Você está na página 1de 25

1 - COSMETOLOGIA BÁSICA:

COSMETOLOGIA - CONCEITOS INICIAIS:

COSMETOLOGIA - CONCEITOS INICIAIS:

COSMETOLOGIA - CONCEITOS INICIAIS:


Cosméticos – (Portaria de 31 de 26 de abril de 1995) São produtos constituídos por substância naturais ou sintéticas ou mistura de uso externo,
com objetivo de limpar, perfumar, alterar sua aparência, corrigir odores corporais, proteger ou manter em bom estado.

COSMETOLOGIA - CLASSIFICAÇÃO DOS COSMÉTICOS:


CLASSIFICAÇÃO DOS COSMÉTICOS Quanto a Função: -Tratar a pele e restabelecer seu equilíbrio fisiológico Como obter tal Finalidade? Através
das funções: • Higiênica (limpeza e asseio, ex: sabonete liquido) • Conservadora (manter e proteger as estruturas funcionais da pele eudérmica –
ex: hidratante) • Decorativas (modificar a aparência da beleza, ex: maquiagem) • Corretiva ou dermatológica (correção de alteração funcional) ex:
argireline
Quanto a Forma cosmética: Emulsão; suspensão; pós; loções; soluções; gel; mousse; spray; dentre outras Quanto ao local de aplicação: Facial;
Capilar; Corporal; mãos; pés; unhas; etc... Quanto a Forma cosmética: Hidratante; Emoliente; umectante; reparador; anti-rugas; etc

COSMÉTICOS:
TENDÊNCIAS NA COSMÉTICA:
TENDÊNCIAS NA COSMÉTICA • Matérias-primas que mimetizem as substâncias da pele • Produtos reunindo várias funções em único produto •
Sensorial diferenciado • Comprovação de benefícios e atributos • Novos métodos de avaliação: segurança e eficácia

CARACTERÍSTICAS A SEREM OBSERVADAS:


- Função principal; - eficiência desejada; - cor e fragrância; - caract. Especiais; - custo x similar concorrente; - classe social a ser vendido;
Características a serem observadas nos cosméticos • sexo e idade; • reações adversas (irritativas, alérgica, sistêmica e outras); outras

A PELE E SUA ESTRUTURA


ATIVIDADE FUNCIONAL DO ÓRGÃO CUTÂNEO:
Atividade funcional do Órgão cutâneo: Funções específicas:
Queratínica- exercida pela epiderme – proteção do organismo
Sebácea – secreção sebácea (controlada por hormônios) – previne desidratação, lubrifica, protege contra entrada de substâncias estranhas,
amacia, dar flexibilidade e participa como fase oleosa da emulsão epicutânea.
Sudoral – exercida pela gla. Sudorípara écrina (maior estimulante - calor) e das apócrinas são estímulos emocionais e hormonais.
Função – hidratar, eliminar metabólitos, balanço eletrolítico, regulação térmica, estabelecimento de pH cutâneo, fase aquosa da emulsão
epicutânea, características organolépticas.
Função melânica – melanina (melanócito) - coloração da pele, cabelo, olho e proteção contra queimadura solar
Função geral: Protetora (órgãos internos); reguladora (temperatura); depuração (complementa os rins); nutricional (pele produz subst. Ex. vit.
D); metabolismo (elimina substância.)

ULTIMA PÁGINA 

Primeiro Anterior Próximo Último Sair


Capítulos:

LIPÍDIOS:

COSMETOLOGIA BÁSICA
ULTIMA PÁGINA (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/10)

2 - LIPÍDIOS:

LIPÍDIOS SINTETIZADOS:
Lipídios sintetizados pelos queratinócitos: • Ácidos graxos livres • Colesterol • Ceramidas

EMULSÃO:
ULTIMA PÁGINA (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/10)

    
Primeiro (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609)
Anterior (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/0)
Próximo (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/2)
Último (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanai
Sair (/estudar/industria-e-tecnologia/pe

WR Educacional LTDA ME (/)


Rua Érico Veríssimo, 105 - Solar dos Lagos - São Lourenço-MG CEP: 37.470-000;
(35) 3331-2274 | WhasApp:(35) 9 8822-9223;
3 - TIPOS DE PELE:

PELE:

CLASSIFICAÇÃO DOS TIPOS DE PELE:


Fototipo cutâneo
Níveis de sensibilidade
Grau de envelhecimento cutâneo
Características étnicas e raciais
Distribuição de oleosidade e hidratação facial

CLASSIFICAÇÃO COSMÉTICA DOS TIPOS DE PELE:


Pele eudérmica – fina, lisa, macia, perfeit/e umedecida, lubrificada de maneira equilibrada, emulsão epicutânea é O/A , este tipo de pele
encontra-se nos bebes (pele normal e sadia)
Pele lipídica – predominância da secreção oleosa ou sebácea (untuosa, EM-Epi A/O, bastante brilho e ocorre prin/e- adolescência)
Pele alíptica – deficiência na produção de sebo (2 fatores pode ocasionar tal tipo de pele: - deficiência na secreção sebácea (pessoas da
raça nórdica, pele frágil – varizes) e fatores ambientais - uso frequente de substância alcalinas, calcária e solventes orgânicos.
Pele desidratada – pode ser por 2 causa : deficiência na função sudoral e mudança qualitativa da secreção sebácea
Pele hidratada – grau de umidade esta além do normal (pessoas que morra no litoral) 
Pele mista – dois ou mais tipo de pele em diferentes regiões do corpo (ex. lipídica na parte central da face e desidratada nas laterais.
Classificação étnica da pele: Leucodermos – pele branca; Xantodermos – pele amarela; Melanodermos – pele escura
Capítulos:

TRATAMENTO COSMETOLÓGICO DA PELE:

COSMETOLOGIA BÁSICA
ULTIMA PÁGINA (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/10)

4 - TRATAMENTO COSMETOLÓGICO DA PELE:

LIMPEZA DA PELE:
Limpeza da pele:

Efeitos biológicos da limpeza cutânea: Remoção lipídica; pH; Conteúdo hídrico; Eudermia. Requisitos dos cosméticos de limpeza:

Possuir detergência moderada;


Espalhar facilmente e bom poder de arraste;
Ser ligeiramente anti-séptico;
Ação superficial e pH combatível com o cutâneo;
Fácil eliminação e deixar a pele suave;
Compatível dermatologicamente.

FORMULAÇÕES: COSMÉTICOS DE LIMPEZA:


DICAS DE FORMULAÇÕES:

ULTIMA PÁGINA (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/10)

    
Primeiro (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609)
Anterior (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/2)
Próximo (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/4)
Último (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanai
Sair (/estudar/industria-e-tecnologia/pe

WR Educacional LTDA ME (/)


Rua Érico Veríssimo, 105 - Solar dos Lagos - São Lourenço-MG CEP: 37.470-000;
(35) 3331-2274 | WhasApp:(35) 9 8822-9223;
5 - A IMPORTÂNCIA DO PH DO SABONETE:

A IMPORTÂNCIA DO PH DO SABONETE:

A IMPORTÂNCIA DO PH DO SABONETE:

SABONETE: FORMULAÇÕES:
Ex: 1 – Sabonete líquido: • Avenolate...................................2% •Ext. Glicólico de pepino............5% •Sabone líquido .....qsp...........200 mL Ex: 2 –
Sabonete antisséptico e acne: • triclosan.................1% •Sebonormine..........2% • Ext Glic. Aveia......3% •Ext Glic. Própolis..3% •Sabonete
líquido qsp ..........140 mL Ex: 3 – Sabonete cremoso esfoliante: • Semente de appricot..............8% •Avenolate................................2% •
Sabonete cremoso qsp ......140 g Ex: 4 – Sabonete para acne: • Tint. Calêndula.................2% • Ext Glic própolis...............2% • Enxofre bio
solúvel..........1% • Ác. Salicílico......................1% • Sabonete líquido qsp .....140 mL Ex: 5 – Mousse intimo - antisséptico: •
Irgasan........................0,1% •Ácido láctico...............0,5% •Avenolate.....................2% • Ext Malva....................3% •Silicone volátil............1%
•Veiculo mousse qsp ..140 mL Ex: 6 – Mousse hidratante: • efaderma.....................2% •Ureia............................10% •Avenolate.....................2% •
Ext Glic. pitanga.........3% •Silicone volátil............1% •Veiculo mousse qsp ..140 mL Ex: 7 – Sabonete pele madura: • avenolate..............2%
•Hidroviton............2% •PCA-Na.................2% • Sabonete líquido qsp ......140 g Ex: Sabonete industrializado: • Assepsia •Effaclar •Vichy
•Granado •Johnson & Johnson •Outros
Capítulos:

HIDRATAÇÃO DA PELE:

COSMETOLOGIA BÁSICA
ULTIMA PÁGINA (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/10)

6 - HIDRATAÇÃO DA PELE:

HIDRATAÇÃO:

MECANISMOS DE CONTROLE DA HIDRATAÇÃO:


Mecanismos que controlam a hidratação e lubrificação da pele: • Oclusividade; • Umectação e emoliente; • Restauradores de determinados
compostos NMF (Fator de hidratação natural) – poder de reter a água.

HIDRATAÇÃO:
Princípio do creme hidratante:

 Adição de água na pele: Emulsão O/A; Substância higroscópica; NMF; Uréia; PCA; Aminoácidos; Glicerina; e outros. • Atuar no cemento
intercelular: Mistura de lipídeos – ceramida; Colesterol e outros. Ativos Hidratantes: • Derivados e hidrolisado de proteínas; • Colágeno/elastina;
• Ácido hialurônico; • Extratos de origem animal; • Extratos vegetais; • Alantoína; • Silicones; Ativos Hidratantes; • Uréia; • Ceramida; • Lactato
de sódio; • PCA-Na; • NMF – Hidroviton; • Colesterol; Pantenol; • Ácidos graxos livres; •Alfa hidróxi – ácidos (glicólico). Emoliente - Funções: •
repor óleos naturais da pele; • promover espalhabilidade e oclusividade; • influenciar na maciez ou na aspereza da pele; • alterar aparência,
brilho e suavidade da pele; • lubrificar; •Agir como solubilizante ou solvente; • efeito de retenção de umidade; • consistência e aparência da
fórmula. Exemplos emolientes: Creme noturnos – (baixa espalhabilidade e alta oleosidade) óleo de amêndoas e oleato de oleila; Cremes e
loções para o dia e fotoprotetor (cuidado da pele) (média espalhabilidade e oleosidade); octil-dodecanol; oleato de decila; miristato de miristila;
triglicerídio caprílico. Creme e loções para o dia; mãos; corpo (alta espalhabilidade e baixaoleosidade); dioctil ciclo hexano; miristato de
isopropila; caprilato. Obs: toque seco e pesado – Associação de emolientes.
PELE OLEOSA E PELE SECA:

COSMETOLOGIA- QUAL A DIFERENÇA?


DICAS DE FORMULAÇÃO:

FORMULAÇÕES DE EMULSÃO
ULTIMA PÁGINA (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/10)

    
Primeiro (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609)
Anterior (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/4)
Próximo (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/6)
Último (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanai
Sair (/estudar/industria-e-tecnologia/pe

WR Educacional LTDA ME (/)


Rua Érico Veríssimo, 105 - Solar dos Lagos - São Lourenço-MG CEP: 37.470-000;
(35) 3331-2274 | WhasApp:(35) 9 8822-9223;
Capítulos:

BRONZEADORES E PRODUTOS ANTISSOLARES:

COSMETOLOGIA BÁSICA
ULTIMA PÁGINA (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/10)

7 - BRONZEADORES E PRODUTOS ANTISSOLARES:

EFEITOS DA RADIAÇÃO SOLAR NA PELE:


Efeitos Agudos: - Queimaduras solar; - Reações de fotossensibilização (alergia ou tóxica) Efeitos Crônicos: - Fotoenvelhecimento; - Câncer de pele; -
Diminuição da imunidade cutânea;

EFEITOS BENÉFICOS DA RADIAÇÃO SOLAR NA PELE:


-Estimulam circulação sanguínea; -Produção de vitamina D; -Produção de melanina; -Efeito calorífico; -Hipotensão arterial; -Prevenção e tratamento
de algumas doenças.

PROTEÇÃO NATURAL DA PELE:


-Espessamento da camada córnea; Pigmentação da pele; ácido urocânico. - Pigmentação direta ou imediata Radiação UVA: não envolve formação
de melanina; coloração instável • Pigmentação indireta Radiação UVB: produção de melanina; aumenta tamanho dos melanócitos; coloração mais
duradoura

FOTOTIPO DE PELE E FATORES DE PROTEÇÃO SOLAR RECOMENDADOS:


TEMPO SUGERIDO PARA EXPOSIÇÃO SOLAR E FPS INDICADO PARA SEU TIPO DE PELE:

FILTROS SOLARES:
Classificação: -Filtro solares químicos – UVA e UVB; -Filtros solares físicos; -Filtros solares de origem vegetal.

MECANISMOS DE AÇÃO:
FILTROS QUÍMICOS:
-Absorvem a energia luminosa, convertendo-a em energia não danosa; -PABA e p-aminobenzoatos; salicilatos; cinamatos;benzofenonas; antranilatos;
dibenzoilmetanos;derivados de cânfora; e outros derivados de misturas químicas. Seleção dos filtros Solares: -Legislação: aspecto qualitativo e
quantitativo; -Selecionar filtros de maior espectro de absorção; -Interagir diferentes filtros para maximizar o FPS e minimizar risco de irritação; -
Verificar incompatibilidade; -Registro ANVISA: teste de eficácia. RECOMENDAÇÕES: - Registro do produto no ministério da saúde; - Produto
manipulado – FPS; -Forma de aplicação; - Reaplicação do produto; -Escolha do FPS (hábito de vida; tipo de pele; objetivo; presença de dermatose;
uso de drogas fotossensível); -Produto de aplicação diária = FPS 15 a 25; -Protetores para crianças - KIDS. -Evitar produtos com essências antes e
durante exposição solar; -Proteção mesmo ao abrigo da luz (reflexão) e em dias nublados; - Roupas claras e secas; - Regiões de pele sensível
(lábios; orelhas; nuca e pé); - Proteção dos olhos e cabeça; - Alimentação equilibrada e muito líquido; -Produtos pós sol; OBS: Usar protetor para os
cabelos Protetor solar Pós Peeling: -Protetor solar físico – FPS 30 -Produto a base de dióxido de titânio e óxido de zinco Tratamento Pós Peeling:

ULTIMA PÁGINA (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/10)

    
Primeiro (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609)
Anterior (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/5)
Próximo (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/7)
Último (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanai
Sair (/estudar/industria-e-tecnologia/pe

WR Educacional LTDA ME (/)


Rua Érico Veríssimo, 105 - Solar dos Lagos - São Lourenço-MG CEP: 37.470-000;
(35) 3331-2274 | WhasApp:(35) 9 8822-9223;
8 - PRODUTOS PARA O CABELO XAMPU E CONDICIONADOR:

ESTRUTURA:

CONSTITUIÇÃO DO CABELO:
1. Velus
2. Bulbo piloso
3. Musculo eretor
4. Glândula Sebácea
5. epiderme
6. Raiz do pêlo
7. Papila do pêlo

Composição Química Do Cabelo:


A- queratina – principal componente; polímero natural; alto peso molecular; constituídos de cadeias de polipeptídeos, cuja coesão é assegurada
por ligações de enxofre e pontes de hidrogênio ( esta estrutura que da origem as fibras, que se aderem umas às outras, assim conferindo rigidez e
flexibilidade) pH – 4,1: ponto isoelétrico da queratina, resultando brilho e impedindo queda. pH alcalino: dilata a estrutura capilar, propiciando assim
a quebra do cabelo B- Sebo – produzido por glândulas sebáceas; constituído por fosfolipídeos, colesterol, pequena percentagem de triglicerídeos,
ésteres do colesterol e vários ácidos graxos livres (brilho; oleosidade; falta – cabelo seco).

TIPO DE CABELOS:
secos,
normais e
oleosos

CRESCIMENTO DO CABELO:
-fase Anágena: fase de crescimento ativo; - fase catágena: fase em que o metabolismo é menor e o cabelo começa a enfraquecer; - fase telógena:
fase de queda de cabelo. Obs: crescimento do cabelo 1/3 mm dia, 1 cm ao mês, 10 a 15 cm ano

ULTIMA PÁGINA 

Primeiro Anterior Próximo Último Sair


Capítulos:

PRODUTOS PARA CABELO:

COSMETOLOGIA BÁSICA
ULTIMA PÁGINA (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/10)

9 - PRODUTOS PARA CABELO:

XAMPU:
-Formulações desenvolvidas a partir de substâncias tensoativas, destinadas à limpeza e tratamento do cabelo e couro cabeludo - sujidade -
Tensoativos

PROPRIEDADES:
A- primária -umectação; -remoção do sebo; -manter-se em suspensão, atender expectativa do consumidor, não se irritante B- propriedades
secundária (condicionante, brilho, anticaspa, antiqueda, e outras).

CARACTERÍSTICAS DE UM BOM XAMPU:


-formar espuma abundante; -limpar; -ter viscosidade adequada; - perfume e cor agradável; - custo compatível; -Embalagens.

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS: ORGANOLÉPTICAS (VISÃO E OFALTO):

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS: NOTAS OLFATIVA:


PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS:
A- Viscosidade – quanto maior melhor B- Quantidade e tipo da espuma C- Adequação ao uso proposto D- Inocuidade toxicológica e ao meio
ambiente

CLASSIFICAÇÃO DOS XAMPUS E CONDICIONADORES:


Quanto ao aspecto: - Líquidos transparentes incolores (cristal clean ou colorido); - Líquidos não transparentes (opacos ou com brilho pérola); - Gel; -
Transparente: transmite idéia de pureza e limpeza (usado para cabelos oleosos; xampu de tratamento); - Perolado: Transmite idéia de tratamento
cosmético e riqueza da formulação (cabelos secos ou ressecados); - Opacos: em virtude dos ativos empregados. QUANTO AO TIPO DE CABELO: -
Seco; -Oleoso; - Normal; - Danificado. Quanto ao direcionamento do produto: - Adulto; -Infantil; -tratamento. Quanto a finalidade do uso: - Prevenção
de queda; - Anticaspa; - Para cabelos danificados (recuperar fios); -Para fornecer cor, brilho, volume, maciez, tratamento e condicionamento.

TENSOATIVOS: DETERGÊNCIA REMOÇÃO DE SUJEIRA OLEOSA/CEROSA:

AGENTES ESTABILIZADORES-PH:
-Agentes acidulantes: ácido citrico; láctico; fosfórico; bórico -Agentes alcalinizantes: hidróxido de sódio; trietanolamina
ULTIMA PÁGINA (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/10)

    
Primeiro (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609)
Anterior (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/7)
Próximo (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/9)
Último (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanai
Sair (/estudar/industria-e-tecnologia/pe

WR Educacional LTDA ME (/)


Rua Érico Veríssimo, 105 - Solar dos Lagos - São Lourenço-MG CEP: 37.470-000;
(35) 3331-2274 | WhasApp:(35) 9 8822-9223;
CONDICIONADOR:
São produtos elaborados a base de tensoativos destinados a repor oleosidade nos fios de cabelos e ao mesmo tempo condicioná-los. Devem
restaurar a bainha protetora, aplanar e estreitar as camadas de queratina cuticular promovendo brilho e volume aos cabelos.

PROPRIEDADES TÉCNICAS DESEJÁVEIS A UM CONDICIONADOR:


-ser funcional e atender as características organolépticas; - ter substantividade (adsorção) adequada a cada tipo de cabelo; - ter pequena
quantidade de espuma; - ter viscosidade adequada e baixa irritabilidade ao olhos e pele; -ser estável na estocagem e ser compatível com o meio
ambiente; - ter custo compatível com o direcionamento.

TENSOATIVOS:
CONDICIONAMENTO:
Neutralização de cargas da superfície do cabelo, diminuindo a repulsão entre as camadas adjacentes da cutícula; mantendo as escamas
fechadas; com superfície lisa; proporcionando brilho, redução na fricção e na carga estática;
Adsorção / afinidade do componente catiônico pelo cabelo (queratina);
Formação de filme interfacial, promovendo a lubrificação da fibra;
Cabelos danificados possuem maior interação com compostos catiônicos.

TIPOS DE CONDICIONADORES:
Rinse off – retirar logo após a aplicação -Leave on – permanece mais tempo em contato (apenas função condicionadora; restauradora;
máscara capilar) Existem condicionadores: tradicionais, tratamento cosmético e medicinal Parâmetros associados com condicionamento: -
Tato - Brilho - Corpo - Manuseabilidade - Lubrificação Obs: formação de filme, reordenar fisicamente as escamas da cutícula e adsorção de
substâncias sobre o fio.

ULTIMA PÁGINA 

Primeiro Anterior Próximo Último Sair


Capítulos:

PEELING-CLAREAMENTO FACIAL:

COSMETOLOGIA BÁSICA
FAZER AVALIAÇÃO (/avaliacao/industria-e-tecnologia/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais)

11 - PEELING-CLAREAMENTO FACIAL:

PEELING

PEELING COM RESORCINA:


Resorcina ...............30 a 60% Veículo ...qsp...........30 g Indicação para mancha escura e cicatrizes de acne: peeling superficial de moderado a severo,
dependendo da concentração. Modo de usar: -Uso em consultório – aplicações semanais ou quinzenais de 30 a 60 minutos.

PEELING COM ÁCIDO TRICLOROACÉTICO:


Ácido tricloroacético.......10 a 90% Veículo ...qsp.......................30 g Indicação : peeling suave a forte, dependendo da concentração. *10 a 25% -
peeling superficial (acne, seborréia da face, linhas de expressão) *25 a 50% - peeling média profundidade (cicatrizes, rugas, queratose e discromia
pigmentar) *50 a 90% - peeling profundo – destruir tecidos até nivel da derme reticular (remoção de tatuagem, verrugas e condiloma acuminato)
Modo de usar: -Peeling superficial – aplicação semanal ou quinzenal, conforme a concentração e o tempo de exposição. -Peeling média
profundidade – aplicação mensal, conforme a concentração e o tempo de exposição. -Peeling profunda – aplicar na região a ser tratada, protegendo
as áreas adjacentes com vaselina. *Antes de aplicar limpar e desengordurar a pele. *A neutralização pode ser feita com solução de bicarbonato de
sódio 5 a 10%.

PEELING COM ÁCIDO GLICÓLICO:


Ácido glicólico.......30 a 70% Solução ou gel..qsp.......30 g Indicação: peeling moderado a severo, dependendo da concentração e oleosidade da pele.
Uso em cicatrizes, queratose, superficiais, rugas e linha de expressão, seborréia da face e acne comedogenica. Modo de usar: -Uso em consultório –
aplicações após limpeza da pele e deixar 1 a 10 minutos, dependendo do tipo de pele. Lavar em seguida com água corrente. -Lavar rosto com
sabonete neutro. -Aplicar uma loção adstringente. -Aplicar o ácido glicólico em toda face e pescoço (iniciar nas regiões oleosas) e deixar por 2 a 3
min (pele fina e sensível), ou 3 a 5 min. (pele normal) ou 5 a 7 min. (pele grossa e oleosa). -A neutralização pode ser feita com solução de bicarbonato
de sódio 1 a 10%. Caso necessário usar um a loção ou gel com corticóide ou alfa bisabolol.

PEELING COM SOLUÇÃO DE JESNER:


Ácido salicilico..............14% Ácido láctico..................14% Resorcina........................14% Veículo..qsp...................100 mL Indicação: peeling superficial
para eliminar manchas da pele, rugas finas e linha de expressão, hiperqueratose, seborréia da face e acne. Modo de usar: -Uso em consultório –
aplicações após limpeza da pele. Lavar em seguida com água corrente. -Média profundidade. -Seu uso pode ser associado ao ácido retinóico 1 a 3%
e ATA 35%. Na primeira fase a solução de jesner diminui a espessura e a compactação do extrato córneo e em seguida, o ácido. -Usar compressas
ou medicamentos antiinflamatório e analgésico após tratamento.

PEELING COM ÁCIDO SALICÍLICO:


Ácido salicílico..............20 a 30% Veículo..qsp...................100 mL Indicação: peeling superficial para eliminar manchas da pele, acne comedoniana,
inflamatória e seborréia da face. Modo de usar: -Uso em consultório – aplicações semanais de 7 a 10 minutos. Lavar em seguida com água corrente.
-Usar compressas ou medicamentos antiinflamatório e analgésico após tratamento. O ácido salicílico também pode ser usado para peeling dos
braços e mãos (manchas senis, queratose actínica, rugas e perda da elasticidade

PEELING COM ÁCIDO MANDÉLICO:


Ácido mandélico............30 a 50% NaCl................................0,64% Gel...qsp.........................30 mL Indicação: peeling superficial para eliminar
manchas da pele, acne, fotoenvelhecimento e pigmentação irregular. É um principio ativo mais seguro que outros para ser aplicado para pele negra
ou morena (penetração mais lenta) Modo de usar: -Uso em consultório – aplicações quinzenais por 5 minutos. Lavar em seguida com água corrente.

PEELING COM ÁCIDO RETINÓICO:


Ácido retinóico..........1 a 5% Gel creme..qsp.............30 mL Indicação: peeling superficial para eliminar manchas solares da pele, rugas finas e linha de
expressão, queratose actínica e estrias. Modo de usar: Uso em consultório – aplicações semanais de até 30 minutos.

PEELING DE CRISTAL:
Ex. Hidróxido de alumínio. Microdermoabrasão da pele. Esfoliação progressiva da pele pelos microcristais, removendo as células mortas e estimula a
produção de colágeno e elastina, deixando a pele fina e suave.

TRATAMENTO PÓS PEELING:

TRATAMENTO PÓS PEELING

PROTETOR SOLAR PÓS PEELING:


Protetor solar físico – FPS 30. Produto a base de dióxido de titânio e óxido de zinco (com base ou não).

PREPARO DA PELE PARA PEELING:


FAZER AVALIAÇÃO (/avaliacao/industria-e-tecnologia/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais)

    
Primeiro (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609)
Anterior (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609/9)
Próximo (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanais/878/11609)
Último (/material-de-estudo/perfumaria-e-cosmeticos-artesanai
Sair (/estudar/industria-e-tecnologia/pe

WR Educacional LTDA ME (/)


Rua Érico Veríssimo, 105 - Solar dos Lagos - São Lourenço-MG CEP: 37.470-000;
(35) 3331-2274 | WhasApp:(35) 9 8822-9223;