Você está na página 1de 29

Linguagem e notação contemporânea

para clarinete
Novas sonoridades/ Novos desafios
Novos desafios:

- Notação (aspecto das partituras)


- Novas sonoridades
- Novas técnicas
Técnicas específicas
• Multifónicos

• Glissando

• vibrato(s)

• bisbigliando

• Flatterzunge

• 1/4 de tom

• slap

• sons de “ar”


Acústica do clarinete

• Principal característica:
forma quase cilíndrica

• Acusticamente comporta-se
como um tubo fechado
Características dos tubos fechados

• Apenas produzem os sons impares dentro da hierarquia dos


harmónicos

• Soam à oitava grave dos tubos abertos com o mesmo


comprimento

Série dos harmónicos


Múltifónicos

• cantar e tocar (sinosoide do som / batimento

Ex. 1 - Pinho, Nuno Peixoto - A dança do velho lobo (Edições AVA)


• son fendu (split tone)

Ex. 2 - Carvalho, Luís - Alboque (Edições AVA)


Ex. 3 - Rosa, Clotilde - Divertimento (Edições Mic) Ex. 4 - Pinho, Nuno Peixoto - A dança do velho lobo (Edições AVA)

Ex. 5 - Rosa, Clotilde - Divertimento (Edições Mic)

Ex. 6 - Rosa, Clotilde - Divertimento (Edições Mic)


Glissando

Ex. 1 - G. Gershwin - Rhapsody in Blue


Ex. 2 - Rosa, Clotilde - Divertimento (Edições Mic)
Vibrato(s)

Ex. 1 - Rosa, Clotilde - Divertimento (Edições Mic)


Bisbigliando

Ex. 1 - Carvalho, Luís - Alboque (Edições AVA)


Flatterzunge
Frullato / Flutter-tonguing

Ex. 1 - Rosa, Clotilde - Divertimento (Edições Mic)


Ex. 2 - Carvalho, Luís - Alboque (Edições AVA)
Microtonalidade
1/4’s de tom

Exemplos - Carvalho, Luís - Alboque (Edições AVA)


Slap

Exemplo - Olah, Tiberiu - Sonata


Sons de “ar”
DOMAINES
Pierre Boulez
“…écrire une pièce pour instrument seul, obligatoirement en
miroir, volontairement ascétique (…) ou il n’y a aucune place pour un
épanchement romantique ou expressif (…), exploitant toutes les
possibilités de l’instrument, notamment sur le plan des couleurs…”

Alain Damiens
in “Alain Damiens - Dialogue avec Anne Roubet”
1ª Parte - Original

6 Cahiers (Cadernos) - A, B, C, D, E e F

2ª Parte - Mirroir (Espelho)

O mesmo material (A, B, C, D, E e F ) em espelho

“La grande difficulté est la gestion du silence…”


Alain Damiens
in “Alain Damiens - Dialogue avec Anne Roubet”
Domaines
versão com orquestra (1968)
Cahier A - Quarteto de trombones
Cahier B - Sexteto de cordas
Cahier C - Duo de marimba e contrabaixo
Cahier D - Quinteto de Flauta, trompete, saxofone, fagote e harpa
Cahier E - Trio oboé, trompa e guitarra
Cahier F - Clarinete baixo