Secretaria do Meio Ambiente, objetivando a
participação do Município de Sorocaba na Rede ICLEI, com vistas à promoção de políticas pela
sustentabilidade.

Art. 2º A Prefeitura enviará relatório das atividades das partes conveniadas,


trimestralmente, à Câmara Municipal.

Parágrafo Único - Fica fazendo parte integrante da presente Lei o incluso Termo de Convênio.

Art. 3º As despesas decorrentes da execução da presente Lei, correrão por conta de dotação
orçamentária própria, consignada à Secretaria do Meio Ambiente, sob a rubrica orçamentária
nº 26.01.00 3.3.90.39.00 18.541 6019.2351 - Fundo Municipal do Meio Ambiente.

Art. 4º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Palácio dos Tropeiros, em 20 de Julho de 2 010, 355º da Fundação de Sorocaba.

VITOR LIPPI
Prefeito Municipal
LUIZ ANGELO VERRONE QUILICI
Secretário de Negócios Jurídicos

RODRIGO MORENO
Secretário de Planejamento e Gestão

PAULO FRANCISCO MENDES


Secretário de Governo e Relações Institucionais

JUSSARA DE LIMA CARVALHO


Secretária do Meio Ambiente

Publicada na Divisão de Controle de Documentos e Atos Oficiais, na data supra.

SOLANGE APARECIDA GEREVINI LLAMAS


Chefe da Divisão de Controle de Documentos e Atos Oficiais

CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM A PREFEITURA MUNICIPAL DE SOROCABA, POR INTERMÉDIO


DA SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE - SEMA E O ICLEI - GOVERNOS LOCAIS PELA
SUSTENTABILIDADE, COM O OBJETIVO DE DESENVOLVER AÇÕES CONJUNTAS PARA O
FORTALECIMENTO DE QUESTÕES VOLTADAS A SUSTENTABILIDADE LOCAL E PROTEÇÃO AMBIENTAL.

Processo nº 27.010/2009

A PREFEITURA MUNICIPAL DE SOROCABA, com sede a Av. Eng. Carlos Reinaldo Mendes nº 3041 -
Parque da Boa Vista - Sorocaba - SP, inscrita no CNPJ sob nº 46.634.044/0001-74, doravante
denominada apenas Prefeitura de Sorocaba, neste ato, representada por seu Prefeito Dr. Vitor
Lippi, por intermédio as Secretaria do Meio Ambiente - SEMA, neste ato representada por sua
Secretaria, Jussara de Lima Carvalho e o ICLEI Brasil - Governos Locais pela Sustentabilidade,
doravante denominado "ICLEI - Brasil", com sede na Avenida IV Centenário, nº 1268, sala 215,
Portão 7A do Parque do Ibirapuera, São Paulo, SP, inscrito no CNPJ sob o nº 03.898.408/0001-
10, neste ato representado pelo seu Diretor Presidente Eduardo Sales Novaes, portador da
Cédula de Identidade - RG nº 1.374.787, expedida pelo Instituto de Identificação Félix Pacheco,
IFP do Estado do Rio de Janeiro, inscrito no MF/CPF sob o nº 012.687.327-53 e pelo Diretor
Presidente Adjunto Konrad Otto-Zimmermann, neste ato representado por sua bastante
procuradora Laura Silvia Valente de Macedo, portadora da Cédula de Identidade - RG nº
7.371.976-6/SSP-SP e inscrita no MF/ CPF sob o nº 933.244.488-91, resolvem firmar o presente
Convênio que será regido, no que couber, pelo disposto na Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho
de 1993 e mediante as cláusulas e condições adiante consignadas.

CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO

1. Constitui objeto do presente Convênio a participação do Município de Sorocaba na rede


ICLEI - Governos Locais pela Sustentabilidade para a promoção de políticas pela
sustentabilidade.

1.1. A consecução do objeto buscado dar-se-á mediante:

a) A integração da Prefeitura Sorocaba ao Conselho Mundial do ICLEI, formado pelos membros


da organização, atualmente mais de 1100 governos locais em todo o mundo.
b) A participação da Prefeitura de Sorocaba a cada dois anos nas eleições para o Comitê
Executivo do ICLEI, composto por 21 representantes de governos municipais de todas as regiões
do mundo. Tal participação poderá se dar por seu voto a um representante da região ou
candidatura.
c) Em conjunto com os demais membros da rede, estabelecer e dirigir a execução do Plano
Estratégico do ICLEI, que define os objetivos e campanhas da organização e deve ser revisado a
cada três anos, a ocasião do Congresso Mundial do ICLEI.
d) A promoção do compartilhamento de boas práticas em sustentabilidade entre Sorocaba e os
demais membros da rede e parceiros.
e) A promoção ativa de políticas ambientais e de sustentabilidade na Prefeitura de Sorocaba,
com apoio do ICLEI, em especial nos temas promovidos pelo ICLEI - Brasil: Compras Públicas
Sustentáveis, Construções Sustentáveis, Eficiência Energética, Energias Renováveis, Mitigação e
Adaptação às Mudanças Climáticas, Gestão Sustentável de Resíduos e Agenda 21 Local.

CLÁUSULA SEGUNDA - DAS RESPONSABILIDADES DO ICLEI - BRASIL

2.1. Para a consecução dos objetivos referidos na Cláusula Primeira, são responsabilidades
do ICLEI Brasil:

a) Dar à Prefeitura de Sorocaba a oportunidade de participar das campanhas internacionais


do ICLEI (Agenda Local 21, Cidades pela Proteção do Clima(tm), e Procura+) bem como, sempre
que cabível, a possibilidade de desempenhar um papel ativo na elaboração das fases piloto
destas campanhas e dos projetos ICLEI;
b) Fornecer gratuitamente à Prefeitura de Sorocaba, sempre que solicitado, todas as
publicações desenvolvidas pelo ICLEI para auxiliar seus membros na promoção da
sustentabilidade no âmbito local. O ICLEI também deverá prover à Prefeitura de Sorocaba
acesso exclusivo, sem custo, a todas as publicações em via eletrônica, através da seção
dedicada exclusivamente aos associados no website do ICLEI, para a qual a Prefeitura de
Sorocaba deverá receber um "login" e uma senha;
c) Facilitar à Sorocaba cursos e treinamentos sobre os temas trabalhados pela organização no
âmbito de projetos co-financiados por agências internacionais ou, caso não haja vínculo com
projetos, com descontos especiais;
d) Quando houver relevância e fundos para tal objetivo, financiar viagens nacionais e
internacionais de representantes técnicos e políticos de Sorocaba para a participação em
visitas técnicas e eventos sobre os temas trabalhados pelo ICLEI, como é feito com os demais
membros da organização.

CLÁUSULA TERCEIRA - DAS RESPONSABILIDADES DA PREFEITURA DE SOROCABA

3.1. Para a consecução dos objetivos referidos na Cláusula Primeira, são responsabilidades
da Prefeitura de Sorocaba:

a) Manter seu compromisso com a Sustentabilidade, sendo pró ativa no estabelecimento de


políticas de vanguarda pela sustentabilidade;
b) Compartilhar boas práticas desenvolvidas no município com os demais membros da rede;
c) Participar da rede de maneira ativa e propositiva;
d) Considerar as questões da sustentabilidade de maneira holística, e assumir
responsabilidade compartilhada perante os problemas ambientais globais.
e) Contribuir com taxa anual de manutenção da rede ICLEI, conforme explicitado na cláusula
quinta.

CLÁUSULA QUARTA - DAS AÇÕES CONJUNTAS

4.1. Periodicamente, os partícipes, poderão revisar o estado e o progresso deste Convênio e


proceder aos ajustes necessários para atingir os objetivos estabelecidos na Cláusula Primeira.

4.2. Os partícipes comprometem-se a pesquisar e compartilhar informações sobre novas


oportunidades nos campos trabalhados pelo ICLEI.

4.3. As áreas de potencial atuação conjunta poderão incluir a realização de seminários,


workshops, treinamento a distancia, preparo de materiais instrutivos, desenvolvimento e
disseminação de melhores práticas, desenvolvimento, aplicação e transferência de tecnologias
e metodologias, assim como a realização de projetos piloto e participação em Campanhas.

CLÁUSULA QUINTA - DOS RECURSOS

5.1. Pela participação na Rede Global ICLEI - Governos Locais pela Sustentabilidade, a
Prefeitura de Sorocaba deverá contribuir anualmente o valor determinado pela tabela anexa de
acordo com o Produto Interno Bruto do país e população do Governo Local.

5.2. Cada um dos partícipes compromete-se a assegurar de forma independente, em suas


respectivas áreas, a prática de todas as ações especificadas no presente convênio,
disponibilizando os meios e recursos necessários para que o objetivo do presente instrumento
seja alcançado, observado o detalhamento e especificações contidas nos Planos de Trabalhos
específicos..

5.3. Para a consecução dos objetivos referidos na Cláusula Primeira, os Partícipes poderão
executar projetos e atividades, que serão definidas em Planos de Trabalhos específicos,
previamente acordados e elaborados nos termos do disposto no artigo 116 da Lei Federal nº
8.666 de 21.06.1993, que se tornarão parte integrante do presente. Este plano contemplará de
maneira pormenorizada, os objetivos específicos, etapas, ações que serão desenvolvidas e a
identificação dos recursos financeiros, humanos e materiais envolvidos.

CLÁUSULA SEXTA - DA PUBLICIDADE

6.1. Os resultados técnicos e de todo e qualquer desenvolvimento ou invocação metodológica


decorrente de trabalhos no âmbito do presente instrumento serão atribuídos aos partícipes.

CLÁUSULA SÉTIMA - DA PUBLICAÇÃO E VIGÊNCIA

7.1. Caberá a Prefeitura de Sorocaba a publicação do extrato deste Convênio no Diário Oficial
do Município até o 5º (quinto) dia útil após a sua assinatura, a qual determinará o início de
sua vigência.

CLÁUSULA OITAVA - DA VIGÊNCIA E DO ADITAMENTO

8.1. A vigência deste Acordo será de 12 (doze) meses, contados a partir da data de sua
assinatura, podendo ser prorrogado por termos aditivos, a critério das partes, até o limite de
60 (sessenta) meses.

CLÁUSULA NONA - DA DENÚNCIA E RESCISÃO

9.1. Os partícipes poderão rescindir ou denunciar, a qualquer tempo, o presente instrumento,


mediante comunicação escrita da parte interessada, com antecedência mínima de 30 (trinta)
dias, ressalvado o cumprimento das obrigações assumidas, vencidas ou vincendas.

9.2. Constitui motivo para rescisão deste instrumento, o descumprimento por um dos
partícipes de quaisquer das cláusulas ou condições pactuadas.

CLÁUSULA DÉCIMA - DAS ALTERAÇÕES

10.1. O presente Convênio poderá ser alterado, respeitado o disposto na Cláusula Primeira,
sempre que as partes julgarem conveniente, mediante a celebração de Termo Aditivo.

CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

11.1. Este Termo não impede que os Partícipes realizem cooperação semelhante com outras
entidades, observadas as restrições eventualmente feitas ao uso e à divulgação de
informações.

CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA - DA SOLUÇÃO E DO FORO

12.1. As partes envidarão esforços para resolver amigavelmente quaisquer questões


decorrentes da execução do presente Acordo.

12.2. As partes elegem o foro da Comarca de Sorocaba para dirimir as questões decorrentes do
presente Acordo ou de sua execução, excluindo qualquer outro, por mais privilegiado que seja.
Por estarem justas e acordadas, as partes firmam o presente Termo de Cooperação em 2 (duas)
vias de igual teor e forma, na presença das testemunhas abaixo.

Palácio dos Tropeiros, em

VITOR LIPPI
Prefeito Municipal

Jussara de Lima Carvalho


Secretária do Meio Ambiente - SEMA

Eduardo Sales Novaes


Diretor Presidente do ICLEI-Brasil

Laura Valente de Macedo


Diretora Executiva

pp Konrad Otto-Zimmermann
Diretor Presidente Adjunto
ICLEI-Brasil